Manual de orientação ao paciente para internação.

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Manual de orientação ao paciente para internação."

Transcrição

1 Manual de orientação ao paciente para internação.

2 Mais comodidade para você! Ao agendar sua internação, tenha mais conforto adquirindo o nosso kit higiene. Para mais informações, consulte os valores na recepção da internação pelos telefones: / escova e creme dental shampoo e condicionador touca sabonete KIT HIGIENE

3 FARMÁCIA MAIS UM BENEFÍCIO PARA VOCÊ! ÍNDICE ORIENTAÇÕES 05 NOVIDADE! Atendimento ao público em geral. ALIMENTAÇÃO INFORMAÇÕES IMPORTANTES ORIENTAÇÕES AOS PACIENTES E FAMILIARES Parcele suas compras em até 3X * Entrega em domicílio. Ligou, pediu, chegou! ENTREGA GRÁTIS ** SUGESTÕES E AVALIAÇÕES Solicitamos a gentileza de preencher a avaliação de atendimento e serviços. Qualquer dúvida, contatar nosso setor de Ouvidoria pelo telefone *parcela mínima de R$ 10,00 **nas compras acima de R$ 10,00 ENTREGAS seg. a sexta: 8 h às 18 h sábados: 8 h às 12 h ATENDIMENTO seg. a sexta: 8 h às 20 h sábados: 8 h às 13 h Av. Nossa Senhora do Bom Sucesso, 912 São Benedito ANS - nº

4 BEM-VINDO! HORÁRIOS DE VISITA INTERNAÇÃO Enfermaria VISITA HUMANIZADA 13h às 19h Permitido duas pessoas no quarto, em esquema de revezamento. BOLETIM MÉDICO O boletim médico da Unidade da Internação será divulgado diariamente às 9 h. A leitura deste material é muito importante. Persistindo alguma dúvida, não hesite em nos contatar. Apartamento TARDE/ NOITE 9h às 21h AOS NOSSOS CLIENTES Permitido até 3 pessoas no quarto, sendo o acompanhante e duas visitas em esquema de revezamento. O Hospital 10 de Julho agradece sua preferência. Durante sua permanência, nossa equipe estará empenhada e apta a: Prestar atendimento eficiente e humanizado; Esclarecer dúvidas quanto ao tratamento e rotinas do hospital; Envolvê-lo em todo o processo de cuidados; equipamentos de última geração, competência profissional e protocolos vigentes. Caso não ocorra dessa forma, a supervisão de enfermagem e os atendentes da recepção estarão à sua disposição para resolução e esclarecimentos imediatos desses casos. MANHÃ TARDE NOITE HORÁRIOS DE VISITA U.T.I. 12h às 12h30 15h às 15h30 20h às 20h30 Permitida a entrada de duas pessoas em esquema de revezamento, com tempo de 15 minutos cada uma; As visitas se restringem somente ao paciente autorizado, não sendo permitida a entrada em outro leito. BOLETIM MÉDICO O boletim médico é fornecido pelo médico plantonista diariamente a partir das 12h15, verbalmente, acompanhado ou não pelo profissional de enfermagem ou não do setor. Agilizar trâmites burocráticos; Garantir sua segurança por meio de O presente manual tem como principal objetivo informá-lo sobre as rotinas e normas internas do Hospital 10 de Julho, para juntos atingirmos excelência em atendimento. MANHÃ TARDE HORÁRIOS DE VISITA RELIGIOSA 11h 14h Nenhum tipo de informação será dada aos visitantes religiosos. As visitas religiosas são permitidas, em período de 15 minutos diariamente, devendo o familiar comunicar previamente à recepção para a devida identificação com crachá e autorização de entrada.

5 ORIENTAÇÕES Entrar com flores e plantas nos setores de internação (quartos); Entrar no quarto durante procedimentos médico e de enfermagem. IMPORTANTE Para segurança dos pacientes é obrigatório identificar-se na recepção de internação, onde será fornecido o crachá que deverá ser utilizado nas dependências do hospital e devolvido na saída; Esclarecemos que ligações serão realizadas apenas quando necessário para orientação ou para solicitar o comparecimento ao hospital. O hospital, quando julgar necessário, poderá solicitar a presença de um acompanhante em tempo integral; O hospital não se responsabiliza por valores, jóias ou objetos deixados nas acomodações pelos pacientes e acompanhantes; O uso de telefone celular interfere no funcionamento dos equipamentos hospitalares, sendo proibido sua utilização nos setores de U.T.I., área do Raio-X e nas proximidades do centro cirúrgico; Utilizar o ar condicionado somente com portas e janelas fechadas; Os itens esquecidos ficarão à disposição para retirada no prazo de 30 dias, no setor de Hotelaria. Após esse período, serão descartados; Lave as mãos sempre que entrar e sair do quarto/box para sua proteção e, também, do paciente. Evite fazer visitas quando estiver com quadro de gripe ou outro quadro infeccioso; Quando o paciente encontrar-se em qualquer tipo de precaução ou isolamento, as visitas devem ser restritas; O uso de avental, máscara e luvas, quando indicado, deve ser praticado por familiares e cuidadores. Leia com atenção as orientações a seguir, elas serão de grande utilidade antes e durante a internação e a permanência no Hospital 10 de Julho. ENTRADA NO HOSPITAL Para que a internação seja concretizada, o responsável pelo paciente deverá apresentar toda a documentação necessária e assinar os Termos de Responsabilidade e o de Consentimento do procedimento à realizar. O termo de responsabilidade é um documento no qual são definidos os compromissos entre as partes envolvidas hospital, paciente e responsável pelo paciente quanto ao recebimento e cumprimento às normas do hospital e às responsabilidades de natureza civil e financeira. O termo de consentimento tem o objetivo de informar e esclarecer dúvidas quanto ao exame / procedimento a ser realizado, visando o cumprimento ético e legal quanto aos riscos envolvidos. Obs.: Das 22h às 5h, a recepção da internação estará fechada. Em caso de necessidade de atendimento dirija-se ao Pronto Atendimento 24h. PARA INTERNAÇÃO Para internações eletivas no Hospital 10 de Julho é necessário o agendamento prévio pelo telefone (12) Chegando ao hospital, encaminhe-se `à recepção da internação, no saguão da entrada principal. Para um rápido atendimento, tenha em mãos os seguintes documentos: CONVÊNIO Pedido de internação Guia de Autorização/ liberação do convênio; CPF e RG do paciente maior de 18 anos; Carteirinha do Convênio/Seguro Saúde; Comprovante de pagamento (para plano pessoa física); Exames solicitados pelo médico.

6 ORIENTAÇÕES AOS PACIENTES E FAMILIARES PARTICULAR Pedido de internação; CPF e RG do paciente e do responsável maior de 18 anos. Obs. : O pagamento será realizado no ato da internação e os valores excedentes, na alta. CARÊNCIA As carências estabelecidas pelos Convênios serão observadas e obedecidas. Dessa forma, dentro do período de carência as internações assumirão caráter particular e os honorários médicos serão negociados entre o paciente ou o responsável e o médico. INTERNAÇÃO DE MENORES DE 18 ANOS, IDOSOS E PACIENTES ESPECIAIS É assegurado às crianças e adolescentes menores de 18 anos, aos pacientes com idade igual ou superior a 60 anos e aos pacientes especiais, o acompanhamento de um responsável, mesmo para internação em enfermaria, exceto em internação U.T.I. Obs.: Sugerimos que o acompanhante seja do mesmo sexo que o paciente. Para maior segurança, solicitamos sua atenção para às instruções abaixo, as quais irão garantir a otimização de nosso Controle da Infecção Hospitalar: NÃO É PERMITIDO Permanência de acompanhantes no quarto sem o crachá de identificação em local visível; Barulhos, falar em voz alta; Fumar nas dependências do Hospital, conforme Lei Federal nº 9.294/96; Sentar e/ou colocar objetos nas camas destinadas aos pacientes; Adentrar em áreas restritas do hospital, pois elas destinam-se somente a colaboradores; Trazer alimentos para o paciente e/ ou consumir alimentos que não sejam os fornecidos pelo hospital; Manipular equipamentos hospitalares; Solicitar boletim médico fora do horário pré-estabelecido; Permanência de familiares ou visitantes nos corredores do Centro Cirúrgico e/ou U.T.I., esses deverão aguardar na sala de espera; Entrar no hospital com trajes impróprios (shorts, sem camisa, minissaia, roupas transparentes, regatas para homens); Entrada de menores de 12 anos. Exceções somente com autorização prévia da enfermagem responsável, ou médico e administração do hospital; Ministrar qualquer tipo de medicamento, de uso habitual do paciente em seu domicílio, sem a autorização prévia da equipe médica e enfermagem; Trazer ao hospital bebidas alcoólicas sob qualquer pretexto; Uso de celulares, durante as visitas, nem fotografar pacientes e setor;

7 INFORMAÇÕES IMPORTANTES TELEFONE Para evitar sobrecargas em nosso sistema telefônico: Utilize estritamente o necessário; Seja breve; Certifique-se de que o telefone não está fora do gancho. As ligações somente serão realizadas pela telefonista por meio do nº 9 e serão cobradas na alta do paciente. Não será permitido utilizar os telefones dos Postos de Enfermagem, das Recepções e da Central Telefônica. ALTA MÉDICA X ALTA ADMINISTRATIVA Estando o paciente em condições de alta, segundo critério médico, será formalizado o pedido com a enfermagem e registrada no prontuário a alta clínica. Recebida a alta, o acompanhante ou paciente deverá aguardar a alta administrativa, na qual serão comunicadas se houver, as despesas dos serviços, a serem quitadas. ACOMODAÇÕES A intenção é garantir as acomodações de acordo com seu convênio, porém, podem ocorrer situações em que o hospital estará com sobrecarga de paciente. Nesse caso, o paciente será orientado no ato da internação sobre a indisponibilidade da acomodação coberta pelo seu plano, cabendo-lhe aceitar ou não tal mudança de acomodação, sendo ela formalizada por meio de um termo de aceitação. A opção por acomodação superior à de direito, implicará na necessidade de pagamento da diferença de acomodação e honorários médicos. A permissão para acompanhante seguirá as seguintes regras: Apartamento permite um acompanhante em tempo integral. Enfermaria permite um acompanhante apenas se o paciente for menor de 18 anos, tiver idade igual ou superior a 60 anos ou for paciente especial. Para falar com o paciente ou acompanhante que estiver no quarto, favor ligar e solicitar a transferência pelo número do quarto.

8 ALIMENTAÇÃO TRANSFERÊNCIA PARA OUTRO HOSPITAL A transferência para outro hospital, por desejo do próprio paciente ou dos familiares, somente ocorrerá mediante a liberação do médico ou por meio da alta a pedido. Obs.: No caso da alta a pedido, a responsabilidade de médicos e vaga em outro hospital é de responsabilidade dos familiares ou do paciente. ESTACIONAMENTO O Hospital não conta com serviço de estacionamento próprio, portanto, não se responsabiliza por danos, furtos ou qualquer problema que venha ocorrer com os veículos estacionados em suas dependências. CONTAS O paciente deixará o hospital quando autorizado por alta do seu médico responsável e após liberação de alta administrativa, que trata da quitação de eventuais débitos. O hospital se reserva o direito de cobrar os danos causados pelo paciente, seus acompanhantes e visitantes em seu patrimônio. O serviço de nutrição e dietética do Hospital 10 de Julho oferece refeições para os pacientes internados, seguindo a prescrição médica da dieta, adaptada pela nutricionista sempre que necessário. Para os acompanhantes há um cardápio disponível nos quartos. As refeições devem ser solicitadas à copeira nos horários estabelecidos ou pelo ramal As refeições solicitadas serão cobradas no momento da alta. HORÁRIOS DESJEJUM ALMOÇO LANCHE DA TARDE JANTAR CEIA Para os acompanhantes que tiverem cobertura contratual pré-estabelecida pelo convênio serão servidas as seguintes refeições: desjejum, almoço e jantar. O acompanhante com essa cobertura receberá a informação no momento da internação ou por intermédio da secretária da Unidade de Internação; caso não for consumir as refeições oferecidas, deverá informar a copeira para que não haja cobranças desnecessárias. 7h às 8h30 11h30 às 13h30 14h30 às 15h30 18h às 19h30 20h30 às 21h30 É proibido trazer alimentos de fora para os pacientes, pois na maioria dos casos a terapia nutricional faz parte do tratamento e é importante que o paciente consuma somente os alimentos oferecidos pelo serviço de nutrição.

MANUAL DE ORIENTAÇÕES AO PACIENTE E ACOMPANHANTE

MANUAL DE ORIENTAÇÕES AO PACIENTE E ACOMPANHANTE MANUAL DE ORIENTAÇÕES AO PACIENTE E ACOMPANHANTE ÍNDICE 1. APRESENTAÇÃO...4 2. ACOMPANAHNTES...5 3. VISITAS...6 Horários...6 4. INFORMAÇÕES GERAIS...7 4.1 Itens permitidos aos pacientes...7 4.2 Itens

Leia mais

Manual de orientação ao paciente para internação

Manual de orientação ao paciente para internação Manual de orientação ao paciente para internação Aos nossos clientes O Hospital São José agradece a sua preferência por nossos serviços. Esperamos que sua estada em nossas dependências seja rápida e tranqüila,

Leia mais

INTERNAÇÃO (Avenida do Contorno, 9530 )

INTERNAÇÃO (Avenida do Contorno, 9530 ) INTERNAÇÃO (Avenida do Contorno, 9530 ) Atualizado em 30/11/2015 INFORMAÇÕES IMPORTANTES Convênios Atendidos Todos listados no Manual do Faturamento O que compõe a Diária: Leito próprio (cama ou berço)

Leia mais

CARTILHA DE ORIENTAÇÃO AO PACIENTE E ACOMPANHANTE PARA INTERNAÇÃO

CARTILHA DE ORIENTAÇÃO AO PACIENTE E ACOMPANHANTE PARA INTERNAÇÃO CARTILHA DE ORIENTAÇÃO AO PACIENTE E ACOMPANHANTE PARA INTERNAÇÃO Elaboração Mara Rafaelle de S. M. Rocha Enfermeira da Qualidade Assinatura Revisão Joelma Padilha de Carvalho Coordenadora de Recepção

Leia mais

Site: Rodovia PR 218 KM 01 CEP Tel./Fax: (43) Arapongas PR

Site:  Rodovia PR 218 KM 01 CEP Tel./Fax: (43) Arapongas PR Site: www.honpar.com.br Rodovia PR 218 KM 01 CEP 86702-670 Tel./Fax: (43) 3275-0200 Arapongas PR OBJETIVO O nosso objetivo é proporcionar a você ou ao seu familiar o máximo de informações valiosas que

Leia mais

- Como funciona o CTI?

- Como funciona o CTI? - O que é e para que serve o CTI? A sigla CTI significa Centro de Terapia Intensiva, uma unidade que, como o nome diz, é destinada a proporcionar um tratamento intensivo a seus pacientes, contando com

Leia mais

Guia do Paciente. Leia com atenção e tenha uma agradável estadia.

Guia do Paciente. Leia com atenção e tenha uma agradável estadia. HSF_025 - SET. 2015 www.saofrancisco.com.br Referencial: - Lei Estadual n 10.241 de 17 de março de 1999 (Direitos dos Usuários da Saúde); - Lei n 13.541, de 7 de maio de 2009 (antifumo); - Lei n 8.069

Leia mais

ATRIBUIÇÕES DO PESSOAL NA SALA DE OBSERVAÇÃO ( AMARELOS E VERDES )

ATRIBUIÇÕES DO PESSOAL NA SALA DE OBSERVAÇÃO ( AMARELOS E VERDES ) ATRIBUIÇÕES DO PESSOAL NA SALA DE OBSERVAÇÃO ( AMARELOS E VERDES ) DO SERVIÇO MÉDICO da emergência: Receber o paciente na sala de observação ( amarelos e verdes ), priorizando-o em relação aos consultórios

Leia mais

Manual de Orientações para Clientes e Acompanhantes

Manual de Orientações para Clientes e Acompanhantes Manual de Orientações para Clientes e Acompanhantes Boas-vindas Este manual foi desenvolvido para orientá-lo sobre o trabalho realizado pelo Hospital São José e contém informações necessárias para garantir

Leia mais

Fique por Dentro. Orientações para PACIENTES INTERNADOS E ACOMPANHANTES

Fique por Dentro. Orientações para PACIENTES INTERNADOS E ACOMPANHANTES Fique por Dentro Orientações para PACIENTES INTERNADOS E ACOMPANHANTES Pacientes Pertences Você pode trazer ao hospital: roupas, chinelo e objetos de higiene pessoal (escova e creme dental, sabonete, xampu,

Leia mais

Tabela Própria para Convênios e Credenciamentos. Instruções de TAXAS E DIÁRIAS Anexo III

Tabela Própria para Convênios e Credenciamentos. Instruções de TAXAS E DIÁRIAS Anexo III TRE-SAÚDE Tabela Própria para Convênios e Credenciamentos Instruções de TAXAS E DIÁRIAS Anexo III TRE-SAÚDE Tabela Própria para Convênios e Credenciamentos I. DO ATENDIMENTO 1. O atendimento é o ato de

Leia mais

Guia do Paciente Unidades de Pronto Atendimento

Guia do Paciente Unidades de Pronto Atendimento Guia do Paciente Unidades de Pronto Atendimento Seja bem-vindo! Este guia foi desenvolvido especialmente para orientá-lo durante a permanência no Pronto Atendimento. A leitura deste material é muito importante.

Leia mais

Visão: Salvar vidas por ano. O QUE É UMA UNIDADE DE TERAPIA INTENSIVA (UTI)?

Visão: Salvar vidas por ano. O QUE É UMA UNIDADE DE TERAPIA INTENSIVA (UTI)? O QUE É UMA UNIDADE DE TERAPIA INTENSIVA (UTI)? A UTI é uma área exclusiva e restrita dentro do hospital de tratamento aos pacientes que necessitam de cuidados intensivos e monitorização constante, com

Leia mais

REGULAMENTO. 2 - DO PERCURSO - O percurso será de 8 km, 4 km e 1 km (infanto-juvenil). (consultar site: www.veloxsports.com.br)

REGULAMENTO. 2 - DO PERCURSO - O percurso será de 8 km, 4 km e 1 km (infanto-juvenil). (consultar site: www.veloxsports.com.br) REGULAMENTO O EVENTO DIA DE SAÚDE, será um evento esportivo com o objetivo de conscientizar a população de um modo geral para a preocupação dos benefícios de uma prática esportiva. Será uma iniciativa

Leia mais

CUIDAR DE VOCÊ. ESSE É O PLANO

CUIDAR DE VOCÊ. ESSE É O PLANO Página 1 de 18 Manual do Reembolso Unimed Cerrado CUIDAR DE VOCÊ. ESSE É O PLANO 2016 1 Página 2 de 18 Sumário APRESENTAÇÃO... 3 DIRETRIZES DO REEMBOLSO... 4 PRINCIPAIS DÚVIDAS SOBRE O REEMBOLSO... 5 REEMBOLSO

Leia mais

MANUAL DE ORIENTAÇÃO AO PACIENTE

MANUAL DE ORIENTAÇÃO AO PACIENTE MANUAL DE ORIENTAÇÃO AO PACIENTE A NOSSA SANTA CASA Conheça 06 Sobre o Hospital 06 Especialidades Ambulatório de Convênios 06 PROCEDIMENTO DE INTERNAÇÃO Paciente Particular 08 Paciente de Convênio 08 Diárias

Leia mais

Estrada Nacional nº Vila Pouca de Aguiar Telefone: Fax:

Estrada Nacional nº Vila Pouca de Aguiar Telefone: Fax: MANUAL DE ACOLHIMENTO UNIDADE DE CUIDADOS PALIATIVOS DE VILA POUC A DE AGUIAR Centro Hospitalar de Trás-os-Montes e Alto Douro, E.P.E. Estrada Nacional nº2 5450-011 Vila Pouca de Aguiar Telefone: 259 408

Leia mais

1.3 ESTÃO INCLUSOS NO PREÇO DA DIÁRIA (APARTAMENTOS, ENFERMARIAS E DAY HOSPITAL):

1.3 ESTÃO INCLUSOS NO PREÇO DA DIÁRIA (APARTAMENTOS, ENFERMARIAS E DAY HOSPITAL): TABELA HOSPITALAR DO FIOSAÚDE BAHIA 1. DIÁRIAS: Compreende o período de ocupação do aposento das 10h às 10h do dia seguinte, com tolerância de 02 horas sendo a mesma indivisível para efeito de cobrança.

Leia mais

O Planserv preparou essa cartilha para que você, beneficiário(a), conheça melhor a sua assistência à saúde.

O Planserv preparou essa cartilha para que você, beneficiário(a), conheça melhor a sua assistência à saúde. Olá! O Planserv preparou essa cartilha para que você, beneficiário(a), conheça melhor a sua assistência à saúde. Aqui estão contidas as informações básicas para que você possa usufruir de tudo que o Planserv

Leia mais

UMDR de SABROSA: Avenida General Alves Pedrosa Sabrosa

UMDR de SABROSA: Avenida General Alves Pedrosa Sabrosa SANTA CASA DA MISERICÓRDIA DE SABROSA UNIDADE DE CUIDADOS CONTINUADOS DE MÉDIA DURAÇÃO E REABILITAÇÃO UMDR de SABROSA: Avenida General Alves Pedrosa 5060-303 Sabrosa Telefones: 259 931 120 / 118 ou 259

Leia mais

REGULAMENTO BIBLIOTECA

REGULAMENTO BIBLIOTECA A Biblioteca universitária é um órgão de apoio cultural que seleciona, coleta, organiza, armazena, recupera e dissemina informações para o corpo docente e discente e para a comunidade acadêmica, tendo

Leia mais

Regulamento para a utilização do Laboratório de. Anatomia

Regulamento para a utilização do Laboratório de. Anatomia Regulamento para a utilização do Laboratório de Anatomia 1 REGULAMENTO PARA A UTILIZAÇÃO DO LABORATÓRIO DE ANATOMIA HUMANA I. DOS OBJETIVOS DO LABORATÓRIO DE ANATOMIA HUMANA 1. Auxiliar o aluno na introdução

Leia mais

Orientações gerais para as famílias. Educação Infantil e 1º ano do Ensino Fundamental I

Orientações gerais para as famílias. Educação Infantil e 1º ano do Ensino Fundamental I Educação Infantil e 1º ano do Ensino Fundamental I EQUIPE PEDAGÓGICA Dionéia Menin da Silva Oliveira - Coordenadora - dioneia@albertsabin.com.br Andréa Ferreira Silva - Assistente de Coordenação - asilva@albertsabin.com.br

Leia mais

REGIMENTO INTERNO PARA ESTADIA NO RESIDENCIAL CARAGUATATUBA ARCO/SPM 2016

REGIMENTO INTERNO PARA ESTADIA NO RESIDENCIAL CARAGUATATUBA ARCO/SPM 2016 REGIMENTO INTERNO PARA ESTADIA NO RESIDENCIAL CARAGUATATUBA ARCO/SPM 2016 Para melhor podermos atendê-los, prezando pelo bem estar e segurança de nossos hóspedes e funcionários e, ao mesmo tempo, prezando

Leia mais

Prezado(a) Paciente, Atenciosamente,

Prezado(a) Paciente, Atenciosamente, Prezado(a) Paciente, Estamos muito orgulhosos por nos ter concedido o privilégio de cuidar de algo tão importante quanto a sua saúde. Tenha certeza de que não mediremos esforços para honrar a sua confiança

Leia mais

POLÍTICA DE ASSISTÊNCIA ESTUDANTIL DO IFBA PROGRAMA DE ASSITÊNCIA E APOIO AO ESTUDANTE PAAE EDITAL Nº 007/2015

POLÍTICA DE ASSISTÊNCIA ESTUDANTIL DO IFBA PROGRAMA DE ASSITÊNCIA E APOIO AO ESTUDANTE PAAE EDITAL Nº 007/2015 Loteamento Espaço Alpha (BA522) Bairro: Limoeiro- CEP 42.808-590 Camaçari-BA Telefax: (71) 3649-8600 E-mail: camacari@ifba.edu.br Site: www.camacari.ifba.edu.br POLÍTICA DE ASSISTÊNCIA ESTUDANTIL DO IFBA

Leia mais

CIRURGIA GERAL. Guia de Acolhimento do Utente. Telf Fax:

CIRURGIA GERAL. Guia de Acolhimento do Utente. Telf Fax: CIRURGIA GERAL Guia de Acolhimento do Utente Telf. 266 740 100 Fax: 266 740 126 www.hevora.min-saude.pt geral@hevora.min-saude.pt Cirurgia Geral Este Guia tem como objetivo fornecer informações simples

Leia mais

Prezado(a) Paciente, Atenciosamente, Dr. Ricardo Seiler

Prezado(a) Paciente, Atenciosamente, Dr. Ricardo Seiler Prezado(a) Paciente, Estamos muito orgulhosos por nos ter concedido o privilégio de cuidar de algo tão importante quanto a sua saúde. Tenha certeza de que não mediremos esforços para honrar a sua confiança

Leia mais

MANUAL DE ORIENTAÇÃO AO PACIENTE

MANUAL DE ORIENTAÇÃO AO PACIENTE MANUAL DE ORIENTAÇÃO AO PACIENTE Serviços Informações Úteis Hotelaria Direitos e Deveres SUMÁRIO 1. Internação Cobertura Contratual pelos Planos de Saúde Tabela de Preços Diária Hospitalar Produtos não

Leia mais

Somos parceiros na conquista da sua autonomia

Somos parceiros na conquista da sua autonomia MANUAL DE ACOLHIMENTO UNIDADE DE CONVALESCENÇ A DE VILA POUC A DE AGUIAR Somos parceiros na conquista da sua autonomia Centro Hospitalar de Trás-os-Montes e Alto Douro, E.P.E. Estrada Nacional nº2 5450-011

Leia mais

CONHEÇA E SAIBA COMO USUFRUIR DO MELHOR QUE TEMOS PARA OFERECER.

CONHEÇA E SAIBA COMO USUFRUIR DO MELHOR QUE TEMOS PARA OFERECER. M A N U A L D O P A C I E N T E CONHEÇA E SAIBA COMO USUFRUIR DO MELHOR QUE TEMOS PARA OFERECER. S E J A B E M - V I N D O BEM-vindo O Hospital Mãe de Deus deseja que a sua estadia aqui seja a mais agradável

Leia mais

REGULAMENTO PARA A UTILIZAÇÃO DO LABORATÓRIO DE ENFERMAGEM

REGULAMENTO PARA A UTILIZAÇÃO DO LABORATÓRIO DE ENFERMAGEM REGULAMENTO PARA A UTILIZAÇÃO DO LABORATÓRIO DE ENFERMAGEM 2015 I. DOS OBJETIVOS DO LABORATÓRIO DE ENFERMAGEM 1. Auxiliar o aluno na introdução das práticas experimentais das disciplinas específicas de

Leia mais

Manual de utilização dos veículos oficiais

Manual de utilização dos veículos oficiais Manual de utilização dos veículos oficiais UTFPR Campus Francisco Beltrão Índice ÍNDICE... 2 PRINCÍPIOS... 3 FINALIDADE... 3 ABRANGÊNCIA... 3 COMPETÊNCIA... 3 RESPONSABILIDADES... 3 1 DO CONDUTOR DO VEÍCULO:...

Leia mais

MANUAL DO ASSOCIADO. Plano Individual e Familiar. A solução definitiva em odontologia

MANUAL DO ASSOCIADO. Plano Individual e Familiar. A solução definitiva em odontologia MANUAL DO ASSOCIADO Plano Individual e Familiar A solução definitiva em odontologia MISSÃO DA EMPRESA O nosso compromisso é atingir e superar as expectativas dos clientes, garantindo sua total satisfação,

Leia mais

ORIENTAÇÕES OPERACIONAIS RN 412/16 CANCELAMENTOS DE PLANOS DE SAÚDE

ORIENTAÇÕES OPERACIONAIS RN 412/16 CANCELAMENTOS DE PLANOS DE SAÚDE ORIENTAÇÕES OPERACIONAIS RN 412/16 CANCELAMENTOS DE PLANOS DE SAÚDE Foi publicada no Diário Oficial da União - DOU de 11/11/16 a RN 412/16 que dispõe sobre a solicitação de cancelamento do contrato do

Leia mais

NORMAS PARA O USO DO LABORATÓRIO DE DIETÉTICA

NORMAS PARA O USO DO LABORATÓRIO DE DIETÉTICA NORMAS PARA O USO DO LABORATÓRIO DE DIETÉTICA Horário de Funcionamento e Agendamento De segunda à sexta das 8:00h às 18:00h; Planejar o término das atividades com 50 minut de antecedência para limpar,

Leia mais

PROCESSO DE LIBERAÇÃO DE ACESSO Aos prestadores de serviço AKZO NOBEL PULP AND PERFORMANCE QUIMICA BAHIA LTDA

PROCESSO DE LIBERAÇÃO DE ACESSO Aos prestadores de serviço AKZO NOBEL PULP AND PERFORMANCE QUIMICA BAHIA LTDA PROCESSO DE LIBERAÇÃO DE ACESSO Aos prestadores de serviço AKZO NOBEL PULP AND PERFORMANCE QUIMICA BAHIA LTDA Este procedimento tem por objetivo estabelecer os critérios a serem observados pelas empresas

Leia mais

Manual de Orientação ao Paciente

Manual de Orientação ao Paciente Manual de Orientação ao Paciente A sua escolha Antes de apresentar todos os recursos e as principais rotinas do Hospital Bandeirantes, gostaríamos de agradecer por ter a nossa instituição como referência

Leia mais

UNEC CENTRO UNIVERSITÁRIO DE CARATINGA HNSA HOSPITAL NOSSA SENHORA AUXILIADORA

UNEC CENTRO UNIVERSITÁRIO DE CARATINGA HNSA HOSPITAL NOSSA SENHORA AUXILIADORA UNEC CENTRO UNIVERSITÁRIO DE CARATINGA HNSA HOSPITAL NOSSA SENHORA AUXILIADORA NORMAS E ROTINAS PARA ACOMPANHANTES E VISITANTES DO HOSPITAL NOSSA SENHORA AUXILIADORA CARATINGA, 16 JANEIRO DE 2015 Objetivo:

Leia mais

MANUAL DO EXPOSITOR VALE TECNOLOGIA 2009 ÍNDICE I. INTRODUÇÃO

MANUAL DO EXPOSITOR VALE TECNOLOGIA 2009 ÍNDICE I. INTRODUÇÃO MANUAL DO EXPOSITOR VALE TECNOLOGIA 2009 Elaborado por: ISONET TREINAMENTO PROFISSIONAL E ASSESSORIA LTDA. ÍNDICE I. INTRODUÇÃO II. INFORMAÇÕES GERAIS 1. PROMOÇÃO E REALIZAÇÃO 2. COMUNICAÇÕES, CORRESPONDÊNCIAS,

Leia mais

Regulamento Interno Férias Desportivas Verão 15

Regulamento Interno Férias Desportivas Verão 15 2015 Regulamento Interno Férias Desportivas Verão 15 Junta de Freguesia de Fermentelos Índice NOTA JUSTIFICATIVA... 2 CAPÍTULO I... 3 Missão... 3 Artigo 1º... 3 CAPÍTULO II... 3 Objeto... 3 Artigo 2º...

Leia mais

Para tanto, apresentamos, nesta oportunidade, algumas informações importantes para a adesão ao programa, quais sejam:

Para tanto, apresentamos, nesta oportunidade, algumas informações importantes para a adesão ao programa, quais sejam: TERMO DE COMPROMISSO - PROCEDIMENTOS E REGRAS DO PROGRAMA EXPERIÊNCIA JEEP - PROGRAMA DE VISITAS À FCA FIAT CHRYSLER AUTOMÓVEIS BRASIL LTDA FILIAL GOIANA. A FCA FIAT CHRYSLER AUTOMÓVEIS BRASIL LTDA FILIAL

Leia mais

MPS. Manual de Orientação para Contratação de Planos de Saúde ANEXO I SÃO PAULO ANS N 31004-2 PLANOS ODONTOLÓGICOS

MPS. Manual de Orientação para Contratação de Planos de Saúde ANEXO I SÃO PAULO ANS N 31004-2 PLANOS ODONTOLÓGICOS MPS ANEXO I Manual de Orientação para Contratação de Planos de Saúde ANS N 31004-2 SÃO PAULO PLANOS ODONTOLÓGICOS 1 ANEXO I UNIODONTO DE SÃO PAULO SÃO PAULO PLANOS ODONTOLÓGICOS CNPJ: 51.701.878/0001-95

Leia mais

H O S P I T A L S ÃO P AULO RIBEIRÃO PRETO - SP

H O S P I T A L S ÃO P AULO RIBEIRÃO PRETO - SP H O S P I T A L S ÃO P AULO RIBEIRÃO PRETO - SP Localização dos Leitos Ala Pavimento Leito de 01 a 08 Câmara Hiperbárica Monoplace Leito de e 01 a 08 Leito de 01 a 02 Quarto 201 a 204 Quarto 205 a 207

Leia mais

Assistência Médica. Dicas de reembolso

Assistência Médica. Dicas de reembolso Assistência Médica Dicas de reembolso Consulta médica Recibo original Nome do paciente ou do responsável pelo pagamento (em casos de atendimento de dependentes); Data da consulta; Valor pago (numérico

Leia mais

FATURA ELETRÔNICA DO PRESTADOR Layout do Arquivo Texto Versão 1.1.1

FATURA ELETRÔNICA DO PRESTADOR Layout do Arquivo Texto Versão 1.1.1 Orientações gerais: 1. Este layout é destinado a todos os prestadores de serviços de saúde do Ipasgo. Os prestadores pessoas físicas e pessoas jurídicas nas categorias laboratório e clínicas que apresentam

Leia mais

ASSOCIAÇÃO DOS ENGENHEIROS DA SUDECAP REGULAMENTO PARA USO DA SEDE CAMPESTRE

ASSOCIAÇÃO DOS ENGENHEIROS DA SUDECAP REGULAMENTO PARA USO DA SEDE CAMPESTRE ASSOCIAÇÃO DOS ENGENHEIROS DA SUDECAP REGULAMENTO PARA USO DA SEDE CAMPESTRE DAS DISPOSIÇÕES GERAIS Artigo 1º A Sede Campestre é para uso dos associados, de seus dependentes e convidados, bem como para

Leia mais

MANUAL DE ACOLHIMENTO SERVIÇO DE CUIDADOS PALIATIVOS SCP

MANUAL DE ACOLHIMENTO SERVIÇO DE CUIDADOS PALIATIVOS SCP MANUAL DE ACOLHIMENTO SERVIÇO DE CUIDADOS PALIATIVOS SCP FICHA TÉCNICA Edição IPO-Porto Propriedade IPO-Porto Textos IPO-Porto Fotografia IPO-Porto Versão 3 / Junho 2017 GABINETE DE COMUNICAÇÃO E RELAÇÕES

Leia mais

NORMAS E PROCEDIMENTOS

NORMAS E PROCEDIMENTOS NORMAS E PROCEDIMENTOS Compensação dos atos gratuitos Com o objetivo de informar nossos colegas responsáveis pelos Cartórios de Registro Civil das Pessoas Naturais, a Comissão Gestora do Fundo de Custeio

Leia mais

Regulamento Geral de Participação nos Cursos Esportivos/ Culturais Oferecidos pela AABB-SP

Regulamento Geral de Participação nos Cursos Esportivos/ Culturais Oferecidos pela AABB-SP Regulamento Geral de Participação nos Cursos Esportivos/ Culturais Oferecidos pela AABB-SP I) Inscrição a) Dirigir-se a Secretaria Geral para efetuar sua matrícula nos cursos e agendar o exame médico para

Leia mais

Preencher com a data limite de validade da senha concedida pela Petrobras para a internação. 7 Data de emissão da guia

Preencher com a data limite de validade da senha concedida pela Petrobras para a internação. 7 Data de emissão da guia GUIA DE RESUMO DE INTERNAÇÃO Número do Nome do campo Observação campo 1 Registro ANS Nas guias em papel impressas pela Petrobras ou Petrobras Distribuidora e nas guias disponibilizadas no site da Petrobras,

Leia mais

(CAPA) CARTILHA DA PREVIDÊNCIA DO SERVIDOR PÚBLICO MUNICIPAL

(CAPA) CARTILHA DA PREVIDÊNCIA DO SERVIDOR PÚBLICO MUNICIPAL (CAPA) CARTILHA DA PREVIDÊNCIA DO SERVIDOR PÚBLICO MUNICIPAL Londrina-Pr O melhor plano para sua vida! Cartilha do Plano de Saúde CAAPSML 1 APRESENTAÇÃO O Plano de Saúde, gerenciado pela CAAPSML, é um

Leia mais

Guia do Paciente. Hospital Rios D Or

Guia do Paciente. Hospital Rios D Or Guia do Paciente Hospital Rios D Or Guia do Paciente Hospital Rios D Or Este Guia foi desenvolvido especialmente para melhor orientá-lo durante a sua permanência no hospital. Aqui serão encontradas informações

Leia mais

Manual de Sinistro. Seguro Floresta

Manual de Sinistro. Seguro Floresta Manual de Sinistro Seguro Floresta Julho 2016 1 Sumário INTRUÇÕES PARA AVISO E ACOMPANHAMENTO DE SINISTRO... 3 ANEXO I - LISTA DE DOCUMENTOS QUE DEVEM SER ENTREGUES PARA ANÁLISE DO SINISTRO. 5 ANEXO II

Leia mais

REGULAMENTO REG VISITAS 25/06/2013. Enquadramento

REGULAMENTO REG VISITAS 25/06/2013. Enquadramento Enquadramento As visitas constituem, por regra, um forte contributo para a humanização no período de internamento dos utentes, pois permitem garantir o elo entre o utente e a sua rede social. O Hospital

Leia mais

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento.

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento. SUMÁRIO Sobre o curso Pág. 3 Coordenação Programa e metodologia; Investimento Etapas do Processo Seletivo Pág. Matrícula Cronograma de Aulas Pág. PÓS-GRADUAÇÃO EM HOTELARIA HOSPITALAR BH Unidade Dias e

Leia mais

DIREITOS E DEVERES DO PACIENTE

DIREITOS E DEVERES DO PACIENTE Direitos e Deveres do Paciente Página: 1/7 DIREITOS E DEVERES DO PACIENTE Direitos e Deveres do Paciente Página: 2/7 Direitos e Deveres dos Pacientes e Familiares A CEFRO sabe que cada paciente é único

Leia mais

REGULAMENTAÇÃO DO PEDIDO DE CANCELAMENTO OU EXCLUSÃO DE BENEFICIÁRIOS DE PLANOS DE SAÚDE Principais Contribuições. Câmara Técnica 3ª reunião

REGULAMENTAÇÃO DO PEDIDO DE CANCELAMENTO OU EXCLUSÃO DE BENEFICIÁRIOS DE PLANOS DE SAÚDE Principais Contribuições. Câmara Técnica 3ª reunião REGULAMENTAÇÃO DO PEDIDO DE CANCELAMENTO OU EXCLUSÃO DE BENEFICIÁRIOS DE PLANOS DE SAÚDE Principais Contribuições Câmara Técnica 3ª reunião PRINCIPAIS CONTRIBUIÇÕES Entidades que enviaram contribuições

Leia mais

Hotelaria. Reunião 05/08/2015

Hotelaria. Reunião 05/08/2015 Hotelaria Reunião 05/08/2015 PAUTA Definição dos indicadores; Registros das informações; Adesão ao programa; Participação dos hospitais; Estudo de Caso (próxima reunião); Índice do Quilo de Roupa Lavada

Leia mais

COMPLEXO HOSPITALAR UNIVERSITÁRIO DA UFMA. Orientações PARA PACIENTES E ACOMPANHANTES

COMPLEXO HOSPITALAR UNIVERSITÁRIO DA UFMA. Orientações PARA PACIENTES E ACOMPANHANTES COMPLEXO HOSPITALAR UNIVERSITÁRIO DA UFMA Orientações PARA PACIENTES E ACOMPANHANTES Prezado usuário Esta cartilha foi desenvolvida na perspectiva de orientá-lo sobre as rotinas das clínicas de internação

Leia mais

COMPRE E GANHE MÃES 2015

COMPRE E GANHE MÃES 2015 COMPRE E GANHE MÃES 2015 Shopping Centers Reunidos do Brasil Ltda. (o Shopping Reunidos ) Avenida Angelina Maffei Vita, 200-9º andar, Jardim Europa CEP 01455-070 - São Paulo - SP CNPJ/MF nº 51.693.299/0001-48

Leia mais

REGULAMENTO PARA A UTILIZAÇÃO DO LABORATÓRIO DE ENFERMAGEM

REGULAMENTO PARA A UTILIZAÇÃO DO LABORATÓRIO DE ENFERMAGEM REGULAMENTO PARA A UTILIZAÇÃO DO LABORATÓRIO DE ENFERMAGEM TUPÃ/SP 2016 SUMÁRIO I DOS OBJETIVOS DO LABORATÓRIO DE ENFERMAGEM II DAS DISPOSIÇÕES GERAIS III DO FUNCIONAMENTO IV DOS DIREITOS E DEVERES DOS

Leia mais

AO NÃO DECLARAR AS DOENÇAS E/OU LESÕES QUE O BENEFICIÁRIO SAIBA SER

AO NÃO DECLARAR AS DOENÇAS E/OU LESÕES QUE O BENEFICIÁRIO SAIBA SER ANEXO CARTA DE ORIENTAÇÃO AO BENEFICIÁRIO Prezado(a) Beneficiário(a), A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), instituição que regula as atividades das operadoras de planos privados de assistência

Leia mais

CAMPUS ABAETETUBA PROGRAMA DE ASSISTÊNCIA ESTUDANTIL (PAE) EDITAL Nº 003/2015 APOIO À PARTICIPAÇÃO EM EVENTOS DIDÁTICO-CIENTÍFICOS

CAMPUS ABAETETUBA PROGRAMA DE ASSISTÊNCIA ESTUDANTIL (PAE) EDITAL Nº 003/2015 APOIO À PARTICIPAÇÃO EM EVENTOS DIDÁTICO-CIENTÍFICOS PROGRAMA DE ASSISTÊNCIA ESTUDANTIL (PAE) EDITAL Nº 003/2015 APOIO À PARTICIPAÇÃO EM EVENTOS DIDÁTICO-CIENTÍFICOS Parecer favorável da Procuradoria Federal/IFPA Proc. 23051.005120/2015-98 O Diretor Geral

Leia mais

Manual do Paciente. Dedicação à vida. Faz parte da natureza do Grupo São Lucas Ribeirania

Manual do Paciente. Dedicação à vida. Faz parte da natureza do Grupo São Lucas Ribeirania Manual do Paciente Faz parte da natureza do Grupo São Lucas Ribeirania Índice Apresentação...3 DICAS IMPORTANTES...4 Orientações do serviço de Infecção....6 INTERNAÇÃO...7 Diarias...7 Alta e Conta Hospitalar...

Leia mais

Manual de Sinistro. BB Seguro Agrícola

Manual de Sinistro. BB Seguro Agrícola Manual de Sinistro BB Seguro Agrícola Julho 2016 1 Sumário INTRUÇÕES PARA AVISO E ACOMPANHAMENTO DE SINISTRO... 3 ANEXO I - LISTA DE DOCUMENTOS QUE DEVEM SER ENTREGUES PARA ANÁLISE DO SINISTRO. 5 ANEXO

Leia mais

CONTRATO DE LOCAÇÃO DO SALÃO DE FESTA DA SEDE BALNEÁRIA DA ASSOCIAÇÃO DOS MAGISTRADOSCATARINENSES

CONTRATO DE LOCAÇÃO DO SALÃO DE FESTA DA SEDE BALNEÁRIA DA ASSOCIAÇÃO DOS MAGISTRADOSCATARINENSES CONTRATO DE LOCAÇÃO DO SALÃO DE FESTA DA SEDE BALNEÁRIA DA ASSOCIAÇÃO DOS MAGISTRADOSCATARINENSES Pelo presente instrumento particular de contrato, de um lado a ASSOCIAÇÃO DOS MAGISTRADOS CATARINENSES,

Leia mais

SOLICITAÇÃO DE CANCELAMENTO DO CONTRATO OU EXCLUSÃO MOTIVADA PELO BENEFICIÁRIO TITULAR/RESPONSÁVEL NOS TERMOS DA RN 412/2016/ANS

SOLICITAÇÃO DE CANCELAMENTO DO CONTRATO OU EXCLUSÃO MOTIVADA PELO BENEFICIÁRIO TITULAR/RESPONSÁVEL NOS TERMOS DA RN 412/2016/ANS SOLICITAÇÃO DE CANCELAMENTO DO CONTRATO OU EXCLUSÃO MOTIVADA PELO BENEFICIÁRIO TITULAR/RESPONSÁVEL NOS TERMOS DA RN 412/2016/ANS Prezado(a) beneficiário(a), conforme determina o artigo 17 da RN 412, cumpre-nos

Leia mais

NORMAS DA TRIBO. 11 5083.2276 4661.2112 temporada@aruana.com.br acampamentoaruana.com.br

NORMAS DA TRIBO. 11 5083.2276 4661.2112 temporada@aruana.com.br acampamentoaruana.com.br RECOMENDAÇÕES IMPORTANTES PARA OS PAIS 1. O PACOTE DAS TEMPORADAS INCLUI OS SEGUINTES SERVIÇOS: Transporte em ônibus de turismo fretado; Hospedagem em alojamentos com banheiro privativo e aquecimento central;

Leia mais

Regimento Interno da URPA (Unidade de Recuperação Pós- Anestésica)

Regimento Interno da URPA (Unidade de Recuperação Pós- Anestésica) 1 de 5 335547035 5 RESULTADO ESPERADO: Proporcionar cuidados ao paciente durante os estágios de regressão da anestesia. 335547035 PROCESSOS RELACIONADOS: Atendimento Cirúrgico Diretoria Enfermagem OBJETIVOS

Leia mais

N este manual você encontra todas as informações necessárias a

N este manual você encontra todas as informações necessárias a N este manual você encontra todas as informações necessárias a cada expositor para sua participação no evento. Por favor, leia todos os itens com cuidado. Caso depois da leitura, ainda houver dúvidas,

Leia mais

Instruções para Realização do Check-up

Instruções para Realização do Check-up Instruções para Realização do Check-up CENTRO DE CHECK-UP Solicitamos sua especial atenção em relação a estas instruções, pois foram elaboradas para que os exames reflitam seu real estado de saúde. Recomendamos

Leia mais

PROTOCOLO DO ACOMPANHANTE E VISITANTE NA MESM

PROTOCOLO DO ACOMPANHANTE E VISITANTE NA MESM PROTOCOLO DO ACOMPANHANTE E VISITANTE NA MESM QUEM É O ACOMPANHANTE? É a pessoa de apoio à mulher durante o pré-parto, parto e nascimento e no pós parto, escolhido pela mesma em virtude da confiança, intimidade

Leia mais

Auditoria Concorrente. Encontro de Auditoria Unimed Central-RS Porto Alegre 07 de agosto de 2015

Auditoria Concorrente. Encontro de Auditoria Unimed Central-RS Porto Alegre 07 de agosto de 2015 Auditoria Concorrente Encontro de Auditoria Unimed Central-RS Porto Alegre 07 de agosto de 2015 UNIMED PORTO ALEGRE 40,7% 46 de participação do mercado de planos de saúde no RS (ANS dezembro/2014) Municípios

Leia mais

TERMO DE ADESÃO PARA INCLUSÃO DE BENEFICIÁRIOS

TERMO DE ADESÃO PARA INCLUSÃO DE BENEFICIÁRIOS TERMO DE ADESÃO PARA INCLUSÃO DE BENEFICIÁRIOS DADOS DA OPERADORA CONTRATADA Nome: UNIMED FEDERAÇÃO DO PARANÁ FEDERAÇÃO ESTADUAL DAS COOPERATIVAS MÉDICAS DO ESTADO DO PARANÁ Endereço: RUA ANTÔNIO CAMILO

Leia mais

GRUPO SOLIDARIEDADE DA ASSOCIAÇÃO DOS ECONOMIÁRIOS APOSENTADOS DO PARANÁ

GRUPO SOLIDARIEDADE DA ASSOCIAÇÃO DOS ECONOMIÁRIOS APOSENTADOS DO PARANÁ GRUPO SOLIDARIEDADE DA ASSOCIAÇÃO DOS ECONOMIÁRIOS APOSENTADOS DO PARANÁ DA DEFINIÇÃO MANUAL DE NORMAS E PROCEDIMENTOS Art. 1 - O GRUPO SOLIDARIEDADE DA ASSOCIAÇÃO DOS ECONOMIÁRIOS APOSENTADOS DO PARANÁ

Leia mais

EDUCAÇÃO INFANTIL E ENSINO FUNDAMENTAL 1 (1º AO 5º ANO)

EDUCAÇÃO INFANTIL E ENSINO FUNDAMENTAL 1 (1º AO 5º ANO) EDUCAÇÃO INFANTIL E ENSINO FUNDAMENTAL 1 (1º AO 5º ANO) OREINTAÇÕES PARA A FAMÍLIA E O ALUNO 2015 Horário das aulas: HORÁRIOS EDUCAÇÃO INFANTIL (Maternal, Infantil 1, Infantil 2, Infantil 3) ENSINO FUNDAMENTAL

Leia mais

REGULAMENTO GERAL. CORRIDA DIAS DE SOUSA 3ª Edição

REGULAMENTO GERAL. CORRIDA DIAS DE SOUSA 3ª Edição REGULAMENTO GERAL CORRIDA DIAS DE SOUSA 3ª Edição Há 22 anos, a Dias de Sousa consolida sua atuação no mercado com empreendimentos comerciais e residenciais de alto padrão que unem as mais atuais tecnologias

Leia mais

Plano de Saúde Amil Empresarial ou PME

Plano de Saúde Amil Empresarial ou PME AMIL SAÚDE PARA EMPRESAS Tabelas 02 a 29 vidas Amil Saúde 400, 500, 700 para 02 a 29 vidas AMIL SAÚDE PARA EMPRESAS QUEM PODE SER DEPENDENTE = DEPENDENTES LEGAIS ATÉ O TERCEIRO GRAU DE PARENTESCO LIMITADOS

Leia mais

REGULAMENTO DO ESPAÇO ESPORTIVO RSGQ-10.01

REGULAMENTO DO ESPAÇO ESPORTIVO RSGQ-10.01 REGULAMENTO DO ESPAÇO ESPORTIVO RSGQ-10.01 Sumário 1. INTRODUÇÃO... 3 2. INFRAESTRUTURA... 3 3. UTILIZAÇÃO... 3 4. HORÁRIOS E AGENDAMENTO... 4 5. RESPONSABILIDADE E COMPORTAMENTO... 5 5.1 DEVERES E RESPONSABILIDADES...

Leia mais

Principais Características dos Produtos LINHA ADVANCE ADVANCE Principais Características dos Planos

Principais Características dos Produtos LINHA ADVANCE ADVANCE Principais Características dos Planos LINHA ADVANCE ADVANCE 700 1. Principais Características dos Planos Nome do Plano Número de Registro na ANS Coparticipação Acomodação ADVANCE 700 474.340/15-7 Sim Individual* ADVANCE 700 474.341/15-5 Sim

Leia mais

ASSISTÊNCIA BB SEGURO VIDA EMPRESA FLEX ASSISTÊNCIA FUNERAL

ASSISTÊNCIA BB SEGURO VIDA EMPRESA FLEX ASSISTÊNCIA FUNERAL ASSISTÊNCIA OS SERVIÇOS DE ASSISTÊNCIA SÃO PRESTADOS PELA BRASIL ASSISTÊNCIA S.A., CNPJ: 68.181.221/0001-47 Página 1 de 8 COMO ACIONAR OS SERVIÇOS DE ASSISTÊNCIA? Precisando utilizar os serviços de assistências

Leia mais

TERMO DE USO E RESPONSABILIDADE. O presente instrumento tem por finalidade estabelecer as regras e condições para a utilização da SEDE

TERMO DE USO E RESPONSABILIDADE. O presente instrumento tem por finalidade estabelecer as regras e condições para a utilização da SEDE TERMO DE USO E RESPONSABILIDADE Prezado Associado ou Usuário, O presente instrumento tem por finalidade estabelecer as regras e condições para a utilização da SEDE CAMPESTRE SISEJUFE, situada no Condomínio

Leia mais

13ª COLÔNIA DE FÉRIAS DE INVERNO SPORT KIDS ELASE JULHO / 2017

13ª COLÔNIA DE FÉRIAS DE INVERNO SPORT KIDS ELASE JULHO / 2017 13ª COLÔNIA DE FÉRIAS DE INVERNO SPORT KIDS ELASE JULHO / 2017 Coordenação e supervisão: Professor Marcos Lima Período: De 03 a 28 de julho de 2017 Inicio: Segunda-feira, dia 03 de julho de 2017 às 13:00

Leia mais

AMIL SAÚDE PARA EMPRESAS Tabelas de preços 30 a 99 vidas. Tabela de preços 30 a 99 vidas plano com coparticipação

AMIL SAÚDE PARA EMPRESAS Tabelas de preços 30 a 99 vidas. Tabela de preços 30 a 99 vidas plano com coparticipação AMIL SAÚDE PARA EMPRESAS Tabelas de preços 30 a 99 vidas Julho 2016 Amil 400 Amil 400 Amil 500 Amil 700 Faixa Etária Enfermaria Apartamento Apartamento Apartamento 00 a 18 anos 202,75 230,51 254,40 314,64

Leia mais

Lançamento de Novo Produto. Unimed Hospitalar

Lançamento de Novo Produto. Unimed Hospitalar Lançamento de Novo Produto Unimed Hospitalar Motivações e Oportunidades Nova linha de produtos Possibilidade de realização de consulta particular pelo médico cooperado da Unimed Campinas Abertura para

Leia mais

Regulamento para a utilização do Laboratório de. Cinesioterapia

Regulamento para a utilização do Laboratório de. Cinesioterapia Regulamento para a utilização do Laboratório de Cinesioterapia REGULAMENTO PARA A UTILIZAÇÃO DO LABORATÓRIO DE CINESIOTERAPIA I. DOS OBJETIVOS DO LABORATÓRIO DE CINESIOTERAPIA 1. Auxiliar o aluno na introdução

Leia mais

Normas do Programa Municipal de Férias e Tempos Livres para Crianças e Jovens do Concelho de Aljustrel

Normas do Programa Municipal de Férias e Tempos Livres para Crianças e Jovens do Concelho de Aljustrel MUNICÍPIO DE ALJUSTREL CÂMARA MUNICIPAL Normas do Programa Municipal de Férias e Tempos Livres para Crianças e Jovens do Concelho de Aljustrel 1- Definição a) O Programa Municipal de Férias e Tempos livres

Leia mais

EDITAL Nº 124/2013 CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 008/2013

EDITAL Nº 124/2013 CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 008/2013 EDITAL Nº 124/2013 CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 008/2013 O MUNICÍPIO DE SERAFINA CORRÊA, RS, comunica aos interessados que está procedendo o CHAMAMENTO PÚBLICO, a contar de 21 de junho de 2013, no horário compreendido

Leia mais

Utilização das ferramentas disponibilizadas pelo CREA-PR aos Coordenadores de Curso

Utilização das ferramentas disponibilizadas pelo CREA-PR aos Coordenadores de Curso Utilização das ferramentas disponibilizadas pelo CREA-PR aos Coordenadores de Curso 22º Fórum de Docentes Ponta Grossa-PR, 20 de agosto de 2015 Coordenador: Eng. Civ. Hélio Xavier da Silva Filho Gerente

Leia mais

CONTRATO DE CREDENCIAMENTO PARA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE ASSISTÊNCIA À SAÚDE ODONTOLÓGICA

CONTRATO DE CREDENCIAMENTO PARA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE ASSISTÊNCIA À SAÚDE ODONTOLÓGICA CONTRATO DE CREDENCIAMENTO PARA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE ASSISTÊNCIA À SAÚDE ODONTOLÓGICA CONTRATO Nº Pelo presente instrumento particular de CONTRATO PARA CREDENCIAMENTO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE ASSISTÊNCIA

Leia mais

BB Crédito Imobiliário

BB Crédito Imobiliário Selecione a Linha de Crédito Aquisição PF PMCMV Aquisição PF PMCMV Convênios Aquisição PF FGTS Pró-Cotista Aquisição FGTS PF Aquisição PF FGTS Convênios Dados da Agência acolhedora / condutora da Operação

Leia mais

Regulamento Geral REGULAMENTO DO PASSEIO CICLÍSTICO SHOPPING PAINEIRAS 2013

Regulamento Geral REGULAMENTO DO PASSEIO CICLÍSTICO SHOPPING PAINEIRAS 2013 Regulamento Geral REGULAMENTO DO PASSEIO CICLÍSTICO SHOPPING PAINEIRAS 2013 1 O Passeio Ciclístico Shopping Paineiras tem por objetivo integrar participantes e simpatizantes do ciclismo, promover o esporte,

Leia mais

UM NOVO SEMESTRE CHEGOU!

UM NOVO SEMESTRE CHEGOU! UM NOVO SEMESTRE CHEGOU! E, junto com ele, o início das aulas! Pensando em seus alunos, calouros, a FMU preparou o Guia On-line de Informações para facilitar ainda mais o seu dia a dia na Instituição.

Leia mais

REGULAMENTO DO LABORATÓRIO DE HABILIDADES CLÍNICAS LHC

REGULAMENTO DO LABORATÓRIO DE HABILIDADES CLÍNICAS LHC 1 DIRETORIA ACADÊMICA COORDENAÇÃO PEDAGÓGICA REGULAMENTO DO LABORATÓRIO DE HABILIDADES CLÍNICAS LHC CACOAL 2011 REGULAMENTO DO LABORATÓRIO DE HABILIDADES CLÍNICAS LHC Afim de aperfeiçoar as aulas práticas

Leia mais

REAJUSTE DO PLANO DE SAÚDE LINCX E CAMPANHA DE ADESÃO

REAJUSTE DO PLANO DE SAÚDE LINCX E CAMPANHA DE ADESÃO REAJUSTE DO PLANO DE SAÚDE LINCX E CAMPANHA DE ADESÃO - 2017 Prezado Associado Como ocorre todos os anos, no mês de janeiro temos o reajuste do contrato do plano de saúde da APMP. De acordo com o estabelecido

Leia mais

Condições Básicas para utilização do autorizador

Condições Básicas para utilização do autorizador Condições Básicas para utilização do autorizador Usuários Unimed Sorocaba (carteirinhas iniciadas por 018...): Todos os usuários da Unimed Sorocaba para consultas e procedimentos autorizados, excetuando-se

Leia mais

ORDEM DE SERVIÇO Nº 007.2/2008

ORDEM DE SERVIÇO Nº 007.2/2008 1/6 DIRETORIA DE SAÚDE GABINETE ORDEM DE SERVIÇO Nº 007.2/2008 Dispõe sobre a implantação das regras de pré-auditoria eletrônica das contas e serviços auxiliares de diagnóstico e terapia (SADT). O DIRETOR

Leia mais

Centro Hospitalar de Trás-os-Montes e Alto Douro, E.P.E. Serviço de Pneumologia

Centro Hospitalar de Trás-os-Montes e Alto Douro, E.P.E. Serviço de Pneumologia 2.4.Informação sobre os cuidados: 3. Condições de conforto 3.1 Qualidade das refeições: Centro Hospitalar de Trás-os-Montes e Alto Douro, E.P.E 3.2 Conforto do quarto: Muito bom Bom Não sabe Satisfaz Não

Leia mais