S3 - Explicação sobre endereço e/ou número de telefone dos EUA

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "S3 - Explicação sobre endereço e/ou número de telefone dos EUA"

Transcrição

1 S3 - Explicaçã sbre endereç e/u númer de telefne ds EUA Nme Númer da Cnta (se huver) A preencher seu Frmulári W-8 d IRS, vcê afirma nã ser cidadã u residente ds EUA u utra cntraparte ds EUA para efeit da lei fiscal nrte-americana. Seus registrs de cnta, cntud, indicam que vcê tem um endereç pstal/endereç residencial permanente e/u um númer de telefne ns EUA. Já que um endereç/telefne ns EUA é uma indicaçã de que vcê pde ser residente ds EUA para efeit fiscal, agradeceríams se vcê: 1. Frnecer uma explicaçã para endereç e/u telefne na Parte A abaix; e 2. Preencher a tabela de teste de presença substancial na Parte B abaix (se cabível); e 3. Cnfrme aprpriad, preencher a declaraçã na Parte C OU Parte D abaix. 4. Entregar a declaraçã cmpleta u utrs dcuments necessáris para seu Gerente de Relacinament u em uma de nssas agências. PUBLIC

2 PARTE A EXPLICAÇÃO DE ENDEREÇO/TELEFONE DOS EUA (Selecine uma) 1. Apenas tenh um númer de telefne ns EUA e nã tenh nenhum endereç. 2. Meu endereç ns EUA é de minha residência secundária (exempl: casa de férias) 3. O endereç ns EUA é de meu assessr financeir u jurídic 4. Outrs (explique): Se vcê selecinu 1 (Apena s tenh um númer de telefne ns EUA) acima, prssiga à Parte C, se nã, prssiga à Parte B. PARTE B TESTE DE PRESENÇA SUBSTANCIAL Um fatr a ser cnsiderad a se definir status de residente fiscal ds EUA é númer de dias de permanência daquele n país. Assim, se vcê tiver passad um temp significativ ns EUA, pde ser cnsiderad um U.S Persn. Os registrs em sua cnta indicam um endereç pstal u residencial permanente ns EUA, e precisams frnecer infrmações que cmprvem que vcê nã passu temp significativ lá. Para iss, lhe pedims que faça "Teste de Presença Substancial" descrit abaix. Salv algumas exceções (ver Apêndice 2 d frmulári), alguém é cnsiderad substancialmente presente ns EUA se estiver: 1. Fisicamente presente ns EUA pr, n mínim, 31 dias d an d calendári crrente, e 2. Fisicamente presente ns EUA pr, n mínim, 183 dias durante períd de 3 ans que abrange an calendári crrente e s 2 ans imediatamente anterires a ele, cntabilizand: a. tds s dias em que indivídu esteve presente ns EUA neste an; e b. 1/3 ds dias em que indivídu esteve presente ns EUA n 1º an antes d crrente e 1/6 ds dias em que indivídu esteve presente ns EUA n 2º an antes d crrente. Preencha a tabela a seguir cm base ns dias em que vcê esteve presente ns EUA. (Ver Instruções e Exempl n Apêndice 1 deste frmulári antes de preenchê -l) An An crrente Últim an antes d Penúltim an antes d Ttal de dias Ttal de dias de presença (Camp D) Cálcul (Se vcê passu u pretende passar mens de 31 dias ns EUA n an calendári, clque 0 n camp D abaix e vá para a Seçã (Dividir ttal de dias pr 3) (Dividir ttal de dias pr 6) Dias cntabilizáveis Ressalva: Os detalhes pedids na Parte B sã apenas de caráter infrmativ. Nã s cnsidere uma declaraçã da lei aplicável. O HSBC nã ferece assessria fiscal u jurídica e nenhuma parte deste frmulári (nem s Apêndices) deve ser interpretada cm recmendaçã. Prcure a rientaçã de um cnsultr fiscal u jurídic independente quant à sua situaçã fiscal pessal. PUBLIC - PÚBLICO 2

3 PARTE C DECLARAÇÃO de STATUS NÃO-EUA (se camp D fr menr que 183) Declar que, apesar de ter as ligações supracitadas cm s EUA, pelas razões indicadas neste frmulári nã su uma U.S Persn para fins de efeits fiscais ds EUA. Assin em nme d prtadr da cnta identificad na página 1 deste frmulári e declar ainda estar autrizad a assinar pr esta pessa. Recnheç que dev infrmar em 30 dias cas crra uma mudança que altere meu status cm nã U.S Persn e cncrd em lhes frnecer td e qualquer dcument slicitad cm prva de meu status de nã U.S Persn para efeits fiscais. Se meu status mudar para U.S. Persn, cmunicarei a mudança em 30 dias e cncrd em lhes frnecer Frmulári W-9 d IRS e qualquer utr dcument slicitad, relativ a meu status. A assinar e ste frmulári, também recnheç e cncrd cm que HSBC nã tem qualquer respnsabilidade sbre minhas brigações fiscais e/u legais e/u cnsultria fiscal de terceirs. Escreva seu nme, data e assine abaix. Nme Assinatura Data (DD/MM/AAAA) Em nme de (se frmulári nã fr assinad pel titular/beneficiári) Parte D - PRESENÇA SUBSTANCIAL NOS EUA (Se camp D fr mair u igual a 183) Cas valr d camp D na Parte B seja igual u mair que 183 dias, envie a seguinte dcumentaçã a HSBC em 30 dias da data desta carta: Frmulári W-9 d IRS e Terms de Renúncia a Sigil Bancári PUBLIC - PÚBLICO 3

4 APÊNDICE 1 INSTRUÇÕES PARA A PARTE B 1. Preencha a tabela na Parte B cm númer de dias em que vcê esteve ns EUA em cada um ds ans, e insira ttal de dias na cluna A. 2. Faça cálcul mstrad na cluna B 3. Registre númer de dias a serem cntads para cada an na cluna C 4. Calcule a sma de valres na cluna C e registre ttal de dias n camp D Ante s de preencher a tabela, cnsulte a rientaçã n Apêndice 2 quant à infrmaçã ds dias em que vcê NÃO esteve presente ns EUA (dias ptencialmente excluíds). An An crrente Ttal de dias A1 Cálcul (Se vcê passu u pretende passar mens de 31 dias ns EUA n an calendári, clque 0 na camp D abaix e vá para a Seçã Dias cntabilizáveis A1 = C1 Últim an antes d A2 (Dividir ttal de dias pr 3) A2 3 = C2 Penúltim an antes d A3 (Dividir ttal de dias pr 6) A3 6 = C3 Ttal de dias presente ( Camp D) D = C1 + C2 + C3 EXEMPLO (Cálcul d Teste de Presença Substancial) Se Jã da Silva estivesse fisicamente presente ns Estads Unids pr 120 dias neste an, 09 dias n an anterir e 60 dias 2 ans antes d, para determinar se ele passu n Teste de Presença Substancial neste an, cntabilize: tds s 120 dias de presença neste an, 30 dias n últim an antes d (1/3 de 90), e 10 dias n penúltim an antes d (1/6 de 60) Neste exempl, pel fat d ttal de dias cntabilizáveis n períd de 3 ans ser 160 ( ), Jã da Silva nã seria cnsiderad residente ds EUA segund Teste de Presença Substancial neste an. Titular da cnta: Jã da Silva Númer da cnta: An Ttal de dias Cálcul Dias cntabilizáveis An crrente / An anterir a / 3 30 Segund an anterir a / 6 10 Ttal de dias presente (Camp D) 160 PUBLIC - PÚBLICO 4

5 Apêndice 2 Dias de presença ns Estads Unids Vcê é cnsiderad presente ns EUA em qualquer dia de presença física n país, em qualquer mment d dia. Cntud, há exceções a esta regra. Nã cntabilize s dias abaix cm dias de presença ns EUA para efeit d Teste de Presença Substancial: Dias de viagem a trabalh ns EUA da residência n Canadá u n Méxic, se fr um trajet regular. Dias em que vcê estiver ns EUA pr mens de 24 hras, quand em trânsit entre dis lugares fra ds EUA. Dias em que vcê estiver ns EUA cm membr da tripulaçã de um navi estrangeir. Dias em que vcê nã puder sair ds EUA pr questões médicas que se iniciarem ns EUA. Dias em que vcê estiver temprariamente ns EUA cm atleta prfissinal para cmpetiçã em events sem fins lucrativs Dias em que vcê fr um indivídu isent (ver abaix) Indivídu Isent Nã cntabilize s dias para s quais vcê fr um indivídu isent. O term "indivídu isent" nã se refere a alguém isent ds impsts nrte-americans, mas a tds nas seguintes categrias que estiverem isents da cntabilizaçã de dias de presença ns EUA: 1. Indivídu Relacinad a Gvern Estrangeir u Funcinári de Organizaçã Internacinal ns EUA. Funcinári de Gvern Estrangeir; Funcinári de Organizaçã Internacinal; Geralmente ns EUA cm vist A u G; O status de Indivídu Isent também se aplica a membrs da família imediata (espss u filhs slteirs até 21 ans que residam cm a família). 2. Instrutr, Prfessr, Trainee, Pesquisadr ns EUA cm vist J u Q NÃO abrange estudantes cm vist J u Q; NÃO abrange nenhum estrangeir cm vist J u Q que nã seja estudante (médics, intercambistas, instrutres de acampament, etc.); Se vcê tiver sid instrutr, prfessr, trainee u pesquisadr n an passad, veja a Publicaçã 519 d IRS sbre cm fazer Teste de Presença Substancial O status de Indivídu Isent se aplica a membrs da família imediata cm vist J-2 u Q Estudante ns EUA cm vist F, J, M u Q Se vcê tiver sid estudante n an passad, veja a Publicaçã 519 d IRS sbre cm fazer Teste de Presença Substancial O status de Indivídu Isent se aplica a espss e filhs cm vist F-2, J-2, M-2 u Q-3. Quant a detalhes sbre dias excluíds d Teste de Presença Substancial (inclusive par a indivídus isents) descrits acima, cnsulte a Publicaçã 519 d IRS, Guia Fiscal Nrte-American para Estrangeirs, u as infrmações sbre Teste de Presença Substancial n site d IRS: PUBLIC - PÚBLICO 5

PROGRAMA CLIENTE REFERÊNCIA FH REGULAMENTO

PROGRAMA CLIENTE REFERÊNCIA FH REGULAMENTO PROGRAMA CLIENTE REFERÊNCIA FH REGULAMENTO Última Revisã: 02/06/2014 1. RESUMO CADASTRO Cliente preenche Frmulári de Cadastr CONFIRMAÇÃO DE CADASTRO A FH envia um e-mail de cnfirmaçã de cadastr para cliente

Leia mais

Estácio. Manual Visualizador

Estácio. Manual Visualizador Estáci Manual Visualizadr Versã Data da Mdificaçã Mdificad Pr Cmentáris 1.0 29/09/2015 Lrena Rangel Versã Inicial Visualizadr 2 Cnteúd... 1 1. Cnsultar Requisiçã... 5 2. Cnsultar Pedid... 7 3. Cnsultar

Leia mais

As cópias dos contratos, assim como outros documentos do projeto, a seguir relacionados serão fornecidos após celebração do contrato dos serviços:

As cópias dos contratos, assim como outros documentos do projeto, a seguir relacionados serão fornecidos após celebração do contrato dos serviços: Term de Referência para cntrataçã de Auditres Externs A Rede Nrte-Sul http://www.nrd-sued-netz.de é um departament da DGB Bildungswerk BUND, instituiçã educacinal pertencente à Cnfederaçã ds Sindicats

Leia mais

Descrição do serviço. Visão geral do serviço. Escopo dos serviços Copilot Optimize. Copilot Optimize CAA-1000. Escopo

Descrição do serviço. Visão geral do serviço. Escopo dos serviços Copilot Optimize. Copilot Optimize CAA-1000. Escopo Descriçã d serviç Cpilt Optimize CAA-1000 Visã geral d serviç Esta Descriçã d serviç ( Descriçã d serviç ) é firmada pr vcê, cliente, ( vcê u Cliente ) e a entidade da Dell identificada na fatura de cmpra

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO SEMIÁRIDO PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO SEMIÁRIDO PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO ANEXO 01 A) AMPLA CONCORRÊNCIA Carteira de identidade Cadastr de Pessa Física CPF Certidã de nasciment u de casament (Prtaria MEC N 33 de 02/08/1978) Certidã de Quitaçã Eleitral (Lei 4.737/1965) Cmprvante

Leia mais

APRESENTAÇÃO. João Pessoa, 22 de outubro de 2007. RICARDO VIEIRA COUTINHO Prefeito

APRESENTAÇÃO. João Pessoa, 22 de outubro de 2007. RICARDO VIEIRA COUTINHO Prefeito APRESENTAÇÃO Este manual tem bjetiv de servir cm base de infrmaçã e rientaçã as órgãs setriais de pessal da Administraçã Direta, assim cm as servidres, nde irã encntrar n Manual d Servidr(a) Apsentável

Leia mais

Todo candidato que tenha se declarado como beneficiário da ação afirmativa, definida pela Lei nº /2012, deverá entregar os seguintes documentos:

Todo candidato que tenha se declarado como beneficiário da ação afirmativa, definida pela Lei nº /2012, deverá entregar os seguintes documentos: A) AMPLA CONCORRÊNCIA Carteira de identidade Cadastr de Pessa Física CPF Certidã de nasciment u de casament (Prtaria MEC N 33 de 02/08/1978) Certidã de Quitaçã Eleitral (Lei4.737/1965) Cmprvante de quitaçã

Leia mais

IDENTIFICAÇÃO DO CANDIDATO E DO GRUPO FAMILIAR (fotocópia).

IDENTIFICAÇÃO DO CANDIDATO E DO GRUPO FAMILIAR (fotocópia). DOCUMENTAÇÃO PARA O PROUNI Cmprvaçã de dcuments Ensin Médi; Ficha de Inscriçã, Identificaçã d Candidat e d Grup Familiar; Cmprvaçã de Endereç d Candidat e d Grup Familiar; Cmprvaçã de renda d Candidat

Leia mais

Objetivo: Desenvolver as condições ideais para a boa formulação de objetivos, transformando-os em metas realizáveis.

Objetivo: Desenvolver as condições ideais para a boa formulação de objetivos, transformando-os em metas realizáveis. 1 Transfrmand Snhs em Metas Objetiv: Desenvlver as cndições ideais para a ba frmulaçã de bjetivs, transfrmand-s em metas realizáveis. Públic-Alv: Pessas interessadas em atingir sucess prfissinal e realizaçã

Leia mais

Novo Sistema Almoxarifado

Novo Sistema Almoxarifado Nv Sistema Almxarifad Instruções Iniciais 1. Ícnes padrões Existem ícnes espalhads pr td sistema, cada um ferece uma açã. Dentre eles sã dis s mais imprtantes: Realiza uma pesquisa para preencher s camps

Leia mais

Boletim Técnico. CAGED Portaria 1129/2014 MTE. Procedimento para Implementação. Procedimento para Utilização

Boletim Técnico. CAGED Portaria 1129/2014 MTE. Procedimento para Implementação. Procedimento para Utilização Bletim Técnic CAGED Prtaria 1129/2014 MTE Prdut : TOTVS 11 Flha de Pagament (MFP) Chamad : TPRQRW Data da criaçã : 26/08/2014 Data da revisã : 12/11/2014 País : Brasil Bancs de Dads : Prgress, Oracle e

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MATO GROSSO DO SUL PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MATO GROSSO DO SUL PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO Edital nº26/2015 PROPP/UEMS, 28 de agst de 2015. ABERTURA DE INSCRIÇÕES PARA O PROCESSO SELETIVO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU EM ENSINO EM SAÚDE, MESTRADO PROFISSIONAL, DA UNIVERSIDADE ESTADUAL

Leia mais

Ficha Cadastro Pessoa Física

Ficha Cadastro Pessoa Física Ficha Cadastr Pessa Física Grau de sigil #00 Em se tratand de mais de um titular, preencher uma ficha para cada um. Cas necessári, utilize utra ficha para cmpletar s dads. ads da Cnta na CAIXA Cód. agência

Leia mais

Boletim Técnico. esocial 1ª Liberação

Boletim Técnico. esocial 1ª Liberação Bletim Técnic escial 1ª Liberaçã O escial cnsiste na escrituraçã digital da flha de pagament e das brigações trabalhistas, previdenciárias e fiscais relativas a td e qualquer víncul trabalhista cntratad

Leia mais

BSP Business School São Paulo

BSP Business School São Paulo BSP Business Schl Sã Paul Manual de Slicitações Prcediments e Prazs Sumári Slicitações de Dcuments Atestad cm especificações...1 Atestad de ba cnduta...1 Atestad de frequência...2 Atestad de Matrícula...2

Leia mais

BENEFÍCIO AUXÍLIO CUIDADOR DO IDOSO

BENEFÍCIO AUXÍLIO CUIDADOR DO IDOSO BENEFÍCIO AUXÍLIO CUIDADOR DO IDOSO O QUE É O BENEFÍCIO AUXÍLIO CUIDADOR DO IDOSO? É um auxíli financeir que tem cm bjetiv cntribuir para, u pssibilitar, a cntrataçã de um cuidadr para auxiliar beneficiáris

Leia mais

Ficha Cadastro Pessoa Física

Ficha Cadastro Pessoa Física Ficha Cadastr Pessa Física Grau de sigil #00 Em se tratand de mais de um titular, preencher uma ficha para cada um. Cas necessári, utilize utra ficha para cmpletar s dads. Dads da Cnta na CAIXA Cód. agência

Leia mais

Guia Prático do Estágio. Seu Estágio em 5 Passos

Guia Prático do Estágio. Seu Estágio em 5 Passos Guia Prátic d Estági Seu Estági em 5 Passs O que é Estági? A atividade de estági é um fatr significativ na frmaçã d prfissinal, pr prprcinar a interaçã d alun cm a realidade da prfissã e a cmplementaçã

Leia mais

Gestão de Mão-de-Obra

Gestão de Mão-de-Obra Gestã de Mã-de-Obra Prdut : Micrsiga Prtheus Manutençã de Ativs Versã 10 Chamad : SCUNZM Data da criaçã : 18/08/10 Data da revisã : 08/09/10 País(es) : Brasil Banc de Dads : Tds FNC : 000000191782010 Aplicabilidade

Leia mais

Processo/Instruções de Pagamento para Aplicação no Programa de Sustentabilidade de Pequenas Empresas

Processo/Instruções de Pagamento para Aplicação no Programa de Sustentabilidade de Pequenas Empresas Prcess/Instruções de Pagament para Aplicaçã n Prgrama de Sustentabilidade de Pequenas Empresas Requisits de Elegibilidade 1. A empresa deve estar lcalizada em znas de cnstruçã activa na Alum Rck Avenue

Leia mais

Programa Estágios Profissionais

Programa Estágios Profissionais Prgrama Estágis Prfissinais Cnsiste num estági cm a duraçã de 9 meses, pdend prlngar-se, cm autrizaçã d IEFP, excepcinalmente, até 12 meses, quand fr cmplementad pr um estági a realizar em territóri nacinal

Leia mais

Este documento tem como objetivo definir as políticas referentes à relação entre a Sioux e seus funcionários.

Este documento tem como objetivo definir as políticas referentes à relação entre a Sioux e seus funcionários. OBJETIVO Este dcument tem cm bjetiv definir as plíticas referentes à relaçã entre a Siux e seus funcináris. A Siux se reserva direit de alterar suas plíticas em funçã ds nvs cenáris da empresa sem avis

Leia mais

nddcargo Manual de Utilização Portal Gratuito

nddcargo Manual de Utilização Portal Gratuito nddcarg 4.2.6.0 Manual de Utilizaçã Prtal Gratuit Históric de alterações Data Versã Autr Descriçã 15/04/2014 1 Deiviane F. R. de Suza Criaçã d dcument. 2 1. Intrduçã... 4 2. Funcinalidades d Prtal nddcarg...

Leia mais

Valor das aposentadorias

Valor das aposentadorias Valr das apsentadrias O que é? O cálcul d valr de apsentadrias é a frma cm s sistemas d INSS estã prgramads para cumprir que está previst na legislaçã em vigr e definir valr inicial que vai ser pag mensalmente

Leia mais

Requerimento de subsídio mensal vitalício e subsídio por assistência de terceira pessoa

Requerimento de subsídio mensal vitalício e subsídio por assistência de terceira pessoa Requeriment de subsídi mensal vitalíci e subsídi pr assistência de terceira pessa Instruções Preenchiment n line: Utilize Adbe Acrbat Reader, versã 7.0.5 u superir, qual pde ser btid em http://www.adbe.cm;

Leia mais

PRÊMIO INOVAÇÃO PGQP 2014

PRÊMIO INOVAÇÃO PGQP 2014 QUALIDADE RS PGQP PROGRAMA GAÚCHO DA QUALIDADE E PRODUTIVIDADE PRÊMIO INOVAÇÃO PGQP 2014 GUIA PARA CANDIDATURA SUMÁRIO 1. O PRÊMIO INOVAÇÃO PGQP... 3 1.1 Benefícis... 3 2. PREMIAÇÃO... 3 2.1 Diretrizes

Leia mais

Imersão Digital para Graduandos Gestão básica de comunicação digital para pequenos negócios

Imersão Digital para Graduandos Gestão básica de comunicação digital para pequenos negócios Imersã Digital para Graduands Gestã básica de cmunicaçã digital para pequens negócis Imersã Digital para Graduands Gestã básica de cmunicaçã digital para pequens negócis Iníci: 21 de nvembr de 2017 Valr

Leia mais

FACULDADE AGES CURSO DE ENFERMAGEM REGULAMENTAÇÃO DAS PRÁTICAS EDUCATIVAS ADMINISTRAÇÃO APLICADA A ENFERMAGEM

FACULDADE AGES CURSO DE ENFERMAGEM REGULAMENTAÇÃO DAS PRÁTICAS EDUCATIVAS ADMINISTRAÇÃO APLICADA A ENFERMAGEM FACULDADE AGES CURSO DE ENFERMAGEM REGULAMENTAÇÃO DAS PRÁTICAS EDUCATIVAS ADMINISTRAÇÃO APLICADA A ENFERMAGEM As Práticas Educativas serã realizadas em hráris pré-determinads n períd diurn para aluns regularmente

Leia mais

1. Instruções para preenchido pelos Participantes

1. Instruções para preenchido pelos Participantes 1. Instruções para preenchid pels Participantes O Participante Cetip que deseja ser certificad a realizar a guarda física de ativs cartulares, deve preencher questinári a seguir e enviá-l à Cetip: CETIP

Leia mais

SOGILUB.NET MANUAL DO UTILIZADOR

SOGILUB.NET MANUAL DO UTILIZADOR SOGILUB.NET MANUAL DO UTILIZADOR Índice Intrduçã... 3 Aspect Gráfic... 4 Regist na aplicaçã... 5 Recuperaçã de Códigs de Acess... 6 Área Reservada... 8 Entrar na Área Reservada... 8 Editar Perfil... 9

Leia mais

www.datapar.com.br Descrição Este manual tem como principal finalidade, ajudar os usuários do setor de Patrimônios nos cadastros e movimentação.

www.datapar.com.br Descrição Este manual tem como principal finalidade, ajudar os usuários do setor de Patrimônios nos cadastros e movimentação. Página 1 de 8 Descriçã Este manual tem cm principal finalidade, ajudar s usuáris d setr de Patrimônis ns cadastrs e mvimentaçã. Relaçã ds Tópics a serem vists neste manual - Cadastr Departaments Itens

Leia mais

CÓDIGO DE CONDUTA E ÉTICA POLÍTICA DE CONFLITOS DE INTERESSE

CÓDIGO DE CONDUTA E ÉTICA POLÍTICA DE CONFLITOS DE INTERESSE CÓDIGO DE CONDUTA E ÉTICA POLÍTICA DE CONFLITOS DE INTERESSE Magna Internatinal Inc. Plítica sbre Presentes e Entreteniment 1 POLÍTICA DE CONFLITOS DE INTERESSE Clabradres da Magna devem agir de acrd cm

Leia mais

SUMÁRIO 1 Documentação de Código Fonte... 03 1.1 Ativação... 03 1.2 Integração dos Dados... 05 2. Integraç ão com e-commerce Ciashop...

SUMÁRIO 1 Documentação de Código Fonte... 03 1.1 Ativação... 03 1.2 Integração dos Dados... 05 2. Integraç ão com e-commerce Ciashop... 1 SUMÁRIO 1 Dcumentaçã de Códig Fnte... 03 1.1 Ativaçã... 03 1.2 Integraçã ds Dads... 05 2. Integraçã cm e-cmmerce Ciashp... 47 Cmpartilhar Estque 3. Publicar Prduts... 56 4. Alterar Prduts... 56 5. Excluir

Leia mais

INFORMAÇÕES COMPLEMENTARES DO PACOTE TURÍSTICO INTERNACIONAL

INFORMAÇÕES COMPLEMENTARES DO PACOTE TURÍSTICO INTERNACIONAL INFORMAÇÕES COMPLEMENTARES DO PACOTE TURÍSTICO INTERNACIONAL MSC DIVINA MIAMI 2017 Os valres infrmads sã para n máxim 2 cupantes pr cabine. Favr slicitar através d cntact center a ctaçã ds valres d pacte

Leia mais

2. A programação completa e mais informações estarão disponíveis no site www.gar.esp.br.

2. A programação completa e mais informações estarão disponíveis no site www.gar.esp.br. REGULAMENTO 1. Sbre Event 1. A Gramad Adventure Running é uma prva de revezament junt à natureza que será realizada n dia 09/05/2015 (Sábad) em Gramad, n Estad d Ri Grande d Sul, cm participaçã de ambs

Leia mais

PROGRAMA DE REALIZAÇÃO E APOIO A EVENTOS DE ESPORTE, LAZER E INCLUSÃO SOCIAL

PROGRAMA DE REALIZAÇÃO E APOIO A EVENTOS DE ESPORTE, LAZER E INCLUSÃO SOCIAL MINISTÉRIO DO ESPORTE SECRETARIA NACIONAL DE ESPORTE, EDUCAÇÃO, LAZER E INCLUSÃO SOCIAL DEPARTAMENTO DE GESTÃO DE PROGRAMAS DE ESPORTE, EDUCAÇÃO, LAZER E INCLUSÃO SOCIAL PROGRAMA DE REALIZAÇÃO E APOIO

Leia mais

INFORMAÇÕES COMPLEMENTARES DO PACOTE TURÍSTICO INTERNACIONAL

INFORMAÇÕES COMPLEMENTARES DO PACOTE TURÍSTICO INTERNACIONAL INFORMAÇÕES COMPLEMENTARES DO PACOTE TURÍSTICO INTERNACIONAL MSC FANTASIA MARTINICA 2017/2018 Os valres infrmads sã para n máxim 2 cupantes pr cabine. Favr slicitar através d cntact center a ctaçã ds valres

Leia mais

Admissões para Creche e Pré-escolar 2016 / 2017

Admissões para Creche e Pré-escolar 2016 / 2017 Admissões para Creche e Pré-esclar 2016 / 2017 1ª Fase: Pré-candidatura Decrre entre 4 a 29 de Janeir (2016): - Ficha de candidatura devidamente preenchida e assinada (dispnível na Secretaria u n site:

Leia mais

IMPOSTO SOBRE O RENDIMENTO DAS PESSOAS COLETIVAS RENDIMENTOS SUJEITOS A IRS

IMPOSTO SOBRE O RENDIMENTO DAS PESSOAS COLETIVAS RENDIMENTOS SUJEITOS A IRS IMPOSTO SOBRE O RENDIMENTO DAS PESSOAS COLETIVAS RENDIMENTOS SUJEITOS A IRS QUEM ESTÁ OBRIGADO A PAGAR IRC REGIMES DE TRIBUTAÇÃO PERÍODO DE TRIBUTAÇÃO (%) TAXAS DE IRC Sujeit passiv Cntinente Madeira Açres

Leia mais

Inscrição do Candidato ao Processo de Credenciamento

Inscrição do Candidato ao Processo de Credenciamento Inscriçã d Candidat a Prcess de Credenciament O link de inscriçã permitirá que candidat registre suas infrmações para participar d Prcess de Credenciament, cnfrme Edital. Após tmar ciência de td cnteúd

Leia mais

10. Escreva um programa que leia um texto e duas palavras e substitua todas as ocorrências da primeira palavra com a segunda palavra.

10. Escreva um programa que leia um texto e duas palavras e substitua todas as ocorrências da primeira palavra com a segunda palavra. Lista de Exercícis: Vetres, Matrizes, Strings, Pnteirs e Alcaçã Obs: Tdas as questões devem ser implementadas usand funções, pnteirs e alcaçã 1. Faça um prgrama que leia um valr n e crie dinamicamente

Leia mais

Módulo Aquisição - Fluxo do Modelo Conceitual

Módulo Aquisição - Fluxo do Modelo Conceitual MAC439 - Labratóri de Banc de Dads 2 semestre/2004 Módul Aquisiçã - Flux d Mdel Cnceitual Grup: Andersn R. P. Buen Fernand de Suza Prad Lucian Mezzantte Sares Tessie Ikemri 1. Apresentaçã Este dcument

Leia mais

Sobretaxa de IRS em vigor em 2016 ERP eticadata

Sobretaxa de IRS em vigor em 2016 ERP eticadata Sbretaxa de IRS em vigr em 2016 ERP eticadata CONTEÚDO 01 INTRODUÇÃO... 3 02 TABELAS DE RETENÇÃO DA SOBRETAXA DE IRS EM VIGOR EM 2016... 4 02.01 LEI Nº159-D/2015, DE 30 DE DEZEMBRO... 4 02.02 DESPACHO

Leia mais

Avaliação Imobiliária e Manutenção das Construções

Avaliação Imobiliária e Manutenção das Construções Avaliaçã Imbiliária e Manutençã das Cnstruções 1ª Épca 15 de junh de 2016 (11h30) (V1.26 V1.25) Nme: Númer: Duraçã ttal sem interval: 1,45 hras Ntas: I. Nã é permitida a cnsulta de quaisquer ntas u dcuments,

Leia mais

Tutorial de acesso ao Sistema de Gestão de Telefonia - Novartis

Tutorial de acesso ao Sistema de Gestão de Telefonia - Novartis Sã Paul, 17 de Setembr de 2014 Tutrial de acess a Sistema de Gestã de Telefnia - Nvartis Telefnia Móvel Page: 1 / 12 Sumári 1. PRIMEIRO ACESSO... 3 2. ACESSAR O SISTEMA DIRETAMENTE DO BROWSER DO SEU COMPUTADOR...

Leia mais

Diretoria de Regulação de Emissores (DRE)

Diretoria de Regulação de Emissores (DRE) Diretria de Regulaçã de Emissres (DRE) Principais alterações a Regulament e Manual d Emissr 14/03/2016 x Cnfidencial Us Us Intern Públic 1 Regulament e Manual: principais alterações Divulgaçã: até 31/març.

Leia mais

EURONEXT LISBON Sociedade Gestora de Mercados Regulamentados, S.A. MANUAL DE NEGOCIAÇÃO

EURONEXT LISBON Sociedade Gestora de Mercados Regulamentados, S.A. MANUAL DE NEGOCIAÇÃO INSTRUÇÃO DA EURONEXT N.º 01 Ns terms d Regulament I, s terms iniciads pr maiúsculas têm mesm significad ds que se encntram definids n capítul I n referid Regulament I. MANUAL DE NEGOCIAÇÃO 1 MANUAL DE

Leia mais

CTH - ALERT REFERRAL NOVAS FUNCIONALIDADES/Perfil Administrativo Centro de Saúde

CTH - ALERT REFERRAL NOVAS FUNCIONALIDADES/Perfil Administrativo Centro de Saúde Cnsulta a Temp e Hras CTH - ALERT REFERRAL NOVAS FUNCIONALIDADES/Perfil Administrativ Centr de Saúde 2013 ALERT Life Sciences Cmputing, S.A.. Tds s direits reservads. A ALERT Life Sciences Cmputing, S.A.

Leia mais

FKcorreiosg2_cp1 - Complemento Transportadoras

FKcorreiosg2_cp1 - Complemento Transportadoras FKcrreisg2_cp1 - Cmplement Transprtadras Instalaçã d módul Faça dwnlad d arquiv FKcrreisg2_cp1.zip, salvand- em uma pasta em seu cmputadr. Entre na área administrativa de sua lja: Entre n menu Móduls/Móduls.

Leia mais

Cursos Extracurriculares Ed. Infantil e Fund. I

Cursos Extracurriculares Ed. Infantil e Fund. I Curss Extracurriculares e Fund. I Prezads Pais u Respnsáveis, Para facilitar a dinâmica das famílias, Clégi ferece curss extracurriculares em diversas mdalidades para s aluns da Educaçã Infantil e d Ensin

Leia mais

Parecer Consultoria Tributária Segmentos Escrituração Contábil Digital ECD

Parecer Consultoria Tributária Segmentos Escrituração Contábil Digital ECD Parecer Cnsultria Tributária Segments Escrituraçã Cntábil Digital ECD 23/12/2013 Parecer Cnsultria Tributária Segments Títul d dcument Sumári Sumári... 2 1. Questã... 3 2. Nrmas Apresentadas Pel Cliente...

Leia mais

APOLLO 13 MISSÃO AGROTECH REGULAMENTO GERAL (MANUAL DE INSTRUÇÕES)

APOLLO 13 MISSÃO AGROTECH REGULAMENTO GERAL (MANUAL DE INSTRUÇÕES) APOLLO 13 MISSÃO AGROTECH REGULAMENTO GERAL (MANUAL DE INSTRUÇÕES) A Missã Agrtech é cmpsta de 4 estágis: ESTÁGIO 1 Cnhecend as DORES d Agrnegócis Hustn, we have a prblem ESTÁGIO 2 Ind a CAMPO Pisand n

Leia mais

PREENCHER DE FORMA LEGÍVEL

PREENCHER DE FORMA LEGÍVEL RECIBO Eu,, recebi da Cmissã Especial de Credenciament da Agência Nacinal de Energia Elétrica - ANEEL, Edital de Credenciament nº 002/2003 cntend tdas as infrmações necessárias referentes à dcumentaçã

Leia mais

Instruções auxiliares de preenchimento

Instruções auxiliares de preenchimento Instruções auxiliares de preenchiment Preenchiment n-line: Utilize Adbe Acrbat Reader, versã 7.0.5 u superir, qual pde ser btid em http://www.adbe.cm; Seleccine a pçã Preenchiment e envi n-line ; Recmenda-se

Leia mais

RANKING ESTELA GOLF CLUB 2017

RANKING ESTELA GOLF CLUB 2017 Regulament 1. Participantes: Prvas abertas a tds (as) sócis (as) e nã sócis (as), cm Handicap EGA activ até a máxim de 28,0 (Hmens) e 36,0 (Senhras). 2. Inscrições: Devem ser feitas através d nss e-mail

Leia mais

Trabalhos Práticos. Programação II Curso: Engª Electrotécnica - Electrónica e Computadores

Trabalhos Práticos. Programação II Curso: Engª Electrotécnica - Electrónica e Computadores Trabalhs Prátics Prgramaçã II Curs: Engª Electrtécnica - Electrónica e Cmputadres 1. Objectivs 2. Calendarizaçã 3. Nrmas 3.1 Relatóri 3.2 Avaliaçã 4. Prpstas Na disciplina de Prgramaçã II é prpst um trabalh,

Leia mais

Cartilha para Cadastro de Clientes e Fornecedores

Cartilha para Cadastro de Clientes e Fornecedores Cartilha para Cadastr de Clientes e Frnecedres Objetiv Cadastr de Clientes e Frnecedres Visand uma linguagem única entre Essilr e Lapas, esta cartilha e tem bjetiv de trnar melhr entendiment d cadastr

Leia mais

Ficha de Informações de Segurança de Produtos Químicos 1 IDENTIFICAÇÃO

Ficha de Informações de Segurança de Produtos Químicos 1 IDENTIFICAÇÃO Ficha de Infrmações de Segurança de Prduts Químics,2016, 3M Cmpany Direits autrais reservads à 3M Cmpany. A cópia e/u dwnlad desta infrmaçã cm bjetiv de utilizar crretamente s prduts 3M é permitida desde

Leia mais

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE ASSESSORIA CONTÁBIL

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE ASSESSORIA CONTÁBIL CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE ASSESSORIA CONTÁBIL Cntratante: O CONSELHO REGIONAL DE SERVIÇO SOCIAL - 12º REGIÃO, pessa jurídica de direit públic cnstituída sb a frma de autarquia fiscalizadra,

Leia mais

Informações Importantes 2015

Informações Importantes 2015 Infrmações Imprtantes 2015 CURSOS EXTRACURRICULARES N intuit de prprcinar uma frmaçã cmpleta para alun, Clégi Vértice ferece curss extracurriculares, que acntecem lg após as aulas regulares, tant n períd

Leia mais

LÓGICA FORMAL parte 2 QUANTIFICADORES, PREDICADOS E VALIDADE

LÓGICA FORMAL parte 2 QUANTIFICADORES, PREDICADOS E VALIDADE LÓGICA FORMAL parte 2 QUANTIFICADORES, PREDICADOS E VALIDADE Algumas sentenças nã pdem ser expressas apenas cm us de símbls prpsicinais, parênteses e cnectivs lógics exempl: a sentenç a Para td x, x >0

Leia mais

Rescisão Complementar

Rescisão Complementar Rescisã Cmplementar Cm gerar rescisã cmplementar n sistema? N menu Móduls\ Rescisã\ Rescisã Cmplementar estã dispníveis as rtinas que permitem cálcul da rescisã cmplementar. É pssível calcular cmplementar

Leia mais

Atuação das Organizações da Sociedade Civil na formação docente

Atuação das Organizações da Sociedade Civil na formação docente ANEXO III Frmulári pesquisa quantitativa (segunda etapa d estud) Atuaçã das Organizações da Sciedade Civil na frmaçã dcente Obrigad pr acessar questinári da pesquisa de mapeament d trabalh das rganizações

Leia mais

Guia de Acolhimento do Utente

Guia de Acolhimento do Utente Guia de Aclhiment d Utente Data da Aprvaçã: --/--/2016 A USF Nva Salus é uma Unidade de Prestaçã de Cuidads de Saúde Primáris cm autnmia funcinal que está integrada n ACES Grande Prt VIII-Gaia. A Equipa:

Leia mais

PERGUNTAS E RESPOSTAS

PERGUNTAS E RESPOSTAS Ref.: nº 21/2013 Resluçã nº 13 d Senad Federal Unificaçã das alíqutas interestaduais de ICMS em 4% para prduts imprtads. (Atualizaçã) 1. Intrduçã Visand acabar cm a chamada guerra ds prts (disputa entre

Leia mais

Programa IBP de Bolsas de Mestrado

Programa IBP de Bolsas de Mestrado 1. Infrmações Gerais Prgrama IBP de Blsas de Mestrad Term de Referência 8 Cicl - 2014 O Institut Brasileir de Petróle, Gás e Bicmbustíveis, ciente da imprtância da frmaçã de prfissinais cm capacitaçã adequada

Leia mais

Legenda da Guia de Tratamento Odontológico

Legenda da Guia de Tratamento Odontológico Legenda da Guia de Tratament Odntlógic Term Registr NS Nº da n prestadr Num. d Camp na Númer da principal 3 Data da autrizaçã Senha senha 1 2 4 5 6 Nme d camp na Registr NS Númer da n prestadr Númer da

Leia mais

1. O Programa. 2. Conteúdo programático

1. O Programa. 2. Conteúdo programático EDITAL SENAI-UFPE-ACCENTURE-FACEPE 01/2016 O Departament Reginal d Serviç Nacinal de Aprendizagem Industrial de Pernambuc SENAI-PE, trna públic presente Edital que estabelece prcess de Seleçã e Admissã,

Leia mais

Boletim Econômico Edição nº 71 maio de 2014 Organização: Maurício José Nunes Oliveira Assessor econômico

Boletim Econômico Edição nº 71 maio de 2014 Organização: Maurício José Nunes Oliveira Assessor econômico Bletim Ecnômic Ediçã nº 71 mai de 2014 Organizaçã: Mauríci Jsé Nunes Oliveira Assessr ecnômic A Bancarizaçã d país e a disparada das reclamações cntra s bancs 1 Queixas cntra bancs disparam Quand a relaçã

Leia mais

CONSELHO REGIONAL DE ENGENHARIA E AGRONOMIA DO RIO GRANDE DO SUL - CREA-RS

CONSELHO REGIONAL DE ENGENHARIA E AGRONOMIA DO RIO GRANDE DO SUL - CREA-RS APÊNDICE 1 TIPO DE PROCESSO: CAPACITAÇÃO FUNCIONAL (A) Curs (B) Treinament (C) Seminári/Event Versã Abril/2017 DESCRIÇÃO DO TIPO DE PROCESSO Nme d Tip de Prcess: CAPACITAÇÃO FUNCIONAL (A) Mdalidade: Curs

Leia mais

1 Criando uma conta no EndNote

1 Criando uma conta no EndNote O EndNte Basic (anterirmente cnhecid pr EndNte Web), é um sftware gerenciadr de referências desenvlvid pela Editra Thmsn Reuters. Permite rganizar referências bibligráficas para citaçã em artigs, mngrafias,

Leia mais

Preparação para a Certificação de Gestor da Qualidade - Excelência Organizacional

Preparação para a Certificação de Gestor da Qualidade - Excelência Organizacional Preparaçã para a Certificaçã de Gestr da Qualidade - Excelência Organizacinal OBJETIVOS DO CURSO Apresentar as participantes s cnteúds d Crp de Cnheciment necessáris à certificaçã, pssibilitand que aprimrem

Leia mais

www.highskills.pt geral@highskills.pt Índice Designaçã d Curs... 2 Duraçã Ttal d Curs de Frmaçã... 2 Destinatáris... 2 Objetiv Geral... 2 Objetivs Específics... 2 Estrutura mdular e respectiva carga hrária...

Leia mais

Roteiro de Implanta. Página 1 de 6. Cadastros Básicos. Abrangência. Versão 7.

Roteiro de Implanta. Página 1 de 6. Cadastros Básicos.  Abrangência. Versão 7. http://dem.micrsiga.cm.br/w_wex011.apw?cd=030641 Página 1 de 6 Rteir de Implanta Revisã: 19/07/2004 Abrangência Versã 7.10 Cadastrs Básics Dicas: Explique a necessidade d preenchiment ds brigatóris ( camps

Leia mais

EDITAL Nº 001/2017 PROCESSO SELETIVO PARA CONTRATAÇÃO DE PESSOAL PARA UNIDADE CLÍNICA AMBULATORIAL DE JUNDIAPEBA ÚNICA DR. ARTHUR DOMINGOS FAIS

EDITAL Nº 001/2017 PROCESSO SELETIVO PARA CONTRATAÇÃO DE PESSOAL PARA UNIDADE CLÍNICA AMBULATORIAL DE JUNDIAPEBA ÚNICA DR. ARTHUR DOMINGOS FAIS Decret 93081 de 07.08.1986 Entidade Filantrópica Decret-Lei 1572 de 01.09.1977 CNPJ 44.690.238/0001-61 Registr Cartóri de Registr de Imóveis de Bariri N. 247 03.04.1923 www.svitalesaude.rg.br EDITAL Nº

Leia mais

Tutorial de criação de um blog no Blogger

Tutorial de criação de um blog no Blogger Tutrial de criaçã de um blg n Blgger Bem-vind a Blgger! Este guia pde ajudar vcê a se familiarizar cm s recurss principais d Blgger e cmeçar a escrever seu própri blg. Para cmeçar a usar Blgger acesse

Leia mais

Agenda. A interface de Agendamento é encontrada no Modulo Salão de Vendas Agendamento Controle de Agendamento, e será apresentada conforme figura 01.

Agenda. A interface de Agendamento é encontrada no Modulo Salão de Vendas Agendamento Controle de Agendamento, e será apresentada conforme figura 01. Agenda Intrduçã Diariamente cada um ds trabalhadres de uma empresa executam diversas atividades, muitas vezes estas atividades tem praz para serem executadas e devem ser planejadas juntamente cm utras

Leia mais

1 CORRIDA NOTURNA UNIMED CASCAVEL REGULAMENTO OFICIAL

1 CORRIDA NOTURNA UNIMED CASCAVEL REGULAMENTO OFICIAL 1 CORRIDA NOTURNA UNIMED CASCAVEL A 1 Crrida Nturna Unimed Cascavel é uma nva prpsta de lazer, diversã, prmçã da saúde e da qualidade de vida ds mradres de Cascavel e Regiã. O event é cmpst pr crrida,

Leia mais

ELETRICIDADE E MAGNETISMO

ELETRICIDADE E MAGNETISMO PONIFÍCIA UNIVERSIDADE CAÓLICA DE GOIÁS DEPARAMENO DE MAEMÁICA E FÍSICA Prfessres: Edsn Vaz e Renat Medeirs ELERICIDADE E MAGNEISMO NOA DE AULA II Giânia 2014 1 ENERGIA POENCIAL ELÉRICA E POENCIAL ELÉRICO

Leia mais

PROCEDIMENTO CORPORATIVO DIVISÃO DE CRÉDITO E COBRANÇA TÍTULO: ANÁLISE DE DOCUMENTAÇÃO GOVERNO SEGMENTO TOP E PME

PROCEDIMENTO CORPORATIVO DIVISÃO DE CRÉDITO E COBRANÇA TÍTULO: ANÁLISE DE DOCUMENTAÇÃO GOVERNO SEGMENTO TOP E PME TÍTULO: PC 2 1/9 Objetiv: Apresentar as regras gerais para análise da dcumentaçã de pedids prvenientes d segment Gvern da carteira TOP e PME. Abrangência: Nacinal Cnceit Licitar Hmlgar Adjudicar ferecer

Leia mais

SMART CONTROLE DO ESTOQUE DE GONDOLA

SMART CONTROLE DO ESTOQUE DE GONDOLA SMART CONTROLE DO ESTOQUE DE GONDOLA O prcess de cntrle de estque de gôndla fi desenvlvid cm uma prcess de auxili a cliente que deseja cntrlar a quantidade de cada item deve estar dispnível para venda

Leia mais

QUESTÕES DISCURSIVAS

QUESTÕES DISCURSIVAS QUESTÕES DISCURSIVAS Questã 1 Um cliente tenta negciar n banc a taa de jurs de um empréstim pel praz de um an O gerente diz que é pssível baiar a taa de jurs de 40% para 5% a an, mas, nesse cas, um valr

Leia mais

O uso de amostras. Desvantagens: Perda no nível de confiança; Diminuição da precisão dos resultados. POPULAÇÃO (N) AMOSTRA(n)

O uso de amostras. Desvantagens: Perda no nível de confiança; Diminuição da precisão dos resultados. POPULAÇÃO (N) AMOSTRA(n) Amstragem O us de amstras POPULAÇÃO (N) AMOSTRA(n) Desvantagens: Perda n nível de cnfiança; Diminuiçã da precisã ds resultads. Vantagens: Cust; Temp; Acessibilidade; O us de amstras Pssibilidade de mair

Leia mais

Anexo V. Software de Registro Eletrônico em Saúde. Implantação em 2 (duas) Unidades de Saúde

Anexo V. Software de Registro Eletrônico em Saúde. Implantação em 2 (duas) Unidades de Saúde Anex V Sftware de Registr Eletrônic em Saúde Implantaçã em 2 (duas) Unidades de Saúde Índice 1 INTRODUÇÃO... 3 2 ESTRATÉGIAS E PROCEDIMENTOS DE IMPLANTAÇÃO... 3 4 INFRAESTRUTURA NAS UNIDADES DE SAÚDE -

Leia mais

Layout de integração com webservices de clientes. Serviço de autenticação do beneficiário

Layout de integração com webservices de clientes. Serviço de autenticação do beneficiário Layut de integraçã cm webservices de clientes Serviç de autenticaçã d beneficiári Alterações n dcument Data Autr Assunt Descriçã 20/04/2015 Gerald Felix Junir Legislaçã O layut fi alterad para inclusã

Leia mais

Como ajustar o projeto para integrá-lo com o Moodle

Como ajustar o projeto para integrá-lo com o Moodle Cm ajustar prjet para integrá-l cm Mdle Prjet Cm cadastrar um prjet de curs presencial u à distância O prcediment para cadastrar um prjet de curs é igual a prcediment de cadastr tradicinal de prjets, cm

Leia mais

Classificações ECTS. - Resultados da aplicação experimental às disciplinas do IST - Carla Patrocínio

Classificações ECTS. - Resultados da aplicação experimental às disciplinas do IST - Carla Patrocínio Classificações ECTS - Resultads da aplicaçã experimental às disciplinas d IST - Carla Patrcíni Crd.: Drª Marta Pile Gabinete de estuds e planeament Institut Superir Técnic Janeir, 2003 1. Enquadrament

Leia mais

O fomento e a seleção de Planos de Negócio no âmbito do Inova Energia se destinará a cadeias produtivas ligadas às três linhas temáticas a seguir:

O fomento e a seleção de Planos de Negócio no âmbito do Inova Energia se destinará a cadeias produtivas ligadas às três linhas temáticas a seguir: Objetivs O Plan de Açã Cnjunta Inva Energia é uma iniciativa destinada à crdenaçã das ações de fment à invaçã e a aprimrament da integraçã ds instruments de api dispnibilizads pel BNDES, pela Agência Nacinal

Leia mais

Infisc. Programa Validador de Lotes de DMS-e Manual de uso do Programa Validador de Arquivo XML para DMS- e

Infisc. Programa Validador de Lotes de DMS-e Manual de uso do Programa Validador de Arquivo XML para DMS- e Prgrama Validadr de Ltes de DMS-e Manual de us d Prgrama Validadr de Arquiv XML para DMS- e Este manual destina- se a rientar s cntribuintes em cm validar arquivs XML para a remessa de ltes de DMSe. Farrupilha

Leia mais

FUNDAÇÃO DE APOIO À PESQUISA DO DISTRITO FEDERAL CARTA DE SERVIÇOS

FUNDAÇÃO DE APOIO À PESQUISA DO DISTRITO FEDERAL CARTA DE SERVIÇOS FUNDAÇÃO DE APOIO À PESQUISA DO DISTRITO FEDERAL CARTA DE SERVIÇOS GOVERNO DE BRASÍLIA Rdrig Rllemberg Gvernadr d Distrit Federal Sérgi Sampai Secretári de Estad da Casa Civil, Relações Institucinais e

Leia mais

As informações apresentadas neste documento não dispensam a consulta da legislação em vigor e o Programa da disciplina.

As informações apresentadas neste documento não dispensam a consulta da legislação em vigor e o Programa da disciplina. Infrmaçã da Prva de Exame de Equivalência à Frequência de Prjet Tecnlógic Códig: 196 2013 Curs Tecnlógic de Infrmática/12.º Prva: Pr (Prjet) Nº de ans: 1 Duraçã: 30-45 minuts Decret-Lei n.º 139/2012, de

Leia mais

Escolas Públicas de Danbury Procedimentos/Orientações sobre a Frequência do Aluno

Escolas Públicas de Danbury Procedimentos/Orientações sobre a Frequência do Aluno Esclas Públicas de Danbury Prcediments/Orientações sbre a Frequência d Alun Pesquisas mstram que as famílias ds estudantes estã mais precupadas em cntrlar sucess acadêmic de seus filhs que à frequência

Leia mais

POLÍTICA DE COMPRA E VENDA DE VALORES MOBILIÁRIOS Nova S.R.M. Adm. de Recursos e Finanças S.A.

POLÍTICA DE COMPRA E VENDA DE VALORES MOBILIÁRIOS Nova S.R.M. Adm. de Recursos e Finanças S.A. VALORES MOBILIÁRIOS Nva S.R.M. Adm. de Recurss e Finanças S.A. Versã 2.0 SUMÁRIO 1. OBJETIVO... 3 2. PUBLICO ALVO... 3 3. ABRANGÊNCIA... 3 4. PRINCÍPIOS... 3 5. BOAS PRÁTICAS... 4 6. RESTRIÇÕES A INVESTIMENTOS...

Leia mais

Orientação às empresas Respondentes sobre mudanças climáticas em nome dos investidores e membros da cadeia de abastecimento 2014

Orientação às empresas Respondentes sobre mudanças climáticas em nome dos investidores e membros da cadeia de abastecimento 2014 Orientaçã às empresas Respndentes sbre mudanças climáticas em nme ds investidres e membrs da cadeia de abasteciment 2014 inf@cdp.net. + 44 (0) 20 7970 5660 www.cdp.net. C D P Licença ds Questináris CDP

Leia mais

Legenda da Mensagem de Resposta à Verificação de Elegibilidade (respostaelegibilidade)

Legenda da Mensagem de Resposta à Verificação de Elegibilidade (respostaelegibilidade) Legenda da Mensagem de Respsta à Verificaçã de Elegibilidade (respstaelegibilidade) Mensagem : Respta à verificaçã de elegibilidade (respstaelegibilidade) - Flux : Operadra para Prestadr Códig da mensagem

Leia mais

ESCOLA SECUNDÁRIA/3 RAINHA SANTA ISABEL ESTREMOZ

ESCOLA SECUNDÁRIA/3 RAINHA SANTA ISABEL ESTREMOZ GIAE ONLINE 1. O que é GIAE nline? O GIAE Online é uma aplicaçã instalada n servidr da Escla. Serve para s Aluns, Encarregads de Educaçã, Prfessres e Funcináris da Escla cnsultarem s seus mais variads

Leia mais

Ambas as provas terminam na Reitoria da Universidade de Aveiro.

Ambas as provas terminam na Reitoria da Universidade de Aveiro. REGULAMENTO CORRIDA SOLIDÁRIA BOSCH 2015 1. DENOMINAÇÃO A Bsch em Prtugal, representada pela Bsch Termtecnlgia, S.A, em Aveir, em parceria cm as Câmaras Municipais de Aveir e Ílhav, a Assciaçã Industrial

Leia mais

Regulamento do programa de bolsas de estudos

Regulamento do programa de bolsas de estudos Regulament d prgrama de blsas de estuds Unidades Ri de Janeir e Sã Paul Data de publicaçã: 13/05/2015 Regulament válid até 30/08/2015 1 1. Sbre prgrama Através de um prcess seletiv, prgrama de blsas de

Leia mais

FATCA. Perguntas Frequentes FAQs

FATCA. Perguntas Frequentes FAQs FATCA Perguntas Frequentes FAQs Índice 1. O que é FATCA?... 3 2. Que entidades sã afetadas pel FATCA?... 3 3. O que é uma Freign Financial Institutin (FFI)?... 3 4. O que é um FFI Agreement?... 4 5. Que

Leia mais

CATÁLOGO DE APLICAÇÕES Geração de Guias para ST, DIFAL e FCP

CATÁLOGO DE APLICAÇÕES Geração de Guias para ST, DIFAL e FCP CATÁLOGO DE APLICAÇÕES Geraçã de Guias para ST, DIFAL e FCP 1. Objetivs Gerar títuls n cntas a pagar cm ttal de ICMS-ST, DIFAL e/u FCP das ntas fiscais de saída. Página 2 de 6 2. Requisits 2.1. RF01 Geraçã

Leia mais