Agrupamento de Escolas de Alhandra, Sobralinho e S.º João dos Montes. Projeto Educativo do Agrupamento Apresentação para Divulgação

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Agrupamento de Escolas de Alhandra, Sobralinho e S.º João dos Montes. Projeto Educativo do Agrupamento Apresentação para Divulgação"

Transcrição

1 Agrupamento de Escolas de Alhandra, Sobralinho e S.º João dos Montes Projeto Educativo do Agrupamento Apresentação para Divulgação

2 CARATERIZAÇÃO DOS TERRITÓRIOS ENVOLVIDOS NA CONSTITUIÇÃO DO AGRUPAMENTO

3 Alhandra Alhandra oscila entre a tradição e a modernidade; a par da pesca artesanal, desenvolveram-se indústrias, sendo a mais representativa a cimenteira, representada pela unidade fabril da Cimpor. A vila conta ainda, com infra-estruturas desportivas e de lazer, sendo a beira-rio um dos locais mais procurados pela população de todas as faixas etárias.

4 S.º João dos Montes S. João dos Montes é uma freguesia rural muito antiga, com uma população dispersa de estrato socioeconómico médio e baixo. Na área do lazer, destaca-se o papel fundamental de algumas coletividades que permitem a prática do desporto e ainda proporcionam atividades culturais variadas, com destaque para o teatro.

5 Sobralinho O Sobralinho é atualmente uma vila que cresceu como dormitório suburbano e cuja população é essencialmente de um estrato médio e baixo. Um dos pontos de maior interesse da freguesia é a Quinta Municipal do Sobralinho, vulgo Paço do Sobralinho, localizado no limite norte da povoação.

6 Patrono: Soeiro Pereira Gomes O patrono de um estabelecimento de ensino deve consubstanciar as práticas concretas do mesmo, o nome de Soeiro Pereira Gomes surgiu, naturalmente, desde o início, uma vez que a sua obra responde aos anseios de uma comunidade que pretende um futuro melhor para os seus filhos.

7 CONSTITUIÇÃO DO AGRUPAMENTO

8 Constituição do Agrupamento ESCOLA-SEDE Escola E.B. 2-3 Soeiro Pereira Gomes Estrada de Arruda São João dos Montes Telf: Fax: /13 S.º JOÃO DOS MONTES EB1 de À-dos-Loucos Azinhaga da Escola São João dos Montes Telf: EB1 dos Cotovios Cotovios São João dos Montes Telf: Jardim-de-infância dos Cotovios Estrada de Á-de Freire 2600 São João dos Montes Telf:

9 Constituição do Agrupamento Jardim-de-infância de Alhandra Largo do Castelo Alhandra Telf: ALHANDRA EB1 nº1 de Alhandra Largo do Castelo Alhandra Telf: EB1 nº2 de Alhandra Rua João de Deus Alhandra Telf: EB1 nº2 de Alhandra - Polo 2 Quinta da Marquesa 2600 Alhandra Telf:

10 Constituição do Agrupamento SOBRALINHO EB1 do Sobralinho Rua Ernesto dos Reis Sobralinho Telf:

11 Estruturas Organizativas e de Gestão Conselho Geral Conselho de Docentes Conselho Administrativo Direção da Escola Estruturas Organizativas e de Gestão Departamentos Curriculares Conselho Pedagógico Associações de Pais e Encarregados de Educação Conselho de Diretores de Turma Ensino Especial e SPO

12 REGIME DE FUNCIONAMENTO DO AGRUPAMENTO

13 Mancha Horária do Pré-escolar Horário Normal 9h00m 12h00m 13h00m 15h00m

14 Mancha Horária do 1.º Ciclo Horário Duplo da Manhã Horário Duplo da Tarde 8h00m 13h00m Horário Normal 13h15 18h15m 9h00m 12h00m 13h00m 15h00m

15 Mancha Horária do 2.º e 3.º Ciclo Turno da Manhã 8h20m 9h05m 9h05m 9h50m (20 minutos de intervalo) 10h10m 10h55m 10h55m 11h40m Turno da Tarde 13h35 14h20m 14h20m 15h05m (10 minutos de intervalo) 15h15m 16h00m 16h00m 16h45m (10 minutos de intervalo) 11h50m 12h35m 12h35m 13h20m

16 DESENHOS CURRICULARES

17 Pré-escolar Formação pessoal e Social Conhecimento do Mundo Desenho Curricular / Áreas de conteúdo Expressão e Comunicação Domínios Expressões Matemática Motora/plástica/ Musical/Dramática Linguagem/ abordagem à escrita

18 1.º Ciclo Língua Expressões Matemática Estudo do Meio Portuguesa Artísticas 8h 7h 5h 5h

19 2.º Ciclo Desenho Curricular 5º Ano 6º Ano Língua Portuguesa 6 6 Língua Estrangeira Inglês 3 3 História e Geografia de Portugal 3 3 Matemática 6 6 Ciências da Natureza 3 3 Educação Visual 2 2 Educação Tecnológica 2 2 Educação Musical 2 2 Educação Física 3 3 Apoio ao Estudo 5 5 Formação Cívica 1 1

20 3.º Ciclo Desenho Curricular 7º Ano 8º Ano 9º Ano Língua Portuguesa Inglês Francês História Geografia Matemática Ciências Naturais Ciências Físico-Químicas Educação Visual Tecnologias da Informação e Comunicação Oferta de Escola: Arte Digital Tecnologias da Imagem Educação Física Oferta de Escola: Formação Cívica 1 Oferta Complementas/Oficina de Matemática 1 1

21 Construir o Futuro - Enquadramento do Projeto As propostas para o Projeto Educativo do Agrupamento 2009/2013 pretendem dar continuidade às grandes linhas de orientação e pressupostos nucleares que tem vindo a presidir ao desenvolvimento da ação educativa, relativamente ao triénio anterior.

22 Concretização do PE A concretização do PE traduz-se na implementação de instrumentos de gestão para a vida interna da organização escolar: Regulamento Interno Estrutura de Avaliação Interna Projetos de Desenvolvimento Curricular Observatórios Plano Anual de Atividades

23 DIAGNÓSTICO DE SITUAÇÃO / DEFINIÇÃO DO QUADRO PROBLEMA

24 Ainda registo de insucesso na transição interciclos Nível de qualificação e das famílias Insucesso na Matemática Quadro Problema Hábitos de Saúde pouco saudáveis Comportamentos disruptivos centrados no 2.º ciclo Reduzido número de funcionários

25 Finalidades e Metas do PE Inovação/Motivação/Aproximação/Regulação Construir Futuros Consolidados (Qualidade das aprendizagens e construção de percursos diferenciados sustentáveis) Educação para a Cidadania (Melhoria das competências pessoais e sociais) Intervenção na Comunidade (Aproximar a comunidade da escola; Desenvolvimento de ações de promoção aos contextos) Cidadãos Conscientes e Competentes (Conscientes de princípios e valores e competentes na ação) Melhorar o desempenho profissional (melhorar o desempenho da organização) ATRAVÉS

26 Estratégias de Operacionalização Inovar no processo de ensino/ aprendizagem Motivar os alunos para aprenderem a gostar de aprender Aproximar os alunos da escola e a escola dos alunos Regulamentação comportamental/ gestão da sala de aula e mediação de conflitos

27 Propostas Organizacionais Criação de uma nova turma de currículo alternativo para o 3.º ciclo e continuidade das turmas já existentes no 3.ºciclo Continuação na aposta de criação de turmas C.E.F. Reforço da ação do Gabinete do Aluno junto de alunos, docentes e famílias Desenvolvimento do PTE do Agrupamento incluindo a formação e novos módulos do Moodle para a gestão do PAA Continuação da diversificação das formas de comunicação/divulgação das atividades e ações desenvolvidas no Agrupamento

28 Propostas Organizacionais Reforço da vertente formativa interna do Agrupamento centrada em: competências TIC; Saúde; Gestão e mediação de conflitos e supervisão pedagógica Reforço da articulação entre os Departamentos curriculares e as BECRE do Agrupamento Manutenção e desenvolvimento de Clubes e outras Atividades de Referência Continuação da articulação curricular entre ciclos Promoção do uso das novas TIC em contexto de ensino/aprendizagem

29 Propostas Organizacionais Dinamização de encontros com Pais e E.E. no âmbito da visão da escola, valor da educação e da capacitação parental Valorização dos desempenhos escolares dos alunos nos vários níveis (intervenção cívica, desportiva, artística e académica) Ampliação do modelo de avaliação interna através da introdução de novos domínios de avaliação

30 Plano de Formação para Pessoal Docente Regulação e Mediação Comportamental Novas Tecnologias de Informação e Comunicação Práticas de supervisão pedagógica Educação para a Saúde

31 Plano de Formação para Pessoal não Docente Gestão Administrativa e Financeira Segurança e acompanhamento dos alunos em meio escolar

32 PROJETOS DE DESENVOLVIMENTO E OUTROS PROJETOS E ATIVIDADES DE REFERÊNCIA

33 Projetos e Atividades de Referência Biblioteca /Centro de Recursos - BECRE Programa de Educação para a Saúde - PES Apoio a alunos Língua não materna - GAPE Gabinete do Aluno Plano Tecnológico do Agrupamento - PTE Plano Nacional de Leitura - (PNL) Atividades para a participação da Comunidade Educação para a cidadania Clubes: Teatro; Desporto Escolar e Música.com Articulação com o Conservatório/Formação artística

34 Medidas de Enquadramento e Mediação Disciplinar Programa Stop! (in)disciplina Programa Cidadania e Segurança Oficina de competências pessoais e sociais/tutorias Valência de prevenção e formação Atendimento : Valência de mediação e resolução Medidas de Enquadramento e Mediação Comportamental Encaminhamento para a Biblioteca/Centro de Recursos

35 Diversificação e Adequação da Oferta Educativa Diversificação e adequação da oferta educativa 2º e 3º Ciclo Ensino Articulado da Música Oferta Complementar 5.º, 6.º e 7. º - Formação Cívica Oferta Complementar 8.º e 9.º - Oficinas da Matemática PCA 7.º Ano Artesanato Urbano PCA 8º Ano Organização e Dinamização Desportiva PCA- 9.º Ano Organização e Dinamização Desportiva Educação Formação Jardinagem e Espaços Verdes

36 DESENVOLVIMENTO CURRICULAR: OPÇÕES PRIORITÁRIAS

37 Explicitação das competências prioritárias para o desenvolvimento curricular 1 Mobilizar saberes culturais, científicos e tecnológicos para compreender a realidade e para abordar situações e problemas do quotidiano Abordagem de saberes em contexto; Capacitação para a resolução de problemas; 3 Usar corretamente a Língua Portuguesa para comunicar de forma adequada e para estruturar o pensamento lógico Apropriação da Língua Materna; Desenvolvimento dos processos de comunicação; 5 Adotar metodologias personalizadas de trabalho e de aprendizagem adequadas a objetos visados Apropriação de metodologias apropriadas de trabalho; Desenvolvimento da autonomia e da responsabilidade individual; 9 Cooperar com outros em tarefas e projetos comuns Desenvolvimento do espírito de partilha; Consciencialização e tolerância face à diferença; 10 Relacionar harmoniosamente o corpo com o espaço, numa perspetiva pessoal e interpessoal promotora da saúde e da qualidade de vida Desenvolvimento de competências psicomotoras; Valorização dos espaços escolares;

38 OCUPAÇÃO DOS TEMPOS ESCOLARES E ESTRATÉGIAS DE RECUPERAÇÃO Oficinas de competências e Tutorias Biblioteca/ Centros de Recursos 1º ciclo- Atividades de enrriquecimento curricular Apoio ao estudo Pré Escolar - Componente de apoio à família Apoios e Parcerias Pedagógicas Estratégias de Recuperação/ Ocupação dos Tempos Clubes e Projetos

Agrupamento de Escolas de Alhandra, Sobralinho e S. João dos Montes

Agrupamento de Escolas de Alhandra, Sobralinho e S. João dos Montes Missão do Agrupamento de Escolas de Alhandra, Sobralinho e S. João dos Montes Assegurar a prestação de um serviço público de qualidade na educação, partindo do reconhecimento das condições objectivas do

Leia mais

Agrupamento de Escolas Dr. Bissaya Barreto Castanheira de Pera. Plano. Estudos. Desenvolvimento. Currículo

Agrupamento de Escolas Dr. Bissaya Barreto Castanheira de Pera. Plano. Estudos. Desenvolvimento. Currículo Agrupamento de Escolas Dr. Bissaya Barreto Castanheira de Pera Plano de Estudos e Desenvolvimento do Currículo Educação Pré Escolar A Educação Pré-Escolar afigura-se como a primeira etapa da educação básica

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE ALHANDRA, SOBRALINHO E SÃO JOÃO DOS MONTES PLANO DE MELHORIA IGEC

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE ALHANDRA, SOBRALINHO E SÃO JOÃO DOS MONTES PLANO DE MELHORIA IGEC AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE ALHANDRA, SOBRALINHO E SÃO JOÃO DOS MONTES PLANO DE MELHORIA IGEC SETEMBRO DE 2013 FUNDAMENTOS DO PLANO DE MELHORIA 2013/2015 O Agrupamento assume-se como construtor de uma visão

Leia mais

ORGANIZAÇÃO E GESTÃO CURRICULAR DO AGRUPAMENTO 2013/2014

ORGANIZAÇÃO E GESTÃO CURRICULAR DO AGRUPAMENTO 2013/2014 Escola EB1 João de Deus CÓD. 242 937 Escola Secundária 2-3 de Clara de Resende CÓD. 346 779 AGRUPAMENTO DE CLARA DE RESENDE CÓD. 152 870 ORGANIZAÇÃO E GESTÃO CURRICULAR DO AGRUPAMENTO 2013/2014 (Aprovado

Leia mais

Plano de Articulação Curricular

Plano de Articulação Curricular Plano de Articulação Curricular 2014-2015 Agrupamento de Escolas Fernando Pessoa Índice 1.Introdução... 3 2 2.Prioridades... 4 3.Operacionalização do Plano de Articulação Curricular... 5 4.Monitorização

Leia mais

Plano de Ações de Melhoria

Plano de Ações de Melhoria Plano de Ações de Escola Básica Elias Garcia Escola Básica Miquelina Pombo J. I. da Sobreda 2014/2015 1 INTRODUÇÃO O presente plano de ações de melhoria 2014/15 - resulta da avaliação do plano de ações

Leia mais

Agrupamento de Escolas José Maria dos Santos

Agrupamento de Escolas José Maria dos Santos Agrupamento de Escolas José Maria dos Santos Carta de Missão 2013/2017 Maria Guilhermina Cruz de Pina Madeira Barros Ramos Compromissos Objetivos Estratégias Metas/Critérios de sucesso C1 Sucesso escolar

Leia mais

APRENDIZAGEM, EDUCAÇÃO e CIDADANIA Um Caminho de Sucesso

APRENDIZAGEM, EDUCAÇÃO e CIDADANIA Um Caminho de Sucesso Plano Plurianual de Melhoria APRENDIZAGEM, EDUCAÇÃO e CIDADANIA Um Caminho de Sucesso 1 18 de setembro de 2015 26 de abril de 2013 Organização do Agrupamento de Escolas da Caparica - AEC Secundária do

Leia mais

PROJETO EDUCATIVO 2012/ /16

PROJETO EDUCATIVO 2012/ /16 ESCOLA SECUNDÁRIA/3º CEB POETA AL BERTO, SINES PROJETO EDUCATIVO 2012/13-2015/16 Aprovado pelo Conselho Geral a 8 de abril de 2013. ÍNDICE 1. INTRODUÇÃO... 3 2. MISSÃO... 3 3. VISÃO... 3 4. VALORES..4

Leia mais

Projeto Educativo 2013-2017

Projeto Educativo 2013-2017 Projeto Educativo 2013-2017 A Escola A CONSTRUIR Qualidade dos Recursos Recursos humanos Serviços e equipamentos Instalações Qualidade da Interação com a comunidade Família Comunidade educativa Qualidade

Leia mais

Avaliação Interna. Agrupamento de Escolas de Briteiros 2013/ 2017

Avaliação Interna. Agrupamento de Escolas de Briteiros 2013/ 2017 Avaliação Interna Agrupamento de Escolas de Briteiros 2013/ 2017 Apresentação da Equipa Agradecemos a todos os Alunos, Assistentes Operacionais Administrativos, Docentes, Pais e Encarregados de Educação,

Leia mais

PLANO DE ARTICULAÇÃO. Agrupamento de Escolas Rio Arade. Ano letivo 2012/2013 [Escolha a data] Plano de Articulação / 2013

PLANO DE ARTICULAÇÃO. Agrupamento de Escolas Rio Arade. Ano letivo 2012/2013 [Escolha a data] Plano de Articulação / 2013 Agrupamento de Escolas Rio Arade PLANO DE ARTICULAÇÃO Ano letivo 2012/2013 [Escolha a data] 1 / 9 Índice Nota introdutória... 3 Objetivos Gerais... 4 Estratégias de intervenção... 5 Organização... 6 Procedimentos

Leia mais

Plano Plurianual de Atividades Nota introdutória

Plano Plurianual de Atividades Nota introdutória Nota introdutória O Decreto-Lei n.º 75/2008 de 22 de abril, republicado pelo Decreto-Lei n.º137/2012 de 2 de julho, que regula o regime de autonomia, administração e gestão dos estabelecimentos públicos

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE MELGAÇO. Plano Plurianual de Atividades

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE MELGAÇO. Plano Plurianual de Atividades AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE MELGAÇO Plano Plurianual de Atividades 2014/2017 0 Índice Índice... 1 Introdução... 2 DIMENSÃO PEDAGÓGICA... 3 DIMENSÃO CÍVICA... 7 DIMENSÃO ESCOLA, FAMÍLIA, COMUNIDADE... 9 DIMENSÃO

Leia mais

Objectivos e metas do Projecto Educativo 2010 / 2013

Objectivos e metas do Projecto Educativo 2010 / 2013 Objectivos e metas do Projecto Educativo 2010 / 2013 Objectivos Metas Indicadores 1. Promover a Educação Intercultural/ Melhorar valências da escola Inclusiva. a) Reduzir a taxa de desistência escolar

Leia mais

ESTRUTURA E ORGANIZAÇÃO PEDAGÓGICA E ADMINISTRATIVA DO AGRUPAMENTO

ESTRUTURA E ORGANIZAÇÃO PEDAGÓGICA E ADMINISTRATIVA DO AGRUPAMENTO ESTRUTURA E ORGANIZAÇÃO PEDAGÓGICA E ADMINISTRATIVA DO AGRUPAMENTO 1 Estrutura e Organização Pedagógica e Administrativa 1. Órgão de Administração e Gestão 2. Organização Pedagógica 3. Organização Administrativa

Leia mais

GUIÃO PARA A ELABORAÇÃO DO PROJECTO CURRICULAR DE AGRUPAMENTO

GUIÃO PARA A ELABORAÇÃO DO PROJECTO CURRICULAR DE AGRUPAMENTO GUIÃO PARA A ELABORAÇÃO DO PROJECTO CURRICULAR DE AGRUPAMENTO Após a aprovação no último Conselho Pedagógico de 13 de Outubro de 2010, das líneas orientadoras para a definição das opções estratégicas do

Leia mais

Avaliação de Desempenho. Orientações aos relatores

Avaliação de Desempenho. Orientações aos relatores Avaliação de Desempenho Orientações aos relatores 1. Referenciais de avaliação 1.1. Legislação 1. Referenciais de avaliação 1.2. Referentes internos: a. Projeto Educativo do Agrupamento, b. Projeto Curricular

Leia mais

Agrupamento de Escolas de Alhandra, Sobralinho e S. João dos Montes. Projeto de Ciências Experimentais

Agrupamento de Escolas de Alhandra, Sobralinho e S. João dos Montes. Projeto de Ciências Experimentais Agrupamento de Escolas de Alhandra, Sobralinho e S. João dos Montes Projeto de Ciências Experimentais Mexer com a Ciência Ano Letivo 2015/2016 Índice Introdução. Atitudes e Valores. 3 4 Objetivos.. 5 Sugestão

Leia mais

Escola Secundária José Saramago Mafra. Plano Estratégico

Escola Secundária José Saramago Mafra. Plano Estratégico Escola Secundária José Saramago Mafra Plano Estratégico 2014/2015 Preâmbulo O Plano Estratégico para 2014/2015 visa dar cumprimento ao disposto no artigo 15º do despacho normativo nº 6/2014, de 26 de maio.

Leia mais

Educação Pré-Escolar

Educação Pré-Escolar Educação Pré-Escolar Sendo a primeira etapa na educação básica, as competências gerais para a Educação Pré Escolar constituem um conjunto de princípios para apoiar o Educador de Infância na sua prática,

Leia mais

Plano Anual de 2015-2016. Atividades. Serviço de Psicologia e Orientação (SPO) Fernanda Moedas (Psicóloga SPO)

Plano Anual de 2015-2016. Atividades. Serviço de Psicologia e Orientação (SPO) Fernanda Moedas (Psicóloga SPO) Pl Anual de 2015-2016 Atividades Fernanda Moedas (Psicóloga SPO) Serviço de Psicologia e Orientação de Matosinhos HORÁRIO: Horário extra curricular - (preferencialmente são marcadas sessões com a colaboração

Leia mais

AGRUPAMENTO ESCOLAS SANTOS SIMÕES PLANO DE MELHORIA

AGRUPAMENTO ESCOLAS SANTOS SIMÕES PLANO DE MELHORIA AGRUPAMENTO ESCOLAS SANTOS SIMÕES PLANO DE MELHORIA SETEMBRO 2014 Enquadramento O presente documento surge na sequência do processo de Avaliação Externa realizada ao Agrupamento de Escolas Santos Simões

Leia mais

Agrupamento de Escolas de Vila Flor

Agrupamento de Escolas de Vila Flor RELATÓRIO DE AVALIAÇÃO DO IMPACTO DAS ATIVIDADES DE PROMOÇÃO DO SUCESSO ESCOLAR 2015/2016 INTRODUÇÃO A fim de dar cumprimento ao artigo 15.º do Despacho Normativo n.º 10-A/2015, o Conselho Pedagógico elaborou

Leia mais

PROPOSTA II DO GRUPO DE TRABALHO

PROPOSTA II DO GRUPO DE TRABALHO SCOLA SECUNDÁRIA JOSÉ AFONSO SEIXAL CÓDIGO 401481 Av. José Afonso Cavaquinhas Arrentela 2840 268 Seixal -- Tel. 212276600 Fax. 212224355 PROJETO EDUCATIVO DE ESCOLA PROPOSTA II DO GRUPO DE TRABALHO 2014-2017

Leia mais

Projeto Educativo do Agrupamento Vertical de Escolas Barbosa du Bocage

Projeto Educativo do Agrupamento Vertical de Escolas Barbosa du Bocage Projeto Educativo do Agrupamento Vertical de Escolas Barbosa du Bocage 2012-2015 Escola é... o lugar onde se faz amigos. Não se trata só de prédios, salas, quadros, Programas, horários, conceitos... Escola

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS PROFESSOR PAULA NOGUEIRA

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS PROFESSOR PAULA NOGUEIRA AGRUPAMENTO DE ESCOLAS PROFESSOR PAULA NOGUEIRA Plano de Formação do Agrupamento 2015/2018 Índice 1. Nota Introdutória... 3 2. Enquadramento do Plano de Formação... 4 3. Diagnóstico... 6 4. Objetivos Gerais...

Leia mais

Escola Secundária da Portela

Escola Secundária da Portela Universidade de Lisboa Introdução à Prática Profissional I Escola Secundária da Portela Filipa Burgo Inês Almeida 21 de Janeiro de 2011 Localização Avenida das Escolas, nº20 Portela de Sacavém 2685-202,

Leia mais

PLANO DO DEPARTAMENTO DE LÍNGUAS

PLANO DO DEPARTAMENTO DE LÍNGUAS PLANO DO DEPARTAMENTO DE LÍNGUAS ANO LECTIVO 2010/2011 Introdução O Plano do Departamento de Línguas tem como pressupostos o Projecto Educativo em vigor da Escola Secundária da Baixa da Banheira cujos

Leia mais

ESCOLA SECUNDÁRIA FERREIRA DIAS Relatório de avaliação Final. Melhorar os processos de comunicação interna para otimizar a gestão escolar.

ESCOLA SECUNDÁRIA FERREIRA DIAS Relatório de avaliação Final. Melhorar os processos de comunicação interna para otimizar a gestão escolar. Relatório de avaliação Final AÇÃO DE MELHORIA N.º 1 Final ano letivo 2012-2013 Melhorar os processos de comunicação interna para otimizar a gestão escolar. Renovar a campanha de divulgação e utilização

Leia mais

PROJETO CURRICULAR DE AEMB - DEPARTAMENTO PRÉ ESCOLAR DEPE 2013/2017

PROJETO CURRICULAR DE AEMB - DEPARTAMENTO PRÉ ESCOLAR DEPE 2013/2017 AEMB - DEPE PROJETO CURRICULAR DE DEPARTAMENTO PRÉ ESCOLAR 2013/2017 O Jardim de Infância é um espaço mágico repleto de cores, sons, onde os grandes aprendem com os pequenos o que é ser realmente grande

Leia mais

EXTERNATO JOÃO ALBERTO FARIA Ano Letivo 2014/15

EXTERNATO JOÃO ALBERTO FARIA Ano Letivo 2014/15 EXTERNATO JOÃO ALBERTO FARIA Ano Letivo 2014/15 AVALIAÇÃO 5º ANO 1 Ordem de Trabalhos Ponto um Boas- vindas/apresentação dos intervenientes Ponto dois Desenho curricular e sistema de avaliação no Ensino

Leia mais

PLANO DE AÇÃO DO DEPARTAMENTO DE MATEMÁTICA E CIÊNCIAS EXPERIMENTAIS

PLANO DE AÇÃO DO DEPARTAMENTO DE MATEMÁTICA E CIÊNCIAS EXPERIMENTAIS PLANO DE AÇÃO DO DEPARTAMENTO DE MATEMÁTICA E CIÊNCIAS EXPERIMENTAIS OBJETIVOS EDUCAR EM CIDADANIA 1. RESULTADOS ESCOLARES Alcançar os resultados esperados de acordo com o contexto do agrupamento. Melhorar

Leia mais

CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO NA DISCIPLINA DE FÍSICO-QUÍMICA 3º CICLO

CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO NA DISCIPLINA DE FÍSICO-QUÍMICA 3º CICLO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DA LOUSÃ 161391 CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO NA DISCIPLINA DE FÍSICO-QUÍMICA 3º CICLO 2016-17 Objetivos da avaliação na disciplina de Físico-Química A avaliação na disciplina de Físico-Química

Leia mais

5 de setembro 2017 REUNIÃO GERAL

5 de setembro 2017 REUNIÃO GERAL Subdiretor Sérgio Laranjinho Adjunta da Diretora Cláudia Suzano Diretora Paula Maria Figueira diretor@avp.pt Adjunto da Diretora Luís Silva Adjunta da Diretora Mª José Serelha 5 de setembro 2017 REUNIÃO

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS JOSÉ AFONSO

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS JOSÉ AFONSO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS JOSÉ AFONSO Resumo da proposta final Documento para análise PROJETO EDUCATIVO Análise na matriz SWOT (strenghts, weaknesses, opportunities, threats) pontos fortes/pontos fracos/

Leia mais

AUTOAVALIAÇÃO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS MARQUÊS DE MARIALVA CANTANHEDE BIBLIOTECAS ESCOLARES

AUTOAVALIAÇÃO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS MARQUÊS DE MARIALVA CANTANHEDE BIBLIOTECAS ESCOLARES AUTOAVALIAÇÃO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS MARQUÊS DE MARIALVA CANTANHEDE BIBLIOTECAS ESCOLARES EB Marquês de Marialva EB1 Cantanhede Sul EB1 Ançã EB1 Cadima Áreas de intervenção A. Currículo, literacias e aprendizagem

Leia mais

PLANO ANUAL DE ATIVIDADES

PLANO ANUAL DE ATIVIDADES do Trigal CAMPOS INTERVENÇÃO PROJETO EDUCATIVO ATIVIDADES OBJETIVOS RESPONSÁVEIS DATA LOCAL DESTINATÁRIOS CPI 3 Receção aos novos alunos e formação de utilizadores -Motivar para a utilização da ; -Informar

Leia mais

ESCOLA SECUNDÁRIA DR. SOLANO DE ABREU PROJETO CURRICULAR DE ESCOLA

ESCOLA SECUNDÁRIA DR. SOLANO DE ABREU PROJETO CURRICULAR DE ESCOLA ESCOLA SECUNDÁRIA DR. SOLANO DE ABREU PROJETO CURRICULAR DE ESCOLA ANO LETIVO DE 011 /01 Introdução Uma leitura do Projeto Educativo em vigor permite concluir que o documento consigna os princípios estatuídos

Leia mais

Uma Escola de Cidadania Uma Escola de Qualidade RIA - AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DR. FRANCISCO SANCHES

Uma Escola de Cidadania Uma Escola de Qualidade RIA - AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DR. FRANCISCO SANCHES REGULAMENTO INTERNO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DR. FRANCISCO SANCHES JANEIRO 2014 Índice Capítulo I... 1 Disposições Gerais... 1 Introdução... 1 Artigo 1.º --------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Leia mais

PLANO TIC 1

PLANO TIC 1 2015-2016 PLANO TIC 1 Agrupamento de Escolas de Fornos de Algodres Estrada Nacional n.º 16 6370-147 Fornos de Algodres Tel.: 271700110 Fax: 271700118 www.ae-fa.pt e-mail: aefa.og@ae-fa.pt 2 Equipa PTE

Leia mais

PLANO DE ACTIVIDADES DA BIBLIOTECA ESCOLAR. Ano lectivo de 2013 2014

PLANO DE ACTIVIDADES DA BIBLIOTECA ESCOLAR. Ano lectivo de 2013 2014 PLANO DE ACTIVIDADES DA BIBLIOTECA ESCOLAR Ano lectivo de 2013 2014 A Biblioteca Escolar / Centro de Recursos Educativos, de acordo com o que está definido no Projecto educativo, deste agrupamento (...)

Leia mais

AVALIAÇÃO 5º ANO. 21/10/15 Avaliação 1

AVALIAÇÃO 5º ANO. 21/10/15 Avaliação 1 AVALIAÇÃO 5º ANO 21/10/15 Avaliação 1 Ordem de Trabalhos Ponto um Boas- vindas/apresentação dos intervenientes Ponto dois Desenho curricular e sistema de avaliação no Ensino Básico Ponto três Assiduidade

Leia mais

Avaliação 1

Avaliação 1 AVALIAÇÃO 5º ANO 01-10-2013 Avaliação 1 Ordem de Trabalhos Ponto um Boas-vindas/Apresentação dos intervenientes Ponto dois Desenho curricular e sistema de avaliação no Ensino Básico Ponto três Assiduidade

Leia mais

Planificação de Atividades do Serviço de Psicologia e Orientação Ano Letivo 2012 / 2013

Planificação de Atividades do Serviço de Psicologia e Orientação Ano Letivo 2012 / 2013 Planificação de Atividades do Serviço de Psicologia e Orientação Ano Letivo 2012 / 2013 Psicóloga Ana Rita Antunes (2º e 3º Ciclos e Coordenadora do Serviço de Psicologia e Orientação) Psicóloga Filipa

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE QUELUZ-BELAS PROJETO EDUCATIVO 2013-2017

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE QUELUZ-BELAS PROJETO EDUCATIVO 2013-2017 AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE QUELUZ-BELAS PROJETO EDUCATIVO 2013-2017 Queluz, 13 de março de 2013 ÍNDICE 1. INTRODUÇÃO... 1 2. ENQUADRAMENTO... 1 2.1. População escolar... 1 2.2. Corpo docente... 3 2.3. Pessoal

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS JOSÉ AFONSO. Lançamento do ano letivo 2016/2017

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS JOSÉ AFONSO. Lançamento do ano letivo 2016/2017 AGRUPAMENTO DE ESCOLAS JOSÉ AFONSO Lançamento do ano letivo 2016/2017 O Agrupamento. Unidades educativas EB de Alhos Vedros nº1 192 alunos EB de Alhos Vedros nº2 194alunos EB de Alhos Vedros 225 alunos

Leia mais

Agrupamento de Escolas Rafael Bordalo Pinheiro. Índice

Agrupamento de Escolas Rafael Bordalo Pinheiro. Índice Índice Preâmbulo... 2 1.Diagnóstico estratégico... 4 1.1. Identidade e cultura da instituição; meio envolvente... 4 1.2. Potencialidades (pontos fortes; oportunidades)... 7 1.2.1. Curriculares... 7 1.2.2.

Leia mais

PROJETO EDUCATIVO. a aprender vais longe. (parte II) (Triénio 20012/13, 2013/14, 2014/15)

PROJETO EDUCATIVO. a aprender vais longe. (parte II) (Triénio 20012/13, 2013/14, 2014/15) PROJETO EDUCATIVO a aprender vais longe (parte II) (Triénio 20012/13, 2013/14, 2014/15) 1 Introdução... 3 2 Princípios orientadores... 4 3 Contexto socioeconómico do agrupamento... 5 4 Caracterização do

Leia mais

Agrupamento de Escolas MONSENHOR ELÍSIO ARAÚJO. Projeto PNL 2011/ 2012

Agrupamento de Escolas MONSENHOR ELÍSIO ARAÚJO. Projeto PNL 2011/ 2012 Agrupamento de Escolas MONSENHOR ELÍSIO ARAÚJO Projeto PNL 2011/ 2012 Objetivos/Estratégias do Projeto Objetivos (definidos a partir das Prioridades (1,2,3,4,5,6) Educativas definidas no Projeto Educativo

Leia mais

Agrupamento de Escolas nº4 de Évora Escola Sede: Escola Secundária André de Gouveia 1. ÁREAS DE INTERVENÇÃO

Agrupamento de Escolas nº4 de Évora Escola Sede: Escola Secundária André de Gouveia 1. ÁREAS DE INTERVENÇÃO 1. ÁREAS DE INTERVENÇÃO 1.1. IMPLEMENTAR A ORGANIZAÇÃO E DESENVOLVIMENTO CURRICULAR - Aprimorar ação educativa. Otimizar o desempenho de funções de coordenação. Valorizar a centralidade da escola e do

Leia mais

Escola Básica do 1º Ciclo com Pré-Escolar da Nazaré. Atividade de Enriquecimento Curricular TIC. Pré-Escolar Nenúfares

Escola Básica do 1º Ciclo com Pré-Escolar da Nazaré. Atividade de Enriquecimento Curricular TIC. Pré-Escolar Nenúfares Escola Básica do 1º Ciclo com Pré-Escolar da Nazaré Atividade de Enriquecimento Curricular TIC Pré-Escolar Nenúfares Docente: Telma Sá Ano Letivo: 2015/2016 1 O saber é um processo, não é um produto. Jerome

Leia mais

Código PLANO DE [2016/2020] (IGEC) MELHORIA

Código PLANO DE [2016/2020] (IGEC) MELHORIA Código 160635 PLANO DE [2016/2020] (IGEC) MELHORIA ÍNDICE 1. Introdução... 2 2. Metodologia de trabalho... 3 3. Identificação das áreas de melhoria... 4 4. Desenvolvimento da estratégia... 5 5. Conclusão...

Leia mais

PLANO DE ACÇÃO DA BIBLIOTECA ESCOLAR

PLANO DE ACÇÃO DA BIBLIOTECA ESCOLAR AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE ÁGUEDA PLANO DE ACÇÃO DA BIBLIOTECA ESCOLAR / a / Dezembro de Profª Bibliotecária: Maria Clara Nogueira de Almeida DEFINIÇÃO Documento que apresenta as linhas orientadoras para

Leia mais

DAP DINÂMICAS DE ACÇÃO-PREVENÇÃO

DAP DINÂMICAS DE ACÇÃO-PREVENÇÃO DAP DINÂMICAS DE ACÇÃO-PREVENÇÃO Apresentação do Projecto Escola E.B 2,3 Passos José OBJECTIVOS GERAIS Fomentar a integração dos alunos no contexto escolar, promovendo o sucesso educativo Agir preventiva

Leia mais

1º Ciclo. Competências Gerais do Ensino Básico

1º Ciclo. Competências Gerais do Ensino Básico 1º Ciclo Ao longo do 1º ciclo do Ensino Básico, todos os alunos devem desenvolver as competências gerais do Ensino Básico. Competências Gerais do Ensino Básico 1. Mobilizar saberes culturais, científicos

Leia mais

Avaliação de Desempenho Docente

Avaliação de Desempenho Docente Dicas para a elaboração de um Portefólio Avaliação de Desempenho Docente O PORTEFÓLIO deve conter um registo das reflexões e das práticas e deve estar devidamente documentado. 13-04-2008 1 Deve conter:

Leia mais

PROJECTO CURRICULAR DO AGRUPAMENTO

PROJECTO CURRICULAR DO AGRUPAMENTO PROJECTO CURRICULAR DO AGRUPAMENTO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE MATOSINHOS Pré-Escolar, 1º, 2º e 3º Ciclos do Ensino Básico, Cursos de Educação Formação e Cursos EFA Ano lectivo 2011/2012 1 - INTRODUÇÃO O

Leia mais

GABINETE DE MEDIAÇÃO DE CONFLITOS

GABINETE DE MEDIAÇÃO DE CONFLITOS 2015-2016 GABINETE DE MEDIAÇÃO DE CONFLITOS REGULAMENTO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE FERNANDO PESSOA O presente regulamento reporta-se ao gabinete de mediação de conflitos da EB 23 Fernando Pessoa e pretende

Leia mais

1ª Medida- Crescer a Comunicar

1ª Medida- Crescer a Comunicar 1ª Medida- Crescer a Comunicar 2- Anos de Escolaridade a 3- Designação da Crescer a Comunicar a da execução da ) Atendendo às orientações curriculares/ metas da educação pré -escolar verifica-se que um

Leia mais

Relatório Final de Actividade. Ano Lectivo 2010/2011

Relatório Final de Actividade. Ano Lectivo 2010/2011 Relatório Final de Actividade Ano Lectivo 2010/2011 A) DESENVOLVIMENTO DA ACTIVIDADE DESIGNAÇÃO: (+)APOIAR_PAT RESPONSÁVEIS: MARTHA FERNANDES E LICÍNIO PEREIRA LOCAL: ESCOLA EB 2,3 DIOGO CÃO DINAMIZADORES:

Leia mais

2008 Concelho de Ourique

2008 Concelho de Ourique Plano de Acção 2008 Concelho de Rede Social Programa Rede Social Conselho Local de Acção Social de Janeiro 2008 Ficha Técnica Título: Plano de Acção 2008 do Concelho de Autoria: Núcleo Executivo da Rede

Leia mais

MODELO DE AUTO-AVALIAÇÃO DA BIBLIOTECA ESCOLAR - INSTRUMENTO PEDAGÓGICO DE MELHORIA CONTÍNUA

MODELO DE AUTO-AVALIAÇÃO DA BIBLIOTECA ESCOLAR - INSTRUMENTO PEDAGÓGICO DE MELHORIA CONTÍNUA MODELO DE AUTO-AVALIAÇÃO DA BIBLIOTECA ESCOLAR - INSTRUMENTO PEDAGÓGICO DE MELHORIA CONTÍNUA Luísa Correia. Modelos e práticas de Auto-avaliação de Bibliotecas Escolares RBE Outubro/Dezembro 2010 Pressupostos

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE CANEDO

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE CANEDO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE CANEDO PLANO DE MELHORIA 2013-2015 ÍNDICE PLANO DE MELHORIA... 2 ÁREAS DE MELHORIA... 2 PLANO DE AÇÃO... 3 1. A monitorização da implementação das medidas de apoio delineadas,

Leia mais

PROGRAMA ACOMPANHAMENTO. Jardins de Infância da Rede Privada Instituições Particulares de Solidariedade Social RELATÓRIO DO JARDIM DE INFÂNCIA

PROGRAMA ACOMPANHAMENTO. Jardins de Infância da Rede Privada Instituições Particulares de Solidariedade Social RELATÓRIO DO JARDIM DE INFÂNCIA PROGRAMA ACOMPANHAMENTO Jardins de Infância da Rede Privada Instituições Particulares de Solidariedade Social RELATÓRIO DO JARDIM DE INFÂNCIA Designação: Centro Social de Azurva Endereço: Rua Professor

Leia mais

Plano de Melhoria

Plano de Melhoria Plano de Melhoria 1 Enquadramento O presente Plano de Melhoria resulta, simultaneamente, das orientações emanadas da Inspeção-Geral da Educação e Ciência, que assentam nas sugestões do Conselho Nacional

Leia mais

CHAVE DO FUTURO. Formativa 2015/16. Oferta. está nas tuas mãos. Ensino Secundário Recorrente. Cursos. Educação e Formação de Adultos.

CHAVE DO FUTURO. Formativa 2015/16. Oferta. está nas tuas mãos. Ensino Secundário Recorrente. Cursos. Educação e Formação de Adultos. A CHAVE DO FUTURO está nas tuas mãos Ensino Secundário Recorrente Cursos Educação e Formação de Adultos Cursos Profissionais Cursos Científico-Humanísticos Cursos Vocacionais Orientar Saberes, Desenvolver

Leia mais

Escrito por Administrador Quinta, 05 Fevereiro :48 - Actualizado em Terça, 10 Novembro :11

Escrito por Administrador Quinta, 05 Fevereiro :48 - Actualizado em Terça, 10 Novembro :11 Plano de Ação e Plano Estratégico do Agrupamento 1.Plano de Ação Para dar consecução à missão e aos valores, pretende o Agrupamento desenvolver uma ação educativa alicerçada num conjunto de princípios

Leia mais

MOVIMENTO DA ESCOLA MODERNA

MOVIMENTO DA ESCOLA MODERNA e-mail: mem@mail.telepac.pt Índice ordinal (2005-2011) (2005) Niza, S. (2005). Editorial. Escola Moderna, 23 (5), 3-4. Mata Pereira, M. (2005). O Currículo por Competências: A construção de um instrumento

Leia mais

Agrupamento de Escolas Elias Garcia

Agrupamento de Escolas Elias Garcia Escola Básica Elias Garcia PLANO PLURIANUAL DE ATIVIDADES DO AGRUPAMENTO Agrupamento de Escolas Elias Garcia 2011/2013 PLANO PLURIANUAL DE ATIVIDADES 2011/2013 O Plano Plurianual de constitui um dos documentos

Leia mais

Agrupamento Vertical de Escolas de Leça da Palmeira/ Santa Cruz do Bispo AVALIAÇÃO EXTERNA DAS ESCOLAS 2012 PLANO DE MELHORIA

Agrupamento Vertical de Escolas de Leça da Palmeira/ Santa Cruz do Bispo AVALIAÇÃO EXTERNA DAS ESCOLAS 2012 PLANO DE MELHORIA Agrupamento Vertical de Escolas de Leça da Palmeira/ Santa Cruz do Bispo AVALIAÇÃO EXTERNA DAS ESCOLAS 2012 PLANO DE MELHORIA Leça da Palmeira, Julho 2012 0 INDICE Introdução. Relatório da avaliação externa..

Leia mais

Plano de Melhoria 2016/2019

Plano de Melhoria 2016/2019 Plano de Melhoria 20162019 Outubro 2016 20162017 Índice INTRODUÇÃO... 2 OBJETIVO... 4 ÁREAS DE MELHORIA... 4 IMPLEMENTAÇÃO E MONITORIZAÇÃO... 5 PLANO DE MELHORIA... 6 CONCLUSÃO... 18 ANEXOS... 19 1 INTRODUÇÃO

Leia mais

Plano de Acção do Departamento do 1.º Ciclo 2010 / 2011

Plano de Acção do Departamento do 1.º Ciclo 2010 / 2011 Plano Agrupamento Plano de Acção do Departamento do 1.º Ciclo 2010 / 2011 Prioridades Objectivos Estratégias ACÇÕES METAS AVALIAÇÃO P.1. Obj. 1 E.1 Ao 3.º dia de ausência do aluno, efectuar contacto telefónico,

Leia mais

PROJETO DE AUTOAVALIAÇÃO DO AGRUPAMENTO

PROJETO DE AUTOAVALIAÇÃO DO AGRUPAMENTO Agrupamento de Escolas de Airães Escola Básica e Secundária de Airães PROJETO DE AUTOAVALIAÇÃO DO AGRUPAMENTO Plano de Crescimento Sustentado do Agrupamento Ano letivo 2012-2013 Projeto de Autoavaliação

Leia mais

Caracterização da comunidade escolar

Caracterização da comunidade escolar 1. Corpo discente Caracterização da comunidade escolar O Agrupamento de Escolas de Amareleja é frequentado por um total de 709 alunos, assim distribuídos: Quadro 1: Número de alunos por ciclo/ estabelecimento

Leia mais

PLANO ANUAL DE ATIVIDADES 2015-2016 BIBLIOTECA ESCOLAR

PLANO ANUAL DE ATIVIDADES 2015-2016 BIBLIOTECA ESCOLAR 2015-2016 PLANO ANUAL DE ATIVIDADES BIBLIOTECA ESCOLAR DIRETORA DA BIBLIOTECA ESCOLAR, ANA CARVALHO EXTERNATO D. AFONSO HENRIQUES Largo da Igreja, nº 81 4660-227 Resende Índice 1. Introdução... 2 2. Domínio

Leia mais

EDUCAÇÃO ESPECIAL RESPOSTAS EDUCATIVAS

EDUCAÇÃO ESPECIAL RESPOSTAS EDUCATIVAS INSPEÇÃO-GERAL DA EDUCAÇÃO E CIÊNCIA PROGRAMA ACOMPANHAMENTO EDUCAÇÃO ESPECIAL RESPOSTAS EDUCATIVAS RELATÓRIO Agrupamento de Escolas de Fragoso 2014-2015 RELATÓRIO DE ESCOLA Agrupamento de Escolas de Fragoso

Leia mais

Agrupamento De Escolas Bartolomeu Gusmão E.B.1. Rainha Sta. Isabel

Agrupamento De Escolas Bartolomeu Gusmão E.B.1. Rainha Sta. Isabel Agrupamento De s Bartolomeu Gusmão E.B.1. Rainha Sta. Isabel 1 Introdução Planos anual e plurianual de actividades documentos de planeamento, que definem, em função do projecto educativo, os objectivos,

Leia mais

PROJECTO FUNDAMENTAÇÃO

PROJECTO FUNDAMENTAÇÃO PROJECTO FUNDAMENTAÇÃO No seguimento das propostas apresentadas por esta Direcção Regional de Educação para o Plano de Acompanhamento dos Centros de Recursos TIC (CRTIC) no ano de 2011, com uma linha orientadora

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE MURÇA (152778) Escola Básica e Secundária de Murça (346305) RESULTADOS DA AVALIAÇÃO INTERNA 2011/2012 1º PERÍODO

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE MURÇA (152778) Escola Básica e Secundária de Murça (346305) RESULTADOS DA AVALIAÇÃO INTERNA 2011/2012 1º PERÍODO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE MURÇA (152778) Escola Básica e Secundária de Murça (346305) RESULTADOS DA AVALIAÇÃO INTERNA 2011/2012 1º PERÍODO SUMÁRIO 1. Alunos avaliados 2. Aulas dadas 3. Assiduidade 4. Resultados

Leia mais

1 - Educação Pré- Escolar (Despacho n.º 5220/97, de 4 de agosto) 2-1.º Ciclo do Ensino Básico (DL n.º 139/2012, de 5 de julho, com as alterações

1 - Educação Pré- Escolar (Despacho n.º 5220/97, de 4 de agosto) 2-1.º Ciclo do Ensino Básico (DL n.º 139/2012, de 5 de julho, com as alterações 1 - Educação Pré- Escolar (Despacho n.º 5220/97, de 4 de agosto) 2-1.º Ciclo do Ensino Básico (DL n.º 139/2012, de 5 de julho, com as alterações introduzidas pelo DL n.º 91/2013, de 10 de julho) 3-2.º

Leia mais

Plano de Ações de Melhoria

Plano de Ações de Melhoria AGRUPAMENTO DE ESCOLAS SANTOS SIMÕES Plano de Ações de Melhoria (PAM) Equipa de Autoavaliação: Albertina Pinto, Ana Paula Costa, Ana Paula Neves, Ana Spínola, Benjamim Sampaio, Dina Paulino, Francisco

Leia mais

PLANO DE MELHORIA Agrupamento de Escolas de Celeirós Equipa de Autoavaliação Interna 2014/17

PLANO DE MELHORIA Agrupamento de Escolas de Celeirós Equipa de Autoavaliação Interna 2014/17 PLANO DE MELHORIA Agrupamento de Escolas de Celeirós Equipa de Auto Interna 2014/17 Introdução O presente Plano de Melhoria resulta, em grande parte, das reflexões retiradas da leitura atenta do Relatório

Leia mais

Irene Santos Diretora Pedagógica da Didáxis Cooperativa de Ensino

Irene Santos Diretora Pedagógica da Didáxis Cooperativa de Ensino Diretora Pedagógica da Didáxis Cooperativa de Ensino 13 de maio 2015 Resultados preliminares AEEP 39% Escolas que adotam tempos letivos diferentes de 45/90 61% Escolas que adotam uma organização curricular

Leia mais

Relatório de Ação. Ano Letivo 2011/2012 DESENVOLVIMENTO DA AÇÃO PÚBLICO-ALVO: COMUNIDADE DISCENTE RELATÓRIO DA AÇÃO

Relatório de Ação. Ano Letivo 2011/2012 DESENVOLVIMENTO DA AÇÃO PÚBLICO-ALVO: COMUNIDADE DISCENTE RELATÓRIO DA AÇÃO Relatório de Ação Ano Letivo 2011/2012 DESENVOLVIMENTO DA AÇÃO DESIGNAÇÃO DA AÇÃO: (+) APOIAR GRUPO DA AÇÃO: PREVENÇÃO DO ABANDONO, ABSENTISMO E INDISCIPLINA RESPONSÁVEIS: FRANCISCO COELHO, GINA AFONSO,

Leia mais

2016 /2017. EDUCAÇÃO PRÉ-ESCOLAR Reunião de pais

2016 /2017. EDUCAÇÃO PRÉ-ESCOLAR Reunião de pais 2016 /2017 EDUCAÇÃO PRÉ-ESCOLAR Reunião de pais Ordem de trabalhos: 1. Projeto Educativo de Escola 2. Normas de Funcionamento 3. Programa Próprio de Grupo 4. Outros assuntos 1. Projeto Educativo da Escola

Leia mais

REGRAS DE LANÇAMENTO DE NOTAS E FREQUÊNCIA

REGRAS DE LANÇAMENTO DE NOTAS E FREQUÊNCIA REGRAS DE LANÇAMENTO DE NOTAS E FREQUÊNCIA 2 Sumário 1 - ENSINO REGULAR PERÍODO PARCIAL...3 2 - PEI PROGRAMA DE ENSINO INTEGRAL...4 3 - ETI ESCOLA DE TEMPO INTEGRAL...6 4 - ACD ATIVIDADES CURRICULARES

Leia mais

EDUCAÇÃO ESPECIAL RESPOSTAS EDUCATIVAS

EDUCAÇÃO ESPECIAL RESPOSTAS EDUCATIVAS INSPEÇÃO-GERAL DA EDUCAÇÃO E CIÊNCIA PROGRAMA ACOMPANHAMENTO EDUCAÇÃO ESPECIAL RESPOSTAS EDUCATIVAS RELATÓRIO Agrupamento de Escolas Dr. Francisco Sanches 2016 RELATÓRIO DE ESCOLA Agrupamento de Escolas

Leia mais

Plano de Formação. Agrupamento de Escolas Ribeiro Sanches de Penamacor

Plano de Formação. Agrupamento de Escolas Ribeiro Sanches de Penamacor Plano de Formação Agrupamento de Escolas Ribeiro Sanches de 2016/2017 Educação é moralização Modelagem, acoplagem É realização. Reciprocidade! Educação é saber viver É sempre estar a procurar Um alvo a

Leia mais

CRITÉRIOS GERAIS DE AVALIAÇÃO ENSINO BÁSICO. 4.ª Revisão

CRITÉRIOS GERAIS DE AVALIAÇÃO ENSINO BÁSICO. 4.ª Revisão CRITÉRIOS GERAIS DE AVALIAÇÃO ENSINO BÁSICO 4.ª Revisão Nos termos da alínea f) do artº 26º do Regime de Autonomia, Administração e Gestão, constante do Decreto-Lei nº 115-A/98 de 4 de Maio, com as alterações

Leia mais

Agrupamento de Escolas de Águeda PLANO DE ATIVIDADES Biblioteca Escolar 2013/2014 PLANO DE ATIVIDADES 2013/2014

Agrupamento de Escolas de Águeda PLANO DE ATIVIDADES Biblioteca Escolar 2013/2014 PLANO DE ATIVIDADES 2013/2014 PLANO DE ATIVIDADES 2013/2014 1 DOMÍNIO A Apoio ao desenvolvimento curricular SUBDOMÍNIO: A.1. Curricular da BE com as Estruturas de Coordenação Educativa e Supervisão Pedagógica e os Docentes Escola/comunid.

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE ALAPRAIA. Avaliação

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE ALAPRAIA. Avaliação AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE ALAPRAIA Avaliação METODOLOGIA DE TRABALHO INSTRUMENTOS DE RECOLHA DE INFORMAÇÃO Questionários Autoavaliação do agrupamento Avaliação do PE Público alvo Pessoal docente /não docente

Leia mais

Actividades de dinamização social e melhoria da qualidade de vida

Actividades de dinamização social e melhoria da qualidade de vida Actividades de dinamização social e melhoria da qualidade de vida O EXEMPLO DA CÂMARA MUNICIPAL DE VALONGO EUNICE NEVES OBJECTIVOS Igualdade Direitos Humanos Cidadania Activa e Inclusiva Conciliação Novas

Leia mais

Colégio de Alfragide. Informações 2.º Ano. Ano Letivo 2016/2017 Professor Patrícia Marques

Colégio de Alfragide. Informações 2.º Ano. Ano Letivo 2016/2017 Professor Patrícia Marques Sala 2º ano Colégio de Alfragide Informações 2.º Ano Ano Letivo 2016/2017 Professor Patrícia Marques Equipa Pedagógica Diretor Pedagógico Coordenadora 1º Ciclo Professor Titular Expressão Plástica Educação

Leia mais

anexo 1 Diagnóstico AVALIAÇÃO ESTRATÉGICA

anexo 1 Diagnóstico AVALIAÇÃO ESTRATÉGICA anexo 1 Diagnóstico AVALIAÇÃO ESTRATÉGICA Deficiente preparação de base nas disciplinas nucleares Manifestação de algum desinteresse e desmotivação Baixos níveis de raciocínio crítico/analítico Comportamento/Postura/atitude

Leia mais

P l a n o d e F o r m a ç ã o D E V I A N A D O C A S T E L O A n o l e t i v o

P l a n o d e F o r m a ç ã o D E V I A N A D O C A S T E L O A n o l e t i v o PLANO DE FORMAÇÃO Ano Letivo 205/206 (Decreto-Lei nº 27/205) (Decreto-Lei nº22/204) (Despacho nº8038 4 julho 2008) (Decreto-Lei nº75/2008) s Explicitação das necessidas Atenndo às novas exigências colocadas

Leia mais

Plano de Melhoria 2012/2015. Escola Básica de 1º ciclo com Pré-Escolar de Boaventura

Plano de Melhoria 2012/2015. Escola Básica de 1º ciclo com Pré-Escolar de Boaventura Plano de Melhoria 2012/2015 Escola Básica de 1º ciclo com Pré-Escolar de Boaventura Índice Introdução... 2 Prioridade 1... 3 Prioridade 2... 4 Prioridade 3... 5 Prioridade 4... 6 Considerações finais...

Leia mais

PLANO DE OCUPAÇÃO INTEGRAL DOS TEMPOS ESCOLARES

PLANO DE OCUPAÇÃO INTEGRAL DOS TEMPOS ESCOLARES PLANO DE OCUPAÇÃO INTEGRAL DOS TEMPOS ESCOLARES 2011-2012 Francisco Vitorino Águeda, 6 de setembro de 2011 Página 1 1 - INTRODUÇÃO Nos termos do artº 15º, pontos 1 a 3 do Despacho nº 5328/2011, de 28 de

Leia mais

EDUCAÇÃO ESPECIAL RESPOSTAS EDUCATIVAS

EDUCAÇÃO ESPECIAL RESPOSTAS EDUCATIVAS INSPEÇÃO-GERAL DA EDUCAÇÃO E CIÊNCIA PROGRAMA ACOMPANHAMENTO EDUCAÇÃO ESPECIAL RESPOSTAS EDUCATIVAS RELATÓRIO Agrupamento de Escolas de Fajões 2014-2015 RELATÓRIO DE ESCOLA Agrupamento de Escolas de Fajões

Leia mais

Eliana Lúcia Ferreira Coordenadora do Curso.

Eliana Lúcia Ferreira Coordenadora do Curso. BOAS VINDAS Prezado aluno, Seja bem vindo ao Curso de Licenciatura Plena em Educação Física, modalidade à Distância da Faculdade de Educação Física e Desportos da Universidade Federal de Juiz de Fora (FAEFID/UFJF).

Leia mais