Programa de Erradicação do Trabalho Infantil. Embu das Artes - SP

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Programa de Erradicação do Trabalho Infantil. Embu das Artes - SP"

Transcrição

1 PETI Programa de Erradicação do Trabalho Infantil Embu das Artes - SP

2 Criança não trabalha! A Secretaria de Assistência Social, Trabalho e Qualificação Profissional, por meio do Programa de Erradicação do Trabalho Infantil, tem o objetivo de mapear e combater os casos onde a criança é obrigada a trabalhar para sustentar a família. Além de prestar apoio a essas crianças e seus familiares, por meio da rede socioassistencial, que inclui programas de transferência de renda, acesso ao esporte, lazer e cultura. 2

3 PETI Programa de Erradicação do Trabalho Infantil Trabalho infantil é todo o trabalho realizado por pessoas que tenham menos da idade mínima permitida para trabalhar. No Brasil, existe uma legislação que protege crianças e adolescentes, bem como proíbe o trabalho infantil: - Constituição Federal de 1988, por meio dos Art. 7, inciso XXXIII e Art. 227; - Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), por meio dos Art. 60 e 69; - Consolidação das Leis do Trabalho (CLT), por meio do Capítulo IV, Título III; - Decreto nº 6.481/2008, que trata da proibição das piores formas de trabalho infantil; - Instrução Normativa n 77/2009, que dispõe sobre a atuação da inspeção do trabalho no combate ao trabalho infantil e na proteção do trabalhador adolescente. O trabalho não é permitido, sob qualquer condição, para crianças e adolescentes entre 0 e 13 anos; a partir dos 14 anos pode-se trabalhar como aprendiz; e dos 16 aos 18 as atividades laborais são permitidas, desde que não aconteçam das 22h às 5h, não sejam insalubres ou perigosas e que não componham a lista das piores formas de trabalho infantil, que relaciona mais de 90 atividades e descreve os riscos que crianças e adolescentes correm desenvolvendo tais trabalhos e também as repercussões à saúde a Lista TIP. De acordo com a Organização das Nações Unidas (ONU), em 2013 havia 168 milhões de crianças e adolescentes em situação de trabalho no mundo. No Brasil, de acordo com a PNAD 2012, aproximadamente 3,5 milhões de crianças e adolescentes de 5 a 17 anos estavam trabalhando no país e, se considerada a faixa etária entre 5 e 13 anos, são 554 mil meninos e meninas em atividades laborais. O IBGE (2010) apontou a existência de 1375 crianças e adolescentes em situação de trabalho infantil em Embu das Artes, e é esse público-alvo de nossa total atenção. O Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS), por meio do Sistema Único de Assistência Social (SUAS), garante a efetivação dos direitos de Crianças e Adolescentes a partir de ações realizadas pela rede de serviços da Política de Assistência Social junto às famílias. 3

4 CRAS Centro de Referência de Assistência Social Atua como principal porta de entrada do Sistema Único de Assistência Social (SUAS), sendo responsável pela organização e oferta de serviços da Proteção Social Básica nas áreas de vulnerabilidade e risco social. Trata-se de um trabalho de caráter continuado, com a finalidade de promover o fortalecimento de vínculos familiares e comunitários e o acesso aos direitos. CREAS Centro de Referência Especializado de Assistência Social O Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS) oferece serviços especializados e continuados às famílias e indivíduos em situação de ameaça ou violação de direitos (violência física, psicológica, sexual, trabalho infantil, tráfico de pessoas, cumprimento de medidas socioeducativas em meio aberto, etc.). Suas atividades são desenvolvidas de modo articulado com a rede de serviços da assistência social, órgãos de defesa de direitos e das demais políticas públicas. Rede de Proteção Social da Secretaria de Assistência Social, Trabalho e Qualificação Profissional de Embu das Artes CRAS Centro Rua Andronico dos Prazeres Gonçalves, 114, Centro Telefone: (11) CRAS São Marcos Rua São Carlos, 128, Jd. São Marcos Telefone: (11) CRAS Dom José Rua Ouro Preto, 481, Jd. Santo Eduardo Telefone: (11) CRAS Casa Branca Avenida João Paulo II, 1799 Jd. Casa Branca Telefone: (11) CRAS Jd. do Colégio Central de Cadastro Rua Ursa Maior, 289 Telefone: (11) Ramal 21 CRAS Pinheirinho Rua Paineiras, 91A, Jd. Pinheirinho Telefone: (11) CRAS Vista Alegre Rua Maceió, 10, Vista Alegre Telefone: (11) CREAS Rua José de Alencar, 61, Jardim Maranhão Telefones: (11)

5 Conselho Tutelar I Al. Fernando Batista Medina, 19, Jd. Arabutan (Centro) Telefone: (11) Bairros atendidos por este Conselho: Água Espraiada Jd.Cultura Física Jd.Santa Rita I Água Morna Jd.das Colinas Jd.Santa Tereza Bairro do Gramado Jd.Das Oliveiras Jd.Santo Antonio Cano Branco Jd.de Lourdes Jd.São Cristovão Capim Guaçu Jd.Eliza Jd.São Luiz Centro Jd.Embuema Jd.Silvia Cercado Grande Jd.Estela Jd.Tomé Chácara Marajoara Jd.Ferreira Jd.Uirapuru Chácara Pinheirinho Jd.Flórida Jd.Vista Alegre Chácara Vale da Boa Vida Jd.Isis Cristina Jd.Ypês Chácaras Aurora Jd.Itatiaia Pq. Dos Caetes Chácaras Bartira Jd.Mabília Pq. Esplanada Chácaras Bosque do Embu Jd.Magali Pq. Industrial Ramos de Freitas Chácaras Embu Colonial Jd.Maranhão Pq. Jane Chácaras Lydia Jd.Maria Auxiliadora Pq. Luiza Cond. Meu Recanto Jd.Mascarenhas Pq. Pirajuçara Conjunto Residencial Jd.Mimás Ressaca Desmembramento Aroaldo Jd.Nayara Vila Alice Azevedo Engenho Velho Jd. Nossa Sra de Fátima Vila Carmen Esplanada do Embu Jd.Novo Embu Vila Marajoara Estância Embuema Jd.Pindorama Vila Mei Estância Panorama Jd.Pinheirinho Vila Oliveira Fazenda Atalaia Jd.Pinheiros Vila Perequê Itatuba Jd.Quinhaú Vila Real Moinho Velho Jd.Arabutan Jd.Recanto da Fonte Vila Salin Jd.Bonfim Jd.Sadie Vila Santa Maria Jd.Capuava Jd.Santa Barbara Vila Simone Jd.Chácara Aurora Jd.Santa Clara Votorantim Jd.Chácara Maria Alice Jd.Santa Luzia Jd.Colibri Jd.Santa Maria 5

6 Conselho Tutelar II Estrada Itapecerica a Campo Limpo, 2022, Jd. Presidente Kennedy Telefones: (11) / Bairros atendidos por este Conselho: Chácaras Caxingui Jd.Dos Moraes Vila Anchieta Jd. Bela Vista Jd.Emilio Carlos Vila Carvalho Jd. Casa Branca Jd.Ferraz Vila Célia Regina Jd. Da Luz I e II Jd.Independência I e II Vila Maisa Jd. Do Colégio Jd.Irene Vila Preciosa Jd. Do Sol Jd.Julia Vila Regina Jd. Fabiana Jd.Santa Rita II Vila Rose Jd. Irapiranga Jd.Santo Eduardo Vila São José Jd. Liberdade Jd.São Francisco Vila Triângulo Jd. Maciel Jd.São Marcos Jd.Laila Jd. Santa Rosa Jd.São Vicente Jd.Marina Jd. Santarém Jd.Taima Jd.Nova República Jd. Sérgio Jd.Valo Verde Jd.Laila Jd. Silvana Jd.Vazame Jd.Marina Jd.Ângela Jd.Vitória Jd.Nova República Jd.Batista Pq. Das Chácaras Jd.Dom José Sítio Seis Amigos CMDCA Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente Espaço dos Conselhos: Rua Solano Trindade, 296, Jd. Arabutan, Embu das Artes Telefone: (11) Denuncie: CREAS: GCM: 153 Conselho Tutelar Centro: ou Conselho Tutelar Sto.Eduardo: /5608 6

7 Dispõe sobre o Estatuto da Criança e do Adolescente e dá outras providências. Art. 60. É proibido qualquer trabalho a menores de quatorze anos de idade, salvo na condição de aprendiz. (Vide Constituição Federal) Art. 69. O adolescente tem direito à profissionalização e à proteção no trabalho, observados os seguintes aspectos, entre outros: I - respeito à condição peculiar de pessoa em desenvolvimento; II - capacitação profissional adequada ao mercado de trabalho. Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) Lei nº de 13 de julho de

8 prefembudasartes

DESC_UF DESC_ESTACAO CIDADE Bairro INSCRICAO São Paulo EJ - Embu das Artes Embu das Artes Jardim Santa Tereza 322147 São Paulo EJ - Embu das Artes

DESC_UF DESC_ESTACAO CIDADE Bairro INSCRICAO São Paulo EJ - Embu das Artes Embu das Artes Jardim Santa Tereza 322147 São Paulo EJ - Embu das Artes DESC_UF DESC_ESTACAO CIDADE Bairro INSCRICAO São Paulo EJ - Embu das Artes Embu das Artes Jardim Santa Tereza 322147 São Paulo EJ - Embu das Artes Embu das Artes Jardim Laila 322165 São Paulo EJ - Embu

Leia mais

Redesenho do Programa de Erradicação do Trabalho Infantil PETI

Redesenho do Programa de Erradicação do Trabalho Infantil PETI Redesenho do Programa de Erradicação do Trabalho Infantil PETI Ministério do Desenvolvimento Social e Combate a Fome MDS Secretaria Nacional de Assistência Social SNAS HISTÓRICO DO PETI PETI Contexto histórico

Leia mais

FUTEBOL - SÉRIE A

FUTEBOL - SÉRIE A FUTEBOL - SÉRIE A - 2014 COMPOSIÇÃO DAS CHAVES CHAVE A CHAVE B 01 VISTA ALEGRE 01 VILA NOVA 02 OURO PRETO 02 SANTA CLARA 03 AJA 03 JACAREZINHO 04 JARDIM SILVIA 04 V DE NOVEMBRO 05 SANTO EDUARDO 05 JARDIM

Leia mais

Programa Social. Eixo Cidadania e Direitos Humanos. Criança e Adolescente. Secretaria Especial de Políticas para as Mulheres

Programa Social. Eixo Cidadania e Direitos Humanos. Criança e Adolescente. Secretaria Especial de Políticas para as Mulheres Programa Social Eixo Cidadania e Direitos Humanos Criança e Adolescente Secretaria Especial dos Direitos Humanos Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome Ministério da Educação Ministério

Leia mais

PROGRAMA DE ERRADICAÇÃO E COMBATE AO TRABALHO INFANTIL. Araucária 2016

PROGRAMA DE ERRADICAÇÃO E COMBATE AO TRABALHO INFANTIL. Araucária 2016 PROGRAMA DE ERRADICAÇÃO E COMBATE AO TRABALHO INFANTIL. Araucária 2016 Soeli do Rocio Nunes Lechinhoski Pedagoga do Departamento de Ensino Fundamental da Secretaria Municipal de Educação (2013-2016) Secretaria

Leia mais

1. Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculo.

1. Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculo. NOTA TÉCNICA N. 035/2013 Brasília, 24 de outubro de 2013. ÁREA: TÍTULO: Desenvolvimento Social. Reordenamento do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculo (SCFV). REFERÊNCIA: Resolução CNAS n

Leia mais

Proteção Social na Cidade de São Paulo

Proteção Social na Cidade de São Paulo Proteção Social na Cidade de São Paulo Programas: São Paulo Protege Ação Família viver em comunidade Floriano Pesaro São Paulo uma cidade muito desigual Foto: Luiz Arthur Leirão Vieira (Tuca Vieira) -

Leia mais

XVII Congresso Brasileiro de Direito do Trabalho Rural O TRABALHO INFANTIL NO MEIO RURAL

XVII Congresso Brasileiro de Direito do Trabalho Rural O TRABALHO INFANTIL NO MEIO RURAL XVII Congresso Brasileiro de Direito do Trabalho Rural O TRABALHO INFANTIL NO MEIO RURAL LEGISLAÇÃO A Constituição Federal de 1988, em seu artigo 7º, inciso XXXIII, veda qualquer tipo de trabalho a menores

Leia mais

NOME TELEFONE ITINERÁRIO.

NOME TELEFONE  ITINERÁRIO. TRANSPORTE ESCOLAR NOME TELEFONE EMAIL ITINERÁRIO Adriano 98198-9826 97650-5503 94166-4494 5833-5383 margareteadri@hotmail.com Caxingui, Morumbi, Portal do Morumbi, Vila Andrade, Av. Giovanni Gronchi,

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 08, DE 18 DE ABRIL DE 2013.

RESOLUÇÃO Nº 08, DE 18 DE ABRIL DE 2013. RESOLUÇÃO Nº 08, DE 18 DE ABRIL DE 2013. Dispõe sobre as ações estratégicas do Programa de Erradicação do Trabalho Infantil - PETI no âmbito do Sistema Único da Assistência Social SUAS e o critério de

Leia mais

Secretaria de Assistência Social, Trabalho e Habitação. Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV)

Secretaria de Assistência Social, Trabalho e Habitação. Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV) Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV) O que é o SCFV? É realizado em grupos, organizado a partir de percursos, de modo a garantir aquisições progressivas aos seus usuários, de acordo

Leia mais

TRANSPORTE ESCOLAR NOME TELEFONE ITINERÁRIO

TRANSPORTE ESCOLAR NOME TELEFONE  ITINERÁRIO TRANSPORTE ESCOLAR NOME TELEFONE EMAIL ITINERÁRIO Adriano 98198-9826 97650-5503 94166-4494 5833-5383 margareteadri@hotmail.com Caxingui, Morumbi, Portal do Morumbi, Vila Andrade, Av. Giovanni Gronchi,

Leia mais

VIII JORNADA DE ESTÁGIO DE SERVIÇO SOCIAL CARACTERIZAÇÃO DO CAMPO DE ESTÁGO CENTRO DE REFERÊNCIA ASSISTÊNCIA SOCIAL VILA ROSA - PALMEIRA - PR

VIII JORNADA DE ESTÁGIO DE SERVIÇO SOCIAL CARACTERIZAÇÃO DO CAMPO DE ESTÁGO CENTRO DE REFERÊNCIA ASSISTÊNCIA SOCIAL VILA ROSA - PALMEIRA - PR VIII JORNADA DE ESTÁGIO DE SERVIÇO SOCIAL GARCIA, Andressa de Oliveira 1. TRENTINI, Fabiana Vosgerau 2. CARACTERIZAÇÃO DO CAMPO DE ESTÁGO CENTRO DE REFERÊNCIA ASSISTÊNCIA SOCIAL VILA ROSA - PALMEIRA -

Leia mais

Criança ou adolescente com indícios de. exploração sexual. Se é flagrante

Criança ou adolescente com indícios de. exploração sexual. Se é flagrante s nas rodovias estaduais e O cidadão ou profissional que deixar de prestar assistência à criança ou ao em situação de exploração sexual, quando possível fazê-lo sem risco pessoal, responderá pelo crime

Leia mais

PLANO DE AÇÃO DO CONSELHO MUNICIPAL DOS DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE DE EMBU DAS ARTES / SP CMDCA 2012 / 2013

PLANO DE AÇÃO DO CONSELHO MUNICIPAL DOS DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE DE EMBU DAS ARTES / SP CMDCA 2012 / 2013 PLANO DE AÇÃO DO CONSELHO MUNICIPAL DOS DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE DE EMBU DAS ARTES / SP CMDCA 2012 / 2013 Índice 1. Composição do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente...

Leia mais

ANEXO I DEMONSTRATIVO DE ÁREA, VAGAS E RESERVA TÉCNICA PARA AGENTES COMUNITÁRIOS DE SAÚDE. Endereço

ANEXO I DEMONSTRATIVO DE ÁREA, VAGAS E RESERVA TÉCNICA PARA AGENTES COMUNITÁRIOS DE SAÚDE. Endereço PREFEITURA MUNICIPAL DE APARECIDA SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE CONCURSO PÚBLICO EDITAL N. 01/2010 ANEXO I DEMONSTRATIVO DE ÁREA, VAGAS E RESERVA TÉCNICA PARA AGENTES COMUNITÁRIOS DE SAÚDE. ÀREA 04 Parque

Leia mais

AÇÕES, SERVIÇOS E BENEFICIOS SOCIOASSISTENCIAIS PARA CRIANÇAS E ADOLESCENTES - BAHIA

AÇÕES, SERVIÇOS E BENEFICIOS SOCIOASSISTENCIAIS PARA CRIANÇAS E ADOLESCENTES - BAHIA AÇÕES, SERVIÇOS E BENEFICIOS SOCIOASSISTENCIAIS PARA CRIANÇAS E ADOLESCENTES - BAHIA Sistema Único de Assistência Social Fundos Conselhos SUAS Planejamento Diagnóstico Rede Socioassistencial Serviços Tipificados

Leia mais

SENADO FEDERAL PARECER N 1177, DE 2015. RELATORA: Senadora SIMONE TEBET RELATORA AD HOC : Senadora FÁTIMA BEZERRA I RELATÓRIO

SENADO FEDERAL PARECER N 1177, DE 2015. RELATORA: Senadora SIMONE TEBET RELATORA AD HOC : Senadora FÁTIMA BEZERRA I RELATÓRIO SENADO FEDERAL PARECER N 1177, DE 2015 Da COMISSÃO DE DIREITOS HUMANOS E LEGISLAÇÃO PARTICIPATIVA, sobre o Ofício S nº 16, de 2015, encaminhado ao Senado Federal pelo Presidente da Câmara dos Deputados,

Leia mais

Resultados do Serviço Preparação para o Primeiro Emprego

Resultados do Serviço Preparação para o Primeiro Emprego Resultados do Serviço Preparação para o Primeiro Emprego Ano 2014 Administração: Rodrigo Antônio de Agostinho Mendonça Secretária do Bem Estar Social: Darlene Martin Tendolo Diretora de Departamento: Silmaire

Leia mais

Secretaria de Assistência Social, Trabalho e Qualificação Profissional

Secretaria de Assistência Social, Trabalho e Qualificação Profissional Secretaria de Assistência Social, Trabalho e Qualificação Profissional 07 de agosto de 2015 Secretaria de Assistência Social, Trabalho e Qualificação Profissional Em 2004 foi aprovada a Política Nacional

Leia mais

Faço saber que a Câmara Municipal de Mangueirinha, Estado do Paraná aprovou e eu, ALBARI GUIMORVAM FONSECA DOS SANTOS, sanciono a seguinte lei:

Faço saber que a Câmara Municipal de Mangueirinha, Estado do Paraná aprovou e eu, ALBARI GUIMORVAM FONSECA DOS SANTOS, sanciono a seguinte lei: LEI Nº 1578/2010. Institui o Programa Social Municipal de Profissionalização de Adolescentes, assim como autoriza a Administração Pública realizar a contratação de aprendizes na forma desta lei, e da outras

Leia mais

Explicando o Bolsa Família para Ney Matogrosso

Explicando o Bolsa Família para Ney Matogrosso Pragmatismo Político, 14 de maio de 2014 Explicando o Bolsa Família para Ney Matogrosso Criticado por Ney Matogrosso e peça da campanha de Aécio, Campos e Dilma, benefício é pago para 14 milhões de famílias.

Leia mais

sistema de garantia de direitos sgd

sistema de garantia de direitos sgd sistema de garantia de direitos sgd Município de GOIÂNIA GO ÓRGÃOS DE CONTROLE DO SGD CMDCA Rua Praça Santos Dumont, 185, Setor Aeroporto Telefone: (62) 3524-2601 / (62) 3524-2602 Site: http://www.cmdca.go.gov.br/

Leia mais

PERFIL DA POLÍTICA MUNICIPAL DE ASSISTÊNCIA SOCIAL EM PONTA GROSSA

PERFIL DA POLÍTICA MUNICIPAL DE ASSISTÊNCIA SOCIAL EM PONTA GROSSA PERFIL DA POLÍTICA MUNICIPAL DE ASSISTÊNCIA SOCIAL EM PONTA GROSSA Secretaria Munic. de Assistência Social Estrutura Ponta Grossa é considerada pelo Sistema Único de Assistência Social como município de

Leia mais

DEPARTAMENTO DE DESENVOLVIMENTO SOCIAL

DEPARTAMENTO DE DESENVOLVIMENTO SOCIAL DEPARTAMENTO DE DESENVOLVIMENTO SOCIAL APRESENTAÇÃO A Associação Cristã de Moços de Sorocaba tem como premissa atender à comunidade sorocabana em seus anseios de caráter físico, mental e espiritual, através

Leia mais

PLANO MUNICIPAL DE ATENDIMENTO SOCIOEDUCATIVO

PLANO MUNICIPAL DE ATENDIMENTO SOCIOEDUCATIVO Informações importantes a serem consideradas no processo de elaboração do Plano Municipal: 1. O PLANO deve prever ações articuladas nas áreas de educação, saúde, assistência social, cultura, capacitação

Leia mais

NOTA DE REPÚDIO ou sob o regime de tempo parcial, a partir de quatorze anos

NOTA DE REPÚDIO ou sob o regime de tempo parcial, a partir de quatorze anos NOTA DE REPÚDIO A presente Nota faz considerações referentes à Proposta de Emenda Constitucional PEC nº 18 de 2011, de autoria do Deputado Federal Dilceu Sperafico e outros, que propõe o seguinte texto

Leia mais

CENTRO DE REFERÊNCIA ESPECIALIZADO

CENTRO DE REFERÊNCIA ESPECIALIZADO CENTRO DE REFERÊNCIA ESPECIALIZADO DE ASSISTÊNCIA SOCIAL RESGATE HISTÓRICO Assistência Social enquanto política pública de direitos. Relevante marco no processo histórico de construção de um sistema de

Leia mais

OU SOBRE A EXPLORAÇÃO DE MÃO-DE-OBRA INFANTIL

OU SOBRE A EXPLORAÇÃO DE MÃO-DE-OBRA INFANTIL OU SOBRE A EXPLORAÇÃO DE MÃO-DE-OBRA INFANTIL 2 OBrasil tem uma legislação ampla sobre a proteção da criança e do adolescente e a proibição do trabalho infantil. Vamos conhecê-la? A Constituição Federal

Leia mais

Políticas Públicas Intersetoriais - A Relação Intersetorial na Consolidação da Proteção Social.

Políticas Públicas Intersetoriais - A Relação Intersetorial na Consolidação da Proteção Social. Ministério do Políticas Públicas Intersetoriais - A Relação Intersetorial na Consolidação da Proteção Social. Rômulo Paes Secretário Executivo do Ministério do Combate à Fome Rio de Janeiro, 30 de novembro

Leia mais

Proposta de intervenção para proteção às crianças e adolescentes no carnaval 2017 em Belo Horizonte. BH protege suas crianças e adolescentes

Proposta de intervenção para proteção às crianças e adolescentes no carnaval 2017 em Belo Horizonte. BH protege suas crianças e adolescentes Proposta de intervenção para proteção às crianças e adolescentes no carnaval 2017 em Belo Horizonte BH protege suas crianças e adolescentes 1. Criação do Bloco da Proteção dando ênfase às questões junto

Leia mais

Lista por Bairros e seus Transportadores e Telefones Transportes Terceirizados Aero Continental Katia Marcia Edenilson

Lista por Bairros e seus Transportadores e Telefones Transportes Terceirizados Aero Continental Katia Marcia Edenilson Bairros Lista por Bairros e seus Transportadores e Telefones Transportes Terceirizados Aero Continental Katia Marcia Edenilson Aeroporto Alphaville Valter Amoreiras João R. Balão Laranja Regina Bela Vista

Leia mais

DIREITO DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE

DIREITO DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE DIREITO DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE Aula 1 Sistema Jurídico dos Direitos da Criança e do Adolescente Prof. Diego Vale de Medeiros 1.1 INTRODUÇÃO Especialização da organização judiciária Contextualização

Leia mais

VETERANO - 2015 SÉRIE B - 2015

VETERANO - 2015 SÉRIE B - 2015 VETERANO - 2015 CHAVE A CHAVE B CRUZEIRO A. A. P. P. MIMÁS C. S. A. BATE FÁCIL SEM LIMITE EMBUENSE FLAMENGO SANTA TEREZA FÁTIMA SANTO ANTONIO CHAVE C CHAVE D S. A. M. A. JACAREZINHO INDEPENDÊNCIA SANTA

Leia mais

AÇÕES A SEREM DESENVOLVIDAS Na "Semana 100% Mamãe e Bebê"

AÇÕES A SEREM DESENVOLVIDAS Na Semana 100% Mamãe e Bebê AÇÕES A SEREM DESENVOLVIDAS Na "Semana 100% Mamãe e Bebê" DATA LOCAL AÇÕES CONVIDADOS RESPONSÁVEIS 14/05/12 (Segunda) CRIA 8:00 às 12:00 horas Abertura da "Semana 100% Mamãe e Bebê" - Apresentação das

Leia mais

Revitalização de Salas de Aula da Sede Círculo de Amigos do Menor Patrulheiro de Praia Grande

Revitalização de Salas de Aula da Sede Círculo de Amigos do Menor Patrulheiro de Praia Grande Revitalização de Salas de Aula da Sede Círculo de Amigos do Menor Patrulheiro de Praia Grande Objetivo: Propiciar ampliação dos locais de capacitação profissional de adolescentes na entidade, para que

Leia mais

REDE DE ENFRENTAMENTO À VIOLÊNCIA DOMÉSTICA CONTRA A MULHER REDE DE FRENTE

REDE DE ENFRENTAMENTO À VIOLÊNCIA DOMÉSTICA CONTRA A MULHER REDE DE FRENTE REDE DE ENFRENTAMENTO À VIOLÊNCIA DOMÉSTICA CONTRA A MULHER REDE DE FRENTE EDITAL N 04/2017 REDE DE FRENTE - 4ª MOSTRA CULTURAL 1ª MOSTRA ESTUDANTIL DE TEATRO DE BARRA DO GARÇAS MT Projeto: MEU CORPO,

Leia mais

Redesenho do PETI. Programa de Erradicação do Trabalho Infantil

Redesenho do PETI. Programa de Erradicação do Trabalho Infantil Redesenho do PETI Programa de Erradicação do Trabalho Infantil PETI É um programa de caráter intersetorial que,no âmbito do SUAS, compreende transferência de renda, trabalho social com famílias e oferta

Leia mais

PROTEÇÃO SOCIAL ESPECIAL. 1. Centro de Referência Especializado de Assistência Social CREAS

PROTEÇÃO SOCIAL ESPECIAL. 1. Centro de Referência Especializado de Assistência Social CREAS PROTEÇÃO SOCIAL ESPECIAL 1. Centro de Referência Especializado de Assistência Social CREAS Coordenadora: Vera Lúcia Rodrigues Renó Endereço: Rua José Hamilcar congro Bastos 235 Santo André-Três Lagoas/MS

Leia mais

PANORAMA DA ASSISTÊNCIA SOCIAL NO MUNICÍPIO DE PONTA GROSSA

PANORAMA DA ASSISTÊNCIA SOCIAL NO MUNICÍPIO DE PONTA GROSSA PANORAMA DA ASSISTÊNCIA SOCIAL NO MUNICÍPIO DE PONTA GROSSA SECRETARIA MUNICIPAL DE ASSISTÊNCIA SOCIAL Gerência Técnica da Política Municipal de Assistência Social Divisão de Monitoramento, Controle e

Leia mais

REDE SOCIOASSISTENCIAL

REDE SOCIOASSISTENCIAL REDE SOCIOASSISTENCIAL O que é Vulnerabilidade Social? Pode ser entendida como a condição de risco em que uma pessoa se encontra. Um conjunto de situações mais, ou menos problemáticas, que situam a pessoa

Leia mais

OFICINAS CORPORAIS, JOGOS, BRINQUEDOS E BRINCADEIRAS - UMA INTERVENÇÃO COM CRIANÇAS E ADOLESCENTES EM SITUAÇÃO DE RISCO

OFICINAS CORPORAIS, JOGOS, BRINQUEDOS E BRINCADEIRAS - UMA INTERVENÇÃO COM CRIANÇAS E ADOLESCENTES EM SITUAÇÃO DE RISCO OFICINAS CORPORAIS, JOGOS, BRINQUEDOS E BRINCADEIRAS - UMA INTERVENÇÃO COM CRIANÇAS E ADOLESCENTES EM SITUAÇÃO DE RISCO PAULA, Maristela Vicente de 1, PIMENTA, Pedro Henrique Santana 2, PEREIRA, Bruna

Leia mais

PLANO DE AÇÃO CONSELHO MUNICIPAL DOS DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE DE PALHOÇA

PLANO DE AÇÃO CONSELHO MUNICIPAL DOS DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE DE PALHOÇA 2012 PLANO DE AÇÃO CONSELHO MUNICIPAL DOS DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE DE PALHOÇA POLÍTICAS DE PROTEÇÃO POLÍTICA PÚBLICA DE ASSISTÊNCIA SOCIAL/ PROTEÇÃO ESPECIAL META: COMBATE AO TRABALHO INFANTIL

Leia mais

REDE LOCAL DE PROTEÇÃO INTEGRAL À CRIANÇA E AO ADOLESCENTE DE SANTA RITA - PB: UMA EXPERIÊNCIA DE TRABALHO ARTICULADO

REDE LOCAL DE PROTEÇÃO INTEGRAL À CRIANÇA E AO ADOLESCENTE DE SANTA RITA - PB: UMA EXPERIÊNCIA DE TRABALHO ARTICULADO REDE LOCAL DE PROTEÇÃO INTEGRAL À CRIANÇA E AO ADOLESCENTE DE SANTA RITA - PB: UMA EXPERIÊNCIA DE TRABALHO ARTICULADO Ana Cláudia Santana de Andrade Tavares 1 Ana Luisa Costa de Melo 2 Carla Raquel Carmélio

Leia mais

Secretaria Nacional de Assistência Social

Secretaria Nacional de Assistência Social Secretaria Nacional de Assistência Social O Serviço Especializado em Abordagem Social e a construção de vínculos com a população em situação de rua: adultos, jovens, adolescentes e crianças Jadir de Assis

Leia mais

Curitiba em campanha contra exploração sexual infantil

Curitiba em campanha contra exploração sexual infantil Curitiba em campanha contra exploração sexual infantil Caminhoneiros de Curitiba e a Prefeitura estão juntos na Campanha de Enfrentamento da Exploração Sexual contra Crianças e Adolescentes no Carnaval

Leia mais

Projeto Espaço de Proteção

Projeto Espaço de Proteção Projeto Espaço de Proteção S E C R E TA R I A D E D E S E N V O LV I M E N T O S O C I A L, J U V E N T U D E, P O L Í T I C A S O B R E D R O G A S E D I R E I T O S H U M A N O S O que é o Projeto Espaço

Leia mais

Integração de Políticas Públicas e seus desafios

Integração de Políticas Públicas e seus desafios Integração de Políticas Públicas e seus desafios Rômulo Paes de Sousa Secretário Executivo do MDS Rio de Janeiro, 5 de agosto de 2011. MODELO PRÉ-SISTÊMICO Transição da Política Pública Baseado em programas

Leia mais

Lista por Bairros e seus Transportadores e Telefones Aero Continental Edenilson Marcia

Lista por Bairros e seus Transportadores e Telefones Aero Continental Edenilson Marcia A Lista de Telefônes Encontra-se na Última Página Lista por Bairros e seus Transportadores e Telefones Aero Continental Edenilson Marcia Aeroporto Alphaville Valter João R. Alto do Taquaral Inácio Balão

Leia mais

CENTRO DE REFERÊNCIA ESPECIALIZADO DE ASSISTÊNCIA SOCIAL - CREAS - CENTRO

CENTRO DE REFERÊNCIA ESPECIALIZADO DE ASSISTÊNCIA SOCIAL - CREAS - CENTRO DATA DA VISITA: 29/05/2015 DATA DA VISITA: 18/06/2015 Coordenador: Luizane Guedes Mateus Endereço: Rua Aristides Freire, nº 36 Bairro: Centro CEP: 29.015-290 Telefone: (27) 3132-8065 Horário de Funcionamento

Leia mais

RELATÓRIO INVESTIMENTO SOCIAL 2012

RELATÓRIO INVESTIMENTO SOCIAL 2012 RELATÓRIO INVESTIMENTO SOCIAL 2012 INFORMAÇÕES GERAIS RAZÃO SOCIAL: UNIÃO DE ENSINO VILA VELHA LTDA NOME FANTASIA: FACULDADE UNIÃO CNPJ: 03.568.170/0001-65 ENDEREÇO: RUA TIBÚRCIO PEDRO FERREIRA, 55 CEP:

Leia mais

Debate sobre o desenvolvimento do Espírito Santo. Pontos para um programa de governo Região Metropolitana. Vitória, 05/04/2014

Debate sobre o desenvolvimento do Espírito Santo. Pontos para um programa de governo Região Metropolitana. Vitória, 05/04/2014 Debate sobre o desenvolvimento do Espírito Santo Pontos para um programa de governo Região Metropolitana. Vitória, 05/04/2014 EIXOS Infraestrutura e logística; Desenvolvimento Social Saúde, Educação, Cultura,

Leia mais

ATA DA REUNIÃO ORDINÁRIA DO CONSELHO MUNICIPAL DA ASSISTÊNCIA SOCIAL. Ata n. 001 de 09/02/2010

ATA DA REUNIÃO ORDINÁRIA DO CONSELHO MUNICIPAL DA ASSISTÊNCIA SOCIAL. Ata n. 001 de 09/02/2010 ATA DA REUNIÃO ORDINÁRIA DO CONSELHO MUNICIPAL DA ASSISTÊNCIA SOCIAL Ata n. 001 de 09/02/2010 Ata da reunião ordinária do Conselho Municipal de Assistência Social de Presidente Prudente, realizada no dia

Leia mais

Edital de Concorrência Pública Imóveis com Ação Judicial Concorrência Pública 001/2017 Imóveis CAIXA

Edital de Concorrência Pública Imóveis com Ação Judicial Concorrência Pública 001/2017 Imóveis CAIXA Anexo II - Relação de Imóveis Número da Licitação: 001 / 2017 - CPVE/BH Edital de Concorrência Pública Imóveis com Ação Judicial Cidade: BARAO DE COCAIS 1 RUA JOSÉ DOS SANTOS N. 132 BAIRRO PROGRESSO BARÃO

Leia mais

Helena A Wada Watanabe 2012

Helena A Wada Watanabe 2012 Helena A Wada Watanabe 2012 Política * É uma atividade mediante a qual as pessoas fazem, preservam e corrigem as regras gerais sob as quais vivem. * É inseparável tanto do conflito como da cooperação (valores

Leia mais

ABERTURA DE SINAL BANDA LARGA Estado Município Bairro

ABERTURA DE SINAL BANDA LARGA Estado Município Bairro ABERTURA DE SINAL BANDA LARGA Estado Município Bairro VILA POPULAR RESIDENCIAL JARDIM JUSSARA VILA GUEDES DE AZEVEDO VILA SÃO JOÃO DO IPIRANGA PARQUE JARAGUÁ VILA INDUSTRIAL VILA PACÍFICO VILA ROCHA JARDIM

Leia mais

Cartilha. do adolescente trabalhador

Cartilha. do adolescente trabalhador Cartilha do adolescente trabalhador Se você está em busca de uma oportunidade para se profissionalizar e ingressar no mercado de trabalho, fique de olho nas dicas que preparamos. ANTES DE QUALQUER COISA...

Leia mais

GUIA RA PIDO DA ESTRUTURA GERAL DO ORÇAMENTO Um novo desenho frente à publicação da Portaria MDS nº 113/2015, para os entes.

GUIA RA PIDO DA ESTRUTURA GERAL DO ORÇAMENTO Um novo desenho frente à publicação da Portaria MDS nº 113/2015, para os entes. Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome. Secretaria Nacional de Assistência Social Fundo Nacional de Assistência Social GUIA RA PIDO DA ESTRUTURA GERAL DO ORÇAMENTO Um novo desenho frente

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA 02/08 CAÇADOR, Maio de 2008. O Conselho Municipal de Assistência Social, no uso de suas atribuições legais e regimentais,

INSTRUÇÃO NORMATIVA 02/08 CAÇADOR, Maio de 2008. O Conselho Municipal de Assistência Social, no uso de suas atribuições legais e regimentais, INSTRUÇÃO NORMATIVA 02/08 CAÇADOR, Maio de 2008 Estabelece critérios para Inscrição e Funcionamento de Entidades e Organizações de Assistência Social. Registro de Ações, Serviços, Programas, Projetos de

Leia mais

O SR. REMI TRINTA (PL-MA) pronuncia o seguinte. discurso: Senhor Presidente, Senhoras e Senhores

O SR. REMI TRINTA (PL-MA) pronuncia o seguinte. discurso: Senhor Presidente, Senhoras e Senhores O SR. REMI TRINTA (PL-MA) pronuncia o seguinte discurso: Senhor Presidente, Senhoras e Senhores Deputados, venho a esta tribuna para registrar pesquisa que aponta o Nordeste como a região onde há maior

Leia mais

ANEXO IV. RESOLUÇÃO/CD/FNDE Nº 23, 08 de Junho de 2005. CAMPOS DO CADASTRO DE ALFABETIZANDOS, ALFABETIZADORES, TURMAS E COORDENADORES DE TURMAS

ANEXO IV. RESOLUÇÃO/CD/FNDE Nº 23, 08 de Junho de 2005. CAMPOS DO CADASTRO DE ALFABETIZANDOS, ALFABETIZADORES, TURMAS E COORDENADORES DE TURMAS ANEXO IV RESOLUÇÃO/CD/FNDE Nº 23, 08 de Junho de 2005. CAMPOS DO CADASTRO DE ALFABETIZANDOS, ALFABETIZADORES, TURMAS E COORDENADORES DE TURMAS 1 - que compõem o cadastro do Alfabetizador Nome - informar

Leia mais

Pesquisa de Opinião Pública :: Guaratinguetá/SP - Fevereiro 2014 :: 1

Pesquisa de Opinião Pública :: Guaratinguetá/SP - Fevereiro 2014 :: 1 Pesquisa de Opinião Pública :: Guaratinguetá/SP - Fevereiro 2014 :: 1 Pesquisa de Opinião Pública :: Guaratinguetá/SP - Fevereiro 2014 :: 2 Pesquisa de Opinião Pública :: Guaratinguetá/SP - Fevereiro 2014

Leia mais

Situação do Trabalho Infantil no Distrito Federal

Situação do Trabalho Infantil no Distrito Federal Situação do Trabalho Infantil no Distrito Federal SEPLAN Situação do Trabalho Infantil no Distrito Federal Brasília Junho, 2012 Companhia de Planejamento do Distrito Federal Codeplan SAIN Projeção H Ed.

Leia mais

ESTADO DO MATO GROSSO

ESTADO DO MATO GROSSO Folha: 1/6 (As propostas serão abertas para julgamento às 10:00 horas do dia 26/03/2013). Fornecedor: Cidade: Endereço: CNPJ / CPF: Validade da Proposta:......... Estado:... Inscrição Estadual:...... Telefone:

Leia mais

Cadastro Único para Políticas Sociais

Cadastro Único para Políticas Sociais Cadastro Único para Políticas Sociais O que é o Cadastro Único? Políticas Universais Saúde Políticas Contributivas Políticas nãocontributivas e seletivas Educação Previdência Social Cadastro Único O que

Leia mais

ENFRENTAMENTO À VIOLÊNCIA SEXUAL INFANTO-JUVENIL

ENFRENTAMENTO À VIOLÊNCIA SEXUAL INFANTO-JUVENIL ENFRENTAMENTO À VIOLÊNCIA SEXUAL INFANTO-JUVENIL MATOS, Jatene da Costa¹ DAL BOSCO, Maria Goretti 2 1 Bacharel em Direito pela Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul, Unidade Universitária de Dourados

Leia mais

Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome Secretaria Nacional de Assistência Social

Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome Secretaria Nacional de Assistência Social Considerações Iniciais As orientações iniciais para a oferta com qualidade do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos para crianças e adolescentes de 6 a 15 anos têm como foco o contexto atual

Leia mais

Fax ( 41)36771187 CPF 447.841.049-68. Função. Gerente. Celular (41) 91760959. R$ 461.800,00 (quatrocentos e sessenta e um mil e oitocentos reais)

Fax ( 41)36771187 CPF 447.841.049-68. Função. Gerente. Celular (41) 91760959. R$ 461.800,00 (quatrocentos e sessenta e um mil e oitocentos reais) 1 IDENTIFICAÇÃO Abrangência do Projeto: ( ) Estadual ( ) Regional ( X) Intermunicipal (no mínimo três municípios) 1.1. Dados Cadastrais do Proponente Entidade Proponente: FUNDAÇÃO SOLIDARIEDADE Endereço

Leia mais

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COMBATE À FOME SECRETARIA NACIONAL DE ASSISTÊNCIA SOCIAL. Ações da Secretaria Nacional de

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COMBATE À FOME SECRETARIA NACIONAL DE ASSISTÊNCIA SOCIAL. Ações da Secretaria Nacional de Ações da Secretaria Nacional de Assistência Social - MDS CONSTITUIÇÃO FEDERAL 1988 Art. 194 A Seguridade social compreende um conjunto integrado de ações de iniciativa dos poderes públicos e da sociedade,

Leia mais

EDITAL DE CONVOCAÇÃO PEB I ENSINO FUNDAMENTAL

EDITAL DE CONVOCAÇÃO PEB I ENSINO FUNDAMENTAL PREFEITURA MUNICIPAL DE GUARATINGUETÁ SECRETARIA MUNICIPAL DA EDUCAÇÃO E CULTURA Rua Dom Bosco, 171 São Benedito Fone/Fax: (012) 3128-7777 Guaratinguetá SP email: educacao@guaratingueta.sp.gov.br EDITAL

Leia mais

CRAS III PLANALTINA. Localizado na rua Delmar Sitone, 385, no Bairro Planaltina, junto ao Centro Social Urbano.

CRAS III PLANALTINA. Localizado na rua Delmar Sitone, 385, no Bairro Planaltina, junto ao Centro Social Urbano. CRAS III PLANALTINA Localizado na rua Delmar Sitone, 385, no Bairro Planaltina, junto ao Centro Social Urbano. O Centro de Referência da Assistência Social- CRAS é uma unidade pública estatal de base territorial

Leia mais

sistema de garantia de direitos sgd

sistema de garantia de direitos sgd sistema de garantia de direitos sgd Município de PORTO ALEGRE / RS PODER JUDICIÁRIO Varas Regionais da Infância e da Juventude Telefone: (51) 3210-6942 Telefone: (51) 3210-6952 Telefone: (51) 3210-6962

Leia mais

Documento Preliminar para Consulta Pública Outubro de Atendimento de crianças e adolescentes com direitos violados ou ameaçados:

Documento Preliminar para Consulta Pública Outubro de Atendimento de crianças e adolescentes com direitos violados ou ameaçados: Documento Preliminar para Consulta Pública Outubro de 2010 2.4 Atendimento de crianças e adolescentes com direitos violados ou ameaçados: 2.4.6 Trabalho infantil A exploração do trabalho é uma violação

Leia mais

MATRIZ 4: ESTRATÉGIA NACIONAL DE ERRADICAÇÃO DO TRABALHO INFANTIL

MATRIZ 4: ESTRATÉGIA NACIONAL DE ERRADICAÇÃO DO TRABALHO INFANTIL PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA SECRETARIA DE DIREITOS HUMANOS SECRETARIA NACIONAL DE PROMOÇÃO DOS DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE MATRIZ 4: ESTRATÉGIA NACIONAL DE ERRADICAÇÃO DO TRABALHO INFANTIL CARTA

Leia mais

C omo todos sabemos, o Brasil é conhecido internacionalmente como um

C omo todos sabemos, o Brasil é conhecido internacionalmente como um BuscaLegis.ccj.ufsc.Br C omo todos sabemos, o Brasil é conhecido internacionalmente como um país que se utiliza de mão-de-obra infantil, tanto no comércio interno como em atividades relacionadas aos setores

Leia mais

PORTARIA DO MINISTÉRIO DO TRABALHO E EMPREGO - MTE Nº 723 DE 23 de abril de 2012

PORTARIA DO MINISTÉRIO DO TRABALHO E EMPREGO - MTE Nº 723 DE 23 de abril de 2012 PORTARIA DO MINISTÉRIO DO TRABALHO E EMPREGO - MTE Nº 723 DE 23 de abril de 2012 O MINISTRO DE ESTADO DO TRABALHO E EMPREGO - INTERINO, no uso das atribuições que lhe confere o inciso II do parágrafo único

Leia mais

Comissão de Planejamento Recursos Públicos e Avaliação Indicação nº 007/2013

Comissão de Planejamento Recursos Públicos e Avaliação Indicação nº 007/2013 PREFEITURA MUNICIPAL DE PORTO ALEGRE SISTEMA MUNICIPAL DE ENSINO CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO Comissão de Planejamento Recursos Públicos e Avaliação Indicação nº 007/2013 Orienta as escolas e os Conselhos

Leia mais

Compras Públicas Sustentáveis

Compras Públicas Sustentáveis Compras Públicas Sustentáveis Eixo Licitações Sustentáveis da A3P Responsabilidade Socioambiental 1960 - Movimentos pela Responsabilidade Social (EUA) 1972 -Singer publica o primeiro balanço social do

Leia mais

7. CARACTERIZAÇÃO DOS SERVIÇOS OFERTADOS NESTE CREAS

7. CARACTERIZAÇÃO DOS SERVIÇOS OFERTADOS NESTE CREAS CENTRO DE REFERÊNCIA ESPECIALIZADO DE ASSISTÊNCIA SOCIAL Coordenador: Cristiane picine os santos milles Fundação: 05 de Junho de 2010 Endereço: Rua Dom Pedro I nº 43 Bairro: Maruípe Telefone: 3235-2880/

Leia mais

COMO DESTINAR PARTE DO IMPOSTO DE RENDA DEVIDO. Existe hoje uma grande valorização para pessoas engajadas e responsáveis socialmente.

COMO DESTINAR PARTE DO IMPOSTO DE RENDA DEVIDO. Existe hoje uma grande valorização para pessoas engajadas e responsáveis socialmente. COMO DESTINAR PARTE DO IMPOSTO DE RENDA DEVIDO. Flávia Boavista F. Ruiz Existe hoje uma grande valorização para pessoas engajadas e responsáveis socialmente. É importante que se faça a destinação de parte

Leia mais

UNIDADES ASSISTÊNCIAIS:

UNIDADES ASSISTÊNCIAIS: UNIDADES ASSISTÊNCIAIS: - SEDE ADMINISTRATIVA Avenida São João Evangelista, S/N, Engenheiro Pedreira, centro, Japeri. Telefone: (21) 2664-1635 SECRETÁRIO: REGINALDO ALMEIDA SANTOS JUNIOR SUB SECRETÁRIO:

Leia mais

HORÁRIOS VALÔNIA 2016

HORÁRIOS VALÔNIA 2016 SEGUNDA A SÁBADO DOMINGOS E FERIADOS STA ROSA VILA ISABEL GERIVA STA ROSA 06h20* 07h10* 07h10* 08h00* 08h50* 08h00* 08h50 encerra 11h10* 12h00* 12h00* 12h50 13h40 12h50* 13h40 encerra 14h20* 15h10* 16h00

Leia mais

Distribuição Regional dos Programas Sociais do Governo Federal

Distribuição Regional dos Programas Sociais do Governo Federal Distribuição Regional dos Programas Sociais do Governo Federal Tabela 1 Valor e participação percentual dos componentes da massa salarial ampliada Discriminação Partic. (%) R$ bilhões 24 28 24 28 Massa

Leia mais

POLÍTICAS PÚBLICAS. Profa. Dra. Júnia Mara do Vale

POLÍTICAS PÚBLICAS. Profa. Dra. Júnia Mara do Vale POLÍTICAS PÚBLICAS Profa. Dra. Júnia Mara do Vale Definição de Política Pública Peters (1986) política pública é a soma das atividades dos governos, que agem diretamente ou através de delegação, e que

Leia mais

Município de São José dos Campos

Município de São José dos Campos Município de São José dos Campos Esquema do processo de tratamento da água A Secretaria Municipal de Saúde de São José dos Campos é a responsável pela vigilância da qualidade da água em seu município e

Leia mais

EDUCADOR SOCIAL SITE: FACEBOOK: CARITAS ARQUIDIOCESANA DE PORTO ALEGRE SAS FACEBOOK: MENSAGEIRO DA CARIDADE

EDUCADOR SOCIAL SITE:  FACEBOOK: CARITAS ARQUIDIOCESANA DE PORTO ALEGRE SAS FACEBOOK: MENSAGEIRO DA CARIDADE EDUCADOR SOCIAL SITE: WWW.CARITASPORTOALEGRE.ORG FACEBOOK: CARITAS ARQUIDIOCESANA DE PORTO ALEGRE SAS FACEBOOK: MENSAGEIRO DA CARIDADE ATUAÇÃO PROFISSIONAL CRIANÇAS ADOLESCENTES ADULTOS IDOSOS ÁREAS DE

Leia mais

EDITAL Nº 014/ PROEX/IFMS

EDITAL Nº 014/ PROEX/IFMS EDITAL Nº 014/2013 - PROEX/IFMS PROGRAMA NACIONAL DE ACESSO AO ENSINO TÉCNICO E EMPREGO PRONATEC CURSOS DE FORMAÇAO INICIAL E CONTINUADA (FIC) NO ÂMBITO DO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA

Leia mais

Curso de Serviço Social UNISINOS

Curso de Serviço Social UNISINOS Curso de Serviço Social UNISINOS FONTE: Grupo Rádio UMA POLÍTICA DE ASSISTÊNCIA SOCIAL FORTE TAMBÉM DEPENDE DE SUA PARTICIPAÇÃO! CONHEÇA O TRABALHO REALIZADO... AQUI IREMOS APRESENTAR RESULTADOS DA PESQUISA

Leia mais

TERESINA - PERFIL DOS BAIRROS - REGIONAL SDU SUL BAIRRO PORTAL DA ALEGRIA

TERESINA - PERFIL DOS BAIRROS - REGIONAL SDU SUL BAIRRO PORTAL DA ALEGRIA Prefeitura de Teresina Secretaria de Planejamento e Coordenação - SEMPLAN TERESINA - PERFIL DOS BAIRROS - REGIONAL SDU SUL BAIRRO PORTAL DA ALEGRIA Teresina (PI), Julho/2016 PORTAL DA ALEGRIA 0 Julho/2016

Leia mais

Coordenação de Proteção Social Básica

Coordenação de Proteção Social Básica - S E D S Coordenação de Proteção Social Básica Agosto 212 Coordenação Proteção Social Básica A coordenação e o controle das ações da Política Pública da Assistência Social relacionadas a proteção social

Leia mais

R - MONTANHÃO MUNICÍPIO DE SÃO BERNARDO DO CAMPO REGIÕES DE PLANEJAMENTO (OP) A B E F G K J H. Atualização 2014

R - MONTANHÃO MUNICÍPIO DE SÃO BERNARDO DO CAMPO REGIÕES DE PLANEJAMENTO (OP) A B E F G K J H. Atualização 2014 A B MUNICÍPIO DE SÃO BERNARDO DO CAMPO SECRETARIA DE ORÇAMENTO E PLANEJAMENTO PARTICIPATIVO DEPARTAMENTO DE INDICADORES SOCIAIS E ECONÔMICOS C D E F MUNICÍPIO DE SÃO BERNARDO DO CAMPO REGIÕES DE PLANEJAMENTO

Leia mais

MINISTÉRIO DA JUSTIÇA GABINETE DO MINISTRO. PORTARIA n, de 08 de fevereiro de 2007

MINISTÉRIO DA JUSTIÇA GABINETE DO MINISTRO. PORTARIA n, de 08 de fevereiro de 2007 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA GABINETE DO MINISTRO PORTARIA n, de 08 de fevereiro de 2007 Regulamenta as disposições da Lei n 8.069, de 13 de julho de 1990 (Estatuto da Criança e do Adolescente - ECA), da Lei

Leia mais

NOSSA SENHORA DAS GRAÇAS

NOSSA SENHORA DAS GRAÇAS NOSSA SENHORA DAS GRAÇAS 31 DE MARÇO BARAÚNA BARRETO BELÉM BOM JESUS BONSUCESSO BORATO BORSATO PRINCESA / CEL. CLÁUDIO CACHOEIRA CARÁ-CARÁ CASTANHEIRA VIA VICENTINA CASTANHEIRA VIA TAROBA CATARINA MIRÓ

Leia mais

Plano de Trabalho e Relatório de atividades. Justificativa:

Plano de Trabalho e Relatório de atividades. Justificativa: Plano de Trabalho e Relatório de atividades Justificativa: Nova Campinas é uma comunidade carente de infraestrutura e de serviços como a pratica de esporte, lazer, cultura, cursos, etc. A Fundação Jesus

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 34, DE 28 DE NOVEMBRO DE 2011.

RESOLUÇÃO Nº 34, DE 28 DE NOVEMBRO DE 2011. MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COMBATE À FOME CONSELHO NACIONAL DE ASSISTÊNCIA SOCIAL Esplanada dos Ministérios, bloco F, anexo, ala A, 1º andar, Brasília/DF CEP: 70059-900 RESOLUÇÃO Nº 34, DE

Leia mais

Ministério Público DO ESTADO DE MATO GROSSO 1ª Promotoria de Justiça Cível da Comarca de Barra do Bugres

Ministério Público DO ESTADO DE MATO GROSSO 1ª Promotoria de Justiça Cível da Comarca de Barra do Bugres SIMP nº. 000954-033/2016 NOTIFICAÇÃO RECOMENDATÓRIA nº 002/2016 O Promotor de Justiça, oficiante na Comarca de Barra do Bugres/MT, no uso de suas atribuições legais e constitucionais, na defesa do patrimônio

Leia mais

POLÍTICAS PÚBLICAS Aula 14. Prof. a Dr. a Maria das Graças Rua

POLÍTICAS PÚBLICAS Aula 14. Prof. a Dr. a Maria das Graças Rua POLÍTICAS PÚBLICAS Aula 14 Prof. a Dr. a Maria das Graças Rua MECANISMOS LEGAIS E INSTITUCIONAIS : CRIANÇAS E ADOLESCENTES O Estatuto da Criança e do Adolescente- ECA, pela Lei nº 8.069/1990, dispôs sobre

Leia mais

IX CONFERÊNCIA MUNICIPAL DOS DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE CMDCA CAMPINAS II ENCONTRO ESTADUAL DE GESTORES MUNICIPAIS DE CONVÊNIO

IX CONFERÊNCIA MUNICIPAL DOS DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE CMDCA CAMPINAS II ENCONTRO ESTADUAL DE GESTORES MUNICIPAIS DE CONVÊNIO II ENCONTRO ESTADUAL DE GESTORES MUNICIPAIS DE CONVÊNIO FUNDO DOS DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE FIA O Estatuto da Criança e Adolescente - ECA estabelece a Política de Atendimento a Criança e Adolescente:

Leia mais