negócios Jornal de baixada santista

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "negócios Jornal de baixada santista"

Transcrição

1 Jornal de negócios baixada santista Ano XX # 248 novembro de radio.sebraesp.com.br facebook.com/sebraesp youtube.com/sebraesaopaulo twitter.com/sebraesp Tiragem regional: Soluções para crescer Empresa de logística de Santos melhora competitividade Thiago Veneziani (foto) participou do Programa Sebrae de Gestão da Qualidade (PSGQ), que incentiva empresas a aumentar a produtividade página 23 Programa Sebrae Mais oferece diversas alternativas para empreendedores da Baixada Santista a avançar na área de gestão e a melhorar negócios página 24 Projeto Empreender fortalece associativismo Parceria entre SEBRAE, Sebrae-SP e Facesp reúne empresários, como a dona de salão de beleza Silvia Brandão (foto), a fim de discutir conjuntamente problemas e soluções páginas 12 e 13 Novo Simples ministro explica mudanças em caravana pelo estado página 8 Feira do Empreendedor expositores apresentam produtos e formam parcerias página 10 Confira a agenda do Sebrae-SP na Baixada Santista Programação do Escritório Regional inclui oficinas de como transformar ideia em negócio e de como criar página da sua empresa no Facebook página 2 Guilherme Macário, da GBM Logística, utilizou o que aprendeu em cursos e seminários para ter mais controle da empresa Camisetas lucrativas empresas aproveitam o mercado com criatividade página 6 Quer abrir bufê infantil? confira dicas e cuidados na coluna sebrae-sp responde página 21

2 2 jornal de negócios baixada santista cloud tags Empreendedorismo, Negócios, Capacitação, Finanças, Gestão, Inovação, Planejamento, Associativismo, Cursos, Redes Sociais, Feiras, Marketing, Precificação, Internet Notas da baixada santista Planejamento é foco de capacitação Para ajudar os empreendedores a planejar melhor e ampliar sua chance de obter bons resultados, o Sebrae-SP oferece a Oficina Planeja Fácil. Destinada a estimular e a facilitar o planejamento, a iniciativa é elaborada por especialistas em gestão e destinada a empresas de todos os setores (indústria, comércio, serviços e agronegócios). No dia 19 de novembro, o Escritório Regional do Sebrae-SP na Baixada Santista realizará a oficina das 9h às 13h. O investimento é de R$ 100 e os interessados podem se inscrever pelo telefone (13) Oficina ensina como transformar ideia em negócio O Escritório Regional do Sebrae-SP na Baixada Santista promove, entre os dias 26 e 28 de novembro, a oficina Transforme sua Ideia em Modelo de Negócios. A capacitação tem como base o sistema Canvas, uma ferramenta de gerenciamento estratégico que permite desenvolver modelos de negócios novos ou existentes com base em nove aspectos. Os encontros acontecerão na sede da instituição em Santos (Av. Dona Ana Costa, 416/418 Gonzaga), das 9h às 13h. As inscrições podem ser feitas pelos telefones (13) e O investimento é de R$ 190 e pode ser parcelado em duas vezes. Crie a página da sua empresa no Facebook Apresentar para empresários o passo a passo de como criar uma página empresarial no Facebook (também conhecida como fan page), inserindo as empresas no mundo virtual, é objetivo da oficina Como Criar uma Página Empresarial no Facebook. O Escritório Regional do Sebrae-SP na Baixada Santista promove o evento na sede da instituição, no dia 11 de novembro, das 9h às 12h. As inscrições custam R$ 70 por participante e o telefone para informações é (13) Novo curso Na Medida aborda estratégia Uma nova etapa do programa Na Medida chega à Baixada Santista. O Escritório Regional do Sebrae-SP promove nos dias 13, 14, 27 e 28 de novembro o curso Planejamento Estratégico, que vai focar nas ferramentas para orientar o funcionamento de uma empresa. A ação aborda o estabelecimento de objetivos e o processo de organização empresarial para contribuir para o aumento das vendas de produtos e serviços. O objetivo é preparar o empreendedor para criar estratégias no mercado. As aulas ocorrem das 9h às 13h. O investimento é de R$ 240 e as inscrições podem ser feitas pelo telefone (13)

3 edição 248 novembro de projeto quer limitar multa de 2% sobre mpe A Câmara dos Deputados analisa uma proposta que limita a 2% as multas aplicadas às micro e pequenas empresas do Brasil. O Projeto de Lei Complementar nº 351/13 determina que esse limite seja aplicado a todos os tipos de multa incidente sobre empresas desse porte. De autoria do deputado Eduardo da Fonte (PP/PE), o projeto tramita em regime de prioridade e será analisado pelas comissões de Desenvolvimento Econômico, Indústria e Comércio; de Finanças e Tributação; e de Constituição e Justiça e de Cidadania antes de seguir para o plenário. ELOGIE. SUGIRA. CRITIQUE. RECLAME. Queremos ouvi-lo: > clique em OUVIDORIA. Inspiração na cabeceira Livros orientam sobre gestão, marketing e sobre como melhorar o desempenho da sua empresa O destino do passageiro (DVS Editora) O profissional de marketing Rodrigo Geammal conta sua história nesta publicação, da infância como vendedor até fundar a Elos Cross Marketing, agência de comunicação. O Manual do Empreendedorismo (Editora Gente) O diretor-superintendente do Sebrae-SP, Bruno Caetano, dá 74 dicas para o sucesso focando em sete temas: planejamento; investimento; dinheiro/ vendas; funcionários; clientes; oportunidades e cases. O Segredo de Luísa (Editora Sextante) Empreendedores têm na publicação um ponto de partida para a criação de seus negócios. Fernando Dolabela narra a evolução das ambições de Luísa na criação de sua desejada empresa. Sucesso, ingredientes e modo de preparo Alencar Burti, Presidente do Conselho Deliberativo do Sebrae SP Inserção de 100 milhões de brasileiros na classe média, mudança do perfil da força de trabalho com presença dominante das mulheres e maior oferta de novos e práticos produtos são fatores que abriram janelas de oportunidades em diversos setores. Um segmento que nos chamou bastante atenção foi o de refeições fora do lar. No Brasil, são servidas atualmente 6 bilhões de refeições/ ano e o setor movimentou R$ 116 bilhões em 2013, empregando 6 milhões de pessoas. O crescimento tem sido expressivo, a uma taxa média de 15% ao ano nos últimos dez anos. Um belo mercado para os quase 150 mil pequenos estabelecimentos paulistas (sendo 40% somente na região metropolitana de São Paulo). Isso sem contar os novos canais de consumo de alimentos, como food trucks, bolarias e doçarias. Cativar e manter o público não é tarefa das mais fáceis. Estudos mostram que a grande maioria ainda não está preparada: de cada 100 empreendimentos abertos nesse setor, somente três ultrapassam a barreira dos dez anos de atividade e 35 morrem nos primeiros 12 meses. De olho no potencial e também nos desafios de gestão, o Sebrae-SP desenvolveu e implementou dois programas: Receita de Sucesso e Alimentos Seguros, que você vai conhecer em detalhes nesta edição do Jornal de Negócios. A ideia é levar aos empreendedores o melhor em produção e gestão empresarial, a fim de impactar positivamente em sua produtividade, rentabilidade e competitividade. Uma saborosa leitura a todos! expediente Publicação mensal do Sebrae-SP Tiragem total 500 mil exemplares CONSELHO DELIBERATIVO Presidente: Alencar Burti ACSP, ANPEI, Banco do Brasil, Faesp, FecomercioSP, Fiesp, Fundação ParqTec, IPT, Desenvolve SP, SEBRAE, Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia, Sindibancos-SP, Superintendência Estadual da Caixa Econômica Federal. DIRETORIA EXECUTIVA Diretor-superintendente: Bruno Caetano Diretor técnico: Ivan Hussni Diretor de adm. e finanças: Pedro Jehá JORNAL DE NEGÓCIOS Unidade Inteligência de Mercado Gerente: Eduardo Pugnali Editora responsável: Marcelle Carvalho MTB Editores-assistentes: Roberto Capisano Filho e Daniel Lopes Apoio comercial: Unidade Comercial Giulliano Antonelli (gerente) Projeto gráfico e produção Impressão: Plural Indústria Gráfica SEBRAE-SP Rua Vergueiro, 1.117, Paraíso, CEP: Escritórios Regionais Sebrae-SP Alto Tietê Araçatuba Araraquara Baixada Santista Barretos Bauru Botucatu Campinas Capital Centro Capital Leste I Capital Leste II Capital Norte Capital Oeste Capital Sul Franca Grande ABC Guaratinguetá Guarulhos Jundiaí Marília Osasco Ourinhos Piracicaba Pres. Prudente Ribeirão Preto São Carlos S. J. da Boa Vista S. J. do Rio Preto S. J. dos Campos Sorocaba Sudoeste Paulista Vale do Ribeira Votuporanga

4 4 jornal de negócios comodidade é o motor das compras online A possibilidade de adquirir algo sem sair de casa é o grande diferencial para comprar pela internet: 93% dos entrevistados afirmaram que a comodidade é o que os motiva a consumir na web. O potencial tem animado as lojas online: um a cada três varejistas operam exclusivamente com lojas virtuais, segundo a Pesquisa Nacional do Varejo Online, feita pelo SEBRAE em parceria com o E-Commerce Brasil. Filmes ensinam como se dar bem nos negócios Professor de empreendedorismo recomenda sucessos de bilheteria para se divertir e aprender A ssistir a filmes pode ser um mero passatempo, mas você já pensou em aprender sobre o mundo dos negócios enquanto se diverte? Essa é a proposta do professor de Empreendedorismo e pesquisador da Faculdade Campo Limpo Paulista (Faccamp), Marcos Hashimoto. Ele usa as obras cinematográficas em salas de aula há anos e agora prepara o livro 30 Filmes para Empreender. A publicação destaca películas que abordam temáticas corporativas, mesmo que não tratem especificamente de negócios e não sejam baseadas em fatos reais. A pedido do Jornal de Negócios, o professor selecionou cincos filmes que todo empresário deveria assistir. Cidadão Kane (1941) Narra a trajetória de Charles Foster Kane, um menino pobre que se torna um dos homens mais ricos do mundo. Por que ver? Este clássico do cinema aborda aspectos recorrentes do mundo empresarial como narcisismo, excesso de autoconfiança, relação com dinheiro (nas vidas profissional e privada), poder e valores pessoais. Um alerta para manter os pés no chão mesmo no auge do sucesso. Kung Fu Panda (2008) A animação conta a história do urso Po, que sonha em se tornar um grande lutador de Kung Fu. Por que ver? Aborda temas como vocação pessoal e herdeiro que não quer assumir o negócio da família. Além disso, mostra como determinação e motivação podem ser poderosas aliadas para atingir um objetivo. Erin Brockovich (2000) Baseado em uma história real, Julia Roberts interpreta uma ativista que processa uma grande companhia envolvida em caso de contaminação de água. Por que ver? O filme mostra a importância da determinação pessoal, da ousadia e de como influenciar pessoas, além da necessidade de quebrar regras quando preciso. Outro aspecto que merece ser observado é como uma pequena empresa pode competir com as grandes. Fotos: Divulgação Amor sem escalas (2009) Fala sobre a rotina de um profissional especializado em demitir pessoas e como a tarefa o afeta no campo pessoal, bem como sua relação com uma jovem que está sendo treinada para fazer o trabalho. Por que ver? Trata do conflito de gerações entre profissionais e da relação entre mentor e aprendiz. Também aborda a inovação em modelo de negócios estabelecido e como lidar com ideias que não vingam. Piratas do Vale do Silício (1999) Conta a história da indústria da informática doméstica nos Estados Unidos, mostrando a trajetória de Steve Jobs, criador da Apple, e de Bill Gates, fundador da Microsoft. Por que ver? Aborda como começar um negócio inovador, dá lições sobre concorrência (e até que ponto pode ser parceiro dela), ensina como estabelecer uma visão de futuro para a empresa e dá dicas sobre gestão de pessoas e a escolha de um sócio.

5 edição 248 novembro de cai o índice de confiança do comércio O Índice de Confiança do Comércio, da Fundação Getulio Vargas (FGV), recuou 7,3% no trimestre finalizado em agosto (período de junho a agosto) em relação ao mesmo período do ano passado. De acordo com a FGV, a queda foi provocada por pioras nas avaliações dos empresários do setor sobre o momento presente e sobre o futuro. Competência se põe à mesa Criador da rede de restaurantes Divino Fogão revela segredo do crescimento contínuo Foto: Emiliano Hagge inspirados pela infância e juventude passados em uma fazenda em mirandópolis (sp), reinaldo varela e dois primos decidiram abrir, em 1984, um restaurante na capital paulista. chamado de são paulo i, o empreendimento nasceu com a proposta de oferecer comida típica do interior. passados 30 anos e já sem os parentes como sócios, varela conta como transformou o pequeno restaurante em uma rede de franquias (sistema que adotou em 1994) que hoje tem 171 lojas espalhadas por todo o brasil. A que atribui o sucesso? Qual foi o diferencial? Os diferenciais foram a qualidade da comida que oferecemos e o atendimento ao cliente. O bom relacionamento com o consumidor é uma prioridade da rede. Investimos nos detalhes, desde a recepção quando o cliente chega à loja até o atendimento durante e após as refeições. É importante conhecer a percepção do cliente, o que ele gostou e como aperfeiçoar. Nossa meta é sempre oferecer uma experiência diferenciada em um local aconchegante, com funcionários agradáveis e comida com o verdadeiro sabor da fazenda. Para isso, contamos, no início, com a ajuda da Dona Iza, minha avó, que abriu seu livro de receitas para nos ajudar. Até hoje suas receitas norteiam o cardápio do Divino Fogão. Nossa meta é sempre oferecer uma experiência diferenciada em um local aconchegante Qual a importância do atendimento ao cliente no segmento de alimentação? Atender bem o cliente é o primeiro passo para um empreendimento de sucesso. Foi pensando nisso que contratamos as sinhás, que são recepcionistas que acolhem os nossos consumidores e os ajudam enquanto estiverem na loja. Queremos que a pessoa se sinta em casa. Qual a receita para a empresa crescer sempre? Garantir os investimentos necessários para abrir novas lojas e investir na qualificação dos colaboradores. Hoje, nossa estratégia de atuação é baseada em shopping centers. Tanto em São Paulo como nos outros Estados estamos atentos aos lançamentos desses empreendimentos para identificar onde é realmente interessante Eu recomendo O empresário deve estar atento à movimentação de mercado na região em que atua, além de oferecer treinamentos recorrentes de acordo com a necessidade de cada loja para qualificar cada vez mais a equipe, em todos os níveis. Reinaldo Varela a presença do Divino Fogão. Só então buscamos franqueados que estejam dispostos a investir. Qual a importância de uma equipe qualificada? Nada melhor do que ter funcionários em que você confia. Por isso, é preciso reconhecer aqueles que fazem a diferença e oferecer, além do plano de carreira, estímulos como cursos, viagens, treinamentos específicos, premiações, entre outros. Para manter os profissionais, precisamos estimulá- -los a crescer conosco, valorizando os talentos que temos.

6 6 jornal de negócios to com os clientes. Para a criação da Siamese, West investiu R$ 12 mil para a abertura da empresa, o registro da marca e a produção das primeiras 800 peças. O empreendedor que pretende entrar nesse ramo deve ter, antes de tudo, planejamento. Deve-se analisar muito bem o mercado e definir quem pretende atingir, assim como as camisetas que serão fabricai o faturamento das micro e pequenas O faturamento real (já descontada a inflação) das micro e pequenas empresas paulistas registrou queda de 4,6% em julho em relação ao mesmo mês de Foi o quinto recuo consecutivo do índice na comparação com o mesmo mês do ano anterior. No acumulado de janeiro a julho, as MPEs apresentaram estabilidade na receita real ante o mesmo período de No confronto com junho, o faturamento aumentou 1,3%. Os dados são da pesquisa de conjuntura Indicadores Sebrae-SP. A estampa do sucesso Com baixo investimento inicial, empresas de camisetas estampadas exploram a paixão de fãs por filmes, séries de TV, virais de internet, games e humor A facilidade da internet tem atraído para esse mercado empreendedores atentos à praticidade e à abrangência do comércio virtual cadas e como os produtos serão vendidos; e conferir se o negócio é rentável, afirma o consultor de marketing do Sebrae-SP, José Carmo Vieira de Oliveira. Ele destaca ainda a importância de precificar muito bem o produto, levando em conta todos os gastos com logística e maquinário. Os empreendedores devem se preocupar com a qualidade dos produtos para fidelizar os clientes. Acredito que a qualidade é o maior desafio do setor, desde a compra do tecido, à modelagem e a busca por bons fornecedores de costura e estamparia que aceitem pequenas empresas, destaca West. Apesar de buscarem o melhor preço (como em qualquer outro setor), os clientes se preocupam com a qualidade e a durabilidade das camisetas. Foto: Murilo Borçal Paulo nasceu há três anos e hoje conta com mais de 30 opções no catálogo. São imagens baseadas em temas da cultura pop, em séries de TV e em fenômenos da internet. Comecei a criar estampas para uso próprio, mas os pedidos de amigos me motivaram a transformar a ideia em marca, afirma o idealizador do negócio, Henrique West. uem nunca quis uma camiseta A empresa vende em torno de 1,2 Q estampada com o personagem mil peças/mês pelo e-commerce e por favorito da TV ou do cinema? Na revendedores distribuídos em seis Estados. Na web, o tíquete médio é de busca por produtos que reflitam personalidade, gosto pessoal ou ideologias, as camisetas têm a preferência, em R$ 200 mil. O plano é triplicar o R$ 110 e o faturamento em 2013 ficou principalmente entre os jovens. A facilidade da internet tem atraído para na internet e partir para o modelo de valor neste ano, consolidar a marca esse mercado empreendedores atentos à praticidade e à abrangência do O investimento inicial para entrar franquias em comércio virtual, fatores que, aliados no setor de camisetas estampadas é ao baixo investimento inicial, tornaram as camisetas estampadas um nigências: criatividade para a criação baixo, mas a área tem algumas exicho de negócio. das imagens; fornecedores confiáveis; equipamento para estampar ou Criada a partir do hobby de seu idealizador, a Siamese empresa sediada em Jundiaí, no interior de São trabalho; e um bom empresas terceirizadas que façam o relacionamen- Henrique West, de Jundiaí, começou o negócio a partir de um hobby

7 edição 248 novembro de agência de fomento é alternativa para crédito barato Instituições financeiras não bancárias controladas pelos governos estaduais, as chamadas agências de fomento, oferecem linhas de crédito baratas e vantajosas para empreendedores de micro, pequenas e médias empresas dispostos a investir em setores considerados estratégicos para o desenvolvimento regional. De acordo com a Associação Brasileira de Instituições Financeiras e de Desenvolvimento (ABDE), 16 Estados possuem agências de fomento, com linhas que liberam de R$ 300 a R$ 30 milhões. Para que o crédito seja interessante para as PMEs, as taxas são menores do que as dos bancos de varejo. Saiba mais no Dicas para se dar bem Procure um escritório do Sebrae-SP para saber que tipo de empresa abrir (MEI, ME ou LTDA.); Identifique o público e estabeleça sua capacidade de produção; Defina um prazo de entrega viável; Estabeleça o preço final baseado nos gastos com maquinário, matéria-prima, mão de obra e logística; Faça uma pesquisa de mercado para identificar bons fornecedores, que não deixarão você na mão. Tipos de estampas Transfer Na estampa transfer, o desenho é impresso em papel especial e transferido para o tecido por meio do calor. A técnica é a mais difundida, por ser simples de fazer e barata, porém, o desenho dura em média um ano e meio. Silkscreen Exige a utilização de telas (matriz), tinta, rodo ou puxador para aplicar o desenho no tecido. A técnica é mais cara e trabalhosa do que o transfer, mas a estampa dura, em média, quatro anos. O caminho é inovar Prof. Dr. Sylvio Goulart Rosa Jr., Presidente do ParqTec Pesquisas mundiais que mostram o ranking dos países com empreendedorismo mais forte e competitivo são categóricas: alcançam os primeiros lugares os que investem na aplicabilidade da ciência e tecnologia, por meio de inovação em processos, produtos, materiais e metodologias. Os melhores lugares são ocupados por aqueles que conseguiram fazer a ponte entre os centros de tecnologia em universidades e as empresas. No Brasil, esse caminho está em construção. Entretanto, já encontramos ilhas de excelência em que esses dois agentes não apenas conversam, mas interagem e produzem soluções. Com excelentes universidades, institutos de pesquisas, incubadoras de empresas, capital tecnológico, boa infraestrutura e incentivos fiscais, o Estado de São Paulo cresce a uma velocidade acima da média nacional. Uma delas está na região central de São Paulo, na cidade de São Carlos, reconhecida nacionalmente como a capital da tecnologia. Neste ano, a Fundação Parque Tecnológico de São Carlos (ParqTec) completa 30 anos dedicados à educação de qualidade aplicada ao aprimoramento da competitividade das empresas. Lá, além de prover soluções tecnológicas para empresas tradicionais, foram criados ambientes propícios para atração de investimentos e geração de novas empresas de base tecnológica. Ao longo dos anos, surgiram centenas de inovações nas mais diversas áreas entre elas, ótica de precisão, química fina e novos materiais, todas geradas nos empreendimentos high tech. Hoje, temos mais de 250 empresas de base tecnológica na cidade. Nosso objetivo é que esta rede cresça ainda mais, em especial com o apoio do Sebrae-SP, a fim de tornar São Carlos e região referência global em novas e inovadoras tecnologias a serviço do desenvolvimento do Brasil.

8 8 jornal de negócios cresce o número de mpes inadimplentes Levantamento da Serasa Experian aponta que 3,57 milhões de micro e pequenas empresas brasileiras estavam inadimplentes em julho. Houve aumento de 8,8% em comparação ao mesmo mês de 2013, quando 3,28 milhões de empresas estavam com contas em atraso. Entre os inadimplentes, o setor mais atingido foi o comércio, que respondeu por 47,2% do total de empresas com dívidas pendentes; seguido pelas companhias de serviços, com 42,6%; e pela indústria, com 9,1%. Caravana da Simplificação percorre o Estado de São Paulo Ministro Guilherme Afif Domingos e SEBRAE detalham as mudanças do Simples Nacional em rodada de encontros com empresários A Caravana da Simplificação, liderada pelo ministro da Secretaria da Micro e Pequena Empresa, Guilherme Afif Domingos, foi retomada em setembro no Estado de São Paulo. O objetivo é explicar as alterações na Nova Lei do Simples, sancionada em agosto, e tirar dúvidas dos empresários. A primeira parada aconteceu em 17 de setembro em São José dos Campos, onde aproximadamente 200 pessoas se reuniram no evento que contou com a presença do ministro Guilherme Afif Domingos, do diretor técnico do Sebrae-SP, Ivan Hussni, do presidente do SEBRAE, Luiz Barretto, além de autoridades e empresários do Vale do Paraíba. a universalização do regime tributário vai incluir cerca de 450 mil novas empresas de 142 segmentos O ministro ressaltou os avanços obtidos com as alterações na Lei do Simples, como universalização do regime tributário, que vai incluir cerca de 450 mil novas empresas de 142 segmentos, des- burocratização, facilidades para abertura e fechamento de empresas e de criação de um cadastro único nacional. O mundo enxerga as MPEs como solução para geração de renda e emprego e é papel do governo ajudá-las a cumprir essa função social. Temos de adaptar a legislação para acompanhar as mudanças e oferecer tratamento privilegiado aos pequenos negócios. A universalização é uma grande conquista e agora temos a lição de casa de implantar a Rede Nacional para a Simplificação do Registro e da Legalização de Empresas e Negócios (Redesim), afirmou Afif. Para o diretor técnico do Sebrae-SP, a caravana cumpre a importante missão de mostrar aos empresários e lideranças regionais os detalhes das mudanças na Lei do Simples. A caravana mostra os vários benefícios que os empresários passam a ter com as alterações no Simples, como diminuição da burocracia e incentivos para crescer. Vamos continuar lutando para diminuir as dificuldades dos empreendedores e ajudar os brasileiros a realizar o sonho do próprio negócio, disse Hussni. O presidente do SEBRAE também destacou a importância dos pequenos negócios para a economia do País e a necessidade de se criar um ambiente cada vez mais favorável ao empreendedorismo. As MPEs são responsáveis por mais da metade dos empregos no País e quase um terço do Produto Interno Bruto (PIB) e sempre merecerão tratamento diferenciado. Apesar das boas notícias, como a universalização do Simples, precisamos continuar buscando condições favoráveis às MPEs, ressaltou Barretto. Ao longo dos meses de setembro e outubro, a Caravana da Simplificação percorreu 12 cidades paulistas e o plano do ministro é seguir para outros Estados. Ministro Afif Domingos discursa para empreendedores em São José dos Campos Foto: Claudio Capucho Saiba Mais O Simples é um sistema de tributação diferenciado que unifica oito impostos em um único boleto aplicável às pessoas jurídicas consideradas como microempresas (MEs) e empresas de pequeno porte (EPPs). Uma empresa enquadrada no Simples pode ter uma economia de até 40% no pagamento de impostos comparada ao regime de Lucro Presumido. Com as novas regras, 142 atividades ligadas à área de serviços poderão se beneficiar do Simples a partir de janeiro de A condição para aderir ao regime é faturar, no máximo, R$ 3,6 milhões por ano. A Nova Lei do Simples traz ainda uma série de benefícios: extinção da exigência de certidões negativas de impostos para qualquer ato de registro de qualquer tipo de sociedade empresarial; redução do prazo de abertura de empresas para cinco dias; baixa na hora do CNPJ; garantia do tratamento diferenciado para a micro e pequena empresa em qualquer legislação que venha a ser aprovada; revisões das tabelas do Simples, que estão sendo estudadas para envio ao Congresso Nacional.

9 edição 248 novembro de brasileiro tem mais computador em casa A Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD) 2013, divulgada em setembro pelo IBGE, identificou que 49,5% dos domicílios do País possuíam computador, ou 2,6 milhões a mais que o ano anterior, quando a taxa era de 46,4%. No total, eram 32,2 milhões de residências com o equipamento, mas apenas 28 milhões estavam conectados à internet. Observou-se um decréscimo no número de domicílios com aparelho de rádio (2,3 milhões a menos, caindo de 80,9% para 75,8% do total) e de DVD (1,3 milhão de domicílios a menos, caindo de 76,0% para 72,4%). A força do associativismo Bruno Caetano, diretor-superintendente do Duas empresas que atuam no mesmo setor são, por definição, concorrentes. Mas, se colocarmos de lado os interesses comerciais, notamos que as duas têm muito em comum. Os problemas enfrentados no dia a dia são praticamente os mesmos, assim como os desafios para ganhar competitividade. O tema ganha ainda mais complexidade quando se trata de empresas de pequeno porte, mais suscetíveis a chuvas e trovoadas. Unir companhias do mesmo setor em torno dos assuntos comuns é o objetivo do Programa Empreender, uma iniciativa do SEBRAE em parceria com a Confederação das Associações Comerciais e Empresariais do Brasil (CACB). Fundamentado no associativismo, a iniciativa visa fortalecer a micro e a pequena empresa ao reunir empresários de um mesmo município nos núcleos setoriais ou grupos de empresários de um mesmo segmento que se reúnem periodicamente. Com o apoio de um consultor do SEBRAE, que funciona como moderador, os empresários discutem problemas comuns e buscam soluções em conjunto. Nesta edição, o Jornal de Negócios detalha o Projeto Empreender, que, no Estado de São Paulo, conta com a parceria da Federação das Associações Comerciais do Estado de São Paulo (Facesp) desde A Caravana da Simplificação também ganha espaço nesta edição, marcando a retomada das ações da Secretaria da Micro e Pequena Empresa em prol das mudanças na Lei do Simples. Agora, o objetivo da caravana é explicar as alterações na nova lei, sancionada em agosto, e tirar dúvidas dos empresários. O Sebrae-SP é parceiro da Secretaria nesta iniciativa, que percorreu 12 cidades paulistas durante os meses de setembro e outubro. Por meio do Programa Empreender ou da Caravana da Simplificação, o objetivo do Sebrae-SP é o mesmo: colaborar para o fortalecimento da micro e pequena empresa. NO VI DA DES! game para empreendedores O SEBRAE e o Facebook criaram um game online para treinamento dos empreendedores. Batizado de Empreenda com o Facebook, a ferramenta conduz o participante por etapas distintas. Ele aprende a importância do marketing digital; recebe orientações para construir uma página corporativa no Facebook; e é desafiado a criar anúncios para um estabelecimento fictício. jovem aprendiz na mpe Desde o dia 10 de setembro, micro e pequenas empresas podem contratar jovens aprendizes por meio do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego o Pronatec Aprendiz. Assim como nas grandes e médias empresas, os jovens contratados pelas MPEs terão jornada de trabalho de quatro a seis horas, com salário mínimo/hora e vínculo empregatício. As empresas interessadas devem se inscrever pelo site: prefeitura de são paulo planeja parcelamento de dívidas Está em discussão na Câmara Municipal de São Paulo o Projeto de Lei nº 384/2014, que institui o Programa de Parcelamento Incentivado (PPI). Se aprovado, as empresas com tributos municipais em atraso poderão quitar suas dívidas à vista com um desconto de 75% nos juros e multa. Está previsto também o parcelamento em até 120 meses com dedução de 50% do valor em cima dos acréscimos. A prefeitura pretende arrecadar R$ 1 bilhão com o parcelamento dos tributos com exceção às multas de trânsito. crédito para pequenas empresas inovadoras A Associação Brasileira das Empresas de Software (Abes) e o BNDES lançaram em São Paulo a linha de crédito MPME Inovadora, criada para apoiar as pequenas e médias empresas de tecnologia da informação que desejam investir em inovação. A Desenvolve SP (Agência de Desenvolvimento Paulista) é parceira na distribuição da linha de financiamento, que pode ser pleiteada por empresas com faturamento anual igual ou maior a R$ 360 mil, limitado a R$ 90 milhões. A taxa de juros para projetos de investimento gira a partir de 4% ao ano, com carência de até 24 meses para início dos pagamentos, que devem ser feitos em até 120 meses (carência inclusa).

10 10 jornal de negócios micro e pequenas podem fornecer para olimpíadas As micro e pequenas empresa podem se cadastrar para fornecer produtos para a Olímpiada e para as Paralimpíadas do Rio de Janeiro Em parceria com o Comitê Olímpico Internacional (COI) o SEBRAE já cadastrou cerca de 2 mil empresários. Entre os segmentos que devem se beneficiar, estão os de brindes, cabeamento elétrico, barcos de apoio, uniformes, equipamentos de segurança, construção civil, design de interiores e decoração, gráficas, produção audiovisual, software, lavanderia e móveis. Para serem fornecedoras, as empresas interessadas devem se cadastrar no site: Sebrae-SP realiza Feira do Empreendedor em fevereiro de 2015 Em razão do sucesso da edição anterior, evento agora é anual. Interessados em participar como expositores já podem se inscrever O comida japonesa. Para ele, o evento foi uma forma de apresentar a empresa ao mercado usando a credibilidade da marca Sebrae-SP. Ferrão se prepara para a quarta participação na Feira do Empreendedor. Ele estima que 80% de seus negócios cogrande sucesso da Feira do Empreendedor do Sebrae-SP tornou o evento anual, e não mais bienal. Na última ação, realizada em fevereiro na capital paulista, a presença do público foi recorde: 82 mil participantes, superando em mais de 35% a expectativa dos organizadores. A 5ª edição da Feira do Empreendedor do Sebrae-SP já tem data marcada: será entre os dias 7 e 10 de fevereiro de 2015 e deve bater novos recordes. Prevíamos 60 mil pessoas em 2014, mas a procura foi muito maior. Por isso, para a próxima edição, esperamos novo recorde de público, com pelo menos 85 mil pessoas, explica o gestor do evento do Sebrae-SP, Ary Scapin Júnior. Diante de tanto interesse, essa é a oportunidade para expositores encontrarem clientes e investidores. De acordo com o gestor, em 2015, a expectativa é atrair 350 empresas exposito- Evento deve receber 85 mil pessoas, na capital paulista, no ano que vêm cia do evento. Quando participamos pela primeira vez, em 2010, ainda estávamos na fase de desenvolvimento de projetos, mas saímos com um contrato de exclusividade com o Carrefour, afirma Eugênio Ferrão, sócio da Japa Express, rede de franquias de a expectativa é atrair 350 empresas expositoras, que irão exibir produtos e serviços em 30 mil metros quadrados do Pavilhão de Exposição do Anhembi ras, que irão exibir produtos e serviços em 30 mil metros quadrados do Pavilhão de Exposição do Anhembi. A área é maior do que os 21 mil metros quadrados ocupados neste ano. Os expositores que fizeram parte da iniciativa reconhecem a importânmeçaram no local. Na edição deste ano, por exemplo, a Japa Express apresentou uma máquina de fazer temaki que dispensa o sushiman exige somente um funcionário com treinamento básico. A inovação abriu portas para a empresa. Na feira deste ano, fiz contato com empresários de um conglomerado espanhol e estamos negociando a abertura de franquias naquele país, conta. Para quem ainda está em dúvida se vale a pena ser expositor, Ferrão garante que o evento é uma forma confiável para encontrar parceiros. Expor na feira passa ao investidor a certeza de que você é um empreendedor capacitado, afirma. Além de fomentar negócios, a Feira do Empreendedor de 2015 deve capacitar mais de 40 mil pessoas, em oito salas de palestras. Teremos eventos para as áreas de franquias, tecnolo- Foto: Patrícia Cruz/A2 Fotografia Como expor na Feira do Empreendedor 2015 Os interessados em participar como expositores do evento devem se inscrever pelo site: feiradoempreendedor. sebraesp.com.br/expositor/cadastro. No endereço, é possível obter preços e tamanhos dos espaços disponíveis. gia da informação, negócios online e representação porta a porta, além de máquinas e equipamentos, ressalta o gestor do evento. Os empresários que quiserem entrar na era digital terão auxílio na Carreta Tecnológica, um posto de atendimento com empresas importantes do setor, como Facebook, Microsoft e Portal Terra. Os empresários interessados em criar lojas virtuais, páginas na rede social ou negócios digitais farão o primeiro contato na carreta, explica Scapin. jornal de negócios mais Veja como foi a Feira do Empreendedor em 2014: sebr.ae/sp/jnmais248

11 edição 248 novembro de pnad aponta aumento da formalização A Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD) 2013, divulgada em setembro pelo IBGE, apontou aumento na formalização dos trabalhadores por conta própria. Segundo o levantamento, no ano passado, 18% dos empreendedores tinham CNPJ, em um universo de 19,7 milhões de trabalhadores que possuem o próprio negócio. Em 2012, o porcentual era 16,8%. A PNAD também mostra crescimento no trabalho com carteira assinada, que subiu 3,6% em relação a 2012, alcançando 76,1% dos empregados do setor privado, ou 36,8 milhões de pessoas. Participar de eventos setoriais melhora negócios Empresários que visitam feiras descobrem parceiros e ficam por dentro das tendências do segmento Foto: Divulgação P articipar de eventos e feiras de negócios do segmento no qual atua é importante para qualquer empresário. Nessas ocasiões, é possível encontrar parceiros e fornecedores, aumentar o número de clientes e conhecer as tendências do mercado. Frequentar os ambientes de negócios traz uma série de benefícios. Eles permitem a troca de experiências e o acesso a conhecimentos por possuírem um público frequentador altamente qualificado, diz o consultor da Unidade de Desenvolvimento e Inovação do Sebrae-SP, José Carmo Vieira de Oliveira. O empreendedor pode aproveitar os eventos de duas maneiras: como participante ou como expositor. As duas ações são importantes, mas cada uma deve levar em conta os objetivos estabelecidos e o momento da empresa, afirma. Ao participar, o empresário terá acesso às novidades e fará contatos; ao expor produtos e serviços, o foco tende a ser em vendas. Para facilitar o acesso aos eventos, os Escritórios Regionais (ERs) do Sebrae-SP em todo o Estado promovem missões ou compram espaços nas feiras, para depois redistribuir entre os empreendedores interessados. Em ambos os casos, as iniciativas são subsidiadas pela entidade, garantindo um menor custo aos participantes. Além do incentivo, Missão do Sebrae-SP levou 80 empreendedores à feira em Nova York neste ano Abertas inscrições para a Retail s BIG Show Já estão abertas as inscrições para os interessados em participar da Retail s BIG Show 2015, em Nova York. A feira ocorre entre 11 e 13 de janeiro e permite conhecer as principais tendências do varejo nas áreas de gestão, visual merchandising, mídias sociais, marketing e tecnologia. O Sebrae-SP, em parceria com a Federação das Associações Comerciais do Estado de São Paulo (Facesp), levou 80 empresários para a feira deste ano. Para 2015, a novidade é que, além do evento, os empresários farão visitas técnicas às empresas Google, ebay e Intel, no Vale do Silício. Os interessados devem se inscrever pelo site: os empreendedores têm acesso à capacitação prévia para aproveitarem melhor o evento. A cartilha Feiras e Eventos de Negócios: Diário de Bordo do Empresário Visitante traz dicas de preparação e de como agir durante e após a feira. Já os que estão como expositores participam de palestras sobre como tirar melhor proveito da oportunidade. A orientação técnica garante melhores resultados, explica Oliveira. Quem participa, recomenda. Frederico Fae Kuhl, proprietário da Lila Calçados, de Americana, fez parte pela primeira vez de uma missão do Sebrae SP para a Retail s BIG Show, em Nova York, no começo deste ano. O evento é promovido pela Federação Nacional do Varejo dos Estados Unidos [NRF, na sigla em inglês] é e considerado o mais importante do segmento no mundo. Um amigo lojista me avisou e procurei o Sebrae-SP para parti- cipar. Foi uma experiência incrível e contamos com todo o apoio da equipe durante a viagem, diz. No retorno, Kuhl trouxe diversas ideias como a implantação de um banco de dados com os hábitos de compra dos clientes. A informação vai ajudar na aquisição mais assertiva de produtos alinhados com o gosto dos consumidores. Além disso, Kuhl está aplicando na loja os conceitos de visual merchandising que aprendeu em Nova York. Valeu a pena e eu quero voltar no próximo ano, diz. jornal de negócios mais Conheça o Diário de Bordo do Visitante, com dicas para o empresário aproveitar ao máximo a visita a feiras e eventos: sebr.ae/sp/jnmais248

12 12 jornal de negócios portal permite fechar empresa em três minutos No ar desde outubro, o portal permite o fechamento de empresas em três minutos. Apenas as empresas do Distrito Federal podiam utilizar o sistema, mas, a partir de novembro, todos os negócios do País podem realizar as operações. No portal, os dados de todas as Juntas Comerciais do País estão unificados e o cruzamento das informações com os da Receita Federal permite que eventuais débitos sejam transferidos ao CPF do dono ou dos sócios da empresa encerrada. A iniciativa também dispensou, para a baixa do CNPJ, a exigência de certidões de débitos tributários, previdenciários e trabalhistas. Projeto Empreender une empresários Programa forma grupos para debater e resolver problemas setoriais O s empreendedores são mais fortes juntos. Essa é a ideia do Projeto Empreender, que organiza grupos de empresários de um mesmo segmento de mercado para debater regularmente problemas e encontrar soluções conjuntamente. É importante agrupar pessoas com os mesmos interesses, criar uma mentalidade coletiva e ordenar as demandas dos setores, explica o coordenador nacional do programa no SEBRAE, Ricardo Villela de Souza. O projeto é uma iniciativa nacional, fruto de parceria entre o SEBRAE e a Confederação das Associações Comerciais e Empresariais do Brasil (CACB). A metodologia usada nas reuniões prevê que problemas e soluções sejam apontados pelos próprios empresários. Um consultor atua como mediador, ajudando a organizar e a estabelecer metas para o trabalho do grupo, assim como escolher os pontos essenciais nos quais o núcleo deve atuar. A partir daí, entra o apoio das Associações Comerciais e das unidades estaduais do SEBRAE, que ajudam nos processos de capacitação. Em São Paulo, as ações do Projeto Empreender estão sólidas. Em 2013, foi assinado convênio com a Federação das Associações Comerciais do Estado de São Paulo (Facesp) para promoção das atividades. O objetivo é implantar o programa em 65 municípios até 2016, com a criação de 195 núcleos setoriais, atendendo a micro e pequenas empresas. Para isso, no ano passado foi lançado um edital convidando as associações comerciais a criar grupos de trabalho. Desde então, foram formados 133 núcleos, integrados por empresas, que contam com o apoio de 23 Escritórios Regionais do Sebrae-SP. As ações geram desenvolvimento local unindo não só empresas, mas parceiros institucionais (privados e A metodologia usada nas reuniões prevê que problemas e soluções sejam apontados pelos próprios empresários públicos) da região, afirma a coordenadora do programa no Sebrae-SP, Marina Maximo. Para ela, a força do trabalho está na participação efetiva dos empresários e no associativismo. É esperado ganho de competitividade de pelo menos 50% para as empresas participantes e a expectativa é que surjam líderes que possam fazer o papel do facilitador, dando continuidade ao grupo, explica. Para o gestor do Projeto Empreender na Facesp, José Olival Moreira Almeida Júnior, a parceria entre as entidades tem papel fundamental na busca por melhores condições para as micro e pequenas empresas se desenvolverem. Os empresários enfrentam o desafio de inovar, atender às necessidades dos clientes, reter talentos, implementar processos e melhorar a competitividade. As ações podem ser feitas isoladamente, mas, juntos, conseguimos melhores resultados mais rapidamente e com menor custo, ressalta. Almeida Júnior destaca ainda que a união dos empreendedores e a troca de experiências melhoram a capacidade de gestão, elevam o faturamento, geram mais empregos, aumentam a produtividade, ampliam mercados e diversificam a oferta de produtos e serviços. Consultor da Facesp, Jorge Dipp supervisiona o Núcleo de Beleza da As-

13 edição 248 novembro de brasil é terceiro mercado em higiene pessoal O Brasil é o terceiro maior consumidor mundial de produtos de higiene pessoal, perfumaria e cosméticos do mundo. Em 2013, o setor faturou US$ 48,7 bilhões e ficou atrás apenas do mercado norte-americano e do chinês, segundo a Associação Brasileira da Indústria de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos (Abihpec). As franquias de saúde e estética registraram alta de 23,9% graças ao consumo de produtos de beleza e cosméticos. sociação Comercial de Mogi das Cruzes, formado em março por 27 empresários. Ele participa de duas reuniões por mês para acompanhar o desenvolvimento das iniciativas as atividades também são seguidas por um agente local da associação comercial. Os empreendedores planejaram as ações de 2014 e participaram de diversas consultorias e cursos do Sebrae-SP. Juntos, eles têm mais opções para resolver problemas comuns a todos, diz. Entre as capacitações promovidas pelo ER do Sebrae-SP no Alto Tietê, estão palestras sobre marketing, recursos humanos, obtenção de crédito e fluxo de caixa, além de missões para feiras como a Beauty Fair, na capital paulista. A união do grupo também permitiu contratar empresas para dar treinamentos técnicos, com os custos divididos entre os participantes. Apesar do pouco tempo, já percebemos aumento de 10% do faturamento deles, em média, completa. Uma das participantes do grupo é Silvia Brandão, proprietária do salão Oficina da Beleza. Empreendedora experiente, ela já teve uma fábrica de cabos e fios e ajudava a gerir a construtora do marido. Com vontade de investir em uma nova área, Silvia pesquisou e descobriu que o setor de beleza estava em alta. Há um ano e meio, ela comprou um salão falido e o reformou. O começo foi difícil, pois eu não conhecia o mercado, principalmente os aspectos técnicos, conta. Na busca por cursos, uma fornecedora contou sobre o Núcleo de Beleza da associação comercial. Participar agrega conhecimento, não só pelos cursos, mas também pela troca de experiência com empresários que estão há mais tempo no ramo, afirma. Outro ponto importante, segundo Silvia, é a percepção de que é possível trabalhar em parceria com o concorrente. Temos de nos unir, pois assim somos mais fortes. Cada um tem seu público e região de atuação, completa. Em Espírito Santo do Pinhal, o Núcleo de Varejo do Vestuário é a aposta de 12 empresas para melhorar os negócios. O maior desafio foi unir o Silvia Brandão buscou o grupo de Mogi das Cruzes para entender melhor o setor de beleza Foto: Julia Guimarães grupo, por causa das desconfianças iniciais dos empresários, mas eles se conscientizaram da importância do associativismo, diz a supervisora Elizandra Bueno, responsável por monitorar os grupos do Projeto Empreender em dez associações comerciais da região. Uma das ações do núcleo foi um desfile de moda, realizado em setembro, que atraiu 400 pessoas. Em Jales, o núcleo de informática está preocupado com o meio ambiente e a mão de obra. As dez empresas participantes, das áreas de manutenção, de desenvolvimento de softwares e de distribuidoras de internet, fecharam parceria com uma cooperativa de reciclagem para a coleta de resíduos eletrônicos. Como lidam com produtos muitas vezes tóxicos ao meio ambiente, os empresários sentiram a necessidade de contribuir para a solução, explica o agente de desenvolvimento responsável pelo grupo, Carlos Zanini. Para o aumento de mão de obra qualificada, foram fechadas parcerias também com instituições de ensino como a Fatec, a Etec e a Unijales. Além disso, o núcleo ajuda outro grupo da associação comercial da cidade, o de alimentação fora do lar. A informatização tem ajudado os donos de bares e restaurantes a melhorar os controles. É uma ação importante de um núcleo apoiando o outro, afirma Zanini. Na Associação Comercial de Lençóis Paulista, o Núcleo de Olericultura une mais de 20 produtores rurais desde maio. A primeira ação conjunta envolveu a análise de solo das propriedades, processo desconhecido por muitos dos agricultores. Em agosto, o grupo conseguiu espaço, sem custo, na Feira da Agricultura Familiar e do Trabalho Rural (Agrifam), para divulgar seus produtos. Os participantes apresentaram seu trabalho e fizeram contatos, explica a agente de desenvolvimento do núcleo, Fabiana Cândido. A ajuda do Sebrae-SP também tem sido valiosa: a entidade orienta sobre defensivos agrícolas e introduz conceitos administrativos e financeiros. O próximo passo é organizar uma feira com os produtos dos integrantes do núcleo, conclui. Resultados esperados do projeto para até 2016 no Estado de São Paulo Implantar o Projeto Empreender em 65 municípios; Criação e funcionamento de 195 núcleos setoriais; Beneficiar 1,95 mil micro e pequenas empresas paulistas; Aumento da competitividade média em pelo menos 50% das empresas participantes. Quer participar? Os interessados em fazer parte do Projeto Empreender devem procurar a associação comercial do seu município.

14 14 jornal de negócios black friday é compra de oportunidade Três em cada quatro internautas aproveitarão as oportunidades da Black Friday, data promocional que acontece sempre na última sexta-feira de novembro. De acordo com a pesquisa da Opinion Box, quase metade do público pesquisado (47%) não decidiu o que adquirir na data e promete comprar conforme as oportunidades surgirem. No ano passado, os celulares foram os aparelhos mais comercializados. Segundo o levantamento, os eletrônicos têm a preferência de compra de 62% dos entrevistados. Confira a cartilha do Sebrae-SP sobre o Black Friday: Receita de Sucesso capacita bares e restaurantes Programa do Sebrae-SP ajuda empresários a reduzir custos e a melhorar a gestão do estabelecimento O mercado de alimentação fora de casa cresce a uma taxa média de 15% ao ano, impulsionando bares, restaurantes, lanchonetes e padarias. De olho nas possibilidades de negócios e no aumento da concorrência, é também crescente o número de empreendedores que buscam qualificação para melhorar a gestão do estabelecimento. Para ajudar as 170 mil micro e pequenas empresas do setor, o Sebrae-SP A coordenadora do programa do Sebrae-SP, Karyna Muniz Ramalho Dantas, diz que o setor está tão aquecido que somente de janeiro a julho foram atendidos 26 mil empreendedores da área. O programa Receita de Sucesso tem 200 técnicos habilitados a oferecer 22 palestras específicas para o segmento, além de consultorias individuais e cinco cartilhas desenvolvidas especialmente para a o setor está tão aquecido que somente de janeiro a julho foram atendidos 26 mil empreendedores da área criou em 2012 o programa Receita de Sucesso, que reúne um conjunto de ações para aprimorar a administração e tornar o atendimento e a cozinha mais eficientes. ação [confira o quadro ao lado]. Outros produtos do Sebrae-SP também são usados para complementar as capacitações. O foco é ajudar as empresas a vender mais gastando menos. E é o que todos os empreendedores querem, explica Karyna. O programa também acompanha individualmente cerca de mil empresários paulistas. O monitoramento é feito pelos Escritórios Regionais (ERs) do Sebrae-SP em todo o Estado, em uma ação que permite resolver necessidades específicas de cada empresa. É um trabalho de longo prazo, mas já descobrimos que as maiores reclamações são em relação à mão de obra (escassez, retenção e problemas trabalhistas) e aos preços dos alimentos e dos aluguéis, diz Karyna. Por causa disso, para 2015 estão programadas palestras focadas nesses temas, além de oficinas para ensinar como fazer ficha técnica dos pratos e aspectos relacionados à vigilância sanitária. Os interessados no programa Receita de Sucesso devem procurar o ER de sua cidade para informações sobre as atividades. Quem já buscou qualificação, como Maria Amélia de Toledo, sócia da Suprema Pizzaria, está satisfeita. A história da empreendedora de Santana, Pulo do gato Para a micro e pequena empresa do setor de alimentação, os pontos principais para se diferenciar são o atendimento ao cliente e a qualidade do produto. Além disso, para ter um consumidor fiel, é preciso oferecer praticidade e conveniência.

15 edição 248 novembro de wi-fi gratuito em são paulo Até 2016, pelo menos 120 praças e parques dos 96 distritos da capital paulista terão acesso gratuito à internet por meio do programa Wi-Fi Livre SP. Em setembro, 50 espaços públicos ofereciam o sinal de internet gratuito para a população, outros 24 estavam em implantação e 56 em fase de projeto. Para acessar a internet gratuita em uma das praças com o sistema em operação, o usuário deve conectar seu smartphone, tablet, notebook ou similar na rede Wi-Fi Livre SP, sem necessidade de cadastro ou autenticação. A conexão chega com velocidade de, no mínimo, 512 kbps efetivos. O que as cartilhas do Receita de Sucesso ensinam Foto: Emiliano Hagge ÿ ÿ ÿ ÿ ÿ Melhorar o atendimento e surpreender o cliente; Ter uma cozinha eficiente; Montar um cardápio atrativo; Formar e conservar uma equipe; Manter o negócio no caminho certo. Acesse gratuitamente as cinco cartilhas do programa no seguinte endereço: zona norte da capital, começa em 1987, com a abertura de uma locadora de vídeos em sociedade com o marido e uma amiga. Em 1999, para diversificar os negócios, eles aproveitaram parte do espaço para abrir uma pizzaria focada em entrega domiciliar. No ano passado, procuraram o Sebrae-SP em busca de ajuda por causa do declínio no aluguel de vídeos. Acabaram percebendo que a pizzaria era a salvação e partiram para a profissionalização. A empresa participa do Receita de Sucesso do Escritório Regional do Sebrae SP Capital Norte, lançado em fevereiro, junto com outros 33 estabelecimentos. O mais difícil era o controle financeiro por sermos uma empresa pequena, com três funcionários. Felizmente, estamos aprendendo a melhorar processos e a mudar a rotina, conta Maria. Além do Receita de Sucesso, a empresária participa do Programa Alimentos Seguros [veja quadro ao lado]. A meta para 2015 é unir os dois negócios, abrindo um salão para a pizzaria cujo tema será o cinema. Uma proposta inovadora, com ajuda dos programas do Sebrae-SP. jornal de negócios mais Confira a edição especial da revista Conexão do Sebrae-SP sobre o setor de alimentação: sebr.ae/sp/jnmais248. Participar do PAS faz a diferença O Programa Alimentos Seguros (PAS) foi criado em 1998 por meio de uma parceria entre o SEBRAE e o SENAI, com o objetivo de desenvolver uma metodologia capaz de disseminar boas práticas no setor de alimentação. Ele contribui para garantir a segurança na fabricação, manipulação, transporte e distribuição dos alimentos, além de diminuir os custos operacionais com a redução de desperdício, de retrabalho e de reclamações dos clientes. O PAS é uma ferramenta fundamental que é usada no Receita de Sucesso porque sensibiliza para a questão da segurança alimentar, afirma a gestora do PAS do Sebrae SP, Adriani Carvalho. A iniciativa, que conta em todo Estado com 24 consultores especializados, é ampla: tem aplicação específica para segmentos como indústria, serviços, ambulantes e produtores de leite e de mel. Em 2013, foram realizadas 60 turmas pelo Sebrae-SP nas mais diversas modalidades e foram capacitadas mais de 400 empresas. No treinamento, além do empresário, um membro da equipe também pode participar. A capacitação é teórica e prática. No início, o consultor faz uma avaliação do negócio e estabelece metas a serem atingidas até o fim do programa, explica Adriani. Por isso, a ação pode durar até oito meses. Maria Amélia de Toledo usou projeto para aprender controle financeiro e prepara expansão

16 16 jornal de negócios cartão bndes bate recorde O Cartão BNDES ultrapassou pela primeira vez a cifra de R$ 1 bilhão desembolsado no intervalo de um mês. O recorde foi atingido em agosto, quando o produto desembolsou R$ 1,013 bilhão para financiar investimentos de micro, pequenas e médias empresas (MPMEs). No acumulado de janeiro a agosto, foram liberados mais de R$ 7 bilhões, um crescimento de 11% em relação a igual período de O Cartão BNDES é uma linha de crédito rotativo e pré-aprovado, com limite de até R$ 1 milhão por banco emissor (Banco do Brasil, Banrisul, Bradesco, BRDE, Caixa Econômica Federal, Itaú, Sicoob e Sicredi). As prestações são fixas, com prazo de pagamento de 3 a 48 meses e taxa de juros atrativa (0,92% ao mês, em agosto de 2014). Definir preço é desafio para setor de alimentação Saber calcular quanto cobrar por produtos e serviços envolvidos na confecção de um prato garante lucro ao empreendedor D efinir o preço de venda de um produto ou serviço é um desafio em qualquer segmento. No ramo de alimentação, muitos empresários sentem ainda mais dificuldade por oferecerem conjuntamente produtos e serviços. O grande problema dos empreendedores é calcular gastos como mão de obra, impostos, energia, armazenamento etc., explica o consultor de finanças do Sebrae-SP, Carlos Alberto Biondo. Para fazer as contas corretamente, é necessário olhar para dentro da empresa e identificar o peso de cada uma das despesas, para diluí-las nos preços dos produtos. Em vez de perguntar por quanto vender, o empreendedor deve questionar quanto custa para comercializar o produto ou o serviço. No entanto, o consultor avisa que o preço é, em grande parte, uma referência estabelecida pelo merca- do e pode afastar o consumidor. Para vender mais (e ganhar volume) ou a preços mais altos que a concorrência, é necessário aplicar conceitos de marketing [confira na página 17]. Para fazer as contas corretamente, é necessário olhar para dentro da empresa e identificar o peso de cada uma das despesas, para diluí-las nos preços dos produtos A variável que permite o equilíbrio das contas é o volume de vendas. Por isso, é importante identificar o volume necessário para cobrir todos os gastos. O cálculo dos gastos envolvidos na operação deve considerar os custos das mercadorias e dos serviços, somados às despesas de operação da empresa [veja quadro ao lado]. Muitos problemas da precificação têm origem, segundo o especialista, na falta de padronização da produção. Para ter qualidade, é preciso ter controle e saber quanto se usa de cada ingrediente para o preparo de um prato. Se cada funcionário faz de um jeito, haverá desperdício e descontrole, afirma Biondo. A ficha técnica dos pratos é uma grande aliada nessa hora. Passo a passo do preço final O que é? Preço de venda é aquele que cobre todos os custos e despesas e oferece lucro para a empresa. Como fazer a conta? Lucro = receita despesas Entenda cada item Lucro: retorno positivo de um investimento. Receita: faturamento com a venda de produtos e serviços. Custos: todos os gastos envolvidos na atividade-fim da empresa (elaboração e/ou aquisição do produto ou prestação do serviço). Despesas: todos os gastos (fixos e variáveis) envolvidos na comercialização e na operação da empresa. O que é ficha técnica? A ferramenta serve para registrar passo a passo a elaboração dos pratos e listar matérias-primas utilizadas, quantidades e valor total de produção. O documento permite a padronização e o controle dos gastos na execução dos pratos. Cada ficha deve conter informações básicas sobre rendimento da preparação, ingredientes e quantidade de matéria-prima utilizada.

17 edição 248 novembro de franqueados preferem o setor de fast-food O setor de fast-food e alimentação é o preferido dos interessados em abrir uma franquia, de acordo com a pesquisa Perfil do Candidato à Franquia Brasil, realizada pela Rizzo Franchise. Esta foi a opção de 53% dos entrevistados. O estudo teve como base um banco de dados de 187 franquias e uma amostra de interessados em serem franqueados. Foco no cliente S abor e aparência são decisivos para conquistar clientes no ramo de alimentação, mas não são as únicas armas para fidelizar o cliente. Uma boa estratégia de marketing também contribui para o negócio, entretanto, é importante não confundi-la com propaganda. Saber quem é o seu consumidor é a coisa mais importante. Isso vai determinar os preços, os fornecedores e a maneira de divulgar o negócio, afirma a consultora de marketing do Sebrae-SP, Cássia Godinho. Segundo a especialista, por causa das características de cada negócio, não existe uma maneira única de pensar em marketing. Cada um precisa encontrar a própria fórmula com base nas suas necessidades, explica. Uma boa estratégia de marketing exige conhecimento do público-alvo do estabelecimento Saber quem é o seu consumidor é a coisa mais importante. Isso vai determinar os preços, os fornecedores e a maneira de divulgar o negócio, diz Cássia Godinho, consultora do sebrae-sp O foco é o profundo entendimento do público-alvo. Na parte de divulgação, por exemplo, se o estabelecimento serve apenas almoço e está localizado em uma região comercial, não adianta fazer publicidade em área superior a dois quilômetros. Quem se desloca a pé não vai andar mais do que isso. Se você quer atrair o consumidor mais distante, precisa de estrutura de estacionamento. Contudo, é preciso ver se compensa, esclarece a consultora. Pensar estrategicamente também ajuda na hora de fazer promoções. A ação pode se virar contra o empresário quando ele acostuma mal o cliente. Por isso, a promoção deve sempre ter motivo e data para começar e terminar, conclui Cássia. Quer saber mais sobre marketing? O Sebrae-SP oferece um módulo específico de marketing dentro do curso Na Medida. São 16 horas de capacitação, durante as quais são abordados os principais conceitos e as ferramentas de marketing, ensinando como aplicá las ao negócio, além da importância de colocar o cliente como centro das estratégias, das ações organizacionais e da elaboração de um plano inicial de marketing. O módulo oferece também duas horas de consultoria individual para cada empresa participante. Para mais informações, consulte o Escritório Regional do Sebrae-SP mais próximo. Básico do marketing 1 Conheça o cliente É preciso conhecer o perfil e os hábitos do consumidor. Sem identificar o cliente potencial, é impossível definir o que deve ser oferecido, a que preço e em que momento. 2 cuide da marca Trabalhe para ficar conhecido na vizinhança. O logotipo não pode se restringir ao letreiro. Ele deve estar dentro do estabelecimento, independentemente de ser na parede, na sacolinha ou na toalha de mesa. 3 Esqueça as desculpas Ao enfrentar reclamações, encare as questões tão logo elas apareçam. Adote uma postura profissional, não importando o tempo de existência ou o tamanho da empresa para transmitir confiança ao cliente. 4 Relacione-se Esforce-se para estreitar relacionamentos e manter sua marca presente. Ofereça benefícios personalizados de acordo com a necessidade de cada público, disponibilize informação relevante nas redes sociais e esbanje simpatia. 5 Planejamento Tenha todas as informações necessárias para a tomada de decisões que envolvam custos. Caso queira fazer propaganda do estabelecimento, por exemplo, certifique-se de que tem capacidade para atender a uma demanda maior.

18 18 jornal de negócios Classificados o sebrae-sp não se responsabiliza pelas informações disponibilizadas neste espaço publicitário. o anunciante assume responsabilidade total por sua publicidade. alimentícios diversos Fabricação de máquinas e equipamentos ANÚNCIOS: anuncie nos principais jornais e revistas (editais, comunicados, declarações, falecimentos etc.) 25 anos no ramo Tel.: (11) CONSTRUÇÃO CIVIL BRINDES: personalizados (cadernos, canetas, calendários, blocos, escalímetros, mouse pad, pen drive) direto da fábrica Tel.: (11) SACOLAS: personalizadas (plástico e papel), direto da fábrica, materiais tradicionais e ecológicos, excelentes preços. Tel.: (11) informática METALLINCE Indústria e Comércio Ltda.: Fazemos dobras e cortes a laser e plasma em chapas de aço. Site: Tel.: (12) Guaratinguetá CONSULtoria

19 edição 248 novembro de organizacional G2 Consultoria Contábil: Parceira de seus negócios. Consulte-nos! Assessoria Empresarial/ Planejamento Fiscal, Contábil, DP, Abertura/ Encerram. (11) Médico-Hospitalar RÁDIO ONLINE DO SEBRAE LIBRAS Língua Brasileira de Sinais Para tornar a comunicação mais acessível ao cliente com deficiência auditiva, o SEBRAE-SP disponibiliza o serviço de intérprete de Libras em seus eventos presenciais. A solicitação do serviço deverá ser comunicada no ato da inscrição e com antecedência de 5 (cinco) dias úteis à data de realização do evento. O cliente, ou seu representante, poderá se inscrever pessoalmente nos Escritórios Regionais, pelo portal do SEBRAE-SP ou pelo

20 20 jornal de negócios caixa abre linha de crédito para financiar 13º A Caixa Econômica Federal abriu, em setembro, a linha de crédito para as micro e pequenas empresas financiarem o pagamento do 13º salário de seus funcionários. Os empréstimos poderão ser contratados até 27 de fevereiro de 2015 e a expectativa da instituição é financiar R$ 5 bilhões no período. O financiamento é destinado a empresas que tenham faturamento fiscal anual de até R$ 15 milhões. O banco cobra taxa de juros a partir de 0,83% ao mês + Taxa Referencial (TR), e dá prazo de até 36 meses para o empresário quitar a dívida. Mais com menos Para ser competitiva, empresa deve aumentar a produtividade cortando os gastos de maneira inteligente e melhorando os processos C onsumidor exigente e aumento da concorrência obrigam as empresas a cortar gastos, aumentar a produtividade e investir em inovação para serem competitivas. Diferentemente do que muita gente pensa, aumentar a produtividade e cortar gastos não significa demitir funcionários e esperar que os que restaram trabalhem em dobro. Para se tornar mais competitiva, a companhia deve ser capaz de melhorar o processo produtivo, analisando onde poderia render mais, e diminuir o tempo de produção. Segundo o consultor do Escritório Regional do Sebrae-SP da Capital Sul, Julio Tadeu Alencar, o primeiro passo para a melhoria da produtividade é medir quantos produtos a empresa consegue fazer por minuto e analisar se é possível aumentar a performance. Além disso, é importante garantir Dicas para melhorar a produtividade: Estabeleça metas internas; Controle e quantifique os resultados; Desenvolva um ambiente de trabalho harmônico; Invista em formação básica e na qualificação dos funcionários; Mantenha os equipamentos em perfeitas condições de uso; Diminua o tempo de preparação das atividades e as distâncias entre equipamentos e recursos; Se possível, automatize as tarefas cansativas e promova a rotatividade no trabalho. que o ganho de produção não implique na queda da qualidade. Não faz sentido potencializar a fabricação e deixar a qualidade cair. A empresa não será competitiva se oferecer um produto ruim para o cliente, explica Alencar. Ele também incentiva o empresário a investir em treinamento dos funcionários para se certificar de que haverá uma padronização dos processos produtivos. Após analisar e alinhar os processos produtivos, a empresa deve fazer um balanço dos resultados. Muitas vezes uma mudança simples no processo produtivo resulta em grande economia de tempo, de dinheiro e de mão de obra, ressalta Alencar. O consultor cita o exemplo de uma empresa que fabrica bichos de pelúcia, cuja produção envolve três costureiras (que são a mão de obra mais cara da companhia) até a finalização do item. Com a análise do processo, é possível identificar as partes do brinquedo que podem ser coladas em vez de costuradas. Isso diminui o tempo gasto nas máquinas e permite contratar funcionários menos capacitados, enquanto as costureiras se concentram nas partes que ainda requerem costura, aponta. O resultado pode ser um aumento substancial da produtividade e, consequentemente, do faturamento da companhia. Para ajudar os empresários a melhorar a produtividade, o Sebrae-SP conta com palestras sobre o tema, que abordam aspectos como qualidade e organização de processos. São elas: Como a Qualidade Contribui para seu Negócio; Indicadores de Resultado; e Organize seus Processos para Crescer. Receitas para ser mais competitivo Empreendedor motivador: não caia na rotina e esteja sempre disposto a mudanças em seus produtos e serviços, revigorando diariamente o entusiasmo pelo que faz. Motive seus funcionários a vestir a camisa da empresa. Produto ou serviço com qualidade: na visão do cliente, seu produto ou serviço deve se destacar pelo preço, gosto pessoal, disponibilidade, variedade, atendimento, aplicação, praticidade e versatilidade. Valor de seu produto ou serviço: a fórmula clássica preço de venda = custos + lucro não é mais válida. Atualmente, aplica-se lucro = preço de venda - custos. O preço de venda corresponde ao valor que o cliente atribui a ele. Portanto, a única forma de lucrar é olhar atentamente a composição do custo do produto ou serviço, melhorando a produtividade e reduzindo gastos. Informação e divulgação: estude a concorrência, incluindo a maneira como os produtos e serviços são divulgados e apresentados ao mercado. Estruture-se para divulgar e apresentar seus produtos e serviços de forma que tanto seus clientes novos como os atuais conheçam seus pontos fortes. Conheça seus clientes: para satisfazer o cliente, é preciso conhecê-lo. Identifique as preferências, os hábitos e as necessidades, esforce-se para estabelecer um relacionamento mais firme e deixe claro seu compromisso de atendê-lo cada vez melhor.

negócios Jornal de campinas e região

negócios Jornal de campinas e região Jornal de negócios campinas e região Ano XX # 248 novembro de 2014 www.sebraesp.com.br 0800-570-0800 radio.sebraesp.com.br facebook.com/sebraesp youtube.com/sebraesaopaulo twitter.com/sebraesp Tiragem

Leia mais

negócios Jornal de são joão da boa vista e região

negócios Jornal de são joão da boa vista e região Jornal de negócios são joão da boa vista e região Ano XX # 248 novembro de 2014 www.sebraesp.com.br 0800-570-0800 radio.sebraesp.com.br facebook.com/sebraesp youtube.com/sebraesaopaulo twitter.com/sebraesp

Leia mais

negócios Jornal de são josé do rio preto e região

negócios Jornal de são josé do rio preto e região Jornal de negócios são josé do rio preto e região Ano XX # 248 novembro de 2014 www.sebraesp.com.br 0800-570-0800 radio.sebraesp.com.br facebook.com/sebraesp youtube.com/sebraesaopaulo twitter.com/sebraesp

Leia mais

negócios Varejo de olho no Natal Jornal de guaratinguetá e região

negócios Varejo de olho no Natal Jornal de guaratinguetá e região Jornal de negócios guaratinguetá e região Ano XX # 248 novembro de 2014 www.sebraesp.com.br 0800-570-0800 radio.sebraesp.com.br facebook.com/sebraesp youtube.com/sebraesaopaulo twitter.com/sebraesp Tiragem

Leia mais

SEBRAE - SP apresenta :

SEBRAE - SP apresenta : SEBRAE - SP apresenta : 2015 O SEBRAE-SP O Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) - em SP, tem a missão de promover a competitividade e o desenvolvimento sustentável dos empreendimentos

Leia mais

A Feira do Empreendedor 2014 em São Paulo faz parte de um circuito de feiras que será realizado em vários estados da federação.

A Feira do Empreendedor 2014 em São Paulo faz parte de um circuito de feiras que será realizado em vários estados da federação. 1 A Feira do Empreendedor é um evento de sucesso promovido pelo SEBRAE-SP, com o objetivo de oferecer informação, conhecimento e oportunidade para empresários e futuros empreendedores. A Feira do Empreendedor

Leia mais

Perfil das mulheres empreendedoras

Perfil das mulheres empreendedoras Perfil das mulheres empreendedoras Estado de São Paulo Março/ 2013 Objetivos Conhecer quantas são as mulheres empreendedoras no estado de São Paulo; Conhecer o perfil das mulheres empreendedoras quanto

Leia mais

Dados sobre a Feira do Empreendedor 2015

Dados sobre a Feira do Empreendedor 2015 Dados sobre a Feira do Empreendedor 2015 1 Feira do Empreendedor 2015 O sucesso é grande. Há pessoas que demostram o interesse em adquirir até 10 máquinas de uma só vez. Alexandre Ronconi, diretor da Hot

Leia mais

Apuração do lucro líquido no comércio Edição de bolso

Apuração do lucro líquido no comércio Edição de bolso 01 Apuração do lucro líquido no comércio Edição de bolso A série SAIBA MAIS esclarece as dúvidas mais frequentes dos empresários atendidos pelo SEBRAE-SP nas seguintes áreas: Organização Empresarial Finanças

Leia mais

EI, VOCÊ AÍ! Passo a passo para as declarações de renda do MEI - Microempreendedor Individual 2014

EI, VOCÊ AÍ! Passo a passo para as declarações de renda do MEI - Microempreendedor Individual 2014 EI, VOCÊ AÍ! Regularize a situação da sua empresa com as dicas do Sebrae-SP e aproveite todos os benefícios da formalização. Passo a passo para as declarações de renda do MEI - Microempreendedor Individual

Leia mais

Sede Sebrae Nacional

Sede Sebrae Nacional Sede Sebrae Nacional Somos o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresa, uma entidade privada sem fins lucrativos, e a nossa missão é promover a competitividade e o desenvolvimento sustentável

Leia mais

INSTRUMENTOS DE DESENVOLVIMENTO DAS MPEs OFERTADOS PELO SEBRAE. Palestra para o Conselho Regional de Administração

INSTRUMENTOS DE DESENVOLVIMENTO DAS MPEs OFERTADOS PELO SEBRAE. Palestra para o Conselho Regional de Administração INSTRUMENTOS DE DESENVOLVIMENTO DAS MPEs OFERTADOS PELO SEBRAE Palestra para o Conselho Regional de Administração 1 O QUE É O SEBRAE? 2 O Sebrae O Serviço de Apoio às Micros e Pequenas Empresas da Bahia

Leia mais

A Feira do Empreendedor 2014em São Paulo faz parte de um circuito de feiras que será realizado em vários estados da federação.

A Feira do Empreendedor 2014em São Paulo faz parte de um circuito de feiras que será realizado em vários estados da federação. 1 A Feira do Empreendedor é um evento de sucesso promovido pelo SEBRAE-SP, com o objetivo de oferecer informação, conhecimento e oportunidade para empresários e futuros empreendedores. A Feira do Empreendedor

Leia mais

Crédito mais barato. Jornal da. Seus negócios na internet. Novidades na lavanderia

Crédito mais barato. Jornal da. Seus negócios na internet. Novidades na lavanderia Jornal da Ano 2014 4 a Edição Terça-feira, 25 de fevereiro www.sebraesp.com.br 0800 570 0800 facebook.com/sebraesp youtube.com/sebraesaopaulo twitter.com/sebraesp Crédito mais barato O Banco do Povo Paulista

Leia mais

EI, VOCÊ AÍ! Passo a passo para as declarações de renda do MEI - Microempreendedor Individual 2015

EI, VOCÊ AÍ! Passo a passo para as declarações de renda do MEI - Microempreendedor Individual 2015 EI, VOCÊ AÍ! Regularize a situação da sua empresa com as dicas do Sebrae-SP e aproveite todos os benefícios da formalização. Passo a passo para as declarações de renda do MEI - Microempreendedor Individual

Leia mais

PERGUNTAS MAIS FREQÜENTES CREDENCIAMENTO NO SEBRAE-SP:

PERGUNTAS MAIS FREQÜENTES CREDENCIAMENTO NO SEBRAE-SP: PERGUNTAS MAIS FREQÜENTES CREDENCIAMENTO NO SEBRAE-SP: A oportunidade de se tornar um facilitador de aprendizagem e/ou consultor para o sucesso das micro e pequenas empresas APRESENTAÇÃO Esta cartilha

Leia mais

Análise do perfil dos empreendedores. Novembro/2013

Análise do perfil dos empreendedores. Novembro/2013 Análise do perfil dos empreendedores Novembro/2013 2 SUMÁRIO Como chegamos nos números? O Estado de São Paulo e as deficiências Perfil do empreendedores com deficiência Como é no meu Escritório Regional

Leia mais

A MODA É DEIXAR A SUA LOJA MAIS ATRATIVA! Programação maio junho 2015

A MODA É DEIXAR A SUA LOJA MAIS ATRATIVA! Programação maio junho 2015 A MODA É DEIXAR A SUA LOJA MAIS ATRATIVA! Programação maio junho 2015 Marketing Oficina Na Medida: como criar uma página empresarial no facebook 19/05 (terça), das 09h30 às 12h30 Valor: R$ 70,00 Oficina

Leia mais

RELATÓRIO DE VIAGEM INTERNACIONAL

RELATÓRIO DE VIAGEM INTERNACIONAL SERVIÇO DE APOIO AS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS DE MINAS GERAIS RELATÓRIO DE VIAGEM INTERNACIONAL NRF 2013 BIG SHOW NOVA YORK - USA Montes Claros, fevereiro 2013 SERVIÇO DE APOIO AS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS

Leia mais

EI, você aí! Passo a passo para as declarações de renda do Empreendedor Individual

EI, você aí! Passo a passo para as declarações de renda do Empreendedor Individual EI, você aí! Passo a passo para as declarações de renda do Empreendedor Individual SEBRAE-SP Conselho Deliberativo Presidente: Alencar Burti (ACSP) ACSP Associação Comercial de São Paulo ANPEI Associação

Leia mais

Guia definitivo de ferramentas de Planejamento para Micro Empreendedores Individuais

Guia definitivo de ferramentas de Planejamento para Micro Empreendedores Individuais Guia definitivo de ferramentas de Planejamento para Micro Empreendedores Individuais Introdução O Brasil já tem 4,7 milhões de microempreendedores individuais, segundo dados de janeiro de 2015 da Receita

Leia mais

EI, VOCÊ AÍ! Tributos, taxas e contribuições de responsabilidade do MEI - Microempreendedor Individual

EI, VOCÊ AÍ! Tributos, taxas e contribuições de responsabilidade do MEI - Microempreendedor Individual EI, VOCÊ AÍ! Regularize a situação da sua empresa com as dicas do Sebrae-SP e aproveite todos os benefícios da formalização. Tributos, taxas e contribuições de responsabilidade do MEI - Microempreendedor

Leia mais

Vis o Geral. Edição o de de bolso

Vis o Geral. Edição o de de bolso Atendimento Gestão de Estoques ao Clinte Vis o Geral Edição o de de bolso 01 SEBRAE SP Conselho Deliberativo Presidente Alencar Burti (ACSP) ACSP Associação Comercial de São Paulo ANPEI Associação Nacional

Leia mais

CONHEÇA A NOSSA EMPRESA >>

CONHEÇA A NOSSA EMPRESA >> CONHEÇA A NOSSA EMPRESA >> Para se candidatar a Vaga de Promotor(a) iremos dividir por etapas a apresentação e o treinamento: Primeira Etapa: 1. Apresentação da Empresa e seus Canais de Vendas 2. Apresentação

Leia mais

Bleez Agência Digital... 3. Quem sou eu... 4. Introdução... 5. Quanto o ecommerce cresceu no Brasil... 7. Quem está comprando no ecommerce...

Bleez Agência Digital... 3. Quem sou eu... 4. Introdução... 5. Quanto o ecommerce cresceu no Brasil... 7. Quem está comprando no ecommerce... Sumário Bleez Agência Digital... 3 Quem sou eu... 4 Introdução... 5 Quanto o ecommerce cresceu no Brasil... 7 Quem está comprando no ecommerce... 10 Por que os brasileiros estão comprando mais... 12 O

Leia mais

SOLUÇÕES TECNOLÓGICAS SEBRAE-SP

SOLUÇÕES TECNOLÓGICAS SEBRAE-SP SOLUÇÕES TECNOLÓGICAS SEBRAE-SP SOLUÇÕES TECNOLÓGICAS SEBRAE-SP O SEBRAE SP desenvolveu um Programa de Soluções Tecnológicas, cujo objetivo é de aumentar a competitividades e sustentabilidade dos Pequenos

Leia mais

EDITAL PARA EXPOSIÇÃO DE OPORTUNIDADES NA FEIRA DO EMPREENDEDOR DO RIO DE JANEIRO Edição 2015 I DA CONVOCAÇÃO

EDITAL PARA EXPOSIÇÃO DE OPORTUNIDADES NA FEIRA DO EMPREENDEDOR DO RIO DE JANEIRO Edição 2015 I DA CONVOCAÇÃO I DA CONVOCAÇÃO SERVIÇO DE APOIO ÀS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS NO ESTADO Sebrae/RJ, entidade associativa de direito privado, sem fins econômicos, torna público que promoverá seleção de expositores para

Leia mais

Shopping das Franquias lança unidades móveis das marcas Click Sushi e Tostare Café. E mais: O Boticário dobra faturamento em três anos

Shopping das Franquias lança unidades móveis das marcas Click Sushi e Tostare Café. E mais: O Boticário dobra faturamento em três anos FRANQUIA.COM: Novo jeito de fazer franquia Portal InvestNE - - COLUNAS - 23/03/2012-11:02:00 Hugo Renan Nascimento Shopping das Franquias lança unidades móveis das marcas Click Sushi e Tostare Café. E

Leia mais

APURAÇÃO DO LUCRO LÍQUIDO NO COMÉRCIO

APURAÇÃO DO LUCRO LÍQUIDO NO COMÉRCIO 04 APURAÇÃO DO LUCRO LÍQUIDO NO COMÉRCIO A série SAIBA MAIS esclarece as dúvidas mais frequentes dos empresários atendidos pelo SEBRAE nas mais diversas áreas: organização empresarial, finanças, marketing,

Leia mais

Sua empresa mais competitiva! Projeto de Patrocínio EXPEN 2014

Sua empresa mais competitiva! Projeto de Patrocínio EXPEN 2014 Sua empresa mais competitiva! Projeto de Patrocínio EXPEN 2014 1ª FEIRA DO SUL DO BRASIL COM SOLUÇÕES COMPLETAS DE GESTÃO, SERVIÇOS E TECNOLOGIA PARA A SUA EMPRESA Na EXPEN 2014, você encontrará tecnologia,

Leia mais

Guia Definitivo de Ferramentas para Micro Empreendedores Individuais

Guia Definitivo de Ferramentas para Micro Empreendedores Individuais Guia Definitivo de Ferramentas para Micro Empreendedores Individuais Introdução O Brasil já tem 4,7 milhões de microempreendedores individuais, segundo dados de janeiro de 2015 da Receita Federal. O incentivo

Leia mais

COMO A GIR NA CRI $E 1

COMO A GIR NA CRI $E 1 1 COMO AGIR NA CRI$E COMO AGIR NA CRISE A turbulência econômica mundial provocada pela crise bancária nos Estados Unidos e Europa atingirá todos os países do mundo, com diferentes níveis de intensidade.

Leia mais

Controles financeiros Edição de bolso

Controles financeiros Edição de bolso 03 Controles financeiros Edição de bolso A série SAIBA MAIS esclarece as dúvidas mais frequentes dos empresários atendidos pelo SEBRAE-SP nas seguintes áreas: Organização Empresarial Finanças Marketing

Leia mais

7 Passos Para a Criação de Uma Boa Loja Virtual. Índice

7 Passos Para a Criação de Uma Boa Loja Virtual. Índice 2 Índice Introdução... 3 Passo 1 Entender o que é Venda Online e E-commerce... 4 Passo 2 Entender o Mercado de Comércio Eletrônico... 5 Passo 3 Canais de Venda... 6 Passo 4 Como identificar uma Boa Plataforma

Leia mais

Com bom planejamento, empresário começa negócio sem dinheiro próprio.

Com bom planejamento, empresário começa negócio sem dinheiro próprio. Com bom planejamento, empresário começa negócio sem dinheiro próprio. Plano de negócios estruturado ajuda na hora de conseguir financiamento. Veja dicas de especialistas e saiba itens que precisam constar

Leia mais

A confluência dos vídeos e a Internet

A confluência dos vídeos e a Internet WHITEPAPER A confluência dos vídeos e a Internet Por que sua empresa deveria investir em vídeos em 2013 e como a Construção Civil pode utilizar os vídeos como diferencial competitivo. 1 Saiba como os vídeos

Leia mais

Ministro apresenta programa Bem Mais Simples Brasil para deputados de comissão que discute novo Código Comercial

Ministro apresenta programa Bem Mais Simples Brasil para deputados de comissão que discute novo Código Comercial Ministro apresenta programa Bem Mais Simples Brasil para deputados de comissão que discute novo Código Comercial O ministro da Secretaria da Micro e Pequena Empresa (SMPE), Guilherme Afif Domingos, apresentou

Leia mais

A FEIRA VERÃO. Brasileiro 26-29 JUNHO. 48ª Feira Internacional da Moda em Calçados e Acessórios. Domingo a Quarta ANHEMBI SP

A FEIRA VERÃO. Brasileiro 26-29 JUNHO. 48ª Feira Internacional da Moda em Calçados e Acessórios. Domingo a Quarta ANHEMBI SP A FEIRA VERÃO do Brasileiro 48ª Feira Internacional da Moda em Calçados e Acessórios 26-29 JUNHO Domingo a Quarta ANHEMBI SP Todo setor se encontra na Feira que é REFERÊNCIA nacional e internacional da

Leia mais

5 dicas para fazer o planejamento de vendas da sua empresa

5 dicas para fazer o planejamento de vendas da sua empresa Publicação gratuita. Não pode ser vendida. Planejamento 01 5 dicas para fazer o planejamento de vendas da sua empresa Sebrae-SP Conselho Deliberativo Presidente: Alencar Burti (ACSP) ACSP Associação Comercial

Leia mais

O primeiro guia online de anúncios de Guarulhos a se tornar franquia nacional

O primeiro guia online de anúncios de Guarulhos a se tornar franquia nacional O primeiro guia online de anúncios de Guarulhos a se tornar franquia nacional O guia online Vitrine de Guarulhos é um dos produtos do Grupo Vitrine X3, lançado no dia 11/11/11 com o objetivo de promover

Leia mais

Plano de negócio. Conceitos, Importância e estrutura Aula 6

Plano de negócio. Conceitos, Importância e estrutura Aula 6 Plano de negócio Conceitos, Importância e estrutura Aula 6 Estrutura do plano de negócio Capa Sumário 1. Sumário executivo 2. Analise estratégica 3. Descrição da empresa 4. Produtos e serviços 5. Plano

Leia mais

ARRANJO PRODUTIVO LOCAL DO SETOR METAL MECÂNICO DO GRANDE ABC

ARRANJO PRODUTIVO LOCAL DO SETOR METAL MECÂNICO DO GRANDE ABC ARRANJO PRODUTIVO LOCAL DO SETOR METAL MECÂNICO DO GRANDE ABC TERMO DE REFERÊNCIA Nº 002/2009 SERVIÇOS DE CONSULTORIA DE COORDENAÇÃO DO PROJETO Contatos Luiz Augusto Gonçalves de Almeida (Relações Institucionais)

Leia mais

EI, você aí! Conheça os tributos, taxas e contribuições de responsabilidade do Empreendedor Individual

EI, você aí! Conheça os tributos, taxas e contribuições de responsabilidade do Empreendedor Individual EI, você aí! Conheça os tributos, taxas e contribuições de responsabilidade do Empreendedor Individual SEBRAE-SP Conselho Deliberativo Presidente: Alencar Burti (ACSP) ACSP Associação Comercial de São

Leia mais

O BNDES Mais Perto de Você. julho de 2009

O BNDES Mais Perto de Você. julho de 2009 O BNDES Mais Perto de Você julho de 2009 Quem somos Fundado em 20 de junho de 1952; Empresa pública de propriedade integral da União Federal; Principal fonte de crédito de longo prazo; Subsidiárias BNDESPar

Leia mais

Rentabilidade em Food Service

Rentabilidade em Food Service Rentabilidade 6 passos para tornar sua franquia mais lucrativa Seja bem-vindo ao e-book da Linx. Aqui estão reunidos os principais caminhos para o aumento da rentabilidade em operações de fast food. São

Leia mais

Estratégias para aumentar a rentabilidade. Indicadores importantes. Controle a produção. Reduza filas. Trabalhe com promoções.

Estratégias para aumentar a rentabilidade. Indicadores importantes. Controle a produção. Reduza filas. Trabalhe com promoções. Uma publicação: Estratégias para aumentar a rentabilidade 04 Indicadores importantes 06 Controle a produção 08 Reduza filas 09 Trabalhe com promoções 10 Conclusões 11 Introdução Dinheiro em caixa. Em qualquer

Leia mais

Prefeito Empreendedor. Guia de Recomendações Preliminares para o Fomento do Empreendedorismo nos Municípios

Prefeito Empreendedor. Guia de Recomendações Preliminares para o Fomento do Empreendedorismo nos Municípios Prefeito Empreendedor Guia de Recomendações Preliminares para o Fomento do Empreendedorismo nos Municípios Março/2012 Expediente Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior MDIC Fernando

Leia mais

BNDES Turismo. BNDES Turismo. Foz do Iguaçu 18 de Junho 2011

BNDES Turismo. BNDES Turismo. Foz do Iguaçu 18 de Junho 2011 BNDES Turismo BNDES Turismo Foz do Iguaçu 18 de Junho 2011 Agenda Informações Institucionais Apoio ao Turismo Apoio do BNDES às Micro, Pequenas e Médias Empresas - Projetos de Investimento; - Aquisição

Leia mais

Circular de Oferta 5102/ sto Ago

Circular de Oferta 5102/ sto Ago Circular de Oferta Agosto / 2015 Índice Introdução 03 Quem Somos 04 Como funciona o negócio 05 Vantagens de ser constituir uma agência 06 Produtos e serviços 07 Ferramentas de apoio 08 Atividades desempenhadas

Leia mais

Sobre as Franquias Honing Brasil A Honing Brasil é a marca de roupa masculina inspirada no Hóquei no Gelo canadense. A paixão dos canadenses por este esporte e a garra de seus praticantes inspiram a Honing,

Leia mais

EVENTO COM OPORTUNIDADES DE NEGÓCIOS DIRECIONADAS PARA EMPREENDEDORES

EVENTO COM OPORTUNIDADES DE NEGÓCIOS DIRECIONADAS PARA EMPREENDEDORES EVENTO COM OPORTUNIDADES DE NEGÓCIOS DIRECIONADAS PARA EMPREENDEDORES A Feira do Empreendedor é promovida pelo Sebrae desde 1992 em todos os estados do país. É considerado o maior evento presencial de

Leia mais

Gestão. Práticas. Editorial. Geovanne. Acesse online: 01. Indicador de motivo de não venda 02. DRE (demonstração dos resultados do exercício) 03 e 04

Gestão. Práticas. Editorial. Geovanne. Acesse online: 01. Indicador de motivo de não venda 02. DRE (demonstração dos resultados do exercício) 03 e 04 Práticas de Gestão Editorial Geovanne. 02 01. Indicador de motivo de não venda 02. DRE (demonstração dos resultados do exercício) Como faço isso? Acesse online: 03 e 04 www. No inicio da década de 90 os

Leia mais

TRABALHOS TÉCNICOS Divisão Jurídica. LEI GERAL DAS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS CARTILHA EM PERGUNTAS E RESPOSTAS PARTE III Orlando Spinetti Advogado

TRABALHOS TÉCNICOS Divisão Jurídica. LEI GERAL DAS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS CARTILHA EM PERGUNTAS E RESPOSTAS PARTE III Orlando Spinetti Advogado TRABALHOS TÉCNICOS Divisão Jurídica LEI GERAL DAS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS CARTILHA EM PERGUNTAS E RESPOSTAS PARTE III Orlando Spinetti Advogado O escopo deste Trabalho Técnico é trazer, de forma didática,

Leia mais

MASTER HOUSE FRANCHISING Apresentação e Estratégia

MASTER HOUSE FRANCHISING Apresentação e Estratégia MASTER HOUSE FRANCHISING Apresentação e Estratégia Master House Franquia de Sucesso ocumento protegido pelos termos da lei. ualquer replicação deste material não é autorizada. Especial 10.A/2015 Parabéns

Leia mais

CESTEC- CENTRO DE SERVIÇOS EM TECNOLOGIA E INOVAÇÃO DO GRANDE ABC

CESTEC- CENTRO DE SERVIÇOS EM TECNOLOGIA E INOVAÇÃO DO GRANDE ABC CESTEC- CENTRO DE SERVIÇOS EM TECNOLOGIA E INOVAÇÃO DO GRANDE ABC TERMO DE REFERÊNCIA Nº 013/2010 PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE SERVIÇOS DE CONSULTORIA PARA GESTÃO COMERCIAL E VENDAS Contatos Luiz Augusto Gonçalves

Leia mais

Contrato de arrendamento rural. Edição de bolso

Contrato de arrendamento rural. Edição de bolso 04 Contrato de arrendamento rural Edição de bolso A série SAIBA MAIS esclarece as dúvidas mais frequentes dos empresários atendidos pelo SEBRAE-SP nas seguintes áreas: Organização Empresarial Finanças

Leia mais

Fundação Seade. www.seade.gov.br

Fundação Seade. www.seade.gov.br Janeiro de 0 N o 3 PIB municipal: dos 30 maiores municípios do país, localizam-se no Estado de São Paulo Região Metropolitana de São Paulo concentra a metade do PIB do Estado, e a capital paulista responde,

Leia mais

FACULDADE PITÁGORAS DISCIPLINA: SISTEMAS DE INFORMAÇÃO

FACULDADE PITÁGORAS DISCIPLINA: SISTEMAS DE INFORMAÇÃO FACULDADE PITÁGORAS DISCIPLINA: SISTEMAS DE INFORMAÇÃO Prof. Ms. Carlos José Giudice dos Santos carlos@oficinadapesquisa.com.br www.oficinadapesquisa.com.br Usando o SI como vantagem competitiva Vimos

Leia mais

Como funcionam as micro e pequenas empresas

Como funcionam as micro e pequenas empresas Como funcionam as micro e pequenas empresas Introdução Elas são 99,2% das empresas brasileiras. Empregam cerca de 60% das pessoas economicamente ativas do País, mas respondem por apenas 20% do Produto

Leia mais

Como participar pequenos negócios Os parceiros O consumidor

Como participar pequenos negócios Os parceiros O consumidor Movimento incentiva a escolha pelos pequenos negócios na hora da compra A iniciativa visa conscientizar o consumidor que comprar dos pequenos é um ato de cidadania que contribui para gerar mais empregos,

Leia mais

quarta-feira, 8 de outubro de 14

quarta-feira, 8 de outubro de 14 Internet 2G no Brasil Mais usada que 3G... Em julho, o 2G era usado em 48,5% dos celulares, nº menor que o registrado em janeiro (57,8%) 3G passou de 35,9% em janeiro para 44,3% em julho Tecnologia 4G

Leia mais

Apresentação. - Palestrante Quem é? - Sebrae O que é? - Atendimento à Indústria? - Carteira de Alimentos? Sorvetes?

Apresentação. - Palestrante Quem é? - Sebrae O que é? - Atendimento à Indústria? - Carteira de Alimentos? Sorvetes? Apresentação - Palestrante Quem é? - Sebrae O que é? - Atendimento à Indústria? - Carteira de Alimentos? Sorvetes? 2 Importância dos Pequenos Negócios 52% dos empregos formais 40% da massa salarial 62%

Leia mais

O MARKETING COLETIVO COMO FORÇA COMPETITIVA

O MARKETING COLETIVO COMO FORÇA COMPETITIVA VAREJO Julho - 2012 O MARKETING COLETIVO COMO FORÇA COMPETITIVA Fonte imagem: Disponível em:< http://4.bp.blogspot.com/_caqa6tpillu/tjevn_ah_ei/ AAAAAAAAAAM/3dTp5VPhJ9E/s1600/69589_Papel-de-Parede-Todos-juntos_1280x800.

Leia mais

CAFÉ COM CRÉDITO. Santo André - SP. 06 de outubro de 2009

CAFÉ COM CRÉDITO. Santo André - SP. 06 de outubro de 2009 CAFÉ COM CRÉDITO Santo André - SP 06 de outubro de 2009 Missão Banco do DESENVOLVIMENTO Competitividade e sustentabilidade Redução das desigualdades sociais e regionais Áreas de atuação Inovação Bens de

Leia mais

ANO 2015. Atenção: Procedimentos para o envio do seu projeto ao SEBRAE:

ANO 2015. Atenção: Procedimentos para o envio do seu projeto ao SEBRAE: Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas Pág. 1 de 10 ANO 2015 Atenção: Procedimentos para o envio do seu projeto ao SEBRAE: 1. A solicitação de patrocinio ao SEBRAE deve ser realizada

Leia mais

TRABALHOS TÉCNICOS Divisão Econômica O NOVO FÓRUM PERMANENTE DAS MPES E A SECRETARIA DA MICRO E PEQUENA EMPRESA (SMPE)

TRABALHOS TÉCNICOS Divisão Econômica O NOVO FÓRUM PERMANENTE DAS MPES E A SECRETARIA DA MICRO E PEQUENA EMPRESA (SMPE) TRABALHOS TÉCNICOS Divisão Econômica O NOVO FÓRUM PERMANENTE DAS MPES E A SECRETARIA DA MICRO E PEQUENA EMPRESA (SMPE) Antonio Everton Junior Economista Nos dias 10, 11 e 12 de fevereiro, na CNC/DF, os

Leia mais

11º Encontro Técnico de Alto Nível: Compostagem

11º Encontro Técnico de Alto Nível: Compostagem 11º Encontro Técnico de Alto Nível: Compostagem São Paulo / SP 02 de outubro de 2015 Mercado Brasileiro de Fertilizantes Situação atual do mercado nacional de fertilizantes minerais: altamente dependente

Leia mais

Importância da Lei Geral e do Simples Nacional para o Desenvolvimento. SEBRAE. Curitiba, 24 de janeiro de 2012. 0800 570 0800 / www.sebrae.com.

Importância da Lei Geral e do Simples Nacional para o Desenvolvimento. SEBRAE. Curitiba, 24 de janeiro de 2012. 0800 570 0800 / www.sebrae.com. Importância da Lei Geral e do Simples Nacional para o Desenvolvimento. Curitiba, 24 de janeiro de 2012 REPRESENTATIVIDADE DOS PEQUENOS NEGÓCIOS NO BRASIL 7 milhões de negócios formais (99%) e 10 milhões

Leia mais

Informações Gerais. 34 parceiros de mídia e publicidade. 220 expositores. + de 500 marcas. + de 20 mil m 2. 35 mil visitantes

Informações Gerais. 34 parceiros de mídia e publicidade. 220 expositores. + de 500 marcas. + de 20 mil m 2. 35 mil visitantes O Evento A PHOTOIMAGE BRASIL, maior feira de imagem da América Latina, reuniu mais de 35 mil participantes ligados ao segmento e provou nesta sua 22ª edição que soube se adaptar às rápidas mudanças do

Leia mais

Solicitando o Cartão BNDES

Solicitando o Cartão BNDES Solicitando o Cartão BNDES Atualizado em 30/06/2014 Pág.: 1/12 Introdução Este manual destina-se a orientar as micro, pequenas e médias empresas (MPMEs) na solicitação do Cartão BNDES no site do Cartão

Leia mais

FORUM DO IMPACTO DA CRISE NA MICRO, PEQUENA E MÉDIA INDÚSTRIA

FORUM DO IMPACTO DA CRISE NA MICRO, PEQUENA E MÉDIA INDÚSTRIA FORUM DO IMPACTO DA CRISE NA MICRO, PEQUENA E MÉDIA INDÚSTRIA LINHAS DE FINANCIAMENTO E ACESSO AO CRÉDITO PARA MICRO, PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS SÃO PAULO 13 / 4 / 09 ACESSO AO CRÉDITO PARA AS MICROS E

Leia mais

7 dicas rápidas de marketing digital para você sair na frente! MARKETING DIGITAL

7 dicas rápidas de marketing digital para você sair na frente! MARKETING DIGITAL DICAS PARA DIVULGAR SUA EMPRESA E AUMENTAR AS VENDAS NO FIM DE ANO 7 dicas rápidas de marketing digital para você sair na frente! MARKETING DIGITAL Sumário Apresentação Capítulo 1 - Crie conteúdo de alta

Leia mais

Propostas de Políticas OS PEQUENOS NEGÓCIOS COMO FORÇA INDUTORA PARA O DESENVOLVIMENTO LOCAL

Propostas de Políticas OS PEQUENOS NEGÓCIOS COMO FORÇA INDUTORA PARA O DESENVOLVIMENTO LOCAL Propostas de Políticas OS PEQUENOS NEGÓCIOS COMO FORÇA INDUTORA PARA O DESENVOLVIMENTO LOCAL CANDIDATOS A PREFEITOS E PREFEITAS MUNICIPAIS Pleito Eleitoral 2012 PROPOSTAS DE POLÍTICAS PÚBLICAS PARA A PROMOÇÃO

Leia mais

EXPECTATIVAS, GESTÃO E AÇÕES DOS EMPRESÁRIOS DO COMÉRCIO VAREJISTA PARA O NATAL DE 2013 MACAPÁ - 2013

EXPECTATIVAS, GESTÃO E AÇÕES DOS EMPRESÁRIOS DO COMÉRCIO VAREJISTA PARA O NATAL DE 2013 MACAPÁ - 2013 EXPECTATIVAS, GESTÃO E AÇÕES DOS EMPRESÁRIOS DO COMÉRCIO VAREJISTA PARA O NATAL DE 2013 MACAPÁ - 2013 SUMÁRIO 1 INTRODUÇÃO... 3 2 POPULAÇÃO... 3 4 COLETA DE DADOS... 3 5 RESULTADOS... 4 Ilustração 1 -

Leia mais

Segunda-feira, 22 de abril de 2013

Segunda-feira, 22 de abril de 2013 Segunda-feira, 22 de abril de 2013 22/04/2013 07h00 - Atualizado em 22/04/2013 07h00 Empresários dão dicas de como empreender após a aposentadoria Professora aposentada montou empresa de reforma de calçadas.

Leia mais

Uma fonte inédita de informação

Uma fonte inédita de informação Mensagem do Presidente Uma fonte inédita de informação Este trabalho, patrocinado pelo Sincor-SP, corresponde a uma expectativa do setor quanto aos dados relativos às corretoras de seguros, em um momento

Leia mais

AGENDA SEBRAE OFICINAS CURSOS PALESTRAS JUNHO A DEZEMBRO - 2015 GOIÂNIA. Especialistas em pequenos negócios. / 0800 570 0800 / sebraego.com.

AGENDA SEBRAE OFICINAS CURSOS PALESTRAS JUNHO A DEZEMBRO - 2015 GOIÂNIA. Especialistas em pequenos negócios. / 0800 570 0800 / sebraego.com. AGENDA SEBRAE OFICINAS CURSOS PALESTRAS JUNHO A DEZEMBRO - 2015 GOIÂNIA Especialistas em pequenos negócios. / 0800 570 0800 / sebraego.com.br COM O SEBRAE, O SEU NEGÓCIO VAI! O Sebrae Goiás preparou diversas

Leia mais

O BNDES mais perto de você. abril de 2009

O BNDES mais perto de você. abril de 2009 O BNDES mais perto de você abril de 2009 Quem somos Fundado em 20 de junho de 1952; Empresa pública de propriedade integral da União Federal; Principal fonte de crédito de longo prazo; Apoio ao mercado

Leia mais

PESM PROJETO EU SOU DE MINAS PROPOSTA DE PARCERIA

PESM PROJETO EU SOU DE MINAS PROPOSTA DE PARCERIA PESM PROJETO EU SOU DE MINAS PROPOSTA DE PARCERIA Prestação de Serviço de Configuração de Portal de Cidade VISÃO GERAL PESM Projeto Eu Sou de Minas tem a satisfação de enviar esta proposta de serviços

Leia mais

VENHA FAZER PARTE DA NOSSA EQUIPE DE VENCEDORES! PROPOSTA DISTRIBUIDOR LA POZZI

VENHA FAZER PARTE DA NOSSA EQUIPE DE VENCEDORES! PROPOSTA DISTRIBUIDOR LA POZZI VENHA FAZER PARTE DA NOSSA EQUIPE DE VENCEDORES! PROPOSTA DISTRIBUIDOR LA POZZI INTRODUÇÃO A LaPozzi Professional Cosméticos fornece ao mercado de cosméticos capilar profissional, produtos inovadores,

Leia mais

Tema Nº 3 Primeiros Passos

Tema Nº 3 Primeiros Passos Tema Nº 3 Primeiros Passos Habilidades a Desenvolver: Reconhecer as etapas iniciais do empreendedorismo. Analisar o tipo de negócio, bem como sua viabilidade e demandas de recursos de novos empreendimentos.

Leia mais

EMPREENDEDORISMO. Outubro de 2014

EMPREENDEDORISMO. Outubro de 2014 #5 EMPREENDEDORISMO Outubro de 2014 ÍNDICE 1. Apresentação 2. Definição 3. Empreendedorismo: necessidade ou oportunidade? 4. Características do comportamento empreendedor 5. Cenário brasileiro para o empreendedorismo

Leia mais

DIA DOS PAIS 2015 SERÁ DE COMPRAS À VISTA E PRESENTES COM VALOR MÉDIO DE R$ 100

DIA DOS PAIS 2015 SERÁ DE COMPRAS À VISTA E PRESENTES COM VALOR MÉDIO DE R$ 100 VEÍCULO: TRIBUNA DO NORTE DATA: 24.07.15 EDITORIA: ECONOMIA VEÍCULO: BLOG COMUNICAR DATA: 22.07.15 EDITORIA: ECONOMIA DIA DOS PAIS 2015 SERÁ DE COMPRAS À VISTA E PRESENTES COM VALOR MÉDIO DE R$ 100 22

Leia mais

ENCONTRO NACIONAL DE CAMPISMO

ENCONTRO NACIONAL DE CAMPISMO ENCONTRO NACIONAL DE CAMPISMO MTUR/DEAOT/CGQT Campinas, 20 de março de 2010 ENCONTRO NACIONAL DE CAMPISMO POLÍTICAS DE INCENTIVO AO TURISMO NORMATIZAÇÃO DE CAMPINGS COPA DO MUNDO E OLIMPÍADAS REGISTRO

Leia mais

Boletim informativo editado pela Fundação Procon-SP. crédito fácil

Boletim informativo editado pela Fundação Procon-SP. crédito fácil ano V nº 18 jan/fev/mar/abr-2012 Boletim informativo editado pela Fundação Procon-SP Neste Boletim: afinanceiras que oferecem crédito fácil acaça-palavras acomo limpar o nome na praça Financeiras que oferecem

Leia mais

Tipos de Empresas, Requisitos e Passos para Abertura, Abertura Empresas Virtuais, Tributação.

Tipos de Empresas, Requisitos e Passos para Abertura, Abertura Empresas Virtuais, Tributação. Tipos de Empresas, Requisitos e Passos para Abertura, Abertura Empresas Virtuais, Tributação. 1) Tipos de Empresas Apresenta-se a seguir, as formas jurídicas mais comuns na constituição de uma Micro ou

Leia mais

INFORMAÇÕES ÚTEIS. 1 - Definição

INFORMAÇÕES ÚTEIS. 1 - Definição INFORMAÇÕES ÚTEIS Em pesquisa realizada pelo Banco Mundial o Brasil é um país que pode levar cerca de 5 meses para se legalizar uma empresa, mas o desemprego, a vontade de ter um negócio próprio, está

Leia mais

As MPE s como eixo central de cadeias produtivas

As MPE s como eixo central de cadeias produtivas As MPE s como eixo central de cadeias produtivas Guilherme Lacerda Diretor de Infraestrutura Social, Meio Ambiente, Agropecuária e Inclusão Social Madrid Outubro 2012 MPEs Importância, Desafios e Contribuições

Leia mais

Assine PEGN e receba até 4 meses grátis!

Assine PEGN e receba até 4 meses grátis! Page 1 of 5 Home Notćias Esportes Entretenimento V deos Todososites RSS Mobile Favoritos Twitter Assine PEGN e receba até 4 meses grátis! Abril de 2010 Ampliar capa HOME Agenda Calendário Fiscal Colunistas

Leia mais

Atuação das Instituições GTP- APL. Sebrae. Brasília, 04 de dezembro de 2013

Atuação das Instituições GTP- APL. Sebrae. Brasília, 04 de dezembro de 2013 Atuação das Instituições GTP- APL Sebrae Brasília, 04 de dezembro de 2013 Unidade Central 27 Unidades Estaduais 613 Pontos de Atendimento 6.554 Empregados 9.864 Consultores credenciados 2.000 Parcerias

Leia mais

Fornecedores. Apresentação. www.grupoquantica.com. Nosso desafio é o seu sucesso!

Fornecedores. Apresentação. www.grupoquantica.com. Nosso desafio é o seu sucesso! Fornecedores www.grupoquantica.com Apresentação 2010 A idéia Fundado e idealizado por Cleber Ferreira, Consultor de Marketing e Vendas, autor do livro Desperte o Vendedor Interior com Técnicas de Vendas

Leia mais

COMÉRCIO DE RUA É O PREFERIDO ENTRE OS MORADORES DA GRANDE VITÓRIA

COMÉRCIO DE RUA É O PREFERIDO ENTRE OS MORADORES DA GRANDE VITÓRIA COMÉRCIO DE RUA É O PREFERIDO ENTRE OS MORADORES DA GRANDE VITÓRIA Priscila Zanotti Pizol e Luciana Zamprogne A Futura foi às ruas para saber mais a respeito do setor varejista da Grande Vitória, conhecer

Leia mais

www.icert.com.br / www.gestortotal.com.br

www.icert.com.br / www.gestortotal.com.br Empreendedorismo Pequeno empreendedor: Saiba como começar sua empresa 1. Como financiar um negócio 2. O MEI Microempreendedor Individual 3. Benefícios em formalizar sua empresa 4. Local para se formalizar

Leia mais

COMO TER UMA LOJA DE SUCESSO EM 30 DIAS

COMO TER UMA LOJA DE SUCESSO EM 30 DIAS COMO TER UMA LOJA DE SUCESSO EM 30 DIAS INTRODUÇÃO Quem está montando o próprio negócio no varejo, de vendas diretas aos consumidores, sonha evidentemente em conquistar um acelerado sucesso. O mesmo vale

Leia mais

Reunião de Trabalho da cadeia produtiva de Defesa e Segurança do Grande ABC. São Bernardo do Campo - SP 18 de abril de 2013

Reunião de Trabalho da cadeia produtiva de Defesa e Segurança do Grande ABC. São Bernardo do Campo - SP 18 de abril de 2013 Reunião de Trabalho da cadeia produtiva de Defesa e Segurança do Grande ABC São Bernardo do Campo - SP 18 de abril de 2013 Agenda 1. Informações Institucionais 2. Apoio às Micro, Pequenas e Médias Empresas

Leia mais

Novas vantagens do Supersimples poderão ser aprovadas ainda este ano

Novas vantagens do Supersimples poderão ser aprovadas ainda este ano Novas vantagens do Supersimples poderão ser aprovadas ainda este ano Ainda durante este ano, o Congresso Nacional poderá aprovar novas vantagens para as micro e pequenas empresas optantes do Simples Nacional,

Leia mais

Nós nos responsabilizamos pelo processo de procura, estudo de viabilidade e planejamento do ponto em shopping center

Nós nos responsabilizamos pelo processo de procura, estudo de viabilidade e planejamento do ponto em shopping center Nós nos responsabilizamos pelo processo de procura, estudo de viabilidade e planejamento do ponto em shopping center O GrupoM8 utiliza o formato Norte-americano na administração e comercialização de sua

Leia mais

II Concurso de Artigos de Agentes de Desenvolvimento, 2014

II Concurso de Artigos de Agentes de Desenvolvimento, 2014 II Concurso de Artigos de Agentes de Desenvolvimento, 2014 FORTALECIMENTO DOS PEQUENOS EMPREENDIMENTOS NA CIDADE DE MONTES CLAROS ATRAVÉS DA IMPLEMENTAÇÃO DA LEI GERAL DAS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS E AÇÕES

Leia mais

A EDIÇÃO PAULISTA DA ECONOFARMA ESTÁ DE VOLTA. -feira

A EDIÇÃO PAULISTA DA ECONOFARMA ESTÁ DE VOLTA. -feira A EDIÇÃO PAULISTA DA ECONOFARMA ESTÁ DE VOLTA -feira EM 2014, A ECONOFARMA RETORNA COM UM NOVO OLHAR SOBRE O VAREJO FARMACÊUTICO CENÁRIO ATUAL O varejo nacional projeta otimismo de crescimento para os

Leia mais

O que é comércio eletrônico?

O que é comércio eletrônico? COMÉRCIO ELETRÔNICO O que é comércio eletrônico? O comércio eletrônico ou e-commerce é a compra e venda de mercadorias ou serviços por meio da Internet, onde as chamadas Lojas Virtuais oferecem seus produtos

Leia mais