Equipamentos de Imagem e Equipes Médicas Integradas: O binômio para o pleno retorno do investimento em novas tecnologias

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Equipamentos de Imagem e Equipes Médicas Integradas: O binômio para o pleno retorno do investimento em novas tecnologias"

Transcrição

1 Equipamentos de Imagem e Equipes Médicas Integradas: O binômio para o pleno retorno do investimento em novas tecnologias José Marcelo Amatuzzi de Oliveira Gestor do Setor de Imagem - Fleury

2 Objetivos Investimento não é apenas compra - Analisar toda a cadeia produtiva Diferenciação da equipe como é realizada a gestão Elaborando o estudo de viabilidade Análise de casos: - Tomografia 64 canais - Mamografia Digital - Ressonância Magnética.

3 Fundado em 1926 (80 anos) Mais de tipos diferentes de testes em 37 áreas 6 milhões de testes realizados por ano colaboradores Corpo clínico com mais de 300 médicos 20 Unidades de atendimento - 17 Grande São Paulo e Interior, - 2 Rio de Janeiro; - Brasília. Atendimento Móvel: -Alphaville, Granja Viana, Sorocaba, Guarujá, Santos, São Vicente, São José dos Campos e Jacareí. Hospital-Dia. Fleury

4 Equipe médica Diferenciação técnica e científica do corpo clínico: - 50 mestres - 90 doutores - 14 livre-docentes - 4 professores titulares 296 publicações científicas em 2005 Melhoria contínua nos processos e inovação Formação de equipes multidisciplinares: - Núcleo de Saúde da Mulher - Relatórios médicos integrados (hematologia e hemostasia).

5 Equipe médica Avaliação de performance baseada em indicadores corporativos e vinculada ao desempenho individual Estratégia de educação corporativa: - Reuniões científicas internas - Eventos médicos abertos à comunidade - Publicações (Fleury.com.br, Manual de Exames) - Website com aulas multimídia Programa de aconselhamento profissional para o desenvolvimento de competências essenciais para liderança Mapamento de competências Gestão de carreira médica

6 Equipe médica Organizar as equipes médicas por especialidades: - Neuroimagem - Tórax - Abdome - Músculo-esquelético - Mastologia - Pediatria Equipamentos: - Ultra-som Compartilhar a gestão

7 Planejamento estratégico Integrado, abrangente e de longo prazo (10 anos) Planejamento por especialidade médica lideranças médicas e administrativas Participação de lideranças médicas e do Comitê Executivo.

8 Priorizando os investimentos - Plano de Negócio Identificando oportunidades (intimidade com os clientes): - Pesquisa de satisfação de clientes - Exames não agendados - Contato com os clientes médicos Tendências científicas - Modalidades em ampliação, retração ou substituição - Antecipação Tendências de mercado Aprovação das agências (ANVISA, FDA) Sinergias entre produtos e serviços Análise de risco Análise Financeira - Viabilidade Preparando a equipe para o atendimento Indicadores de performance.

9 Construindo o estudo de viabilidade Expansão x Atualização do parque Recursos Humanos Custo médio unitário Investimentos Capacidade produtiva Investimentos em TI (PACS)

10 Construindo o estudo de viabilidade Indicadores macroeconômicos (ambiente externo complexo e em constante mudança) Custo de suporte técnico Custo de atendimento Custos indiretos Manutenção do equipamento Custo Histórico Freqüência dos serviços (corretivos e preventivos)

11 VPL ROI TIR Payback Ponto de equilíbrio Investimento necessário Fontes de financiamento Análise do projeto em 5 anos Cenários: Otimista, conservador e pessimista Acompanhamento: 6 a 12 meses Estudo de viabilidade

12 Aspectos qualitativos Evidências científicas devem justificar o investimento Alinhamento com o planejamento estratégico da empresa

13 Concorrência Disponibilidade regional do procedimento Preço do produto/serviço Procedimentos alternativos disponíveis Definição do conceito final do produto/serviço e do preço final.

14 Avaliação e incorporação de tecnologias em saúde Recursos escassos e finitos para investimento Avaliação criteriosa: Efetividade da intervenção Análise econômica Impacto para o sistema de saúde Aspectos éticos Fazer escolhas! Fonte:

15 Tomografia Computadorizada 64 Canais Fleury referência em cardiologia diagnóstica ambulatorial não invasiva: Ecocardiograma Teste ergométrico MAPA e Holter ECG Cintilografia do miocárdio Ressonância magnética cardíaca Tomografia de coronárias (8 canais) cálcio e angiografia Cardiologistas e radiologistas desenvolvendo os serviços de modo integrado Evolução tecnológica em TC atingiu resolução de imagem necessária Atualização do parque de equipamentos novas aplicações

16 Mamografia Digital Equipe médica diferenciada com integração multidisciplinar Domínio total do fluxo de trabalho com arquivos digitais Portfólio completo de métodos diagnósticos em mastologia: Ultra-som Mamografia com grande capilaridade em SP Ressonância magnética com protocolos específicos para mastologia Procedimentos minimamente invasivos (mamotomia, core, PAAF) Evidências científicas: analógico x digital Solicitação de clientes médicos e leigos Aprovação sem viabilidade financeira (investimento estratégico!)

17 Ressonância Magnética Liderança no mercado ambulatorial de medicina diagnóstica Tendência de crescimento: Ampliação nas indicações Maior freqüência nas solicitações Descentralização do atendimento de RM Portfólio completo de exames em RM Neurologia, Cardíaco, Ortopedia, Abdome e Angiografia Inovação em atendimento ao cliente (novo conceito) Nova unidade

18 Fatores que influenciam o retorno nos investimentos em tecnologia Baixa sinergia entre stakeholders Médicos, planos de saúde, hospitais, clínicas, indústria de equipamentos, indústria farmacêutica, etc.. Pagadores Constante aumento nos custos com a saúde: Desenvolvimento de novas tecnologias Substituição de metodologia x complementação Envelhecimento da população Taxa de crescimento do custo com saúde acima da média da economia Pressão por redução de custos

19 Fatores que influenciam o retorno nos investimentos em tecnologia Políticas de saúde e agências Evitar danos à população Estabelecimento de guidelines para aplicações das novas tecnologias baseado em evidências científicas Tecnologia Aplicações e custos das novas tecnologias Avanços científicos que tornarão o sistema de saúde mais eficiente Medicalização retorno do investimento da indústria Cliente final (paciente) Postura mais ativa na escolha dos provedores Melhor informados - Imprensa deveria buscar evidências científicas nas comunicações Mais questionadores (custo x risco x benefícios)

20 José Marcelo Amatuzzi de Oliveira Gestor do Setor de Imagem Fleury tel.:

Produtos Unimed Grande Florianópolis

Produtos Unimed Grande Florianópolis Produtos Unimed Grande Florianópolis A Unimed é o plano de saúde que oferece os melhores médicos do Brasil. Vamos além para que sua saúde seja plena e de qualidade. Para nós, o importante é ver você bem

Leia mais

Conselho Regional de Administração de São Paulo

Conselho Regional de Administração de São Paulo Conselho Regional de Administração de São Paulo Grupo de Excelência Administração em Saúde Gestão em Serviços de Saúde: um foco na área de Medicina Diagnóstica Silvio José Moura e Silva 28/04/2008 Agenda

Leia mais

PACS. III Encontro Sul Brasileiro de Engenharia Clínica. Santa Casa de Porto Alegre, RS. 24 de Novembro de 2012

PACS. III Encontro Sul Brasileiro de Engenharia Clínica. Santa Casa de Porto Alegre, RS. 24 de Novembro de 2012 PACS III Encontro Sul Brasileiro de Engenharia Clínica Santa Casa de Porto Alegre, RS 24 de Novembro de 2012 III Encontro Sul Brasileiro de Engenharia Clínica PACS - Agenda Histórico Workflow Modalidades

Leia mais

Há momentos na vida em que os segundos parecem horas, principalmente quando o assunto é saúde. Por isso seriedade, qualidade e agilidade são

Há momentos na vida em que os segundos parecem horas, principalmente quando o assunto é saúde. Por isso seriedade, qualidade e agilidade são Há momentos na vida em que os segundos parecem horas, principalmente quando o assunto é saúde. Por isso seriedade, qualidade e agilidade são fundamentais no processo de um laboratório, levando até cada

Leia mais

I Seminário de Gestão do Corpo Clínico

I Seminário de Gestão do Corpo Clínico I Seminário de Gestão do Corpo Clínico AMMG e FEDERASSANTAS Experiências e Modelos de Gestão de Corpo Clínico. Henrique Salvador 27.11.13 Dados Gerais Corpo Clínico Gestão do Corpo Clínico O HOSPITAL MATER

Leia mais

Medicina Diagnóstica e Preventiva MDP

Medicina Diagnóstica e Preventiva MDP Medicina Diagnóstica e Preventiva MDP Serviços disponíveis nas unidades Ibirapuera, Jardins, Alphaville, Perdizes/Higienópolis e Morumbi. Confira alguns exames e as unidades onde podem ser feitos: Exames/

Leia mais

A experiência do Grupo Fleury

A experiência do Grupo Fleury Diferenciais Competitivos uma nova realidade para o segmento odontológico A experiência do Grupo Fleury Fernando L. Alberto 13 de abril de 2015 fernando.alberto@grupofleury.com.br Nossa atuação Presença

Leia mais

CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM RESSONÂNCIA E TOMOGRAFIA CARDIOVASCULAR

CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM RESSONÂNCIA E TOMOGRAFIA CARDIOVASCULAR CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM RESSONÂNCIA E TOMOGRAFIA CARDIOVASCULAR Coordenadores: Drs. Clerio Azevedo e Marcelo Hadlich 1. Objetivos do Programa Proporcionar, aos pós-graduandos, formação especializada

Leia mais

ANEXO I PROCESSO Nº 056/2013 PREGÃO PRESENCIAL Nº 024/2013

ANEXO I PROCESSO Nº 056/2013 PREGÃO PRESENCIAL Nº 024/2013 Contratação de pessoa jurídica prestadora de serviços de saúde para a realização de plantões médicos, atendimento ambulatorial e assistência médica hospitalar em: Clínica Médica, Pediatria, Ginecologia

Leia mais

BOAS PRÁTICAS NO DIA A DIA DAS CLÍNICAS DE IMAGEM

BOAS PRÁTICAS NO DIA A DIA DAS CLÍNICAS DE IMAGEM BOAS PRÁTICAS NO DIA A DIA DAS CLÍNICAS DE IMAGEM Introdução ÍNDICE Boas práticas no dia a dia das clínicas de imagem A Importância de se estar conectado às tendências As melhores práticas no mercado de

Leia mais

CENTRO DE DIAGNOSE E TERAPIA ANGIOTOMOGRAFIA BÁSICA, ESPECIAL E MASTERRUA PAULINO SOUSA 17 MONTE CASTELO SÃO LUÍS 98 32198943

CENTRO DE DIAGNOSE E TERAPIA ANGIOTOMOGRAFIA BÁSICA, ESPECIAL E MASTERRUA PAULINO SOUSA 17 MONTE CASTELO SÃO LUÍS 98 32198943 REDE MARANHÃO PRESTADOR TIPO ESPECIALIDADE REDE DE ATENDIMENTO ENDEREÇO Nº COMPLEMENTO BAIRRO MUNICÍPIO DDD TEL 1 TEL 2 NARA SUZETE FRANCA WITT ATENDIMENTO MULTIDISCIPLINAR FONOAUDIOLOGIA BÁSICA, ESPECIAL

Leia mais

Quem vou ser daqui a 20 anos Público. Privado. Assistencial Acadêmica Gestão. Assistencial Acadêmico Gestão Autônomo

Quem vou ser daqui a 20 anos Público. Privado. Assistencial Acadêmica Gestão. Assistencial Acadêmico Gestão Autônomo Dr Milton Glezer Quem vou ser daqui a 20 anos Público Assistencial Acadêmica Gestão Privado Assistencial Acadêmico Gestão Autônomo Mudanças nos planos de saúde- melhorar cada vez mais o funcionamento dos

Leia mais

CLASSIFICAÇÃO FINAL DA SELEÇÃO PÚBLICA PARA ADMISSÃO DE MÉDICOS COMO COOPERADOS NA UNIMED JUIZ DE FORA 01/2012

CLASSIFICAÇÃO FINAL DA SELEÇÃO PÚBLICA PARA ADMISSÃO DE MÉDICOS COMO COOPERADOS NA UNIMED JUIZ DE FORA 01/2012 34288 Acupuntura 59 aprovado 3 45210 Alergia e Imunologia 56,5 aprovado 5 42926 Anestesiologia 62,5 aprovado 48867 Anestesiologia 60,5 aprovado 48235 Anestesiologia 59 aprovado 9 48302 Anestesiologia 56

Leia mais

Uma área em expansão. Radiologia

Uma área em expansão. Radiologia Uma área em expansão Conhecimento especializado e treinamento em novas tecnologias abrem caminho para equipes de Enfermagem nos serviços de diagnóstico por imagem e radiologia A atuação da Enfermagem em

Leia mais

PLANO INDIVIDUAL OU FAMILIAR UNIMED. Cuidamos de quem é importante para você

PLANO INDIVIDUAL OU FAMILIAR UNIMED. Cuidamos de quem é importante para você PLANO INDIVIDUAL OU FAMILIAR UNIMED Cuidamos de quem é importante para você plano individual ou familiar Unimed Atenção, respeito e e ciência são pré-requisitos indispensáveis quando se pensa em uma operadora

Leia mais

PROPOSTA DE PLANO DE SAÚDE ASSUFSM. Santa Maria, 06 de Junho de 2013.

PROPOSTA DE PLANO DE SAÚDE ASSUFSM. Santa Maria, 06 de Junho de 2013. PROPOSTA DE PLANO DE SAÚDE ASSUFSM Santa Maria, 06 de Junho de 2013. INTRODUÇÃO Trata-se de uma proposta de Plano de Saúde no sistema de pré-pagamento para atender os associados da ASSUFSM de Santa Maria/RS,

Leia mais

FLUXO DE AGENDAMENTO CIRÚRGICO. Versão eletrônica atualizada em Março 2009

FLUXO DE AGENDAMENTO CIRÚRGICO. Versão eletrônica atualizada em Março 2009 FLUXO DE AGENDAMENTO CIRÚRGICO Versão eletrônica atualizada em Março 2009 Centro Cirúrgico FLUXO DE AGENDAMENTO CIRÚRGICO INÍCIO Equipe Médica Ligar para ramal 50227 diponibilizando informações para o

Leia mais

Modificado conforme PT SAS/MS nº 123 de 28/02/05 ANEXO II A

Modificado conforme PT SAS/MS nº 123 de 28/02/05 ANEXO II A Modificado conforme PT SAS/MS nº 123 de 28/02/05 ANEXO II A A - FORMULÁRIO PARA VISTORIA DO GESTOR (deve ser preenchido e assinado pelo Gestor) (esse formulário não deve ser modificado e/ou substituído)

Leia mais

CREDENCIADOS ÁREA MÉDICA

CREDENCIADOS ÁREA MÉDICA CEMISE Centro de Medicina Integrada de Sergipe Ltda Rua Construtor João Alves, 228, Salgado Filho 3304-1000 Cardiologia Cirurgia Geral Cirurgia do Tórax Clínica Geral Endocrinologia Fisioterapia Ginecologia

Leia mais

Teleconferência. Resultados do 2 o Trimestre de 2007

Teleconferência. Resultados do 2 o Trimestre de 2007 Teleconferência Resultados do 2 o Trimestre de 2007 Aviso Legal Este documento contém declarações futuras, que podem ser identificadas por palavras como espera, pretende, planeja, acredita, procura, estima

Leia mais

Região. O PRESIDENTE DO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 24ª REGIÃO, no uso de suas atribuições legais, regimentais e regulamentares,

Região. O PRESIDENTE DO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 24ª REGIÃO, no uso de suas atribuições legais, regimentais e regulamentares, PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 24ª REGIÃO PORTARIA TRT/GP/DGCA Nº 630/2011 Define a Política de Planejamento Estratégico de Tecnologia da Informação e Comunicações

Leia mais

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo Pág. 7. Cronograma de Aulas Pág. 9. Coordenação Programa e metodologia; Investimento

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo Pág. 7. Cronograma de Aulas Pág. 9. Coordenação Programa e metodologia; Investimento 1 SUMÁRIO Sobre o curso Pág. 3 Coordenação Programa e metodologia; Investimento 4 5 6 Etapas do Processo Seletivo Pág. 7 Matrícula 9 Cronograma de Aulas Pág. 9 2 PÓS-GRADUAÇÃO EM DIAGNÓSTICO POR IMAGEM

Leia mais

Recuperação de imagens médicas em bases de dados distribuídas

Recuperação de imagens médicas em bases de dados distribuídas Recuperação de imagens médicas em bases de dados distribuídas Vágner Nepumuceno Guimarães Orient.: Paulo Eduardo Ambrósio Introdução O avanço tecnológico vem influenciando cada vez mais na área médica.

Leia mais

RAZ_SOC ESPECIALIDADE I.DESCRICAO '' A.RUA BAIRRO CIDADE ESTADODDD_TELTEL SEMPER S/A SERVIÇO MEDICO PERMANENTE CIRURGIA DO APARELHO DIGESTIVO ALAMEDA

RAZ_SOC ESPECIALIDADE I.DESCRICAO '' A.RUA BAIRRO CIDADE ESTADODDD_TELTEL SEMPER S/A SERVIÇO MEDICO PERMANENTE CIRURGIA DO APARELHO DIGESTIVO ALAMEDA BIOCOR HOSPITAL D C LTDA RADIOLOGIA ALAMEDA DA SERRA, 217 VALE DO SERENO NOVA LIMA MG 31 3289-5000 BIOCOR HOSPITAL D C LTDA RADIOLOGIA ALAMEDA DA SERRA, 217 VALE DO SERENO NOVA LIMA MG 31 3289-5000 BIOCOR

Leia mais

Transparência na relação com os consumidores

Transparência na relação com os consumidores Transparência na relação com os consumidores FLEURY MEDICINA e SAÚDE Fleury Medicina Diagnóstica 1926 Fundado em 1926 pelo médico Gastão Fleury Silveira; Primeiro laboratório multidisciplinar de análises

Leia mais

Atualmente, as organizações de saúde estão reavaliando seus modelos de negócios tendo em vista as regulamentações governamentais, pressões das fontes

Atualmente, as organizações de saúde estão reavaliando seus modelos de negócios tendo em vista as regulamentações governamentais, pressões das fontes Atualmente, as organizações de saúde estão reavaliando seus modelos de negócios tendo em vista as regulamentações governamentais, pressões das fontes pagadoras e a exigência dos pacientes por serviços

Leia mais

Central Nacional Unimed

Central Nacional Unimed ANS - nº 33967-9 Central Nacional Unimed Rede em Brasília - DF Anexo 1 Março/2010 Central Nacional Central Nacional Juntos pela vida. Juntos pela vida. Em Brasília, os clientes de intercâmbio contam com

Leia mais

INTEGRAÇÃO DOS HOSPITAIS, AMBULATÓRIOS E CENTROS PÚBLICOS DE SAÚDE DO ESTADO COM SISTEMA DE GERENCIAMENTO DE IMAGENS MÉDICAS

INTEGRAÇÃO DOS HOSPITAIS, AMBULATÓRIOS E CENTROS PÚBLICOS DE SAÚDE DO ESTADO COM SISTEMA DE GERENCIAMENTO DE IMAGENS MÉDICAS INTEGRAÇÃO DOS HOSPITAIS, AMBULATÓRIOS E CENTROS PÚBLICOS DE SAÚDE DO ESTADO COM SISTEMA DE GERENCIAMENTO DE IMAGENS MÉDICAS Introdução O objetivo deste trabalho é apresentar um modelo de central de laudos

Leia mais

REDE CREDENCIADA SAÚDE CASSEB

REDE CREDENCIADA SAÚDE CASSEB REDE CREDENCIADA SAÚDE CASSEB ANESTESIOLOGIA ALERGOLOGIA ANGIOLOGIA SAMES SERVIÇO DE ASSISTENCIA MEDICA DE SALVADOR Praça Conselheiro Almeida Couto, 02 -Nazaré/Salvador-Ba Fone: 71/3243-0933 ANGIOLOGIA

Leia mais

ATRIBUIÇÕES DOS CARGOS MÉDICOS ITEM FUNÇÃO OBJETIVOS

ATRIBUIÇÕES DOS CARGOS MÉDICOS ITEM FUNÇÃO OBJETIVOS ATRIBUIÇÕES DOS CARGOS MÉDICOS ITEM FUNÇÃO OBJETIVOS 48 MÉDICO ANESTESIOLOGISTA 49 MÉDICO CARDIOLOGISTA 50 MÉDICO CIRURGIÃO GERAL 51 MÉDICO CIRURGIÃO PEDIÁTRICO 52 MÉDICO CIRURGIÃO VASCULAR 53 MÉDICO CLÍNICO

Leia mais

PROGRAMA TEÓRICO E PRÁTICO PARA ESTÁGIO EM CARDIOLOGIA 2014 Credenciado e reconhecido pela Sociedade Brasileira de Cardiologia

PROGRAMA TEÓRICO E PRÁTICO PARA ESTÁGIO EM CARDIOLOGIA 2014 Credenciado e reconhecido pela Sociedade Brasileira de Cardiologia HOSPITAL SÃO FRANCISCO RIBEIRÃO PRETO ESTADO DE SÃO PAULO PROGRAMA TEÓRICO E PRÁTICO PARA ESTÁGIO EM CARDIOLOGIA 2014 Credenciado e reconhecido pela Sociedade Brasileira de Cardiologia Início 28 de Fevereiro

Leia mais

HOSPITAL SÃO FRANCISCO RIBEIRÃO PRETO ESTADO DE SÃO PAULO PROGRAMA TEÓRICO E PRÁTICO PARA ESTÁGIO EM CARDIOLOGIA EM 2016

HOSPITAL SÃO FRANCISCO RIBEIRÃO PRETO ESTADO DE SÃO PAULO PROGRAMA TEÓRICO E PRÁTICO PARA ESTÁGIO EM CARDIOLOGIA EM 2016 HOSPITAL SÃO FRANCISCO RIBEIRÃO PRETO ESTADO DE SÃO PAULO PROGRAMA TEÓRICO E PRÁTICO PARA ESTÁGIO EM CARDIOLOGIA EM 2016 Credenciado e reconhecido pela Sociedade Brasileira de Cardiologia Início 2 de Fevereiro

Leia mais

INSTITUTO DE PREVIDÊNCIA DE SANTO ANDRÉ

INSTITUTO DE PREVIDÊNCIA DE SANTO ANDRÉ ANEXO I EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO N 008/2014 PARA CREDENCIAMENTO DE HOSPITAIS E CLÍNICAS HABILITADOS PARA A PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE ALTA COMPLEXIDADE, ASSIM COMPREENDIDOS OS CENTROS DE INFUSÃO DE IMUNOBIOLÓGICOS;

Leia mais

PROGRAMA DE RESIDÊNCIA MÉDICA EM RADIOLOGIA E DIAGNÓSTICO POR IMAGEM

PROGRAMA DE RESIDÊNCIA MÉDICA EM RADIOLOGIA E DIAGNÓSTICO POR IMAGEM PROGRAMA DE RESIDÊNCIA MÉDICA EM RADIOLOGIA E DIAGNÓSTICO POR IMAGEM HISTÓRICO DO PROGRAMA O programa de Residência Médica em Radiologia e Diagnóstico por Imagem da Rede D Or foi o primeiro da instituição

Leia mais

REDE CREDENCIADA MARÍTIMA SEGURO SAÚDE- MAIO 2014

REDE CREDENCIADA MARÍTIMA SEGURO SAÚDE- MAIO 2014 CATEGORIA_DIVULGAÇÃO ESPECIALIDADE_DIVULGAÇÃO NOME_FANTASIA_PONTO BAIRRO_PONTO SERVIÇO DE DIAGNÓSTICO LABORATORIO / ANATOMIA PATOLOGICA CEDACLIN CENTRO SERVIÇO DE TERAPIA FISIOTERAPIA CEMED IMAGEM CENTRO

Leia mais

NÚMERO DE PROCEDIMENTOS DIAGNÓSTICOS POR

NÚMERO DE PROCEDIMENTOS DIAGNÓSTICOS POR INDICADOR: F.2 NÚMERO DE PROCEDIMENTOS DIAGNÓSTICOS POR CONSULTA MÉDICA (SUS) 1. Conceituação Número médio de procedimentos diagnósticos, de patologia clínica ou de imagenologia por consulta médica, apresentados

Leia mais

Aplicabilidade das Data: FMEA Falta de Energia Elétrica. 3º SEPAGE - Coren-SP 22/07/2011

Aplicabilidade das Data: FMEA Falta de Energia Elétrica. 3º SEPAGE - Coren-SP 22/07/2011 Aplicabilidade das Ferramentas Título da da Palestra: Qualidade Data: FMEA Falta de Energia Elétrica 3º SEPAGE - Coren-SP 22/07/2011 História dos Riscos Construção do Empire State 1930 102 andares Cenário

Leia mais

RCC- Radiologia Clínica de Campinas A Imagem da sua Saúde RESSONÂNCIA MAGNÉTICA 3.0 TESLA

RCC- Radiologia Clínica de Campinas A Imagem da sua Saúde RESSONÂNCIA MAGNÉTICA 3.0 TESLA RCC- Radiologia Clínica de Campinas A Imagem da sua Saúde RESSONÂNCIA MAGNÉTICA 3.0 TESLA ABERTURA 70 CM + TIM SUPER ALTO CAMPO - ALTA RESOLUÇÃO MAIOR VELOCIDADE - MAIOR COMODIDADE PREZADO COLEGA Com grande

Leia mais

LINHA DE CUIDADOS DE SAÚDE EM ONCOLOGIA

LINHA DE CUIDADOS DE SAÚDE EM ONCOLOGIA SAÚDE EM DIA O Programa Saúde em Dia consiste em linhas de cuidados integrais, com foco na patologia e na especialidade médica, direcionados a melhoria da saúde dos beneficiários de planos de saúde empresariais.

Leia mais

É sempre bom ter com quem contar!

É sempre bom ter com quem contar! É sempre bom ter com quem contar! Unimed Fácil Regional Plano Coparticipativo Se você está procurando um plano econômico mas com a qualidade que você merece, acabou de achar! O Unimed Fácil Regional é

Leia mais

Aplicação de técnicas e cultura de Segurança em Instituições de Saúde

Aplicação de técnicas e cultura de Segurança em Instituições de Saúde Aplicação de técnicas e cultura de Segurança em Instituições de Saúde Arlen Feitosa Gerente de Segurança da Informação e Compliance Hospital Albert Einstein Agenda Saúde no Brasil Segurança da Informação

Leia mais

Veja abaixo algumas perguntas e respostas que poderão esclarecer suas dúvidas sobre a RN 259/268

Veja abaixo algumas perguntas e respostas que poderão esclarecer suas dúvidas sobre a RN 259/268 Veja abaixo algumas perguntas e respostas que poderão esclarecer suas dúvidas sobre a RN 259/268 1) O que é a Resolução Normativa - RN 259/268? A RN 259, alterada pela RN 268, com vigência a partir do

Leia mais

Antonio Luiz Pinho Ribeiro

Antonio Luiz Pinho Ribeiro Antonio Luiz Pinho Ribeiro Março de 2013 586.528 km² (> Espanha) 19.597.330 habitantes 853 cidades 93% cidades < 50 mil hab, Minas Gerais PNUD, 2004 IDH em Minas Gerais Doenças cardiovasculares: principal

Leia mais

AMBULATORIAL - PROCEDIMENTOS REALIZADOS FEVEREIRO./2015.02 Proced com finalidade diagnóstica 10.814.02.01 Col de mat por meio de punção/biopsia

AMBULATORIAL - PROCEDIMENTOS REALIZADOS FEVEREIRO./2015.02 Proced com finalidade diagnóstica 10.814.02.01 Col de mat por meio de punção/biopsia AMBULATORIAL - PROCEDIMENTOS REALIZADOS.02 Proced com finalidade diagnóstica 10.814.02.01 Col de mat por meio de punção/biopsia 43.02.01.01 biópsia do colo uterino 1.02.01.01 biópsia de fígado por punção

Leia mais

Resolução CFM Nº 2107 DE 25/09/2014 Publicado no DO em 17 dez 2014

Resolução CFM Nº 2107 DE 25/09/2014 Publicado no DO em 17 dez 2014 Resolução CFM Nº 2107 DE 25/09/2014 Publicado no DO em 17 dez 2014 Define e normatiza a Telerradiologia e revoga a Resolução CFM nº 1890/09, publicada no D.O.U. de 19 janeiro de 2009, Seção 1, p. 94-5p

Leia mais

Cursos de Aperfeiçoamento Médico - Subespecialidades para níveis 4 e 5 Radiologia e Diagnóstico por Imagem / Ultrassonografia / Medicina Nuclear

Cursos de Aperfeiçoamento Médico - Subespecialidades para níveis 4 e 5 Radiologia e Diagnóstico por Imagem / Ultrassonografia / Medicina Nuclear 1. Coordenador: Dr. Douglas J. Racy 2. Para Médicos Radiologistas: 2.1 Pré-requisitos: Graduação no curso de medicina realizado no Brasil e Residência médica credenciada ou estágio de no mínimo 3 anos

Leia mais

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo Pág. 6. Cronograma de Aulas Pág. 9. Coordenação Programa e metodologia; Investimento

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo Pág. 6. Cronograma de Aulas Pág. 9. Coordenação Programa e metodologia; Investimento 1 SUMÁRIO Sobre o curso Pág. 3 Coordenação Programa e metodologia; Investimento 3 3 5 Etapas do Processo Seletivo Pág. 6 Matrícula 8 Cronograma de Aulas Pág. 9 2 PÓS-GRADUAÇÃO EM ESTADO DA ARTE EM DIAGNÓSTICO

Leia mais

QUESTIONÁRIO DE CONSULTA PARA IMPLANTAÇÃO DO PROGRAMA DE APERFEIÇOAMENTO EM ULTRASSONOGRAFIA

QUESTIONÁRIO DE CONSULTA PARA IMPLANTAÇÃO DO PROGRAMA DE APERFEIÇOAMENTO EM ULTRASSONOGRAFIA QUESTIONÁRIO DE CONSULTA PARA IMPLANTAÇÃO DO PROGRAMA DE APERFEIÇOAMENTO EM ULTRASSONOGRAFIA INSTITUIÇÃO ENDEREÇO CIDADE ESTADO CEP TELEFONE ( ) FAX ( ) E-MAIL: SITE: CNPJ: INSCRIÇÃO ESTADUAL: INSCRIÇÃO

Leia mais

Gestão da Inovação no Contexto Brasileiro. Hugo Tadeu e Hérica Righi 2014

Gestão da Inovação no Contexto Brasileiro. Hugo Tadeu e Hérica Righi 2014 Gestão da Inovação no Contexto Brasileiro Hugo Tadeu e Hérica Righi 2014 INTRODUÇÃO Sobre o Relatório O relatório anual é uma avaliação do Núcleo de Inovação e Empreendedorismo da FDC sobre as práticas

Leia mais

ANEXO I NORMAS DE CLASSIFICAÇÃO E CREDENCIAMENTO DE UNIDADES DE ASSISTÊNCIA EM ALTA COMPLEXIDADE CARDIOVASCULAR

ANEXO I NORMAS DE CLASSIFICAÇÃO E CREDENCIAMENTO DE UNIDADES DE ASSISTÊNCIA EM ALTA COMPLEXIDADE CARDIOVASCULAR ANEXO I NORMAS DE CLASSIFICAÇÃO E CREDENCIAMENTO DE UNIDADES DE ASSISTÊNCIA EM ALTA COMPLEXIDADE CARDIOVASCULAR 1 NORMAIS GERAIS DE CREDENCIAMENTO 1.1. Planejamento/Distribuição das Unidades 1.1.1 - As

Leia mais

Portaria MEC/Inep nº 230 de 13 de julho de 2010

Portaria MEC/Inep nº 230 de 13 de julho de 2010 Portaria MEC/Inep nº 230 de 13 de julho de 2010 Diário Oficial da União nº 133, de 14 de julho de 2010 (quarta-feira) Seção 1 Pág. 839/840 Educação INSTITUTO NACIONAL DE ESTUDOS E PESQUISAS EDUCACIONAIS

Leia mais

Termo de Referência nº 2014.0918.00040-2. 1. Antecedentes

Termo de Referência nº 2014.0918.00040-2. 1. Antecedentes Termo de Referência nº 2014.0918.00040-2 Ref: Contratação de consultoria pessoa física para realização de um plano de sustentabilidade financeira para o Jardim Botânico do Rio de Janeiro, no âmbito da

Leia mais

REQUISITOS E DOCUMENTAÇÕES PARA FORMATAÇÃO DE CONTRATO P.M.E

REQUISITOS E DOCUMENTAÇÕES PARA FORMATAÇÃO DE CONTRATO P.M.E REQUISITOS E DOCUMENTAÇÕES PARA FORMATAÇÃO DE CONTRATO P.M.E REQUISITOS NECESSÁRIOS PARA FORMATAÇÃO DO CONTRATO: - Possuir um CNPJ; - Contrato Social, Contrato Individual ou MEI (Micro Empresa Individual);

Leia mais

CONTRATAÇÃO INDIVIDUAL. *CONTRATAÇAO FAMILIAR - * 2 beneficiários ou mais, independente do grau de parentesco CARÊNCIAS SAMCIL

CONTRATAÇÃO INDIVIDUAL. *CONTRATAÇAO FAMILIAR - * 2 beneficiários ou mais, independente do grau de parentesco CARÊNCIAS SAMCIL SAMCIL Ambulatorial/Hospitalar com Obstetrícia - DEZEMBRO 2010 - Taxa de Adesão: R$ 15,00 *Promoçao 10% de desconto da 2ª a 24ª Parcela (Pagamento em dia) CONTRATAÇÃO INDIVIDUAL FAIXA ETÁRIA 00 a 18 anos:

Leia mais

Unidade III FINANÇAS EM PROJETO DE TI. Prof. Fernando Rodrigues

Unidade III FINANÇAS EM PROJETO DE TI. Prof. Fernando Rodrigues Unidade III FINANÇAS EM PROJETO DE TI Prof. Fernando Rodrigues Quando se trabalha com projetos, é necessária a utilização de técnicas e ferramentas que nos auxiliem a estudálos, entendê-los e controlá-los.

Leia mais

Nota referente às unidades de dose registradas no prontuário eletrônico radiológico:

Nota referente às unidades de dose registradas no prontuário eletrônico radiológico: Nota referente às unidades de dose registradas no prontuário eletrônico radiológico: Frente aos potenciais riscos envolvidos na exposição à radiação ionizante e com a reocupação de manter um controle transparente

Leia mais

Programa Científico Preliminar- Atualizado em 06/03/2014. 07 de agosto de 2014 Quinta-feira, Manhã

Programa Científico Preliminar- Atualizado em 06/03/2014. 07 de agosto de 2014 Quinta-feira, Manhã Programa Científico Preliminar- Atualizado em 06/03/2014 07 de agosto de 2014 Quinta-feira, Manhã Horário 08h00 O papel do Físico no radiodiagnóstico Alexandre Bacelar (RS) Radiações Ionizantes: Conceitos,

Leia mais

ADITIVO DE REDUÇÃO MÁXIMA DE CARÊNCIA E DOS PRAZOS PARA INÍCIO DA COBERTURA DE DOENÇAS PREEXISTENTES - CONTRATOS - PESSOA FÍSICA

ADITIVO DE REDUÇÃO MÁXIMA DE CARÊNCIA E DOS PRAZOS PARA INÍCIO DA COBERTURA DE DOENÇAS PREEXISTENTES - CONTRATOS - PESSOA FÍSICA FOLHA 1/5 DO OBJETO Este aditivo tem por finalidade alterar a redução dos prazos de carência e dos prazos para início das coberturas e eventos cirúrgicos, leitos de alta tecnologia e procedimentos de alta

Leia mais

Seminário: "TURISMO DE SAÚDE NO BRASIL: MERCADO EM ASCENSÃO"

Seminário: TURISMO DE SAÚDE NO BRASIL: MERCADO EM ASCENSÃO Seminário: "TURISMO DE SAÚDE NO BRASIL: MERCADO EM ASCENSÃO" FLEURY LINHA DO TEMPO Uma história de sucesso Uma história de sucesso Uma história de sucesso Uma história de sucesso Uma história de sucesso

Leia mais

UM SONHO, UMA MISSÃO, UMA CONQUISTA

UM SONHO, UMA MISSÃO, UMA CONQUISTA 2 Business View Brasil Agosto 2015 UM SONHO, UMA MISSÃO, UMA CONQUISTA Diagnóstico humanizado e um nome que é sinônimo de credibilidade Quando um grupo de médicos da cidade de Maringá, no Estado do Paraná,

Leia mais

Programa de Residência Médica em Cardiologia

Programa de Residência Médica em Cardiologia Programa de Residência Médica em Cardiologia Hospital Barra D`OR Programa de Residência Médica em Cardiologia Corpo Clínico Coordenador do Programa de Residência Médica em Cardiologia : Dr. João Luiz Fernandes

Leia mais

1 Shirleyanne Brasileiro Araújo de Lima

1 Shirleyanne Brasileiro Araújo de Lima MENSURAÇÃO DOS CUSTOS DE TOMOGRAFIA COMPUTADORIZADA DO CDI - CENTRO DE DIAGNÓSTICO POR IMAGEM: ESTUDO DE CASO NO HOSPITAL DE TRAUMA DE CAMPINA GRANDE - PB Autores: 1 Shirleyanne Brasileiro Araújo de Lima

Leia mais

NÚMERO DE CONSULTAS MÉDICAS (SUS) POR HABITANTE

NÚMERO DE CONSULTAS MÉDICAS (SUS) POR HABITANTE Indicadores de cobertura NÚMERO DE CONSULTAS MÉDICAS (SUS) POR HABITANTE 1. Conceituação x Número médio de consultas médicas apresentadas no Sistema Único de Saúde (SUS) por habitante, em determinado espaço

Leia mais

Comitê Gestor do Programa de Divulgação da Qualificação dos Prestadores de Serviço na Saúde Suplementar COGEP

Comitê Gestor do Programa de Divulgação da Qualificação dos Prestadores de Serviço na Saúde Suplementar COGEP Comitê Gestor do Programa de Divulgação da Qualificação dos Prestadores de Serviço na Saúde Suplementar COGEP 1 ªReunião do GT de Indicadores de SADT 19/07/2012 GERPS/GGISE/DIDES/ANS Agenda Categorias

Leia mais

AMBULATORIAL - PROCEDIMENTOS REALIZADOS SETEMBRO./2014.02 Proced com finalidade diagnóstica 16.443.02.01 Col de mat por meio de punção/biopsia

AMBULATORIAL - PROCEDIMENTOS REALIZADOS SETEMBRO./2014.02 Proced com finalidade diagnóstica 16.443.02.01 Col de mat por meio de punção/biopsia AMBULATORIAL - PROCEDIMENTOS REALIZADOS SETEMBRO./2014.02 Proced com finalidade diagnóstica 16.443.02.01 Col de mat por meio de punção/biopsia 66.02.01.01 biópsia do colo uterino 4.02.01.01 Biópsia de

Leia mais

Hospitalares(HIS) com o. e Arquivamento de Imagens Médicas(PACS) Serviço de Informática - SINFO

Hospitalares(HIS) com o. e Arquivamento de Imagens Médicas(PACS) Serviço de Informática - SINFO Integração do Sistema de Informações Hospitalares(HIS) com o Sistema de Transmissão, Distribuição e Arquivamento de Imagens Médicas(PACS) Serviço de Informática - SINFO Instituto tuto do Coração de São

Leia mais

Como os sistemas de informação afetarão as carreiras relacionadas a negócios. Administração de Sistema de Informação I

Como os sistemas de informação afetarão as carreiras relacionadas a negócios. Administração de Sistema de Informação I Como os sistemas de informação afetarão as carreiras relacionadas a negócios Administração de Sistema de Informação I Contabilidade Os contadores contam cada vez mais com os sistemas de informação para

Leia mais

PLANO DE SAÚDE PARA OS SERVIDORES DA PREFEITURA MUNICIPAL DE BELO HORIZONTE

PLANO DE SAÚDE PARA OS SERVIDORES DA PREFEITURA MUNICIPAL DE BELO HORIZONTE PLANO DE SAÚDE PARA OS SERVIDORES DA PREFEITURA MUNICIPAL DE BELO HORIZONTE Bem-vindo a Unimed-BH Mais de 39 anos de mercado Mais de 4.800 cooperados com 93% de avaliação positiva com a Unimed-BH* Mais

Leia mais

GRUPO SANTA CASA DE MISERICÓRDIA DE BELO HORIZONTE PROCESSO SELETIVO - RESIDÊNCIA MÉDICA 2013 RESULTADO FINAL 1ª Etapa Prova Objetiva.

GRUPO SANTA CASA DE MISERICÓRDIA DE BELO HORIZONTE PROCESSO SELETIVO - RESIDÊNCIA MÉDICA 2013 RESULTADO FINAL 1ª Etapa Prova Objetiva. 101 Anestesiologia 1167427 84,00 5,60-89,60 1 CLASSIFICADO 101 Anestesiologia 1168953 78,00 8,00-86,00 2 CLASSIFICADO 101 Anestesiologia 1169652 75,60 8,50-84,10 3 CLASSIFICADO 101 Anestesiologia 1170741

Leia mais

Centro Médico Pedro Maques. Av. Mendonça Junior,1018, Gruta de Lourdes. Fone: (82) 3316-7870. Rua Hugo Correia Paes, 253, Farol. Fone: (82) 2123-7000

Centro Médico Pedro Maques. Av. Mendonça Junior,1018, Gruta de Lourdes. Fone: (82) 3316-7870. Rua Hugo Correia Paes, 253, Farol. Fone: (82) 2123-7000 www.plamed.com.br Rede Credenciada Por Município MACEIÓ Urgência e Emergência URGÊNCIA PEDIÁTRICA CONSULTAS ALERGOLOGIA E IMUNOLOGIA (ADULTO E PEDIATRIA) ANGIOLOGIA CARDIOLOGIA CIRURGIA CARDÍACA CIRURGIA

Leia mais

Nome do questionário (ID): Levantamento de Governança de TI 2014 (566727)

Nome do questionário (ID): Levantamento de Governança de TI 2014 (566727) Nome do questionário (ID): Levantamento de Governança de TI 2014 (566727) Pergunta: Sua resposta Data de envio: 13/06/2014 14:08:02 Endereço IP: 177.1.81.29 1. Liderança da alta administração 1.1. Com

Leia mais

Faculdade de Tecnologia Saint Pastous Curso Superior de Tecnologia em Radiologia Médica

Faculdade de Tecnologia Saint Pastous Curso Superior de Tecnologia em Radiologia Médica Faculdade de Tecnologia Saint Pastous Curso Superior de Tecnologia em Radiologia Médica Parecer de Aprovação MEC n 3.607, de 3 de dezembro de 2003 -D.O.U 4/12/2003 Diretora da Faculdade: Profª Vera Lucia

Leia mais

Ciclo de Debates GV Saúde: Quais as Perspectivas para as Operadoras de Planos de Saúde? Agosto 2014

Ciclo de Debates GV Saúde: Quais as Perspectivas para as Operadoras de Planos de Saúde? Agosto 2014 Ciclo de Debates GV Saúde: Quais as Perspectivas para as Operadoras de Planos de Saúde? Agosto 2014 1 Mercado de Planos de Saúde Impactado por 5 Tendências E o Mercado? Continuará a Crescer? 5 Usuário

Leia mais

Curso de Aperfeiçoamento Médico em Radiologia e Diagnóstico por Imagem Subespecialidades para níveis 4 e 5

Curso de Aperfeiçoamento Médico em Radiologia e Diagnóstico por Imagem Subespecialidades para níveis 4 e 5 1. Coordenador: Dr. Douglas J. Racy 2. Para Médicos Radiologistas: 2.1 Pré-requisitos: Graduação no curso de medicina realizado no Brasil e Residência médica credenciada ou estágio de no mínimo 3 anos

Leia mais

Página 1 de 4. Código Especialidade Requisitos

Página 1 de 4. Código Especialidade Requisitos CONCURSO PÚBLICO 12/2014-EBSERH/HU-UFMA ANEXO II DO EDITAL Nº 02 - EBSERH - ÁREA MÉDICA, DE 07 DE NOVEMBRO DE 2014 RELAÇÃO DE EMPREGOS E REQUISITOS RETIFICADO Código Especialidade Requisitos 801 Médico

Leia mais

AMBULATORIAL - PROCEDIMENTOS REALIZADOS JANEIRO./2015.02 Proced com finalidade diagnóstica 8.946.02.01 Col de mat por meio de punção/biopsia

AMBULATORIAL - PROCEDIMENTOS REALIZADOS JANEIRO./2015.02 Proced com finalidade diagnóstica 8.946.02.01 Col de mat por meio de punção/biopsia AMBULATORIAL - PROCEDIMENTOS REALIZADOS.02 Proced com finalidade diagnóstica 8.946.02.01 Col de mat por meio de punção/biopsia 33.02.01.01 biópsia do colo uterino 0.02.01.01 biópsia de fígado por punção

Leia mais

Assessoria de Arquitetura e Engenharia MEMORIAL DESCRITIVO DE PROJETO DE REFORMA E AMPLIAÇÃO CENTRO DE DIAGNÓSTICO E IMAGEM

Assessoria de Arquitetura e Engenharia MEMORIAL DESCRITIVO DE PROJETO DE REFORMA E AMPLIAÇÃO CENTRO DE DIAGNÓSTICO E IMAGEM Assessoria de Arquitetura e Engenharia MEMORIAL DESCRITIVO DE PROJETO DE REFORMA E AMPLIAÇÃO CENTRO DE DIAGNÓSTICO E IMAGEM I INTRODUÇÃO Todo o Complexo da Universidade Estadual de Ciências da Saúde de

Leia mais

8º Forum de Saúde e Segurança do Trabalho. FEBRABAN

8º Forum de Saúde e Segurança do Trabalho. FEBRABAN 8º Forum de Saúde e Segurança do Trabalho. FEBRABAN Cultura de Saúde e Segurança no Trabalho: da Norma para o Valor Volvo do Brasil Quais os Valores e Práticas em Saúde e Segurança do Trabalho que asseguram

Leia mais

PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU EM DIAGNÓSTICO POR IMAGEM DO TÓRAX

PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU EM DIAGNÓSTICO POR IMAGEM DO TÓRAX PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU EM DIAGNÓSTICO POR IMAGEM DO TÓRAX 1. Nome do Curso e Área de Conhecimento: Curso de Especialização em Diagnóstico por Imagem do Tórax 4.01.00.00-6

Leia mais

ANEXO II 1 NORMAS GERAIS DE CREDENCIAMENTO/ HABILITAÇÃO

ANEXO II 1 NORMAS GERAIS DE CREDENCIAMENTO/ HABILITAÇÃO ANEXO II NORMAS DE CLASSIFICAÇÃO E CREDENCIAMENTO/HABILITAÇÃO DE UNIDADES DE ASSISTÊNCIA EM ALTA COMPLEXIDADE NO TRATAMENTO REPARADOR DA LIPODISTROFIA E LIPOATROFIA FACIAL DO PORTADOR DE HIV/AIDS 1 NORMAS

Leia mais

Página 1 de 6. Médico - Acupuntura. Médico - Alergia e Imunologia Pediátrica. Médico - Anestesiologia. Médico - Cancerologia Clínica

Página 1 de 6. Médico - Acupuntura. Médico - Alergia e Imunologia Pediátrica. Médico - Anestesiologia. Médico - Cancerologia Clínica Especialidade Médico - Acupuntura Médico - Alergia e Imunologia Médico - Anestesiologia Médico - Cancerologia Clínica Médico - Cancerologia Médico - Cardiologia Médico - Cardiologia - Eletrofisiologia

Leia mais

ALAGOAS MACEIÓ URGÊNCIA GERAL URGÊNCIA ORTOPÉDICA URGÊNCIA PEDIÁTRICA HOSPITAL GERAL URGÊNCIA E EMERGÊNCIA URGÊNCIA CARDÍACA

ALAGOAS MACEIÓ URGÊNCIA GERAL URGÊNCIA ORTOPÉDICA URGÊNCIA PEDIÁTRICA HOSPITAL GERAL URGÊNCIA E EMERGÊNCIA URGÊNCIA CARDÍACA URGÊNCIA GERAL ALAGOAS URGÊNCIA ORTOPÉDICA URGÊNCIA PEDIÁTRICA HOSPITAL GERAL MACEIÓ URGÊNCIA E EMERGÊNCIA URGÊNCIA CARDÍACA RUA HUGO CORREIA PAES, 253. farol FONE: (82) 2123-7000 REDE CONTRATADA PARA

Leia mais

RECURSOS E SERVIÇOS PRÓPRIOS UNIMED GOIÂNIA DR. RICARDO ESPIRIDIÃO

RECURSOS E SERVIÇOS PRÓPRIOS UNIMED GOIÂNIA DR. RICARDO ESPIRIDIÃO RECURSOS E SERVIÇOS PRÓPRIOS UNIMED GOIÂNIA DR. RICARDO ESPIRIDIÃO Verticalização A partir de 2005 as Unimed s passaram a investir no processo de verticalização. Isto é, as Singulares criaram suas redes

Leia mais

VAGAS e INSCRITOS por GRUPO 39 85

VAGAS e INSCRITOS por GRUPO 39 85 01 - ÁREAS BÁSICAS COM ACESSO DIRETO 1 ANESTESIOLOGIA - 3 ANOS 15 165 11,0 2 CIRURGIA GERAL - 2 ANOS 46 211 4,6 3 CLÍNICA MÉDICA - 2 ANOS 54 275 5,1 4 DERMATOLOGIA - 3 ANOS 5 88 17,6 5 INFECTOLOGIA - 3

Leia mais

Pesquisa da relação entre. médicos, dentistas e fisioterapeutas. com planos de saúde

Pesquisa da relação entre. médicos, dentistas e fisioterapeutas. com planos de saúde Pesquisa da relação entre médicos, dentistas e fisioterapeutas Abril / 2013 Objetivo Conhecer a opinião dos médicos especialistas, cirurgiões-dentistas e fisioterapeutas sobre a relação com os planos ou

Leia mais

COTAS ANUAIS JULHO 2010 CONSULTAS MÉDICAS, EXAMES DE APOIO DIAGNÓSTICO E TERAPIAS SEQUENCIAIS EXAMES EXAMES POR SUBGRUPO

COTAS ANUAIS JULHO 2010 CONSULTAS MÉDICAS, EXAMES DE APOIO DIAGNÓSTICO E TERAPIAS SEQUENCIAIS EXAMES EXAMES POR SUBGRUPO COTAS ANUAIS JULHO 20 CONSULTAS MÉDICAS, DE APOIO DIAGNÓSTICO E TERAPIAS SEQUENCIAIS CONSULTAS MÉDICAS CONSULTAS ODONTOLÓGICAS 10 CONSULTAS/ ANO 03 CONSULTAS/ ANO ANÁLISES CLÍNICAS ANATOMIA PATOLÓGICA

Leia mais

EDITAL DE INSCRIÇÃO. 1- PERÍODO DE INSCRIÇÃO: De 8/10/2015 à 04/11/2016.

EDITAL DE INSCRIÇÃO. 1- PERÍODO DE INSCRIÇÃO: De 8/10/2015 à 04/11/2016. EDITAL DE INSCRIÇÃO II Processo Seletivo do Curso de Capacitação Médica em Ultrassonografia Geral para o ano de 2016 no ITR- Instituto Tomovale de Radiologia. Este curso se destina a médicos graduados.

Leia mais

Este plano possui cobertura médica em todo o Brasil para urgência e emergência na forma de reembolso. Ubatuba

Este plano possui cobertura médica em todo o Brasil para urgência e emergência na forma de reembolso. Ubatuba Este plano possui cobertura médica em todo o Brasil para urgência e emergência na forma de reembolso. Veja onde estão localizados os Núcleos de Atendimento Unimed Fácil: De segunda a sexta-feira, das 8h

Leia mais

GOVERNO DA BAHIA SECRETARIA DA SAÚDE DO ESTADO DA BAHIA Centro Estadual de Oncologia. Salvador, 14 de março de 2013

GOVERNO DA BAHIA SECRETARIA DA SAÚDE DO ESTADO DA BAHIA Centro Estadual de Oncologia. Salvador, 14 de março de 2013 GOVERNO DA BAHIA SECRETARIA DA SAÚDE DO ESTADO DA BAHIA Centro Estadual de Oncologia Salvador, 14 de março de 2013 ROTEIRO O CICAN Breve Histórico Missão Perfil Ambulatórios Quimioterapia Centro Cirúrgico

Leia mais

CALL CENTER "AS NOVAS REGULAMENTAÇÕES DO SAC" (SERVIÇO DE ATENDIMENTO AO CONSUMIDOR)

CALL CENTER AS NOVAS REGULAMENTAÇÕES DO SAC (SERVIÇO DE ATENDIMENTO AO CONSUMIDOR) CALL CENTER "AS NOVAS REGULAMENTAÇÕES DO SAC" (SERVIÇO DE ATENDIMENTO AO CONSUMIDOR) FLEURY MEDICINA e SAÚDE Fleury Medicina Diagnóstica 1926 Fundado em 1926 pelo médico Gastão Fleury Silveira; Primeiro

Leia mais

TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO. Prof. Leandro Schunk

TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO. Prof. Leandro Schunk TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO Módulo 4 Governança de TI Dinâmica 1 Discutir, em grupos: Por que então não usar as palavras ou termos Controle, Gestão ou Administração? Qual seria a diferença entre os termos:

Leia mais

Ministério da Saúde Secretaria de Atenção à Saúde. Portaria nº 227 de 05 de Abril de 2002.

Ministério da Saúde Secretaria de Atenção à Saúde. Portaria nº 227 de 05 de Abril de 2002. Ministério da Saúde Secretaria de Atenção à Saúde Portaria nº 227 de 05 de Abril de 2002. O Secretário de Assistência à Saúde, no uso de suas atribuições legais, Considerando a Portaria GM/MS nº 640, de

Leia mais

O PROJETO PG. 01 DADOS MULTIPLATAFORMAS PG. 02 PERFIL DOS ASSINATES PG. 03 A PESQUISA PG. 04 ÁREAS DA SAÚDE PARA 2015 PG. 05 A REVISTA COTAS

O PROJETO PG. 01 DADOS MULTIPLATAFORMAS PG. 02 PERFIL DOS ASSINATES PG. 03 A PESQUISA PG. 04 ÁREAS DA SAÚDE PARA 2015 PG. 05 A REVISTA COTAS O PROJETO DADOS MULTIPLATAFORMAS PERFIL DOS ASSINATES A PESQUISA ÁREAS DA SAÚDE PARA 2015 A REVISTA COTAS INFORMAÇÕES IMPORTANTES PG. 01 PG. 02 PG. 03 PG. 04 PG. 05 PG. 06 PGS. 07 a 11 PG. 12 01 O PROJETO

Leia mais

Curso de Graduação em MEDICINA Plano Curricular Pleno 2014/1

Curso de Graduação em MEDICINA Plano Curricular Pleno 2014/1 Curso de Graduação em MEDICINA Plano Curricular Pleno 2014/1 MED-100 - Unidades de Ensino da área de conhecimento das bases moleculares e celulares dos processos normais e alterados, da estrutura e função

Leia mais

Conhecimentos em Clínica Médica.

Conhecimentos em Clínica Médica. ANEXO II PROGRAMAS DA PROVA ESCRITA s com Acesso Direto Acupuntura Anestesiologia Cirurgia Geral Dermatologia Infectologia Medicina da Família e Comunidade Medicina Nuclear Neurocirurgia Neurologia Conhecimentos

Leia mais

Engenharia Biomédica. Profissão do Presente e do Futuro

Engenharia Biomédica. Profissão do Presente e do Futuro Engenharia Biomédica Profissão do Presente e do Futuro Formada por 7 campi Campus Barueri Campus Santana Campus Monte alegre Campus Ipiranga Campus Sorocaba Campus Marques de Paranaguá O que é engenharia?

Leia mais

http://bvsms.saude.gov.br/bvs/saudelegis/sas/2009/prt0416_24_11_2009.html

http://bvsms.saude.gov.br/bvs/saudelegis/sas/2009/prt0416_24_11_2009.html Page 1 of 1 ADVERTÊNCIA Este texto não substitui o publicado no Diário Oficial da União Ministério da Saúde Secretaria de Atenção à Saúde PORTARIA Nº 1, DE 2 DE NOVEMBRO DE 2009 O Secretário de Atenção

Leia mais

RESOLUÇÃO CFM Nº 1890/2009

RESOLUÇÃO CFM Nº 1890/2009 RESOLUÇÃO CFM Nº 1890/2009 (Publicada no D.O.U. de 19 jan 2009, Seção I, pg. 94-5) Define e normatiza a Telerradiologia O CONSELHO FEDERAL DE MEDICINA, no uso das atribuições conferidas pela lei nº. 3.

Leia mais

MARÇO 2009 Treinamento O IMIP promoveu, no último dia 26 de março, treinamento para novos voluntários, no Auditório Alice Figueira. A abertura foi realizada pela coordenadora do Voluntariado do IMIP, Rejane

Leia mais