FEDERAÇÃO EQUESTRE PORTUGUESA

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "FEDERAÇÃO EQUESTRE PORTUGUESA"

Transcrição

1 FEDERAÇÃO EQUESTRE PORTUGUESA IDENTIFICAÇÃO E TRANSPORTE DE CAVALOS Fórum de Dressage Mário Barbosa, FEI.VET.DEL 7 de Fevereiro 2015

2 TODO O EQUÍDEO CRIADO OU EXISTENTE NA UNIÃO EUROPEIA TEM QUE ESTAR DEVIDAMENTE IDENTIFICADO. Regulamento (CE) 504/2008, 6 de Junho

3 Equídeos registados Todo o equídeo susceptivel de estar ou ser inscrito num livro genealógico ou stud book. Equídeos de produção e rendimento Todo o equídeo não susceptivel de ser inscrito num qualquer livro genealógico.

4 Identificação equina 1. Documento de identificação único e vitalício; 2. Um método que assegure a ligação inequívoca entre o documento de identificação e o equídeo; 3. Base de dados que registe sob a forma de número de identificação universal os elementos do equídeo que lhe deu origem.

5 1.Documento de identificação (DIE) DIE livro azul Equídeos registados; DIE livro verde Equídeos produção e rendimento; DIE de equídeos com origem estrangeira (EU); DIE* de equídeos estrangeiros de países terceiros; Passaporte da FEI. * Os DIE emitidos por países terceiros não de acordo com o regulamento comunitário tem que ser colocados conforme.

6 2. Método que assegure a ligação inequívoca entre o documento e o equídeo Resenho gráfico Resenho descritivo Micro chip: - OBRIGATÓRIO PARA TODOS!! - Dec.lei 123/2013 de 27 de Agosto - Código do pais - Colocação na tábua esquerda

7 Base de dados (Registo Nacional de Equídeos/DGAV) (Colocado em rede com assoc.detentoras da gestão de stud books) UELN (Universal Equine Life Number) Código do pais 620 Código da base de dados 001 Número de identificação nacional (NIN) Check digit Ex: UELN UMA VEZ ATRIBUIDO NUNCA SE MUDAM SEJA NACIONAL OU ESTRANGEIRO!!

8 Emissão de DIE Equídeos registados ( livro azul ) Diretamente no RNE/DGAV Campo Grande nº 50, Lisboa (15 ) Equídeos de produção e rendimento ( livro verde ) Direção dos serviços veterinários regionais, NAV,DAV, (7,5 ) Capas da FEI Na federação equestre Portuguesa OBRIGATORIEDADE DE EMISSAO ATÉ 31 DE DEZEMBRO DO ANO DE NASCIMENTO.

9 Outras situações: Mudança do estatuto do cavalo; Mudança do proprietário; Importação temporária e definitiva; Perdas/deteriorado do DIE; Utilização na cadeia alimentar; Morte do cavalo ; Ausência deteção do microchip.

10 Transporte de cavalos Regulamento (CE) 1/2005 do Conselho de 22 de Dezembro Relativo à proteção dos animais durante o transporte e operações afins e que altera as diretivas /CEE e 93/119/CE e o regulamento (CE) 1255/97.

11 (21) Os equídeos registados são frequentemente transportados para fins não comerciais.. Convirá derrogar certas disposições sempre que forem transportados equídeos registados para efeitos de competições, corridas, eventos culturais ou procriação. Reg. (CE) 1/2005, 22 de Dezembro

12 O presente regulamento não é aplicável ao transporte de animais que não seja efetuado em relação com atividades económicas, nem ao transporte direto de animais de ou para clinicas ou consultórios veterinários por indicação de uma veterinário. Art n.º 1 alinea 5 do Reg. (CE) 1/2005, 22 de Dezembro

13 Direção Geral de Veterinária Nota informativa O regulamento (CE) 1/2005 aplica-se ao transporte de animais vertebrados desde que o mesmo esteja relacionado com atividades que tendem a produzir lucro. Assim não se encontram abrangidos por estas normas do regulamento (CE) 1/2005 os seguintes transportes: 4. transporte de cavalos pelos seus detentores ou por indivíduos por eles mandatados nos seus meios de transporte a fim de participarem em treinos passeios, exposições, concursos hipicos, eventos culturais no decurso dos quais não se realizem trocas comerciais

14 Parece assim claro que: 1.Cavalos registados, (com os sem capas FEI) 2. Transporte do mesmo proprietário dos cavalos 3. Deslocação para eventos equestres, (não comercial) NÃO TEM QUE CUMPRIR O REGULAMENTO 1/2005, 22 de Dezembro!!

15 Outras situações Legalização do transporte Curta duração (online no site da DGAV) Certificação de aptidão profissional Tacógrafo/GPS (Abrir atividade nas finanças) OBRIGATÓRIO CURSO DE APTIDÃO PROFISSIONAL!!

16 Desinfeção dos camiões Decreto-lei 142/2006 art.12.º n.1 alínea a, ii) ii) Limpos e desinfetados por um centro de desinfeção licenciado pela autoridade competente com desinfetantes autorizados, imediatamente depois de cada transporte de animais ou de qualquer outro produto que possa afetar a saúde animal devidamente comprovado por declaração com validade de 72 horas desde que não se verifica novo transporte de animais.

17 Deslocação Dentro do território nacional Necessário: livro azul, livro verde, passaporte FEI, *documento de identificação de outro estado membro. *registo do RNE, se importação definitiva (mais de 90 dias) ACABARAM RESENHOS OFICIAIS DE SUBSTITUIÇÃO E GUIAS DE TRÂNSITO!!

18

19 Deslocação Dentro do espaço comunitário Equídeos registados (em atividade não comercial, desporto) DIE, Livro azul, passaporte FEI, DIE estrangeiro Atestado de saúde (modelo 132/DGAV) Artigo 8.º n.º1 alínea) a Os estados membros velam por: os equídeos registados sejam acompanhados ao abandonarem a exploração efetiva, do documento de identificação. e, se se destinam às trocas intracomunitárias, desse documento de identificação completado pelo atestado de saúde previsto no anexo 2. (Diretiva 2009/156/ CE do Conselho)

20 Deslocação dentro do espaço comunitário Equídeos registados (em atividade comercial: venda, toureio, festivais, etc) DIE Livro azul. Passaporte FEI Certificado de inspeção sanitária (TRACES) (Trade Control and Expert Sytem) Equídeos de produção e rendimento DIE Livro verde Certificado de inspeção sanitária (TRACES) Art.8 n.º1 alínea) b Os equídeos de criação, rendimento ou de talho sejam acompanhados, durante o transporte, de um certificado de inspeção sanitária em conformidade com o anexo III (Diretiva 2009/156/ CE do Conselho)

21 Muito obrigado!!!

MANUAL DE IDENTIFICAÇÃO E REGISTO DE EQUÍDEOS

MANUAL DE IDENTIFICAÇÃO E REGISTO DE EQUÍDEOS MANUAL DE IDENTIFICAÇÃO E REGISTO DE EQUÍDEOS Registo Nacional de Equídeos (RNE) DIREÇÃO GERAL DE ALIMENTAÇÃO E VETERINÁRIA Campo Grande, 50 1700-093 Lisboa Geral 21 323 95 00 INDÍCE 1 INTRODUÇÃO... 3

Leia mais

Manual de Procedimentos. Vacinação contra a Febre do Nilo Ocidental em zona de risco

Manual de Procedimentos. Vacinação contra a Febre do Nilo Ocidental em zona de risco Manual de Procedimentos Vacinação contra a Febre do Nilo Ocidental em zona de risco 16 outubro 2015 Direção Geral de Alimentação e Veterinária Direcção de Serviços de Proteção Animal PORTUGAL Página 1

Leia mais

(Texto relevante para efeitos do EEE)

(Texto relevante para efeitos do EEE) L 324/38 DECISÃO DE EXECUÇÃO (UE) 2015/2301 DA COMISSÃO de 8 de dezembro de 2015 que altera a Decisão 93/195/CEE no que diz respeito às condições sanitárias e de certificação veterinária para a reentrada

Leia mais

(Texto relevante para efeitos do EEE)

(Texto relevante para efeitos do EEE) L 16/44 DECISÃO DE EXECUÇÃO (UE) 2017/99 DA COMISSÃO de 18 de janeiro de 2017 que altera a Decisão 93/195/CEE no que diz respeito às condições sanitárias e de certificação veterinária para a reentrada

Leia mais

EDITAL N. º 34 FEBRE CATARRAL OVINA LÍNGUA AZUL

EDITAL N. º 34 FEBRE CATARRAL OVINA LÍNGUA AZUL EDITAL N. º 34 FEBRE CATARRAL OVINA LÍNGUA AZUL Maria Teresa da Costa Mendes Vítor Villa de Brito, Diretora-Geral de Alimentação e Veterinária, na qualidade de Autoridade Sanitária Veterinária Nacional,

Leia mais

Graça a Gomes Médica Veterinária. ria Direcção Regional de Veterinária. ria

Graça a Gomes Médica Veterinária. ria Direcção Regional de Veterinária. ria Graça a Gomes Médica Veterinária ria Direcção Regional de Veterinária ria CONTROLOS VETERINÁRIOS RIOS CONTROLOS INCIDENTES SOBRE OS ANIMAIS DE INTERESSE PECUÁRIO RIO. CONTROLOS INCIDENTES SOBRE OS ANIMAIS

Leia mais

MINISTÉRIO DA AGRICULTURA, DO MAR, DO AMBIENTE E DO ORDENAMENTO DO TERRITÓRIO Diário da República, 1.ª série N.º de agosto de 2013

MINISTÉRIO DA AGRICULTURA, DO MAR, DO AMBIENTE E DO ORDENAMENTO DO TERRITÓRIO Diário da República, 1.ª série N.º de agosto de 2013 5198 Diário da República, 1.ª série N.º 165 28 de agosto de 2013 Anos Coeficientes 1999..................................... 1,4050 2000..................................... 1,3667 2001.....................................

Leia mais

MUNICÍPIO DE TERRAS DE BOURO FEIRA DE S.MARTINHO2013 CORRIDAS DE PASSO TRAVADO REGULAMENTO. Artigo 1º. Competência e Âmbito

MUNICÍPIO DE TERRAS DE BOURO FEIRA DE S.MARTINHO2013 CORRIDAS DE PASSO TRAVADO REGULAMENTO. Artigo 1º. Competência e Âmbito FEIRA DE S.MARTINHO2013 CORRIDAS DE PASSO TRAVADO REGULAMENTO Artigo 1º Competência e Âmbito O presente normativo serve para regulamentar as corridas de cavalos de Passo Travado, devendo estas provas e

Leia mais

EDITAL N. º 41 FEBRE CATARRAL OVINA LÍNGUA AZUL

EDITAL N. º 41 FEBRE CATARRAL OVINA LÍNGUA AZUL EDITAL N. º 41 FEBRE CATARRAL OVINA LÍNGUA AZUL Fernando Bernardo, Diretor-Geral de Alimentação e Veterinária, na qualidade de Autoridade Sanitária Veterinária Nacional, torna público que: A língua azul

Leia mais

REGULAMENTO DE EXECUÇÃO (UE) 2017/717 DA COMISSÃO

REGULAMENTO DE EXECUÇÃO (UE) 2017/717 DA COMISSÃO 26.4.2017 Jornal Oficial da União Europeia L 109/9 REGULAMENTO DE EXECUÇÃO (UE) 2017/717 DA COMISSÃO de 10 de abril de 2017 que estabelece regras de aplicação do Regulamento (UE) 2016/1012 do Parlamento

Leia mais

REGULAMENTOS. (Texto relevante para efeitos do EEE)

REGULAMENTOS. (Texto relevante para efeitos do EEE) 30.4.2016 PT L 116/3 REGULAMENTOS REGULAMENTO DE EXECUÇÃO (UE) 2016/672 DA COMISSÃO de 29 de abril de 2016 que aprova o ácido peracético como substância ativa existente para utilização em s biocidas dos

Leia mais

(Texto relevante para efeitos do EEE)

(Texto relevante para efeitos do EEE) 6.10.2016 L 271/9 DECISÃO DE EXECUÇÃO (UE) 2016/1775 DA COMISSÃO de 4 de outubro de 2016 que altera a Decisão 93/195/CEE, acrescentando o Catar à lista de países terceiros a partir dos quais os Estados-Membros

Leia mais

DECISÃO DE EXECUÇÃO DA COMISSÃO

DECISÃO DE EXECUÇÃO DA COMISSÃO L 172/32 Jornal Oficial da União Europeia 25.6.2013 DECISÃO DE EXECUÇÃO DA COMISSÃO de 19 de junho de 2013 que altera os anexos II, III e IV da Decisão 2006/168/CE no que se refere a certos requisitos

Leia mais

Manual de identificação. e registo de equídeos

Manual de identificação. e registo de equídeos Manual de identificação e registo de equídeos Implementação do Plano Nacional de Identificação e Registo de Equídeos 1 INTRODUÇÃO... 3 2 ENTIDADES INTERVENIENTES... 4 3 OBJETIVOS... 4 4 LEGISLAÇÃO APLICÁVEL...

Leia mais

DIRECÇÃO DE SERVIÇOS DE ALIMENTAÇÃO E VETERINÁRIA DA REGIÃO CENTRO

DIRECÇÃO DE SERVIÇOS DE ALIMENTAÇÃO E VETERINÁRIA DA REGIÃO CENTRO Regulamento Sanitário e da Admissão de animais de várias espécies à Feira Anual de Gado do Concelho de Carregal do Sal, sito em Carvalhais, dia 17 de Julho de 2015. A entrada de animais e sua admissão

Leia mais

Condições Zootécnicas e Genealógicas

Condições Zootécnicas e Genealógicas Condições Zootécnicas e Genealógicas Legislação Consolidada Data de actualização: 24/01/2011 Texto consolidado produzido pelo sistema CONSLEG do serviço das publicações oficiais das comunidades Europeias.

Leia mais

REGULAMENTO DAS SOCIEDADES PROFISSIONAIS DE CONTABILISTAS CERTIFICADOS E SOCIEDADES DE CONTABILIDADE

REGULAMENTO DAS SOCIEDADES PROFISSIONAIS DE CONTABILISTAS CERTIFICADOS E SOCIEDADES DE CONTABILIDADE REGULAMENTO DAS SOCIEDADES PROFISSIONAIS DE CONTABILISTAS CERTIFICADOS E SOCIEDADES DE CONTABILIDADE CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES GERAIS Artigo 1.º Âmbito O presente regulamento estabelece as regras de constituição

Leia mais

[ J PARTE DO SOCIALISTA PROPOSTA DE LEI N. 200/XII/3. (GOV)

[ J PARTE DO SOCIALISTA PROPOSTA DE LEI N. 200/XII/3. (GOV) PARTE DO PROPOSTA DE LEI N. 00/XII/3. (GOV) Regula a base de dados e os dados pessoais registados objeto de tratamento informático no âmbito do regime de exercício da atividade de segurança privada aprovado

Leia mais

REGULAMENTO DOS REGIMES DE REINGRESSO E DE MUDANÇA DE PAR INSTITUIÇÃO/CURSO

REGULAMENTO DOS REGIMES DE REINGRESSO E DE MUDANÇA DE PAR INSTITUIÇÃO/CURSO REGULAMENTO DOS REGIMES DE REINGRESSO E DE MUDANÇA DE PAR INSTITUIÇÃO/CURSO SETEMBRO/2015 Artigo 1º Objeto REG.SEC.02.02 Página 1 de 7 O presente regulamento estabelece as normas relativas aos regimes

Leia mais

PT Jornal Oficial da União Europeia. (Actos cuja publicação é uma condição da sua aplicabilidade) DECISÃO DA COMISSÃO

PT Jornal Oficial da União Europeia. (Actos cuja publicação é uma condição da sua aplicabilidade) DECISÃO DA COMISSÃO L 312/1 I (Actos cuja publicação é uma condição da sua aplicabilidade) DECISÃO DA COMISSÃO de 26 de Novembro de 2003 que estabelece um modelo de passaporte para a circulação intracomunitária de cães, gatos

Leia mais

CANDIDATURA

CANDIDATURA Licenciatura em Desporto CANDIDATURA 2013-2014 GUIA DE PRÉ-REQUISITOS REGULAMENTO DAS PROVAS DE APTIDÃO FUNCIONAL, FÍSICA e DESPORTIVA SETÚBAL 2013 1 INTRODUÇÃO Com o objetivo de cumprir os dispositivos

Leia mais

Direção de Serviços de Proteção Animal MANUAL

Direção de Serviços de Proteção Animal MANUAL MANUAL Para instalações de limpeza e desinfeção, e de desinsetização quando aplicável, de meios de transporte utilizados no transporte de animais vivos Decreto-lei n.º 142/ 2006 de 27 de julho e respetivas

Leia mais

Artigo 119.º do Código da Estrada (cancelamento de matrícula) CEOP, Grupo de Trabalho Segurança Rodoviária

Artigo 119.º do Código da Estrada (cancelamento de matrícula) CEOP, Grupo de Trabalho Segurança Rodoviária Artigo 119.º do Código da Estrada (cancelamento de matrícula) CEOP, Grupo de Trabalho Segurança Rodoviária 21-05-2013 Retrospetiva Indústria na atualidade Problemas Proposta de Lei 131/XII Retrospetiva

Leia mais

Procedimento para o licenciamento Animais de companhia

Procedimento para o licenciamento Animais de companhia Procedimento para o licenciamento Animais de companhia Identificação eletrónica/registo/informações gerais A detenção, posse e circulação de um canídeo carece de licença, sujeita a renovação anual, que

Leia mais

FEP Guião de Programa para CDR- Campeonato Regional 2015

FEP Guião de Programa para CDR- Campeonato Regional 2015 Categoria da Competição / Evento: 1ª Jornada CDR Lisboa e Vale do Tejo Data: De 08/03/2015 a 08/03/2015 Local: C.H.Convento de São Domingos Azeitão (org. Assoc. Arte Equestre) Condições Gerais Este evento

Leia mais

REGULAMENTO APLICÁVEL AOS REGIMES DE REINGRESSO E DE MUDANÇA DE PAR INSTITUIÇÃO/CURSO

REGULAMENTO APLICÁVEL AOS REGIMES DE REINGRESSO E DE MUDANÇA DE PAR INSTITUIÇÃO/CURSO I Âmbito e disposições comuns 1. O presente regulamento estabelece as normas do IPSN para os regimes de reingresso e de mudança de par instituição/curso, previstos na Portaria n.º 181-D/2015, de 19-06.

Leia mais

PROVA DE LICENCIAMENTO DE JOGADORES, TREINADORES E ENQUADRAMENTO HUMANO

PROVA DE LICENCIAMENTO DE JOGADORES, TREINADORES E ENQUADRAMENTO HUMANO COMUNICADO DO CONSELHO DE ARBITRAGEM COMUNICADO Nº 09 ÉPOCA: 2015/2016 DATA: 16/09/2015 Para conhecimento geral, a seguir se informa: PROVA DE LICENCIAMENTO DE JOGADORES, TREINADORES E ENQUADRAMENTO HUMANO

Leia mais

PROGRAMA Troféu Dressage Póneis 5ª Jornada. 24 de Setembro de Sociedade Hípica Portuguesa

PROGRAMA Troféu Dressage Póneis 5ª Jornada. 24 de Setembro de Sociedade Hípica Portuguesa PROGRAMA Troféu Dressage Póneis 5ª Jornada 24 de Setembro de 2016 Sociedade Hípica Portuguesa Categoria do Concurso / Evento: Troféu de Póneis (TDP) 5ª Jornada Data: 24/09/2016 Local: Sociedade Hípica

Leia mais

REGIME MUDANÇA DE PAR INSTITUIÇÃO/CURSO NO ENSINO SUPERIOR LICENCIATURAS ANO LETIVO 2016/2017

REGIME MUDANÇA DE PAR INSTITUIÇÃO/CURSO NO ENSINO SUPERIOR LICENCIATURAS ANO LETIVO 2016/2017 REGIME MUDANÇA DE PAR INSTITUIÇÃO/CURSO NO ENSINO SUPERIOR LICENCIATURAS ANO LETIVO 2016/2017 Mudança de par instituição/curso é o ato pelo qual um estudante se matricula e ou inscreve em par instituição/curso

Leia mais

NORMAS DE PARTICIPAÇÃO E INSCRIÇÃO EM CONCURSOS E EVENTOS EQUESTRES INTERNACIONAIS

NORMAS DE PARTICIPAÇÃO E INSCRIÇÃO EM CONCURSOS E EVENTOS EQUESTRES INTERNACIONAIS NORMAS DE PARTICIPAÇÃO E INSCRIÇÃO EM CONCURSOS E EVENTOS EQUESTRES INTERNACIONAIS I. PARTICIPAÇÃO 1. JOGOS OLÍMPICOS, CAMPEONATOS DO MUNDO E EUROPA E CONCURSOS INTERNACIONAIS OFICIAIS (CSIO, CDIO, CCIO,

Leia mais

Jornal Oficial da União Europeia L 149/3

Jornal Oficial da União Europeia L 149/3 7.6.2008 Jornal Oficial da União Europeia L 149/3 REGULAMENTO (CE) N. o 504/2008 DA COMISSÃO de 6 de Junho de 2008 que aplica as Directivas 90/426/CEE e 90/427/CEE do Conselho no que respeita a métodos

Leia mais

CAMPEONATO REGIONAL DE ENSINO 2015

CAMPEONATO REGIONAL DE ENSINO 2015 CAMPEONATO REGIONAL DE ENSINO 2015 CDR HERDADE DO OUTEIRO 04 DE ABRIL DE 2015 ALENTEJO Categoria do Concurso / Evento: Campeonato Regional - CDR Data: 04 / 04 / 2015 Local: Herdade do Outeiro - Alqueva

Leia mais

Concurso Especial de Acesso e Ingresso para Estudantes Internacionais. Ano letivo 2016/2017

Concurso Especial de Acesso e Ingresso para Estudantes Internacionais. Ano letivo 2016/2017 Concurso Especial de Acesso e Ingresso para Estudantes Internacionais Ano letivo 2016/2017 Concurso realizado ao abrigo do Decreto-Lei nº 36/2014, de 10 de março, que aprov o Estatuto do Estudante Internacional

Leia mais

(Texto relevante para efeitos do EEE) (2013/519/UE)

(Texto relevante para efeitos do EEE) (2013/519/UE) L 281/20 Jornal Oficial da União Europeia 23.10.2013 DECISÃO DE EXECUÇÃO DA COMISSÃO de 21 de outubro de 2013 que estabelece a lista de territórios e países terceiros autorizados no que se refere às importações

Leia mais

L 293/62 Jornal Oficial da União Europeia

L 293/62 Jornal Oficial da União Europeia L 293/62 Jornal Oficial da União Europeia 11.11.2010 DECISÃO DA COMISSÃO de 10 de Novembro de 2010 que altera a parte 1 do anexo E da Directiva 92/65/CEE do Conselho no que diz respeito ao modelo de certificado

Leia mais

UNIVERSIDADE DO SAGRADO CORAÇÃO REGULAMENTO DOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU

UNIVERSIDADE DO SAGRADO CORAÇÃO REGULAMENTO DOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU UNIVERSIDADE DO SAGRADO CORAÇÃO REGULAMENTO DOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Em conformidade com a Resolução CNE/CES n 1, de 08 de Junho de 2007 e o Regimento da Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação.

Leia mais

AS MOTIVAÇÕES DA CERTIFICAÇÃO FLORESTAL

AS MOTIVAÇÕES DA CERTIFICAÇÃO FLORESTAL FERNANDES & TERCEIRO,S.A. Um Compromisso com Desenvolvimento Sustentável e Responsabilidade Social Seminário APCER A Certificação e o Setor Gráfico AS MOTIVAÇÕES DA CERTIFICAÇÃO FLORESTAL Marta Cabral

Leia mais

SELETIVAS CAMPEONATO MUNDIAL DE CAVALOS NOVOS 2013

SELETIVAS CAMPEONATO MUNDIAL DE CAVALOS NOVOS 2013 SELETIVAS CAMPEONATO MUNDIAL DE CAVALOS NOVOS 2013 Numa ação conjunta entre a ABCCH e a CBH, as Seletivas da ABCCH ao Campeonato Mundial de Cavalos Novos 2013, a se realizar em Lanaken, Bélgica, entre

Leia mais

Normas regulamentares do Mestrado em Cultura e Comunicação

Normas regulamentares do Mestrado em Cultura e Comunicação Normas regulamentares do Mestrado em Cultura e Comunicação a) Regras sobre a admissão no ciclo de estudos I. Regulamento 1. Condições de natureza académica e curricular Podem candidatar se a este ciclo

Leia mais

U LISBOA. Despacho D-5/2016. Concurso Especial de Acesso e Ingresso para Estudantes Internacionais. Ano letivo 2016/2017

U LISBOA. Despacho D-5/2016. Concurso Especial de Acesso e Ingresso para Estudantes Internacionais. Ano letivo 2016/2017 U LISBOA (DIRETOR] Despacho D-5/2016 Concurso Especial de Acesso e Ingresso para Estudantes Internacionais Ano letivo 2016/2017 Considerando o Decreto-Lei n.2 36/2014, de 10 de março, que aprov o Estatuto

Leia mais

CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES GERAIS. 2- Nos termos da alínea a) do artº. 2º. do decreto-lei nº. 241/2007 entende-se por Bombeiro : CAPÍTULO II REGALIAS

CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES GERAIS. 2- Nos termos da alínea a) do artº. 2º. do decreto-lei nº. 241/2007 entende-se por Bombeiro : CAPÍTULO II REGALIAS REGULAMENTO DO ESTUDANTE BOMBEIRO Conselho Científico (Deliberação CC-5/2008, de 23/01/2008) 15 20 04 2012 01 CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES GERAIS ARTº 1º (ÂMBITO) 1- O presente Regulamento aplica-se aos bombeiros

Leia mais

Tal como referido supra o presente Decreto-Lei aprova ainda o Regulamento de Habilitação

Tal como referido supra o presente Decreto-Lei aprova ainda o Regulamento de Habilitação Decreto-lei n.º 138/2012, de 05 de julho que altera o Código da Estrada e aprova o Regulamento da Habilitação Legal para Conduzir, transpondo parcialmente a Diretiva n.º 2006/126/CE, do Parlamento Europeu

Leia mais

EDITAL MESTRADO EM BIOMECÂNICA. (edição 2010 2012)

EDITAL MESTRADO EM BIOMECÂNICA. (edição 2010 2012) EDITAL MESTRADO EM BIOMECÂNICA (edição 2010 2012) Nos termos do Decreto Lei n.º 42/2005, de 22 de Fevereiro, do Decreto Lei n.º 74/2006 de 24 de Março, com as alterações introduzidas pelo Decreto Lei n.º

Leia mais

CAE Rev_3: 60200, 61100, 61200, e TELECOMUNICAÇÕES

CAE Rev_3: 60200, 61100, 61200, e TELECOMUNICAÇÕES O conteúdo informativo disponibilizado pela presente ficha não substitui FUNCHAL CAE Rev_3: 60200, 61100, 61200, 61300 e 61900 TELECOMUNICAÇÕES ACTIVIDADES ABRANGIDAS: - Operador de Redes Públicas de Telecomunicações

Leia mais

Fiscalidade 2012 Última Actualização 2012/10/31

Fiscalidade 2012 Última Actualização 2012/10/31 GUIA FISCAL 2012 INDICE I. Introdução II. Enquadramento fiscal dos produtos financeiros Contas 1. Contas à ordem 2. Conta ordenado 3. Conta não residente 4. Depósito a prazo 5. Contas Poupança-Habitação

Leia mais

Mercados. informação regulamentar. Hong Kong Condições Legais de Acesso ao Mercado

Mercados. informação regulamentar. Hong Kong Condições Legais de Acesso ao Mercado Mercados informação regulamentar Hong Kong Condições Legais de Acesso ao Mercado Abril 2010 Índice 1. Regime Geral de Importação 3 2. Regime de Investimento Estrangeiro 4 3. Quadro Legal 5 2 1. Regime

Leia mais

COMISSÃO DECISÕES. L 94/100 Jornal Oficial da União Europeia

COMISSÃO DECISÕES. L 94/100 Jornal Oficial da União Europeia L 94/100 Jornal Oficial da União Europeia 8.4.2009 II (Actos aprovados ao abrigo dos Tratados CE/Euratom cuja publicação não é obrigatória) DECISÕES COMISSÃO DECISÃO DA COMISSÃO de 6 de Abril de 2009 que

Leia mais

DECISÃO DE EXECUÇÃO DA COMISSÃO

DECISÃO DE EXECUÇÃO DA COMISSÃO 23.2.2012 Jornal Oficial da União Europeia L 50/51 DECISÃO DE EXECUÇÃO DA COMISSÃO de 17 de fevereiro de 2012 que altera o anexo E da Diretiva 92/65/CEE do Conselho no que diz respeito aos modelos de certificados

Leia mais

IVA As recentes alterações legislativas

IVA As recentes alterações legislativas As recentes alterações legislativas Dezembro de 2012 2 IVA Serão as recentes alterações legislativas assim tão relevantes? 3 IVA Decreto-Lei n.º 197/2012 Decreto-Lei n.º 198/2012 Alterações em matéria

Leia mais

CEQ 80 KM 15 DE JANEIRO 2011 HERDADE DA BARROCA D ALVA

CEQ 80 KM 15 DE JANEIRO 2011 HERDADE DA BARROCA D ALVA 35º RAID HÍPICO DOS REIS CEQ 80 KM 15 DE JANEIRO 2011 HERDADE DA BARROCA D ALVA ALCOCHETE Aprovado pela F.E.P. Em 11.01.2011 Comissão Organizadora: Nome: Centro Hípico Barroca d Alva Morada: Barroca d

Leia mais

REGULAMENTOS. Tendo em conta o Tratado sobre o Funcionamento da União Europeia,

REGULAMENTOS. Tendo em conta o Tratado sobre o Funcionamento da União Europeia, 28.5.2014 L 159/41 REGULAMENTOS REGULAMENTO DELEGADO (UE) N. o 574/2014 DA COMISSÃO de 21 de fevereiro de 2014 que altera o anexo III do Regulamento (UE) n. o 305/2011 do Parlamento Europeu e do Conselho

Leia mais

Regime dos bens em circulação

Regime dos bens em circulação Nº 9 FLASH INFORMATIVO FISCAL JUNHO 2013 Regime dos bens em circulação (Decreto-Lei n.º 147/2003, de 11 de Julho) Continuação Documentos de Transporte As guias de remessa ou documentos equivalentes devem

Leia mais

FEP Guião de Programa para CDR- Campeonato Regional 2017

FEP Guião de Programa para CDR- Campeonato Regional 2017 Categoria da Competição / Evento: 1ª Jornada do Campeonato Regional de Dressage do Algarve Data: 26 de Março de 2017 Local: Olhão- Casal São José Condições Gerais Este evento é organizado de acordo com:

Leia mais

REGULAMENTO (UE) N.º /.. DA COMISSÃO. de XXX

REGULAMENTO (UE) N.º /.. DA COMISSÃO. de XXX COMISSÃO EUROPEIA Bruxelas, XXX SANCO/10387/2013 Rev.1 (POOL/E3/2013/10387/10387R1- EN.doc) D030733/02 [ ](2013) XXX draft REGULAMENTO (UE) N.º /.. DA COMISSÃO de XXX que concede uma derrogação a certas

Leia mais

Direção de Serviços de Segurança Alimentar / DGAV

Direção de Serviços de Segurança Alimentar / DGAV Direção de Serviços de Segurança Alimentar / DGAV Assunto: COMERCIALIZAÇÃO DE REBENTOS Esclarecimento 11/2013 A presente nota de esclarecimento pretende elucidar os operadores de empresas do setor alimentar

Leia mais

Jornal Oficial da União Europeia L 227/33 DECISÕES COMISSÃO

Jornal Oficial da União Europeia L 227/33 DECISÕES COMISSÃO 31.8.2007 Jornal Oficial da União Europeia L 227/33 II (Actos adoptados em aplicação dos Tratados CE/Euratom cuja publicação não é obrigatória) DECISÕES COMISSÃO DECISÃO DA COMISSÃO de 29 de Agosto de

Leia mais

Circular Gabinete Jurídico-Fiscal

Circular Gabinete Jurídico-Fiscal Circular Gabinete Jurídico-Fiscal N/REFª: 08/2014 DATA: 17/01/2014 ASSUNTO: Calendário Fiscal Fevereiro 2014 Exmos. Senhores, Junto se envia o Calendário Fiscal relativo ao mês de Fevereiro de 2014. Com

Leia mais

[ PRESIDENTE ] Edital

[ PRESIDENTE ] Edital [ PRESIDENTE ] Edital Abertura das candidaturas à matrícula e inscrição, no ano letivo 2016/2017, em ciclos de estudos conducentes ao grau de licenciado, através do Concurso Especial de Acesso e Ingresso

Leia mais

Bélgica-Bruxelas: Auditoria financeira e de conformidade de partidos políticos e fundações políticas ao nível europeu 2016/S 114-202107

Bélgica-Bruxelas: Auditoria financeira e de conformidade de partidos políticos e fundações políticas ao nível europeu 2016/S 114-202107 1 / 7 O presente anúncio no sítio web do TED: http://ted.europa.eu/udl?uri=ted:notice:202107-2016:text:pt:html Bélgica-Bruxelas: Auditoria financeira e de conformidade de partidos políticos e fundações

Leia mais

ANEXO AO PARECER 06/2012 DA EASA REGULAMENTO (UE) N.º.../.. DA COMISSÃO DE XXX

ANEXO AO PARECER 06/2012 DA EASA REGULAMENTO (UE) N.º.../.. DA COMISSÃO DE XXX COMISSÃO EUROPEIA Bruxelas, XXX [...](2012) XXX projeto ANEXO AO PARECER 06/2012 DA EASA REGULAMENTO (UE) N.º.../.. DA COMISSÃO DE XXX que altera o Regulamento (UE) n.º /, que estabelece os requisitos

Leia mais

O Registo Nacional de Material Circulante RNMC

O Registo Nacional de Material Circulante RNMC O Registo Nacional de Material Circulante RNMC 21-12-2011 1 Índice Enquadramento Legal O Registo Nacional de Material Circulante O Registo Virtual de Material Circulante Conclusões Próximos passos 21-12-2011

Leia mais

Normas regulamentares do Mestrado em Estudos Clássicos

Normas regulamentares do Mestrado em Estudos Clássicos a) Regras sobre a admissão no ciclo de estudos Normas regulamentares do Mestrado em Estudos Clássicos I. Regulamento 1. Condições de natureza académica e curricular Podem candidatar se a este ciclo de

Leia mais

ORDEM DOS MÉDICOS VETERINÁRIOS REGULAMENTO DE ACREDITAÇÃO DE DIRETOR CLÍNICO

ORDEM DOS MÉDICOS VETERINÁRIOS REGULAMENTO DE ACREDITAÇÃO DE DIRETOR CLÍNICO ORDEM DOS MÉDICOS VETERINÁRIOS REGULAMENTO DE ACREDITAÇÃO DE DIRETOR CLÍNICO Ao abrigo do artigo 15.º, n.º 1, do Decreto-Lei n.º 184/2009, de 11 de agosto, e no uso da competência que lhe é conferida pela

Leia mais

Artigo 2º Conceito de Estudante Internacional 1. É estudante internacional o estudante que não tem nacionalidade portuguesa.

Artigo 2º Conceito de Estudante Internacional 1. É estudante internacional o estudante que não tem nacionalidade portuguesa. Artigo 1º Objetivo e âmbito de aplicação O presente regulamento tem como objetivo dar cumprimento ao artigo 14º do Decreto-Lei nº 36/2014, de 10 março e aplica-se exclusivamente aos estudantes internacionais

Leia mais

OLIVEIRA, REIS & ASSOCIADOS, SROC, LDA.

OLIVEIRA, REIS & ASSOCIADOS, SROC, LDA. Calendário Fiscal de fevereiro de 2013 S T Q Q S S D 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 DIA 11 IVA declaração periódica e pagamento do imposto (regime normal mensal)

Leia mais

*******************************************************************

******************************************************************* Concurso de Saltos Nacional C Local: Quinta da Marinha - CASCAIS Data: 16 e 17 de Junho de 2012 CONDIÇÕES GERAIS Este Concurso realiza-se de acordo com: - Estatutos da FEP, aprovados em 23 de Junho 2010,

Leia mais

CONCURSO DE SALTOS NACIONAL- C

CONCURSO DE SALTOS NACIONAL- C Concurso de Saltos Nacional C Local: Quinta da Marinha - CASCAIS Data: 07 e 08 de Julho de 2012 CONDIÇÕES GERAIS Este Concurso realiza-se de acordo com: - Estatutos da FEP, aprovados em 23 de Junho 2010,

Leia mais

Normas regulamentares do Mestrado em Filosofia

Normas regulamentares do Mestrado em Filosofia a) Regras sobre a admissão no ciclo de estudos Normas regulamentares do Mestrado em Filosofia I. Regulamento 1. Condições de natureza académica e curricular Podem candidatar se a este ciclo de estudos:

Leia mais

Orientações relativas ao Regulamento «Abuso de Mercado»

Orientações relativas ao Regulamento «Abuso de Mercado» Orientações relativas ao Regulamento «Abuso de Mercado» Diferimento na divulgação de informação privilegiada 20/10/2016 ESMA/2016/1478 PT Índice 1 Âmbito... 3 2 Referências, abreviaturas e definições...

Leia mais

Orientações EBA/GL/2015/

Orientações EBA/GL/2015/ EBA/GL/2015/19 19.10.2015 Orientações sobre as notificações de passaporte de intermediários de crédito que intervenham em operações de crédito abrangidas pela Diretiva de Crédito Hipotecário 1 1. Obrigações

Leia mais

EMISSÃO DE ALVARÁ DE LICENÇA DE OPERAÇÃO DE LOTEAMENTO, OBRAS DE URBANIZAÇÃO OU TRABALHOS DE REMODELAÇÃO DE TERRENOS

EMISSÃO DE ALVARÁ DE LICENÇA DE OPERAÇÃO DE LOTEAMENTO, OBRAS DE URBANIZAÇÃO OU TRABALHOS DE REMODELAÇÃO DE TERRENOS Registo n.º Data / / O Funcionário EMISSÃO DE ALVARÁ DE LICENÇA DE OPERAÇÃO DE LOTEAMENTO, OBRAS DE URBANIZAÇÃO OU TRABALHOS DE REMODELAÇÃO DE TERRENOS Exmo. Senhor Presidente da Câmara Municipal de Cascais

Leia mais

EDITAL N. º11/2017 António Cândido Monteiro Cabeleira

EDITAL N. º11/2017 António Cândido Monteiro Cabeleira EDITAL N. º11/2017 António Cândido Monteiro Cabeleira, Presidente da Câmara Municipal de Chaves, no uso da competência prevista na alínea b) do n.º 1, do artigo 35.º, da Lei n.º 75/2013, de 12 de setembro,

Leia mais

Cabo Verde. No entanto, é possível candidatar-se em simultâneo à adopção nacional e internacional bem como a vários países em simultâneo.

Cabo Verde. No entanto, é possível candidatar-se em simultâneo à adopção nacional e internacional bem como a vários países em simultâneo. Cabo Verde Para iniciar um processo de adopção/adopção internacional terá de se inscrever no organismo da Segurança Social da sua área de residência, ou na Santa Casa da Misericórdia, caso seja residente

Leia mais

EDITAL N. º 43 FEBRE CATARRAL OVINA LÍNGUA AZUL

EDITAL N. º 43 FEBRE CATARRAL OVINA LÍNGUA AZUL EDITAL N. º 43 FEBRE CATARRAL OVINA LÍNGUA AZUL Fernando Bernardo, Diretor-Geral de Alimentação e Veterinária, na qualidade de Autoridade Sanitária Veterinária Nacional, torna público que: A língua azul

Leia mais

IMPORTANTE ATENÇÃO PARA NOVA SISTEMÁTICA DE REGISTRO DE CAVALEIROS E CAVALOS NA FGEE PARA O ANO DE 2015 E PARA INSCRIÇÕES NAS PROVAS DA SHPA!

IMPORTANTE ATENÇÃO PARA NOVA SISTEMÁTICA DE REGISTRO DE CAVALEIROS E CAVALOS NA FGEE PARA O ANO DE 2015 E PARA INSCRIÇÕES NAS PROVAS DA SHPA! TORNEIO DE ABERTURA DA TEMPORADA 2015 CSE 1ª ETAPA DO RANKING 2015 DA SHPA 27 DE FEVEREIRO a 1º de Março de 2015 Aprovado pela FGEE em IMPORTANTE ATENÇÃO PARA NOVA SISTEMÁTICA DE REGISTRO DE CAVALEIROS

Leia mais

I. NOME DA COMPETIÇÃO

I. NOME DA COMPETIÇÃO I. NOME DA COMPETIÇÃO Evento: Combinado de Maratona de Atrelagem Oliveira do Bairro Local: Espaço Inovação - Oliveira do Bairro Data: De 16/07/2017 a Interior: Exterior: X Campeonato Nacional Jornada Campeonato

Leia mais

GUIA PRÁTICO SUBSÍDIO POR INTERRUPÇÃO DA GRAVIDEZ

GUIA PRÁTICO SUBSÍDIO POR INTERRUPÇÃO DA GRAVIDEZ GUIA PRÁTICO SUBSÍDIO POR INTERRUPÇÃO DA GRAVIDEZ INSTITUTO DA SEGURANÇA SOCIAL, I.P ISS, I.P. Pág. 1/13 FICHA TÉCNICA TÍTULO Guia Prático Subsídio por Interrupção da Gravidez (3021 v1.12) PROPRIEDADE

Leia mais

IV Etapa do Ranking de Adestramento FEERJ

IV Etapa do Ranking de Adestramento FEERJ IV Etapa do Ranking de Adestramento FEERJ 1. INFORMAÇÕES GERAIS Data: 17 de Setembro de 2016 Local: Haras Pégasus Estrada dos Bandeirantes 24845, Vargem Grande RJ Telefone: (21) 2428-1228 ou (21) 2428-1687

Leia mais

ESTE DOCUMENTO FAZ PARTE DO PROGRAMA APROVADO PELO PRESIDENTE DO JÚRI DE TERRENO E RATIFICADO PELA FEP

ESTE DOCUMENTO FAZ PARTE DO PROGRAMA APROVADO PELO PRESIDENTE DO JÚRI DE TERRENO E RATIFICADO PELA FEP Concurso de Saltos Nacional C Local:Quinta da Granja Data: 06 e 07 de Abril de 2013 CONDIÇÕES GERAIS Este Concurso realiza-se de acordo com: - Estatutos da FEP, aprovados em 23 de Junho de 2010, - Regulamento

Leia mais

V Jornada Campeonato Regional Dressage Polo Equestre de Rio Frio 2015

V Jornada Campeonato Regional Dressage Polo Equestre de Rio Frio 2015 Categoria da Competição / Evento: V Jornada CDR Data:5 de Setembro de 2015 Local: Polo Equestre de Rio Frio, Pinhal Novo Condições Gerais Este evento é organizado de acordo com: - Estatutos da FEP, aprovados

Leia mais

EIXO 3 CONECTIVIDADE E ARTICULAÇÃO TERRITORIAL AVISO DE ABERTURA DE CONCURSO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS CONDICIONADO N.

EIXO 3 CONECTIVIDADE E ARTICULAÇÃO TERRITORIAL AVISO DE ABERTURA DE CONCURSO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS CONDICIONADO N. EIXO 3 CONECTIVIDADE E ARTICULAÇÃO TERRITORIAL REGULAMENTO ESPECÍFICO: Aviso n.º 1/REB/AC REQUALIFICAÇÃO DA REDE ESCOLAR DE 1.º CICLO DO ENSINO BÁSICO E DA EDUCAÇÃO PRÉ- ESCOLAR AVISO DE ABERTURA DE CONCURSO

Leia mais

Ao abrigo do disposto no n.º 2 do artigo 36.º do Decreto-Lei n.º 211/2004, de 20 de Agosto:

Ao abrigo do disposto no n.º 2 do artigo 36.º do Decreto-Lei n.º 211/2004, de 20 de Agosto: Legislação Portaria n.º 1327/2004, de 19 de Outubro Publicada no D.R. n.º 246, I Série-B, de 19 de Outubro de 2004 SUMÁRIO: Regulamenta os procedimentos administrativos previstos no Decreto-Lei n.º 211/2004,

Leia mais

UNIVERSIDADE DA BEIRA INTERIOR Gabinete do Reitor

UNIVERSIDADE DA BEIRA INTERIOR Gabinete do Reitor REGULAMENTO DO ESTATUTO DO ESTUDANTE INTERNACIONAL DA UNIVERSIDADE DA BEIRA INTERIOR A Universidade da Beira Interior (UBI) pretende implementar uma política ativa de atração e acolhimento de estudantes

Leia mais

CAMPEONATO ESTADUAL DE ADESTRAMENTO 2017 V e VI Etapa do Ranking Adestramento FEERJ/SHB

CAMPEONATO ESTADUAL DE ADESTRAMENTO 2017 V e VI Etapa do Ranking Adestramento FEERJ/SHB CAMPEONATO ESTADUAL DE ADESTRAMENTO 2017 V e VI Etapa do Ranking Adestramento FEERJ/SHB 1. DENOMINAÇÃO DO EVENTO Campeonato Estadual de Adestramento V e VI Etapa do Ranking de Adestramento 2. INFORMAÇÕES

Leia mais

PREÇÁRIO Registo anual para Centros Hípicos e Comissões Organizadoras:

PREÇÁRIO Registo anual para Centros Hípicos e Comissões Organizadoras: PREÇÁRIO 2014 1- Rede Nacional de Centros Federados Registo anual para Centros Hípicos e Comissões Organizadoras: Centros de 1 estrela: 80 Centros de 2 e 3 estrelas: 120 Centros de 4 e 5 estrelas: 180

Leia mais

Procedimento do SGI PSG-17. (Rastreabilidade)

Procedimento do SGI PSG-17. (Rastreabilidade) Procedimento do SGI PSG-17 (Rastreabilidade) Índice 1. Objectivo 4 2. Campo de Aplicação 4 3. Actividades 4 3.1 1ª Actividade: Identificação e Rastreabilidade 4 3.1.1 Responsabilidades 5 3.2 2ª Actividade:

Leia mais

CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE HIPISMO

CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE HIPISMO MENSALIDADES DAS FEDERAÇÕES Valores 2016 Grupo F: Federações que possuem a pontuação mínima (PM) 374,00 Grupo E: Federações que possuem a pontuação de PM+1 até 2 PM Grupo D: Federações que possuem a pontuação

Leia mais

I. NOME DA COMPETIÇÃO

I. NOME DA COMPETIÇÃO (Para efetuar o preenchimento pique p.f. com o botão esquerdo do rato sobre as caixas e escreva a informação em Texto predefinido, seguida de ok) I. NOME DA COMPETIÇÃO Evento: Campeonato Nacional de Derby

Leia mais

Principais medidas decorrentes do Decreto-Lei 197/2012, de 24 de Agosto:

Principais medidas decorrentes do Decreto-Lei 197/2012, de 24 de Agosto: Principais medidas decorrentes do Decreto-Lei 197/2012, de 24 de Agosto: Artigo 29.º do CIVA 1 -Para além da obrigação do pagamento do imposto, os sujeitos passivos referidos na alínea a) do n.º 1 do artigo

Leia mais

CONSULADO-GERAL DE PORTUGAL EM MAPUTO

CONSULADO-GERAL DE PORTUGAL EM MAPUTO CONSULADO-GERAL DE PORTUGAL EM MAPUTO 5.MAIO.2017 CESSAÇÃO DA EMISSÃO DE VISTOS SCHENGEN A CIDADÃOS DE ESTADOS-MEMBROS DO ESPAÇO SCHENGEN DETENTORES DE DUPLA NACIONALIDADE (MOÇAMBICANA OU OUTRA) PROCEDIMENTOS

Leia mais

Campeonato de Enduro Equestre do DF DIRETRIZES PARA TEMPORADA 2015

Campeonato de Enduro Equestre do DF DIRETRIZES PARA TEMPORADA 2015 Campeonato de Enduro Equestre do DF DIRETRIZES PARA TEMPORADA 2015 1 ESPECIFICAÇÃO... 03 CATEGORIAS... 04 MODALIDADE REGULARIDADE VELOCIDADE CONTROLADA MODALIDADE VELOCIDADE LIVRE PARA GRADUAÇÃO MODALIDADE

Leia mais

(Texto relevante para efeitos do EEE)

(Texto relevante para efeitos do EEE) 18.10.2016 L 280/13 REGULAMENTO DE EXECUÇÃO (UE) 2016/1832 DA COMISSÃO de 17 de outubro de 2016 que altera os modelos de certificados para as importações na União de preparados de carne, produtos à base

Leia mais

FEP Guião de Programa para CDR- Campeonato Regional 2016

FEP Guião de Programa para CDR- Campeonato Regional 2016 Categoria da Competição / Evento: Campeonato Regional de Ensino Data: De 17_ / _07 / _2016 Local: Centro Hípico e Turístico Vale do Sousa - Lousada Condições Gerais Este evento é organizado de acordo com:

Leia mais

I ETAPA CAMPEONATO CHEVAUX BRASÍLIA 2015 FAZENDA ÁGUA LIMPA FAL - UNB

I ETAPA CAMPEONATO CHEVAUX BRASÍLIA 2015 FAZENDA ÁGUA LIMPA FAL - UNB I ETAPA CAMPEONATO CHEVAUX BRASÍLIA 2015 FAZENDA ÁGUA LIMPA FAL - UNB 5 DE MARÇO DE 2016 ÍNDICE INFORMAÇÕES TÉCNICAS 03 VELOCIDADE LIVRE 05 VELOCIDADE LIVRE 1 ESTRELA CEN 1* 80 KM 05 VELOCIDADE LIVRE CURTA

Leia mais

Despacho n.º /2015. Regulamento Académico dos Cursos de Pós-Graduação não Conferentes de Grau Académico do Instituto Politécnico de Leiria (IPLeiria)

Despacho n.º /2015. Regulamento Académico dos Cursos de Pós-Graduação não Conferentes de Grau Académico do Instituto Politécnico de Leiria (IPLeiria) Despacho n.º /2015 Regulamento Académico dos Cursos de Pós-Graduação não Conferentes de Grau Académico do Instituto (IPLeiria) Preâmbulo Nos termos do n.º 1 do artigo 15.º da Lei n.º 46/86, de 14.10 1,

Leia mais

Manual de Boas Práticas Ambientais Prestadores de Serviços de Manutenção de Espaços Verdes

Manual de Boas Práticas Ambientais Prestadores de Serviços de Manutenção de Espaços Verdes Manual de Boas Práticas Ambientais Prestadores de Serviços de Manutenção de Espaços Verdes Mod 10-381 rev 0 Mensagem do Conselho de Administração Mensagem do Conselho de Administração A implementação de

Leia mais

Animais na Exploração

Animais na Exploração Animais na Exploração Gabinete Técnico da CNA 2014 Animais na Exploração Índice Nota prévia... 7 Introdução... 9 1 - Ovinos e Caprinos... 10 1.1 - Identificação e Registo Animal... 10 1.2 - SNIRA - Movimentação

Leia mais

CONTRATO DE COMPRA DE ENERGIA ELÉTRICA UNIDADES DE MICROPRODUÇÃO

CONTRATO DE COMPRA DE ENERGIA ELÉTRICA UNIDADES DE MICROPRODUÇÃO CONTRATO DE COMPRA DE ENERGIA ELÉTRICA UNIDADES DE MICROPRODUÇÃO Entre, residente em com o número de contribuinte, adiante designado(a) abreviadamente por Produtor; e EDP Serviço Universal, S.A., com sede

Leia mais

CONTRATO DE FORNECIMENTO DE ENVELOPES TIMBRADOS

CONTRATO DE FORNECIMENTO DE ENVELOPES TIMBRADOS CONTRATO DE FORNECIMENTO DE ENVELOPES TIMBRADOS Entre a Agência para a Modernização Administrativa, I.P., de ora em diante designada por AMA ou Primeira Contraente, com sede na Rua Abranches Ferrão, n.º

Leia mais

FEDERAÇÃO PORTUGUESA DE PESCA DESPORTIVA

FEDERAÇÃO PORTUGUESA DE PESCA DESPORTIVA FEDERAÇÃO PORTUGUESA DE PESCA DESPORTIVA REGULAMENTO DE FILIAÇÕES (Aprovado em 26 de Abril de 2013) Artigo 1º Objeto Este regulamento estipula as normas administrativas gerais para a filiação de clubes,

Leia mais