INTRODUÇÃO Capítulo 1 -A ENTREVISTA RESUMO Introdução O Que Designamos por Entrevista?... 25

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "INTRODUÇÃO... 15. Capítulo 1 -A ENTREVISTA... 19 RESUMO... 19. Introdução... 23. 1. O Que Designamos por Entrevista?... 25"

Transcrição

1 índice INTRODUÇÃO Capítulo 1 -A ENTREVISTA RESUMO ÍNDICE DO CAPÍTULO Introdução O Que Designamos por Entrevista? Os Sentidos Quotidianos Direcções da Entrevista Teoria e Técnica de Entrevista Entrevista e Psicologia A Entrevista como Prestação de Serviço Serão Todas as Entrevistas Psicológicas? Origens e Contextos As Origens Psiquiátricas A Mediação Psicanalítica Outros Contributos para a Entrevista Entrevista e Consulta Psicológica As Entrevistas de Consulta As Entrevistas Diagnosticas O DSM - Diagnostic and Statistical Manual of Mental Disorders As Entrevistas de "Ajuda" Entrevistas e Outras Técnicas de Recolha de Informação Os Questionários História Clínica, Anamnese e História de Vida Da Consulta Psicológica à Psicoterapia BIBLIOGRAFIA RECOMENDADA..., 52

2 10 l A Entrevista Psicológica Capítulo 2 - A ENTREVISTA CLÍNICA RESUMO ÍNDICE DO CAPÍTULO Introdução Os Sentidos da "Clínica" O Método Clínico em Psicologia O Raciocínio Clínico A Psicologia Clínica A Emergência da Psicologia Clínica A Psicotecnia como Momento Inaugural Outros Contributos para a Psicologia Clínica A Clínica em Psicologia Actual Definições Da Psicologia Clínica à Clínica Psicológica Psicologia Clínica e Psicologia Clínica da Saúde Psicologia Clínica, Psiquiatria e Psicoterapia A Entrevista Clínica em Psicologia A Clínica de Mãos Nuas A Clínica Instrumental A Clínica de Peritagem BIBLIOGRAFIA RECOMENDADA Capítulo 3 - AS ENTREVISTAS PSICOLÓGICAS RESUMO ÍNDICE DO CAPÍTULO Introdução Classificações de Entrevistas Psicológicas Os Níveis de Estruturação da Entrevista O Meio Ambiente Emocional Os Objectivos As Entrevistas Mais Utilizadas em Clínica A Entrevista de Recolha de Dados As Entrevistas de Estudo de Caso As Entrevistas de Avaliação do Estado Mental As Entrevistas de Pré e Pós-Teste

3 índice As Entrevistas Breves de Avaliação A Entrevista de Conclusão A Entrevista de Investigação BIBLIOGRAFIA RECOMENDADA Capítulo 4 - TEORIAS DA ENTREVISTA RESUMO ÍNDICE DO CAPITULO Introdução O Paradigma Psicanalítico A Entrevista Psicanalítica no Contexto do Paradigma Psicanalítico Modelos de Entrevista O Paradigma Existencial-Humanista Das Teorias às Práticas Diferentes Perspectivas O Paradigma Sistêmico Do Conceito de Sistema A Comunicação A Entrevista Sistêmica O Paradigma Comportamental-Cognitivo Do Comportamento à Cognição Modelos de Entrevista Perspectivas Integracionistas BIBLIOGRAFIA RECOMENDADA Capítulo 5 -TÉCNICAS DA ENTREVISTA RESUMO ÍNDICE DO CAPÍTULO Introdução Principais Técnicas de Entrevista O Questionamento A Reflexão A Reformulação A Clarificação A Confrontação

4 12 A Entrevista Psicológica 1.6 A Auto-Revelação O Silêncio A Exploração A Reestruturação... T A Interpretação O Humor A Generalização A Focagem O Ecoar A Provocação A Racionalização A Informação à Medida ou Esclarecimento Formação em Técnica de Entrevista Questões Prévias Pragmática BIBLIOGRAFIA RECOMENDADA Capítulo 6 - A COMUNICAÇÃO NA ENTREVISTA: DA PALAVRA AO CORPO 183 RESUMO ÍNDICE DO CAPÍTULO Introdução Comunicação e Linguagens A Linguagem Corporal A Importância da Língua A Luta das Linguagens Relações entre Linguagens Analógica e Digitais Novos Desenvolvimentos Classificações das Linguagens Corporais Classificação Teórica Classificação Lingüística Classificação Corporeísta Classificação Holística Contributos a Partir de Psicoterapias Contributo da Análise Bioenergética As Propostas da Programação Neurolinguística A Linguagem Corporal na Entrevista BIBLIOGRAFIA RECOMENDADA

5 (ndice l 13 Capítulo 7 - PRAGMÁTICA DA ENTREVISTA CLÍNICA RESUMO ÍNDICE DO CAPÍTULO Introdução Condições Externas Facilitadoras da Relação O Setting O Espaço O Tempo O Pedido A Marcação de uma Primeira Entrevista Atitudes e Comportamento do Psicólogo Clínico Neutralidade e Abstinência Questões Éticas e deontológicas Comportamentos e Respostas a Situações-Tipo Apresentação e Expressão Tratamento e Cumprimentos Níveis de Permissividade Reacção a Descargas Emocionais Ofertas Cartas, Telefonemas, Gravações Apontamentos e Registos Interrupções Honorários BIBLIOGRAFIA RECOMENDADA Capítulo 8 - POPULAÇÕES RESUMO ÍNDICE DO CAPÍTULO Introdução A Entrevista com os Mais Pequenos A Infância e a Adolescência Entrevistar com ou sem Família A Situação de Entrevista a Bebês A Situação de Entrevista com Crianças Aspectos Relacionados com a Fase de Desenvolvimento da Criança Aspectos Relacionados com a Família

6 14 l A Entrevista Psicológica 4. A Entrevista com Adolescentes Os Pedidos dos Adolescentes Os Pedidos para os Adolescentes A Entrevista com Idosos A Fase de Reforma A Fase de Resguardo BIBLIOGRAFIA RECOMENDADA Capítulo 9 - CONTEXTOS DE APLICAÇÃO RESUMO ÍNDICE DO CAPITULO Introdução A Entrevista Clínica como Prática de Saúde Campos de Saúde Da Doença ao Indivíduo Prováveis Caminhos das Relações entre Práticas de Saúde e Contextos de Intervenção Os Contextos A Clínica Privada Os Serviços de Saúde Os Serviços Jurídico-Legais Os Serviços Educativos-Pedagógicos As Instituições Privadas de Solidariedade Social Outros Contextos Emergentes de Intervenção BIBLIOGRAFIA RECOMENDADA ÍNDICE REMISSIVO DE AUTORES ÍNDICE REMISSIVO DE CONCEITOS BIBLIOGRAFIA

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular INTERVENÇÃO PSICOLÓGICA Ano Lectivo 2012/2013

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular INTERVENÇÃO PSICOLÓGICA Ano Lectivo 2012/2013 Programa da Unidade Curricular INTERVENÇÃO PSICOLÓGICA Ano Lectivo 2012/2013 1. Unidade Orgânica Ciências Humanas e Sociais (1º Ciclo) 2. Curso Psicologia 3. Ciclo de Estudos 1º 4. Unidade Curricular INTERVENÇÃO

Leia mais

QUADRO HORÁRIO POR CURSO / TURMA

QUADRO HORÁRIO POR CURSO / TURMA Turma: 10PSAN 17:20 18:10 18:10 Gênero, Sexualidade e Políticas Públicas Gênero, Sexualidade e Políticas Públicas Gênero, Sexualidade e Políticas Públicas Gênero, Sexualidade e Políticas Públicas Pesquisa

Leia mais

Faculdade Pernambucana de Saúde PSICOLOGIA. Detalhamento da Matriz Curricular

Faculdade Pernambucana de Saúde PSICOLOGIA. Detalhamento da Matriz Curricular Faculdade Pernambucana de Saúde PSICOLOGIA Detalhamento da Matriz Curricular Eixo Temático Módulo Carga Horária Código subjetividade: o sujeito o seu meio e a cultura O Homem como ser Social 70 PSI01-01

Leia mais

ÍNDICE GERAL. Página INTRODUÇÃO 14 CAPÍTULO I TERCEIRA IDADE: UMA CONSTRUÇÃO SOCIAL Problematização do conceito de terceira idade 24

ÍNDICE GERAL. Página INTRODUÇÃO 14 CAPÍTULO I TERCEIRA IDADE: UMA CONSTRUÇÃO SOCIAL Problematização do conceito de terceira idade 24 ÍNDICE GERAL Página INTRODUÇÃO 14 CAPÍTULO I TERCEIRA IDADE: UMA CONSTRUÇÃO SOCIAL 23 1. Problematização do conceito de terceira idade 24 2. Transformações objectivas conducentes à construção social da

Leia mais

Serviço de Psicologia. Proposta de Parceria

Serviço de Psicologia. Proposta de Parceria Serviço de Psicologia Proposta de Parceria Gabinete de Psicologia Liliana Rocha Consultas de Psicologia Prestar serviços de qualidade, diversificados e complementares a crianças, adolescentes, adultos

Leia mais

O Papel dos Psicólogos no Envelhecimento

O Papel dos Psicólogos no Envelhecimento CATEGORIA AUTORIA JUNHO 15 Revisão de Dados Gabinete de Estudos e Literatura Científica Técnicos O Papel dos Psicólogos no Envelhecimento Sugestão de Citação Ordem dos Psicólogos Portugueses (2015). O

Leia mais

Mestrado Integrado em Psicologia. Ano Letivo 2013/2014. Calendário de Avaliações - Época Especial

Mestrado Integrado em Psicologia. Ano Letivo 2013/2014. Calendário de Avaliações - Época Especial Mestrado Integrado em Psicologia Ano Letivo 2013/2014 Calendário de Avaliações - 1º Ano Bases Biológicas do Comportamento 9 julho11.00h Estatística I 7 julho 11.00h História, Epistemologia da Psicologia

Leia mais

Perturbação de Hiperactividade com Défice de Atenção

Perturbação de Hiperactividade com Défice de Atenção Perturbação de Hiperactividade com Défice de Atenção - Acção de Formação em e-learning Formadora : Alzira Fernandes Objectivos e Conteúdos do curso O que é a PHDA? Mitos e perspectiva actual. Etiologia,

Leia mais

Atos do Secretário Municipal de Gestão. Retificação. Edital nº 01/2016-SEGES, publicado no Diário Oficial de Santos em 08/01/2016.

Atos do Secretário Municipal de Gestão. Retificação. Edital nº 01/2016-SEGES, publicado no Diário Oficial de Santos em 08/01/2016. Atos do Secretário Municipal de Gestão Retificação Edital nº 01/2016-SEGES, publicado no Diário Oficial de Santos em 08/01/2016. Onde se lê: 7. A banca 8. Os pontos 9. Na possibilidade 10. A divulgação

Leia mais

A disciplina estuda as noções fundamentais da psicopatologia, aprofundando o conhecimento sobre as funções mentais e suas alterações patológicas.

A disciplina estuda as noções fundamentais da psicopatologia, aprofundando o conhecimento sobre as funções mentais e suas alterações patológicas. Unidade Universitária CCBS - 040 Curso PSICOLOGIA Disciplina INTRODUÇÃO À PSICOPATOLOGIA Professor(es) Martha Serodio Dantas 113352-8 Terezinha A. de Carvalho Amaro 113774-3 Código da Disciplina 0802405-7

Leia mais

Trabalhando a ansiedade do paciente

Trabalhando a ansiedade do paciente Trabalhando a ansiedade do paciente Juliana Ono Tonaki Psicóloga Hospitalar Título SOFRIMENTO... principal Sofrimento humano como condição à todos; Cada um sente à sua forma e intensidade; Manifestação

Leia mais

TRE-RJ Conteúdos VIP LÍNGUA PORTUGUESA

TRE-RJ Conteúdos VIP LÍNGUA PORTUGUESA LÍNGUA PORTUGUESA Compreensão e interpretação de textos Aulas Cursos VIP 100% em Vídeo Aulas (Teoria & Questões) #02 - Língua Portuguesa #8 - Compreensão e Interpretação de Textos, Tipologia textual, Gêneros)

Leia mais

Disciplina: TRANSTORNOS MENTAIS DA INFÂNCIA E ADOLESCÊNCIA (PSQ-00016)

Disciplina: TRANSTORNOS MENTAIS DA INFÂNCIA E ADOLESCÊNCIA (PSQ-00016) 1 Disciplina: TRANSTORNOS MENTAIS DA INFÂNCIA E ADOLESCÊNCIA (PSQ-00016) Professor responsável: Luis Augusto Rohde Professora colaboradora: Gisele Gus Manfro Créditos: 02 Carga horária: 30 horas/aula Súmula:

Leia mais

GRADE CURRICULAR CURSO DE FORMAÇÃO INICIAL PARA DELEGADO DE POLÍCIA

GRADE CURRICULAR CURSO DE FORMAÇÃO INICIAL PARA DELEGADO DE POLÍCIA GRADE CURRICULAR CURSO DE FORMAÇÃO INICIAL PARA DELEGADO DE POLÍCIA I. ÁREAS TEMÁTICAS DISCIPLINAS 1. LINGUAGEM, COMUNICAÇÃO, INFORMAÇÃO LINGUAGEM E TECNOLOGIA EM SEGURANÇA PÚBLICA. TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

Leia mais

Aplicação da Children s Depression Inventory numa população clínica de adolescentes: estudo exploratório

Aplicação da Children s Depression Inventory numa população clínica de adolescentes: estudo exploratório Aplicação da Children s Depression Inventory numa população clínica de adolescentes: estudo exploratório Ana Lúcia Moreira, Paula Vilariça, João Marques, Fernanda Pedro, António Matos Clínica da Juventude

Leia mais

(11)

(11) Olá, me chamo ALINE LISBOA FARIAS - C.R.P: 06/120305 sou psicóloga graduada pela Universidade Presbiteriana Mackenzie e Sócia proprietária do LYSIS CONSULTÓRIO DE PSICOLOGIA. Atuo realizando atendimentos

Leia mais

Psicologia e Educação

Psicologia e Educação Psicologia e Educação 2016.2 Profª. MSc. Fernanda Lima. Unidade III: O que pode fazer o psicólogo na escola. Psicólogo escolar: Papéis e funções na escola. Escola é um espaço social onde pessoas convivem

Leia mais

Universidade Anhanguera-Uniderp Pró-Reitoria de Graduação. Curso: PLANO DE ENSINO E APRENDIZAGEM

Universidade Anhanguera-Uniderp Pró-Reitoria de Graduação. Curso: PLANO DE ENSINO E APRENDIZAGEM Universidade Anhanguera-Uniderp Pró-Reitoria de Graduação Curso: PLANO DE ENSINO E APRENDIZAGEM Disciplina ou Módulo: Habilidades Específicas VII- Laboratório TP TTP VII- Clinica do adulto. Série/Semestre:

Leia mais

T P PRÉ-REQUISITO T P PRÉ-REQUISITO

T P PRÉ-REQUISITO T P PRÉ-REQUISITO MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE ENFERMAGEM 2012.2 1º SEMESTRE Anatomia Humana I 72 36 36 - Biologia Celular e Genética 72 36 36 - Introdução à Enfermagem 36 36 - Relações Étnico-raciais, Cultura e Saúde

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular PSICOPATOLOGIA DO ADULTO E DA TERCEIRA IDADE Ano Lectivo 2011/2012

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular PSICOPATOLOGIA DO ADULTO E DA TERCEIRA IDADE Ano Lectivo 2011/2012 Programa da Unidade Curricular PSICOPATOLOGIA DO ADULTO E DA TERCEIRA IDADE Ano Lectivo 2011/2012 1. Unidade Orgânica Ciências Humanas e Sociais (2º Ciclo) 2. Curso Mestrado em Psicologia Clínica 3. Ciclo

Leia mais

FACULDADES PEQUENO PRINCIPE FPP MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE PSICOLOGIA

FACULDADES PEQUENO PRINCIPE FPP MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE PSICOLOGIA FACULDADES PEQUENO PRINCIPE FPP MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE PSICOLOGIA Cada Crédito (Cr) teórico, prático e de estágio corresponde a 18 horas 1º PERIODO CARGA HORÁRIA Concepções do Pensamento filosófico

Leia mais

Psicologia Cognitiva I

Psicologia Cognitiva I 1 Psicologia Cognitiva I 1. Resumo descritivo 1.1. Elementos básicos Curso Unidade Curricular Área Científica Ano / Semestre ECTS Horas de Contacto Professores responsáveis Docentes 1.2. Síntese descritiva

Leia mais

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE Decanato Acadêmico

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE Decanato Acadêmico Unidade Universitária: Centro de Ciências Biológicas e da Saúde - 040 Curso: Psicologia Disciplina: Introdução à Psicopatologia Núcleo Temático: Processos Clínicos em Psicologia Código da Disciplina: 0802405-7

Leia mais

Cellos repudia juiz que concedeu liminar parcial para tratar homossexualidade

Cellos repudia juiz que concedeu liminar parcial para tratar homossexualidade Cellos repudia juiz que concedeu liminar parcial para tratar homossexualidade NOTA DE REPÚDIO À 14ª VARA DA JUSTIÇA FEDERAL PELA CONCESSÃO DE LIMINAR PARCIAL PARA TRATAMENTO DA HOMOSSEXUALIDADEBreve Fundamentação

Leia mais

Lurdes Cró (1), Lívia Andreucci (2), Rosa Gomes (2), Natália Abrantes (2), Anabela Pereira (2), Kenneth Merrell (3)

Lurdes Cró (1), Lívia Andreucci (2), Rosa Gomes (2), Natália Abrantes (2), Anabela Pereira (2), Kenneth Merrell (3) AVALIAÇÃO DA SAÚDE MENTAL ATRAVÉS DO PKBS-2: UM ESTUDO COM CRIANÇAS BRASILEIRAS E PORTUGUESAS Lurdes Cró (1), Lívia Andreucci (2), Rosa Gomes (2), Natália Abrantes (2), Anabela Pereira (2), Kenneth Merrell

Leia mais

GÉNERO PERCENTAGEM DE SUJEITO COM INTERNAMENTOS. OBJETIVO, MÉTODOS e CARACTERIZAÇÃO DA AMOSTRA

GÉNERO PERCENTAGEM DE SUJEITO COM INTERNAMENTOS. OBJETIVO, MÉTODOS e CARACTERIZAÇÃO DA AMOSTRA Paula Cristina Correia 1, Bernardo Barata 2, Ana Carolina Santos 3, Maria Inês Figueiredo 3 1 Pedopsiquiatra, 2 Interno de Psiquiatria, 3 Psicóloga clínica Serviço de Psiquiatria da Infância e Adolescência,

Leia mais

Palavras-chave: Educação Especial, Educação Infantil, Autismo, Interação. 1. Introdução

Palavras-chave: Educação Especial, Educação Infantil, Autismo, Interação. 1. Introdução HABILIDADES DE INTERAÇÃO DE ALUNOS COM TRANSTORNO DO ESPECTRO DO AUTISMO NA ESCOLA Bianca Sampaio Fiorini Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Campus de Marília. Débora Deliberato Universidade

Leia mais

FORMAÇÃO EM TÉCNICAS TERAPÊUTICAS TOQUE E MASSAGEM INTEGRATIVA

FORMAÇÃO EM TÉCNICAS TERAPÊUTICAS TOQUE E MASSAGEM INTEGRATIVA FORMAÇÃO EM TÉCNICAS TERAPÊUTICAS TOQUE E MASSAGEM INTEGRATIVA A mente e o corpo são afetados por experiências físicas, cognitivas e psicológicas, e interagem entre si. O corpo contém a história de uma

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO CENTRO DE CIÊCIAS BIOLÓGICAS E DA SAÚDE CURSO DE FARMÁCIA PLANO DE ENSINO

UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO CENTRO DE CIÊCIAS BIOLÓGICAS E DA SAÚDE CURSO DE FARMÁCIA PLANO DE ENSINO PLANO DE ENSINO DADOS DA DISCIPLINA Nome da Disciplina: Psicologia Aplicada à Farmácia Curso: Farmácia Termo: 6º Carga Horária Semanal (h/a): 2 Carga Horária Semestral (h/a): 30 Teórica: 2 Prática: Total:

Leia mais

Resumo Palavras-chave:

Resumo Palavras-chave: Agradecimentos É chegada a altura de agradecer a todos aqueles que contribuíram direta e indiretamente para a realização desta dissertação e me ajudaram a ter ainda mais certeza desta paixão pelo Serviço

Leia mais

Adoção / Adolescência / Afasia / Afetividade / Agressividade / AIDS / Anóxia / Ansiedade / Arte / Autismo / Autismo & Cognição / Autismo & Linguagem

Adoção / Adolescência / Afasia / Afetividade / Agressividade / AIDS / Anóxia / Ansiedade / Arte / Autismo / Autismo & Cognição / Autismo & Linguagem A Adoção / Adolescência / Afasia / Afetividade / Agressividade / AIDS / Anóxia / Ansiedade / Arte / Autismo / Autismo & Cognição / Autismo & Linguagem ADOÇÃO A crise do adolescente adotivo - IV Congresso

Leia mais

PROGRAMA. Terapia da Aceitação e Compromisso (ACT): uma abordagem alternativa do sofrimento humano - Mª do Céu Salvador

PROGRAMA. Terapia da Aceitação e Compromisso (ACT): uma abordagem alternativa do sofrimento humano - Mª do Céu Salvador PROGRAMA 22 de março de 2017 «quarta-feira» 14:30 17:30 - Workshops José Pinto-Gouveia: Integração das três gerações de Terapias Cognitivo- Comportamentais Anfiteatro 2 Conceição Almeida: Psicoterapia

Leia mais

ÍNDICE VOLUME I INTRODUÇÃO 11 PARTE I ENQUADRAMENTO TEÓRICO E CONCEPTUAL 16 CAPÍTULO I O CONTEXTO DA SUPERVISÃO CLÍNICA EM ENFERMAGEM

ÍNDICE VOLUME I INTRODUÇÃO 11 PARTE I ENQUADRAMENTO TEÓRICO E CONCEPTUAL 16 CAPÍTULO I O CONTEXTO DA SUPERVISÃO CLÍNICA EM ENFERMAGEM ÍNDICE VOLUME I INTRODUÇÃO 11 PARTE I ENQUADRAMENTO TEÓRICO E CONCEPTUAL 16 CAPÍTULO I O CONTEXTO DA SUPERVISÃO CLÍNICA EM ENFERMAGEM 1. O ENSINO CLÍNICO NA FORMAÇÃO EM ENFERMAGEM 16 2. CONCEPÇÕES SOBRE

Leia mais

1.1. Matriz Curricular do Curso de Bacharelado em Psicologia

1.1. Matriz Curricular do Curso de Bacharelado em Psicologia 1.1. Matriz Curricular do Curso de Bacharelado em Psicologia 1 SEMESTRE Fundamentos Históricos e Epistemológicos da Psicologia 60 Desenvolvimento do Conhecimento Científico 60 Comunicação e Expressão 60

Leia mais

GERAÇÕES E VALORES v

GERAÇÕES E VALORES v A GERAÇÕES E VALORES v NA SOCIEDADE PORTUGUESA CONTEMPORÂNEA < o ' SÈ. " s José Machado Pais s» (Coordenação Científica) 1;. Genoveva Calvão Borges ^ f Leonor Pires 31 Marinho Antunes «'l Paulo Antunes

Leia mais

LÍNGUA PORTUGUESA MPE-BA 2017 CONTEÚDOS VIP

LÍNGUA PORTUGUESA MPE-BA 2017 CONTEÚDOS VIP LÍNGUA PORTUGUESA Elementos de construção do texto e seu sentido: gênero do texto (narrativo, descritivo e argumentativo Aulas Cursos VIP 100% em Vídeo Aulas (Teoria & Questões) #02 - Língua Portuguesa

Leia mais

Índice. 1. Introdução Envelhecimento bem sucedido. 10. Bem-estar subjectivo Coping Estilos de vida.. 42

Índice. 1. Introdução Envelhecimento bem sucedido. 10. Bem-estar subjectivo Coping Estilos de vida.. 42 Índice 1. Introdução... 8 2. Enquadramento teórico Envelhecimento bem sucedido. 10 Bem-estar subjectivo.. 20 Coping... 33 Estilos de vida.. 42 3. Objectivos gerais e questões de investigação. 52 4. Método

Leia mais

DEFINIÇÃO DOS PRÉ-REQUISITOS DAS DISCIPLINAS Aprovada em reunião de Núcleo Docente Estruturante da Enfermagem em 02 de junho de 2014.

DEFINIÇÃO DOS PRÉ-REQUISITOS DAS DISCIPLINAS Aprovada em reunião de Núcleo Docente Estruturante da Enfermagem em 02 de junho de 2014. DEFINIÇÃO DOS PRÉ-REQUISITOS DAS DISCIPLINAS Aprovada em reunião de Núcleo Docente Estruturante da Enfermagem em 02 de junho de 2014. DISCIPLINA C.H. TOTAL DISCIPLINAS PRÉ-REQUISITOS 1º SEMESTRE 80 Bioética

Leia mais

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE Decanato Acadêmico

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE Decanato Acadêmico Unidade Universitária: Centro de Ciências Biológicas e da Saúde Curso: Psicologia Núcleo Temático: Avaliação Psicológica Disciplina: Instrumentos de Avaliação Psicológica III Código da Disciplina: 0832414-1

Leia mais

HORÁRIO DE AULAS DO CURSO DE ENFERMAGEM EM TURMA: º SEMESTRE

HORÁRIO DE AULAS DO CURSO DE ENFERMAGEM EM TURMA: º SEMESTRE TURMA: 2016.1-1º SEMESTRE 8:00 às 9:00 Metodologia História e enfermagem no contexto social Anatomia humana Antropologia Citologia Histologia 9:00 às 10:00 Metodologia História e enfermagem no contexto

Leia mais

MATRIZ E FLUXO CURRICULAR

MATRIZ E FLUXO CURRICULAR MATRIZ E FLUXO CURRICULAR 2017.1 Período 1º 2º 3º Componente Curricular Carga Horária Teórica Prática EC/ES Total História e Fundamentos da 60 60 Bases da Anatomia Humana I (Anatomia Geral) 60 30 90 Bases

Leia mais

Helder Monteiro Silva

Helder Monteiro Silva INFORMAÇÃO PESSOAL Helder Monteiro Silva C.P. 7410, Achada Fátima, Cabo Verde (+238) 912 29 94 598 99 13 heldermon.sil@gmail.com ou helderm.sil@outlook.com https://www.facebook.com/helderdif ou WhatsApp

Leia mais

EMENTAS DAS DISCIPLINAS

EMENTAS DAS DISCIPLINAS EMENTAS DAS DISCIPLINAS CURSO DE GRADUAÇÃO DE PSICOLOGIA Morfofisiológica e Comportamento Humano Estudo anátomo-funcional de estruturas orgânicas na relação com manifestações emocionais. Comunicação e

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL FACULDADE DE MEDICINA DEPARTAMENTO DE PSIQUIATRIA E MEDICINA LEGAL

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL FACULDADE DE MEDICINA DEPARTAMENTO DE PSIQUIATRIA E MEDICINA LEGAL Concurso Magistério Superior Classe: Professor Adjunto Área: PSIQUIATRIA Regime: DE Pré-requisitos específicos: 1. Curso de Graduação em Medicina 2. Título de Doutor 3. Título de Especialista pela Associação

Leia mais

Técnicas de Animação Pedagógica. gica

Técnicas de Animação Pedagógica. gica Técnicas de Animação Pedagógica gica Educação SéniorS 1 A intervenção educativa com idosos deve incluir-se no quadro da educação de adultos. Idoso Adulto Segregação Categoria abrangente Áreas de Intervenção

Leia mais

CONTROLE DE CONTEÚDO - TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DE SÃO PAULO ANALISTA JUDICIÁRIO ÁREA: PSICOLOGIA (TRE-SP AJAP)

CONTROLE DE CONTEÚDO - TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DE SÃO PAULO ANALISTA JUDICIÁRIO ÁREA: PSICOLOGIA (TRE-SP AJAP) CONTROLE DE CONTEÚDO - TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DE SÃO PAULO ANALISTA JUDICIÁRIO ÁREA: PSICOLOGIA (TRE-SP AJAP) 1 Ortografia oficial. GRAMÁTICA E INTERPRETAÇÃO DE TEXTO DA LÍNGUA PORTUGUESA CONTEÚDO

Leia mais

Provas e Contextos na Clínica Projectiva

Provas e Contextos na Clínica Projectiva ÍNDICE Técnicas Temáticas (T.A.T. e C.A.T.-A): Teoria, Método, e Aplicações Clínicas Rorschach Teoria, Método, e Aplicações Clínicas Avaliação Psicológica em Contexto Forense Entrevista Clínica: Formas

Leia mais

NÚCLEO DE APOIO ACADÊMICO NAAC

NÚCLEO DE APOIO ACADÊMICO NAAC NÚCLEO DE APOIO ACADÊMICO Universidade de Santa Cruz do Sul Pró-Reitoria de Graduação COORDENAÇÃO PEDAGÓGICA NAP Núcleo de Apoio Pedagógico Núcleo de Apoio Acadêmico Ações Gerais Coordenadora Profª Drª

Leia mais

Transições familiares Processos biológicos X psicológicos adaptativos Bárbara Figueiredo bbfi@psi.uminho.pt

Transições familiares Processos biológicos X psicológicos adaptativos Bárbara Figueiredo bbfi@psi.uminho.pt Transições familiares Processos biológicos X psicológicos adaptativos Bárbara Figueiredo bbfi@psi.uminho.pt Background: Processos biológicos e psicológicos (comportamentos, emoções e representações) colaboram

Leia mais

PARTE I 1. Capítulo 1 3

PARTE I 1. Capítulo 1 3 Agradecimentos... Prefácio... Maria José Morgado Sobre o Livro... XIII XV XVII PARTE I 1 Enquadramento e Fundamentação Teórica Capítulo 1 3 Introdução Profiling... 3 Abordagens metodológicas... 4 Recolha

Leia mais

Provas e Contextos na Clínica Projectiva

Provas e Contextos na Clínica Projectiva ÍNDICE FORMAÇÃO ESPECÍFICA Técnicas Temáticas (T.A.T. e C.A.T.-A): Teoria, Método, e Aplicações Clínicas Rorschach Teoria, Método, e Aplicações Clínicas Entrevista Clínica: Formas e Contextos Avaliação

Leia mais

PROGRAMA. Curso: Administração 2012/1 Disciplina: Psicologia Aplicada a Administração. Carga Horária: 60 horas

PROGRAMA. Curso: Administração 2012/1 Disciplina: Psicologia Aplicada a Administração. Carga Horária: 60 horas UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO Centro de Ciências Jurídicas e Econômicas Departamento de Administração Av. Fernando Ferrari, 514 - Campus Universitário - Goiabeiras CEP. 29075.910 -ES Brasil- Tel.

Leia mais

Caracterização de uma Amostra de Utentes da Consulta de Psicologia da Equipa de Tratamento da Amadora

Caracterização de uma Amostra de Utentes da Consulta de Psicologia da Equipa de Tratamento da Amadora Caracterização de uma Amostra de Utentes da Consulta de Psicologia da Equipa de Tratamento da Amadora Ana Tereso, João Barrocas, Mariana Vicente, João Saraiva 1 RESUMO: O presente trabalho tem como objectivo

Leia mais

STRESS DE TRABALHO EM CONTEXTO. Maria

STRESS DE TRABALHO EM CONTEXTO. Maria STRESS Maria José Chambel A Psicologia da Saúde Ocupacional tem mostrado que o bem-estar em contexto de trabalho tem 2 facetas: o lado negativo do bem-estar a doença, a tensão e o stress dos empregados.

Leia mais

Silvia Maria Bonassi Psicóloga. Área: Psicologia e Saúde - Psicodiagnóstico Tema: Psicoterapias de orientação analítica

Silvia Maria Bonassi Psicóloga. Área: Psicologia e Saúde - Psicodiagnóstico Tema: Psicoterapias de orientação analítica UFMS/CPAR Curso: Psicologia Algumas considerações aplicadas a prática clínica Silvia Maria Bonassi Psicóloga E-mail: silvia.bonassi@ufms.br Área: Psicologia e Saúde - Psicodiagnóstico Tema: Psicoterapias

Leia mais

A disciplina apresenta os aspectos conceituais do psicodiagnóstico clínico. Correlaciona conceitos teóricos e possibilidades técnicas.

A disciplina apresenta os aspectos conceituais do psicodiagnóstico clínico. Correlaciona conceitos teóricos e possibilidades técnicas. Unidade Universitária Centro de Ciências Biológicas e da Saúde - 040 Curso Psicologia Disciplina PSICODIAGNÓSTICO Professor (es) e DRTs 111923-8 Rosa Maria Lopes Affonso 112688-6 Lucia Cunha Lee Código

Leia mais

A Educação para os Media em Portugal

A Educação para os Media em Portugal A Educação para os Media em Portugal Experiências, Actores e Contextos Centro de Estudos de Comunicação e Sociedade Novembro de 2009 1. Enquadramento Teórico A Educação para os Media é hoje uma área-chave

Leia mais

Estudos de Caracterização

Estudos de Caracterização Estudos de Caracterização Carta Social Junho de 2013 II.4.9.4 ÍNDICE 1. EQUIPAMENTOS DE SOLIDARIEDADE SOCIAL E SEGURANÇA SOCIAL...3 1.1. INTRODUÇÃO... 3 1.2. EQUIPAMENTOS DE SOLIDARIEDADE SOCIAL E SEGURANÇA

Leia mais

Aprendizagem de Matemática no Jardim de Infância. Glória Ramalho 2 Dezembro de 2014 II Seminário de Psicologia e Orientação em Contexto Escolar

Aprendizagem de Matemática no Jardim de Infância. Glória Ramalho 2 Dezembro de 2014 II Seminário de Psicologia e Orientação em Contexto Escolar Aprendizagem de Matemática no Jardim de Infância Glória Ramalho 2 Dezembro de 2014 II Seminário de Psicologia e Orientação em Contexto Escolar Temas Princípios e constrangimentos na abordagem da Matemática

Leia mais

CURSO DE GESTÃO DE EQUIPAMENTOS SOCIAIS PARA IDOSOS

CURSO DE GESTÃO DE EQUIPAMENTOS SOCIAIS PARA IDOSOS CURSO DE GESTÃO DE EQUIPAMENTOS SOCIAIS PARA IDOSOS Nas sociedades contemporâneas, o envelhecimento, a velhice e os idosos são o tema em causa, pois assiste-se a um aumento crescente deste tipo de população.

Leia mais

Capítulo IV A Programação Matemática -------------------------------------------- 93

Capítulo IV A Programação Matemática -------------------------------------------- 93 ÍNDICE Índice de Quadros -------------------------------------------------------------------------- iii Índice de Figuras ---------------------------------------------------------------------------- ix

Leia mais

Ciências Genéticas. Atividades Complementares 20. Ciências Humanas Ciências Sociais Ciências Biológicas. Atividades Complementares 20

Ciências Genéticas. Atividades Complementares 20. Ciências Humanas Ciências Sociais Ciências Biológicas. Atividades Complementares 20 MÓDULO I Bases Elementares para o Estudo e Compreensão do Comportamento: Aspectos Históricos INSTITUTO DE ENSINO SUPERIOR DE LONDRINA - INESUL CARGA HORÁRIATOTAL DO CURSO 4250 horas relógio CARGA HORÁRIA

Leia mais

HORÁRIO EXAME ESPECIAL DO CURSO DE ENFERMAGEM ITPAC -ARAGUAINA 2º SEMESTRE 2015 DIAS 16/12, 17/12 e 18/12/2015

HORÁRIO EXAME ESPECIAL DO CURSO DE ENFERMAGEM ITPAC -ARAGUAINA 2º SEMESTRE 2015 DIAS 16/12, 17/12 e 18/12/2015 EXAME ESPECIAL DO CURSO DE ENFERMAGEM ITPAC -ARAGUAINA S DIA 16/12/2015 1º PERÍODO 09h:40min Citologia/ Histologia Bioquímica Aplicada a Anatomia Humana 09h40min às 11h30min Língua Portuguesa Instrumental

Leia mais

INSTITUTO SUPERIOR DE TEOLOGIA APLICADA (INTA) PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO DE BACHARELADO EM ENFERMAGEM 1º SEMESTRE

INSTITUTO SUPERIOR DE TEOLOGIA APLICADA (INTA) PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO DE BACHARELADO EM ENFERMAGEM 1º SEMESTRE 1 2.7. ESTRUTURA CURRICULAR DO CURSO DE BACHARELADO EM ENFERMAGEM 2015.2 1º SEMESTRE 1. Anatomia Humana 90 60 30 06 2. Antropologia Teológica 30 30 02 3. Biologia (Citologia/Genética) 60 45 15 04 4. Educação

Leia mais

PERFIL E COMPETÊNCIAS DO TERAPEUTA EXPRESSIVO

PERFIL E COMPETÊNCIAS DO TERAPEUTA EXPRESSIVO APRESENTAÇÃO As terapias expressivas, consideradas práticas psicoterapêuticas de mediação corporal, têm vindo a crescer em termos de campos de acção desde a saúde mental, passando pelas dificuldades de

Leia mais

P S I C O L O G I A B 1 2 º A N O

P S I C O L O G I A B 1 2 º A N O DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS SOCIAIS E HUMANAS GRUPO 10º B FILOSOFIA P S I C O L O G I A B 1 2 º A N O D I S POSITIVO DE AV AL I AÇ Ã O (Versão de 2010-2011) Psicologia B Avaliação / Pág. 1 de 8 1. MATRIZES

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular MÉTODOS DE OBSERVAÇÃO E ENTREVISTA Ano Lectivo 2016/2017

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular MÉTODOS DE OBSERVAÇÃO E ENTREVISTA Ano Lectivo 2016/2017 Programa da Unidade Curricular MÉTODOS DE OBSERVAÇÃO E ENTREVISTA Ano Lectivo 2016/2017 1. Unidade Orgânica Ciências Humanas e Sociais (1º Ciclo) 2. Curso Psicologia 3. Ciclo de Estudos 1º 4. Unidade Curricular

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS INSTITUTO DE PSICOLOGIA CURSO DE PSICOLOGIA NORMAS COMPLEMENTARES Nº 01/2017/PSI

UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS INSTITUTO DE PSICOLOGIA CURSO DE PSICOLOGIA NORMAS COMPLEMENTARES Nº 01/2017/PSI UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS INSTITUTO DE PSICOLOGIA CURSO DE PSICOLOGIA NORMAS COMPLEMENTARES Nº 01/2017/PSI A Direção do Instituto de Psicologia e a Coordenação do Curso de Psicologia, baseadas no

Leia mais

Deste regime constam entre outras as seguintes prestações:

Deste regime constam entre outras as seguintes prestações: 2. SEGURANÇA SOCIAL A incapacidade por doença médica ou cirúrgica e os acidentes, bem como o atingir o limite de idade, podem levar a modificações na posição socioeconómica do indivíduo. Estas situações

Leia mais

RICARDO ALVES. Contacto: Doutorado em Ciência do Desporto pela Faculdade de Desporto da Universidade do Porto

RICARDO ALVES. Contacto: Doutorado em Ciência do Desporto pela Faculdade de Desporto da Universidade do Porto RICARDO ALVES Contacto: ricardo.alves@staff.uma.pt Doutorado em Ciência do Desporto pela Faculdade de Desporto da Universidade do Porto Licenciado em Educação Física e Desporto pela UMa Lecionação: Psicologia

Leia mais

ASSOCIAÇÃO DE SOLIDARIEDADE SOCIAL DO CORONADO. PLANO DE ATIVIDADES e ORÇAMENTO DO EXERCICIO DE 2016

ASSOCIAÇÃO DE SOLIDARIEDADE SOCIAL DO CORONADO. PLANO DE ATIVIDADES e ORÇAMENTO DO EXERCICIO DE 2016 ASSOCIAÇÃO DE SOLIDARIEDADE SOCIAL DO CORONADO PLANO DE ATIVIDADES e ORÇAMENTO DO EXERCICIO DE 2016 Área Intervenção Ações a senvolver Objetivos Específicos Fomentar o espírito grupo; Metas/Meios Estratégia

Leia mais

DIRETRIZES SOBRE COMORBIDADES PSIQUIÁTRICAS EM DEPENDÊNCIA AO ÁLCOOL E OUTRAS DROGAS

DIRETRIZES SOBRE COMORBIDADES PSIQUIÁTRICAS EM DEPENDÊNCIA AO ÁLCOOL E OUTRAS DROGAS DIRETRIZES SOBRE COMORBIDADES PSIQUIÁTRICAS EM DEPENDÊNCIA AO ÁLCOOL E OUTRAS DROGAS DEPENDÊNCIA AO ÁLCOOL E OUTRAS DROGAS E COMORBIDADES PSIQUIÁTRICAS UMA VISÃO GERAL Feinstein, 1970 DEFINIÇÃO Presença

Leia mais

PROPOSTAS DE ESTÁGIO - IA. ESTÁGIO OBRIGATÓRIO EM PSICOLOGIA E PROCESSOS ORGANIZACIONAIS IA Título: Psicologia e Processos Organizacionais

PROPOSTAS DE ESTÁGIO - IA. ESTÁGIO OBRIGATÓRIO EM PSICOLOGIA E PROCESSOS ORGANIZACIONAIS IA Título: Psicologia e Processos Organizacionais PROPOSTAS DE ESTÁGIO - IA Proposta número 1 Ênfase Processos Organizacionais ESTÁGIO OBRIGATÓRIO EM PSICOLOGIA E PROCESSOS ORGANIZACIONAIS IA Título: Psicologia e Processos Organizacionais Professora Supervisora:

Leia mais

Coordenação de Psicologia

Coordenação de Psicologia Coordenação de Psicologia ESTÁGIO SUPERVISIONADO DO CURSO DE PSICOLOGIA INESP/FUNEDI/UEMG 2º SEMESTRE 2011 ESTÁGIOS OFERECIDOS PARA OS ALUNOS DE 5º ao 7º PERÍODOS (Núcleo Básico) 1. ANÁLISE INSTITUCIONAL

Leia mais

Obesidade infantil: fisiopatologia e tratamento nutricional

Obesidade infantil: fisiopatologia e tratamento nutricional Obesidade infantil: fisiopatologia e tratamento nutricional Sávia Madalena Moura Vieira Especialista em Nutrição Clínica Setembro - 2008 Objetivos» Ao fim desta discussão, deve estar claro para você: 1.Como

Leia mais

O Perfil do Psicólogo na Administração Local

O Perfil do Psicólogo na Administração Local CATEGORIA AUTORIA JANEIRO 15 Perfis do Psicólogo Gabinete de Estudos Técnicos O Perfil do Psicólogo na Administração Local Sugestão de Citação Ordem dos Psicólogos Portugueses (2015). O Perfil do Psicólogo

Leia mais

Ano lectivo 2011/12 MIPSI. 1.º Ciclo 1.º ano novo plano de estudos. 1º Semestre

Ano lectivo 2011/12 MIPSI. 1.º Ciclo 1.º ano novo plano de estudos. 1º Semestre Ano lectivo 2011/12 MIPSI 1.º Ciclo 1.º ano novo plano de estudos Grandes ideias da Psicologia (Armando Machado) Introdução às Neurociências (Escola de Medicina) Métodos de Investigação em Psicologia -

Leia mais

EDITAL N 005 / 2013 DISCIPLINA CURSO BLOCO N DE VAGAS CARGA HORARIA OBSERVAÇÃO/ Graduação em Direito com pósgraduação

EDITAL N 005 / 2013 DISCIPLINA CURSO BLOCO N DE VAGAS CARGA HORARIA OBSERVAÇÃO/ Graduação em Direito com pósgraduação EDITAL DE INSCRIÇÃO DO PROCESSO DE SELEÇÃO INTERNA DE PROFESSORES PARA O PERÍODO 2013/2 PARA DISCIPLINAS NOS CURSOS DE ENFERMAGEM, SERVIÇO SOCIAL, DIREITO, FARMÁCIA, E GESTÃO DE FACULDE DE DE TERESINA

Leia mais

Escola Superior de Enfermagem de Coimbra

Escola Superior de Enfermagem de Coimbra (Anexo do Despacho nº 9276/2008) Ciclo Denominação Ciclo de Estudos Percursos alternativos Grau Duração Número de ECTS * Cursos da Escola Superior de Enfermagem de Bissaya Barreto e da Escola Superior

Leia mais

Mário Daniel Almeida. Júri

Mário Daniel Almeida. Júri A Qualidade de Vida como indicador síntese do sucesso de uma intervenção de Requalificação Urbana: O caso de estudo do Programa Polis no Cacém Mário Daniel Almeida Dissertação para obtenção do Grau de

Leia mais

Plano de Acção 2006/2007. Rede Social Concelho da Lourinhã

Plano de Acção 2006/2007. Rede Social Concelho da Lourinhã Plano de Acção 2006/2007 Rede Social Concelho da Lourinhã E I X O I Intervenção Dirigida a Grupos Específicos EIXO I : INTERVENÇÃO DIRIGIDA A GRUPOS ESPECIFICOS OBJECTIVO GERAL: Até Dezembro de 2007 existem

Leia mais

O PROCESSO DE TRANSIÇÃO DO CUIDADOR INFORMAL DA PESSOA COM AVC

O PROCESSO DE TRANSIÇÃO DO CUIDADOR INFORMAL DA PESSOA COM AVC CONGRESSO INTERNACIONAL DE ENFERMAGEM DE REABILITAÇÃO II SEMINÁRIO INTERNACIONAL DE ATUALIDADES EM ENFERMAGEM DE REABILITAÇÃO ACRESCENTAR QUALIDADE DE VIDA A reabilitação e cronicidade O PROCESSO DE TRANSIÇÃO

Leia mais

1.1 A paternidade como uma etapa de desenvolvimento para o homem no contexto da família

1.1 A paternidade como uma etapa de desenvolvimento para o homem no contexto da família INDICE pp. INTRODUÇÃO 1 CAPÍTULO I - A TRANSIÇÃO PARA A PATERNIDADE 1. A parentalidade 1.1 A paternidade como uma etapa de desenvolvimento para o homem no contexto da família 10 10 14 1.2 O desejo de paternidade

Leia mais

Lista de Abreviaturas... 17. Prefácio... 19. Nota dos Autores... 21. Preâmbulo à proposta de Lei... 23. Lei n.º 22-A/2007, de 27 de Junho...

Lista de Abreviaturas... 17. Prefácio... 19. Nota dos Autores... 21. Preâmbulo à proposta de Lei... 23. Lei n.º 22-A/2007, de 27 de Junho... Lista de Abreviaturas............................... 17 Prefácio.......................................... 19 Nota dos Autores.................................. 21 Preâmbulo à proposta de Lei.........................

Leia mais

Acompanhamento Psicoterapêutico

Acompanhamento Psicoterapêutico Acompanhamento Psicoterapêutico O Acompanhamento Psicológico/Psicoterapêutico possui características específicas de acordo com a população e faixa etária a que se destina. Corresponde a um encontro com

Leia mais

TECNOLOGIAS E EDUCAÇÃO na actualidade. > Helga Vieira (ARCO) e Sara Bahía (FPUL)

TECNOLOGIAS E EDUCAÇÃO na actualidade. > Helga Vieira (ARCO) e Sara Bahía (FPUL) > TECNOLOGIAS E EDUCAÇÃO na actualidade > Helga Vieira (ARCO) e Sara Bahía (FPUL) Aprendizagem Comunicação digital Didáctica Sucesso na aprendizagem Educação Gestão de aprendizagens Interação Colaboração

Leia mais

Memória oral e património imaterial da sociedade de concertos Orpheon Portuense

Memória oral e património imaterial da sociedade de concertos Orpheon Portuense Memória oral e património imaterial da sociedade de concertos Orpheon Portuense Henrique Luís Gomes de Araújo (CITAR) Constança Vieira de Andrade (CRIA) ENIM 2012 17.Novembro.2012 . Palavras Chave: Tempo,

Leia mais

Transtornos Mentais no Trabalho. Carlos Augusto Maranhão de Loyola CRM-PR Psiquiatra.

Transtornos Mentais no Trabalho. Carlos Augusto Maranhão de Loyola CRM-PR Psiquiatra. Transtornos Mentais no Trabalho Carlos Augusto Maranhão de Loyola CRM-PR 20879. Psiquiatra. carlosamloyola@icloud.com No período Medieval - caráter de Possuído. O tratamento: pregações, exorcismo, santificação

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular MÉTODOS DE OBSERVAÇÃO E ENTREVISTA Ano Lectivo 2014/2015

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular MÉTODOS DE OBSERVAÇÃO E ENTREVISTA Ano Lectivo 2014/2015 Programa da Unidade Curricular MÉTODOS DE OBSERVAÇÃO E ENTREVISTA Ano Lectivo 2014/2015 1. Unidade Orgânica Ciências Humanas e Sociais (1º Ciclo) 2. Curso Psicologia 3. Ciclo de Estudos 1º 4. Unidade Curricular

Leia mais

Venda consultiva aplicada ao seguro. Palestrante: Alessandra Teixeira

Venda consultiva aplicada ao seguro. Palestrante: Alessandra Teixeira Venda consultiva aplicada ao seguro Palestrante: Alessandra Teixeira Venda consultiva aplicada ao seguro Quem sou eu? Mercado segurador brasileiro Crescimento consistente e significativo nos últimos 10

Leia mais

Tabela Nacional de Funcionalidade

Tabela Nacional de Funcionalidade Despacho do Secretário de Estado Adjunto do Ministro da Saúde n.º 10218/2014 de 8 de agosto Departamento da Qualidade na Saúde (dqs@dgs.pt) Avaliação da Funcionalidade Vários estudos têm demonstrado que

Leia mais

Promulgação da lei /2014 (Lei Menino Bernardo)

Promulgação da lei /2014 (Lei Menino Bernardo) Promulgação da lei 13.010/2014 (Lei Menino Bernardo) Gabriela Karrosy Xuxa no Senado acompanhando a votação para aprovação da Lei Menino Bernardo Xuxa na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara

Leia mais

Escola Nacional de. Saúde Pública

Escola Nacional de. Saúde Pública Escola Nacional de Saúde Pública 6º CURSO DE MESTRADO EM SAÚDE PÚBLICA (2002/2004) MÓDULO DE INTRODUÇÃO À PROMOÇÃO E PROTECÇÃO DA SAÚDE CUIDADOS CONTINUADOS DE SAÚDE E APOIO SOCIAL - UMA REFLEXÃO - Elaborado

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR CURRÍCULO PLENO/2014 1.ª SÉRIE 2.ª SÉRIE

MATRIZ CURRICULAR CURRÍCULO PLENO/2014 1.ª SÉRIE 2.ª SÉRIE MATRIZ CURRICULAR Curso: Graduação: Regime: Duração: ENFERMAGEM BACHARELADO SERIADO ANUAL - NOTURNO 5 (CINCO) ANOS LETIVOS Integralização: A) TEMPO TOTAL - MÍNIMO = 05 (CINCO) ANOS LETIVOS - MÁXIMO = 08

Leia mais

Serviço de Psicologia. Proposta de Parceria

Serviço de Psicologia. Proposta de Parceria Serviço de Psicologia Proposta de Parceria Gabinete de Psicologia Liliana Rocha dos Santos Consultas de Psicologia Prestar serviços de qualidade, diversificados e complementares a crianças, adolescentes,

Leia mais

1. DADOS DE IDENTIFICAÇÃO

1. DADOS DE IDENTIFICAÇÃO PLANO DE ENSINO 1. DADOS DE IDENTIFICAÇÃO Instituição: Universidade Alto Vale do Rio do Peixe Curso: Psicologia Professor: Edilaine Casaletti edilainecasaletti@yahoo.com.br Período/ Fase: 4º Semestre:

Leia mais

DEPENDÊNCIA DIGITAL ATÉ QUE PONTO A TECNOLOGIA É BOA OU RUIM? Dr. Rodrigo Menezes Machado

DEPENDÊNCIA DIGITAL ATÉ QUE PONTO A TECNOLOGIA É BOA OU RUIM? Dr. Rodrigo Menezes Machado DEPENDÊNCIA DIGITAL ATÉ QUE PONTO A TECNOLOGIA É BOA OU RUIM? Dr. Rodrigo Menezes Machado INTRODUÇÃO População total estimada em 7 bilhões, sendo que 6,29 bilhões já possuem acesso à tecnologia móvel.

Leia mais

02/03/2011 PERSPECTIVA SINDRÔMICA

02/03/2011 PERSPECTIVA SINDRÔMICA PSICOPATOLOGIA CLASSIFICAÇÕES DIAGNÓSTICAS COMPREENSÃO DAS SÍNDROMES Profa. Dra. Marilene Zimmer Psicologia - FURG 2 Embora a psicopatologia psiquiátrica contemporânea tenda, cada vez mais, a priorizar

Leia mais

ADOLESCENTE INFRATOR-UM OLHAR PARA COMPORTAMENTOS NA INFÂNCIA

ADOLESCENTE INFRATOR-UM OLHAR PARA COMPORTAMENTOS NA INFÂNCIA ADOLESCENTE INFRATOR-UM OLHAR PARA COMPORTAMENTOS NA INFÂNCIA Eliana Arara da Costa 1 Neila Rodrigues Oliveira 2 Elisângela Maura Catarino 3 Resumo Este trabalho apresenta a problemática de menores infratores

Leia mais