Tecnologias Internet

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Tecnologias Internet"

Transcrição

1 Tecnologias Internet Ano Lectivo 2012/2013 * 2º Semestre Licenciaturas em Engenharia Informática (5378) Tecnologias e Sistemas da Informação (6625) Aula 4 Nuno M. Garcia,

2 Fizeram isto??? TPC da aula passada Ver o sítio http/ Tentar usar o programa TELNET para conectar com o sítio do DI ( ou do NINF (ninf.ubi.pt). Nesta aula: vamos continuar a ver a estrutura de um documento HTML 4.01, e vamos ver exemplos de HTML 5.0

3 Agenda: Dia do profissional (follow up 2) Aulas práticas (sobrecarga de turmas 2) Revisões de conceitos importantes estrutura de um documento HTTP

4 R Tecnologias da Internet Pedido Resposta V 4

5 R Tecnologias da Internet Pedidos HTTP: GET HEAD PUT... alguns outros (é matéria de TPC) 5

6 R Tecnologias da Internet Um comando HTTP tem o seguinte formato genérico: <linha inicial, diferente para pedido e resposta> Header1: valor1 Header2: valor2 Header3: valor3 <linhas opcionais que contêm o corpo da mensagem. pode ter qualquer comprimento e incluir dados que não sejam de texto. o tamanho é controlado pela opção Content-Length no cabeçalho e o tipo de dados é controlado pela opção Content-Type também do cabeçalho> 6

7 R Tecnologias da Internet Existem outras formas de enviar dados ao servidor de HTTP. Em vez de usar um POST, podem enviar-se pedidos ao servidor usando o URL. GET /path/script.cgi?field1=valor1&field2=valor2 HTTP/1.0 Por exemplo: :-) 7

8 R Tecnologias da Internet SGML e HTML Standard Generalized Markup Language Hypertext Markup Language O SGML é um sistema para definir uma Linguagem com Marcação (Markup Language). Numa linguagem com marcação os autores marcam os seus documentos por forma a incluir informação estrutural, de apresentação e informação semântica integrada no conteúdo do documento. O HTML é um uma SGML. 8

9 R Tecnologias da Internet Uma linguagem com marcação definida em SGML é dita uma aplicação de SGML. Uma aplicação de SGML é geralmente caracterizada por ter: uma declaração SGML: define que caracteres e delimitadores podem aparecer na aplicação Uma definição de tipo de documento (Document Type Definition - DTD). O DTD define a sintaxe das construções de marcação. Pode incluir definições adicionais como referências de identidade de caracteres (&lt == <). A especificação da semântica da marcação. Esta especificação impõe restrições à sintaxe. Instâncias do documento contendo dados e marcações. Cada documento contém referência ao DTD usado para o interpretar. 9

10 R Tecnologias da Internet Construtores de SGML presentes no HTML Elementos. Cada elemento é composto normalmente por três partes: etiqueta de início, conteúdo, etiqueta de fim. Há elementos que podem omitir a etiqueta final, como por exemplo, a etiqueta <p> e a etiqueta <li>. Há elementos que podem omitir a etiqueta inicial, como por exemplo a etiqueta <head> e <body>. Os nomes de elementos não são agnósticos em relação às maiúsculas. 10

11 R Tecnologias da Internet Construtores de SGML presentes no HTML Elementos. Esta é a lista de todos os elementos usáveis em HTML 4.01: elements.html 11

12 R Tecnologias da Internet Construtores de SGML presentes no HTML Elementos. Atributos. Os elementos podem ter propriedades associadas, denominadas atributos. Os atributos são definidos na etiqueta de definição do elemento, antes do sinal de >. Os nomes dos atributos são agnósticos quanto ao uso de maísculas. Os valores dos atributos são geralmente agnósticos quanto às maíusculas. Os valores de atributos estão compreendidos entre ou. 12

13 R Tecnologias da Internet Construtores de SGML presentes no HTML Elementos. Atributos. Referências a caracteres. Permitem a inclusão de caracteres no documento ">" representa o sinal > """ representa o caracter " "å" (em decimal) representa a letra a com um pequeno circulo em cima "水" (em hexadecimal) representa o ideograma Chinês para água 13

14 R Tecnologias da Internet Construtores de SGML presentes no HTML Referências a caracteres. Esta é a lista de todas as referências a caracteres usáveis em HTML 4.01: 14

15 R Tecnologias da Internet Construtores de SGML presentes no HTML Elementos. Atributos. Referências a caracteres. Comentários. Os comentários não interpretam o texto. Os comentários têm este aspecto: 15

16 R Tecnologias da Internet A estrutura global de um documento HTML: global.html Os tipos básicos de dados em HTML: 16

17 Questões? 17

18 Teste! 18

19 Um documento HTML é composto por 3 partes: uma linha contendo informação HTML um secção de cabeçalho, delimitada por uma etiqueta HEAD uma secção com o corpo do documento, delimitada por uma etiqueta BODY ou uma etiqueta FRAMESET 19

20 Versão HTML Um documento HTML válido declara que versão de HTML é usada no documento. A declaração DTD identifica essa versão. O HTML 4.01 suporta 3 DTDs; os autores DEVEM incluir uma destas declarações. 20

21 Versão HTML Strict DTD: inclui todos os elementos e atributos que não foram tornados obsoletos ou não aparecem em documentos com molduras (FRAMESETs) 21

22 Versão HTML Loose DTD: inclui todos os elementos e atributos que do Strict DTD e ainda os elementos obsoletos 22

23 Versão HTML Frameset DTD: inclui todos os elementos e atributos anteriores e ainda os elementos que se referem a documentos com molduras (FRAMESETs) 23

24 Além do DTD, que o agente do cliente pode descarregar para interpretar o documento HTML, podem ainda ser especificados ficheiros de entidades de símbolos, como por exemplo HTMLlat1.ent HTMLsymbol.ent HMTLspecial.ent 24

25 HTMLlat1.ent... <!ENTITY nbsp CDATA " " -- no-break space = non-breaking space, U+00A0 ISOnum --> <!ENTITY iexcl CDATA " " -- inverted exclamation mark, U+00A1 ISOnum --> <!ENTITY cent CDATA " " -- cent sign, U+00A2 ISOnum -->... <!ENTITY Acirc CDATA "Â" -- latin capital letter A with circumflex, U+00C2 ISOlat1 --> <!ENTITY Atilde CDATA "Ã" -- latin capital letter A with tilde, U+00C3 ISOlat1 --> <!ENTITY Auml CDATA "Ä" -- latin capital letter A with diaeresis, U+00C4 ISOlat1 --> <!ENTITY Aring CDATA "Å" -- latin capital letter A with ring above = latin capital letter A ring, U+00C5 ISOlat1 -->... 25

26 HTMLsymbol.ent... <!-- Greek --> <!ENTITY Alpha CDATA "Α" -- greek capital letter alpha, U > <!ENTITY Beta CDATA "Β" -- greek capital letter beta, U > <!ENTITY Gamma... <!ENTITY Omega CDATA "Γ" -- greek capital letter gamma, U+0393 ISOgrk3 --> CDATA "Ω" -- greek capital letter omega, U+03A9 ISOgrk3 --> <!ENTITY alpha... CDATA "α" -- greek small letter alpha, U+03B1 ISOgrk3 --> 26

27 HTMLspecial.ent... <!-- C0 Controls and Basic Latin --> <!ENTITY quot CDATA """ -- quotation mark = APL quote, U+0022 ISOnum --> <!ENTITY amp CDATA "&" -- ampersand, U+0026 ISOnum --> <!ENTITY lt CDATA "<" -- less-than sign, U+003C ISOnum --> <!ENTITY gt CDATA ">" -- greater-than sign, U+003E ISOnum --> <!-- Latin Extended-A --> <!ENTITY OElig CDATA "Œ" -- latin capital ligature OE, U+0152 ISOlat2 --> <!ENTITY oelig CDATA "œ" -- latin small ligature oe, U+0153 ISOlat2 -->... 27

28 Secção de Cabeçalho - HEAD 28

29 elementos possíveis na zona HEAD BASE - define o endereço base para os recursos indicados no documento LINK - estabelece relações entre o documento corrente e outros documentos META - define características do documento SCRIPT - embebe scripts no documento (p.e. Javascript) STYLE - usado para embeber uma StyleSheet no documento TITLE - define o título do documento tal como aparece no Browser 29

30 HEAD BASE 30

31 HEAD STYLE 31

32 HEAD LINK 32

33 HEAD META 33

34 HEAD TITLE 34

35 HEAD SCRIPT 35

36 Mais elementos no HEAD META http-equiv refresh expires reply-to content scheme name author description copyright keywords 36

37 HEAD META name 37

38 HEAD META name 38

39 Secção de Cabeçalho - HEAD 39

40 Links úteis b=sty_html_24hours guide/htmlhead.html 40

MODULO 4 DESENVOLVIMENTO DE PÁGINAS WEB ESTÁTICAS. Redes de Comunicação

MODULO 4 DESENVOLVIMENTO DE PÁGINAS WEB ESTÁTICAS. Redes de Comunicação MODULO 4 DESENVOLVIMENTO DE PÁGINAS WEB ESTÁTICAS Redes de Comunicação Regras para um website eficaz Categorização dos conteúdos estrutura lógica dos conteúdos Condensação conteúdos simples e directos

Leia mais

Programação para Internet I 4. XML. Nuno Miguel Gil Fonseca nuno.fonseca@estgoh.ipc.pt

Programação para Internet I 4. XML. Nuno Miguel Gil Fonseca nuno.fonseca@estgoh.ipc.pt Programação para Internet I 4. XML Nuno Miguel Gil Fonseca nuno.fonseca@estgoh.ipc.pt Standard do W3C (www.w3c.org) Formato de ficheiros de texto derivado de SGML (Standard Generalized Markup Language)

Leia mais

Construção de sites Aula 1

Construção de sites Aula 1 Construção de sites Aula 1 Programa Instrutor Universidade Federal do Paraná Pró-reitoria de Assuntos Estudantis Departamento de Informática 31 de Julho de 2010 Indice Estrutura da Internet 1 Estrutura

Leia mais

INTRODUÇÃO AO DESENVOLVIMENTO WEB. PROFª. M.Sc. JULIANA H Q BENACCHIO

INTRODUÇÃO AO DESENVOLVIMENTO WEB. PROFª. M.Sc. JULIANA H Q BENACCHIO INTRODUÇÃO AO DESENVOLVIMENTO WEB PROFª. M.Sc. JULIANA H Q BENACCHIO Declaração DOCTYPE em documentos HTML O W3C (World Wide Web Consortium: www.w3.org), encarregado da criação dos Standard webs, define

Leia mais

TECNOLOGIA WEB INTRODUÇÃO CONSTRUÇÃO DE PÁGINAS ESTÁTICAS HTML / XHTML

TECNOLOGIA WEB INTRODUÇÃO CONSTRUÇÃO DE PÁGINAS ESTÁTICAS HTML / XHTML INTRODUÇÃO CONSTRUÇÃO DE PÁGINAS ESTÁTICAS HTML / XHTML 1 INTRODUÇÃO TECNOLOGIA WEB Começaremos desvendando o poder do desenvolvimento de aplicações baseadas na Web com a XHTML (Extensible HyperText Markup

Leia mais

André Kawamoto NE31A

André Kawamoto NE31A André Kawamoto NE31A Internet Internet: uma coleção de redes Todos os computadores conectados à Internet fazem parte de uma rede (rede local, rede doméstica) Rede de Redes Internet x WWW Internet e World

Leia mais

Tecnologias da Internet

Tecnologias da Internet Ano Lectivo 2012/2013 * 2º Semestre Licenciaturas em Engenharia Informática (5378) Tecnologias e Sistemas da Informação (6625) Aula 3, 8/3/2013 Nuno M. Garcia, ngarcia@di.ubi.pt Coisas para fazer: Descrever

Leia mais

Tecnologias Web. Formulários HTML

Tecnologias Web. Formulários HTML Tecnologias Web Formulários HTML Cristiano Lehrer, M.Sc. Tag form (1/2) Todo formulário em HTML é construído usando elementos dentro de um bloco . O bloco define a URL que receberá o formulário

Leia mais

#Fundamentos de uma página web

#Fundamentos de uma página web INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO NORTE CAMPUS SÃO GONÇALO DO AMARANTE PROGRAMAÇÃO WEB #Fundamentos de uma página web Eliezio Soares elieziosoares@ifrn.edu.br Aula de

Leia mais

XML XML. XML extensible Markup Language HTML. Motivação. W3C: World Wide Web Consortium XML 1.0. Mário Meireles Teixeira DEINF-UFMA

XML XML. XML extensible Markup Language HTML. Motivação. W3C: World Wide Web Consortium XML 1.0. Mário Meireles Teixeira DEINF-UFMA Mário Meireles Teixeira DEINF-UFMA Motivação extensible Markup Language W3C: World Wide Web Consortium http://www.w3.org 1.0 W3C Recommendation, 10/Fev/1998 (inicial) W3C Recommendation, 04/Fev/2004, 3

Leia mais

Tecnologias da Internet (T) Avaliação de Frequência (versão A) 120 minutos * 11.04.2013

Tecnologias da Internet (T) Avaliação de Frequência (versão A) 120 minutos * 11.04.2013 1 Este é o seu teste de avaliação de frequência. Leia as perguntas com atenção antes de responder e tenha atenção que algumas perguntas podem ter alíneas de resposta em páginas diferentes. Escreva as suas

Leia mais

5a. Aula - XML 2013.2

5a. Aula - XML 2013.2 5a. Aula -XML 2013.2 Introdução Criando Documentos XML Validando Documentos XML DTD ( Documents Type Definition) XML Schema ConsultandoXML com Xpath com XQuery Modularizando XML Namespaces Entities TransformandoXML

Leia mais

UFCD 0793 Scripts CGI e Folhas de Estilo Formadora: Sónia Rodrigues

UFCD 0793 Scripts CGI e Folhas de Estilo Formadora: Sónia Rodrigues UFCD 0793 Scripts CGI e Folhas de Estilo Formadora: Sónia Rodrigues 0793 Scripts CGI e folhas de estilo Objectivos da UFCD: Desenvolver páginas para a Web, através de scripts CGI e folhas de estilo. UFCD

Leia mais

Guia de Bolso HTML e XHTML

Guia de Bolso HTML e XHTML Guia de Bolso HTML e XHTML Este guia de bolso oferece uma listagem concisa, porém abrangente, dos elementos e atributos especificados nas Recomendações HTML 4.01 e XHTML 1.0. O texto utiliza a abreviação

Leia mais

3. Construção de páginas web Introdução ao HTML

3. Construção de páginas web Introdução ao HTML 3. Construção de páginas web 3.1. Introdução ao HTML 1 Introdução ao HTML O HTML, HyperText Markup Language, foi desenvolvido para especificar a organização lógica de um documento com extensões de hipertexto,

Leia mais

Desenvolvimento Web. XHTML tag head e tags de texto. Professor: Bruno Gomes

Desenvolvimento Web. XHTML tag head e tags de texto. Professor: Bruno Gomes INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO CIÊNCIA E TECNOLOGIA CURSO TÉCNICO INTEGRADO EM INFORMÁTICA CAMPUS CURRAIS NOVOS Desenvolvimento Web XHTML tag head e tags de texto Professor: Bruno Gomes 2012 INTRODUÇÃO

Leia mais

Introdução à linguagem HTML. Volnys Borges Bernal

Introdução à linguagem HTML. Volnys Borges Bernal 1 Introdução à linguagem HTML Volnys Borges Bernal 2013-2015 Volnys Bernal 2 Introdução à linguagem HTML Sumário Visão geral Primeira página Principais tags Principais atributos Formulários 2011-2015 Volnys

Leia mais

extensible Markup Language (XML) XML é uma linguagem de anotação. XML utiliza tags para descrever informação.

extensible Markup Language (XML) XML é uma linguagem de anotação. XML utiliza tags para descrever informação. extensible Markup Language (XML) XML é uma linguagem de anotação. XML utiliza tags para descrever informação. Em XML, os tags não são pré-definidos. Temos de definir os nossos tags. XML utiliza um Document

Leia mais

XHTML 1.0 DTDs e Validação

XHTML 1.0 DTDs e Validação XHTML 1.0 DTDs e Validação PRnet/2012 Ferramentas para Web Design 1 HTML 4.0 X XHTML 1.0 Quais são os três principais componentes ou instrumentos mais utilizados na internet? PRnet/2012 Ferramentas para

Leia mais

Introdução à Tecnologia Web 2010 HTML HyperText Markup Language XHTML extensible HyperText Markup Language Elementos da Seção do Cabeçalho

Introdução à Tecnologia Web 2010 HTML HyperText Markup Language XHTML extensible HyperText Markup Language Elementos da Seção do Cabeçalho IntroduçãoàTecnologiaWeb2010 HTML HyperTextMarkupLanguage XHTML extensiblehypertextmarkuplanguage ElementosdaSeçãodoCabeçalho ProfªMSc.ElizabeteMunzlinger www.elizabete.com.br ProfªMSc.ElizabeteMunzlinger

Leia mais

XML - Extensible Markup Language

XML - Extensible Markup Language Por Sergio Crespo XML - Extensible Markup Language Extensible Markup Language (XML) é linguagem de marcação de dados (meta-markup language) que provê um formato para descrever dados estruturados. Isso

Leia mais

Quem sou eu? Ana Paula Alves de Lima. Formação: E-mail: paulapeniel@gmail.com

Quem sou eu? Ana Paula Alves de Lima. Formação: E-mail: paulapeniel@gmail.com Introdução a Linguagem HTML: Conceitos Básicos e Estrutura ANA PAULAALVES DE LIMA INFORMÁTICA E METODOLOGIA - SUBSEQUENTE 1 Quem sou eu? Ana Paula Alves de Lima Formação: Bacharel em Sistemas de Informação;

Leia mais

XML Schema. Um XML schema descreve a estrutura de um documento XML.

XML Schema. Um XML schema descreve a estrutura de um documento XML. XML Schema Um XML schema descreve a estrutura de um documento XML. XML Schema é uma linguagem que também costuma ser designada por XML Schema Definition (XSD). XML Schema é uma alternativa aos DTDs. 1

Leia mais

XML e XSL. Ciência da Computação DESENVOLVIMENTO DE APLICAÇÕES PARA WEB. Claudinei Dias email: prof.claudinei.dias@gmail.com

XML e XSL. Ciência da Computação DESENVOLVIMENTO DE APLICAÇÕES PARA WEB. Claudinei Dias email: prof.claudinei.dias@gmail.com Ciência da Computação DESENVOLVIMENTO DE APLICAÇÕES PARA WEB XML e XSL Prof. Claudinei Dias email: prof.claudinei.dias@gmail.com Fundamentos XML Extensible Markup Language Linguagem de marcação de dados

Leia mais

XML: uma introdução prática X100. Helder da Rocha

XML: uma introdução prática X100. Helder da Rocha XML: uma introdução prática X100 Helder da Rocha (helder@argonavis.com.br) Atualizado em setembro de 2001 1 Como criar um documento XML XML não tem comandos, nem operadores, nem funções, nem tipos Não

Leia mais

Introdução à Informática Escola Superior de Tecnologia - Ano Lectivo 2005/06 Prof. Bruno Silva

Introdução à Informática Escola Superior de Tecnologia - Ano Lectivo 2005/06 Prof. Bruno Silva Introdução à Informática Escola Superior de Tecnologia - Ano Lectivo 2005/06 Prof. Bruno Silva Cascading Style Sheets - (CSS] Introdução Uma Style Sheet é um ficheiro que contém regras que dizem ao browser

Leia mais

Web Design Aula 11: XHTML

Web Design Aula 11: XHTML Web Design Aula 11: XHTML Professora: Priscilla Suene priscilla.silverio@ifrn.edu.br Motivação HTML 1.0-2.0: Havia hipertextos, não havia preocupação com a apresentação HTML 3: Guerra dos Browser (Microsoft

Leia mais

Integração Web Services REST Gateway

Integração Web Services REST Gateway Integração Web Services REST Gateway Índice de Conteúdos Introdução Page 3. Plataforma técnica Solicitação de envios SMS Pág. 3. Solicitação JSON Pág. 3 Exemplo solicitação CURL Pág. 4 Exemplo de solicitação

Leia mais

Programação para Internet I

Programação para Internet I Programação para Internet I Aula 03 Prof. Fernando F. Costa nando@fimes.edu.br Prof. Fernando 1 HTML - Acentuação Não é recomendável utilizar acentos em documentos web Problemas Pode haver má interpretação

Leia mais

Introdução à Tecnologia Web HTML HyperText Markup Language XHTML extensible HyperText Markup Language Estrutura Básica do Documento HTML

Introdução à Tecnologia Web HTML HyperText Markup Language XHTML extensible HyperText Markup Language Estrutura Básica do Documento HTML IntroduçãoàTecnologiaWeb HTML HyperTextMarkupLanguage XHTML extensiblehypertextmarkuplanguage EstruturaBásicadoDocumentoHTML ProfªMSc.ElizabeteMunzlinger www.elizabete.com.br ProfªMSc.ElizabeteMunzlinger

Leia mais

Interfaces Pessoa. Laboratório 1. Máquina. HTML, CSS, JS- Introdução

Interfaces Pessoa. Laboratório 1. Máquina. HTML, CSS, JS- Introdução Interfaces Pessoa Máquina Laboratório 1 HTML, CSS, JS- Introdução 01 HTML + CSS + JavaScript Tecnologia para desenvolvimento web: Páginas web Aplicações web Aplicações mobile HTML Linguagem standard para

Leia mais

Tecnologias de Desenvolvimento de Páginas web

Tecnologias de Desenvolvimento de Páginas web Tecnologias de Desenvolvimento de Páginas web HTML DHTML CSS Javascript Visual Basic Script Java HTML Hypertext Markup Language HTML Hypertext Markup Language Linguagem com a qual se definem as páginas

Leia mais

XML para transferência de dados Estrutura hierárquica do XML DTDs e XML Schema Consultas de documentos XML: XPath e XQuery Transformação de

XML para transferência de dados Estrutura hierárquica do XML DTDs e XML Schema Consultas de documentos XML: XPath e XQuery Transformação de Capítulo 9: XML XML para transferência de dados Estrutura hierárquica do XML DTDs e XML Schema Consultas de documentos XML: XPath e XQuery Transformação de documentos XML: XSLT Mapeamento entre documentos

Leia mais

Desenvolvimento em Ambiente Web. HTML - Introdução

Desenvolvimento em Ambiente Web. HTML - Introdução Desenvolvimento em Ambiente Web HTML - Introdução O que é HTML? HTML é uma linguagem para descrever a estrutura de uma página WEB. Ela permite: Publicar documentos online com cabeçalhos, texto, tabelas,

Leia mais

XML (extensible Markup Language) por. Rafael Port da Rocha. (Notas de Aula)

XML (extensible Markup Language) por. Rafael Port da Rocha. (Notas de Aula) XML (extensible Markup Language) por Rafael Port da Rocha (Notas de Aula) 2007 Introcução Componentes de um Documento Eletrônico Digital Conteúdo: formado pelas informações que o documento transmite aos

Leia mais

XTHML. 2. A finalidade do XHTML é substituir o HTML; 3. Vantagens de se usar XHTML (Compatibilidade com futuras aplicações);

XTHML. 2. A finalidade do XHTML é substituir o HTML; 3. Vantagens de se usar XHTML (Compatibilidade com futuras aplicações); 1. XHTML TEM SUA ORIGEM NO XML; 2. A finalidade do XHTML é substituir o HTML; 3. Vantagens de se usar XHTML (Compatibilidade com futuras aplicações); 4. XHTML é uma "Web Standard ; Neste link (http://www.maujor.com/w3c/xhtml10_2ed.html)

Leia mais

ftp://ftp.cr-df.rnp.br/pub/netinfo/training/rnp/kit-bsb/html/guia5.zip 1996 Tutorial - Autoria em World Wide Web

ftp://ftp.cr-df.rnp.br/pub/netinfo/training/rnp/kit-bsb/html/guia5.zip 1996 Tutorial - Autoria em World Wide Web RNP REDE NACIONAL DE PESQUISA Centro Regional de Brasília CR/DF ftp://ftp.cr-df.rnp.br/pub/netinfo/training/rnp/kit-bsb/html/guia5.zip janeiro 1996 Tutorial - Autoria em World Wide Web Parte IV - Hypertext

Leia mais

HTML. Para estruturar informação

HTML. Para estruturar informação HTML Para estruturar informação Não é case sensitive A saber Começar com editores de texto básicos, como notepad Comentários Elemento = {opening tag, [closing tag]} A closing tag não

Leia mais

Fábio Borges de Oliveira. HTML HyperText Markup Language

Fábio Borges de Oliveira. HTML HyperText Markup Language Fábio Borges de Oliveira HTML HyperText Markup Language Iniciando Código É a primeira tag de um documento HTML, nas primeiras versões dos browsers essa tag era obrigatória. Propriedade que

Leia mais

HTML: INTRODUÇÃO TAGS BÁSICAS

HTML: INTRODUÇÃO TAGS BÁSICAS HTML: INTRODUÇÃO TAGS BÁSICAS CURSO TÉCNICO DE INFORMÁTICA MODALIDADE SUBSEQÜENTE DESENVOLVIMENTO WEB I PROF. ALEXANDRO DOS SANTOS SILVA 1 1 SUMÁRIO Definição Editores HTML Estrutura básica de um documento

Leia mais

Programação para Web

Programação para Web Colégio Estadual João Manoel Mondrone Ensino Fundamental, Médio, Profissional e Norm Técnico em Informática Programação para Web Profª Ana Paula Mandelli anapaula_mandelli@hotmail.com O que é a COMUNICAÇÃO?

Leia mais

A linguagem Hyper Text Markup Language (HTML)

A linguagem Hyper Text Markup Language (HTML) A linguagem Hyper Text Markup Language (HTML) Nota: Contém material utilizado no curso de HTML do Instituto Superior de Engenharia de Lisboa (ISEL) Ultima actualização: 15-10-2006 O que é? Linguagem para

Leia mais

Introdução XML. Vanessa Braganholo

Introdução XML. Vanessa Braganholo Introdução XML Vanessa Braganholo {vanessa@ic.uff.br} Curso baseado em mini-cursos apresentados no SBBD. Autores: Carlos Heuser, Carina Dorneles e Vanessa Braganholo O que é XML? } XML = extensible Markup

Leia mais

GESTÃO DA CADEIA DE SUPRIMENTOS FORMAS DE TROCA DE INFORMAÇÃO: EDI E XML

GESTÃO DA CADEIA DE SUPRIMENTOS FORMAS DE TROCA DE INFORMAÇÃO: EDI E XML GESTÃO DA CADEIA DE SUPRIMENTOS FORMAS DE TROCA DE INFORMAÇÃO: EDI E XML Prof. Dr. Daniel Caetano 2016-1 Objetivos Compreender as diferentes tecnologias de troca de informação em uma Cadeia de Suprimentos

Leia mais

SIMULADOS & TUTORIAIS

SIMULADOS & TUTORIAIS SIMULADOS & TUTORIAIS TUTORIAIS HTML Como criar listas em HTML Copyright 2013 Todos os Direitos Reservados Jorge Eider F. da Silva Proibida a reprodução deste documento no todo ou em parte por quaisquer

Leia mais

TECNOLOGIAS WEB. Unidade 2 Introdução a Construção de Páginas Estáticas. Luiz Leão luizleao@gmail.com http://luizleao.com

TECNOLOGIAS WEB. Unidade 2 Introdução a Construção de Páginas Estáticas. Luiz Leão luizleao@gmail.com http://luizleao.com Luiz Leão luizleao@gmail.com http://luizleao.com CONTEÚDO PROGRAMÁTICO DESTA UNIDADE HTML TAG S HTML LINGUAGEM HTML Hypertext Markup Language Interpretada pelo navegador Não linearidade da informação Formatação

Leia mais

Introdução à Tecnologia Web

Introdução à Tecnologia Web IntroduçãoàTecnologiaWeb XHTML extensiblehypertextmarkuplanguage Revisão ProfªMSc.ElizabeteMunzlinger ProfªMSc.ElizabeteMunzlinger XHTMLRevisão Índice 1 extensible HTML (XHTML)... 2 1.1 Diferenças entre

Leia mais

PÓS-GRADUAÇÃO EM MATEMÁTICA COMPUTACIONAL INFORMÁTICA INSTRUMENTAL Aula 06: Introdução Linguagem HTML

PÓS-GRADUAÇÃO EM MATEMÁTICA COMPUTACIONAL INFORMÁTICA INSTRUMENTAL Aula 06: Introdução Linguagem HTML PÓS-GRADUAÇÃO EM MATEMÁTICA COMPUTACIONAL INFORMÁTICA INSTRUMENTAL Aula 06: Introdução Linguagem HTML O Desenvolvimento Web O desenvolvimento web é o termo utilizado para descrever atividade relacionada

Leia mais

Webdesign A tag HEAD e as Meta tags

Webdesign A tag HEAD e as Meta tags Webdesign A tag HEAD e as Meta tags Conteúdos Os materiais de aula, apostilas e outras informações estarão disponíveis em: www.thiagomiranda.net HEAD Como vimos anteriormente, o nosso documento HTML é

Leia mais

SIMULADOS & TUTORIAIS

SIMULADOS & TUTORIAIS SIMULADOS & TUTORIAIS TUTORIAIS HTML Como utilizar cabeçalhos e elementos de cabeçalhos de página em HTML Copyright 2013 Todos os Direitos Reservados Jorge Eider F. da Silva Proibida a reprodução deste

Leia mais

Elementos Básicos HTML e Formatação de textos

Elementos Básicos HTML e Formatação de textos Elementos Básicos HTML e Formatação de textos O Html é uma linguagem de marcação (markup languages em inglês). As linguagens que combinam texto com informações extras sobre o texto. Essas informações extras

Leia mais

1. INTRODUÇÃO. 1.1 Como são as marcações (tags) HTML?

1. INTRODUÇÃO. 1.1 Como são as marcações (tags) HTML? HTML 1. INTRODUÇÃO HTML abreviação de HiperText Markup Language é a linguagem de programação que usamos para criar uma página Web, que, por sua vez, será composta de textos e comandos especiais, chamados

Leia mais

Programação Web Aula 2 XHTML/CSS/XML

Programação Web Aula 2 XHTML/CSS/XML Programação Web Aula 2 XHTML/CSS/XML Departamento de Informática UFPR 17 de Fevereiro de 2014 1 Histórico 2 Funcionamento 3 Atributos 4 HTML5 Estrutura de uma arquivo HTML5 Validação Tags básicas Seleção

Leia mais

Fernando M. V. Ramos, RC (LEI), TP02. HTTP. Redes de Computadores

Fernando M. V. Ramos, RC (LEI), TP02. HTTP. Redes de Computadores TP02. HTTP Redes de Computadores Objetivos Uma introdução ao protocolo HTTP Um olhar com algum detalhe para dentro do protocolo Noções básicas Uma página web consiste num conjunto de objetos Ficheiros

Leia mais

Programação para Internet I Aulas 10 e 11

Programação para Internet I Aulas 10 e 11 Programação para Internet I Aulas 10 e 11 Fernando F. Costa nando@fimes.edu.br XML Definição e origem extensible Markup Language (XML) é linguagem de marcação de dados que provê um formato para descrever

Leia mais

HTML. Leonardo Gresta Paulino Murta

HTML. Leonardo Gresta Paulino Murta HTML Leonardo Gresta Paulino Murta leomurta@gmail.com Introdução a HTML Formulários em HTML Critério para escolha de campos Agenda Leonardo Murta HTML 2 HTML HyperText Markup Language Criada por Tim Berners-

Leia mais

Links e Frames José Antônio da Cunha

Links e Frames José Antônio da Cunha Links e Frames José Antônio da Cunha Links Até agora, produzimos documentos simples. Mas os documentos de hipertexto têm como principal característica, fazer ligações com outros hipertextos. Os pontos

Leia mais

A estrutura de um documento HTML apresenta os seguintes componentes:

A estrutura de um documento HTML apresenta os seguintes componentes: A estrutura de um documento HTML apresenta os seguintes componentes: Titulo do Documento texto, imagem, links,... As etiquetas HTML não são sensíveis

Leia mais

XMLs E INTEGRAÇÃO COM BANCOS DE DADOS

XMLs E INTEGRAÇÃO COM BANCOS DE DADOS Faculdade de Tecnologia de Guaratinguetá. 07, novembro de 2011. XMLs E INTEGRAÇÃO COM BANCOS DE DADOS Abel Vieira, Cleber Lopes, Pedro Lemes saitovieira@gmail.com, cleber.campomori@gmail.com, pedro.lemes@gmail.com

Leia mais

O que faz um servidor/navegador web? 14/03/2016 Rômulo da Silva Lima Slid e 2

O que faz um servidor/navegador web? 14/03/2016 Rômulo da Silva Lima Slid e 2 HTML O que faz um servidor/navegador web? e 2 O que é? HyperText Markup Language Utilizada para produzir páginas WEB Documentos escritos na linguagem HTML podem ser traduzidos por browser O HTML utiliza

Leia mais

HTML Básico Formulários. Matheus Meira

HTML Básico Formulários. Matheus Meira HTML Básico Formulários Matheus Meira 1 Objetivos Neste apresentação conheceremos os fundamentos básicos de HTML para a manipulação com servlets e jsp. Serão vistos Formulários Links Elementos de disparo

Leia mais

XML. 1. XML: Conceitos Básicos. 2. Aplicação XML: XHTML 3. Folhas de Estilo em Cascata XML

XML. 1. XML: Conceitos Básicos. 2. Aplicação XML: XHTML 3. Folhas de Estilo em Cascata XML 1 1. : Conceitos Básicos 2. Aplicação : XHTML 3. Folhas de Estilo em Cascata 2 é um acrônimo para EXtensible Markup Language é uma linguagem de marcação muito parecida com HTML foi designada para descrever

Leia mais

Bem-vindo ao XML. Apostila de XML

Bem-vindo ao XML. Apostila de XML Bem-vindo ao XML Bem-vindo a Extensible Markup Language, XML, a linguagem para tratamento de dados em uma forma compacta, fácil de gerenciar sem mencionar o mais poderoso avanço visto na Internet nos últimos

Leia mais

Introdução. Introdução a HTML. A Linguagem HTML. Estrutura de uma Página. Mário Antonio Meireles Teixeira

Introdução. Introdução a HTML. A Linguagem HTML. Estrutura de uma Página. Mário Antonio Meireles Teixeira Introdução Introdução a HTML Mário Antonio Meireles Teixeira Dept o. de Informática - UFMA mario@deinf.ufma.br Página Web: É um documento composto de texto e códigos especiais, chamados tags, que especificam

Leia mais

Webdesign HTML. Introdução a HTML e as principais tags da linguagem. Thiago Miranda dos Santos Souza

Webdesign HTML. Introdução a HTML e as principais tags da linguagem. Thiago Miranda dos Santos Souza Webdesign Introdução a e as principais tags da linguagem Conteúdos Os materiais de aula, apostilas e outras informações estarão disponíveis em: www.thiagomiranda.net Objetivos Apresentar a Apresentar as

Leia mais

Declaração do tipo de documento. Ana Cuper ana@instructor.com.br

Declaração do tipo de documento. Ana Cuper ana@instructor.com.br Declaração do tipo de documento Ana Cuper ana@instructor.com.br Declaração do tipo de documento Todo documento HTML deve começar com uma declaração. Esta declaração identifica o tipo de documento e aponta

Leia mais

5 Tecnologias estudadas

5 Tecnologias estudadas 5 Tecnologias estudadas Esse capítulo descreve as principais linguagens existentes para o desenvolvimento de ontologias para uso na Web. Essas linguagens são vistas como a infra-estrutura básica para o

Leia mais

TECNOLOGIAS WEB AULA 5 PROF. RAFAEL DIAS RIBEIRO @RIBEIRORD

TECNOLOGIAS WEB AULA 5 PROF. RAFAEL DIAS RIBEIRO @RIBEIRORD TECNOLOGIAS WEB AULA 5 PROF. RAFAEL DIAS RIBEIRO @RIBEIRORD Objetivos: Apresentar as principais tags utilizadas na construção de páginas Web. Compreender as principais funcionalidades de cada tag utilizada.

Leia mais

Webdesign HTML. Introdução a HTML e as principais tags da linguagem. Thiago Miranda dos Santos Souza

Webdesign HTML. Introdução a HTML e as principais tags da linguagem. Thiago Miranda dos Santos Souza Webdesign HTML Introdução a HTML e as principais tags da linguagem Conteúdos Os materiais de aula, apostilas e outras informações estarão disponíveis em: www.thiagomiranda.net Objetivos Apresentar a HTML

Leia mais

Módulo 17E. Revisões de HTML. A) Noções básicas de HTML

Módulo 17E. Revisões de HTML. A) Noções básicas de HTML Módulo 17E Revisões de HTML A) Noções básicas de HTML Estrutura básica de um documento Um documento HTML começa com a tag de abertura e termina com a tag de fecho . De seguida, temos a considerar

Leia mais

Pesquisa e análise de informação

Pesquisa e análise de informação A ARPANet (Advanced Research Projects Agency Network) - Projeto do Ministério da Defesa dos Estados Unidos da América, criado em 1969, que tinha como objetivo interligar em rede, computadores utilizados

Leia mais

A Linguagem XML (& Markup Languages)

A Linguagem XML (& Markup Languages) SCC0265 Sistemas Interativos Web A Linguagem XML (& Markup Languages) Renata Pontin M. Fortes (renata@icmc.usp.br) PAE: Willian Watanabe (watinha@gmail.com) Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação

Leia mais

IFSC/Florianópolis - Prof. Herval Daminelli

IFSC/Florianópolis - Prof. Herval Daminelli Linguagem de marcação de textos; HTML significa Hypertext Markup Language (linguagem de marcação de hipertexto); Composta por elementos chamados tags ou rótulos ou marcadores; Estes marcadores definem

Leia mais

Programação WEB II. Formulários Em PHP. Métodos GET e POST progweb2@thiagomiranda.net. Thiago Miranda dos Santos Souza

Programação WEB II. Formulários Em PHP. Métodos GET e POST progweb2@thiagomiranda.net. Thiago Miranda dos Santos Souza Formulários Em PHP Métodos GET e POST progweb2@thiagomiranda.net Conteúdos Os materiais de aula, apostilas e outras informações estarão disponíveis em: www.thiagomiranda.net Objetivos Entender o funcionamento

Leia mais

UNIVERSIDADE DA BEIRA INTERIOR Faculdade de Engenharia Departamento de Informática

UNIVERSIDADE DA BEIRA INTERIOR Faculdade de Engenharia Departamento de Informática 1 Este é o seu teste de avaliação de frequência. Leia as perguntas com atenção antes de responder. Escreva as suas respostas nesta folha de teste, marcando um círculo em volta da opção ou opções que considere

Leia mais

QUEM FEZ O TRABALHO?

QUEM FEZ O TRABALHO? Introdução a Linguagem HTML: Conceitos Básicos e Estrutura ANA PAULAALVES DE LIMA 1 QUEM FEZ O TRABALHO? Com as tagsaprendidas hoje, faça uma página HTML sobre você com as seguintes informações: Seu nome

Leia mais

Informática I. Aula 12. Aula 12-29/05/2006 1

Informática I. Aula 12.  Aula 12-29/05/2006 1 Informática I Aula 12 http://www.ic.uff.br/~bianca/informatica1/ Aula 12-29/05/2006 1 Ementa Histórico dos Computadores Noções de Hardware e Software Microprocessadores Sistemas Numéricos e Representação

Leia mais

Programação de Servidores CST Redes de Computadores

Programação de Servidores CST Redes de Computadores Programação de Servidores CST Redes de Computadores Marx Gomes Van der Linden http://marx.vanderlinden.com.br ( Material baseado no original de Marcelo José Siqueira Coutinho de Almeida ) HMTL Arquivo-texto

Leia mais

Sistemas Distribuídos na Web. Pedro Ferreira DI - FCUL

Sistemas Distribuídos na Web. Pedro Ferreira DI - FCUL Sistemas Distribuídos na Web Pedro Ferreira DI - FCUL Arquitetura da Web Criada por Tim Berners-Lee no CERN de Geneva Propósito: partilha de documentos Desde 1994 mantida pelo World Wide Web Consortium

Leia mais

Certificado ISO 9001:2000 Nº 23.0021/98. Centro de Informática CETEP Quintino www.ciquintino.com.br. Elaborada por: Wanderson Mirandela

Certificado ISO 9001:2000 Nº 23.0021/98. Centro de Informática CETEP Quintino www.ciquintino.com.br. Elaborada por: Wanderson Mirandela Certificado ISO 9001:2000 Nº 23.0021/98 Centro de Informática CETEP Quintino www.ciquintino.com.br Elaborada por: Wanderson Mirandela A POLÍTICA DA QUALIDADE DO CI Prover cursos de nível básico profissionalizante

Leia mais

INFORMÁTICA. Instruções: Para responder às questões de números 71 e 72, considere o texto a seguir:

INFORMÁTICA. Instruções: Para responder às questões de números 71 e 72, considere o texto a seguir: INFORMÁTICA Prova de Agente Fiscal de Rendas do ICMS-SP/2013 - FCC. Por Ana Lucia Castilho* Instruções: Para responder às questões de números 71 e 72, considere o texto a seguir: A equipe de TI da empresa

Leia mais

Cadeira de Tecnologias de Informação. Ano lectivo 2009/2010. Sites dinâmicos. Com Expression Web TI2009/10 EWD_1. Filipa Pires da Silva (2009)

Cadeira de Tecnologias de Informação. Ano lectivo 2009/2010. Sites dinâmicos. Com Expression Web TI2009/10 EWD_1. Filipa Pires da Silva (2009) Cadeira de Tecnologias de Informação Ano lectivo 2009/2010 Sites dinâmicos Com Expression Web TI2009/10 EWD_1 .ASPX vs.html HTML: HTML é uma linguagem para descrever páginas web HTML significa Hyper Text

Leia mais

Aplicativos para Internet Aula 01

Aplicativos para Internet Aula 01 Aplicativos para Internet Aula 01 Arquitetura cliente/servidor Introdução ao HTML, CSS e JavaScript Prof. Erika Miranda Universidade de Mogi das Cruzes Uso da Internet http://www.ibope.com.br/pt-br/noticias/paginas/world-wide-web-ou-www-completa-22-anos-nesta-terca-feira.aspx

Leia mais

Extensible Markup Language (XML) Júnio César de Lima Cedric Luiz de Carvalho. Instituto de Informática Universidade Federal de Goiás www.inf.ufg.

Extensible Markup Language (XML) Júnio César de Lima Cedric Luiz de Carvalho. Instituto de Informática Universidade Federal de Goiás www.inf.ufg. Extensible Markup Language (XML) Júnio César de Lima Cedric Luiz de Carvalho Technical Report - RT-INF_002-05 - Relatório Técnico June - 2005 - Junho The contents of this document are the sole responsibility

Leia mais

Capítulo 9 - Imagens. Imagens

Capítulo 9 - Imagens. Imagens Capítulo 9 - Imagens 9 Imagens EM JAVASCRIPT, É POSSÍVEL MANIPULAR COM AS IMAGENS DE UMA PÁGINA, alterando a URL que localiza o arquivo de imagem. Assim, pode-se trocar a imagem que está sendo exibida

Leia mais

Templates. Criar um template com ID meutemplate1, título Titulo do meutemplate1, e com o seguinte código:

Templates. Criar um template com ID meutemplate1, título Titulo do meutemplate1, e com o seguinte código: Templates Os templates abaixo serão criados na pasta custom em portal_skins. Exercício 1 Criar um template com ID meutemplate1, título Titulo do meutemplate1, e com o seguinte código: thetitle

Leia mais

PROFESSORA MERRIS MOZER. Mestranda em Metodologias para o Ensino de Linguagens e suas Tecnologias

PROFESSORA MERRIS MOZER. Mestranda em Metodologias para o Ensino de Linguagens e suas Tecnologias PROFESSORA MERRIS MOZER Mestranda em Metodologias para o Ensino de Linguagens e suas Tecnologias INTRODUÇÃO AO DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS WEB Aula 1 HTML INTRODUÇÃO O que é HTML? INTRODUÇÃO HTML ou Hypertext

Leia mais

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO CONTEÚDO PROGRAMÁTICO XML e XSLT Completo Carga horária: 40 horas TreinaWeb Tecnologia LTDA CNPJ: 06.156.637/0001-58 Av. Paulista, 1765 - Conj 71 e 72 São Paulo - SP CONTEÚDO PROGRAMÁTICO Ementa do curso

Leia mais

UNIVERSIDADE DA BEIRA INTERIOR Faculdade de Engenharia Departamento de Informática. Tecnologias da Internet (T) Exame 2ª época 90 minutos * 2.07.

UNIVERSIDADE DA BEIRA INTERIOR Faculdade de Engenharia Departamento de Informática. Tecnologias da Internet (T) Exame 2ª época 90 minutos * 2.07. 1 1. Este é o enunciado do seu exame. 2. Leia as perguntas com atenção antes de responder. 3. Escreva as suas respostas apenas na folha de respostas que é dada em separado. 4. Entregue apenas a folha de

Leia mais

Redes de Computadores e Aplicações Camada de aplicação IGOR ALVES

Redes de Computadores e Aplicações Camada de aplicação IGOR ALVES Redes de Computadores e Aplicações Camada de aplicação IGOR ALVES Camada de aplicação Um protocolo da camada de aplicação define como processos de uma aplicação, que funcionam em sistemas finais diferentes,

Leia mais

<title>introdução a HTML</title>

<title>introdução a HTML</title> introdução a HTML programação para a Internet prof. Vilson Heck Junior O que é HTML Hypertext Markup Language: Linguagem de Marcação de Hipertexto; É uma coleção de TAGs

Leia mais

L A C Laboratory for Advanced Collaboration

L A C Laboratory for Advanced Collaboration Publicação de Dados Governamentais no Padrão Linked Data 2.1 Conceitos Básicos Karin Breitman José Viterbo Edgard Marx Percy Salas L A C Laboratory for Advanced Collaboration Objetivo deste módulo 1.Discutir

Leia mais

Protocolo HTTP. Professor Leonardo Larback

Protocolo HTTP. Professor Leonardo Larback Protocolo HTTP Professor Leonardo Larback Protocolo HTTP No final da década de 1980, Tim Berners-Lee criou o protocolo HTTP (HyperText Transfer Protocol) e o padrão de arquivo HTML (HyperText Markup Language)

Leia mais

COM222 DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS WEB. Aula 01: HTML e CSS

COM222 DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS WEB. Aula 01: HTML e CSS COM222 DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS WEB Aula 01: HTML e CSS 2 Conteúdo Noções introdutórias HTML CSS HTML: HyperText Markup Language 3 Linguagem usada para construir páginas Web Função principal Estruturar

Leia mais

DTD. Vanessa Braganholo.

DTD. Vanessa Braganholo. DTD Vanessa Braganholo braganholo@dcc.ufrj.br Curso baseado em mini-cursos apresentados no SBBD. Autores: Carlos Heuser, Carina Dorneles e Vanessa Braganholo Esquema XML Como em banco de dados relacionais

Leia mais

17/01/2016 PROGRAMAÇÃO EM AMBIENTE WEB I UM POUCO DE HISTÓRIA WWW. Tudo começou com a ARPANET; 1977 ARPANET nasce

17/01/2016 PROGRAMAÇÃO EM AMBIENTE WEB I UM POUCO DE HISTÓRIA WWW. Tudo começou com a ARPANET; 1977 ARPANET nasce PROGRAMAÇÃO EM AMBIENTE WEB I Prof. Esp. Fabiano Taguchi fabianotaguchi@gmail.com http://fabianotaguchi.wordpress.com UM POUCO DE HISTÓRIA Tudo começou com a ARPANET; 1977 ARPANET nasce 1987 Das universidades,

Leia mais

Aplicação para Web I. Começando a compreender o HTML

Aplicação para Web I. Começando a compreender o HTML Aplicação para Web I Começando a compreender o HTML A Linguagem da WEB O HTML ou HyperText Markup Language linguagem universal compreendida pelos navegadores web (browsers) para a comunicação utilizando

Leia mais

Programação para Internet I. Fernando F. Costa nando@fimes.edu.br

Programação para Internet I. Fernando F. Costa nando@fimes.edu.br Programação para Internet I Fernando F. Costa nando@fimes.edu.br Ementa Histórico da Internet Componentes para o funcionamento da Internet: Protocolo, Aplicações e Serviços Confecção de páginas para internet

Leia mais

PROGRAMAÇÃO EM AMBIENTE WEB I

PROGRAMAÇÃO EM AMBIENTE WEB I PROGRAMAÇÃO EM AMBIENTE WEB I Prof. Esp. Fabiano Taguchi fabianotaguchi@gmail.com http://fabianotaguchi.wordpress.com UM POUCO DE HISTÓRIA Tudo começou com a ARPANET; 1977 ARPANET nasce 1987 Das universidades,

Leia mais