Eleição da Mesa Diretora. Presidente Vice-Presidente Secretário 2º Secretário

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Eleição da Mesa Diretora. Presidente Vice-Presidente Secretário 2º Secretário"

Transcrição

1

2 Eleição da Mesa Diretora Presidente Vice-Presidente Secretário 2º Secretário

3 Aprovação da Ata de 2015

4 Raio-X de 2015/2016

5 Relatório de Gestão 2015/2016 RESULTADOS EXPRESSIVOS - Prêmio Nacional Rede Padrão: OURO Pela 1ª vez na história do RJ (a ser validado pela Nacional) - Grupos presentes nos eventos da Rede em 2015: 26% Meta 2016: 60% - Fanpage aumentou em 350% o número de interações; - Banco de dados da rede aumentou de 15 registros de Jovens do RJ para 355; - Informativo virtual O que é a Rede? alcançando mais de interações.

6 Relatório de Gestão 2015/2016 PATRIMÔNIO E DOCUMENTAÇÃO - Criação do livro ata de fóruns regionais e nacionais retroativo a 15 anos; - Pesquisa, resgate e criação do livro de registro de eventos - retroativos de 15 anos; - Criação do livro de honra, resguardando a memória de quem contribuiu para a rede - retroativo de 15 anos (em curso)

7 Relatório de Gestão 2015/2016 PATRIMÔNIO E DOCUMENTAÇÃO - Criação de um manual de gestão da Rede RJ, garantindo a gestão do conhecimento (em curso); - Criação do manual de comunicação da Rede RJ; - Resgate de metade dos troféus da Rede;

8 Relatório de Gestão 2015/2016 FORTALECIMENTO DA REDE E BANDEIRAS - Criação do Pacto Jovem com causas para que as chapas candidatas à diretoria da UEB-RJ se comprometam; - Stand na Assembleia Regional; - Entrevista com o Presidente da UEB Nacional replicada nacionalmente;

9 Relatório de Gestão 2015/2016 FORTALECIMENTO DA REDE E BANDEIRAS - Participação frequente nas reuniões de Diretoria Regional; - Participação ativa nos espaços de discussão das demais redes do país; - Criação das propostas para o Escotismo Melhor no RJ; - Organização do bate-papo das Chapas candidatas à diretoria regional;

10 Relatório de Gestão 2015/2016 FORTALECIMENTO DA REDE E BANDEIRAS - Organização do Rede Debate Diversidade: Como podemos combater preconceitos e promover o respeito no escotismo? elaborando ferramentas práticas para aplicação do tema; - Solicitação para que a UD Empoderamento Juvenil faça parte dos cursos de formação; - Criação da Carta da Rede : Texto de sensibilização para Dirigentes e Escotistas;

11 Relatório de Gestão 2015/2016 EVENTOS E PARTICIPAÇÕES - Fórum Nacional da Rede de Jovens / 18 a 20 de Abril São Bernardo, SP Representantes: Mariana Bastos (41GE), Davi Carvalho e Carol Alves (82GE) Alguns temas: * Internacional Leadership Trainning ILT (Houston Texas) * Apresentação do relatório anual de 2014 * Apresentação dos gt s parâmetros, comunicação e rede padrão. * Eleição das cidades sede do Encontrão. * Apresentação da Política Mundial de Envolvimento Juvenil TROFÉU PADRÃO BRONZE

12 Relatório de Gestão 2015/2016 EVENTOS E PARTICIPAÇÕES - Desafio da Rede Nacional/ 05 de Maio Convocação com 24h de antecedência 13 Participantes e o membro do NN, Leandro Lunelli Discussões: O Escotismo pode avançar? O que tem para melhorar e principalmente como a Rede pode crescer. Realizar a carta-prego e enviar outra para o MS

13 Relatório de Gestão 2015/2016 EVENTOS E PARTICIPAÇÕES - Ação de Divulgação no Grande Jogo/ 17 de Maio Adesivo Eu sou Jovem Líder para ativação da marca. Tarefa-prévia no Grande Jogo Pioneiro.

14 Relatório de Gestão 2015/2016 EVENTOS E PARTICIPAÇÕES - Beleza que Educa Praça Manet / 27 de Junho Coordenado e organizado pela ONG Rio Eu Amo Eu Cuido; Ações: Plantio de grama, colocação de placas, revitalização da praça, grafite e brincadeiras com as crianças. Repercussão no Jornal O GLOBO.

15 Relatório de Gestão 2015/2016 EVENTOS E PARTICIPAÇÕES - Conferências Municipais de Juventude/ Niterói, Macaé e Rio 04 a 06 de Setembro Participação do 64GE em Niterói e do 95GE em Macaé Participação de 06 grupos na conferência municipal do Rio, com todos na plenária de Educação, tendo Daniel Santiago eleito delegado pela cidade do Rio de Janeiro.

16 Relatório de Gestão 2015/2016 EVENTOS E PARTICIPAÇÕES - Ação do MPF Contra a Corrupção/ Outubro

17 Relatório de Gestão 2015/2016 EVENTOS E PARTICIPAÇÕES - Encontrão Nacional da Rede / Salvador 21 e 22 de Novembro Tema: No balanço da Rede Os 04 eixos temáticos: Reforma dos Parâmetros da Rede de Jovens, Política Mundial de Envolvimento Juvenil, Reforma do GT Rede Padrão e criação do caderno de encargos da Rede.

18 Relatório de Gestão 2015/2016 EVENTOS E PARTICIPAÇÕES - Escoteiros na Cruz Vermelha / 28 de Novembro e 05 de Dezembro Criado e organizado pelas pioneiras Julie Romão (82GE) e Elisa Niskier (123GEMAR) O trabalho: Organizar as doações recebidas Ações durante a semana e nos fins de semana, totalizando mais de 100 participações Reconhecimento por parte da CVB Resultados em alcance regional e nacional

19 Relatório de Gestão 2015/2016 EVENTOS E PARTICIPAÇÕES - Mega Reunião de Lideranças / 19 de Dezembro O que é a Rede? Dinâmica com a ONG Rio Eu Amo Eu Cuido Apresentação dos Mensageiros da Paz Eventos e Projetos da Rede Eleição do tema do 1º Rede Debate

20 Relatório de Gestão 2015/2016 EVENTOS E PARTICIPAÇÕES - Indaba Regional/ 30 de Janeiro Apresentação sobre Empoderamento Juvenil e Rede de Jovens para todos os presentes, com o ranking do empoderamento.

21 Eventos e Projetos para a 24 de Abril - 22º Congresso Nacional Escoteiro Campo Grande, MS XXII Congresso Nacional Escoteiro MS XXI Fórum Nacional de Jovens Líderes MS XXIII Reunião Ordinária da Assembleia Nacional - MS

22 22 de Maio - Grande Jogo Regional Eventos e Projetos para 2016

23 Eventos e Projetos para a 18 de Setembro - 1º Rede Social (Ação Comunitária e Qualificação) Tema: Eu, Meu Grupo e Minha Comunidade Proposta: Cada grupo realizar nas sua regiões

24 Eventos e Projetos para de Outubro - Conferência Livre dos Jovens Líderes

25 Eventos e Projetos para a 15 de Novembro - Encontrão da Rede de Jovens Líderes Manaus, AM

26 Eventos e Projetos para de Dezembro - II Mega Reunião de Lideranças Escoteiras

27 Eventos e Projetos para º Moot Mundial Escoteiro

28 Eventos e Projetos para 2016 VAGAS EM PROJETOS Equipe de Correção do JOTI 2016S GTN Rede em Ação - Revista da Rede GTN Rede Social - Identidade Visual GTN Rede Debate - Material de Pesquisa GTN Site da Rede S GTN O que é a Rede GTN Vídeos Curtos GTN Manual de Comunicação

29 Eventos e Projetos para 2016 VAGAS EM PROJETOS GTN Mecanismo para atrair os jovens para a Rede GT Pesquisa da Rede - RJ GTN Revisão do Rede Padrão GT Planejamento Estratégico GT Rede Debate 2016 CFE Bolsa para o Congresso Nacional Escoteiro Curso na Cruz Vermelha

30 Projeto Multiplicadores A proposta: Uma liderança por grupo, com tarefas e benefícios. Tarefas: Informar o nome e dos que tiverem entre 18 e 26 anos; Inserir os que tiverem no grupo do Facebook da Rede; Inserir os que tiverem nos eventos da Rede no FB; Convidar os membros do grupo a curtir a fanpage da Rede RJ; Estimular a participação dos jovens do grupo nas ações da Rede; Ser o canal do núcleo com os jovens daquele grupo;

31 Projeto Multiplicadores A proposta: Uma liderança por grupo, com tarefas e benefícios. Tarefas: Receber eventuais materiais gráficos para levar ao seu grupo; Realizar 01 palestra informativa sobre a rede no ano, com os dirigentes e jovens lideres do seu grupo. Participar da lista de s da Rede de Jovens do RJ e a nível nacional também; Participar do grupo de WhatsApp da Rede, com outras lideranças; Participar de um curso (presencialmente ou via Skype) de qualificação sobre a Rede de Jovens e Empoderamento Juvenil (com certificado e horas complementares).

32 Projeto Multiplicadores Benefícios: Poderá inserir os jovens do seu GE na lista da Rede Nacional, se eles quiserem (a lista conta com jovens de todo o brasil e membros do CAN); Treinamentos e cursos exclusivos (a combinar); Receber as informações em 1ª mão para pode repassar (seleções, vagas, projetos, oportunidades, etc); Publicidade para os eventos comunitários do seu grupo; Publicidade para as fotos dos eventos do seu grupo, que estejam dentro dos objetivos da Rede; Espaço com abrangência nacional, para divulgar artigos escoteiros; Todos os Jovens Líderes do seu grupo terão bônus de pontuação nos processos seletivos conduzidos pela Rede de Jovens RJ;

33 Projeto Multiplicadores Benefícios: Se as tarefas mensuráveis forem cumpridas, o seu grupo será premiado no Fórum da Rede de Jovens, do ano seguinte; Os Jovens Líderes do seu grupo poderão pedir que o núcleo leve algum assunto à reunião de diretoria regional (caso for urgente e tenha a ver com a Rede) ou que se coloque como pauta do Rede Debate seguinte; Possibilidade de projeção regional e nacional do seu nome; Previamente combinado, poderá acompanhar o núcleo nas reuniões de Diretoria Regional; Interior? Poderá replicar debates/atividades na sua cidade e enviar pedidos e decisões tomadas para o núcleo.

34 Votação do Rede Debate Inclusão Social: Como fazer o escotismo mais acessível para os carentes? Empoderamento Juvenil: Como os jovens podem ter cada vez mais poder de decisão no movimento? Qualificação: Como tornar os jovens cada vez mais qualificados e preparados para estar em espaços da instituição?

35 Votação dos delegados

36 Encaminhamentos Kit do Encontrão Votação para delegado nacional Pergunta para a assembleia Projeto RIO2016

37 Eleição do novo núcleo 01 Comunidador & 01 Coordenador

38 Agradecimentos e Certificados

39 Encerramento e Foto oficial

CHAMADA INTERNA 1/2016 VOLUNTÁRIOS PARA ATUAR NOS EVENTOS CONGRESSO INTERNACIONAL WFCP 2016 E 40ª REDITEC

CHAMADA INTERNA 1/2016 VOLUNTÁRIOS PARA ATUAR NOS EVENTOS CONGRESSO INTERNACIONAL WFCP 2016 E 40ª REDITEC CHAMADA INTERNA 1/2016 VOLUNTÁRIOS PARA ATUAR NOS EVENTOS CONGRESSO INTERNACIONAL WFCP 2016 E 40ª REDITEC A Comissão Organizadora da 40ª Reunião dos Dirigentes das Instituições Federais de Educação Profissional

Leia mais

Feminino 30,28 % 248 Masculino 69,72 % 571

Feminino 30,28 % 248 Masculino 69,72 % 571 Resultado da pesquisa "Pesquisa do Planejamento Estratégico dos Escoteiros do Brasil" Categorias participantes: Ramos participantes: Funções participantes: Níveis participantes: Idade Mínima: Beneficiário,

Leia mais

da Rede Nacional de Jovens Líderes Boletim 2 Versão

da Rede Nacional de Jovens Líderes Boletim 2 Versão Encontro Nacional de Jovens Líderes da Rede Nacional de Jovens Líderes 2016 Manaus/AM Boletim 2 Versão 1 31.10.16 Encontro Nacional de Jovens Líderes 12 a 15 de novembro de 2016 - Manaus (AM) Versão 1

Leia mais

PARÂMETROS REGULAMENTARES DA REDE NACIONAL DE JOVENS LÍDERES Formato /04/2016

PARÂMETROS REGULAMENTARES DA REDE NACIONAL DE JOVENS LÍDERES Formato /04/2016 PARÂMETROS REGULAMENTARES DA REDE NACIONAL DE JOVENS LÍDERES Formato 4.0-21/04/2016 TÍTULO I - Fundamentos e Princípios da Rede Nacional de Jovens Líderes TÍTULO II - Dos Parâmetros Nacionais TÍTULO III

Leia mais

UNIÃO DOS ESCOTEIROS DO BRASIL REGIÃO DE SÃO PAULO COMISSÃO REGIONAL DE CRESCIMENTO

UNIÃO DOS ESCOTEIROS DO BRASIL REGIÃO DE SÃO PAULO COMISSÃO REGIONAL DE CRESCIMENTO BANCO DE AÇÕES DESCRIÇÃO set/2007 AÇÃO Sumário CAPTAÇÃO DE ADULTOS PARA O GRUPO ESCOTEIRO Captação de adultos para grupos escoteiros, com orientações sobre acompanhamento destes adultos, posicionamentos

Leia mais

PARÂMETROS REGULAMENTADORES DA REDE REGIONAL DE JOVENS LÍDERES

PARÂMETROS REGULAMENTADORES DA REDE REGIONAL DE JOVENS LÍDERES PARÂMETROS REGULAMENTADORES DA REDE REGIONAL DE JOVENS LÍDERES Preâmbulo A Rede Regional de Jovens Líderes do Rio de Janeiro, com base nos princípios gerais que regem o escotismo, inseridos na lei e promessa

Leia mais

PORTAL PARA FORMAÇÃO DO PACTO NACIONAL PELA ALFABETIZAÇÃO NA IDADE CERTA.

PORTAL PARA FORMAÇÃO DO PACTO NACIONAL PELA ALFABETIZAÇÃO NA IDADE CERTA. PORTAL PARA FORMAÇÃO DO PACTO NACIONAL PELA ALFABETIZAÇÃO NA IDADE CERTA http://pacto.portalceel.com.br 2013 O portal para formação do Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa apresenta informações

Leia mais

CERTIFICAÇÃO DE GRUPO PADRÃO ANO BASE 2009 UMA FERRAMENTA DE MOTIVAÇÃO E SUPERAÇÃO PARA SEU GRUPO ESCOTEIRO

CERTIFICAÇÃO DE GRUPO PADRÃO ANO BASE 2009 UMA FERRAMENTA DE MOTIVAÇÃO E SUPERAÇÃO PARA SEU GRUPO ESCOTEIRO CERTIFICAÇÃO DE GRUPO PADRÃO ANO BASE 2009 UMA FERRAMENTA DE MOTIVAÇÃO E SUPERAÇÃO PARA SEU GRUPO ESCOTEIRO O QUE É? A Certificação de Grupo Padrão é um prêmio de reconhecimento anual para os Grupos Escoteiros

Leia mais

Processo de seleção e preparação dos representantes brasileiros para a Interamerican Leadership Training.

Processo de seleção e preparação dos representantes brasileiros para a Interamerican Leadership Training. Processo de seleção e preparação dos representantes brasileiros para a Interamerican Leadership Training. Introdução Durante a XXV Conferência Interamericana Escoteira, realizada entre os dias 19 e 21

Leia mais

Secretaria Municipal de Governo e Relações Político Sociais

Secretaria Municipal de Governo e Relações Político Sociais EDITAL 005/2016 DE SELEÇÃO PÚBLICA SIMPLIFICADA PARA PRESTADORES DE SERVIÇOS PARA O PROJETO ESTAÇÃO DA JUVENTUDE COMPLEMENTAR PARA PALMAS TO, A Prefeitura Municipal de Palmas, por meio da Secretaria Municipal

Leia mais

REGIMENTO INTERNO DA ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE HISTÓRIA ANPUH

REGIMENTO INTERNO DA ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE HISTÓRIA ANPUH REGIMENTO INTERNO DA ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE HISTÓRIA ANPUH CAPÍTULO I DAS ANUIDADES ARTIGO. 1º A fixação do valor da anuidade, sua correção e sua distribuição entre a ANPUH Nacional e as Seções Estaduais

Leia mais

Processo de seleção e preparação dos representantes brasileiros para o Interamerican Leadership Training 2015

Processo de seleção e preparação dos representantes brasileiros para o Interamerican Leadership Training 2015 Processo de seleção e preparação dos representantes brasileiros para o Interamerican Leadership Training 2015 Introdução Durante a 25ª Conferência Interamericana Escoteira, realizada entre os dias 19 e

Leia mais

ATA DE REUNIÃO. Ata da Sessão Plenária nº 3380 Data: 30/10/2012 Folha: 01/03

ATA DE REUNIÃO. Ata da Sessão Plenária nº 3380 Data: 30/10/2012 Folha: 01/03 Ata da Sessão Plenária nº 3380 Data: 30/10/2012 Folha: 01/03 1. PRESENÇAS: 1.1. Conselheiros Titulares: Adm. Wagner Siqueira Presidente Adm. Antonio Rodrigues de Andrade V.P. de Educação, Estudos e Pesquisas

Leia mais

UNIÃO DOS ESCOTEIROS DO BRASIL REGIÃO DO RIO GRANDE DO SUL EQUIPE REGIONAL DE FORMAÇÃO DIRETRIZES REGIONAIS DE FORMAÇÃO

UNIÃO DOS ESCOTEIROS DO BRASIL REGIÃO DO RIO GRANDE DO SUL EQUIPE REGIONAL DE FORMAÇÃO DIRETRIZES REGIONAIS DE FORMAÇÃO ÍNDICE 2.A MISSÃO, A VISÃO E OS VALORES DA EQUIPE DE FORMAÇÃO DA REGIÃO DO RIO GRANDE DO SUL (ERF/RS)...2 2.1.MISSÃO:...2 2.2.VISÃO:...2 2.3.VALORES:... 2 3.OBJETIVOS PERMANENTES DA ERF/RS:...2 4.DA COORDENAÇÃO...3

Leia mais

UNIÃO DOS ESCOTEIROS DO BRASIL Região de Goiás Coordenadores: Daniela, Juliana, Rafael e Winder REGULAMENTO CONCURSO CULTURAL PATRULHA EMPREENDEDORA

UNIÃO DOS ESCOTEIROS DO BRASIL Região de Goiás Coordenadores: Daniela, Juliana, Rafael e Winder REGULAMENTO CONCURSO CULTURAL PATRULHA EMPREENDEDORA REGULAMENTO CONCURSO CULTURAL PATRULHA EMPREENDEDORA 1. OBJETIVO O CONCURSO CULTURAL PATRULHA EMPREENDEDORA instituído pela União dos Escoteiros do Brasil Região Goiás, tem por objetivo incentivar os participantes

Leia mais

Preâmbulo. Objetivos. Metodologia

Preâmbulo. Objetivos. Metodologia Preâmbulo Numa sociedade democrática é fundamental que existam mecanismos de participação que permitam aos jovens o desenvolvimento de competências de cidadania que lhes possibilitem a formulação de ideias

Leia mais

Processo de seleção e preparação dos representantes Brasileiros para o 5º Treinamento Interamericano de Liderança

Processo de seleção e preparação dos representantes Brasileiros para o 5º Treinamento Interamericano de Liderança Processo de seleção e preparação dos representantes Brasileiros para o 5º Treinamento Interamericano de Liderança Introdução O Treinamento Interamericano de Liderança (Interamerican Leadership Training

Leia mais

XXIII Congresso Escoteiro Estadual XXIV Assembleia Escoteira Regional Ordinária

XXIII Congresso Escoteiro Estadual XXIV Assembleia Escoteira Regional Ordinária BOLETIM 01 XXIII Congresso Escoteiro Estadual XXIV Assembleia Escoteira Regional Ordinária Dia 25/03/2017 Sábado 08h00 Recepção e início do Credenciamento do Congresso Escoteiro Estadual 2017 08h00 Café

Leia mais

CAPÍTULO II - DA REALIZAÇÃO

CAPÍTULO II - DA REALIZAÇÃO REGIMENTO 3ª Conferência Estadual de Políticas para as Mulheres Regimento CAPÍTULO I - DO OBJETIVO Art. 1º - A 3ª Conferência Estadual de Políticas para as Mulheres, convocada pelo Decreto do Governo Estadual,

Leia mais

O mundo inteiro vai ver o seu município com bons olhos!

O mundo inteiro vai ver o seu município com bons olhos! O mundo inteiro vai ver o seu município com bons olhos! Metodologia do Selo UNICEF Município Aprovado 2009-2012 Realização Parcerias O Selo UNICEF Município Aprovado O QUE O SELO UNICEF REPRESENTA PARA

Leia mais

Resumo da ONG. Foco de Atuacão. Público que Atende. Missão. Instituto Ilhas do Brasil. Governança - Diretoria. Relatório Anual

Resumo da ONG. Foco de Atuacão. Público que Atende. Missão. Instituto Ilhas do Brasil. Governança - Diretoria. Relatório Anual Resumo da ONG Somos uma ONG sem fins lucrativos nascida na comunidade de pesca artesanal do Pântano do Sul, Florianópolis (SC) que busca estimular o envolvimento de comunidades ilhéus e costeiras em ações

Leia mais

CONSELHO FEDERAL DE ECONOMIA

CONSELHO FEDERAL DE ECONOMIA Resolução nº 1.780, de 26 de maio de 2007. Aprova o calendário e o modelo de cédula para as eleições - 2007 do Sistema COFECON/CORECONs. O CONSELHO FEDERAL DE ECONOMIA, no uso das atribuições legais e

Leia mais

EDITAL 001/2017 DEFINIÇÃO DA EQUIPE COORDENADORA E REPRESENTANTES INSTITUCIONAIS

EDITAL 001/2017 DEFINIÇÃO DA EQUIPE COORDENADORA E REPRESENTANTES INSTITUCIONAIS NUGEEP NÚCLEO GAÚCHO DE ESTUDANTES DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO Edital 001/017 EDITAL 001/017 DEFINIÇÃO DA EQUIPE COORDENADORA E REPRESENTANTES INSTITUCIONAIS O presente documento dá abertura oficial ao processo

Leia mais

11 e 12 CATAR ADULTO CEPR 18 e 19 Curso Preliminar (Distrito Vale e Extremo Oeste) 18 e 19 Reunião da Diretoria Executiva Nacional

11 e 12 CATAR ADULTO CEPR 18 e 19 Curso Preliminar (Distrito Vale e Extremo Oeste) 18 e 19 Reunião da Diretoria Executiva Nacional TEMA: Escotismo e Desenvolvimento Sustentável Mês Dia Atividade Local Confraternização Universal (domingo) Falecimento de Baden-Powell - (9). Nairobi 20 Divulgação do Resultado do Prêmio Aurélio Azevedo

Leia mais

5º CONGRESSO NACIONAL DO PT

5º CONGRESSO NACIONAL DO PT 5º CONGRESSO NACIONAL DO PT Segunda Etapa Regimento Interno PARTIDO DOS TRABALHADORES - Diretório Nacional 1 REGIMENTO DA SEGUNDA ETAPA DO 5 º CONGRESSO NACIONAL Da Segunda Etapa do 5º Congresso Nacional

Leia mais

ESTÁGIO PARA ESTUDANTE DA UFU PROCESSO SELETIVO PARA ESTAGIÁRIO (A) EDITAL 024.2015 PSICOLOGIA - GDHS/HCU - UFU

ESTÁGIO PARA ESTUDANTE DA UFU PROCESSO SELETIVO PARA ESTAGIÁRIO (A) EDITAL 024.2015 PSICOLOGIA - GDHS/HCU - UFU 1 ESTÁGIO PARA ESTUDANTE DA UFU PROCESSO SELETIVO PARA ESTAGIÁRIO (A) EDITAL 024.2015 PSICOLOGIA - GDHS/HCU - UFU O PRESIDENTE DA FUNDAÇÃO DE ASSISTÊNCIA, ESTUDO E PESQUISA DE UBERLÂNDIA - FAEPU, no uso

Leia mais

CONCURSO DE IDEIAS 2014-2015 JOVENS CRIATIVOS, EMPREENDEDORES PARA O SÉCULO XXI

CONCURSO DE IDEIAS 2014-2015 JOVENS CRIATIVOS, EMPREENDEDORES PARA O SÉCULO XXI 0 REGULAMENTO DO CONCURSO DE IDEIAS 2014-2015 1. OBJETIVOS Através de um concurso de ideias, a iniciativa INOVA! visa: Estimular o espírito empreendedor, criativo e inovador das crianças e dos jovens;

Leia mais

INOVA Jovens Criativos, Empreendedores para o século XXI. Concurso de Ideias INOVA 2014/2015

INOVA Jovens Criativos, Empreendedores para o século XXI. Concurso de Ideias INOVA 2014/2015 INOVA Jovens Criativos, Empreendedores para o século XXI Concurso de Ideias INOVA 2014/2015 O que é o INOVA! e quem pode concorrer? O INOVA! é um concurso de ideias, destinado a estimular o empreendedorismo

Leia mais

Rede Mobilizadores. Elaboração de Projetos Sociais: aspectos gerais

Rede Mobilizadores. Elaboração de Projetos Sociais: aspectos gerais Atividade Final: Elaboração de Pré-Projeto Aluno: Maurício Francheschis Negri 1 Identificação do Projeto Rede Mobilizadores Elaboração de Projetos Sociais: aspectos gerais Um dia na escola do meu filho:

Leia mais

PACOTE DE PARTICIPAÇÃO

PACOTE DE PARTICIPAÇÃO REALIZADO POR: PACOTE DE PARTICIPAÇÃO 7, 8 e 9 de maio de 2015 Centro de Convenções Rebouças São Paulo/SP www.cnremax.com.br Convenção Nacional RE/MAX 2012 Convenção Nacional RE/MAX 2013 Convenção Nacional

Leia mais

IV CONFERÊNCIA INTERMUNICIPALDE POLÍTICAS PARA AS MULHERES MUNICÍPIO DE PONTA GROSSA- PARANÁ Mais direitos, participação e poder para as mulheres

IV CONFERÊNCIA INTERMUNICIPALDE POLÍTICAS PARA AS MULHERES MUNICÍPIO DE PONTA GROSSA- PARANÁ Mais direitos, participação e poder para as mulheres REGULAMENTO Capítulo I Da Conferência Art. 1º O presente regulamento tem por finalidade definir regras gerais de funcionamento da IV Conferência Intermunicipalde Políticas para as Mulherese estabelecer

Leia mais

Pets em VEJA São Paulo

Pets em VEJA São Paulo Pets em VEJA São Paulo Aproveitando o grande interesse dos paulistanos por Pets, VEJA São Paulo deu grande destaque ao assunto com a matéria de capa do dia 9 de maio desse ano. O resultado já era imaginado:

Leia mais

Serviço Público Federal Ministério da Educação Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão IFMA Diretoria de Educação a Distância

Serviço Público Federal Ministério da Educação Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão IFMA Diretoria de Educação a Distância Serviço Público Federal Ministério da Educação Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão IFMA Diretoria de Educação a Distância Edital n 014/2010 DEAD / IFMA Seleção Simplificada

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ACRE PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO E CULTURA CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE E DESPORTO

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ACRE PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO E CULTURA CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE E DESPORTO UNIVERSIDADE FEDERAL DO ACRE PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO E CULTURA CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE E DESPORTO Edital simplificado para seleção de acadêmicos remunerados e voluntários do projeto de extensão Amigos

Leia mais

Resultados do Projeto de Melhoria 5ª Edição da Semana Aberta. Um Espaço Aberto à Comunidade

Resultados do Projeto de Melhoria 5ª Edição da Semana Aberta. Um Espaço Aberto à Comunidade Resultados do Projeto de Melhoria 5ª Edição da Semana Aberta Um Espaço Aberto à Comunidade Fevereiro / 2015 INDÍCE Semana Aberta Um Espaço Aberto à Comunidade Relatório Anual I. Introdução II. III. IV.

Leia mais

COMO FUNCIONA O ACAMPJOVEM Cada grupo inscrito receberá uma área para montar seu acampamento, com medidas proporcionais ao número de inscritos.

COMO FUNCIONA O ACAMPJOVEM Cada grupo inscrito receberá uma área para montar seu acampamento, com medidas proporcionais ao número de inscritos. 3 II ACAMPJOVEM DA APLAC Data: 09 a 12 de outubro de 2009 Pr. Ivan Saraiva (Novo Tempo), Pr. Nelson Milaneli (UCOB), Art trio, Ana Caran, etc. (a confirmar) O QUE É O ACAMPJOVEM É um grande acampamento

Leia mais

ESTATUTO DAS LIGAS ACADÊMICAS Diretoria de Extensão e Assuntos Comunitários

ESTATUTO DAS LIGAS ACADÊMICAS Diretoria de Extensão e Assuntos Comunitários ESTATUTO DA LIGA DE MEDICINA ESPORTIVA Capítulo I da Liga e seus fins Art. 1º A Liga de Medicina Esportiva é uma entidade sem fins lucrativos, com duração ilimitada, sob a supervisão da da Universidade

Leia mais

Mundial de Jovens. o F. 07 e 10 de agosto de 2017 na cidade de Gabala, 14 e 18 de agosto de 2017 no Heydar

Mundial de Jovens. o F. 07 e 10 de agosto de 2017 na cidade de Gabala, 14 e 18 de agosto de 2017 no Heydar Mundial de Jovens se de um evento que f no Escotismo e na sociedade. o F situada a 220 Km de Baku, capital do Azerbaijão. A 41ª Aliyev Center, em Baku, Azerbaijão. 07 e 10 de agosto de 2017 na cidade de

Leia mais

Socialistas,

Socialistas, Prezad@s Companheir@s Socialistas, A Executiva Nacional LGBT do PSB apresenta aos LGBT Socialistas e demais militantes filiados ao PSB o seu Planejamento estratégico para o ano de 2013. Este documento

Leia mais

PACTO COLETIVO DE TRABALHO PROGRAMA DE INCLUSÃO DE PESSOAS COM DEFICIÊNCIA

PACTO COLETIVO DE TRABALHO PROGRAMA DE INCLUSÃO DE PESSOAS COM DEFICIÊNCIA PACTO COLETIVO DE TRABALHO PROGRAMA DE INCLUSÃO DE PESSOAS COM DEFICIÊNCIA Entre as partes, de um lado o, SINAENCO - SINDICATO NACIONAL DAS EMPRESAS DE ARQUITETURA E ENGENHARIA CONSULTIVA, inscrito no

Leia mais

8 de agosto de 2011 Brasília 16/08/2011 1

8 de agosto de 2011 Brasília 16/08/2011 1 MOBILIZAÇÃO SOCIAL, CAMPANHAS E ARTICULAÇÃO EM REDE Daniela Guedes 8 de agosto de 2011 Brasília 16/08/2011 1 Por que mobilizar? Melhores práticas em implantação de políticas públicas eficazes contam com

Leia mais

Curso de Desenvolvimento de Negócios Sociais e Inclusivos

Curso de Desenvolvimento de Negócios Sociais e Inclusivos Curso de Desenvolvimento de Negócios Sociais e Inclusivos O curso de Desenvolvimento de Negócios Sociais e Inclusivos visa a despertar o interesse de pessoas que queiram empreender na área social. Trata-se

Leia mais

PROGRAMA PARA A VALORIZAÇÃO DE INICIATIVAS CULTURAIS VAI SECRETARIA MUNICIPAL DA CULTURA São Paulo, Janeiro de 2012.

PROGRAMA PARA A VALORIZAÇÃO DE INICIATIVAS CULTURAIS VAI SECRETARIA MUNICIPAL DA CULTURA São Paulo, Janeiro de 2012. PROGRAMA PARA A VALORIZAÇÃO DE INICIATIVAS CULTURAIS VAI SECRETARIA MUNICIPAL DA CULTURA São Paulo, Janeiro de 2012 Design D Kebrada 2. Dados do projeto 2.1 Nome do projeto Design D Kebrada 2.2 Data e

Leia mais

PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO Nº002/2017 SELEÇÃO DE CONSULTORES JUNIORES PARA A INOVE CONSULTORIA JÚNIOR A FACULDADE PROJEÇÃO,

PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO Nº002/2017 SELEÇÃO DE CONSULTORES JUNIORES PARA A INOVE CONSULTORIA JÚNIOR A FACULDADE PROJEÇÃO, PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO Nº002/2017 SELEÇÃO DE CONSULTORES JUNIORES PARA A INOVE CONSULTORIA JÚNIOR A FACULDADE PROJEÇÃO, por intermédio da Escola de Negócios, torna pública a abertura de inscrições

Leia mais

O Fórum Estadual de Educação de Goiás (FEE-GO), criado pela Lei Complementar 26/1998, conforme Art. 26 é um órgão de articulação com a sociedade, que

O Fórum Estadual de Educação de Goiás (FEE-GO), criado pela Lei Complementar 26/1998, conforme Art. 26 é um órgão de articulação com a sociedade, que O Fórum Estadual de Educação de Goiás (FEE-GO), criado pela Lei Complementar 26/1998, conforme Art. 26 é um órgão de articulação com a sociedade, que tem por objetivo estudar, discutir e propor soluções

Leia mais

SEÇÃO AUTÔNOMA PADRÃO

SEÇÃO AUTÔNOMA PADRÃO SEÇÃO AUTÔNOMA PADRÃO REGULAMENTO DA CERTIFICAÇÃO ANO BASE 2017 UMA FERRAMENTA DE MOTIVAÇÃO E SUPERAÇÃO PARA SUA SEÇÃO ESCOTEIRA AUTÔNOMA O que é? A Certificação da Seção Autônoma Padrão é um prêmio de

Leia mais

PREFEITURA DE FORTALEZA COORDENADORIA ESPECIAL DE POLÍTICAS PÚBLICAS DE JUVENTUDE DE FORTALEZA

PREFEITURA DE FORTALEZA COORDENADORIA ESPECIAL DE POLÍTICAS PÚBLICAS DE JUVENTUDE DE FORTALEZA PREFEITURA DE FORTALEZA COORDENADORIA ESPECIAL DE POLÍTICAS PÚBLICAS DE JUVENTUDE DE FORTALEZA I CAMPEONATO DAS TORCIDAS ORGANIZADAS: FESTA NAS ARQUIBANCADAS 1. DAS DISPOSIÇÕES GERAIS REGULAMENTO 1.1 Este

Leia mais

ORGANIZAÇÃO E ESTRUTURA

ORGANIZAÇÃO E ESTRUTURA FILOSOFIA O Clube de líderes J.A é um programa do Ministério Jovem, que se destina aos jovens que estão dispostos a serem líderes na igreja local dentro das muitas áreas do Ministério J.A e de maneira

Leia mais

Processo de seleção e preparação dos representantes brasileiros para o 4º Treinamento Interamericano de Liderança

Processo de seleção e preparação dos representantes brasileiros para o 4º Treinamento Interamericano de Liderança Processo de seleção e preparação dos representantes brasileiros para o 4º Treinamento Interamericano de Liderança Introdução Durante a 25ª Conferência Interamericana Escoteira, realizada entre os dias

Leia mais

STUDIO 5 CENTRO DE CONVENÇÕES

STUDIO 5 CENTRO DE CONVENÇÕES 21, 22 e 23 de maio de 2014 STUDIO 5 CENTRO DE CONVENÇÕES MANAUS - AMAZONAS APRESENTAÇÃO A 1ª Edição da TRANSPO AMAZÔNIA Feira e Congresso Internacional de Transporte e Logística, evento promovido pela

Leia mais

DOCUMENTO SUBSIDIO PARA ASSEMBLÉIA GERAL DA ANPSINEP

DOCUMENTO SUBSIDIO PARA ASSEMBLÉIA GERAL DA ANPSINEP DOCUMENTO SUBSIDIO PARA ASSEMBLÉIA GERAL DA ANPSINEP RESGATE HISTÓRICO Em 2010, por ocasião da realização do I Encontro Nacional de Psicólogas(os) Negras(os) e Pesquisadoras(es) sobre Relações Raciais

Leia mais

BOLETIM INFORMATIVO 1 CONGRESSO REGIONAL. Construindo o Escotismo que queremos

BOLETIM INFORMATIVO 1 CONGRESSO REGIONAL. Construindo o Escotismo que queremos BOLETIM INFORMATIVO 1 CONGRESSO REGIONAL Construindo o Escotismo que queremos 2017 CONGRESSO REGIONAL ESCOTEIRO 2017 Boletim Informativo 1 O Congresso Regional Escoteiro objetiva reunir os escotistas e

Leia mais

Diretriz Nacional de Comunicação. Sistema Unimed

Diretriz Nacional de Comunicação. Sistema Unimed Diretriz Nacional de Comunicação Sistema Unimed Diretriz de Comunicação Definição Política ou Diretriz de Comunicação é um processo articulado de definição de valores, objetivos, diretrizes, normas e estruturas,

Leia mais

PROGRAMA DE MOBILIDADE ACADÊMICA ESCALA DOCENTE 2015/2016 CHAMADA PARA SELEÇÃO DE DOCENTES FORMADOS OU EM FORMAÇÃO DA UFMG

PROGRAMA DE MOBILIDADE ACADÊMICA ESCALA DOCENTE 2015/2016 CHAMADA PARA SELEÇÃO DE DOCENTES FORMADOS OU EM FORMAÇÃO DA UFMG PROGRAMA DE MOBILIDADE ACADÊMICA ESCALA DOCENTE 2015/2016 CHAMADA 006-2015 PARA SELEÇÃO DE DOCENTES FORMADOS OU EM FORMAÇÃO DA UFMG A Diretoria de Relações Internacionais da Universidade Federal de Minas

Leia mais

campanha de conscientização e reciclagem de celulares

campanha de conscientização e reciclagem de celulares campanha de conscientização e reciclagem de celulares reciclecel - o que fazemos? reciclecel é uma empresa que atua no recolhimento, logística e descarte seguro de celulares e smartphones. a grande maioria

Leia mais

Garantir o direito de aprender, para todos e para cada um.

Garantir o direito de aprender, para todos e para cada um. A Educação Básica, B Avanços e Desafios Maria do Pilar Lacerda Almeida e Silva Secretária de Educação Básica Ministério da Educação Foto: João Bittar Garantir o direito de aprender, para todos e para cada

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO, CULTURA E ASSUNTOS ESTUDANTIS DIRETORIA DE EXTENSÃO

UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO, CULTURA E ASSUNTOS ESTUDANTIS DIRETORIA DE EXTENSÃO PROCESSO SELETIVO PARA BOLSISTA DE EXTENSÃO EDITAL/UFU/PROEX/ N 36/2014 A Pró-reitoria de Extensão, Cultura e Assuntos Estudantis da Universidade Federal de Uberlândia, no uso de suas atribuições, torna

Leia mais

REGULAMENTO 9 CONGRESSO REGIONAL DA PSICOLOGIA DO PARANÁ (9 COREP) CAPÍTULO I DOS OBJETIVOS

REGULAMENTO 9 CONGRESSO REGIONAL DA PSICOLOGIA DO PARANÁ (9 COREP) CAPÍTULO I DOS OBJETIVOS REGULAMENTO 9 CONGRESSO REGIONAL DA PSICOLOGIA DO PARANÁ (9 COREP) CAPÍTULO I DOS OBJETIVOS Art. 1º - São objetivos do 9 Congresso Regional da Psicologia do Paraná: a) Promover a organização e mobilização

Leia mais

1º EDITAL PARA SELEÇÃO DE PROJETOS SOCIAIS PARA A INCUBADORA DE NEGÓCIOS ESPM 1/2015

1º EDITAL PARA SELEÇÃO DE PROJETOS SOCIAIS PARA A INCUBADORA DE NEGÓCIOS ESPM 1/2015 1º EDITAL PARA SELEÇÃO DE PROJETOS SOCIAIS PARA A INCUBADORA DE NEGÓCIOS ESPM 1/2015 A Coordenação da INCUBADORA da ESPM no uso de suas atribuições, faz saber que estão abertas as inscrições para o 1º

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA 07. O Diretor Geral no uso de suas atribuições regimentais, ouvido o Conselho Superior,

INSTRUÇÃO NORMATIVA 07. O Diretor Geral no uso de suas atribuições regimentais, ouvido o Conselho Superior, INSTRUÇÃO NORMATIVA 07 O Diretor Geral no uso de suas atribuições regimentais, ouvido o Conselho Superior, RESOLVE: Regulamentar as Cerimônias de Colação de Grau dos Cursos de Graduação das Faculdades

Leia mais

TREINAMENTO DE NOVAS ( CRESCE QUEM COMPARECE! )

TREINAMENTO DE NOVAS ( CRESCE QUEM COMPARECE! ) TREINAMENTO DE NOVAS ( CRESCE QUEM COMPARECE! ) 13/02/2017 UNIDADE ÁGUIAS DE SUCESSO DIR. CATALINE SANTANA MEU ANTES & DEPOIS DE MARY KAY TRANSFORMAR MINHA VIDA... ANTES: Apenas estudante!!! DEPOIS: Estudante

Leia mais

Programa Social Bola Bacana Bola Bacana envolvimento nas atividades escolares

Programa Social Bola Bacana Bola Bacana envolvimento nas atividades escolares PROGRAMA A ineficiência dos Governos na resolução dos problemas em nossa sociedade, os olhos fechados, pelo menos para estes assuntos, de uma parcela dos empresários, e as situações de miséria e sofrimento

Leia mais

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA. Faculdade de Direito de Alta Floresta - FADAF

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA. Faculdade de Direito de Alta Floresta - FADAF REGULAMENTO DO PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA Faculdade de Direito de Alta Floresta - FADAF 2010 SUMÁRIO TITULO I... 3 DA CONCEITUAÇÃO DO PROGRAMA... 3 CAPÍTULO I... 3 DOS OBJETIVOS DO PROGRAMA... 3

Leia mais

Como conquistar o Diretorado Mary Kay Rumo a Costa do Sauípe com a Ivete

Como conquistar o Diretorado Mary Kay Rumo a Costa do Sauípe com a Ivete Como conquistar o iretorado Mary Kay Rumo a Costa do Sauípe com a Ivete Meu início em Mary Kay Rumo ao iretorado!! Rumo a Costa do Sauípe!! Etapas para o iretorado 1. Pré-Qualificação (10 iniciadas diretas

Leia mais

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES CAPÍTULO I

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES CAPÍTULO I FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAI CIMATEC REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES Fixa normas para as atividades complementares no âmbito da Faculdade de Tecnologia SENAI CIMATEC. CAPÍTULO I DAS FINALIDADES

Leia mais

Consórcio Nacional OURO FINO. Divulgue!!! Agro Pinhalzinho. Massey Fergunson Seu caminho mais fácil! Agronegócios - Equinos Saúde Animal

Consórcio Nacional OURO FINO. Divulgue!!! Agro Pinhalzinho. Massey Fergunson Seu caminho mais fácil! Agronegócios - Equinos Saúde Animal 1 de 7 20/04/2012 10:55 Consórcio Nacional Massey Fergunson Seu caminho mais fácil! OURO FINO Agronegócios - Equinos Saúde Animal Divulgue!!! Sua empresa no melhor Portal de Agronegócios! Agro Pinhalzinho

Leia mais

SEMANA DO ESCOTEIRO 2017

SEMANA DO ESCOTEIRO 2017 SEMANA DO ESCOTEIRO 2017 Estamos em um mês muito importante para o escotismo, o mês de abril. Pois no mês de abril comemoramos o Dia Mundial do Escoteiro. Dedicamos uma semana especialmente para comemorar

Leia mais

Utilização das ferramentas disponibilizadas pelo CREA-PR aos Coordenadores de Curso

Utilização das ferramentas disponibilizadas pelo CREA-PR aos Coordenadores de Curso Utilização das ferramentas disponibilizadas pelo CREA-PR aos Coordenadores de Curso 22º Fórum de Docentes Ponta Grossa-PR, 20 de agosto de 2015 Coordenador: Eng. Civ. Hélio Xavier da Silva Filho Gerente

Leia mais

3ª Copa Interestadual de Tênis de Mesa Pernambuco 2014

3ª Copa Interestadual de Tênis de Mesa Pernambuco 2014 3ª Copa Interestadual de Tênis de Mesa Pernambuco 2014 A Federação Pernambucana de Tênis de Mesa, tem a honra de convidar a todos os Atletas, Técnicos e Dirigentes de Federações e Clubes filiados a CBTM,

Leia mais

ENAMAR. Curitiba/2017 RELATÓRIO

ENAMAR. Curitiba/2017 RELATÓRIO RELATÓRIO Nos dias 11 e 12 de fevereiro de 2017, reuniram-se na sede do Grupo escoteiro do mar Amigo Velho 16/PR, em Curitiba/PR, chefes escoteiros da modalidade do mar do Brasil para realização de um

Leia mais

IV Encontro Regional de Jovens Líderes outubro. Indaial

IV Encontro Regional de Jovens Líderes outubro. Indaial IV Encontro Regional de Jovens Líderes 22-23 outubro 2016 Indaial IV ENCONTRO REGIONAL DE JOVENS LÍDERES Outubro de 2016 Indaial SC Brasil INFORMAÇÕES GERAIS E REGRAS DE PARTICIPACAO 1. O EVENTO, DATA

Leia mais

REGULAMENTO DO CONGRESSO REGIONAL DE PSICOLOGIA 5ª REGIÃO (COREP RJ/ 9º COREP)

REGULAMENTO DO CONGRESSO REGIONAL DE PSICOLOGIA 5ª REGIÃO (COREP RJ/ 9º COREP) REGULAMENTO DO CONGRESSO REGIONAL DE PSICOLOGIA 5ª REGIÃO (COREP RJ/ 9º COREP) CAPÍTULO I - DOS OBJETIVOS Art. 1º: São objetivos do Congresso Regional de Psicologia da 5ª Região (COREP-RJ): a) Promover

Leia mais

C2FIT Cascavel Prof. Paulo Gentil, Dr. Prof. Antônio Arruda, MsC. 03 e 04 de dezembro de 2016 Cascavel/PR. Proposta de parceria

C2FIT Cascavel Prof. Paulo Gentil, Dr. Prof. Antônio Arruda, MsC. 03 e 04 de dezembro de 2016 Cascavel/PR. Proposta de parceria C2FIT Cascavel 2016 Prof. Paulo Gentil, Dr. Prof. Antônio Arruda, MsC. 03 e 04 de dezembro de 2016 Cascavel/PR Proposta de parceria CAPACITAÇÃO Bases Científicas do Treinamento de Hipertrofia Teamcerebro

Leia mais

Plano de marketing Plano nacional divulgação Ferramentas Peças Reforço Bate-papo

Plano de marketing Plano nacional divulgação Ferramentas Peças Reforço Bate-papo Plano de marketing Plano nacional divulgação Ferramentas Peças Reforço Bate-papo Plano de marketing Público-alvo - Pastores - Líderes e pessoas influentes servindo em uma igreja local - Voluntários/presbíteros

Leia mais

2-DO CRONOGRAMA QUADRO 2: Cronograma de seleção de bolsistas O processo de seleção de bolsistas seguirá o cronograma apresentado no QUADRO 2.

2-DO CRONOGRAMA QUADRO 2: Cronograma de seleção de bolsistas O processo de seleção de bolsistas seguirá o cronograma apresentado no QUADRO 2. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DOS VALES DO JEQUITINHONHA E MUCURI DIAMANTINA MINAS GERAIS PRÓ REITORIA DE GRADUAÇÃO Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência PIBID/UFVJM EDITAL

Leia mais

Construindo um mundo melhor OPORTUNIDADES DE PATROCÍNIO

Construindo um mundo melhor OPORTUNIDADES DE PATROCÍNIO Construindo um mundo melhor OPORTUNIDADES DE PATROCÍNIO Sobre A ONG Engenheiros Sem Fronteiras(Engineers Without Borders) é um grupo internacional já presente em mais de 50 países e tem como objetivo a

Leia mais

REGULAMENTO DO PRIMEIRO GRUPO ESCOTEIRO SÃO PAULO. CAPÍTULO I Das Disposições Gerais

REGULAMENTO DO PRIMEIRO GRUPO ESCOTEIRO SÃO PAULO. CAPÍTULO I Das Disposições Gerais REGULAMENTO DO PRIMEIRO GRUPO ESCOTEIRO SÃO PAULO CAPÍTULO I Das Disposições Gerais Este regulamento contempla as normas complementares ao Estatuto da União dos Escoteiros do Brasil ( UEB ), Princípios

Leia mais

FACULDADE PITAGORAS EDITAL 01/16 PROGRAMA DE MONITORIA DA FACULDADE PITAGORAS - SÃO LUIS

FACULDADE PITAGORAS EDITAL 01/16 PROGRAMA DE MONITORIA DA FACULDADE PITAGORAS - SÃO LUIS EDITAL 01/16 PROGRAMA DE MONITORIA DA - SÃO LUIS O Diretor Geral da Faculdade Pitágoras, através da Núcleo de Atendimento Institucional - NAI, no uso de suas atribuições regimentais e de acordo com o que

Leia mais

MERCOSUL/RME/CCR/CRCES/Ata Nº3/2002

MERCOSUL/RME/CCR/CRCES/Ata Nº3/2002 1 MERCOSUL/RME/CCR/CRCES/Ata Nº3/2002 VI Reunião da Comissão Regional Coordenadora de Educação Superior do Setor Educacional do Mercosul Fortaleza CE Brasil, dias 26 e 27 de setembro de 2002. Realizou-se

Leia mais

Procura de emprego na Europa

Procura de emprego na Europa Procura de emprego na Europa IEFP - EURES Volta de Apoio ao Emprego Fundão, 3 de Maio de 2016 Trabalhar noutro país Para ter sucesso é fundamental estar bem informado/preparado Rede EURES O que é? uma

Leia mais

Comunicação no Banco Central

Comunicação no Banco Central Comunicação no Banco Central Nossa pauta Por que se comunicar Comunicação corporativa como campo de trabalho Produtos e veículos de comunicação no Banco Central Bons produtos e bons resultados Dificuldades

Leia mais

EDITAL Nº.146/VRG/2015 Programa Docência na Educação Básica/ UNIVALI

EDITAL Nº.146/VRG/2015 Programa Docência na Educação Básica/ UNIVALI EDITAL Nº.146/VRG/2015 Programa Docência na Educação Básica/ UNIVALI PIBID/CAPES A Vice-Reitora de Graduação da Universidade do Vale do Itajaí, no uso de suas atribuições regimentais, torna públicos os

Leia mais

DADOS DO MINISTRANTE...

DADOS DO MINISTRANTE... INFORMAÇÕES... 2 1. TÍTULOS... 2 1.1. Título... 2 1.2. Subtítulo... 2 2. DADOS DO MINISTRANTE... 2 3. OBJETIVOS... 3 4. CONTEÚDO E PROGRAMA... 3 4.1. Conteúdo... 3 4.2. Programa da 1ª. Aula Treino... 4

Leia mais

REDE DE ATENÇÃO ÀS URGÊNCIAS E EMERGÊNCIAS. Programa SOS Emergências. Ministério da Saúde Brasil. Lançamento Nacional em 08/11/2011

REDE DE ATENÇÃO ÀS URGÊNCIAS E EMERGÊNCIAS. Programa SOS Emergências. Ministério da Saúde Brasil. Lançamento Nacional em 08/11/2011 REDE DE ATENÇÃO ÀS URGÊNCIAS E EMERGÊNCIAS Programa SOS Emergências Ministério da Saúde Brasil Ação Estratégica do Ministério da Saúde para as Portas de Entrada Hospitalares Prioritárias Lançamento Nacional

Leia mais

FACULDADE DE ARARAQUARA IESP Instituto Educacional do Estado de São Paulo Rua Miguel Cortez, 50, Vila Suconasa, Araraquara/SP Tel: 3332-4093

FACULDADE DE ARARAQUARA IESP Instituto Educacional do Estado de São Paulo Rua Miguel Cortez, 50, Vila Suconasa, Araraquara/SP Tel: 3332-4093 REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES Dispõe sobre as Atividades Complementares do Curso de Direito da Faculdade de Araraquara CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES GERAIS Art. 1º. Este Regulamento dispõe sobre

Leia mais

EDITAL Nº xxx/2015 UCB VIRTUAL ORIENTAÇÕES PARA INSCRIÇÃO E MATRÍCULA PROCESSO SELETIVO PARA PÓS-GRADUAÇÃO ANGOLA 1º BIMESTRE LETIVO DE 2015

EDITAL Nº xxx/2015 UCB VIRTUAL ORIENTAÇÕES PARA INSCRIÇÃO E MATRÍCULA PROCESSO SELETIVO PARA PÓS-GRADUAÇÃO ANGOLA 1º BIMESTRE LETIVO DE 2015 1 EDITAL Nº xxx/2015 UCB VIRTUAL ORIENTAÇÕES PARA INSCRIÇÃO E MATRÍCULA PROCESSO SELETIVO PARA PÓS-GRADUAÇÃO ANGOLA 1º BIMESTRE LETIVO DE 2015 Neste documento encontram-se todas as orientações sobre os

Leia mais

COMISSÃO DE COMUNICAÇÃO E DE MERCADO DE CAPITAIS IBGC

COMISSÃO DE COMUNICAÇÃO E DE MERCADO DE CAPITAIS IBGC COMISSÃO DE COMUNICAÇÃO E DE MERCADO DE CAPITAIS IBGC Preparação para Assembleias e Manual de Participação de Acionistas: A Visão do Conselho de Administração 8 de março de 2017 Redatores: Anna Guimarães,

Leia mais

Edital N 05/2016 - SRI

Edital N 05/2016 - SRI Edital N 05/2016 - SRI Dispõe sobre o programa de Mobilidade Internacional de alunos de graduação da Universidade Federal Fluminense Bolsas Luso- Brasileiras Santander Universidades 2016.2 e 2017.1 A Superintendência

Leia mais

Assessoria da Unisol em Manaus presente em importantes eventos nesta capital

Assessoria da Unisol em Manaus presente em importantes eventos nesta capital Assessoria da Unisol em Manaus presente em importantes eventos nesta capital Vista do auditório. Crédito Lea Muniz. Lea Muniz. Credito: idem. Lea Muniz, assessora da Unisol Brasil para o Amazonas e baseada

Leia mais

Programa Juventude Cooperativista JOVEMCOOP

Programa Juventude Cooperativista JOVEMCOOP Programa Juventude Cooperativista JOVEMCOOP O Programa Juventude Cooperativista - JovemCoop Objetivo Geral Promover a sustentabilidade do cooperativismo e das cooperativas brasileiras Sustentabilidade

Leia mais

Dados da Assembléia para Eleição de Delegados e Delegadas ao 13º CECUT/CEARÁ.

Dados da Assembléia para Eleição de Delegados e Delegadas ao 13º CECUT/CEARÁ. Dados da Assembléia para Eleição de Delegados e Delegadas ao 13º CECUT/CEARÁ. Identificação da Entidade (com até 750 Sócios-Quites+Aposentados.) Endereço: N.º Bairro: : Estado: CEP: Telefone: Fax: Nº de

Leia mais

Processo de seleção de representante para o 7º Sharjah Internacional Youth Gathering

Processo de seleção de representante para o 7º Sharjah Internacional Youth Gathering Processo de seleção de representante para o 7º Sharjah Internacional Youth Gathering Os Escoteiros do Brasil anunciam o processo de seleção de representantes para o 7º Sharjah Internacional Youth Gathering,

Leia mais

Edital I Torneio Internacional de Mediação

Edital I Torneio Internacional de Mediação Edital I Torneio Internacional de Mediação Artigo 1º - O I Torneio Internacional de Mediação é uma competição entre equipes de mediação de faculdades de Direito, organizado pela Escola Superior da Magistratura

Leia mais

Instituto Brasileiro de Turismo (EMBRATUR)

Instituto Brasileiro de Turismo (EMBRATUR) Instituto Brasileiro de Turismo (EMBRATUR) Carta de Serviços Documento gerado em 9 de Junho de 2016 A Carta de Serviços é um instrumento de gestão pública, que contém informações sobre os serviços públicos

Leia mais

ESTATUTO DA LIGA ACADÊMICA DE NUTROLOGIA. Capítulo I - DA NATUREZA E FINALIDADE

ESTATUTO DA LIGA ACADÊMICA DE NUTROLOGIA. Capítulo I - DA NATUREZA E FINALIDADE ESTATUTO DA LIGA ACADÊMICA DE NUTROLOGIA Capítulo I - DA NATUREZA E FINALIDADE Artigo 1º - A LIGA ACADÊMICA DE NUTROLOGIA (LANutro) fundada no dia 25 de agosto de 2014, é uma entidade sem fins lucrativos,

Leia mais

CONTRIBUIÇÕES DO GT CAPOEIRA, ESPORTE E LAZER

CONTRIBUIÇÕES DO GT CAPOEIRA, ESPORTE E LAZER CONTRIBUIÇÕES DO GT CAPOEIRA, ESPORTE E LAZER Este documento apresenta os resultados dos debates desenvolvidos pelo Grupo de Trabalho Capoeira, Esporte e Lazer, do 1º Encontro Regional do Programa Nacional

Leia mais

PLANEJAMENTO DA COMISSÃO REGIONAL ELEITORAL (CRE-RN ) DO III PLENÁRIO DO CRP-17/RN GESTÃO RENOVAÇÃO PARA O CRESCIMENTO

PLANEJAMENTO DA COMISSÃO REGIONAL ELEITORAL (CRE-RN ) DO III PLENÁRIO DO CRP-17/RN GESTÃO RENOVAÇÃO PARA O CRESCIMENTO 1 CONSELHO REGIONAL DE PSICOLOGIA 17ª REGIÃO - RN PLANEJAMENTO DA COMISSÃO REGIONAL ELEITORAL (-RN ) DO III PLENÁRIO DO CRP-17/RN GESTÃO RENOVAÇÃO PARA O SCIMENTO Março, 2016 2 MÊS DATA AÇÃO JANEIRO 19/01

Leia mais

REGULAMENTO Versão 1

REGULAMENTO Versão 1 REGULAMENTO 2016 3.8.2016 - Versão 1 O 2º Concurso de Vídeo dos Escoteiros do Brasil é uma iniciativa dos Escoteiros do Brasil, aberta à participação de qualquer pessoa associada à União dos Escoteiros

Leia mais

Art. 205. A educação, direito de todos e dever do Estado e da família, será promovida e incentivada com a colaboração da sociedade, visando ao pleno desenvolvimento da pessoa, seu preparo para o exercício

Leia mais

Proposta de Mecanismo de Controle, a partir do Programa de Apoio Acadêmico PAA/SESu/MEC.

Proposta de Mecanismo de Controle, a partir do Programa de Apoio Acadêmico PAA/SESu/MEC. Seminário Andifes Eficiência e Qualidade na ocupação de Vagas Discentes nas Universidades Federais Proposta de Mecanismo de Controle, a partir do Programa de Acadêmico. COGRAD GT Evasão e Retenção Prof.

Leia mais