RHPUS. Referencial de Honorários Psicológicos Unafisco Saúde

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "RHPUS. Referencial de Honorários Psicológicos Unafisco Saúde"

Transcrição

1 RHPUS Referencial de Honorários Psicológicos Unafisco Saúde 2011

2 RHPUS Referencial de Honorários Psicológicos Unafisco Saúde 2011

3

4 APRESENTAÇÃO O UNAFISCO SAÚDE é o Plano de Assistência à Saúde do SINDIFISCO NACIO- NAL - Sindicato Nacional dos Auditores-Fiscais da Receita Federal do Brasil, registrado junto à ANS Agência Nacional de Saúde Suplementar sob o nº , entidade sem fins lucrativos, com sede e foro na cidade de Brasília (DF). Destina-se à prestação de serviços de saúde aos beneficiários do SINDI- FISCO NACIONAL, que aderirem a ele, e aos seus respectivos dependentes e agregados. O presente Referencial é parte integrante do contrato de prestação de serviços firmado entre o UNAFISCO SAÚDE PREMIUM e o estabelecimento credenciado, e visa apresentar informações gerais sobre o Plano e um conjunto de normas e procedimentos a serem adotados, servindo como guia no que se refere aos aspectos operacionais da relação entre o UNAFISCO SAÚDE PREMIUM e a REDE CREDENCIADA. Periodicamente, de acordo com a necessidade, poderão ser emitidos comunicados e circulares de caráter substitutivo ou complementar, que serão considerados parte integrante deste Referencial. Qualquer informação adicional poderá ser obtida junto ao UNAFISCO SAÚDE PREMIUM, com atendimento 24 horas por dia, inclusive aos sábados, domingos e feriados, com discagem gratuita. Carlos Lucena Diretor do Plano de Saúde Jesus Luiz Brandão Diretor-Adjunto do Plano de Saúde Pedro Delarue Tolentino Filho Presidente??

5 DISPOSIÇÕES GERAIS 1. IDENTIFICAÇÃO DO USUÁRIO Para utilização da assistência, é obrigatória a identificação do beneficiário mediante a apresentação de documento oficial de identidade e do Cartão de Identificação do Plano UNAFISCO SAÚDE PREMIUM. O "Cartão de Identificação" do beneficiário apresenta todos os dados necessários para o preenchimento da Guia de Tratamento SP/SADT pelo credenciado, conforme mostrado abaixo: 2. INSTRUÇÕES GERAIS PARA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS 2.1. ATENDIMENTO O atendimento aos beneficiários na rede credenciada far-se-á mediante a apresentação obrigatória dos seguintes documentos: Cartão de Identificação do UNAFISCO SAÚDE PREMIUM ou Autorização Provisória para utilização, dentro do prazo de validade. Cédula de Identidade oficial do beneficiário, na ocasião do atendimento.? 3

6 DISPOSIÇÕES GERAIS CARÊNCIAS Os beneficiários inscritos no UNAFISCO SAÚDE PREMIUM cumprirão o prazo de carência para a médica em acupuntura conforme abaixo: 60 dias para assistência psicológica GUIAS FORNECIMENTO DE GUIAS As Guias poderão ser obtidas pelo acesso ao site onde serão encontradas as instruções para preenchimento. Poderá ser solicitada a remessa de guias impressas ao Serviço de Protocolo do Plano pelo ou pelo telefone (61) SOLICITAÇÃO DE AUTORIZAÇÃO A assistência em Psicologia prevê a cobertura de procedimentos, consultas e testes para avaliação e tratamento em portadores de distúrbios psicológicos. Assistência em psicologia será fornecida a partir da solicitação de Psicoterapeuta ou Médico Psiquiatra, contendo a indicação e a justificativa do tratamento proposto que devem obedecer aos critérios de regulação e indicações propostas neste Referencial. As senhas podem ser solicitadas pelo estabelecimento credenciado, pelo psicólogo ou médico psiquiatra, ou pelo beneficiário, por meio do telefone da Central de Atendimento 24h ?

7 DISPOSIÇÕES GERAIS Para Solicitação de Autorização, a Guia SP/SADT deverá ser acompanhada de relatório circunstanciado contendo: Plano de Tratamento (com previsão de início e término). Quadro Clínico Atual (situação de saúde atual). Indicação Clínica (as terapias propostas). Para Solicitação de Prorrogação de Tratamento, a Guia SP/SADT deverá ser acompanhada de relatório circunstanciado contendo: Novo Plano de Tratamento (com previsão de início e término). Quadro Clínico Atual (situação de saúde atual). Indicação Clínica (situação de saúde atual). Justificativa para a nova solicitação (com referencial científicobibliográfico). Os procedimentos que necessitam de Autorização Prévia (senha) estão indicados no RHPUS. Sempre que necessário, o UNAFISCO SAÚDE PREMIUM poderá solicitar Perícia Presencial, em qualquer tempo do tratamento indicado pelo prestador. A validade de cada senha (autorização) é de 60 (sessenta) dias, contados a partir da sua emissão. Para realização após o vencimento deste prazo, é necessário solicitar revalidação da senha junto à Central de Atendimento.? 5

8 DISPOSIÇÕES GERAIS CONSULTAS As consultas eletivas realizadas em consultório sempre serão cobradas por meio da GUIA DE CONSULTA. Havendo necessidade da realização de outros procedimentos durante a consulta, o Credenciado deverá utilizar-se da GUIA DE SERVIÇO PROFISSIONAL/SERVIÇO AUXILIAR DIAGNÓSTICO E TERAPIA (SP/SADT) para cobrança. As Guias deverão ser preenchidas com letra legível, preferencialmente de forma, na primeira consulta, com todas as informações exigidas na descrição de cada código do RHPUS, utilizando-se uma linha para cada evento. Não serão admitidas rasuras. As guias transacionadas eletronicamente deverão conter: assinatura exclusivamente na lista presencial (não serão admitidas rasuras), conforme IN Nº. 43/2010 da ANS, disponível no site: Retorno de Consulta O retorno do beneficiário nos primeiros 30 (trinta) dias após o primeiro atendimento não será considerado como nova consulta RECEBIMENTO E PROCESSAMENTO DAS GUIAS DE COBRANÇA COBRANÇA O prazo máximo para apresentação das notas fiscais/faturas é de 90 (noventa) dias, contados a partir do término do tratamento. Esgotado esse prazo, os respectivos documentos somente serão aceitos pelo UNAFISCO SAÚDE PREMIUM mediante apresentação de justificativa plausível.?6

9 DISPOSIÇÕES GERAIS Quando o paciente interromper ou abandonar o tratamento, por período superior a 30 (trinta) dias, sem justificativa pertinente, o credenciado deverá convocá-lo formalmente, por telegrama ou carta, anexando cópia do documento à Guia SP/SADT no momento da cobrança dos serviços. Serão pagos os procedimentos concluídos até o momento do abandono. Para que seja efetivado o pagamento, todos os procedimentos autorizados e executados na Guia SP/SADT devem estar com data de término e assinatura do paciente. Os procedimentos não realizados deverão ser descritos na guia como cancelados. A cobrança de procedimentos não realizados constitui fraude passível de penalidades. CAPA DE LOTE (GUIA DE COBRANÇA) Deve ser utilizada em caráter obrigatório, para relacionar as guias que serão apresentadas para fins de Cobrança, assegurando-se ao Credenciado e Operadora o controle das guias enviadas e recebidas. Poderá ser obtida pelo acesso ao site ou por meio do Setor de Protocolo do Plano, pelo ou pelo telefone (61) PAGAMENTO O UNAFISCO SAÚDE PREMIUM procede à análise das guias recebidas até o dia 10 de cada mês, concedendo pagamento no dia 10 do mês subseqüente. Quando a auditoria presencial for solicitada, o pagamento somente ocorrerá após aprovação da Auditoria Interna do UNAFISCO SAÚDE PREMIUM. 7

10 DISPOSIÇÕES GERAIS RECURSO DE GLOSA Os recursos de glosas somente serão aceitos dentro do prazo de 60 (sessenta) dias corridos da data do pagamento, devendo ser utilizado o Formulário de Recurso de Glosas, que poderá ser obtido pelo acesso ao site ou por meio do Setor de Protocolo do Plano, pelo ou pelo telefone (61) Assistindo razão ao Prestador Credenciado quanto à invalidação das glosas, o UNAFISCO SAÚDE PREMIUM efetuará o pagamento referente aos valores acatados para os recursos apresentados num prazo de até 60 (sessenta) dias, após a data do recebimento do recurso. Os recursos apresentados fora do prazo estipulado acima serão indeferidos, prevalecendo a glosa, não cabendo novo recurso. CAPA DE LOTE (RECURSO DE GLOSA) Deve ser utilizada em caráter obrigatório, para relacionar as guias que serão apresentadas para fins de Recurso de Glosa, assegurando-se ao Credenciado e Operadora o controle das guias enviadas e recebidas. Poderá ser obtida pelo acesso ao site ou por meio do Setor de Protocolo do Plano, pelo ou pelo telefone (61) As informações de Glosas estão disponíveis exclusivamente no site: 8

11 TABELA RHPUS SINTETIZADA Código PROCEDIMENTOS Valor Consulta Psicológica* Inclui: Consulta com o psicólogo + Anamnese. R$ 35, Avaliação Psicológica Inclui: Avaliação psicológica, Avaliação Psicomotora, Avaliação Psicomotora Relacionada ao Grafismo, Avaliação da estrutura e dinâmica da personalidade, Avaliação das características da personalidade, Aplicação dos testes psicológicos (ex: Bender e Rorscharch). 1. Será autorizado o pagamento de 01 (uma) Avaliação Psicológica a cada 06 (seis) meses. R$ 94, Psicoterapia Individual 1. Necessária Autorização Prévia. 2. Encaminhar Relatório que deverá ser renovado a cada 06 (seis) meses, com indicação médica ou de psicólogo, contendo: - Plano de Tratamento (com previsão de início e término). - Quadro Clínico (situação de saúde atual). - Indicação Clínica (as terapias propostas). 3. A Assistência de Psicoterapia deve ser realizada no máximo 02 (duas) vezes por semana. Psicoterapia em Casal 1. Necessária Autorização Prévia. 2. Encaminhar Relatório que deverá ser renovado a cada 06 (seis) meses, com indicação médica ou de psicólogo, contendo: - Plano de Tratamento (com previsão de início e término). - Quadro Clínico (situação de saúde atual). - Indicação Clínica (as terapias propostas). 3. A Assistência de Psicoterapia deve ser realizada no máximo 02 (duas) vezes por semana. 4. A Guia SP/SADT deverá conter assinatura dos envolvidos na terapia, para fins de comprovação. Psicoterapia Familiar 1. Necessária Autorização Prévia. 2. Encaminhar Relatório que deverá ser renovado a cada 06 (seis) meses, com indicação médica ou de psicólogo, contendo: - Plano de Tratamento (com previsão de início e término). - Quadro Clínico (situação de saúde atual). - Indicação Clínica (as terapias propostas). 3. A Assistência de Psicoterapia deve ser realizada no máximo 02 (duas) vezes por semana. 4. A Guia SP/SADT deverá conter assinatura dos envolvidos na terapia, para fins de comprovação. R$ 32,00 R$ 45,00 R$ 45,00 9?

12 TABELA RHPUS SINTETIZADA Código PROCEDIMENTOS Valor Psicoterapia em Grupo 1. Necessária Autorização Prévia. 2. Encaminhar Relatório que deverá ser renovado a cada 06 (seis) meses, com indicação médica ou de psicólogo, contendo: - Plano de Tratamento (com previsão de início e término). - Quadro Clínico (situação de saúde atual). - Indicação Clínica (as terapias propostas). 3. A Assistência de Psicoterapia deve ser realizada no máximo 02 (duas) vezes por semana. 4. A Guia SP/SADT deverá conter assinatura dos envolvidos na terapia, para fins de comprovação. Ludoterapia Individual 1. Necessária Autorização Prévia. 2. Encaminhar Relatório que deverá ser renovado a cada 06 (seis) meses, com indicação médica ou de psicólogo, contendo: - Plano de Tratamento (com previsão de início e término). - Quadro Clínico (situação de saúde atual). - Indicação Clínica (as terapias propostas). 3. As sessões de Ludoterapia devem ser realizadas no máximo 01 (uma) vez por semana. 4. A Ludoterapia deve ser aplicada apenas em crianças e pré-adolescentes, como mostra claramente a sua definição (idade máxima para a solicitação 15 anos). Ludoterapia em Grupo 1. Necessária Autorização Prévia. 2. Encaminhar Relatório que deverá ser renovado a cada 06 (seis) meses, com indicação médica ou de psicólogo, contendo: - Plano de Tratamento (com previsão de início e término). - Quadro Clínico (situação de saúde atual). - Indicação Clínica (as terapias propostas). 3. As sessões de Ludoterapia devem ser realizadas no máximo 01 (uma) vez por semana. 4. A Ludoterapia deve ser aplicada apenas em crianças e pré-adolescentes, como mostra claramente a sua definição (idade máxima para a solicitação 15 anos). R$ 14,02 R$ 21,02 R$ 14,

13 TABELA RHPUS SINTETIZADA Código PROCEDIMENTOS Psicomotricidade Individual 1. Necessária Autorização Prévia. 2. Encaminhar Relatório que deverá ser renovado a cada 06 (seis) meses, com indicação médica ou de psicólogo, contendo: - Plano de Tratamento (com previsão de início e término). - Quadro Clínico (situação de saúde atual). - Indicação Clínica (as terapias propostas). 3. As sessões de Psicomotricidade devem ser realizadas no máximo 02 (duas) vezes por semana. 4. O procedimento deve ser realizado em consultório e conforme os moldes de definição do Conselho Federal de Psicologia, o que exclui aqui o tratamento de Equoterapia. 5. O tratamento de Equoterapia não consta no Rol da ANS RN 211. Psicomotricidade em Grupo 1. Necessária Autorização Prévia. 2. Encaminhar Relatório que deverá ser renovado a cada 06 (seis) meses, com indicação médica ou de psicólogo, contendo: - Plano de Tratamento (com previsão de início e término). - Quadro Clínico (situação de saúde atual). - Indicação Clínica (as terapias propostas). 3. As sessões de Psicomotricidade devem ser realizadas no máximo 02 (duas) vezes por semana. 4. O procedimento deve ser realizado em consultório e conforme os moldes de definição do Conselho Federal de Psicologia, o que exclui aqui o tratamento de Equoterapia. 5. O tratamento de Equoterapia não consta no Rol da ANS RN 211. Valor R$ 35,00 R$ 94,61 R$ 32,00 R$ 45,00 17,52 R$ 45,00 R$ 14,02 R$ 21,02 R$ 14,02 R$ 17,52 R$ 10,52 R$ 10,52 11?

14

15

16 Guia RHPUS 2011 Central de Autorizações 24 horas Emergência Médica Domiciliar - Remoção Rio de Janeiro Demais localidades

RHFOUS. Referencial de Honorários de Fonoaudiologia Unafisco Saúde PREMIUM.

RHFOUS. Referencial de Honorários de Fonoaudiologia Unafisco Saúde PREMIUM. RHFOUS Referencial de Honorários de Fonoaudiologia Unafisco Saúde PREMIUM. 2011 RHFOUS Referencial de Honorários de Fonoaudiologia Unafisco Saúde PREMIUM. 2011 APRESENTAÇÃO O UNAFISCO SAÚDE é o Plano

Leia mais

ORDEM DE SERVIÇO Nº 007.2/2008

ORDEM DE SERVIÇO Nº 007.2/2008 1/6 DIRETORIA DE SAÚDE GABINETE ORDEM DE SERVIÇO Nº 007.2/2008 Dispõe sobre a implantação das regras de pré-auditoria eletrônica das contas e serviços auxiliares de diagnóstico e terapia (SADT). O DIRETOR

Leia mais

DADOS DO BENEFICIÁRIO

DADOS DO BENEFICIÁRIO GUIA DE SP/SADT Número do campo Nome do campo Observação 1 Registro ANS Nas guias em papel impressas pela Petrobras ou Petrobras Distribuidora e nas guias disponibilizadas no site da Petrobras, é dado

Leia mais

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS MÉDICOS

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS MÉDICOS CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS MÉDICOS Contrato que entre si fazem, na melhor forma de direito, de um lado (nome da operadora), com sede na rua..., nº..., bairro..., em (nome da cidade), (Estado), inscrita

Leia mais

CIRCULAR -002/2016 - PPA da PESL 1º Trimestre de 2016 REVISÃO DA PROVISÃO DE EVENTOS A LIQUIDAR

CIRCULAR -002/2016 - PPA da PESL 1º Trimestre de 2016 REVISÃO DA PROVISÃO DE EVENTOS A LIQUIDAR CIRCULAR -002/2016 - PPA da PESL 1º Trimestre de 2016 REVISÃO DA PROVISÃO DE EVENTOS A LIQUIDAR Conforme disposto na RN ANS 227/10, da Diretoria Colegiada, regulamentada pela IN ANS 45/10, da DIOPE, ambas

Leia mais

1. IDENTIFICAÇÃO FUNDAÇÃO FIAT SAÚDE E BEM ESTAR

1. IDENTIFICAÇÃO FUNDAÇÃO FIAT SAÚDE E BEM ESTAR 1 1 2 1. IDENTIFICAÇÃO FUNDAÇÃO FIAT SAÚDE E BEM ESTAR Razão Social: FUNDAÇÃO FIAT SAÚDE E BEM ESTAR CNPJ: 12.838.821/0001-80 Registro ANS: 41828-5 Inscrição Municipal: 130973/001-6 Inscrição Estadual:

Leia mais

FATURAMENTO ELETRÔNICO CASSI. Orientações aos Prestadores com Sistema de Gestão Próprio

FATURAMENTO ELETRÔNICO CASSI. Orientações aos Prestadores com Sistema de Gestão Próprio FATURAMENTO ELETRÔNICO CASSI Orientações aos Prestadores com Sistema de Gestão Próprio ÍNDICE 1. INTRODUÇÃO...3 2. SENHA PARA PRESTADORES QUE UTILIZAM AUTORIZADOR ELETRÔNICO...3 3. DADOS DO PARTICIPANTE...6

Leia mais

Sumário 1) Acessando o portal prestador ) Emissão de Guias Guia de Consulta Guia de SP/SADT Guia de Solicitação de

Sumário 1) Acessando o portal prestador ) Emissão de Guias Guia de Consulta Guia de SP/SADT Guia de Solicitação de Sumário 1) Acessando o portal prestador... 3 2) Emissão de Guias... 5 2.1 Guia de Consulta... 5 2.2 Guia de SP/SADT... 8 2.3 Guia de Solicitação de internação... 11 2.4 Solicitação de prorrogação de internação...

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÕES DE SERVIÇOS DE ODONTOLOGIA

MANUAL DE INSTRUÇÕES DE SERVIÇOS DE ODONTOLOGIA MANUAL DE INSTRUÇÕES DE SERVIÇOS DE ODONTOLOGIA 1 NORMAS GERAIS DE ATENDIMENTO OBJETIVO Orientar os recursos credenciados no atendimento prestado aos usuários da Mogidonto e seus dependentes. 1. Cartão

Leia mais

Cartilha de mudanças Rede Credenciada

Cartilha de mudanças Rede Credenciada Assistência Multidisciplinar de Saúde Foto: Istock/ Banco de Imagens Petrobras Cartilha de mudanças Rede Credenciada PAD e FISIOTERAPIA DOMICILIAR ORIENTAÇÕES PARA REDE MÉDICA Sumário 1. Orientações sobre

Leia mais

Cartilha de mudanças Rede Credenciada

Cartilha de mudanças Rede Credenciada Assistência Multidisciplinar de Saúde Foto: Istock/ Banco de Imagens Petrobras Cartilha de mudanças Rede Credenciada PAD e FISIO DOMICILIAR Versão 6 - agosto/2016 ORIENTAÇÕES PARA REDE MÉDICA Sumário

Leia mais

Legenda da Guia de Recurso de Glosa

Legenda da Guia de Recurso de Glosa Registro ANS Número da de recurso de glosas no na 1 2 Registro ANS Nº da no String 6 Registro da de plano privado de assistência à saúde na Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) Número que identifica

Leia mais

Ministério da Saúde Agência Nacional de Saúde Suplementar Padrão TISS Troca de Informações em Saúde Suplementar

Ministério da Saúde Agência Nacional de Saúde Suplementar Padrão TISS Troca de Informações em Saúde Suplementar Ministério da Saúde Agência Nacional de Saúde Suplementar Padrão TISS Troca de Informações em Saúde Suplementar Padrão Projeto TISS Sistema suplementar - Operadoras SIB, SIP,RPS,DIOPS Operadoras TISS -

Leia mais

MANUAL DE ATENDIMENTO

MANUAL DE ATENDIMENTO MANUAL DE ATENDIMENTO DA RADIOLÓGICA CREDENCIADA ARM Odontologia - Fones: São Paulo (011) 3515-5400 e demais localidades 0800 704-4945 - site: www.armodonto.com.br - Versão Julho/12 1 COMO IDENTIFICAR

Leia mais

Manual do Autorização

Manual do Autorização Manual do Autorização 1 Acesse o site da FUNDAFFEMG wwwfundaffemgcombr 2 Na página inicial, clique em Credenciados 3 Você será direcionado para a página específica de credenciados, onde poderá acessar

Leia mais

FACULDADE PADRE JOÃO BAGOZZI PÓS-GRADUAÇÃO BAGOZZI - NÚCLEO DE CIENCIAS DA ADMINISTRAÇÃO E DESENVOLVIMENTO

FACULDADE PADRE JOÃO BAGOZZI PÓS-GRADUAÇÃO BAGOZZI - NÚCLEO DE CIENCIAS DA ADMINISTRAÇÃO E DESENVOLVIMENTO FACULDADE PADRE JOÃO BAGOZZI PÓS-GRADUAÇÃO BAGOZZI - NÚCLEO DE CIENCIAS DA ADMINISTRAÇÃO E DESENVOLVIMENTO ORIENTAÇÕES PARA REALIZAÇÃO, CORREÇÃO DO TCC TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO PÓS-GRADUANDOS MATRICULADOS

Leia mais

NORMAS E PROCEDIMENTOS

NORMAS E PROCEDIMENTOS NORMAS E PROCEDIMENTOS Compensação dos atos gratuitos Com o objetivo de informar nossos colegas responsáveis pelos Cartórios de Registro Civil das Pessoas Naturais, a Comissão Gestora do Fundo de Custeio

Leia mais

Ministério da Saúde Agência Nacional de Saúde Suplementar. Padrão TISS Troca de Informações em Saúde Suplementar

Ministério da Saúde Agência Nacional de Saúde Suplementar. Padrão TISS Troca de Informações em Saúde Suplementar Ministério da Saúde Agência Nacional de Saúde Suplementar Troca de Informações em Saúde Suplementar INSTRUÇÕES GERAIS Este manual tem como finalidade instruir todos os prestadores de serviço no preenchimento

Leia mais

PADRÃO TISS COMPONENTE DE CONTEÚDO E ESTRUTURA. Parte V - Formulários do Plano de Contingência

PADRÃO TISS COMPONENTE DE CONTEÚDO E ESTRUTURA. Parte V - Formulários do Plano de Contingência PADRÃO TISS COMPONENTE DE CONTEÚDO E ESTRUTURA Parte V - Formulários do Plano de Contingência Padrão TISS - Componente de Conteúdo e Estrutura - Maio 2014 323 Registro ANS Nº da no na 1 2 Registro ANS

Leia mais

Manual de Preenchimento dos formulários da TISS. Versão

Manual de Preenchimento dos formulários da TISS. Versão Manual de Preenchimento dos formulários da TISS Versão 3.02.00 Agosto/2014 u Página 2 de 58 Sumário Instruções Gerais... 4 Guia de Consulta... 5 Guia de Serviço Profissional/Serviço Auxiliar de Diagnóstico

Leia mais

REGULAMENTAÇÃO DO PEDIDO DE CANCELAMENTO OU EXCLUSÃO DE BENEFICIÁRIOS DE PLANOS DE SAÚDE Principais Contribuições. Câmara Técnica 3ª reunião

REGULAMENTAÇÃO DO PEDIDO DE CANCELAMENTO OU EXCLUSÃO DE BENEFICIÁRIOS DE PLANOS DE SAÚDE Principais Contribuições. Câmara Técnica 3ª reunião REGULAMENTAÇÃO DO PEDIDO DE CANCELAMENTO OU EXCLUSÃO DE BENEFICIÁRIOS DE PLANOS DE SAÚDE Principais Contribuições Câmara Técnica 3ª reunião PRINCIPAIS CONTRIBUIÇÕES Entidades que enviaram contribuições

Leia mais

Cartilha de mudanças Rede Credenciada

Cartilha de mudanças Rede Credenciada Assistência Multidisciplinar de Saúde Foto: Istock/ Banco de Imagens Petrobras Cartilha de mudanças Rede Credenciada Tratamento Seriado: Psicoterapia, Fonoaudiologia Terapia Ocupacional e Fisioterapia

Leia mais

Cartilha de mudanças Rede Credenciada

Cartilha de mudanças Rede Credenciada Assistência Multidisciplinar de Saúde Foto: Istock/ Banco de Imagens Petrobras Cartilha de mudanças Rede Credenciada Tratamento Seriado: Psicoterapia, Fonoaudiologia Terapia Ocupacional e Fisioterapia

Leia mais

Condições Básicas para utilização do autorizador

Condições Básicas para utilização do autorizador Condições Básicas para utilização do autorizador Usuários Unimed Sorocaba (carteirinhas iniciadas por 018...): Todos os usuários da Unimed Sorocaba para consultas e procedimentos autorizados, excetuando-se

Leia mais

05/2016 775707/2012 - MTE/SENAES CAMP

05/2016 775707/2012 - MTE/SENAES CAMP Cotação Prévia de Preço Nº. 05/2016 Convênio Nº 775707/2012 - MTE/SENAES CAMP Projeto: Centro de Formação e Apoio à Assessoria Técnica em Economia Solidária CFES Regional Sul. Critério: Menor Preço e Melhor

Leia mais

Guia de Utilização para Beneficiários do Plano de Assistência e Saúde PAS, com cobertura adicional da CAMED

Guia de Utilização para Beneficiários do Plano de Assistência e Saúde PAS, com cobertura adicional da CAMED Guia de Utilização para Beneficiários do Plano de Assistência e Saúde PAS, com cobertura adicional da CAMED 1 Guia de Utilização para Beneficiários do Plano de Assistência e Saúde PAS, com cobertura adicional

Leia mais

Manual Guias -Padrão TISS 3.02

Manual Guias -Padrão TISS 3.02 Unimed Caçapava Cooperativa de Trabalho Médico Manual Guias -Padrão TISS 3.02 Para uso interno Departamento de Faturamento Setembro/2014 Padrão TISS 3.0 A versão 3.0 do Padrão TISS complementa o processo

Leia mais

PLANO DE SAÚDE MANUAL DO CREDENCIADO

PLANO DE SAÚDE MANUAL DO CREDENCIADO Vitallis PLANO DE SAÚDE MANUAL DO CREDENCIADO Apresentação É com grande satisfação que iniciamos parceria. A Vitallis Saúde é classificada na modalidade Medicina de Grupo, tem cobertura nacional e é uma

Leia mais

Manual de Instruções ODONTOLOGIA CAMED SAÚDE

Manual de Instruções ODONTOLOGIA CAMED SAÚDE Manual de Instruções ODONTOLOGIA CAMED SAÚDE SETEMBRO/2016 SUMÁRIO 1. Introdução... 3 2. Orientações Gerais... 4 2.1 Entrega de guias... 4 2.2 PACOTES - Autorização e cobrança... 4 3. Formulários... 4

Leia mais

Código Descrição Código Descrição

Código Descrição Código Descrição VI - TABELA DE DOMÍNIO TABELAS Código Descrição Código Descrição 01 02 03 04 Lista de Procedimentos Médicos AMB 90 Lista de Procedimentos Médicos AMB 92 Lista de Procedimentos Médicos AMB 96 Lista de Procedimentos

Leia mais

ORIENTAÇÕES OPERACIONAIS RN 412/16 CANCELAMENTOS DE PLANOS DE SAÚDE

ORIENTAÇÕES OPERACIONAIS RN 412/16 CANCELAMENTOS DE PLANOS DE SAÚDE ORIENTAÇÕES OPERACIONAIS RN 412/16 CANCELAMENTOS DE PLANOS DE SAÚDE Foi publicada no Diário Oficial da União - DOU de 11/11/16 a RN 412/16 que dispõe sobre a solicitação de cancelamento do contrato do

Leia mais

RESOLUÇÃO NORMATIVA - RN Nº 412, DE 10 DE NOVEMBRO DE 2016

RESOLUÇÃO NORMATIVA - RN Nº 412, DE 10 DE NOVEMBRO DE 2016 RESOLUÇÃO NORMATIVA - RN Nº 412, DE 10 DE NOVEMBRO DE 2016 Dispõe sobre a solicitação de cancelamento do contrato do plano de saúde individual ou familiar, e de exclusão de beneficiário de contrato coletivo

Leia mais

Manual de Preenchimento da TISS (Troca de Informações em Saúde Suplementar)

Manual de Preenchimento da TISS (Troca de Informações em Saúde Suplementar) Manual de Preenchimento da TISS (Troca de Informações em Saúde Suplementar) 0 Última Atualização: 08/05/07 9:30h SUMÁRIO I Introdução Página 2 II - Formulários/ Legendas Página 5 II.1 Guias Página 5 2.1.1

Leia mais

Manual TISS Troca de Informações em Saúde Suplementar

Manual TISS Troca de Informações em Saúde Suplementar Manual TISS Troca de Informações em Saúde Suplementar Instruções para preenchimento Grupo 5 - Clínicas e Laboratórios Unimed Sorocaba Cooperativa de Trabalho Médico Av. Pres. Juscelino Kubitscheck de Oliveira,

Leia mais

PROCEDIMENTO GERENCIAL PARA PG 012/04 GESTÃO DE MATERIAIS E EQUIPAMENTOS Página 2 de 7

PROCEDIMENTO GERENCIAL PARA PG 012/04 GESTÃO DE MATERIAIS E EQUIPAMENTOS Página 2 de 7 EQUIPAMENTOS Página 2 de 7 1 OBJETIVO Este procedimento estabelece os critérios básicos de suprimento e logística de materiais assim como as diretrizes para a armazenagem, preservação e manuseio de materiais

Leia mais

Edital nº6-2016 Impressão de produtos editoriais

Edital nº6-2016 Impressão de produtos editoriais São Paulo, 12 de maio de 2016 Edital nº6-2016 Impressão de produtos editoriais O Instituto Pólis pretende selecionar uma empresa gráfica para a impressão de três tipos de publicação: cadernos temáticos,

Leia mais

MANUAL Prático TISS 3.0

MANUAL Prático TISS 3.0 Rio MANUAL Prático TISS 3.0 2 MANUAL PRÁTICO TISS 3.0 MANUAL PRÁTICO TISS 3.0 3 Prezado Cooperado, Guia de Comprovante Presencial (NOVA GUIA) Este manual é um guia de preenchimento do novo modelo das guias

Leia mais

O PREFEITO MUNICIPAL DE TERESINA, Estado do Piauí, no uso das atribuições legais que lhe confere a Lei Orgânica do Município, e

O PREFEITO MUNICIPAL DE TERESINA, Estado do Piauí, no uso das atribuições legais que lhe confere a Lei Orgânica do Município, e DECRETO Nº 9.540, DE 17 DE AGOSTO DE 2009. Disciplina a emissão da Nota Fiscal de Serviços Eletrônica NFS-e e dá outras providências, nos termos que especifica. O PREFEITO MUNICIPAL DE TERESINA, Estado

Leia mais

Manual de preenchimento das Guias TISS

Manual de preenchimento das Guias TISS Manual de preenchimento das Guias TISS (Troca de informações em Saúde Suplementar) Página 1 de 21 Guia de Consulta Legenda: Campos de preenchimento obrigatório 1, 2, 4, 6, 7, 9, 10, 11, 13, 14, 15, 16,

Leia mais

Secretárias SECRETÁRIAS

Secretárias SECRETÁRIAS Secretárias SECRETÁRIAS Valores das Consultas Intercâmbio Federativo = R$ 65,00 Intercâmbio Nacional = R$ 65,00 Costa do Sol e Correios = R$ 65,00 Unimed's Federativas 017 Leste Fluminense 205 Campos 023

Leia mais

Webphone (serviço de ligação online) acesse pelo link: https://wwwt.connectmed.com.br

Webphone (serviço de ligação online) acesse pelo link: https://wwwt.connectmed.com.br 1. APRESENTAÇÃO O presente Manual visa orientar, estabelecer critérios operacionais e informar os normativos aos credenciados para atendimento ao Auxílio Farmácia dos empregados e dependentes da VALE.

Leia mais

Manual de Instruções TISS

Manual de Instruções TISS Manual de Instruções TISS Introdução A ANS estabeleceu um padrão de Troca de Informação em Saúde Suplementar - TISS para registro e intercâmbio de dados entre operadoras de planos privados de assistência

Leia mais

A Seguradora Global de Confiança

A Seguradora Global de Confiança A Seguradora Global de Confiança MAPFRE Saúde Operando em todos mundo há mais de 10 anos, no Brasil a MAPFRE Saúde está registrada na ANS desde 2013. O nosso produto é de abrangência NACIONAL. Operamos

Leia mais

SECRETARIA DE POLÍTICAS DE PROMOÇÃO DA IGUALDADE RACIAL SECRETARIA DE PLANEJAMENTO E FORMULAÇÃO DE POLÍTICAS PROJETO BÁSICO

SECRETARIA DE POLÍTICAS DE PROMOÇÃO DA IGUALDADE RACIAL SECRETARIA DE PLANEJAMENTO E FORMULAÇÃO DE POLÍTICAS PROJETO BÁSICO 1 SECRETARIA DE POLÍTICAS DE PROMOÇÃO DA IGUALDADE RACIAL SECRETARIA DE PLANEJAMENTO E FORMULAÇÃO DE POLÍTICAS PROJETO BÁSICO 1 DO OBJETO 1.1 Aquisição de umidificadores de ar destinados a atender às demandas

Leia mais

TERMO DE CONVÊNIO INSTITUCIONAL

TERMO DE CONVÊNIO INSTITUCIONAL TERMO DE CONVÊNIO INSTITUCIONAL Tendo em vista desenvolver esforços conjuntos nos domínios da cooperação e intercâmbio técnico e cultural, o CENTRO DE ENSINO SUPERIOR DOS CAMPOS GERAIS CESCAGE, pessoa

Leia mais

RDC ANVISA Nº17, DE 28/03/2013

RDC ANVISA Nº17, DE 28/03/2013 RDC ANVISA Nº17, DE 28/03/2013 Estabelece os critérios relativos à Autorização de Funcionamento (AFE) e de Autorização Especial (AE) de farmácias e drogarias. A Diretoria Colegiada da Agência Nacional

Leia mais

Manual Hilum. Desenvolvido pelo setor de Tecnologia da Informação Unimed Regional Sul Goiás

Manual Hilum. Desenvolvido pelo setor de Tecnologia da Informação Unimed Regional Sul Goiás Manual Hilum Sumário Sistema Hilum...3 1. Acesso...3 2. Execução de Consulta...4 3. SP/SADT (Exames e Procedimentos)...8 3.1. Solicitação...8 3.2. Solicitação/Execução... 13 3.3. Execução... 15 4. Apoio...

Leia mais

Processo de Autorização Unimed-Rio TIVIT

Processo de Autorização Unimed-Rio TIVIT T E C N O L O G I A Processo de Autorização Unimed-Rio TIVIT Autorizador - Captura On-line Prestadores Rio Sumário 0 1 C O N S I D E R A Ç Õ E S I N I C I A I S - 0 3 0 2 A C E S S O A O S I T E D E A

Leia mais

PREÇOS DOS SERVIÇOS DE ACREDITAÇÃO DE ORGANISMOS DE CERTIFICAÇÃO E DE INSPEÇÃO

PREÇOS DOS SERVIÇOS DE ACREDITAÇÃO DE ORGANISMOS DE CERTIFICAÇÃO E DE INSPEÇÃO PREÇOS DOS SERVIÇOS DE ACREDITAÇÃO DE ORGANISMOS DE CERTIFICAÇÃO E DE INSPEÇÃO NORMA Nº: NIE-CGCRE-140 APROVADA EM DEZ/2015 Nº 01/07 SUMÁRIO 1 Objetivo 2 Campo de Aplicação 3 Responsabilidade 4 Histórico

Leia mais

GUIA DE SERVIÇO PROFISSIONAL / SERVIÇO AUXILIAR DE DIAGNÓSTICO E TERAPIA - SP/SADT

GUIA DE SERVIÇO PROFISSIONAL / SERVIÇO AUXILIAR DE DIAGNÓSTICO E TERAPIA - SP/SADT Logo da Empresa GUIA DE SERVIÇO PROFISSIONAL / SERVIÇO AUXILIAR DE DIAGNÓSTICO E TERAPIA - SP/SADT 2- Nº Guia no Prestador 12345678901234567890 1 - Registro ANS 3 Número da Guia Principal 4 - Data da Autorização

Leia mais

MANUAL DE PROCEDIMENTOS PARA ATENDIMENTO ÀS GARANTIAS E AOS PROGRAMAS DE PARCERIA SAC - 2015

MANUAL DE PROCEDIMENTOS PARA ATENDIMENTO ÀS GARANTIAS E AOS PROGRAMAS DE PARCERIA SAC - 2015 MANUAL DE PROCEDIMENTOS PARA ATENDIMENTO ÀS GARANTIAS E AOS PROGRAMAS DE PARCERIA SAC - 2015 Introdução O objetivo deste manual é detalhar as regras de atendimento às garantias e aos programas de parceria

Leia mais

GUIA DE RECURSO DE GLOSAS ODONTOLÓGICAS

GUIA DE RECURSO DE GLOSAS ODONTOLÓGICAS Logo da Empresa GUIA DE RECURSO DE GLOSAS ODONTOLÓGICAS 2- Nº Guia no Prestador 12345678901234567890 1 - Registro ANS 3 - Nome da Operadora 4 - Objeto do Recurso 5 - Número da Guia de Recurso de Glosas

Leia mais

EDITAL Nº 124/2013 CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 008/2013

EDITAL Nº 124/2013 CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 008/2013 EDITAL Nº 124/2013 CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 008/2013 O MUNICÍPIO DE SERAFINA CORRÊA, RS, comunica aos interessados que está procedendo o CHAMAMENTO PÚBLICO, a contar de 21 de junho de 2013, no horário compreendido

Leia mais

DECRETO Nº 11.103 DE 07 DE DEZEMBRO DE 2.009

DECRETO Nº 11.103 DE 07 DE DEZEMBRO DE 2.009 DECRETO Nº 11.103 DE 07 DE DEZEMBRO DE 2.009 Regulamenta a Lei Municipal n 5.767, de 30 de julho de 2.009 e complementa as Resoluções n 303 e 304, ambas de 18 de dezembro de 2.008 do CONTRAN, dispondo

Leia mais

CONTRATO DE SERVIÇO (CLIENTE/ODEBRECHT AMBIENTAL -

CONTRATO DE SERVIÇO (CLIENTE/ODEBRECHT AMBIENTAL - LIMEIRA S/A) CONTRATO DE SERVIÇO (CLIENTE/ODEBRECHT AMBIENTAL - De um lado a empresa ODEBRECHT AMBIENTAL - LIMEIRA S/A, estabelecida na cidade de Limeira, Estado de São Paulo, na Rua Tiradentes, 943, Centro,

Leia mais

1. INTRODUÇÃO 2. OBTENÇÃO DE GUIAS E ENVELOPES PARA ATENDIMENTO 3. UTILIZAÇÃO E PREENCHIMENTO DOS ENVELOPES 3.1. ATENDIMENTOS AMBULATORIAIS 3.2.

1. INTRODUÇÃO 2. OBTENÇÃO DE GUIAS E ENVELOPES PARA ATENDIMENTO 3. UTILIZAÇÃO E PREENCHIMENTO DOS ENVELOPES 3.1. ATENDIMENTOS AMBULATORIAIS 3.2. 1. INTRODUÇÃO 2. OBTENÇÃO DE GUIAS E ENVELOPES PARA ATENDIMENTO 3. UTILIZAÇÃO E PREENCHIMENTO DOS ENVELOPES 3.1. ATENDIMENTOS AMBULATORIAIS 3.2. INTERNAÇÃO 4. UTILIZAÇÃO E PREENCHIMENTO DAS GUIAS 4.1.

Leia mais

Guia de Recursos de Glosas

Guia de Recursos de Glosas 62 Manual Completo tiss 3.0.2 Guia de Recursos de Glosas Guia enviada pelo cooperado à operadora para a solicitação de revisão de glosa. GUIA DE RECURSO DE GLOSAS 2- Nº Guia no Prestador 1 - Registro ANS

Leia mais

ASSOCIAÇÃO DE ARTESANATO E ESTILO - ARTEST

ASSOCIAÇÃO DE ARTESANATO E ESTILO - ARTEST Cotação Prévia de Preços n 004/2013 Convênio nº 35/2013 - SEBRAE/ ARTEST Menor preço Cotação Prévia de Preços na modalidade menor preço para contratação de empresa especializada no serviço de JORNALISTA,

Leia mais

PADRÃO TISS. Cléia Delfino do Nascimento Representante da SBPC/ML no COPISS

PADRÃO TISS. Cléia Delfino do Nascimento Representante da SBPC/ML no COPISS Fonte: www.ans.gov.br TISS Troca de Informação em Saúde Suplementar PADRÃO TISS Cléia Delfino do Nascimento Representante da SBPC/ML no COPISS cleia@sluzia.com.br Conceito É um padrão de Troca de Informação

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÕES. Rede de Prestadores Fachesf FACHESF. Fundação Chesf de Assistência e Seguridade Social

MANUAL DE INSTRUÇÕES. Rede de Prestadores Fachesf FACHESF. Fundação Chesf de Assistência e Seguridade Social MANUAL DE INSTRUÇÕES Rede de Prestadores Fachesf FACHESF Fundação Chesf de Assistência e Seguridade Social Ficha Técnica: Fundação Chesf de Assistência e Seguridade Social - Fachesf Coordenação Técnica:

Leia mais

APOSENTADOS E DEMITIDOS CARTILHA COM ORIENTAÇÕES

APOSENTADOS E DEMITIDOS CARTILHA COM ORIENTAÇÕES APOSENTADOS E DEMITIDOS CARTILHA COM ORIENTAÇÕES A BIOVIDA SAÚDE com o intuito de informar e orientar seus beneficiários quanto ao PLANO CONTINUIDADE, resolveu criar e divulgar essa cartilha com explicações

Leia mais

Parecer Consultoria Tributária Segmentos Modelo simplificado dos livros P3 e P7 27/10/14

Parecer Consultoria Tributária Segmentos Modelo simplificado dos livros P3 e P7 27/10/14 27/10/14 Sumário Título do documento 1. Questão... 3 2. Normas apresentadas pelo cliente... 3 2.1 RICMS/2002 do Estado de MG - ANEXO V... 3 3. Análise da Consultoria... 4 3.1 Ajuste Sinief SN de 1970...

Leia mais

IT - 34 CREDENCIAMENTO DE EMPRESAS E RESPONSÁVEIS TÉCNICOS

IT - 34 CREDENCIAMENTO DE EMPRESAS E RESPONSÁVEIS TÉCNICOS IT - 34 CREDENCIAMENTO DE EMPRESAS E RESPONSÁVEIS TÉCNICOS SUMÁRIO APÊNDICES 1 - Objetivo A - Solicitação de Cadastro de Pessoa Jurídica 2 - Referências normativas B - Solicitação de Cadastro de Pessoa

Leia mais

CONTRATO DE CREDENCIAMENTO PARA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE ASSISTÊNCIA À SAÚDE ODONTOLÓGICA

CONTRATO DE CREDENCIAMENTO PARA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE ASSISTÊNCIA À SAÚDE ODONTOLÓGICA CONTRATO DE CREDENCIAMENTO PARA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE ASSISTÊNCIA À SAÚDE ODONTOLÓGICA CONTRATO Nº Pelo presente instrumento particular de CONTRATO PARA CREDENCIAMENTO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE ASSISTÊNCIA

Leia mais

Escrita Didática Títulos Entrevista

Escrita Didática Títulos Entrevista MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA PRÓ-REITORIA DE RECURSOS HUMANOS EDITAL Nº 019/2009-PRORH CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE CARGOS DE PROFESSOR DA CARREIRA DE MAGISTÉRIO DE

Leia mais

PERGUNTAS E RESPOSTAS

PERGUNTAS E RESPOSTAS PERGUNTAS E RESPOSTAS GUIAS ANEXAS E CONFIRMAÇÃO DA INTERNAÇÃO 1) Quais mudanças ocorreram com o processo de autorizações de procedimentos? A Postal Saúde implantou a versão TISS 3.03.02 Guias Anexas e

Leia mais

1. IDENTIFICAÇÃO FUNDAÇÃO FIAT SAÚDE E BEM ESTAR

1. IDENTIFICAÇÃO FUNDAÇÃO FIAT SAÚDE E BEM ESTAR 1 1 2 1. IDENTIFICAÇÃO FUNDAÇÃO FIAT SAÚDE E BEM ESTAR Razão Social: FUNDAÇÃO FIAT SAÚDE E BEM ESTAR CNPJ: 12.838.821/0001-80 Registro ANS: 41828-5 Inscrição Municipal: 130973/001-6 Inscrição Estadual:

Leia mais

DISQUE / Disque Demais Localidades

DISQUE / Disque Demais Localidades 1. APRESENTAÇÃO O presente Manual visa orientar, estabelecer critérios operacionais e recomendar normas aos credenciados para atendimento ao programa de assistência à saúde - AMS da VALE. O programa AMS,

Leia mais

SUMÁRIO 1. COMO ACESSAR O SISTEMA FATURANDO LOTES DE GUIAS NO SAÚDE CONNECT Faturando lotes de guias de tratamento odontológico:...

SUMÁRIO 1. COMO ACESSAR O SISTEMA FATURANDO LOTES DE GUIAS NO SAÚDE CONNECT Faturando lotes de guias de tratamento odontológico:... SUMÁRIO 1. COMO ACESSAR O SISTEMA... 3 2. FATURANDO LOTES DE GUIAS NO SAÚDE CONNECT... 6 2.1. Faturando lotes de guias de tratamento odontológico:... 6 3. ENVIANDO AS GUIAS... 9 3.1. Enviar Guias no Saúde

Leia mais

TISS. Troca de Informações em Saúde Suplementar MANUAL DE ORIENTAÇÃO PARA REDE CREDENCIADA PREENCHIMENTO DOS FORMULÁRIOS

TISS. Troca de Informações em Saúde Suplementar MANUAL DE ORIENTAÇÃO PARA REDE CREDENCIADA PREENCHIMENTO DOS FORMULÁRIOS TISS Troca de Informações em Saúde Suplementar MANUAL DE ORIENTAÇÃO PARA REDE CREDENCIADA PREENCHIMENTO DOS FORMULÁRIOS 2007 ÍNDICE 1. OBJETIVO... 03 2. INFORMAÇÕES CONTATOS... 03 3. APRESENTAÇÃO... 04

Leia mais

João Monlevade. O que é o TISS?

João Monlevade. O que é o TISS? O que é o TISS? O TISS é a sigla para Troca de Informações em Saúde Suplementar Instituído pela RN 114, de 26/10/2005 Modelos de guias definidos pela IN 17, de 10/11/2005 TODAS AS OPERADORAS DE SAÚDE IRÃO

Leia mais

A Vale/PASA tem duas datas de pagamento no mês. Sendo assim, fique atento às datas de entrega de suas guias e notas fiscais neste ano que se inicia.

A Vale/PASA tem duas datas de pagamento no mês. Sendo assim, fique atento às datas de entrega de suas guias e notas fiscais neste ano que se inicia. Rio de Janeiro, 23 de dezembro de 2014. PASA/CE 19/14 Assunto: Orientações para 2015 Prezado(a) credenciado(a), Seguem informações pertinentes ao cronograma de entrega de Guias TISS e Notas Fiscais para

Leia mais

PLANO DE SAÚDE/ODONTOLÓGICO ALIANÇA ADMINISTRADORA

PLANO DE SAÚDE/ODONTOLÓGICO ALIANÇA ADMINISTRADORA PLANO DE SAÚDE/ODONTOLÓGICO ALIANÇA ADMINISTRADORA 1 O que é? 1.1 Por meio de acordo de parceria firmado entre o Ministério da Educação e a Aliança Administradora de Benefícios de Saúde LTDA., do qual

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 198, DE 20 DE JULHO DE 2015

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 198, DE 20 DE JULHO DE 2015 Publicada no Boletim de Serviço, n. 8, p. 17-22 em 7/8/2015. INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 198, DE 20 DE JULHO DE 2015 Regulamenta a licença para tratamento de saúde e a licença por motivo de doença em pessoa

Leia mais

Revogado pela Resolução nº 160/2009 PODER JUDICIÁRIO SUPERIOR TRIBUNAL MILITAR. RESOLUÇÃO no{dfje)bde agosto de 2001.

Revogado pela Resolução nº 160/2009 PODER JUDICIÁRIO SUPERIOR TRIBUNAL MILITAR. RESOLUÇÃO no{dfje)bde agosto de 2001. evogado pela esolução nº 160/2009 PDE JUDICIÁI SUPEI TIBUNAL MILITA STM-DIDC-SELIC 12 ESLUÇÃ no{dfjbde agosto de 2001. Altera a esolução n 95, de 22 de março de 2000. SUPEI TIBUNAL MILITA, no uso de suas

Leia mais

MANUAL EMPRESARIAL BIOVIDA SAU DE

MANUAL EMPRESARIAL BIOVIDA SAU DE MANUAL EMPRESARIAL BIOVIDA SAU DE I ndice de Abertura Apresentação... Pág. 3 ADMINISTRAÇÃO DE CONTRATO Orientações Gerais... Pág. 4 1. Movimentação Cadastral... Pág. 4 2. Reajuste/Pool de Risco Exclusivo

Leia mais

Padrão TISS - Componente de Conteúdo e Estrutura - Novembro

Padrão TISS - Componente de Conteúdo e Estrutura - Novembro Logo da Empresa DEMONSTRATIVO DE ANÁLISE DE CONTA 2- Nº12345678901234567890 1 - Registro ANS 3 - Nome da Operadora 4 - CNPJ da Operadora 5 - Data de emissão / / Dados do Prestador 6 - Código na Operadora

Leia mais

FATURA ELETRÔNICA DO PRESTADOR Layout do Arquivo Texto Versão 1.1.1

FATURA ELETRÔNICA DO PRESTADOR Layout do Arquivo Texto Versão 1.1.1 Orientações gerais: 1. Este layout é destinado a todos os prestadores de serviços de saúde do Ipasgo. Os prestadores pessoas físicas e pessoas jurídicas nas categorias laboratório e clínicas que apresentam

Leia mais

Contrato de Compra e Venda

Contrato de Compra e Venda Contrato de Compra e Venda A compra de qualquer produto na loja virtual Pegolia, de propriedade da NICLO S COMERCIAL LTDA, inscrita no CNPJ/MF sob o nº. 43.372.119/0004-40, com sede na Rua Jaceru, nº 63,

Leia mais

EDITAL Nº 002/2016 COTAÇÃO PRÉVIA DE PREÇO

EDITAL Nº 002/2016 COTAÇÃO PRÉVIA DE PREÇO EDITAL Nº 002/2016 COTAÇÃO PRÉVIA DE PREÇO O ITS BRASIL Instituto de Tecnologia Social ITS BRASIL, CNPJ 04.782.112/0001-00, OSCIP localizada na cidade de São Paulo, devidamente registrado e regularizada

Leia mais

Guias TISS As condições de preenchimento dos campos são: 1.Obrigatório: a situação na qual o termo deve ser preenchido, incondicionalmente;

Guias TISS As condições de preenchimento dos campos são: 1.Obrigatório: a situação na qual o termo deve ser preenchido, incondicionalmente; Guia Guias TISS 3.02.01 No TISS 3.02.00 a ANS definiu novo layout para troca de informações entre operadoras e prestadores de serviços, na autorização, cobrança, demonstrativos de pagamento e recurso de

Leia mais

Preencher com a data limite de validade da senha concedida pela Petrobras para a internação. 7 Data de emissão da guia

Preencher com a data limite de validade da senha concedida pela Petrobras para a internação. 7 Data de emissão da guia GUIA DE RESUMO DE INTERNAÇÃO Número do Nome do campo Observação campo 1 Registro ANS Nas guias em papel impressas pela Petrobras ou Petrobras Distribuidora e nas guias disponibilizadas no site da Petrobras,

Leia mais

4. Rol de Lojas Não Participantes: vide no balcão de trocas, junto com este Regulamento, o rol de eventuais lojas não participantes.

4. Rol de Lojas Não Participantes: vide no balcão de trocas, junto com este Regulamento, o rol de eventuais lojas não participantes. REGULAMENTO DA Promoção de Mães Shopping Sul. Trata-se de DISTRIBUIÇÃO GRATUITA DE PRÊMIOS denominada Promoção de Mães Shopping Sul, operação do tipo assemelhada a concurso, que é realizada pela ASSOCIAÇÃO

Leia mais

Secretaria Municipal de Educação

Secretaria Municipal de Educação EDITAL SME 001/2016 DISPÕE SOBRE PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO DE PROFISSIONAIS DA ÁREA DE EDUCAÇÃO, COM VISTAS AO PREENCHIMENTO MEDIANTE CONTRATO POR PRAZO DETERMINADO, DE VAGA PARA O CARGO DE NUTRICIONISTA.

Leia mais

MANUAL DE PREENCHIMENTO DO PORTAL DE ATENDIMENTO AO PRESTADOR

MANUAL DE PREENCHIMENTO DO PORTAL DE ATENDIMENTO AO PRESTADOR MANUAL DE PREENCHIMENTO DO PORTAL DE ATENDIMENTO AO PRESTADOR Este Manual tem por finalidade orientar o preenchimento do Novo Portal de Serviços de Atendimento ao Prestador no atendimento aos beneficiários

Leia mais

Manual de Instruções CAMED SAÚDE

Manual de Instruções CAMED SAÚDE Manual de Instruções CAMED SAÚDE Janeiro/2015 1 Sumário 1. Introdução... 5 2. Orientações Gerais... 6 2.1 Entrega de guias... 6 2.2 Numeração de guias... 6 2.3 Pacotes - Autorização e cobrança... 6 3.

Leia mais

Parecer Consultoria Tributária Segmentos STDA Declaração do Simples Nacional relativa à Substituição Tributária e ao Diferencial de Alíquota no

Parecer Consultoria Tributária Segmentos STDA Declaração do Simples Nacional relativa à Substituição Tributária e ao Diferencial de Alíquota no STDA Declaração do Simples Nacional relativa à Substituição Tributária 11/11/2013 Sumário Título do documento 1. Questão... 3 2. Normas Apresentadas pelo Cliente... 3 3. Análise da Consultoria... 3 4.

Leia mais

Atendimento. Cadastramento de Guias; Saída da clínica (SADT/Internação); Atenção nos status dos procedimentos; 20/08/2014

Atendimento. Cadastramento de Guias; Saída da clínica (SADT/Internação); Atenção nos status dos procedimentos; 20/08/2014 Treinamento Grupo IV Prestadores PJ Cadastramento de Guias; Atendimento Saída da clínica (SADT/Internação); Atenção nos status dos procedimentos; 1 Atendimento Status dos Procedimentos Status NEGADO, verificar

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA FEDERAL SEÇÃO JUDICIÁRIA DO ESPÍRITO SANTO ANEXO I (Anexo ao Regulamento Portaria JFES-POR-2014/00073) LISTA DE VERIFICAÇÃO PARA BAIXA DEFINITIVA DE AUTOS Órgão Julgador/Vara Processo

Leia mais

Autorizador Plasc TISS Web. - Manual de Instrução

Autorizador Plasc TISS Web. - Manual de Instrução Autorizador Plasc TISS Web - Manual de Instrução A ANS estabeleceu um padrão de Troca de Informação em Saúde Suplementar - TISS para registro e intercâmbio de dados entre operadoras de planos privados

Leia mais

MANUAL DE ORIENTAÇÃO AO CREDENCIADO

MANUAL DE ORIENTAÇÃO AO CREDENCIADO MANUAL DE ORIENTAÇÃO AO CREDENCIADO Vigência: JULHO/2015. Versão 6 ÍNDICE 1. APRESENTAÇÃO 3 2. PLANOS DE SAÚDE 3 2.1. TIPOS DE PLANOS 3 2.2. SERVIÇOS ABRANGIDOS 3 2.3. CARTÃO DE IDENTIFICAÇÃO 4 3. ORIENTAÇÃO

Leia mais

Perguntas e Respostas sobre as alterações realizadas no processo de autorização.

Perguntas e Respostas sobre as alterações realizadas no processo de autorização. Perguntas e Respostas sobre as alterações realizadas no processo de autorização. O que muda no processo de autorização? R: O processo de autorização ficará ainda mais fácil. O médico cooperado realizará

Leia mais

EDITAL COMPLEMENTAR Nº 23, DE 18 DE FEVEREIRO DE 2013 PROCESSO SELETIVO 2013/1 PARA INGRESSO DE ALUNOS NO IF FARROUPILHA

EDITAL COMPLEMENTAR Nº 23, DE 18 DE FEVEREIRO DE 2013 PROCESSO SELETIVO 2013/1 PARA INGRESSO DE ALUNOS NO IF FARROUPILHA MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA FARROUPILHA REITORIA Rua Esmeralda, 430 Faixa Nova Camobi - 97110-767 Santa

Leia mais

TISS S S ver e sã s o ã Junho/2012

TISS S S ver e sã s o ã Junho/2012 TISS versão 3.0 Junho/2012 Conceitos Básicos TISS Troca de Informação em Saúde Suplementar Componentes do Padrão: I. Conteúdo e Estrutura II. Representação de Conceitos em Saúde III. Segurança e Privacidade

Leia mais

EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 1 SEMESTRE DE 2016 FACULDADE ÚNICA DE CONTAGEM

EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 1 SEMESTRE DE 2016 FACULDADE ÚNICA DE CONTAGEM EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 1 SEMESTRE DE 2016 FACULDADE ÚNICA DE CONTAGEM COMISSÃO ORGANIZADORA Solange Fonseca Marquione Gomes Raquel Munis Suelen Gomes 2 SUMÁRIO 1 - CURSOS OFERECIDOS 04 2 - AGENDA

Leia mais

CLÁUSULA PRIMEIRA DO OBJETO

CLÁUSULA PRIMEIRA DO OBJETO CONTRATO ADMINISTRATIVO PARA CONTRATAÇÃO DE EMPRESA ESPECIALIZADA PARA CONSTRUÇÃO DE ALAMBRADO NO ASILO BETEL, QUE ENTRE SI FAZEM O MUNICÍPIO DE CASTILHO e a empresa A. a Z. COMÉRCIO, REPRESENTAÇÃO E SERVIÇOS

Leia mais

TERMO DE ADESÃO. RG nº Órgão expedidor Data de Emissão / / CNS Estado Civil Declaração de nascido vivo nº

TERMO DE ADESÃO. RG nº Órgão expedidor Data de Emissão / / CNS Estado Civil Declaração de nascido vivo nº ( )Plano GEAPSaúde II ( )Plano GEAP-Referência ( )Plano GEAPEssencial ( )Plano GEAPClássico Registro ANS n 458.004/08-4 Registro ANS n 455.830/07-8 Registro ANS n 455.835/07-9 Registro ANS n 456.093/07-1

Leia mais

REGULAMENTO DA CAMPANHA DE INCENTIVO À CONTRATAÇÃO DE CARTÕES DE CRÉDITO PROMOÇÃO BMG CARD CASH BACK

REGULAMENTO DA CAMPANHA DE INCENTIVO À CONTRATAÇÃO DE CARTÕES DE CRÉDITO PROMOÇÃO BMG CARD CASH BACK REGULAMENTO DA CAMPANHA DE INCENTIVO À CONTRATAÇÃO DE CARTÕES DE CRÉDITO PROMOÇÃO BMG CARD CASH BACK É instituída a campanha Promoção BMG Card Cash Back como forma de incentivar os servidores efetivos

Leia mais

FUNDO MATO-GROSSENSE DE APOIO À CULTURA DA SEMENTE MANUAL DE PRESTAÇÃO DE CONTAS

FUNDO MATO-GROSSENSE DE APOIO À CULTURA DA SEMENTE MANUAL DE PRESTAÇÃO DE CONTAS FUNDO MATO-GROSSENSE DE APOIO À CULTURA DA SEMENTE MANUAL DE PRESTAÇÃO DE CONTAS Cuiabá/MT, 10/04/2013 1 MANUAL DE PRESTAÇÃO DE CONTAS 1. INTRODUÇÃO 1.1 - Recomenda-se a leitura deste manual antes de utilizar

Leia mais