Etapas Planejamento de Campanha de Propaganda PARTE 4

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Etapas Planejamento de Campanha de Propaganda PARTE 4"

Transcrição

1 Etapas Planejamento de Campanha de Propaganda PARTE 4 UNIBAN Unidade Marte Disciplina: Planejamento de Campanha Prof. Me. Francisco Leite Aulas:

2 Tema Vários termos são utilizados para denominar a diretriz de uma campanha: tema central, pano de fundo, conceito, dentro outros. Utilizaremos para nossos focos o termo TEMA. O tema orienta o processo de criação. Ao contrário do que muitos possam pensar, o tema não limita o trabalho da criação, mas apenas UNIFICA a campanha.

3 Tema Ele deve ser amplo para não tolher a criatividade do criador. Toda campanha deve obedecer a um tema, pois só dessa forma a mensagem fica unificada em todas as suas peças. A unificação do tema facilita a interligação das peças, proporcionando a retenção da mensagem na mente do consumidor.

4 Tema Segundo Martins (1997), o tema é o objetivo que leva alguém a comunicar-se que deve ser claro no texto produzido, mas não necessariamente explícito, podendo ser deduzido indiretamente do próprio conteúdo. É a ideia central sobre a qual se deve trabalhar a campanha.

5 Tema Achar um tema em uma peça já criada é mais fácil do que definir um novo para uma campanha.

6 Tema Por vezes, o cliente informa o tema, e a agência tem de desenvolver novas peças, tendo como base o que foi fornecido pelo cliente. Vamos imaginar o seguinte tema para uma campanha: Razões para acreditar. Os bons são maioria. Que comercial vocês visualizam???

7 Tema O tema dá à criação asas para que escolha o horizonte que melhor convier. O processo de criação é pessoal. Não existe fórmulas. O que existe é um esforço para ensinar as pessoas a pensar criativamente em função das informações obtidas. O aperfeiçoamento vem com a prática. Enquanto você for principiante na criação, tente desenvolver os seguintes passos...

8 Tema Defina o problema; Busque informações; Troque ideias com os amigos; Tome nota de tudo; Faça esquemas; Imagine alternativas por mais absurdas que possam parecer, determine um prazo razoável.

9 Qual o tema dessa campanha?

10 Qual o tema dessa campanha?

11 Qual o tema dessa campanha?

12 Qual o tema dessa campanha?

13 Qual o tema dessa campanha?

14 Qual o tema dessa campanha?

15 Um cliente conhecido... Quando um cliente e o produto se tornam conhecidos da agência da publicidade, o planejamento de comunicação fica bem mais simples. O levantamento de informações restringe-se aos dados novos sobre o produto. Como foi visto em aulas anteriores, os principais dados compreendem:

16 Um cliente conhecido... O fato principal; O(s) problema(s) a(s) ser(em) resolvido(s); O público-alvo; A concorrência; e Qualquer outra informação que o anunciante ou a agência julgue pertinente. A PARTIR DESSE BRIEFING, a agência poderá trabalhar no planejamento da campanha definindo o POTE, ou seja,

17 Um cliente conhecido... Posicionamento; Objetivo(s) da comunicação; Tema; e Estratégia.

18 Estratégia de Criação Neste cenário de sentido integrado, a publicidade desempenha diversas estratégias, imbricadas ao todo criativo de uma campanha, contempladas num planejamento de comunicação publicitária, para atingir o público-alvo da sua mensagem.

19 Estratégia de Criação Com a orientação desses tipos de campanhas diversas estratégias podem ser utilizadas para articular a retórica de persuasão da mensagem. Dentre as várias estratégias destacaremos nesta aula A ESTRATÉGIA DE INFORMAÇÃO; TESTEMUNHO, COMPARAÇÃO, HUMOR E DEFESA.

20 Estratégia de Criação O que podemos entender por estratégia?

21 Estratégia de Criação A estratégia deve orientar o caminho a ser seguido para se atingir os objetivos da publicidade e, como todo caminho, deve ser realizado passo a passo. Ela é definida em função de todas as análises Ela é definida em função de todas as análises realizada/levantadas na etapa do briefinge pesquisa, como também na elaboração dos objetivos, das metas e do posicionamento que se pretende associar ao produto a ser anunciado.

22 Estratégia de Criação Estratégia de informação: Caracteriza-se pela prioridade que dá às informações de um produto ou empresa. É utilizada, geralmente, no lançamento de um produto novo ou inédito. Pode-se utilizá-la, também, quando o produto for reformulado ou quando sofrer uma alteração em sua embalagem. Importante é frisar que essa estratégia deve informar algo.

23 Estratégia de Criação Exemplo: Campanhas de novos modelos de automóveis; novos serviços bancários; novos celulares.

24 Estratégia de Criação Estratégia de Testemunho (ou testemunhal) Testemunhal é o depoimento, endosso ou atestado através do qual pessoa ou empresa diferente do Anunciante exprime opinião, ou reflete observação e experiência própria a respeito de um produto.

25 Estratégia de Criação É bastante aplicada para dar credibilidade ao produto. O uso de celebridade atores, atrizes e participantes consagrados da mídia pode trazer um bom retorno à campanha publicitária. Exemplo: Ana Maria Braga anunciando o Carrefour. Antônio Fagundes os cartões Visa. Essa estratégia pode, também, ter o testemunhal do consumidor. As propagandas de sabão em pó utilizam muito essa estratégia.

26

27

28 Estratégia de Criação Por se reconhecer no testemunhal, em qualquer de suas modalidades, a técnica capaz de conferir maior força de comunicação, persuasão e credibilidade à mensagem publicitária. Deve se analisar muito a personalidade a ser definida para falar sobre o produto para minimizar efeitos adversos. Esta estratégia possui um Anexo específico no Código de Autorregulamentação da Atividade Publicitária CONAR: ANEXO "Q" -TESTEMUNHAIS, ATESTADOS, ENDOSSOS.

29 Estratégia de Criação Estratégia da Comparação: Como o próprio nome já diz, a estratégia de comparação compara os atributos de um produto com os do seu concorrente. É importante lembrar que a estratégia de comparação não ataca o concorrente, apenas faz comparações.

30 Estratégia de Criação Ao contrário do que ocorre nos Estados Unidos (ex. Coca-Cola x Pepsi), esse tipos de estratégia não é muito utilizada no Brasil. A estratégia de comparação beneficia ambos, o anunciado e o comparado. É preciso, no entanto, cuidado para não denegrir a imagem do concorrente (A Coca-Cola usou esse tipo de recurso para compara seus produtos às tubaínas existentes no mercado).

31 Estratégia de Criação Exemplos: -Propagandas de Telefonia fixa e móvel. -Propaganda Nova Schin Experimenta x Brahma (Zeca Pagodinho). Ele ironiza a sua passagem na propaganda da Schin e canta Fui provar outro sabor, eu sei. Mas não largo meu amor, voltei. A utilização dessa estratégia deve obedecer ao Artigo 32 Propaganda Comparativa, do Código Brasileiro de Autorregulamentação Publicitária.

32 Estratégia de Criação Estratégia de Humor: Deve ser utilizada com muito cuidado. Depende muito do público-alvo a ser atingido, dos problemas a serem resolvidos na comunicação e do tipo de humor a ser trabalhado. Embora atraente, pode encobrir o conteúdo informativo e persuasivo da comunicação. Além disso, pode cansar o consumidor. Se bem estruturada pode trazer excelentes resultados. Exemplos: as propagandas da Bombril, com o seu garoto propaganda que satiriza várias personalidades.

33 Estratégia de Criação Exemplo negativo: a propaganda da Elma Chips para o Salgadinho Doritos, em 2009 que foi questionado de expressar um possível preconceito contra homossexuais no seu enredo. Veiculado na TV aberta, em 2009, a peça publicitária do salgadinho Doritos apresenta quatro amigos dentro de um carro quando, no rádio, começa tocar YMCA, do grupo Village People. Um dos rapazes, que está no banco do passageiro, começa a gesticular a coreografia da música. Seus amigos, por sua vez, estranham e o olham com certa "desconfiança".

34 Estratégia de Criação No fim, a música é interrompida pelo locutor que diz: "Quer dividir algo com os amigos? Divide um Doritos!", e um pacote de Doritos esconde o rosto do menino, que cantava animado o hit gay. Numa alusão de que melhor do que dividir, ou revelar, sua sexualidade é dividir o salgado.

35 Estratégia de Criação Estratégia de Defesa: É normalmente utilizada pelos líderes de mercado, com grande posição competitiva. Os líderes, além de utilizá-las mantêm constante inovação tecnológica em seus produtos. É o caso do Sabão em pó Omo em face ao concorrente Ariel. Além da estratégia testemunhal, Omo utiliza também a de defesa, quando mostra sua força tecnológica nas várias versões do produto.

36 Estratégia de Criação Para optarmos por uma dessas estratégias devemos conhecer com muita riqueza o perfil do target do produto que se pretende atingir, via informações secundárias: internas cedidas pelo cliente/anunciante ou externas levantadas no mercado; como também informações primárias coletadas através de pesquisas de mercado sobre o comportamento do consumidor dos seus produtos. Enfim, com esse mapeamento é que com segurança se poderá desenvolver com maior força de comunicação e persuasão toda a linha criativa de uma campanha.

37 Outras Estratégias criativas: teaser, criação de um personagem tom da campanha: emocional, racional, humorada, didática, etc. Estratégia de Mídia (uma visão do que é estratégia, justificativa, tática, cronograma e investimento geral).

38 Referências Bibliográficas: LUPETTI, L. Planejamento de Comunicação. Ed. Futura, São Paulo, CORREA, R. Planejamento de Propaganda. Ed. Global, São Paulo, 2004.

Estratégias em Propaganda e Comunicação

Estratégias em Propaganda e Comunicação Ferramentas Gráficas I Estratégias em Propaganda e Comunicação Tenho meu Briefing. E agora? Planejamento de Campanha Publicitária O QUE VOCÊ DEVE SABER NO INÍCIO O profissional responsável pelo planejamento

Leia mais

tipos de campanhas PUBLICITÁRIAS

tipos de campanhas PUBLICITÁRIAS PAULOCINTI tipos de campanhas PUBLICITÁRIAS Ela tem como objetivo difundir a marca do fabricante, institucionalizá-la. Neste tipo de campanha você nunca verá uma empresa falando explicitamente sobre os

Leia mais

Planejamento de Campanha Publicitária

Planejamento de Campanha Publicitária Planejamento de Campanha Publicitária Prof. André Wander UCAM O briefing chegou. E agora? O profissional responsável pelo planejamento de campanha em uma agência de propaganda recebe o briefing, analisa

Leia mais

introdução a publicidade & propaganda Aula 3- Funções e Conceitos de publicidade e propaganda

introdução a publicidade & propaganda Aula 3- Funções e Conceitos de publicidade e propaganda introdução a publicidade & propaganda Aula 3- Funções e Conceitos de publicidade e propaganda professor Rafael Ho mann Setores envolvidos Anunciante também conhecido como cliente, é a empresa, pessoa ou

Leia mais

Processos de planejamento de campanha publicitária

Processos de planejamento de campanha publicitária Processos de planejamento de campanha publicitária O que é planejar? Processo administrativo e sistemático para se atingir um determinado objetivo, coordenando a atuação do assunto em questão, para se

Leia mais

Briefing. Coleta de Dados. Prof. André Martins

Briefing. Coleta de Dados. Prof. André Martins Briefing Coleta de Dados Prof. André Martins A importância do briefing O briefing é o começo de tudo. Ele traz as informações que as equipes da agência que não têm contato direto com o cliente precisam

Leia mais

FTAD FORMAÇÃO TÉCNICA EM ADMINISTRAÇÃO MÓDULO DE MARKETING. Professor: Arlindo Neto

FTAD FORMAÇÃO TÉCNICA EM ADMINISTRAÇÃO MÓDULO DE MARKETING. Professor: Arlindo Neto FTAD FORMAÇÃO TÉCNICA EM ADMINISTRAÇÃO MÓDULO DE MARKETING Professor: Arlindo Neto Competências a serem trabalhadas GESTÃO DE MARKETING PUBLICIDADE E PROPAGANDA GESTÃO COMERCIAL FTAD FORMAÇÃO TÉCNICA EM

Leia mais

Ministério da Educação Universidade Federal do Ceará Pró-Reitoria de Graduação PROGRAMA DE DISCIPLINA

Ministério da Educação Universidade Federal do Ceará Pró-Reitoria de Graduação PROGRAMA DE DISCIPLINA Ministério da Educação Universidade Federal do Ceará Pró-Reitoria de Graduação PROGRAMA DE DISCIPLINA 1. Curso: COMUNICAÇÃO SOCIAL: Publicidade e Propaganda Código: 12 3.Modalidade(s): Bacharelado x Licenciatura

Leia mais

Painel 2 O BUSINESS JORNAL E O POSICIONAMENTO MULTIPLATAFORMA

Painel 2 O BUSINESS JORNAL E O POSICIONAMENTO MULTIPLATAFORMA 29. 09. 2014 Geral Nome da pesquisa Painel 2 O BUSINESS JORNAL E O POSICIONAMENTO Autor 2 Apêndice: Pesquisa Painel 2 O BUSINESS JORNAL E O POSICIONAMENTO A reunião na agência foi muito positiva. Márcio

Leia mais

-Verba Publicitária -Implantação, Execução, Controle e

-Verba Publicitária -Implantação, Execução, Controle e -Verba Publicitária -Implantação, Execução, Controle e Avaliação UNIBAN Unidade Marte Disciplina: Planejamento de Campanha Prof. Me. Francisco Leite Aulas: 22.09.2011 A verba publicitária -Anunciante A

Leia mais

Princípios e Conceitos de Marketing. Prof. Felipe A. Pires

Princípios e Conceitos de Marketing. Prof. Felipe A. Pires Princípios e Conceitos de Marketing Prof. Felipe A. Pires O que é Marketing? É a execução de um conjunto de atividades comerciais, tendo como objetivo final a troca de produtos ou serviços entre produtores

Leia mais

FACULDADE ANHANGUERA DE ITAPECERICA DA SERRA

FACULDADE ANHANGUERA DE ITAPECERICA DA SERRA FACULDADE ANHANGUERA DE ITAPECERICA DA SERRA Profº Paulo Barreto Paulo.santosi9@aedu.com www.paulobarretoi9consultoria.com.br 1 DO MARKETING À COMUNICAÇÃO Conceitualmente, Marketing é definido por Kotler

Leia mais

Integrada de Marketing. UNIBAN Unidade Marte Disciplina: Planejamento de Campanha Prof. Me. Francisco Leite Aulas: 31.03.11

Integrada de Marketing. UNIBAN Unidade Marte Disciplina: Planejamento de Campanha Prof. Me. Francisco Leite Aulas: 31.03.11 O Planejamento de Comunicação Integrada de Marketing UNIBAN Unidade Marte Disciplina: Planejamento de Campanha Prof. Me. Francisco Leite Aulas: 31.03.11 Agenda: Planejamento de Comunicação Integrada de

Leia mais

MÍDIA MATERIAL DE REFERÊNCIA TEÓRICA 01. Prof. Rodrigo Duguay a partir de material base da Profa. Dra. Karla Patriota

MÍDIA MATERIAL DE REFERÊNCIA TEÓRICA 01. Prof. Rodrigo Duguay a partir de material base da Profa. Dra. Karla Patriota MÍDIA MATERIAL DE REFERÊNCIA TEÓRICA 01 Prof. Rodrigo Duguay a partir de material base da Profa. Dra. Karla Patriota MÍDIA Definição Mídia. Sf (ing. mass media) Propag. 1 Veículo ou meio de divulgação

Leia mais

CURSO de COMUNICAÇÃO SOCIAL PUBLICIDADE E PROPAGANDA Gabarito

CURSO de COMUNICAÇÃO SOCIAL PUBLICIDADE E PROPAGANDA Gabarito UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE TRANSFERÊNCIA 2 o semestre letivo de 2006 e 1 o semestre letivo de 2007 CURSO de COMUNICAÇÃO SOCIAL PUBLICIDADE E PROPAGANDA Gabarito Verifique se este caderno contém: INSTRUÇÕES

Leia mais

&DPSDQKDV 3ODQHMDPHQWR

&DPSDQKDV 3ODQHMDPHQWR &DPSDQKDV 3ODQHMDPHQWR Toda comunicação publicitária visa atender a alguma necessidade de marketing da empresa. Para isso, as empresas traçam estratégias de comunicação publicitária, normalmente traduzidas

Leia mais

Campanha ONG Animais 1

Campanha ONG Animais 1 Campanha ONG Animais 1 Bruna CARVALHO 2 Carlos VALÉRIO 3 Mayara BARBOSA 4 Rafaela ALVES 5 Renan MADEIRA 6 Romulo SOUZA 7 Marcelo PRADA 8 Paulo César D ELBOUX 9 Faculdade Anhanguera Santa Bárbara, Santa

Leia mais

COMO A PROPAGANDA FUNCIONA?

COMO A PROPAGANDA FUNCIONA? COMO A PROPAGANDA FUNCIONA? Definição: a manipulação planejada da comunicação visando, pela persuasão, promover comportamentos em benefício do anunciante que a utiliza. Funções: cabe a propaganda informar

Leia mais

1 Briefing de Criação

1 Briefing de Criação 1 Briefing de Criação Antecedentes do processo de criação Para se criar uma campanha ou mesmo uma única peça é imprescindível que antes seja feito um briefing para orientar o trabalho do planejamento,

Leia mais

Campanha promocional Doutores da Alegria - Voluntáriado 1

Campanha promocional Doutores da Alegria - Voluntáriado 1 Campanha promocional Doutores da Alegria - Voluntáriado 1 Alexandre COELHO 2 Catarina CARVALHO 3 Danielle RIBEIRO 4 Leoni ROCHA 5 Paloma HADDAD 6 Professor/Orientador: Daniel CAMPOS 7 Universidade Fumec,

Leia mais

Atendimento. Item 4- Publicidade e Propaganda

Atendimento. Item 4- Publicidade e Propaganda Atendimento Item 4- Publicidade e Propaganda Atendimento Item 4- Publicidade e Propaganda PUBLICIDADE X PROPAGANDA PUBLICIDADE Deriva de público (latim: publicus) Atendimento Item 4- Publicidade e Propaganda

Leia mais

OBJETIVOS DE MARKETING

OBJETIVOS DE MARKETING CASE Banco do Brasil Todo Seu O Banco do Brasil é a mais antiga instituição bancária brasileira. Reconhecido como fundamental para o desenvolvimento econômico e social do país, é também o maior banco da

Leia mais

Apresentação da Disciplina

Apresentação da Disciplina Mídia - 2015.1 Nilmar Figueiredo 1 2 3 4 Calendário Acadêmico Comentários Apresentação da Disciplina Sistema de Avaliação 1 - Apresentação da Disciplina O que é Mídia? Departamento de Mídia - Organização

Leia mais

PENSAR GRANDE CATEGORIA INDÚSTRIA DE BEBIDAS

PENSAR GRANDE CATEGORIA INDÚSTRIA DE BEBIDAS EXPERIMENTA! NOVA SCHIN PENSAR GRANDE CATEGORIA INDÚSTRIA DE BEBIDAS Este bem poderia ser o lema do Grupo Schincariol, que teve origem na pitoresca cidade de Itu, no interior paulista, conhecida em todo

Leia mais

Briefing e a Importância da Propaganda na sociedade.

Briefing e a Importância da Propaganda na sociedade. Briefing e a Importância da Propaganda na sociedade. Conceitos e Categorias da Publicidade e da Propaganda. Taynah Ibanez Barbosa 1 Semestre de Publicidade e Propaganda Notuno. Propaganda. Propaganda é

Leia mais

A intenção é introduzir o tema para instigar a troca de opiniões. O Partido acumula boas experiências a partir do debate iniciado em

A intenção é introduzir o tema para instigar a troca de opiniões. O Partido acumula boas experiências a partir do debate iniciado em Propaganda Eleitoral 6.05.200 A. Introdução A intenção é introduzir o tema para instigar a troca de opiniões O Partido acumula boas experiências a partir do debate iniciado em + - 998 O tema esquentou

Leia mais

Metodologia de projeto. Curso Técnico de Comunicação Visual Prof. Diego Piovesan Medeiros

Metodologia de projeto. Curso Técnico de Comunicação Visual Prof. Diego Piovesan Medeiros Metodologia de projeto Curso Técnico de Comunicação Visual Prof. Diego Piovesan Medeiros Mas o que é metodologia? E para que serve? vamos fazer uma pizza? O método de projeto tem como objetivo atingir

Leia mais

Problemas de incentivo: Depende da experiência de especialistas (artistas) É difícil fazer contratos que alinhem incentivos

Problemas de incentivo: Depende da experiência de especialistas (artistas) É difícil fazer contratos que alinhem incentivos Propaganda Desafios É difícil medir a resposta à propaganda A demanda é afetada pela concorrência e pelas decisões relativas ao composto de marketing A resposta pode não ocorrer imediatamente Problemas

Leia mais

FACULDADE CÁSPER LÍBERO PROJETO CRIAR 2013 2 ANO DE PUBLICIDADE E PROPAGANDA 2º ANO DE RÁDIO E TV

FACULDADE CÁSPER LÍBERO PROJETO CRIAR 2013 2 ANO DE PUBLICIDADE E PROPAGANDA 2º ANO DE RÁDIO E TV FACULDADE CÁSPER LÍBERO PROJETO CRIAR 2013 2 ANO DE PUBLICIDADE E PROPAGANDA 2º ANO DE RÁDIO E TV O Projeto Criar é um projeto transdisciplinar, que envolve os cursos de Publicidade e Propaganda e Rádio

Leia mais

DE AGÊNCIA ESPECIALIZADA NA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE PROPAGANDA E PUBLICIDADE

DE AGÊNCIA ESPECIALIZADA NA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE PROPAGANDA E PUBLICIDADE Página1 CONCORRÊNCIA Nº 001/2015/SENAR-AR/MT Ref.: CONTRATAÇÃO DE AGÊNCIA ESPECIALIZADA NA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE PROPAGANDA E PUBLICIDADE Assunto: PEDIDO DE ESCLARECIMENTO Interessado: XXXXXXXX XXXXXXXXX

Leia mais

Desenvolvendo Campanhas de Geração de Demanda Bem-Sucedidas

Desenvolvendo Campanhas de Geração de Demanda Bem-Sucedidas Desenvolvendo Campanhas de Geração de Demanda Bem-Sucedidas Introdução 1 Tópicos Etapa 1: Conheça seu Público-Alvo 3 Etapa 2: Desenvolva Soluções com Base nas Necessidades de Negócios do Público Alvo 7

Leia mais

PROPAGANDA. Propaganda. Considerações iniciais. Propaganda. Propaganda. Papel da propaganda. Propaganda. Propaganda. Missão.

PROPAGANDA. Propaganda. Considerações iniciais. Propaganda. Propaganda. Papel da propaganda. Propaganda. Propaganda. Missão. PROPAGANDA Considerações iniciais É a parte mais glamourosa do Marketing Mix (exposição); Exige talento e planejamento Representa mais de 1% do PIB Todos (acham que) entendem; Papel da propaganda A compra

Leia mais

Comunicação Integrada de marketing.

Comunicação Integrada de marketing. Comunicação Integrada de marketing. - COMPOSTO DE COMUNICAÇÃO - 4 A s - 4 C s Comunicação: é a transmissão de uma mensagem de um emissor para um receptor, de modo que ambos a entendam da mesma maneira.

Leia mais

ANÁLISE DOS PONTOS DE VISTA IDEOLÓGICOS COMO REFERÊNCIA NA FORMAÇÃO DO PÚBLICO LEITOR.

ANÁLISE DOS PONTOS DE VISTA IDEOLÓGICOS COMO REFERÊNCIA NA FORMAÇÃO DO PÚBLICO LEITOR. ANÁLISE DOS PONTOS DE VISTA IDEOLÓGICOS COMO REFERÊNCIA NA FORMAÇÃO DO PÚBLICO LEITOR. Autor: Wagner de Araújo Baldêz 1 - UFOP. Orientador: William Augusto Menezes 2 - UFOP. O objetivo desse artigo é relatar

Leia mais

Guia completo para o sucesso de sua loja de veículos: dicas de como ter sucesso e manter uma alta lucratividade neste segmento

Guia completo para o sucesso de sua loja de veículos: dicas de como ter sucesso e manter uma alta lucratividade neste segmento Guia completo para o sucesso de sua loja de veículos: dicas de como ter sucesso e manter uma alta lucratividade neste segmento Introdução Planejamento Divulgando sua loja Como fechar as vendas Nota Fiscal

Leia mais

CONTRATAÇÃO DE ESPAÇO PARA EXECUÇÃO DE VÍDEOS E SPOTS PUBLICITÁRIOS EM JUKEBOX DIGITAL GUIA DE REFERÊNCIA PARA OPERADORES ASSOCIADOS

CONTRATAÇÃO DE ESPAÇO PARA EXECUÇÃO DE VÍDEOS E SPOTS PUBLICITÁRIOS EM JUKEBOX DIGITAL GUIA DE REFERÊNCIA PARA OPERADORES ASSOCIADOS 1 CONTRATAÇÃO DE ESPAÇO PARA EXECUÇÃO DE VÍDEOS E SPOTS PUBLICITÁRIOS EM JUKEBOX DIGITAL GUIA DE REFERÊNCIA PARA OPERADORES ASSOCIADOS 1. INTRODUÇÃO OPORTUNIDADE DE NEGÓCIO 2. CONCEITO PARA A PRESTAÇÃO

Leia mais

Aimportância do levantamento de informações e pesquisa na publicidade

Aimportância do levantamento de informações e pesquisa na publicidade Aimportância do levantamento de informações e pesquisa na publicidade UNIBAN Unidade Marte Disciplina: Planejamento de Campanha Prof. Me. Francisco Leite Aulas: 07.04.11 Agenda: A importância do levantamento

Leia mais

Centro Universitário de Volta Redonda UniFOA Bases Humanísticas Prof. Marcos Antonio Ribeiro Andrade - MSc O Marketing e os Médicos :

Centro Universitário de Volta Redonda UniFOA Bases Humanísticas Prof. Marcos Antonio Ribeiro Andrade - MSc O Marketing e os Médicos : Centro Universitário de Volta Redonda UniFOA Bases Humanísticas Prof. Marcos Antonio Ribeiro Andrade - MSc O Marketing e os Médicos :Petrucio Chalegre Em Epidauro, no interior da Grécia, o teatro da cidade

Leia mais

I PRÊMIO CRIAR FTC. Etapas do regulamento

I PRÊMIO CRIAR FTC. Etapas do regulamento I PRÊMIO CRIAR FTC O I Prêmio Criar FTC se destina a estimular a técnica e a criatividade na realização dos diversos formatos de propaganda, assim como a valorização dos alunos de todos os semestres e

Leia mais

Gerenciamento da comunicação de massa: propaganda, promoção de vendas, eventos e relações públicas. Copyright 2006 by Pearson Education

Gerenciamento da comunicação de massa: propaganda, promoção de vendas, eventos e relações públicas. Copyright 2006 by Pearson Education Gerenciamento da comunicação de massa: propaganda, promoção de vendas, eventos e relações públicas Copyright 2006 by Pearson Education Propaganda Qualquer forma paga de apresentação não pessoal e promocional

Leia mais

FUNDAMENTOS DE MARKETING

FUNDAMENTOS DE MARKETING FUNDAMENTOS DE MARKETING Há quatro ferramentas ou elementos primários no composto de marketing: produto, preço, (ponto de) distribuição e promoção. Esses elementos, chamados de 4Ps, devem ser combinados

Leia mais

Thaísa Fortuni. 15 dicas de Mídias Sociais para Moda. Copyright 2015 - Todos os direitos reservados

Thaísa Fortuni. 15 dicas de Mídias Sociais para Moda. Copyright 2015 - Todos os direitos reservados Thaísa Fortuni Thaísa Fortuni 15 dicas de Mídias Sociais para Moda Copyright 2015 - Todos os direitos reservados Sobre Thaísa Fortuni Publicitária por formação, escritora e empreendora digital. Trabalha

Leia mais

O marketing a serviço do mercado varejista: estudo de uma campanha de publicidade 18/04/2007

O marketing a serviço do mercado varejista: estudo de uma campanha de publicidade 18/04/2007 O marketing a serviço do mercado varejista: estudo de uma campanha de publicidade 18/04/2007 Mitchell Figueiredo de Azevedo* Introdução O atual mercado varejista exige cada vez mais do empreendedor. Voltar

Leia mais

MIDIA KIT. Aqui você fica atualizado. www.noticiasdealagoinhas.com.br

MIDIA KIT. Aqui você fica atualizado. www.noticiasdealagoinhas.com.br MIDIA KIT Aqui você fica atualizado. www.noticiasdealagoinhas.com.br Sobre nosso site O Notícias de Alagoinhas hoje é o portal mais completo da cidade. Somos um Canal de comunicação online que integra

Leia mais

O BRIEFING. Princípios e características essenciais.

O BRIEFING. Princípios e características essenciais. O BRIEFING Princípios e características essenciais. O briefing ocorre todas as vezes que uma informação passa de um ponto para outro e o propósito de organizá-lo corretamente é o de assegurar a passagem

Leia mais

7. POLÍTICA DE COMUNICAÇÃO. 7.1- Comunicação 7.2- Publicidade 7.3- Promoção 7.4- Marketing directo

7. POLÍTICA DE COMUNICAÇÃO. 7.1- Comunicação 7.2- Publicidade 7.3- Promoção 7.4- Marketing directo 7. POLÍTICA DE COMUNICAÇÃO 7.1- Comunicação 7.2- Publicidade 7.3- Promoção 7.4- Marketing directo A COMUNICAÇÃO Comunicar Comunicar no marketing emitir mensagem para alguém emitir mensagem para o mercado

Leia mais

A publicidade usada como forma de conscientização Uma análise do comercial Quer Saber? Estadão! ¹

A publicidade usada como forma de conscientização Uma análise do comercial Quer Saber? Estadão! ¹ A publicidade usada como forma de conscientização Uma análise do comercial Quer Saber? Estadão! ¹ Mayara Aparecida de Almeida Lopes² Merli Leal Silva³ Universidade Federal do Pampa Resumo O presente artigo

Leia mais

Apontamentos sobre marketing eleitoral

Apontamentos sobre marketing eleitoral Apontamentos sobre marketing eleitoral Posicionamento da Candidatura Cada campanha é única e terá seu próprio cronograma. No entanto, é possível propor uma divisão geral em fases, pelas quais qualquer

Leia mais

Surpresas do Cotidiano: Campanha para a Loja Virtual Surpreenda

Surpresas do Cotidiano: Campanha para a Loja Virtual Surpreenda Surpresas do Cotidiano: Campanha para a Loja Virtual Surpreenda Rita Carla da Conceição SILVA 1 Adriely Cristiny de Lima CUNHA 2 Rafael Duarte SILVA 3 Paula Apolinário ZAGUI 4 Universidade Do Estado do

Leia mais

Objetivos da comunicação

Objetivos da comunicação Prof. Edmundo W. Lobassi Use palavras simples, que todos compreendam, assim todos irão entendê-lo. (Prof. Edmundo W. Lobassi) 1 Estude algumas pesquisas e ouça pessoas experts, pois nada é mais importante

Leia mais

Jingle Sabores do Brasil para a marca Chocolates Brasil Cacau 1

Jingle Sabores do Brasil para a marca Chocolates Brasil Cacau 1 Jingle Sabores do Brasil para a marca Chocolates Brasil Cacau 1 Simone MARIANO 2 Sheilla REIS 3 Mariana BRASIL 4 Mariane FREITAS 5 Amanda CARVALHO 6 Jéssica SANTOS 7 Suelen VALENTE 8 Universidade Católica

Leia mais

CURSO: COMUNICAÇÃO SOCIAL PUBLICIDADE E PROPAGANDA TURMA: CS3/CS4. Prof. Breno Brito. Apostila 5 OS TIPOS DE CAMPANHAS

CURSO: COMUNICAÇÃO SOCIAL PUBLICIDADE E PROPAGANDA TURMA: CS3/CS4. Prof. Breno Brito. Apostila 5 OS TIPOS DE CAMPANHAS CURSO: COMUNICAÇÃO SOCIAL PUBLICIDADE E PROPAGANDA TURMA: CS3/CS4 DESENVOLVIMENTO DE CAMPANHA Apostila 5 OS TIPOS DE CAMPANHAS OUTUBRO 2008 OS TIPOS DE CAMPANHAS Já vimos que campanha publicitária é um

Leia mais

Gestão de Mercados e Estratégia de Marketing Administrando o Composto de Marketing: Os 4P s Aula 3

Gestão de Mercados e Estratégia de Marketing Administrando o Composto de Marketing: Os 4P s Aula 3 Gestão de Mercados e Estratégia de Marketing Administrando o Composto de Marketing: Os 4P s Aula 3 Prof. Me. Dennys Eduardo Rossetto. Objetivos da Aula 1. O composto de marketing. 2. Administração do P

Leia mais

MARKETING PROMOCIONAL X PROMOÇÃO DE VENDAS. Qual a diferença?

MARKETING PROMOCIONAL X PROMOÇÃO DE VENDAS. Qual a diferença? MARKETING PROMOCIONAL X PROMOÇÃO DE VENDAS Qual a diferença? Marketing promocional É uma ferramenta que se utiliza de várias outras para promover a promoção de vendas. Por exemplo: Marketing promocional

Leia mais

ROTEIRO PLANO DE MKT DIGITAL

ROTEIRO PLANO DE MKT DIGITAL ROTEIRO PLANO DE MKT DIGITAL Este é um roteiro completo, com pontos gerais e específicos. Na elaboração do plano, procure adaptar os tópicos que o compõe, à realidade da empresa-cliente. Priorize a qualidade

Leia mais

A boo-box é a primeira empresa brasileira de tecnologia para publicidade e mídias sociais.

A boo-box é a primeira empresa brasileira de tecnologia para publicidade e mídias sociais. Mídia kit SOBRE NÓS A boo-box é a primeira empresa brasileira de tecnologia para publicidade e mídias sociais. Desde 2007, tem investimento da Monashees Capital e em 2010 foi a única empresa brasileira

Leia mais

PLANEJAMENTO DE MÍDIA DIGITAL

PLANEJAMENTO DE MÍDIA DIGITAL PLANEJAMENTO DE MÍDIA DIGITAL Prof. a Fabiana Baraldi - Conforme estipulado no Termo de Uso, todo o conteúdo ora disponibilizado é de titularidade exclusiva do IAB ou de terceiros parceiros e é protegido

Leia mais

Estudante de Graduação 5º Período do Curso de Publicidade e Propaganda da FMF, E-mail: andrewscortezão@hotmail.com 5

Estudante de Graduação 5º Período do Curso de Publicidade e Propaganda da FMF, E-mail: andrewscortezão@hotmail.com 5 RESUMO As estratégias nas ações de comunicação Integrada com foco no planejamento Publicitário e Marketing¹ Laricia OLIVEIRA² Heloísa ANDRADE³ Andrews CORTEZÃO 4 Caio MELO 5 Felipe GUSTAVO 6 Ladislau LIMA

Leia mais

de Propaganda PARTE 2 UNIBAN Unidade Marte Disciplina: Planejamento de Campanha Prof. Me. Francisco Leite Aulas: 14 e 28.04.11

de Propaganda PARTE 2 UNIBAN Unidade Marte Disciplina: Planejamento de Campanha Prof. Me. Francisco Leite Aulas: 14 e 28.04.11 Etapas Planejamento de Campanha de Propaganda PARTE 2 UNIBAN Unidade Marte Disciplina: Planejamento de Campanha Prof. Me. Francisco Leite Aulas: 14 e 28.04.11 Agenda: Tipos de Campanhas Objetivo: Apresentar

Leia mais

MARKETING DIGITAL E E-BUSINESS AULA III ESTRATÉGIAS DO MARKETING DIGITAL PROF. M. SC. JOSUÉ VITOR MBA EM MARKETING ESTRATÉGICO

MARKETING DIGITAL E E-BUSINESS AULA III ESTRATÉGIAS DO MARKETING DIGITAL PROF. M. SC. JOSUÉ VITOR MBA EM MARKETING ESTRATÉGICO MBA EM MARKETING ESTRATÉGICO MARKETING DIGITAL E E-BUSINESS AULA III ESTRATÉGIAS DO MARKETING DIGITAL PROF. M. SC. JOSUÉ VITOR josuevitor16@gmail.com @josuevitor Marketing Digital Como usar a internet

Leia mais

Campanha de Comunicação para a Cerveja Itaipava 2008 ¹

Campanha de Comunicação para a Cerveja Itaipava 2008 ¹ Campanha de Comunicação para a Cerveja Itaipava 2008 ¹ Rafael Cruz GALLEGO ² João BATISTA Freitas Cardoso ³ Universidade Municipal de São Caetano do Sul - IMES RESUMO Durante o ano de 2007, ano de conclusão

Leia mais

Propaganda. Agência DIS Propaganda Apresentação / Portfólio

Propaganda. Agência DIS Propaganda Apresentação / Portfólio Agência DIS Propaganda Apresentação / Portfólio A DIS Propaganda é uma agência de propaganda e marketing que há mais de 28 anos em atividade vem construindo as marcas de seus clientes. Propaganda O nosso

Leia mais

Marcele Bastos. o Graduada em Comunicação Social - Relações Públicas. Fundamentos de marketing. o Especialista em Gestão - ênfase em Marketing

Marcele Bastos. o Graduada em Comunicação Social - Relações Públicas. Fundamentos de marketing. o Especialista em Gestão - ênfase em Marketing o Especialista em Gestão - ênfase em Marketing o Graduada em Comunicação Social - Relações Públicas o Docente universitária na disciplina Fundamentos de marketing o 12 anos de experiência em comunicação

Leia mais

Interatividade UniNorte 1

Interatividade UniNorte 1 Interatividade UniNorte 1 Anne Caroline BARROS 2 Francisco BARBOZA 3 Heverton PAULA 4 Igor SANTOS 5 Eudóxia Pereira da SILVA 6 Márcio Alexandre dos Santos SILVA 7 Centro Universitário do Norte (UniNorte),

Leia mais

COMUNICAÇÃO DE MARKETING

COMUNICAÇÃO DE MARKETING COMUNICAÇÃO DE MARKETING COMUNICAÇÃO INTEGRADA DE MARKETING Meio através do qual a empresa informa, persuadi e lembra os consumidores sobre o seu produto, serviço e marcas que comercializa. Funções: Informação

Leia mais

Estratégias de Comunicação

Estratégias de Comunicação Prof. Edmundo W. Lobassi A propaganda é parte do marketing e uma das ferramentas da comunicação. Uma boa estratégia de marketing não garante que a campanha de propaganda será boa, mas é condição essencial

Leia mais

Gerenciamento da comunicação de massa: propaganda, promoção de vendas, eventos e relações públicas

Gerenciamento da comunicação de massa: propaganda, promoção de vendas, eventos e relações públicas Capítulo 18 Gerenciamento da comunicação de massa: propaganda, promoção de vendas, eventos e relações públicas Copyright 2006 by Pearson Education Questões abordadas no capítulo Quais são as etapas envolvidas

Leia mais

Anúncio Impresso Juntos Transformamos o Mundo 1

Anúncio Impresso Juntos Transformamos o Mundo 1 Anúncio Impresso Juntos Transformamos o Mundo 1 Paulo Henrique Paes Alves Da SILVA 2 Danielle Soares De CARVALHO 3 Gabriela Caroline BERNARDI 4 Jessica Dos Santos BATISTA 5 João Paulo SPRICIGO 6 Laysa

Leia mais

DE LA CLASE A LA CUENTA: DA CLASSE AO MERCADO DCC/DCM Internacional. Aula 2

DE LA CLASE A LA CUENTA: DA CLASSE AO MERCADO DCC/DCM Internacional. Aula 2 DE LA CLASE A LA CUENTA: DA CLASSE AO MERCADO DCC/DCM Internacional Aula 2 Módulo 1 Formação de Agências Aula 2 Profa. Tamara Guaraldo MÓDULO 1 DO CURSO DA CLASSE AO MERCADO 2015 Quintas-feiras SALA 17

Leia mais

ESPETÁCULO COMO MENSAGEM

ESPETÁCULO COMO MENSAGEM Casestudy Em 2006, o maior banco privado do Brasil investiu no patrocínio de um dos espetáculos mais comentados do País nos últimos tempos: o Saltimbanco. Mas essa parceria entre o Bradesco e o Cirque

Leia mais

O uso correto do telefone

O uso correto do telefone O uso correto do telefone Regras da etiqueta empresarial no uso do telefone demonstra educação e profissionalismo. Telefone deve ser usado apenas para fazer e receber ligações relacionadas ao trabalho.

Leia mais

CONCORRÊNCIA N. 2014/01 PROTOCOLO N. 2014/9.924

CONCORRÊNCIA N. 2014/01 PROTOCOLO N. 2014/9.924 CONCORRÊNCIA N. 2014/01 PROTOCOLO N. 2014/9.924 OBJETO: Contratação, sob demanda, de serviços de publicidade e atividades complementares, a serem prestados por intermédio de agência de propaganda. SEGUE

Leia mais

NOS BASTIDORES DO SUCESSO INÁCIA SOARES. Lições de grandes empreendedores COM

NOS BASTIDORES DO SUCESSO INÁCIA SOARES. Lições de grandes empreendedores COM NOS BASTIDORES DO SUCESSO Lições de grandes empreendedores COM INÁCIA SOARES 2 3 AMOR SCHWARTZENEGGER 4 O LÍDER visionário 1975... US$ 62,48 bilhões 2010 O LÍDER político Quando você chegar no fim de sua

Leia mais

A nossa agência trabalha com estratégias de Marketing Digital com foco em resultados! POSSUÍMOS COMO MISSÃO, AGREGAR VALOR POR MEIO DA INTERNET PARA

A nossa agência trabalha com estratégias de Marketing Digital com foco em resultados! POSSUÍMOS COMO MISSÃO, AGREGAR VALOR POR MEIO DA INTERNET PARA A nossa agência trabalha com estratégias de Marketing Digital com foco em resultados! POSSUÍMOS COMO MISSÃO, AGREGAR VALOR POR MEIO DA INTERNET PARA DESENVOLVER GRANDES NEGÓCIOS. MERCADO DE MARKETING DIGITAL:

Leia mais

Outdoor de Lançamento do CD da Dupla Johny e Junior 1

Outdoor de Lançamento do CD da Dupla Johny e Junior 1 Outdoor de Lançamento do CD da Dupla Johny e Junior 1 Danizieli de OLIVEIRA 2 Diego de OLIVEIRA 3 Renata Cristina FORNAZIERO 4 Thaís Roberta CASAGRANDE 5 Wolnei MENEGASSI 6 Paulo César D ELBOUX 7 Faculdade

Leia mais

COMO O ADMINISTRADOR DE EMPRESAS FAMILIARES PODE CONSEGUIR A FIDELIZAÇÃO DE SEUS CLIENTES

COMO O ADMINISTRADOR DE EMPRESAS FAMILIARES PODE CONSEGUIR A FIDELIZAÇÃO DE SEUS CLIENTES COMO O ADMINISTRADOR DE EMPRESAS FAMILIARES PODE CONSEGUIR A FIDELIZAÇÃO DE SEUS CLIENTES Adm. Sandra Regina da Luz Inácio, PhD E o que é NeuroEconomia? O objetivo é atingir nosso Cérebro, a maioria das

Leia mais

AVALIAÇÃO DA EFICÁCIA DO SEU ANÚNCIO

AVALIAÇÃO DA EFICÁCIA DO SEU ANÚNCIO 1 AVALIAÇÃO DA EFICÁCIA DO SEU ANÚNCIO O Sr. Asdrúbal Matrimônio, proprietário da gráfica Casamentos & Casórios Ltda., especializada em convites de casamento com dobras e cortes especiais, oferecia um

Leia mais

Embalagem do Aromatizador do TJ Criança Abriga

Embalagem do Aromatizador do TJ Criança Abriga Embalagem do Aromatizador do TJ Criança Abriga Raquel do Nascimento DIAS 1 Thais Cristina ROZA 2 Virgínia Felipe MANOEL 3 Lamounier Lucas JÚNIOR 4 Centro Universitário Newton Paiva, Belo Horizonte, MG

Leia mais

Manual de Praticas e Padronização da Linguagem Comercial. Versão 2.0

Manual de Praticas e Padronização da Linguagem Comercial. Versão 2.0 Manual de Praticas e Padronização da Linguagem Comercial Versão 2.0 ATENÇÃO Manual de Comercialização Versão 2.0 O presente manual não se refere ao valor comercializado, mínimo de desconto ou política

Leia mais

DIVISÃO DE REGISTROS ACADÊMICOS Registros Acadêmicos da Graduação. Ementas por Curso 09/05/2011 14:54

DIVISÃO DE REGISTROS ACADÊMICOS Registros Acadêmicos da Graduação. Ementas por Curso 09/05/2011 14:54 Curso: DIVISÃO DE REGISTROS ACADÊMICOS Centro de Ciências Humanas e da Comunicação Comunicação Social (Noturno) Ano/Semestre: 011/1 09/05/011 1:5 COM.0000.0.000- COM.0001.0.001-0 COM.0019.01.001-7 FIL.0051.00.00-3

Leia mais

Cartaz Prazer 1. Tárfiny Cristina Dias GOMES 2 Joelma VALVERDE 3 Flávia WERNECK 4 Universidade Estácio de Sá Unesa, Rio de Janeiro, RJ.

Cartaz Prazer 1. Tárfiny Cristina Dias GOMES 2 Joelma VALVERDE 3 Flávia WERNECK 4 Universidade Estácio de Sá Unesa, Rio de Janeiro, RJ. Cartaz Prazer 1 Tárfiny Cristina Dias GOMES 2 Joelma VALVERDE 3 Flávia WERNECK 4 Universidade Estácio de Sá Unesa, Rio de Janeiro, RJ. RESUMO Prazer é sentir uma sensação de bem estar. A ideia do cartaz

Leia mais

7 Discussão dos resultados

7 Discussão dos resultados 128 7 Discussão dos resultados Neste capítulo são discutidos os resultados conjuntos das análises, bem como a relação das mesmas com os posicionamentos dos fabricantes, apresentados em seus respectivos

Leia mais

Módulo 4 - A construção da presença na internet

Módulo 4 - A construção da presença na internet Módulo 4 - A construção da presença na internet 1 Internet para Pequenos Negócios Módulo 4 A construção da presença na internet Introdução Este módulo tem como objetivo que você possa compreender e montar

Leia mais

O anúncio para TV. Prof. Ms. Alvaro de Melo Filho

O anúncio para TV. Prof. Ms. Alvaro de Melo Filho O anúncio para TV Prof. Ms. Alvaro de Melo Filho Na televisão, os anúncios podem ser classificados como atrevidos, insinuantes e provocantes. Porque, se assim não forem, eles não prenderão a atenção do

Leia mais

Guia de Boas Práticas para a elaboração de uma Concorrência

Guia de Boas Práticas para a elaboração de uma Concorrência Guia de Boas Práticas para a elaboração de uma Concorrência Comitê de Agências Gestão 2008 ÍNDICE OBJETIVO DO DOCUMENTO... 3 DEFINIÇÕES... 4 PONTOS PARA A ELABORAÇÃO DE UMA CONCORRÊNCIA... 5 RFI: Quando

Leia mais

Emoção CONSTRUÇÃO DE MARCAS

Emoção CONSTRUÇÃO DE MARCAS Emoção Grande parte das nossas decisões de compra são feitas por impulso, de forma irracional, instintiva. Se temos dinheiro, compramos as marcas com as quais nos relacionamos emocionalmente. Cada marca

Leia mais

Objetivos. Capítulo 16. Cenário para discussão. Comunicações de marketing. Desenvolvimento de comunicações de marketing eficazes

Objetivos. Capítulo 16. Cenário para discussão. Comunicações de marketing. Desenvolvimento de comunicações de marketing eficazes Capítulo 16 e administração de comunicações integradas de marketing Objetivos Aprender quais são as principais etapas no desenvolvimento de um programa eficaz de comunicações integradas de marketing. Entender

Leia mais

Como as seguradoras devem se relacionar com seus clientes através das redes sociais

Como as seguradoras devem se relacionar com seus clientes através das redes sociais Como as seguradoras devem se relacionar com seus clientes através das redes sociais 27.Junho.2012 Luiz Felipe Barros ?Por que estamos aqui? os meios digitais estão transformando a forma de consumir produtos

Leia mais

A REAÇÃO DO JOVEM MARINGAENSE FRENTE ÀS PROPAGANDAS QUE INCENTIVAM A PRÁTICA ESPORTIVA ATRAVÉS DA MÍDIA

A REAÇÃO DO JOVEM MARINGAENSE FRENTE ÀS PROPAGANDAS QUE INCENTIVAM A PRÁTICA ESPORTIVA ATRAVÉS DA MÍDIA 25 a 28 de Outubro de 2011 ISBN 978-85-8084-055-1 A REAÇÃO DO JOVEM MARINGAENSE FRENTE ÀS PROPAGANDAS QUE INCENTIVAM A PRÁTICA ESPORTIVA ATRAVÉS DA MÍDIA Ivania Skura 1, Julia Cristina Paixão 2, Joaquim

Leia mais

Modelo de Briefing de Produto - Roteiro de Coleta de Informações - Completo

Modelo de Briefing de Produto - Roteiro de Coleta de Informações - Completo BRIEFING DE PRODUTO Modelo de Briefing de Produto - Roteiro de Coleta de Informações - Completo Modelo Extraído dos livros: Tudo o que você queria saber sobre propaganda e ninguém teve paciência para explicar

Leia mais

amor saúde felicidade equilíbrio

amor saúde felicidade equilíbrio amor saúde felicidade equilíbrio Revista Mais A Revista Mais foi criada pela Trip Editora para o Grupo Pão de Açucar e tem como objetivo reforçar o DNA do Mais (programa de relacionamento do Grupo Pão

Leia mais

ANÚNCIO PROPOSTA DE LEITURA E PRODUÇÃO DE TEXTOS. Ronaldo Martins (http://www.ronaldomartins.pro.br)

ANÚNCIO PROPOSTA DE LEITURA E PRODUÇÃO DE TEXTOS. Ronaldo Martins (http://www.ronaldomartins.pro.br) ANÚNCIO Você está cotidianamente exposto a vários tipos de texto em que predomina a função apelativa da linguagem, caracterizada pelo desejo de co(n)ação, ou seja, de persuasão e de convencimento do interlocutor,

Leia mais

Proposta de Regulamentação da Lei nº 9/02 de 30 de Julho. Decreto nº /08 De / /2008

Proposta de Regulamentação da Lei nº 9/02 de 30 de Julho. Decreto nº /08 De / /2008 Proposta de Regulamentação da Lei nº 9/02 de 30 de Julho Decreto nº /08 De / /2008 Considerando que o recurso à publicidade constitui uma das formas de fomento ao desenvolvimento económico do país, na

Leia mais

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE PLANO DE ENSINO

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE PLANO DE ENSINO CÓDIGO 042 CÓD. CURSO 42951 CÓD. DISC. 090.3630.1 UNIDADE CENTRO DE COMUNICAÇÃO E LETRAS CURSO PROPAGANDA, PUBLICIDADE E CRIAÇÃO DISCIPLINA REDAÇÃO E EXPRESSÃO ORAL VI ETAPA 6ª CH 02 ANO 2011 OBJETIVO

Leia mais

Planejamento Multimídia. Prof. Bruno Moreno

Planejamento Multimídia. Prof. Bruno Moreno Planejamento Multimídia Prof. Bruno Moreno Sumário Aula 13 (07/04/2011) Plano de Mídia Parte C: Recomendações Parte D: Anexos Entrega de correções do briefing Novas partes do briefing Plano de Mídia -

Leia mais

ARKETING INTERNET SEO CRIATIVIDADE AGÊNCIA CRIAÇÃO

ARKETING INTERNET SEO CRIATIVIDADE AGÊNCIA CRIAÇÃO DESIGN CRIAÇÃO AGÊNCIA USABILIDA ARKETING INTERNET SEO DIGIT CRIATIVIDADE DESDE 1999 NO MERCADO, A M2BRNET É UMA AGÊNCIA DE MARKETING DIGITAL ESPECIALIZADA EM SOLUÇÕES PERSONALIZADAS. SI ARQ Desde 1999

Leia mais

Equipe da GCO: 1. Carlos Campana Gerente 2. Maria Helena 3. Sandro 4. Mariana

Equipe da GCO: 1. Carlos Campana Gerente 2. Maria Helena 3. Sandro 4. Mariana Gerência de Comunicação GCO tem por finalidade planejar, organizar, coordenar e controlar as atividades de comunicação e editoriais do Confea. Competências da GCO 1. Organizar e executar projetos editoriais:

Leia mais

Propaganda. Agência DIS Propaganda Apresentação / Portfólio

Propaganda. Agência DIS Propaganda Apresentação / Portfólio Agência DIS Propaganda Apresentação / Portfólio A DIS Propaganda é uma agência de propaganda e marketing que há mais de 30 anos em atividade, vem construindo as marcas de seus clientes. Propaganda O nosso

Leia mais

É Natural Educar Assim 1

É Natural Educar Assim 1 É Natural Educar Assim 1 Luana da Silva de ANDRADE 2 Larissa Santos de ASSIS 3 Luana Cristina KNOD 4 Rafaela Ritz dos SANTOS 5 Simone Cristina KAUFMANN 6 Tamires Lopes SILVA 7 YhevelinSerrano GUERIN 8

Leia mais