Rua Miguel Landim, Centro Ibitinga SP Tel: (16)

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Rua Miguel Landim, 268 - Centro Ibitinga SP Tel: (16) 3342-2907 www.frankcontabil.com.br"

Transcrição

1 ATUALIZADA EM 23/04/2013 OPERAÇÕES COM ARTEFATOS DE USO DOMÉSTICO Produto Clssificção TIPI / NCM / NBM Aliquot Intern (%) IVA ST (%) IVA ST AJUSTADO Previsão Legl / Convênio Serviços mes e outros utensílios mes ou cozinh, plástico, não scrtáveis ,13% Aliquot 4%: % - Ajuste SINIEF plicção d Aliquot 12%: 91,16% Z15, 1º, R/SP 114/12 Efeitos: 1º / MG Icms 86/ RS 107/2012 Arteftos mir pr mes ou cozinh; ,70% 4%: 159,55% - Ajuste SINIEF plicção d 12%: 137,92% Z15, 1º, R/SP 114/12 Efeitos: 1º / MG Icms 86/ RS 107/2012 Filtros scrtáveis pr cor cfé ou chá; ,26% Aliquot 4%: 119,23% - Ajuste SINIEF plicção d Aliquot 12%: 100,96% Z15, 1º, R/SP 114/12 Efeitos: 1º / MG Icms 86/ RS 107/2012 Bnjs, trvesss, prtos, xícrs ou chávens, tçs, copos e rtigos semelhntes, ppel ou crtão; ,70% Aliquot 4%: 159,55% - Ajuste SINIEF plicção d Z15, 1º, R/SP 34/ MG

2 Aliquot 12%: 137,92% 114/12 Efeitos: 1º Icms 86/ RS 107/2012 Artigos pr serviço mes ou cozinh, porceln e cerâmic; e % Aliquot 4%: 127,16% - Ajuste SINIEF plicção d Aliquot 12%: 108,23% Z15, 1º, R/SP 114/12 Efeitos: 1º / MG Icms 86/ RS 107/2012 Artigos pr serviço mes ou cozinh, louç, inclusive os scrtáveis Estojos; ,43% Aliquot 4%: 88,99% - Ajuste SINIEF plicção d Aliquot 12%: 73,24% Z15, 1º, R/SP 114/12 Efeitos: 1º / MG Icms 86/ RS 107/2012 Artigos pr serviço mes ou cozinh, louç, inclusive os scrtáveis Avulsos; ,53% Aliquot 4%: 111,35% - Ajuste SINIEF plicção d Aliquot 12%: 93,74% Z15, 1º, R/SP 114/12 Efeitos: 1º / MG Icms 86/ RS 107/2012 Vels pr filtros; ,64% Aliquot 4%: 118,51% - Ajuste SINIEF plicção d Z15, 1º, R/SP 34/ MG

3 Aliquot 12%: 100,30% 114/12 Efeitos: 1º Icms 86/ RS 107/2012 Objetos vidro pr serviço mes ou cozinh; ,01% 4%: 100,21% - Ajuste SINIEF plicção d Aliquot 12%: 83,52% Z15, 1º, R/SP 114/12 Efeitos: 1º / MG Icms 86/ RS 107/2012 Outros copos, exceto vitrocerâmic outros copos; ,59% 4%: 89, - Ajuste SINIEF plicção d 12%: 73,41% Z15, 1º, R/SP 114/12 Efeitos: 1º / MG Icms 86/ RS 107/2012 Objetos pr serviço mes (exceto copos) ou cozinh, exceto vitrocerâmic outros prtos; ,21% 4%: 122,68% - Ajuste SINIEF plicção d 12%: 104,13% Z15, 1º, R/SP 114/12 Efeitos: 1º / MG Icms 86/ RS 107/2012 Artigos pr serviço mes ou cozinh, e sus prtes, ferro fundi, ferro, ço, cobre e lumínio; , 7418 e ,23% 4%: 114,51% - Ajuste SINIEF plicção d Z15, 1º, R/SP 114/12 34/ MG Icms

4 12%: 96,64% Efeitos: 1º / RS 107/2012 Arteftos uso méstico, e sus prtes, ferro fundi, ferro ou ço; plh ferro ou ço; esponjs, esfregões, luvs e rteftos semelhntes pr limpez, polimento ou usos semelhntes ço inoxidável; ,62% 4%: 110,29% - Ajuste SINIEF plicção d 12%: 92,76% Z15, 1º, R/SP 114/12 Efeitos: 1º / MG Icms 86/ RS 107/2012 Fcs lâmin cortnte ou serrilhd, incluíds s podirs lâmin móvel, e sus lâmins, uso méstico; ,50% 4%: 123,02% - Ajuste SINIEF plicção d 12%: 104,44% Z15, 1º, R/SP 114/12 Efeitos: 1º / MG Icms 86/ RS 107/2012 Fcs Mes lâmin fix; ,32% 4%: 116,96% - Ajuste SINIEF plicção d 12%: 98,88% Z15, 1º, R/SP 114/12 Efeitos: 1º / MG Icms 86/ RS 107/2012 Fcs lâmin cortnte ou serrilhd, incluíds s podirs lâmin móvel e sus lâmins pr cozinh ou çougue; ,88% 4%: 110,59% - Ajuste SINIEF plicção d Z15, 1º, R/SP 114/12 Efeitos: 34/ MG Icms 86/

5 12%: 93,04% 1º RS 107/2012 Colheres, grfos, conchs, escumirs, pás pr torts, fcs especiis pr peixe ou mnteig, pinçs pr çúcr e rteftos semelhntes; ,47% 4%: 101,92% - Ajuste SINIEF plicção d 12%: 85,09% Z15, 1º, R/SP 114/12 Efeitos: 1º / MG Icms 86/ RS 107/2012 Grrfs térmics e outros recipientes isotérmicos monts, isolmento produzi pelo vácuo, bem o sus prtes (exceto mpols vidro); ,96% 4%: 113,03% - Ajuste SINIEF plicção d 12%: 95,27% Z15, 1º, R/SP 114/12 Efeitos: 1º / MG Icms 86/ RS 107/2012 Outros rteftos uso méstico lumínio: pnels, inclusive pressão, frigiirs, cçrols e ssirs ,03% 4%: 97,89% - Ajuste SINIEF plicção d 12%: 81,40% Z15, 1º, R/SP 114/12 Efeitos: 1º / MG Icms 86/ RS 107/2012 Serviços mes e outros utensílios mes ou cozinh, plástico, scrtáveis ,56% 4%: 104,36% - Ajuste SINIEF plicção d Z15, 1º, R/SP 114/12 Efeitos: 1º / MG Icms 86/ RS

6 12%: 87,33% /2012 Outros rteftos uso méstico, higiene ou toucr, e sus prtes, lumínio; esponjs, esfregões, luvs e rteftos semelhntes, pr limpez, polimento ou usos semelhntes, lumínio. Forms ercilizds individulmente e em conjunto ,88% 4%: 112,93% - Ajuste SINIEF plicção d 12%: 95,19% Z15, 1º, R/SP 114/12 Efeitos: 1º / MG Icms 86/ RS 107/2012 OPERAÇÕES COM AUTOPEÇAS Produto Clssificção TIPI / NCM / NBM Alíquot Intern (%) IVA ST (%) IVA ST AJUSTADO Previsão Legl / Convênio Ctlizres em colméi cerâmic ou metálic pr conversão ctlític gses escpe veículos ou / à ) 33,08% - síd estbelecimento fbricnte veículos utomotores b) 65,10% - mis csos 4%: 55,80% 4%: 93,29% Ajuste SINIEF líquot 12%: 42,82% 12%: 77, O e 313-P R/SP Lei nº /11/1979 Trtn-se oriunds Est São Pulo, plicm-se s Decreto Nº 3110 DE 17/09/2012 Espírito Snto referente os MVA 40% e 26.50% 41/08- AP, AL, AM, BA, DF, GO, MA, MG, MT, PA, PR, PI, RJ, RS, 129/2010-PE 24/2009 ES De cor o 116/2009 As 41/08 não serão plicds entre os Ests São Pulo e Espírito Snto.

7 Tubos e seus cessórios (por exemplo, junts, cotovelos, flnges, uniões), plásticos / à ) 33,08% - síd estbelecimento fbricnte veículos utomotores b) 65,10% - mis csos 4%: 55,80% 4%: 93,29% Ajuste SINIEF líquot 12%: 42,82% 12%: 77, O e 313-P R/SP Lei nº /11/1979 Trtn-se oriunds Est São Pulo, plicm-se s Decreto Nº 3110 DE 17/09/2012 Espírito Snto referente os MVA 40% e 26.50% 41/08- AP, AL, AM, BA, DF, GO, MA, MG, MT, PA, PR, PI, RJ, RS, 129/2010-PE 24/2009 ES De cor o 116/2009 As 41/08 não serão plicds entre os Ests São Pulo e Espírito Snto. Protetores cçmb / à ) 33,08% - síd estbelecimento fbricnte veículos utomotores b) 65,10% - mis csos 4%: 55,80% 4%: 93,29% Ajuste SINIEF líquot 12%: 42,82% 12%: 77, O e 313-P R/SP Lei nº /11/1979 Trtn-se oriunds Est São Pulo, plicm-se s Decreto Nº 3110 DE 17/09/2012 Espírito Snto referente os MVA 40% e 26.50% 41/08- AP, AL, AM, BA, DF, GO, MA, MG, MT, PA, PR, PI, RJ, RS, 129/2010-PE 24/2009 ES De cor o 116/2009 As 41/08 não serão plicds entre os Ests São Pulo e

8 Espírito Snto. Reservtórios óleo / à ) 33,08% - síd estbelecimento fbricnte veículos utomotores b) 65,10% - mis csos 4%: 55,80% 4%: 93,29% Ajuste SINIEF líquot 12%: 42,82% 12%: 77, O e 313-P R/SP Lei nº /11/1979 Trtn-se oriunds Est São Pulo, plicm-se s Decreto Nº 3110 DE 17/09/2012 Espírito Snto referente os MVA 40% e 26.50% 41/08- AP, AL, AM, BA, DF, GO, MA, MG, MT, PA, PR, PI, RJ, RS, 129/2010-PE 24/2009 ES De cor o 116/2009 As 41/08 não serão plicds entre os Ests São Pulo e Espírito Snto. Frisos, clques, moldurs e cbmentos / à ) 33,08% - síd estbelecimento fbricnte veículos utomotores b) 65,10% - mis csos 4%: 55,80% 4%: 93,29% Ajuste SINIEF líquot 12%: 42,82% 12%: O e 313-P R/SP Lei nº /11/1979 Trtn-se oriunds Est São Pulo, plicm-se s Decreto Nº 3110 DE 17/09/2012 Espírito Snto referente os MVA 41/08- AP, AL, AM, BA, DF, GO, MA, MG, MT, PA, PR, PI, RJ, RS, 129/2010-PE 24/2009 ES De cor o 116/2009 As 41/08 não serão plicds

9 77, 40% e 26.50% entre os Ests São Pulo e Espírito Snto. Correis trnsmissão borrch vulcnizd, mtéris têxteis, mesmo impregnds, revestids ou recoberts, plástico, ou estrtificds plástico ou reforçds metl ou outrs mtéris ou / à ) 33,08% - síd estbelecimento fbricnte veículos utomotores b) 65,10% - mis csos 4%: 55,80% 4%: 93,29% Ajuste SINIEF líquot 12%: 42,82% 12%: 77, O e 313-P R/SP Lei nº /11/1979 Trtn-se oriunds Est São Pulo, plicm-se s Decreto Nº 3110 DE 17/09/2012 Espírito Snto referente os MVA 40% e 26.50% 41/08- AP, AL, AM, BA, DF, GO, MA, MG, MT, PA, PR, PI, RJ, RS, 129/2010-PE 24/2009 ES De cor o 116/2009 As 41/08 não serão plicds entre os Ests São Pulo e Espírito Snto. Junts, gxets e outros elementos função semelhnte vedção ou / à ) 33,08% - síd estbelecimento fbricnte veículos utomotores b) 65,10% - mis csos 4%: 55,80% 4%: 93,29% Ajuste SINIEF líquot 12%: 42,82% O e 313-P R/SP Lei nº /11/1979 Trtn-se oriunds Est São Pulo, plicm-se s Decreto Nº 3110 DE 17/09/2012 Espírito 41/08- AP, AL, AM, BA, DF, GO, MA, MG, MT, PA, PR, PI, RJ, RS, 129/2010-PE 24/2009 ES De cor o 116/2009 As

10 12%: 77, Snto referente os MVA 40% e 26.50% 41/08 não serão plicds entre os Ests São Pulo e Espírito Snto. Prtes veículos utomóveis, trtores e máquins utopropulsds / à ) 33,08% - síd estbelecimento fbricnte veículos utomotores b) 65,10% - mis csos 4%: 55,80% 4%: 93,29% Ajuste SINIEF líquot 12%: 42,82% 12%: 77, O e 313-P R/SP Lei nº /11/1979 Trtn-se oriunds Est São Pulo, plicm-se s Decreto Nº 3110 DE 17/09/2012 Espírito Snto referente os MVA 40% e 26.50% 41/08- AP, AL, AM, BA, DF, GO, MA, MG, MT, PA, PR, PI, RJ, RS, 129/2010-PE 24/2009 ES De cor o 116/2009 As 41/08 não serão plicds entre os Ests São Pulo e Espírito Snto. Tpetes e revestimentos, mesmo confeccions ou / à ) 33,08% - síd estbelecimento fbricnte veículos utomotores b) 65,10% - mis csos 4%: 55,80% 4%: 93,29% Ajuste SINIEF líquot O e 313-P R/SP Lei nº /11/1979 Trtn-se oriunds Est São Pulo, plicm-se s Decreto Nº 41/08- AP, AL, AM, BA, DF, GO, MA, MG, MT, PA, PR, PI, RJ, RS, 129/2010-PE 24/2009 ES De cor o

11 12%: 42,82% 12%: 77, 3110 DE 17/09/2012 Espírito Snto referente os MVA 40% e 26.50% 116/2009 As 41/08 não serão plicds entre os Ests São Pulo e Espírito Snto. Tecis impregns, revestis, recobertos ou estrtifics, plástico Normtiv Ct 1/ / à ) 33,08% - síd estbelecimento fbricnte veículos utomotores b) 65,10% - mis csos 4%: 55,80% 4%: 93,29% Ajuste SINIEF líquot 12%: 42,82% 12%: 77, O e 313-P R/SP Lei nº /11/1979 Trtn-se oriunds Est São Pulo, plicm-se s Decreto Nº 3110 DE 17/09/2012 Espírito Snto referente os MVA 40% e 26.50% 41/08- AP, AL, AM, BA, DF, GO, MA, MG, MT, PA, PR, PI, RJ, RS, 129/2010-PE 24/2009 ES De cor o 116/2009 As 41/08 não serão plicds entre os Ests São Pulo e Espírito Snto. Mngueirs e tubos semelhntes, mtéris têxteis, mesmo reforço ou cessórios outrs mtéris Normtiv Ct 1/ / à ) 33,08% - síd estbelecimento fbricnte veículos utomotores b) 65,10% - mis csos 4%: 55,80% 4%: 93,29% Ajuste SINIEF líquot O e 313-P R/SP Lei nº /11/1979 Trtn-se oriunds Est São Pulo, plicm-se s 41/08- AP, AL, AM, BA, DF, GO, MA, MG, MT, PA, PR, PI, RJ, RS, 129/2010-PE 24/2009 ES De cor

12 12%: 42,82% 12%: 77, Decreto Nº 3110 DE 17/09/2012 Espírito Snto referente os MVA 40% e 26.50% o 116/2009 As 41/08 não serão plicds entre os Ests São Pulo e Espírito Snto. Encers e tols Normtiv Ct 1/ / à ) 33,08% - síd estbelecimento fbricnte veículos utomotores b) 65,10% - mis csos 4%: 55,80% 4%: 93,29% Ajuste SINIEF líquot 12%: 42,82% 12%: 77, O e 313-P R/SP Lei nº /11/1979 Trtn-se oriunds Est São Pulo, plicm-se s Decreto Nº 3110 DE 17/09/2012 Espírito Snto referente os MVA 40% e 26.50% 41/08- AP, AL, AM, BA, DF, GO, MA, MG, MT, PA, PR, PI, RJ, RS, 129/2010-PE 24/2009 ES De cor o 116/2009 As 41/08 não serão plicds entre os Ests São Pulo e Espírito Snto. Vidros dimensões e formtos que permitm plicção utomotiv ou Normtiv Ct 1/ / à ) 33,08% - síd estbelecimento fbricnte veículos utomotores b) 65,10% - mis csos 4%: 55,80% 4%: 93,29% Ajuste SINIEF líquot O e 313-P R/SP Lei nº /11/1979 Trtn-se oriunds Est 41/08- AP, AL, AM, BA, DF, GO, MA, MG, MT, PA, PR, PI, RJ, RS, 129/2010-PE

13 12%: 42,82% 12%: 77, São Pulo, plicm-se s Decreto Nº 3110 DE 17/09/2012 Espírito Snto referente os MVA 40% e 26.50% 24/2009 ES De cor o 116/2009 As 41/08 não serão plicds entre os Ests São Pulo e Espírito Snto. Cpcetes e rteftos uso semelhnte, proteção, pr uso em motociclets, incluís ciclomotores / à ) 33,08% - síd estbelecimento fbricnte veículos utomotores b) 65,10% - mis csos 4%: 55,80% 4%: 93,29% Ajuste SINIEF líquot 12%: 42,82% 12%: 77, O e 313-P R/SP Lei nº /11/1979 Trtn-se oriunds Est São Pulo, plicm-se s Decreto Nº 3110 DE 17/09/2012 Espírito Snto referente os MVA 40% e 26.50% 41/08- AP, AL, AM, BA, DF, GO, MA, MG, MT, PA, PR, PI, RJ, RS, 129/2010-PE 24/2009 ES De cor o 116/2009 As 41/08 não serão plicds entre os Ests São Pulo e Espírito Snto. Gurnições fricção (por exemplo, plcs, rolos, tirs, segmentos, discos, néis, pstilhs), não montds, pr freios, embregens ou qulquer outro mecnismo fricção, à bse minto, outrs substâncis mineris ou celulose, / à ) 33,08% - síd estbelecimento fbricnte veículos utomotores 4%: 55,80% 4%: 93,29% Ajuste SINIEF O e 313-P R/SP Lei nº /11/1979 Trtn-se 41/08- AP, AL, AM, BA, DF, GO, MA, MG, MT, PA, PR, PI, RJ, RS, 129/2010-PE

14 mesmo bind b) 65,10% - mis csos líquot 12%: 42,82% 12%: 77, oriunds Est São Pulo, plicm-se s Decreto Nº 3110 DE 17/09/2012 Espírito Snto referente os MVA 40% e 26.50% 24/2009 ES De cor o 116/2009 As 41/08 não serão plicds entre os Ests São Pulo e Espírito Snto. Lentes fróis, lnterns e outros utensílios / à ) 33,08% - síd estbelecimento fbricnte veículos utomotores b) 65,10% - mis csos 4%: 55,80% 4%: 93,29% Ajuste SINIEF líquot 12%: 42,82% 12%: 77, O e 313-P R/SP Lei nº /11/1979 Trtn-se oriunds Est São Pulo, plicm-se s Decreto Nº 3110 DE 17/09/2012 Espírito Snto referente os MVA 40% e 26.50% 41/08- AP, AL, AM, BA, DF, GO, MA, MG, MT, PA, PR, PI, RJ, RS, 129/2010-PE 24/2009 ES De cor o 116/2009 As 41/08 não serão plicds entre os Ests São Pulo e Espírito Snto. Cilindro ço pr GNV (gás nturl veiculr) / à ) 33,08% - síd estbelecimento 4%: 55,80% 4%: 93,29% O e 313-P R/SP Lei nº /11/ /08- AP, AL, AM, BA, DF, GO, MA, MG, MT, PA, PR, PI, RJ, RS,

15 fbricnte veículos utomotores b) 65,10% - mis csos Ajuste SINIEF líquot 12%: 42,82% 12%: 77, Trtn-se oriunds Est São Pulo, plicm-se s Decreto Nº 3110 DE 17/09/2012 Espírito Snto referente os MVA 40% e 26.50% 129/2010-PE 24/2009 ES De cor o 116/2009 As 41/08 não serão plicds entre os Ests São Pulo e Espírito Snto. Espelhos retrovisores / à ) 33,08% - síd estbelecimento fbricnte veículos utomotores b) 65,10% - mis csos 4%: 55,80% 4%: 93,29% Ajuste SINIEF líquot 12%: 42,82% 12%: 77, O e 313-P R/SP Lei nº /11/1979 Trtn-se oriunds Est São Pulo, plicm-se s Decreto Nº 3110 DE 17/09/2012 Espírito Snto referente os MVA 40% e 26.50% 41/08- AP, AL, AM, BA, DF, GO, MA, MG, MT, PA, PR, PI, RJ, RS, 129/2010-PE 24/2009 ES De cor o 116/2009 As 41/08 não serão plicds entre os Ests São Pulo e Espírito Snto. Mols e folhs mols, ferro ou ço / à %: 55,80% O e 313-P R/SP 41/08- AP, AL, AM, BA, DF, GO, MA, MG, MT,

16 ) 33,08% - síd estbelecimento fbricnte veículos utomotores b) 65,10% - mis csos 4%: 93,29% Ajuste SINIEF líquot 12%: 42,82% 12%: 77, Lei nº /11/1979 Trtn-se oriunds Est São Pulo, plicm-se s Decreto Nº 3110 DE 17/09/2012 Espírito Snto referente os MVA 40% e 26.50% PA, PR, PI, RJ, RS, 129/2010-PE 24/2009 ES De cor o 116/2009 As 41/08 não serão plicds entre os Ests São Pulo e Espírito Snto. Obrs moldds, ferro fundi, ferro ou ço, 73.25, exceto / à ) 33,08% - síd estbelecimento fbricnte veículos utomotores b) 65,10% - mis csos 4%: 55,80% 4%: 93,29% Ajuste SINIEF líquot 12%: 42,82% 12%: 77, O e 313-P R/SP Lei nº /11/1979 Trtn-se oriunds Est São Pulo, plicm-se s Decreto Nº 3110 DE 17/09/2012 Espírito Snto referente os MVA 40% e 26.50% 41/08- AP, AL, AM, BA, DF, GO, MA, MG, MT, PA, PR, PI, RJ, RS, 129/2010-PE 24/2009 ES De cor o 116/2009 As 41/08 não serão plicds entre os Ests São Pulo e Espírito Snto. Peso chumbo pr blncemento rod /12 4%: O e 41/08-

17 à ) 33,08% - síd estbelecimento fbricnte veículos utomotores b) 65,10% - mis csos 55,80% 4%: 93,29% Ajuste SINIEF líquot 12%: 42,82% 12%: 77, 313-P R/SP Lei nº /11/1979 Trtn-se oriunds Est São Pulo, plicm-se s Decreto Nº 3110 DE 17/09/2012 Espírito Snto referente os MVA 40% e 26.50% AP, AL, AM, BA, DF, GO, MA, MG, MT, PA, PR, PI, RJ, RS, 129/2010-PE 24/2009 ES De cor o 116/2009 As 41/08 não serão plicds entre os Ests São Pulo e Espírito Snto. Triângulo segurnç / à ) 33,08% - síd estbelecimento fbricnte veículos utomotores b) 65,10% - mis csos 4%: 55,80% 4%: 93,29% Ajuste SINIEF líquot 12%: 42,82% 12%: 77, O e 313-P R/SP Lei nº /11/1979 Trtn-se oriunds Est São Pulo, plicm-se s Decreto Nº 3110 DE 17/09/2012 Espírito Snto referente os MVA 40% e 26.50% 41/08- AP, AL, AM, BA, DF, GO, MA, MG, MT, PA, PR, PI, RJ, RS, 129/2010-PE 24/2009 ES De cor o 116/2009 As 41/08 não serão plicds entre os Ests São Pulo e Espírito Snto.

18 Peso pr blncemento rod e outros utensílios estnho / à ) 33,08% - síd estbelecimento fbricnte veículos utomotores b) 65,10% - mis csos 4%: 55,80% 4%: 93,29% Ajuste SINIEF líquot 12%: 42,82% 12%: 77, O e 313-P R/SP Lei nº /11/1979 Trtn-se oriunds Est São Pulo, plicm-se s Decreto Nº 3110 DE 17/09/2012 Espírito Snto referente os MVA 40% e 26.50% 41/08- AP, AL, AM, BA, DF, GO, MA, MG, MT, PA, PR, PI, RJ, RS, 129/2010-PE 24/2009 ES De cor o 116/2009 As 41/08 não serão plicds entre os Ests São Pulo e Espírito Snto. Motores pistão lterntivo s tipos utilizs pr propulsão veículos Cpítulo / à ) 33,08% - síd estbelecimento fbricnte veículos utomotores b) 65,10% - mis csos 4%: 55,80% 4%: 93,29% Ajuste SINIEF líquot 12%: 42,82% 12%: 77, O e 313-P R/SP Lei nº /11/1979 Trtn-se oriunds Est São Pulo, plicm-se s Decreto Nº 3110 DE 17/09/2012 Espírito Snto referente os MVA 40% e 26.50% 41/08- AP, AL, AM, BA, DF, GO, MA, MG, MT, PA, PR, PI, RJ, RS, 129/2010-PE 24/2009 ES De cor o 116/2009 As 41/08 não serão plicds entre os Ests São Pulo e

19 Espírito Snto. Fechdurs e prtes fechdurs ou / à ) 33,08% - síd estbelecimento fbricnte veículos utomotores b) 65,10% - mis csos 4%: 55,80% 4%: 93,29% Ajuste SINIEF líquot 12%: 42,82% 12%: 77, O e 313-P R/SP Lei nº /11/1979 Trtn-se oriunds Est São Pulo, plicm-se s Decreto Nº 3110 DE 17/09/2012 Espírito Snto referente os MVA 40% e 26.50% 41/08- AP, AL, AM, BA, DF, GO, MA, MG, MT, PA, PR, PI, RJ, RS, 129/2010-PE 24/2009 ES De cor o 116/2009 As 41/08 não serão plicds entre os Ests São Pulo e Espírito Snto. Motores s tipos utilizs pr propulsão veículos utomotores / à ) 33,08% - síd estbelecimento fbricnte veículos utomotores b) 65,10% - mis csos 4%: 55,80% 4%: 93,29% Ajuste SINIEF líquot 12%: 42,82% 12%: O e 313-P R/SP Lei nº /11/1979 Trtn-se oriunds Est São Pulo, plicm-se s Decreto Nº 3110 DE 17/09/2012 Espírito Snto referente os MVA 41/08- AP, AL, AM, BA, DF, GO, MA, MG, MT, PA, PR, PI, RJ, RS, 129/2010-PE 24/2009 ES De cor o 116/2009 As 41/08 não serão plicds

20 77, 40% e 26.50% entre os Ests São Pulo e Espírito Snto. Chves presentds isoldmente, / à ) 33,08% - síd estbelecimento fbricnte veículos utomotores b) 65,10% - mis csos 4%: 55,80% 4%: 93,29% Ajuste SINIEF líquot 12%: 42,82% 12%: 77, O e 313-P R/SP Lei nº /11/1979 Trtn-se oriunds Est São Pulo, plicm-se s Decreto Nº 3110 DE 17/09/2012 Espírito Snto referente os MVA 40% e 26.50% 41/08- AP, AL, AM, BA, DF, GO, MA, MG, MT, PA, PR, PI, RJ, RS, 129/2010-PE 24/2009 ES De cor o 116/2009 As 41/08 não serão plicds entre os Ests São Pulo e Espírito Snto. Prtes reconhecíveis o exclusiv ou principlmente stinds os motores ds posições ou Resolução SF nº 31/2008,provou relção produtos d indústri processmento eletrônico ds que se refere o inciso V rt. 54 Regulmento /SP Aliquot 12% Resolução SF nº 31/2008 Aliquot 12% 116/ à ) 33,08% - síd estbelecimento fbricnte veículos utomotores b) 65,10% - mis csos 4%: 55,80% 4%: 93,29% Ajuste SINIEF líquot 12%: 42,82% O e 313-P R/SP Lei nº /11/1979 Trtn-se oriunds Est São Pulo, plicm-se s Decreto Nº 3110 DE 17/09/2012 Espírito 41/08- AP, AL, AM, BA, DF, GO, MA, MG, MT, PA, PR, PI, RJ, RS, 129/2010-PE 24/2009 ES De cor o 116/2009 As

21 12%: 77, Snto referente os MVA 40% e 26.50% 41/08 não serão plicds entre os Ests São Pulo e Espírito Snto. Dobrdiçs, gurnições, ferrgens e rtigos semelhntes metis uns ou / à ) 33,08% - síd estbelecimento fbricnte veículos utomotores b) 65,10% - mis csos 4%: 55,80% 4%: 93,29% Ajuste SINIEF líquot 12%: 42,82% 12%: 77, O e 313-P R/SP Lei nº /11/1979 Trtn-se oriunds Est São Pulo, plicm-se s Decreto Nº 3110 DE 17/09/2012 Espírito Snto referente os MVA 40% e 26.50% 41/08- AP, AL, AM, BA, DF, GO, MA, MG, MT, PA, PR, PI, RJ, RS, 129/2010-PE 24/2009 ES De cor o 116/2009 As 41/08 não serão plicds entre os Ests São Pulo e Espírito Snto. Bombs pr bustíveis, lubrificntes ou líquis rrefecimento, própris pr motores ignição por centelh ou por pressão / à ) 33,08% - síd estbelecimento fbricnte veículos utomotores b) 65,10% - mis csos 4%: 55,80% 4%: 93,29% Ajuste SINIEF líquot O e 313-P R/SP Lei nº /11/1979 Trtn-se oriunds Est São Pulo, plicm-se s Decreto Nº 41/08- AP, AL, AM, BA, DF, GO, MA, MG, MT, PA, PR, PI, RJ, RS, 129/2010-PE 24/2009 ES De cor o

22 12%: 42,82% 12%: 77, 3110 DE 17/09/2012 Espírito Snto referente os MVA 40% e 26.50% 116/2009 As 41/08 não serão plicds entre os Ests São Pulo e Espírito Snto. Máquins e prelhos r condicion / à ) 33,08% - síd estbelecimento fbricnte veículos utomotores b) 65,10% - mis csos 4%: 55,80% 4%: 93,29% Ajuste SINIEF líquot 12%: 42,82% 12%: 77, O e 313-P R/SP Lei nº /11/1979 Trtn-se oriunds Est São Pulo, plicm-se s Decreto Nº 3110 DE 17/09/2012 Espírito Snto referente os MVA 40% e 26.50% 41/08- AP, AL, AM, BA, DF, GO, MA, MG, MT, PA, PR, PI, RJ, RS, 129/2010-PE 24/2009 ES De cor o 116/2009 As 41/08 não serão plicds entre os Ests São Pulo e Espírito Snto. Aprelhos pr filtrr óleos mineris nos motores ignição por centelh ou por pressão Normtiv Ct 1/ / à ) 33,08% - síd estbelecimento fbricnte veículos utomotores b) 65,10% - mis csos 4%: 55,80% 4%: 93,29% Ajuste SINIEF líquot O e 313-P R/SP Lei nº /11/1979 Trtn-se oriunds Est São Pulo, plicm-se s 41/08- AP, AL, AM, BA, DF, GO, MA, MG, MT, PA, PR, PI, RJ, RS, 129/2010-PE 24/2009 ES De cor

23 12%: 42,82% 12%: 77, Decreto Nº 3110 DE 17/09/2012 Espírito Snto referente os MVA 40% e 26.50% o 116/2009 As 41/08 não serão plicds entre os Ests São Pulo e Espírito Snto. Motores hidráulicos / à ) 33,08% - síd estbelecimento fbricnte veículos utomotores b) 65,10% - mis csos 4%: 55,80% 4%: 93,29% Ajuste SINIEF líquot 12%: 42,82% 12%: 77, O e 313-P R/SP Lei nº /11/1979 Trtn-se oriunds Est São Pulo, plicm-se s Decreto Nº 3110 DE 17/09/2012 Espírito Snto referente os MVA 40% e 26.50% 41/08- AP, AL, AM, BA, DF, GO, MA, MG, MT, PA, PR, PI, RJ, RS, 129/2010-PE 24/2009 ES De cor o 116/2009 As 41/08 não serão plicds entre os Ests São Pulo e Espírito Snto. Bombs vácuo / à ) 33,08% - síd estbelecimento fbricnte veículos utomotores b) 65,10% - mis csos 4%: 55,80% 4%: 93,29% Ajuste SINIEF líquot O e 313-P R/SP Lei nº /11/1979 Trtn-se oriunds Est 41/08- AP, AL, AM, BA, DF, GO, MA, MG, MT, PA, PR, PI, RJ, RS, 129/2010-PE

24 12%: 42,82% 12%: 77, São Pulo, plicm-se s Decreto Nº 3110 DE 17/09/2012 Espírito Snto referente os MVA 40% e 26.50% 24/2009 ES De cor o 116/2009 As 41/08 não serão plicds entre os Ests São Pulo e Espírito Snto. Compressores e turbopressores r ou Normtiv Ct 1/ / à ) 33,08% - síd estbelecimento fbricnte veículos utomotores b) 65,10% - mis csos 4%: 55,80% 4%: 93,29% Ajuste SINIEF líquot 12%: 42,82% 12%: 77, O e 313-P R/SP Lei nº /11/1979 Trtn-se oriunds Est São Pulo, plicm-se s Decreto Nº 3110 DE 17/09/2012 Espírito Snto referente os MVA 40% e 26.50% 41/08- AP, AL, AM, BA, DF, GO, MA, MG, MT, PA, PR, PI, RJ, RS, 129/2010-PE 24/2009 ES De cor o 116/2009 As 41/08 não serão plicds entre os Ests São Pulo e Espírito Snto. Prtes ds bombs, pressores e turbo pressores s itens 31, 32 e , , ou / à ) 33,08% - síd estbelecimento fbricnte veículos utomotores 4%: 55,80% 4%: 93,29% Ajuste SINIEF O e 313-P R/SP Lei nº /11/1979 Trtn-se 41/08- AP, AL, AM, BA, DF, GO, MA, MG, MT, PA, PR, PI, RJ, RS, 129/2010-PE

25 b) 65,10% - mis csos líquot 12%: 42,82% 12%: 77, oriunds Est São Pulo, plicm-se s Decreto Nº 3110 DE 17/09/2012 Espírito Snto referente os MVA 40% e 26.50% 24/2009 ES De cor o 116/2009 As 41/08 não serão plicds entre os Ests São Pulo e Espírito Snto. Árvores trnsmissão (incluíds s árvores cmes e virbrequins) e mnivels; mncis e bronzes ; engrengens e rods fricção; eixos esfers ou roletes; redutores, multiplicres, cixs trnsmissão e vrires velocid, incluíd Normtiv Ct 1/ / à ) 33,08% - síd estbelecimento fbricnte veículos utomotores b) 65,10% - mis csos 4%: 55,80% 4%: 93,29% Ajuste SINIEF líquot 12%: 42,82% 12%: 77, O e 313-P R/SP Lei nº /11/1979 Trtn-se oriunds Est São Pulo, plicm-se s Decreto Nº 3110 DE 17/09/2012 Espírito Snto referente os MVA 40% e 26.50% 41/08- AP, AL, AM, BA, DF, GO, MA, MG, MT, PA, PR, PI, RJ, RS, 129/2010-PE 24/2009 ES De cor o 116/2009 As 41/08 não serão plicds entre os Ests São Pulo e Espírito Snto. Filtros vácuo Resolução SF nº 04/1998 Aliquot 116/ à ) 33,08% - síd estbelecimento 4%: 55,80% 4%: 93,29% O e 313-P R/SP Lei nº /11/ /08- AP, AL, AM, BA, DF, GO, MA, MG, MT, PA, PR, PI, RJ, RS,

26 12% fbricnte veículos utomotores b) 65,10% - mis csos Ajuste SINIEF líquot 12%: 42,82% 12%: 77, Trtn-se oriunds Est São Pulo, plicm-se s Decreto Nº 3110 DE 17/09/2012 Espírito Snto referente os MVA 40% e 26.50% 129/2010-PE 24/2009 ES De cor o 116/2009 As 41/08 não serão plicds entre os Ests São Pulo e Espírito Snto. Prtes s prelhos pr filtrr ou purr líquis ou gses, Normtiv Ct 1/ / à ) 33,08% - síd estbelecimento fbricnte veículos utomotores b) 65,10% - mis csos 4%: 55,80% 4%: 93,29% Ajuste SINIEF líquot 12%: 42,82% 12%: 77, O e 313-P R/SP Lei nº /11/1979 Trtn-se oriunds Est São Pulo, plicm-se s Decreto Nº 3110 DE 17/09/2012 Espírito Snto referente os MVA 40% e 26.50% 41/08- AP, AL, AM, BA, DF, GO, MA, MG, MT, PA, PR, PI, RJ, RS, 129/2010-PE 24/2009 ES De cor o 116/2009 As 41/08 não serão plicds entre os Ests São Pulo e Espírito Snto. Acumulres elétricos chumbo, tipo utiliz pr o rrnque s motores pistão Normtiv 116/ à %: 55,80% O e 313-P R/SP 41/08- AP, AL, AM, BA, DF, GO, MA, MG, MT,

27 Ct 1/2008 ) 33,08% - síd estbelecimento fbricnte veículos utomotores b) 65,10% - mis csos 4%: 93,29% Ajuste SINIEF líquot 12%: 42,82% 12%: 77, Lei nº /11/1979 Trtn-se oriunds Est São Pulo, plicm-se s Decreto Nº 3110 DE 17/09/2012 Espírito Snto referente os MVA 40% e 26.50% PA, PR, PI, RJ, RS, 129/2010-PE 24/2009 ES De cor o 116/2009 As 41/08 não serão plicds entre os Ests São Pulo e Espírito Snto. Extintores, mesmo crregs / à ) 33,08% - síd estbelecimento fbricnte veículos utomotores b) 65,10% - mis csos 4%: 55,80% 4%: 93,29% Ajuste SINIEF líquot 12%: 42,82% 12%: 77, O e 313-P R/SP Lei nº /11/1979 Trtn-se oriunds Est São Pulo, plicm-se s Decreto Nº 3110 DE 17/09/2012 Espírito Snto referente os MVA 40% e 26.50% 41/08- AP, AL, AM, BA, DF, GO, MA, MG, MT, PA, PR, PI, RJ, RS, 129/2010-PE 24/2009 ES De cor o 116/2009 As 41/08 não serão plicds entre os Ests São Pulo e Espírito Snto. Aprelhos e dispositivos elétricos ignição ou /12 4%: O e 41/08-

28 rrnque pr motores ignição por centelh ou por pressão (por exemplo, mgnetos, dínmosmgnetos, bobins ignição, vels ignição ou quecimento, motores rrnque); gerres (dínmos e Resolução SF nº 31/2008 Aliquot 12% à ) 33,08% - síd estbelecimento fbricnte veículos utomotores b) 65,10% - mis csos 55,80% 4%: 93,29% Ajuste SINIEF líquot 12%: 42,82% 12%: 77, 313-P R/SP Lei nº /11/1979 Trtn-se oriunds Est São Pulo, plicm-se s Decreto Nº 3110 DE 17/09/2012 Espírito Snto referente os MVA 40% e 26.50% AP, AL, AM, BA, DF, GO, MA, MG, MT, PA, PR, PI, RJ, RS, 129/2010-PE 24/2009 ES De cor o 116/2009 As 41/08 não serão plicds entre os Ests São Pulo e Espírito Snto. Filtros entrd r pr motores ignição por centelh ou por pressão Normtiv Ct 1/ / à ) 33,08% - síd estbelecimento fbricnte veículos utomotores b) 65,10% - mis csos 4%: 55,80% 4%: 93,29% Ajuste SINIEF líquot 12%: 42,82% 12%: 77, O e 313-P R/SP Lei nº /11/1979 Trtn-se oriunds Est São Pulo, plicm-se s Decreto Nº 3110 DE 17/09/2012 Espírito Snto referente os MVA 40% e 26.50% 41/08- AP, AL, AM, BA, DF, GO, MA, MG, MT, PA, PR, PI, RJ, RS, 129/2010-PE 24/2009 ES De cor o 116/2009 As 41/08 não serão plicds entre os Ests São Pulo e Espírito Snto.

Rua Adelino Pinto da Costa, 182 Ibitinga SP Tel: (16) 3342-2907 atendimentofrank@hotmail.com

Rua Adelino Pinto da Costa, 182 Ibitinga SP Tel: (16) 3342-2907 atendimentofrank@hotmail.com TABELA ST ATUALIZADA ATÉ 09/05/2012 Exibe Tos os Tópicos Ocult Tos os Tópicos ARTEFATOS DE USO DOMÉSTICO IVA ST Portri CAT 53/2012 IVA ST AJUSTADO Produto Clssificção TIPI / NCM / NBM Vigênci ST Efeitos:

Leia mais

ANEXO I BICICLETA ESCOLAR. Modelo de ofício para adesão à ata de registro de preços (GRUPO 1)

ANEXO I BICICLETA ESCOLAR. Modelo de ofício para adesão à ata de registro de preços (GRUPO 1) ANEXO I BICICLETA ESCOLAR Modelo de ofício para adesão à ata de registro de preços (GRUPO 1) Assunto: Adesão à ata de registro de preços nº 70/2010 do pregão eletrônico nº 40/2010. 1 2 BICICLETA 20 - AC,

Leia mais

ITEM DESCRIÇÃO NCM/SH 1

ITEM DESCRIÇÃO NCM/SH 1 ANEXO AO COMUNICADO: ACORDO DE SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA ENTRE SÃO PAULO E PERNAMBUCO Abrangência: operações interestaduais realizadas entre contribuintes situados em São Paulo e Pernambuco. Produto: autopeças.

Leia mais

DECRETO N. 12.702 DECRETA:

DECRETO N. 12.702 DECRETA: O GOVERNADOR DO ESTADO DO PARANÁ, no uso das atribuições que lhe confere o art. 87, inciso V, da Constituição Estadual, e considerando o Protocolo ICMS 41, de 15 de agosto de 2014, e tendo em vista o contido

Leia mais

INFORME SARGSUS. Situação da Alimentação do Relatório de Gestão Ano 2013-2014 Informações sobre Plano e Programação Anual de Saúde

INFORME SARGSUS. Situação da Alimentação do Relatório de Gestão Ano 2013-2014 Informações sobre Plano e Programação Anual de Saúde INFORME SARGSUS Situação da Alimentação do Relatório de Gestão Ano 2013-2014 Informações sobre Plano e Programação Anual de Saúde 1 ESFERA MUNICIPAL 1.1 Relatório de Gestão Ano 2013 Até a presente data,

Leia mais

PRODUTOS SUJEITOS A SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA. CONVÊNIO OU PROTOCOLO Conv. ICMS 045/99 Prot. ICMS 019/92 Conv. ICMS 037/94 DISPOSITIVO DO RICMS

PRODUTOS SUJEITOS A SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA. CONVÊNIO OU PROTOCOLO Conv. ICMS 045/99 Prot. ICMS 019/92 Conv. ICMS 037/94 DISPOSITIVO DO RICMS PRODUTOS SUJEITOS A SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA MERCADORIA Venda porta-a-porta de quaisquer mercadorias destinadas a revendedores não inscritos Cigarros e outros produtos derivados do fumo Cimento Refrigerante,

Leia mais

Protoc. ICMS CONFAZ 24/09 - Protoc. ICMS - Protocolo ICMS CONSELHO NACIONAL DE POLÍTICA FAZENDÁRIA - CONFAZ nº 24 de 03.06.2009

Protoc. ICMS CONFAZ 24/09 - Protoc. ICMS - Protocolo ICMS CONSELHO NACIONAL DE POLÍTICA FAZENDÁRIA - CONFAZ nº 24 de 03.06.2009 Protoc. ICMS CONFAZ 24/09 - Protoc. ICMS - Protocolo ICMS CONSELHO NACIONAL DE POLÍTICA FAZENDÁRIA - CONFAZ nº 24 de 03.06.2009 D.O.U.: 04.06.2009 Dispõe sobre a substituição tributária nas operações interestaduais

Leia mais

DEMANDA DE CANDIDATOS POR CARGO / UF NÍVEL SUPERIOR

DEMANDA DE CANDIDATOS POR CARGO / UF NÍVEL SUPERIOR EM CARGOS DE E DE NÍVEL INTERMEDIÁRIO Administrador AC 1 14 14.00 Administrador AL 1 53 53.00 Administrador AP 1 18 18.00 Administrador BA 1 75 75.00 Administrador DF 17 990 58.24 Administrador MT 1 55

Leia mais

AGÊNCIA NACIONAL DE TELECOMUNICAÇÕES Acessos Quantidade de Acessos no Brasil Dividido por Tecnologia/Velocidade/UF

AGÊNCIA NACIONAL DE TELECOMUNICAÇÕES Acessos Quantidade de Acessos no Brasil Dividido por Tecnologia/Velocidade/UF AGÊNCIA NACIONAL DE TELECOMUNICAÇÕES Acessos Quantidade de Acessos no Brasil Dividido por Tecnologia/Velocidade/UF UF Tecnologia Velocidade Quantidade de Acessos AC ATM 12 Mbps a 34Mbps 3 AC ATM 34 Mbps

Leia mais

EDITAL SG/MPU N.º 27, DE 2 DE OUTUBRO DE 2007.

EDITAL SG/MPU N.º 27, DE 2 DE OUTUBRO DE 2007. VA PUBLICADO NO DIÁRIO OFICIAL DA UNIÃO DE 4/10/2007, SEÇÃO 3, PÁG.. EDITAL SG/MPU N.º 27, DE 2 DE OUTUBRO DE 2007. Divulgar a distribuição de vagas do Concurso Público para provimento de cargos e formação

Leia mais

MINISTÉRIO DO TRABALHO E EMPREGO CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE VAGAS EM CARGOS DE NÍVEL SUPERIOR E DE NÍVEL MÉDIO DEMANDA DE CANDIDATOS POR VAGA

MINISTÉRIO DO TRABALHO E EMPREGO CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE VAGAS EM CARGOS DE NÍVEL SUPERIOR E DE NÍVEL MÉDIO DEMANDA DE CANDIDATOS POR VAGA Nível superior Cargo 1: Contador DF Brasília/Sede da Administração Central 35 1820 52,00 Nível médio Cargo 2: Agente Administrativo AC Rio Branco/Sede da SRTE 2 1496 748,00 Nível médio Cargo 2: Agente

Leia mais

Pendências de Envio do Relatório de Gestão Municipal-2013 aos CMS

Pendências de Envio do Relatório de Gestão Municipal-2013 aos CMS INFORME SARGSUS Situação da Alimentação do Relatório de Gestão Ano 2013-2014 Informações sobre Plano e Programação Anual de Saúde 1 ESFERA MUNICIPAL 1.1 Relatório de Gestão Ano 2013 Até a presente data,

Leia mais

I - Resultado mensal: 60,82%, acum. ano: 66,55% acum. 12 meses: 68,50%

I - Resultado mensal: 60,82%, acum. ano: 66,55% acum. 12 meses: 68,50% dez/12 fev/13 abr/13 jun/13 ago/13 out/13 dez/12 fev/13 abr/13 jun/13 ago/13 out/13-870 -953-919 -937-1.015-601 -623-714 -780-780 -860-266 Novembro de edição n. 28 I - Resultado mensal: 60,82%, acum. ano:

Leia mais

PROTOCOLO ICMS 41, DE 4 DE ABRIL DE 2008

PROTOCOLO ICMS 41, DE 4 DE ABRIL DE 2008 1 de 12 10/01/2011 09:08 PROTOCOLO ICMS 41, DE 4 DE ABRIL DE 2008 Publicado no DOU de 14.04.08, pelo Despacho 24/08. Retificação no DOU de 02.05.08. Ver Despacho nº 30/08, quanto à aplicação no AP e DF.

Leia mais

LEVANTAMENTO FISCAL SITE KADOX

LEVANTAMENTO FISCAL SITE KADOX LEVANTAMENTO FISCAL SITE KADOX SUMÁRIO 1 ICMS 1.1 CONTRIBUINTE 1.2 FATO GERADOR DO IMPOSTO 1.3 BASE DE CÁLCULO DO IMPOSTO 1.4 REDUÇÃO DA BASE DE CÁLCULO 1.5 CARTA DE CORREÇÃO 1.6 CÓDIGO DA SITUAÇÃO TRIBUTÁRIA

Leia mais

Linha de TANQUES Data da publicação: 2015 - nº 0703050 Ciber Equipamentos Rodoviários Ltda.

Linha de TANQUES Data da publicação: 2015 - nº 0703050 Ciber Equipamentos Rodoviários Ltda. Linha de Todas as fotos, ilustrações e especificações estão baseadas em informações vigentes na data da aprovação desta publicação. A Ciber Equipamentos Rodoviários Ltda. se reserva ao direito de alterar

Leia mais

POLITICAS PARA O TRÂNSITO SEGURO DE MOTOS

POLITICAS PARA O TRÂNSITO SEGURO DE MOTOS Seminário POLITICAS PARA O TRÂNSITO SEGURO DE MOTOS LEGISLAÇÃO, FISCALIZAÇÃO E POLÍTICA DE SEGURANÇA Brasília DF 13 de setembro de 2012 Regulamentação da atividade de mototaxista Mesmo diante da ausência

Leia mais

Departamento de Engenharia de Saúde Pública/CGEAR LICENCIAMENTO AMBIENTAL NAS OBRAS DE ESGOTAMENTO SANITÁRIO DA FUNASA.

Departamento de Engenharia de Saúde Pública/CGEAR LICENCIAMENTO AMBIENTAL NAS OBRAS DE ESGOTAMENTO SANITÁRIO DA FUNASA. Departamento de Engenharia de Saúde Pública/CGEAR LICENCIAMENTO AMBIENTAL NAS OBRAS DE ESGOTAMENTO SANITÁRIO DA FUNASA Brasília 2005 O Licenciamento Ambiental nasceu de uma exigência social, fruto de uma

Leia mais

Indenizações Pagas Quantidades

Indenizações Pagas Quantidades Natureza da Indenização Jan a Dez 2011 % Jan a Dez 2012 % Jan a Dez 2012 x Jan a Dez 2011 Morte 58.134 16% 60.752 12% 5% Invalidez Permanente 239.738 65% 352.495 69% 47% Despesas Médicas (DAMS) 68.484

Leia mais

9XXXX-XXXX 9 DÍGITO. para celulare

9XXXX-XXXX 9 DÍGITO. para celulare 9XXXX-XXXX o_ 9 DÍGITO para celulare Por que os números dos telefones celulares estão recebendo o nono dígito? Os números dos telefones celulares estão recebendo mais um dígito por determinação da Anatel

Leia mais

Carga Tributária dos Combustíveis por Estado. Referência: Junho/2015

Carga Tributária dos Combustíveis por Estado. Referência: Junho/2015 Carga Tributária dos Combustíveis por Estado Referência: Junho/2015 Pontos importantes da Lei 12.741/2012 para a revenda de combustíveis Art. 1º Emitidos por ocasião da venda ao consumidor de mercadorias

Leia mais

Gestão da Qualidade da Banda Larga

Gestão da Qualidade da Banda Larga Gestão da Qualidade da Banda Larga Agência Nacional de Telecomunicações Brasília, 17 de maio de 2013 METODOLOGIA DE MEDIÇÃO INDICADORES DE BANDA LARGA FIXA Avaliações realizadas através de medidores instalados

Leia mais

CARGA TRIBUTÁRIA SOBRE AS Micro e pequenas empresas RANKING DOS ESTADOS 2012

CARGA TRIBUTÁRIA SOBRE AS Micro e pequenas empresas RANKING DOS ESTADOS 2012 CARGA TRIBUTÁRIA SOBRE AS Micro e pequenas empresas RANKING DOS ESTADOS 2012 Tributos incluídos no Simples Nacional Brasília 19 de setembro de 2013 ROTEIRO 1 2 3 4 O PROJETO RESULTADOS DIFERENÇA NAS ALÍQUOTAS

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DE RONDÔNIA GOVERNADORIA

GOVERNO DO ESTADO DE RONDÔNIA GOVERNADORIA DECRETO Nº 12310, DE 10 DE JULHO DE 2006 PUBLICADO NO DOE Nº 0551, DE 10.07.06 Incorpora alterações oriundas da 121ª reunião ordinária do CONFAZ O GOVERNADOR DO ESTADO DE RONDÔNIA, no uso das atribuições

Leia mais

De janeiro a junho de 2013 as indenizações pagas pelo Seguro DPVAT registraram crescimento de 38% ante mesmo período de 2012.

De janeiro a junho de 2013 as indenizações pagas pelo Seguro DPVAT registraram crescimento de 38% ante mesmo período de 2012. De janeiro a junho de 2013 as indenizações pagas pelo Seguro DPVAT registraram crescimento de 38% ante mesmo período de 2012. Os casos de Invalidez Permanente representaram a maioria das indenizações pagas

Leia mais

Monitoramento de agrotóxicos em água para consumo humano

Monitoramento de agrotóxicos em água para consumo humano Seminário de Vigilância em Saúde de Populações Expostas a Agrotóxicos Mesa Redonda I Exposição humana a agrotóxicos: ações em desenvolvimento Monitoramento de agrotóxicos em água para consumo humano Coordenação

Leia mais

DEMANDA DE CANDIDATOS POR VAGA

DEMANDA DE CANDIDATOS POR VAGA Analista de Correios / Administrador AC / Rio Branco 123 1 123,00 Analista de Correios / Técnico em Comunicação Social Atuação: Jornalismo AC / Rio Branco 27 1 27,00 Médico do Trabalho Formação: Medicina

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO DA UNIÃO 8º CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE VAGAS NOS CARGOS DE ANALISTA E DE TÉCNICO DO MINISTÉRIO PÚBLICO DA UNIÃO

MINISTÉRIO PÚBLICO DA UNIÃO 8º CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE VAGAS NOS CARGOS DE ANALISTA E DE TÉCNICO DO MINISTÉRIO PÚBLICO DA UNIÃO Cargo 1: Analista do MPU Área de Atividade: Apoio Técnico-Administrativo Especialidade: Arquivologia Distrito Federal / DF 596 4 149,00 Especialidade: Biblioteconomia Acre / AC 147 1 147,00 Especialidade:

Leia mais

Emissão de Nota Fiscal Eletrônica

Emissão de Nota Fiscal Eletrônica Emissão de Nota Fiscal Eletrônica DANFE - Documento Auxiliar da Nota Fiscal Eletrônica. É um documento que serve para acobertar a circulação da mercadoria. Impresso em via única; Validade em meio digital

Leia mais

4» Quadra escolar Maria Nascimento Paiva. 1» Centro de Artes e Esportes Unificados. 2» Unidade Básica de Saúde, Clínica da Família Quadra 308

4» Quadra escolar Maria Nascimento Paiva. 1» Centro de Artes e Esportes Unificados. 2» Unidade Básica de Saúde, Clínica da Família Quadra 308 1 2 8 1» Centro de Artes e Esportes Unificados Rio Branco AC 2» Unidade Básica de Saúde, Clínica da Família Quadra 308 Recanto das Emas DF 3» Creche Ipê Rosa Samambaia DF 4» Quadra escolar Maria Nascimento

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DO PARANÁ DECRETO N. 9777

GOVERNO DO ESTADO DO PARANÁ DECRETO N. 9777 O GOVERNADOR DO ESTADO DO PARANÁ, no uso das atribuições que lhe confere o art. 87, inciso V, da Constituição Estadual, e considerando o disposto nos Protocolos ICMS 189/2009, 109/2013 e 122/2013, e tendo

Leia mais

ICMS Substituição Tributária. Outubro 2004

ICMS Substituição Tributária. Outubro 2004 ICMS Substituição Tributária Conceituação Consiste na alteração do momento do fato gerador, gerando uma antecipação do pagamento do imposto incidente nas operações seguintes. Responsabilidade Tributária

Leia mais

EVOLUÇÃO & PROGNÓSTICOS

EVOLUÇÃO & PROGNÓSTICOS APRESENTAÇÃO POPULAÇÃO CARCERÁRIA BRASILEIRA O objetivo deste trabalho, elaborado pela Comissão de Monitoramento e Avaliação do DEPEN, é realizar um levantamento, de forma sucinta, sobre o quadro evolutivo

Leia mais

Apresentação do IDConselho Municipal. Apresentação elaborada pela Coordenação Geral de Vigilância Socioassistencial CGVIS Brasília

Apresentação do IDConselho Municipal. Apresentação elaborada pela Coordenação Geral de Vigilância Socioassistencial CGVIS Brasília Apresentação do IDConselho Municipal Apresentação elaborada pela Coordenação Geral de Vigilância Socioassistencial CGVIS Brasília 5.366 Conselhos Municipais que preencheram o Censo SUAS 2014 Dinâmica de

Leia mais

MERCADO DE CAPITALIZAÇÃO JANEIRO / ABRIL -2011

MERCADO DE CAPITALIZAÇÃO JANEIRO / ABRIL -2011 MERCADO DE CAPITALIZAÇÃO JANEIRO / ABRIL -2011 1 MERCADO DE CAPITALIZAÇÃO: O Mercado de títulos de capitalização vem mantendo crescimentos fortes e retornos robustos. Nesse período o volume de vendas atingiu

Leia mais

ESPORTE E UNIVERSIDADE: a reestruturação do esporte universitário no Brasil

ESPORTE E UNIVERSIDADE: a reestruturação do esporte universitário no Brasil ESPORTE E UNIVERSIDADE: a reestruturação do esporte universitário no Brasil Wadson Ribeiro Secretário Nacional de Esporte Educacional Ministério do Esporte A DÉCADA DO ESPORTE BRASILEIRO Criação do Ministério

Leia mais

Estrutura Organizacional

Estrutura Organizacional Marketing DCML - Agosto, 2015 Estrutura Organizacional FILIAIS DCML Inauguração 1977 Matriz Belo Horizonte/MG (116) Cummins MG/PA/MA/AP Bobcat / Sandvik / GINAF / Manitou / CDE Uberlândia MG (12) Belém

Leia mais

Unidade Tipo de Serviço Análise da proposta Análise da proposta (em 15/10/2014, após diligência)

Unidade Tipo de Serviço Análise da proposta Análise da proposta (em 15/10/2014, após diligência) Unidade Tipo de Serviço Análise da proposta Análise da proposta (em 15/10/2014, após diligência) MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO AGRÁRIO SECRETARIA EXECUTIVA SUBSECRETARIA DE PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E ADMINISTRAÇÃO

Leia mais

Centro de Artes e Esportes Unificados, Sertãozinho SP. UBS Elpidio Moreira Souza AC. UPA município de Ribeirão Pires SP

Centro de Artes e Esportes Unificados, Sertãozinho SP. UBS Elpidio Moreira Souza AC. UPA município de Ribeirão Pires SP Centro de Artes e Esportes Unificados, Sertãozinho SP UBS Elpidio Moreira Souza AC Quadra da Escola Municipal Érico de Souza, Águas Lindas GO UPA município de Ribeirão Pires SP UBS Clínica da Família,

Leia mais

UN 4 0,00 Catraca pedestal com cofre com leitor smart card

UN 4 0,00 Catraca pedestal com cofre com leitor smart card ITEM 1 - Município - Rio de Janeiro - RJ ANEXO II DO TERMO DE REFERÊNCIA QT Valor Unitário R$ Valor Total R$ 1 - Projeto (verba para infraestrutura e ativação local) VB 1 Software de Acesso - Licença Web

Leia mais

TRANSPORTE ESCOLAR PROGRAMAS DE APOIO DO GOVERNO FEDERAL

TRANSPORTE ESCOLAR PROGRAMAS DE APOIO DO GOVERNO FEDERAL TRANSPORTE ESCOLAR PROGRAMAS DE APOIO DO GOVERNO FEDERAL PAULO DE SENA MARTINS Consultor Legislativo da Área XV Educação, Cultura, Desporto, Ciência e Tecnologia MAIO/2008 Paulo de Sena Martins 2 2008

Leia mais

DECRETO N 4.282. O GOVERNADOR DO ESTADO DO PARANÁ, no uso das atribuições que lhe confere o art. 87, inciso V, da Constituição Estadual, DECRETA:

DECRETO N 4.282. O GOVERNADOR DO ESTADO DO PARANÁ, no uso das atribuições que lhe confere o art. 87, inciso V, da Constituição Estadual, DECRETA: DECRETO N 4.282 O GOVERNADOR DO ESTADO DO PARANÁ, no uso das atribuições que lhe confere o art. 87, inciso V, da Constituição Estadual, DECRETA: Art. 1º Ficam introduzidas no Regulamento do ICMS, aprovado

Leia mais

Propostas do Governo para o ICMS

Propostas do Governo para o ICMS Propostas do Governo para o ICMS Audiência pública da Comissão de Assuntos Econômicos do Senado Federal Brasília, 11 de março de 2013 Avaliação geral Proposta do Governo vai na direção correta em termos

Leia mais

Agência Nacional de Telecomunicações. Entidade Aferidora da Qualidade

Agência Nacional de Telecomunicações. Entidade Aferidora da Qualidade Agência Nacional de Telecomunicações Entidade Aferidora da Qualidade Qualidade da Banda Larga Publicação de Indicadores (setembro/13) outubro de 2013 Medição Banda Larga Fixa (SCM) Para a medição da banda

Leia mais

ANEXO 4.0 SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA ANEXOS 4.29 NAS OPERAÇÕES COM PEÇAS, COMPONENTES E ACESSÓRIOS PARA AUTOPROPULSADOS E OUTROS AFINS.

ANEXO 4.0 SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA ANEXOS 4.29 NAS OPERAÇÕES COM PEÇAS, COMPONENTES E ACESSÓRIOS PARA AUTOPROPULSADOS E OUTROS AFINS. ANEXO 4.0 SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA ANEXOS 4.29 NAS OPERAÇÕES COM PEÇAS, COMPONENTES E ACESSÓRIOS PARA AUTOPROPULSADOS E OUTROS AFINS. Acrescentado pelo Decreto nº 21.191 de 28.04.2005 Protocolo ICMS 36/04

Leia mais

Guerra Fiscal e Desenvolvimento Regional. Audiência Pública Senado Federal 18 de outubro de 2011

Guerra Fiscal e Desenvolvimento Regional. Audiência Pública Senado Federal 18 de outubro de 2011 Guerra Fiscal e Desenvolvimento Regional Audiência Pública Senado Federal 18 de outubro de 2011 Quem ganha com a Guerra Fiscal? O país perde Porque grande parte dos incentivos é concedido a importações

Leia mais

Objetivos. 1. Fazer o diagnóstico das condições de saúde bucal da população brasileira em 2010. 2. Traçar comparativo com a pesquisa SB Brasil 2003

Objetivos. 1. Fazer o diagnóstico das condições de saúde bucal da população brasileira em 2010. 2. Traçar comparativo com a pesquisa SB Brasil 2003 Objetivos 1. Fazer o diagnóstico das condições de saúde bucal da população brasileira em 2010 2. Traçar comparativo com a pesquisa SB Brasil 2003 3. Avaliar o impacto do Programa Brasil Sorridente 4. Planejar

Leia mais

6º Censo da Reciclagem de PET no Brasil 2009/2010

6º Censo da Reciclagem de PET no Brasil 2009/2010 6º Censo da Reciclagem de PET no Brasil 2009/2010 Reciclagem de PET no Brasil 2009 Censo Por quê? O Censo é a metodologia mais indicada quando a população é pequena e a variabilidade dentro da população

Leia mais

ÍNDICE RELATÓRIO SIOR 2012. Pág. 02 NOTÍCIAS 2011/2012. Pág. 03 ANÁLISE DAS DEMANDAS. Pág. 04 GRÁFICO DE DEMANDAS POR ESTADO. Pág.

ÍNDICE RELATÓRIO SIOR 2012. Pág. 02 NOTÍCIAS 2011/2012. Pág. 03 ANÁLISE DAS DEMANDAS. Pág. 04 GRÁFICO DE DEMANDAS POR ESTADO. Pág. RELATÓRIO SIOR 2012 ÍNDICE NOTÍCIAS 2011/2012 ANÁLISE DAS DEMANDAS GRÁFICO DE DEMANDAS POR ESTADO TEMPO DE ATENDIMENTO DEMANDAS CONSIDERADAS PROCEDENTES MAPA DAS PRINCIPAIS DEMANDAS CONSIDERADAS PROCEDENTES

Leia mais

Transporte Escolar nos Estados e no DF. Novembro/2011

Transporte Escolar nos Estados e no DF. Novembro/2011 Transporte Escolar nos Estados e no DF Novembro/2011 UFs onde existe terceirização total ou parcial (amostra de 16 UFs) AC AL AP AM DF GO MT MS PB PI RJ RN RO RR SE TO TERCEIRIZAÇÃO TERCEIRIZAÇÃO TERCEIRIZAÇÃO

Leia mais

Tratamento de resíduos. Estimativas Emissões GEE 1970-2013

Tratamento de resíduos. Estimativas Emissões GEE 1970-2013 Tratamento de resíduos Estimativas Emissões GEE 1970-2013 Resíduos Estimativas Emissões GEE 1970-2013 Equipe Técnica - Igor Reis de Albuquerque - Andrea Manetti Entidades e Pessoas que Colaboraram - ICLEI

Leia mais

Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento

Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento C o m p an h i a N ac io n a l d e Abastecimento D i r e t o r i a d e Opercações e A b a stecimento S u p erintedência de O p erações Comerciais G e r ên c i a d e Formação e Controle de Estoques P o

Leia mais

Política Nacional de Saúde do Trabalhador e da Trabalhadora. Portaria GM/MS n 1.823, de 23 de agosto de 2012

Política Nacional de Saúde do Trabalhador e da Trabalhadora. Portaria GM/MS n 1.823, de 23 de agosto de 2012 Política Nacional de Saúde do Trabalhador e da Trabalhadora Portaria GM/MS n 1.823, de 23 de agosto de 2012 MARCOS LEGAIS: Constituição Federal de 1988 Art. 200 Ao SUS compete, além de outras atribuições,

Leia mais

profissional: desafios e integração

profissional: desafios e integração O papel das IES na formação profissional: desafios e integração da equipe de saúde Clarice A. Ferraz Coordenadora d Geral das Ações Técnicas em Educação na Saúde e Formação de Profissionais de Nível Médio

Leia mais

Relatório Anual de Desempenho 2012

Relatório Anual de Desempenho 2012 Relatório Anual de Desempenho 2012 Brasília, janeiro de 2013 ALÔ SENADO Em 2012, o Alô Senado registrou 1.098.035 mensagens distribuídas. A maior parte dos atendimentos (95%) foram solicitações de envio

Leia mais

Indenizações Pagas Quantidades

Indenizações Pagas Quantidades Natureza da Indenização Jan a Dez 2012 % Jan a Dez 2013 % Jan a Dez 2013 x Jan a Dez 2012 Morte 60.752 1 54.767 9% - Invalidez Permanente 352.495 69% 444.206 70% 2 Despesas Médicas (DAMS) 94.668 19% 134.872

Leia mais

20/09/2012 SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA ICMS -VINHO

20/09/2012 SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA ICMS -VINHO Treinamento atualizado com base na legislação vigente em: 20/09/2012 SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA ICMS -VINHO JP CONTÁBIL S/S LTDA AGOSTO/2012 Conceituação Consiste na alteração do momento do fato gerador,

Leia mais

AGENDA DE SEMINÁRIOS CALENDÁRIO 2016/1

AGENDA DE SEMINÁRIOS CALENDÁRIO 2016/1 AGENDA DE SEMINÁRIOS CALENDÁRIO 2016/1 AGENDA DE SEMINÁRIOS CALENDÁRIO 2016/1 >> INFORMAÇÕES GERAIS Os treinamentos são realizados no Centro de Treinamento, nas instalações da Ciber Equipamentos Rodoviários

Leia mais

Configuração de NFe. Acesse o módulo Administrativo.

Configuração de NFe. Acesse o módulo Administrativo. Configuração de NFe Para definir as configurações (Parâmetros) de cada empresa ou filial cadastrada no sistema para envios de NF-e, proceda da seguinte forma: Acesse o módulo Administrativo. Clique no

Leia mais

MICROCEFALIA DENGUE CHIKUNGUNYA ZIKA NOVEMBRO DE 2015

MICROCEFALIA DENGUE CHIKUNGUNYA ZIKA NOVEMBRO DE 2015 MICROCEFALIA DENGUE CHIKUNGUNYA ZIKA NOVEMBRO DE 2015 Situação da microcefalia no Brasil Até 21 de novembro, foram notificados 739 casos suspeitos de microcefalia, identificados em 160 municípios de nove

Leia mais

Índice da apresentação

Índice da apresentação Cenário da reparação de veículos 2013 Índice da apresentação 1. Indicadores 2. Ameaças e oportunidades 3. Cenário futuro Indicadores Total 5.565 Municípios NORTE 449 Amazonas 62 Pará 143 Rondônia 52 Acre

Leia mais

FINANCIAMENTO DA EDUCAÇÃO NO BRASIL

FINANCIAMENTO DA EDUCAÇÃO NO BRASIL FINANCIAMENTO DA EDUCAÇÃO NO BRASIL PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS: Repartição das responsabilidades entre União, Estados e Municípios; Vinculação de impostos; Definição de Manutenção e Desenvolvimento do

Leia mais

Vigilância em saúde para prevenção de surtos de doenças de transmissão hídrica decorrentes dos eventos climáticos extremos

Vigilância em saúde para prevenção de surtos de doenças de transmissão hídrica decorrentes dos eventos climáticos extremos Ministério da Saúde Secretaria de Vigilância em Saúde Departamento de Vigilância das Doenças Transmissíveis Coordenação Geral de Doenças Transmissíveis Unidade de Vigilância das Doenças de Transmissão

Leia mais

O QUE É A LEI DE INCENTIVO AO ESPORTE?

O QUE É A LEI DE INCENTIVO AO ESPORTE? O QUE É A LEI DE INCENTIVO AO ESPORTE? Instrumento que permite o financiamento, por meio de incentivos fiscais, de projetos esportivos aprovados pelo Ministério do Esporte. BASE LEGAL: Lei 11.438/06 -

Leia mais

Quantidade de pedidos registrados por mês

Quantidade de pedidos registrados por mês Relatório de Pedidos de Acesso à Informação e Solicitantes (*) Informações adicionais para o correto entendimento do relatório podem ser encontradas na última seção. Órgão(s) de referência: MinC - Ministério

Leia mais

FÓRUM ESTADUAL DA UNDIME. Belo Horizonte, 3 de abril de 2013.

FÓRUM ESTADUAL DA UNDIME. Belo Horizonte, 3 de abril de 2013. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FÓRUM ESTADUAL DA UNDIME MINAS GERAIS Belo Horizonte, 3 de abril de 2013. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO ALINHAMENTO DOS PLANOS MUNICIPAIS E ESTADUAIS DE EDUCAÇÃO AO PNE SECRETARIA DE ARTICULAÇÃO

Leia mais

I I F ó r u m N a c i o n a l d o s. Conselhos de Usuár ios

I I F ó r u m N a c i o n a l d o s. Conselhos de Usuár ios I I F ó r u m N a c i o n a l d o s Conselhos de Usuár ios PESQUISA DE SATISFAÇÃO E QUALIDADE PERCEBIDA Destaques dos Resultados Coletiva de Imprensa Superintendência de Relações com Consumidores 29/03/2016

Leia mais

DIRETORIA DE PLANEJAMENTO E PESQUISA COORDENAÇÃO GERAL DE PLANEJAMENTO E PROGRAMAÇÃO DE INVESTIMENTOS. DNIT www.dnit.gov.br

DIRETORIA DE PLANEJAMENTO E PESQUISA COORDENAÇÃO GERAL DE PLANEJAMENTO E PROGRAMAÇÃO DE INVESTIMENTOS. DNIT www.dnit.gov.br DIRETORIA DE PLANEJAMENTO E PESQUISA COORDENAÇÃO GERAL DE PLANEJAMENTO E PROGRAMAÇÃO DE INVESTIMENTOS BREVE HISTÓRICO SISTEMA DE GERÊNCIA DE PAVIMENTOS O SISTEMA DE GERÊNCIA DE PAVIMENTOS (SGP) É UM CONJUNTO

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA Gabinete de Consultoria Legislativa

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA Gabinete de Consultoria Legislativa ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA Gabinete de Consultoria Legislativa DECRETO Nº 45.684 DE 29 DE MAIO DE 2008. (publicado no DOE nº 102, de 28 de maio de 2008) Modifica o Regulamento do

Leia mais

DESEMPENHO DA INDÚSTRIA CATARINENSE

DESEMPENHO DA INDÚSTRIA CATARINENSE DESEMPENHO DA INDÚSTRIA CATARINENSE SANTA CATARINA e BRASIL Desempenho econômico em 2013 INDICADOR SANTA CATARINA BR % % acumulado 2013/2012 % acumulado 2012/2011 acumulado 2013/2012 Produção Ind. (jan-ago)

Leia mais

Agência Nacional de Telecomunicações. Entidade Aferidora da Qualidade

Agência Nacional de Telecomunicações. Entidade Aferidora da Qualidade Agência Nacional de Telecomunicações Entidade Aferidora da Qualidade Qualidade da Banda Larga Publicação de Indicadores (julho/2015) Medição Banda Larga Fixa (SCM) Para a medição da banda larga fixa (SCM)

Leia mais

Políticas de garantia de acesso aos recursos naturais: como evoluir?

Políticas de garantia de acesso aos recursos naturais: como evoluir? EXPOSIBRAM 2011 14º Congresso Brasileiro de Mineração Painel 5 Políticas de garantia de acesso aos recursos naturais: como evoluir? Márcio Pereira Meio Ambiente e Sustentabilidade Belo Horizonte, 28.9.2011

Leia mais

Mapa de Riscos Jurídicos Ambientais

Mapa de Riscos Jurídicos Ambientais Mapa de Riscos Jurídicos Ambientais Atividades Minerárias Seminário Internacional de Direito Ambiental Empresarial Rio de Janeiro 31/05/2012 1 Grupo Votorantim 94 ANOS de historia Multinacional brasileira

Leia mais

MA003. Página 1 de 11. Responsável. Revisão A de 21/01/2015. Cantú & Stange Software. Página

MA003. Página 1 de 11. Responsável. Revisão A de 21/01/2015. Cantú & Stange Software. Página Manual de instalação de NF-e Zada MA003 Responsável Revisão A de 21/01/2015 FL Página 01 de 11 Página 1 de 11 MA003 Revisão A de 21/01/2015 Responsável: FL Manual de instalação de NF-e Zada MANUAL DE INSTALAÇÃO

Leia mais

Contas Regionais do Brasil 2010

Contas Regionais do Brasil 2010 Diretoria de Pesquisas Contas Regionais do Brasil 2010 Coordenação de Contas Nacionais frederico.cunha@ibge.gov.br alessandra.poca@ibge.gov.br Rio, 23/11/2012 Contas Regionais do Brasil Projeto de Contas

Leia mais

Sublimites estaduais de enquadramento para. Nacional 2012/2013. Vamos acabar com essa ideia

Sublimites estaduais de enquadramento para. Nacional 2012/2013. Vamos acabar com essa ideia Sublimites estaduais de enquadramento para o ICMS no Simples Nacional 2012/2013 Vamos acabar com essa ideia 4 CNI APRESENTAÇÃO Os benefícios do Simples Nacional precisam alcançar todas as micro e pequenas

Leia mais

Vigilância do Óbito Materno

Vigilância do Óbito Materno Vigilância do Óbito Materno Videoconferência - 214 Ministério da Saúde, Unidades da Federação e Distrito Federal 27 de maio de 214 Razão de Mortalidade Materna (por 1 mil nv), estimações pelo Ministério

Leia mais

SEMINÁRIO SOBRE METROLOGIA LEGAL LATU/INMETRO CRONOTACÓGRAFO

SEMINÁRIO SOBRE METROLOGIA LEGAL LATU/INMETRO CRONOTACÓGRAFO SEMINÁRIO SOBRE METROLOGIA LEGAL LATU/INMETRO CRONOTACÓGRAFO 1. Cronotacógrafo 2. Legislação CTB 3. Legislação Metrológica 4. Relação público/privado 5. Discos diagrama 6. Certificado 7. Prazos para verificação

Leia mais

E-Book Formação de Preço Débito e Crédito ICMS. Pricing - Treinamento, Consultoria e Auditoria

E-Book Formação de Preço Débito e Crédito ICMS. Pricing - Treinamento, Consultoria e Auditoria E-Book Formação de Preço Débito e Crédito ICMS Pricing - Treinamento, Consultoria e Auditoria Sobre o que é este Ebook! Se Você esta lendo este Ebook é porque tem interesse sobre Pricing. No Brasil mais

Leia mais

Manual Identidade Visual CFC - CONSELHO FEDERAL DE CONTABILIDADE

Manual Identidade Visual CFC - CONSELHO FEDERAL DE CONTABILIDADE Partindo da figura da engrenagem, presente na logo atual do CFC, o novo logo desenvolvido mantém uma relação com o passado da instituição, porém com um olhar no presente e no futuro, na evolução e ascensão

Leia mais

A PRESENTE PESQUISA ESTÁ ENQUADRADA NA ESTRATÉGIA DO

A PRESENTE PESQUISA ESTÁ ENQUADRADA NA ESTRATÉGIA DO A PRESENTE PESQUISA ESTÁ ENQUADRADA NA ESTRATÉGIA DO SINDICATO APEOC DE CONSTRUIR A ADEQUAÇÃO DO PLANO DE CARREIRA DOS TRABALHADORES EM EDUCAÇÃO COM BASE NA LEI Nº 11738 DO PISO NACIONAL NA SUA FORMA ORIGINAL

Leia mais

ACOMPANHAMENTO DAS CONVOCAÇÕES

ACOMPANHAMENTO DAS CONVOCAÇÕES ACOMPANHAMENTO DAS CONVOCAÇÕES PROFISSIONAL JÚNIOR ADMINISTRAÇÃO NACIONAL 57ª PROFISSIONAL JÚNIOR ADMINISTRAÇÃO NACIONAL PNE * PROFISSIONAL JÚNIOR ANALISTA DE SISTEMAS - ÊNFASE EM DESENVOLVIMENTO EM ERP

Leia mais

PESQUISA: ALÍQUOTAS VIGENTES DE ICMS POR UNIDADE FEDERADA OBSERVAÇÕES IMPORTANTES:

PESQUISA: ALÍQUOTAS VIGENTES DE ICMS POR UNIDADE FEDERADA OBSERVAÇÕES IMPORTANTES: PESQUISA: ALÍQUOTAS VIGENTES DE ICMS POR UNIDADE FEDERADA OBSERVAÇÕES IMPORTANTES: O RICMS de cada UF foi a fonte utilizada para esta pesquisa de alíquotas de ICMS até 31/07/2014. A primeira planilha para

Leia mais

APRESENTAÇÃO INSTITUCIONAL SOLUÇÕES JÁ DISPONÍVEIS

APRESENTAÇÃO INSTITUCIONAL SOLUÇÕES JÁ DISPONÍVEIS APRESENTAÇÃO INSTITUCIONAL DESENVOLVENDO SOLUÇÕES INOVADORAS DE TI PARA O MONITORAMENTO, OPERAÇÃO E GESTÃO DE PROCESSOS, AGREGANDO PRODUTIVIDADE E QUALIDADE ÀS ATIVIDADES DOS NOSSOS CLIENTES. 01 Gerenciamento

Leia mais

ANÁLISE DO VOLUME DE VENDAS DO COMÉRCIO VAREJISTA - MAIO/2015

ANÁLISE DO VOLUME DE VENDAS DO COMÉRCIO VAREJISTA - MAIO/2015 ANÁLISE DO VOLUME DE VENDAS DO COMÉRCIO VAREJISTA - MAIO/2015 O COMÉRCIO VAREJISTA NO BRASIL A Pesquisa Mensal de Comércio (PMC) realizada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) tem

Leia mais

Parecer Consultoria Tributária de Segmentos CFOP correta e Alíquota na prestação de serviço de transporte.

Parecer Consultoria Tributária de Segmentos CFOP correta e Alíquota na prestação de serviço de transporte. de Segmentos CFOP 17/03/2015 Título do documento Sumário Sumário... 2 1. Questão... 3 2. Normas apresentadas pelo cliente... 3 3. Análise da Legislação... 3 3.1. Lei Complementar nº 87/1996... 4 3.2. RICMS

Leia mais

FÓRUM PERMANENTE DAS MICROEMPRESAS E EMPRESAS DE PEQUENO PORTE

FÓRUM PERMANENTE DAS MICROEMPRESAS E EMPRESAS DE PEQUENO PORTE FÓRUM PERMANENTE DAS MICROEMPRESAS E EMPRESAS DE PEQUENO PORTE Santa Catarina - 20 de Novembro de 2010 IMPORTÂNCIA DA MICRO E PEQUENAS EMPRESAS As MPEs correspondem à 98,81%* (CNE/IBGE 2009) das empresas

Leia mais

TRANSPORTE RODOVIÁRIO DE CARGAS

TRANSPORTE RODOVIÁRIO DE CARGAS DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos TRANSPORTE RODOVIÁRIO DE CARGAS SETEMBRO DE 2015 1 2 PRODUTOS PARTICIPAÇÃO NO PIB 2013 Outros Serviços 33,7% Administração, saúde e educação públicas

Leia mais

IMPACTOS DAS DISTORÇÕES DO ICMS NOS ESTADOS E DISTRITO FEDERAL

IMPACTOS DAS DISTORÇÕES DO ICMS NOS ESTADOS E DISTRITO FEDERAL IMPACTOS DAS DISTORÇÕES DO ICMS NOS ESTADOS E DISTRITO FEDERAL Brasília, Novembro/ 2013 Unidade de Políticas Públicas NOTA TÉCNICA IMPACTOS DAS DISTORÇOES DO ICMS NOS ESTADOS E DISTRITO FEDERAL Este estudo

Leia mais

Análise Demográfica das Empresas da IBSS

Análise Demográfica das Empresas da IBSS CAPÍTULO 4 Análise Demográfica das Empresas da IBSS Apresentação A demografia de empresas investiga a estrutura do estoque de empresas em dado momento e a sua evolução, como os movimentos de crescimento,

Leia mais

(MLRV) SEGURO RESIDENCIAL JAN A MAIO DE 2015 SUSEP SES. lcastiglione@uol.com.br - 011-99283-6616 Página 1

(MLRV) SEGURO RESIDENCIAL JAN A MAIO DE 2015 SUSEP SES. lcastiglione@uol.com.br - 011-99283-6616 Página 1 SEGURO RESIDENCIAL JAN A MAIO DE 2015 SUSEP SES lcastiglione@uol.com.br - 011-99283-6616 Página 1 1- INTRODUÇÃO: O Seguro Residencial na atualidade tem um objetivo primordial à proteção das residenciais

Leia mais

DECRETO-LEI Nº 7.841 DE 8 DE AGOSTO DE 1945 CÓDIGO DE ÁGUAS MINERAIS

DECRETO-LEI Nº 7.841 DE 8 DE AGOSTO DE 1945 CÓDIGO DE ÁGUAS MINERAIS DECRETO-LEI Nº 7.841 DE 8 DE AGOSTO DE 1945 CÓDIGO DE ÁGUAS MINERAIS CAPÍTULO I Disposições Preliminares Art. 1º - Águas minerais são aquelas provenientes de fontes naturais ou de fontes artificialmente

Leia mais

Acesso à Internet e à televisão e posse de telefone móvel celular para uso pessoal

Acesso à Internet e à televisão e posse de telefone móvel celular para uso pessoal Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão Ministério das Comunicações Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios PNAD Suplementar 2013 Acesso à Internet e à televisão e posse de telefone móvel celular

Leia mais

Plano de Abastecimento do Novo Diesel S50 e S10

Plano de Abastecimento do Novo Diesel S50 e S10 Plano de Abastecimento do Novo Diesel S50 e S10 ALLAN KARDEC DUAILIBE Diretor Anfavea 30 de Maio, 2011 Sistema Nacional de Abastecimento de Combustíveis Produtor de Biodiesel e Etanol Produtor de GNV,

Leia mais

População residente, por situação do domicílio Brasil, 2000 Fonte: IBGE, Censo Demográfico 2000 Resultados do Universo

População residente, por situação do domicílio Brasil, 2000 Fonte: IBGE, Censo Demográfico 2000 Resultados do Universo Material elaborado pelo Ético Sistema de Ensino Ensino fundamental Publicado em 2012 Prova bimestral 3o Bimestre 5o ano Geografia Data: / / Nível: Escola: Nome: 1. Leia os dados e o gráfico do censo do

Leia mais

MEC. Censo da Educação Superior 2014

MEC. Censo da Educação Superior 2014 MEC Censo da Educação Superior 2014 BRASÍLIA DF 04 DE DEZEMBRO DE 2015 Tabela Resumo Estatísticas Gerais da Educação Superior Brasil 2014 Categoria Administrativa Estatísticas Básicas Total Geral Pública

Leia mais

Desenvolvimento e Oportunidades da Agricultura Familiar. Marco Antonio Viana Leite Diretor PAC e Mais Alimentos

Desenvolvimento e Oportunidades da Agricultura Familiar. Marco Antonio Viana Leite Diretor PAC e Mais Alimentos Desenvolvimento e Oportunidades da Agricultura Familiar Marco Antonio Viana Leite Diretor PAC e Mais Alimentos Agricultura Familiar no Mundo São 500 milhões de estabelecimentos da agricultura familiar

Leia mais

TRIBUTAÇÃO SOBRE AS MPEs RANKING DOS ESTADOS 2012

TRIBUTAÇÃO SOBRE AS MPEs RANKING DOS ESTADOS 2012 TRIBUTAÇÃO SOBRE AS MPEs RANKING DOS ESTADOS 2012 ROTEIRO 1 2 3 4 O PROJETO RESULTADOS DIFERENÇA NAS ALÍQUOTAS LIÇÕES: BONS E MAUS EXEMPLOS 1 O PROJETO 1 2 3 4 O PROJETO RESULTADOS DIFERENÇA NAS ALÍQUOTAS

Leia mais

Perfil Municipal de Fortaleza Tema V: Aspectos Educacionais. 23 de Agosto/2012 Fortaleza - Ceará

Perfil Municipal de Fortaleza Tema V: Aspectos Educacionais. 23 de Agosto/2012 Fortaleza - Ceará IPECE Informe nº 38 Perfil Municipal de Fortaleza Tema V: Aspectos Educacionais 23 de Agosto/2012 Fortaleza - Ceará 1. INTRODUÇÃO O Neste documento serão analisados os aspectos educacionais da capital

Leia mais

Geração de Emprego Formal no NOTA CONJUNTURAL DO OBSERVATÓRIO DAS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO, JULHO DE 2011

Geração de Emprego Formal no NOTA CONJUNTURAL DO OBSERVATÓRIO DAS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO, JULHO DE 2011 Geração de Emprego Formal no RIO DE JANEIRO NOTA CONJUNTURAL DO OBSERVATÓRIO DAS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO, JULHO DE 211 1 211 O crescimento da economia fluminense nos últimos

Leia mais