Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia. desenvolvimento da marca

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia. desenvolvimento da marca"

Transcrição

1 Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia desenvolvimento da marca

2 O trabalho de criação da marca iniciou-se com o levantamento de um briefing, realizado em reunião entre representantes da FMVZ e a equipe Inky Design. Constatou-se que a marca atual, apesar de bem conhecida, apresenta alguns problemas, como a perda de conceitos com o passar do tempo e a falta de padrão nas diferentes peças gráficas onde a marca se insere. No mesmo briefing definiu-se a manutenção das cores institucionais, afim de que a nova marca não se distanciasse da história consolidada da Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia da Unesp de Botucatu. Aproveitando a comemoração dos 50 anos da FMVZ, propomos dois caminhos diferentes para uma renovação, que ao mesmo tempo conserve os conceitos de pioneirismo, experiência e eficiência. Apresentamos a seguir duas propostas de marca (logotipo e símbolo) para a FMVZ. Uma vez aprovada, a marca será então aplicada em todas as necessidades levantadas por essa instituição e estará disposta em suas corretas aplicações em um Manual de Identidade Visual que deverá ser utilizado como referência para garantir que não haja mudanças e usos incorretos que enfraqueçam sua pregnância.

3 Proposta 01 O símbolo segue uma linha de redesign, usando a marca anterior como o ponto de partida para a nova ideia. Aproveitamos parte do símbolo, transformando-o num módulo que permitiu uma reorganização da configuração final. Na nova disposição podemos visualizar implicitamente as letras M, V e Z, numa referência às áreas de atuação da Faculdade. As cores também foram aplicadas para reforçar esta visualização. A forma triangular dominante liga-se bem aos conceitos já citados, pioneirismo, experiência e eficiência, pois, pelas teorias da psicologia da forma, o triângulo remete à ascensão, dinâmica e crescimento. O triangulo é ainda o módulo da marca da própria Unesp. A forma final do símbolo também cria uma delimitação de espaços, uma cerca, sugerindo proteção e cuidado. O símbolo possibilita ainda a visualização de uma cadeia simples de DNA, o que pode ligar a marca às pesquisas na área das ciências biológicas. Finalmente, pode-se notar a formação da Cuesta de Botucatu na parte superior do símbolo, elemento que supomos já estar presente na marca anterior. O tratamento gráfico dado ao desenho final simula uma certa tridimensionalidade e confere à marca uma composição renovada e concordante com as tendências mais atuais do design institucional. Quanto à tipografia, procurou-se ao mesmo tempo integrar o nome à imagem pelas extremidades arredondadas e forma mais orgânica assim como gerar contraste pelo seu alongamento.

4

5 Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia

6

7 Proposta 02 Nesta caso, símbolo é uma nova abordagem para a marca FMVZ. A forma triangular também domina o símbolo, uma vez que essa forma reforça os conceitos já abordados na proposta anterior: pioneirismo, experiência e eficiência, além de ser o triangulo o módulo da marca da própria Unesp. O uso de dois triângulos teve como objetivo contemplar os dois cursos da FMVZ, que são diferentes mas trabalham juntos e se complementam. Por isso, as formas são iguais porém, apresentam-se em posição e cores diferentes. Cada triângulo, por sua vez, sugere a complexidade das áreas de estudos afins, representadas pelas fitas entrelaçadas. A composição final entre eles buscam mostrar uma relação ao mesmo tempo harmônica e dinâmica entre as formas. O tratamento gráfico dado ao desenho final também simula uma certa tridimensionalidade, o que confere à marca um toque contemporâneo. Quanto à tipografia, mais circular, possui uma forte personalidade e particularidades que reforçam a identidade própria do conjunto símbolo-tipos.

8

9 Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia

10

11 Obrigado!

sumário assinaturas histórico redesign área de proteção padrões cromáticos redução mínima considerações finais

sumário assinaturas histórico redesign área de proteção padrões cromáticos redução mínima considerações finais sumário 04 05 06 07 08 09 10 11 12 histórico redesign assinaturas área de proteção redução mínima padrões cromáticos versões [grayscale e P&B] aplicações [fundos e imagens] considerações finais A LS carregou

Leia mais

Logotipos e Marcas Parte II

Logotipos e Marcas Parte II Logotipos e Marcas Parte II Logotipos e Marcas O que é um logotipo; O que é um símbolo; O que é marca; O que é logomarca; O que é logo; Desenvolvimento de um logotipo ou marca; O valor de uma marca 1.

Leia mais

APRESENTAÇÃO. Identidade Visual Desdobramentos Aplicações MMP CONSULTORIA E TREINAMENTO

APRESENTAÇÃO. Identidade Visual Desdobramentos Aplicações MMP CONSULTORIA E TREINAMENTO APRESENTAÇÃO Identidade Visual Desdobramentos Aplicações MMP CONSULTORIA E TREINAMENTO Desenvolvido por Fabricio M. Sacramento (Spoonful Design & Film) a/c Marilena Martins (MMP Consultoria e Treinamento)

Leia mais

MANUAL NORMAS GRÁFICAS. Não há outro assim

MANUAL NORMAS GRÁFICAS. Não há outro assim MARCA COMERCIAL UM COPO O conjunto de elementos remete para a figura de um copo, pelo simbolismo que acarreta este elemento. Um ícone que deixa claro o sector onde a marca se vai destacar. UM CENÁRIO VINHO+MAR+TERRA+MONTES+GÁS

Leia mais

LOGOTIPO OU LOGOMARCA?

LOGOTIPO OU LOGOMARCA? E-book para Empreendedores LOGOTIPO OU LOGOMARCA? Dicas para criar um( a ) logo de sucesso www.logovia.com.br A equipe do Logovia deseja que a leitura deste e-book seja agravável e que expanda seu entendimento

Leia mais

ASF Autoridade de Supervisão de Seguros e Fundos de Pensões

ASF Autoridade de Supervisão de Seguros e Fundos de Pensões Manual de Normas Gráficas Janeiro 2015 INTRODUÇÃO A imagem gráfica de uma marca é fundamental para que a marca se imponha na memória das pessoas. Mas uma imagem gráfica só será capaz de defender a identidade

Leia mais

MANUAL DE NORMAS GRÁFICAS

MANUAL DE NORMAS GRÁFICAS MANUAL DE NORMAS GRÁFICAS 01 01. IDENTIDADE VISUAL O objetivo deste manual é orientar a aplicação da identidade visual da marca CERIS através da apresentação detalhada das normas gráficas que foram definidas.

Leia mais

Identidade Visual para produtos em Patchwork

Identidade Visual para produtos em Patchwork Identidade Visual para produtos em Patchwork UNIVERSIDADE DO OESTE DE SANTA CATARINA UNOESC - CAMPUS DE XANXERÊ ACADÊMICA: TATIANI C. ALVES TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO CURSO: DESIGN ORIENTADOR: WALTER

Leia mais

P R O J E T O VIVEIRO CIDADÃO

P R O J E T O VIVEIRO CIDADÃO Sumário Apresentação 03 Cores 04 Família Tipográfica 05 Área de Reserva e Redução 06 Aplicações 07 Aplicações Incorretas 08 Versão Vertical USO PREFERENCIAL Apresentação Este manual visa estabelecer os

Leia mais

Manual de Identidade Visual Conceito & Aplicações ASSA ABLOY, the global leader in door opening solutions

Manual de Identidade Visual Conceito & Aplicações ASSA ABLOY, the global leader in door opening solutions Manual de Identidade Visual Conceito & Aplicações Manual de Identidade Visual Metalika/ASSA ABLOY O objetivo deste Manual é uniformizar as aplicações do logotipo da Metalika/ASSA ABLOY, na criação de documentos,

Leia mais

Identidade Visual da Unitel T+

Identidade Visual da Unitel T+ Manual da Marca O manual de Normas Básicas estabelece um conjunto de regras e recomendações que garantem uma aplicação correcta e coerente da marca UNITEL T+. A aplicação consistente deste conjunto de

Leia mais

manual de normas do logótipo da embarcação

manual de normas do logótipo da embarcação do logótipo da embarcação conteúdos 1 Apresentação missão ideias centrais visão 2 Elementos básicos símbolo logo tipografia cor 3 Regras de aplicação área de proteção dimensões aplicação sobre fundos proíbições

Leia mais

MANUAL DE APLICAÇÃO DE MARCA

MANUAL DE APLICAÇÃO DE MARCA MANUAL DE APLICAÇÃO DE MARCA A construção do logotipo Ordena Vida parte do princípio de que em um ambiente deve existir harmonia para existir qualidade de vida, alegria, organização, inspiração e prazer

Leia mais

Sumário. Apresentação. 1. Assinaturas. 1.1. Completa. 1.2. Completa em português. 1.3. Completa sem endosso. 1.4. Simples. 1.5. Simples com descritivo

Sumário. Apresentação. 1. Assinaturas. 1.1. Completa. 1.2. Completa em português. 1.3. Completa sem endosso. 1.4. Simples. 1.5. Simples com descritivo Manual de aplicação Sumário Apresentação 1. Assinaturas 1.1. Completa 1.2. Completa em português 1.3. Completa sem endosso 1.4. Simples 1.5. Simples com descritivo 1.6. Produto 1.7. Produto mínima 1.8.

Leia mais

Olá, Este manual tem como objetivo apresentar a correta aplicação de nossa marca em toda a sua comunicação.

Olá, Este manual tem como objetivo apresentar a correta aplicação de nossa marca em toda a sua comunicação. Olá, Este manual tem como objetivo apresentar a correta aplicação de nossa marca em toda a sua comunicação. Qualquer dúvida entre em contato com ascom@fuvs.br 1 2 3 4 5 6 7 Sumário ASSINATURA PRINCIPAL

Leia mais

Manual de Identidade Visual

Manual de Identidade Visual Manual de Identidade Visual Obrigado! Este manual apresenta as normas e orientações para o uso da identidade visual do INEA. No entanto, somente com a sua participação será atingido o objetivo de comunicar

Leia mais

manual de identidade visual

manual de identidade visual manual de identidade visual apresentação A marca de uma instituição é o seu maior patrimônio. É através dela que os atributos e valores da organização são traduzidos e representados. O manual de identidade

Leia mais

Identidade Visual de um condomínio residencial voltado para o esporte

Identidade Visual de um condomínio residencial voltado para o esporte Identidade Visual de um condomínio residencial voltado para o esporte Jonathans Trevisan SANCHES 1 Caique de Castro SANTOS 2 Maria Beatriz ARDINGHI 3 Universidade Metodista de Piracicaba, Piracicaba, SP

Leia mais

CADERNO DE NORMAS DE APLICAÇÃO

CADERNO DE NORMAS DE APLICAÇÃO MARQUES, S.A. COMO USAR ESTE MANUAL SÍMBOLO LOGÓTIPO MALHA CONSTRUTIVA PADRÃO TIPOGRÁFICO PADRÃO CROMÁTICO PANTONE MARCA PRETO E BRANCO / MARCA NEGATIVA MARCA SOBRE FUNDOS DE COR DA PALETA MARCA SOBRE

Leia mais

PTI Parque Tecnológico Itaipu

PTI Parque Tecnológico Itaipu Introdução Para manter e fortalecer a percepção desejada da marca, foram estabelecidas diretrizes, a identidade visual foi otimizada e as melhores práticas definidas e documentadas com o objetivo de enfatizar

Leia mais

AS MARCAS CONTEMPORÂNEAS E SUAS PECULIARIDADES GRÁFICAS

AS MARCAS CONTEMPORÂNEAS E SUAS PECULIARIDADES GRÁFICAS AS MARCAS CONTEMPORÂNEAS E SUAS PECULIARIDADES GRÁFICAS André Antônio de Souza UNICARIOCA Associação Carioca de Ensino Superior andredesign@ymail.com Madalena Ribeiro Grimaldi UFRJ Universidade Federal

Leia mais

Nossa missão. Inovação na prática é colocar a mão na massa!

Nossa missão. Inovação na prática é colocar a mão na massa! inovação na prática Nossa missão É formar a nova geração de inovadores no Brasil! A Escola Design Thinking é o lugar onde projetos inovadores saem do campo das ideias, ganham vida e impactam pessoas, empresas

Leia mais

IDENTIFICAÇÃO VISUAL DIMENSÕES MÍNIMAS ÁREAS DE SEGURANÇA TIPOGRAFIA UNIVERSO CROMÁTICO COMPORTAMENTOS SOBRE FUNDOS CROMÁTICOS

IDENTIFICAÇÃO VISUAL DIMENSÕES MÍNIMAS ÁREAS DE SEGURANÇA TIPOGRAFIA UNIVERSO CROMÁTICO COMPORTAMENTOS SOBRE FUNDOS CROMÁTICOS MANUAL DE NORMAS IDENTIFICAÇÃO VISUAL DIMENSÕES MÍNIMAS ÁREAS DE SEGURANÇA TIPOGRAFIA UNIVERSO CROMÁTICO Este manual fornece os elementos standard da Identidade Visual Norte 2020, bem como as respetivas

Leia mais

Manual de Identidade Visual

Manual de Identidade Visual Manual de Identidade Visual APRESENTAÇÃO Este Manual tem como objetivo estabelecer e consolidar a identidade visual da Secretaria do Tesouro Nacional, garantindo a unicidade no processo comunicativo em

Leia mais

MATERIAIS EDUCATIVOS MAR MUSEU DE ARTE DO RIO

MATERIAIS EDUCATIVOS MAR MUSEU DE ARTE DO RIO MATERIAIS EDUCATIVOS MAR MUSEU DE ARTE DO RIO Livros do aluno Escola do olhar Rio de imagens uma paisagem em construção A apresentação de paisagens do Rio de Janeiro em diferentes épocas, representadas

Leia mais

Manual da Marca BRANDING GUIDELINE

Manual da Marca BRANDING GUIDELINE Manual da Marca BRANDING GUIDELINE 1 ÍNDICE MANUAL DA MARCA WEBCO2ZERO Índice Manual da Marca 2 2 ELEMENTOS ADICIONAIS DA MARCA 16 O manual de normas gráficas webco2zero tem como objetivo garantir a coerência

Leia mais

O cumprimentos destas normas evita a ocorrência de erros técnicos que prejudiquem a marca e fortalece a identidade da empresa.

O cumprimentos destas normas evita a ocorrência de erros técnicos que prejudiquem a marca e fortalece a identidade da empresa. ÍNDICE 03 INTRODUÇÃO 04 LOGOTIPO Versão Principal 05 CONSTRUÇÃO & ZONA DE EXCLUSÃO 06 DIMENSÕES MÍNIMAS 07 REFERÊNCIAS CROMÁTICAS 08 LOGOTIPO Variações Cromáticas 09 LOGOTIPO Variações Monocromáticas 10

Leia mais

MANUAL DE NORMAS GRÁFICAS

MANUAL DE NORMAS GRÁFICAS ALMA SHOPPING GRAPHIC GUIDELINES MANUAL DE NORMAS GRÁFICAS INDÍCE TOM DE COMUNICAÇÃO 1. LOGÓTIPO 2. TIPOGRAFIA 4. COMUNICAÇÃO 1.A VERSÃO HORIZONTAL 1.B VERSÃO VERTICAL 2.A TIPOGRAFIA MARCA 2.B TIPOGRAFIA

Leia mais

Manual de Identidade Visual Indústria de Impressoras Tecnológicas da Amazônia Ltda

Manual de Identidade Visual Indústria de Impressoras Tecnológicas da Amazônia Ltda Manual de Identidade Visual INTRODUÇÃO Com a importância que a IITA tem conquistado no Brasil, é essencial que a nossa marca seja utilizada seguindo o Manual de Identidade Visual. Uma marca sempre bem

Leia mais

Manual de Identidade Visual Conceito & Aplicações. ASSA ABLOY, the global leader in door opening solutions

Manual de Identidade Visual Conceito & Aplicações. ASSA ABLOY, the global leader in door opening solutions Manual de Identidade Visual Conceito & Aplicações Manual de Identidade Visual Papaiz/ASSA ABLOY O objetivo deste Manual é uniformizar as aplicações do logotipo da Papaiz/ASSA ABLOY, na criação de documentos,

Leia mais

MANUAL DE NORMAS GRÁFICAS

MANUAL DE NORMAS GRÁFICAS MANUAL DE NORMAS SÍMBOLO E NOME MANUAL DE NORMAS 02 SÍMBOLO DA UNIVERSIDADE DA MADEIRA Um edifício e uma nuvem rasgada no céu representam, de forma estilizada, a Universidade da Madeira.O edifício apresenta-se

Leia mais

Sumário. Apresentação. 1. Assinaturas 1.1. Simples. Produto mínima 1.2. Comunicação Cores institucionais. 3. Tipografia institucional

Sumário. Apresentação. 1. Assinaturas 1.1. Simples. Produto mínima 1.2. Comunicação Cores institucionais. 3. Tipografia institucional Manual de aplicação Sumário Apresentação 1. Assinaturas 1.1. 1.2. 1.3. Simples Produto mínima Comunicação 2. Cores institucionais 3. Tipografia institucional 4. Usos incorretos Apresentação I m green é

Leia mais

Plano de Trabalho Docente

Plano de Trabalho Docente Plano de Trabalho Docente Curso: TECNÓLOGO EM DESIGN GRÁFICO Módulo/Semestre: 03 Unidade curricular: DESIGN EDITORIAL Carga Horária: 40 HORAS Instrutor: SERGIO XAVIER Período: 2014.1 1. CRONOGRAMA DE EXECUÇÃO

Leia mais

DESIGN DE IDENTIDADE DE MARCAS. Ingresso Janeiro Informações: (51)

DESIGN DE IDENTIDADE DE MARCAS. Ingresso Janeiro Informações: (51) DESIGN DE IDENTIDADE DE MARCAS Ingresso Janeiro 2014 Informações: (51) 3218-1400 - www.espm.br/cursosdeferias Design de Identidade de Marcas Este curso foi desenvolvido para oferecer aos participantes

Leia mais

manual de normas gráficas

manual de normas gráficas manual de normas gráficas 01 introdução Este manual de normas gráficas constitui um guia dos elementos da identidade visual da Viamodul, bem como, as respectivas normas para a sua correcta utilização e

Leia mais

Manual de Identidade Visual LabTrans Laboratório de Transportes e Logística. Florianópolis, 01 de junho de 2011.

Manual de Identidade Visual LabTrans Laboratório de Transportes e Logística. Florianópolis, 01 de junho de 2011. Manual de Identidade Visual LabTrans Layout da marca 2 12 Memorial Descritivo 3 12 LabTrans Símbolo Logotipo Símbolo + Logotipo = Marca Com foco voltado à realização de estudos e projetos nas áreas de

Leia mais

MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL

MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL SUMÁRIO Usos corretos e incorretos 3 Fundos corretos e incorretos 6 Cores institucionais 8 Tipografias institucionais 11 Arejamento & Redução mínima 14 Aplicações da marca 17

Leia mais

Manual de Normas Gráficas

Manual de Normas Gráficas anual de Normas Gráficas 2 cooper para inov 3 apoio às reformas políticas Este manual contém as regras básicas de utiliz dos elementos fundamentais de design das ações da Agência Nacional Erasmus+ Educ

Leia mais

METODOLOGIA DE PROJETO

METODOLOGIA DE PROJETO METODOLOGIA DE PROJETO DE INTERIORES AULA 10: PLANEJAMENTO E PRINCÍPIOS DO DESIGN Disciplina do Curso Superior em Design de Interiores da UNAES/Anhanguera Educacional Arq. Urb. Octavio F. Loureiro Data:

Leia mais

BASE EXEC TOOL BUZZ PROF PAPO FINE REAL

BASE EXEC TOOL BUZZ PROF PAPO FINE REAL PROJETO PEDAGÓGICO: DESIGN GRÁFICO 05. Depois de 7 anos de Opa!, o mercado de design em Fortaleza evoluiu bastante. Nós, aqui na escola, tentamos sempre observar essas mudanças e as necessidades que elas

Leia mais

MANUAL DE NORMAS Identidade gráfica (parte 1) v.1.2 > 20/11/2015

MANUAL DE NORMAS Identidade gráfica (parte 1) v.1.2 > 20/11/2015 MANUAL DE NORMAS v.1.2 > 20/11/2015 Este documento pretende ser uma orientação prática e aspiracional para a marca ISEL articulando uma perspetiva estratégica sobre o reforço de implementação de uma de

Leia mais

Direção da Síntese DNA mrna Proteínas

Direção da Síntese DNA mrna Proteínas Direção da Síntese DNA mrna Proteínas Discentes: Ana Carolina Q. D. Medina 9215722 Carlos S. Vasconcellos 8928552 Celso A. de Souza Júnior 8928718 Orlando Campovilla 8523404 Docente: Júlio César Borges

Leia mais

choice m ó v e i s Manual de Identidade Visual

choice m ó v e i s Manual de Identidade Visual Manual de Identidade Visual 1. MARCA e PROPORÇÃO A marca, que simboliza a empresa CHOICE MÓVEIS, representada pela letra C e originada pelo reforço visual da ideia de ESCOLHA, conforme explicado no conceito,

Leia mais

BASE EXEC TOOL BUZZ PROF PAPO FINE REAL

BASE EXEC TOOL BUZZ PROF PAPO FINE REAL PROJETO PEDAGÓGICO: DESIGN GRÁFICO 05. Depois de 7 anos de Opa!, o mercado de design em Fortaleza evoluiu bastante. Nós, aqui na escola, tentamos sempre observar essas mudanças e as necessidades que elas

Leia mais

15 abril 2016 Manual de normas gráficas CTT

15 abril 2016 Manual de normas gráficas CTT 15 abril 2016 Manual de normas gráficas CTT Identidade CTT 2 A identidade é composta por dois elementos, o símbolo do mensageiro em cima do cavalo e da sigla CTT. Os dois elementos devem viver em conjunto

Leia mais

Plano de Trabalho Docente

Plano de Trabalho Docente Plano de Trabalho Docente Curso: TECNÓLOGO EM DESIGN GRÁFICO Módulo/Semestre: 03 Unidade curricular: DESIGN EDITORIAL Carga Horária: 40 HORAS Instrutor: SERGIO XAVIER Período: 2015.1 1. CRONOGRAMA DE EXECUÇÃO

Leia mais

CENTRO DE BIOCIÊNCIAS - UFRN. Manual de Identidade Visual

CENTRO DE BIOCIÊNCIAS - UFRN. Manual de Identidade Visual Manual de Identidade Visual Índice Introdução 02 1. Apresentação 03 2. Construção 04 2.1. Tipografia 04 2.2. Símbolo 05 2.3. Padrões 06 3. Integridade 07 3.1. Versões 07 3.2. Respiro 08 3.3. Redutibilidade

Leia mais

MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL

MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL SUMÁRIO A MARCA... 03 GRADE DE CONSTRUÇÃO... 04 VARIAÇÕES DE ASSINATURA... 05 APLICAÇÃO VERTICAL... 06 LIMITE DE REDUÇÃO... 06 TIPOGRAFIA... 07 CORES... 08 APLICAÇÃO SOBRE FUNDOS...

Leia mais

Tutorial da Utilidade DTMLink da Trimble

Tutorial da Utilidade DTMLink da Trimble Tutorial da Utilidade DTMLink da Trimble A utilidade DTMLink da Trimble lhe permite importar superfícies de outras marcas e criar novas superfícies. Pode-se então editar as superfícies, se necessário,

Leia mais

Design da Informação. Aula 08 Usando. Prof. Dalton Martins

Design da Informação. Aula 08 Usando. Prof. Dalton Martins Design da Informação Aula 08 Usando cores Prof. Dalton Martins dmartins@gmail.com Gestão da Informação Faculdade de Informação e Comunicação Universidade Federal de Goiás Círculo cromático Um círculo cromático

Leia mais

WCA Inteligência de Negócio Manual de Identidade Visual 2016

WCA Inteligência de Negócio Manual de Identidade Visual 2016 WCA Inteligência de Negócio Manual de Identidade Visual 2016 02 Manual de Identidade Visual 2016 O Objetivo deste Manual e das cores, procuram estabelecer uma relação direta com o lado humano ( Pensar

Leia mais

EAm EMPRESA JÚNIOR DE ENGENHARIA AMBIENTAL MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL

EAm EMPRESA JÚNIOR DE ENGENHARIA AMBIENTAL MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL Manual de Identidade Visual da bjr. Diretoria de Marketing. Andresa Sampaio Santos Soares; Lucas Dias Costa. 1ª versão, Vitória da Conquista, Brasil.

Leia mais

Manual de Identidade Visual. Núcleo de Extensão em Direito Previdenciário

Manual de Identidade Visual. Núcleo de Extensão em Direito Previdenciário Manual de Identidade Visual 04 Plataforma de Marca 05 Conceito 06 Símbolo 07 Logotipo 08 A marca Sumário 09 Versões da marca 10 Tipografia 11 Arejamento 12 Orientações da marca 13 e 14 Redução Mínima

Leia mais

Manual de Identidade Visual Centro de Artes e Letras. Universidade Federal de Santa Maria

Manual de Identidade Visual Centro de Artes e Letras. Universidade Federal de Santa Maria Manual de Identidade Visual Centro de Artes e Letras Universidade Federal de Santa Maria Responsáveis Marília Abreu amariliadeabreu@gmail.com (55)30255014 e (55)99179709 Acadêmica do Curso de Desenho Industrial

Leia mais

Configuração do Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde-FAMERP

Configuração do Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde-FAMERP 1 Configuração do Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde-FAMERP São José do Rio Preto, cidade localizada a noroeste do estado de São Paulo, com instalação de hospitais terciários e quaternários,

Leia mais

fmvz - unesp FACULDADE DE MEDICINA VETERINÁRIA E ZOOTECNIA - CAMPUS DE BOTUCATU DIRETORIA

fmvz - unesp FACULDADE DE MEDICINA VETERINÁRIA E ZOOTECNIA - CAMPUS DE BOTUCATU DIRETORIA PORTARIA DO DIRETOR Nº 24, DE 15 DE MARÇO DE 2004 Regulamento Geral de Grupos de Estudos - GE, da Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia, UNESP, Campus de Botucatu. O Diretor da Faculdade de Medicina

Leia mais

CONSERVE: SIMULADOR DIDÁTICO SOBRE CONSERVAÇÃO DE ENERGIA ELÉTRICA EM RESIDÊNCIAS

CONSERVE: SIMULADOR DIDÁTICO SOBRE CONSERVAÇÃO DE ENERGIA ELÉTRICA EM RESIDÊNCIAS STC/ 18 17 à 22 de outubro de 1999 Foz do Iguaçu Paraná - Brasil SESSÃO TÉCNICA ESPECIAL CONSERVAÇÃO DE ENERGIA ELÉTRICA (STC) CONSERVE: SIMULADOR DIDÁTICO SOBRE CONSERVAÇÃO DE ENERGIA ELÉTRICA EM RESIDÊNCIAS

Leia mais

ESTUDO DE COR PARA PROJETO DE SINALIZAÇÃO DA APROFEIRA 1 COLOR STUDY FOR APROFEIRA SIGNALING PROJECT

ESTUDO DE COR PARA PROJETO DE SINALIZAÇÃO DA APROFEIRA 1 COLOR STUDY FOR APROFEIRA SIGNALING PROJECT ESTUDO DE COR PARA PROJETO DE SINALIZAÇÃO DA APROFEIRA 1 COLOR STUDY FOR APROFEIRA SIGNALING PROJECT Jéssica Elisama Rodrigues Cavalini 2, Deise De Freitas Cortes 3, Diane Meri Weiller Johann 4 1 Projeto

Leia mais

Mostra de Projetos 2011. Capoeira - menino Pé no Chão

Mostra de Projetos 2011. Capoeira - menino Pé no Chão Mostra Local de: Dois Vizinhos Mostra de Projetos 2011 Capoeira - menino Pé no Chão Categoria do projeto: Projetos em implantação, com resultados parciais. Nome da Instituição/Empresa: Associação Casa

Leia mais

Palestra. Dicas para apresentação de projetos ao Hotel Tecnológico. Professora Rosângela Borges Pimenta

Palestra. Dicas para apresentação de projetos ao Hotel Tecnológico. Professora Rosângela Borges Pimenta Palestra Dicas para apresentação de projetos ao Hotel Tecnológico Professora Rosângela Borges Pimenta Dia 24 de maio de 2013 Câmpus Cornélio Procópio Roteiro para apresentação dos slides Estrutura da Apresentação

Leia mais

Manual de aplicação de identidade visual

Manual de aplicação de identidade visual Manual de aplicação de identidade visual 2013 Apresentação Construção da Marca Utilização Grade de Construção da Marca Margem de Segurança Padrão Tipográfico Cores Aplicação em PB Versão Negativa em PB

Leia mais

Investigar Padrões. Na primeira tabela que números têm as duas cores? Compara com a segunda tabela. O que concluis?

Investigar Padrões. Na primeira tabela que números têm as duas cores? Compara com a segunda tabela. O que concluis? Investigar Padrões Múltiplos de 2, 3 e 6 Pinta os múltiplos de 2 e os de 3 com cores diferentes Pinta os múltiplos de 6 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 2 4 6 8 10 12 14 16 18 20 22

Leia mais

Manual de Aplicação da Marca

Manual de Aplicação da Marca Manual de Aplicação da Marca 1 F143m Faculdade Independente do Nordeste. Manual de aplicação da marca. / Org. Assessoria de comunicação. FAINOR, Vitória da Conquista, 2014. 22 f. 1. Manual 2. Marca visual

Leia mais

Classificação de Carcaças de Bovinos

Classificação de Carcaças de Bovinos Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia FMVZ Campus de Botucatu Departamento de Produção Animal Sistema Brasileiro de Classificação de Carcaças de Bovinos André Mendes Jorge Zootecnista Professor

Leia mais

MANUAL DE NORMAS GRÁFICAS

MANUAL DE NORMAS GRÁFICAS MANUAL DE NORMAS GRÁFICAS Instituto Superior de Economia e Gestão Ter mais de 1 anos é sinónimo de tradição e experiência acumulada. Mas também é sinónimo de capacidade de evolução, de adaptação a uma

Leia mais

Metodologia em. Design. 1ª Aula

Metodologia em. Design. 1ª Aula Metodologia em Design 1ª Aula A Disciplina: Estudo de etapas que compreendem o desenvolvimento de um projeto de Identidade Visual : Saber desenvolver um projeto para atingir os objetivos do cliente (visualmente);

Leia mais

Lógica de Programação

Lógica de Programação Lógica de Programação Blog: germanomarcos.wordpress.com Escola Técnica Estadual Miguel Arraes de Alencar Estaremos observando o trabalho desenvolvido pelo Analista de Sistemas Diagrama Use Case Diagrama

Leia mais

Centro de Artes e Letras

Centro de Artes e Letras Manual de Identidade Visual Centro de Artes e Letras Universidade Federal de Santa Maria Responsáveis Marília Abreu amariliadeabreu@gmail.com (55)30255014 e (55)99179709 Acadêmica do Curso de Desenho Industrial

Leia mais

MANUAL DE APLICAÇÃO DO SELO OFICIAL PARA PRODUTOS ORGÂNICOS. Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento

MANUAL DE APLICAÇÃO DO SELO OFICIAL PARA PRODUTOS ORGÂNICOS. Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento MANUAL DE APLICAÇÃO DO SELO OFICIAL PARA PRODUTOS ORGÂNICOS Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento 2009 Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Todos os direitos reservados. É

Leia mais

Manual de Identidade Visual. An ASSA ABLOY Group brand

Manual de Identidade Visual. An ASSA ABLOY Group brand Manual de Identidade Visual An ASSA ABLOY Group brand Apresentação Manual de Marca - Yale O objetivo deste Manual de Marca é uniformizar as aplicações do logo da Yale, na criação de documentos, papelaria,

Leia mais

INSTITUTO SUPERIOR DE TECNOLOGIAS AVANÇADAS. Manual de Normas Gráficas

INSTITUTO SUPERIOR DE TECNOLOGIAS AVANÇADAS. Manual de Normas Gráficas Manual de Normas Gráficas 1. A marca 2. Identidade 2.1. Logotipo 2.2. Margem de Segurança 2.3. Dimensão mínima 2.4. Cor 2.5. Versões 2.6. Fundos de Cor 2.7. Fundos Fotográficos 2.8. Tipografia 2.9. Utilizações

Leia mais

MANUAL DE NORMAS GRÁFICAS Família Missionária Verbum Dei

MANUAL DE NORMAS GRÁFICAS Família Missionária Verbum Dei MANUAL DE NORMAS GRÁFICAS Família Missionária Verbum Dei Este manual estabelece as regras gráicas da marca Família Missionária Verbum Dei com vista a uma uniformização das peças gráicas e coerência visual

Leia mais

MANUAL DE NORMAS GRÁFICAS

MANUAL DE NORMAS GRÁFICAS MANUAL DE NORMAS GRÁFICAS ÍNDICE Apresentação Manual de normas gráficas Quem somos Identidade Visual Marca Versões Margens de segurança Dimensões mínimas Cor Tons de cinza, positivo/negativo Aplicação

Leia mais

Manual da Marca e da Identidade Visual. Versão reduzida

Manual da Marca e da Identidade Visual. Versão reduzida Manual da Marca e da Identidade Visual Versão reduzida conceito Design O ensino do futuro do mundo: pessoas inovando pela transformação do Brasil A representação gráfica do pensamento inovador é dada

Leia mais

PROPOSTA DE EMBALAGEM ECOLÓGICA E GÔNDOLA PARA LÂMPADA 1

PROPOSTA DE EMBALAGEM ECOLÓGICA E GÔNDOLA PARA LÂMPADA 1 PROPOSTA DE EMBALAGEM ECOLÓGICA E GÔNDOLA PARA LÂMPADA 1 Gabrieli Treter Weber 2, Valéria Manias 3, Bruna Luíza Colombo 4, Gabriela Panazzolo Casalini 5. 1 Projeto de pesquisa realizado no componente curricular

Leia mais

MANUAL DE NORMAS GRÁFICAS

MANUAL DE NORMAS GRÁFICAS GRÁFICAS MANUAL DE GRÁFICAS Este manual contém as regras básicas de utilização dos elementos fundamentais de design da marca Casa das Associações e o modo como eles se aplicam de forma a dar vida e sustentabilidade

Leia mais

ARQ 1104 DESENHO TÉCNICO E TÉCNICAS DE APRESENTAÇÃO

ARQ 1104 DESENHO TÉCNICO E TÉCNICAS DE APRESENTAÇÃO ARQ 1104 DESENHO TÉCNICO E TÉCNICAS DE APRESENTAÇÃO Representação gráfica da materialidade do objeto arquitetônico. DESENHO TÉCNICO Os desenhos técnicos devem ser rigorosos no que diz respeito à representação

Leia mais

Apenas o Necessário 1. Flávio Domeniche BASTOS 2 Guilherme Pereira da ROSA 3 Eduardo Perotto BIAGI 4 Universidade Católica Dom Bosco, Campo Grande, MS

Apenas o Necessário 1. Flávio Domeniche BASTOS 2 Guilherme Pereira da ROSA 3 Eduardo Perotto BIAGI 4 Universidade Católica Dom Bosco, Campo Grande, MS Apenas o Necessário 1 Flávio Domeniche BASTOS 2 Guilherme Pereira da ROSA 3 Eduardo Perotto BIAGI 4 Universidade Católica Dom Bosco, Campo Grande, MS RESUMO Muito tem se falado de sustentabilidade, meio

Leia mais

MARKETING DIGITAL. O briefing para campanhas de marketing digital

MARKETING DIGITAL. O briefing para campanhas de marketing digital MARKETING DIGITAL O briefing para campanhas de marketing digital Um pequeno passo para o homem, um gigantesco salto para a Humanidade Neil Armstrong, Mar da Tranquilidade, 20 de julho de 1969. O BRIEF

Leia mais

PORQUE UMA REVISTA DE EDUCAÇÃO ESPECIAL: O INÍCIO WHY ONE JOURNAL ABOUT SPECIAL EDUCATION: THE BEGINNING

PORQUE UMA REVISTA DE EDUCAÇÃO ESPECIAL: O INÍCIO WHY ONE JOURNAL ABOUT SPECIAL EDUCATION: THE BEGINNING Porque uma Revista de Educação Especial Dez anos da ABPEE PORQUE UMA REVISTA DE EDUCAÇÃO ESPECIAL: O INÍCIO WHY ONE JOURNAL ABOUT SPECIAL EDUCATION: THE BEGINNING Tárcia Regina da S. DIAS 1 RESUMO: o presente

Leia mais

O POTENCIAL DE INOVAÇÃO E A QUESTÃO DA PROPRIEDADE INTELECTUAL NAS INDÚSTRIAS DA REGIÃO NOROESTE DO RS 1

O POTENCIAL DE INOVAÇÃO E A QUESTÃO DA PROPRIEDADE INTELECTUAL NAS INDÚSTRIAS DA REGIÃO NOROESTE DO RS 1 O POTENCIAL DE INOVAÇÃO E A QUESTÃO DA PROPRIEDADE INTELECTUAL NAS INDÚSTRIAS DA REGIÃO NOROESTE DO RS 1 Valquíria Marchezan Colatto Martins 2, Dieter Rugard Siedenberg 3, Marcos Paulo Dhein Griebeler

Leia mais

Manual de identidade Visual

Manual de identidade Visual Manual de identidade Visual.1 Manual de identidade Visual Neste volume apresentamos o sistema de identidade visual Libitun. É a apresentação gráfica do produto e que representa os valores e conceitos estabelecidos

Leia mais

HOSPITAL DAS CLÍNICAS FACULDADE DE MEDICINA DE BOTUCATU - UNESP

HOSPITAL DAS CLÍNICAS FACULDADE DE MEDICINA DE BOTUCATU - UNESP HOSPITAL DAS CLÍNICAS FACULDADE DE MEDICINA DE BOTUCATU - UNESP índice APRESENTAÇÃO o processo de simplificação A NOVA MARCA padrão cromático padrão tipográfico redução e área de reserva usos incorretos

Leia mais

CONCEITOS DOS CURSOS DA UNESP OBTIDOS NO ENADE

CONCEITOS DOS CURSOS DA UNESP OBTIDOS NO ENADE ARAÇATUBA FMV MEDICINA VETERINÁRIA 5 5 5 5 ARAÇATUBA FO ODONTOLOGIA 5 5 4 4 ARARAQUARA FCFAr FARMÁCIA 4 4 4 4 ARARAQUARA FCLAr ADMINISTRAÇÃO 5 4 ARARAQUARA FCLAr CIENCIAS ECONOMICAS 4 3 1 ARARAQUARA FCLAr

Leia mais

Manual de Identidade MANUAL DA MARCA

Manual de Identidade MANUAL DA MARCA Manual de Identidade Para padronizar o uso da marca YORZ, desenvolvemos este Manual de Identidade, onde colocaremos instruções do uso e exemplos básicos em aplicações. Leia atentamente o documento e Good

Leia mais

MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL. Faculdade de Educação - UFG

MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL. Faculdade de Educação - UFG MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL Faculdade de Educação - UFG INDICE 1. Apresentação 2. Versões 3. Cores 4. Tipografia 5. Reprodução 6, Usos incorretos 7. Redução da marca 8. Arejamento da marca 9. Verão monocromática

Leia mais

Proposta de alteração da portaria que regulamenta as atividades dos Estágios Curriculares Obrigatórios em Medicina Veterinária da FMVZ

Proposta de alteração da portaria que regulamenta as atividades dos Estágios Curriculares Obrigatórios em Medicina Veterinária da FMVZ Proposta de alteração da portaria que regulamenta as atividades dos Estágios Curriculares Obrigatórios em Medicina Veterinária da FMVZ O Diretor da Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia da UNESP,

Leia mais

Confie na estratégia. No futuro, ela vai te ensinar por quê.

Confie na estratégia. No futuro, ela vai te ensinar por quê. Território da marca Estratégia de marca Confie na estratégia. No futuro, ela vai te ensinar por quê. No dicionário, estratégia quer dizer combinação engenhosa para atingir um objetivo. Quando falamos de

Leia mais

Manual de Identidade Visual

Manual de Identidade Visual Manual de Identidade Visual Introdução O Programa Academia da Saúde é uma nova estratégia da Atenção Básica que compõe a Rede de Atenção à Saúde a fim de contribuir para a promoção da saúde e produção

Leia mais

MANUAL DA MARCA CBTP

MANUAL DA MARCA CBTP MANUAL DA MARCA CBTP Conceito, Estrat«gias e Aplica es. Toda marca «um organismo vivo, com personalidade pr pria, linguagem e atributos. Para se estabelecer, ser reconhecida e distinguida das demais, «necessørio

Leia mais

Manual de Identidade Visual ARTE COM CIÊNCIA

Manual de Identidade Visual ARTE COM CIÊNCIA Manual de Identidade Visual ARTE COM CIÊNCIA ÍNDICE 1. Apresentação, 02 2. Marca, 03 logotipo, 05 símbolo, 06 3. Cores, 09 versão monocromática, 10 4. Tipografia, 12 5. Recomendações, 14 redução e ampliação,

Leia mais

Vetores no plano Cartesiano

Vetores no plano Cartesiano Vetores no plano Cartesiano 1) Definição de vetor Um vetor (geométrico) no plano R² é uma classe de objetos matemáticos (segmentos) com a mesma direção, mesmo sentido e mesmo módulo (intensidade). 1. A

Leia mais

L A M S A M A N U A L D E I D E N T I D A D E V I S U A L A P L I C A Ç Ã O D A L O G O M A R C A

L A M S A M A N U A L D E I D E N T I D A D E V I S U A L A P L I C A Ç Ã O D A L O G O M A R C A L A M S A M A N U A L D E I D E N T I D A D E V I S U A L A P L I C A Ç Ã O D A L O G O M A R C A A P R E S E N T A Ç Ã O A marca LAMSA pode ocorrer em duas versões, basicamente: uma vertical e outra horizontal.

Leia mais

Da onde vem o nome MARCA?.

Da onde vem o nome MARCA?. Da onde vem o nome MARCA?. Segundo Khauaja e Prado, Ninguém sabe ao certo quando surgiu, de fato, a primeira marca (KHAUAJA & PRADO, 2008, p. 12). Sinais sonoros (sinos), selos, siglas e símbolos sempre

Leia mais

Introdução à Computação Gráfica

Introdução à Computação Gráfica Introdução à Computação Gráfica Desenho de Construção Naval Manuel Ventura Instituto Superior Técnico Secção Autónoma de Engenharia Naval 27 Sumário Entidades Geométricas Transformações Geométricas 2D

Leia mais

MANUAL NORMAS GRÁFICAS

MANUAL NORMAS GRÁFICAS MANUAL NORMAS GRÁFICAS UM COPO O conjunto de elementos remete para a figura de um copo, pelo simbolismo que este acarreta. Um ícone que deixa claro o sector onde a marca se destaca. UM CENÁRIO VINHO+MAR+TERRA+MONTES+FRESCURA

Leia mais

LOJÃO DA CERÂMICA REDESIGN DE MARCA. Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Paraiba.

LOJÃO DA CERÂMICA REDESIGN DE MARCA. Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Paraiba. REDESIGN DE MARCA Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Paraiba. Everson Silva de Azevedo Orientação: Professor Flávio Lopes da Fonseca contato@eversonazevedo.com.br Atenção: Isto é um

Leia mais

PROJETOS APOIADOS SISTEMA CACB E PARCEIROS

PROJETOS APOIADOS SISTEMA CACB E PARCEIROS PROJETOS APOIADOS SISTEMA CACB E PARCEIROS AL INVEST 5.0 03 grandes blocos focados no empoderamento feminino: Mentoring para Mulheres AÇÃO FOCO META Desenvolvimento de negócio, mulheres na política e mulheres

Leia mais

MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL

MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL Sumário 1. Marca 2. Aplicações 03 Apresentação 18 Papelaria 04 Conceito 22 Identificação 05 Marca 23 Frota 06 Grid de Construção 24 Uniformes 07 Tipografia 28 Brindes 08 Padrão

Leia mais