INFORMATIVO SCS. Ano 9, nº de março de 2015

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "INFORMATIVO SCS. Ano 9, nº 043 09 de março de 2015"

Transcrição

1 INFORMATIVO SCS Ano 9, nº de março de 2015

2 Informativo da Secretaria de Comércio e Serviços SCS Nº 043 Ano 09 Brasília, 09 de março de 2015 Sumário 1. SERVIÇOS - INTERNET... 3 Decolar.com amplia investimento na oferta de serviços de locação de veículos SERVIÇOS - SEGUROS... 4 Seguros de transportes oferecem cobertura adicional em casos de greves SERVIÇOS - TELECOMUNICAÇÕES... 5 Brasil tem 281 milhões de linhas ativas na telefonia móvel SERVIÇOS TRANSPORTE AÉREO... 6 Voos de madrugada podem ser até 50% mais caros, indica pesquisa SERVIÇOS TURISMO... 7 Turismo nacional deve arrecadar R$ 18 bilhões com os feriados de 2015, projeta MT... 7 Turismo no Brasil lucra com dólar alto EMPREGO Presença feminina aumenta no mercado formal de trabalho LOGÍSTICA PORTOS E NAVEGAÇÃO Secretaria de Portos garante aproximadamente R$370 milhões para dragagem CURTAS FEIRAS... 14

3 1. Serviços - Internet Decolar.com amplia investimento na oferta de serviços de locação de veículos 06 de março de 2015 Fonte: E-Commerce A agência de viagens, Decolar.com, vem intensificando os investimentos no segmento de aluguel de automóveis. Buscando estimular a competitividade do setor e, consequentemente, ampliar as opções de locadoras para os usuários, a equipe da empresa desenvolveu uma ferramenta que visa facilitar a integração de novas empresas à plataforma e agilizar o processo de publicação do inventário disponível. Em menos de um ano, 500 novas locadoras do Brasil, da Argentina, do Chile, do México e do Uruguai também passaram a oferecer seus automóveis para os clientes dos 21 países latino-americanos onde a agência atua. Nossa nova ferramenta viabiliza a democratização do setor, possibilitando o ingresso de locadoras de pequeno e médio porte, com frotas de qualidade e preços competitivos. Para as empresas, é a chance de alcançar um número imenso de potenciais clientes, espalhados em 21 países da região. Para os consumidores, a oportunidade de encontrar em um único lugar, um leque amplo de opções e valores. Nessa história, todos ganham: agência, empresas parceiras e consumidores, diz Alípio Camanzano, diretor da Decolar.com. No Brasil, as locadoras que foram integradas recentemente à nova ferramenta da agência já respondem por 20% do total das reservas efetuadas por meio do ou do app Decolar.com para tablets e smartphones. Essas inovações vêm gerando crescimento mensal acima de 300% no canal Carros e queremos mais!, afirma Camanzano, acrescentando que ainda existem muitas outras locadoras nacionais a serem conquistadas. Vale lembrar que esse é um negócio em expansão no Brasil com crescimento anual em faturamento e número de fornecedores como indicam os índices da ABLA Associação Brasileira de Locadoras de Automóveis. Dentro deste cenário, a Decolar.com começa a identificar os primeiros cases entre empresas de menor porte que, agora, incluem seus inventários nas plataformas digitais da agência. Entre as beneficiadas pelo novo sistema está a Foco Aluguel de Carros, que tem sede em Recife e atende outras cidades brasileiras. A visibilidade alcançada em nossos canais gerou em 2014 quase 3 mil reservas de veículos da frota da locadora pernambucana, um número significativo para uma empresa desse porte, revela Fernando Tanaka, gerente de Cross Selling da Decolar.com. 3

4 2. Serviços - Seguros Seguros de transportes oferecem cobertura adicional em casos de greves 07 de março de 2015 Fonte: Revista fator Brasil Contratação garante aos embarcadores a reparação em casos de perdas e danos à carga transportada em eventos do gênero, mas empresas devem ficar atentas aos prazos de término das apólices. A paralisação dos caminhoneiros pode se tornar um grande problema, já que esse tipo de situação afeta a cadeia logística de mercadorias, provocando desabastecimento no País, sobretudo, de combustíveis, gás de cozinha, alimentos perecíveis e medicamentos. Normalmente, alguns ramos de seguros consideram as perdas e danos sofridos por manifestações, greves, tumultos, comoções civis, perturbações de ordem pública e etc., como riscos excluídos das apólices. Porém, o seguro de transportes possibilita a inclusão de cobertura adicional para eventos do gênero. De acordo com Ricardo Guirao, diretor de transportes da consultoria e corretora de seguros Aon, a contratação da referida cobertura garante aos embarcadores a reparação em casos de perdas e danos à carga transportada. Para ter a máxima segurança, o segurado deve sempre gerenciar os prazos de términos de cobertura automática de sua apólice e comunicar com antecedência à seguradora, antes do vencimento, a fim de negociar a extensão da cobertura até o final da viagem, alerta. Segundo o executivo, a cobertura adicional de greves também não garante a prorrogação dos prazos de forma automática aos embarques com destino ao exterior e que ainda não tenham sido entregues ao importador. Enquanto perdurar a greve e a mercadoria não estiver sido entregue ao destinatário final, as empresas devem ficar atentas com a data de vencimento da apólice, argumenta. No caso do seguro de responsabilidade civil dos transportadores, Guirao explica que o mercado segurador não disponibiliza cobertura para perdas e danos à carga transportada provenientes de greves, lock-out, tumultos, motins, arruaças, desordens e quaisquer outras perturbações da ordem pública. 4

5 3. Serviços - Telecomunicações Brasil tem 281 milhões de linhas ativas na telefonia móvel 06 de março de 2015 Fonte: Estadão O Brasil encerrou o mês de janeiro com 281,705 milhões de linhas ativas na telefonia móvel, o que representa 138,34 acessos para cada grupo de cem habitantes. De acordo com a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), em janeiro, os acessos pré-pagos totalizavam 213,40 milhões (75,75% do total) e os pós-pagos 68,30 milhões (24,25%). A mais elevada teledensidade foi registrada no Distrito Federal, com 218,05 celulares para cada cem brasilienses (e um total de 6,277 milhões de linhas). A mais baixa teledensidade, de 96,68 linhas para cada cem habitantes, foi apurada no Maranhão (onde havia 6,643 milhões de linhas ao final de janeiro). O Estado de São Paulo tinha a maior base, de 68,381 milhões de linhas, resultando em uma teledensidade de 154,59 linhas móveis para cada cem habitantes. Na divisão de mercado, a liderança ficou com a Vivo (80,708 milhões de linhas), com 28,65% de participação. A segunda posição foi ocupada pela Tim (75,786 milhões), resultando em fatia de 26,90%. O terceiro lugar ficou com a Claro (71,385 milhões), representando 25,34% do mercado. A quarta posição foi obtida pela Oi (50,657 milhões de linhas móveis), com 17,98% do mercado. 5

6 4. Serviços Transporte Aéreo Voos de madrugada podem ser até 50% mais caros, indica pesquisa 05 de março de 2015 Fonte: IdgNow Levantamento feito pela ViajaNet revela que voos noturnos no Brasil podem não ser opção mais econômica quando comparados com outros turnos Comprar passagens para voos noturnos nem sempre pode ser a garantia de melhor economia, é o que conclui uma pesquisa realizada pela agência virtual ViajaNet. A pesquisa apurou os valores praticados pelo mercado em simulações de compras nesse mês de março e indica que passagens para embarque de madrugada sofre aumento de até 50% comparado com períodos diferentes (manhã, tarde e noite). Na ponte aérea São Paulo com destino ao Rio de Janeiro, por exemplo, há diferença significativa no custo das passagens quando comparado os voos noturnos com os diurnos. Na madrugada, o bilhete aéreo sairia por cerca de R$ 462 para uma viagem com embarque em 7 de março. Um voo na mesma data, porém para os outros períodos custaria aproximadamente R$ 318. Independente do período, o executivo da ViajaNet, Gustavo Mariotto, indica que a melhor solução para economizar é comprar os bilhetes com antecedência, o que pode render ao consumidor uma economia de até 60%. O consumidor precisa saber que os valores das passagens aéreas sofrem alterações constantes. Hoje, o bilhete que custa, por exemplo, em média R$ 540, amanhã pode custa R$ 485 ou R$ 569, essas alterações vão de acordo com as companhias aéreas e as mudanças do setor, alerta Mariotto. 6

7 5. Serviços Turismo Turismo nacional deve arrecadar R$ 18 bilhões com os feriados de 2015, projeta MT 07 de março de 2015 Fonte: Revista Fator Brasil Calendário de viagens deste ano terá seis feriados combinados com finais de semana. As viagens movimentam os meios de hospedagem, o comércio e os demais serviços ligados ao setor. O impacto econômico de seis feriados nacionais para a indústria nacional de viagens e turismo será de R$ 18,66 bilhões, de acordo com projeção do Ministério do Turismo. O levantamento foi feito em parceria com a Fundação Getulio Vargas, e considerou um acréscimo de 20 dias para o calendário nacional de viagens de Juntos, os feriados de 21 de abril (Tiradentes, terça-feira), 1º de maio (Dia do Trabalho, sexta-feira), 4 de junho (Corpus Christi, quinta-feira), 7 de setembro (Independência do Brasil, segunda-feira), 12 de outubro (Dia de Nossa Senhora Aparecida, segunda-feira) e 2 de novembro (Finados, segunda-feira) devem motivar cerca de 10,9 milhões de viagens domésticas extras por todo o país. Foram excluídos do cálculo o Carnaval, a Semana Santa, o Natal e o Réveillon, feriados já incluídos todos os anos no calendário. De acordo com o ministro do Turismo, Vinicius Lages, os feriados dão fôlego extra ao setor. As viagens movimentam os meios de hospedagem, o comércio e os demais serviços ligados ao turismo. No ano passado foram feitas 206 milhões de viagens pelo país, um número recorde, que temos condições de superar, diz o ministro. O feriado que mais deve aquecer a economia do país é o de 12 de outubro, com R$ 3,44 bilhões. Puxado pelos números de São Paulo e do Rio de Janeiro, destinos mais visitados do país, o Sudeste deverá registrar as maiores movimentações financeiras e de viajantes entre as cinco regiões brasileiras. Os destinos paulistas deverão contar com R$ 2,27 bilhões com a realização de 2 milhões de viagens extras para o estado, enquanto a perspectiva de ganhos para o turismo do Rio de Janeiro é de R$ 1,16 bilhão em 883,3 mil viagens. Os destinos turísticos dos nove estados nordestinos absorverão R$ 3,17 milhões das cerca de 10,9 milhões de viagens domésticas adicionais motivadas pelos feriadões. Bahia e Ceará e são os que mais sentirão os efeitos positivos do aumento do número de viagens e de gastos do turista durante os seis feriados. Nos municípios baianos a expectativa de impacto econômico é de R$ 1,2 bilhão em consequência das 830 mil viagens para seus destinos e, nos cearenses, de R$ 841,2 milhões devido a 585,3 mil deslocamentos. Na região Sul, a maior movimentação de dinheiro (R$ 1,9 bilhão) e de pessoas (691 mil viagens) ocorre no Rio Grande do Sul. Para Santa Catarina a projeção é de 670,5 mil viagens e R$ 1 bilhão de gastos de turistas brasileiros, enquanto o Paraná deverá absorver 606,6 mil viagens com faturar R$ 824 milhões extras com o calendário de Na região Norte serão 819 mil viajantes e um impacto de R$ 988 milhões; e na região Centro-Oeste um milhão de viagens devem gerar um impacto de R$ 1,17 bilhão. 7

8 Turismo no Brasil lucra com dólar alto 06 de março de 2015 Fonte: O Dia Momento gera oportunidade de crescimento do setor no país Com o dólar batendo a marca de R$ 3 ontem, as viagens internacionais ficaram 13% mais caras nos primeiros dois meses do ano. A expectativa de que o preço suba ainda mais deixou inconformados muitos brasileiros que pretendiam viajar para o exterior. Mas para os empresários do setor no Brasil, a valorização da moeda norteamericana é vantajosa, pois aumenta a procura pelos destinos nacionais. Um pacote de sete dias em Natal (RN), com aéreo e hotel, por exemplo, sai por R$ 399 por pessoa pelo Hotel Urbano. Já na CVC é possível encontrar pacotes com três noites para Fortaleza (CE), também com passagem aérea e hospedagem, com valores a partir de R$760 por pessoa. As ofertas são válidas para a baixa temporada. Diretor comercial do site Hotel Urbano, Antônio Gomes percebeu um aumento significativo no preço das viagens internacionais e, consequentemente, uma redução na procura por pacotes no exterior. As pessoas não deixaram de viajar, mas estão mudando seus destinos e optando por viagens nacionais. Para a economia brasileira, é até melhor, pois o dinheiro fica no país, avalia. Para o diretor do Departamento de Estudos e Pesquisas do Ministério do Turismo, José Francisco Salles Lopes, a moeda norte-americana mais cara vai consolidar a posição de destaque do turismo brasileiro. Viagens domésticas já são responsáveis por 85% a 90% da economia do turismo, mas evidentemente que a alta do dólar terá algum reflexo no setor, afirma o executivo. As regiões que mais vão se beneficiar são o Nordeste, em função da temperatura alta o ano todo, e o Sudeste. Mas a situação abre espaço para que outras localidades sejam exploradas. Segundo José Francisco Salles, quem mais viaja são cariocas, paulistas e mineiros, que correspondem a 60% do turismo brasileiro. É preciso incentivar os outros a viajar também, diz o diretor. Ainda de acordo com ele, as agências de turismo devem trabalhar no sentido de ter preços razoáveis e prazos de pagamento acessíveis. A capacitação dos profissionais vem sendo feita de maneira permanente, o que ajuda a atrair turistas, completa. Levantamento da Associação Brasileira das Empresas Aéreas mostra que o número total de passageiros em voos domésticos chegou a 9,7 milhões em janeiro: alta de 12,5% na comparação com igual período do ano passado. Segundo a entidade, o aumento se deve a dois fatores. O primeiro é uma possível transferência de viagens de lazer de julho do ano passado, que podem ter sido reprogramadas por receio de aeroportos cheios durante a Copa do Mundo. O segundo motivo, de acordo com a associação, é a valorização do dólar frente ao real. Dólar atinge a maior cotação em mais de dez anos - A moeda norte-americana fechou em alta de 1,03% ontem, cotada a R$ 3,0115. Este é o maior valor desde 2004, quando o dólar terminou o dia valendo R$ 3,0146, segundo dados do Banco Central. O mercado segue atento ao programa cambial da instituição monetária e às incertezas quanto ao ajuste das contas públicas, depois que o presidente do Senado, Renan Calheiros, rejeitou a medida provisória que trata de desonerações tributárias. Ainda no dia de ontem, a moeda variou entre R$ 2,9798 e R$ 3,0231. A alta se acentuou mesmo após o Banco Central manter o ritmo do aperto monetário e elevar a Selic em 0,50 ponto percentual, deixando em aberto o próximo passo da taxa básica de 8

9 juros. Nos últimos quatro dias, o dólar acumulou alta de 5,44%. No ano, a valorização é de 13,27%. No entanto, nas lojas de câmbio a divisa norte-americana, que é oferecida aos turistas, já é vendida entre R$ 3,16 (dinheiro vivo) e R$ 3,37 (cartão pré-pago). A perspectiva de alta dos juros nos Estados Unidos, que poderia atrair para o país recursos atualmente aplicados em países como o Brasil, também vem elevando as cotações do dólar globalmente. Investidores buscarão mais sinais sobre quando isso de fato acontecerá no relatório de emprego do governo norte-americano, que tem previsão de ser divulgado hoje. A pressão cambial tem levantado dúvidas sobre o futuro das intervenções do Banco Central no mercado, marcada para durar pelo menos até o fim deste mês. Ontem, o BC vendeu dois mil contratos futuros de dólares. Foram vendidos contratos para 1º de dezembro de 2015 e 300 para 1º de fevereiro de 2016, com volume correspondente a US$ 98,3 milhões. Também houve oferta total no leilão de rolagem dos contratos que vencem em 1º de abril: 14% do lote total, que corresponde a US$ 9,964 bilhões. Já o Ibovespa fechou em queda de 0,2%, a pontos. O índice da bolsa foi puxado pelas ações da Vale e da Embraer, que caíram mais de 4%. Visitação em parques cresce no país - O Brasil registrou em 2014 um número recorde de turistas brasileiros e estrangeiros em seus parques nacionais. Apenas o da Tijuca, na Cidade do Rio, recebeu 3,1 milhões de visitantes, número que cresce ano a ano desde 2011, segundo o Ministério do Turismo. Já o Parque do Iguaçu (PR), famoso pelas Cataratas, também alcançou um número inédito: mais de 1,5 milhão de pessoas. Segundo o ministério, a visitação de parques nacionais passou de 1,9 milhão em 2006 para seis milhões em O Brasil é um continente, a diversidade de atrativos turísticos é muito grande. É preciso aprender a colocá-los em evidência, diz José Francisco Salles Lopes, do Departamento de Estudos e Pesquisas do Ministério do Turismo. Viagens de negócios têm potencial - As viagens corporativas representam 74,5% dos deslocamentos de turistas no país. A expectativa para este ano é que o segmento movimente R$ 43,4 bilhões, um crescimento de 8% em relação ao ano passado, segundo pesquisa do Latin American Corporate Travel Experience (Lacte). As receitas com esse tipo de viagem cresceram 9,2% em 2014, totalizando R$ 40,17 bilhões. Ministro do Turismo, Vinicius Lages afirmou que o turismo de eventos é o segundo maior fator de atração de estrangeiros para o Brasil, respondendo por 25,6% dos viajantes internacionais. O turista de negócios é exigente com a qualidade dos serviços e tem um gasto acima da média, disse. Segundo ele, é por isso que, cada vez mais, as empresas têm investido na integração de toda a cadeia de serviços. 9

10 6. Emprego Presença feminina aumenta no mercado formal de trabalho 07 de março de 2015 Fonte: Ministério do Trabalho e Emprego Nível de crescimento do emprego feminino supera o masculino em 1,34%, renda cresce 3,34% e participação da mulher no mercado alcança 42,79%, revela RAIS 2013 O crescimento do público feminino no mercado de trabalho é evidenciado pelos dados da última Relação Anual de Informações Sociais (RAIS 2013) do Ministério do Trabalho e Emprego. Em um recorte por gênero, os dados evidenciam que, em 2013, o nível de emprego da mão-de-obra feminina cresceu 3,91%, ante um aumento de 2,57% para os homens, uma diferença de 1,34 pontos percentuais. Os dados revelam ainda uma continuidade no processo de elevação da participação das mulheres no mercado trabalho formal, que passou de 42,47% em 2012 para 42,79% em Embora ainda persista uma dissonância entre a representatividade das mulheres na População em Idade Ativa, essa diferença vem reduzindo ao longo dos anos. Escolaridade - Em uma análise por grau de instrução, por exemplo, os dados apontam um aumento significativo da participação das mulheres no mercado de trabalho formal no País. Com exceção do Ensino Médio, as mulheres vêm ganhando espaço no mercado formal, tendo sua participação alcançado 52,17%, nos níveis de Instrução Superior Incompleto e 58,93% nos níveis de Instrução Superior Completo. Rendimento médio - Outra evidencia na RAIS que favorece o público feminino se refere aos rendimentos médios. O rendimento dos homens cresceu 3,18%, percentual inferior ao obtido pelas mulheres (3,34%) em 2013, dando continuidade a uma trajetória de crescimento no rendimento feminino. Em 2012, o rendimento médio das mulheres alcançou R$ 1.953,19 contra R$ 2.375,59 dos homens. Em 2013, esse valor para as mulheres chegou a R$ 2.018,48, diante de R$ 2.451,20 dos homens. Em 2013, a taxa de crescimento do rendimento médio do homens foi inferior à taxa de 2012, enquanto as mulheres tiveram um aumento de 0,72%. Em 2012, os valores verificados foram 3,35% e 2,62% para o gênero masculino e para o feminino, respectivamente. O percentual de ganho real maior para as mulheres, em 2013, aponta para uma retomada na curva de crescimento da participação do rendimento feminino após leve queda em Nos anos antecedentes, o valores foram: 82,78% em 2010; 82,80% em 2011; 82,22% em Já em 2013, o percentual foi de 82,35%. 10

11 Outro dado que chama a atenção na RAIS são os estoques de trabalhadores aprendizes, que evidencia um crescimento significativo da participação feminina nesse setor específico. Enquanto em 2003 essa participação era da ordem de homens contra mulheres; em 2013, existiam mulheres, sendo homens no mercado formal. Ou seja, percentualmente, enquanto em 2003 a participação feminina era praticamente a metade dos homens; em 2013, essa diferença é mínima, tendo crescido significativamente ao longo dos anos. 11

12 7. Logística Portos e Navegação Secretaria de Portos garante aproximadamente R$370 milhões para dragagem 06 de março de 2015 Fonte: Revista Fator Brasil A Secretaria Especial de Portos anunciou em reunião com o superintendente do Porto do Rio Grande, Janir Branco o resultado do Regime Diferenciado de Contratações (RDC), que foi realizado de forma eletrônica pela SEP no último dia 27 de fevereiro (sexta-feira) autorizando um investimento aproximado de R$370 milhões em dragagem para o Porto do Rio Grande. A reunião do superintendente ocorreu hoje, 04, pela manhã em Brasília. É uma obra importante para a manutenção do calado e do fortalecimento do nosso superporto, afirmou o superintendente, Janir Branco. Também participou da reunião o Diretor Técnico, engenheiro Darci Tartari. O projeto que está sendo contratado visa à contratação da elaboração dos projetos básico e executivo e execução das obras de dragagem por resultado para readequação da geometria do canal de acesso aquaviário e dos berços do complexo portuário de Rio Grande. A licitação teve como empresa vencedora o Consórcio firmado pelas empresas Jan de Nul do Brasil Dragagem Ltda. e Dragabras Serviços de Dragagem. O consórcio realizou a oferta de R$ ,57, melhor proposta recebida pela SEP. O resultado do julgamento definitivo será divulgado após a apresentação de todas as exigências do edital e a confirmação do Ministério do Planejamento. A dragagem de manutenção é essencial para garantir a operacionalidade do Porto do Rio Grande tornando o Estado competitivo na atração de carga e de navios de grande porte, concluiu o superintendente. Ainda não há previsão para a liberação do começo das obras. 12

13 8. Curtas 06 de março de 2015 Fonte: Agência Estado Preços no comércio eletrônico caem 1,91% em fevereiro, mostra Fipe/Buscapé O índice Fipe/Buscapé, que registra variações de preços no mercado eletrônico brasileiro, apresentou em fevereiro queda média de 1,91% ante o mês anterior. A redução compensa parcialmente o aumento de 3,07% de janeiro, que havia sido o maior da série desde No acumulado dos dois primeiros meses de 2015, os preços no e-commerce registram alta de 1,1%. Os grupos de produtos que apresentaram maior queda de preço no mês de fevereiro foram Brinquedos e Games, com redução de 4,96%; Eletrodomésticos, queda de 4,65%; e Telefonia, categoria que teve retração de 1,99% nos preços. O único grupo com aumento de preço no mês de fevereiro foi Casa e Decoração, com alta de 2,2%. Avanço no Rio 06 de março de 2015 Fonte: Agência Estado Sem se preocupar com a retração do setor imobiliário, o Grupo Avanço Aliados vai lançar 300 unidades habitacionais na Zona Norte do Rio de Janeiro. Cachambi, Vila da Penha e Irajá foram os bairros escolhidos para os lançamentos, que terão um Valor Geral de Vendas de R$ 150 milhões. 13

14 9. Feiras 05/03/2015 até 15/03/ EXPO-UMUARAMA Setor: Agronegócio Local: Parque de Exposições Dario Pimenta Nobrega Cidade: Umuarama - PR 09/03/2015 até 13/03/ EXPODIRETO COTRIJAL Setor: Agronegócio Local: Parque da Expodireto Cotrijal Cidade: Não ME TOQUE RS 09/03/2015 até 13/03/ MOVELPAR Setor: Madeira e Móveis Local: Expoara Centro de Eventos Cidade: Arapongas PR 10/03/2015 até 14/03/ FEICON BATIMATFEICON BATIMAT Setor: Engenharia e Arquitetura Local: Pavilhão de Exposições do Anhembi Cidade: São Paulo SP 10/03/2015 até 12/03/ ISC BRASIL Setor: Segurança Nacional, Civil e Patrimonial Local: Expo Center Norte - Pavilhão Verde Cidade: São Paulo SP 12/03/2015 até 14/03/ ANFAMEC 2015 Setor: Mineração Local: Centro de Convenções e Exposições Dom Pedro Cidade: Campinas SP 12/03/2015 até 14/03/ FENNOPAN Setor: Alimentos e Bebidas Local: Centro de Convenções de Pernambuco Cidade: Olinda PE 17/03/2015 até 20/03/ FIMEC Setor: Coureiro / Calçadista - Calçados e Artefatos, Máquinas e Componentes Local: Fenac S.A Feiras e Empreendimentos Turísticos Cidade: Novo Hamburgo - RS 18/03/2015 até 20/03/ ABRADILAN 2015 Setor: Comércio Varejista, Atacadista e Franquias Local: Expo Center Norte Cidade: São Paulo SP 14

15 19/03/2015 até 29/03/ EFAPI Setor: Agronegócio Local: Parque de Exposições Dr. Alício Dias dos Reis Cidade: Santo Antônio da Platina - PR 19/03/2015 até 21/03/ BRASÍLIA EXPO FRANQUIAS Setor: Comércio Varejista, Atacadista e Franquias Local: Centro de Convenções Ulysses Guimarães Cidade: Brasília - DF 20/03/2015 até 22/03/ FOMENTAR PEQUENOS NEGÓCIOS & EMPREGOS - CAMPO LARGO Setor: Comércio Varejista, Atacadista e Franquias Local: Prefeitura Municipal de Campo Largo Cidade: Campo Largo PR 23/03/2015 até 27/03/ FIEEFIEE Setor: Energia Local: Pavilhão de Exposições do Anhembi Cidade: são Paulo - SP 24/03/2015 até 26/03/ EXPOAGRO AFUBRAEXPOAGRO AFUBRA Setor: Agronegócio Local: Parque de exposições Cidade: Rio Pardo RS 24/03/2015 até 26/03/ ALJOIAS Setor: Joias, Bijuterias, Pedras e Metais Preciosos Local: Centro Municipal de Eventos de Limeira Cidade: Limeira SP 24/03/2015 até 25/03/ VITAFOODS SOUTH AMERICA Setor: Alimentos e Bebidas Local: Transamerica Expo Center Cidade: são Paulo SP 24/03/2015 até 26/03/ BRAZIL ROAD EXPO 2015 Setor: Engenharia e Arquitetura Local: Transamerica Expo Center Cidade: são Paulo SP 25/03/2015 até 25/03/ BRAZIL PROMOTION DAY BELO HORIZONTEBRAZIL PROMOTION DAY BELO HORIZONTE Setor: Comunicação, Divulgação e Publicidade Local: Mercure Lourdes Cidade: Belo Horizonte - MG O Calendário Brasileiro de Exposições e Feiras está disponível no site 15

16

INFORMATIVO SCS. Ano 9, nº 047 13 de março de 2015

INFORMATIVO SCS. Ano 9, nº 047 13 de março de 2015 INFORMATIVO SCS Ano 9, nº 047 13 de março de 2015 Informativo da Secretaria de Comércio e Serviços SCS Nº 047 Ano 09 Brasília, 13 de março de 2015 Sumário 1. COMÉRCIO - VAREJO... 3 Varejo recupera vendas

Leia mais

Abril - 2015. Divulgado em 14 de maio de 2015.

Abril - 2015. Divulgado em 14 de maio de 2015. Abril - 2015 Divulgado em 14 de maio de 2015. VAREJO AMPLIADO CRESCE 1,1% EM ABRIL, APONTA ICVA Indicador considera a receita de vendas deflacionada pelo IPCA em comparação com abril de 2014; no índice

Leia mais

Estudo da Demanda Turística Internacional

Estudo da Demanda Turística Internacional Estudo da Demanda Turística Internacional Brasil 2012 Resultados do Turismo Receptivo Pontos de Coleta de Dados Locais de entrevistas - 25 Entrevistados - 31.039 15 aeroportos internacionais, que representam

Leia mais

INFORMATIVO SCS. Ano 9, nº 028 11 de fevereiro de 2015

INFORMATIVO SCS. Ano 9, nº 028 11 de fevereiro de 2015 INFORMATIVO SCS Ano 9, nº 028 11 de fevereiro de 2015 Informativo da Secretaria de Comércio e Serviços SCS Nº 028 Ano 09 Brasília, 11 de fevereiro de 2015 Sumário 1. COMÉRCIO... 3 Vendas no comércio fecham

Leia mais

Como a Copa do Mundo 2014 vai movimentar o Turismo Brasileiro

Como a Copa do Mundo 2014 vai movimentar o Turismo Brasileiro Como a Copa do Mundo 214 vai movimentar o Turismo Brasileiro 9 dias O estudo As empresas Principais conclusões a 9 dias da Copa 1 principais emissores 1 Desempenho das cidades-sede Chegadas internacionais

Leia mais

FEDERAÇÃO DO COMÉRCIO DO PARANÁ PESQUISA CONJUNTURAL DO COMÉRCIO PONTA GROSSA

FEDERAÇÃO DO COMÉRCIO DO PARANÁ PESQUISA CONJUNTURAL DO COMÉRCIO PONTA GROSSA FEDERAÇÃO DO COMÉRCIO DO PARANÁ PESQUISA CONJUNTURAL DO COMÉRCIO ANÁLISE CONJUNTURAL DO MÊS DE JANEIRO DE 2014 PONTA GROSSA Este relatório, referente ao mês de Janeiro de 2014, da Pesquisa Conjuntural

Leia mais

Empresas aéreas continuam a melhorar a rentabilidade Margem de lucro líquida de 5,1% para 2016

Empresas aéreas continuam a melhorar a rentabilidade Margem de lucro líquida de 5,1% para 2016 COMUNICADO No: 58 Empresas aéreas continuam a melhorar a rentabilidade Margem de lucro líquida de 5,1% para 2016 10 de dezembro de 2015 (Genebra) - A International Air Transport Association (IATA) anunciou

Leia mais

Panorama do emprego no turismo

Panorama do emprego no turismo Panorama do emprego no turismo Por prof. Wilson Abrahão Rabahy 1 Emprego por Atividade e Região Dentre as atividades do Turismo, as que mais se destacam como geradoras de empregos são Alimentação, que

Leia mais

5 ECONOMIA MONETÁRIA E FINANCEIRA

5 ECONOMIA MONETÁRIA E FINANCEIRA 5 ECONOMIA MONETÁRIA E FINANCEIRA Os sinais de redução de riscos inflacionários já haviam sido descritos na última Carta de Conjuntura, o que fez com que o Comitê de Política Monetária (Copom) decidisse

Leia mais

Centro Cultural e de Exposições de Maceió

Centro Cultural e de Exposições de Maceió Centro Cultural e de Exposições de Maceió Descrição Administrar, explorar comercialmente e desenvolver eventos culturais, de lazer e de negócios no Centro Cultural e de Exposições de Maceió, localizado

Leia mais

Argumentos Contra e a Favor da Valorização O que é o IOF Medidas Adotadas Resultados. Câmbio X IOF Resumo da Semana

Argumentos Contra e a Favor da Valorização O que é o IOF Medidas Adotadas Resultados. Câmbio X IOF Resumo da Semana Câmbio X IOF Nesta apresentação será exposto e discutido parte do debate sobre a valorização do real frente outras moedas, em especial o dólar. Ao final será apresentado um resumo das notícias da semana.

Leia mais

São Paulo: múltiplas oportunidades que impulsionam seus negócios

São Paulo: múltiplas oportunidades que impulsionam seus negócios São Paulo: múltiplas oportunidades que impulsionam seus negócios A importância da economia paulista transcende as fronteiras brasileiras. O Estado é uma das regiões mais desenvolvidas de toda a América

Leia mais

INFORMATIVO SCS. Ano 9, nº 030 13 de fevereiro de 2015

INFORMATIVO SCS. Ano 9, nº 030 13 de fevereiro de 2015 INFORMATIVO SCS Ano 9, nº 030 13 de fevereiro de 2015 Informativo da Secretaria de Comércio e Serviços SCS Nº 030 Ano 09 Brasília, 13 de fevereiro de 2015 Sumário 1. COMÉRCIO - VAREJO... 3 Índice Cielo

Leia mais

Resultados da Movimentação de Viagens Organizadas na Temporada de Inverno 2014

Resultados da Movimentação de Viagens Organizadas na Temporada de Inverno 2014 Resultados da Movimentação de Viagens Organizadas na Temporada de Inverno 2014 EQUIPE TÉCNICA DO IPETURIS Coordenação: Mariana Nery Pesquisadores: César Melo Tamiris Martins Viviane Silva Suporte: Gerson

Leia mais

{ 2 } Parque Tecnológico Capital Digital

{ 2 } Parque Tecnológico Capital Digital { 2 } Parque Tecnológico Capital Digital { 3 } 1. INTRODUÇÃO: PARQUE TECNOLÓGICO CAPITAL DIGITAL - PTCD Principal polo de desenvolvimento Científico, Tecnológico e de Inovação do Distrito Federal, o PTCD

Leia mais

EMBRAER ANUNCIA PERSPECTIVAS DE LONGO PRAZO PARA AVIAÇÃO Estimativas de demanda mundial abrangem os mercados de jatos comerciais e executivos

EMBRAER ANUNCIA PERSPECTIVAS DE LONGO PRAZO PARA AVIAÇÃO Estimativas de demanda mundial abrangem os mercados de jatos comerciais e executivos EMBRAER ANUNCIA PERSPECTIVAS DE LONGO PRAZO PARA AVIAÇÃO Estimativas de demanda mundial abrangem os mercados de jatos comerciais e executivos São José dos Campos, 7 de novembro de 2008 A Embraer (BOVESPA:

Leia mais

MAIS TURISMO, MAIS DESENVOLVIMENTO

MAIS TURISMO, MAIS DESENVOLVIMENTO Ministério do Turismo MAIS TURISMO, MAIS DESENVOLVIMENTO INDICADORES 2012 MAIS TURISMO, MAIS DESENVOLVIMENTO INDICADORES maio - 2013 Lagoa Azul, Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses, MA Mais Turismo

Leia mais

Travelport adquire Hotelzon para liderar crescimento no segmento hoteleiro

Travelport adquire Hotelzon para liderar crescimento no segmento hoteleiro NEWS RELEASE Travelport adquire Hotelzon para liderar crescimento no segmento hoteleiro Langley, Reino Unido, 12 de junho de 2014: A Travelport, empresa líder no segmento de comércio de viagens, que oferece

Leia mais

Observatório do Turismo

Observatório do Turismo USUS 2012 Observatório do Turismo Cidade de São Paulo Brasil Turismo no Mundo 9,0% Representatividade no PIB Mundial em 2011 US$ 6,3 TRILHÕES Movimentação Financeira em 2011 980 MILHÕES Viagens no Mundo,

Leia mais

DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos COMÉRCIO VAREJISTA NOVEMBRO DE 2015

DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos COMÉRCIO VAREJISTA NOVEMBRO DE 2015 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos COMÉRCIO VAREJISTA NOVEMBRO DE 2015 PRODUTOS O COMÉRCIO RESPONDE POR 12,7% DO PIB BRASILEIRO O COMÉRCIO VAREJISTA É RESPONSÁVEL POR 42% DO COMÉRCIO

Leia mais

DESEMPENHO DO SETOR DE TURISMO EM ALAGOAS, PARA SETEMBRO DE 2015

DESEMPENHO DO SETOR DE TURISMO EM ALAGOAS, PARA SETEMBRO DE 2015 DESEMPENHO DO SETOR DE TURISMO EM ALAGOAS, PARA SETEMBRO DE 2015 Superintendência de Produção da Informação e do Conhecimento (SINC) Gerência de Estatística e Indicadores Os resultados do turismo no estado

Leia mais

Indústria do Turismo. Aumento da renda do brasileiro alavancou mercado de passagens aéreas nos últimos anos

Indústria do Turismo. Aumento da renda do brasileiro alavancou mercado de passagens aéreas nos últimos anos Indústria do Turismo Aumento da renda do brasileiro alavancou mercado de passagens aéreas nos últimos anos Abril 2011 Aumento da renda do brasileiro alavancou mercado de passagens aéreas nos últimos anos

Leia mais

A verdadeira arte de viajar

A verdadeira arte de viajar A verdadeira arte de viajar A Ducato Turismo é uma agência especializada na prestação de serviços de gestão de viagens corporativas, com proposta e objetivo de personalização no atendimento diferenciado

Leia mais

ANÁLISE DO COMPORTAMENTO DO TURISMO EM ALAGOAS, PARA JULHO DE 2015

ANÁLISE DO COMPORTAMENTO DO TURISMO EM ALAGOAS, PARA JULHO DE 2015 ANÁLISE DO COMPORTAMENTO DO TURISMO EM ALAGOAS, PARA JULHO DE 2015 Superintendência de Produção da Informação e do Conhecimento (SINC) Diretoria de Estatística e Indicadores A partir da análise da movimentação

Leia mais

Saiba o que vai mudar no seu bolso com as novas medidas econômicas do governo

Saiba o que vai mudar no seu bolso com as novas medidas econômicas do governo Cliente: Trade Energy Veículo: Portal R7 Assunto: Saiba o que vai mudar no seu bolso com as novas medidas Data: 21/01/2015 http://noticias.r7.com/economia/saiba-o-que-vai-mudar-no-seu-bolso-com-as-novas-medidaseconomicas-do-governo-21012015

Leia mais

5.500 postos de serviço

5.500 postos de serviço 5.500 postos de serviço Em 2009, a Ipiranga manteve sua trajetória de expansão acelerada da escala, com a aquisição das operações da rede de distribuição de combustíveis da Texaco no Brasil e investimentos

Leia mais

FEDERAÇÃO DO COMÉRCIO DO PARANÁ PESQUISA CONJUNTURAL DO COMÉRCIO

FEDERAÇÃO DO COMÉRCIO DO PARANÁ PESQUISA CONJUNTURAL DO COMÉRCIO FEDERAÇÃO DO COMÉRCIO DO PARANÁ PESQUISA CONJUNTURAL DO COMÉRCIO ANÁLISE CONJUNTURAL DO MÊS DE DEZEMBRO DE 2013 CURITIBA E R.M Este relatório, referente ao mês de Dezembro de 2013, da Pesquisa Conjuntural

Leia mais

Exportação de Serviços

Exportação de Serviços Exportação de Serviços 1. Ementa O objetivo deste trabalho é dar uma maior visibilidade do setor a partir da apresentação de algumas informações sobre o comércio exterior de serviços brasileiro. 2. Introdução

Leia mais

INFORMATIVO SCS. Ano 9, nº 041 05 de março de 2015

INFORMATIVO SCS. Ano 9, nº 041 05 de março de 2015 INFORMATIVO SCS Ano 9, nº 041 05 de março de 2015 Informativo da Secretaria de Comércio e Serviços SCS Nº 041 Ano 09 Brasília, 05 de março de 2015 Sumário 1. COMÉRCIO - VAREJO... 3 Varejo recua 1,0% em

Leia mais

DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos TURISMO E HOTELARIA SETEMBRO DE 2015

DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos TURISMO E HOTELARIA SETEMBRO DE 2015 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos TURISMO E HOTELARIA SETEMBRO DE 2015 1 2 PRODUTOS De acordo com a Organização Mundial do Turismo (OMT) o turismo compreende as atividades realizadas

Leia mais

Os fatos atropelam os prognósticos. O difícil ano de 2015. Reunião CIC FIEMG Econ. Ieda Vasconcelos Fevereiro/2015

Os fatos atropelam os prognósticos. O difícil ano de 2015. Reunião CIC FIEMG Econ. Ieda Vasconcelos Fevereiro/2015 Os fatos atropelam os prognósticos. O difícil ano de 2015 Reunião CIC FIEMG Econ. Ieda Vasconcelos Fevereiro/2015 O cenário econômico nacional em 2014 A inflação foi superior ao centro da meta pelo quinto

Leia mais

DESEMPENHO RECENTE DO COMÉRCIO VAREJISTA

DESEMPENHO RECENTE DO COMÉRCIO VAREJISTA ÁREA DE OPERAÇÕES INDUSTRIAIS 2 - AO2 GERÊNCIA SETORIAL DE COMÉRCIO E SERVIÇOS Data: Dezembro/98 N o 20 DESEMPENHO RECENTE DO COMÉRCIO VAREJISTA O comércio é a ponta da cadeia produtiva e é o primeiro

Leia mais

PAINEL 9,6% dez/07. out/07. ago/07 1.340 1.320 1.300 1.280 1.260 1.240 1.220 1.200. nov/06. fev/07. ago/06

PAINEL 9,6% dez/07. out/07. ago/07 1.340 1.320 1.300 1.280 1.260 1.240 1.220 1.200. nov/06. fev/07. ago/06 Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior ASSESSORIA ECONÔMICA PAINEL PRINCIPAIS INDICADORES DA ECONOMIA BRASILEIRA Número 35 15 a 30 de setembro de 2009 EMPREGO De acordo com a Pesquisa

Leia mais

O consumo dos brasileiros atingirá R$ 3,7 trilhões, em 2015

O consumo dos brasileiros atingirá R$ 3,7 trilhões, em 2015 O consumo dos brasileiros atingirá R$ 3,7 trilhões, em 2015 A potencialidade de consumo dos brasileiros deve chegar a R$ 3,730 trilhões neste ano, ao mesmo tempo em que revela significativo aumento dos

Leia mais

AS VIAGENS DE NEGÓCIOS SÃO A TERCEIRA MAIOR DESPESA DAS EMPRESAS, DEPOIS DE FOLHA DE PAGAMENTO E TECNOLOGIA

AS VIAGENS DE NEGÓCIOS SÃO A TERCEIRA MAIOR DESPESA DAS EMPRESAS, DEPOIS DE FOLHA DE PAGAMENTO E TECNOLOGIA AS VIAGENS DE NEGÓCIOS SÃO A TERCEIRA MAIOR DESPESA DAS EMPRESAS, DEPOIS DE FOLHA DE PAGAMENTO E TECNOLOGIA Segundo o IEVC (Indicadores Econômicos de Viagens Corporativas), no ranking das receitas, o aéreo

Leia mais

Resumo do Estudo da Oxford Economics sobre o Impacto Econômico do projeto Hub Nordeste Brasil, encomendado pelo Grupo LATAM

Resumo do Estudo da Oxford Economics sobre o Impacto Econômico do projeto Hub Nordeste Brasil, encomendado pelo Grupo LATAM Resumo do Estudo da Oxford Economics sobre o Impacto Econômico do projeto Hub Nordeste Brasil, encomendado pelo Grupo LATAM Data da divulgação do estudo 17/09/2015 CONTEXTO A consultoria Oxford Economics,

Leia mais

Relatório Semanal de Estratégia de Investimento

Relatório Semanal de Estratégia de Investimento 12 de janeiro de 2015 Relatório Semanal de Estratégia de Investimento Destaques da Semana Economia internacional: Deflação na Europa reforça crença no QE (22/11); Pacote de U$1 trilhão em infraestrutura

Leia mais

Finanças dos clubes de futebol do Brasil em 2011

Finanças dos clubes de futebol do Brasil em 2011 Finanças dos clubes de futebol do Brasil em 2011 Maio 2012 A BDO é a quinta maior empresa de auditoria e consultoria do Brasil, e realiza estudos e análises sobre a Indústria do Esporte, por meio de sua

Leia mais

Red Econolatin www.econolatin.com Expertos Económicos de Universidades Latinoamericanas

Red Econolatin www.econolatin.com Expertos Económicos de Universidades Latinoamericanas Red Econolatin www.econolatin.com Expertos Económicos de Universidades Latinoamericanas BRASIL Agosto 2013 Profa. Anita Kon PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE SÃO PAULO PROGRAMA DE ESTUDOS PÓS GRADUADOS

Leia mais

INFORMATIVO SCS. Ano 9, nº 026 09 de fevereiro de 2015

INFORMATIVO SCS. Ano 9, nº 026 09 de fevereiro de 2015 INFORMATIVO SCS Ano 9, nº 026 09 de fevereiro de 2015 Informativo da Secretaria de Comércio e Serviços SCS Nº 026 Ano 09 Brasília, 09 de fevereiro de 2015 Sumário 1. COMÉRCIO... 3 Liquidações não impedem

Leia mais

Sumário. 1. Programa Embarque Já 2. Manual de Acesso ao novo site 3. Processos de compras

Sumário. 1. Programa Embarque Já 2. Manual de Acesso ao novo site 3. Processos de compras Sumário 1. Programa Embarque Já 2. Manual de Acesso ao novo site 3. Processos de compras O que é o Programa Embarque Já É um Programa da TAM Viagens que oferece descontos em passagens aéreas TAM nacionais

Leia mais

Associação Brasileira de Supermercados Nº49 ECONOMIA. Honda: ritmo de vendas de janeiro foi positivo. Nesta edição:

Associação Brasileira de Supermercados Nº49 ECONOMIA. Honda: ritmo de vendas de janeiro foi positivo. Nesta edição: Associação Brasileira de Supermercados Nº49 ECONOMIA www.abras.com.br A informação que fala direto ao seu bolso 26 de Fevereiro de 2015 Setor inicia o ano com crescimento real de 3,42% Em janeiro de 2015

Leia mais

ÍNDICE CIELO APONTA CRESCIMENTO TÍMIDO DE 0,5% DO VAREJO EM JUNHO

ÍNDICE CIELO APONTA CRESCIMENTO TÍMIDO DE 0,5% DO VAREJO EM JUNHO ÍNDICE CIELO APONTA CRESCIMENTO TÍMIDO DE 0,5% DO VAREJO EM JUNHO Número refere-se ao aumento da receita de vendas deflacionada pelo IPCA em relação a junho de 2013; com os ajustes dos efeitos de calendário,

Leia mais

Informe Econômico N 3

Informe Econômico N 3 Conjuntura Econômica Gerente Legislativa: Sheila Tussi da Cunha Barbosa Analista Legislativa: Cláudia Fernanda Silva Almeida Assistente Administrativa: Quênia Adriana Camargo Ferreira Estagiário: Tharlen

Leia mais

Ponto pra Você. Programa de relacionamento do Banco do Brasil para clientes pessoas físicas

Ponto pra Você. Programa de relacionamento do Banco do Brasil para clientes pessoas físicas Ponto pra Você Programa de relacionamento do Banco do Brasil para clientes pessoas físicas Fevereiro/2014 Sumário O que é o programa Ponto pra Você?... 3 Quem participa do programa?... 3 Pontos: quais

Leia mais

3ROtWLFDGH9LDJHQV±06;,%5

3ROtWLFDGH9LDJHQV±06;,%5 3ROtWLFDGH9LDJHQV±06;,%5 Revisão: 04 Data: 05/12/05 Página 1 de 5 ÒOWLPD $OWHUDomR Alterado os itens: transporte aéreo, telefonemas e comprovantes. )LQDOLGDGH Estabelecer e manter procedimentos para orientar

Leia mais

1ª Avaliação Parlamentar Copa do Mundo 2014. Logística

1ª Avaliação Parlamentar Copa do Mundo 2014. Logística 1ª Avaliação Parlamentar Copa do Mundo 2014 Logística Economia Brasileira Gráfico 1 Crescimento Econômico Brasileiro e Mundial PIB 2002 a 2016 (em %) 8,0 6,0 4,0 2,0 0,0-2,0 7,5 61 6,1 5,7 4,6 5,3 5,2

Leia mais

Red Econolatin www.econolatin.com Expertos Económicos de Universidades Latinoamericanas

Red Econolatin www.econolatin.com Expertos Económicos de Universidades Latinoamericanas Red Econolatin www.econolatin.com Expertos Económicos de Universidades Latinoamericanas BRASIL Setembro 2011 Profa. Anita Kon PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE SÃO PAULO PROGRAMA DE ESTUDOS PÓS GRADUADOS

Leia mais

Ponto pra Você. Programa de Relacionamento do Banco do Brasil para Clientes PF

Ponto pra Você. Programa de Relacionamento do Banco do Brasil para Clientes PF Ponto pra Você Programa de Relacionamento do Banco do Brasil para Clientes PF JULHO/2013 Sumário - O que é o Programa Ponto pra Você?... 3 - Quem participa do Programa?... 3 - Pontos: quais os tipos?...

Leia mais

Pesquisa Hábitos de Consumo Dia dos Pais 2015

Pesquisa Hábitos de Consumo Dia dos Pais 2015 Pesquisa Hábitos de Consumo Dia dos Pais 2015 Agosto de 2015 2014 Copyright Boa Vista Serviços 1 Índice o Objetivo, metodologia e amostra... 03 o Sumário... 04 o Perfil dos respondentes... 05 o Pretensão

Leia mais

GERAÇÃO DE EMPREGO E RENDA NA ECONOMIA NACIONAL. Mapa de oportunidades para Agências de Viagens

GERAÇÃO DE EMPREGO E RENDA NA ECONOMIA NACIONAL. Mapa de oportunidades para Agências de Viagens GERAÇÃO DE EMPREGO E RENDA NA ECONOMIA NACIONAL Mapa de oportunidades para Agências de Viagens O que é ABAV? Entidade empresarial, sem fins lucrativos, que representa as Agências de Viagens espalhadas

Leia mais

Como a Copa do Mundo 2014 vai movimentar o Turismo Brasileiro

Como a Copa do Mundo 2014 vai movimentar o Turismo Brasileiro Como a Copa do Mundo 2014 vai movimentar o Turismo Brasileiro O estudo Destaques Os 10 principais emissores 10 Chegadas internacionais Viagens domésticas Cidades sedes Viagens dos brasileiros ao exterior

Leia mais

FINANÇAS DOS CLUBES BRASILEIROS E VALOR DAS MARCAS DOS 17 CLUBES MAIS VALIOSOS DO BRASIL

FINANÇAS DOS CLUBES BRASILEIROS E VALOR DAS MARCAS DOS 17 CLUBES MAIS VALIOSOS DO BRASIL FINANÇAS DOS CLUBES BRASILEIROS E VALOR DAS MARCAS DOS 17 CLUBES MAIS VALIOSOS DO BRASIL edição 2012 Sumário Prefácio 5 Finanças dos clubes brasileiros 6 Receita total e 7 receita sem transferências de

Leia mais

DESIGN DE INTERIORES. Seminário Internacional. Milão - Itália. e gieeducacional.com.br T: 19 4141.1515. contato@efigieeducacional.com.br.

DESIGN DE INTERIORES. Seminário Internacional. Milão - Itália. e gieeducacional.com.br T: 19 4141.1515. contato@efigieeducacional.com.br. Milão Itália Seminário Internacional DESIGN DE INTERIORES Saída BRA Chegada UK 31/10 01/11 Saída UK Chegada BRA 08/11 09/11 2015 A Instituição A CEPA Europa possui vários campi localizados em algumas da

Leia mais

Diálogos Governo -Sociedade Civil COPA 2014. O que o Brasil já ganhou com a Copa

Diálogos Governo -Sociedade Civil COPA 2014. O que o Brasil já ganhou com a Copa Diálogos Governo -Sociedade Civil COPA 2014 O que o Brasil já ganhou com a Copa 2 O que o Brasil já ganhou com a Copa Investimentos A Copa do Mundo é um grande investimento para todos brasileiros Os únicos

Leia mais

na cidade de São Paulo

na cidade de São Paulo OBSERVATÓRIO DO TURISMO DA CIDADE DE SÃO PAULO SÃO PAULO TURISMO Copa do mundo da fifa Brasil 2014 impacto econômico na cidade de São Paulo A pesquisa Objetivo: * Identificar o movimento econômico gerado

Leia mais

Açotubo anuncia fusão com Incotep e Artex Aços Inoxidáveis

Açotubo anuncia fusão com Incotep e Artex Aços Inoxidáveis Açotubo anuncia fusão com Incotep e Artex Aços Inoxidáveis Ter, 02 de Agosto de 2011 07:13 Com base nos movimentos de mercado e da companhia alinhados ao aquecimento da indústria e economia brasileiras,

Leia mais

O JáCotei é um Comparador de Preços que auxilia os e-consumidores na busca de

O JáCotei é um Comparador de Preços que auxilia os e-consumidores na busca de Quem Somos O JáCotei é um Comparador de Preços que auxilia os e-consumidores na busca de ofertas, com o menor preço, nas melhores lojas do mercado. Há 14 anos no mercado de e-commerce com a credibilidade

Leia mais

TMS - TRAVEL MANAGEMENT SYSTEM. Sistema de pesquisa, reservas e gerenciamento de viagens nacionais e internacionais.

TMS - TRAVEL MANAGEMENT SYSTEM. Sistema de pesquisa, reservas e gerenciamento de viagens nacionais e internacionais. TMS - TRAVEL MANAGEMENT SYSTEM Sistema de pesquisa, reservas e gerenciamento de viagens nacionais e internacionais. G u i a do u s u á r i o TMS TRISTAR MANAGEMENT SYSTEM Guia do Usuário TRISTAR VIAGENS

Leia mais

1. INTRODUÇÃO... 1 2. OBJETIVO... 1 3. FORMAS DE ACESSO... 1 4. COMO ACESSAR O SISTEMA?... 1 5. ESQUECI MINHA SENHA, O QUE DEVO FAZER?... 2 6.

1. INTRODUÇÃO... 1 2. OBJETIVO... 1 3. FORMAS DE ACESSO... 1 4. COMO ACESSAR O SISTEMA?... 1 5. ESQUECI MINHA SENHA, O QUE DEVO FAZER?... 2 6. 1. INTRODUÇÃO... 1 2. OBJETIVO... 1 3. FORMAS DE ACESSO... 1 4. COMO ACESSAR O SISTEMA?... 1 5. ESQUECI MINHA SENHA, O QUE DEVO FAZER?... 2 6. COMO FAZER UMA SOLICITAÇÃO DE VIAGEM?... 3 7. COMO FAZER A

Leia mais

renda fixa? seu dinheiro É hora de apostar na #92 Tudo indica que os juros deverão voltar a subir para controlar a inflação

renda fixa? seu dinheiro É hora de apostar na #92 Tudo indica que os juros deverão voltar a subir para controlar a inflação #92 É hora de apostar na renda fixa? Tudo indica que os juros deverão voltar a subir para controlar a inflação seu dinheiro a sua revista de finanças pessoais Para quê moeda? Brasileiros utilizam cada

Leia mais

Apresentação dos Resultados 2T06

Apresentação dos Resultados 2T06 Apresentação dos Resultados 2T06 Aviso Legal Esta apresentação contém considerações futuras referentes às perspectivas do negócio, estimativas de resultados operacionais e financeiros, e às perspectivas

Leia mais

Turismo no Recife: Caso de sucesso

Turismo no Recife: Caso de sucesso Secretaria de Turismo Turismo no Recife: Caso de sucesso O Recife no Brasil: Reconhecimento nacional na Parceria Público-Privada PCR e RCVB; Prêmio de Melhor Política Pública do Turismo entre os 65 Destinos

Leia mais

Estado da motorização individual no Brasil Relatório 2015. Coordenação: Juciano Martins Rodrigues. Observatório das Metrópoles

Estado da motorização individual no Brasil Relatório 2015. Coordenação: Juciano Martins Rodrigues. Observatório das Metrópoles Estado da motorização individual no Brasil Relatório 2015 Estado da motorização individual no Brasil Relatório 2015 Coordenação: Juciano Martins Rodrigues Observatório das Metrópoles Luiz Cesar de Queiroz

Leia mais

A decolagem do turismo

A decolagem do turismo A decolagem do turismo OBrasil sempre foi considerado detentor de um enorme potencial turístico. Em 1994, no entanto, o país recebeu menos de 2 milhões de turistas internacionais, um contingente que, na

Leia mais

Matemática. Aula: 02/10. Prof. Pedro. www.conquistadeconcurso.com.br. Visite o Portal dos Concursos Públicos WWW.CURSOAPROVACAO.COM.

Matemática. Aula: 02/10. Prof. Pedro. www.conquistadeconcurso.com.br. Visite o Portal dos Concursos Públicos WWW.CURSOAPROVACAO.COM. Matemática Aula: 02/10 Prof. Pedro UMA PARCERIA Visite o Portal dos Concursos Públicos WWW.CURSOAPROVACAO.COM.BR Visite a loja virtual www.conquistadeconcurso.com.br MATERIAL DIDÁTICO EXCLUSIVO PARA ALUNOS

Leia mais

Dispomos de filiais em Natal/RN, bairro de Ponta Negra.

Dispomos de filiais em Natal/RN, bairro de Ponta Negra. Quem Somos? Atua há 22 anos firmada no mercado como agência especializada na negociação, planejamento, divulgação e execução das atividades turísticas. Empresa esta, devidamente cadastrada pelos órgãos

Leia mais

PESQUISA DO IMPACTO ECONÔMICO DOS EVENTOS INTERNACIONAIS REALIZADOS NO BRASIL - 2007/2008. Consolidado 6 Eventos - Rio de Janeiro

PESQUISA DO IMPACTO ECONÔMICO DOS EVENTOS INTERNACIONAIS REALIZADOS NO BRASIL - 2007/2008. Consolidado 6 Eventos - Rio de Janeiro PESQUISA DO IMPACTO ECONÔMICO DOS EVENTOS INTERNACIONAIS REALIZADOS NO BRASIL - 2007/2008 JUNHO 2008 Informações do Evento Consolidado 6 Eventos - Rio de Janeiro EVENTO CIDADE PERÍODO Nº DE PARTICIPANTES

Leia mais

Dólar sem freios. seu dinheiro #100. Nem intervenções do BC têm sido capazes de deter a moeda americana

Dólar sem freios. seu dinheiro #100. Nem intervenções do BC têm sido capazes de deter a moeda americana #100 seu dinheiro a sua revista de finanças pessoais Dólar sem freios Nem intervenções do BC têm sido capazes de deter a moeda americana Festa no exterior Brasileiros continuam gastando cada vez mais fora

Leia mais

Metodologia. Pesquisa Quantitativa Coleta de dados: Público Alvo: Amostra: 500 entrevistas realizadas. Campo: 16 a 29 de Setembro de 2010

Metodologia. Pesquisa Quantitativa Coleta de dados: Público Alvo: Amostra: 500 entrevistas realizadas. Campo: 16 a 29 de Setembro de 2010 Metodologia Pesquisa Quantitativa Coleta de dados: Através de e-survey - via web Público Alvo: Executivos de empresas associadas e não associadas à AMCHAM Amostra: 500 entrevistas realizadas Campo: 16

Leia mais

MÍDIA KIT C O M U N I C A Ç Ã O I N T E G R A D A CONTEÚDOS INTEGRADOS EM TODOS OS CANAIS DE COMUNICAÇÃO: Redes Sociais

MÍDIA KIT C O M U N I C A Ç Ã O I N T E G R A D A CONTEÚDOS INTEGRADOS EM TODOS OS CANAIS DE COMUNICAÇÃO: Redes Sociais C O M U N I C A Ç Ã O I N T E G R A D A MÍDIA KIT 2015 CONTEÚDOS INTEGRADOS EM TODOS OS CANAIS DE COMUNICAÇÃO: Impresso Web Tablets Smartphones Apps Parceiros Estratégicos Portal da ABF Mailing Exclusivo

Leia mais

Investimento para Mulheres

Investimento para Mulheres Investimento para Mulheres Sophia Mind A Sophia Mind Pesquisa e Inteligência de Mercado é a empresa do grupo de comunicação feminina Bolsa de Mulher voltada para pesquisa e inteligência de mercado. Cem

Leia mais

Apresentação dos Resultados 3T06

Apresentação dos Resultados 3T06 Apresentação dos Resultados 3T06 Aviso Legal Esta apresentação contém considerações futuras referentes às perspectivas do negócio, estimativas de resultados operacionais e financeiros, e às perspectivas

Leia mais

Pequenos Negócios no Brasil. Especialistas em pequenos negócios / 0800 570 0800 / sebrae.com.br

Pequenos Negócios no Brasil. Especialistas em pequenos negócios / 0800 570 0800 / sebrae.com.br Pequenos Negócios no Brasil Pequenos Negócios no Brasil Clique no título para acessar o conteúdo, ou navegue pela apresentação completa Categorias de pequenos negócios no Brasil Micro e pequenas empresas

Leia mais

COMENTÁRIO DO DESEMPENHO CONSOLIDADO

COMENTÁRIO DO DESEMPENHO CONSOLIDADO COMENTÁRIO DO DESEMPENHO CONSOLIDADO Uberlândia MG, Maio de 2013 A Algar Telecom, Companhia completa e integrada de telecomunicações e TI, detentora da marca CTBC, divulga seus resultados do 1º Trimestre

Leia mais

Francisco M.J.Leme da Silva

Francisco M.J.Leme da Silva Oportunidades e Desafios do Setor de Viagens Corporativas Breve perfil do palestrante Francisco M.J.Leme da Silva é diretor da Jet Stream Turismo - Agência de Viagens Corporativas, onde atua há quase 20

Leia mais

Northern Telecom Ltd (Nortel). Isto devido ao seu atraso na substituição da tecnologia analógica pela digital.

Northern Telecom Ltd (Nortel). Isto devido ao seu atraso na substituição da tecnologia analógica pela digital. MOTOROLA A empresa alcançou um faturamento global da ordem de US$ $37.6 bilhões em 2000. É líder mundial em sistemas e serviços eletrônicos avançados. Atuando de maneira globalizada em 45 países, mais

Leia mais

Análise CEPLAN Clique para editar o estilo do título mestre. Recife, 17 de agosto de 2011.

Análise CEPLAN Clique para editar o estilo do título mestre. Recife, 17 de agosto de 2011. Análise CEPLAN Recife, 17 de agosto de 2011. Temas que serão discutidos na VI Análise Ceplan A economia em 2011: Mundo; Brasil; Nordeste, com destaque para Pernambuco; Informe sobre mão de obra qualificada.

Leia mais

Boletim de Conjuntura Econômica Dezembro 2008

Boletim de Conjuntura Econômica Dezembro 2008 Boletim de Conjuntura Econômica Dezembro 2008 Crise Mundo Os EUA e a Europa passam por um forte processo de desaceleração economica com indicios de recessão e deflação um claro sinal de que a crise chegou

Leia mais

4 A Telefonia Móvel no Brasil

4 A Telefonia Móvel no Brasil 4 A Telefonia Móvel no Brasil 4.1 Breve Histórico da Telefonia Móvel O uso da telefonia móvel teve início no Brasil no final de 1990. Em 30 de dezembro deste ano o Sistema Móvel Celular (SMC) começou a

Leia mais

Anuário Estatístico de Turismo - 2013

Anuário Estatístico de Turismo - 2013 Secretaria Nacional de Políticas de Turismo Ministério do Turismo Anuário Estatístico de Turismo - 2013 Volume 40 Ano base 2012 Guia de leitura Guia de leitura O Guia de Leitura tem o propósito de orientar

Leia mais

MPE INDICADORES Pequenos Negócios no Brasil

MPE INDICADORES Pequenos Negócios no Brasil MPE INDICADORES Pequenos Negócios no Brasil Categorias de pequenos negócios no Brasil MPE Indicadores MICROEMPREENDEDOR INDIVIDUAL (MEI) Receita bruta anual de até R$ 60 mil MICROEMPRESA Receita bruta

Leia mais

Notícias Economia Internacional. e Indicadores Brasileiros. Nº 1/2 Julho de 2012

Notícias Economia Internacional. e Indicadores Brasileiros. Nº 1/2 Julho de 2012 Notícias Economia Internacional e Indicadores Brasileiros Nº 1/2 Julho de 2012 Sindmóveis - Projeto Orchestra Brasil www.sindmoveis.com.br www.orchestrabrasil.com.br Realização: inteligenciacomercial@sindmoveis.com.br

Leia mais

Hábitos de Consumo e Compras Fim de ano e Natal 2015. Perspectivas da economia / Comprometimento de renda. Novembro/2015. Copyright Boa Vista SCPC 1

Hábitos de Consumo e Compras Fim de ano e Natal 2015. Perspectivas da economia / Comprometimento de renda. Novembro/2015. Copyright Boa Vista SCPC 1 Hábitos de Consumo e Compras Fim de ano e Natal 2015 Perspectivas da economia / Comprometimento de renda Novembro/2015 Copyright Boa Vista SCPC 1 Objetivo, metodologia e amostra o Objetivo: Pesquisa para

Leia mais

RELATÓRIO DA GESTÃO 2014

RELATÓRIO DA GESTÃO 2014 1 Senhores Associados: RELATÓRIO DA GESTÃO 2014 Temos a satisfação de apresentar o Relatório da Gestão e as Demonstrações Contábeis da CREDICOAMO Crédito Rural Cooperativa, relativas às atividades desenvolvidas

Leia mais

Cenário Econômico para 2014

Cenário Econômico para 2014 Cenário Econômico para 2014 Silvia Matos 18 de Novembro de 2013 Novembro de 2013 Cenário Externo As incertezas com relação ao cenário externo em 2014 são muito elevadas Do ponto de vista de crescimento,

Leia mais

Red Econolatin www.econolatin.com Expertos Económicos de Universidades Latinoamericanas

Red Econolatin www.econolatin.com Expertos Económicos de Universidades Latinoamericanas Red Econolatin www.econolatin.com Expertos Económicos de Universidades Latinoamericanas BRASIL Julho 2012 Profa. Anita Kon PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE SÃO PAULO PROGRAMA DE ESTUDOS PÓS GRADUADOS

Leia mais

INFORMATIVO SCS. Ano 9, nº 045 11 de março de 2015

INFORMATIVO SCS. Ano 9, nº 045 11 de março de 2015 INFORMATIVO SCS Ano 9, nº 045 11 de março de 2015 Informativo da Secretaria de Comércio e Serviços SCS Nº 045 Ano 09 Brasília, 11 de março de 2015 Sumário 1. COMÉRCIO REVENDEDORA DE VEÍCULOS... 3 Venda

Leia mais

Sciesp. Clipping 10.06. A s s e s s o r i a d e I m p r e n s a i m p r e n s a @ s c i e s p. c o m. b r ( 1 1 ) 3 8 8 9-5 8 9 9 Página 1

Sciesp. Clipping 10.06. A s s e s s o r i a d e I m p r e n s a i m p r e n s a @ s c i e s p. c o m. b r ( 1 1 ) 3 8 8 9-5 8 9 9 Página 1 Sciesp Clipping 10.06 A s s e s s o r i a d e I m p r e n s a i m p r e n s a @ s c i e s p. c o m. b r ( 1 1 ) 3 8 8 9-5 8 9 9 Página 1 JORNAL DO COMÉRCIO Faltam imóveis comerciais 10/06/2011 O mercado

Leia mais

APRESENTAÇÃO INSTITUCIONAL

APRESENTAÇÃO INSTITUCIONAL APRESENTAÇÃO INSTITUCIONAL SOBRE NÓS Fundada em 2003, a Navega Viagens e Turismo atua no mercado de turismo comprometida com a qualidade de atendimento aos clientes e sua consequente satisfação. Nosso

Leia mais

Monitor do Déficit Tecnológico. Análise Conjuntural das Relações de Troca de Bens e Serviços Intensivos em Tecnologia no Comércio Exterior Brasileiro

Monitor do Déficit Tecnológico. Análise Conjuntural das Relações de Troca de Bens e Serviços Intensivos em Tecnologia no Comércio Exterior Brasileiro Monitor do Déficit Tecnológico Análise Conjuntural das Relações de Troca de Bens e Serviços Intensivos em Tecnologia no Comércio Exterior Brasileiro de 2012 Monitor do Déficit Tecnológico de 2012 1. Apresentação

Leia mais

http://www.investnews.com.br/in_news.aspx?parms=2396439,29,1,1

http://www.investnews.com.br/in_news.aspx?parms=2396439,29,1,1 Página 1 de 5 Usuários cadastrados São Paulo, quinta-feira, 19 de março de 2009. - 12:12 RSS PDA Mobile Loja InvestNews TV Destaques de Administração & Serviços, Caderno C 18/03-01:08 Programa Madeira

Leia mais

Nori Lermen Quer Revolução no ATM

Nori Lermen Quer Revolução no ATM Nori Lermen Quer Revolução no ATM Em entrevista exclusiva à Relatório Bancário, o novo presidente da ATP, Nori Lermen, revelou as intenções da empresa brasiliense em ir além do fornecimento de serviços

Leia mais

O Lucro Líquido do 1T12 foi de R$2,5 MM, superior em R$10,7 MM ao prejuízo do 1T11, de R$8,2 MM negativos.

O Lucro Líquido do 1T12 foi de R$2,5 MM, superior em R$10,7 MM ao prejuízo do 1T11, de R$8,2 MM negativos. São Paulo, 13 de maio de 2013 - A Unidas S.A. ( Companhia ou Unidas ) anuncia os seus resultados do primeiro trimestre de 2012 (). As informações financeiras são apresentadas em milhões de Reais, exceto

Leia mais

Cenário Macroeconômico

Cenário Macroeconômico INSTABILIDADE POLÍTICA E PIORA ECONÔMICA 24 de Março de 2015 Nas últimas semanas, a instabilidade política passou a impactar mais fortemente o risco soberano brasileiro e o Real teve forte desvalorização.

Leia mais

ASSOCIAÇÃO CULTURAL E EDUCACIONAL DE GARÇA FACULDADE DE CIÊNCIAS HUMANAS CURSO DE BACHARELADO EM TURISMO RA: 31.951

ASSOCIAÇÃO CULTURAL E EDUCACIONAL DE GARÇA FACULDADE DE CIÊNCIAS HUMANAS CURSO DE BACHARELADO EM TURISMO RA: 31.951 ASSOCIAÇÃO CULTURAL E EDUCACIONAL DE GARÇA FACULDADE DE CIÊNCIAS HUMANAS CURSO DE BACHARELADO EM TURISMO RA: 31.951 A ATIVIDADE TURÍSTICA E O SEGMENTO DE EVENTOS. PERSPECTIVAS DE CRESCIMENTO GRAÇAS À COPA

Leia mais

Viagens corporativas com a Flytour sempre trazem mais resultados e economia para sua empresa.

Viagens corporativas com a Flytour sempre trazem mais resultados e economia para sua empresa. Viagens corporativas com a Flytour sempre trazem mais resultados e economia para sua empresa. Você cuida dos negócios e a Flytour, das viagens. Quando uma empresa depende de um constante fluxo de executivos

Leia mais

Estudo da demanda turística internacional 2006-2012

Estudo da demanda turística internacional 2006-2012 Departamento de Estudos e Pesquisas Secretária Nacional de Políticas de Turismo Ministério do Turismo Estudo da demanda turística internacional 2006-2012 Brasília, agosto de 2013 Sumário 1 Perfil da demanda

Leia mais

Estudo da demanda turística internacional 2005-2011

Estudo da demanda turística internacional 2005-2011 Departamento de Estudos e Pesquisas Secretária Nacional de Políticas de Turismo Ministério do Turismo Estudo da demanda turística internacional 2005-2011 Brasília, outubro de 2012 Sumário 1 Perfil da demanda

Leia mais

Distribuição Geográfica dos Pontos de Coleta de Dados

Distribuição Geográfica dos Pontos de Coleta de Dados Distribuição Geográfica dos Pontos de Coleta de Dados Nº de Entrevistados da Pesquisa: 39.000 pessoas Nº de locais das entrevistas: 27 15 em aeroportos internacionais, que representam 99% do fluxo internacional

Leia mais