FORMA FARMACÊUTICA E APRESENTAÇÕES - ALENDRONATO SÓDIO

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "FORMA FARMACÊUTICA E APRESENTAÇÕES - ALENDRONATO SÓDIO"

Transcrição

1 ALENDRONATO SÓDIO FORMA FARMACÊUTICA E APRESENTAÇÕES - ALENDRONATO SÓDIO Alendronato sódico 10 mg é apresentado em embalagens contendo 30 comprimidos para administração oral. Uso Adulto -COMPOSIÇÃO: Cada comprimido contém: Alendronato sódico (eq. a 10,000 mg de ácido alendrônico)...13,051 mg Excipientes q.s.p comprimido Excipientes: Celulose microcristalina, polividona, amido glicolato de sódio e estearato de magnésio. -INFORMAÇÕES AOS PACIENTES: COMO ESTE MEDICAMENTO FUNCIONA? O alendronato sódico atua especificamente inibindo a perda de cálcio dos ossos. POR QUE ESTE MEDICAMENTO FOI INDICADO? O alendronato sódico está indicado para o tratamento da osteoporose, em mulheres após a menopausa, para prevenir fraturas, inclusive do quadril e da coluna (fraturas por compressão das vértebras). QUANDO NÃO DEVO USAR ESTE MEDICAMENTO? A maioria dos pacientes não apresenta reações com o uso do alendronato sódico. Entretanto, como qualquer medicamento, o alendronato sódico pode causar efeitos indesejáveis, tais como distúrbios digestivos (como náuseas ou vômitos), alguns deles podendo ser graves e incluindo irritação ou ulceração do esôfago, que podem causar dor no peito, azia ou dificuldade ou dor ao engolir. Caso ocorram estas manifestações de irritação do esôfago, o tratamento deve ser imediatamente interrompido, para não agravá-las. Para diminuir o risco de distúrbios digestivos, o alendronato sódico deve ser ingerido conforme recomendado: com um copo de água cheio e antes da primeira refeição do dia. Após a ingestão do comprimido, o paciente deve permanecer em posição ereta, durante pelo menos 30 minutos. Alguns pacientes podem apresentar dor nos ossos, nos músculos ou nas articulações; raramente, erupção cutânea (que ocasionalmente pode piorar com a luz solar) ou dor nos olhos. Podem ocorrer reações alérgicas, tais como urticária ou, raramente, inchaço de face, lábios, língua e garganta, que podem causar dificuldade para respirar ou engolir. Raramente, ocorreram úlcera gástrica ou outra úlcera péptica (algumas graves), mas não se sabe se foram causadas pelo tratamento com alendronato sódico. Ocorreram úlceras na boca quando o comprimido foi mastigado ou dissolvido na boca. Não deve ser utilizado durante a gravidez e a amamentação, exceto sob orientação médica. Informe ao seu médico se ocorrer gravidez ou se iniciar amamentação durante o uso deste medicamento. Este medicamento é contra-indicado na faixa etária pediátrica. Informe ao médico o aparecimento de reações indesejáveis. Informe ao seu médico se você está fazendo uso de algum outro medicamento. Não use medicamento sem o conhecimento do seu médico. Pode ser perigoso para a sua saúde. COMO DEVO USAR ESTE MEDICAMENTO? O produto é apresentado em comprimidos brancos a quase brancos, ovais, biconvexos, lisos em ambos os lados. Como tomar alendronato sódico: Tome um comprimido de alendronato sódico 10 mg, uma vez por dia. 1. Ao se levantar e antes de se alimentar, beber qualquer tipo

2 de líquido ou tomar qualquer outro medicamento, tome um comprimido de alendronato sódico com um copo cheio de água filtrada. Não tomar com água mineral. Não tomar com café ou chá. Não tomar com suco. Não mastigue ou chupe o comprimido de alendronato sódico. 2. Após ter engolido o comprimido de alendronato sódico, não se deite - fique em posição ereta (sentada, em pé ou caminhando) durante pelo menos 30 minutos e não se deite até que você tenha feito a sua primeira refeição do dia. 3. Não tome alendronato sódico à noite, ao se deitar ou pela manhã, antes de se levantar. As recomendações acima facilitarão a chegada do comprimido de alendronato sódico ao estômago e, deste modo, reduzirão o potencial de irritação do esôfago. 4. Após engolir o comprimido de alendronato sódico, espere pelo menos 30 minutos antes de se alimentar, beber ou tomar qualquer outra medicação, incluindo antiácidos, suplementos de cálcio e vitaminas. O alendronato sódico só é eficaz se ingerido quando seu estômago estiver vazio. 5. Se você sentir dificuldade ou dor ao engolir o comprimido, dor no peito ou azia que seja recente ou tenha piorado, pare de tomar o alendronato sódico e procure seu médico. 6. Se você esquecer de tomar o comprimido, tome-o na manhã do dia em que você se lembrar. Não tome dois comprimidos no mesmo dia. 7. É importante que você continue tomando o alendronato sódico durante todo o período receitado pelo seu médico. O tratamento eficiente da osteoporose somente será possível se você não interromper o uso do medicamento. Siga a orientação de seu médico, respeitando sempre os horários, as doses e a duração do tratamento. Não interrompa o tratamento sem o conhecimento do seu médico. Não use o medicamento com o prazo de validade vencido. Antes de usar observe o aspecto do medicamento. QUAIS OS MALES QUE ESTE MEDICAMENTO PODE CAUSAR? Dor abdominal, úlcera esofágica, dificuldade para engolir ou distensão abdominal, dores musculoesqueléticas, constipação, diarréia, flatulência ou cefaléia. O QUE FAZER SE ALGUÉM USAR UMA GRANDE QUANTIDADE DESTE MEDICAMENTO DE UMA SÓ VEZ? Podem ocorrer reduções de cálcio e fosfato no sangue e eventos adversos, tais como mal-estar gástrico, azia, esofagite, gastrite ou úlcera. Deve ser administrado leite ou antiácido. Não induzir o vômito. ONDE E COMO DEVO GUARDAR ESTE MEDICAMENTO? Conservar em temperatura ambiente (temperatura entre 15 C a 30 C). Manter o produto em sua embalagem original, até o uso total do medicamento. TODO MEDICAMENTO DEVE SER MANTIDO FORA DO ALCANCE DAS CRIANÇAS. INFORMAÇÕES TÉCNICAS AOS PROFISSIONAIS DE SAÚDE CARACTERÍSTICAS FARMACOLÓGICAS: O alendronato sódico é um amino-bisfosfonato que atua como um potente inibidor específico da reabsorção óssea mediada pelos osteoclastos. Os bisfosfonatos são análogos sintéticos do pirofosfato, que se liga à hidroxiapatita encontrada no osso. Farmacodinâmica Mecanismo de ação: o alendronato age preferencialmente nos sítios de reabsorção óssea das células, especificamente nos osteoclastos. Os osteoclastos aderem normalmente à superfície óssea, porém não apresentam a borda enrugada indicativa de reabsorção ativa. O alendronato não interfere no recrutamento ou na fixação dos osteoclastos, mas inibe a atividade osteoclástica. Farmacocinética Absorção Comparativamente a uma dose de referência administrada por via intravenosa, a biodisponibilidade do alendronato em mulheres foi de 0,64% com doses entre 5 e 70 mg, administradas por via oral após uma noite de jejum e duas horas antes de um desjejum-padrão. A biodisponibilidade em homens (0,6%)

3 foi semelhante. A biodisponibilidade diminuiu de modo equivalente (aproximadamente 40%) quando o alendronato foi administrado uma hora ou uma hora e meia antes de um desjejum-padrão. A biodisponibilidade foi desprezível quando o alendronato foi administrado até duas horas depois de um desjejum-padrão. A administração concomitante do alendronato com café ou suco de laranja reduz a biodisponibilidade em aproximadamente 60%. Distribuição Estudos em ratos mostraram que o alendronato distribui-se transitoriamente nos tecidos moles após a administração intravenosa de 1 mg/kg, sendo rapidamente redistribuído para os ossos ou excretado na urina. O volume médio de distribuição no estado de equilíbrio, exclusivo do osso, é de, no mínimo, 28 L em humanos. As concentrações plasmáticas após doses terapêuticas por via oral são muito baixas para detecção analítica (menor que 5 ng/ml). A taxa de ligação às proteínas plasmáticas humanas é de aproximadamente 78%. Metabolismo Não há evidências de que o alendronato seja metabolizado por animais ou por seres humanos. Eliminação Após administração de uma única dose intravenosa de 14C-alendronato, aproximadamente 50% da radioatividade foi excretada na urina em 72 horas e pouca ou nenhuma radioatividade foi recuperada nas fezes. Após a administração de uma única dose intravenosa de 10 mg, o clearance renal de alendronato foi de 71 ml/min e o clearance sistêmico não excedeu 200 ml/min. As concentrações plasmáticas caíram em mais de 95%, seis horas após administração IV. Estima-se que a meia-vida terminal em humanos exceda 10 anos, refletindo a liberação de alendronato do esqueleto. -INDICAÇÕES: Alendronato sódico é indicado para o tratamento da osteoporose, em mulheres após a menopausa, para prevenir fraturas, inclusive do quadril e da coluna (fraturas por compressão vertebral). -CONTRA-INDICAÇÕES: Anormalidades do esôfago que retardem o esvaziamento esofágico, tais como estenose ou acalásia; incapacidade de permanecer em pé ou na posição sentada durante, no mínimo, 30 minutos; hipersensibilidade a qualquer componente do produto; hipocalcemia (vide item Advertências). MODO DE USAR E CUIDADOS DE CONSERVAÇÃO DEPOIS DE ABERTO: Conservar em temperatura ambiente (temperatura entre 15 C e 30 C). Manter o produto em sua embalagem original, até o uso total do medicamento. Administrar por via oral. -POSOLOGIA: O alendronato sódico deve ser ingerido por via oral, pelo menos meia hora antes do primeiro alimento, bebida ou medicação do dia, somente com água. Outras bebidas (inclusive água mineral), alimentos e alguns medicamentos parecem reduzir a absorção do alendronato sódico (vide item Interações Medicamentosas). Para facilitar a chegada ao estômago e reduzir o potencial de irritação esofageana, o alendronato sódico deve ser tomado pela manhã, ao despertar, com um copo cheio de água, e o paciente não deve se deitar por no mínimo 30 minutos após a ingestão, mantendo-se assim até após a primeira refeição do dia. O alendronato sódico não deve ser ingerido à noite, ao deitar, ou antes de se levantar. Não seguir essas instruções pode aumentar o risco de ocorrência de experiências adversas esofageanas (vide item Advertências). Caso a ingestão diária seja inadequada, os pacientes devem receber doses suplementares de cálcio e vitamina D (vide item Advertências). Não é necessário ajuste posológico para pacientes idosos ou para pacientes com insuficiência renal leve a moderada ( clearance de creatinina plasmática de 35 a 60 ml/min). TRATAMENTO DA OSTEOPOROSE EM MULHERES PÓS-MENOPAUSADAS: A posologia recomendada é de um comprimido de 10 mg, diariamente. -ADVERTÊNCIAS: O alendronato sódico, assim como outros bisfosfonatos, pode causar irritação local da mucosa do trato gastrintestinal superior. Experiências adversas no esôfago, tais como esofagite, úlceras

4 e erosões esofágicas, raramente seguidas de estenose esofágica ou perfuração, foram relatadas em pacientes tratados com alendronato sódico. Em alguns casos, essas ocorrências foram graves e requereram hospitalização. Portanto, os médicos devem estar atentos a quaisquer sinais ou sintomas que indiquem uma possível reação esofágica e os pacientes devem ser instruídos a descontinuar o uso de alendronato sódico e procurar ajuda médica se apresentarem disfagia, odinofagia, dor retroesternal, pirose ou agravamento de pirose preexistente. O risco de experiências adversas graves no esôfago parece ser maior em pacientes que se deitam após ingerir alendronato sódico e/ou em pacientes que não tomam o comprimido com um copo cheio de água e/ou em pacientes que continuam tomando alendronato sódico após desenvolverem sintomas sugestivos de irritação esofageana. Desse modo, é muito importante que o paciente receba e compreenda bem todas as instruções relativas à administração de alendronato sódico (vide item Posologia). Embora não tenha sido observado risco aumentado em diversos estudos clínicos, houve raros relatos (após a comercialização) de úlceras gástricas e duodenais, algumas graves e com complicações. Entretanto, uma relação causal não foi estabelecida. Em razão dos possíveis efeitos irritativos do alendronato sódico sobre a mucosa gastrintestinal superior e seu potencial de agravar uma doença subjacente, deve-se ter cautela quando o alendronato sódico for administrado a pacientes com distúrbios ativos do trato gastrintestinal superior, tais como disfagia, doenças esofágicas, gastrite, duodenite ou úlceras. Para facilitar a chegada ao estômago e, desse modo, reduzir o potencial de irritação esofageana, os pacientes devem ser instruídos a ingerir alendronato sódico com um copo cheio de água e a não se deitar por 30 minutos no mínimo, após a ingestão, e a se manterem assim até que façam a primeira refeição do dia. Os pacientes não devem mastigar ou chupar o comprimido, devido ao potencial de ulceração orofaríngea. Os pacientes devem ser especialmente instruídos a não tomar o alendronato sódico à noite, ao deitar, ou antes de se levantar. Informar aos pacientes que, se não seguirem essas instruções, poderão apresentar aumento dos riscos de problemas esofageanos. Os pacientes devem ser instruídos a interromper o uso do alendronato sódico e a procurar um médico se desenvolverem sintomas de doenças esofageanas (tais como dificuldade ou dor ao engolir, dor retroesternal, pirose ou agravamento de pirose preexistente). Caso o paciente esqueça de tomar uma ou mais doses de alendronato sódico, deverá ser instruído a tomá-la na manhã do dia seguinte em que se lembrou. O alendronato sódico não é recomendado para pacientes com clearance de creatinina plasmática < 35 ml/min (vide item Posologia). Devem ser consideradas outras causas para a osteoporose, além da deficiência de estrógeno e do envelhecimento. A hipocalcemia deve ser corrigida antes do início do tratamento com o alendronato sódico (vide item Contra-indicações). Outros distúrbios do metabolismo mineral (tal como deficiência de vitamina D) também devem ser tratados. USO EM IDOSOS, CRIANÇAS E OUTROS GRUPOS DE RISCO: Uso em idosos Em estudos clínicos, não houve diferença nos perfis de eficácia e segurança de alendronato sódico, relacionada à idade. Insuficiência renal O alendronato sódico não é recomendado para pacientes com insuficiência renal grave ( clearance de creatinina plasmática < 35 ml/min), devido à falta de experiência com o medicamento em tal condição. Gravidez O alendronato sódico não deve ser administrado a mulheres grávidas, por não ter sido estudado nesse grupo. Lactantes O alendronato sódico não deve ser administrado a pacientes que estejam amamentando, por não ter sido estudado nesse grupo. Uso Pediátrico

5 O alendronato sódico não deve ser administrado a crianças, por não ter sido estudado em grupos pediátricos. -INTERAÇÕES MEDICAMENTOSAS: Se forem administrados concomitantemente, é provável que os suplementos de cálcio, antiácidos e outros medicamentos administrados por via oral interfiram na absorção do alendronato sódico; assim, os pacientes devem esperar pelo menos meia hora após ter ingerido alendronato sódico, para somente então tomarem qualquer outra medicação por via oral. Não está prevista nenhuma outra interação medicamentosa com significado clínico. Não foram realizados estudos específicos de interação medicamentosa. O alendronato sódico foi utilizado com uma ampla variedade de medicamentos prescritos comumente, tanto em estudos de tratamento da osteoporose em mulheres pós-menopausadas como em estudos de osteoporose em homens, sem evidências de interações clínicas adversas. Uso concomitante com tratamento de reposição hormonal O uso concomitante de TRH (estrógeno e/ou progesterona) e alendronato sódico foi avaliado em dois estudos clínicos de um e dois anos de duração, em mulheres pós-menopausadas com osteoporose total de pacientes = 853; em uso de hormônios = 354). O uso combinado de TRH e alendronato sódico resultou em aumentos maiores da massa óssea, com maiores reduções do turnover ósseo, do que o observado com cada tratamento isoladamente. Nesses estudos, o perfil de tolerabilidade e segurança da associação foi compatível com aquele dos componentes administrados individualmente. -REAÇÕES ADVERSAS A MEDICAMENTOS: Estudos clínicos Em estudos clínicos, o alendronato sódico foi geralmente bem tolerado. Em estudos com mais de cinco anos de duração, as reações adversas foram geralmente leves e não requereram a suspensão do tratamento. Tratamento da osteoporose: Mulheres pós-menopausadas Em dois estudos multicêntricos, duplo-cegos e controlados com placebo, com duração de três anos, e apresentando protocolos virtualmente idênticos, os perfis globais de segurança do alendronato sódico (10 mg/dia) e do placebo foram similares. As seguintes experiências adversas no trato gastrintestinal superior foram relatadas pelos pesquisadores como possíveis, prováveis ou definitivamente relacionadas à medicação em sódico (10 mg/dia) e com incidência maior do que a observada em pacientes que receberam placebo: dor abdominal (alendronato sódico = 6,6% vs. placebo = 4,8%), dispepsia (3,6% vs. 3,5%), úlcera esofágica (1,5% vs. zero), disfagia (1,0% vs. zero) e distensão abdominal (1,0% vs. 0,8%). Raramente, ocorreram erupções cutâneas e eritema. Além disso, as seguintes experiências adversas também foram relatadas pelos pesquisadores como possíveis, prováveis ou definitivamente relacionadas à medicação em sódico (10 mg/dia) e com incidência maior do que a observada em pacientes que receberam placebo: dores musculoesqueléticas (ossos, músculos ou articulações) (4,1% com alendronato sódico vs. 2,5% com placebo); constipação (3,1% vs. 1,8%), diarréia (3,1% vs. 1,8%), flatulência (2,6% vs. 0,5%) e cefaléia (2,6% vs. 1,5%). Na extensão desses estudos, com dois anos de duração (4 e 5 anos), os perfis globais de segurança de alendronato sódico (10 mg/dia) foram similares aos observados durante o período de três anos controlado com placebo. Além disso, a proporção de pacientes que descontinuou o alendronato sódico por causa de experiência clínica adversa foi similar àquela dos três primeiros anos do estudo. Em um estudo com duração de um ano, duplo-cego, multicêntrico, os perfis globais de segurança e tolerabilidade e do uso diário de 10 mg de alendronato sódico (n= 370) foram similares. As seguintes experiências adversas foram relatadas pelos pesquisadores como possíveis, prováveis ou definitivamente relacionadas à medicação

6 em sódico: dor abdominal; dores musculoesqueléticas (ossos, músculos ou articulações) (3,2%); dispepsia (2,2%), regurgitação ácida (2,4%); naúseas (2,4%); distensão abdominal (1,4%); constipação (1,6%); flatulência (1,6%); cãibras musculares (1,1%); gastrite (1,1%), e úlcera gástrica (1,1%). Experiência após a comercialização As seguintes reações adversas foram relatadas após o início da comercialização de alendronato sódico: Gerais: reações de hipersensibilidade, incluindo urticária e, raramente, angioedema. Gastrintestinais: náuseas, vômitos, esofagite, erosões e úlceras esofágicas; raramente estenose esofageana ou perfuração e ulcerações orofaríngeas; ainda raramente, úlceras gástricas e duodenais, algumas graves e com complicações, embora a relação de causalidade não tenha sido estabelecida (vide itens Advertências e Posologia). Pele: erupções cutâneas (ocasionalmente com fotossensibilidade). Sentidos especiais: raramente uveíte. Achados laboratoriais Em um estudo duplo-cego, multicêntrico, controlado, reduções assintomáticas, leves e transitórias do cálcio e fosfato séricos, em cerca de 18% e 10%, respectivamente, dos pacientes que estavam recebendo alendronato sódico, versus cerca de 12% e 3% daqueles que estavam recebendo placebo. Entretanto, a incidência das reduções do cálcio sérico < 8,0 mg/dl (2,0 mm) e do fosfato sérico < 2,0 mg P/dL (0,65 mm) foram similares em ambos os grupos de tratamento. -SUPERDOSE: Não há informações específicas relativas a superdose com o alendronato sódico. Podem ocorrer hipocalcemia, hipofosfatemia e eventos adversos no trato gastrintestinal superior, tais como mal-estar gástrico, pirose, esofagite, gastrite ou úlcera. Deve ser administrado leite ou antiácido, que se ligam ao alendronato. Por causa do risco de irritação esofágica, não se deve induzir o vômito e o paciente deve ser mantido em posição ereta. -ARMAZENAGEM: Conservar em temperatura ambiente (temperatura entre 15 C a 30 C). Reg. MS

ALENDIL CÁLCIO D. Farmoquímica S/A Comprimido / Comprimido Revestido 70 mg / 1250 mg + 200 UI. Alendil Cálcio D_AR040614_Bula Paciente

ALENDIL CÁLCIO D. Farmoquímica S/A Comprimido / Comprimido Revestido 70 mg / 1250 mg + 200 UI. Alendil Cálcio D_AR040614_Bula Paciente ALENDIL CÁLCIO D Farmoquímica S/A Comprimido / Comprimido Revestido 70 mg / 1250 mg + 200 UI BULA PACIENTE ALENDIL CÁLCIO D alendronato de sódio carbonato de cálcio de ostra + vitamina D APRESENTAÇÕES:

Leia mais

LABIRIN. dicloridrato de betaistina

LABIRIN. dicloridrato de betaistina LABIRIN dicloridrato de betaistina APRESENTAÇÃO Comprimidos de 24 mg. Caixa com 30 e 60 comprimidos. USO ORAL USO ADULTO COMPOSIÇÃO Cada comprimido contém: dicloridrato de betaistina... 24 mg Excipientes

Leia mais

LORATADINA Hypermarcas S/A Comprimido 10mg

LORATADINA Hypermarcas S/A Comprimido 10mg LORATADINA Hypermarcas S/A Comprimido 10mg I - IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO: LORATADINA Medicamento genérico Lei nº 9.787, de 1999 APRESENTAÇÃO Comprimido de 10mg em embalagens contendo 12 comprimidos.

Leia mais

Lozeprel Multilab Indústria e Comércio de Produtos Farmacêuticos Ltda cápsulas 20 mg

Lozeprel Multilab Indústria e Comércio de Produtos Farmacêuticos Ltda cápsulas 20 mg Lozeprel Multilab Indústria e Comércio de Produtos Farmacêuticos Ltda cápsulas 20 mg Lozeprel omeprazol FORMA FARMACÊUTICA E APRESENTAÇÕES Cápsulas com 20 mg de omeprazol - Embalagens contendo 14, 28,

Leia mais

Abcd JARDIANCE. (empagliflozina) Boehringer Ingelheim do Brasil Química e Farmacêutica Ltda. Comprimidos Revestidos. 10mg ou 25mg

Abcd JARDIANCE. (empagliflozina) Boehringer Ingelheim do Brasil Química e Farmacêutica Ltda. Comprimidos Revestidos. 10mg ou 25mg Abcd JARDIANCE (empagliflozina) Boehringer Ingelheim do Brasil Química e Farmacêutica Ltda. Comprimidos Revestidos 10mg ou 25mg JARDIANCE empagliflozina APRESENTAÇÕES Comprimidos revestidos de 10 mg ou

Leia mais

CALSAN COMPRIMIDO MASTIGÁVEL

CALSAN COMPRIMIDO MASTIGÁVEL CALSAN COMPRIMIDO MASTIGÁVEL Novartis Biociências S.A. Comprimido mastigável 1.250 mg de carbonato de cálcio (equivalente a 500 mg de cálcio elementar) CALSAN carbonato de cálcio Comprimidos mastigáveis.

Leia mais

Gastrium (omeprazol) Aché Laboratórios Farmacêuticos S.A. cápsulas 20 mg

Gastrium (omeprazol) Aché Laboratórios Farmacêuticos S.A. cápsulas 20 mg Gastrium (omeprazol) Aché Laboratórios Farmacêuticos S.A. cápsulas 20 mg BULA PARA PACIENTE Bula de acordo com a Resolução-RDC nº 47/2009 I- IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO GASTRIUM (omeprazol) APRESENTAÇÕES

Leia mais

Bonviva ibandronato de sódio. Roche. Drogas para tratamento de doenças ósseas

Bonviva ibandronato de sódio. Roche. Drogas para tratamento de doenças ósseas Bonviva ibandronato de sódio Roche Drogas para tratamento de doenças ósseas IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO Nome do produto: Bonviva Nome genérico: ibandronato de sódio APRESENTAÇÕES Solução injetável de

Leia mais

bromoprida LEGRAND PHARMA INDÚSTRIA FARMACÊUTICA LTDA Cápsula dura 10 mg

bromoprida LEGRAND PHARMA INDÚSTRIA FARMACÊUTICA LTDA Cápsula dura 10 mg bromoprida LEGRAND PHARMA INDÚSTRIA FARMACÊUTICA LTDA Cápsula dura 10 mg I - IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO bromoprida "Medicamento Genérico, Lei nº. 9.787, de 1999". APRESENTAÇÃO Cápsula dura de 10mg. Embalagem

Leia mais

MINUSORB Alendronato sódico

MINUSORB Alendronato sódico MINUSORB Alendronato sódico Comprimido - Uso oral APRESENTAÇÕES MINUSORB 10 mg: caixas contendo 15 ou 30 comprimidos. MINUSORB 70 mg: caixa contendo 4 comprimidos revestidos. USO ADULTO COMPOSIÇÃO Minusorb

Leia mais

Dose 1 comprimido efervescente/dia. - Ácido ascórbico (vitamina. 2222,22% 1 g C) % IDR = Porcentagem em relação à Ingestão Diária Recomendada

Dose 1 comprimido efervescente/dia. - Ácido ascórbico (vitamina. 2222,22% 1 g C) % IDR = Porcentagem em relação à Ingestão Diária Recomendada STARFOR C aspartato de arginina + ácido ascórbico APRESENTAÇÃO Linha Farma: Cartucho contendo tubo plástico com 10 comprimidos efervescentes. FORMA FARMACÊUTICA Comprimido efervescente. USO ORAL USO ADULTO

Leia mais

Este medicamento é contraindicado para uso por pacientes com alterações hepáticas ou renais graves.

Este medicamento é contraindicado para uso por pacientes com alterações hepáticas ou renais graves. IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO Fluibron A cloridrato de ambroxol APRESENTAÇÕES Solução para nebulização. Cada flaconete contém 7,5 mg/ml de cloridrato de ambroxol. Embalagem com 10 flaconetes contendo 2

Leia mais

FLUTAMIDA. Blau Farmacêutica S.A. COMPRIMIDOS 250 MG. Blau Farmacêutica S/A.

FLUTAMIDA. Blau Farmacêutica S.A. COMPRIMIDOS 250 MG. Blau Farmacêutica S/A. FLUTAMIDA Blau Farmacêutica S.A. COMPRIMIDOS 250 MG flutamida Medicamento genérico Lei n 9.787, de 1999 MODELO DE BULA PACIENTE RDC 47/09 APRESENTAÇÕES Comprimidos contendo 250 mg de flutamida. Embalagens

Leia mais

COMPOSIÇÃO: Comprimido 10 mg Cada comprimido contém: alendronato sódico triidratado... 13,06 mg (equivalente a 10 mg de ácido alendrônico)

COMPOSIÇÃO: Comprimido 10 mg Cada comprimido contém: alendronato sódico triidratado... 13,06 mg (equivalente a 10 mg de ácido alendrônico) BONALEN alendronato sódico Comprimido / Comprimido Revestido IDENTIFICAÇÃO DO PRODUTO FORMA FARMACÊUTICA E APRESENTAÇÃO: Comprimido 10 mg: caixa com 15 e 30 comprimidos. Comprimido revestido 70 mg: caixa

Leia mais

alendronato de sódio Comprimido 70mg

alendronato de sódio Comprimido 70mg alendronato de sódio Comprimido 70mg MODELO DE BULA COM INFORMAÇÕES AO PACIENTE alendronato de sódio Medicamento genérico Lei nº 9.787, de 1999. APRESENTAÇÃO Comprimido 70mg Embalagem contendo 4 comprimidos.

Leia mais

cloridrato de tansulosina

cloridrato de tansulosina cloridrato de tansulosina Sandoz do Brasil Ind. Farm. Ltda. Cápsula gelatinosa dura de liberação prolongada 0,4 mg 1 I) IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO cloridrato de tansulosina Medicamento genérico Lei n

Leia mais

FOSAMAX (alendronato de sódio), MSD. 70 mg é apresentado em caixas contendo 2, 4, 8 ou 12 comprimidos.

FOSAMAX (alendronato de sódio), MSD. 70 mg é apresentado em caixas contendo 2, 4, 8 ou 12 comprimidos. FORMA FARMACÊUTICA E APRESENTAÇÕES FOSAMAX (alendronato de sódio), MSD FOSAMAX 70 mg é apresentado em caixas contendo 2, 4, 8 ou 12 comprimidos. USO ADULTO COMPOSIÇÃO Ingrediente ativo Cada comprimido

Leia mais

Simeco Plus. Bula para paciente. Suspensão. 600mg+300mg+35mg

Simeco Plus. Bula para paciente. Suspensão. 600mg+300mg+35mg Simeco Plus Bula para paciente Suspensão 600mg+300mg+35mg Simeco plus (hidróxido de alumínio + hidróxido de magnésio + simeticona) Suspensão FORMAS FARMACÊUTICAS E APRESENTAÇÕES Embalagens com frascos

Leia mais

FOLHETO INFORMATIVO: informação para o utilizador

FOLHETO INFORMATIVO: informação para o utilizador FOLHETO INFORMATIVO: informação para o utilizador Ácido Alendrónico Alenoratio 70 mg Comprimidos Alendronato sódico tri-hidratado Leia atentamente este folheto antes de tomar o medicamento. - Conserve

Leia mais

Capilarema. aminaftona. Laboratórios Baldacci Ltda. Comprimidos. 75 mg

Capilarema. aminaftona. Laboratórios Baldacci Ltda. Comprimidos. 75 mg Capilarema aminaftona Laboratórios Baldacci Ltda. Comprimidos 75 mg CAPILAREMA aminaftona APRESENTAÇÕES Comprimidos de 75 mg embalagens com 30 ou 60 comprimidos. VIA ORAL - USO ADULTO COMPOSIÇÃO Cada comprimido

Leia mais

METADOXIL (pidolato de piridoxina) Laboratórios Baldacci Ltda. Comprimido revestido. 500 mg

METADOXIL (pidolato de piridoxina) Laboratórios Baldacci Ltda. Comprimido revestido. 500 mg METADOXIL (pidolato de piridoxina) Laboratórios Baldacci Ltda. Comprimido revestido 500 mg METADOXIL pidolato de piridoxina APRESENTAÇÕES Comprimidos revestidos de 500 mg embalagem com 30. VIA ORAL - USO

Leia mais

Risedronato de sódio Aurobindo 30 mg comprimidos revestidos por película

Risedronato de sódio Aurobindo 30 mg comprimidos revestidos por película Folheto informativo: Informação para o utilizador Risedronato de sódio Aurobindo 30 mg comprimidos revestidos por película Risedronato de sódio Leia com atenção todo este folheto antes de começar a tomar

Leia mais

CYFENOL. Cifarma Científica Farmacêutica Ltda. Solução oral 200mg/mL

CYFENOL. Cifarma Científica Farmacêutica Ltda. Solução oral 200mg/mL CYFENOL Cifarma Científica Farmacêutica Ltda. 200mg/mL CYFENOL paracetamol DCB: 06827 I - IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO Nome comercial: CYFENOL Nome genérico: paracetamol (DCB: 06827) APRESENTAÇÃO 200mg/mL

Leia mais

Trimedal Tosse bromidrato de dextrometorfano

Trimedal Tosse bromidrato de dextrometorfano Trimedal Tosse bromidrato de dextrometorfano Forma farmacêutica, via de administração e apresentações: Filme de desintegração oral. Uso oral. Trimedal Tosse 7,5 mg: cartuchos com 16 filmes de desintegração

Leia mais

NEO DIMETICON. (simeticona)

NEO DIMETICON. (simeticona) NEO DIMETICON (simeticona) Brainfarma Indústria Química e Farmacêutica S.A. Comprimido 40mg I - IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO: NEO DIMETICON simeticona APRESENTAÇÕES Comprimidos 40mg: Embalagem com 20 comprimidos.

Leia mais

RIOPAN PLUS. Takeda Pharma Ltda. Suspensão 80mg/ml + 10mg/ml

RIOPAN PLUS. Takeda Pharma Ltda. Suspensão 80mg/ml + 10mg/ml RIOPAN PLUS Takeda Pharma Ltda. Suspensão 80mg/ml + 10mg/ml BULA PARA PACIENTE RDC 47/2009 APRESENTAÇÃO Suspensão de 80 mg/ml (magaldrato) + 10 mg/ml (dimeticona). Frasco de 240 ml (sabor menta). USO ORAL

Leia mais

INDÚSTRIA FARMACÊUTICA S.A.

INDÚSTRIA FARMACÊUTICA S.A. FLOXIMED norfloxacino MEDQUÍMICA INDÚSTRIA FARMACÊUTICA S.A. Comprimidos Revestidos 400mg FLOXIMED norfloxacino MEDICAMENTO SIMILAR EQUIVALENTE AO MEDICAMENTO DE REFERÊNCIA comprimido revestido I- IDENTIFICAÇÃO

Leia mais

FINALOP (finasterida) Libbs Farmacêutica Ltda. Comprimidos Revestidos 1 mg

FINALOP (finasterida) Libbs Farmacêutica Ltda. Comprimidos Revestidos 1 mg FINALOP (finasterida) Libbs Farmacêutica Ltda. Comprimidos Revestidos 1 mg FINALOP finasterida comprimidos revestidos 1 mg APRESENTAÇÕES Comprimido revestidos contendo 1 mg de finasterida em embalagens

Leia mais

LONIUM. brometo de otilônio. APRESENTAÇÃO Comprimidos revestidos de 40 mg. Caixas com 30 e 60 comprimidos

LONIUM. brometo de otilônio. APRESENTAÇÃO Comprimidos revestidos de 40 mg. Caixas com 30 e 60 comprimidos LONIUM brometo de otilônio APRESENTAÇÃO Comprimidos revestidos de 40 mg. Caixas com 30 e 60 comprimidos USO ORAL USO ADULTO COMPOSIÇÃO Cada comprimido revestido contém: 40 mg brometo de otilônio... 40

Leia mais

GRETIVIT. Comprimido revestido BELFAR LTDA.

GRETIVIT. Comprimido revestido BELFAR LTDA. GRETIVIT (acetato de retinol cloridrato de tiamina riboflavina cloridrato de piridoxina cianocobalamina colecalciferol nicotinamida ácido pantotênico sulfato ferroso sulfato de magnésio sulfato de manganês)

Leia mais

MIGRAINEX. (paracetamol + ácido acetil salicílico + cafeína) Cosmed Indústria de Cosméticos e Medicamentos S.A. Comprimido Revestido

MIGRAINEX. (paracetamol + ácido acetil salicílico + cafeína) Cosmed Indústria de Cosméticos e Medicamentos S.A. Comprimido Revestido MIGRAINEX (paracetamol + ácido acetil salicílico + cafeína) Cosmed Indústria de Cosméticos e Medicamentos S.A. Comprimido Revestido 250mg + 250mg + 65mg I - IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO: MIGRAINEX paracetamol

Leia mais

Leia atentamente este folheto antes de tomar este medicamento

Leia atentamente este folheto antes de tomar este medicamento Folheto Informativo: informação para o utilizador Ácido Alendrónico Mylan 70 mg comprimidos (Alendronato sódico) Leia atentamente este folheto antes de tomar este medicamento Conserve este folheto. Pode

Leia mais

ALENDIL. Farmoquímica S/A Comprimidos 70 mg. Alendil_AR010713_Bula Paciente

ALENDIL. Farmoquímica S/A Comprimidos 70 mg. Alendil_AR010713_Bula Paciente ALENDIL Farmoquímica S/A Comprimidos 70 mg BULA PACIENTE ALENDIL alendronato de sódio APRESENTAÇÕES: Comprimidos alendronato de sódio 70 mg - embalagem contendo 4 ou 8 comprimidos. VIA ORAL USO ADULTO

Leia mais

cimetidina Comprimido revestido 200mg e Comprimido revestido 400mg

cimetidina Comprimido revestido 200mg e Comprimido revestido 400mg cimetidina Comprimido revestido 200mg e Comprimido revestido 400mg MODELO DE BULA COM INFORMAÇÕES AO PACIENTE cimetidina Medicamento genérico Lei nº 9.787, de 1999. APRESENTAÇÕES Comprimido revestido 200mg

Leia mais

FOLHETO INFORMATIVO: INFORMAÇÃO PARA O UTILIZADOR

FOLHETO INFORMATIVO: INFORMAÇÃO PARA O UTILIZADOR FOLHETO INFORMATIVO: INFORMAÇÃO PARA O UTILIZADOR Ácido alendrónico Mer 70 mg comprimidos Alendronato de sódio tri-hidratado Leia atentamente este folheto antes de tomar este medicamento. - Conserve este

Leia mais

Beneum cloridrato de tiamina

Beneum cloridrato de tiamina Beneum cloridrato de tiamina MODELO DE BULA COM INFORMAÇÕES AO PACIENTE Beneum cloridrato de tiamina APRESENTAÇÕES Comprimido revestido 300mg Embalagens contendo 30 e 50 comprimidos. USO ORAL USO ADULTO

Leia mais

CICLOMIDRIN BULA PARA O PACIENTE LATINOFARMA INDÚSTRIAS FARMACÊUTICAS LTDA. Solução Oftálmica Estéril. tropicamida 10 mg/ml

CICLOMIDRIN BULA PARA O PACIENTE LATINOFARMA INDÚSTRIAS FARMACÊUTICAS LTDA. Solução Oftálmica Estéril. tropicamida 10 mg/ml CICLOMIDRIN LATINOFARMA INDÚSTRIAS FARMACÊUTICAS LTDA. Solução Oftálmica Estéril tropicamida 10 mg/ml BULA PARA O PACIENTE COLÍRIO CICLOMIDRIN tropicamida 1% MEDICAMENTO SIMILAR EQUIVALENTE AO MEDICAMENTO

Leia mais

Deprozol. Aché Laboratórios Farmacêuticos S.A. Comprimido revestido 1000 mg. Deprozol_BU 01_VPS 1

Deprozol. Aché Laboratórios Farmacêuticos S.A. Comprimido revestido 1000 mg. Deprozol_BU 01_VPS 1 Deprozol Aché Laboratórios Farmacêuticos S.A. Comprimido revestido 1000 mg Deprozol_BU 01_VPS 1 BULA PARA PROFISSIONAL DE SAÚDE Bula de acordo com a Resolução-RDC nº 47/2009 I- IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO

Leia mais

CAPYLA HAIR (finasterida)

CAPYLA HAIR (finasterida) CAPYLA HAIR (finasterida) EMS SIGMA PHARMA LTDA Comprimido Revestido 1 mg IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO Capyla-hair finasterida APRESENTAÇÕES Comprimidos revestidos de 1 mg de finasterida acondicionados

Leia mais

Mylanta Plus. Johnson & Johnson INDUSTRIAL Ltda. Suspensão oral - sabores menta e morango

Mylanta Plus. Johnson & Johnson INDUSTRIAL Ltda. Suspensão oral - sabores menta e morango Mylanta Plus Johnson & Johnson INDUSTRIAL Ltda 80 mg/ml de hidróxido de alumínio gel seco, 80 mg/ml de hidróxido de magnésio e 6 mg/ml de simeticona MYLANTA PLUS hidróxido de alumínio, hidróxido de magnésio

Leia mais

Osteofar Laboratório Farmacêutico Elofar Ltda. Comprimido 70 mg de alendronato de sódio

Osteofar Laboratório Farmacêutico Elofar Ltda. Comprimido 70 mg de alendronato de sódio Osteofar Laboratório Farmacêutico Elofar Ltda. Comprimido 70 mg de alendronato de sódio IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO OSTEOFAR (alendronato de sódio) APRESENTAÇÕES OSTEOFAR (alendronato de sódio), 70 mg

Leia mais

MODELO DE BULA. FORMAS FARMACÊUTICAS E APRESENTAÇÕES ENDRONAX (alendronato de sódio) 70 mg é apresentado em caixas contendo 4 comprimidos.

MODELO DE BULA. FORMAS FARMACÊUTICAS E APRESENTAÇÕES ENDRONAX (alendronato de sódio) 70 mg é apresentado em caixas contendo 4 comprimidos. MODELO DE BULA Endronax alendronato de sódio FORMAS FARMACÊUTICAS E APRESENTAÇÕES ENDRONAX (alendronato de sódio) 70 mg é apresentado em caixas contendo 4 comprimidos. USO ADULTO Via oral Composição: Cada

Leia mais

Gotas. APRESENTAÇÕES Suspensão oral (75 mg/ml) em frascos gotejadores contendo 15 ml.

Gotas. APRESENTAÇÕES Suspensão oral (75 mg/ml) em frascos gotejadores contendo 15 ml. BULA RDC 47/09 BULA DO PACIENTE IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO Mylicon simeticona Gotas APRESENTAÇÕES Suspensão oral (75 mg/ml) em frascos gotejadores contendo 15 ml. USO ORAL USO ADULTO E PEDIÁTRICO COMPOSIÇÃO

Leia mais

Boneprev alendronato de sódio Sandoz do Brasil Ind. Farm. Ltda. comprimido revestido 70 mg

Boneprev alendronato de sódio Sandoz do Brasil Ind. Farm. Ltda. comprimido revestido 70 mg Boneprev alendronato de sódio Sandoz do Brasil Ind. Farm. Ltda. comprimido revestido I) IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO Boneprev alendronato de sódio MEDICAMENTO SIMILAR EQUIVALENTE AO MEDICAMENTO DE REFERÊNCIA

Leia mais

simeticona Medley Indústria Farmacêutica Ltda. cápsula gelatinosa mole 125 mg

simeticona Medley Indústria Farmacêutica Ltda. cápsula gelatinosa mole 125 mg simeticona Medley Indústria Farmacêutica Ltda. cápsula gelatinosa mole 125 mg simeticona Medicamento Genérico, Lei nº 9.787, de 1999 APRESENTAÇÕES Cápsulas gelatinosas moles de 125 mg: embalagens com 10

Leia mais

FOLHETO INFORMATIVO: INFORMAÇÃO PARA O UTILIZADOR

FOLHETO INFORMATIVO: INFORMAÇÃO PARA O UTILIZADOR FOLHETO INFORMATIVO: INFORMAÇÃO PARA O UTILIZADOR Ácido alendrónico Lendral 70 mg comprimidos Alendronato de sódio tri-hidratado Leia atentamente este folheto antes de tomar este medicamento -Conserve

Leia mais

ALENDRONATO DE SÓDIO. Germed Farmacêutica Ltda. comprimido. 70 mg

ALENDRONATO DE SÓDIO. Germed Farmacêutica Ltda. comprimido. 70 mg ALENDRONATO DE SÓDIO Germed Farmacêutica Ltda. comprimido 70 mg I. IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO alendronato de sódio Medicamento Genérico, Lei nº. 9.787, de 1999. APRESENTAÇÕES Alendronato de sódio 70

Leia mais

APRESENTAÇÕES Boneprev (alendronato de sódio) comprimido revestido 70 mg. Embalagem contendo 4 comprimidos revestidos.

APRESENTAÇÕES Boneprev (alendronato de sódio) comprimido revestido 70 mg. Embalagem contendo 4 comprimidos revestidos. I) IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO Boneprev alendronato de sódio MEDICAMENTO SIMILAR EQUIVALENTE AO MEDICAMENTO DE REFERÊNCIA APRESENTAÇÕES Boneprev (alendronato de sódio) comprimido revestido 70 mg. Embalagem

Leia mais

Afopic Comprimido 5mg

Afopic Comprimido 5mg Afopic Comprimido 5mg MODELO DE BULA COM INFORMAÇÕES AO PACIENTE Afopic ácido fólico APRESENTAÇÕES Comprimido 5mg Embalagens contendo 20 e 100 comprimidos. USO ORAL USO ADULTO COMPOSIÇÃO Cada comprimido

Leia mais

FOLHETO INFORMATIVO. TAGAMET 400 mg pó para suspensão oral Cimetidina

FOLHETO INFORMATIVO. TAGAMET 400 mg pó para suspensão oral Cimetidina FOLHETO INFORMATIVO Leia atentamente este folheto antes de tomar o medicamento. - Conserve este folheto. Pode ter necessidade de o reler. - Caso tenha dúvidas, consulte o seu médico ou farmacêutico. -

Leia mais

RUA H, N 0 02, GALPÃO III - SANTO ANTONIO DE JESUS - BA CEP CNPJ: / FONE: (0XX)

RUA H, N 0 02, GALPÃO III - SANTO ANTONIO DE JESUS - BA CEP CNPJ: / FONE: (0XX) VITER C ácido ascórbico APRESENTAÇÃO Linha Farma: Cartucho contendo frasco com 20 ml. FORMA FARMACÊUTICA Solução oral USO ORAL USO ADULTO E PEDIÁTRICO COMPOSIÇÃO Cada ml da solução oral contém: Ácido Ascórbico...200

Leia mais

OSTEOFORM. alendronato de sódio. EMS Sigma Pharma Ltda. comprimido. 70 mg

OSTEOFORM. alendronato de sódio. EMS Sigma Pharma Ltda. comprimido. 70 mg OSTEOFORM alendronato de sódio EMS Sigma Pharma Ltda. comprimido 70 mg I. IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO OSTEOFORM alendronato de sódio APRESENTAÇÕES Osteoform (alendronato de sódio) 70 mg. Embalagens contendo

Leia mais

Ostenan. Marjan Indústria e Comércio Ltda. Comprimido Revestido Alendronato de Sódio 70mg

Ostenan. Marjan Indústria e Comércio Ltda. Comprimido Revestido Alendronato de Sódio 70mg Ostenan Marjan Indústria e Comércio Ltda. Comprimido Revestido Alendronato de Sódio 70mg Ostenan alendronato de sódio FORMA FARMACÊUTICA E APRESENTAÇÃO Ostenan 70 mg é apresentado em caixas com 4 comprimidos

Leia mais

MEMORIOL. Comprimidos revestidos

MEMORIOL. Comprimidos revestidos MEMORIOL Comprimidos revestidos MEMORIOL B6 200 glutamina glutamato de cálcio fosfato de ditetraetilamônio cloridrato de piridoxina APRESENTAÇÕES Comprimidos revestidos cartucho com 20. VIA ORAL USO ADULTO

Leia mais

Purisole SM Fresenius Kabi

Purisole SM Fresenius Kabi Purisole SM Fresenius Kabi Solução para irrigação urológica sorbitol 0,027 g/ml + manitol 0,0054 g/ ml MODELO DE BULA Purisole SM sorbitol + manitol Forma farmacêutica e apresentações: Solução para irrigação

Leia mais

ENDROSTAN. Instituto Terapêutico Delta Ltda Comprimido 70 mg

ENDROSTAN. Instituto Terapêutico Delta Ltda Comprimido 70 mg ENDROSTAN Instituto Terapêutico Delta Ltda Comprimido 70 mg Endrostan alendronato de sódio DELTA MEDICAMENTO SIMILAR EQUIVALENTE AO MEDICAMENTO DE REFERÊNCIA APRESENTAÇÕES Comprimido 70 mg: embalagem contendo

Leia mais

VITER C ácido ascórbico. Natulab Laboratório SA.

VITER C ácido ascórbico. Natulab Laboratório SA. VITER C Natulab Laboratório SA. Solução Oral 200 mg/ml VITER C APRESENTAÇÕES Cartucho contendo frasco com 20 ml. USO ORAL USO ADULTO E PEDIÁTRICO COMPOSIÇÃO Cada ml da solução oral contém: Ácido Ascórbico...200

Leia mais

VITAMINA B1 NEO QUÍMICA. (cloridrato de tiamina)

VITAMINA B1 NEO QUÍMICA. (cloridrato de tiamina) VITAMINA B1 NEO QUÍMICA (cloridrato de tiamina) Brainfarma Indústria Química e Farmacêutica S.A. Comprimido revestido 300mg I - IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO: VITAMINA B1 NEO QUÍMICA cloridrato de tiamina

Leia mais

EPOCLER. (citrato de colina + betaína + racemetionina)

EPOCLER. (citrato de colina + betaína + racemetionina) EPOCLER (citrato de colina + betaína + racemetionina) Cosmed Indústria de Cosméticos e Medicamentos S.A. Solução 100mg/mL + 50mg/mL + 10mg/mL I - IDENTIFICAÇÃO DO : EPOCLER citrato de colina + betaína

Leia mais

simeticona LEGRAND PHARMA INDÚSTRIA FARMACÊUTICA LTDA Emulsão Oral 75 mg/ml

simeticona LEGRAND PHARMA INDÚSTRIA FARMACÊUTICA LTDA Emulsão Oral 75 mg/ml simeticona LEGRAND PHARMA INDÚSTRIA FARMACÊUTICA LTDA 75 mg/ml I - IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO simeticona Medicamento Genérico, Lei nº 9.787 de 1999. APRESENTAÇÃO (gotas). Embalagem contendo frasco de

Leia mais

FORMA FARMACÊUTICA E APRESENTAÇÃO Ostenan 70 mg é apresentado em caixas com 4 comprimidos revestidos.

FORMA FARMACÊUTICA E APRESENTAÇÃO Ostenan 70 mg é apresentado em caixas com 4 comprimidos revestidos. Ostenan alendronato de sódio FORMA FARMACÊUTICA E APRESENTAÇÃO Ostenan 70 mg é apresentado em caixas com 4 comprimidos revestidos. USO ADULTO VIA ORAL COMPOSIÇÃO Cada comprimido revestido de 70 mg contém:

Leia mais

FOSAMAX (alendronato de sódio), MSD. Merck Sharp & Dohme Farmacêutica Ltda. Comprimidos 70 mg

FOSAMAX (alendronato de sódio), MSD. Merck Sharp & Dohme Farmacêutica Ltda. Comprimidos 70 mg FOSAMAX (alendronato de sódio), MSD Merck Sharp & Dohme Farmacêutica Ltda. Comprimidos 70 mg IDENTIFICAÇÃO DO FOSAMAX (alendronato de sódio), MSD APRESENTAÇÕES FOSAMAX (alendronato de sódio), MSD 70 mg

Leia mais

COMPLE B cloridrato de tiamina, fosfato sódico de riboflavina, cloridrato de piridoxina e nicotinamida (Polivitamínico do Complexo B).

COMPLE B cloridrato de tiamina, fosfato sódico de riboflavina, cloridrato de piridoxina e nicotinamida (Polivitamínico do Complexo B). COMPLE B cloridrato de tiamina, fosfato sódico de riboflavina, cloridrato de piridoxina e nicotinamida (Polivitamínico do Complexo B). Leia com atenção antes de usar o produto FORMA FARMACÊUTICA Comprimido

Leia mais

TEXTO PARA MEMENTO TERAPÊUTICO FURP. Creme Caixa com 50 bisnagas embalagem com 10 g de creme na concentração de 1 mg/g.

TEXTO PARA MEMENTO TERAPÊUTICO FURP. Creme Caixa com 50 bisnagas embalagem com 10 g de creme na concentração de 1 mg/g. TEXTO PARA MEMENTO TERAPÊUTICO FURP FURP-DEXAMETASONA 1 mg/g Creme acetato de dexametasona FORMA FARMACÊUTICA E APRESENTAÇÃO Creme Caixa com 50 bisnagas embalagem com 10 g de creme na concentração de 1

Leia mais

FOSFATO DE CLINDAMICINA EMS S/A. Gel 10mg/g

FOSFATO DE CLINDAMICINA EMS S/A. Gel 10mg/g FOSFATO DE CLINDAMICINA EMS S/A Gel 10mg/g fosfato de clindamicina Medicamento genérico Lei n 9.787 de 1999 APRESENTAÇÕES Gel - Caixa contendo 1 bisnaga de 20g, 25g, 30g ou 45 g USO EXTERNO USO TÓPICO

Leia mais

CHOFRAFIG (citrato de colina + betaína + metionina)

CHOFRAFIG (citrato de colina + betaína + metionina) CHOFRAFIG (citrato de colina + betaína + metionina) União Química Farmacêutica Nacional S.A solução oral 100,0 mg/ml + 50,0 mg/ml + 10,0 mg/ml CHOFRAFIG citrato de colina + betaína + metionina solução

Leia mais

Cortifar Laboratório Farmacêutico Elofar Ltda. Creme dermatológico 0,64 mg/g de dipropionato de betametasona

Cortifar Laboratório Farmacêutico Elofar Ltda. Creme dermatológico 0,64 mg/g de dipropionato de betametasona Cortifar Laboratório Farmacêutico Elofar Ltda. Creme dermatológico 0,64 mg/g de dipropionato de betametasona I- IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO Cortifar dipropionato de betametasona MEDICAMENTO SIMILAR EQUIVALENTE

Leia mais

Trimeb. (maleato de trimebutina)

Trimeb. (maleato de trimebutina) Trimeb (maleato de trimebutina) Bula para paciente Cápsula mole 200 mg Página 1 Trimeb (maleato de trimebutina) MEDICAMENTO SIMILAR EQUIVALENTE AO MEDICAMENTO DE REFERÊNCIA Cápsula mole FORMA FARMACÊUTICA

Leia mais

MYLICON (simeticona) Janssen-Cilag Farmacêutica Ltda. Suspensão. 75 mg/ml

MYLICON (simeticona) Janssen-Cilag Farmacêutica Ltda. Suspensão. 75 mg/ml MYLICON (simeticona) Janssen-Cilag Farmacêutica Ltda. Suspensão 75 mg/ml IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO Mylicon simeticona Gotas APRESENTAÇÕES Suspensão oral (75 mg/ml) em frascos gotejadores contendo 15

Leia mais

racecadotrila Biosintética Farmacêutica Ltda. Cápsula Dura 100 mg

racecadotrila Biosintética Farmacêutica Ltda. Cápsula Dura 100 mg racecadotrila Biosintética Farmacêutica Ltda. Cápsula Dura 100 mg BULA PARA PACIENTE Bula de acordo com a Resolução-RDC nº 47/2009 I- IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO racecadotrila Medicamento genérico Lei

Leia mais

FOSAMAX (alendronato sódico), MSD

FOSAMAX (alendronato sódico), MSD FOSAMAX (alendronato sódico), MSD FORMA FARMACÊUTICA E APRESENTAÇÕES FOSAMAX 10 mg é apresentado em caixas contendo 15 ou 30 comprimidos. FOSAMAX 70 mg é apresentado em caixas contendo 4 comprimidos. USO

Leia mais

Irritratil maleato de trimebutina I IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO MEDICAMENTO SIMILAR EQUIVALENTE AO MEDICAMENTO DE REFERÊNCIA"

Irritratil maleato de trimebutina I IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO MEDICAMENTO SIMILAR EQUIVALENTE AO MEDICAMENTO DE REFERÊNCIA Irritratil maleato de trimebutina I IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO MEDICAMENTO SIMILAR EQUIVALENTE AO MEDICAMENTO DE REFERÊNCIA" APRESENTAÇÕES: Cápsulas gelatinosas moles para uso oral de 200 mg, embalagem

Leia mais

MAXIDRIN. Kley Hertz S/A Indústria e Comércio. Comprimidos revestidos Paracetamol 500mg Cafeína 65mg

MAXIDRIN. Kley Hertz S/A Indústria e Comércio. Comprimidos revestidos Paracetamol 500mg Cafeína 65mg MAXIDRIN Kley Hertz S/A Indústria e Comércio Comprimidos revestidos Paracetamol 500mg Cafeína 65mg MAXIDRIN paracetamol cafeína APRESENTAÇÕES Cartucho contendo blísteres com 12 ou 120 comprimidos revestidos

Leia mais

simeticona Biosintética Farmacêutica Ltda. Comprimidos 40 mg

simeticona Biosintética Farmacêutica Ltda. Comprimidos 40 mg simeticona Biosintética Farmacêutica Ltda. Comprimidos 40 mg BULA PARA PACIENTE Bula de acordo com a Resolução-RDC nº 47/2009 I- IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO simeticona Medicamento genérico Lei nº 9.787,

Leia mais

FOLIFOLIN (ácido fólico)

FOLIFOLIN (ácido fólico) FOLIFOLIN (ácido fólico) EMS S/A Comprimido 5 mg I - IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO Folifolin ácido fólico APRESENTAÇÃO Comprimido de 5 mg: Embalagem com 4, 10, 20, 30, 40,60 e 500 comprimidos. USO ORAL

Leia mais

Estudos de Tratamento da Osteoporose em Mulheres Pós- Menopáusicas Aumento da DMO alendronato de sódio 10 mg/dia durante três anos

Estudos de Tratamento da Osteoporose em Mulheres Pós- Menopáusicas Aumento da DMO alendronato de sódio 10 mg/dia durante três anos I) IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO MINUSORB 70 MG alendronato de sódio FORMA FARMACÊUTICA E APRESENTAÇÃO MINUSORB (alendronato de sódio) 70 mg: cartucho contendo 4 comprimidos simples. VIA ORAL USO ADULTO

Leia mais

Kanakion MM (fitomenadiona) Produtos Roche Químicos e Farmacêuticos S.A. Solução injetável 2 mg/0,2 ml

Kanakion MM (fitomenadiona) Produtos Roche Químicos e Farmacêuticos S.A. Solução injetável 2 mg/0,2 ml Kanakion MM (fitomenadiona) Produtos Roche Químicos e Farmacêuticos S.A. Solução injetável 2 mg/0,2 ml 5 Kanakion MM pediátrico fitomenadiona Roche Vitamina K Micelas Mistas APRESENTAÇÃO Solução injetável.

Leia mais

MEMORIOL B (glutamina, glutamato de cálcio, fosfato de ditetraetilamônio, cloridrato de piridoxina) Laboratórios Baldacci Ltda.

MEMORIOL B (glutamina, glutamato de cálcio, fosfato de ditetraetilamônio, cloridrato de piridoxina) Laboratórios Baldacci Ltda. MEMORIOL B6 200 (glutamina, glutamato de cálcio, fosfato de ditetraetilamônio, cloridrato de piridoxina) Laboratórios Baldacci Ltda. Comprimido revestido MEMORIOL B6 200 glutamina glutamato de cálcio fosfato

Leia mais

Flebon é indicado no tratamento da fragilidade dos vasos e do inchaço (edema) de membros inferiores, na prevenção das

Flebon é indicado no tratamento da fragilidade dos vasos e do inchaço (edema) de membros inferiores, na prevenção das Pinus pinaster (Pycnogenol ) Nomeclatura botânica oficial: Pinus pinaster Aiton Nomeclatura popular: Pycnogenol e pinho marítimo Gênero: Pinus Subespécie: Atlântica del Villar Família: Pinaceae Parte utilizada:

Leia mais

IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO comprimidos revestidos

IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO comprimidos revestidos BULA RDC 47/09 BULA DO PACIENTE IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO comprimidos revestidos Nomenclatura botânica oficial: Glycine max (L.) Merr. Nome popular: Soja Família: Leguminosae Parte da planta utilizada:

Leia mais

ibandronato de sódio Biosintética Farmacêutica Ltda. comprimidos revestidos 150 mg

ibandronato de sódio Biosintética Farmacêutica Ltda. comprimidos revestidos 150 mg ibandronato de sódio Biosintética Farmacêutica Ltda. comprimidos revestidos 150 mg BULA PARA PROFISSIONAL DE SAÚDE Bula de acordo com a Resolução-RDC nº 47/2009 I- IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO APRESENTAÇÃO

Leia mais

Nomenclatura botânica oficial: Glycine max (L.) Merr. Nome popular: Soja Família: Leguminosae Parte da planta utilizada: Semente

Nomenclatura botânica oficial: Glycine max (L.) Merr. Nome popular: Soja Família: Leguminosae Parte da planta utilizada: Semente BULA DO PACIENTE IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO comprimidos revestidos Nomenclatura botânica oficial: Glycine max (L.) Merr. Nome popular: Soja Família: Leguminosae Parte da planta utilizada: Semente APRESENTAÇÕES

Leia mais

FURP-POLIVITAMÍNICO. Fundação para o Remédio Popular FURP. Solução Oral. 30 ml

FURP-POLIVITAMÍNICO. Fundação para o Remédio Popular FURP. Solução Oral. 30 ml FURP-POLIVITAMÍNICO Fundação para o Remédio Popular FURP Solução Oral 30 ml BULA PARA O PACIENTE FURP POLIVITAMÍNICO palmitato de retinol colecalciferol cloridrato de tiamina fosfato sódico de riboflavina

Leia mais

Registro de Medicamento Genérico

Registro de Medicamento Genérico Registro de Medicamento Genérico GABALLON Ácido Gamaminobutírico 10 mg Cloridrato de L-Lisina 10 mg Cloridrato de tiamina 0,4 mg Cloridrato de piridoxina 0,8 mg Pantotenato de cálcio 0,8 mg Zydus Nikkho

Leia mais

Betina. (dicloridrato de betaistina) Bula para paciente Comprimido 16 mg e 24 mg

Betina. (dicloridrato de betaistina) Bula para paciente Comprimido 16 mg e 24 mg Betina (dicloridrato de betaistina) Bula para paciente Comprimido 16 mg e 24 mg Betina dicloridrato de betaistina MEDICAMENTO SIMILAR EQUIVALENTE AO MEDICAMENTO DE REFERÊNCIA Comprimido USO ADULTO USO

Leia mais

APRESENTAÇÕES alendronato de sódio comprimido revestido 70 mg. Embalagem contendo 4 ou 8 comprimidos revestidos.

APRESENTAÇÕES alendronato de sódio comprimido revestido 70 mg. Embalagem contendo 4 ou 8 comprimidos revestidos. I) IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO alendronato de sódio Medicamento genérico, Lei nº 9.787, de 1999 APRESENTAÇÕES alendronato de sódio comprimido revestido 70 mg. Embalagem contendo 4 ou 8 comprimidos revestidos.

Leia mais

mononitrato de isossorbida Biosintética Farmacêutica Ltda. comprimidos 20 mg 40 mg

mononitrato de isossorbida Biosintética Farmacêutica Ltda. comprimidos 20 mg 40 mg mononitrato de isossorbida Biosintética Farmacêutica Ltda. comprimidos 20 mg 40 mg BULA PARA PACIENTE Bula de acordo com a Resolução-RDC nº 47/2009 I- IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO mononitrato de isossorbida

Leia mais

Visual Sandoz do Brasil Ind. Farm. Ltda. solução oftálmica cloridrato de nafazolina 0,15 mg/ml + sulfato de zinco heptaidratado 0,3 mg/ml

Visual Sandoz do Brasil Ind. Farm. Ltda. solução oftálmica cloridrato de nafazolina 0,15 mg/ml + sulfato de zinco heptaidratado 0,3 mg/ml Visual Sandoz do Brasil Ind. Farm. Ltda. solução oftálmica cloridrato de nafazolina 0,15 mg/ml + sulfato de zinco heptaidratado 0,3 mg/ml I) IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO Visual cloridrato de nafazolina

Leia mais

URO-VAXOM. Apsen Farmacêutica S.A. Cápsulas 6 mg

URO-VAXOM. Apsen Farmacêutica S.A. Cápsulas 6 mg URO-VAXOM Apsen Farmacêutica S.A. Cápsulas 6 mg URO-VAXOM Lisado bacteriano de Escherichia coli APSEN FORMA FARMACÊUTICA Cápsula gelatinosa APRESENTAÇÕES Cápsulas de 6 mg de lisado bacteriano de Escherichia

Leia mais

UNTRAL (biotina) Aché Laboratórios Farmacêuticos S.A. cápsula 2,5 mg

UNTRAL (biotina) Aché Laboratórios Farmacêuticos S.A. cápsula 2,5 mg UNTRAL (biotina) Aché Laboratórios Farmacêuticos S.A. cápsula 2,5 mg BULA PARA O PACIENTE Bula de acordo com a Resolução-RDC nº 47/2009 I- IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO UNTRAL biotina APRESENTAÇÕES Cápsulas

Leia mais

IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO. Mylicon simeticona. Gotas. APRESENTAÇÃO Suspensão oral (75 mg/ml) em frasco gotejador contendo 15 ml.

IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO. Mylicon simeticona. Gotas. APRESENTAÇÃO Suspensão oral (75 mg/ml) em frasco gotejador contendo 15 ml. IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO Mylicon simeticona Gotas APRESENTAÇÃO Suspensão oral (75 mg/ml) em frasco gotejador contendo 15 ml. USO ORAL USO ADULTO E PEDIÁTRICO COMPOSIÇÃO Cada ml (11 a 12 gotas) contém

Leia mais

APRESENTAÇÕES Suspensão oral (75 mg/ml) em frascos gotejadores contendo 10, 15 e 30 ml.

APRESENTAÇÕES Suspensão oral (75 mg/ml) em frascos gotejadores contendo 10, 15 e 30 ml. IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO Mylicon simeticona Gotas APRESENTAÇÕES Suspensão oral (75 mg/ml) em frascos gotejadores contendo 10, 15 e 30 ml. USO ORAL USO ADULTO E PEDIÁTRICO COMPOSIÇÃO Cada ml (11 a 12

Leia mais

Fluxocor. Medley Indústria Farmacêutica Ltda. Comprimido revestido 20mg e 40mg

Fluxocor. Medley Indústria Farmacêutica Ltda. Comprimido revestido 20mg e 40mg Fluxocor Medley Indústria Farmacêutica Ltda. Comprimido revestido 20mg e 40mg FLUXOCOR olmesartana medoxomila APRESENTAÇÕES Comprimidos revestidos de 20 mg: embalagens com 10 ou 30 comprimidos. Comprimidos

Leia mais

LONIUM. Apsen Farmacêutica S.A. Comprimidos Revestidos 40 mg

LONIUM. Apsen Farmacêutica S.A. Comprimidos Revestidos 40 mg LONIUM Apsen Farmacêutica S.A. Comprimidos Revestidos 40 mg LONIUM brometo de otilônio APSEN FORMA FARMACÊUTICA Comprimidos revestidos APRESENTAÇÕES Comprimidos revestidos de 40 mg. Caixas com 30 e 60

Leia mais

CLOTRIGEL (clotrimazol)

CLOTRIGEL (clotrimazol) CLOTRIGEL (clotrimazol) Glenmark Farmacêutica Ltda. Creme vaginal 100 mg/5g CLOTRIGEL clotrimazol LEIA ATENTAMENTE ESTA BULA ANTES DE INICIAR O TRATAMENTO I) IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO Nome genérico:

Leia mais

TARGIFOR (aspartato de arginina) Sanofi-Aventis Farmacêutica Ltda. Comprimido efervescente 1500mg

TARGIFOR (aspartato de arginina) Sanofi-Aventis Farmacêutica Ltda. Comprimido efervescente 1500mg TARGIFOR (aspartato de arginina) Comprimido efervescente 1500mg Esta bula sofreu aumento de tamanho para adequação a legislação vigente da ANVISA. Esta bula é continuamente atualizada. Favor proceder a

Leia mais