...Festa do Credo 2000 FESTA DO CREDO RITOS INICIAIS

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "...Festa do Credo 2000 FESTA DO CREDO RITOS INICIAIS"

Transcrição

1 FESTA DO CREDO RITOS INICIAIS Entrada: Comentador: Boa tarde a todos e benvindos a esta celebração. De livre vontade e cheios de alegria vamos ao encontro do Senhor imitando as multidões que outrora seguiam Jesus de Nazaré. Para escutarem a Palavra de Deus, com esta alegria nos corações, vamos pedir ao Senhor tudo de bom para nós e para estas crianças que fazem a Festa do Credo. Cântico: Ritos Iniciais: (Sacerdote:) O caminhar na Fé Se ser Cristão fosse apenas saber umas verdades, talvez alguém pudesse chegar a um momento em que se sentisse Cristão perfeito, completo, acabado. Mas, de facto, o caminhar do Cristão não é assim tão fácil e, por isso, nunca está terminado, a não ser quando virmos Deus face a face (l Cor 13, 12). A Fé é uma relação de vida e de amor, é um caminhar progressivo, por vezes com altos e baixos, com momentos de certeza e momentos de dúvida, mas deve ser uma caminhada ascendente. Para isso a nossa fé precisa de ser alimentada. Já percebemos que o alimento é a Palavra de Deus, escutada, vivida e Celebrada em comunidade. Na história do Povo de Deus e da Igreja encontramos uma multidão incontável de crentes que nos desafia, que nos ``ensina'' a caminhar com Jesus Cristo e para Ele. Também nós somos chamados a percorrer o caminho da Fé, somos Chamados a proclamar sempre de novo: "Eu creio, Senhor'' (Jo 9,38). ACTO PENITENCIAL: Celebrante: Nesta caminhada terrestre, em que por vezes somos pecadores e fracos, não reconhecendo que o Senhor é o nosso Deus, que fez maravilhas por nós, que nos acompanha no nosso caminhar, peçamos-lhe perdão: Cântico: Senhor, tem piedade de nós. Celebrante: Senhor, Nosso Deus, que tanto nos amaste ao ponto de dar a vida por nós, fazei que nós, pecadores, sejamos dignos do Vosso amor. Por Nosso senhor Jesus Cristo... 1

2 LITURGIA DA PALAVRA Leitura (Rui): A sinceridade do amor prova-se com os actos. O amor de verdade exige a entrega da própria vida pelos irmãos. Leitura da Primeira Epístola de São João Meus filhos, não amemos com palavras e com a língua, mas com obras e em verdade. Deste modo saberemos que somos da verdade e tranquilizaremos o nosso coração diante de Deus; porque, se o nosso coração nos acusar, Deus é maior que o nosso coração e conhece todas as coisas. Caríssimos, se o coração não nos acusa, tenhamos confiança diante de Deus e receberemos d Ele tudo o que Lhe pedirmos, porque cumprimos os seus mandamentos: acreditar no nome de Seu Filho, Jesus Cristo, e amar-nos uns aos outros, como Ele nos mandou. Quem observa os seus mandamentos permanece em Deus e Deus nele. E sabemos que permanece em nós pelo Espírito que nos concedeu. Palavra do Senhor Salmo: Eu Vos louvo, Senhor, no meio da multidão Cumprirei a min na presença dos vossos fieis. Os pobres hão-de comer e serão saciados, louvarão o Senhor os que o procuram: vivam para sempre os seus corações. Hão-de lembrar-se do Senhor e converter-se a Ele todos os confins da terra; e diante d Ele virão prostrar-se todas as famílias das Nações. CÂNTICO: Aleluia Evangelho Homilia Antes do credo: Margarita - Falámos este ano do Povo de Deus em marcha, a caminho do seu Senhor. Como ele também nós subimos ao encontro do nosso Deus e queremos servi-lo porque Ele é o nosso Deus. 2

3 Sacerdote Ao povo de Deus que caminhava para Terra Prometida foram ditas estas palavras: Servi ao Senhor com rectidão e verdade. O povo respondeu: Longe de nós abandonarmos o Senhor para servir a outros deuses, porque o Senhor é o nosso Deus, que nos tirou da terra do Egipto, da casa da servidão e que operou aos nossos olhos maravilhosos prodígios: Ele nos guardou ao longo de tão largo Caminho que percorremos e entre todos os povos pelos quais passarmos... Serviremos o Senhor, porque Ele é nosso Deus!'' Criança (Rui)- Também nós, depois deste ano de Catequese, sabemos quem escolhemos. Jeanneth - se pensarmos como o Povo de Deus, podemos responder como ele: serviremos ao Senhor; só Ele é o nosso Deus! Sacerdote temos de deixar os deuses falsos, que é tudo o que nos afasta de Deus, por isso: Sacerdote acreditamos que o nosso Deus caminha ao nosso lado, por isso: Sacerdote sabemos que o nosso Deus também nos ama e nos salva em Jesus, por isso: Sacerdote: Se assim é, cheios de alegria professemos a fé no nosso Deus: TODOS: Creio em um só... (Neste momento as crianças encarregues do ofertório, duas por grupo, dirigem-se para a Sacristia para o preparem) ORAÇÃO DOS FIÉIS: (Catequizandos do Simão) Celebrante: Oremos irmãos e peçamos a Deus Nosso Pai que, ao receber a nossa oração, infunde em nós o Seu Espírito, dizendo: 1. Por todos aqui presentes, para que aumente a nossa Fé em Deus oferecendonos Paz e Amor. 2. Para que estas crianças alcancem a maturidade da Fé e para que os descrentes encontrem a verdade. 3. Senhor, escuta a Oração que fazemos por todos os pais do mundo, para que conscientes da sua missão ajudem os seus filhos a crescerem no amor. 3

4 4. Senhor, escuta a oração que fazemos por todas as crianças do mundo que sofrem por falta de apoio e carinho dos pais, que Deus os ilumine para amarem os seus filhos como Deus nos amou. 5. Para que todos os catequistas sejam empenhados e fiéis servidores da Tua Palavra, nós Te pedimos, Senhor. Sacerdote: Ó Jesus sempre atento aos Vossos filhos, escutei a oração do Vosso povo, e já que Ihe deste o desejo de Vos conhecer, dai-lhe também a Fé de ser anunciadores, generosos e persistentes, para que pelo seu serviço Vos conheçam, e conhecendo-vos se alegrem e vivam no Vosso amor. Isto vos pedimos por Jesus Cristo... OFERTÓRIO: (Simão lê) - Velas: Aceitai, Senhor, estas velas como símbolo da Luz que nos ajudou a transmitir a estas crianças o caminho da Fé durante estes 5 anos de catequese. - Catecismo: Sobre o altar, Senhor, colocamos o nosso catecismo que durante esta caminhada nos deste o desejo de conhecer. Sabemos que Tu dás sabedoria aqueles que Te buscam e te amam. Faz-nos, Senhor, descobrir a Tua Palavra. - Flores: Aceitai, Senhor, estas flores como símbolo da natureza e da alegria de estarmos aqui presentes na casa de Deus. - Cálice e galhetas: Com este pão e estas uvas, que vão transformar-se no Teu Corpo e no Teu Sangue, queremos oferecer-te, Senhor, todo o trabalho humano, e em especial, o daqueles que lutam pelo respeito e dignidade da vida de todo e qualquer ser humano. - Diplomas: Aceitai, Senhor, estes diplomas como símbolo da Fé ou do Credo. É pelo símbolo da Fé que nos conhecemos como discípulos de Cristo. Onde quer que nos encontremos, ao recitar o mesmo Credo, sentimos que somos irmãos de Cristo. Sacerdote: Do Teu amor, ó Deus, nós recebemos a Luz, a Palavra e a oração para manter a vida que nos deste. Nós as trazemos de novo para Ti como sinal de partilha e gratidão. Aceita-as, ó Deus, no Teu amor e que, por eles, nesta eucaristia, levemos força e saber para servir os nossos irmãos. Por Nosso Senhor JC, vosso filho, que é Deus Convosco na unidade ES. Comunhão: 4

5 Acção de Graças Todos, em conjunto lêem o texto: Creio que a vida não é uma aventura para se viver segundo a moda corrente, mas um empenho no plano que Deus tem para cada um: um projecto de amor que transforma a nossa existência. Creio que o que melhor pode acontecer a um Homem é encontrar Jesus Cristo, Deus Encarnado. N Ele tudo misérias, pecados, história, esperançaassume nova dimensão e significado. Creio que todo o Homem tem capacidade de renascer para uma vida genuína e digna em qualquer altura da sua vida. Compreendo profundamente que a graça de Deus não só tem poder de me fazer livre, mas até de vencer o mal. Entrega dos diplomas: Dispostos a cumprir aquilo que dissemos, vão agora ser entregues os diplomas com o Credo da nossa fé, para que sempre sejamos fiéis ao nosso Deus. Benção Final 5

Ritos Iniciais: 1- ACOLHIDA:

Ritos Iniciais: 1- ACOLHIDA: Ritos Iniciais: 1- ACOLHIDA: Faz muito tempo, mas parece que foi ontem. Cada criança que nasce é uma mensagem de que Deus acredita nos homens. Deus acreditou em nós e nos deu a alegria e a responsabilidade

Leia mais

Guião da celebração. Festa do Pai-Nosso. Núcleo seminário passionistas. 2º Ano de catequese. 2 Junho de 2012. Saudação inicial: Catequista:

Guião da celebração. Festa do Pai-Nosso. Núcleo seminário passionistas. 2º Ano de catequese. 2 Junho de 2012. Saudação inicial: Catequista: Guião da celebração Festa do Pai-Nosso Núcleo seminário passionistas 2º Ano de catequese 2 Junho de 2012 Saudação inicial: Catequista: Boa tarde A nossa comunidade está hoje em festa, porque as crianças

Leia mais

DOMINGO II DA PÁSCOA Irmãs e irmãos: Supliquemos a Jesus ressuscitado que encha dos seus dons a santa Igreja, e dê a paz aos crentes e aos não

DOMINGO II DA PÁSCOA Irmãs e irmãos: Supliquemos a Jesus ressuscitado que encha dos seus dons a santa Igreja, e dê a paz aos crentes e aos não DOMINGO II DA PÁSCOA Irmãs e irmãos: Supliquemos a Jesus ressuscitado que encha dos seus dons a santa Igreja, e dê a paz aos crentes e aos não crentes, dizendo (ou: cantando), cheios de esperança: R. Cristo,

Leia mais

Adoração Eucarística. André Batista. texto ser distribuído pela assembleia). Bendiz, ó minha alma, o SENHOR, e todo o meu ser louve o seu nome santo.

Adoração Eucarística. André Batista. texto ser distribuído pela assembleia). Bendiz, ó minha alma, o SENHOR, e todo o meu ser louve o seu nome santo. Adoração Eucarística Subsídios Pastorais www.fatima.pt/documentacao André Batista BATISTA, André Adoração Eucarística. Em VAZ, Carla Abreu, coord. Envolvidos no amor de Deus pelo mundo: Itinerário Temático

Leia mais

Festa da Palavra. 4ºano. Catequese Missionários Passionistas

Festa da Palavra. 4ºano. Catequese Missionários Passionistas Festa da Palavra 4ºano Catequese Missionários Passionistas 5 de Novembro de 2011 Coral Confessionários A Mónica Leite reserva 6 bancos em cada uma das 4 filas. Na primeira fila, do lado do órgão, ficam

Leia mais

DOMINGO II DO TEMPO COMUM Ano A

DOMINGO II DO TEMPO COMUM Ano A EIS O CORDEIRO DE DEUS QUE TIRA O PECADO DO MUNDO DOMINGO II DO TEMPO COMUM Ano A EUCARISTIA 19H DINAMIZAÇÃO DO 10º ANO DE CATEQUESE IGREJA MATRIZ DE VILA DO CONDE Cântico Inicial: Filho de Deus 1. Somos

Leia mais

PARA O MATRIMÓNIO. R. Ouvi-nos, Senhor. Ou: Abençoai, Senhor, o vosso povo.

PARA O MATRIMÓNIO. R. Ouvi-nos, Senhor. Ou: Abençoai, Senhor, o vosso povo. MATRMÓNO 321 rmãos e irmãs: Celebrando o especial dom da graça e da caridade, com que Deus Se dignou consagrar o amor dos nossos irmãos N. e N., confiemo-los ao Senhor, dizendo (ou: cantando): Ou: Abençoai,

Leia mais

ACLAMAÇÃO AO EVANGELHO

ACLAMAÇÃO AO EVANGELHO PROFISSÃO DE FÉ AMBIENTAÇÃO Irmãos, celebramos hoje o Domingo de Pentecostes, dia por excelência da manifestação do Espírito Santo a toda a Igreja. O Espírito manifesta-se onde quer, como quer e a quem

Leia mais

DOMINGO VI DA PÁSCOA

DOMINGO VI DA PÁSCOA 237 DOMINGO VI DA PÁSCOA LEITURA I Actos 10, 25-26.34-35.44-48 «O Espírito Santo difundia-se também sobre os pagãos» Leitura dos Actos dos Apóstolos Naqueles dias, Pedro chegou a casa de Cornélio. Este

Leia mais

Catedral Diocesana de Campina Grande. II Domingo da Páscoa Ano C Domingo da Divina Misericórdia. ANO DA FÉ Rito Inicial

Catedral Diocesana de Campina Grande. II Domingo da Páscoa Ano C Domingo da Divina Misericórdia. ANO DA FÉ Rito Inicial Catedral Diocesana de Campina Grande Paróquia nossa Senhora da Conceição II Domingo da Páscoa Ano C Domingo da Divina Misericórdia Por suas chagas fomos curados, felizes aqueles que crêem sem terem visto.

Leia mais

Celebração tirada do livro Eucaristia com Crianças Tempos Fortes Pedrosa Ferreira Edições Salesianas. ocantinhodasao.com.pt/public_html.

Celebração tirada do livro Eucaristia com Crianças Tempos Fortes Pedrosa Ferreira Edições Salesianas. ocantinhodasao.com.pt/public_html. Celebração tirada do livro Eucaristia com Crianças Tempos Fortes Pedrosa Ferreira Edições Salesianas ocantinhodasao.com.pt/public_html 12 Ano B ocantinhodasao.com.pt/public_html 1 RITOS INICIAIS Hoje,

Leia mais

F e s t a d a V i d a

F e s t a d a V i d a Cântico de entrada (A entrada será feita pelo fundo da igreja a qual estará adornada de Festa. À frente da procissão de entrada vai um catequista com a Cruz grande (a da Caminhada) outro com a Bíblia seguidos

Leia mais

Paróquia de Forjães 22 de Maio de Domingo da Santíssima Trindade

Paróquia de Forjães 22 de Maio de Domingo da Santíssima Trindade Paróquia de Forjães 22 de Maio de 2005 Domingo da Santíssima Trindade Este guião pertence a: 1. Ritos iniciais 2 Cortejo de entrada: Criança 1: vela Criança 2: Bíblia Sagrada Criança 3: vela Saudação e

Leia mais

Celebração de Abertura da Catequese XXVI Domingo do Tempo Comum. Quem dera que todos profetizassem! Num.11,29

Celebração de Abertura da Catequese XXVI Domingo do Tempo Comum. Quem dera que todos profetizassem! Num.11,29 Celebração de Abertura da Catequese 2009-20010 XXVI Domingo do Tempo Comum Quem dera que todos profetizassem! Num.11,29 26 de Setembro de 2009 Cântico de Entrada: (16h30) Como são belos os pés que anunciam

Leia mais

ACOLHIMENTO DA PALAVRA

ACOLHIMENTO DA PALAVRA Bicentenário do Nascimento do Venerável Padre Usera CAD_26.01.10 ACOLHIMENTO DA PALAVRA Eucaristia da Catequese Ambientação Junto do altar está um quadro do padre Usera, uma almofada onde vai ser colocada

Leia mais

Músicas para missa TSL

Músicas para missa TSL Músicas para missa TSL Músicas antes da entrada Anjos Se acontecer um barulho perto de você é um anjo chegando para receber suas orações e levá-las à Deus. Então abra o coração e comece a louvar, sinta

Leia mais

MISSA - A COMUNIDADE SE REÚNE PARA CELEBRAR A VIDA

MISSA - A COMUNIDADE SE REÚNE PARA CELEBRAR A VIDA MISSA - A COMUNIDADE SE REÚNE PARA CELEBRAR A VIDA A Eucaristia é o sacramento que atualiza e faz a memória do sacrifício de Jesus: em cada Eucaristia temos a presença do Cristo que pela sua morte e ressurreição

Leia mais

Nº19A Domingo IV da Quaresma

Nº19A Domingo IV da Quaresma Nº19A Domingo IV da Quaresma-30.3.2014 Viver na luz! Abri os olhos! Imagina alguém a viver sempre numa casa de janelas fechadas: sem ar, sem luz, sem ver ninguém, fechado em si próprio, impermeável a tudo.

Leia mais

CANTOS DA PRIMEIRA EUCARISTIA

CANTOS DA PRIMEIRA EUCARISTIA CANTOS DA PRIMEIRA EUCARISTIA CANTO DE ENTRADA: E B7 E B7 E B7 E B7 E Jesus meu amigo, estou aqui, estou aqui para celebrar, para agradecer e A B7 partilhar o pão e a Fé. A B G#m C#m A F# B7 Celebrar o

Leia mais

CELEBRAÇÃO DA FESTA DA PALAVRA

CELEBRAÇÃO DA FESTA DA PALAVRA PARÓQUIA DE SANTA MARIA DE BORBA CELEBRAÇÃO DA FESTA DA PALAVRA Feliz o homem que ama a Palavra do Senhor e Nela medita dia e noite (Sl 1, 1-2) 4º ANO da CATEQUESE 17 de Janeiro de 09 ENTRADA PROCESSIONAL

Leia mais

3. FALAR SOBRE A VOCAÇÃO

3. FALAR SOBRE A VOCAÇÃO 1 CATEQUESE VOCACIONAL 1. ACOLHIMENTO 2. ORAÇÃO INICIAL: A catequese deve iniciar sempre com uma oração conjunta: Todos de pé rezamos pedindo ao Senhor que continue a chamar jovens para a vida sacerdotal

Leia mais

FESTA da Fé. S. Cláudio de Barco 12 de maio ºano. CATEQUISTAS : Amélia Fernandes Elvira Silva Margarida Fernandes

FESTA da Fé. S. Cláudio de Barco 12 de maio ºano. CATEQUISTAS : Amélia Fernandes Elvira Silva Margarida Fernandes FESTA da Fé S. Cláudio de Barco 12 de maio 2013 6ºano CATEQUISTAS : Amélia Fernandes Elvira Silva Margarida Fernandes Acolhimento aos adolescentes da festa da fé que se concentram no adro.entram na Igreja

Leia mais

Glória! Glória! Glória! Glória ao Senhor! Glória pelos séculos sem fim!

Glória! Glória! Glória! Glória ao Senhor! Glória pelos séculos sem fim! Page 1 of 6 GUIÃO DA CELEBRAÇÃO DA 1ª COMUNHÃO 2006 Ambientação Irmãos: Neste Domingo, vamos celebrar e viver a Eucaristia com mais Fé e Amor e também de uma maneira mais festiva, já que é o dia da Primeira

Leia mais

SOLENIDADE DE NOSSA SENHORA APARECIDA

SOLENIDADE DE NOSSA SENHORA APARECIDA SOLENIAE E NOSSA SENHORA APARECIA CANTO E ENTRAA: Caminhando Com Maria G E7 Am7 Santa Mãe Maria, nesta travessia, cubra-nos teu manto cor de anil C/ G Guarda nossa vida, mãe Aparecida, Santa padroeira

Leia mais

FESTA DO PAI-NOSSO 2º Ano. 14 de junho de Catequese Paroquial de Santa Maria da Feira Núcleo: Missionários Passionistas

FESTA DO PAI-NOSSO 2º Ano. 14 de junho de Catequese Paroquial de Santa Maria da Feira Núcleo: Missionários Passionistas FESTA DO PAI-NOSSO 2º Ano 14 de junho de 2014 Catequese Paroquial de Santa Maria da Feira Núcleo: Missionários Passionistas MONIÇÃO ANTES DO CÂNTICO DE ENTRADA (Criança) Olá, nós as crianças do 2º ano

Leia mais

DIOCESE DE BRAGANÇA MIRANDA VISITA PASTORAL DO BISPO ÀS COMUNIDADES DA SUA DIOCESE

DIOCESE DE BRAGANÇA MIRANDA VISITA PASTORAL DO BISPO ÀS COMUNIDADES DA SUA DIOCESE DIOCESE DE BRAGANÇA MIRANDA VISITA PASTORAL DO BISPO ÀS COMUNIDADES DA SUA DIOCESE SUBSÍDIOS PASTORAIS CONFORME DMPB E EXORTAÇÃO APOSTÓLICA PASTORES GREGIS NATUREZA E FINALIDADE Visita pastoral é a que

Leia mais

2ºano de catequese 1. DESCOBRIR O AMOR DE DEUS NA ESCUTA DA SUA PALAVRA. Paróquia de Forjães 26 de Fevereiro de 2005

2ºano de catequese 1. DESCOBRIR O AMOR DE DEUS NA ESCUTA DA SUA PALAVRA. Paróquia de Forjães 26 de Fevereiro de 2005 Tu tens um amigo que te ama: Nós temos um amigo que nos ama, Que nos ama, que nos ama. Nós temos um amigo que nos ama: 1. DESCOBRIR O AMOR DE DEUS NA ESCUTA DA SUA PALAVRA Presidente: Em nome do Pai e

Leia mais

ADMONIÇÃO INICIAL (ROSA)

ADMONIÇÃO INICIAL (ROSA) ADMONIÇÃO INICIAL (ROSA) Hoje encontramo-nos aqui reunidos para celebrar a Festa das Bem-Aventuranças. Bem Aventurado quer dizer FELIZ e buscar a vontade de Deus é ser Bem-Aventurado. Eis que Jesus, ao

Leia mais

F C G Am Meu coração se alegra com cantos e palmas celebro F C Bb C Dm Ao Deus Uno Santo e Trino, vivendo bem a fé que professo.

F C G Am Meu coração se alegra com cantos e palmas celebro F C Bb C Dm Ao Deus Uno Santo e Trino, vivendo bem a fé que professo. DIA DO SENHOR (Letra e Música André Cruz) Faixa 1 Intro: : Am G F G : Am G Am F G Hoje é o dia do senhor Am G Am F G Quero celebrar com a Igreja Am G Am F G Bom é adentrar pelos teus átrios Am G Am Pois

Leia mais

Entrada da Palavra: Comentário da Palavra: Permaneçamos em pé para acolher o Livro Santo de Nossa Fé, a Palavra de Deus, cantando.

Entrada da Palavra: Comentário da Palavra: Permaneçamos em pé para acolher o Livro Santo de Nossa Fé, a Palavra de Deus, cantando. Celebração de Encerramento PREPARAR 1. Bíblia e velas para a Procissão de Entrada da Palavra 2. Sementes de girassóis para cada catequista depositar num prato com terra diante do altar durante a homilia

Leia mais

Festa da Vida - V Domingo Páscoa A

Festa da Vida - V Domingo Páscoa A Festa da Vida - V Domingo Páscoa A Admonição inicial Nós, os jovens do 8º ano, estamos hoje em festa. O nosso catecismo tem como titulo SOMOS + e serviu para crescermos na fé (o jovem deve mostrar o catecismo).

Leia mais

Festa da Palavra (inserida na Eucaristia Dominical) 5 de Junho de 2005 Domingo X do Tempo Comum

Festa da Palavra (inserida na Eucaristia Dominical) 5 de Junho de 2005 Domingo X do Tempo Comum Fornelos, 5 de Junho de 2005 Festa da Palavra (inserida na Eucaristia Dominical) 5 de Junho de 2005 Domingo X do Tempo Comum 1. Ritos iniciais Saudação Inicial:...Fórmula A [MR p. 440] Introdução: De facto,

Leia mais

Louvar a Deus. Dar a Deus o que é de Deus, e a César o que é de César. Nº 35A 29º Domingo do Tempo Comum - 19.10.2014

Louvar a Deus. Dar a Deus o que é de Deus, e a César o que é de César. Nº 35A 29º Domingo do Tempo Comum - 19.10.2014 Nº 35A 29º Domingo do Tempo Comum - 19.10.2014 Louvar a Deus 1. Dar a Deus o que é de Deus, e a César o que é de César Tu és Amor. Tu és Trindade. Tu és Sabedoria. Tu és segurança. Tu és alegria e paz.

Leia mais

SUGESTÃO DE LITURGIA PARA O DOMINGO DE RAMOS E O DIA DO/A PASTOR/A 2014.

SUGESTÃO DE LITURGIA PARA O DOMINGO DE RAMOS E O DIA DO/A PASTOR/A 2014. SUGESTÃO DE LITURGIA PARA O DOMINGO DE RAMOS E O DIA DO/A PASTOR/A 2014. Adoração Acolhida Leitura Bíblica: Zacarias 9.9; 16-17. Sugestões de Cânticos: - HE 105 - Louvemos ao Senhor [Ademar de Campos]-

Leia mais

GUIÂO CELEBRAÇÃO DE ACOLHIMENTO ÀS CRIANÇAS DO 1º ANO DE CATEQUESE

GUIÂO CELEBRAÇÃO DE ACOLHIMENTO ÀS CRIANÇAS DO 1º ANO DE CATEQUESE RITOS INICIAIS ADMONIÇÃO INTRODUTÓRIA (Lê 1 pai/mãe Grupo Conceição) Boa tarde a todos. Hoje estamos aqui porque é um momento muito especial para as nossas crianças do 1ºano que realizam a festa do acolhimento.

Leia mais

www.gruporuah.com LETRAS E CIFRAS DO CD VAI COMEÇAR A MISSA

www.gruporuah.com LETRAS E CIFRAS DO CD VAI COMEÇAR A MISSA www.gruporuah.com LETRAS E CIFRAS DO CD VAI COMEÇAR A MISSA 2010 1 1 VAI COMEÇAR A MISSA (Entrada) Intr.: F#7 D B7 E A B7 E Vai começar a missa e o amor de Deus está A E F#7 B7 Bem junto a nós, inundando

Leia mais

Neste ano da Vida Religiosa Consagrada fomos motivadas pelo Papa Francisco a recordar o passado com gratidão, viver o presente com paixão e abraçar o

Neste ano da Vida Religiosa Consagrada fomos motivadas pelo Papa Francisco a recordar o passado com gratidão, viver o presente com paixão e abraçar o Neste ano da Vida Religiosa Consagrada fomos motivadas pelo Papa Francisco a recordar o passado com gratidão, viver o presente com paixão e abraçar o futuro com esperança. Como o testemunho de vida da

Leia mais

"Por isso, o homem deixará seu pai e sua mãe e se unirá à sua mulher, e eles serão uma só carne."

Por isso, o homem deixará seu pai e sua mãe e se unirá à sua mulher, e eles serão uma só carne. Marlene e Almir "Por isso, o homem deixará seu pai e sua mãe e se unirá à sua mulher, e eles serão uma só carne." Recebo-te por minha esposa e por meu esposo e prometo ser-te fiel, amar-te e respeitar-te,

Leia mais

PARÓQUIA NOSSA SENHORA DESATADORA DOS NÓS E SÃO JOSÉ DE ANCHIETA. Discípulos missionários a partir do Evangelho de João - Mês da Bíblia 2015

PARÓQUIA NOSSA SENHORA DESATADORA DOS NÓS E SÃO JOSÉ DE ANCHIETA. Discípulos missionários a partir do Evangelho de João - Mês da Bíblia 2015 1 PARÓQUIA NOSSA SENHORA DESATADORA DOS NÓS E SÃO JOSÉ DE ANCHIETA Discípulos missionários a partir do Evangelho de João - Mês da Bíblia 2015 Permanecei no meu amor, para dar muitos frutos (Jo 15,8-9)

Leia mais

DOMINGO XXVIII. «Naamã foi ter novamente com o homem de Deus» e confessou a sua fé no Senhor

DOMINGO XXVIII. «Naamã foi ter novamente com o homem de Deus» e confessou a sua fé no Senhor DOMINGO XXVIII LEITURA I 2 Reis 5, 14-17 «Naamã foi ter novamente com o homem de Deus» e confessou a sua fé no Senhor Leitura do Segundo Livro dos Reis Naqueles dias, o general sírio Naamã desceu ao Jordão

Leia mais

Catequese Adolescência Paróquia S. Salvador de Carregosa 8º ano/ º Período Objectivos Data Tema da catequese Objectivos Estratégias

Catequese Adolescência Paróquia S. Salvador de Carregosa 8º ano/ º Período Objectivos Data Tema da catequese Objectivos Estratégias Finalidade: Descobrir-se Cristão Objectivos: Participar na eucaristia Concretizar projecto comunitário (partilha fraterna) Tema do Período Em Diálogo 1 1º Período Objectivos Data Tema da catequese Objectivos

Leia mais

DOMINGO DA OITAVA DA PÁSCOA (DOMINGO II DA PÁSCOA) Vésperas I Hi n o. Sa l m o d i a: Antífonas, salmos e cântico como no Domingo da Ressurreição.

DOMINGO DA OITAVA DA PÁSCOA (DOMINGO II DA PÁSCOA) Vésperas I Hi n o. Sa l m o d i a: Antífonas, salmos e cântico como no Domingo da Ressurreição. DOMINGO DA OITAVA DA PÁSCOA (DOMINGO II DA PÁSCOA) Vésperas I Le i t u r a b r e v e 1 Pedro 2, 9-10 Vós sois geração eleita, sacerdócio real, nação santa, povo adquirido por Deus, para anunciar os louvores

Leia mais

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM SÁBADO DA 4ª SEMANA DA PÁSCOA - 1) Oração Deus eterno e todo-poderoso, fazei-nos viver sempre mais o

Leia mais

Rito do Baptismo. O celebrante interroga, em primeiro lugar, os pais de cada criança:

Rito do Baptismo. O celebrante interroga, em primeiro lugar, os pais de cada criança: Rito do Baptismo DIÁLOGO COM OS PAIS E OS PADRINHOS O celebrante interroga, em primeiro lugar, os pais de cada criança: Que nome dais ao vosso filho? ou: Que nome escolhestes para o vosso filho? Pais:

Leia mais

Deus. Coisas físicas Nº1

Deus. Coisas físicas Nº1 A ESSÊNCIA DE TUDO, A Santidade, Retidão e Justiça de Nº1 Deus Deus é diferente de todos os outros seres. Só Ele é infinito e não criado. Todos os demais são finitos e criados. O termo bíblico para essa

Leia mais

(DO LIVRO AS FESTAS DA CATEQUESE PEDROSA FERREIRA) Material a preparar: -Um grande coração de cartolina. -Marcadores de várias cores

(DO LIVRO AS FESTAS DA CATEQUESE PEDROSA FERREIRA) Material a preparar: -Um grande coração de cartolina. -Marcadores de várias cores (DO LIVRO AS FESTAS DA CATEQUESE PEDROSA FERREIRA) Material a preparar: -Um grande coração de cartolina -Marcadores de várias cores -Folhas cada qual com a sua letra ocantinhodasao.com.pt/public_html Página

Leia mais

Acto penitencial: Aclamação:

Acto penitencial: Aclamação: Entrada: O senhor Ressuscitou! Do+ O Senhor ressuscitou, vencendo a morte na cruz Re7 Re7 Nossa esperança está n Ele, Ele é o nosso Salvador. Do+ P ra trás ficou o temor, a dúvida e a pouca fé: Re7 Re7

Leia mais

Juventude Mariana Vicentina Recitação do Terço

Juventude Mariana Vicentina Recitação do Terço Juventude Mariana Vicentina Recitação do Terço S Maria, a Senhora Missionária... Outubro de 2010 Introdução: Ritos Iniciais: C/. Deus, vinde em nosso auxílio. A/. Senhor, socorrei-nos e salvai-nos. C/.,

Leia mais

Leitura do Livro do Êxodo

Leitura do Livro do Êxodo 339 DOMINGO XXX LEITURA I Ex 22, 20-26 Leitura do Livro do Êxodo «Se fizerdes algum mal à viúva e ao órfão, inflamar-se-á a minha ira contra vós» Eis o que diz o Senhor: «Não prejudicarás o estrangeiro,

Leia mais

Festa do Sinal da Cruz Eucaristia, Sábado 6 de Fevereiro de 2010 Santo António de Nova Oeiras

Festa do Sinal da Cruz Eucaristia, Sábado 6 de Fevereiro de 2010 Santo António de Nova Oeiras 1. Entrada: Deixa Deus entrar re Deixa Deus entrar na tua própria casa /7 re Deixa-te tocar pe Sua graça si7 mi- Dentro, no segredo, reza-lhe sem medo: re 7 Senhor, Senhor! re Que queres que eu faça re

Leia mais

Nº 23 A - Domingo II da Páscoa

Nº 23 A - Domingo II da Páscoa Nº 23 A - Domingo II da Páscoa - 27.4.2014 Felizes os que acreditam sem terem visto. Felizes os que O vêem com os olhos da fé na Palavra que é escutada e saboreada. Felizes os que O vêem com os olhos da

Leia mais

CREIO NA SANTA IGREJA CATÓLICA

CREIO NA SANTA IGREJA CATÓLICA CREIO NA SANTA IGREJA CATÓLICA 17-03-2012 Catequese com adultos 11-12 Chave de Bronze A Igreja no desígnio de Deus O que significa a palavra Igreja? Designa o povo que Deus convoca e reúne de todos os

Leia mais

Meninos e Meninas Brincando

Meninos e Meninas Brincando Meninos e Meninas Brincando J. C. Ryle "As praças da cidade se encherão de meninos e meninas, que nelas brincarão." (Zc.8:5) Queridas crianças, o texto acima fala de coisas que acontecerão. Deus está nos

Leia mais

Festa Sagrada Família

Festa Sagrada Família Festa Sagrada Família Homilia para a Família Salesiana (P. J. Rocha Monteiro) Sagrada Família de Jesus, Maria e José 1. No Domingo, dentro da oitava do Natal, celebra-se sempre a festa da Sagrada Família.

Leia mais

VII DOMINGO DA PÁSCOA - Ano C Ascensão do Senhor

VII DOMINGO DA PÁSCOA - Ano C Ascensão do Senhor VII DOMINGO DA PÁSCOA - Ano C Ascensão do Senhor Enquanto os abençoava, foi elevado ao Céu 8 de Maio de 2016 Admonição Inicial - Cântico Inicial - Eu acredito Nós sabemos porquê, porquê seguir esta estrada

Leia mais

FESTA DA PALAVRA Santo Adrião Vila Nova de Famalicão 2009

FESTA DA PALAVRA Santo Adrião Vila Nova de Famalicão 2009 FESTA DA PALAVRA Santo Adrião Vila Nova de Famalicão 2009 Construir a vida em Cristo, acolhendo com alegria a sua Palavra e colocando em prática os seus ensinamentos: eis o vosso programa! (Bento XVI)

Leia mais

GUIÃO DA PRIMEIRA COMUNHÃO

GUIÃO DA PRIMEIRA COMUNHÃO GUIÃO DA PRIMEIRA COMUNHÃO Introdução Inicial: Boa tarde, vamos hoje celebrar uma Eucaristia muito especial, e digo muito especial, porque estas crianças vão, pela primeira vez, alimentar-se de Jesus que

Leia mais

SER FORTALECIDO PELA ADORAÇÃO

SER FORTALECIDO PELA ADORAÇÃO Texto Base: João 4:19 a 24 Disse-lhe a mulher: Senhor, vejo que és profeta. Nossos pais adoraram neste monte, e vós dizeis que é em Jerusalém o lugar onde se deve adorar. Disse-lhe Jesus: Mulher, crê-me

Leia mais

(ANÁMNESIS) ATUALIZAÇÃO DA GRAÇA - SETENÁRIO SACRAMENTAL

(ANÁMNESIS) ATUALIZAÇÃO DA GRAÇA - SETENÁRIO SACRAMENTAL SACRAMENTOS - III (ANÁMNESIS) ATUALIZAÇÃO DA GRAÇA - SETENÁRIO SACRAMENTAL - 1 COMO OS SACRAMENTOS ATUALIZAM A GRAÇA NAS DIVERSAS SITUAÇÕES DA VIDA 2 1. O QUE ACONTECE NO BATISMO? 3 NO BATISMO, A PESSOA

Leia mais

Celebração para o dia do/a Catequista Sugestão 2014-CNBB

Celebração para o dia do/a Catequista Sugestão 2014-CNBB Celebração para o dia do/a Catequista Sugestão 2014-CNBB INTRODUÇÃO Queridos/as Catequistas! Com nossos cumprimentos e gratidão, colocamos em suas mãos uma sugestão para a Celebração do dia do Catequista,

Leia mais

2ºDOMINGO DO TEMPO DO ADVENTO ANO B - (04/12/11)

2ºDOMINGO DO TEMPO DO ADVENTO ANO B - (04/12/11) Vivendo a Liturgia 2ºDOMINGO DO TEMPO DO ADVENTO ANO B - (04/12/11) Dezembro/2011 (João Batista) A cor litúrgica para esta celebração é a roxa. Poderia ser feito um mural específico para esta celebração

Leia mais

«Vai, profeta, ao meu povo»

«Vai, profeta, ao meu povo» Perdão, Senhor. «Vai, profeta, ao meu povo» Leitura da Profecia de Amós Amós 7, 12-15 Naqueles dias, Amasias, sacerdote de Betel, disse a Amós: «Vai-te daqui, vidente. Foge para a terra de Judá. Aí ganharás

Leia mais

Você é capaz de se lembrar como se conjuga os verbos? Lembra? É... eu também não gostava muito disso, sabia? Então vamos lembrar juntos:

Você é capaz de se lembrar como se conjuga os verbos? Lembra? É... eu também não gostava muito disso, sabia? Então vamos lembrar juntos: Bem, hoje gostaria de falar sobre algo que talvez você não goste nem um pouco: nossa querida Língua Portuguesa Ah, fala sério pastor! Vai dar aula de Português? Obviamente não! Vou apenas compartilhar

Leia mais

Dom José Manuel Garcia Cordeiro, por mercê de Deus e da Sé Apostólica, 44º Bispo de Bragança-Miranda

Dom José Manuel Garcia Cordeiro, por mercê de Deus e da Sé Apostólica, 44º Bispo de Bragança-Miranda Dom José Manuel Garcia Cordeiro, por mercê de Deus e da Sé Apostólica, 44º Bispo de Bragança-Miranda DECRETO Nº02/2014 Os Ministros Extraordinários da Comunhão Aos que este decreto virem, saúde e bênção.

Leia mais

Guião para MISSA de 17 de Janeiro de 2009

Guião para MISSA de 17 de Janeiro de 2009 Guião para MISSA de 17 de Janeiro de 2009 CATEQUESE PAROQUIAL DE SANTA MARIA DA FEIRA MISSIONÁRIOS PASSIONISTAS 3º Ano 2008/2009 Ritos Iniciais: O Senhor reuniu-nos em grande número! Hoje somos de facto,

Leia mais

Um chamado à oração. Letras. Editora. j. c. RyLE. Tradução Rodrigo Silva

Um chamado à oração. Letras. Editora. j. c. RyLE. Tradução Rodrigo Silva Um chamado à oração Um chamado à oração j. c. RyLE Tradução Rodrigo Silva Editora Letras Título Original: A Call to Prayer por J. C. Ryle Copyright Editora Letras 1ª edição em português: outubro de 2012

Leia mais

Nº 8 C Domingo II do Tempo Comum Do Evangelho de hoje, retiramos vários ensinamentos para a nossa vida. Naquele casamento, onde estava Jesus,

Nº 8 C Domingo II do Tempo Comum Do Evangelho de hoje, retiramos vários ensinamentos para a nossa vida. Naquele casamento, onde estava Jesus, Nº 8 C Domingo II do Tempo Comum-20.1.13 Do Evangelho de hoje, retiramos vários ensinamentos para a nossa vida. Naquele casamento, onde estava Jesus, ia haver uma grande tristeza, porque o vinho se tinha

Leia mais

O CAMINHO SE FAZ CAMINHANDO...

O CAMINHO SE FAZ CAMINHANDO... O QUE ESTUDAREMOS? O CAMINHO SE FAZ CAMINHANDO... 1. A Fé em Jesus Cristo: Cristologia a partir do CIC 2. A Fé Anunciada: Missiologia a partir do Decreto Ad Gentes 3. A Nova Evangelização: Conceito e compreensão

Leia mais

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM 1) Oração Terça-feira da 4ª Semana da Páscoa Concedei, ó

Leia mais

Louvor de Raízes: Infinitamente

Louvor de Raízes: Infinitamente Louvor de Raízes: Infinitamente Deus dos Antigos Tu és Santo Em todo o tempo eu louvarei ao Senhor Ergamos nossa voz Nas estrelas louvor Maravilhoso - louvor A Ti Senhor (Nós te buscaremos) Palavra - Infinitamente

Leia mais

VIGÍLIA DE ORAÇÃO POR QUEM NOS MORREU

VIGÍLIA DE ORAÇÃO POR QUEM NOS MORREU VIGÍLIA DE ORAÇÃO POR QUEM NOS MORREU PARÓQUIA DE NOSSA SENHORA DA HORA 2010-2011 P = Presidente: Aquele que preside à oração. Qualquer pessoa o pode fazer, desde que tenha gosto e capacidade para tal.

Leia mais

PROVÍNCIA MARISTA DO BRASIL NORTE

PROVÍNCIA MARISTA DO BRASIL NORTE PROVÍNCIA MARISTA DO BRASIL NORTE Espiritualidade Apostólica Marista Ir. José Milson de Mélo Souza Ano de Deus Pai LADAINHA DE SÃO MARCELINO CHAMPAGNAT (Ir. José Milson) V. Senhor, tende piedade de nós.

Leia mais

"Com pedras, os homens constróem catedrais; mas com gestos de amor constróem a Humanidade".

Com pedras, os homens constróem catedrais; mas com gestos de amor constróem a Humanidade. "Com pedras, os homens constróem catedrais; mas com gestos de amor constróem a Humanidade". Os Pais, Primeiros Educadores da Fé Existe um ambiente privilegiado em que os casais, sem excluir outros lugares,

Leia mais

Cântico da Oração da manhã, inicial

Cântico da Oração da manhã, inicial Cântico da Oração da manhã, inicial Deus está aqui Tão certo como o ar que respiro Tão certo como amanhã que se levanta Tão certo como este canto, que podes ouvir Tu o podes sentir movendo-se por entre

Leia mais

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM 1) Oração SÁBADO DA 34ª SEMANA DO TEMPO COMUM Levantai, ó

Leia mais

A ti, Senhor, nós clamamos: G Em F# Bm Vem, Senhor Jesus, vem! Bm G D Mesmo se as guerras destroem a terra G Em Bm Pondo em perigo a paz e o bem,

A ti, Senhor, nós clamamos: G Em F# Bm Vem, Senhor Jesus, vem! Bm G D Mesmo se as guerras destroem a terra G Em Bm Pondo em perigo a paz e o bem, 1- CANTO DE ENTRADA Bm G Bm Ouve-se na terra um grito, do povo um grande clamor: G A G F# Senhor, abre os céus, que as nuvens chovam o Salvador! Bm G D É um só canto de amor e esperança, G Em Bm Que a

Leia mais

Mês. Mariano UM CRISTÃO SEM MARIA ESTÁ ÓRFÃO. TAMBÉM UM CRISTÃO SEM A IGREJA É UM ÓRFÃO. PAPA FRANCISCO

Mês. Mariano UM CRISTÃO SEM MARIA ESTÁ ÓRFÃO. TAMBÉM UM CRISTÃO SEM A IGREJA É UM ÓRFÃO. PAPA FRANCISCO Mariano PARÓQUIA SÃO PEDRO PESCADOR Mês UM CRISTÃO SEM MARIA ESTÁ ÓRFÃO. TAMBÉM UM CRISTÃO SEM A IGREJA É UM ÓRFÃO. UM CRISTÃO PRECISA DESTAS DUAS MULHERES, DUAS MULHERES MÃES, DUAS MULHERES VIRGENS: A

Leia mais

Oração Inicial: Leitura: Lucas 22, 7-20.

Oração Inicial: Leitura: Lucas 22, 7-20. Oração Inicial: Leitura: Lucas 22, 7-20. Objetivo do encontro: Despertar amor a Eucaristia e a participação da santa missa, onde o sacramento é oferecido. Texto: Ë o sacramento pelo qual participamos,

Leia mais

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM 1) Oração QUINTA-FEIRA DA 3ª SEMANA DA PÁSCOA Ó Deus eterno

Leia mais

CELEBRAÇÕES NA COMUNIDADE ORIENTAÇÕES PARA AS CELEBRAÇÕES

CELEBRAÇÕES NA COMUNIDADE ORIENTAÇÕES PARA AS CELEBRAÇÕES CELEBRAÇÕES NA COMUNIDADE ORIENTAÇÕES PARA AS CELEBRAÇÕES A catequese deve iniciar o catequizando na vida litúrgica da comunidade. Nesse sentido, é importante que o catequista leve seu grupo de catequese

Leia mais

PARÓQUIA SAGRADA FAMÍLIA RETIRO COM CRISMANDOS

PARÓQUIA SAGRADA FAMÍLIA RETIRO COM CRISMANDOS PARÓQUIA SAGRADA FAMÍLIA RETIRO COM CRISMANDOS Pregador: Sem. Thiago Raymundo PROGRAMAÇÃO 8h-8h15min: Chegada, Lista de presença, Acolhida 8h15min-8h30min: Oração Inicial 8h30min-9h30min: 1ª Colocação

Leia mais

Nº 12 C 1º Domingo da Quaresma A escolha certa

Nº 12 C 1º Domingo da Quaresma A escolha certa Nº 12 C 1º Domingo da Quaresma-14.2.2016 A escolha certa Conforme dissemos nos Xavierinhos da semana passada, a Quaresma começou na passada quartafeira, quarta-feira de cinzas. Como a maior parte dos meninos

Leia mais

Por que e para que Jesus morreu na cruz? Evangelho de João

Por que e para que Jesus morreu na cruz? Evangelho de João Por que e para que Jesus morreu na cruz? Evangelho de João 3.16-17 INTRODUÇÃO Do texto lido, faço à igreja duas perguntas: Por quejesus morreu na cruz? Para que Jesus morreu na cruz? O por que e o para

Leia mais

ORAÇÃO UNIVERSAL. Os modelos I VII são retirados do Ritual do Matrimónio da Conferência Episcopal Portuguesa. MODELO I

ORAÇÃO UNIVERSAL. Os modelos I VII são retirados do Ritual do Matrimónio da Conferência Episcopal Portuguesa. MODELO I ORAÇÃO UNIVERSAL Os modelos I VII são retirados do Ritual do Matrimónio da Conferência Episcopal Portuguesa. MODELO I Celebrando o especial dom da graça e da caridade, com que Deus Se dignou consagrar

Leia mais

Uma oferta de Adoração

Uma oferta de Adoração Uma oferta de Adoração Esse Melquisedeque, rei de Salém e sacerdote do Deus Altíssimo, encontrou-se com Abraão quando este voltava, depois de derrotar os reis, e o abençoou; e Abraão lhe deu o dízimo de

Leia mais

Apresentação relativa ao Novo Testamento Evangelhos, Atos, Cartas e Apocalipse. A Bíblia é

Apresentação relativa ao Novo Testamento Evangelhos, Atos, Cartas e Apocalipse. A Bíblia é Apresentação relativa ao Novo Testamento Evangelhos, Atos, Cartas e Apocalipse A Bíblia é Pois é, após um longo percurso de descoberta do Antigo Testamento, chegou a vez de descobrir um pouco mais acerca

Leia mais

KJV King James Bible Study Correspondence Course An Outreach of Highway Evangelistic Ministries 5311 Windridge lane ~ Lockhart, Florida ~ USA

KJV King James Bible Study Correspondence Course An Outreach of Highway Evangelistic Ministries 5311 Windridge lane ~ Lockhart, Florida ~ USA 1 Oferta Lição 10 (volte para as páginas 4, 5 e 6) Qual é o significado da oferta e quais são as minhas responsabilidades nesta área? O assunto da oferta é extremamente controverso na cristandade hoje

Leia mais

"Sucedeu que, estando Ele algures a orar, disse- Lhe, quando acabou, um dos Seus discípulos: "Senhor, ensina-nos a orar como João também ensinou os

Sucedeu que, estando Ele algures a orar, disse- Lhe, quando acabou, um dos Seus discípulos: Senhor, ensina-nos a orar como João também ensinou os "Sucedeu que, estando Ele algures a orar, disse- Lhe, quando acabou, um dos Seus discípulos: "Senhor, ensina-nos a orar como João também ensinou os seus discípulos". Disse-lhe Jesus "Quando orardes, dizei:

Leia mais

A Escolhida (509) D F#7 Bm7 F#7 Uma entre todas foi a escolhida: foste tu Maria, serva preferida. G Gm F#m Bm E7/9 A7 A5+

A Escolhida (509) D F#7 Bm7 F#7 Uma entre todas foi a escolhida: foste tu Maria, serva preferida. G Gm F#m Bm E7/9 A7 A5+ Page 8 of 229 Autoria: D. R. A Escolhida (509) D F#7 Bm7 F#7 Uma entre todas foi a escolhida: foste tu Maria, serva preferida. G Gm F#m Bm E7/9 A7 A5+ Mãe do meu Senhor, Mãe do meu Salvador. D Bm G A7

Leia mais

Festa da Eucaristia 2008

Festa da Eucaristia 2008 Festa da Eucaristia 2008 Ideias base Família: Dom e Compromisso Festa da Eucaristia Crescer/construir em/a comunidade Leituras 1 Cor 10, 16-17 Salmo Corpo de Deus (ano A, B ou C) Evangelho Jo 6, 51-58

Leia mais

A & C. Agradecemos confirmação até ao dia de Maio de 2012. A & C. Foi num momento especial que nos cruzamos,

A & C. Agradecemos confirmação até ao dia de Maio de 2012. A & C. Foi num momento especial que nos cruzamos, Primeiro foi o conhecimento, depois a amizade, seguiu-se um encontro, depois outro e outros mais e finalmente o amor, que nos une agora e para sempre. Será com a palavra sim que daremos início aquele que

Leia mais

Nº 17 B - 4º Domingo da Quaresma

Nº 17 B - 4º Domingo da Quaresma Nº 17 B - 4º Domingo da Quaresma 15.3.2015 Quem já fez uma grande asneira? Estão todos a dizer que não? Nunca? Não acredito!!! Com certeza em alguma altura já fizeste uma grande asneira, e depois quiseste

Leia mais

I. RITOS INICIAIS. Procissão de Entrada Largheto (Haendel)

I. RITOS INICIAIS. Procissão de Entrada Largheto (Haendel) I. RITOS INICIAIS Procissão de Entrada Largheto (Haendel).: Cântico de Entrada :. [Encenação: conforme se cantam as estrofes, vão aparecendo os seguintes símbolos correspondentes ao texto de cada estrofe,

Leia mais

Queremos baptizar o nosso filho

Queremos baptizar o nosso filho Queremos baptizar o nosso filho Com alegria, vivestes na vossa família o nascimento do vosso filho. Com alegria viestes à Igreja para dar graças a Deus e celebrar o novo nascimento pelo Baptismo. É uma

Leia mais

IGREJA DE CRISTO INTERNACIONAL DE BRASÍLIA ESCOLA BÍBLICA. MÓDULO I - O NOVO TESTAMENTO Aula XV AS CARTAS DE TIAGO E GÁLATAS

IGREJA DE CRISTO INTERNACIONAL DE BRASÍLIA ESCOLA BÍBLICA. MÓDULO I - O NOVO TESTAMENTO Aula XV AS CARTAS DE TIAGO E GÁLATAS IGREJA DE CRISTO INTERNACIONAL DE BRASÍLIA ESCOLA BÍBLICA MÓDULO I - O NOVO TESTAMENTO Aula XV AS CARTAS DE TIAGO E GÁLATAS A LITERATURA DE PROTESTO A controvérsia a respeito da circuncisão obrigatória

Leia mais

Paróquia São Francisco de Assis - setembro

Paróquia São Francisco de Assis - setembro Canto de entrada C F C F C D G Dm7 G7 C Dá-me a palavra certa na hora certa e do jeito certo e pra pessoa certa. C F C F C D G Dm7 G7 C Dá-me a cantiga certa na hora certa e do jeito certo e pra pessoa

Leia mais

FESTA DA VIDA - 8º ANO DE CATEQUESE

FESTA DA VIDA - 8º ANO DE CATEQUESE FESTA DA VIDA - 8º ANO DE CATEQUESE Ninguém tem maior amor do que aquele que dá a vida pelos amigos» VI DOMINGO DA PÁSCOA ANO B EUCARISTIA 12H Admonição de entrada (leitor) Entrada pela Porta Principal.

Leia mais

Catequese Paroquial e CNE Escutismo Católico Português

Catequese Paroquial e CNE Escutismo Católico Português 1º Ano Paroquial e CNE Escutismo Católico Português JESUS GOSTA DE MIM Proporcionar às crianças um bom acolhimento eclesial, pelos catequistas e por toda a comunidade cristã (cf CT 16 e 24). Ajudá-las

Leia mais

Amar como Jesus amou Um dia uma criança me parou Olhou-me nos meus olhos a sorrir Caneta e papel na sua mão Tarefa escolar para cumprir E perguntou no meio de um sorriso O que é preciso para ser feliz?

Leia mais

CÉU, A BELA CASA DE DEUS

CÉU, A BELA CASA DE DEUS Bíblia para crianças apresenta CÉU, A BELA CASA DE DEUS Escrito por: Edward Hughes Ilustradopor:Lazarus Adaptado por: Sarah S. Traduzido por: Judith Menga Produzido por: Bible for Children www.m1914.org

Leia mais