Guia Fiscal Índice. Informação Fiscal 7. Região Autónoma da Madeira. Imposto sobre o rendimento das pessoas singulares (IRS)

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Guia Fiscal 2012. Índice. Informação Fiscal 7. Região Autónoma da Madeira. Imposto sobre o rendimento das pessoas singulares (IRS)"

Transcrição

1 Guia Fiscal 2012

2

3 Guia Fiscal 2012 Índice Informação Fiscal 7 Região Autónoma da Madeira 59 Imposto sobre o rendimento das pessoas singulares (IRS) 14 Desvalorizações excepcionais de elementos do activo Imobilizado 60 Imposto sobre o rendimento das pessoas colectivas (IRC) 40 Incentivos à renovação de frotas 61 Taxas de tributação autónoma (IRS e IRC) 51 Remuneração convencional do capital social 62 Pagamentos por conta 53 Normas Internacionais de Contabilidade (NIC) 63 Pagamentos adicionais por conta (Derrama Estadual e Derrama Regional) 53 Conta Bancária e meios de pagamento 65 Pagamento especial por conta 54 Benefícios fiscais 66 Dupla tributação internacional 54 Produção de electricidade por intermédio de unidades de micro-produção 81 Donativos Fiscalmente Dedutíveis 55 Incentivos à reabilitação urbana 81 Sistema de Incentivos Fiscais em Investigação e Desenvolvimento Empresarial II (Sifide II) 57 Fundos de investimento imobiliário para arrendamento habitacional (FIIAH) e sociedades de investimento imobiliário para arrendamento habitacional (SIIAH) 82 Regime Fiscal de apoio ao Investimento (RFAI) realizado em 2009, 2010, 2011 e Imposto sobre o valor acrescentado (IVA) 84 Região Autónoma dos Açores 59 Impostos especiais de consumo 93 1/2

4 Guia Fiscal 2012 Índice Imposto sobre veículos (ISV) 98 Empresas em situação económica difícil 132 Imposto único de circulação (IUC) 104 Benefícios emolumentares e fiscais nos termos do Código da Insolvência e da Recuperação de Empresas 132 Taxa devida ao Infarmed 106 Declarações Fiscais 133 Contribuição para o audiovisual 106 Certificação de programas de facturação 136 Taxa de gestão de resíduos 107 Imposto do Selo 138 Taxas da Segurança Social 108 Coimas por contra-ordenações tributárias 142 Remuneração mínima mensal garantida (RMMG) e indexante dos apoios Sociais (IAS) 114 Prazos de Caducidade e de Prescrição 145 Juros compensatórios e juros de Mora 114 Informações Vinculativas 146 Taxas de Retenção na Fonte 115 Planeamento Fiscal 146 Imposto Municipal sobre as transmissões onerosas de imóveis (IMT) 123 Contribuição extraordinária sobre o sector bancário 148 Imposto Municipal sobre imóveis (IMI) 127 Regime Excepcional de Regularização Tributária (Rert III) 149 Actos de Concentração e Reestruturação 131 2/2

5 Guia Fiscal 2012 Informação Fiscal Informação Fiscal 7 Sobre a Ernst & Young 9 Alerta 8 Convenções sobre Dupla Tributação (CDT) celebradas por Portugal 10 < Índice

6 Guia Fiscal 2012 Imposto sobre o rendimento das pessoas singulares (IRS) Abonos excluídos de tributação em IRS (categoria A) 14 Manifestações de fortuna 32 Exclusões, deduções e abatimentos ao rendimento 15 Opção pelo englobamento 34 Deduções à colecta nos termos do Código do IRS 23 Taxas especiais 35 Deduções à colecta relativas a benefícios fiscais 28 Tabela prática das taxas gerais 36 Outras deduções à colecta 29 Taxas aplicáveis a não residentes 37 Limites globais às deduções à colecta 29 Residentes não habituais 38 < Índice

7 Guia Fiscal 2012 Imposto sobre o rendimento das pessoas colectivas (IRC) Taxas genéricas 40 Pagamentos a entidades não residentes sujeitas a regime fiscal privilegiado 46 Perdas e menos-valias relativas a participações sociais 42 Imputação de lucros 47 Correcções na alienação de imóveis 42 Dupla tributação económica 48 Prejuízos fiscais 43 Regime Especial de Tributação dos Grupos de Sociedades (RETGS) 49 Preços de transferência 44 Limitação à dedução de benefícios fiscais 49 Sub-capitalização 46 Transferência de residência para o estrangeiro e cessação de actividade de entidades não residentes 50 < Índice

8 Guia Fiscal 2012 Impostos especiais de consumo Imposto sobre o álcool e as bebidas alcoólicas (IABA) 93 Imposto sobre os produtos petrolíferos e energéticos (ISP) 94 Imposto sobre o tabaco (IT) 97 < Índice

9 Guia Fiscal 2012 Taxas de Retenção na Fonte Taxas de Retenção na Fonte 115 Convenções para evitar a dupla tributação 121 Aspectos gerais 119 Rendimentos da poupança 122 Dividendos 120 Rendimentos da dívida 122 Juros e royalties 120 < Índice

10

11

12

13

14

15

16

17

18

19

20

21

22

23

24

25

26

27

28

29

30

31

32

33

34

35

36

37

38

39

40

41

42

43

44

45

46

47

48

49

50

51

52

53

54

55

56

57

58

59

60

61

62

63

64

65

66

67

68

69

70

71

72

73

74

75

76

77

78

79

80

81

82

83

84

85

86

87

88

89

90

91

92

93

94

95

96

97

98

99

100

101

102

103

104

105

106

107

108

109

110

111

112

113

114

115

116

117

118

119

120

121

122

123

124

125

126

127

128

129

130

131

132

133

134

135

136

137

138

139

140

141

142

143

144

145

146

147

148

149

150

151

152

153

154 Considera-se valor de aquisição dos bens sujeitos a regularização, para efeitos de apuramento de rendimentos após 2011, o valor declarado, apurado nos termos do regime. A data de aquisição dos bens sujeitos a regularização é Não podem beneficiar deste regime as pessoas singulares para as quais estejam já em curso procedimento de inspecção ou qualquer outro procedimento para apuramento da situação tributária do contribuinte, bem como quando já tenha sido desencadeado procedimento penal ou contra-ordenacional de que, em qualquer dos casos, o interessado já tenha tido conhecimento nos termos da lei e que abranjam elementos patrimoniais susceptíveis de beneficiar do regime. No caso de falta da entrega da declaração, bem como omissão e inexactidões da mesma, implica, em relação aos elementos patrimoniais não declarados, a majoração em 60% do imposto que seria devido pelos rendimentos correspondentes aos elementos patrimoniais não declarados, omitidos ou inexactos. Guia Fiscal 2012 < Índice 150

155 Ernst & Young Assurance Tax Transactions Advisory About Ernst & Young Ernst & Young is a global leader in assurance, tax, transaction and advisory services. Worldwide, our 152,000 people are united by our shared values and an unwavering commitment to quality. We make a difference by helping our people, our clients and our wider communities achieve their potential. Ernst & Young refers to the global organization Limited, each of which is a separate legal entity. limited by guarantee, does not provide services to clients. For more information, please visit Ernst & Young Portugal All Rights Reserved. This publication contains information in summary form and is therefore intended for general guidance only. It is not intended to be a substitute for detailed research or the exercise of member of the global Ernst & Young organization can accept any responsibility for loss occasioned to any person acting or refraining from action as a result or any material in this to the appropriate advisor.

Conceito de tributação efectiva de lucros distribuídos

Conceito de tributação efectiva de lucros distribuídos 15 de Novembro de 2011 Tax Alert Conceito de tributação efectiva de lucros distribuídos For additional information, please contact: António Neves antonio.neves@pt.ey.com Carlos Lobo carlos.lobo@pt.ey.com

Leia mais

Principais constrangimentos dos actuais modelos de Pricing

Principais constrangimentos dos actuais modelos de Pricing Mário Trinca Quando existem uma multiplicidade de Produtos / Serviços, oferecidos a diferentes segmentos de clientes, através de diversos canais de distribuição, em várias geografias, nunca é fácil responder

Leia mais

IMPOSTOS SOBRE O RENDIMENTO

IMPOSTOS SOBRE O RENDIMENTO hhh IMPOSTOS SOBRE O RENDIMENTO Imposto sobre o Rendimento das Pessoas Singulares (IRS) O Imposto sobre o Rendimento das Pessoas Singulares (IRS) é aplicável quer ao rendimento obtido por entidades residentes

Leia mais

Fiscalidade em Portugal. Um primeiro olhar

Fiscalidade em Portugal. Um primeiro olhar Fiscalidade em Portugal Um primeiro olhar ÍNDICE 01 IMPOSTOS PORTUGUESES A perspectiva global 02 TRIBUTAÇÃO DO RENDIMENTO Principais regras e taxas 03 TRIBUTAÇÃO DO PATRIMÓNIO Principais regras e taxas

Leia mais

Projecto de Reforma da Fiscalidade Verde

Projecto de Reforma da Fiscalidade Verde 17 de Setembro de 2014 Tax Alert Projecto de Reforma da Fiscalidade Verde O Despacho 1962/2014, de 29 de Janeiro, constitui a Comissão para a Reforma da Fiscalidade Verde, tendo como objectivo a revisão

Leia mais

Projecto Cidadania - 3º Barómetro

Projecto Cidadania - 3º Barómetro Projecto Cidadania - 3º Barómetro 1. A carga fiscal em 2012 será maior do que em 2011: Sim Não Average Para as famílias? 106 (98.1%) 2 (1.9%) 1.02 108 100.0% Para as empresas? 75 (70.8%) 31 (29.2%) 1.29

Leia mais

ORA newsletter. Resumo Fiscal/Legal Outubro de 2010 1 Proposta de Lei do Orçamento do Estado para 2011 2 Revisores e Auditores 9

ORA newsletter. Resumo Fiscal/Legal Outubro de 2010 1 Proposta de Lei do Orçamento do Estado para 2011 2 Revisores e Auditores 9 Assuntos Resumo Fiscal/Legal Outubro de 2010 1 Proposta de Lei do Orçamento do Estado para 2011 2 Revisores e Auditores 9 LEGISLAÇÃO FISCAL/LEGAL OUTUBRO DE 2010 Ministério das Finanças e da Administração

Leia mais

O Orçamento de Estado 2011

O Orçamento de Estado 2011 O Orçamento de Estado 2011 Resumo dos aspectos essenciais da Lei do Orçamento de Estado de 2011, Lei n.º 55-A/2010. Imposto sobre o Rendimento das Pessoas Colectivas Dupla tributação económica Eliminada

Leia mais

Lei nº53-a/2006 de 29 Dezembro 2006-1 -

Lei nº53-a/2006 de 29 Dezembro 2006-1 - IRS Imposto sobre o rendimento das pessoas singulares ------------------------------------------------------------------------ IRS Rendimentos empresariais e profissionais (Categoria B) Estabelece-se para

Leia mais

O E / 2008 IRC / IRS / BENEFÍCIOS FISCAIS

O E / 2008 IRC / IRS / BENEFÍCIOS FISCAIS O E / 2008 IRC / IRS / BENEFÍCIOS FISCAIS 1 O E / 2008 IRC 2 Apresentação 1. Acolhimento de recomendações da OCDE 2. Combate à evasão fiscal 3. Aperfeiçoamentos técnico-legislativos 4. Medidas de simplificação

Leia mais

Índice. seguinte Pág.1. 1. Imposto sobre o Rendimento das Pessoas Singulares (IRS)

Índice. seguinte Pág.1. 1. Imposto sobre o Rendimento das Pessoas Singulares (IRS) PROPOSTA DE LEI DO ORÇAMENTO DO ESTADO PARA 2013 Na sequência da apresentação, pelo Ministro de Estado e das Finanças, da proposta de Lei do Orçamento do Estado para o ano de 2013 (OE/2013), pretende-se,

Leia mais

Tax Alert. Anteprojecto com propostas de alteração ao Código do IRC. Simplificação de processos

Tax Alert. Anteprojecto com propostas de alteração ao Código do IRC. Simplificação de processos 30 de Julho de 2013 Tax Alert Anteprojecto com propostas de alteração ao Código do IRC O Governo Português, representado pelo Exmo. Senhor Secretário de Estado dos Assuntos Fiscais, nomeou uma Comissão

Leia mais

Angola Tax Alert 2-2012

Angola Tax Alert 2-2012 29 de Fevereiro de 2012 Tax Alert Angola Tax Alert 2-2012 Reforma Fiscal Imposto sobre a Aplicação de Capitais, Imposto do Selo e Imposto de Consumo Decreto Legislativo Presidencial n.º 5/11 Aprova a revisão

Leia mais

Reforma do IRC e OE 2014

Reforma do IRC e OE 2014 Fevereiro 2014 Audit Tax Outsourcing Consulting Corporate Finance Information Systems An independent member of Baker Tilly International Payroll IRS e Segurança Social Ameaças Conceito de regularidade

Leia mais

ORÇAMENTO DO ESTADO 2010 MEDIDAS FISCAIS IRS. Carla Pereira. São João da Madeira, 30 de Março de 2010

ORÇAMENTO DO ESTADO 2010 MEDIDAS FISCAIS IRS. Carla Pereira. São João da Madeira, 30 de Março de 2010 ORÇAMENTO DO ESTADO 2010 MEDIDAS FISCAIS IRS São João da Madeira, 30 de Março de 2010 1 1 TRIBUTAÇÃO DOS ACTOS ISOLADOS 2 REGIME SIMPLIFICADO 3 MAIS-VALIAS 4 CATEGORIA H - Pensões 5 DECLARAÇÃO Dispensa

Leia mais

Economia e Finanças Públicas Aula T13

Economia e Finanças Públicas Aula T13 Economia e Finanças Públicas Aula T13 3.4 O sistema fiscal português (conclusão) 3.4.3 Imposto geral sobre o consumo (IVA) 3.4.5 Impostos especiais sobre o consumo (IEC s) 3.4.6 Benefícios fiscais e despesa

Leia mais

Overview pela fiscalidade no sector imobiliário

Overview pela fiscalidade no sector imobiliário Overview pela fiscalidade no sector imobiliário A perspectiva do pequeno investidor II Semana da Reabilitação Urbana de Lisboa Sociedade de Geografia 16 de Abril de 2015 ÍNDICE DE CONTEÚDOS I INCENTIVOS

Leia mais

Overview pela fiscalidade no sector imobiliário

Overview pela fiscalidade no sector imobiliário Overview pela fiscalidade no sector imobiliário A perspectiva do pequeno investidor II Semana da Reabilitação Urbana de Lisboa Sociedade de Geografia 16 de Abril de 2015 ÍNDICE DE CONTEÚDOS I INCENTIVOS

Leia mais

Anteprojeto da Reforma do IRS. Conheça as principais propostas do Anteprojeto da Reforma do IRS recentemente publicado.

Anteprojeto da Reforma do IRS. Conheça as principais propostas do Anteprojeto da Reforma do IRS recentemente publicado. Conheça as principais propostas do Anteprojeto da Reforma do IRS recentemente publicado. Audit Tax Advisory Consulting www.crowehorwath.pt Índice A. Principais medidas no âmbito da Simplificação 3 B. Principais

Leia mais

Impostos & Contribuição Social 4º trimestre 2010

Impostos & Contribuição Social 4º trimestre 2010 Impostos & Contribuição Social 4º trimestre 2010 As principais novidades/ alterações recentes, em matéria fiscal e contributiva, resultam da aprovação do Plano de Estabilidade e Crescimento para 2010 2013

Leia mais

www.pwc.com/pt empresarial Jorge Figueiredo

www.pwc.com/pt empresarial Jorge Figueiredo www.pwc.com/pt Fiscalidade pessoal e empresarial Jorge Figueiredo 18 de Fevereiro de 2011 Agenda 1. IRS 1.1 Alterações das taxas 1.2 Outros rendimentos 1.3 Dedução específica Categoria A 1.4 Reporte de

Leia mais

apresentam Sistema Tributário Espanhol

apresentam Sistema Tributário Espanhol apresentam Sistema Tributário Espanhol Tipos de Impostos TIPOS DE IMPOSTOS IMPOSTOS SOBRE O RENDIMENTO IMPUESTO SOBRE SOCIEDADES (equivalente ao IRC) IMPUESTO SOBRE LA RENTA DE LAS PERSONAS FÍSICAS (equivalente

Leia mais

Reforma da Fiscalidade Ambiental Principais medidas

Reforma da Fiscalidade Ambiental Principais medidas N.º 02 09 de Janeiro 2015 Reforma da Fiscalidade Ambiental Principais medidas No quadro de uma reforma da fiscalidade ambiental, foi publicada, em 31 de Dezembro, para vigorar já em 2015, uma lei que procede

Leia mais

Secção II 1* Fundos e sociedades de investimento imobiliário para arrendamento habitacional

Secção II 1* Fundos e sociedades de investimento imobiliário para arrendamento habitacional Secção II 1* Fundos e sociedades de investimento imobiliário para arrendamento habitacional Artigo 102.º Objecto É aprovado o regime especial aplicável aos fundos de investimento imobiliário para arrendamento

Leia mais

SEMINÁRIO CROWE HORWATH ORÇAMENTO DO ESTADO PARA 2011 (IRC) 2011 Crowe Horwath International

SEMINÁRIO CROWE HORWATH ORÇAMENTO DO ESTADO PARA 2011 (IRC) 2011 Crowe Horwath International SEMINÁRIO CROWE HORWATH ORÇAMENTO DO ESTADO PARA 2011 (IRC) 1 IRC 2 Eliminação da Dupla Tributação Económica dos Lucros Distribuídos Na sociedade detentora Eliminação da Dupla Tributação nos Lucros auferidos

Leia mais

MEMORANDO. Cartões 6 Cartões de dupla funcionalidade (débito/crédito)

MEMORANDO. Cartões 6 Cartões de dupla funcionalidade (débito/crédito) GUIA FISCAL 2015 MEMORANDO INDICE I. Introdução II. Enquadramento fiscal dos produtos financeiros Contas 1. Contas à ordem 2. Conta ordenado 3. Conta não residente 4. Depósito a prazo 5. Contas Poupança-Habitação

Leia mais

Contas à ordem Conta ordenado Conta não residente Depósito a prazo Contas Poupança-Habitação (CPH) Cartões de dupla funcionalidade (débito/crédito)

Contas à ordem Conta ordenado Conta não residente Depósito a prazo Contas Poupança-Habitação (CPH) Cartões de dupla funcionalidade (débito/crédito) GUIA FISCAL 2015 INDICE I. Introdução II. Enquadramento fiscal dos produtos financeiros Contas 1. 2. 3. 4. 5. Contas à ordem Conta ordenado Conta não residente Depósito a prazo Contas Poupança-Habitação

Leia mais

ALTERAÇÕES AO CÓDIGO DO IRS DL 238/2006 E LEI 53-A/2006

ALTERAÇÕES AO CÓDIGO DO IRS DL 238/2006 E LEI 53-A/2006 FISCAL E FINANÇAS LOCAIS NEWSLETTER RVR 2 Maio de 2007 ALTERAÇÕES AO CÓDIGO DO IRS DL 238/2006 E LEI 53-A/2006 Sandra Cristina Pinto spinto@rvr.pt O Decreto Lei nº 238/2006 e a Lei nº 53-A/2006, publicados

Leia mais

Conheça quais as alterações em matéria fiscal propostas pelo Orçamento de Estado, tanto para particulares, como para empresas e ENIs.

Conheça quais as alterações em matéria fiscal propostas pelo Orçamento de Estado, tanto para particulares, como para empresas e ENIs. Gerente MEDIDAS FISCAIS DA PROPOSTA DE OE2011 Conheça quais as alterações em matéria fiscal propostas pelo Orçamento de Estado, tanto para particulares, como para empresas e ENIs. A Proposta de Orçamento

Leia mais

Actualização dos limites das deduções à colecta fixados em valor variável entre 2.4% e 3.2%

Actualização dos limites das deduções à colecta fixados em valor variável entre 2.4% e 3.2% IRS Escalões de IRS Actualizados os escalões de IRS em 2.5%. Em regra, contribuintes de todos os escalões sofrerão reduções pouco significativas do IRS a pagar sobre os seus rendimentos. Excepção para

Leia mais

FORMAÇÃO AVANÇADA EM FISCALIDADE EMPRESARIAL

FORMAÇÃO AVANÇADA EM FISCALIDADE EMPRESARIAL FORMAÇÃO AVANÇADA EM FISCALIDADE EMPRESARIAL Início a 3 de Maio de 2004 Objectivos Aquisição de uma sólida base de conhecimentos com vista à compreensão integrada do sistema fiscal português. Obtenção

Leia mais

BENEFÍCIOS INCENTIVOS FISCAIS

BENEFÍCIOS INCENTIVOS FISCAIS ORÇAMENTO DO ESTADO 2010 MEDIDAS FISCAIS BENEFÍCIOS INCENTIVOS FISCAIS São João da Madeira, 30 de Março de 2010 1 EBF 1 ICR INVESTIDORES DE CAPITAL DE RISCO 2 AQUISIÇÕES DE COMPUTADORES 3 CRIAÇÃO DE EMPREGO

Leia mais

Programa Portugal 2020: Incentivos à Investigação e Desenvolvimento Tecnológico

Programa Portugal 2020: Incentivos à Investigação e Desenvolvimento Tecnológico Incentives Alert 6 de Março de 2015 Programa Portugal 2020: Incentivos à Investigação e Desenvolvimento Tecnológico A Portaria n.º 57-A/2015, de 27 de Fevereiro de 2015, vem estabelecer a regulamentação

Leia mais

Fiscalidade 2013 Última atualização 2013/09/17. Cartões 6 Cartões de dupla funcionalidade (débito/crédito)

Fiscalidade 2013 Última atualização 2013/09/17. Cartões 6 Cartões de dupla funcionalidade (débito/crédito) GUIA FISCAL 2013 INDICE I. Introdução II. Enquadramento fiscal dos produtos financeiros Contas 1. Contas à ordem 2. Conta ordenado 3. Conta não residente 4. Depósito a prazo 5. Contas Poupança-Habitação

Leia mais

Orçamento do Estado para 2013

Orçamento do Estado para 2013 Orçamento do Estado para 2013 (versão aprovada na AR) Orçamento do Estado para 2013 O Orçamento do Estado para 2013 já aprovado na Assembleia da República integra um conjunto de medidas fiscais que a seguir

Leia mais

Impostos & Contribuições

Impostos & Contribuições Impostos & Contribuições Principais alterações que resultam da aprovação do Orçamento de Estado para 2014: 1. IRS (Imposto sobre Rendimento das Pessoas Singulares) 1.1 Seguros de saúde ou de doença Caso

Leia mais

NEWSLETTER Janeiro 2014 ORÇAMENTO DE ESTADO 2014

NEWSLETTER Janeiro 2014 ORÇAMENTO DE ESTADO 2014 NEWSLETTER Janeiro 2014 ORÇAMENTO DE ESTADO 2014 ORÇAMENTO DE ESTADO 2014 Índice 1. INTRODUÇÃO 3 2. IRC 4 3. IRS 8 4. SEGURANÇA SOCIAL 10 5. IVA 11 6. BENEFÍCIOS FISCAIS 13 7. OUTROS 14 3 1. Introdução

Leia mais

Orçamento do Estado para 2004

Orçamento do Estado para 2004 Orçamento do Estado para 2004 (Lei nº107-b/2003, de 31 de Dezembro de 2003) Principais Medidas Fiscais com Incidência na Actividade Empresarial 1 IRC - Imposto sobre o Rendimento das Pessoas Colectivas

Leia mais

CFI - Código Fiscal ao Investimento - DL 162/2014 de 31 Outubro

CFI - Código Fiscal ao Investimento - DL 162/2014 de 31 Outubro CFI - Código Fiscal ao Investimento - DL 162/2014 de 31 Outubro Generalidades Aplicação a investimentos realizados a partir de 1 Janeiro de 2014 (excepto para efeito de apuramento dos limites máximos dos

Leia mais

Medidas legislativas de Combate à Fraude e Evasão Fiscais concretizadas até Novembro de 2006

Medidas legislativas de Combate à Fraude e Evasão Fiscais concretizadas até Novembro de 2006 Medidas legislativas de Combate à Fraude e Evasão Fiscais concretizadas até Novembro de 2006 Portaria n.º 426-A/2005, de 1 de Abril Resselagem (estampilhas fiscais) de bebidas espirituosas, assegurando

Leia mais

BOLETIM FISCAL ESPECIAL

BOLETIM FISCAL ESPECIAL PRINCIPAIS ALTERAÇÕES FISCAIS PARA 2013 A. LEI DO ORÇAMENTO DO ESTADO 1. IMPOSTO SOBRE O RENDIMENTO DAS PESSOAS SINGULARES (IRS) Rendimentos da Categoria A O subsídio de refeição passa a estar sujeito

Leia mais

Novo programa Portugal 2020: Incentivos financeiros ao investimento

Novo programa Portugal 2020: Incentivos financeiros ao investimento Incentives Alert 19 de Novembro de 2014 Novo programa Portugal 2020: Incentivos financeiros ao investimento A regulamentação do Portugal 2020 começou com a publicação do Decreto-Lei n.º 137/2014, de 12

Leia mais

IMPOSTO SOBRE O RENDIMENTO DAS PESSOAS SINGULARES DEDUÇÃO DE PERDAS NA CATEGORIA B

IMPOSTO SOBRE O RENDIMENTO DAS PESSOAS SINGULARES DEDUÇÃO DE PERDAS NA CATEGORIA B ORÇAMENTO DO ESTADO OE2016 O QUE MUDA? parlamento Proposta de Orçamento do Estado para 2016 - Proposta de Lei no. 12/XIII. Apresentamos aqui as principais medidas de natureza fiscal propostas neste diploma.

Leia mais

TAXAS DO IRS PARA 2013 (a) ATÉ 7.000 14,50% - + 7.000 A 20.000 28,50% 980 + 20.000 A 40.000 37,00% 2,680 + 40.000 A 80.

TAXAS DO IRS PARA 2013 (a) ATÉ 7.000 14,50% - + 7.000 A 20.000 28,50% 980 + 20.000 A 40.000 37,00% 2,680 + 40.000 A 80. GUIA FISCAL 2013 1 - IRS O IRS incide sobre os rendimentos auferidos a nível mundial por pessoas singulares residentes fiscais em Portugal. Tratando-se de não residentes, o IRS incide unicamente sobre

Leia mais

Incentivos fiscais à reabilitação urbana e legislação relacionada. Tatiana Cardoso Dia 18 de Setembro de 2013 Lisboa

Incentivos fiscais à reabilitação urbana e legislação relacionada. Tatiana Cardoso Dia 18 de Setembro de 2013 Lisboa Incentivos fiscais à reabilitação urbana e legislação relacionada Tatiana Cardoso Dia 18 de Setembro de 2013 Lisboa Incentivos fiscais à Reabilitação Urbana e Nova Lei das Rendas Introdução Como instrumento

Leia mais

Orçamento do Estado 2014. Conheça as principais alterações de natureza fiscal introduzidas pela Lei do Orçamento do Estado 2014.

Orçamento do Estado 2014. Conheça as principais alterações de natureza fiscal introduzidas pela Lei do Orçamento do Estado 2014. Conheça as principais alterações de natureza fiscal introduzidas pela Lei do Orçamento do Estado 2014. Audit Tax Advisory Consulting www.crowehorwath.pt Índice Imposto sobre o Rendimento das Pessoas Singulares

Leia mais

CALENDÁRIO FISCAL 2015

CALENDÁRIO FISCAL 2015 CALENDÁRIO FISCAL 2015 QUADRITÓPICO & BAKER TILLY Obrigações mensais Q U A D R I T Ó P I C O P u b l i c a ç õ e s e D i s t r i b u i ç ã o i n f o @ q u a d r i t o p i c o. p t B A K E R T I L L Y i

Leia mais

Orçamento do Estado para 2007 Alterações Fiscais

Orçamento do Estado para 2007 Alterações Fiscais Orçamento do Estado para 2007 Alterações Fiscais Assunto: Orçamento do Estado para 2007 Alterações Fiscais Com a entrada em vigor, em 2007/01/01, do Orçamento do Estado para 2007 (Lei 53 - A/2006, de 29

Leia mais

Fiscalidade no Sector da Construção

Fiscalidade no Sector da Construção Fiscalidade no Sector da Construção Conferência AICCOPN Os Fundos de Investimento Imobiliário para Arrendamento Habitacional Lisboa, 26 de Março de 2009 Paulo Alexandre de Sousa Director de Financiamento

Leia mais

CONTALIVRE CONTABILIDADE, AUDITORIA E GESTÃO DE EMPRESAS,LDA CIRCULAR Nº 1/2014 IRS

CONTALIVRE CONTABILIDADE, AUDITORIA E GESTÃO DE EMPRESAS,LDA CIRCULAR Nº 1/2014 IRS CIRCULAR Nº 1/2014 Com a aprovação do orçamento do estado para o ano de 2014 publicado pela lei nº 83-C/2013 de 31/12, o governo introduziu várias alterações legislativas significativas em matérias fiscais

Leia mais

LISBOA PORTO FUNCHAL SÃO PAULO LUANDA MAPUTO PRAIA MACAU DILI SÃO TOMÉ PEQUIM SHANGAI. de investimento

LISBOA PORTO FUNCHAL SÃO PAULO LUANDA MAPUTO PRAIA MACAU DILI SÃO TOMÉ PEQUIM SHANGAI. de investimento LISBOA PORTO FUNCHAL SÃO PAULO LUANDA MAPUTO PRAIA MACAU DILI SÃO TOMÉ PEQUIM SHANGAI Portugal como plataforma de investimento LISBOA PORTO FUNCHAL SÃO PAULO LUANDA MAPUTO PRAIA MACAU DILI SÃO TOMÉ PEQUIM

Leia mais

Lei nº 3-B/2010, de 28 de Abril. Imposto sobre o Rendimento das Pessoas Singulares

Lei nº 3-B/2010, de 28 de Abril. Imposto sobre o Rendimento das Pessoas Singulares ORÇAMENTO DO ESTADO 2010 Lei nº 3-B/2010, de 28 de Abril Imposto sobre o Rendimento das Pessoas Singulares Artigo 3º - Rendimentos da categoria B nº 3 - Para efeitos do disposto nas alíneas h) e i) do

Leia mais

30 Novembro 2012. Especial Tax News Flash - OE 2013 Medidas que fazem diferença

30 Novembro 2012. Especial Tax News Flash - OE 2013 Medidas que fazem diferença 30 Novembro 2012 Especial Tax News Flash - OE 2013 Medidas que fazem diferença Índice Imposto sobre o Rendimento das Pessoas Singulares (IRS) 4 Imposto sobre o Valor Acrescentado (IVA) 5 Imposto do selo

Leia mais

FUNDOS DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO PARA ARRENDAMENTO HABITACIONAL

FUNDOS DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO PARA ARRENDAMENTO HABITACIONAL compilações doutrinais VERBOJURIDICO FUNDOS DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO PARA ARRENDAMENTO HABITACIONAL DR. MIGUEL PRIMAZ DR. JOÃO BERNARDO GUEDES ADVOGADOS verbojuridico DEZEMBRO 2008 2 : FUNDOS DE INVESTIMENTO

Leia mais

ATRAIR INVESTIMENTO ESTRANGEIRO PARA PORTUGAL OS REGIMES DOS GOLDEN VISA E DOS RESIDENTES NÃO HABITUAIS

ATRAIR INVESTIMENTO ESTRANGEIRO PARA PORTUGAL OS REGIMES DOS GOLDEN VISA E DOS RESIDENTES NÃO HABITUAIS ATRAIR INVESTIMENTO ESTRANGEIRO PARA PORTUGAL OS REGIMES DOS GOLDEN VISA E DOS RESIDENTES NÃO HABITUAIS ENQUADRAMENTO LEGAL Fontes utilizadas: www.sef.pt; www.portugal.gov.pt ENQUADRAMENTO LEGAL A autorização

Leia mais

Portugal - Sistema Fiscal. Junho 2012

Portugal - Sistema Fiscal. Junho 2012 Portugal - Sistema Fiscal Junho 2012 Índice 1. Introdução 5 2. Principais alterações no sistema fiscal português em 2012 6 3. Impostos sobre o rendimento 8 3.1. Imposto sobre o rendimento das pessoas colectivas

Leia mais

26-10-2011. www.pwc.com/pt. Impostos Indirectos OE2012. Agenda. Impostos Indirectos I. IVA. PwC

26-10-2011. www.pwc.com/pt. Impostos Indirectos OE2012. Agenda. Impostos Indirectos I. IVA. PwC www.pwc.com/pt Impostos Indirectos OE2012 Agenda Impostos Indirectos I. II. IECs III. Conclusão PwC 2 1 Eliminação das isenções Transmissão do direito de autor e a autorização para utilização da obra intelectual

Leia mais

Investimento Imobiliário: Principais Aspectos Fiscais

Investimento Imobiliário: Principais Aspectos Fiscais Investimento Imobiliário: Principais Aspectos Fiscais 1 All the lawyers know what s happening on the case and work really well as a team. It sets them apart from others in the market. Client reference

Leia mais

Calendário Fiscal. Fevereiro de 2014 DIA 10. Segurança Social - declaração de remunerações (Janeiro)

Calendário Fiscal. Fevereiro de 2014 DIA 10. Segurança Social - declaração de remunerações (Janeiro) Calendário Fiscal Fevereiro de 2014 DIA 10 Segurança Social - declaração de remunerações (Janeiro) A entrega da declaração de remunerações referente ao mês de Janeiro de 2014 tem que ser feita obrigatoriamente

Leia mais

ORÇAMENTO DO ESTADO 2010 MEDIDAS FISCAIS

ORÇAMENTO DO ESTADO 2010 MEDIDAS FISCAIS NELSON RODRIGUES DE BASTOS São João da Madeira, 14 de Abril de 2010 1 AGENDA 1. LINHAS GERAIS DO OE 2010 2. IMPOSTO SOBRE O RENDIMENTO DAS PESSOAS COLECTICAS (IRC) 3. IMPOSTO DO SELO (IS) 4. IMPOSTOS SOBRE

Leia mais

Tributação da reabilitação urbana. Raquel Franco 08.03.2013

Tributação da reabilitação urbana. Raquel Franco 08.03.2013 Raquel Franco 08.03.2013 Benefícios à reabilitação urbana Artigo 45.º EBF prédios urbanos objeto de reabilitação Artigo 46.º EBF - prédios urbanos construídos, ampliados, melhorados ou adquiridos a título

Leia mais

PERÍODO DE TRIBUTAÇÃO 02 ÁREA DA SEDE, DIRECÇÃO EFECTIVA OU ESTAB. ESTÁVEL IDENTIFICAÇÃO E CARACTERIZAÇÃO DO SUJEITO PASSIVO TIPO DE SUJEITO PASSIVO

PERÍODO DE TRIBUTAÇÃO 02 ÁREA DA SEDE, DIRECÇÃO EFECTIVA OU ESTAB. ESTÁVEL IDENTIFICAÇÃO E CARACTERIZAÇÃO DO SUJEITO PASSIVO TIPO DE SUJEITO PASSIVO MODELO EM VIGOR A PARTIR DE JANEIRO DE 009 DIRECÇÃO-GERAL DOS IMPOSTOS DECLARAÇÃO D E RENDIMENTOS 0 MINISTÉRIO DAS FINANÇAS DESIGNAÇÃO Residente que exerce a título principal actividade comercial industrial

Leia mais

Como retomar o crescimento? Ernst & Young Portuguese Attractiveness Survey 2011

Como retomar o crescimento? Ernst & Young Portuguese Attractiveness Survey 2011 Como retomar o crescimento? Ernst & Young Portuguese Attractiveness Survey 2011 Índice Editorial Editorial 1 Novembro de 2011: como recomeçar? I. Contexto global: competindo num mundo policêntrico 2010:

Leia mais

Orçamento do Estado para 2007 Alterações Fiscais

Orçamento do Estado para 2007 Alterações Fiscais Orçamento do Estado para 2007 Alterações Fiscais Assunto: Orçamento do Estado para 2007 Alterações Fiscais Com a entrada em vigor, em 2007/01/01, do Orçamento do Estado para 2007 (Lei 53 - A/2006, de 29

Leia mais

NEWSLETTER N.º 4 PORTUGAL FEVEREIRO 2015

NEWSLETTER N.º 4 PORTUGAL FEVEREIRO 2015 NEWSLETTER N.º 4 PORTUGAL FEVEREIRO 2015 FISCALIDADE VERDE Foi aprovado no passado dia 31 de Dezembro, a Lei n.º 82-D/2014 que promove reforma da tributação ambiental, regulamentando assim a Fiscalidade

Leia mais

Orçamento de Estado 2012

Orçamento de Estado 2012 Orçamento de Estado 2012 Carlos Cunha Prof. Mestrado U. Minho E-mail: carloscunha.roc@sapo.pt 28-12-2011 Carlos A. Silva Cunha AGENDA 1. Como chegamos aqui? 2. OE 2012: Despesas correntes Receitas correntes

Leia mais

JANEIRO / 2015 IRS ATÉ AO DIA 12

JANEIRO / 2015 IRS ATÉ AO DIA 12 JANEIRO / 2015 IRS ATÉ AO DIA 12 Entrega da Declaração Mensal de Remunerações, por transmissão eletrónica de dados, pelas entidades devedoras de rendimentos do trabalho dependente sujeitos a IRS, ainda

Leia mais

Entrega da contribuição sobre o setor bancário. ES EP

Entrega da contribuição sobre o setor bancário. ES EP JANEIRO / 2015 ATÉ AO DIA 12 balcões dos serviços de finanças ou dos CTT ou ainda (para importâncias não superiores a 100 000,00), através do multibanco, correspondente ao imposto apurado na declaração

Leia mais

RESUMO FISCALIDADE AUTOMÓVEL 2015

RESUMO FISCALIDADE AUTOMÓVEL 2015 RESUMO FISCALIDADE AUTOMÓVEL 2015 1 1 ISV tabelas A, B e C Aumento de 3%. 2 2 ISV redução nos veículos importados usados A tabela D mantém-se inalterada, apesar de ter existido uma proposta de alteração

Leia mais

RECEITAS ADMINISTRADAS POR SERVIÇOS INTEGRADOS EM 2013 INFORMAÇÃO PRESTADA PELOS SERVIÇOS

RECEITAS ADMINISTRADAS POR SERVIÇOS INTEGRADOS EM 2013 INFORMAÇÃO PRESTADA PELOS SERVIÇOS Ministério 01 Encargos Gerais do Estado 1206 SUPREMO TRIBUNAL DE JUSTIÇA 1207 SUPREMO TRIBUNAL ADMINISTRATIVO 2334 CONSELHO ECONÓMICO E SOCIAL 3045 COMISSÃO NACIONAL DE PROTEÇÃO DE DADOS 04 02 04 040199

Leia mais

NELAG Núcleo de Empresários da Lagoa NEWSLETTER n.º5 25.Outubro.2013

NELAG Núcleo de Empresários da Lagoa NEWSLETTER n.º5 25.Outubro.2013 Boletim Informativo: - Calendário Fiscal Novembro e Dezembro - Novo Regime de Bens - Manual Regime Circulação de Bens em circulação para venda e consulta - Controlo Integrado de Roedores novas imposições

Leia mais

CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM FISCALIDADE - REGULAMENTO -

CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM FISCALIDADE - REGULAMENTO - CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM FISCALIDADE - REGULAMENTO - Artigo 1.º Objecto O presente regulamento enquadra e estabelece as regras de funcionamento do curso de pós-graduação em fiscalidade, organizado pelo

Leia mais

BENEFÍCIOS FISCAIS PARA A REABILITAÇÃO URBANA ENQUADRAMENTO LEGAL

BENEFÍCIOS FISCAIS PARA A REABILITAÇÃO URBANA ENQUADRAMENTO LEGAL BENEFÍCIOS FISCAIS PARA A REABILITAÇÃO URBANA ENQUADRAMENTO LEGAL Refere o Decreto-Lei nº 307/2009 de 23 de Outubro No artigo 2º Definições i) «Reabilitação de edifícios» a forma de intervenção destinada

Leia mais

JANEIRO / 2013 ATÉ AO DIA 2

JANEIRO / 2013 ATÉ AO DIA 2 JANEIRO / 2013 JANEIRO / 2013 DIREÇÃO DE SERVIÇOS DE COMUNICAÇÃO E APOIO AO CONTRIBUINTE ATÉ AO DIA 2 Único de Circulação IUC, relativo a: - Veículos cujo aniversário da matrícula ocorra no mês anterior;

Leia mais

Proposta de Orçamento do Estado 2014. Proposta de Reforma em sede de IRC. Novembro de 2013

Proposta de Orçamento do Estado 2014. Proposta de Reforma em sede de IRC. Novembro de 2013 Proposta de Orçamento do Estado 2014 e Proposta de Reforma em sede de IRC Novembro de 2013 ORÇAMENTO ESTADO 2013 Proposta de Lei ÍNDICE Imposto sobre o Rendimentos das Pessoas Singulares IRS 4 Segurança

Leia mais

Taxa reduzida em serviços de reparação de velocípedes

Taxa reduzida em serviços de reparação de velocípedes IVA Dedução em Viaturas de turismo Passa a ser possível a dedução integral do IVA em despesas relativas à aquisição, fabrico, importação, locação e transformação em viaturas ligeiras de passageiros ou

Leia mais

CURSO PLANEAMENTO FISCAL

CURSO PLANEAMENTO FISCAL CURSO PLANEAMENTO FISCAL ÍNDICE 1. INTRODUÇÃO 03 2. DESENVOLVIMENTO A. Proposta pedagógica B. Investimento C. Condições de participação 03 03 04 04 3. FICHA DE INSCRIÇÃO 05 02 Moneris Academy Planeamento

Leia mais

Principais alterações propostas a nível fiscal para 2016

Principais alterações propostas a nível fiscal para 2016 PROPOSTA DE LEI DO ORÇAMENTO DO ESTADO PARA 2016 Principais alterações propostas a nível fiscal para 2016 A Proposta de Lei do OE para 2016 apresentada pelo Governo à AR integra um conjunto de alterações

Leia mais

BOLETIM INFORMATIVO ORÇAMENTO DE ESTADO PARA 2015. (Principais alterações propostas)

BOLETIM INFORMATIVO ORÇAMENTO DE ESTADO PARA 2015. (Principais alterações propostas) Departamentos: Contabilidade, Auditoria e Fiscalidade BOLETIM INFORMATIVO 15 de Dezembro de 2014 ORÇAMENTO DE ESTADO PARA 2015 (Principais alterações propostas) Pedro Moreira T.O.C e Consultor Fiscal Rua

Leia mais

Lei n.º 85/98 de 18 de Dezembro. Estatuto Fiscal Cooperativo (EFC)

Lei n.º 85/98 de 18 de Dezembro. Estatuto Fiscal Cooperativo (EFC) Lei n.º 85/98 de 18 de Dezembro Estatuto Fiscal Cooperativo (EFC) A Assembleia da República decreta, nos termos dos artigos 161.º, alínea c), 166.º, n.º 3, e 112.º, n.º 5, da Constituição, para valer como

Leia mais

PASSAPORTE PARA ANGOLA

PASSAPORTE PARA ANGOLA PASSAPORTE PARA ANGOLA Samuel Fernandes de Almeida 17 e 18 de Fevereiro REGRAS GERAIS DE IMPOSTO INDUSTRIAL Incidência subjectiva Empresas com sede ou direcção efectiva em Angola e empresas com sede e

Leia mais

Medidas de austeridade e agravamento da carga fiscal

Medidas de austeridade e agravamento da carga fiscal Medidas de austeridade e agravamento da carga fiscal No passado dia 4 de Maio foi tornada pública a versão inglesa do denominado Memorando da "Troika" (Memorando de entendimento sobre condicionalismos

Leia mais

Orçamento do Estado para 2013 Lei n.º 66-B/2012, de 31/12

Orçamento do Estado para 2013 Lei n.º 66-B/2012, de 31/12 Orçamento do Estado para 2013 Lei n.º 66-B/2012, de 31/12 Síntese das Principais Medidas Imposto sobre o Rendimento das Pessoas Singulares IRS Subsídio de Refeição A exclusão de tributação aplicável ao

Leia mais

ANEXO II LEGISLAÇÃO SOBRE BENEFÍCIOS FISCAIS

ANEXO II LEGISLAÇÃO SOBRE BENEFÍCIOS FISCAIS Tribunal de Contas ANEXO II LEGISLAÇÃO SOBRE BENEFÍCIOS FISCAIS Tribunal de Contas LEGISLAÇÃO SOBRE BENEFÍCIOS FISCAIS I COM IMPLICAÇÕES NA RECEITA ESTADUAL A) No âmbito dos impostos directos sobre o

Leia mais

ORÇAMENTO DO ESTADO 2011

ORÇAMENTO DO ESTADO 2011 1 13 Jan 2011 ORÇAMENTO DO ESTADO 2011 NELSON BASTOS REVISOR OFICIAL DE CONTAS 2010-2011: Informação Crítica para a Transição Fiscal Parceiros Institucionais Media Partner 2 ORÇAMENTO DO ESTADO 2011 AGENDA:

Leia mais

Boletim Informativo AMI 10467

Boletim Informativo AMI 10467 , 28 de Janeiro de 2013. Informação Fiscal Residentes Fiscais não habituais Portugal. Em resultado do reconhecimento pelas autoridades fiscais portuguesas do estatuto de residente fiscal não habitual,

Leia mais

CAPÍTULO I A ORGANIZAÇÃO DA CONTABILIDADE ÍNDICE

CAPÍTULO I A ORGANIZAÇÃO DA CONTABILIDADE ÍNDICE CAPÍTULO I A ORGANIZAÇÃO DA CONTABILIDADE ÍNDICE A ORGANIZAÇÃO ÍNDICE DA CONTABILIDADE Capítulo I - A ORGANIZAÇÃO DA CONTABILIDADE 1. As necessidades de Informação nas empresas... 27 2. O ciclo contabilístico...

Leia mais

PAGAMENTO DE IMPOSTOS - 2009

PAGAMENTO DE IMPOSTOS - 2009 PAGAMENTO DE IMPOSTOS - 2009 JANEIRO / 2009 Até ao dia 12: Pagamento do Imposto sobre o Valor Acrescentado (IVA), a efectuar nos balcões das correspondente ao imposto apurado na declaração respeitante

Leia mais

ASSEMBLEIA DA REPÚBLICA

ASSEMBLEIA DA REPÚBLICA 6546-(314) Diário da República, 1.ª série N.º 252 31 de dezembro de 2014 ASSEMBLEIA DA REPÚBLICA Lei n.º 82-C/2014 de 31 de dezembro Altera o Código do Imposto sobre o Rendimento das Pessoas Coletivas,

Leia mais

Fwd: Principais Medidas da Proposta para o OE 2011

Fwd: Principais Medidas da Proposta para o OE 2011 1 de 6 30-11-2010 12:02 Caso não consiga visualizar este email correctamente, por favor clique aqui Nota semanal dos diplomas legais e outros documentos publicados com implicações na área da fiscalidade

Leia mais

Proposta de Lei do Orçamento do Estado para 2013 (Proposta de Lei n.º 103/XII)

Proposta de Lei do Orçamento do Estado para 2013 (Proposta de Lei n.º 103/XII) 17 de Outubro de 2012 Proposta de Lei do Orçamento do Estado para 2013 (Proposta de Lei n.º 103/XII) Escalões em 2013: O Governo entregou na Assembleia da República, no passado dia 15 de Outubro, a Proposta

Leia mais

SERVIÇO DE FINANÇAS DO PORTO 3 IRS / 2012 ABATIMENTOS, DEDUÇÕES E BENEFÍCIOS FISCAIS ABATIMENTOS E DEDUÇÕES ANO DE 2011

SERVIÇO DE FINANÇAS DO PORTO 3 IRS / 2012 ABATIMENTOS, DEDUÇÕES E BENEFÍCIOS FISCAIS ABATIMENTOS E DEDUÇÕES ANO DE 2011 IRS / 2012 ABATIMENTOS, DEDUÇÕES E BENEFÍCIOS FISCAIS ABATIMENTOS E DEDUÇÕES ANO DE 2011 FR/ AV. FERNÃO MAGALHÃES, 988 4350-154 PORTO TEL. 225.898.650 FAX: 225.898.688 E-MAIL: sf3360@dgci.min-financas.pt

Leia mais

Comissão para a Reforma do IRC - 2013. Uma Reforma orientada para a Competitividade, o Crescimento e o Emprego

Comissão para a Reforma do IRC - 2013. Uma Reforma orientada para a Competitividade, o Crescimento e o Emprego Uma Reforma orientada para a Competitividade, o Crescimento e o Emprego Principais medidas da Reforma 2 I. Redução da taxa do IRC - A redução das taxas de IRC é fundamental para a atração de investimento

Leia mais

BENEFÍCIOS FISCAIS EM IRC

BENEFÍCIOS FISCAIS EM IRC BENEFÍCIOS FISCAIS EM IRC (Esta informação contém apenas informação geral, não se destina a prestar qualquer serviço de auditoria, consultadoria de gestão, financeira ou legal, ou a prestar qualquer tipo

Leia mais

ÍNDICE. IRC - Imposto sobre o Rendimento das Pessoas Colectivas... 3. IRS - Imposto sobre o Rendimento das Pessoas Singulares... 6

ÍNDICE. IRC - Imposto sobre o Rendimento das Pessoas Colectivas... 3. IRS - Imposto sobre o Rendimento das Pessoas Singulares... 6 Principais Medidas Fiscais Com Incidência na Actividade Empresarial Lei nº 32-B/32, de 30 de Dezembro de 2002 ÍNDICE IRC - Imposto sobre o Rendimento das Pessoas Colectivas... 3. IRS - Imposto sobre o

Leia mais

Enquadramento Fiscal

Enquadramento Fiscal Organizações Sem Fins Lucrativos Enquadramento Fiscal Ponte da Barca, 14 de Maio de 2013 Organizações Sem Fins Lucrativos Os principais tipos de entidades sem fins lucrativos em Portugal são as associações,

Leia mais

Orçamento do Estado 2013. Conheça as principais alterações de natureza fiscal introduzidas pela Lei do Orçamento do Estado 2013.

Orçamento do Estado 2013. Conheça as principais alterações de natureza fiscal introduzidas pela Lei do Orçamento do Estado 2013. Conheça as principais alterações de natureza fiscal introduzidas pela Lei do Orçamento do Estado 2013. Audit Tax Advisory Consulting www.crowehorwath.pt Índice Imposto sobre o Rendimento das Pessoas Singulares

Leia mais

Principais alterações fiscais

Principais alterações fiscais Principais alterações fiscais O E / 2 0 1 3 António Santos Cristina Casalinho José Gante Page 1 Agenda Alterações 2013 1. Alterações IRS e Património; 2. Alterações IRC; 3. Alterações IVA; Page 2 Agenda

Leia mais

1. Rosto. Quadro 5 Residência fiscal

1. Rosto. Quadro 5 Residência fiscal Classificação: 0 0 0. 0 1. 0 9 Seg.: Pública Proc.: 2 0 1 2 / 5 9 DIREÇÃO DE SERVIÇOS DO IMPOSTO SOBRE O RENDIMENTO Of.Circulado N.º: 20 156/2012 2012-02-02 Entrada Geral: N.º Identificação Fiscal (NIF):

Leia mais