Métodos de Simulação em Logística

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Métodos de Simulação em Logística"

Transcrição

1 Call Center Métodos de Simulação em Logística Exercício HelpDesk No departamento de suporte técnico da empresa está sendo estudada uma nova forma de atender os chamados dos clientes. A gerência deseja fazer uma análise de custos do novo processo. O atendimento aos clientes é feito da seguinte maneira: as chamadas são atendidas pela mesma pessoa, que conversa com o cliente e identifica qual é o problema. Feita essa triagem, a chamada é transferida para um dos três responsáveis pelo suporte, dependendo do tipo de problema. Sabe-se que o intervalo de tempo entre chamadas segue uma distribuição exponencial de média 5, sendo que 30% das chamadas seguem para o primeiro técnico de suporte, 20% seguem para o segundo e as 50% restantes seguem para o terceiro técnico, por ser a área mais problemática. Os tempos de atendimento obtidos através de cronometragens, seguem as seguintes distribuições: normal de média 5 minutos e desvio padrão de 0,5 para o primeiro técnico, normal de média 5 minutos e desvio padrão de 1 para o segundo e finalmente uma normal de média 4 minutos e desvio padrão de 0,6 para o terceiro técnico. A pessoa que atende aos clientes consegue fazer a triagem em um tempo que segue a distribuição normal de média 3 minutos e desvio padrão de 0,5. O atendimento e triagem inicial é uma operação que não agrega valor, enquanto o suporte é uma atividade que agrega valor. O custo por hora do atendente inicial, tanto ocioso como ocupado, é de R$ 5,00 por hora. Os técnicos de suporte 1 e 2 tem custo ocioso e ocupado de R$ 10,00 por hora, e o terceiro técnico tem custo R$ 15,00 por hora, tanto ocioso quanto ocupado. Simule durante um período de 8 horas e verifique os recursos de maior custo neste processo. Inclua também um contador para registrar quantas chamadas foram atendidas no total durante este período. 1

2 2

3 3

4 4

5 5

6 Custos por recurso 6

7 Run Setup Exercício 2 A diretoria da empresa deseja implementar um sistema de e-commerce para vender seus produtos pela Internet. O setor de vendas solicitou um estudo sobre o impacto que este sistema teria sobre a sua área. O processo de venda será feito da seguinte maneira: os pedidos chegam ao setor em formato de . O funcionário responsável analisa o pedido e verifica se todos os itens existem no estoque da empresa. Caso falte algum item, o pedido é enviado para o departamento de produção, fora da abrangência deste estudo. Caso todos os itens estejam disponíveis, ele envia o pedido para outro funcionário. O segundo funcionário entra em contato com a administradora do cartão de crédito (os pedidos online só são aceitos mediante pagamento com cartão). Caso haja algum problema com o cartão, o pedido é recusado e desconsiderado. Se a administradora aceitar a cobrança, o pedido é encaminhado para o almoxarifado. As previsões são de que os pedidos chegarão em intervalos de tempo de média 10 minutos, segundo uma distribuição exponencial. O processo de verificação do estoque leva um tempo que segue a distribuição normal de média 8 minutos, com desvio padrão de 0,75. O processo de verificação de crédito junto à administradora do cartão segue uma distribuição triangular de mínimo 4, moda 6 e máximo 9 minutos. Por experiência com outros canais de vendas, sabe-se que 20% dos pedidos contém itens em falta, e que 7% das transações com cartão são recusados pela administradora. Inclua informações sobre custo no processo de venda, de modo a obter uma análise mais abrangente. O primeiro funcionário possui um custo de R$ 10,00 por hora, tanto ocioso quanto ocupado, e para o segundo funcionário, esse custo é de R$ 12,00 O gerente do setor de vendas quer saber se algum dos funcionários ficará sobrecarregado. Uma simulação do período de um dia (turno de 8 horas) será considerado suficiente para o estudo. 7

ARENA SOFTWARE APLICAÇÕES EM LOGÍSTICA

ARENA SOFTWARE APLICAÇÕES EM LOGÍSTICA APOSTILA ARENA SOFTWARE APLICAÇÕES EM LOGÍSTICA Adaptado por: Prof. Dr. Daniel Bertoli Gonçalves UNISO Original Prof. Dr. Marcone Jamilson Freitas Souza- UFOP 2010 Página 0 1. Introdução No estudo de planejamento,

Leia mais

Exercícios. Exercício 1

Exercícios. Exercício 1 Exercícios Exercício 1 Considere um sistema de processamento com os seguintes tempos entre chegadas de tarefas: Tempo entre Chegadas (horas) Probabilidade 0 0.23 1 0.37 2 0.28 3 0.12 Os tempos de processamento

Leia mais

Introdução à Simulação com ARENA

Introdução à Simulação com ARENA Introdução à Simulação com ARENA Copyright Paragon Tecnologia Arena é copyright da Rockwell Software/EUA. Windows, Office, Word, Excel e Powerpoint são copyrights da Microsoft/EUA. Rua Clodomiro Amazonas,

Leia mais

SISTEMAS INTEGRADOS Pedro Schubert

SISTEMAS INTEGRADOS Pedro Schubert SISTEMAS INTEGRADOS Pedro Schubert Vamos abordar os tópicos para a implantação da contabilidade moderna nas empresas. A contabilidade é legalmente utilizada nas empresas para atender aos enfoques legal

Leia mais

Sistemas de Processamento de Transações

Sistemas de Processamento de Transações Sistemas de Processamento de Transações Ampliando o Conceito SPT - Conceito Sistemas de Processamento de Transações processam os dados necessários para a automação das tarefas operacionais de uma organização.

Leia mais

Uma distribuição de probabilidade é um modelo matemático que relaciona um certo valor da variável em estudo com a sua probabilidade de ocorrência.

Uma distribuição de probabilidade é um modelo matemático que relaciona um certo valor da variável em estudo com a sua probabilidade de ocorrência. Professor: Leandro Zvirtes UDESC/CCT Uma distribuição de probabilidade é um modelo matemático que relaciona um certo valor da variável em estudo com a sua probabilidade de ocorrência. Há dois tipos de

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO DEMONSTRATIVO DE CREDITOS ADICIONAIS Z33NDKYP 04/03/2015 PAG. 1 03 44612 19/02/2014 135400 00059 0,00 5622.167,24 13540 20601016620910000 449000 013 0,00 44612 19/02/2014

Leia mais

T2Ti Tecnologia da Informação Ltda T2Ti.COM http://www.t2ti.com Projeto T2Ti ERP 2.0. Bloco Comercial. Vendas, Loja Virtual e Gestão de Comissões

T2Ti Tecnologia da Informação Ltda T2Ti.COM http://www.t2ti.com Projeto T2Ti ERP 2.0. Bloco Comercial. Vendas, Loja Virtual e Gestão de Comissões Bloco Comercial Vendas, Loja Virtual e Gestão de Comissões Objetivo O objetivo deste artigo é dar uma visão geral sobre os Módulos Vendas, Loja Virtual e Gestão de Comissões, que se encontram no Bloco

Leia mais

Sumário. Uma visão mais clara da UML

Sumário. Uma visão mais clara da UML Instituto Federal de Santa Catarina Câmpus Chapecó Ensino Médio Integrado em Informática Módulo V Unidade Curricular: Engenharia de Software Professora: Lara P. Z. B. Oberderfer Uma visão mais clara da

Leia mais

Simulação de Evento Discreto

Simulação de Evento Discreto Simulação de Evento Discreto Simulação de evento discreto As variáveis de estado modificam-se apenas pela ocorrência de eventos Os eventos ocorrem instantaneamente em pontos separados no tempo São simulados

Leia mais

Logística Lean: conceitos básicos

Logística Lean: conceitos básicos Logística Lean: conceitos básicos Lando Nishida O gerenciamento da cadeia de suprimentos abrange o planejamento e a gerência de todas as atividades da logística. Inclui também a coordenação e a colaboração

Leia mais

Sistemas de Apoio. Prof.: Luiz Mandelli Neto. Sistemas de Apoio. ERP (Enterprise Resource Planning) PLANEJAMENTO DE RECURSOS EMPRESARIAIS

Sistemas de Apoio. Prof.: Luiz Mandelli Neto. Sistemas de Apoio. ERP (Enterprise Resource Planning) PLANEJAMENTO DE RECURSOS EMPRESARIAIS Sistemas de Apoio Prof.: Luiz Mandelli Neto Sistemas de Apoio ERP (Enterprise Resource Planning) PLANEJAMENTO DE RECURSOS EMPRESARIAIS Mapa de TI da cadeia de suprimentos Estratégia Planejamento Operação

Leia mais

Medida de desempenho é uma maneira de medir (mensurar) o desempenho em determinada área e de agir sobre os desvios em relação aos objetivos traçados.

Medida de desempenho é uma maneira de medir (mensurar) o desempenho em determinada área e de agir sobre os desvios em relação aos objetivos traçados. Medidas de Desempenho: Medida de desempenho é uma maneira de medir (mensurar) o desempenho em determinada área e de agir sobre os desvios em relação aos objetivos traçados. Medidas de Desempenho: A mensuração

Leia mais

Sistemas de Informação: tipos e características

Sistemas de Informação: tipos e características Sistemas de Informação: tipos e características Tipos de sistemas de informação. Os quatro tipos principais de sistemas de informação. Sistemas do ponto de vista de pessoal Sistemas de processamento de

Leia mais

Matemática Financeira II

Matemática Financeira II Módulo 3 Unidade 28 Matemática Financeira II Para início de conversa... Notícias como essas são encontradas em jornais com bastante frequência atualmente. Essas situações de aumentos e outras como financiamentos

Leia mais

Estudo de simulação para a minimização das filas em uma agência dos Correios do município de Viçosa

Estudo de simulação para a minimização das filas em uma agência dos Correios do município de Viçosa Estudo de simulação para a minimização das filas em uma agência dos Correios do município de Viçosa Maísa Nascimento Soares (UFV) maisansoares@gmail.com Tatiane Silva Cardoso Muglia (UFV) tatianemuglia@yahoo.com.br

Leia mais

Manual (SGA- Sistema de Gerenciamento de Almoxarifado)

Manual (SGA- Sistema de Gerenciamento de Almoxarifado) Manual (SGA- Sistema de Gerenciamento de Almoxarifado) Como acessa o sistema através da INTRANET do DER/RO (PROVISIORIAMENTE). http://www.der.ro.gov/intranet/portalder 1 Nessa etapa é possível observar,

Leia mais

15/09/2011. Historico / Conceito. Lean Production é um programa corporativo ADMINISTRAÇÃO DA PRODUÇÃO II. Evolucao do Conceito LEAN THINKING

15/09/2011. Historico / Conceito. Lean Production é um programa corporativo ADMINISTRAÇÃO DA PRODUÇÃO II. Evolucao do Conceito LEAN THINKING Historico / Conceito Lean : década de 80 James Womack (MIT) Projeto de pesquisa: fabricantes de motores automotivos; ADMINISTRAÇÃO DA PRODUÇÃO II Lean Production é um programa corporativo composto por

Leia mais

Modelagem de Casos de Uso (Parte 1)

Modelagem de Casos de Uso (Parte 1) Modelagem de Casos de Uso (Parte 1) Roteiro Introdução Descrição: Sistema de Ponto de Vendas Casos de Usos Atores Fluxo de Eventos Cenários Formato de Documentação de Casos de Uso Diagramas de Casos de

Leia mais

ATeoria de filas é uma das abordagens mais utilizadas no estudo de desempenho e dimensionamento

ATeoria de filas é uma das abordagens mais utilizadas no estudo de desempenho e dimensionamento 33 Capítulo 4 Teoria de Filas ATeoria de filas é uma das abordagens mais utilizadas no estudo de desempenho e dimensionamento de sistemas de comunicação de dados. Muita atenção deve ser dada aos processos

Leia mais

SI- Sistemas de Informação. Professora: Mariana A. Fuini

SI- Sistemas de Informação. Professora: Mariana A. Fuini SI- Sistemas de Informação Professora: Mariana A. Fuini INTRODUÇÃO A informação é tudo na administração de uma organização. Mas para uma boa informação é necessário existir um conjunto de características

Leia mais

PROCEDIMENTOS BASICOS TELE-ENTREGA VENDA CREDIARIO / CONVENIO. Ao acessar o sistema o Desktop do Tele-entrega ira apresentar o seguinte ícone:

PROCEDIMENTOS BASICOS TELE-ENTREGA VENDA CREDIARIO / CONVENIO. Ao acessar o sistema o Desktop do Tele-entrega ira apresentar o seguinte ícone: PROCEDIMENTOS BASICOS TELE-ENTREGA VENDA CREDIARIO / CONVENIO Atendimento: Inicial: Conectar com o Servidor Conectando ao Servidor: Através do Ícone abaixo no seu desktop, clique duas vezes e o sistema

Leia mais

Histórico da Revisão. Data Versão Descrição Autor

Histórico da Revisão. Data Versão Descrição Autor Sistema de Gerenciamento de Loja - SIGEL Documento de Visão Versão 1.0.0 Histórico da Revisão Data Versão Descrição Autor 13/01/2011 0.1 Versão preliminar do levantamento de requisitos funcionais e não

Leia mais

Manual Ilustrado Marketing Receptivo - HMR

Manual Ilustrado Marketing Receptivo - HMR Manual Ilustrado Marketing Receptivo - HMR Agosto/2014 Índice Título do documento 1. Objetivo... 3 2. Papéis e Usuários... 3 3. Fluxo Geral do HMR... 5 4. Manter Parâmetros Marketing Receptivo... 5 5.

Leia mais

16 anos entregando soluções empresariais que constroem resultados.

16 anos entregando soluções empresariais que constroem resultados. 16 anos entregando soluções empresariais que constroem resultados. Cooperativas brasileiras. Um modelo para a vida inteira! Objetivo O departamento de Call Center tem como objetivo abranger todos os processos

Leia mais

HMR Marketing Receptivo. 12.1.x. abril de 2015. Versão: 2.0

HMR Marketing Receptivo. 12.1.x. abril de 2015. Versão: 2.0 HMR Marketing Receptivo 12.1.x abril de 2015 Versão: 2.0 1 Sumário 1 Objetivo... 3 2 Papéis e Usuários... 3 3 Fluxo Geral do HMR... 6 4 Manter Parâmetros Marketing Receptivo... 7 5 Manter Categoria de

Leia mais

MSc. Daniele Carvalho Oliveira

MSc. Daniele Carvalho Oliveira MSc. Daniele Carvalho Oliveira AULA 2 Administração de Banco de Dados: MSc. Daniele Oliveira 2 CONCEITOS FUNDAMENTAIS DE BANCO DE DADOS Administração de Banco de Dados: MSc. Daniele Oliveira 3 Conceitos

Leia mais

PERGUNTAS E RESPOSTAS CRA

PERGUNTAS E RESPOSTAS CRA PERGUNTAS E RESPOSTAS CRA 1. O que é a CRA? A CRA é a Central de Relacionamento com o Aluno. Um departamento criado para atender às solicitações acadêmicas e financeiras, através de diversificados canais

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE QUINTA DA LOMBA ESCOLA BÁSICA 2+3 DE QUINTA DA LOMBA. Regulamento de utilização do cartão eletrónico - GIAE

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE QUINTA DA LOMBA ESCOLA BÁSICA 2+3 DE QUINTA DA LOMBA. Regulamento de utilização do cartão eletrónico - GIAE AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE QUINTA DA LOMBA ESCOLA BÁSICA 2+3 DE QUINTA DA LOMBA Regulamento de utilização do cartão eletrónico - GIAE OBJETO E ÂMBITO O Agrupamento de Escolas de Quinta da Lomba implementou,

Leia mais

A RELAÇÃO ENTRE O SANGUE E A CONTABILIDADE NAS EMPRESAS ( * )

A RELAÇÃO ENTRE O SANGUE E A CONTABILIDADE NAS EMPRESAS ( * ) A RELAÇÃO ENTRE O SANGUE E A CONTABILIDADE NAS EMPRESAS ( * ) A Contabilidade é o sangue que circula no Sistema Integrado de Gestão. Implanta e integra controles em todos os órgãos da empresa e retorna

Leia mais

Contrato Comercial. Objetivo: Setup - Plataforma de E-commerce. Cliente... : Aos cuidados de... : Data de Emissão...

Contrato Comercial. Objetivo: Setup - Plataforma de E-commerce. Cliente... : Aos cuidados de... : Data de Emissão... Contrato Comercial Objetivo: Setup - Plataforma de E-commerce Cliente... : Aos cuidados de... : Data de Emissão... : Emitido por: 0 Contrato Comercial Pelo presente instrumento, firma-se o acordo comercial

Leia mais

PLANEJAMENTO E CONTROLE DA PRODUÇÃO

PLANEJAMENTO E CONTROLE DA PRODUÇÃO Universidade Federal do Rio Grande FURG Universidade Aberta do Brasil UAB Curso - Administração Administração da Produção I Prof.ª MSc. Luciane Schmitt Semana 7 PLANEJAMENTO E CONTROLE DA PRODUÇÃO 1 PLANEJAMENTO

Leia mais

GUIA DE USO. Sobre o Moip

GUIA DE USO. Sobre o Moip GUIA DE USO Sobre o Moip Sobre o Moip 2 Qual o prazo de recebimento no Moip? Clientes Elo 7 possuem prazo de recebimento de 2 dias corridos, contados a partir da data de autorização da transação. Este

Leia mais

SEU NEGÓCIO ONLINE EM 4 PASSOS

SEU NEGÓCIO ONLINE EM 4 PASSOS SEU NEGÓCIO ONLINE EM 4 PASSOS A quem se destina este passo-a-passo? Esta instrução passo-a-passo foi criada pensando nos pequenos empreendedores que querem iniciar seu negócio na internet - ou aqueles

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO TREINAMENTO TÉCNICO ATENDENTES CALL CENTER

MEMORIAL DESCRITIVO TREINAMENTO TÉCNICO ATENDENTES CALL CENTER Manual Técnico MEMORIAL DESCRITIVO TREINAMENTO TÉCNICO ATENDENTES CALL CENTER Versão 1.0 Agosto de 2011 ÍNDICE MEMORIAL DESCRITIVO TREINAMENTO TÉCNICO ATENDENTES CALL CENTER 2 1 INTRODUÇÃO 4 1.1 HISTÓRICO

Leia mais

PROPOSTA MICRO-FRANQUIAS

PROPOSTA MICRO-FRANQUIAS PROPOSTA MICRO-FRANQUIAS ON-LINE Alterada dia 13/01/2015-13h00 Venha fazer parte do sucesso de vendas de camisetas que mais cresce na Internet... Já são mais de 100 micro-franqueados e franqueados no Brasil!

Leia mais

Logística Lean para a Eliminação do Warehouse

Logística Lean para a Eliminação do Warehouse Logística Lean para a Eliminação do Warehouse Nelson Eiji Takeuchi Uma cadeia logística convencional é composta por logística inbound, logística outbound, warehouse e movimentação interna. Fala-se que

Leia mais

CobreBemX» Documentação

CobreBemX» Documentação MELHOR, MAIS FÁCIL E SEGURO SEMPRE. LOJA VIRTUAL HOME EMPRESA SOLUÇÕES SUPORTE DOWNLOADS COMPRAR CONTATO INSTITUCIONAL Empresa especializada em soluções padronizadas de meios de pagamento e de recebimento.

Leia mais

Acelerador de Pontos

Acelerador de Pontos O é uma novidade para você acumular o dobro de pontos no programa do seu cartão de crédito, mediante o pagamento adicional de 4% do valor da sua fatura. Como contratar Você pode contratar o pela internet

Leia mais

SIMULADO 4 CERTIFICAÇÃO PMP

SIMULADO 4 CERTIFICAÇÃO PMP SIMULADO 4 CERTIFICAÇÃO PMP Nível Básico Página 0 de 5 76) A estimativa análoga: a) Usa técnicas de estimativa bottom-up. b) É usada mais frequentemente durante a execução do projeto. c) Usa técnicas de

Leia mais

MANUAL OPERACIONAL GESTÃO DE PATRIMÔNIO

MANUAL OPERACIONAL GESTÃO DE PATRIMÔNIO MANUAL OPERACIONAL GESTÃO DE PATRIMÔNIO ÍNDICE: CAPÍTULO 01 NORMA E PROCEDIMENTOS 1 - OBJETIVO 03 2 - VISÃO 03 3 - DISPOSIÇÕES GERAIS 03 4 - DEFINIÇÕES 03 5 - CLASSIFICAÇÃO 03 6 - PEDIDO DE MATERIAL PERMANENTE

Leia mais

E-Business global e colaboração

E-Business global e colaboração E-Business global e colaboração slide 1 2011 Pearson Prentice Hall. Todos os direitos reservados. 2.1 Copyright 2011 Pearson Education, Inc. publishing as Prentice Hall Objetivos de estudo Quais as principais

Leia mais

VERIFONE OMNI 5150/VX510. lder POS Tricard_CMYK_09-06-2011.indd 1 09/06/11 14:26

VERIFONE OMNI 5150/VX510. lder POS Tricard_CMYK_09-06-2011.indd 1 09/06/11 14:26 VERIFONE OMNI 5150/VX510 lder POS Tricard_CMYK_09-06-2011.indd 1 09/06/11 14:26 ÍNDICE POS FUNÇÕES...03 MENU PRINCIPAL E PRODUTOS...04 CARTÃO DE CRÉDITO...04 CARTÃO DE DÉBITO...07 R CORRESPONDENTE TUDO

Leia mais

Case Livraria Saraiva: Solução de Atendimento Multicanal e Internalização da Central de Atendimento

Case Livraria Saraiva: Solução de Atendimento Multicanal e Internalização da Central de Atendimento Case Livraria Saraiva: Solução de Atendimento Multicanal e Internalização da Central de Atendimento Livraria Saraiva A Livraria Saraiva é uma empresa brasileira, fundada em 1914 e hoje é a maior livraria

Leia mais

Planejamento da produção

Planejamento da produção Planejamento da produção Capítulo 3, parte B Sumário Capacidade de produção Elaboração do plano de produção Just-in-time Capacidade de produção O que é capacidade de produção? Capacidade de produção O

Leia mais

versa A solução definitiva para o mercado livreiro. Aumente a eficiência de seu negócio Tenha uma solução adequada para cada segmento

versa A solução definitiva para o mercado livreiro. Aumente a eficiência de seu negócio Tenha uma solução adequada para cada segmento Aumente a eficiência de seu negócio O Versa é um poderoso software de gestão de negócios para editoras, distribuidoras e livrarias. Acessível e amigável, o sistema foi desenvolvido especificamente para

Leia mais

3DUkPHWURVGH6LPXODomR

3DUkPHWURVGH6LPXODomR $5(1$ 3DUkPHWURVGH6LPXODomR Usados para: Orientar as decisões dentro do modelo; Apresentar na animação resultados parciais; Efetuar cálculos para as estatísticas finais. 5(&85626 )LOD 14QRPHGDILOD : retorna

Leia mais

3DUkPHWURVGH6LPXODomR

3DUkPHWURVGH6LPXODomR $5(1$ 3DUkPHWURVGH6LPXODomR Usados para: Orientar as decisões dentro do modelo; Apresentar na animação resultados parciais; Efetuar cálculos para as estatísticas finais. 5(&85626 )LOD 14QRPHGDILOD : retorna

Leia mais

Tecnologia da Informação. Prof. Odilon Zappe Jr

Tecnologia da Informação. Prof. Odilon Zappe Jr Tecnologia da Informação Prof. Odilon Zappe Jr Vantagens e Desvantagens do Comércio Eletrônico Vantagens Aumento do número de contatos da empresa com fornecedores e com outras empresas do mesmo ramo, e

Leia mais

Disciplina Estatística Prof. Msc Quintiliano Siqueira Schroden Nomelini LISTA DE DSITRIBUIÇÕES DE PROBABILIDADE DISTRIBUIÇÕES DISCRETAS

Disciplina Estatística Prof. Msc Quintiliano Siqueira Schroden Nomelini LISTA DE DSITRIBUIÇÕES DE PROBABILIDADE DISTRIBUIÇÕES DISCRETAS Disciplina Estatística Prof. Msc Quintiliano Siqueira Schroden Nomelini LISTA DE DSITRIBUIÇÕES DE PROBABILIDADE DISTRIBUIÇÕES DISCRETAS 1) Devido às altas taxas de juros, uma firma informa que 30% de suas

Leia mais

Os Sistemas de Informação para as Operações das Empresas e o Comércio Eletrônico Simulado Verdadeiro ou Falso

Os Sistemas de Informação para as Operações das Empresas e o Comércio Eletrônico Simulado Verdadeiro ou Falso Os Sistemas de Informação para as Operações das Empresas e o Comércio Eletrônico Simulado Verdadeiro ou Falso 1. Muitas organizações estão utilizando tecnologia da informação para desenvolver sistemas

Leia mais

Competindo com Tecnologia da Informação. Objetivos do Capítulo

Competindo com Tecnologia da Informação. Objetivos do Capítulo Objetivos do Capítulo Identificar as diversas estratégias competitivas básicas e explicar como elas podem utilizar a tecnologia da informação para fazer frente às forças competitivas que as empresas enfrentam.

Leia mais

E-BUSINESS: O USO CORPORATIVO DA INTERNET

E-BUSINESS: O USO CORPORATIVO DA INTERNET ÁREA DE OPERAÇÕES INDUSTRIAIS 2 - AO2 GERÊNCIA SETORIAL DE COMÉRCIO E SERVIÇOS Data: Junho/2000 N o 15 E-BUSINESS: O USO CORPORATIVO DA INTERNET INTRODUÇÃO As empresas que, de alguma forma, estão envolvidas

Leia mais

SISTEMA WEBPARA EMISSÃO DE PEDIDOS ON-LINE APLICADO A UMA PAPELARIA. Eduardo Alex Thomsen Orientador: Wilson Pedro Carli

SISTEMA WEBPARA EMISSÃO DE PEDIDOS ON-LINE APLICADO A UMA PAPELARIA. Eduardo Alex Thomsen Orientador: Wilson Pedro Carli SISTEMA WEBPARA EMISSÃO DE PEDIDOS ON-LINE APLICADO A UMA PAPELARIA Eduardo Alex Thomsen Orientador: Wilson Pedro Carli Roteiro da Apresentação 1. Introdução e Objetivos 2. Fundamentação Teórica 3. Especificações

Leia mais

GUIA PARA AFILIAÇÕES

GUIA PARA AFILIAÇÕES GUIA PARA AFILIAÇÕES ÍNDICE INTRODUÇÃO... 3 REDE... 4 Gerando usuário e senha (tecnologia Komerci)... 5 Liberação dos IP s maxipago!... 6 Matriz de Responsabilidades e Prazos... 7 CIELO... 8 Pedindo o

Leia mais

Manual de Operação do Sistema de Tickets Support Suite

Manual de Operação do Sistema de Tickets Support Suite Manual de Operação do Sistema de Tickets Support Suite Sumário Acessando a página do HelpDesk helpdesk.virtuem.com.br... 3 Criando um Ticket... 6 Visualizando Tickets Existentes... 9 Respondendo um Ticket...

Leia mais

Manual da Central de Atendimento ao Cliente Sami Sistemas

Manual da Central de Atendimento ao Cliente Sami Sistemas Manual da Central de Atendimento ao Cliente Sami Sistemas 1. Introdução O presente documento tem por finalidade apresentar a Central de Relacionamento do cliente, documentando todos os processos, as atividades

Leia mais

Qualidade de Crédito

Qualidade de Crédito Qualidade de Crédito 03 Análise de documentos Como conhecer o futuro cliente Preencher proposta fora da loja é seguro? Trabalhando com a Proposta Online 08 16 25 26 Prevenção de fraudes no momento da venda

Leia mais

Questões atualizadas no PMBoK 5ª edição versão 2015. Respostas comentadas com justificativa e seção do PMBoK correspondente.

Questões atualizadas no PMBoK 5ª edição versão 2015. Respostas comentadas com justificativa e seção do PMBoK correspondente. Copyright 2015 PMtotal.com.br - Todos os direitos reservados PMI, Guia PMBOK, PMP, CAPM são marcas registradas do Project Management Institute, Inc Simulado de 20 questões para as provas CAPM e PMP do

Leia mais

Laudon K., Laudon J., Sistemas de Informações gerencias, editora Pearson, 2010. Laudon K., Laudon J., Sistemas de Informação, editora LTC, 1999

Laudon K., Laudon J., Sistemas de Informações gerencias, editora Pearson, 2010. Laudon K., Laudon J., Sistemas de Informação, editora LTC, 1999 FSI capítulo 2 Referências bibliográficas: Laudon K., Laudon J., Sistemas de Informações gerencias, editora Pearson, 2010 Laudon K., Laudon J., Sistemas de Informação, editora LTC, 1999 Porter M., Competitive

Leia mais

Sistema Integrado de Controladoria Pós Vendas

Sistema Integrado de Controladoria Pós Vendas Sistema Integrado de Controladoria Pós Vendas Contabilidade Avançada Controladoria e Finanças Planejamento Estratégico Oferece O Sistema Integrado de Controladoria de Vendas, da Nóbrega s Controladoria

Leia mais

NEGÓCIOS E COMÉRCIO ELETRÔNICO

NEGÓCIOS E COMÉRCIO ELETRÔNICO NEGÓCIOS E COMÉRCIO ELETRÔNICO UNIDADE I: INTRODUÇÃO AO E-COMMERCE Prof. Adolfo Colares E-commerce - Conceito E-commerce - Evolução E-commerce - Processos de Negócios Para viabilizar o comércio eletrônico,

Leia mais

Capítulo 2 E-Business global e colaboração

Capítulo 2 E-Business global e colaboração Objetivos de estudo Capítulo 2 E-Business global e colaboração Quais as principais características de um negócio que são relevantes para a compreensão do papel dos sistemas de informação? Como os sistemas

Leia mais

SISTEMAS DE PRODUÇÃO AULA 10. Anibal Vilcapoma

SISTEMAS DE PRODUÇÃO AULA 10. Anibal Vilcapoma SISTEMAS DE PRODUÇÃO AULA 10 Anibal Vilcapoma 2 Processos de Transformação SUMÁRIO Introdução Processos Atividade de processo Ferramentas de projeto 3 INTRODUÇÃO Análise Estratégica Ambiente Processos

Leia mais

FACULDADE PITÁGORAS DISCIPLINA: SISTEMAS DE INFORMAÇÃO

FACULDADE PITÁGORAS DISCIPLINA: SISTEMAS DE INFORMAÇÃO FACULDADE PITÁGORAS DISCIPLINA: SISTEMAS DE INFORMAÇÃO Prof. Ms. Carlos José Giudice dos Santos carlos@oficinadapesquisa.com.br www.oficinadapesquisa.com.br Usando o SI como vantagem competitiva Vimos

Leia mais

Qual é a diferença entre conta-salário e conta corrente?

Qual é a diferença entre conta-salário e conta corrente? Qual é a diferença entre conta-salário e conta corrente? A primeira diferença está na titularidade. A conta-salário é aberta pela empresa, a conta corrente é aberta pelo trabalhador. A contasalário permite

Leia mais

Gestão estratégica por KPIs 1

Gestão estratégica por KPIs 1 Gestão estratégica por KPIs 1 Sumário Introdução 03 Por que usar indicadores na gestão 05 Dado, informação ou indicadores? 07 KPI: Os indicadores chave de desempenho 09 KPIs do PMO Conclusão Sobre a Project

Leia mais

INSTITUTO FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO CAMPUS SERRA BACHARELADO EM SISTEMAS DE INFORMAÇÃO LISTA DE EXERCÍCIOS (VARIÁVEIS ALEATÓRIAS) ALUNO(A):

INSTITUTO FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO CAMPUS SERRA BACHARELADO EM SISTEMAS DE INFORMAÇÃO LISTA DE EXERCÍCIOS (VARIÁVEIS ALEATÓRIAS) ALUNO(A): INSTITUTO FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO CAMPUS SERRA BACHARELADO EM SISTEMAS DE INFORMAÇÃO LISTA DE EXERCÍCIOS (VARIÁVEIS ALEATÓRIAS) ALUNO(A): 1) A demanda quotidiana por um determinado produto no mercadinho

Leia mais

O Oficina Integrada é um sistema completo para o controle e gerenciamento de oficinas mecânicas. É o primeiro e único software que controla o fluxo

O Oficina Integrada é um sistema completo para o controle e gerenciamento de oficinas mecânicas. É o primeiro e único software que controla o fluxo O Oficina Integrada é um sistema completo para o controle e gerenciamento de oficinas mecânicas. É o primeiro e único software que controla o fluxo em sua oficina. O sistema foi desenvolvido para ser utilizado

Leia mais

COMERCIAL) 1. 2. 3. 4. 5. 6. 7. 8. 9. 10. E-

COMERCIAL) 1. 2. 3. 4. 5. 6. 7. 8. 9. 10. E- 2014 ÍNDICE 1. Cadastros básicos 2. Módulos básicos (Incluso em todas as versões) CMC BASE 3. Agenda 4. Arquivos 5. Empresas ou Cadastros de empresas 6. Pessoas ou cadastro de pessoas 7. Módulos que compõem

Leia mais

brasil +55 48 3025 2124 chile +56 832 401 61 peru +511 711-8466. amplie suas vendas ecommerce b2c

brasil +55 48 3025 2124 chile +56 832 401 61 peru +511 711-8466. amplie suas vendas ecommerce b2c brasil +55 48 3025 2124 chile +56 832 401 61 peru +511 711-8466. amplie suas vendas loja online ecommerce diferenciais A EMPRESA b2c A PLATAFORMA FLEXY É UM CONJUNTO DE SERVIÇOS E SISTEMAS ESPECIALIZADOS

Leia mais

Regulamento Compre e Ganhe NAMORADOS 2014

Regulamento Compre e Ganhe NAMORADOS 2014 Regulamento Compre e Ganhe NAMORADOS 2014 Trata-se de DISTRIBUIÇÃO GRATUITA DE BRINDES denominada Promoção NAMORADOS 2014, operação do tipo compre e ganhe, que é realizada pela ASSOCIAÇÃO DOS LOJISTAS

Leia mais

Conectando seu negócio aos seus objetivos

Conectando seu negócio aos seus objetivos Conectando seu negócio aos seus objetivos CONSTRUINDO UMA HISTÓRIA DE SUCESSO 2001 2005 2008 2010 2011 2012 2013 Líder em seguro de celular no mercado de Telecom Investimento e desenvolvimento do sistema

Leia mais

Exemplo de Plano para Desenvolvimento de Software

Exemplo de Plano para Desenvolvimento de Software Universidade Salgado de Oliveira Especialização em Tecnologia da Informação Qualidade em Engenharia de Software Exemplo de Plano para Desenvolvimento de Software Prof. Msc. Edigar Antônio Diniz Júnior

Leia mais

SISTEMAS INTEGRADOS DE GESTÃO EMPRESARIAL ERP

SISTEMAS INTEGRADOS DE GESTÃO EMPRESARIAL ERP SISTEMAS INTEGRADOS DE GESTÃO EMPRESARIAL ERP José Manuel de Sacadura Rocha jsacadura@ultrarapida.com.br O que é um ERP? Um sistema integrado de gestão Integra vários módulos de SW especialistas É suportado

Leia mais

Apresentação. Apresentamos a seguir, o sistema de controle de estacionamentos

Apresentação. Apresentamos a seguir, o sistema de controle de estacionamentos Apresentação Apresentamos a seguir, o sistema de controle de estacionamentos Objetivos O Parking System tem por objetivo automatizar a entrada e saída de veículos de um estacionamento com segurança e agilidade.

Leia mais

Os casos de uso dão conta da maioria dos requisitos de um sistema computacional.

Os casos de uso dão conta da maioria dos requisitos de um sistema computacional. Unidade 3: Modelagem de requisitos e de soluções (Parte a) 1 Casos de uso 1.1 Conceitos básicos e parâmetros de descrição Os casos de uso dão conta da maioria dos requisitos de um sistema computacional.

Leia mais

SIMCO 5.0 SIMULAÇÃO COMERCIAL

SIMCO 5.0 SIMULAÇÃO COMERCIAL SIMCO 5.0 SIMULAÇÃO COMERCIAL MANUAL DA EMPRESA TODOS OS DIREITOS SÃO RESERVADOS À BERNARD SISTEMAS LTDA. BERNARD SISTEMAS LTDA. Florianópolis, Janeiro de 2008. Todos os direitos são reservados. Nenhuma

Leia mais

Manual de utilização do SGA - Sistema de Gerenciamento de Almoxarifado

Manual de utilização do SGA - Sistema de Gerenciamento de Almoxarifado Manual de utilização do SGA - Sistema de Gerenciamento de Almoxarifado Setembro/2013 Para acessar o sistema o usuário deverá entrar com os dados mostrados na imagem abaixo: 1. Nessa etapa é possível observar

Leia mais

brasil +55 48 3025 2124 chile +56 832 401 61 peru +511 711-8466. amplie suas vendas ecommerce b2b

brasil +55 48 3025 2124 chile +56 832 401 61 peru +511 711-8466. amplie suas vendas ecommerce b2b brasil +55 48 3025 2124 chile +56 832 401 61 peru +511 711-8466. amplie suas vendas loja online ecommerce b2b A SOLUÇÃO B2C É TOTALMENTE INTEGRÁVEL COM A SOLUÇÃO B2B, GERANDO ASSIM UM E-COMMERCE MULTICANAL

Leia mais

Comércio Eletrônico. Comércio Eletrônico. Grau de digitalização. Caracteriza-se Comércio eletrônico pelo grau de digitalização:

Comércio Eletrônico. Comércio Eletrônico. Grau de digitalização. Caracteriza-se Comércio eletrônico pelo grau de digitalização: Comércio Eletrônico FTS Faculdade Taboão da Serra Curso de Administração de Sistemas de Informações Disciplina: Comércio Eletrônico Comércio Eletrônico Caracteriza-se Comércio eletrônico pelo grau de digitalização:

Leia mais

IF-718 Análise e Projeto de Sistemas

IF-718 Análise e Projeto de Sistemas Centro de Informática - Universidade Federal de Pernambuco Especificação de Requisitos do Software Sistema de Gerenciamento de Restaurantes IF-718 Análise e Projeto de Sistemas Equipe: Jacinto Filipe -

Leia mais

PROPOSTA MICRO-FRANQUIAS

PROPOSTA MICRO-FRANQUIAS PROPOSTA MICRO-FRANQUIAS ON-LINE Alterada dia 26/02/2015-16h00 Venha fazer parte do sucesso de vendas de camisetas que mais cresce na Internet... Já são mais de 100 micro-franqueados e franqueados no Brasil!

Leia mais

2 - Quais as vantagens do Confidence Travel Card em relação ao Cheques de Viagem e o Cartão de Crédito?

2 - Quais as vantagens do Confidence Travel Card em relação ao Cheques de Viagem e o Cartão de Crédito? Perguntas frequentes Confidence Travel Card Sobre o Cartão Confidence Travel Card 1 - Eu posso adquirir e recarregar um Confidence Travel Card nas Bandeiras Visa e Mastercard? Para Compra: Na bandeira

Leia mais

BB Crédito Material Construção. Solução em Financiamento para sua Empresa

BB Crédito Material Construção. Solução em Financiamento para sua Empresa BB Crédito Material Construção Solução em Financiamento para sua Empresa Maio 2009 Índice 1. Para sua Empresa 1.1 O que é? 02 1.2 Qual a vantagem de ser conveniado ao BB? 02 1.3 Quais os procedimentos

Leia mais

Integração ao e-rede estamos todos ligados

Integração ao e-rede estamos todos ligados Manual de Integração ao e-rede estamos todos ligados 01 02 03 Introdução ao guia 7 1.1 Escopo 7 1.2 Suporte 8 1.3 Documentação relacionada 8 Visão geral de integração de negócios 9 2.1 Introdução 9 2.2

Leia mais

Como funciona o seu cartão pré-pago de múltiplas moedas?

Como funciona o seu cartão pré-pago de múltiplas moedas? PERGUNTAS FREQUENTES Cartão Pré-Pago Banco do Brasil Americas Como funciona o seu cartão pré-pago de múltiplas moedas? Seu cartão pré-pago Banco do Brasil Americas é um cartão de múltiplas moedas. Dentro

Leia mais

3ª EDIÇÃO OUTUBRO 2015

3ª EDIÇÃO OUTUBRO 2015 3ª EDIÇÃO OUTUBRO 2015 27 razões para a sua escola ser parceira da viena! Mais do que fazer negócios, a nossa missão é transformar a sua escola em um diferencial no mercado. Queremos chamar sua atenção

Leia mais

Diretor Técnico 01/10/2009 Dr. Jose Carlos dos Santos. Diretor Executivo 01/10/2009

Diretor Técnico 01/10/2009 Dr. Jose Carlos dos Santos. Diretor Executivo 01/10/2009 Versão: 2 Pg: 1/5 ELABORADO POR DE ACORDO APROVADO POR NOME FUNÇÃO ASSINATURA DATA Dr. Ivo Gerente da Fernandes Qualidade 01/10/2009 Dr. Renato de Lacerda Diretor Técnico 01/10/2009 Dr. Jose Carlos dos

Leia mais

DCC133 Introdução à Sistemas de Informação. E-business global e colaboração

DCC133 Introdução à Sistemas de Informação. E-business global e colaboração Curso de Bacharelado em Sistemas de Informação DCC133 Introdução à Sistemas de Informação TÓPICO 2 E-business global e colaboração Prof. Tarcísio de Souza Lima OBJETIVOS DE ESTUDO Identificar e descrever

Leia mais

Cartão BNDES. Guia Cartão BNDES

Cartão BNDES. Guia Cartão BNDES Guia O é destinado para micro, pequenas e médias empresas para o financiamento da compra de equipamentos, serviços e insumos. As vendas com o cartão BNDES são realizadas exclusivamente no Portal (www.cartaobndes.gov.br)

Leia mais

Manual - Relatórios Gerenciais.

Manual - Relatórios Gerenciais. Manual - Relatórios Gerenciais. Perguntas que temos que responder quase que diariamente sobre: Vendas Financeiro Produção Emissão: 04/02/2014 Revisão: 28/05/2015 Revisado por: Juliana 1 Área de Vendas

Leia mais

SISTEMA HOTELEIRO. Deseja-se modelar um sistema para um pequeno hotel que atenda aos seguintes. requisitos:

SISTEMA HOTELEIRO. Deseja-se modelar um sistema para um pequeno hotel que atenda aos seguintes. requisitos: GERAIS Desenha um diagrama de classes com relacionamentos, nomes de papéis e multiplicidade para as seguintes situações: - Uma pessoa pode ser casada com outra pessoa. - Uma disciplina é pré-requisito

Leia mais

Mensagem do Administrador

Mensagem do Administrador Educação Financeira Índice 1. Mensagem do administrador... 01 2. O Cartão de crédito... 02 3. Conhecendo sua fatura... 03 4. Até quanto gastar com seu cartão... 07 5. Educação financeira... 08 6. Dicas

Leia mais

Sistema de administração de desvios de chamadas telefônicas para plataformas IP Cisco.

Sistema de administração de desvios de chamadas telefônicas para plataformas IP Cisco. Sistema de administração de desvios de chamadas telefônicas para plataformas IP Cisco. 2011 ISO 9001 REGISTERED QUALITY SYSTEM Principais características: Configuração de vários grupos de atenção das chamadas

Leia mais

O que significa esta sigla?

O que significa esta sigla? CRM Para refletir... Só há duas fontes de vantagem competitiva. A capacidade de aprender mais sobre nossos clientes, mais rápido que o nosso concorrente e a capacidade de transformar este conhecimento

Leia mais

GESTÃO. Educacional. www.semeareducacional.com.br. Sistema Municipal de Excelência ao Atendimento da Rede

GESTÃO. Educacional. www.semeareducacional.com.br. Sistema Municipal de Excelência ao Atendimento da Rede GESTÃO Educacional A P R E S E N T A Ç Ã O www.semeareducacional.com.br Sistema Municipal de Excelência ao Atendimento da Rede A EXPANSÃO TECNOLOGIA Nossa MISSÃO: Transformação de Dados em Informação Transformação

Leia mais

CONSULTORIA ONLINE Guia sobre o novo serviço

CONSULTORIA ONLINE Guia sobre o novo serviço CONSULTORIA ONLINE Guia sobre o novo serviço Setembro de 2013 Índice APRESENTAÇÃO... 3 O QUE É A CONSULTORIA ONLINE?... 4 QUAL A ÁREA RESPONSÁVEL?... 4 ABRANGÊNCIA... 4 COMO FUNCIONA... 5 FERRAMENTAS...

Leia mais

Sistemas de Gestão de Estoques

Sistemas de Gestão de Estoques CONCEITOS BÁSICOSB Prof. João Carlos Gabriel - Aula 3 1 CONCEITOS BÁSICOSB PP = Ponto de pedido ou ponto de ressuprimento ou ponto de reposição é o instante (a quantidade) no qual se faz um pedido de compra

Leia mais