PÓS-GRADUAÇÃO CONTABILIDADE E FISCALIDADE

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "PÓS-GRADUAÇÃO CONTABILIDADE E FISCALIDADE"

Transcrição

1 PÓS-GRADUAÇÃO CONTABILIDADE E FISCALIDADE

2 2 PÓS-GRADUAÇÃO CONTABILIDADE E FISCALIDADE COORDENAÇÃO Prof. Doutor Eduardo Barbosa do Couto Mestre António Samagaio APRESENTAÇÃO Este curso de Pós-Graduação pretende ser um espaço de aprendizagem e de reflexão para os participantes que desejam aprofundar os seus conhecimentos sobre os conceitos contabilístico-fiscais e assim elevar as suas competências técnicas. Este curso de Pós-Graduação em Contabilidade e Fiscalidade ajudará os alunos a desenvolver, com perspectivas de elevado desempenho, funções nas seguintes atividades: Administração e Direcção Financeira de empresas ou outras instituições; Controlador Financeiro; Consultoria nas áreas de Contabilidade, Fiscalidade ou Finanças Empresariais; Gabinetes de Contabilidade e de Fiscalidade; Técnicos nas áreas de Contabilidade, Fiscalidade ou Finanças Empresariais; OBJETIVOS Adquirir, aprofundar e consolidar conhecimentos técnicos na área da Contabilidade que possibilitem aos profissionais destas áreas responder pronta e eficazmente aos desafios que são colocados na preparação de informação de qualidade e tempestiva. Identificar as implicações fiscais das decisões de gestão. Possibilitar que os participantes criem uma rede de contactos e desenvolvam competências interpessoais (comunicação, integridade, liderança) que contribuam para um desempenho eficaz das suas funções. DESTINATÁRIOS > Licenciados nas áreas de Gestão, Economia, Contabilidade, Administração e outras áreas afins; > Alunos de outras Pós-Graduações do ISEG e de outras Universidades ou Institutos; > Alunos licenciados ou bacharéis que tenham como objetivo obter uma forte preparação para concorrer à obtenção de certificação de TOC. > Técnicos Oficiais de Contas que pretendam realizar acções de formação conducentes à possibilidade de obter créditos no âmbito do Controlo de Qualidade da OTOC. Ordem dos Técnicos Oficiais de Contas De acordo com a deliberação da Ordem dos Técnicos Oficiais de Contas, a Pós-Graduação em Contabilidade e Fiscalidade reúne as condições para atribuição de créditos nos termos previstos no seu Regulamento de Controlo de Qualidade.

3 3 CONTABILIDADE E FISCALIDADE Duração 180 horas Propina Início Setembro KEY-FACTS Horário Pós-laboral e Sábados de manhã Alunos a admitir 35 PLANO CURRICULAR BLOCO 1 UNIDADE CURRICULAR CORPO DOCENTE HORAS CRÉDITOS CONTABILIDADE DE GRUPOS ECONÓMICOS Cristina Gaio Silva 18 3 FISCALIDADE Maria dos Prazeres Lousa 18 3 RELATO FINANCEIRO Inês Pinto 18 3 FISCALIDADE DE PRODUTOS FINANCEIROS Diogo Filipe Pires 18 3 SISTEMA FISCAL PORTUGUÊS III IRC João Pedro Santos 18 3 BLOCO 2 UNIDADE CURRICULAR CORPO DOCENTE HORAS CRÉDITOS CONTABILIDADE DE ENTIDADES COMPLEXAS José Miguel Azevedo Rodigues 18 3 CONTABILIDADE DE INSTRUMENTOS FINANCEIROS Mário Freire 18 3 SISTEMA FISCAL PORTUGUÊS I IRS Fernando Pinto Marques 18 3 GESTÃO FISCAL Pedro Tardão Alves 18 3 SISTEMA FISCAL PORTUGUÊS II IVA João Paulo Morais Canedo 18 3

4 4 PÓS-GRADUAÇÃO UNIDADES CURRICULARES BLOCO 1 CONTABILIDADE DE GRUPOS ECONÓMICOS Cristina Gaio Silva O sistema de normalização contabilística. Concentração de atividades empresariais. Interesses em Empreendimentos conjuntos. Investimentos em associadas. Consolidação de contas. FISCALIDADE Maria dos Prazeres Lousa Noção de imposto e algumas figuras afins. Estrutura e dinâmica do imposto: facto gerador do imposto; a incidência de um imposto; matéria colectável, taxas e colecta; as operações de lançamento, liquidação e cobrança. Classificação dos impostos: impostos diretos e impostos indiretos; impostos reais e impostos pessoais; impostos de quota fixa e impostos de quota variável; impostos periódicos e impostos de obrigação única; impostos principais, impostos acessórios e impostos dependentes; impostos estaduais e impostos não estaduais; impostos sobre o rendimento, impostos sobre o património e impostos sobre a despesa. Direito fiscal: características e relações com outros ramos de direito; fontes de direito fiscal; interpretação e integração da lei fiscal; aplicação da lei fiscal no tempo e no espaço; relação jurídicofiscal; obrigação fiscal e obrigações fiscais acessórias; sujeitos da obrigação fiscal; substituição e responsabilidade fiscais; garantias da obrigação fiscal; garantias dos contribuintes. Os benefícios fiscais: conceito, modalidades; situação portuguesa. RELATO FINANCEIRO Inês Pinto Informação Contabilística e Estrutura Conceptual; Reporte Financeiro Sistema de Normalização Contabilística; Ativos fixos tangíveis; Ativos intangíveis; Imparidades; Propriedades de investimento; Inventários; Provisões, passivos e ativos contingentes; Interpretação e Análise das Demonstrações Financeiras; Análise da Eficiência Operacional e Liquidez; Análise da Rendibilidade, Risco e Crescimento. FISCALIDADE DE PRODUTOS FINANCEIROS Diogo Filipe Pires Fiscalidade do financiamento empresarial: influência da fiscalidade no financiamento empresarial, financiamento através de capitais próprios e capitais alheios, estruturas típicas de financiamento empresarial, limitações à dedutibilidade dos encargos financeiros. Fiscalidade do investimento empresarial: influência da fiscalidade no investimento empresarial, regime fiscal das mais-valias e menos-valias realizadas e do reinvestimento, regime fiscal do participation exemption, regime fiscal da redomiciliação de sociedades e imposto de saída. Fiscalidade dos produtos financeiros e dos instrumentos financeiros derivados: partes de capital, obrigações, unidades de participação, warrants autónomos, swaps cambiais e de taxa de juro, swaps de crédito, operações cambiais a prazo, opções europeias e americanas, futuros. O planeamento fiscal e normas anti-abuso. SISTEMA FISCAL PORTUGUÊS III - IRC João Pedro Santos Enquadramento do IRC. Incidência: Sujeitos passivos; Base tributável; Extensão da obrigação de imposto; Regime de transparência fiscal; Período de tributação. Isenções. Determinação da matéria colectável: Regras gerais; Lucro tributável. Taxas. Liquidação e pagamento: Deduções à colecta e prejuízos; Retenções na fonte; Pagamentos por conta; Tributações autónomas. Regime Especial de Tributação dos Grupos de Sociedades. Regime Especial Aplicável às Fusões, Cisões, Entradas de Ativos e Permutas de Partes Sociais. Regime dos Preços de Transferência. BLOCO 2 CONTABILIDADE EM ENTIDADES COMPLEXAS José Miguel Azevedo Rodrigues Especificidades nas demonstrações financeiras das entidades complexas: Contabilidade de instrumentos de capital próprio e de capital alheio. Locações. Rédito e contratos plurianuais. Tópicos relevantes de contabilidade de benefícios de empregados. Contabilidade das operações em moeda estrangeira. CONTABILIDADE DE INSTRUMENTOS FINANCEIROS Mário Freire Definições: Instrumento financeiro; Ativo financeiro; Passivo financeiro vs instrumento de capital próprio. Reconhecimento/ Desreconhecimento: Desreconhecimento de ativos financeiros; Desreconhecimento de passivos financeiros. Mensuração: Mensuração Inicial; Mensuração subsequente (justo valor, custo amortizado, custo); Imparidade e incobrabilidade de ativos financeiros. Tratamento contabilístico de produtos derivados e contabilização da cobertura. Divulgações. Adopção pela Primeira Vez. Casos particulares dos Bancos. SISTEMA FISCAL PORTUGUÊS I - IRS Fernando Pinto Marques Enquadramento do IRS. Incidência real e incidência pessoal. Determinação do rendimento coletável: regras gerais, deduções e abatimentos. Taxas: gerais, liberatórias, especiais e tributação autónoma. Deduções à coleta. Benefícios fiscais. Obrigações de pagamento: regras gerais, retenções na fonte e pagamentos por conta. Obrigações acessórias. GESTÃO FISCAL Pedro Tardão Alves Introdução. As empresas e os impostos. Importância da gestão fiscal. Gestão fiscal - princípios fundamentais: Natureza da gestão fiscal; Modalidades de gestão fiscal benefícios fiscais e alternativas fiscais; Distinção entre gestão fiscal e evasão e fraude fiscais; Gestão fiscal e segurança jurídica. Gestão fiscal e formas de exercício da atividade empresarial: Influência da fiscalidade sobre a escolha da forma jurídica da empresa empresas individuais; sociedades. Tratamento fiscal da cooperação entre empresas consórcio; associação em participação; agrupamento complementar de empresas. Gestão fiscal das reorganizações empresariais e dos grupos económicos: Reorganizações empresariais a fiscalidade das fusões, cisões e entradas de ativos; Regime fiscal dos grupos económicos. SISTEMA FISCAL PORTUGUÊS II - IVA João Paulo Morais Canedo A tributação do consumo e a sua coordenação internacional. O IVA: caraterização geral e fases de harmonização comunitária. Incidência: incidência objetiva; Operações tributáveis; Incidência subjetiva; A inversão do sujeito passivo; Territorialidade e localização das operações; Facto gerador e exigibilidade. Isenções: isenções completas (taxa zero) e isenções incompletas ou simples; Principais isenções nas operações internas e externas. Valor tributável e taxas. Direito à dedução. O regime do IVA nas transações intracomunitárias (RITI). Regimes especiais e particulares de tributação Obrigações dos contribuintes: declarativas, contabilísticas e de faturação. Regularizações.

5 5 CONTABILIDADE E FISCALIDADE CORPO DOCENTE CRISTINA GALO SILVA Professora Auxiliar no ISEG, Universidade de Lisboa. Doutorada em Gestão pelo ISCTE. Investigadora no CSG/ADVANCE - Investigação em Ciências Sociais e Gestão, ADVANCE Centro de Investigação Avançada em Gestão do ISEG. DIOGO FILIPE PIRES Tax Manager na Deloitte Portugal. Licenciado em Gestão pelo ISEG, Universidade Técnica de Lisboa. Pós-Graduado em Gestão de Banca e Seguros pelo ISEG / IDEFE. FERNANDO PINTO MARQUES Sócio-gerente de um grupo Industrial do setor agro-alimentar. Consultor fiscal. Professor Associado Convidado no ISEG, Universidade de Lisboa. Mestre em Gestão pelo ISEG, Universidade Técnica de Lisboa. INÊS PINTO Professora Auxiliar no ISEG, Universidade de Lisboa. Doutorada em Gestão pelo ISEG, Universidade Técnica de Lisboa. Investigadora no CSG/ADVANCE - Investigação em Ciências Sociais e Gestão, ADVANCE Centro de Investigação Avançada em Gestão do ISEG. JOÃO PAULO MORAIS CANEDO Diretor da Unidade dos Grandes Contribuintes na Autoridade Tributária e Aduaneira. Assistente Convidado no ISEG, Universidade de Lisboa. Mestre em Contabilidade, Fiscalidade e Finanças Empresariais pelo ISEG, Universidade de Lisboa. JOÃO PEDRO SANTOS Assessor economista do Centro de Estudos Fiscais e Aduaneiros. Mestre em Economia Monetária e Financeira pelo ISEG/ UTL. JOSÉ MIGUEL AZEVEDO RODRIGUES Partner na Azevedo Rodrigues, Batalha e Costa e Associado, SROC. Membro do júri de exame de acesso à OROC. Consultor da Protótipo. Licenciado em Gestão pelo ISCTE. Revisor Oficial de Contas. MARIA DOS PRAZERES LOUSA Investigadora- Economista do Centro de Estudos Fiscais e Aduaneiros da Autoridade Tributária e Aduaneira. Professora Auxiliar Convidada do ISEG. Licenciada em Finanças pelo ISEG/UTL. MÁRIO FREIRE Partner Associado da KPMG. Professor Auxiliar Convidado no ISEG, Universidade de Lisboa. Licenciado em Gestão pelo ISEG, Universidade Técnica de Lisboa. Revisor Oficial de Contas. PEDRO TARDÃO ALVES Licenciado em Economia pelo ISEG/UTL; Pós-Graduado em Controlo de Gestão e Finanças Empresariais pelo ISEG/IDEFE; Pós-graduado em Contabilidade e Fiscalidade pelo ISEG/IDEFE. Responsável pela área fiscal da Nexia CPLA & Associados, SROC e da Expertax; Experiência profissional como Senior Manager no departamento do impostos da KPMG Portugal.

6 6 PÓS-GRADUAÇÃO

7 7 CONTABILIDADE E FISCALIDADE CANDIDATURAS E PROPINAS Podem candidatar-se à admissão neste curso de Pós-Graduação os: - Detentores de um grau académico superior equivalente ao 1º ciclo em áreas de Contabilidade, Gestão e Administração de Empresas, Finanças, Economia. - Detentores de um grau académico superior equivalente ao 1º ciclo em outras áreas, e que apresentem um currículo adequado às exigências do curso ou demonstrem uma adequada preparação científica de base. Cabe ao Responsável pelo curso efectuar esta análise. Os candidatos serão seleccionados em função do seu curriculum académico e profissional. Será dada preferência a alunos que já exerçam alguma atividade profissional. Poderá ser solicitada a realização de uma entrevista ou uma prestação de provas ou testes adicionais para avaliar competências linguísticas ou outras. Candidaturas online em IDEFE.PT CALENDÁRIO O curso terá inicio em Abril e Setembro. As sessões decorrem dois dias por semana, em regime de horário pós-laboral (a partir das 18:00) e /ou aos Sábados de manhã. PROPINAS O valor das propinas é de *Pago em 3 prestações. Existem reduções aplicáveis e protocolos com diversas entidades CONTACTOS Secretariado Tel: iseg.pt iseg.pt NOTA: A informação desta brochura está atualizada à data de impressão.

8 Open minds for a changing world PG CF2016V1

PÓS-GRADUAÇÃO ENTRA NUM NÍVEL SUPERIOR. 2012/2013 CONTABILIDADE E FISCALIDADE PÁG. 1

PÓS-GRADUAÇÃO ENTRA NUM NÍVEL SUPERIOR. 2012/2013 CONTABILIDADE E FISCALIDADE  PÁG. 1 PÓS-GRADUAÇÃO CONTABILIDADE E FISCALIDADE 2012/2013 ENTRA NUM NÍVEL SUPERIOR. WWW.IDEFE.PT PÁG. 1 CONTABILIDADE E FISCALIDADE 6ª E 7ª EDIÇÕES COORDENAÇÃO CIENTÍFICA Prof. Doutor Eduardo Couto Mestre António

Leia mais

CONTABILIDADE E FISCALIDADE

CONTABILIDADE E FISCALIDADE PÓS-GRADUAÇÃO CONTABILIDADE E FISCALIDADE 2015-2016 2 PÓS-GRADUAÇÃO CONTABILIDADE E FISCALIDADE COORDENAÇÃO Prof. Doutor Eduardo Barbosa do Couto Mestre António Samagaio APRESENTAÇÃO Este curso de Pós-Graduação

Leia mais

ÍNDICE. Apresentação Objetivos: Destinatários Estrutura Curricular Local de realização Datas de Realização...

ÍNDICE. Apresentação Objetivos: Destinatários Estrutura Curricular Local de realização Datas de Realização... ÍNDICE Apresentação... 3 Objetivos:... 3 Destinatários... 3 Estrutura Curricular... 3 Local de realização... 4 Datas de Realização... 4 Horário... 4 Metodologia... 4 Avaliação... 4 Modalidade e Forma de

Leia mais

PROGRAMAS EXECUTIVOS ISAG

PROGRAMAS EXECUTIVOS ISAG PROGRAMAS EXECUTIVOS ISAG Executive Programs ISAG www.isag.pt VALORES DE FUTURO INSTITUTO SUPERIOR DE ADMINISTRAÇÃO E GESTÃO O COMPROMISSO DE UMA INSTITUIÇÃO Bem-vindo aos Programas Executivos do ISAG.

Leia mais

O Regime Fiscal das Mais e Menos-Valias e a Tributação dos Grupos de Sociedades

O Regime Fiscal das Mais e Menos-Valias e a Tributação dos Grupos de Sociedades O Regime Fiscal das Mais e Menos-Valias e a Tributação dos Grupos de Sociedades ação de Formação a O Regime Fiscal das Mais e Menos-Valias e a Tributação dos Grupos de Sociedades Módulo I Mais e menos-valias

Leia mais

Apresentação... 3 Objetivos:... 3 Destinatários... 3 Estrutura Curricular... 4 Local de realização... 5 Datas de Realização... 5 Horário... Erro!

Apresentação... 3 Objetivos:... 3 Destinatários... 3 Estrutura Curricular... 4 Local de realização... 5 Datas de Realização... 5 Horário... Erro! Apresentação... 3 Objetivos:... 3 Destinatários... 3 Estrutura Curricular... 4 Local de realização... 5 Datas de Realização... 5 Horário... Erro! Marcador não definido. Avaliação... 5 Modalidade e Forma

Leia mais

CONFERÊNCIAS REALIZADAS NO ÂMBITO DO MESTRADO DE CONTABILIDADE E FINANÇAS. Ano letivo: 2010/2011

CONFERÊNCIAS REALIZADAS NO ÂMBITO DO MESTRADO DE CONTABILIDADE E FINANÇAS. Ano letivo: 2010/2011 CONFERÊNCIAS REALIZADAS NO ÂMBITO DO MESTRADO DE CONTABILIDADE E FINANÇAS Ano letivo: 2010/2011 Dia 9 de outubro de 2010 Mestre Isabel Martins Doutoranda da Faculdade de Economia da Universidade de Coimbra

Leia mais

/ O meu FUTURO na Madeira!

/ O meu FUTURO na Madeira! 2 0 1 7 / 2 0 1 8 www.isal.pt O meu FUTURO na Madeira! MENSAGEM D IRETOR-GERAL O ISAL, desde 2006, na linha de continuidade com a sua principal vocação, o ensino superior, e no âmbito da sua política convergente

Leia mais

MANUAL DE CONTABILIDADE PARA JURISTAS ÍNDICE

MANUAL DE CONTABILIDADE PARA JURISTAS ÍNDICE MANUAL DE CONTABILIDADE PARA JURISTAS ÍNDICE CAPÍTULO I. DEFINIÇÕES E DIVISÕES DA CONTABILIDADE 1 DEFINIÇÕES DE CONTABILIDADE 2 DIVISÕES DA CONTABILIDADE CAPÍTULO II. ANÁLISE DOS PRINCIPAIS CONCEITOS CONTABILÍSTICOS

Leia mais

CELORICO PALMA, CLOTILDE

CELORICO PALMA, CLOTILDE M O D E L O E U R O P E U D E C U R R I C U L U M V I T A E INFORMAÇÃO PESSOAL Nome CELORICO PALMA, CLOTILDE EXPERIÊNCIA PROFISSIONAL Janeiro de 2005 Advogada Especialista em Direito Fiscal Sócia da Paz

Leia mais

PÓS-GRADUAÇÃO GESTÃO DA SUSTENTABILIDADE

PÓS-GRADUAÇÃO GESTÃO DA SUSTENTABILIDADE PÓS-GRADUAÇÃO GESTÃO DA SUSTENTABILIDADE 2 PÓS-GRADUAÇÃO GESTÃO DA SUSTENTABILIDADE COORDENAÇÃO PARCERIA Prof.ª Doutora Helena Martins Gonçalves Mestre Carolina Afonso APRESENTAÇÃO Procura ir de encontro

Leia mais

Plano de Curso PÓS-GRADUAÇÃO EM GESTÃO FINANCEIRA E FISCAL DE EMPRESAS. Organização:

Plano de Curso PÓS-GRADUAÇÃO EM GESTÃO FINANCEIRA E FISCAL DE EMPRESAS. Organização: Plano de Curso PÓS-GRADUAÇÃO EM GESTÃO FINANCEIRA E FISCAL DE EMPRESAS Organização: Objetivos gerais A pós-graduação tem como objetivo a obtenção de competências especializadas nas várias vertentes da

Leia mais

Edital. Ref. 484.5/2016 Pág. 1/5

Edital. Ref. 484.5/2016 Pág. 1/5 Universidade de Évora Universidade Nova de Lisboa - Faculdade de Ciências Sociais e Humanas Universidade de Lisboa - Instituto Superior de Ciências Sociais e Poĺıticas Universidade de Lisboa - Instituto

Leia mais

As novas regras de tributação de rendimentos de capitais, mais-valias e de tributação do património

As novas regras de tributação de rendimentos de capitais, mais-valias e de tributação do património As novas regras de tributação de rendimentos de capitais, mais-valias e de tributação do património Foi hoje publicada a Lei n.º 55-A/2012, de 29 de Outubro, a qual vem agravar a tributação dos rendimentos

Leia mais

Pós-Graduação em Auditoria e Controlo de Gestão

Pós-Graduação em Auditoria e Controlo de Gestão Escola Superior de Tecnologia e Gestão Pós-Graduação em Auditoria e Controlo de Gestão Instituto Politécnico de Leiria Proposta de: Teresa Eugénio Inês Lisboa Vitor Ferreira Índice 1. Descrição geral...

Leia mais

Plano de Curso CURSO PREPARAÇÃO OTOC

Plano de Curso CURSO PREPARAÇÃO OTOC Plano de Curso CURSO PREPARAÇÃO OTOC INTRODUÇÃO O Curso de preparação para os exames de avaliação profissional da Ordem dos Técnicos Oficiais de Contas, promovido pela Associação para a Extensão Universitária

Leia mais

PÓS-GRADUAÇÃO EM FISCALIDADE AVANÇADA 2017

PÓS-GRADUAÇÃO EM FISCALIDADE AVANÇADA 2017 PÓS-GRADUAÇÃO EM FISCALIDADE AVANÇADA 2017 DESCRIÇÃO DO CURSO A Fiscalidade tem cada vez mais um caráter dinâmico e abrangente, estando o seu estudo sujeito a uma contínua atualização. O domínio das principais

Leia mais

PROGRAMAS EXECUTIVOS ISAG

PROGRAMAS EXECUTIVOS ISAG PROGRAMAS EXECUTIVOS ISAG Executive Programs ISAG www.isag.pt VALORES DE FUTURO INSTITUTO SUPERIOR DE ADMINISTRAÇÃO E GESTÃO O COMPROMISSO DE UMA INSTITUIÇÃO Bem-vindo aos Programas Executivos do ISAG.

Leia mais

Maria Salomé dos Santos Costa Rua Elias Garcia, n.º 55 1º B 3880.213 Ovar salome.costa@sapo.pt. Ovar, 2 de Agosto de 2012 Exmos Srs

Maria Salomé dos Santos Costa Rua Elias Garcia, n.º 55 1º B 3880.213 Ovar salome.costa@sapo.pt. Ovar, 2 de Agosto de 2012 Exmos Srs Maria Salomé dos Santos Costa Rua Elias Garcia, n.º 55 1º B 3880.213 Ovar salome.costa@sapo.pt Ovar, 2 de Agosto de 2012 Exmos Srs O meu nome é Salomé Costa e obtive recentemente aprovação na prova oral

Leia mais

Gestão do Desporto Profissional

Gestão do Desporto Profissional - Diplomas e Certificações Aos alunos que obtenham aprovação em todas as disciplinas será atribuído um Diploma de em Gestão do Desporto Profissional e um certificado das disciplinas realizadas. Aos formandos

Leia mais

Energy Derivatives ELETRICIDADE. 1ª Edição. Domine e controle os distintos tipos de Derivados e saiba como e quando utilizá-los SEMINÁRIO TÉCNICO

Energy Derivatives ELETRICIDADE. 1ª Edição. Domine e controle os distintos tipos de Derivados e saiba como e quando utilizá-los SEMINÁRIO TÉCNICO INSCREVA-SE EM 21 793 29 89 SEMINÁRIO TÉCNICO 1ª Edição Domine e controle os distintos tipos de Derivados e saiba como e quando utilizá-los Energy Derivatives ELETRICIDADE GÁS Lisboa 23 e 24 de Outubro

Leia mais

PÓS-GRADUAÇÃO EM CONTROLO DE GESTÃO E FISCALIDADE PARA PME S

PÓS-GRADUAÇÃO EM CONTROLO DE GESTÃO E FISCALIDADE PARA PME S PÓS-GRADUAÇÃO EM CONTROLO DE GESTÃO E FISCALIDADE PARA PME S CÂMARA DO COMÉRCIO DE ANGRA DO HEROÍSMO E INSTITUTO SUPERIOR DE ECONOMIA E GESTÃO Angra do Heroísmo 2010/2011 1 Objectivos Este curso de pós-graduação

Leia mais

Contabilidade Geral Carga horária: 52 horas

Contabilidade Geral Carga horária: 52 horas Contabilidade Geral Carga horária: 52 horas PROGRAMA 1. Fundamentos da Contabilidade Financeira (1 hora: Sandra Alves) 1.1. A Contabilidade Financeira 1.1.1. Conceito e divisões da Contabilidade 1.1.2.

Leia mais

Ficha de Unidade Curricular (FUC) de Fiscalidade II

Ficha de Unidade Curricular (FUC) de Fiscalidade II INSTITUTO POLITÉCNICO DE COIMBRA INSTITUTO SUPERIOR DE CONTABILIDADE E ADMINISTRAÇÂO DE COIMBRA Aprovação do Conselho Pedagógico / / Aprovação do Conselho Técnico-Científico / / Ficha de Unidade Curricular

Leia mais

Contabilidade Geral Carga horária: 52 horas

Contabilidade Geral Carga horária: 52 horas Contabilidade Geral Carga horária: 52 horas PROGRAMA 1. Fundamentos da Contabilidade Financeira (1 hora: Sandra Alves) 1.1. A Contabilidade Financeira 1.1.1. Conceito e divisões da Contabilidade 1.1.2.

Leia mais

Sistema de Normalização Contabilística (SNC) A sua implementação na Indústria Farmacêutica

Sistema de Normalização Contabilística (SNC) A sua implementação na Indústria Farmacêutica Formação Profissional Sistema de Normalização Contabilística (SNC) A sua implementação na Indústria Farmacêutica Oportunidade única para apreender os principais aspectos do novo modelo de normalização

Leia mais

FINANÇAS. ORGANIZAÇÃO O curso está estruturado em duas áreas de especialização: Mercados Financeiros; Instituições

FINANÇAS. ORGANIZAÇÃO O curso está estruturado em duas áreas de especialização: Mercados Financeiros; Instituições COMISSÃO CIENTÍFICA E PEDAGÓGICA Professor doutor João Duque (coordenador) Professora doutora Raquel Gaspar Professora doutora Clara Raposo DESTINATÁRIOS FINANÇAS O mestrado destina-se essencialmente a

Leia mais

2004 Instituto de Estudos para o Desenvolvimento Empresarial (INEDEM) Curso de Contabilidade e Análise de Balanços

2004 Instituto de Estudos para o Desenvolvimento Empresarial (INEDEM) Curso de Contabilidade e Análise de Balanços Amândio Fernandes Silva 15 de novembro de 1975. Formação e Percurso Académico 2015 Instituto Politécnico de Lisboa Título de Especialista em Direito Fiscal e Fiscalidade 2014 (em curso) Doutorando em Ciências

Leia mais

MESTRADOS ISAG b-learning

MESTRADOS ISAG b-learning MESTRADOS ISAG b-learning O COMPROMISSO DE UMA INSTITUIÇÃO Bem-vindo ao programa de mestrados do ISAG. Os mestrados em Direção Comercial e Marketing e em Gestão de Empresas visam proporcionar uma vantagem

Leia mais

O curso terá uma duração de 70 horas, repartidas por 4 módulos: Módulo 1 Contabilidade Financeira 25 horas

O curso terá uma duração de 70 horas, repartidas por 4 módulos: Módulo 1 Contabilidade Financeira 25 horas Índice 1. Apresentação, Destinatários e Objetivos... 3 1.1. Estrutura e Duração do Curso... 3 1.2. Coordenação e Equipa de Formadores... 4 2. Estrutura Funcional... 5 2.1. Custo... 5 2.2. Duração, Calendário

Leia mais

INSTITUTO POLITÉCNICO DE COIMBRA PÓS-GRADUAÇÃO EM FINANÇAS EMPRESARIAIS. 1.ª Edição 2011-2012

INSTITUTO POLITÉCNICO DE COIMBRA PÓS-GRADUAÇÃO EM FINANÇAS EMPRESARIAIS. 1.ª Edição 2011-2012 INSTITUTO POLITÉCNICO DE COIMBRA PÓS-GRADUAÇÃO EM FINANÇAS EMPRESARIAIS 1.ª Edição 2011-2012 Nos termos do disposto no artigo 8.º, n.º 1, a), do Regime Jurídico das Instituições do Ensino Superior, aprovado

Leia mais

CONTABILIDADE (NíVEIS 1,2 E 3) Curso Geral de Contabilidade

CONTABILIDADE (NíVEIS 1,2 E 3) Curso Geral de Contabilidade CONTABILIDADE (NíVEIS 1,2 E 3) Curso Geral de Contabilidade Duração: 8 dias Tipologia: Curso Presencial Para quem?: Colaboradores dos Departamentos de Contabilidade, Financeiro e Controlo de Gestão. Secretárias

Leia mais

3450-C0160-1 2013-05-20 PERÍODO DE TRIBUTAÇÃO. De 2012-01-01 a 2012-12-31 2012 ÁREA DA SEDE, DIREÇÃO EFETIVA OU ESTAB.

3450-C0160-1 2013-05-20 PERÍODO DE TRIBUTAÇÃO. De 2012-01-01 a 2012-12-31 2012 ÁREA DA SEDE, DIREÇÃO EFETIVA OU ESTAB. MODELO EM VIGOR A PARTIR DE JANEIRO DE 0 DECLARAÇÃO DE RENDIMENTOS IRC MODELO Identificação da Declaração Data de Receção Comprovativo de Entrega da Declaração Modelo Via Internet Elementos para validação

Leia mais

Informação Geral: As sessões irão decorrer todas as terças e quintas feiras de 24 de outubro a 14 de dezembro em Lisboa e no Porto, respetivamente.

Informação Geral: As sessões irão decorrer todas as terças e quintas feiras de 24 de outubro a 14 de dezembro em Lisboa e no Porto, respetivamente. EXECUTIVE MASTER IN TAXATION 2017 A fiscalidade assume uma importância fulcral nas organizações em Portugal, encontrando-se em constante e crescente mutação. A crescente sofisticação da lei fiscal implica

Leia mais

dispositivos médicos do conceito ao mercado curso de pós-graduado de atualização e de aperfeiçoamento Objetivos Enquadramento

dispositivos médicos do conceito ao mercado curso de pós-graduado de atualização e de aperfeiçoamento Objetivos Enquadramento dispositivos médicos do conceito ao mercado Enquadramento O setor dos dispositivos médicos (DMs) é de elevada complexidade técnico-científica e regulamentar. Na sociedade atual a sua utilização é cada

Leia mais

Contabilidade Geral. 1. Fundamentos da contabilidade Financeira. 2. Normalização contabilística. 3. Estrutura conceptual da contabilidade financeira

Contabilidade Geral. 1. Fundamentos da contabilidade Financeira. 2. Normalização contabilística. 3. Estrutura conceptual da contabilidade financeira Contabilidade Geral 1. Fundamentos da contabilidade Financeira 1.1. A contabilidade financeira 1.1.1. Conceito e divisões da Contabilidade 1.1.2. A importância da informação financeira para a tomada de

Leia mais

"CURRICULUM VITAE" António Augusto Almeida Trabulo

CURRICULUM VITAE António Augusto Almeida Trabulo "CURRICULUM VITAE" de António Augusto Almeida Trabulo I-Identificação Nome: António Augusto Almeida Trabulo Natural da Freguesia de Santo Amaro Concelho de Vila Nova de Foz- Côa Nascido em: 23 de Novembro

Leia mais

Informação Empresarial Simplificada (IES)

Informação Empresarial Simplificada (IES) www.pwc.pt/academy Informação Empresarial PwC s Academy 2ª Edição Um curso intensivo para compreensão dos principais elementos da Informação Empresarial Venha partilhar esta experiência connosco! Informação

Leia mais

A fiscalidade na gestão da actividade agrícola

A fiscalidade na gestão da actividade agrícola Ponto de partida: 2 sistemas contabilísticos diferentes Microentidades SNC pergunta: isto é relevante para a actividade agrícola? @Abílio Sousa Junho de 2011 2 Condicionante: a escolha do normativo contabilístico

Leia mais

CURRICULUM VITAE RICARDO MIGUEL GOMES PEDRO. IDEFF Instituto de Direito Económico, Financeiro e Fiscal Pós-Graduação Avançada em Direito Fiscal

CURRICULUM VITAE RICARDO MIGUEL GOMES PEDRO. IDEFF Instituto de Direito Económico, Financeiro e Fiscal Pós-Graduação Avançada em Direito Fiscal CURRICULUM VITAE de RICARDO MIGUEL GOMES PEDRO HABILITAÇÕES LITERÁRIAS De Nov/07 a Jul/08 IDEFF Instituto de Direito Económico, Financeiro e Fiscal Pós-Graduação Avançada em Direito Fiscal De Out/04 a

Leia mais

Formação de Fundraisers

Formação de Fundraisers Formação de Fundraisers UMA FORMAÇÃO INOVADORA PARA CAPACITAR O TERCEIRO SECTOR Desenvolvido de acordo com o Modelo de Formação Europeu - EFA Certification Parceria ASSOCIAÇÃO PORTUGUESA DE FUNDRAISING

Leia mais

PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO DOCUMENTO INFORMATIVO EUR BES PSI20 2012-2015 NOTES

PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO DOCUMENTO INFORMATIVO EUR BES PSI20 2012-2015 NOTES PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO DOCUMENTO INFORMATIVO EUR BES PSI20 2012-2015 NOTES Advertências ao investidor: Impossibilidade de solicitação de reembolso antecipado por parte do Investidor Risco de crédito

Leia mais

PÓS-GRADUAÇÃO GESTÃO EMPRESARIAL 2015-2016

PÓS-GRADUAÇÃO GESTÃO EMPRESARIAL 2015-2016 PÓS-GRADUAÇÃO GESTÃO EMPRESARIAL 2015-2016 2 PÓS-GRADUAÇÃO GESTÃO EMPRESARIAL COORDENAÇÃO Prof. Doutor Paulo Lopes Henriques Prof.ª Doutora Carla Curado Prof. Doutor Pedro Verga Matos APRESENTAÇÃO Este

Leia mais

Doutoramento Gestão 2011/2012

Doutoramento Gestão 2011/2012 Doutoramento Gestão 2011/2012 O Programa O Programa de Doutoramento em Gestão (PDG) pretende proporcionar aos doutorandos uma compreensão profunda dos problemas de gestão e uma formação sólida em métodos

Leia mais

RENDIMENTOS DE CAPITAIS

RENDIMENTOS DE CAPITAIS MODELO EM VIGOR A PARTIR DE JANEIRO DE 2016 R. P. 1 CATEGORIA E 2 MINISTÉRIO DAS FINANÇAS AUTORIDADE TRIBUTÁRIA E ADUANEIRA DECLARAÇÃO DE - IRS MODELO 3 Anexo E DE CAPITAIS 3 IDENTIFICAÇÃO DO(S) SUJEITO(S)

Leia mais

7ª Edição da Pós-Graduação em Fiscalidade

7ª Edição da Pós-Graduação em Fiscalidade Escola Superior de Tecnologia e Gestão Instituto Politécnico de Leiria 7ª Edição da Pós-Graduação em Fiscalidade 1/10 Índice 1. Enquadramento... 3 1.1 Justificação e Objetivos... 3 1.2 Destinatários...

Leia mais

Instituto de Educação

Instituto de Educação Instituto de Educação Universidade de Lisboa Oferta Formativa Pós-Graduada Doutoramento em Educação Especialização: Formação de Professores Tema: Educação Especial 16 17 Edição Instituto de Educação da

Leia mais

Objetivos Gerais: Formação integrada em Contabilidade, Finanças e Fiscalidade Este Curso pretende dotar e consolidar nos participantes os conhecimentos avançados para desempenho das suas atividades profissionais

Leia mais

GESTÃO MESTRADO DESENVOLVE CONNOSCO AS TUAS COMPETÊNCIAS EM GESTÃO. REGIME PÓS-LABORAL DURAÇÃO 3 semestres N.º DE ECTS 90 créditos OBJETIVOS DO CURSO

GESTÃO MESTRADO DESENVOLVE CONNOSCO AS TUAS COMPETÊNCIAS EM GESTÃO. REGIME PÓS-LABORAL DURAÇÃO 3 semestres N.º DE ECTS 90 créditos OBJETIVOS DO CURSO MESTRADO GESTÃO DESENVOLVE CONNOSCO AS TUAS COMPETÊNCIAS EM GESTÃO REGIME PÓS-LABORAL DURAÇÃO 3 semestres N.º DE ECTS 90 créditos O mestrado em Gestão é uma oferta formativa da ESTG, para o ano letivo

Leia mais

Conteúdo e datas da formação

Conteúdo e datas da formação Conteúdo e datas da formação Módulo I A importância da Prestação de Contas nas ESNL O processo de Prestação de Contas nas ESNL Módulo II Referencial contabilístico vigente para as ESNL A Prestação de Contas

Leia mais

PÓS-GRADUAÇÃO CONTROLO DE GESTÃO E FINANÇAS EMPRESARIAIS

PÓS-GRADUAÇÃO CONTROLO DE GESTÃO E FINANÇAS EMPRESARIAIS PÓS-GRADUAÇÃO CONTROLO DE GESTÃO E FINANÇAS EMPRESARIAIS 2015-2016 2 PÓS-GRADUAÇÃO CONTROLO DE GESTÃO E FINANÇAS EMPRESARIAIS COORDENAÇÃO Prof. Doutor Eduardo Barbosa do Couto Mestre António Samagaio APRESENTAÇÃO

Leia mais

A Tributação de Não Residentes e Regras de Localização

A Tributação de Não Residentes e Regras de Localização A Tributação de Não Residentes e Regras de Localização das Prestações de Serviços: IRS/IRC/IVA Ação de Formação Brochura a A Tributação de Não Residentes e Regras de Localização das Prestações de Serviços:

Leia mais

Fiscalidade e Contabilidade

Fiscalidade e Contabilidade Fiscalidade e Contabilidade Formação Executiva 2016 www.catolicabs.porto.ucp.pt A Católica Porto Business School Pós-Graduações Fundada em 2002, a Católica Porto Business School é a escola de negócios

Leia mais

O IRC como Instrumento de Competitividade Reforma num contexto de crise

O IRC como Instrumento de Competitividade Reforma num contexto de crise O IRC como Instrumento de Competitividade Reforma num contexto de crise 3 de Outubro de 2013 Paulo Gaspar Tópicos Enquadramento O exemplo de outros Estados-membros Concretizar Um sistema fiscal competitivo

Leia mais

Doing Business with Brazil : Investimentos em Portugal: Aspectos tributários

Doing Business with Brazil : Investimentos em Portugal: Aspectos tributários Doing Business with Brazil : Investimentos em Portugal: Aspectos tributários Sumário 1. Condições favoráveis ao aumento do investimento externo em Portugal 2. Principais Incentivos Fiscais ao Investimento

Leia mais

Fiscalidade 2012 Última Actualização 2012/10/31

Fiscalidade 2012 Última Actualização 2012/10/31 GUIA FISCAL 2012 INDICE I. Introdução II. Enquadramento fiscal dos produtos financeiros Contas 1. Contas à ordem 2. Conta ordenado 3. Conta não residente 4. Depósito a prazo 5. Contas Poupança-Habitação

Leia mais

CURSO DE PREPARAÇÃO PARA O EXAME DE INGRESSO NA INSPEÇÃO TRIBUTÁRIA: Área de Economia, Gestão e Contabilidade. 3.ª Edição

CURSO DE PREPARAÇÃO PARA O EXAME DE INGRESSO NA INSPEÇÃO TRIBUTÁRIA: Área de Economia, Gestão e Contabilidade. 3.ª Edição CURSO DE PREPARAÇÃO PARA O EXAME DE INGRESSO NA INSPEÇÃO TRIBUTÁRIA: Área de Economia, Gestão e Contabilidade 3.ª Edição Instituto Politécnico do Cávado e do Ave Escola Superior de Gestão setembro de 2013

Leia mais

PÓS-GRADUAÇÃO GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS E BENEFÍCIOS SOCIAIS

PÓS-GRADUAÇÃO GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS E BENEFÍCIOS SOCIAIS PÓS-GRADUAÇÃO GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS E BENEFÍCIOS SOCIAIS 2015-2016 2 PÓS-GRADUAÇÃO GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS E BENEFÍCIOS SOCIAIS COORDENAÇÃO Prof. Doutor Paulo Lopes Henriques Prof. Doutor Sérgio

Leia mais

PÓS-GRADUAÇÃO ECONOMIA DA ENERGIA, AMBIENTE E DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL

PÓS-GRADUAÇÃO ECONOMIA DA ENERGIA, AMBIENTE E DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL PÓS-GRADUAÇÃO ECONOMIA DA ENERGIA, AMBIENTE E DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL 2015-2016 2 PÓS-GRADUAÇÃO ECONOMIA DA ENERGIA, AMBIENTE E DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL COORDENAÇÃO Eng.º Nuno Ribeiro da Silva Prof.

Leia mais

Entidades intervenientes

Entidades intervenientes Entidades intervenientes As candidaturas deverão ser apresentadas, preferencialmente, no Município de Vizela, ou nas entidades abaixo indicadas. Câmara Municipal de Vizela Rua Dr. Alfredo Pinto, 42 4815-391

Leia mais

MESTRADO EM GESTÃO Corpo Docente

MESTRADO EM GESTÃO Corpo Docente MESTRADO EM GESTÃO Corpo Docente Carlos Manuel Gomes da Silva Doutor em Organização e Gestão de Empresas, na especialidade de Investigação Operacional, Mestre em Gestão da Informação nas Organizações,

Leia mais

Curriculum Vitae. Identificação. Nome profissional: Joana Lança. Experiencia Profissional

Curriculum Vitae. Identificação. Nome profissional: Joana Lança. Experiencia Profissional Curriculum Vitae Identificação Nome profissional: Joana Lança Experiencia Profissional Desde 2014 Associada Sénior da Área de Prática de Direito Fiscal de PLMJ A. M. PEREIRA,SÁRAGGA LEAL, OLIVEIRA MARTINS,

Leia mais

RISCO DE TESOURARIA. Gestão de Operações e. 2ª Edição Curso Prático. Inscreva-se em OSEUFORMADOR

RISCO DE TESOURARIA. Gestão de Operações e. 2ª Edição Curso Prático. Inscreva-se em OSEUFORMADOR 2ª Edição Curso Prático Gestão de Operações e RISCO DE TESOURARIA SAIBA COMO REALIZAR UMA GESTÃO EFICIENTE, REDUZIR OS RISCOS E CONTROLAR O CASH FLOW OSEUFORMADOR Lisboa, 21, 22 e 23 de Novembro de 2016

Leia mais

CURSO DE PREPARAÇÃO PARA REVISORES OFICIAIS DE CONTAS

CURSO DE PREPARAÇÃO PARA REVISORES OFICIAIS DE CONTAS CURSO DE PREPARAÇÃO PARA REVISORES OFICIAIS DE CONTAS ESTRUTURA O Curso tem a duração de 4 trimestres, compreendendo a frequência da componente letiva. Os candidatos poderão inscrever-se em todos os grupos

Leia mais

PRINCÍPIOS DA FISCALIDADE

PRINCÍPIOS DA FISCALIDADE PRINCÍPIOS DA FISCALIDADE 1. Objectivos Gerais O programa da presente disciplina tem por objectivo dar a conhecer aos alunos o conjunto de normas e princípios que regulam o nascimento, desenvolvimento

Leia mais

CURRICULUM VITAE. Membro estagiária da Ordem dos Revisores Oficiais de Contas nº 112-E-2005 no período de 01/10/2005 a 30/09/2008.

CURRICULUM VITAE. Membro estagiária da Ordem dos Revisores Oficiais de Contas nº 112-E-2005 no período de 01/10/2005 a 30/09/2008. CURRICULUM VITAE I. ELEMENTOS DE IDENTIFICAÇÃO Nome: Catarina Gonçalves dos Santos Silva Siquet II. HABILITAÇÕES LITERÁRIAS, inscrita na Ordem dos Revisores Oficiais de Contas com o nº 1398, por deliberação

Leia mais

PROSPECTO INFORMATIVO Depósito Indexado - Produto Financeiro Complexo

PROSPECTO INFORMATIVO Depósito Indexado - Produto Financeiro Complexo Designação Classificação Caracterização do Produto Garantia de Capital Caixa Eurovalor maio 2016_PFC Produto Financeiro Complexo Depósito Indexado Depósito indexado não mobilizável antecipadamente, pelo

Leia mais

Doutoramento em História Económica e Social

Doutoramento em História Económica e Social Doutoramento em História Económica e Social 2010/2011 O Programa O Programa de Doutoramento em História Económica e Social criado pela Universidade Técnica de Lisboa em 1991 e adequado ao espaço europeu

Leia mais

Universidade de Évora Universidade de Aveiro. Universidade Nova de Lisboa - Faculdade de Ciências e Tecnologias

Universidade de Évora Universidade de Aveiro. Universidade Nova de Lisboa - Faculdade de Ciências e Tecnologias Universidade de Évora Universidade de Aveiro Universidade Nova de Lisboa - Faculdade de Ciências e Tecnologias Edital Abertura do Mestrado Gestão e Poĺıticas Ambientais Ano Letivo 2015/2016 1. O Curso

Leia mais

IMPOSTO SOBRE O RENDIMENTO DAS PESSOAS SINGULARES (IRS)

IMPOSTO SOBRE O RENDIMENTO DAS PESSOAS SINGULARES (IRS) ALTERAÇÕES AO IRS, IRC, IMPOSTO DO SELO E LGT A Lei 55-A/2012, de 29 de Outubro introduziu alterações relevantes no Imposto sobre o Rendimento das Pessoas Singulares (IRS), Imposto sobre o Rendimento das

Leia mais

2014/15 12ª EDIÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO. Natureza do curso e perfil da formação. Coordenação Científica. Prof. Doutor Eduardo Couto Mestre António Samagaio

2014/15 12ª EDIÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO. Natureza do curso e perfil da formação. Coordenação Científica. Prof. Doutor Eduardo Couto Mestre António Samagaio 12ª EDIÇão PÓS-GRADUAÇÃO Controlo de Gestão e Finanças Empresariais 2014/15 12ª EDIÇÃO Coordenação Científica Prof. Doutor Eduardo Couto Mestre António Samagaio Natureza do curso e perfil da formação Os

Leia mais

Consultoria Financeira e de Gestão Contabilidade Fiscalidade Auditoria Recursos Humanos Tecnologias de Informação Apoio à Internacionalização

Consultoria Financeira e de Gestão Contabilidade Fiscalidade Auditoria Recursos Humanos Tecnologias de Informação Apoio à Internacionalização Consultoria Financeira e de Gestão Contabilidade Fiscalidade Auditoria Recursos Humanos Tecnologias de Informação Apoio à Internacionalização . > Somos uma empresa independente de prestação de Serviços

Leia mais

Instituto de Educação

Instituto de Educação Instituto de Educação Universidade de Lisboa Oferta Formativa Pós-Graduada Doutoramento em Educação Especialização: Administração e Política Educacional Edição Instituto de Educação da Universidade de

Leia mais

fiscalidade internacional OUT - NOV 2016

fiscalidade internacional OUT - NOV 2016 fiscalidade internacional OUT - NOV 2016 Associados Académicos: Universidade do Porto fiscalidade internacional OUT - NOV 2016 Associados Não Académicos: Amorim Investimentos e Participações, SGPS, S.A.

Leia mais

DEPARTAMENTO DE FINANÇAS E CONTABILIDADE DISCIPLINA: FISCALIDADE. COORDENADOR: Prof. Dr. Américo Brás Carlos ÁREA CIENTÍFICA: CONTABILIDADE

DEPARTAMENTO DE FINANÇAS E CONTABILIDADE DISCIPLINA: FISCALIDADE. COORDENADOR: Prof. Dr. Américo Brás Carlos ÁREA CIENTÍFICA: CONTABILIDADE DEPARTAMENTO DE FINANÇAS E CONTABILIDADE DISCIPLINA: FISCALIDADE COORDENADOR: Prof. Dr. Américo Brás Carlos ÁREA CIENTÍFICA: CONTABILIDADE LICENCIATURA EM GESTÃO ANO LECTIVO 2006/2007 A - DESCRIÇÃO A parte

Leia mais

4 de Setembro 2012 Direito Fiscal

4 de Setembro 2012 Direito Fiscal Orçamento Rectificativo Lei n.º 20/2012, DE 14 DE MAIO No âmbito da iniciativa para o reforço da estabilidade financeira foi publicada, no passado dia 14 de Maio a Lei n.º 20/2012 (Lei 20/2012) que entrou

Leia mais

PROSPETO INFORMATIVO EUR BAC DUAL PORTUGAL 2013-2016 PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO

PROSPETO INFORMATIVO EUR BAC DUAL PORTUGAL 2013-2016 PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO PROSPETO INFORMATIVO EUR BAC DUAL PORTUGAL 201-2016 PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO Designação Depósito Dual EUR BAC DUAL PORTUGAL 201-2016 Classificação Caracterização do produto Produto Financeiro Complexo

Leia mais

GESTÃO AVANÇADA DE CONTACT CENTERS

GESTÃO AVANÇADA DE CONTACT CENTERS GESTÃO AVANÇADA DE CONTACT CENTERS 2 GESTÃO AVANÇADA DE CONTACT CENTERS GESTÃO AVANÇADA DE CONTACT CENTERS COORDENAÇÃO Prof. Doutor Vítor da Conceição Gonçalves Eng. João Nunes Borges Eng. Paulo Loja APRESENTAÇÃO

Leia mais

ORIENTAÇÕES (2014/647/UE)

ORIENTAÇÕES (2014/647/UE) 6.9.2014 L 267/9 ORIENTAÇÕES ORIENTAÇÃO DO BANCO CENTRAL EUROPEU de 3 de junho de 2014 que altera a Orientação BCE/2013/23 relativa às estatísticas das finanças públicas (BCE/2014/21) (2014/647/UE) A COMISSÃO

Leia mais

O PROCESSO ESPECIAL DE REVITALIZAÇÃO

O PROCESSO ESPECIAL DE REVITALIZAÇÃO FORMAÇÃO AVANÇADA O PROCESSO ESPECIAL DE REVITALIZAÇÃO (PER) COMO INSTRUMENTO DE GESTÃO E REESTRUTURAÇÃO DE EMPRESAS 1ª edição 2 FORMAÇÃO AVANÇADA - O PROCESSO ESPECIAL DE REVITALIZAÇÃO (PER) COMO INSTRUMENTO

Leia mais

FORMAÇÃO APLICADA DIREITO FISCAL

FORMAÇÃO APLICADA DIREITO FISCAL FORMAÇÃO APLICADA DIREITO FISCAL a) A designação da ação: Formação Aplicada em Direito Fiscal b) A identificação do tipo de ação: Formação Aplicada c) A integração da ação no projeto educativo da UPT:

Leia mais

REGULAMENTO DO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM DIREITO FISCAL. (Aprovado pelo Conselho Científico em reunião de 7 de março de 2012)

REGULAMENTO DO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM DIREITO FISCAL. (Aprovado pelo Conselho Científico em reunião de 7 de março de 2012) REGULAMENTO DO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM DIREITO FISCAL (Aprovado pelo Conselho Científico em reunião de 7 de março de 2012) FEVEREIRO - 2012 ÍNDICE CAPÍTULO I ÁREA CIENTÍFICA, OBJETIVOS E ORGANIZAÇÃO

Leia mais

1 9 d e m a r ç o a 1 4 d e m a i o

1 9 d e m a r ç o a 1 4 d e m a i o C u r s o d e E m p r e e n d e d o r i s m o d e B a s e C i e n t í f i c a e T e c n o l ó g i c a 1 9 d e m a r ç o a 1 4 d e m a i o Edição 2013 Organização OTIC UTL Coordenação Prof. Jorge Romero

Leia mais

Aprendizagem ao Longo da Vida EMPREENDEDORISMO E NEGÓCIOS

Aprendizagem ao Longo da Vida EMPREENDEDORISMO E NEGÓCIOS Aprendizagem ao Longo da Vida em EMPREENDEDORISMO E NEGÓCIOS Regime de e-learning Coordenador: Prof.ª Doutora Luísa Cagica Carvalho 1 Índice 1. INTRODUÇÃO... 3 2. ENQUADRAMENTO... 3 3. DESTINATÁRIOS...

Leia mais

Ficha de Unidade Curricular (FUC) Unidade Curricular: Fiscalidade Internacional

Ficha de Unidade Curricular (FUC) Unidade Curricular: Fiscalidade Internacional INSTITUTO POLITÉCNICO DE COIMBRA INSTITUTO SUPERIOR DE CONTABILIDADE E ADMINISTRAÇÂO DE COIMBRA Aprovação do conselho Técnico-Científico / / Ficha de Unidade Curricular (FUC) Unidade Curricular: Fiscalidade

Leia mais

CONTABILIDADE CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO TECNOLÓGICA. ÁREA DE FORMAÇÃO Contabilidade e Fiscalidade PERFIL PROFISSIONAL

CONTABILIDADE CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO TECNOLÓGICA. ÁREA DE FORMAÇÃO Contabilidade e Fiscalidade PERFIL PROFISSIONAL CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO TECNOLÓGICA CONTABILIDADE ÁREA DE FORMAÇÃO Contabilidade e Fiscalidade PERFIL PROFISSIONAL Técnico Especialista em Contabilidade LEGISLAÇÃO APLICÁVELL Decreto-lei nº 88/2006, de

Leia mais

Hot topics fiscais Maria Antónia Torres

Hot topics fiscais Maria Antónia Torres www.pwc.pt Hot topics fiscais Maria Antónia Torres Agenda Hot topics fiscais 1. Estruturação fiscal pré-aquisição 2. Due diligence fiscal Hot topics fiscais de um processo de investimento no âmbito do

Leia mais

GESTÃO MESTRADO DESENVOLVE CONNOSCO AS TUAS COMPETÊNCIAS EM GESTÃO. REGIME PÓS-LABORAL DURAÇÃO 3 semestres N.º DE ECTS 90 créditos OBJETIVOS DO CURSO

GESTÃO MESTRADO DESENVOLVE CONNOSCO AS TUAS COMPETÊNCIAS EM GESTÃO. REGIME PÓS-LABORAL DURAÇÃO 3 semestres N.º DE ECTS 90 créditos OBJETIVOS DO CURSO MESTRADO GESTÃO DESENVOLVE CONNOSCO AS TUAS COMPETÊNCIAS EM GESTÃO REGIME PÓS-LABORAL DURAÇÃO 3 semestres N.º DE ECTS 90 créditos O mestrado em Gestão é uma novidade da oferta formativa da ESTG, para o

Leia mais

Ficha de Unidade Curricular (FUC) de Fiscalidade

Ficha de Unidade Curricular (FUC) de Fiscalidade INSTITUTO POLITÉCNICO DE COIMBRA INSTITUTO SUPERIOR DE CONTABILIDADE E ADMINISTRAÇÂO DE COIMBRA Aprovação do Conselho Pedagógico 9/11/2016 Aprovação do Conselho Técnico-Científico 23/11/2016 Ficha de Unidade

Leia mais

SNC AP. Desafio da Mudança. António Monteiro Presidente

SNC AP. Desafio da Mudança. António Monteiro Presidente SNC AP Desafio da Mudança António Monteiro Presidente V Congresso dos TOC - Lisboa 17 de Setembro de 2015 1 Síntese As Contas Públicas enquanto elemento determinante do grau de confiança na gestão dos

Leia mais

Bélgica-Bruxelas: Programa de informação e empresarial da UE em Hong Kong e Macau 2014/S 032-050737. Anúncio de concurso. Serviços

Bélgica-Bruxelas: Programa de informação e empresarial da UE em Hong Kong e Macau 2014/S 032-050737. Anúncio de concurso. Serviços 1/5 O presente anúncio no sítio web do TED: http://ted.europa.eu/udl?uri=ted:notice:50737-2014:text:pt:html Bélgica-Bruxelas: Programa de informação e empresarial da UE em Hong Kong e Macau 2014/S 032-050737

Leia mais

JORNAL OFICIAL Quinta-feira, 20 de dezembro de 2012

JORNAL OFICIAL Quinta-feira, 20 de dezembro de 2012 REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA JORNAL OFICIAL Quinta-feira, 20 de dezembro de 2012 Série 3.º Suplemento Sumário SECRETARIA REGIONAL DO AMBIENTE E RECURSOS NATURAIS Despacho n.º 48-B/GRH/2012 Designa em regime

Leia mais

Formação Profissional. Impacto Fiscal. Assessoria de Gestão, Lda

Formação Profissional. Impacto Fiscal. Assessoria de Gestão, Lda Formação Profissional Impacto Fiscal Sistema de Normalização Contabilística (SNC) A conversão para o SNC será acompanhada de uma revisão e republicação do Código do IRC e de outros diplomas relevantes.

Leia mais

Mini MBA Gestão Avançada

Mini MBA Gestão Avançada Mini MBA Gestão Avançada FORMAÇÃO PARA EXECUTIVOS Gestão Curso FEXMMBA 10 Dia(s) 66:00 Horas Introdução Os Cursos de Formação para Executivos, promovidos pela Actual Training, têm por finalidade responder

Leia mais

OTOC - Exame de Avaliação Profissional Conteúdos Programáticos

OTOC - Exame de Avaliação Profissional Conteúdos Programáticos OTOC - Exame de Avaliação Profissional Conteúdos Programáticos Contabilidade Geral 1. Fundamentos da Contabilidade Financeira 1.1. A contabilidade financeira 1.1.1. Objeto e divisões da Contabilidade 1.1.2.

Leia mais

Imposto sobre o Rendimento das Pessoas Colectivas

Imposto sobre o Rendimento das Pessoas Colectivas Imposto sobre o Rendimento das Pessoas Colectivas 19 de Dezembro de 2011 O IRC na receita fiscal -5,3% IRC Page 2/28 Artigos alterados 8.º - Período de tributação 10.º - Isenções 29.º - Depreciações 52.º

Leia mais

SNC Casos Práticos. Lisboa, 29 de Setembro, 6, 11 e 18 de Outubro. Academia da PwC. 4ªEdição

SNC Casos Práticos. Lisboa, 29 de Setembro, 6, 11 e 18 de Outubro.  Academia da PwC. 4ªEdição www.pwcacademy.pt SNC Casos Práticos Lisboa, 29 de Setembro, 6, 11 e 18 de Outubro Academia da PwC 4ªEdição Lideres na formação de executivos no SNC, tendo mais de 90% dos nossos formandos, considerado

Leia mais

Fiscalidade Europeia Juros, Royalties, Dividendos e Reorganizações Societárias.

Fiscalidade Europeia Juros, Royalties, Dividendos e Reorganizações Societárias. Fiscalidade Europeia Juros, Royalties, Dividendos e Reorganizações Societárias www.vda.pt INTRODUÇÃO Diferentes objetivos prosseguidos: Eliminação de dupla tributação jurídica Diretiva Juros & Royalties

Leia mais

Contabilidade para não Contadores. (Atualizado com as normas internacionais de contabilidade)

Contabilidade para não Contadores. (Atualizado com as normas internacionais de contabilidade) Contabilidade para não Contadores (Atualizado com as normas internacionais de contabilidade) Orientadoras Andréa Giungi Contadora; MBA em Controladoria Estratégica pela Fecap Fundação Escola de Comércio

Leia mais