PHS SP. 1º Curso de Marke.ng Polí.co. II - Aspectos Legais da Campanha

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "PHS SP. 1º Curso de Marke.ng Polí.co. II - Aspectos Legais da Campanha"

Transcrição

1 1º Curso de Marke.ng Polí.co II - Aspectos Legais da Campanha Palestrante: Dra. Patricia Brasil Especialista em Direito Eleitoral pela EJEP Escola Eleitoral Paulista do TER/SP Especialista em Direito Criminal pela EPD Escola Paulista de Direito Especialista de Direito Público Complexo Jurídico Damásio de Jesus

2 1. Normas Aplicáveis: a) Lei 9.504/97 lei geral das eleições b) Lei 9.096/95 lei orgânica dos c) Decisões dos Tribunais Eleitorais Estaduais e do Tribunal Superior Eleitoral Aspectos Legais da Campanha

3 2. Início da Campanha: (propaganda e despesas) a) Data: 06/07/2014 b) Requisitos: a) CNPJ b) Conta de Campanha c) Recibos Eleitorais Aspectos Legais da Campanha

4 3. Meios: Cartazes Faixas Carros de som Perfurades Panfletos Placas Comícios Blogs Entrevistas em jornais, rádio e tv Outros meios Aspectos Legais da Campanha

5 O QUE PODE?

6 COMÍCIOS 6 DE JULHO A 30 DE SETEMBRO 8H ÀS 24H TRIO ELÉTRICO PARADO JINGLES MENSAGENS DO CANDIDATO Aspectos Legais da Campanha

7 AUTO FALANTES OU AMPLIFICADORES DE SOM 6 DE JULHO ATÉ 4 DE OUTUBRO 8H ÀS 22H SEDE DE PARTIDOS E COLIGAÇÕES VEÍCULOS OBS: 200 M ESCOLAS, TEMPLOS RELIGIOSOS, ÓRGÃOS DO GOVERNO, HOSPITAIS, QUARTÉIS, DELEGACIAS, CENTROS DE SAÚDE, BIBLIOTECAS, TEATROS, EM FUNCIONAMENTO.

8 CARREATA, PASSEATA E BICICLEATA 6 DE JULHO A 4 DE OUTUBRO CARRO SOM, BANDEIRA, JINGLES, MENSAGENS 08H ÀS 22H COMUNICAR COMPANHIA DE TRÂNSITO E PM

9 CAVALETES, BONECOS, CARTAZES E BANDEIRAS MÓVEIS DAS 6H ÀS 22H RETIRADOS DIARIAMENTE

10 PLACAS, PINTURAS, FAIXAS E CARTAZES EM CASAS, MUROS E AUTOMÓVEIS Apenas em bens par.culares Limite de 4m² Postura Municipal Fachadas e sedes par.dárias Autorização do proprietário do muro e da casa Não se pode pagar pelo uso do espaço

11 SANTINHOS, ADESIVOS E FOLHETOS ATÉ 22H DE 04/10/2014 CNPJ DA GRÁFICA CNPJ OU CPF DO CONTRATANTE TIRAGEM PODE TER A CÉDULA ATRÁS SIGLA DO PARTIDO NÚMERO E NOME DO CANDIDATO NÚMERO E NOME DO CANDIDATO AO GOVERNO DO PHS EXCLUSIVAMENTE DOBRADA DENTRO DO PHS

12 0 INTERNET A de 06/07 Comunicar sites à Eleitoral Provedores estabelecidos no Brasil Orkut, facebook, twizer, etc; E- mail com possibilidade de descadastramento (não pode ser spam); Reprodução de jornal impresso na internet no site do próprio jornal

13 JORNAIS E REVISTAS Até 03/10/2013 1/8 de página do jornal padrão ¼ de página de revista ou tablóide Valor pago Até 10 anúncios por veículos em todo o período Não sendo matéria paga, pode haver divulgação de opinião favorável a candidato, par.do, coligação Entrevistas

14 O QUE NÃO PODE?

15 SHOWMÍCIOS Par.cipação de ar.stas Músicas ou outras atrações arxs.cas ou espor.vas Churrasco, feijoada, etc.

16 PROPAGANDA EM BENS DE USO COMUM TAPUMES DE OBRA POSTES ÁRVORES PRAÇAS CANTEIROS VIADUTOS PONTES ÓRGÃOS PÚBLICOS PARADAS DE ÔNIBUS CENTROS COMERCIAIS TEMPLOS RELIGIOSOS LOJAS CLUBES ESTÁDIOS Qualquer bem público ou privado que tenha acesso público. NÃO ATRAPALHAR TRÁFEGO DE VEÍCULOS E PESSOAS

17 Aspectos Legais Campanha BRINDES CAMISETAS BONÉS CHAVEIROS CALENDÁRIO CANETAS QUALQUER TIPO DE VANTAGEM OU UTILIDADE AO ELEITOR

18 OUTDOOR LIMITE DE 4M²

19 BOCA DE URNA

20 OBSERVAÇÕES Propaganda irregular: in.mação para re.rar em 24h Qualquer do povo pode in.mar o candidato para re.rar a propaganda irregular Multa Fim da campanha = re.rar propagandas Lei Eleitoral x Lei Municipal BOA SORTE!

MANUAL DO CANDIDATO Eleições 2014 Propaganda Eleitoral O Que Pode e o Que não Pode

MANUAL DO CANDIDATO Eleições 2014 Propaganda Eleitoral O Que Pode e o Que não Pode MANUAL DO CANDIDATO Eleições 2014 Propaganda Eleitoral O Que Pode e o Que não Pode Patricia Brasil Mestranda em Direito Político e Econômico pela Universidade Presbiteriana Mackenzie Especialista em Direito

Leia mais

Pode. Alto-falantes ou amplificadores de som. Pode

Pode. Alto-falantes ou amplificadores de som. Pode O Tribunal Superior Eleitoral publicou a Resolução nº 23.404/14, com as regras sobre propaganda eleitoral a serem seguidas nas eleições de 2014. Estão relacionados abaixo os tipos de propaganda mais comuns

Leia mais

Orientações sobre PROPAGANDA ELEITORAL

Orientações sobre PROPAGANDA ELEITORAL TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DE MINAS GERAIS Secretaria Judiciária Eleições 2012 Orientações sobre PROPAGANDA ELEITORAL O Tribunal Superior Eleitoral publicou a Resolução nº 23.370/2011, com as regras sobre

Leia mais

Orientações sobre PROPAGANDA ELEITORAL

Orientações sobre PROPAGANDA ELEITORAL TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DE MINAS GERAIS Secretaria Judiciária Eleições 2012 Orientações sobre PROPAGANDA ELEITORAL As regras sobre a veiculação de propaganda eleitoral estão contidas na Lei das Eleições

Leia mais

Propaganda Eleitoral

Propaganda Eleitoral Noções gerais sobre Propaganda Eleitoral Diogo Mendonça Cruvinel Assistente de Apoio à Propaganda Eleitoral TRE-MG 2º Seminário de Legislação Eleitoral Câmara Municipal de Belo Horizonte 24/04/2014 Legislação

Leia mais

PHS SP. 1º Curso de Marke.ng Polí.co. I - Aspectos Legais da pré- campanha

PHS SP. 1º Curso de Marke.ng Polí.co. I - Aspectos Legais da pré- campanha 1º Curso de Marke.ng Polí.co I - Aspectos Legais da pré- campanha Palestrante: Dra. Patricia Brasil Especialista em Direito Eleitoral pela EJEP Escola Eleitoral Paulista do TER/SP Especialista em Direito

Leia mais

PROPAGANDA ELEITORAL

PROPAGANDA ELEITORAL PROPAGANDA ELEITORAL Katherine Schreiner katherine@eleitoralbrasil.com.br http://www.eleitoralbrasil.com.br Propaganda Política A expressão propaganda política é empregada para significar, em síntese,

Leia mais

QUESTÕES SOBRE A PROPAGANDA ELEITORAL

QUESTÕES SOBRE A PROPAGANDA ELEITORAL QUESTÕES SOBRE A PROPAGANDA ELEITORAL São as seguintes situações as mais comuns de Propaganda Eleitoral: 1. PROPAGANDA ELEITORAL NOS EDIFÍCIOS PÚBLICOS. Nos bens cujo uso dependa de cessão ou permissão

Leia mais

ELEIÇÕES 2012: PROPAGANDA ELEITORAL: Conheça as formas permitidas e não permitidas

ELEIÇÕES 2012: PROPAGANDA ELEITORAL: Conheça as formas permitidas e não permitidas ELEIÇÕES 2012: PROPAGANDA ELEITORAL: Conheça as formas permitidas e não permitidas Em comentário anterior foram abordadas as condutas vedadas a agentes públicos e candidatos no período eleitoral, compreendido

Leia mais

Pesquisas Eleitorais Res. TSE nº 23.453/15 Lei nº 12.891/2013.

Pesquisas Eleitorais Res. TSE nº 23.453/15 Lei nº 12.891/2013. Pesquisas Eleitorais Res. TSE nº 23.453/15 Lei nº 12.891/2013. PESQUISAS E TESTES PRÉ-ELEITORAIS Duas regras básicas: 1º) para conhecimento pessoal ou uso interno, pode ser feita de forma livre e informal;

Leia mais

ELEIÇÕES 2012 CAMPANHA ELEITORAL

ELEIÇÕES 2012 CAMPANHA ELEITORAL 2S SOLUÇÕES pode e não pode Elaboração: Victor Ferreira João de Oliveira 2 COMÍCIOS E REUNIÕES PÚBLICAS Tradicional forma de arregimentação de pessoas para difundir a proposta do candidato, partido ou

Leia mais

PROPAGANDA ELEITORAL

PROPAGANDA ELEITORAL O que é Propaganda Eleitoral? A partir de quando pode ocorrer a propaganda eleitoral? Pode ser realizada propaganda eleitoral em língua estrangeira? Quais os tipos de propaganda eleitoral permitidos? A

Leia mais

Eleições Municipais 2016. Propaganda

Eleições Municipais 2016. Propaganda Eleições Municipais 2016 Propaganda Material confeccionado pelo setor jurídico do PMDB/RS. Ressalta-se que este material vem sendo alterado conforme a realização dos eventos Rota da Vitória - o PMDB no

Leia mais

Informações para o dia da eleição

Informações para o dia da eleição Tribunal Regional Eleitoral do Ceará Justiça Eleitoral Informações para o dia da eleição NO DIA DA ELEIÇÃO O QUE É PERMITIDO? É permitida a manifestação individual e silenciosa da preferência do cidadão

Leia mais

ADDITIONAL TEXT PASSO A PASSO CAMPANHA ELEITORAL

ADDITIONAL TEXT PASSO A PASSO CAMPANHA ELEITORAL ADDITIONAL TEXT PASSO A PASSO CAMPANHA ELEITORAL COMO FAZER UMA CAMPANHA POLÍTICA? Passo-a-passo para você vencer as eleições internet + mídias sociais Para um político conseguir ser eleito, ele precisa

Leia mais

Propaganda Eleitoral. Eduardo Buzzinari Ribeiro de Sá 1 CONSIDERAÇÕES INICIAIS ESPÉCIES DE PROPAGANDA POLÍTICA

Propaganda Eleitoral. Eduardo Buzzinari Ribeiro de Sá 1 CONSIDERAÇÕES INICIAIS ESPÉCIES DE PROPAGANDA POLÍTICA Série Aperfeiçoamento de Magistrados 7 Curso: 1º Seminário de Direito Eleitoral: Temas Relevantes para as Eleições de 2012 Propaganda Eleitoral 85 Eduardo Buzzinari Ribeiro de Sá 1 CONSIDERAÇÕES INICIAIS

Leia mais

Cooperativismo E eleições

Cooperativismo E eleições Cooperativismo E eleições 2010 Cooperativismo E eleições 2010 2010. Organização das Cooperativas Brasileiras A reprodução parcial ou total desta publicação é autorizada, desde que citada a fonte. Organização

Leia mais

REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL. O PRESIDENTE DA REPÚBLICA Faço saber que o Congresso Nacional decreta e eu sanciono a seguinte Lei:

REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL. O PRESIDENTE DA REPÚBLICA Faço saber que o Congresso Nacional decreta e eu sanciono a seguinte Lei: REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL LEI Nº 11.300, DE 10 DE MAIO DE 2006 Dispõe sobre propaganda, financiamento e prestação de contas das despesas com campanhas eleitorais, alterando a Lei n o 9.504, de 30

Leia mais

GUIA DA PROPAGANDA ELEITORAL

GUIA DA PROPAGANDA ELEITORAL GUIA DA PROPAGANDA ELEITORAL Produzida de acordo com a Lei nº 9.504/97, com as alterações introduzidas pela Lei nº 11.300/2006, e Resoluções TSE nº 23.367/2011, nº 23.370/2011 e nº 23.377/2012 ELEIÇÕES

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº CMDCA 06/2015 de 08 de setembro de 2015

RESOLUÇÃO Nº CMDCA 06/2015 de 08 de setembro de 2015 Dispõe sobre as condutas vedadas aos(às) candidatos(as) e respectivos(as) fiscais durante o Processo de Escolha dos Membros do(s) Conselho(s) Tutelar(es) e sobre o procedimento de sua aprovação. O CONSELHO

Leia mais

REGRAS SOBRE PROPAGANDA ELEITORAL ELEIÇÕES 2014

REGRAS SOBRE PROPAGANDA ELEITORAL ELEIÇÕES 2014 Página 1 de 25 INFORMATIVO ELEITORAL Nº 05/2014 ORIENTAÇÕES GERAIS SOBRE PROPAGANDA ELEITORAL. REGRAS SOBRE PROPAGANDA ELEITORAL ELEIÇÕES 2014 Destina-se o presente informativo a todos os candidatos, coordenadores

Leia mais

Tribunal Regional Eleitoral do Distrito Federal Coordenação de Organização e Fiscalização de Propaganda Eleitoral

Tribunal Regional Eleitoral do Distrito Federal Coordenação de Organização e Fiscalização de Propaganda Eleitoral Tribunal Regional Eleitoral do Distrito Federal Presidente do Tribunal Regional Eleitoral do Distrito Federal Desembargador Otávio Augusto Barbosa Vice-Presidente e Corregedor do Tribunal Regional Eleitoral

Leia mais

Cooperativismo E eleições OCB. Organização das Cooperativas Brasileiras

Cooperativismo E eleições OCB. Organização das Cooperativas Brasileiras Cooperativismo E eleições 2012 OCB Organização das Cooperativas Brasileiras As cooperativas no processo eleitoral de 2012 2012. Organização das Cooperativas Brasileiras A reprodução parcial ou total desta

Leia mais

Cartilha VOTE CONSCIENTE VOTE BEM

Cartilha VOTE CONSCIENTE VOTE BEM Cartilha VOTE VOTE BEM CONSCIENTE O mês de outubro marca a escolha de quem estará, durante os próximos anos, à frente do poder no Brasil. É um dos momentos mais significativos, pois é a hora de o brasileiro

Leia mais

Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso

Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso Presidente Desembargador Rui Ramos Ribeiro Vice-Presidente e Corregedor Regional Eleitoral Desembargador Gerson Ferreira Paes Presidente Substituto Desembargador

Leia mais

TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DO AMAZONAS COORDENADORIA DE FISCALIZAÇÃO DA PROPAGANDA ELEITORAL ELEIÇÕES MUNICIPAIS 2012

TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DO AMAZONAS COORDENADORIA DE FISCALIZAÇÃO DA PROPAGANDA ELEITORAL ELEIÇÕES MUNICIPAIS 2012 PROPAGANDA ELEITORAL ELEIÇOES MUNICIPAIS 2012 ATUALIZAÇÃO: Dr. Alexandre Henrique Novaes de Araújo, Juiz da 40ª ZE/Manaus; Dra. Naira Neila Batista de Oliveira Norte, Juíza da 62ª ZE/Manaus; e Dr. Rogério

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 23.404 (27.2.2014)

RESOLUÇÃO Nº 23.404 (27.2.2014) TRIBUNAL SUPERIOR ELEITORAL RESOLUÇÃO Nº 23.404 (27.2.2014) INSTRUÇÃO Nº 127-41.2014.6.00.0000 CLASSE 19 BRASÍLIA DISTRITO FEDERAL Relator: Ministro Dias Toffoli Interessado: Tribunal Superior Eleitoral

Leia mais

DELIBERAÇÃO CONSUNI Nº 022/2014

DELIBERAÇÃO CONSUNI Nº 022/2014 DELIBERAÇÃO CONSUNI Nº 022/2014 Aprova o Regulamento da Propaganda Eleitoral dos candidatos aos cargos de Reitor e de Vice-reitor da Universidade de Taubaté, para o quadriênio 2014-2018. O CONSELHO UNIVERSITÁRIO,

Leia mais

Nova Onda Comunicação 2012 Está autorizada a reprodução e distribuição gratuita deste material desde que sejam preservadas suas características

Nova Onda Comunicação 2012 Está autorizada a reprodução e distribuição gratuita deste material desde que sejam preservadas suas características Nova Onda Comunicação 2012 Está autorizada a reprodução e distribuição gratuita deste material desde que sejam preservadas suas características originais. Sumário 3 Apresentação...5 Introdução: Campanha

Leia mais

Calendário Eleitoral 2012 - Eleições Municipais

Calendário Eleitoral 2012 - Eleições Municipais Calendário Eleitoral 2012 - Eleições Municipais Em ano de eleições municipais é importante estar atento ao calendário eleitoral 2012 para as eleições municipais. O Tribunal Superior Eleitoral/TSE divulgou

Leia mais

CARTILHA DA PROPAGANDA ELEITORAL

CARTILHA DA PROPAGANDA ELEITORAL TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DO AMAZONAS CARTILHA DA PROPAGANDA ELEITORAL? TRE AMAZONAS Eleições 2014 CONFIRMA Apresentação No processo de elaboração da Constituição Federal de 1988, a Assembléia Nacional

Leia mais

O que Fazer - Como Fazer E o que não Fazer

O que Fazer - Como Fazer E o que não Fazer O que Fazer - Como Fazer E o que não Fazer 11 PARTIDO O que Fazer - Como Fazer E o que não Fazer índice apresentação Apresentação--------------------------------------------------------------------------

Leia mais

RESOLUÇÃO N 23.404 INSTRUÇÃO N 127-41.2014.6.00.0000 - CLASSE 19 - BRASÍLIA - DISTRITO FEDERAL

RESOLUÇÃO N 23.404 INSTRUÇÃO N 127-41.2014.6.00.0000 - CLASSE 19 - BRASÍLIA - DISTRITO FEDERAL TRIBUNAL SUPERIOR ELEITORAL RESOLUÇÃO N 23.404 INSTRUÇÃO N 127-41.2014.6.00.0000 - CLASSE 19 - BRASÍLIA - DISTRITO FEDERAL Relator: Ministro Dias Toifoli Interessado: Tribunal Superior Eleitoral Dispõe

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 23.457 INSTRUÇÃO Nº 538-50.2015.6.00.0000 CLASSE 19 BRASÍLIA DISTRITO FEDERAL

RESOLUÇÃO Nº 23.457 INSTRUÇÃO Nº 538-50.2015.6.00.0000 CLASSE 19 BRASÍLIA DISTRITO FEDERAL RESOLUÇÃO Nº 23.457 INSTRUÇÃO Nº 538-50.2015.6.00.0000 CLASSE 19 BRASÍLIA DISTRITO FEDERAL Relator: Ministro Gilmar Mendes Interessado: Tribunal Superior Eleitoral Dispõe sobre propaganda eleitoral, utilização

Leia mais

Ementa: Dispõe sobre propaganda eleitoral, utilização e geração do horário gratuito e condutas ilícitas em campanha eleitoral nas eleições de 2016.

Ementa: Dispõe sobre propaganda eleitoral, utilização e geração do horário gratuito e condutas ilícitas em campanha eleitoral nas eleições de 2016. Ano 2015, Número 243 Brasília, quinta-feira, 24 de dezembro de 2015 Página 58 INSTRUÇÃO Nº 538-50.2015.6.00.0000 CLASSE 19 BRASÍLIA DISTRITO FEDERAL Relator: Ministro Gilmar Mendes Interessado: Tribunal

Leia mais

Propaganda Eleitoral. Eleições 2012 TRE/PE

Propaganda Eleitoral. Eleições 2012 TRE/PE Propaganda Eleitoral Eleições 2012 TRE/PE Presidente Des. Eleitoral Ricardo de Oliveira Paes Barreto Vice-Presidente Des. Eleitoral José Fernandes de Lemos Diretoria-geral Marília Gonçalves Berquó Escola

Leia mais

O VICE-PRESIDENTE DA REPÚBLICA, no exercício do cargo de PRESIDENTE DA REPÚBLICA

O VICE-PRESIDENTE DA REPÚBLICA, no exercício do cargo de PRESIDENTE DA REPÚBLICA LEI Nº 9.504, DE 30 DE SETEMBRO DE 1997 Estabelece normas para as eleições. O VICE-PRESIDENTE DA REPÚBLICA, no exercício do cargo de PRESIDENTE DA REPÚBLICA Faço saber que o Congresso Nacional decreta

Leia mais

FINANCIAMENTO DE CAMPANHA ELEITORAL. 1. Da arrecadação e aplicação de recursos

FINANCIAMENTO DE CAMPANHA ELEITORAL. 1. Da arrecadação e aplicação de recursos Módulo - 4 FINANCIAMENTO DE CAMPANHA ELEITORAL 1. Da arrecadação e aplicação de recursos Sob pena de rejeição das contas a arrecadação de recursos e os gastos por candidatos, inclusive dos seus vices e

Leia mais

ELEIÇÕES 2014 ORIENTAÇÕES AOS PRÉ-CANDIDATOS

ELEIÇÕES 2014 ORIENTAÇÕES AOS PRÉ-CANDIDATOS ELEIÇÕES 2014 ORIENTAÇÕES AOS PRÉ-CANDIDATOS - ESCOLHA E REGISTRO DAS CANDIDATURAS - PROPAGANDA ELEITORAL -ARRECADAÇÃO E PRESTAÇÃO DE CONTAS ESCOLHA E REGISTRO DE CANDIDATOS CONVENÇÃO As convenções destinadas

Leia mais

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA SECRETARIA DE COMUNICAÇÃO SOCIAL SECRETARIA DE GESTÃO, CONTROLE E NORMAS

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA SECRETARIA DE COMUNICAÇÃO SOCIAL SECRETARIA DE GESTÃO, CONTROLE E NORMAS 00170.001380/2009-94 PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA SECRETARIA DE COMUNICAÇÃO SOCIAL SECRETARIA DE GESTÃO, CONTROLE E NORMAS OFÍCIO-Circular nº 13 /2010/SGCN/SECOM-PR Brasília, 13 de janeiro de 2010. A Sua Excelência

Leia mais

de 13 \l..íá2l-= 1p ^

de 13 \l..íá2l-= 1p ^ PUBLICADO NO DIÁRIO DA JUSTIÇA de 13 \l..íá2l-= 1p ^ TRIBUNAL SUPERIOR ELEITORAL ACÓRDÃO N 3.107 (25.10.2002) MANDADO DE SEGURANÇA N 3.107 - CLASSE 14 a - DISTRITO FEDERAL (Brasília). Relator: Ministro

Leia mais

COORDENADORIA DE GESTÃO DA INFORMAÇÃO Lídia Cristina Santos

COORDENADORIA DE GESTÃO DA INFORMAÇÃO Lídia Cristina Santos COMPOSIÇÃO DO PLENO PRESIDENTE Des. Luiz Antônio Araújo Mendonça VICE-PRESIDENTE E CORREGEDORA REGIONAL ELEITORAL Desª. Suzana Maria Carvalho Oliveira JUÍZES Dr. Arthur Napoleão Teixeira Filho Dr. Gilson

Leia mais

REGIÃO AUTÓNOMA DOS AÇORES Vice-Presidência do Governo Emprego e Competitividade Empresarial Direção Regional de Organização e Administração Pública

REGIÃO AUTÓNOMA DOS AÇORES Vice-Presidência do Governo Emprego e Competitividade Empresarial Direção Regional de Organização e Administração Pública Propaganda eleitoral A propaganda eleitoral consiste na atividade que vise direta ou indiretamente promover candidaturas, seja dos candidatos, dos partidos políticos, dos titulares dos seus órgãos ou seus

Leia mais

PROPAGANDA ELEITORAL TEMAS

PROPAGANDA ELEITORAL TEMAS PROPAGANDA ELEITORAL TEMAS Adesivo - TRE/SP - Acórdão 161293 propaganda irregular adesivos (...) a literalidade do dispositivo deixa claro que a regra por ele estatuída vale para todo e qualquer material

Leia mais

manual PROPAGANDA ELEITORAL

manual PROPAGANDA ELEITORAL manual PROPAGANDA ELEITORAL Atualizado até 23.5.2014 Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina Corregedoria Regional Eleitoral de Santa Catarina Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina R. Esteves

Leia mais

LEI Nº 12.034, DE 29 DE SETEMBRO DE 2009.

LEI Nº 12.034, DE 29 DE SETEMBRO DE 2009. LEI Nº 12.034, DE 29 DE SETEMBRO DE 2009. Altera as Leis nºs 9.096, de 19 de setembro de 1995 - Lei dos Partidos Políticos, 9.504, de 30 de setembro de 1997, que estabelece normas para as eleições, e 4.737,

Leia mais

Prefácio 11 Introdução 13

Prefácio 11 Introdução 13 Sumário Prefácio 11 Introdução 13 1. Contextualização: Internet, redes sociais sob a ótica da responsabilidade jurídica e o Marco Civil da Internet 17 1.1 A regulamentação jurídica da internet 19 1.1.1

Leia mais

JORNAL. REVISTA 7. Até ½ página R$ 1.418,47 8. Até 1 página R$ 2.219,28 9. Página Dupla R$ 3.439,28

JORNAL. REVISTA 7. Até ½ página R$ 1.418,47 8. Até 1 página R$ 2.219,28 9. Página Dupla R$ 3.439,28 JORNAL TABELA DE CUSTOS INTERNOS - 2015 ALAGOAS 1. Menor ou igual a 1/4 de página R$ 1.160,11 2. Até 1/3 de página R$ 1.345,61 3. Até 1/2 de página R$ 1.911,18 4. Até 2/3 de página R$ 2.131,27 5. Até 1

Leia mais

ELEIÇÕES2012. manual PROPAGANDA ELEITORAL M U N I C I P A I S. Atualizado até 23.5.2012

ELEIÇÕES2012. manual PROPAGANDA ELEITORAL M U N I C I P A I S. Atualizado até 23.5.2012 ELEIÇÕES2012 M U N I C I P A I S manual PROPAGANDA ELEITORAL Atualizado até 23.5.2012 Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina Corregedoria Regional Eleitoral de Santa Catarina Tribunal Regional Eleitoral

Leia mais

Como Funcionam as Eleições Municipais. Penas de crimes eleitorais. candidato, penalizada de acordo com o art. 39, 5º da Lei 9.504/97.

Como Funcionam as Eleições Municipais. Penas de crimes eleitorais. candidato, penalizada de acordo com o art. 39, 5º da Lei 9.504/97. 35 candidato, penalizada de acordo com o art. 39, 5º da Lei 9.504/97. Guia do Eleitor Calendário Eleitoral A distribuição de qualquer tipo de propaganda eleitoral, como santinhos ou panfletos, punível

Leia mais

Propaganda Eleitoral

Propaganda Eleitoral Universidade do Sul de Santa Catarina - UNISUL Rede de Ensino Luiz Flávio Gomes REDE LFG CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO TELEVIRTUAL EM DIREITO ELEITORAL Disciplina Propaganda Eleitoral Aula 1 LEITURA OBRIGATÓRIA

Leia mais

REVISTA 7. Até ½ página R$ 1.418,47 8. Até 1 página R$ 1.874,66 9. Página dupla R$ 2.836,94

REVISTA 7. Até ½ página R$ 1.418,47 8. Até 1 página R$ 1.874,66 9. Página dupla R$ 2.836,94 JORNAL 1. Menor ou igual a 1/4 de página R$ 841,10 2. Até 1/3 de página R$ 1.069,20 3. Até 1/2 de página R$ 1.539,65 4. Até 2/3 de página R$ 2.131,27 5. Até 1 página R$ 2.452,03 6. Até página dupla R$

Leia mais

O SR. NELSON MARQUEZELLI (PTB - sp) pronuncia o. seguinte discurso: Sr. Presidente, Sras. e Srs. Deputados,

O SR. NELSON MARQUEZELLI (PTB - sp) pronuncia o. seguinte discurso: Sr. Presidente, Sras. e Srs. Deputados, O SR. NELSON MARQUEZELLI (PTB - sp) pronuncia o seguinte discurso: Sr. Presidente, Sras. e Srs. Deputados, encontra-se em curso, no Congresso Nacional, uma proposta de reforma que aborda questões consideradas

Leia mais

ESTADO DE MATO GROSSO SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA UNIVERSIDADE DO ESTADO DE MATO GROSSO CAMPUS UNIVERSITÁRIO VALE DO TELES PIRES

ESTADO DE MATO GROSSO SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA UNIVERSIDADE DO ESTADO DE MATO GROSSO CAMPUS UNIVERSITÁRIO VALE DO TELES PIRES EDITAL N o 002/2016 A - UNEMAT, pessoa jurídica de direito público da administração indireta, instituída pelo Poder Público Estadual, criada sob a natureza de Fundação Pública, pela Lei Complementar Estadual

Leia mais

Como Atrair Clientes

Como Atrair Clientes COMO ATRAIR CLIENTES QUESTÕES BÁSICAS Quem são os meus clientes? Quantos sãos? Onde estão? Como fazer para falar com eles? DEFINIÇÃO SEGMENTO DE MERCADO Significa um grupo de consumidores com necessidades

Leia mais

LIVRO VIII DA ÁREA ELEITORAL

LIVRO VIII DA ÁREA ELEITORAL LIVRO VIII DA ÁREA ELEITORAL Art. 512. O Ministério Público Eleitoral atua perante todas as instâncias e fases do processo eleitoral, na condição de parte ou de custos legis, com a mesma legitimidade assegurada

Leia mais

Comissão Executiva Estadual do PSDB-SP Gestão 2011 2013

Comissão Executiva Estadual do PSDB-SP Gestão 2011 2013 Comissão Executiva Estadual do PSDB-SP Gestão 2011 2013 PRESIDENTE Pedro Tobias 1o VICE-PRESIDENTE Vanderlei Macris 2o VICE-PRESIDENTE Mauro Bragato 3º VICE-PRESIDENTE Marco Antonio Campos SECRETÁRIO-GERAL

Leia mais

POLUIÇÃO VISUAL NA CIDADE DE SÃO PAULO

POLUIÇÃO VISUAL NA CIDADE DE SÃO PAULO Pesquisa Quantitativa de Opinião Pública POLUIÇÃO VISUAL NA CIDADE DE SÃO PAULO Julho/ 2006 Índice I. Metodologia e Amostra II. Contexto III. Poluição Visual IV. O Projeto de Lei V. Considerações Finais

Leia mais

COMO DIVULGAR SUA EMPRESA

COMO DIVULGAR SUA EMPRESA COMO DIVULGAR SUA EMPRESA João Abdalla Consultor de Marketing Unid. Org. Capital Sebrae SP Tel.: (0XX11) 3177-4500 joaon@sebraesp.com.br 4/1/2011 1 QUESTÕES BÁSICAS Quem são os meus clientes? Quantos são?

Leia mais

Preparação do candidato. Um bom candidato

Preparação do candidato. Um bom candidato Preparação do candidato Toda a candidatura é uma decisão pessoal, mas é fundamental que o candidato busque o apoio familiar (marido, esposa, namorado(a), filhos, pais) para se dedicar a esse objetivo.

Leia mais

Formas de Comprovação de Contrapartidas

Formas de Comprovação de Contrapartidas Formas de Comprovação de Contrapartidas A entidade patrocinada deverá comprovar o cumprimento das contrapartidas estabelecidas no contrato de patrocínio nas formas definidas abaixo: Contrapartidas de Imagem

Leia mais

Valor por hora... R$ 54,00. Por logotipo... R$ 126,00. Criação e finalização... R$ 900,00 Adaptação anúncio (40% do valor)...

Valor por hora... R$ 54,00. Por logotipo... R$ 126,00. Criação e finalização... R$ 900,00 Adaptação anúncio (40% do valor)... Tabelas, gráficos e mapas Mapa localização ilustrado... R$ 240,00 Mapa localização simples... R$ 180,00 Tabela / gráfico (mínimo)... R$ 120,00 Tabela / gráfico (máximo)... R$ 246,00 Retoque de imagens

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 09, DE 04 DE AGOSTO DE 2015 - CMDCA.

RESOLUÇÃO Nº 09, DE 04 DE AGOSTO DE 2015 - CMDCA. RESOLUÇÃO Nº 09, DE 04 DE AGOSTO DE 2015 - CMDCA. Dispões sobre a Propaganda Eleitoral bem como outros informes sobre o Processo de Escolha dos Membros do Conselho Tutelar de Esplanada-BA para a gestão

Leia mais

EDITAL Nº 0003/2013 CURSO DE PEDAGOGIA FACULDADE DE EDUCAÇÃO E LINGUAGEM CAMPUS UNIVERSITÁRIO SINOP

EDITAL Nº 0003/2013 CURSO DE PEDAGOGIA FACULDADE DE EDUCAÇÃO E LINGUAGEM CAMPUS UNIVERSITÁRIO SINOP EDITAL Nº 0003/2013 FACULDADE DE EDUCAÇÃO E LINGUAGEM A UNEMAT, pessoa jurídica de direito público da administração indireta, instituída pelo Poder Público Estadual, criada sob a natureza de Fundação Pública,

Leia mais

BuscaLegis.ccj.ufsc.Br

BuscaLegis.ccj.ufsc.Br BuscaLegis.ccj.ufsc.Br Eleições 2008: passo a passo da candidatura a vereador Eduardo de Souza Floriano* Com base na legislação atinente ao processo eleitoral, foi elaborado um passo a passo para os candidatos

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL PROCURADORIA DA REPÚBLICA EM GOIÁS

MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL PROCURADORIA DA REPÚBLICA EM GOIÁS PROCURADORIA DA REPÚBLICA EM GOIÁS Processo nº 2197222006 PRESTAÇÃO DE CONTAS nº 923 Requerente: Nilo Sérgio de Resende Neto Requerido: TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL Relator: Juiz Alvaro Lara de Almeida

Leia mais

DECRETO Nº 6.323 DE 27 DE AGOSTO DE 1.998.

DECRETO Nº 6.323 DE 27 DE AGOSTO DE 1.998. DECRETO Nº 6.323 DE 27 DE AGOSTO DE 1.998. Estabelece as penalidades aplicáveis aos infratores da Lei 3.491 de 19 de dezembro de 1.997, que dispõe sobre a consolidação das leis de propaganda no Município

Leia mais

PEDALAR PARA RESPIRAR

PEDALAR PARA RESPIRAR PEDALAR PARA RESPIRAR Inscrição Case de Sucesso CDL Jovem2010 Categoria Mobilização Realização CDL Jovem Capixaba www.cdljovemcapixaba.com.br Sumário 1- Identificação do Projeto 1.1- Título do Evento 1.2-

Leia mais

SEQ PROTOCOLO DATA CLASSE UNIDADE PARTE CARGO PARTIDO COLIGACAO INDICE RESUMO. Deputado Federal. Deputado Estadual PMDB. Deputado Estadual PMDB

SEQ PROTOCOLO DATA CLASSE UNIDADE PARTE CARGO PARTIDO COLIGACAO INDICE RESUMO. Deputado Federal. Deputado Estadual PMDB. Deputado Estadual PMDB SEQ PROTOCOLO DATA CLASSE UNIDADE PARTE CARGO PARTIDO COLIGACAO INDICE RESUMO 1 293922014 2014-07-18 18:50:51 JOSE NOBRE GUIMARÃES PT /PSD /PC DO B /SD / ELEITORAL POLÍTICA - OUTDOORS 2 293782014 2014-07-18

Leia mais

Projeto de Inclusão Digital

Projeto de Inclusão Digital LINS INFORMÁTICA QUALIDADE E COMPETÊNCIA Attualize CURSOS & TREINAMENTOS PROFISSIONALIZANTES Projeto de Inclusão Digital Com o aumento da velocidade das comunicações e o avanço tecnológicos presente nos

Leia mais

Tribunal Regional Eleitoral do Distrito Federal Coordenação de Organização e Fiscalização de Propaganda Eleitoral

Tribunal Regional Eleitoral do Distrito Federal Coordenação de Organização e Fiscalização de Propaganda Eleitoral Tribunal Regional Eleitoral do Distrito Federal Presidente do Tribunal Regional Eleitoral do Distrito Federal Desembargador Romão C. Oliveira Vice-Presidente e Corregedor do Tribunal Regional Eleitoral

Leia mais

TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DE ALAGOAS. Direção-Geral Coordenadoria de Controle Interno Assessoria de Contas Eleitorais

TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DE ALAGOAS. Direção-Geral Coordenadoria de Controle Interno Assessoria de Contas Eleitorais TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DE ALAGOAS Direção-Geral Coordenadoria de Controle Interno Assessoria de Contas Eleitorais FINANCIAMENTO DE CAMPANHAS ELEITORAIS E PRESTAÇÕES DE CONTAS NAS ELEIÇÕES DE 2008

Leia mais

Guia. do Candidato. s e. Orientações de Campanha. Solon Tavares. Apoio:

Guia. do Candidato. s e. Orientações de Campanha. Solon Tavares. Apoio: Guia do Orientações de Campanha s e õ eleiç 2 1 20 Apoio: Instituto Solon Tavares Palavra do Presidente Prezados petebistas, A eleição municipal é o ápice da democracia, pois é nessa disputa que escolhemos

Leia mais

Da Propaganda Eleitoral Propaganda eleitoral em geral

Da Propaganda Eleitoral Propaganda eleitoral em geral Da Propaganda Eleitoral Propaganda eleitoral em geral 1.1. A propaganda eleitoral, inclusive na imprensa escrita e internet, somente será permitida a partir de 6 de julho de 2014. 1.2. A propaganda eleitoral

Leia mais

Sumário APRESENTAÇÃO DA COLEÇÃO... 13 APRESENTAÇÃO... 15 NOTA À TERCEIRA EDIÇÃO... 17 NOTA À SEGUNDA EDIÇÃO... 19 DIREITO ELEITORAL...

Sumário APRESENTAÇÃO DA COLEÇÃO... 13 APRESENTAÇÃO... 15 NOTA À TERCEIRA EDIÇÃO... 17 NOTA À SEGUNDA EDIÇÃO... 19 DIREITO ELEITORAL... Sumário APRESENTAÇÃO DA COLEÇÃO... 13 APRESENTAÇÃO... 15 NOTA À TERCEIRA EDIÇÃO... 17 NOTA À SEGUNDA EDIÇÃO... 19 CAPÍTULO 1 DIREITO ELEITORAL... 21 1.1. Conceito...21 1.1.1. Competência legislativa em

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO RIO GRANDE DO SUL COMISSÃO ELEITORAL

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO RIO GRANDE DO SUL COMISSÃO ELEITORAL UNIVERSIDADE ESTADUAL DO RIO GRANDE DO SUL COMISSÃO ELEITORAL REGULAMENTO DA CAMPANHA ELEITORAL PARA A ELEIÇÃO DOS CARGOS DE REITOR(A) E VICE-REITOR(A) DA UNIVERSIDADE ESTADUAL DO RIO GRANDE DO SUL QUADRIÊNIO

Leia mais

Trabalhando em conjunto, trabalhando sempre.

Trabalhando em conjunto, trabalhando sempre. A AVY COMUNICAÇÃO A AVY Comunicação é uma agência de comunicação e marketing que desenvolve diferentes soluções utilizando a experiência e criatividade de sua equipe para gerar valor institucional, fidelidade

Leia mais

3. PROCESSO: CONCEITO E FINALIDADE... 27 3.1. Processo eleitoral e seu caráter público... 27 3.2. Processo coletivo... 28

3. PROCESSO: CONCEITO E FINALIDADE... 27 3.1. Processo eleitoral e seu caráter público... 27 3.2. Processo coletivo... 28 STF00094716 Sumório 1. DIREITO ELEITORAL................. 19 2. PROCESSO ELEITORAL................ 25 3. PROCESSO: CONCEITO E FINALIDADE............... 27 3.1. Processo eleitoral e seu caráter público......

Leia mais

TERMO DE ACORDO OS DIRETÓRIOS DE PARTIDOS POLÍTICOS ATUANTES NA 3ª ZONA ELEITORAL, SEDIADOS NOS MUNICÍPIOS DE ROSÁRIO OESTE, JANGADA e NOBRES/MT,

TERMO DE ACORDO OS DIRETÓRIOS DE PARTIDOS POLÍTICOS ATUANTES NA 3ª ZONA ELEITORAL, SEDIADOS NOS MUNICÍPIOS DE ROSÁRIO OESTE, JANGADA e NOBRES/MT, TERMO DE ACORDO OS DIRETÓRIOS DE PARTIDOS POLÍTICOS ATUANTES NA 3ª ZONA ELEITORAL, SEDIADOS NOS MUNICÍPIOS DE ROSÁRIO OESTE, JANGADA e NOBRES/MT, pessoas jurídicas de direito privado ao final identificadas,

Leia mais

MENU DE MÍDIAS PROCESSOS SELETIVOS

MENU DE MÍDIAS PROCESSOS SELETIVOS MENU DE MÍDIAS PROCESSOS SELETIVOS Este documento tem o objetivo de apresentar algumas possibilidades de divulgação dos processos seletivos para ingresso de alunos no Instituto Federal do Espírito Santo.

Leia mais

CARTILHA INFORMATIVA PARA AS ELEIÇÕES DE 2012

CARTILHA INFORMATIVA PARA AS ELEIÇÕES DE 2012 CARTILHA INFORMATIVA PARA AS ELEIÇÕES DE 2012 BELO HORIZONTE, 15 DE MARÇO DE 2012. SUMÁRIO APRESENTAÇÃO...3 VOTO ÉTICO...3 QUEM PODERÁ SE CANDIDATAR?...4 DA DESINCOMPATIBILIZAÇÃO DOS CANDIDATOS...5 PEDIDO

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL 2ª Câmara de Coordenação e Revisão

MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL 2ª Câmara de Coordenação e Revisão MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL 2ª Câmara de Coordenação e Revisão Voto nº 2766 /2012 PROCEDIMENTO MPF Nº 1.00.000.017644/2011-42 ORIGEM: PROCURADORIA REGIONAL ELEITORAL DO DISTRITO FEDERAL PROCURADOR REGIONAL

Leia mais

CARTILHA PARA CANDIDATAS

CARTILHA PARA CANDIDATAS INTRODUÇÃO A equipe responsável pela elaboração da presente cartilha é composta por servidores que participaram da análise das prestações de contas dos candidatos nas eleições do ano de 2010. De posse

Leia mais

Palavras Chave: Segurança, Transporte, Cliente, Modernidade, Agilidade.

Palavras Chave: Segurança, Transporte, Cliente, Modernidade, Agilidade. RESUMO A imagem de uma empresa de transporte é diretamente influenciada pelas condições do meio urbano. As grandes cidades e as regiões metropolitanas são as que mais sofrem com o trânsito, um dos principais

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 005/2015

RESOLUÇÃO Nº 005/2015 RESOLUÇÃO Nº 005/2015 Regulamenta e publica Edital complementar das regras da Campanha Eleitoral para a eleição dos conselheiros tutelares de Cacique Doble. O Conselho Municipal dos Direitos da Criança

Leia mais

Eu mesmo posso providenciar o registro do meu anúncio? 13 Posso anunciar estacionamento conveniado na minha fachada? 13 Em condomínio comercial, como

Eu mesmo posso providenciar o registro do meu anúncio? 13 Posso anunciar estacionamento conveniado na minha fachada? 13 Em condomínio comercial, como 1 ÍNDICE Onde posso encontrar a Lei que regulamenta o Cidade Limpa? 4 Em que órgão da Prefeitura posso obter informações? 4 Quais prazos para adequar o meu estabelecimento ao Cidade Limpa? 4 Qual o valor

Leia mais

LEI Nº 9.504, DE 30 DE SETEMBRO DE 1997.

LEI Nº 9.504, DE 30 DE SETEMBRO DE 1997. LEI Nº 9.504, DE 30 DE SETEMBRO DE 1997. Estabelece normas para as eleições. O VICE PRESIDENTE DA REPÚBLICA no exercício do cargo de PRESIDENTE DA REPÚBLICA, Faço saber que o Congresso Nacional decreta

Leia mais

CRITÉRIOS GERAIS. Custos Internos. Custos Externos. Desconto Padrão de Agência. Reembolso de Despesas. Permuta

CRITÉRIOS GERAIS. Custos Internos. Custos Externos. Desconto Padrão de Agência. Reembolso de Despesas. Permuta Junho de 2008 CRITÉRIOS GERAIS Os critérios gerais seguem rigorosamente as Normas - Padrão da Atividade Publicitária editadas pelo CENP Conselho Executivo das Normas - Padrão, bem como a Legislação da

Leia mais

SENSUS. Relatório CAMPANHA DE ESCLARECIMENTO DO TSE ELEIÇÕES 2010 FIELDS COMUNICAÇÃO TSE. 03 a 07 de Novembro de 2010

SENSUS. Relatório CAMPANHA DE ESCLARECIMENTO DO TSE ELEIÇÕES 2010 FIELDS COMUNICAÇÃO TSE. 03 a 07 de Novembro de 2010 Pesquisa e Consultoria Relatório CAMPANHA DE ESCLARECIMENTO DO TSE ELEIÇÕES 2010 FIELDS COMUNICAÇÃO TSE 03 a 07 de Novembro de 2010 Rua Grão Pará 737, 4 andar Cep 30150-341 Belo Horizonte MG Tel. 31-33042100

Leia mais

COMISSÃO DIRETORA PARECER Nº 1.311, DE 2013

COMISSÃO DIRETORA PARECER Nº 1.311, DE 2013 COMISSÃO DIRETORA PARECER Nº 1.311, DE 2013 Redação final do Projeto de Lei do Senado nº 441, de 2012 (nº 6.397, de 2013, na Câmara dos Deputados). A Comissão Diretora apresenta a redação final do Projeto

Leia mais

A empresa não é uma ilha

A empresa não é uma ilha A empresa não é uma ilha Relacionamento implica em comunicação. A empresa com as rédeas da sua comunicação. Comunicação social tem ferramentas que ajudam na construção de empresas de alta performance.

Leia mais

EDITAL Nº 002/2015/CONSELHO ADMINISTRATIVO DA FAESPE

EDITAL Nº 002/2015/CONSELHO ADMINISTRATIVO DA FAESPE EDITAL Nº 002/2015/CONSELHO ADMINISTRATIVO DA FAESPE A - UNEMAT, pessoa jurídica de direito público da administração indireta, instituída pelo Poder Público Estadual, criada sob a natureza de Fundação

Leia mais

Audace, em latim: audácia.

Audace, em latim: audácia. Audace, em latim: audácia. Anúncios para revista Cartaz Anúncios para jornal Banners Anúncios para revista Wallppapers Banners Produto em 3D Flyer Faixas Móbile Flyers Outdoors Banners Outdoors Cartazes

Leia mais

PARECER Nº, DE 2013. RELATOR: Senador VALDIR RAUPP

PARECER Nº, DE 2013. RELATOR: Senador VALDIR RAUPP PARECER Nº, DE 2013 Da COMISSÃO DE CONSTITUIÇÃO, JUSTIÇA E CIDADANIA, em decisão terminativa, sobre o Projeto de Lei do Senado nº 441, de 2012, do Senador Romero Jucá, que altera a redação dos art. 8º,

Leia mais

19º Prêmio Qualidade RS & 4º Prêmio Inovação PGQP

19º Prêmio Qualidade RS & 4º Prêmio Inovação PGQP 19º Prêmio Qualidade RS & 4º Prêmio Inovação PGQP 19º Prêmio Qualidade RS & 4º Prêmio Inovação PGQP Parabéns Premiados! www.portalqualidade.com/pgqp/materialcongresso2014 Comunicação: Congresso Internacional

Leia mais

Audiência Pública da Justiça Eleitoral

Audiência Pública da Justiça Eleitoral PELO VOTO LIVRE E CONSCIENTE Poder Judiciário 33ª Zona Eleitoral de Itacajá Abertura No próximo dia 5 de outubro, o povo brasileiro retorna às urnas, desta vez para escolher prefeitos, vice-prefeitos e

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 23.370 INSTRUÇÃO Nº 1162-41.2011.6.00.0000 CLASSE 19 BRASÍLIA DISTRITO FEDERAL

RESOLUÇÃO Nº 23.370 INSTRUÇÃO Nº 1162-41.2011.6.00.0000 CLASSE 19 BRASÍLIA DISTRITO FEDERAL RESOLUÇÃO Nº 23.370 INSTRUÇÃO Nº 1162-41.2011.6.00.0000 CLASSE 19 BRASÍLIA DISTRITO FEDERAL Relator: Ministro Arnaldo Versiani Interessado: Tribunal Superior Eleitoral Dispõe sobre a propaganda eleitoral

Leia mais

NOSSO FOCO. www.grupozion.com.br

NOSSO FOCO. www.grupozion.com.br NOSSO FOCO No setor de Publicidade e Propaganda os profissionais do Grupo Zion procuram a melhor maneira de se alcançar o objetivo esperado pelos seus clientes, em um trabalho pautado por metas que caracterizam

Leia mais

Permitida a divulgação dos textos deste manual, desde que citadas autoras e fontes

Permitida a divulgação dos textos deste manual, desde que citadas autoras e fontes Permitida a divulgação dos textos deste manual, desde que citadas autoras e fontes Projeto Editorial: Eliana Piola Vice-Presidente Nacional do PSDB-Mulher Assessoria Jurídica: Dra. Luciana Loureiro Dra.

Leia mais

ASPECTOS DA LEGISLAÇÃO ELEITORAL SOBRE PROPAGANDA ELEITORAL

ASPECTOS DA LEGISLAÇÃO ELEITORAL SOBRE PROPAGANDA ELEITORAL ENCONTRO NACIONAL DE COMUNICAÇÃO DO PCdoB - Eleições 2010 ASPECTOS DA LEGISLAÇÃO ELEITORAL SOBRE PROPAGANDA ELEITORAL Paulo Machado Guimarães Advogado e Assessor Jurídico da Direção Nacional do PCdoB e

Leia mais