ESCOLA ESTADUAL LUIS VAZ DE CAMÕES FEIRA DE CIÊNCIAS NA ESCOLA: O PRAZER DE DEMONSTRAR OS CONHECIMENTOS IPEZAL-DISTRITO DE ANGÉLICA/MS

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "ESCOLA ESTADUAL LUIS VAZ DE CAMÕES FEIRA DE CIÊNCIAS NA ESCOLA: O PRAZER DE DEMONSTRAR OS CONHECIMENTOS IPEZAL-DISTRITO DE ANGÉLICA/MS"

Transcrição

1 ESCOLA ESTADUAL LUIS VAZ DE CAMÕES FEIRA DE CIÊNCIAS NA ESCOLA: O PRAZER DE DEMONSTRAR OS CONHECIMENTOS IPEZAL-DISTRITO DE ANGÉLICA/MS MAIO/2012

2 ESCOLA ESTADUAL LUIS VAZ DE CAMÕES FEIRA DE CIÊNCIAS NA ESCOLA: O PRAZER DE DEMONSTRAR OS CONHECIMENTOS PROFESSORES RESPONSÁVEIS: ALDO ARARIPE PEIXOTO ANDRÉ DINIZ IPEZAL-DISTRITO DE ANGÉLICA/MS MAIO/2012

3 INTRODUÇÃO O projeto Feira de Ciências na escola: o prazer de demonstrar os conhecimentos será desenvolvido na escola estadual Luis Vaz de Camões, localizada no Distrito de Ipezal, Angélica/MS; no decorrer do mês de dezembro do ano de A Feira de Ciência têm sido muito importante no processo educativo, incentivando a criatividade dos alunos e a participação da família. Geralmente têm produzido oportunidade de demonstrar trabalhos que deixaram plenos de orgulho seus autores; estimulando o intercâmbio de idéias. Muitos alunos se sobressaem com seus trabalhos, buscam nas mais modestas criações, trabalhos com excelentes resultados as necessidades do processo escolar. A participação acentuada da Direção, Coordenação e professores de escolas, autoridades e Membros de destaque da sociedade local são de suma importância para que os alunos se sintam reconhecidos como cidadão ao expor seus trabalhos realizados no decorrer do processo letivo.

4 OBJETIVOS: OBJETIVO GERAL: Estimular os professores sobre conceitos importantes no processo educativo, assim como valorizar a escola em todo processo social de cidadania, proporcionando conhecimentos, desenvolvendo habilidades na expectativa de demonstrar seus trabalhos na Feira de Ciências. OBJETIVOS ESPECIFICOS: -Valorizar os trabalhos desenvolvidos pelos professores no decorrer do ano letivo, - Conscientizá-los da importância das realizações das atividades propostas em cada disciplina; - Conscientizar as famílias sobre a importância da interação da família/ escola como sendo fator determinante no processo educacional e social do aluno, - Desenvolver a espontaneidade, criatividade e auto-estima dos aluno com a realização da feira de Ciências; -Mobilização da opinião pública escolar, mediante a socialização no decorrer da feira de ciências; - Sensibilizar professores sobre as novas metodologias no decorrer do ano letivo.

5 METODOLOGIA A escola em seu papel social contribui no desenvolvimento do adolescente em sua formação global na sociedade. Com base sólida, assimilamos verdadeiramente os conhecimentos quando colocamos em prática as teorias. Portanto, uma das etapas da maior importância da metodologia do educador, justamente aquela que expõe de maneira significativa o aprendizado de seus professores. Desta forma, a realização da Feira de Ciências, no final do ano letivo, vem motivar no decorrer do ano as atividades a serem desenvolvidas pelos alunos, com maior interesse, criatividade, observação, experimentos, tudo isso com o objetivo de aprendermos mais. Se o trabalho for bom, outros também poderão aprender com ele, mas, para isso, devemos apresentá-lo de maneira adequada, com a divulgação dos trabalhos na Exposição na Feira de Ciências. E com isso, fica a expectativa de que cada ano letivo, trabalhos mais criativos e originais sejam realizados e que possam abrir as portas de uma carreira almejada, culminando com a realização própria, individual aquela satisfação permanente que ninguém jamais pode nos subtrair. Na realização da Feira de Ciências, será desenvolvido: Apresentação de danças, músicas; Exposição dos trabalhos dos alunos separados por salas, conforme o tema; Cantinho de historias infantil; Apresentação de teatro; Leituras de diferentes textos; Elaboração de painel e cartazes, para serem expostos nas dependências da escola, CRONOGRAMA: - Dezembro: Apresentação dos trabalhos das turmas na Feira de Ciências no Clube do Distrito.

6 AVALIAÇÃO: A avaliação do projeto deverá acorrer durante todo o processo de realização, através da observação dos professores baseada em critérios préestabelecidos. Durante o desenvolvimento dos trabalhos é importante que o professor esteja presente para interagir com o processo de trabalho dos alunos, diagnosticando diferenças e conquistas, proporcionando uma análise das etapas do projeto.

7 RESULTADOS ESPERADOS: Com desenvolvimento da Feira de Ciências, espera-se que toda comunidade escolar e a comunidade em geral, conscientize-se da importância da integração escola/família/comunidade; e o bom senso do professor relacionando os conhecimentos adquiridos com as outras ciências e sobretudo com a vivência do aluno.

8 REFERÊNCIAS BIBLIOGRAFICAS PARÂMETROS CURRICULARES NACIONAIS: Meio Ambiente e Saúde. Temas Transversais. Ministério da Educação. Secretaria da Educação Fundamental. 3. ed. Brasília: 1998 BORSA, Juliane Callegaro. O Papel da Escola no Processo de Socialização Infantil Disponível em: Acesso em 24/04/2012. CAIADO, Elen Campos. Valorização da Feira de Ciências. Disponível em: Acesso em: 24/04/2012 VANIN,José Atílio. Feira de Ciências na escola. Disponível em Acesso em 24/04/2012.

ESCOLA ESTADUAL LUIS VAZ DE CAMÕES. Ipezal/Angélica - MS DIADOS PAIS. Ipezal/Angélica MS

ESCOLA ESTADUAL LUIS VAZ DE CAMÕES. Ipezal/Angélica - MS DIADOS PAIS. Ipezal/Angélica MS ESCOLA ESTADUAL LUIS VAZ DE CAMÕES Ipezal/Angélica - MS DIADOS PAIS Ipezal/Angélica MS Maio/2012 ESCOLA ESTADUAL LUIS VAZ DE CAMÕES Ipezal/Angélica - MS GISLAYNE DE ARAUJO TEIXEIRA PROFESSORAS RESPONSÁVEIS:

Leia mais

ESCOLA ESTADUAL LUIZ VAZ DE CAMÕES

ESCOLA ESTADUAL LUIZ VAZ DE CAMÕES ESCOLA ESTADUAL LUIZ VAZ DE CAMÕES IPEZAL-DISTRITO DE ANGÉLICA-MS SETEMBRO/2016 ESCOLA ESTADUAL LUIZ VAZ DE CAMÕES FEIRA DE CIÊNCIAS E NOITE CULTURAL/2016 Projeto elaborado para se desenvolvido na E.E.

Leia mais

ESCOLA ESTADUAL LUIS VAZ DE CAMÕES PREVENÇÃO AOS VICIOS: ALCOOLISMO, TABAGISMO E DROGAS ILICITAS NA ADOLESCÊNCIA.

ESCOLA ESTADUAL LUIS VAZ DE CAMÕES PREVENÇÃO AOS VICIOS: ALCOOLISMO, TABAGISMO E DROGAS ILICITAS NA ADOLESCÊNCIA. ESCOLA ESTADUAL LUIS VAZ DE CAMÕES PREVENÇÃO AOS VICIOS: ALCOOLISMO, TABAGISMO E DROGAS ILICITAS NA ADOLESCÊNCIA. Ipezal/Angélica MS Maio de 2012. ESCOLA ESTADUAL LUIS VAZ DE CAMÕES PREVENÇÃO AOS VICIOS:

Leia mais

ESCOLA ESTADUAL LUIS VAZ DE CAMÕES EDUCAÇÃO AMBIENTAL NA ESCOLA

ESCOLA ESTADUAL LUIS VAZ DE CAMÕES EDUCAÇÃO AMBIENTAL NA ESCOLA ESCOLA ESTADUAL LUIS VAZ DE CAMÕES EDUCAÇÃO AMBIENTAL NA ESCOLA Ipezal/Angélica MS Maio de 2012. ESCOLA ESTADUAL LUIS VAZ DE CAMÕES EDUCAÇÃO AMBIENTAL NA ESCOLA PROFESSORES RESPONSÁVEIS: ALDO ARARIPE PEIXOTO

Leia mais

Bilhete 084/14. Bilhete 084/14 Santo André, 25 de novembro de 2014. Senhores Pais dos alunos da Educação Infantil.

Bilhete 084/14. Bilhete 084/14 Santo André, 25 de novembro de 2014. Senhores Pais dos alunos da Educação Infantil. Senhores Pais dos alunos da Educação Infantil. Senhores Pais dos alunos da Educação Infantil. Senhores Pais dos alunos do 1º ano. Senhores Pais dos alunos do 1º ano. Senhores Pais dos alunos da turma 1F8.

Leia mais

Os verdadeiros analfabetos são os que aprenderam a ler e não leem. (Mário Quintana).

Os verdadeiros analfabetos são os que aprenderam a ler e não leem. (Mário Quintana). Meus filhos terão computadores, sim, mas antes terão livros. Sem livros, sem leitura, os nossos filhos serão incapazes de escrever - inclusive a sua própria história. (Bill Gates). Os verdadeiros analfabetos

Leia mais

Atividades Extraclasse

Atividades Extraclasse Atividades Extraclasse No Marista Ipanema, o estudante também aprende e desenvolve habilidades além da sala de aula. As turmas das Atividades Extraclasse, para cada modalidade, são divididas de acordo

Leia mais

TÍTULO: FAMÍLIA E ESCOLA: PARCERIA E ADMINISTRAÇÃO DE CONFLITOS CATEGORIA: EM ANDAMENTO ÁREA: CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS SUBÁREA: PEDAGOGIA

TÍTULO: FAMÍLIA E ESCOLA: PARCERIA E ADMINISTRAÇÃO DE CONFLITOS CATEGORIA: EM ANDAMENTO ÁREA: CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS SUBÁREA: PEDAGOGIA TÍTULO: FAMÍLIA E ESCOLA: PARCERIA E ADMINISTRAÇÃO DE CONFLITOS CATEGORIA: EM ANDAMENTO ÁREA: CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS SUBÁREA: PEDAGOGIA INSTITUIÇÃO: FACULDADE ANHANGUERA DE JOINVILLE AUTOR(ES): DAIANE

Leia mais

Externato Cantinho Escolar. Plano Anual de Atividades

Externato Cantinho Escolar. Plano Anual de Atividades Externato Cantinho Escolar Plano Anual de Atividades Ano letivo 2016 / 2017 Pré-escolar e 1º Ciclo Receção dos Fomentar a integração da criança no meio escolar. Promover a socialização dos alunos. Receção

Leia mais

A ALFABETIZAÇÃO MATEMÁTICA PARA CRIANÇAS COM DEFICIÊNCIA VISUAL CONGÊNITA E ADQUIRIDA ATRAVÉS DE JOGOS PEDAGÓGICOS.

A ALFABETIZAÇÃO MATEMÁTICA PARA CRIANÇAS COM DEFICIÊNCIA VISUAL CONGÊNITA E ADQUIRIDA ATRAVÉS DE JOGOS PEDAGÓGICOS. A ALFABETIZAÇÃO MATEMÁTICA PARA CRIANÇAS COM DEFICIÊNCIA VISUAL CONGÊNITA E ADQUIRIDA ATRAVÉS DE JOGOS PEDAGÓGICOS. Luciana Barros Farias Lima Instituto Benjamin Constant Práticas Pedagógicas Inclusivas

Leia mais

AUTOR(ES): FRANCIELY DOS SANTOS CARDOZO, MARIA LEONOR CHAVES MEDINA

AUTOR(ES): FRANCIELY DOS SANTOS CARDOZO, MARIA LEONOR CHAVES MEDINA Anais do Conic-Semesp. Volume 1, 2013 - Faculdade Anhanguera de Campinas - Unidade 3. ISSN 2357-8904 TÍTULO: RECICLOTECA MÓVEL CATEGORIA: EM ANDAMENTO ÁREA: CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS SUBÁREA: PEDAGOGIA

Leia mais

Sala: CATL. Educadora: Helena Salazar Professora: Elisabete Oliveira

Sala: CATL. Educadora: Helena Salazar Professora: Elisabete Oliveira Sala: CATL Educadora: Helena Salazar Professora: Elisabete Oliveira CALENDARIZAÇÃO TEMAS/CONTEÚDOS OBJETIVOS ATIVIDADES SETEMBRO Receção e integração das crianças Conhecer os diferentes espaços da instituição

Leia mais

Projeto Jogos. A importância de conhecer a história dos Jogos

Projeto Jogos. A importância de conhecer a história dos Jogos Projeto Jogos A importância de conhecer a história dos Jogos Introdução Este projeto consiste em um desenvolvimento de comunicação entre jogos e computadores voltado para entretenimento e aprendizagem.

Leia mais

PROJETO BRINCANDO SE APRENDE

PROJETO BRINCANDO SE APRENDE PROJETO BRINCANDO SE APRENDE COLÉGIO ESTADUAL PROFESSOR EDGARD SANTOS APRESENTAÇÃO A Matemática e a Língua Portuguesa são vistas como disciplinas de difícil aprendizagem, muitas vezes até rejeitada pelos

Leia mais

PROJETO CONSTRUINDO SABERES

PROJETO CONSTRUINDO SABERES PROJETO CONSTRUINDO SABERES Justificativa: O Projeto Construindo Saberes em Língua Portuguesa e Matemática, justifica-se pela importância de ser um instrumento de apoio pedagógico e didático para sanar

Leia mais

PROJETO SOCIAL DE KARATE 2017

PROJETO SOCIAL DE KARATE 2017 1 PROJETO SOCIAL DE KARATE 2017 Alunos: João da Silva Parcerias: MEDIANEIRA KARATÊ CLUBE MEDIANEIRA - PR 2017 2 PROJETO DE KARATÊ JUSTIFICATIVA Este projeto justifica-se, pela vontade do Medianeira Karatê

Leia mais

Plano de Trabalho Docente Ensino Médio

Plano de Trabalho Docente Ensino Médio Plano de Trabalho Docente 2016 Ensino Médio Etec Código: Município: Área de conhecimento: Componente Curricular: Série: C. H. Semanal: Professor: I Competências e respectivas habilidades e valores 1 1

Leia mais

História em foco : rádio escola como uma alternativa eficaz de ensino aprendizagem nas aulas de história

História em foco : rádio escola como uma alternativa eficaz de ensino aprendizagem nas aulas de história História em foco : rádio escola como uma alternativa eficaz de ensino aprendizagem nas aulas de história Introdução Maria Luziane de Sousa Lima (UFCG) Luziane.picui@hotmail.com Djanira Rafaella Silva Pereira

Leia mais

A RELEVÂNCIA DO LÚDICO NO ENSINO DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL PARA CRIANÇAS DO ENSINO FUNDAMENTAL

A RELEVÂNCIA DO LÚDICO NO ENSINO DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL PARA CRIANÇAS DO ENSINO FUNDAMENTAL A RELEVÂNCIA DO LÚDICO NO ENSINO DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL PARA CRIANÇAS DO ENSINO FUNDAMENTAL Rita Maria Luz Freitas Soares (1) ; Luciana Rocha Paula (2) ; Ernandes Damasceno da Costa (2) ; João da Paixão

Leia mais

INSTITUTO EDUCACIONAL MAYRINK VIEIRA

INSTITUTO EDUCACIONAL MAYRINK VIEIRA INSTITUTO EDUCACIONAL MAYRINK VIEIRA Ensino Infantil Ensino Fundamental Ensino Médio CRONOGRAMA 2016 1º ao 5º ANO Ensino Fundamental I :::: Cronograma da 1ª Unidade Letiva 1º ao 5º Ano do Ensino Fundamental

Leia mais

Portanto, a atividade de monitoria visa fornecer elementos que colaborem na formação de profissionais na área de Gastronomia.

Portanto, a atividade de monitoria visa fornecer elementos que colaborem na formação de profissionais na área de Gastronomia. PROJETO DE MONITORIA 2014 Centro Universitário SENAC: Águas de São Pedro Curso: Gastronomia Disciplina: Cozinha fria Professor responsável: Fabio Stoco Período letivo: 2 Período 1. Justificativa A monitoria

Leia mais

IFRS CÂMPUS BENTO GONÇALVES PIBID FÍSICA

IFRS CÂMPUS BENTO GONÇALVES PIBID FÍSICA IFRS CÂMPUS BENTO GONÇALVES PIBID FÍSICA COORDENADOR: ÂNGELO MOZART SUPERVISORA: CAMILA PAESE BOLSISTAS: ALISSON MALLMANN DE OLIVEIRA, FERNANDA ENDRIZZI, KELLEN MELO PINHEIRO,SIRLENE MARIA LAZZARINI, THIAGO

Leia mais

OLIMPÍADA MARISTA DE LÍNGUA PORTUGUESA - 2014

OLIMPÍADA MARISTA DE LÍNGUA PORTUGUESA - 2014 OLIMPÍADA MARISTA DE LÍNGUA PORTUGUESA - 2014 1 JUSTIFICATIVA Por meio do Projeto Olimpíada Marista de Língua Portuguesa, educandos e educadores das Unidades Educacionais e Sociais são incentivados a exercitar

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PAMPA CAMPUS SÃO GABRIEL

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PAMPA CAMPUS SÃO GABRIEL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PAMPA CAMPUS SÃO GABRIEL PROJETO Teatro com enfoque biológico abordando os temas transversais Escola Municipal de Ensino Fundamental Presidente João Goulart Coordenadores Analía

Leia mais

DEPARTAMENTO PRÉ-ESCOLAR - PLANIFICAÇÃO DAS ATIVIDADES

DEPARTAMENTO PRÉ-ESCOLAR - PLANIFICAÇÃO DAS ATIVIDADES 0 DEPARTAMENTO PRÉ-ESCOLAR - PLANIFICAÇÃO DAS ATIVIDADES Na planificação das atividades daremos continuidade ao projeto Crescer, Brincar e Aprender, do Departamento Pré Escolar que se concretizará também

Leia mais

TRABALHANDO EDUCAÇÃO AMBIENTAL DO ECOSSISTEMA MANGUEZAL NO ENSINO FUNDAMENTAL I. Andreza Barboza da Silva; Ana Paula Santos Fidelis

TRABALHANDO EDUCAÇÃO AMBIENTAL DO ECOSSISTEMA MANGUEZAL NO ENSINO FUNDAMENTAL I. Andreza Barboza da Silva; Ana Paula Santos Fidelis TRABALHANDO EDUCAÇÃO AMBIENTAL DO ECOSSISTEMA MANGUEZAL NO ENSINO FUNDAMENTAL I. Andreza Barboza da Silva; Ana Paula Santos Fidelis Universidade Federal de Pernambuco andrezabarbozasilva@hotmail.com ppfidelis@gmail.com

Leia mais

REUNIÃO DE PAIS 5ª SÉRIE Compromisso Família e Escola

REUNIÃO DE PAIS 5ª SÉRIE Compromisso Família e Escola REUNIÃO DE PAIS 5ª SÉRIE Compromisso Família e Escola Projeto Educativo Buscamos integrar rigor científico, excelência acadêmica, formação cristã, cultura da solidariedade e da paz, sensibilidade estética,

Leia mais

EMPREENDEDO- RISMO E EMPREGABILIDADE

EMPREENDEDO- RISMO E EMPREGABILIDADE EMPREENDEDO- RISMO E EMPREGABILIDADE Programa de Ocupação de Jovens (POJ) Descrição: Programa que proporciona a jovens experiências iniciais de contacto com o mercado de trabalho facilitando o desenvolvimento

Leia mais

CRECHE MUNICIPAL MARIANA FERNANDES MACEDO

CRECHE MUNICIPAL MARIANA FERNANDES MACEDO Secretaria Municipal de Educação Diretoria de Politicas Educacionais Coordenadoria de Organização Curricular Gerencia de Educação Infantil CRECHE MUNICIPAL MARIANA FERNANDES MACEDO PROJETO ALIMENTAÇÃO

Leia mais

Centro Social Monsenhor Júlio Martins

Centro Social Monsenhor Júlio Martins Centro Social Monsenhor Júlio Martins Plano Anual de Atividades 2014/2015 Tema do Projeto Educativo: Brincar a Aprender Tema do Projeto Curricular de Turma: Descobrir com as emoções Sala dos 3,4 e 5 anos

Leia mais

Escola Básica do 1º Ciclo com Pré-Escolar da Nazaré. Atividade de Enriquecimento Curricular TIC. Pré-Escolar Nenúfares

Escola Básica do 1º Ciclo com Pré-Escolar da Nazaré. Atividade de Enriquecimento Curricular TIC. Pré-Escolar Nenúfares Escola Básica do 1º Ciclo com Pré-Escolar da Nazaré Atividade de Enriquecimento Curricular TIC Pré-Escolar Nenúfares Docente: Telma Sá Ano Letivo: 2015/2016 1 O saber é um processo, não é um produto. Jerome

Leia mais

INSTITUIÇÃO RECANTO INFANTIL TIA CÉLIA CNPJ: 05.028.042/0001-54 Rua Eucalipto N 34 Jardim - Ypê - Mauá SP Fone: 4546-9704/ 3481-6788

INSTITUIÇÃO RECANTO INFANTIL TIA CÉLIA CNPJ: 05.028.042/0001-54 Rua Eucalipto N 34 Jardim - Ypê - Mauá SP Fone: 4546-9704/ 3481-6788 Relatório de Atividades Mensal Esse relatório tem como objetivo apresentar as principais atividades desenvolvidas pela Instituição Recanto Infantil Tia, de acordo com o Projeto Biblioteca e Cidadania Ativa.

Leia mais

PROJETO DO 3º BIMESTRE PROJETO ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL E ESTAÇÕES DO ANO

PROJETO DO 3º BIMESTRE PROJETO ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL E ESTAÇÕES DO ANO CRECHE MUNICIPAL TERTULIANA MARIA DE ARRUDA SOUZA MÂE NHARA PROJETO DO 3º BIMESTRE PROJETO ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL E ESTAÇÕES DO ANO CUIABÁ 2015 INTRODUÇÃO Partindo do pressuposto de que a creche é um espaço

Leia mais

ESCOLA ESTADUAL LUIS VAZ DE CAMÕES IPEZAL/ANGÉLICA MS PROJETO CULTURA SUL MATOGROSSENSE

ESCOLA ESTADUAL LUIS VAZ DE CAMÕES IPEZAL/ANGÉLICA MS PROJETO CULTURA SUL MATOGROSSENSE ESCOLA ESTADUAL LUIS VAZ DE CAMÕES IPEZAL/ANGÉLICA MS PROJETO CULTURA SUL MATOGROSSENSE Ipezal/Angélica MS Maio/2010 ESCOLA ESTADUAL LUIS VAZ DE CAMÕES IPEZAL/ANGÉLICA MS PROJETO CULTURA SUL MATOGROSSENSE

Leia mais

INFÂNCIA. PLANO ANUAL DE ATIVIDADES Ano Letivo 2015/2016

INFÂNCIA. PLANO ANUAL DE ATIVIDADES Ano Letivo 2015/2016 INFÂNCIA PLANO ANUAL DE ATIVIDADES Ano Letivo 2015/2016 Plano aprovado em reunião de Direção de 24 de setembro de 2015 Plano elaborado e proposto pelo Corpo Docente em reunião de 14 de setembro de 2015

Leia mais

Agrupamento de Escolas de Samora Correia 2012/2013

Agrupamento de Escolas de Samora Correia 2012/2013 Plano Anual de Actividades Jardins de Infância Organização do Ambiente Educativo e espaços comuns. (de 03 a 13 de Setembro) Cada educadora prepara a sua sala Organizar o Ambiente Educativo Todas as educadoras

Leia mais

UNIFLOR E PREFEITURA DE MATUPÁ: JUNTOS NUMA JORNADA DE CIDADANIA

UNIFLOR E PREFEITURA DE MATUPÁ: JUNTOS NUMA JORNADA DE CIDADANIA UNIFLOR E PREFEITURA DE MATUPÁ: JUNTOS NUMA JORNADA DE CIDADANIA Guarantã do Norte 2013 DADOS DE IDENTIFICAÇÃO IES: Faculdade de Ciências Sociais de Guarantã do Norte PARCERIA: Prefeitura Municipal de

Leia mais

PROJETO: BRINCANDO DE FAZ DE CONTA: VIVÊNCIAS DE HISTÓRIAS INFANTIS NA EDUCAÇÃO FÍSICA

PROJETO: BRINCANDO DE FAZ DE CONTA: VIVÊNCIAS DE HISTÓRIAS INFANTIS NA EDUCAÇÃO FÍSICA Diretora: Irene Gomes Lepore Coordenadora Pedagógica: Alba Coppini Lopes Professora Responsável: Mariana Aparecida Ferreira de Camargo Professora Participante: Ana Claudia Silva Davini PROJETO: BRINCANDO

Leia mais

REGULAMENTO PRÉMIOS DE MÉRITO ESCOLAR DO COLÉGIO PAULO VI. Um homem cresce até ao fim da vida, se não em altura,

REGULAMENTO PRÉMIOS DE MÉRITO ESCOLAR DO COLÉGIO PAULO VI. Um homem cresce até ao fim da vida, se não em altura, 1 REGULAMENTO PRÉMIOS DE MÉRITO ESCOLAR DO COLÉGIO PAULO VI PREÂMBULO Um homem cresce até ao fim da vida, se não em altura, pelo menos em obras e ambições." Alves Redol Somos o que somos por termos sido

Leia mais

Pró-Reitoria de Graduação. Plano de Ensino 2º Quadrimestre de Caracterização da disciplina Práticas de Ensino de Biologia l NHT

Pró-Reitoria de Graduação. Plano de Ensino 2º Quadrimestre de Caracterização da disciplina Práticas de Ensino de Biologia l NHT Código da disciplina: NHT1083-15 Nome da disciplina: Caracterização da disciplina Práticas de Ensino de Biologia l Créditos (T- P-I): Código da turma: Docente(s) responsável(is): (2-1-4) Carga horária:

Leia mais

ESCOLA DE ARTES SOM LIVRE CURSOS DE MÚSICA E ARTES PARA 3º IDADE

ESCOLA DE ARTES SOM LIVRE CURSOS DE MÚSICA E ARTES PARA 3º IDADE CURSOS DE MÚSICA E ARTES PARA 3º IDADE O Curso de Artes na Maturidade, direcionado para o público de 50 anos em diante, se propõe a estimular a criatividade, ampliar o potencial expressivo e a socialização,

Leia mais

TRABALHANDO O LIVRO DIDÁTICO: Com produção de maquetes no Ensino de História Medieval

TRABALHANDO O LIVRO DIDÁTICO: Com produção de maquetes no Ensino de História Medieval TRABALHANDO O LIVRO DIDÁTICO: Com produção de maquetes no Ensino de História Medieval Autora Rosangela Silva Barros dos Santos 1 rosangelasilvabarros@hotmail.com Dr. Hamilton Afonso de Oliveira 2 hamiltonafonso@uol.com.br

Leia mais

PLANO DE ACTIVIDADES DA BIBLIOTECA ESCOLAR. Ano lectivo de 2013 2014

PLANO DE ACTIVIDADES DA BIBLIOTECA ESCOLAR. Ano lectivo de 2013 2014 PLANO DE ACTIVIDADES DA BIBLIOTECA ESCOLAR Ano lectivo de 2013 2014 A Biblioteca Escolar / Centro de Recursos Educativos, de acordo com o que está definido no Projecto educativo, deste agrupamento (...)

Leia mais

PLANO ANUAL DE ATIVIDADES (PAA) Adenda n.º 1. Viagens na minha Terra 2014/2015

PLANO ANUAL DE ATIVIDADES (PAA) Adenda n.º 1. Viagens na minha Terra 2014/2015 PLANO ANUAL DE ATIVIDADES (PAA) Adenda n.º 1 Viagens na minha Terra 2014/2015 1 Tabela XXIII- Departamento curricular da Educação Pré-escolar Celebrar o Natal ida ao circo Destinatários: alunos da educação

Leia mais

EDUCAÇÃO AMBIENTAL: VALORIZAÇÃO E PRESERVAÇÃO DA CAATINGA NATASHA DA COSTA CAJAZEIRAS

EDUCAÇÃO AMBIENTAL: VALORIZAÇÃO E PRESERVAÇÃO DA CAATINGA NATASHA DA COSTA CAJAZEIRAS EDUCAÇÃO AMBIENTAL: VALORIZAÇÃO E PRESERVAÇÃO DA CAATINGA NATASHA DA COSTA CAJAZEIRAS ITAITUBA 2015 1. RESUMO Este projeto caracteriza-se por um trabalho bibliográfico com o objetivo de conhecer e preservar

Leia mais

PROJETO: SOU LETRANDO.

PROJETO: SOU LETRANDO. PROJETO: SOU LETRANDO. Acadêmicos: Thainara Lobo e Ailton Ourique Escola Estadual de Ensino Fundamental Dr Mário Vieira Marques (CIEP) São Luiz Gonzaga, 2016 1.TEMA Projeto de Leitura: Sou Letrando. 2.PROBLEMA

Leia mais

PROGRAMA PARA A VALORIZAÇÃO DE INICIATIVAS CULTURAIS VAI SECRETARIA MUNICIPAL DA CULTURA São Paulo, Janeiro de 2012.

PROGRAMA PARA A VALORIZAÇÃO DE INICIATIVAS CULTURAIS VAI SECRETARIA MUNICIPAL DA CULTURA São Paulo, Janeiro de 2012. PROGRAMA PARA A VALORIZAÇÃO DE INICIATIVAS CULTURAIS VAI SECRETARIA MUNICIPAL DA CULTURA São Paulo, Janeiro de 2012 Design D Kebrada 2. Dados do projeto 2.1 Nome do projeto Design D Kebrada 2.2 Data e

Leia mais

Projeto Político Pedagógico

Projeto Político Pedagógico Projeto Político Pedagógico UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA Disciplina: (EDC284) Didática Professora: Amaleide Lima Ivanilda Gonçalves da Silva Joice Assis de Souza Mércia Samyra Nascimento Ramon Castro

Leia mais

COLEÇÃO EDUCACIONAL BRINCADEIRAS MUSICAIS DA PALAVRA CANTADA

COLEÇÃO EDUCACIONAL BRINCADEIRAS MUSICAIS DA PALAVRA CANTADA COLEÇÃO EDUCACIONAL BRINCADEIRAS MUSICAIS DA PALAVRA CANTADA BRINCADEIRAS MUSICAIS DA PALAVRA CANTADA é uma Coleção Educacional de música para crianças, elaborada pela Editora Melhoramentos em parceria

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE CUBA PÓLO DE EDUCAÇÃO DE VILA ALVA PLANO ANUAL DE ACTIVIDADES 2007/2008

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE CUBA PÓLO DE EDUCAÇÃO DE VILA ALVA PLANO ANUAL DE ACTIVIDADES 2007/2008 Prof. Adelaide Fialho /Ed. Berta Pomares /Prof. Visitação Anjo 1 Recepção aos alunos Reunião com as crianças e suas famílias. Entrega de um desdobrável com informações sobre o ano lectivo. Oferta de uma

Leia mais

Projeto Educativo/Plano de Atividades

Projeto Educativo/Plano de Atividades COMPONENTE DE APOIO À FAMÍLIA 1º CICLO DO ENSINO BÁSICO Projeto Educativo/Plano de Atividades Ano letivo 2014/2015 Índice Introdução Princípios orientadores da ação educativa Horário de funcionamento Clubes

Leia mais

PROJETO: PRESERVAÇÃO, CONSERVAÇÃO E DEVOLUÇÃO DO LIVRO DIDÁTICO NAS ESCOLAS DA REDE ESTADUAL DE EDUCAÇÃO DO MATO GROSSO DO SUL

PROJETO: PRESERVAÇÃO, CONSERVAÇÃO E DEVOLUÇÃO DO LIVRO DIDÁTICO NAS ESCOLAS DA REDE ESTADUAL DE EDUCAÇÃO DO MATO GROSSO DO SUL PROJETO: PRESERVAÇÃO, CONSERVAÇÃO E DEVOLUÇÃO DO LIVRO DIDÁTICO NAS ESCOLAS DA REDE ESTADUAL DE EDUCAÇÃO DO MATO GROSSO DO SUL Campo Grande 2015 1. JUSTIFICATIVA Considerando a Resolução/FNDE nº 42, de

Leia mais

LUDICIDADE NO ENSINO DA EDUCAÇÃO AMBIENTAL: TEATRO DE SENSIBILIZAÇÃO QUANTO AO DESCARTE INCORRETO DE ÓLEO USADO

LUDICIDADE NO ENSINO DA EDUCAÇÃO AMBIENTAL: TEATRO DE SENSIBILIZAÇÃO QUANTO AO DESCARTE INCORRETO DE ÓLEO USADO LUDICIDADE NO ENSINO DA EDUCAÇÃO AMBIENTAL: TEATRO DE SENSIBILIZAÇÃO QUANTO AO DESCARTE INCORRETO DE ÓLEO USADO Julia Hoffmann 154545@upf.br Larissa Pasinato 115149@upf.br Yasmin Vieira 135901@upf.br Aline

Leia mais

COLÉGIO LAURA VICUNHA ANO LETIVO 2016/2017 PLANO ANUAL DE ATIVIDADES 1º Período

COLÉGIO LAURA VICUNHA ANO LETIVO 2016/2017 PLANO ANUAL DE ATIVIDADES 1º Período 1º Período Calendarização Departamento Atividades Curriculares Pastorais Destinatários Local 25 de setembro Pastoral Eucaristia comemorativa dos 50 anos das FMA em Vendas e de abertura do ano letivo. 26

Leia mais

Centro de Assistência Paroquial de Caria Jardim de Infância Girassol Creche

Centro de Assistência Paroquial de Caria Jardim de Infância Girassol Creche Centro de Assistência Paroquial de Caria Jardim de Infância Girassol Creche Plano Anual de Atividades Cresço e Aprendo com os Contos Ano Letivo 2015/2016 Educadora Sofia Pires Introduçã o O Plano Anual

Leia mais

PROGRAMA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO FISCAL. PROJETO: CIDADANIA: APRENDENDO PARA A VIDA Profª Medianeira Garcia Geografia

PROGRAMA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO FISCAL. PROJETO: CIDADANIA: APRENDENDO PARA A VIDA Profª Medianeira Garcia Geografia PROGRAMA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO FISCAL PROJETO: CIDADANIA: APRENDENDO PARA A VIDA Profª Medianeira Garcia Geografia INTRODUÇÃO O projeto foi organizado por acreditarmos que o papel da escola e sua função

Leia mais

Escola Básica e Secundária do Porto Moniz Ano Letivo 2016/2017. Plano Anual de Atividades do Programa Eco Escolas

Escola Básica e Secundária do Porto Moniz Ano Letivo 2016/2017. Plano Anual de Atividades do Programa Eco Escolas Escola Básica e Secundária do Porto Moniz Ano Letivo 2016/2017 Plano Anual de Atividades do Programa Eco Escolas Plano Anual de Atividades do Programa Eco Escolas Ano Letivo 2016-2017 Calendarização Atividades

Leia mais

PROJETO ESPECIAL DE AÇÃO

PROJETO ESPECIAL DE AÇÃO PROJETO ESPECIAL DE AÇÃO - 2013 PORTARIA Nº 1.566 DE 18/03/08 Nome da Unidade Educacional EMEI MÁRIO SETTE Diretoria Regional de Educação CAMPO LIMPO Modalidade (art.2º): A tematização das práticas desenvolvidas

Leia mais

EMEFI PROFA ARACY LEAL BERNARDI

EMEFI PROFA ARACY LEAL BERNARDI TRABALHANDO A PLURALIDADE CULTURAL ATRAVÉS DA LITERATURA INFANTIL; COM CORDEL E XILOGRAVURAS. EMEFI PROFA ARACY LEAL BERNARDI Sala 9 1ª sessão Professor(es) Apresentador(es): MARA SILVIA PAES CAVALCANTE

Leia mais

O PROEXT A SERVIÇO DA EJA

O PROEXT A SERVIÇO DA EJA O PROEXT A SERVIÇO DA EJA Thamiriz Martins Teixeira, IF Sudeste de MG Campus Rio Pomba Paula Reis de Miranda, IF Sudeste de MG Campus Rio Pomba RESUMO O presente trabalho apresenta atividades desenvolvidas

Leia mais

BRINQUEDOTECA PARAÍSO DA CRIANÇA ATIVIDADES RECREATIVAS BRINQUEDOS NO PERÍODO CONTRATADO SUPERVISÃO DE MONITORES DA ÁREA DE EDUCAÇÃO OFICINAS

BRINQUEDOTECA PARAÍSO DA CRIANÇA ATIVIDADES RECREATIVAS BRINQUEDOS NO PERÍODO CONTRATADO SUPERVISÃO DE MONITORES DA ÁREA DE EDUCAÇÃO OFICINAS FES ATIVIDADES RECREATIVAS BRINQUEDOS NO PERÍODO CONTRATADO SUPERVISÃO DE MONITORES DA ÁREA DE EDUCAÇÃO BRINQUEDOTECA PARAÍSO DA CRIANÇA OFICINAS NOITE DO PIJAMA FESTA INFANTIL PROPOSTA Acreditamos que

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA DOCENTE: ALESSANDRA ASSIS DISCENTE: SILVIA ELAINE ALMEIDA LIMA DISCIPLINA: ESTÁGIO 2 QUARTO SEMESTRE PEDAGOGIA

UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA DOCENTE: ALESSANDRA ASSIS DISCENTE: SILVIA ELAINE ALMEIDA LIMA DISCIPLINA: ESTÁGIO 2 QUARTO SEMESTRE PEDAGOGIA UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA DOCENTE: ALESSANDRA ASSIS DISCENTE: SILVIA ELAINE ALMEIDA LIMA DISCIPLINA: ESTÁGIO 2 QUARTO SEMESTRE PEDAGOGIA A leitura de mundo precede a leitura da palavra Paulo Freire

Leia mais

ROBÓTICA EDUCACIONAL

ROBÓTICA EDUCACIONAL Qualidade do Ensino e Gestão de Sala de Aula Objetivo -Relacionar estudos de conceitos multidisciplinares, como física, matemática, geografia entre outros; -Desenvolver o Protagonismo Juvenil (jovem sujeito

Leia mais

Palavras-Chave: Prática Formativa. Desenvolvimento Profissional. Pibid.

Palavras-Chave: Prática Formativa. Desenvolvimento Profissional. Pibid. O SUBPROJETO DO CURSO DE PEDAGOGIA NO PIBID/ CAPES/UFAC COMO PRÁTICA FORMATIVA E SUAS REPERCUSSÕES NO DESENVOLVIMENTO PROFISSIONAL DOCENTE: APROXIMAÇÕES INICIAIS Lúcia de Fátima Melo Universidade Federal

Leia mais

A Especialização na Formação de Professores. Elizabet Dias de Sá Especialização em Psicologia Educacional pela PUC/MG

A Especialização na Formação de Professores. Elizabet Dias de Sá Especialização em Psicologia Educacional pela PUC/MG A Especialização na Formação de Professores Elizabet Dias de Sá Especialização em Psicologia Educacional pela PUC/MG A escola sempre foi alvo de questionamentos e de conflitos porque expõe a diversidade

Leia mais

Na minha escola todo mundo é igual? REFLEXÕES SOBRE PLURALIDADE CULTURAL NA E.M.E.F. DR. ALCIDES DE MENDONÇA LIMA

Na minha escola todo mundo é igual? REFLEXÕES SOBRE PLURALIDADE CULTURAL NA E.M.E.F. DR. ALCIDES DE MENDONÇA LIMA Na minha escola todo mundo é igual? REFLEXÕES SOBRE PLURALIDADE CULTURAL NA E.M.E.F. DR. ALCIDES DE MENDONÇA LIMA Projeto Interdisciplinar: Na minha escola todo mundo é igual? Escola Municipal de Ensino

Leia mais

Projeto: Brincando Eu também Aprendo.

Projeto: Brincando Eu também Aprendo. VÁRZEA GRANDE MATO GROSSO Parceria: OSC- ASSOCIAÇÃO SOCIAL CIVIL ABAIUC- ASCA E EMEB SENHORA DIRCE LEITE DE CAMPOS Projeto: Brincando Eu também Aprendo. Introdução Durante muito tempo, a brincadeira no

Leia mais

PIBID UMA BREVE REFLEXÃO ENTRE TEORIA E PRÁTICA DOCENTE

PIBID UMA BREVE REFLEXÃO ENTRE TEORIA E PRÁTICA DOCENTE PIBID UMA BREVE REFLEXÃO ENTRE TEORIA E PRÁTICA DOCENTE Andrieli Petrouski Guardacheski Acadêmica do Curso de Pedagogia da Universidade Estadual do Centro- Oeste/Irati bolsista do PIBID CAPES Rejane Klein,

Leia mais

BLOGS COMO APOIO A APRENDIZAGEM DE FÍSICA E QUÍMICA

BLOGS COMO APOIO A APRENDIZAGEM DE FÍSICA E QUÍMICA BLOGS COMO APOIO A APRENDIZAGEM DE FÍSICA E QUÍMICA Silvia Ferreto da Silva Moresco Patricia Alejandra Behar UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL FACULDADE DE EDUCAÇÃO NÚCLEO DE TECNOLOGIA APLICADA

Leia mais

O IMPACTO DA FORMAÇÃO CONTINUADA NA APRENDIZAGEM DE LEITURA DOS ALUNOS DO CICLO DE ALFABETIZAÇÃO NO MUNICÍPIO DE COCAL DE TELHA.

O IMPACTO DA FORMAÇÃO CONTINUADA NA APRENDIZAGEM DE LEITURA DOS ALUNOS DO CICLO DE ALFABETIZAÇÃO NO MUNICÍPIO DE COCAL DE TELHA. O IMPACTO DA FORMAÇÃO CONTINUADA NA APRENDIZAGEM DE LEITURA DOS ALUNOS DO CICLO DE ALFABETIZAÇÃO NO MUNICÍPIO DE COCAL DE TELHA. Vanessa Cristiane dos Santos 1 van.213@hotmail.com Silvania Uchôa de Castro

Leia mais

COLÉGIO AGRÍCOLA ESTADUAL DE TOLEDO Ensino Médio Profissional Integrado

COLÉGIO AGRÍCOLA ESTADUAL DE TOLEDO Ensino Médio Profissional Integrado Professor (a): Tsália Kaliny Gomes de Sousa Disciplina: LEM- Inglês Ano 2014 Período: Integral CONTEÚDOS ESTRUTURANTES CONTEÚDOS BÁSICOS / ESPECÍFICOS JUSTIFICATIVA ENCAMINHAMENTO METODOLÓGICO E RECURSOS

Leia mais

PERCEPÇÃO DAS CRIANÇAS DA ESCOLA MUNICIPAL CENTRO DE PROMOÇÃO EDUCACIONAL ACERCA DO ESTATUTO CRIANÇA E ADOLESCENTE

PERCEPÇÃO DAS CRIANÇAS DA ESCOLA MUNICIPAL CENTRO DE PROMOÇÃO EDUCACIONAL ACERCA DO ESTATUTO CRIANÇA E ADOLESCENTE 28 PERCEPÇÃO DAS CRIANÇAS DA ESCOLA MUNICIPAL CENTRO DE PROMOÇÃO EDUCACIONAL ACERCA DO ESTATUTO CRIANÇA E ADOLESCENTE FEITOZA, Rosangela 1 BARROS, Ady 2 IGNÁCIO, Alba Valéria Alves 3 CRUZ, Marcelo Sérgio

Leia mais

PROGRAMA INSTITUCIONAL DE APOIO À EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA EDITAL CURSO PARA GESTANTES NASCER FELIZ CAMPUS MOSSORÓ.

PROGRAMA INSTITUCIONAL DE APOIO À EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA EDITAL CURSO PARA GESTANTES NASCER FELIZ CAMPUS MOSSORÓ. PROGRAMA INSTITUCIONAL DE APOIO À EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA EDITAL 2017.1 CURSO PARA GESTANTES NASCER FELIZ CAMPUS MOSSORÓ. A Universidade Potiguar UnP, através da Direção da Escola da Saúde, torna público

Leia mais

Ana Maria de Jesus Ferreira DINÂMICA GRUPAL. No processo ensino-aprendizagem

Ana Maria de Jesus Ferreira DINÂMICA GRUPAL. No processo ensino-aprendizagem Ana Maria de Jesus Ferreira DINÂMICA GRUPAL No processo ensino-aprendizagem Rio de Janeiro 2005 UNIVERSIDADE CANDIDO MENDES PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU PROJETO VEZ DO MESTRE DINÂMICA GRUPAL OBJETIVOS: Estudar

Leia mais

Pró-Reitoria de Graduação. Plano de Ensino 1º Quadrimestre de 2016

Pró-Reitoria de Graduação. Plano de Ensino 1º Quadrimestre de 2016 Caracterização da disciplina Código da NHZ5021-15 Nome da Educação em saúde e sexualidade disciplina: disciplina: Créditos (T-P-I): (3-0-3) Carga horária: 36 horas Aula prática: - Câmpus: SA Código da

Leia mais

PLANO DE TRABALHO DO PROFESSOR 2012/1 1- DADOS DE IDENTIFICAÇÃO

PLANO DE TRABALHO DO PROFESSOR 2012/1 1- DADOS DE IDENTIFICAÇÃO PLANO DE TRABALHO DO PROFESSOR 2012/1 1- DADOS DE IDENTIFICAÇÃO CAMPUS: Alegrete CURSO: Licenciatura em Matemática NÍVEL: Superior COMPONENTE CURRICULAR: Planejamento Educacional e Currículo SEMESTRE/SÉRIE:

Leia mais

PLANO ANUAL DE ATIVIDADES PREVISTAS

PLANO ANUAL DE ATIVIDADES PREVISTAS PLANO ANUAL DE ATIVIDADES PREVISTAS 2016/2017 Mês Dia Atividade Objetivos Intervenientes 1º Período Setembro Outubro Ciclo da Água Receção aos alunos Creche/Préescolar; 22 Comemoração do início do Outono:

Leia mais

Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais Mantenedora da Escola Especial Renascer de Lucas do Rio Verde MT CNPJ: 00.066.

Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais Mantenedora da Escola Especial Renascer de Lucas do Rio Verde MT CNPJ: 00.066. Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais Mantenedora da Escola Especial Renascer de Lucas do Rio Verde MT CNPJ: 00.066.207/0001-69 CNAS : 440006.000.846/98 51 CEBAS : 44006.000794/2003-88 D. O. 25.06.04

Leia mais

PROJETO DIVERSIDADE CULTURAL

PROJETO DIVERSIDADE CULTURAL CRECHE MUNICIPAL TERTULIANA MARIA DE ARRUDA SOUZA MÂE NHARA Projeto do segundo bimestre PROJETO DIVERSIDADE CULTURAL CUIABÁ 2015 Projeto: Diversidade Cultural INTRODUÇÂO Ao analisar o cenário atual da

Leia mais

CURSOS SUPERIORES DE TECNOLOGIA MODALIDADE DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA MANUAL DE AT ATIVIDADES TRANSVERSAL

CURSOS SUPERIORES DE TECNOLOGIA MODALIDADE DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA MANUAL DE AT ATIVIDADES TRANSVERSAL CURSOS SUPERIORES DE TECNOLOGIA MODALIDADE DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA MANUAL DE AT ATIVIDADES TRANSVERSAL CONCEITOS, NORMAS E PROCEDIMENTOS REGULAMENTO ATIVIDADES TRANSVERSAL I DA DEFINIÇÃO Art. 1º Por Transversalidade

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO E CULTURA UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE CURSO MÍDIAS NA EDUCAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO E CULTURA UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE CURSO MÍDIAS NA EDUCAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO E CULTURA UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE CURSO MÍDIAS NA EDUCAÇÃO Projeto: Festas juninas ( Santo Antônio) Resgatando tradições MARIA SUELI PAMPLONA BOEHME Projeto: Festas juninas

Leia mais

PLANO ANUAL DE ACTIVIDADES 2012/2013 1

PLANO ANUAL DE ACTIVIDADES 2012/2013 1 Setembro PLANO ANUAL DE ACTIVIDADES 2012/2013 1 CALENDARIZAÇÃO COMPETÊNCIAS A DESENVOLVER ACTIVIDADES PASSÍVEIS DE REALIZAR 03 Recepção às Crianças (Adaptação e integração) Estimular as relações Família/Escola

Leia mais

Externato Cantinho Escolar. Plano Anual de Atividades

Externato Cantinho Escolar. Plano Anual de Atividades Externato Cantinho Escolar Plano Anual de Atividades Ano letivo 2015 / 2016 Pré-escolar e 1º Ciclo Ação Local Objetivos Atividades Materiais Recursos Humanos Receção dos Fomentar a integração da criança

Leia mais

SOCIEDADE E INDIVÍDUO EM DISCUSSÃO

SOCIEDADE E INDIVÍDUO EM DISCUSSÃO 1 SOCIEDADE E INDIVÍDUO EM DISCUSSÃO Acadêmica: Raquel Luchese Orientadora: SilandraBadch Rosa Universidade Luterana do Brasil- ULBRA raquelluchese@hotmail.com RESUMO O presente trabalho refere-se ao Estágio

Leia mais

CADERNO DO EDUCADOR EVENTO COMUNITÁRIO. patrocínio Sesame Workshop. Todos os direitos reservados.

CADERNO DO EDUCADOR EVENTO COMUNITÁRIO. patrocínio Sesame Workshop. Todos os direitos reservados. CADERNO DO EDUCADOR EVENTO COMUNITÁRIO patrocínio 2015 Sesame Workshop. Todos os direitos reservados. 4. Ideias para o Dia das Crianças Para conversar Quais são as expectativas das crianças em relação

Leia mais

MANUAL DO AVALIADOR O que é uma Feira de Ciência? Por que avaliar os trabalhos? Como os avaliadores devem proceder?

MANUAL DO AVALIADOR O que é uma Feira de Ciência? Por que avaliar os trabalhos? Como os avaliadores devem proceder? MANUAL DO AVALIADOR O que é uma Feira de Ciência? É uma exposição que divulga os resultados de experimentos ou de levantamentos realizados, com rigor científico, por alunos, sob a orientação de um professor.

Leia mais

PROJETO ROBÓTICA EDUCACIONAL

PROJETO ROBÓTICA EDUCACIONAL PROJETO ROBÓTICA EDUCACIONAL A vida tem mais imaginação do que carregamos dentro dos nossos sonhos. Cristóvão Colombo APRESENTAÇÃO O crescimento atual da robótica tanto educacional como competitiva, nos

Leia mais

BIBLIOTECA ESCOLAR da Escola Básica 1º ciclo e da Escola Básica e

BIBLIOTECA ESCOLAR da Escola Básica 1º ciclo e da Escola Básica e 2015/2016 BIBLIOTECA ESCOLAR da Escola Básica 1º ciclo e da Escola Básica e Secundária pólo Aquilino Ribeiro e pólo Luís Veiga Leitão DATA LOCAL ATIVIDADES OBJETIVOS/DOMÍNIOS ORGANIZADORES/ INTERVENIENTES

Leia mais

MODELO DE PARECER DE UMA CRIANÇA COM NECESSIDADES ESPECIAIS. Autora : Simone Helen Drumond (92) /

MODELO DE PARECER DE UMA CRIANÇA COM NECESSIDADES ESPECIAIS. Autora : Simone Helen Drumond (92) / MODELO DE PARECER DE UMA CRIANÇA COM NECESSIDADES ESPECIAIS. Autora : Simone Helen Drumond simone_drumond@hotmail.com (92) 8808-2372 / 8813-9525 MODELO DE PARECER DE UMA CRIANÇA COM NECESSIDADES ESPECIAIS.

Leia mais

PLANO DE ENSINO DADOS DO COMPONENTE CURRICULAR

PLANO DE ENSINO DADOS DO COMPONENTE CURRICULAR PLANO DE ENSINO DADOS DO COMPONENTE CURRICULAR Nome: Educação Física Curso: Técnico em Meio Ambiente Integrado ao Ensino Médio Série: 1º, 2º, 3º Ano Carga Horária: 80h/a (67/H) Docente Responsável: EMENTA

Leia mais

SEDUC SECRETARIA DE ESTADO DE EDUCAÇÃO DE MATO GROSSO ESCOLA ESTADUAL DOMINGOS BRIANTE ELIANE CALHEIROS

SEDUC SECRETARIA DE ESTADO DE EDUCAÇÃO DE MATO GROSSO ESCOLA ESTADUAL DOMINGOS BRIANTE ELIANE CALHEIROS SEDUC SECRETARIA DE ESTADO DE EDUCAÇÃO DE MATO GROSSO ESCOLA ESTADUAL DOMINGOS BRIANTE ELIANE CALHEIROS OLIVIA EVANGELISTA BENEVIDES THIANE ARAUJO COSTA TRABALHANDO A MATEMÁTICA DE FORMA DIFERENCIADA A

Leia mais

PROJETOS CRIATIVOS TURNO 2016

PROJETOS CRIATIVOS TURNO 2016 PROJETOS CRIATIVOS TURNO 2016 Tema: Mundo dos games Mês: Maio Habilidade Socioemocional: Cooperação e empatia Período: 09 a 13 de Maio Duração: até 1h Público: Creche e Pré Descrição da atividade (resumo

Leia mais

FEDERAÇÃO PORTUGUESA DE KRAV MAGA KRAV MAGA KIDS

FEDERAÇÃO PORTUGUESA DE KRAV MAGA KRAV MAGA KIDS FEDERAÇÃO PORTUGUESA DE KRAV MAGA KRAV MAGA KIDS 1 Índice O Krav Maga e as Crianças 3 Benefícios 4 Estrutura das Aulas 5 Acompanhamento do desenvolvimento 5 Expectativas Krav Maga Crianças 5 Um pouco de

Leia mais

MEDIAÇÃO PEDAGÓGICA: FORMAÇÃO DOCENTE NA PERSPECTIVA DA EDUCAÇÃO INCLUSIVA NA REDE PÚBLICA DE MANAUS

MEDIAÇÃO PEDAGÓGICA: FORMAÇÃO DOCENTE NA PERSPECTIVA DA EDUCAÇÃO INCLUSIVA NA REDE PÚBLICA DE MANAUS MEDIAÇÃO PEDAGÓGICA: FORMAÇÃO DOCENTE NA PERSPECTIVA DA EDUCAÇÃO INCLUSIVA NA REDE PÚBLICA DE MANAUS Claudia Regina Rodrigues Nazaré Magalhães, Secretaria Municipal de Educação Msc. Jacy Alice Grande da

Leia mais

Associação de Pais, Encarregados de Educação e Amigos dos Alunos da EB1/JI de Pinhal de Frades. Plano de Atividades 2013/2014

Associação de Pais, Encarregados de Educação e Amigos dos Alunos da EB1/JI de Pinhal de Frades. Plano de Atividades 2013/2014 Setembro Receção e Acolhimento dos alunos (dias 02 a 06) Integrar as novas crianças e promover a facilidade de interação no grupo Promover o bem-estar e o fácil convívio entre as crianças Atividades relacionadas

Leia mais

Colégio São Francisco de Assis Educar para a Paz e o Bem Província do SS. Nome de Jesus do Brasil.

Colégio São Francisco de Assis Educar para a Paz e o Bem Província do SS. Nome de Jesus do Brasil. Colégio São Francisco de Assis Educar para a Paz e o Bem Província do SS. Nome de Jesus do Brasil. Senhores pais ou responsável: Iremos iniciar as matrículas das atividades extracurriculares. INÍCIO DAS

Leia mais

A IMPORTÂNCIA DO USO DE JOGOS DIDÁTICOS E SUAS CONTRIBUIÇÕES PARA O ENSINO DE QUÍMICA

A IMPORTÂNCIA DO USO DE JOGOS DIDÁTICOS E SUAS CONTRIBUIÇÕES PARA O ENSINO DE QUÍMICA A IMPORTÂNCIA DO USO DE JOGOS DIDÁTICOS E SUAS CONTRIBUIÇÕES PARA O ENSINO DE QUÍMICA Lillyane Raissa Barbosa da Silva 1 ; Renata Joaquina de Oliveira Barboza 2 ; José Geovane Jorge de Matos 3 ; Magadã

Leia mais

CLUBE de Informática e Robótica

CLUBE de Informática e Robótica (A PREENCHER PELA COMISSÃO DO PAA) Atividade Nº AGRUPAMENTO VERTICAL DE ESCOLAS DE FRAGOSO Projeto CLUBE de Informática e Robótica (CIR) Equipa Dinamizadora: Clara Fernandes Marina Ribeiro Ano letivo 2016/2017

Leia mais

Curso: Pedagogia Componente Curricular: Psicologia da Educação Carga Horária: 50 horas. Semestre letivo/ Módulo. Professor(es):

Curso: Pedagogia Componente Curricular: Psicologia da Educação Carga Horária: 50 horas. Semestre letivo/ Módulo. Professor(es): FACULDADE SUMARÉ PLANO DE ENSINO Curso: Pedagogia Componente Curricular: Psicologia da Educação Carga Horária: 50 horas Semestre letivo/ Módulo Professor(es): Período: 1º Semestre / 2015 Ementa s Estudos

Leia mais

PROJETO SOCIAL EDUCAÇÃO E CIDADANIA PARA TODOS.

PROJETO SOCIAL EDUCAÇÃO E CIDADANIA PARA TODOS. ESADE ESCOLA SUPERIOR DE ADMINISTRAÇÃO, DIREITO E ECONOMIA. CURSO DE ADMINISTRAÇÃO RESPONSABILIDADE SOCIAL PROJETO SOCIAL EDUCAÇÃO E CIDADANIA PARA TODOS. Profª. Ana Elisa Pascottini. MARIA IANE CAMARGO

Leia mais