19. O que pensar das pessoas que, sofrendo ingratidão por benefícios prestados, não querem mais fazer o bem, com medo de encontrar ingratos?

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "19. O que pensar das pessoas que, sofrendo ingratidão por benefícios prestados, não querem mais fazer o bem, com medo de encontrar ingratos?"

Transcrição

1

2 19. O que pensar das pessoas que, sofrendo ingratidão por benefícios prestados, não querem mais fazer o bem, com medo de encontrar ingratos? GUIA PROTECTOR Sens, 1862 Essas pessoas têm mais egoísmo do que caridade, porque fazer o bem somente para receber provas de reconhecimento, é deixar de lado o desinteresse, e o único bem agradável a Deus é o desinteressado. São ainda orgulhosas, porque se comprazem na humildade do beneficiado, que deve rojar-se aos seus pés para agradecer-lhes.

3 Aquele que busca na Terra a recompensa do bem que faz, não a receberá no céu, mas Deus a reservará para o que assim não procede. É necessário ajudar sempre os fracos, mesmo sabendose de antemão que os beneficiados não agradecerão. Sabei que, se aquele a quem ajudais, esquecer o benefício, Deus o considerará mais do que se fôsseis recompensados pela sua gratidão. Deus permite que às vezes sejais pagos com a ingratidão, para provar a vossa perseverança em fazer o bem. Como sabeis, aliás, se esse benefício, momentaneamente esquecido não produzirá mais tarde os seus frutos?

4 Ficai certos, pelo contrário, de que é uma semente que germinará com o tempo. Infelizmente, não vedes nunca além do presente; trabalhais para vós, não tendo em vista os semelhantes. A benemerência acaba por abrandar os corações mais endurecidos; pode ficar esquecida aqui na Terra, mas quando o Espírito se livrar do corpo, ele se lembrará, e essa lembrança será o seu próprio castigo. Então, ele lamentará a sua ingratidão, desejará reparar a sua falta, pagar a sua dívida noutra existência, aceitando mesmo, frequentemente, uma vida de devotamento ao seu benfeitor.

5 É assim que, sem suspeitardes, tereis contribuído para o seu progresso moral, e reconhecereis então toda a verdade desta máxima: um benefício jamais se perde. Mas tereis também trabalhado para vós, pois tereis o mérito de haver feito o bem com desinteresse, sem vos deixar abater pelas decepções. Ah, meus amigos, se conhecêsseis todos os laços que, na vida presente, vos ligam às existências anteriores! Se pudésseis abarcar a multiplicidade das relações que aproximam os seres uns dos outros, para o seu mútuo progresso, admiraríeis muito melhor a sabedoria e a bondade do Criador, que vos permite reviver para chegardes a Ele!

6 937. Para o homem de coração, as decepções oriundas da ingratidão e da fragilidade dos laços da amizade não são também uma fonte de amarguras? São; porém, deveis lastimar os ingratos e os infiéis; serão muito mais infelizes do que vós. A ingratidão é filha do egoísmo e o egoísta topará mais tarde com corações insensíveis, como o seu próprio o foi. Lembrai-vos de todos os que hão feito mais bem do que vós, que valeram muito mais do que vós e que tiveram por paga a ingratidão. Lembrai-vos de que o próprio Jesus foi, quando no mundo, injuriado e menosprezado, tratado de velhaco e impostor, e não vos admireis de que o mesmo vos suceda.

7 Seja o bem que houverdes feito a vossa recompensa na Terra e não atenteis no que dizem os que hão recebido os vossos benefícios. A ingratidão é uma prova para a vossa perseverança na prática do bem; ser-vos-á levada em conta e os que vos forem ingratos serão tanto mais punidos, quanto maior lhes tenha sido a ingratidão As decepções oriundas da ingratidão não serão de molde a endurecer o coração e a fechálo à sensibilidade? Fora um erro, porquanto o homem de coração, como dizes, se sente sempre feliz pelo bem que faz.

8 Sabe que, se esse bem for esquecido nesta vida, será lembrado em outra e que o ingrato se envergonhará e terá remorsos da sua ingratidão. a) - Mas, isso não impede que se lhe ulcere o coração. Ora, daí não poderá nascer-lhe a ideia de que seria mais feliz, se fosse menos sensível? Pode, se preferir a felicidade do egoísta. Triste felicidade essa! Saiba, pois, que os amigos ingratos que o abandonam não são dignos de sua amizade e que se enganou a respeito deles. Assim sendo, não há de que lamentar o tê-los perdido. Mais tarde achará outros, que saberão compreendê-lo melhor.

9 Lastimai os que usam para convosco de um procedimento que não tenhais merecido, pois bem triste se lhes apresentará o reverso da medalha. Não vos aflijais, porém, com isso: será o meio de vos colocardes acima deles. A Natureza deu ao homem a necessidade de amar e de ser amado. Um dos maiores gozos que lhe são concedidos na Terra é o de encontrar corações que com o seu simpatizem. Dá-lhe ela, assim, as primícias da felicidade que o aguarda no mundo dos Espíritos perfeitos, onde tudo é amor e benignidade. Desse gozo está excluído o egoísta.

10 Pela análise destas leituras, vemos que a gratidão é uma virtude moral que transcende a simples retribuição com bons modos, expressos em regra de conduta social, que dão o verniz da civilização; já a ingratidão é uma doença da alma, que denota o nosso atraso moral. Então o que nos recomendam os Espíritos Superiores perante a ingratidão? - Conservemos o equilíbrio o ingrato é digno de piedade, a testar a nossa perseverança e abnegação na prática do bem. E na vida social não precisamos uns dos outros? Não somos devedores uns dos outros? Não é aí que Deus nos coloca para que aprendamos a servi-lo?

11 Ele de nada precisa, pois é a Omnipotência absoluta e infinita. Todas as vezes que servimos a um semelhante, a um animal, a uma planta, estamos a servir a Deus, porque Deus manifesta-se ao homem através do próprio homem. Podemos expressar a gratidão por uma simples prece? [...] Nesse sentido, as preces ou mesmo apenas as vibrações de alegria e reconhecimento de todas as criaturas encarnadas ou desencarnadas, beneficiadas pelos requeredores, funcionam à guisa de abonos e cauções de significado muito importante para cada um, tanto ali quanto em qualquer lugar [...] - in Sexo e Destino A. Luiz/Chico Xavier Como entender a ingratidão dos filhos?

12 Ela tem um carácter deprimente e fere mais o coração. Contudo, nada acontece por acaso. A Lei de Causa e Efeito reúne os inimigos de outrora, pelos laços da reencarnação, para que resgatem, no amor e no perdão, os débitos do passado. CONCLUSÃO A gratidão é um dos caminhos que nos levam a Deus. Entre a gratidão e a ingratidão, fiquemos com a primeira, que é aquela que nos garante a paz, a harmonia e a afeição dos companheiros de jornada evolutiva.

13 BIBLIOGRAFIA O Evangelho Segundo o Espiritismo A. Kardec O Livro dos Espíritos A. Kardec Revista O Reformador - N-º de Junho de 2012 F.E.B. e obras citadas

14

Item 19 - Benéficos pagos com a ingratidão

Item 19 - Benéficos pagos com a ingratidão O Evangelho Segundo o Espiritismo Cap. XIII - Não saiba a vossa mão esquerda o que dê a vossa mão direita Item 19 - Benéficos pagos com a ingratidão GEDHE 02/04/16 Claudio C. Conti www.ccconti.com ESE

Leia mais

Terapêutica da Gratidão

Terapêutica da Gratidão Attilio Provedel Associação Médico-Espírita do Estado do Espírito Santo (AMEEES) Setembro de 2012 Sheldon, K.M., & Lyubomirsky, S. (2006). How to increase and sustain positive emotion: the effects of expressing

Leia mais

Evangelho. Modéstia / A oração O Pai Nosso Mateus: 6:1-5 / 7:7-11

Evangelho. Modéstia / A oração O Pai Nosso Mateus: 6:1-5 / 7:7-11 Evangelho Modéstia / A oração O Pai Nosso Mateus: 6:1-5 / 7:7-11 Mateus 6 1 GUARDAI-VOS de fazer a vossa esmola diante dos homens, para serdes vistos por eles; aliás, não tereis galardão junto de vosso

Leia mais

ão de Família Escola do Coração

ão de Família Escola do Coração HONRAI A VOSSO PAI E A VOSSA O QUE É HONRAR PAI E MÃE? MÃE O mandamento: Honrai a vosso pai e a vossa mãe é um corolário da lei geral de caridade e de amor ao próximo, visto que não pode amar o seu próximo

Leia mais

JESUS MODELO E GUIA DA FAMÍLIA

JESUS MODELO E GUIA DA FAMÍLIA JESUS MODELO E GUIA DA FAMÍLIA Qual o tipo mais perfeito que Deus tem oferecido ao homem, para lhe servir de guia e modelo? JESUS L.E.Questão 625 Para o homem, JESUS constitui o tipo da perfeição moral

Leia mais

Capítulo 15 de "O Evangelho Segundo o Esiritismo, de Allan Kardec" - Fora da caridade não há salvação, itens 4 e 5, O MAIOR MANDAMENTO.

Capítulo 15 de O Evangelho Segundo o Esiritismo, de Allan Kardec - Fora da caridade não há salvação, itens 4 e 5, O MAIOR MANDAMENTO. Autor: André Martinez REFLEXÕES ESPÍRITAS: O Maior Mandamento Capítulo 15 de "O Evangelho Segundo o Esiritismo, de Allan Kardec" - Fora da caridade não há salvação, itens 4 e 5, O MAIOR MANDAMENTO. Este

Leia mais

Jesus à luz da visão espírita. CEEFA.2017 Roberto S. Adam

Jesus à luz da visão espírita. CEEFA.2017 Roberto S. Adam Jesus à luz da visão espírita CEEFA.2017 Roberto S. Adam Jesus à luz da visão espírita Site: www.ceefa.org.br Face: www.fb.com/ceefacuritiba _ Estrutura _Definições _Reflexões _ Estrutura _Definições _Reflexões

Leia mais

Mas o fruto do Espírito é amor (Gálatas 5:22)

Mas o fruto do Espírito é amor (Gálatas 5:22) Lição 7 para 18 de fevereiro de 2017 Eu sou a videira verdadeira, e meu Pai é o lavrador. Toda a vara em mim, que não dá fruto, a tira; e limpa toda aquela que dá fruto, para que dê mais fruto. (João 15:1-2)

Leia mais

Nº 40 A Domingo XXXIII do Tempo Comum Deus renova todas as coisas

Nº 40 A Domingo XXXIII do Tempo Comum Deus renova todas as coisas Nº 40 A Domingo XXXIII do Tempo Comum-17.11.13 Deus renova todas as coisas Eu tive um sonho. Sonhei que os rios já não estavam poluídos, e as suas águas eram puras e cristalinas. Sonhei que. em vez de

Leia mais

PROGRAMA DO CURSO DE DOUTRINA INTRODUTÓRIO

PROGRAMA DO CURSO DE DOUTRINA INTRODUTÓRIO LIVRO DE PREPARO: Sinal Verde André Luiz/Chico Xavier Aula 1 Integração: Promover o acolhimento e a integração dos alunos Apresentar do Programa Aula 2 O que é o Centro Espírita Apresentar o Centro Espírita

Leia mais

O Cristo consolador. Roteiro 1

O Cristo consolador. Roteiro 1 FEDERAÇÃO ESPÍRITA BRASILEIRA Estudo Aprofundado da Doutrina Espírita Livro IV Espiritismo, O Consolador Prometido por Jesus Módulo I Esperanças e Consolações Roteiro 1 O Cristo consolador Objetivo Explicar

Leia mais

Evangelho. As Bem- Aventuranças Mateus: 5:1-12

Evangelho. As Bem- Aventuranças Mateus: 5:1-12 Evangelho As Bem- Aventuranças Mateus: 5:1-12 12 As Bem Aventuranças 1. Bem Aventurados os pobres de espírito, porque deles é o Reino dos Céus. 2. Bem Aventurados os que choram, porque eles serão consolados.

Leia mais

EVANGELHO SEGUNDO O ESPIRITISMO CAPÍTULO 22 NÃO SEPAREIS O QUE DEUS UNIU

EVANGELHO SEGUNDO O ESPIRITISMO CAPÍTULO 22 NÃO SEPAREIS O QUE DEUS UNIU EVANGELHO SEGUNDO O ESPIRITISMO CAPÍTULO 22 NÃO SEPAREIS O QUE DEUS UNIU - Indissolubilidade do casamento - O divórcio INDISSOLUBILIDADE DO CASAMENTO Lei do Homem Mutável As leis humanas transformam-se

Leia mais

Invocai o nome de Deus, nosso libertador

Invocai o nome de Deus, nosso libertador Invocai o nome de Deus, nosso libertador www.facebook.com/mensageiro sdeanguera Paz e Fogo, amados irmãos! Chegamos ao capítulo 12 do livro de Isaías, vemos aqui que o profeta louva a Deus pela libertação.

Leia mais

GRUPO ESPÍRITA SEARA DO MESTRE Adriana Pizzuti Apresentação disponível em www.searadomestre.com.br

GRUPO ESPÍRITA SEARA DO MESTRE Adriana Pizzuti Apresentação disponível em www.searadomestre.com.br GRUPO ESPÍRITA SEARA DO MESTRE Adriana Pizzuti Apresentação disponível em www.searadomestre.com.br Hydesville- Março 1848 Fenômenos de Hydesville França 1855 Mesas girantes Allan Kardec Doutrina Espírita

Leia mais

As Várias Faces do Amor. Seminário em 16/02/2013 www.gede.net.br

As Várias Faces do Amor. Seminário em 16/02/2013 www.gede.net.br As Várias Faces do Amor Seminário em 16/02/2013 www.gede.net.br Objetivo: Melhorar o entendimento sobre o amor. Pontos a debater: 1) Definição; 2) AS religiões e o amor; 3) A lei maior; 4) Instrução de

Leia mais

TROVAS MAIS ALÉM... ESPÍRITOS DIVERSOS PSICOGRAFIA DE LEONARDO PAIXÃO

TROVAS MAIS ALÉM... ESPÍRITOS DIVERSOS PSICOGRAFIA DE LEONARDO PAIXÃO TROVAS MAIS ALÉM... ESPÍRITOS DIVERSOS PSICOGRAFIA DE LEONARDO PAIXÃO 1 Capa: Leonardo Paixão Digitação: Leonardo Paixão Permitida a reprodução desde que citada a fonte, conforme Lei 9.610, de 19 de Fevereiro

Leia mais

Explicar o que caracteriza amor a Deus e amor ao próximo. Apresentar ações que favoreçam o seu desenvolvimento.

Explicar o que caracteriza amor a Deus e amor ao próximo. Apresentar ações que favoreçam o seu desenvolvimento. FEDERAÇÃO ESPÍRITA BRASILEIRA Estudo Aprofundado da Doutrina Espírita Livro IV Espiritismo, o Consolador Prometido por Jesus Módulo IV A humanidade regenerada Roteiro 2 Explicar o que caracteriza amor

Leia mais

Capítulo 17 de O Evangelho Segundo o Espiritismo de Allan Kardec - Sede Perfeitos Itens 1 e 2 Caracteres da perfeição.

Capítulo 17 de O Evangelho Segundo o Espiritismo de Allan Kardec - Sede Perfeitos Itens 1 e 2 Caracteres da perfeição. Autor: André Martinez REFLEXÕES ESPÍRITAS: Caracteres da perfeição - Capítulo 17 de O Evangelho Segundo o Espiritismo de Allan Kardec - Sede Perfeitos Itens 1 e 2 Caracteres da perfeição. Esta reflexão

Leia mais

Virtudes: conceito e classificação

Virtudes: conceito e classificação Virtudes: conceito e classificação Roteiro 6 FEDERAÇÃO ESPÍRITA BRASILEIRA Estudo Aprofundado da Doutrina Espírita Livro IV Espiritismo, o Consolador Prometido por Jesus Módulo III Os vícios e as virtudes

Leia mais

IRMÃO NA HORA DA ANGÚSTIA. 08 de Dezembro de 2011 Ministério Loucura da Pregação. "Em todo o tempo ama o amigo. e na hora da angústia nasce o irmão.

IRMÃO NA HORA DA ANGÚSTIA. 08 de Dezembro de 2011 Ministério Loucura da Pregação. Em todo o tempo ama o amigo. e na hora da angústia nasce o irmão. IRMÃO NA HORA DA ANGÚSTIA 08 de Dezembro de 2011 Ministério Loucura da Pregação "Em todo o tempo ama o amigo e na hora da angústia nasce o irmão." 1 / 5 (Provérbios 17:17) Sempre que falamos sobre Amizade,

Leia mais

O JUIZO DO SERVO DE DEUS

O JUIZO DO SERVO DE DEUS O JUIZO DO SERVO DE DEUS ANTES CRESCEI NA GRAÇA E NO CONHECIMENTO DE NOSSO SENHOR E SALVADOR JESUS CRISTO. A ELE SEJA DADA A GLÓRIA, ASSIM AGORA, COMO NO DIA DA ETERNIDADE. AMÉM. 2PEDRO 3:18 Introdução

Leia mais

PROJETO EDUCARE. (Educação, Amor e. Reconhecimento)

PROJETO EDUCARE. (Educação, Amor e. Reconhecimento) EDUCAÇÃO DA VIDA PROJETO EDUCARE (Educação, Amor e Reconhecimento) DESEJOS FUNDAMENTAIS DO SER HUMANO EDUCAÇÃO AMOR RECONHECIMENTO EDUCAÇÃO *Ser elogiado AMOR *Ser amado *Ser livre RECONHECIMENTO *Ser

Leia mais

Centro Espírita. Fé, Esperança e Caridade. Informes. Vem ai!! Atualmente. Edição Especial de Aniversário. Pag.

Centro Espírita. Fé, Esperança e Caridade. Informes. Vem ai!! Atualmente.  Edição Especial de Aniversário. Pag. Centro Espírita Fé, Esperança e Caridade www.feesperanca.ni.org.br Jul. 2017 Rua Bernardino de Mello, 1579 - Centro - N.I - Tel.: 2668-3070 Edição Especial de Aniversário Informes Reunião deliberativa

Leia mais

Escola de Evangelização de Pacientes Grupo Espírita Guillon Ribeiro

Escola de Evangelização de Pacientes Grupo Espírita Guillon Ribeiro Escola de Evangelização de Pacientes Grupo Espírita Guillon Ribeiro Quem são eles? o Almas queridas que viajaram das estâncias do passado, pelas vias da reencarnação, desembarcaram no presente, através

Leia mais

ESTUDO REFLEXIVO- SISTÊMICO DAS OBRAS DE ALLAN KARDEC E DO EVANGELHO DE JESUS.

ESTUDO REFLEXIVO- SISTÊMICO DAS OBRAS DE ALLAN KARDEC E DO EVANGELHO DE JESUS. ESTUDO REFLEXIVO- SISTÊMICO DAS OBRAS DE ALLAN KARDEC E DO EVANGELHO DE JESUS MÓDULO 8 O SIGNIFICADO DAS LEIS DE LIBERDADE, RESPONSABILIDADE E CAUSA E EFEITO EM NOSSAS VIDAS O SIGNIFICADO DAS PROVAS E

Leia mais

CRISTO, IDEAL DA PROCURA DE DEUS COMO CONVERSÃO. CIMBRA 2014 MOSTEIRO DA TRANSFIGURAÇÃO SANTA ROSA RS

CRISTO, IDEAL DA PROCURA DE DEUS COMO CONVERSÃO. CIMBRA 2014 MOSTEIRO DA TRANSFIGURAÇÃO SANTA ROSA RS CRISTO, IDEAL DA PROCURA DE DEUS COMO CONVERSÃO. CIMBRA 2014 MOSTEIRO DA TRANSFIGURAÇÃO SANTA ROSA RS Introdução A fidelidade ao espírito do evangelho e aos ensinamentos de São Paulo, o sentido da Igreja

Leia mais

Roteiro 8 Os discípulos de Jesus

Roteiro 8 Os discípulos de Jesus FEDERAÇÃO ESPÍRITA BRASILEIRA Estudo Aprofundado da Doutrina Espírita Livro 1 Cristianismo e Espiritismo Módulo II O Cristianismo Roteiro 8 Os discípulos de Jesus Objetivos Identificar as características

Leia mais

Uma Boa Prenda. Uma boa prenda a ofertar É a doação do amor É estar pronto a ajudar Quem vive com uma dor.

Uma Boa Prenda. Uma boa prenda a ofertar É a doação do amor É estar pronto a ajudar Quem vive com uma dor. Uma Boa Prenda Uma boa prenda a ofertar É a doação do amor É estar pronto a ajudar Quem vive com uma dor. Prenda essa que pode Ser dada por um qualquer Seja rico ou seja pobre Simples homem ou mulher.

Leia mais

ESTUDO REFLEXIVO- SISTÊMICO DAS OBRAS DE ALLAN KARDEC E DO EVANGELHO DE JESUS

ESTUDO REFLEXIVO- SISTÊMICO DAS OBRAS DE ALLAN KARDEC E DO EVANGELHO DE JESUS ESTUDO REFLEXIVO- SISTÊMICO DAS OBRAS DE ALLAN KARDEC E DO EVANGELHO DE JESUS MÓDULO 5 O SIGNIFICADO DA IMORTALIDADE EM NOSSAS VIDAS A ESSÊNCIA DA IMORTALIDADE PARTE II 2º. ENCONTRO A ESSÊNCIA DA IMORTALIDADE

Leia mais

A Exposição Doutrinária Como Meio de Divulgação da Doutrina Espírita.

A Exposição Doutrinária Como Meio de Divulgação da Doutrina Espírita. A Exposição Doutrinária Como Meio de Divulgação da Doutrina Espírita. Apresentação disponível em www.searadomestre.com.br Elaborado pelo DEDO UME Santo Ângelo REFLEXÕES INICIAIS... POR QUE PREGAR... O

Leia mais

Meninos e Meninas Brincando

Meninos e Meninas Brincando Meninos e Meninas Brincando J. C. Ryle "As praças da cidade se encherão de meninos e meninas, que nelas brincarão." (Zc.8:5) Queridas crianças, o texto acima fala de coisas que acontecerão. Deus está nos

Leia mais

ESPIRITUALISMO = ESPIRITISMO?

ESPIRITUALISMO = ESPIRITISMO? 1 ESPIRITUALISMO = ESPIRITISMO? ESPIRITUALISMO Oposto do materialismo Quem quer que acredite haver em si alguma coisa mais do que matéria é espiritualista. ESPIRITISMO ou DOUTRINA ESPÍRITA Termo criado

Leia mais

Oração ao anjo da Guarda

Oração ao anjo da Guarda Oração ao anjo da Guarda Oração ao anjo da Guarda Santo Anjo do Senhor, Meu zeloso guardador, Já que a ti me confiou A piedade divina, Sempre me rejas, guardes, governes e ilumines. Amém. Oração ao anjo

Leia mais

Capítulo 14 de O Evangelho Segundo o Espiritismo, de Allan Kardec Honrar Pai e Mãe itens 1 a 4 Piedade filial.

Capítulo 14 de O Evangelho Segundo o Espiritismo, de Allan Kardec Honrar Pai e Mãe itens 1 a 4 Piedade filial. Autor: André Martinez REFLEXÕES ESPÍRITAS: Piedade filial Capítulo 14 de O Evangelho Segundo o Espiritismo, de Allan Kardec Honrar Pai e Mãe itens 1 a 4 Piedade filial. Allan Kardec nos esclarece: O mandamento:

Leia mais

Evangelho. O bem em resposta ao mal / Amor ao próximo Mateus: 5:38-48

Evangelho. O bem em resposta ao mal / Amor ao próximo Mateus: 5:38-48 Evangelho O bem em resposta ao mal / Amor ao próximo Mateus: 5:38-48 Mateus 5 38 Ouvistes que foi dito: Olho por olho, e dente por dente. 39 Eu, porém, vos digo que não resistais ao mal; mas, se qualquer

Leia mais

EM QUE SE FUNDAMENTA O ATENDIMENTO ESPIRITUAL NO CENTRO ESPÍRITA

EM QUE SE FUNDAMENTA O ATENDIMENTO ESPIRITUAL NO CENTRO ESPÍRITA CURSO A PRÁTICA DA FRATERNIDADE NOS CENTROS ESPÍRITAS EM QUE SE FUNDAMENTA O ATENDIMENTO ESPIRITUAL NO CENTRO ESPÍRITA ATENDIMENTO ESPIRITUAL NO CENTRO ESPÍRITA Segundo o Livro Orientação ao Centro Espírita

Leia mais

Dicas ousadas para descobrir como educar os filhos para a felicidade. Ao jeito de Jesus

Dicas ousadas para descobrir como educar os filhos para a felicidade. Ao jeito de Jesus Dicas familiares ? Dicas ousadas para descobrir como educar os filhos para a felicidade Ao jeito de Jesus Para quê esta montagem? Para ilustrar as seguintes afirmações: Educamos mais com o que somos e

Leia mais

FEDERAÇÃO ESPÍRITA BRASILEIRA Estudo Aprofundado da Doutrina Espírita Livro IV Espiritismo, o Consolador Prometido por Jesus Módulo IV A humanidade

FEDERAÇÃO ESPÍRITA BRASILEIRA Estudo Aprofundado da Doutrina Espírita Livro IV Espiritismo, o Consolador Prometido por Jesus Módulo IV A humanidade FEDERAÇÃO ESPÍRITA BRASILEIRA Estudo Aprofundado da Doutrina Espírita Livro IV Espiritismo, o Consolador Prometido por Jesus Módulo IV A humanidade regenerada Citar as principais características dos bons

Leia mais

O Céu e o Inferno e a Ciência Contemporânea

O Céu e o Inferno e a Ciência Contemporânea V Congresso Espiritismo O Céu e o Inferno de Platão e Dante à Kardec O Céu e o Inferno e a Ciência Contemporânea Agosto de 2015 Claudio C. Conti www.ccconti.com Qual a melhor receita para uma vitamina

Leia mais

Equilíbrio Col 3: 8-4: 6

Equilíbrio Col 3: 8-4: 6 1 Equilíbrio Col 3: 8-4: 6 Introdução: Todos os seres humanos passam a vida buscando equilibrar- se entre as circunstâncias São exatamente as circunstâncias que nos tiram do eixo e nos levam a atos e hábitos

Leia mais

Nº 23 C 6º Domingo da Páscoa

Nº 23 C 6º Domingo da Páscoa Nº 23 C 6º Domingo da Páscoa - 1.5.2016 A paz de Cristo A paz de Cristo Deixo-vos a paz, dou-vos a minha paz. Tu nos dás a tua paz, Senhor Jesus, mas também nos convidas ao esforço de fazer a paz. Para

Leia mais

Evangelização Espírita Ismênia de Jesus Plano de Aula Jardim (3 a 5 anos)

Evangelização Espírita Ismênia de Jesus Plano de Aula Jardim (3 a 5 anos) Centro Espírita Ismênia de Jesus Evangelização Espírita Ismênia de Jesus Plano de Aula Jardim (3 a 5 anos) Plano de Aula 05 Educadora: Edma e Priscila Dia: 14/03/2016 Horário: 20h as 21h Título: Pai Nosso

Leia mais

Sesquicentenário da obra O Evangelho Segundo o Espiritismo

Sesquicentenário da obra O Evangelho Segundo o Espiritismo Sesquicentenário da obra O Evangelho Segundo o Espiritismo Em 2014 comemoramos os 150 anos de lançamento da obra que contém a essência do ensino moral de Jesus e serve de consolo para os adeptos de todas

Leia mais

Etapas de realização da reunião mediúnica

Etapas de realização da reunião mediúnica FEDERAÇÃO ESPÍRITA BRASILEIRA Mediunidade: Estudo e Prática Programa 2 Módulo I A prática mediúnica na casa espírita Etapas de realização da reunião mediúnica Tema 2 O que define o êxito de uma atividade

Leia mais

Louvar a Deus. Dar a Deus o que é de Deus, e a César o que é de César. Nº 35A 29º Domingo do Tempo Comum - 19.10.2014

Louvar a Deus. Dar a Deus o que é de Deus, e a César o que é de César. Nº 35A 29º Domingo do Tempo Comum - 19.10.2014 Nº 35A 29º Domingo do Tempo Comum - 19.10.2014 Louvar a Deus 1. Dar a Deus o que é de Deus, e a César o que é de César Tu és Amor. Tu és Trindade. Tu és Sabedoria. Tu és segurança. Tu és alegria e paz.

Leia mais

QUAL O TEMPLO QUE DEUS HABITA AGORA?

QUAL O TEMPLO QUE DEUS HABITA AGORA? SÉRIE Por que precisamos ser cheios do Espírito Santo mais do que tudo? QUAL O TEMPLO QUE DEUS HABITA AGORA? Espírito Santo grego: parakletos CONSOLADOR CONSELHEIRO AUXILIADOR AMIGO Aquele que está ao

Leia mais

Centro Espírita Ismênia de Jesus. Evangelização Espírita Ismênia de Jesus Plano de Aula 2º Ciclo (9 a 11anos) Título: Amor aos pais.

Centro Espírita Ismênia de Jesus. Evangelização Espírita Ismênia de Jesus Plano de Aula 2º Ciclo (9 a 11anos) Título: Amor aos pais. Plano de Aula 11 Centro Espírita Ismênia de Jesus Evangelização Espírita Ismênia de Jesus Plano de Aula 2º Ciclo (9 a 11anos) Educadora: Cida e Rita Dia 25/04/2016 Título: Amor aos pais. Horário: 20 às

Leia mais

Roteiro 4 O Espírito imortal

Roteiro 4 O Espírito imortal FEDERAÇÃO ESPÍRITA BRASILEIRA Estudo Aprofundado da Doutrina Espírita Livro IV Espiritismo, o Consolador Prometido por Jesus Módulo II A Morte e seus Mistérios Roteiro 4 O Espírito imortal Objetivo Analisar

Leia mais

Novena ao Sagrado Coração de Jesus. Primeiro Dia

Novena ao Sagrado Coração de Jesus. Primeiro Dia Novena ao Sagrado Coração de Jesus Primeiro Dia Oh! Coração amável de Jesus, Coração puríssimo e santíssimo, todo cheio de amor, Coração que reinam todas as perfeições e virtudes, vos mereceis o amor de

Leia mais

EU, UM SERVO? VOCÊ ESTÁ BRINCANDO! Marcos (CHARLES SWINDOLL)

EU, UM SERVO? VOCÊ ESTÁ BRINCANDO! Marcos (CHARLES SWINDOLL) EU, UM SERVO? VOCÊ ESTÁ BRINCANDO! (CHARLES SWINDOLL) Marcos 10.45 O que significa ser verdadeiramente servo? Pois o próprio Filho do Homem não veio para ser servido, mas para servir e dar a sua vida em

Leia mais

As Bem-Aventuranças. Roteiro 1

As Bem-Aventuranças. Roteiro 1 FEDERAÇÃO ESPÍRITA BRASILEIRA Estudo Aprofundado da Doutrina Espírita Livro II Ensinos e Parábolas de Jesus Módulo II Ensinos Diretos de Jesus As Bem-Aventuranças Roteiro 1 Objetivo Explicar as bem-aventuranças

Leia mais

1º Idade: 47 anos Sexo: Feminino Estado Civil: Casada

1º Idade: 47 anos Sexo: Feminino Estado Civil: Casada PERGUNTAS REUNIÃO DO PARAÍS0 30.11.2013 1º Idade: 47 anos Sexo: Feminino Estado Civil: Casada Minha pergunta é sobre meu marido. Será que ele vai conseguir trabalhar com a carteira assinada? Hoje ele tem

Leia mais

FEDERAÇÃO ESPÍRITA BRASILEIRA Estudo Aprofundado da Doutrina Espírita Livro II Ensinos e Parábolas de Jesus Módulo II Ensinos Diretos de Jesus

FEDERAÇÃO ESPÍRITA BRASILEIRA Estudo Aprofundado da Doutrina Espírita Livro II Ensinos e Parábolas de Jesus Módulo II Ensinos Diretos de Jesus FEDERAÇÃO ESPÍRITA BRASILEIRA Estudo Aprofundado da Doutrina Espírita Livro II Ensinos e Parábolas de Jesus Módulo II Ensinos Diretos de Jesus Roteiro 7 Objetivo Fazer uma análise espírita das instruções

Leia mais

O Homem de bem. Roteiro 7

O Homem de bem. Roteiro 7 O Homem de bem Roteiro 7 FEDERAÇÃO ESPÍRITA BRASILEIRA Estudo Aprofundado da Doutrina Espírita Livro IV Espiritismo, o Consolador Prometido por Jesus Módulo IV A humanidade regenerada Objetivos Relacionar

Leia mais

CONVITE AO AUTOACOLIMENTO AMOROSO.

CONVITE AO AUTOACOLIMENTO AMOROSO. CONVITE AO AUTOACOLIMENTO AMOROSO O Evangelho de Jesus é profundamente terapêutico. Nele, encontramos vários convites à autotransformação. Não são convites quaisquer, especialmente aqueles que começam

Leia mais

Trecho da Mensagem de Nossa Senhora Rainha da Paz nº 3.101, em 30/12/2008

Trecho da Mensagem de Nossa Senhora Rainha da Paz nº 3.101, em 30/12/2008 Trecho da Mensagem de Nossa Senhora Rainha da Paz nº 3.101, em 30/12/2008 Queridos filhos, um homem de grande influência se levantará contra a Igreja e a ele se juntarão outros poderosos que levarão a

Leia mais

ESTUDO REFLEXIVO- SISTÊMICO DAS OBRAS DE ALLAN KARDEC E DO EVANGELHO DE JESUS. www.espiritizar.com.br

ESTUDO REFLEXIVO- SISTÊMICO DAS OBRAS DE ALLAN KARDEC E DO EVANGELHO DE JESUS. www.espiritizar.com.br ESTUDO REFLEXIVO- SISTÊMICO DAS OBRAS DE ALLAN KARDEC E DO EVANGELHO DE JESUS MÓDULO 6 O SIGNIFICADO DA LEI DA REENCARNAÇÃO EM NOSSAS VIDAS REENCARNAÇÃO E EVOLUÇÃO ESPIRITUAL 4ª. parte 12º. ENCONTRO REENCARNAÇÃO

Leia mais

Serviço, expressão de Gratidão. A gratidão é o ato de reconhecimento de uma pessoa por alguém que lhe prestou um benefício, um auxílio, um favor etc.

Serviço, expressão de Gratidão. A gratidão é o ato de reconhecimento de uma pessoa por alguém que lhe prestou um benefício, um auxílio, um favor etc. Serviço, expressão de Gratidão A gratidão é o ato de reconhecimento de uma pessoa por alguém que lhe prestou um benefício, um auxílio, um favor etc. A gratidão é uma emoção que envolve um sentimento de

Leia mais

EDUCAÇÃO NO LAR À LUZ DO ESPIRITISMO

EDUCAÇÃO NO LAR À LUZ DO ESPIRITISMO EDUCAÇÃO NO LAR À LUZ DO ESPIRITISMO 1 A paz do mundo começa sob as telhas a que nos acolhemos. Se não aprendemos a viver em paz, entre quatro paredes, como aguardar a harmonia das nações? 2 Xavier, F.

Leia mais

PARÂMETROS ÚTEIS Meus bem-amados, não creais em qualquer Espírito; experimentai se os Espíritos são de Deus, porquanto muitos falsos profetas se têm levantado no mundo. (João, 1ª Epístola, 4:1.) No desdobrar

Leia mais

Conduta, uma manifestação comportamento do indivíduo, esta pode ser boa ou má, dependendo do código moral, ético do grupo onde aquele se encontra.

Conduta, uma manifestação comportamento do indivíduo, esta pode ser boa ou má, dependendo do código moral, ético do grupo onde aquele se encontra. CONDUTA ESPÍRITA CONCEITO DE CONDUTA Conduta, é uma manifestação de comportamento do indivíduo, esta pode ser boa ou má, dependendo do código moral, ético do grupo onde aquele se encontra. CONCEITO DE

Leia mais

Federação Espírita Catarinense 14ª União Regional Espírita Departamento de Estudo e Divulgação Doutrinária PROJETO O CONSOLADOR

Federação Espírita Catarinense 14ª União Regional Espírita Departamento de Estudo e Divulgação Doutrinária PROJETO O CONSOLADOR PROJETO O CONSOLADOR TEMÁRIO PARA PALESTRAS DO TRIMESTRE OUTUBRO, NOVEMBRO e DEZEMBRO/2016 no HOSPITAL REGIONAL DE SÃO JOSÉ MÊS DE OUTUBRO/2016 Dia 03/10/16 ALLAN KARDEC E O ESPIRITISMO 1) O Que é o Espiritismo.

Leia mais

Divaldo Pereira Franco. Pelo Espírito Bezerra de Menezes. Em nome. do Amor. A mediunidade com Jesus

Divaldo Pereira Franco. Pelo Espírito Bezerra de Menezes. Em nome. do Amor. A mediunidade com Jesus Divaldo Pereira Franco Pelo Espírito Bezerra de Menezes Em nome do Amor A mediunidade com Jesus Organização: Antônio Cesar Perri de Carvalho Marta Antunes de Oliveira Geraldo Campetti Sobrinho SUMÁRIO

Leia mais

Mensagem de Nossa Senhora Rainha da Paz nº 3.622, de 13/03/2012, transmitida em Casemiro de Abreu/RJ

Mensagem de Nossa Senhora Rainha da Paz nº 3.622, de 13/03/2012, transmitida em Casemiro de Abreu/RJ Mensagem de Nossa Senhora Rainha da Paz nº 3.622, de 13/03/2012, transmitida em Casemiro de Abreu/RJ www.facebook.com/men sageirosdeanguera Queridos filhos, Eu vos amo. Alegrai-vos, pois vossos nomes já

Leia mais

Considera, meu amor, até que ponto

Considera, meu amor, até que ponto Primeira Carta 13 Considera, meu amor, até que ponto foste imprevidente! Oh!, infeliz, que foste enganado e a mim enganaste também com esperanças ilusórias. Uma paixão sobre a qual tinhas feito tantos

Leia mais

Grupo de Reflexão - Cantos para maio

Grupo de Reflexão - Cantos para maio rupo de Reflexão - Cantos para maio Indice Obrigado, Senhor Trabalho de um operãrio Eucreio num mundo novo Ilumina, ilumina É no campo da vida Ensina teu povo a rezar Santa Mãe Maria nesta traessia Eu

Leia mais

Palestra Virtual. Promovida pelo IRC-Espiritismo http://www.irc-espiritismo.org.br

Palestra Virtual. Promovida pelo IRC-Espiritismo http://www.irc-espiritismo.org.br Palestra Virtual Promovida pelo http://www.irc-espiritismo.org.br Tema: O Sofrimento Moral Palestrante: Ricardo Bicudo Rio de Janeiro 28/05/1999 Organizadores da palestra: Moderador: "Wania" (nick: Moderador

Leia mais

VINDE A MIM TODOS VÓS QUE ESTAIS FATIGADOS, QUE EU VOS ALIVIAREI

VINDE A MIM TODOS VÓS QUE ESTAIS FATIGADOS, QUE EU VOS ALIVIAREI O CRISTO CONSOLADOR O JUGO DO CRISTO Vinde a mim todos os que estais cansados sob o peso do vosso fardo e vos darei descanso. Tomai sobre vós o meu jugo e aprendei de mim, porque sou manso e humilde de

Leia mais

CEIC CENTRO ESPÍRITA ILDEFONSO CORREIA AS LEIS MORAIS BIBLIOGRAFIA

CEIC CENTRO ESPÍRITA ILDEFONSO CORREIA AS LEIS MORAIS BIBLIOGRAFIA CEIC CENTRO ESPÍRITA ILDEFONSO CORREIA AS LEIS MORAIS BIBLIOGRAFIA 01. Intervenção dos Espíritos no Mundo Corporal I Faculdade de penetrar nossos pensamentos Influência oculta Afeição a certas pessoas

Leia mais

Módulo I AS DUAS ESFERAS DE AÇÃO. Módulo II - A VONTADE SELF E EGO Conceitos O ser essencial (Self) O Ego O mito de Prometeu

Módulo I AS DUAS ESFERAS DE AÇÃO. Módulo II - A VONTADE SELF E EGO Conceitos O ser essencial (Self) O Ego O mito de Prometeu Programa de Estudos: AS POTÊNCIAS DE NOSSA ALMA Baseado na Terceira parte do Livro: O Problema do Ser, do Destino e da Dor, de Leon Denis. Organização: Maria Aparecida Vieira e Karina Greca Módulo I AS

Leia mais

Que mandais fazer de mim? Que mandais fazer de mim?

Que mandais fazer de mim? Que mandais fazer de mim? Que mandais fazer de mim? 1 / 6 Vontade própria. Eis uma dos maiores tesouros que guardamos conosco. Dificilmente algo nos é tão caro e precioso quanto a possibilidade de decidir por nós mesmos o que fazer,

Leia mais

1. Disse Jesus: Eu sou o pão da vida. Quem vem a mim não terá mais fome e quem crê em mim jamais terá sede. Jo 6,35

1. Disse Jesus: Eu sou o pão da vida. Quem vem a mim não terá mais fome e quem crê em mim jamais terá sede. Jo 6,35 1. Disse Jesus: Eu sou o pão da vida. Quem vem a mim não terá mais fome e quem crê em mim jamais terá sede. Jo 6,35 Senhor Jesus, Tu tens palavras de vida eterna e Tu revelas-te a nós como Pão da vida

Leia mais

O jovem e o Espiritismo

O jovem e o Espiritismo O jovem e o Espiritismo Os jovens de hoje gostam do luxo; são mal comportados e desprezam a autoridade; não têm respeito pelos mais velhos e passam o tempo a falar em vez de trabalhar. Será que essas palavras,

Leia mais

Nº 8C 2º Domingo do Tempo Comum Bodas de Caná

Nº 8C 2º Domingo do Tempo Comum Bodas de Caná Nº 8C 2º Domingo do Tempo Comum-17.1.2016 Bodas de Caná Do Evangelho de hoje, retiramos vários ensinamentos para a nossa vida. Naquele casamento, onde estava Jesus, ia haver uma grande tristeza, porque

Leia mais

Salmo 23:! Viva uma vida com tranquilidade

Salmo 23:! Viva uma vida com tranquilidade Anésio Rodrigues Salmo 23 Salmo 23:! Viva uma vida com tranquilidade Salmo 23 O SENHOR é o meu pastor; e nada me faltará. Salmo 23 Deitar-me faz em verdes pastos, guia-me mansamente a águas tranquilas.

Leia mais

Disciplina. Me Ajuda a. Crescer. Vocês gostariam de fazer uns biscoitos?

Disciplina. Me Ajuda a. Crescer. Vocês gostariam de fazer uns biscoitos? 11 10 9 8 7 Disciplina Me Ajuda a Crescer 5 Vocês gostariam de fazer uns biscoitos? Gostaria! E é minha vez de escolher a receita. Não é não! É a minha. Claro que não, Tina! Você escolheu por último. Ai,

Leia mais

CERIMÕNIA DE CORPO PRESENTE

CERIMÕNIA DE CORPO PRESENTE INSTRUÇÕES GERAIS O Altar, os assentos e os postos dos Oficiais e as cadeiras para os membros devem ser arrumados de acordo com a Sala Capitular indicada no Diagrama 1. Esta Cerimônia é pública, destinada

Leia mais

RITUAL DA INICIAÇÃO DAS CRIANÇAS EM IDADE DE CATEQUESE

RITUAL DA INICIAÇÃO DAS CRIANÇAS EM IDADE DE CATEQUESE RITUAL DA INICIAÇÃO DAS CRIANÇAS EM IDADE DE CATEQUESE 1ºDegrau: Rito da Admissão dos Catecúmenos I Domingo da Quaresma C 2010.02.20 1 RITO DA RECEPÇÃO 1. Diálogo com as crianças, (depois da saudação inicial)

Leia mais

Deus é sempre Aquele que vem te encontrar. Participa da. falará ao teu coração, te alimentará, te inspirará. Este

Deus é sempre Aquele que vem te encontrar. Participa da. falará ao teu coração, te alimentará, te inspirará. Este COMO FAZER? A. Empenha-te a encontrar o Senhor. Contempla com os teus olhos a presença de Deus em todas as coisas, e vê que Deus é sempre Aquele que vem te encontrar. Participa da Celebração Eucarística,

Leia mais

7 FEDERAÇÃO ESPÍRITA BRASILEIRA

7 FEDERAÇÃO ESPÍRITA BRASILEIRA FEDERAÇÃO ESPÍRITA BRASILEIRA Estudo Aprofundado da Doutrina Espírita Livro III Ensinos e Parábolas de Jesus Parte 2 Módulo II Ensinos Diretos de Jesus Roteiro 7 Objetivo Interpretar, à luz da Doutrina

Leia mais

Lição das Boas Aventuranças Mateus Capítulo Felizes as pessoas que sabem que são espiritualmente pobres, pois o Reino do Céu é delas.

Lição das Boas Aventuranças Mateus Capítulo Felizes as pessoas que sabem que são espiritualmente pobres, pois o Reino do Céu é delas. 1 Lição das Boas Aventuranças Mateus Capítulo 5 5.3 Felizes as pessoas que sabem que são espiritualmente pobres, pois o Reino do Céu é delas. Você se considera mais crente que seu irmão? Acha que sua fé

Leia mais

Misericordiosos como o Pai Sede misericordiosos, como também o vosso Pai é misericordioso Lc 6,36

Misericordiosos como o Pai Sede misericordiosos, como também o vosso Pai é misericordioso Lc 6,36 Misericordiosos como o Pai Sede misericordiosos, como também o vosso Pai é misericordioso Lc 6,36 Vídeo: Parcialmente nublado Só mesmo com Deus! A bondade é uma qualidade do caracter, a misericórdia é

Leia mais

VERSÍCULO PARA MEMORIZAR: E não fez ali muitas maravilhas, por causa da incredulidade deles (Mateus 13.58)

VERSÍCULO PARA MEMORIZAR: E não fez ali muitas maravilhas, por causa da incredulidade deles (Mateus 13.58) OBJETIVO: Que a crianças entenda que Jesus não fazia milagres só na Bíblia, mas que Ele faz milagres ainda hoje, na vida de todo aquele que crê e O obedece. VERSÍCULO PARA MEMORIZAR: E não fez ali muitas

Leia mais

Objetivos. Destacar a importância e benefícios da prece. Identificar as características da prece.

Objetivos. Destacar a importância e benefícios da prece. Identificar as características da prece. FEDERAÇÃO ESPÍRITA BRASILEIRA Estudo Aprofundado da Doutrina Espírita Livro IV Espiritismo, o Consolador Prometido por Jesus Módulo III Os vícios e as virtudes Roteiro 5 Objetivos Destacar a importância

Leia mais

Magistério profético na construção da Igreja do Porto

Magistério profético na construção da Igreja do Porto Magistério profético na construção da Igreja do Porto Excertos do pensamento de D. António Ferreira Gomes entre 1969-1982 A liberdade é sem dúvida um bem e um direito, inerente à pessoa humana, mas é antes

Leia mais

A Missão de Jesus. guia e modelo da Humanidade. Roteiro 4

A Missão de Jesus. guia e modelo da Humanidade. Roteiro 4 FEDERAÇÃO ESPÍRITA BRASILEIRA Estudo Aprofundado da Doutrina Espírita Livro I Cristianismo e Espiritismo Módulo II O Cristianismo Roteiro 4 A Missão de Jesus guia e modelo da Humanidade Objetivos Explicar

Leia mais

ACOLHIMENTO Pessoas cuidando de pessoas

ACOLHIMENTO Pessoas cuidando de pessoas Nossa Visão Uma cidade transformada por Cristo através de uma igreja acolhedora que desenvolve cura social e renovação cultural, formando autênticos discípulos de Cristo transformados por meio do Evangelho.

Leia mais

Mutual

Mutual Mutual 2013 http://astontasvaoaoceu.blogspot.com.br/ Em Lugares Santos Se no escuro andais não vais enxergar quem sois e o que podeis vos tornar. Se de joelhos estais e na luz viveis, onde o Espírito está

Leia mais

Vamos nos colocar debaixo da proteção de Deus!

Vamos nos colocar debaixo da proteção de Deus! Vamos nos colocar debaixo da proteção de Deus! www.facebook.com/mensageiros deanguera Estamos agora no capítulo 31 do Livro de Isaías, fazendo uso da Bíblia Ave-Maria. Neste capítulo, somos convidados

Leia mais

O QUE É O ESPIRITISMO 1

O QUE É O ESPIRITISMO 1 O QUE É O ESPIRITISMO 1 Facilitadores Alex Olegário e Roberto Camilo 17/18-Janeiro-2016 OBJETIVO Conhecer sobre: O Conceito do Espiritismo O Codificador Se me amais, guardai os meus mandamentos; e eu rogarei

Leia mais

Ladainhas pela Almas

Ladainhas pela Almas Ladainhas pela Almas Senhor, tende piedade de nós! Cristo, tende piedade de nós! Senhor, tende piedade de nós! Jesus Cristo, ouvi-nos! Jesus Cristo, atendei-nos! Pai Celeste, verdadeiro Deus, tende piedade

Leia mais

Material de Palestra O que é Deus? Palestra 011

Material de Palestra O que é Deus? Palestra 011 Material de Palestra O que é Deus? Palestra 011 O QUE É DEUS? 011 WILSON DA CUNHA 1 Neste momento pedimos sensibilidade suficiente para que venhamos a ter gratidão e confiança no criador, sentindo-nos

Leia mais

MENSAGEM Produzido e Realizado por Rev. Onofre Machado Ramos

MENSAGEM Produzido e Realizado por Rev. Onofre Machado Ramos MENSAGEM Produzido e Realizado por Rev. Onofre Machado Ramos Leitura 1 Timóteo 2.1-7 I Primeira a Timóteo dois De 1 a 7 se lê São Paulo exortando que Se pratique a oração A súplica, a intercessão Além

Leia mais

30/01/2015 CONDUTA ESPÍRITA ALEX VÂNIA COUTINHO FERNANDA ALENCAR. OBJETIVO Entender o que é e qual a importância da Conduta Espírita.

30/01/2015 CONDUTA ESPÍRITA ALEX VÂNIA COUTINHO FERNANDA ALENCAR. OBJETIVO Entender o que é e qual a importância da Conduta Espírita. CONDUTA ESPÍRITA ALEX VÂNIA COUTINHO FERNANDA ALENCAR OBJETIVO Entender o que é e qual a importância da Conduta Espírita. 1 ESPIRITISMO Uma ciência de observação e uma doutrina filosófica que trata da

Leia mais

Evangelho. Renúncia Marcos 8:34

Evangelho. Renúncia Marcos 8:34 Evangelho Renúncia Marcos 8:34 :34-38 38 Marcos 8 34 E chamando a si a multidão, com os seus discípulos, disse-lhes: Se alguém quiser vir após mim, negue-se a si mesmo, e tome a sua cruz, e siga-me. 35

Leia mais

SALUTO INTRODUTTIVO ALLA VEGLIA MARIANA

SALUTO INTRODUTTIVO ALLA VEGLIA MARIANA COM PLENO E TOTAL EMBARGO ATÉ AO SEU PRONUNCIAMENTO NÃO DISPENSA ACOMPANHAMENTO PELLEGRINAGGIO DEL SANTO PADRE A FATIMA «Con Maria, pellegrino nella speranza e nella pace» SALUTO INTRODUTTIVO ALLA VEGLIA

Leia mais

PRECE X EVANGELHO NO LAR. Apresentação disponível em

PRECE X EVANGELHO NO LAR. Apresentação disponível em PRECE X EVANGELHO NO LAR Apresentação disponível em www.searadomestre.com.br PRECE A prece é a maneira pela qual as pessoas se comunicam com Deus. PRECE A prece ou oração é um dos modos de nos comunicar-mos

Leia mais

Prefácio. Santo Tomás de Aquino. Suma Teológica, II-II, q. 28, a. 4.

Prefácio. Santo Tomás de Aquino. Suma Teológica, II-II, q. 28, a. 4. Prefácio A vida de São Francisco de Assis foi e continua sendo fonte de inspiração para tantos homens e mulheres de boa vontade que, percebendo a beleza que emana do amor, desejam experimentar também a

Leia mais