O que é o Basquetebol? O Campo Jogadores

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "O que é o Basquetebol? O Campo Jogadores"

Transcrição

1 Caraterização Educação Física Agrupamento de Escolas Martim de Freitas Francisco Pinto O que é o? A equipa e o Campo O é um jogo desportivo colectivo praticado por duas equipas, cujos objectivos são introduzir a bola no cesto da equipa adversária e evitar que seja introduzida no próprio cesto, de acordo com as regras do jogo. O Campo Jogadores Cada equipa é constituída por 10 jogadores (5 jogadores de campo e 5 suplentes) 1. Base 2. Extremo alto 3. Extremo alto 4. Poste 5. Poste 1

2 Regras Fundamentais Início do jogo O jogo inicia-se com bola ao ar no círculo central; A bola só pode ser tocada com as mãos depois de atingir o ponto mais alto; Nenhum dos saltadores pode agarrar a bola ou tocar nela mais de duas vezes; Os restantes jogadores devem estar fora do círculo central. Obtenção de pontos Os pontos são obtidos através da concretização de lançamentos de campo ou lances livres; A bola tem que entrar no cesto pela sua parte superior, caindo através da rede; Os lançamentos de campo são os que se efetuam no decorrer normal do jogo e em qualquer local do campo. Os lances livres são executados como penalização ao adversário e efectuados com o cronómetro parado atrás da linha de lançamento livre; Obtenção de pontos 2 pontos lançamento convertido de qualquer local em cima ou à frente da linha de 6,75m; 3 pontos lançamento convertido de qualquer local atrás da linha de 6,75 m; 1 ponto lançamento livre convertido. Como se joga a bola? A bola é jogada exclusivamente com as mãos, podendo ser passada, lançada ou driblada em qualquer direção; É uma violação correr com a bola, pontapeá-la ou socá-la; Não é permitido dar mais que dois passos com a bola na mão; Como se joga a bola? Na ação de drible não é permitido: Bater a bola com as duas mãos simultaneamente; Driblar, controlar ou segurar a bola com uma ou duas mãos e voltar a driblar; Acompanhar a bola com a mão no momento do drible (transporte de bola). 2

3 Bola fora A bola está fora quando: Toca as linhas finais ou laterais ou o solo para além destas; Toca um objecto ou jogador que esteja em cima das linhas laterais ou finais e para além destas; Um jogador em posse de bola pisa as linhas limites ou fora destas. A bola é reposta em jogo no local onde saiu do terreno de jogo. Um jogador não pode agarrar, empurrar, nem impedir um movimento do adversário com os membros superiores e/ou inferiores; Faltas cometidas sobre um jogador que não está em ato de lançamento: Não dão direito a lances livres excepto se a equipa que comete a falta já tiver atingido a 4ª falta; Faltas cometidas sobre um jogador em ato de lançamento: Faltas cometidas sobre um jogador em ato de lançamento desde o momento que salta para lançar até que cai novamente; São penalizadas da seguinte forma: É assinalada falta ao jogador faltoso; O jogador que sofre a falta tem direito a executar o seguinte n.º de lances livres, de acordo com a pontuação do lançamento:... i. quando lança e converte com falta do adversário 1 lance livre; ii. quando lança e não converte o lançamento de 2 pontos com falta do adversário 2 lances livres; iii. quando lança e não converte o lançamento de 3 pontos com falta do adversário 3 lances livres. Dupla Falta Quando dois jogadores de equipas adversárias fazem faltas simultaneamente, o árbitro assinala falta aos dois jogadores e o jogo começa com bola ao ar. Quando a falta não dá direito a lances livres, a bola é reposta na linha lateral perpendicular ao ponto de ocorrência da infracção. 3

4 Faltas técnicas Atitudes antidesportivas, como linguagem ou gestos ofensivos e desrespeito pelas indicações do arbitragem, serão penalizadas com faltas técnicas. Faltas antidesportivas São as faltas cometidas deliberadamente por um jogador sobre o adversário, fugindo claramente ao carácter desportivo. Faltas desqualificantes Sempre que um comportamento incorreto do jogador seja considerado grave, justificando-se o seu afastamento. Limites de faltas O jogador que cometer 5 faltas de qualquer tipo (excepto faltas desqualificantes) deverá abandonar o jogo. Regra dos 3 segundos Nenhum atacante pode permanecer no interior da área restritiva adversária mais de 3 segundos consecutivos, quando a sua equipa está de posse de bola. Regra dos 24 segundos A equipa com posse de bola dispõe de 24 segundos para lançar ao cesto e de 8 segundos para passar do seu meio campo para o meio campo do adversário. Lançamento livre É executado pelo lançador que sofreu a falta, o qual deve estar colocado atrás da linha de lançamento livre, sem a pisar. Para efetuar este lançamento dispõe de 5 segundos. Ao longo da área restritiva existem 5 espaços marcados, 3 de um lado e 2 do outro, que serão ocupados da seguinte forma: 4

5 Lançamento livre 1. Os dois espaços mais próximos do cesto são ocupados pelos defensores; Dúvidas??? 2. Os dois intermédios são ocupados pelos atacantes; 3. O terceiro defesa coloca-se num dos lados e mais próximo do lançador. Educação Física Agrupamento de Escolas Martim de Freitas 5

Educação Física! Agrupamento de Escolas Martim de Freitas! Francisco Pinto

Educação Física! Agrupamento de Escolas Martim de Freitas! Francisco Pinto ì Educação Física! Agrupamento de Escolas Martim de Freitas! Francisco Pinto Caraterização! O que é o Basquetebol? O Basquetebol é um jogo desportivo colectivo praticado por duas equipas, cujos objectivos

Leia mais

Andebol. Andebol. Andebol. Andebol. Andebol Caraterização. O que é o Andebol? O Campo. Os Jogadores

Andebol. Andebol. Andebol. Andebol. Andebol Caraterização. O que é o Andebol? O Campo. Os Jogadores Caraterização Educação Física Agrupamento de Escolas Martim de Freitas Francisco Pinto O que é o? O andebol é um jogo desportivo colectivo, praticado por duas equipas, cada uma delas com 7 jogadores em

Leia mais

História do Basquetebol

História do Basquetebol História do Basquetebol Foi inventado por um professor Canadiano, James Naismith no ano de 1891. Em Dezembro do mesmo ano, teve lugar o primeiro jogo, no Springfield College, nos EUA. O seu primeiro nome

Leia mais

modalidade Basquetebol

modalidade Basquetebol modalidade Basquetebol Documento de apoio às aulas de Educação Física Criado em: 2017/Maio/19 Atualizado em: 2017/Maio/19 ref: Documento_de_apoio_n10_Basquetebol Basquetebol "Em 1891, na cidade de Springfield,

Leia mais

FESTIVAL DE MINI-BASQUETE 2ª Copa Sérgio Ney Palmeiro REGULAMENTO

FESTIVAL DE MINI-BASQUETE 2ª Copa Sérgio Ney Palmeiro REGULAMENTO FESTIVAL DE MINI-BASQUETE 2ª Copa Sérgio Ney Palmeiro O mini-basquete é um jogo para crianças de até 12 anos (nascidos a partir de 1993). Foi desenvolvido como uma forma divertida de se descobrir o basquete.

Leia mais

Educação Física! Agrupamento de Escolas Martim de Freitas! Francisco Pinto

Educação Física! Agrupamento de Escolas Martim de Freitas! Francisco Pinto ì Educação Física! Agrupamento de Escolas Martim de Freitas! Francisco Pinto Caraterização! Futsal! Caraterização O Futsal é uma modalidade praticada por duas equipas, compostas cada uma por cinco elementos

Leia mais

Prof. Maick da Silveira Viana

Prof. Maick da Silveira Viana Regras do Handebol Prof. Maick da Silveira Viana REGRA 1 A quadra do jogo REGRA 2 - A duração da partida A partida de handebol consiste em dois tempos divididos por um intervalo de 10 minutos. A duração

Leia mais

RESUMO DAS REGRAS DO BASQUETE. Regulamento (FIBA)

RESUMO DAS REGRAS DO BASQUETE. Regulamento (FIBA) RESUMO DAS REGRAS DO BASQUETE Regulamento (FIBA) Equipe Ter no mínimo 8 jogadores aptos a jogar (5 em quadra e 3 no banco.) e no máximo 12 jogadores aptos a jogar. Deve ter um técnico, e se o time preferir

Leia mais

LEI I A SUPERFÍCIE DE JOGO

LEI I A SUPERFÍCIE DE JOGO LEI I A SUPERFÍCIE DE JOGO ARTº 1º Os jogos de Futsal serão realizados preferencialmente nos recintos de Andebol (aproveitando as suas marcações) ou em um quarto de campo de futebol de 11 (quando possível

Leia mais

2012 / Arbitrar o Tag-Rugby. Programa Nestum Rugby nas Escolas

2012 / Arbitrar o Tag-Rugby. Programa Nestum Rugby nas Escolas 2012 / 2013 Arbitrar o Tag-Rugby Programa Nestum Rugby nas Escolas AS LEIS DE JOGO DO TAG RUGBY Tamanho da Bola Escalão Infantis (A e B) a bola a utilizar deverá ser a nº3 Escalão Iniciados e Juvenis a

Leia mais

Educação Física! Agrupamento de Escolas Martim de Freitas! Francisco Pinto

Educação Física! Agrupamento de Escolas Martim de Freitas! Francisco Pinto ì Educação Física! Agrupamento de Escolas Martim de Freitas! Francisco Pinto Caraterização! Voleibol! Caraterização Voleibol é um jogo desportivo colectivo praticado por duas equipas, separadas por uma

Leia mais

REGRAS DE ANDEBOL 7º ANO

REGRAS DE ANDEBOL 7º ANO AGRUPAMENTO VERTICAL DE ESCOLAS DE LEÇA DA PALMEIRA/STA. CRUZ DO BISPO Ano Letivo de 20012/2013 O que é o andebol? REGRAS DE ANDEBOL 7º ANO O Andebol é um desporto coletivo inventado por um alemão, Karl

Leia mais

SECRETARIA REGIONAL DA EDUCAÇÃO E CULTURA GABINETE COORDENADOR DO DESPORTO ESCOLAR 1º CICLO DO ENSINO BÁSICO

SECRETARIA REGIONAL DA EDUCAÇÃO E CULTURA GABINETE COORDENADOR DO DESPORTO ESCOLAR 1º CICLO DO ENSINO BÁSICO SECRETARIA REGIONAL DA EDUCAÇÃO E CULTURA GABINETE COORDENADOR DO DESPORTO ESCOLAR 1º CICLO DO ENSINO BÁSICO ANO LECTIVO 2011/2012 PARTICIPAÇÃO Todos os jogos das modalidades colectivas serão disputados

Leia mais

Regulamento da Taça Escola

Regulamento da Taça Escola Secção de Educação Física e de Desporto Regulamento da Taça Escola 2016-17 1.- A Taça Escola é uma competição desportiva que é disputada entre as turmas de cada escalão e que decorre ao longo de todo o

Leia mais

Agrupamento de Escolas Eng. Fernando Pinto de Oliveira FUTEBOL (DE 11)

Agrupamento de Escolas Eng. Fernando Pinto de Oliveira FUTEBOL (DE 11) Agrupamento de Escolas Eng. Fernando Pinto de Oliveira Ano Letivo 2016/2017 FUTEBOL (DE 11) O QUE É O FUTEBOL? É um jogo desportivo coletivo praticado por duas equipas de 11 jogadores. O jogo é dirigido

Leia mais

Badminton. badminton. badminton. badminton. badminton 3/27/2014. Caraterização. Caraterização. O Campo. Duração do Jogo

Badminton. badminton. badminton. badminton. badminton 3/27/2014. Caraterização. Caraterização. O Campo. Duração do Jogo Caraterização Educação Física Agrupamento de Escolas Martim de Freitas Francisco Pinto Caraterização O Campo O é um jogo desportivo de raquetes cujo objectivo é marcar pontos e evitar que o adversário

Leia mais

7 ANO APOSTILA DE EDUCAÇÃO FÍSICA

7 ANO APOSTILA DE EDUCAÇÃO FÍSICA 7 ANO APOSTILA DE EDUCAÇÃO FÍSICA FABRÍCIO RAMALHO DA COSTA GERSON APARECIDO DE SOUZA JUNIOR ISMAEL FRANCO DE SOUZA MARCOS PAULO DA SILVA COSTA RUBENS VAZ COLÉGIO DA POLÍCIA MILITAR DE GOIÁS POLIVALENTE

Leia mais

BASQUETEBOL. Professor Márcio SISTEMAS DE JOGO DEFENSIVO. Defesa individual

BASQUETEBOL. Professor Márcio SISTEMAS DE JOGO DEFENSIVO. Defesa individual POSICIONAMENTO DOS JOGADORES EM QUADRA E SUAS FUNÇÕES Pivôs: são os jogadores mais altos da equipe, pois têm como objetivo pegar rebotes, tanto na área defensiva como na ofensiva. Os pivôs, geralmente,

Leia mais

Grupo I Voleibol (25 pontos)

Grupo I Voleibol (25 pontos) Agrupamento de Escolas Dr. Vieira de Carvalho PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA DO 3º CICLO DO ENSINO BÁSICO 2014 1ª FASE PROVA DE EDUCAÇÃO FÍSICA Duração da prova: 45 minutos --------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Leia mais

REGRAS DO FooBaSKILL Março 2017

REGRAS DO FooBaSKILL Março 2017 REGRAS DO FooBaSKILL Março 2017 1 INTRODUÇÃO O FooBaSKILL é uma nova disciplina que foi desenvolvida por três professores suíços de educação física e desportiva. Ela põe em prática os atributos do futebol

Leia mais

2.1. História da Modalidade

2.1. História da Modalidade 2.1. História da Modalidade II. Unidade Didáctica de Basquetebol O Basquetebol, considerado um dos desportos mais praticados em todo o mundo, foi criado em Dezembro de 1891, na Universidade de Springfield

Leia mais

CHAVE DO TESTE TEÓRICO ÁRBITROS NACIONAIS E COMISSÁRIOS NOME CAD

CHAVE DO TESTE TEÓRICO ÁRBITROS NACIONAIS E COMISSÁRIOS NOME CAD CHAVE DO TESTE TEÓRICO ÁRBITROS NACIONAIS E COMISSÁRIOS NOME CAD ASSINALE A CARREGADO AS RESPOSTAS CORRECTAS 1. Durante o último minuto de um período suplementar, B4 converte um cesto. Após a reposição

Leia mais

Regras do Jogo - Futsal

Regras do Jogo - Futsal Regras do Jogo - Futsal Pré-Jogo: A escolha dos campos é determinada por um sorteio efetuado por meio de uma moeda. A equipa favorecida pela sorte escolhe a baliza em direção à qual atacará durante a primeira

Leia mais

BASQUETE PROFESSOR: GERSON APARECIDO DE SOUZA JUNIOR

BASQUETE PROFESSOR: GERSON APARECIDO DE SOUZA JUNIOR SECRETARIA DE SEGURANÇA PÚBLICA/SECRETARIA DE EDUCAÇÃO POLÍCIA MILITAR DO ESTADO DE GOIÁS COMANDO DE ENSINO POLICIAL MILITAR COLÉGIO DA POLÍCIA MILITAR UNIDADE POLIVALENTE MODELO VASCO DOS REIS EDUCAÇÃO

Leia mais

Documentos de Apoio - Disciplina de Educação Física 2010-11 ANDEBOL. Caracterização

Documentos de Apoio - Disciplina de Educação Física 2010-11 ANDEBOL. Caracterização ANDEBOL Caracterização O Andebol é um jogo desportivo colectivo, disputado entre duas equipas de sete jogadores efectivos (6 jogadores de campo e um guarda-redes) e cinco suplentes e jogado num campo rectangular.

Leia mais

CONTEÚDO: REGRAS BÁSICAS DO BASQUETEBOL

CONTEÚDO: REGRAS BÁSICAS DO BASQUETEBOL CONTEÚDO: REGRAS BÁSICAS DO BASQUETEBOL O jogo de basquetebol: O basquetebol é jogado por duas (2) equipes de cinco (5) jogadores cada. O objetivo de cada equipe é marcar pontos na cesta dos adversários

Leia mais

Associação de Basquetebol de Aveiro CAD Aveiro ARBITRAGEM PAG. 2 PAG. 3 PAG. 4

Associação de Basquetebol de Aveiro CAD Aveiro ARBITRAGEM PAG. 2 PAG. 3 PAG. 4 Associação de Basquetebol de Aveiro CAD Aveiro ARBITRAGEM Árbitro ou Oficial de Mesa. Uma forma diferente de jogar Basquetebol FEV 2016 Nº 04 Índice: PAG. 2 TERMINOLOGIA DA ARBITRAGEM PAG. 3 MITOS NAS

Leia mais

ALTERAÇÕES ÀS LEIS DO JOGO DO FUTSAL 2011/2012

ALTERAÇÕES ÀS LEIS DO JOGO DO FUTSAL 2011/2012 ALTERAÇÕES ÀS LEIS DO JOGO DO FUTSAL 2011/2012 Para conhecimento geral, informa-se que a FIFA, através da sua Circular Nº 1265, de 09.06.2011, divulgou as alterações às Leis do Jogo do Futsal 2011/2012,

Leia mais

Regras Oficiais de Basquetebol Resumo das principais alterações

Regras Oficiais de Basquetebol Resumo das principais alterações Regras Oficiais de Basquetebol 2017 Resumo das principais alterações Em vigor em Portugal a partir de 22 de Setembro de 2017 Neste documento apresenta-se um resumo das principais alterações da FIBA às

Leia mais

Aula Teórica. Prof. Cláudio Gomes

Aula Teórica. Prof. Cláudio Gomes Aula Teórica História do Basquetebol Em 1891, o director da secção de Educação Física do Springfield College (USA), pediu o Professor James Naismith para criar um actividade que satisfizesse o interesse

Leia mais

Histórico basquetebol James Naismith 1891

Histórico basquetebol James Naismith 1891 BASQUETEBOL Histórico O basquetebol é uma modalidade esportiva coletiva, que foi idealizada nos Estados Unidos da América pelo canadense James Naismith no ano de 1891 na cidade de Springfield no estado

Leia mais

UNIDADE DIDÁCTICA DE BASQUETEBOL

UNIDADE DIDÁCTICA DE BASQUETEBOL ESCOLA BÁSICA DO 2º E 3º CICLOS MARQUÊS DE POMBAL EDUCAÇÃO FÍSICA UNIDADE DIDÁCTICA DE BASQUETEBOL DOCUMENTO DE APOIO 6º ANO CARACTERIZAÇÃO DA MODALIDADE O basquetebol é um jogo desportivo colectivo, pr

Leia mais

TAGUSCUP TORNEIO DE FUTSAL REGRAS DO JOGO. Considerações sobre as Leis de Jogo de Futsal aplicadas na TAGUSCUP

TAGUSCUP TORNEIO DE FUTSAL REGRAS DO JOGO. Considerações sobre as Leis de Jogo de Futsal aplicadas na TAGUSCUP TAGUSCUP TORNEIO DE FUTSAL REGRAS DO JOGO Considerações sobre as Leis de Jogo de Futsal aplicadas na TAGUSCUP 1. Diferenças entre as Leis de Jogo do Futsal e as regras aplicadas na TAGUSCUP Não há faltas

Leia mais

EDUCAÇÃO FÍSICA FUTSAL 1 SITUAÇÕES ESPECIAIS 1.1 PONTAPÉ DE SAÍDA 1.2 GUARDA-REDES 1.3 REPOSIÇÃO DA BOLA EM JOGO

EDUCAÇÃO FÍSICA FUTSAL 1 SITUAÇÕES ESPECIAIS 1.1 PONTAPÉ DE SAÍDA 1.2 GUARDA-REDES 1.3 REPOSIÇÃO DA BOLA EM JOGO EDUCAÇÃO FÍSICA FUTSAL O Futsal é um jogo desportivo colectivo praticado por duas equipas (cada equipa tem: 5 jogadores em campo e 7 suplentes), cujo objectivo é introduzir a bola na baliza adversária

Leia mais

Prof. Ms. Sandro de Souza. Disciplinas: Futebol e Futsal e Aprofundamento em Futebol

Prof. Ms. Sandro de Souza. Disciplinas: Futebol e Futsal e Aprofundamento em Futebol Prof. Ms. Sandro de Souza Disciplinas: Futebol e Futsal e Aprofundamento em Futebol Desenhe um campo de Futebol com as suas dimensões e marcações. A Meta Qual o número mínimo de jogadores, em um time,

Leia mais

Conhecer factores importantes do jogo. Conhecer os elementos diferenciadores de Futebol de 11 e de Futsal. disciplinares

Conhecer factores importantes do jogo. Conhecer os elementos diferenciadores de Futebol de 11 e de Futsal. disciplinares Objectivos Conhecer factores importantes do jogo Conhecer os elementos diferenciadores de Futebol de 11 e de Futsal Conhecer elementos de sanções técnicas e Conhecer elementos de sanções técnicas e disciplinares

Leia mais

Ficha Técnica Título Edição Contactos Concepção e Paginação Contactos Impressão Tiragem Data Livro de Regras Federação de Andebol de Portugal

Ficha Técnica Título Edição Contactos Concepção e Paginação Contactos Impressão Tiragem Data Livro de Regras Federação de Andebol de Portugal livro de regras para o Mini Andebol... vamos jogar ANDEBOL! Não sabes as regras? Nada mais fácil... Eu explico! Ficha Técnica Título Edição Contactos Concepção e Paginação Contactos Impressão Tiragem Data

Leia mais

CONSELHO DE ARBITRAGEM

CONSELHO DE ARBITRAGEM CONSELHO DE ARBITRAGEM Época 2016/2017 Setúbal, 10 de setembro de 2016 Árbitros C3 Grupo D, C4 Grupos B e C, C5 Grupo B, CJ2 e CJ1 Avaliação TESTE ESCRITO 1. Antes do início do jogo o Delegado do clube

Leia mais

ÍNDICE GIRA VOLEI REGRAS DE JOGO CAPÍTULO I FUNDAMENTOS E REGRAS DO JOGO. REGRA 1 Terreno de jogo (figs. 1 e 2) 1.1 Superfície de jogo. 1.

ÍNDICE GIRA VOLEI REGRAS DE JOGO CAPÍTULO I FUNDAMENTOS E REGRAS DO JOGO. REGRA 1 Terreno de jogo (figs. 1 e 2) 1.1 Superfície de jogo. 1. ÍNDICE CAPÍTULO I FUNDAMENTOS E REGRAS DO JOGO REGRA 1 Terreno de jogo (figs. 1 e 2) 1.1 Superfície de jogo 1.2 Linhas 1.3 Zona de serviço REGRA 2 Rede e postes 2.1 Altura da rede 2.2 Postes REGRA 3 Equipas

Leia mais

Escola Secundária De São Pedro Da Cova. Voleibol Ano lectivo 2010/2011 1

Escola Secundária De São Pedro Da Cova. Voleibol Ano lectivo 2010/2011 1 Escola Secundária De São Pedro Da Cova Voleibol 25-01-2011 Ano lectivo 2010/2011 1 índice Serviço Recepção Passe de costas Remates Manchete Situação de jogo Vídeo Objectivo do jogo Terreno de jogo Toques

Leia mais

A partida sera jogada por duas equipas, compreendendo cada uma o ma ximo de sete jogadores em campo, um dos quais sera o guarda-redes.

A partida sera jogada por duas equipas, compreendendo cada uma o ma ximo de sete jogadores em campo, um dos quais sera o guarda-redes. Torneio de Futebol Hernâni Gonçalves Regras do jogo NU MERO DE JOGADORES A partida sera jogada por duas equipas, compreendendo cada uma o ma ximo de sete jogadores em campo, um dos quais sera o guarda-redes.

Leia mais

FEDERAÇÃO PORTUGUESA DE FUTEBOL CONSELHO DE ARBITRAGEM

FEDERAÇÃO PORTUGUESA DE FUTEBOL CONSELHO DE ARBITRAGEM FEDERAÇÃO PORTUGUESA DE FUTEBOL CONSELHO DE ARBITRAGEM 1ªAção de AC1 e AAC1 de Futebol Tomar, 4 de agosto de 2016 ÉPOCA 2016/2017..TESTE ESCRITO LEIS DE JOGO (2) Leia atentamente as instruções seguintes.

Leia mais

Sessão de esclarecimentos sobre as alterações

Sessão de esclarecimentos sobre as alterações Sessão de esclarecimentos sobre as alterações 2010-2011 Informação a Entregar/Indicar ao Árbitro antes do Início do Jogo Documentação Modelo 144 ou 144-A totalmente preenchido de acordo com o Comunicado

Leia mais

Basquetebol. Objetivo O objetivo do jogo é introduzir a bola no cesto do adversário e evitar que a outra equipa marque pontos. Material.

Basquetebol. Objetivo O objetivo do jogo é introduzir a bola no cesto do adversário e evitar que a outra equipa marque pontos. Material. Origem e Regras Origem A descoberta do basquetebol, enquanto modalidade, teve lugar em Massachussets, em 1891. O seu inventor foi James Naismith, professor de anatomia da School for Christian Workers (hoje

Leia mais

Departamento Técnico

Departamento Técnico Departamento Técnico Modificações nas Regras Oficiais de Basquetebol Maio de 2003 As seguintes modificações das Regras Oficiais de Basquetebol entraram em vigor a partir de 01 de outubro de 2003. Aproveitamos

Leia mais

Regras do Jogo. Regras Subbuteo (PT) Posse de Bola. Pontapé de saída. Intercepção

Regras do Jogo. Regras Subbuteo (PT) Posse de Bola. Pontapé de saída. Intercepção Regras Subbuteo (PT) Regras do Jogo Posse de Bola A acontecer esta situação, a equipa defensora pode reclamar BACK e a bola mudará 1.1. A equipa que possui a bola será denominada equipa atacante e a outra

Leia mais

Sporting Clube Marinhense

Sporting Clube Marinhense Torneio do Vidreiro Street Basket 3x3 As Regras Oficiais de Basquetebol da FIBA do jogo são válidas para todas as situações de jogo não especificamente mencionadas nas Regras do Jogo 3x3 aqui contidas.

Leia mais

2012 / Programa Nestum Rugby nas Escolas. Introdução ao Tag-Rugby e ao Bitoque

2012 / Programa Nestum Rugby nas Escolas. Introdução ao Tag-Rugby e ao Bitoque 2012 / 2013 Programa Nestum Rugby nas Escolas Introdução ao Tag-Rugby e ao Bitoque Introdução O que é o TAG RUGBY? O Tag Rugby é usado como uma alternativa de ensino do rugby de XV nas escolas, ou como

Leia mais

CURSO de FORMAÇÃO ÁRBITROS de ANDEBOL

CURSO de FORMAÇÃO ÁRBITROS de ANDEBOL CURSO de FORMAÇÃO ÁRBITROS de ANDEBOL JUVENIS JUNIORES SENIORES INICIADOS INFANTIS MINIS VETERANOS 1 VETERANOS 2 2 X 30 min 2 X 25 min 2 X 20 min INTERVALO 10 min (Seniores 15 min) PROLONGAMENTO Após

Leia mais

LEI 1 - Superfície de Jogo

LEI 1 - Superfície de Jogo Superfície de Jogo LEI 1 - Superfície de Jogo Zona de Substituições Substitutos Cronometrista Substitutos 25 cm 5 metros 10 metros 5 metros 5 metros Máxim 5 metros a 25 m 6 metros Mínima 3,16 m 10 metros

Leia mais

VOLEIBOL 8º Ano. Voleibol. Origem e Evolução: 07/05/2013. William Morgan 1895 ACM s. Tênis Minonette

VOLEIBOL 8º Ano. Voleibol. Origem e Evolução: 07/05/2013. William Morgan 1895 ACM s. Tênis Minonette VOLEIBOL 8º Ano Profª SHEILA - Prof. DANIEL Origem e Evolução: William Morgan 1895 ACM s Tênis Minonette Brasil 1915 Pernambuco Colégio Marista ou ACM s São Paulo 1916 1954 CBV 1982 afirmação brasileira

Leia mais

Nome: Turma: Disciplina: Ed. Física Professores: Raphaella e Juliano Data: / 03 /2017 Material: Apostila sobre Basquete HISTÓRICO DO BASQUETE

Nome: Turma: Disciplina: Ed. Física Professores: Raphaella e Juliano Data: / 03 /2017 Material: Apostila sobre Basquete HISTÓRICO DO BASQUETE Amado seja por toda parte o Sagrado Coração de Jesus! Nome: Turma: Disciplina: Ed. Física Professores: Raphaella e Juliano Data: / 03 /2017 Material: Apostila sobre Basquete HISTÓRICO DO BASQUETE Basquetebol,

Leia mais

Fase Preparatória Objectivos Operacionais Estratégias / Organização Objectivos comportamentais / Componentes críticas

Fase Preparatória Objectivos Operacionais Estratégias / Organização Objectivos comportamentais / Componentes críticas Professor: Rui Morcela Ano Lectivo: 2009/10 Ano: 8º Turma: A Nº Alunos: 20 Aula Nº: 11 e 12 Aula U.D. Nº: 7 e 8 de 10 Instalações: Pavilhão Data: 13-10-2009 Hora: 10h15min Duração: 75 minutos Unidade Didáctica:

Leia mais

O voleibol é um jogo desportivo colectivo praticado por duas equipas, cujo objectivo é

O voleibol é um jogo desportivo colectivo praticado por duas equipas, cujo objectivo é Caracterização do O voleibol é um jogo desportivo colectivo praticado por duas equipas, cujo objectivo é enviar a bola por cima da rede, fazendo-a cair no campo adversário e evitando que ela caia no nosso

Leia mais

REGRAS OFICIAIS (simplificadas) O CAMPO O MATERIAL OS JOGADORES O SORTEIO. O campo deve ser traçado como mostra o diagrama. O volante e a raqueta

REGRAS OFICIAIS (simplificadas) O CAMPO O MATERIAL OS JOGADORES O SORTEIO. O campo deve ser traçado como mostra o diagrama. O volante e a raqueta REGRAS OFICIAIS (simplificadas) O CAMPO O campo deve ser traçado como mostra o diagrama. O MATERIAL O volante e a raqueta OS JOGADORES O jogo pode ser disputado por dois jogadores de cada lado (pares Homens,

Leia mais

1. Quais das seguintes características se aplicam às balizas?

1. Quais das seguintes características se aplicam às balizas? A s s o c i a ç ã o d e F u t e b o l d e C o i m b r a Conselho de Arbitragem Teste Escrito Árbitros C3 e Observadores ÉPOCA 2014/2015 DATA 06-02-2015 Futebol 11 Local Escola Secundária José Falcão TESTE

Leia mais

EDUCAÇÃO FÍSICA 3 ANO

EDUCAÇÃO FÍSICA 3 ANO EDUCAÇÃO FÍSICA 3 ANO PROF. KIM RAONE PROF. MARCUS MELO ENSINO MÉDIO CONTEÚDOS E HABILIDADES Unidade IV Esportes coletivos 2 CONTEÚDOS E HABILIDADES Aula 11.2 Conteúdo Fundamentos do basquetebol 3 CONTEÚDOS

Leia mais

Ténis (Regras) Conteúdos a abordar:

Ténis (Regras) Conteúdos a abordar: Ténis (Regras) Conteúdos a abordar: O campo Acessórios permanentes Bola e raquete Servidor e recebedor Escolha de lado e serviço Serviço Falta de pé Execução do serviço Falta no serviço Segundo serviço

Leia mais

1 O B J E C T I V O C O M P O S I Ç Ã O

1 O B J E C T I V O C O M P O S I Ç Ã O Página1 REGRAS DE SNOOKER 1 O B J E C T I V O C O M P O S I Ç Ã O São utilizadas uma bola branca e quinze bolas coloridas, numeradas de 1 a 15. Um dos jogadores deverá embolsar as bolas do grupo numerado

Leia mais

A AGRESSIVIDADE OFENSIVA

A AGRESSIVIDADE OFENSIVA TEMA: A IMPORTÂNCIA DO TRABALHO DE PÉS COMO FUNDAMENTO PARA A AGRESSIVIDADE OFENSIVA por MANUEL CAMPOS TEMA: A IMPORTÂNCIA DO TRABALHO DE PÉS COMO FUNDAMENTO PARA A AGRESSIVIDADE OFENSIVA Muitos treinadores

Leia mais

Clínica de Arbitragem do dia 24/09/2016. Oficial de Arbitragem:...

Clínica de Arbitragem do dia 24/09/2016. Oficial de Arbitragem:... Clínica de Arbitragem do dia 24/09/2016 Oficial de Arbitragem:... AVALIAÇÃO TEORICA GABARITO 1. B1 comete uma falta pessoal em A1, quando A1 está em ato de arremesso (tentativa de dois pontos). Atenção:

Leia mais

Componentes Técnicas. Fig. 1 Tabela de Basquetebol. Fig. 2 Campo de Basquetebol

Componentes Técnicas. Fig. 1 Tabela de Basquetebol. Fig. 2 Campo de Basquetebol BASQUETEBOL Componentes Técnicas O Basquetebol é um jogo desportivo colectivo praticado por duas equipas, cujo objectivo é introduzir a bola no cesto da equipa adversária (marcando pontos) e, simultaneamente,

Leia mais

Comportamento dos jogadores. Associação de Ténis de Mesa do Distrito de Viseu Filipe Manuel Lima

Comportamento dos jogadores. Associação de Ténis de Mesa do Distrito de Viseu Filipe Manuel Lima Comportamento dos jogadores COMPORTAMENTO Os jogadores e treinadores devem evitar atitudes que possam afectar de forma desleal os adversários, ofender os espectadores ou provocar descrédito na modalidade,

Leia mais

REGULAMENTO ESPECÍFICO TAG-RUGBY

REGULAMENTO ESPECÍFICO TAG-RUGBY REGULAMENTO ESPECÍFICO TAG-RUGBY 2013-2017 ÍNDICE 1. Organização dos Torneios 3 1.1 Fases dos Torneios 3 1.2 Constituição das Equipas 3 1.3 Quadros Competitivos 3 1.4 Tempo de Jogo 5 1.5 Pontuação 6 2.

Leia mais

CONSELHO DE ARBITRAGEM

CONSELHO DE ARBITRAGEM CONSELHO DE ARBITRAGEM Avaliação Época 2015/2016 Setúbal, 28 de novembro de 2015 Observadores Distritais TESTE ESCRITO 1. Qual o procedimento do árbitro, em termos técnicos, se verificar a entrada em campo,

Leia mais

DOCUMENTO ORIENTADOR BADMINTON COLÉGIO TERESIANO BRAGA 1. O CAMPO

DOCUMENTO ORIENTADOR BADMINTON COLÉGIO TERESIANO BRAGA 1. O CAMPO COLÉGIO TERESIANO BRAGA DOCUMENTO ORIENTADOR BADMINTON 1. O CAMPO O jogo realiza-se num campo retangular com 13,40 m x 5,18 metros para jogos de singulares e 13,40 m x 6,10 m para jogos de pares, limitados

Leia mais

Festival de Jogos 6º ao 8º ano do Ensino Fundamental/2017 REGULAMENTO ESPECÍFICO DAS MODALIDADES

Festival de Jogos 6º ao 8º ano do Ensino Fundamental/2017 REGULAMENTO ESPECÍFICO DAS MODALIDADES Festival de Jogos 6º ao 8º ano do Ensino Fundamental/2017 REGULAMENTO ESPECÍFICO DAS MODALIDADES TAPABOL 1) Os jogos terão 16 minutos de duração. Aos 8 minutos será feita a inversão de quadra. Vencerá

Leia mais

EDUCAÇÃO FÍSICA 1 ANO 4 BIMESTRE PROF: ISMAEL/RUBENS

EDUCAÇÃO FÍSICA 1 ANO 4 BIMESTRE PROF: ISMAEL/RUBENS SECRETARIA DE SEGURANÇA PÚBLICA/SECRETARIA DE EDUCAÇÃO POLÍCIA MILITAR DO ESTADO DE GOIÁS COMANDO DE ENSINO POLICIAL MILITAR COLÉGIO DA POLÍCIA MILITAR UNIDADE POLIVALENTE MODELO VASCO DOS REIS EDUCAÇÃO

Leia mais

Colégio Adventista de Rio Preto. Prof. Daniel Prandi Prof. Sheila Molina

Colégio Adventista de Rio Preto. Prof. Daniel Prandi Prof. Sheila Molina Colégio Adventista de Rio Preto Prof. Daniel Prandi Prof. Sheila Molina Futebol de Salão - Futsal Caracterização: É um jogo coletivo desportivo, entre duas equipes, sendo cada uma constituída por doze

Leia mais

Torneio Masculino de Fut3 REGULAMENTO

Torneio Masculino de Fut3 REGULAMENTO REGULAMENTO CAPÍTULO I 1. Generalidades 1.1. Todos os jogos serão realizados no Salão da Associação Cultural e Recreativa de Maceirinha; 1.2. Não são permitidas alterações de horários ou adiamento de jogos;

Leia mais

2012/13 ESCOLA SECUNDÁRIA DA LOUSÃ CORFEBOL DOCUMENTO DE APOIO CARLOS QUARESMA

2012/13 ESCOLA SECUNDÁRIA DA LOUSÃ CORFEBOL DOCUMENTO DE APOIO CARLOS QUARESMA 2012/13 ESCOLA SECUNDÁRIA DA LOUSÃ CORFEBOL DOCUMENTO DE APOIO CARLOS QUARESMA ÁREA CURRICULAR DE EDUCAÇÃO FÍSICA CURSO FORMAÇÃO PROFISSIONAL Sebenta de CORFEBOL Documento de Apoio 1 Índice História Regras

Leia mais

Corfebol. Sinais dos Árbitros

Corfebol. Sinais dos Árbitros Corfebol Sinais dos Árbitros 2006 Este livro deve ser considerado um apêndice às Regras de Corfebol. Contém os sinais aprovados para serem utilizados pelos Árbitros de Corfebol. Todos os sinais devem ser

Leia mais

EDUCAÇÃO FÍSICA 6ª PROVA 5º ANO 2016

EDUCAÇÃO FÍSICA 6ª PROVA 5º ANO 2016 EDUCAÇÃO FÍSICA 6ª PROVA 5º ANO 2016 Handebol Devido ao fato do esporte ter sido desenvolvido por um professor de educação física, o handebol ganhou grande aceitação nas escolas e colégios de muitos países,

Leia mais

Associação de Futebol de Aveiro Conselho de Arbitragem Prova Escrita Árbitros FUTSAL Classificativo. Época 2016 /

Associação de Futebol de Aveiro Conselho de Arbitragem Prova Escrita Árbitros FUTSAL Classificativo. Época 2016 / Associação de Futebol de Aveiro Conselho de Arbitragem Prova Escrita Árbitros FUTSAL Classificativo Época 2016 / 2017 03-09-2016 Leia atentamente as instruções seguintes: Para cada questão, escolha uma

Leia mais

Cada equipe tem um ou dois capitães, que são os responsáveis pela comunicação com a arbitragem.

Cada equipe tem um ou dois capitães, que são os responsáveis pela comunicação com a arbitragem. Resumo das Regras de Rúgbi em Cadeira de Rodas Quadra de e equipamento de jogo Rúgbi em cadeira de rodas é jogado em qualquer quadra de basquete de medida 28m por 15m. A Quadra é marcada pelas linhas de

Leia mais

Associação de Futebol da Guarda Rua Comandante Salvador Nascimento Lote LC Guarda

Associação de Futebol da Guarda Rua Comandante Salvador Nascimento Lote LC Guarda Associação de Futebol da Guarda Rua Comandante Salvador Nascimento Lote LC3 6300 678 Guarda CONSELHO DE ARBITRAGEM 1- Antes do início do jogo o delegado da equipa visitante informa-o que pretende protestar

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE BENAVENTE

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE BENAVENTE AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE BENAVENTE Informação - Prova de Equivalência à Frequência 2º Ciclo do Ensino Básico 2015 Alunos com Necessidades Educativas Especiais Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 julho Aprovado

Leia mais

AS REGRAS DO NEYMAR JR S FIVE

AS REGRAS DO NEYMAR JR S FIVE REGRAS DO JOGO AS REGRAS DO NEYMAR JR S FIVE 1. "OUTPLAY THEM ALL" 2. O CAMPO DO JOGO 3. GOL 4. PLACAS 5. O NÚMERO DE JOGADORES 6. O EQUIPAMENTO DOS JOGADORES 7. A BOLA 8. O ÁRBITRO 9. A DURAÇÃO DA PARTIDA

Leia mais

Voleibol. Origem e Regras Origem

Voleibol. Origem e Regras Origem Origem e Regras Origem Originariamente designado por minonette, o jogo foi inventado em 1895, no estado de Massachusetts, EUA, por William G. Morgan, como resposta ao recém-criado basquetebol. Objetivo

Leia mais

COLÉGIO D. PEDRO II- AMERICANA SP APOSTILA DE EDUCAÇÃO FÍSICA 8º E 9º ANO FUTSAL

COLÉGIO D. PEDRO II- AMERICANA SP APOSTILA DE EDUCAÇÃO FÍSICA 8º E 9º ANO FUTSAL COLÉGIO D. PEDRO II- AMERICANA SP APOSTILA DE EDUCAÇÃO FÍSICA 8º E 9º ANO FUTSAL O futebol é um esporte coletivo jogado principalmente com os pés, como seu nome próprio diz (foot=pé, ball=bola). O futebol

Leia mais

Documento de Apoio de Basquetebol

Documento de Apoio de Basquetebol I HISTÓRIA DO BASQUETEBOL A história do basquetebol tem praticamente origem com o aparecimento do homem na terra. A sua sobrevivência resultou dos meios que dispunha: a caça e a pesca. Mas para o conseguir

Leia mais

CAPÍTULO Tirar vantagem tática. Capacidades táticas. Pablo Juan Greco Gustavo de Conti T. Costa Juan Carlos P. Moraes

CAPÍTULO Tirar vantagem tática. Capacidades táticas. Pablo Juan Greco Gustavo de Conti T. Costa Juan Carlos P. Moraes 5 CAPÍTULO Capacidades táticas Pablo Juan Greco Gustavo de Conti T. Costa Juan Carlos P. Moraes 5.1.3 Tirar vantagem tática cap5.1.3.indd 1 27/05/13 18:07 cap5.1.3.indd 2 27/05/13 18:07 APRENDIZAGEM TÁTICA

Leia mais

Avaliação N2 do 1º trimestre Disciplina: Educação Física

Avaliação N2 do 1º trimestre Disciplina: Educação Física Centro Educacional Sesc Cidadania Ensino Fundamental Anos Finais Goiânia, / /2017. 7º ano Turma: nº Nome do (a) Aluno (a): Professor (a): Valéria de Paula Silva Valor: 10,0 Nota Instruções 1- Utilize somente

Leia mais

DISTRIBUIÇÃO: ASSOCIAÇÕES REGIONAIS, APAOMA, CLUBES, QUADROS DE ARBITRAGEM E DEMAIS AGENTES DESPORTIVOS.

DISTRIBUIÇÃO: ASSOCIAÇÕES REGIONAIS, APAOMA, CLUBES, QUADROS DE ARBITRAGEM E DEMAIS AGENTES DESPORTIVOS. 28 DISTRIBUIÇÃO: ASSOCIAÇÕES REGIONAIS, APAOMA, CLUBES, QUADROS DE ARBITRAGEM E DEMAIS AGENTES DESPORTIVOS. ASSUNTO: LIVRO DE REGRAS PRECISÕES, ORIENTAÇÕES E PROCEDIMENTOS - ÉPOCA 2011/2012 Em anexo se

Leia mais

Exercícios para Aperfeiçoamento da Defesa Individual Homem-a-Homem

Exercícios para Aperfeiçoamento da Defesa Individual Homem-a-Homem Exercícios para Aperfeiçoamento da Defesa Individual Homem-a-Homem Pressionar a bola torna o drible e o passe mais difíceis, e aumenta as chances de ocorrer um erro do ataque. O objectivo principal é impedir

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE BENAVENTE

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE BENAVENTE AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE BENAVENTE Informação Prova de Equivalência à Frequência Prática 3º Ciclo do Ensino Básico 2014/2015 Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 julho Aprovado em Conselho Pedagógico de 06

Leia mais

II aeestsp Course Cup

II aeestsp Course Cup II aeestsp Course Cup Regulamento Futebol de 5 INTRODUÇÃO As Leis do Jogo Futsal da Federação Portuguesa de Futebol aplicam-se a este torneio, com adaptação adequada das regras às condições de realização

Leia mais

COMISSÃO NACIONAL DE ARBITRAGEM CNA ANEXO X ORIENTAÇÕES ÀS MUDANÇAS DAS REGRAS A PARTIR DE 01 DE JULHO

COMISSÃO NACIONAL DE ARBITRAGEM CNA ANEXO X ORIENTAÇÕES ÀS MUDANÇAS DAS REGRAS A PARTIR DE 01 DE JULHO COMISSÃO NACIONAL DE ARBITRAGEM CNA ANEXO X ORIENTAÇÕES ÀS MUDANÇAS DAS REGRAS A PARTIR DE 01 DE JULHO 1. Goleiro como um jogador de quadra. A regra era seis (06) jogadores de quadra + 1 goleiro. Pela

Leia mais

*Esta é a versão 1.2 do Neymar Jr s Five 2017 está sujeita a alterações.

*Esta é a versão 1.2 do Neymar Jr s Five 2017 está sujeita a alterações. *Esta é a versão 1.2 do Neymar Jr s Five 2017 está sujeita a alterações. REGRAS DO JOGO NEYMAR JR S FIVE* 1. FINTA-OS A TODOS 2. O CAMPO DO JOGO 3. BALIZA 4. NÚMERO DE JOGADORES 5. EQUIPAMENTO DOS JOGADORES

Leia mais

XXXII TORNEIO DE FUTEBOL DE SALÃO GRUPO DESPORTIVO OLIVEIRA DE FRADES

XXXII TORNEIO DE FUTEBOL DE SALÃO GRUPO DESPORTIVO OLIVEIRA DE FRADES XXXII TORNEIO DE FUTEBOL DE SALÃO GRUPO DESPORTIVO OLIVEIRA DE FRADES REGULAMENTO 1. O XXXII Torneio de Futebol de Salão inicia a 22/06/2013, no campo sintético de futebol de cinco, no Parque Desportivo

Leia mais

Festival de Jogos 9ª ano e Ensino Médio/2017 REGULAMENTO ESPECÍFICO DAS MODALIDADES

Festival de Jogos 9ª ano e Ensino Médio/2017 REGULAMENTO ESPECÍFICO DAS MODALIDADES Festival de Jogos 9ª ano e Ensino Médio/2017 REGULAMENTO ESPECÍFICO DAS MODALIDADES TAPABOL 1) Os jogos terão 16 minutos de duração. Aos 8 minutos será feita a inversão de quadra. Vencerá a equipe que

Leia mais

Ação de Formação para Treinadores organizada pela Associação de Basquetebol do Porto. Guifões 21/05/2012. Conceitos defensivos a desenvolver nos S14

Ação de Formação para Treinadores organizada pela Associação de Basquetebol do Porto. Guifões 21/05/2012. Conceitos defensivos a desenvolver nos S14 Ação de Formação para Treinadores organizada pela Associação de Basquetebol do Porto Guifões 21/05/2012 Introdução: Os jogadores Conceitos defensivos a desenvolver nos S14 Os nossos jogadores sabem cada

Leia mais

Perguntas / Respostas:

Perguntas / Respostas: A s s o c i a ç ã o d e F u t e b o l d e C o i m b r a Conselho de Arbitragem 3º Teste Regulamentar Árbitros de Categoria C3 a, b, c de Futsal ÉPOCA 2014/2015 DATA 29-03-2015 Futsal Local Escola Dom Dinis

Leia mais

REGULAMENTO RUGBY DE PRAIA

REGULAMENTO RUGBY DE PRAIA REGULAMENTO RUGBY DE PRAIA Objecto 1. O presente regulamento foi realizado pela organização do Summer Games Festival, em consonância com todo o Staff e seus coordenadores. Organizador e Promotor 1. O Torneio

Leia mais

DESPORTO NA ESCOLA 2016/2017 TORNEIO CONCELHIO DO JOGO DO MATA Documento Orientador

DESPORTO NA ESCOLA 2016/2017 TORNEIO CONCELHIO DO JOGO DO MATA Documento Orientador Equipa A Linha de fundo Zona de arbitragem DESPORTO NA ESCOLA 2016/2017 Data: 16 e 17 de Janeiro Apuramento - Pavilhão Desportivo Guilherme Pinto Basto 19 e 20 de Janeiro Apuramento - Clube Futebol de

Leia mais

Associação de Futebol de Vila Real

Associação de Futebol de Vila Real Época 2007/08 Teste Escrito n.º 16 Candidatos aos Quadros acionais (Grupo C) Vila Real, 26 de Janeiro de 2008 Duração de 60 minutos ão Responder apenas Sim ou ão Cotação (Certa 5; parcial/ certa sem falha

Leia mais

Nome: Inês Rodrigues Número: 10 Turma: 9ºC Disciplina: Ed. Física Professor: Mónica Capitão

Nome: Inês Rodrigues Número: 10 Turma: 9ºC Disciplina: Ed. Física Professor: Mónica Capitão Nome: Inês Rodrigues Número: 10 Turma: 9ºC Disciplina: Ed. Física Professor: Mónica Capitão - BASQUETEBALL O basquete é um desporto coletivo inventado em 1891 pelo professor de educação física canadense

Leia mais

Basquetebol. Educação Física 9º B. Escola EB 2/3 Júlio Dinis 2011/2012. Núcleo de Estágio de Educação Física e Desporto Sandra Barbosa

Basquetebol. Educação Física 9º B. Escola EB 2/3 Júlio Dinis 2011/2012. Núcleo de Estágio de Educação Física e Desporto Sandra Barbosa Educação Física 9º B Escola EB 2/3 Júlio Dinis 2011/2012 Núcleo de Estágio de Educação Física e Desporto Sandra Barbosa ÍNDICE INTRODUÇÃO... 4 1- CARACTERIZAÇÃO DA MODALIDADE... 5 REGULAMENTO... 5 CAMPO...

Leia mais

!" # $ $ ( (* $ ( (+. %, $ ( (+ 1º ÁRBITRO 2º ÁRBITRO ZONA DE DEFESA DEFESA ATAQUE ATAQUE ZONA DE SUBSTITUIÇÃO BANCO SUPLENTES

! # $ $ ( (* $ ( (+. %, $ ( (+ 1º ÁRBITRO 2º ÁRBITRO ZONA DE DEFESA DEFESA ATAQUE ATAQUE ZONA DE SUBSTITUIÇÃO BANCO SUPLENTES º ÁRBITRO 9 metros ZONA DE DEFESA 3 metros 3 metros ZONA DE ATAQUE ZONA DE ATAQUE metros ZONA DE DEFESA ZONA DE SERVIÇO ZONA DE SERVIÇO metros ZONA DE SUBSTITUIÇÃO 2º ÁRBITRO BANCO SUPLENTES ZONA DE AQUECIMENTO

Leia mais

Futebol. Origem. Caraterização

Futebol. Origem. Caraterização Origem Foi na Grã-Bretanha, durante o Séc. XIX que as suas regras começaram a ser definidas e a aproximar-se das que hoje são praticadas. O primeiro regulamento data de 1823 e a primeira associação de

Leia mais