Língua Portuguesa. (Adaptado de "O Estado de São Paulo", 22/08/93)

Save this PDF as:

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Língua Portuguesa. (Adaptado de "O Estado de São Paulo", 22/08/93)"

Transcrição

1 Lista de Exercícios Pré Universitário Uni-Anhanguera Aluno(a): Nº. Professor: Patrícia Série: 2º Ano Disciplina: Português Data da prova: 1.Leia com atenção o enunciado: Língua Portuguesa "A Polícia Federal investiga os suspeitos de terem ajudado na fuga para o Paraguai e a Argentina. A polícia desses países não puderam prendê-los porque o governo brasileiro não fez o pedido formal de captura." (Adaptado de "O Estado de São Paulo", 22/08/93) a) No segundo período, há uma infração às normas de concordância. Reescreva-o de maneira correta. b) Indique a causa provável dessa infração. 2. Sem comentários Do delegado regional do Ministério da Educação no Rio, Antônio Carlos Reboredo, ao ler ontem um discurso de agradecimento ao seu chefe, o ministro Eraldo Tinoco: "Os convênios assinados traduz (sic) (*) os esforços... " (PAINEL, "Folha de S. Paulo", 12/09/92) O título da nota acima, "sem comentários", é, na verdade, um comentário que expressa o ponto de vista do jornal, motivado por um problema gramatical no discurso lido por A. C. Reboredo. (*) sic. palavra latina que significa "assim"; no caso, é usada pelo jornal com o sentido de "exatamente desta forma". a) Que problema gramatical provocou o comentário do jornal? b) Explicite o comentário que está sugerido, neste caso específico, pela expressão "sem comentários". 3.O período composto por coordenação é retratado por orações que não mantêm dependência sintática entre elas, isto é, somente são ligadas pelo uso da conjunção. Assim sendo, demonstre seu conhecimento elaborando uma oração para cada modalidade solicitada: a- aditiva b- adversativa c- alternativa d- explicativa e- conclusiva 1

2 4.Verifique o código em evidência, empregando-o corretamente de acordo com os casos expressos pelas orações a seguir: A coordenada aditiva B coordenada adversativa C coordenada alternativa D coordenada explicativa E coordenada conclusiva a- Não fomos ao aniversário, porém trouxemos o presente ( ). b Ou tentas se qualificar melhor, ou serás demitido ( ). c Conseguimos obter um ótimo resultado, pois nos esforçamos bastante ( ). d- A garota não compareceu à aula porque estava doente ( ). e Viajamos muito e chegamos exaustos( ). f Não vejo importância neste tema, portanto encerraremos a reunião( ). g Não gosto de sua atitude, todavia não lhe trato mal( ). 5.(Marília) Assinale a alternativa que contém uma coordenativa conclusiva: a Sérgio foi bom filho; logo será um bom pai. b Os meninos ora brigavam, ora brincavam. c Jaime trabalha depressa, contudo produz pouco. d Os cães mordem, não por maldade, mas por precisarem viver. e Adão comeu a maçã, e nossos dentes até hoje doem. 6. (UNIMEP) Assinale a alternativa que, embora tenha valor de causa-consequência, não contém oração adverbial causal: a) Cheguei tarde, porque choveu muito. b) Como estava doente, não fui à escola. c) Estava tanto frio, que não saí de casa. d) Fiquei chateado, pois fui despedido. e) Devo ir mal na prova, já que não estudei. 7. (FUVEST) "Maria das Dores entra e vai abrir o comutador. Detenho-a: não quero luz." Os dois pontos (:) usados acima estabelecem uma relação de subordinação entre as orações. Que tipo de subordinação? a) temporal b) concessiva c) final d) conclusiva e) causal 8. (UMC-SP) Assinale o período em que há oração subordinada adverbial consecutiva: a) Diz-se que você não estuda. d ) Comeu que ficou doente. b) Falam que você não estuda. e) Quando saíres, irei contigo. c) Fala-se tanto que você não estuda. 2

3 9. (UF-MG) Na frase: "Maria do Carmo tinha a certeza de que estava para ser mãe", a oração subordinada é: a) subordinada substantiva objetiva indireta b) subordinada substantiva completiva nominal c) subordinada substantiva predicativa d) coordenada sindética conclusiva e) coordenada sindética explicativa 10. (AMAN) No seguinte grupo de orações destacadas: 1. É bom que você venha. 2. Chegados que fomos, entramos na escola. 3. Não esqueças que é falível. Temos orações subordinadas, respectivamente: a) objetiva direta, adverbial temporal, subjetiva b) subjetiva, objetiva direta, objetiva direta c) objetiva direta, subjetiva, adverbial temporal d) subjetiva, adverbial temporal, objetiva direta e) predicativa, objetiva direta, objetiva indireta 11. (IBGE) Indique a opção correta, no que se refere à concordância verbal, de acordo com a norma culta: a) Haviam muitos candidatos esperando a hora da prova. b) Choveu pedaços de granizo na serra gaúcha. c) Faz muitos anos que a equipe do IBGE não vem aqui. d) Bateu três horas quando o entrevistador chegou. e) Fui eu que abriu a porta para o agente do censo. 12. (IBGE) Assinale a frase em que há erro de concordância verbal: a) Um ou outro escravo conseguiu a liberdade. b) Não poderia haver dúvidas sobre a necessidade da imigração. c) Faz mais de cem anos que a Lei Áurea foi assinada. d) Deve existir problemas nos seus documentos. e) Choveram papéis picados nos comícios. 13. (IBGE) Assinale a opção em que há concordância inadequada: a) A maioria dos estudiosos acha difícil uma solução para o problema. b) A maioria dos conflitos foram resolvidos. c) Deve haver bons motivos para a sua recusa. d) De casa à escola é três quilômetros. e) Nem uma nem outra questão é difícil. 14. (CESGRANRIO) Há erro de concordância em: a) atos e coisas más b) dificuldades e obstáculo intransponível 3

4 c) cercas e trilhos abandonados d) fazendas e engenho prósperas e) serraria e estábulo conservados 15. Complete os espaços com um dos nomes colocados nos parênteses. a) Será que é essa confusão toda? (necessário/ necessária) b) Quero que todos fiquem. (alerta/ alertas) c) Houve razões para eu não voltar lá. (bastante/ bastantes) d) Encontrei a sala e os quartos. (vazia/vazios) e) A dona do imóvel ficou desiludida com o inquilino. (meio/ meia) 16. (FUVEST) Na reunião do Colegiado, não faltou, no momento em que as discussões se tornaram mais violentas, argumentos e opiniões veementes e contraditórias. No trecho acima, há uma infração as normas de concordância. a) Reescreva-o com devida correção. b) Justifique a correção feita. 17. Reescrever as frases abaixo, corrigindo-as quando necessário. a) Recebei, Vossa Excelência, os processos de nossa estima, pois não podem haver cidadãos conscientes sem educação. b) Os projetos que me enviaram estão em ordem; devolvê-los-ei ainda hoje, conforme lhes prometi. 18. Reescrever as frases abaixo, corrigindo-as quando necessário. a) Faziam apenas dois meses que ela ficara viúva e mais de uma proposta de casamento apareceram; porém, deviam haver sérios motivos para ela recusá-las. b) Se for levado em consideração as necessidades imediatas da escola, a reforma das instalações terão prioridade. 19.Distinga que, pronome relativo, de que, conjunção subordinativa integrante: 4

5 ( a ) pronome relativo: oração adjetiva ( b ) conjunção integrante: oração substantiva ( ) Este é um mal que não tem cura. ( ) Não sabem o que querem. ( ) Confesso que errei. ( ) Não é justo que o magoes. 20. Ponha R para as orações restritivas e E para as explicativas. a ( b ( c ( d ( e ( f ( ) A mãe, que era surda, estava na sala com ela. ) Ele próprio desculpou a irritação com que lhe falei. ) É preciso gozarmos a vida, que é breve. ) Esse professor de que falo era um homem magro e triste. ) O vulcão, que parecia extinto, voltou a dar sinal de vida. ) A dor que se dissimula dói mais. 5

Língua Portuguesa. 2. (UE PONTA GROSSA-PR) Em "É possível que comunicassem sobre políticos", a segunda oração é:

Língua Portuguesa. 2. (UE PONTA GROSSA-PR) Em É possível que comunicassem sobre políticos, a segunda oração é: Lista de Exercícios Pré Universitário Uni-Anhanguera Aluno(a): Nº. Professor: Patrícia Série: 3º Ano Disciplina: Português Data da prova: 1.Leia com atenção o texto abaixo: Língua Portuguesa Como podemos

Leia mais

Língua portuguesa. Professora Iara Martins. Exercícios. Período composto por coordenação e subordinação

Língua portuguesa. Professora Iara Martins. Exercícios. Período composto por coordenação e subordinação Língua portuguesa Professora Iara Martins Exercícios Período composto por coordenação e subordinação 1. O amor não só traz alegria como também alimenta. Neste período, a conjunção é: a. Subordinativa causal

Leia mais

Concordância verbal. Temos que o verbo se apresenta na terceira pessoa do singular, pois faz referência a um sujeito, assim também expresso (ele).

Concordância verbal. Temos que o verbo se apresenta na terceira pessoa do singular, pois faz referência a um sujeito, assim também expresso (ele). Concordância verbal Ao falarmos sobre a concordância verbal, estamos nos referindo à relação de dependência estabelecida entre um termo e outro mediante um contexto oracional. Desta feita, os agentes principais

Leia mais

ORIENTAÇÃO DE ESTUDOS

ORIENTAÇÃO DE ESTUDOS ORIENTAÇÃO DE ESTUDOS RECUPERAÇÃO SEMESTRAL 9º Ano do Ensino Fundamental Disciplina: Português 1- Classifique as orações subordinadas substantivas destacadas em subjetivas ou objetivas diretas. a) Acredita-se

Leia mais

CONCORDÂNCIA VERBAL E NOMINAL (EXERCÍCIOS) Qual a frase com erro de concordância? a) Para o grego antigo a origem de tudo se deu com o caos.

CONCORDÂNCIA VERBAL E NOMINAL (EXERCÍCIOS) Qual a frase com erro de concordância? a) Para o grego antigo a origem de tudo se deu com o caos. CONCORDÂNCIA VERBAL E NOMINAL (EXERCÍCIOS) Qual a frase com erro de concordância? a) Para o grego antigo a origem de tudo se deu com o caos. b) Do caos, massa informe, nasceu a terra, ordenadora e mãe

Leia mais

PERÍODO COMPOSTO PRO R FES E SORA: A :F ER E NA N N A D N A D A SA S N A T N O T S 1

PERÍODO COMPOSTO PRO R FES E SORA: A :F ER E NA N N A D N A D A SA S N A T N O T S 1 PERÍODO COMPOSTO PROFESSORA: FERNANDA SANTOS 1 CONJUNÇÃO É a palavra ou locução invariável que liga orações ou termos semelhantes da mesma oração. Exemplos: ANÁLISE DO QUE Todos os alunos disseram que

Leia mais

Sumário. Apresentação. Parte 1 Período simples 1 Quadro geral dos termos da oração 3 Frase, oração e período 3

Sumário. Apresentação. Parte 1 Período simples 1 Quadro geral dos termos da oração 3 Frase, oração e período 3 Sumário Prefácio Apresentação XIII XV Parte 1 Período simples 1 Quadro geral dos termos da oração 3 Frase, oração e período 3 1. Tipologia do sujeito 6 Método para identificar o sujeito 6 Sujeito simples

Leia mais

LÍNGUA PORTUGUESA PROFESSOR EDUARDO BELMONTE 1º ANO E. M.

LÍNGUA PORTUGUESA PROFESSOR EDUARDO BELMONTE 1º ANO E. M. LÍNGUA PORTUGUESA PROFESSOR EDUARDO BELMONTE 1º ANO E. M. FRASE NOMINAL: enunciado sem verbo. Pois não, senhor... ; senhoras e senhores,... FRASE VERBAL/ORAÇÃO: enunciado COM verbo. Ivo viu a uva.... O

Leia mais

Exercícios sobre concordância verbal e nominal

Exercícios sobre concordância verbal e nominal Exercícios sobre concordância verbal e nominal 1. (IBGE) Indique a opção correta, no que se refere à concordância verbal, de acordo com a norma culta: a) Haviam muitos candidatos esperando a hora da prova.

Leia mais

ÍNDICE TEXTO E DISCURSO 4 CLASSES DE PALAVRAS 20 FUNÇÕES SINTÁTICAS 66

ÍNDICE TEXTO E DISCURSO 4 CLASSES DE PALAVRAS 20 FUNÇÕES SINTÁTICAS 66 ÍNDICE 1 TEXTO E DISCURSO 4 1.1. Coesão e coerência textual organização de parágrafos 4 1.2. Pontuação 7 1.3. Discurso direto / discurso indireto 10 1.4. Frase ativa / frase passiva 13 CONSOLIDAÇÃO: EXERCÍCIOS

Leia mais

Período composto por coordenação

Período composto por coordenação Período composto por coordenação É o período composto por duas ou mais orações independentes. Estas orações podem ser assindéticas ou sindéticas. Orações coordenadas assindéticas Não apresentam conectivos

Leia mais

COLÉGIO IMACULADO CORAÇÃO DE MARIA. Programa de Recuperação Final

COLÉGIO IMACULADO CORAÇÃO DE MARIA. Programa de Recuperação Final COLÉGIO IMACULADO CORAÇÃO DE MARIA Programa de Recuperação Final 3ª Etapa 2010 Disciplina: Professor (a): Carlos Kalani Aluno (a): Ano: 3 Turma: 3AD-FG Valor: 10 pontos Nota: Caro aluno, você está recebendo

Leia mais

PERÍODO SIMPLES. Observe alguns exemplos de períodos simples e compostos e veja a diferença entre eles:

PERÍODO SIMPLES. Observe alguns exemplos de períodos simples e compostos e veja a diferença entre eles: PERÍODO SIMPLES Período simples é um enunciado de sentido completo construído com uma oração absoluta, ou seja, apenas um verbo. O período é um enunciado de sentido completo formado por duas ou mais orações.

Leia mais

PERÍODO COMPOSTO & RELAÇÕES ENTRE ORAÇÕES APOIO PEDAGÓGICO AO NÚCLEO COMUM

PERÍODO COMPOSTO & RELAÇÕES ENTRE ORAÇÕES APOIO PEDAGÓGICO AO NÚCLEO COMUM GRAMÁTICA TRADICIONAL: PERÍODO COMPOSTO & RELAÇÕES ENTRE ORAÇÕES APOIO PEDAGÓGICO AO NÚCLEO COMUM TUTORA: THAIS TORRES GUIMARÃES THAISTORRESG@GMAIL.COM PERÍODO FRASE SINTATICAMENTE ORGANIZADA EM TORNO

Leia mais

Aluno: Data: / / C3EF.8 LÍNGUA PORTUGUESA Profs.: Ana Paula. Atividade E

Aluno: Data: / / C3EF.8 LÍNGUA PORTUGUESA Profs.: Ana Paula. Atividade E COOPERATIVA EDUCACIONAL DE PORTO SEGURO Aluno: Data: / / C3EF.8 LÍNGUA PORTUGUESA Profs.: Ana Paula Atividade E Período composto por coordenação Observa a fala de Filipe: A preguiça é a mãe de todos os

Leia mais

Observação: Em sentido conotativo, é possível a variação desses verbos, pois passa a existir um sujeito. Ex.: Choveram erros na prova.

Observação: Em sentido conotativo, é possível a variação desses verbos, pois passa a existir um sujeito. Ex.: Choveram erros na prova. Concordância Entende-se como concordância verbal aquela permite a perfeita relação do verbo com seu sujeito. Enquanto a nominal, faz a perfeita relação entre nomes como substantivos e adjetivos. Verbal

Leia mais

Coordenação e subordinação

Coordenação e subordinação Coordenação e subordinação As frases complexas podem relacionar-se por coordenação ou por subordinação. A coordenação consiste numa relação entre duas orações da mesma categoria por meio de conjunções

Leia mais

Língua Portuguesa. Mara Rúbia

Língua Portuguesa. Mara Rúbia Língua Portuguesa Mara Rúbia Atenção! Pare! Um vulto cresce na escuridão. Clarissa se encolhe. É Vasco. Convém que te apresses. Período Composto por Coordenação - Orações sintaticamente independentes.

Leia mais

LINGUAGENS, CÓDIGOS E SUAS TECNOLOGIAS

LINGUAGENS, CÓDIGOS E SUAS TECNOLOGIAS LINGUAGENS, CÓDIGOS E SUAS TECNOLOGIAS GRAMÁTICA - Prof. CARLA CAMPOS De sonhos e conquistas Aluno (a): MORFOLOGIA CLASSE GRAMATICAL SUBSTANTIVO: é o que dá nome a todos os seres: vivos, inanimados, racionais,

Leia mais

LISTA DE EXERCÍCIOS 8º ANO ORAÇÕES COORDENADAS E ORAÇÕES SUBORDINADAS ADJETIVAS

LISTA DE EXERCÍCIOS 8º ANO ORAÇÕES COORDENADAS E ORAÇÕES SUBORDINADAS ADJETIVAS LISTA DE EXERCÍCIOS 8º ANO ORAÇÕES COORDENADAS E ORAÇÕES SUBORDINADAS ADJETIVAS Classifique as Orações Coordenadas Sindéticas: 01 - Não tenha receio, pois eu a protegerei. 02 - Saía, mas evitava a Rua

Leia mais

Orações subordinadas substantivas e adjetivas

Orações subordinadas substantivas e adjetivas Orações subordinadas substantivas e adjetivas Sintaxe do período simples Os termos podem ser compostos por: Substantivos (Sujeito, objeto direto, objeto indireto, predicativo do sujeito, complemento nominal

Leia mais

Bárbara da Silva. Português. Aula 13 Período composto por subordinação

Bárbara da Silva. Português. Aula 13 Período composto por subordinação Bárbara da Silva Português Aula 13 Período composto por subordinação No período composto por subordinação existe pelo menos uma oração principal e uma subordinada. A oração principal é sempre incompleta,

Leia mais

ORAÇÕES SUBORDINADAS. Professor: Aramis de Cássio

ORAÇÕES SUBORDINADAS. Professor: Aramis de Cássio ORAÇÕES SUBORDINADAS Professor: Aramis de Cássio ORAÇÕES SUBORDINADAS ORAÇÕES SUBORDINADAS As ORAÇÕES SUBORDINADAS funcionam sempre como um termo essencial, integrante e acessório da oração principal.

Leia mais

PARTÍCULA EXPLETIVA OU DE REALCE

PARTÍCULA EXPLETIVA OU DE REALCE FUNÇÕES DO QUE? Aqui estudaremos todas as classes gramaticais a que a palavra que pertence. SUBSTANTIVO A palavra que será substantivo, quando tiver o sentido de qualquer coisa ou alguma coisa, é sempre

Leia mais

GOIÂNIA, / / PROFESSOR: Daniel. Antes de iniciar a lista de exercícios leia atentamente as seguintes orientações:

GOIÂNIA, / / PROFESSOR: Daniel. Antes de iniciar a lista de exercícios leia atentamente as seguintes orientações: GOIÂNIA, / / 2015 PROFESSOR: Daniel DISCIPLINA: Português SÉRIE: 8 ano ALUNO(a): No Anhanguera você é + Enem Antes de iniciar a lista de exercícios leia atentamente as seguintes orientações: - É fundamental

Leia mais

Bárbara da Silva. Português. Aula 39 Conjunções I

Bárbara da Silva. Português. Aula 39 Conjunções I Bárbara da Silva Português Aula 39 Conjunções I Conjunção Além da preposição, há outra palavra que, na frase, é usada como elemento de ligação: a conjunção. Por exemplo: A menina segurou a bola e mostrou

Leia mais

Coordenação e subordinação

Coordenação e subordinação Coordenação e subordinação As frases complexas podem relacionar-se por coordenação ou por subordinação. A coordenação consiste numa relação entre duas orações da mesma categoria por meio de conjunções

Leia mais

INSTITUTO GEREMÁRIO DANTAS COMPONENTE CURRICULAR: LÍNGUA PORTUGUESA EXERCÍCIOS DE RECUPERAÇÃO PARCIAL 2016

INSTITUTO GEREMÁRIO DANTAS COMPONENTE CURRICULAR: LÍNGUA PORTUGUESA EXERCÍCIOS DE RECUPERAÇÃO PARCIAL 2016 INSTITUTO GEREMÁRIO DANTAS Educação Infantil, Ensino Fundamental e Médio Fone: (21) 21087900 Rio de Janeiro RJ www.igd.com.br Aluno(a): 9º Ano: Nº Professora: Luciana Arleu Data: / /2016 COMPONENTE CURRICULAR:

Leia mais

SUJEITO TIPOS DE SUJEITO

SUJEITO TIPOS DE SUJEITO Colégio Diocesano Seridoense Disciplina: Língua Portuguesa 9 ano Professora: Lusia Raquel SUJEITO TIPOS DE SUJEITO Caicó RN 2018 SUJEITO SIMPLES Sujeito simples: é aquele que possui apenas um núcleo,

Leia mais

Ex. A garota com quem simpatizei está à sua procura. Os alunos cujas redações foram escolhidas receberão um prêmio.

Ex. A garota com quem simpatizei está à sua procura. Os alunos cujas redações foram escolhidas receberão um prêmio. A) Restritiva: é aquela que limita, restringe o sentido do substantivo ou pronome a que se refere. A restritiva funciona como adjunto adnominal de um termo da oração principal e não pode ser isolada por

Leia mais

PARTE V UNIDADE 01: OS TERMOS DA ORAÇÃO

PARTE V UNIDADE 01: OS TERMOS DA ORAÇÃO PARTE V UNIDADE 01: OS TERMOS DA ORAÇÃO SUJEITO 01 1. comemorações 2. imagem 3. rio 4. soldados 5. major/coronel 6. quem 7. ninguém 8. alto-falantes 9. trocos 10. Tio 02 1. (3) 2. (2) 3. (1) 4. (2) 5.

Leia mais

FORMAS NOMINAIS. GERÚNDIO - indica uma ação verbal incompleta ou prolongada e possui a terminação -NDO.

FORMAS NOMINAIS. GERÚNDIO - indica uma ação verbal incompleta ou prolongada e possui a terminação -NDO. 3º ANO FORMAS NOMINAIS Para falarmos sobre as formas nominais do verbo, é importante sabermos o porquê desta denominação, ou seja, em certas circunstâncias, este verbo pode assumir o papel de um nome :

Leia mais

Funções morfológicas do FUNÇÕES DO QUE QUE

Funções morfológicas do FUNÇÕES DO QUE QUE Funções morfológicas do FUNÇÕES DO QUE QUE 1. Substantivo Notei um quê estranho em sua voz. Sofia tinha aquele quê sedutor de algumas mulheres. Havia somente dois quês empregados no texto. 2. Advérbio

Leia mais

Recursos para Estudo / Atividades

Recursos para Estudo / Atividades COLÉGIO NOSSA SENHORA DA PIEDADE Programa de Recuperação Paralela 1ª Etapa 2013 Disciplina: Língua Portuguesa Ano: 2013 Professor (a): Felipe Amaral Turma:3º ano FG/ADM Caro aluno, você está recebendo

Leia mais

1- Verifique o código em evidência, empregando-o corretamente de acordo com os casos expressos pelas orações a seguir:

1- Verifique o código em evidência, empregando-o corretamente de acordo com os casos expressos pelas orações a seguir: BATERIA 1 1- Verifique o código em evidência, empregando-o corretamente de acordo com os casos expressos pelas orações a seguir: A coordenada aditiva B coordenada adversativa C coordenada alternativa D

Leia mais

Preparação para a. Prova de Aferição. Português. 8.º ano

Preparação para a. Prova de Aferição. Português. 8.º ano Preparação para a Prova de Aferição Português Oo 8.º ano 72 II. Leitura Entrevista A entrevista é um texto conversacional, em que o jornalista, através de perguntas previamente elaboradas (em guião), procura

Leia mais

Sumário. A língua portuguesa e o ensino gramatical... 1. A língua portuguesa no ensino superior... 3. O novo acordo ortográfico...

Sumário. A língua portuguesa e o ensino gramatical... 1. A língua portuguesa no ensino superior... 3. O novo acordo ortográfico... Sumário I A língua portuguesa e o ensino gramatical... 1 A língua portuguesa no ensino superior... 3 POR QUE ESTUDAR PORTUGUÊS NO ENSINO SUPERIOR... 5 Concepções de gramática... 6 O novo acordo ortográfico...

Leia mais

Lista 6 - Língua Portuguesa 1

Lista 6 - Língua Portuguesa 1 Lista 6 - Língua Portuguesa 1 Períodos compostos LISTA 6 - LP 1 - PERÍODOS COMPOSTOS Períodos compostos Em listas anteriores, vimos alguns conceitos sintáticos importantes para o domínio da norma culta

Leia mais

PORTUGUÊS. aula. Oração coordenada

PORTUGUÊS. aula. Oração coordenada PORTUGUÊS aula Oração coordenada Oração coordenada CONJUNÇÃO COORDENATIVA Orações coordenadas sindéticas Oração Coordenada Sindética Aditiva ADIÇÃO E, nem (= e não), bem como, não só... mas também, não

Leia mais

Concurseiro. Espaço do. Português Prof. Joaquim Bispo. Sinta-se a vontade para estudar conosco. O seu espaço de preparação para concursos públicos

Concurseiro. Espaço do. Português Prof. Joaquim Bispo. Sinta-se a vontade para estudar conosco. O seu espaço de preparação para concursos públicos Espaço do Concurseiro Sinta-se a vontade para estudar conosco Português Prof. Joaquim Bispo O seu espaço de preparação para concursos públicos 1 Aulas Aula Conteúdo Página 1 Emprego das classes e palavras

Leia mais

Preparatório - Concurso Bombeiro Militar do Pará Língua Portuguesa

Preparatório - Concurso Bombeiro Militar do Pará Língua Portuguesa Preparatório - Concurso Bombeiro Militar do Pará Língua Portuguesa Aula IV Conhecimentos Linguísticos: Período Composto por Coordenação Período Composto por Subordinação PERÍODO COMPOSTO O período composto

Leia mais

ESCOLA SECUNDÁRIA C/ 3º CEB DE LOUSADA

ESCOLA SECUNDÁRIA C/ 3º CEB DE LOUSADA ESCOLA SECUNDÁRIA C/ 3º CEB DE LOUSADA FICHA INFORMATIVA FRASE SIMPLES/FRASE COMPLEXA COORDENAÇÃO/SUBORDINAÇÃO A frase pode conter uma ou mais orações. A cada oração corresponde uma forma verbal expressa

Leia mais

USo da VírGULA. Se o homem soubesse o valor que tem a mulher, andaria de quatro a sua procura.

USo da VírGULA. Se o homem soubesse o valor que tem a mulher, andaria de quatro a sua procura. O USo da VírGULA USo da VírGULA Observe o sentido destas duas frases: Se o homem soubesse o valor que tem a mulher, andaria de quatro a sua procura. Se o homem soubesse o valor que tem, a mulher andaria

Leia mais

GOIÂNIA, / / PROFESSORA: Patrícia ALUNO(A): Lista de exercícios

GOIÂNIA, / / PROFESSORA: Patrícia ALUNO(A): Lista de exercícios GOIÂNIA, / / 2015 PROFESSORA: Patrícia DISCIPLINA: Português SÉRIE: 2º Ano ALUNO(A): NOTA: No Anhanguera você é + Enem Lista de exercícios Questão 01 Leia com atenção o texto abaixo: revelava a ncia, por

Leia mais

ALUNO(a): NOTA: 02. Reescreva as frases a seguir, estabelecendo entre as orações a relação de significado indicada entre parênteses:

ALUNO(a): NOTA: 02. Reescreva as frases a seguir, estabelecendo entre as orações a relação de significado indicada entre parênteses: GOIÂNIA, / / 2017. PROFESSOR: Daniel DISCIPLINA: Gramática SÉRIE: 2 ano ALUNO(a): Valor: 4,0 NOTA: No Anhanguera você é + Enem P2-4 BIMESTRE 01. Empregando o processo subordinativo, forme dois períodos

Leia mais

LISTA DE RECUPERAÇÃO DE LINGUAGENS CARLA 9º ANO

LISTA DE RECUPERAÇÃO DE LINGUAGENS CARLA 9º ANO LISTA DE RECUPERAÇÃO DE LINGUAGENS CARLA 9º ANO 1. Os verbos destacados no poema a seguir classificam-se quanto à predicação, como (0,5) Não quero aparelhos para navegar. Ando naufragado, Ando sem destino.

Leia mais

Exercícios sobre tipos de predicado

Exercícios sobre tipos de predicado Exercícios sobre tipos de predicado Exercício 1: Identifique a alternativa em que aparece um predicado verbo-nominal: Os viajantes chegaram cedo ao destino. Demitiram o secretário da instituição. Nomearam

Leia mais

Língua. Portuguesa. Sintaxe do Período

Língua. Portuguesa. Sintaxe do Período Língua Portuguesa Sintaxe do Período Orações Subordinadas Substantivas É necessário o seu auxílio. 1) Subjetivas: É necessário que me auxilie. Convém que me auxilie. Observou-se que foi um golpe de mestre.

Leia mais

PERÍODO COMPOSTO POR SUBORDINAÇÃO Profª Giovana Uggioni Silveira

PERÍODO COMPOSTO POR SUBORDINAÇÃO Profª Giovana Uggioni Silveira PERÍODO COMPOSTO POR SUBORDINAÇÃO Profª Giovana Uggioni Silveira ORAÇÕES SUBORDINADAS Exercem função sintática sobre as outras. Oração principal, orações desenvolvidas ou reduzidas. ORAÇÕES SUBORDINADAS

Leia mais

EXERCÍCOS DE FIXAÇÃO

EXERCÍCOS DE FIXAÇÃO EXERCÍCOS DE FIXAÇÃO PROFESSORA ANA PIMENTEL 1) Dê a Função Sintática do Pronome Relativo (sujeito, predicativo do sujeito, objeto direto, objeto indireto, complemento nominal, agente da passiva e adjunto

Leia mais

Lista de exercícios Provão Final Professor: Gessica Gomes Disciplina: Língua Portuguesa Data: / / 1º,2º,3º e 4º Bimestre Aluno(a): Ano: 9º Turma:

Lista de exercícios Provão Final Professor: Gessica Gomes Disciplina: Língua Portuguesa Data: / / 1º,2º,3º e 4º Bimestre Aluno(a): Ano: 9º Turma: Lista de exercícios Provão Final Professor: Gessica Gomes Disciplina: Língua Portuguesa Data: / / 1º,2º,3º e 4º Bimestre Aluno(a): Ano: 9º Turma: 1) O período composto por coordenação é retratado por orações

Leia mais

Orações Subordinadas adjetivas

Orações Subordinadas adjetivas Orações Subordinadas adjetivas As orações Subordinadas Adjetivas se classificam em: Explicativa: acrescentam uma qualidade acessória ao antecedente. É dispensável ao sentido da frase. Vem separada por

Leia mais

Preposição e Conjunção. Língua Portuguesa 2ª Série Profª Marianna Aguiar

Preposição e Conjunção. Língua Portuguesa 2ª Série Profª Marianna Aguiar Preposição e Conjunção Língua Portuguesa 2ª Série Profª Marianna Aguiar Preposição Conectam os termos dos sintagmas Locuções prepositivas são duas ou mais palavras que funcionam como preposição. Em uma

Leia mais

Roteiro de estudos 2º trimestre. GRAMÁTICA. Orientação de estudos

Roteiro de estudos 2º trimestre. GRAMÁTICA. Orientação de estudos Roteiro de estudos 2º trimestre. GRAMÁTICA O roteiro foi montado especialmente para reforçar os conceitos dados em aula. Com os exercícios você deve fixar os seus conhecimentos e encontrar dificuldades

Leia mais

Estude a revisão do 1º simulado mais as orações subordinadas substantivas

Estude a revisão do 1º simulado mais as orações subordinadas substantivas Revisão para o Simulado da 2ª bimestral Estude a revisão do 1º simulado mais as orações subordinadas substantivas 1) ORAÇÕES SUBORDINADAS SUBSTANTIVAS A oração subordinada substantiva tem valor de substantivo

Leia mais

a) b) c) d) e) f) g) h) 2 1 3 3 2 1 3 3

a) b) c) d) e) f) g) h) 2 1 3 3 2 1 3 3 1. Cada alínea vale 1 ponto.[8 pontos] a) b) c) d) e) f) g) h) 2 1 3 3 2 1 3 3 2. Delimite e classifique as orações das frases que a seguir se apresentam: Cada alínea vale 1 ponto.[11 pontos] a) Quando

Leia mais

LISTA DE EXERCÍCIOS - 9ºA / B : 3º Trimestre -2016

LISTA DE EXERCÍCIOS - 9ºA / B : 3º Trimestre -2016 LISTA DE EXERCÍCIOS - 9ºA / B : 3º Trimestre -2016 ORAÇÕES COORDENADAS E SUBORDINADAS / COLOCAÇÃO PRONOMINAL1. Na frase E quando Larissa se agita, é para desobedecer ao pai ou à mãe., temos como incorreta:

Leia mais

Orações Subordinadas Substantivas

Orações Subordinadas Substantivas Orações Subordinadas Substantivas As Orações Subordinadas exercem uma função sintática em relação a uma outra oração, chamada oração principal e que pede complemento. Existem diversos tipos de Orações

Leia mais

LISTA 01: b Dizendo a verdade, todos confiarão em você. c Ela disse não se lembrar do fato ocorrido.

LISTA 01: b Dizendo a verdade, todos confiarão em você. c Ela disse não se lembrar do fato ocorrido. LISTA 01: Questão 1 Abaixo se encontram algumas orações reduzidas. Após analisá-las, sua tarefa consistirá em desdobrá-las, a fim de que se apresentem como desenvolvidas, tendo em vista o modelo em questão.

Leia mais

Frase simples e frase complexa

Frase simples e frase complexa Frase simples e frase complexa Orações coordenadas e subordinadas 1 I. Frase simples O O José telefonou à Joana. A A senhora traz umas flores. Eu saio. O O meu vizinho foi ao médico. Cada uma destas frases

Leia mais

ORAÇÕES COORDENADAS & SUBORDINADAS

ORAÇÕES COORDENADAS & SUBORDINADAS ORAÇÕES COORDENADAS & SUBORDINADAS GRAMÁTICA ORAÇÕES COORDENADAS & SUBORDINADAS As orações coordenadas e subordinadas fazem parte do período composto, ou seja, o período em que temos duas ou mais orações.

Leia mais

SUMÁRIO PERÍODO SIMPLES............................. 01

SUMÁRIO PERÍODO SIMPLES............................. 01 SUMÁRIO Capítulo 1 PERÍODO SIMPLES... 01 Frase... 02 Oração... 02 Oração coordenada... 03 Oração justaposta... 03 Oração principal... 03 Oração reduzida... 03 Oração relativa... 03 Oração subordinada...

Leia mais

Lista de exercícios de Língua Portuguesa - 1º Bimestre

Lista de exercícios de Língua Portuguesa - 1º Bimestre Colégio FAAT Ensino Fundamental e Médio Lista de exercícios de Língua Portuguesa - 1º Bimestre Nome: Ano: 9ºA/B/C Prof. Ana Paula N.: / /17 Conteúdo: Gêneros textuais: Resumo e editorial. Reconhecimento

Leia mais

CONJUNÇÃO. É a palavra invariável que liga duas orações ou dois termos semelhantes de uma mesma oração.

CONJUNÇÃO. É a palavra invariável que liga duas orações ou dois termos semelhantes de uma mesma oração. CONJUNÇÃO É a palavra invariável que liga duas orações ou dois termos semelhantes de uma mesma oração. De acordo com o tipo de relação que estabelecem, as conjunções podem ser classificadas em coordenativas

Leia mais

SINTAXE. Período Composto. Conjunto de orações constituído por mais de uma oração.

SINTAXE. Período Composto. Conjunto de orações constituído por mais de uma oração. SINTAXE Período Composto Conjunto de orações constituído por mais de uma oração. O período composto pode ser período composto por coordenação ou subordinação. Período composto por subordinação No período

Leia mais

Professor Marlos Pires Gonçalves

Professor Marlos Pires Gonçalves PERÍODO COMPOSTO As orações podem ser constituídas da seguinte forma: Períodos simples» são aqueles formados por uma só oração. Exemplo: O mar estava calmo. (Aparece apenas um verbo: estava. Logo, período

Leia mais

ORAÇÕES COORDENADAS E SUBORDINADAS

ORAÇÕES COORDENADAS E SUBORDINADAS ORAÇÕES COORDENADAS E SUBORDINADAS FRASE SIMPLES E FRASE COMPLEXA A frase pode ser constituída por uma ou mais orações. Uma oração é a unidade gramatical organizada à volta de um verbo. FRASE SIMPLES E

Leia mais

LUCAS GONÇALVES GRAMÁTICA

LUCAS GONÇALVES GRAMÁTICA LUCAS GONÇALVES GRAMÁTICA 1. (VUNESP/ TJ-SP/ 2017) Leia o texto para responder à questão. Confirmando-se a análise do Centro de Previsão do Tempo e Estudos Climáticos, a maior parte do Nordeste brasileiro

Leia mais

UDESC 2015/2 PORTUGUÊS. Gabarito do departamento de português sem resposta. Comentário

UDESC 2015/2 PORTUGUÊS. Gabarito do departamento de português sem resposta. Comentário PORTUGUÊS Gabarito do departamento de português sem resposta. a) Incorreta. As orações iniciadas pela partícula se são subordinadas substantivas objetivas diretas do verbo discutir. b) Correta. Todas as

Leia mais

FACULDADE GUANAMBI - FG EDITAL Nº. 09, DE 17 DE SETEMBRO DE 2014 OFICINAS DE APERFEIÇOAMENTO FG

FACULDADE GUANAMBI - FG EDITAL Nº. 09, DE 17 DE SETEMBRO DE 2014 OFICINAS DE APERFEIÇOAMENTO FG FACULDADE GUANAMBI - FG EDITAL Nº. 09, DE 17 DE SETEMBRO DE 2014 OFICINAS DE APERFEIÇOAMENTO FG O DIRETOR ACADÊMICO ADMINISTRATIVO DA FACULDADE GUANAMBI, no uso de suas atribuições legais, e entendendo

Leia mais

Na aula anterior. Frase, oração e período. Sujeito e predicado. Sujeito inexistente

Na aula anterior. Frase, oração e período. Sujeito e predicado. Sujeito inexistente Tipos de sujeito Na aula anterior Frase, oração e período Sujeito e predicado Sujeito inexistente Localização do sujeito Pergunta ao verbo Nem sempre o sujeito inicia a oração (inversão ou posposição)

Leia mais

EXERCÍCIOS 2 ORAÇÕES SUBORDINADAS ADVERBIAIS

EXERCÍCIOS 2 ORAÇÕES SUBORDINADAS ADVERBIAIS EXERCÍCIOS 2 ORAÇÕES SUBORDINADAS ADVERBIAIS 1- Classifique as Orações Subordinadas Adverbiais em destaque abaixo: a) À medida que crescia, mais bobo ficava. b) Choveu tanto que ficamos assustados. c)

Leia mais

Português. Conjunções. Professor Arthur Scandelari.

Português. Conjunções. Professor Arthur Scandelari. Português Conjunções Professor Arthur Scandelari www.acasadoconcurseiro.com.br Português CONJUNÇÕES PARTE 1 1. (CESPE SDS-PE 2016) É importante, pois, que o médico estabeleça o momento de ocorrência do

Leia mais

I - CLASSIFIQUE AS ORAÇÕES SUBLINHADAS: (estão todas misturadas, tente!)

I - CLASSIFIQUE AS ORAÇÕES SUBLINHADAS: (estão todas misturadas, tente!) Português Professores: Daiana 3ª Série Período Composto por Coordenação e Subordinação I - CLASSIFIQUE AS ORAÇÕES SUBLINHADAS: (estão todas misturadas, tente!) 1-Todos querem o mesmo destino: que atinjamos

Leia mais

Leia o poema a seguir, de Carlos Drummond de Andrade, e responda às questões 1 e 2.

Leia o poema a seguir, de Carlos Drummond de Andrade, e responda às questões 1 e 2. PROFESSOR(A): DISCIPLINA: ALUNO(A): Nº SÉRIE: TURMA: TURNO: DATA: / /2017. Leia o poema a seguir, de Carlos Drummond de Andrade, e responda às questões 1 e 2. Ainda que mal Ainda que mal pergunte, ainda

Leia mais

Conjunções e Período Composto

Conjunções e Período Composto Instituto Galeno Eliz Junqueira Conjunções e Período Composto CONJUNÇÕES COORDENATIVAS 1)Aditivas: O agricultor colheu o trigo e o vendeu. e,nem, não só, mas também... 2)Adversativas: Querem ter dinheiro,

Leia mais

Grupo Relacional Preposição e Conjunção e a Interjeição

Grupo Relacional Preposição e Conjunção e a Interjeição Grupo Relacional Preposição e Conjunção e a Interjeição 1. Grupo relacional: preposição e conjunção PREPOSIÇÃ O CONJUNÇÃO Características comuns: Ligam palavras ou orações, por isso, são elementos coesivos,

Leia mais

Para casa: 1) Responder os exercícios do livro didático pp. 38 a 42 - formação do modo imperativo.

Para casa: 1) Responder os exercícios do livro didático pp. 38 a 42 - formação do modo imperativo. 1) Responder os exercícios do livro didático pp. 38 a 42 - formação do modo imperativo. Análise linguística formação do modo imperativo. Identificar e compreender a formação do modo imperativo do verbo.

Leia mais

ORAÇÕES SUBORDINADAS SUBSTANTIVAS. Exerce a função de sujeito do verbo da oração principal.

ORAÇÕES SUBORDINADAS SUBSTANTIVAS. Exerce a função de sujeito do verbo da oração principal. ORAÇÕES SUBORDINADAS SUBSTANTIVAS ORAÇÃO SUBORDINADA SUBSTANTIVA SUBJETIVA Exerce a função de sujeito do verbo da oração principal. É necessário que você se apresente ao serviço amanhã. Foi anunciado que

Leia mais

SINTAXE DA ORAÇÃO E PERÍODO

SINTAXE DA ORAÇÃO E PERÍODO SINTAXE DA ORAÇÃO E PERÍODO Frase, oração e período. Frase: É o enunciado com sentido completo, capaz de fazer uma comunicação - Atenção! -Ontem choveu. - Cuidado! - A moça atravessava a rua. Nem toda

Leia mais

Aula 08 QUESTÕES OBJETIVAS

Aula 08 QUESTÕES OBJETIVAS Página1 Curso/Disciplina: Português para Concursos Aula: Pronomes e colocação pronominal: questões 08 Professor (a): André Moraes Monitor (a): Luis Renato Ribeiro Pereira de Almeida Aula 08 QUESTÕES OBJETIVAS

Leia mais

AULA 9 CLASSES DE PALAVRAS V MINISTÉRIO DA FAZENDA

AULA 9 CLASSES DE PALAVRAS V MINISTÉRIO DA FAZENDA AULA 9 CLASSES DE PALAVRAS V MINISTÉRIO DA FAZENDA Professor Marlus Geronasso PREPOSIÇÃO Preposição é uma palavra invariável que serve para ligar termos ou orações. Quando esta ligação acontece, normalmente

Leia mais

AULAS 25 E 26 CONCORDÂNCIA

AULAS 25 E 26 CONCORDÂNCIA AULAS 25 E 26 CONCORDÂNCIA Chama-se concordância ao princípio linguístico segundo o qual o vocábulo determinante se adapta a certas categorias gramaticais do vocábulo determinado. TENDEU??? SIMPLES, NÉ?

Leia mais

Subordinação X Coordenação

Subordinação X Coordenação ORAÇÕES COORDENADAS Prof. Daniel Subordinação X Coordenação A coordenação se caracteriza por independência sintática: - Reitor da USP declara que os funcionários não receberão aumento. (OSSOD) - Reitor

Leia mais

PORTUGUÊS CIDA UNIDADE I I. PARTE. Pontuação Atividades: Micro: Prova: Total:

PORTUGUÊS CIDA UNIDADE I I. PARTE. Pontuação Atividades: Micro: Prova: Total: TIPO 2 PORTUGUÊS CIDA 7º UNIDADE I Orientações: Não será aceita a utilização de corretivo; não será permitido o empréstimo de material durante a avaliação; use somente caneta esferográfica azul ou preta;

Leia mais

Prof. Valber Freitas. Língua Portuguesa. Sintaxe Termos Integrantes

Prof. Valber Freitas. Língua Portuguesa. Sintaxe Termos Integrantes Prof. Valber Freitas Língua Portuguesa Sintaxe Termos Integrantes Sintaxe Termos Integrantes Termos integrantes Objeto Direto Objeto Indireto Complemento Nominal Agente da Passiva Predicativo do Sujeito

Leia mais

ATENÇÃO! Material retirado da Internet, que eu considero de fonte segura e confiável. Os endereços estão no fim de cada assunto.

ATENÇÃO! Material retirado da Internet, que eu considero de fonte segura e confiável. Os endereços estão no fim de cada assunto. ATENÇÃO! Material retirado da Internet, que eu considero de fonte segura e confiável. Os endereços estão no fim de cada assunto. Conjunção As conjunções são vocábulos de função estritamente gramatical

Leia mais

QUESTÕES GLOBAIS P E R Í O D O C O M P O S T O P R O N O M E R E L A T I V O

QUESTÕES GLOBAIS P E R Í O D O C O M P O S T O P R O N O M E R E L A T I V O QUESTÕES GLOBAIS P E R Í O D O C O M P O S T O P R O N O M E R E L A T I V O Pág. 40 Ex. 1 a) Referem-se aos cães: Alimento no Oriente; companheiro no Ocidente; o melhor amigo do homem; cães; eles; cachorro;

Leia mais

LÍNGUA PORTUGUESA. Professora Rosane Reis. MÓDULO 15 Palavras QUE e SE

LÍNGUA PORTUGUESA. Professora Rosane Reis. MÓDULO 15 Palavras QUE e SE LÍNGUA PORTUGUESA Professora Rosane Reis MÓDULO 15 Palavras QUE e SE AS PALAVRAS QUE E SE É acentuado e substituível por alguma coisa, qualquer coisa etc.; vem precedido de artigo ou numeral. Este professor

Leia mais

CONCORDÂNCIA VERBAL Ocorre quando o verbo se flexiona para concordar com seu sujeito. Regra Geral: O sujeito concordará o verbo em número e pessoa.

CONCORDÂNCIA VERBAL Ocorre quando o verbo se flexiona para concordar com seu sujeito. Regra Geral: O sujeito concordará o verbo em número e pessoa. CONCORDÂNCIA VERBAL Ocorre quando o verbo se flexiona para concordar com seu sujeito. Regra Geral: O sujeito concordará o verbo em número e pessoa. A orquestra tocou uma valsa longa. 3ª p. Singular 3ª

Leia mais

Exercícios de Concordância. Revisão

Exercícios de Concordância. Revisão Exercícios de Concordância Revisão 01. (UFPE) Marque a alternativa em que a concordância verbal contraria a norma culta: a) Ouviram-se as notícias mais desencontradas. b) Trata-se de questões muito sérias.

Leia mais

COERÊNCIA. Harmonia entre situações, acontecimentos ou ideias dentro de um texto. É fator determinante para seu total entendimento.

COERÊNCIA. Harmonia entre situações, acontecimentos ou ideias dentro de um texto. É fator determinante para seu total entendimento. COERÊNCIA Harmonia entre situações, acontecimentos ou ideias dentro de um texto. É fator determinante para seu total entendimento. Subi a porta e fechei a escada. Tirei minhas orações e recitei meus sapatos.

Leia mais

Portuguesa. Língua Portuguesa. Língua. CFSd

Portuguesa. Língua Portuguesa. Língua. CFSd Língua Portuguesa Língua Portuguesa CFSd Questão 01 Marque a frase em que o termo destacado expressa circunstância de causa: a) Quase morri de vergonha. b) Agi com calma. c) Os mudos falam com as mãos.

Leia mais

Aula 7: Período composto por coordenação e período composto por subordinação

Aula 7: Período composto por coordenação e período composto por subordinação APOIO PEDAGÓGICO AO NÚCLEO COMUM Aula 7: Período composto por coordenação e período composto por subordinação Tutora: Ariana de Carvalho Orações coordenadas As luzes apagam-se, abrem-se as cortinas e começa

Leia mais

Complexo de Ensino Renato Saraiva (081) Profª Junia Andrade MPU 2010 Isolada Português PORTUGUÊS

Complexo de Ensino Renato Saraiva  (081) Profª Junia Andrade MPU 2010 Isolada Português PORTUGUÊS MPU técnicos e analistas JÚNIA ANDRADE Exemplos Cespe - Abin Mudado seu modo de pensar, o pesquisador já não concebe aquele tema da mesma forma e, assim, já não é capaz de estabelecer um relação exatamente

Leia mais

Odilei França. Este material é parte integrante do acervo do IESDE BRASIL S.A., mais informações

Odilei França. Este material é parte integrante do acervo do IESDE BRASIL S.A., mais informações Odilei França Graduado em Letras pela Fafipar. Graduado em Teologia pela Faculdade Batista. Professor de Língua Portuguesa para concursos públicos há 22 anos. Sintaxe do período composto: parte I Conceitos

Leia mais

Português. Orações Subordinadas Adverbiais: Causal, Comparativa, Consecutiva, Concessiva e Condicional. Professor Arthur Scandelari

Português. Orações Subordinadas Adverbiais: Causal, Comparativa, Consecutiva, Concessiva e Condicional. Professor Arthur Scandelari Português Orações Subordinadas Adverbiais: Causal, Comparativa, Consecutiva, Concessiva e Condicional Professor Arthur Scandelari www.acasadoconcurseiro.com.br Português ORAÇÕES SUBORDINADAS ADVERBIAIS:

Leia mais

Olá, resolva os exercícios com atenção e, se surgir dúvida, procure-me para que eu possa ajudá-lo(-a). Bom estudo! Abraços, Jana!

Olá, resolva os exercícios com atenção e, se surgir dúvida, procure-me para que eu possa ajudá-lo(-a). Bom estudo! Abraços, Jana! Olá, resolva os exercícios com atenção e, se surgir dúvida, procure-me para que eu possa ajudá-lo(-a). Bom estudo! Abraços, Jana! Orações Subordinadas Substantivas EXERCÍCIOS DE FIXAÇÃO 1. (FCE-SP) "Os

Leia mais

Oração subordinada: substantiva relativa e adjetiva relativa

Oração subordinada: substantiva relativa e adjetiva relativa Oração subordinada: substantiva relativa e adjetiva relativa Relação entre um elemento subordinante (palavra, constituinte ou oração) e uma oração subordinada. As orações subordinadas podem ser: adverbiais

Leia mais