Implementação de um serviço de correio eletrônico na Intranet do Pólo de Touros utilizando o ambiente SQUIRELMAIL e POSTFIX em um Servidor Linux

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Implementação de um serviço de correio eletrônico na Intranet do Pólo de Touros utilizando o ambiente SQUIRELMAIL e POSTFIX em um Servidor Linux"

Transcrição

1 UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE ESCOLA AGRÍCOLA DE JUNDIAÍ - EAJ CURSO TÉCNICO DE INFORMÁTICA Projeto das Disciplinas de Sistemas Operacionais de Redes e Projeto de Redes Implementação de um serviço de correio eletrônico na Intranet do Pólo de Touros utilizando o ambiente SQUIRELMAIL e POSTFIX em um Servidor Linux Professor: Carlos Henrique Grilo Diniz Aluno: Macaíba, julho de 2015.

2 Índice ÍNDICE OBJETIVOS INTRODUÇÃO TAREFAS CRONOGRAMA... 6

3 1. Objetivos O objetivo deste projeto é implementar um ambiente de correio eletrônico com suporte ao WEBMAIL em um servidor Linux. Para tanto serão necessárias dos pacotes quota, SQUIRELMAIL e POSTFIX do LINUX associado a um bom gerenciamento de perfis e contas de usuários da Intranet do Pólo de Touros. Com este exercício prático espera-se oferecer oportunidade melhorar a aprendizagem dos conceitos de redes, serviços de Redes e da perfeita integração com o ambiente LINUX. 2. Introdução Com a popularização da comunicação entre os usuários na Internet, um dos primeiros serviços a serem implementados foi o serviço de , também conhecido como correio eletrônico. Desta forma neste trabalho será feita a implementação de um serviço de correio eletrônico para no mínimo 20 usuários cadastrados e autenticados com interface WEB personalizada com o logotipo da EAJ, e perfis de cores flexível. Neste trabalho serão utilizados os pacotes do Linux de quotas, o servidor de correio eletrônico POSTFIX e o pacote de WEBMAIL denominado de SQUIRELMAIL, e deverá ser desenvolvida uma ferramenta WEB que permita o gerenciamento do sistema de quotas, a parametrização da quota com base com os perfis de usuário, o gerenciamento dos usuários (inclusão/alteração/exclusão), e controle das características básicas para o funcionamento do POSTFIX. Sendo aqui sugerido que isto seja feito mediante uma ferramenta com interface WEB.

4 3. Tarefas Sua tarefa consiste em implementar e colocar para funcionar perfeitamente, o ambiente de correio eletrônico com WEBMAIL, e gerenciamento de espaço em disco por perfis de usuário em Linux no Pólo de Touros, sendo que para tanto todas atividades abaixo elencadas precisam executadas: (a) Montar um servidor Linux utilizando a distribuição CENTOS Linux 5 ou superior, e uma solução de WEBMAIL com gerenciamento integrado via interface WEB no Pólo de Touros (20%); (b) Informar problemas quanto ao envio de s e uso de quota em disco por parte dos usuários, e avisar com parâmetros de relevância (baixa, média e alta) ao usuário sobre o uso de seu espaço em disco reservado ao , deve-se dar preferência ao aviso pelo uso de correio eletrônico alternativo do usuário e do administrador da solução; (10%); (c) Preparar um Manual de Usuário bastante didático padrão Cartão de Referência, para que o administrador da rede possa rapidamente possa tirar quaisquer que forem necessárias para utilização da solução; (10%); (d) Preparar uma excelente apresentação em Powerpoint para treinamento dos administradores da rede e da equipe de suporte, para que estes sejam capacitados na utilização do ambiente de / webmail mostrando detalhadamente todos os recursos presentes na solução implementada, e como estes podem ser utilizados da forma mais eficiente; (30%); (e) Preparar um Relatório Técnico e Apresentação com toda a especificação, implementação, detalhes técnicos, anexos e todos os aspectos que foram pertinentes a um melhor entendimento e elucidação de como o ambiente funciona, e pode ser usado de forma mais eficiente e amigável; (30%); OBSERVAÇÃO: O relatório deve ser elaborado, como complemento a este projeto, e a equipe de trabalho deve realizar uma pesquisa teórica. Como resultado desta, deve ser elaborado um relatório descritivo (detalhado) para este trabalho, e realizada a apresentação oral correspondente. Ressalto que o relatório gerado deve apresentar os seguintes capítulos: 1) Introdução (Capítulo 01): Descrição do problema tratado, fornecendo o contexto e deixando claro qual o tema de pesquisa / investigação; 2) Revisão ou Background (Capítulo 02): Neste Capítulo você deve citar fontes científicas e técnicas relacionadas ao seu trabalho (referências bibliográficas), e/ou fornecer conceitos necessários ao entendimento da teoria do problema a ser solucionado; 3) Metodologia: Este capítulo, é um das partes mais importantes do relatório, onde deve ser descrito o que foi pesquisado e qual a metodologia utilizada; 4) Resultados: Neste capítulo devem ser apresentados os resultado obtidos;

5 5) Conclusões: Neste capítulo deve-se sumarizar o propósito deste trabalho, destacando os principais resultados alcançados.

6 4. Cronograma A data limite de entrega deste trabalho para que a ele possa ser atribuída a nota 10,0 (dez) é de 06 de novembro de Após este prazo será diminuída em 1,0 ponto a cada três dias, em 9 dias o mesmo valerá no máximo 7,0 pontos, sendo que após 10 dias de atraso, o trabalho não será mais recebido. Em caso do trabalho ser entregue no mínimo 40 dias antes, o mesmo terá o valor de 12 pontos, sendo que o acréscimo destes 2,0 pontos ocorrerá caso todos os itens ( a) até e) ), desde que o trabalho estejam perfeitos, e que a apresentação dos itens d) e e) seja efetuada perfeitamente.

Implementação de um ambiente de controle e gerenciamento de quotas (espaço em disco) em um Servidor de Arquivos em Linux no Pólo de Touros

Implementação de um ambiente de controle e gerenciamento de quotas (espaço em disco) em um Servidor de Arquivos em Linux no Pólo de Touros UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE ESCOLA AGRÍCOLA DE JUNDIAÍ - EAJ CURSO TÉCNICO DE INFORMÁTICA Projeto das Disciplinas de Sistemas Operacionais de Redes e Projeto de Redes Implementação de um

Leia mais

Implementação de um serviço de Site Dinâmico para a Intranet do Pólo de Touros utilizando o ambiente Apache, MYSQL e PHP em um Servidor Linux

Implementação de um serviço de Site Dinâmico para a Intranet do Pólo de Touros utilizando o ambiente Apache, MYSQL e PHP em um Servidor Linux UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE ESCOLA AGRÍCOLA DE JUNDIAÍ - EAJ CURSO TÉCNICO DE INFORMÁTICA PROFESSOR CARLOS HENRIQUE GRILO DINIZ Projeto das Disciplinas de Sistemas Operacionais de Redes

Leia mais

Projeto das Disciplinas de Sistemas Operacionais de Redes e Projeto de Redes

Projeto das Disciplinas de Sistemas Operacionais de Redes e Projeto de Redes UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE ESCOLA AGRÍCOLA DE JUNDIAÍ - EAJ CURSO TÉCNICO DE INFORMÁTICA Projeto das Disciplinas de Sistemas Operacionais de Redes e Projeto de Redes Implementação de servidor

Leia mais

Implementação de um servidor Proxy com autenticação para o controle de tráfego de rede com o aplicativo SQUID em um Servidor Linux no Pólo de Touros

Implementação de um servidor Proxy com autenticação para o controle de tráfego de rede com o aplicativo SQUID em um Servidor Linux no Pólo de Touros UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE ESCOLA AGRÍCOLA DE JUNDIAÍ - EAJ CURSO TÉCNICO DE INFORMÁTICA Projeto das Disciplinas de Sistemas Operacionais de Redes e Projeto de Redes Implementação de um

Leia mais

Implementação de um Controlador de domínio Windows e Servidor de Arquivos para auxílio no Pólo de Touros utilizando a aplicação SAMBA do Linux

Implementação de um Controlador de domínio Windows e Servidor de Arquivos para auxílio no Pólo de Touros utilizando a aplicação SAMBA do Linux UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE ESCOLA AGRÍCOLA DE JUNDIAÍ - EAJ CURSO TÉCNICO DE INFORMÁTICA Projeto das Disciplinas de Sistemas Operacionais de Redes e Projeto de Redes Implementação de um

Leia mais

Tenho a honra de acusar o recebimento da Nota B-075, datada de 05 de junho de 1997, cujo teor em português é o seguinte:

Tenho a honra de acusar o recebimento da Nota B-075, datada de 05 de junho de 1997, cujo teor em português é o seguinte: ABC/DCS/DAI/ 01 /ETEC-BRAS-CANA Senhor Encarregado de Negócios a.i., Tenho a honra de acusar o recebimento da Nota B-075, datada de 05 de junho de 1997, cujo teor em português é o seguinte: "Senhor Ministro,

Leia mais

Setembro de P90050

Setembro de P90050 Setembro de 2011 708P90050 Servidor de Impressão Xerox FreeFlow versão 8.0. SP2 Pacote de Boas-vindas ao Cliente para Impressora Xerox Color 550/560 e Impressoras Digitais em Cores Xerox 700 e 770 2011

Leia mais

de Informática da UFRPE

de Informática da UFRPE Processo Coordenadoria Seleção de de Suporte Bolsistas Técnico para e Apoio os a Laboratórios Eventos - CSTAE de Informática da UFRPE 1. Processo de Inscrição: O processo de seleção ocorrerá em duas etapas:

Leia mais

Cursos para turbinar a sua carreira profissional

Cursos para turbinar a sua carreira profissional Cursos para turbinar a sua carreira profissional CONTATOS: FONE: (92) 3216-3080 FUNDACAOREDEAM.COM.BR CERTIFICAÇÃO OFICIAL FURUKAWA FCP Data Cabling System (28 horas) Introduzir e direcionar profissionais

Leia mais

ESCLARECIMENTO Nº 1. Seguem abaixo, solicitações formuladas por empresas participantes da Licitação supra e as respectivas respostas de FURNAS:

ESCLARECIMENTO Nº 1. Seguem abaixo, solicitações formuladas por empresas participantes da Licitação supra e as respectivas respostas de FURNAS: PE.DAQ.G.00027.2011 1/7 ESCLARECIMENTO Nº 1 Seguem abaixo, solicitações formuladas por empresas participantes da Licitação supra e as respectivas respostas de FURNAS: 1.Pergunta: Conforme item 2.1.1 do

Leia mais

HP IMC NTA Implementation

HP IMC NTA Implementation HP IMC NTA Implementation Dados técnicos O serviço HP IMC NTA Implementation tem o objetivo de fornecer a personalização do módulo Network Traffic Analyzer, de acordo com as necessidades do Cliente e conforme

Leia mais

CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DO RIO GRANDE DO NORTE DEPARTAMENTO ACADÊMICO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DO RIO GRANDE DO NORTE DEPARTAMENTO ACADÊMICO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DO RIO GRANDE DO NORTE DEPARTAMENTO ACADÊMICO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO http:// www.cefetrn.br/datinf ARQUITETURA TCP/IP Nome: Curso: Turma: LISTA DE EXERCÍCIO

Leia mais

Solução para Gestão de Ambientes de TI.

Solução para Gestão de Ambientes de TI. Solução para Gestão de Ambientes de TI www.max3d.com.br Governança de Ativos e Infraestrutura de TI Governança de TI é uma parte integral da Governança Corporativa e é formada pela liderança, estruturas

Leia mais

Manual do Tutor PIRELLI TYRE CAMPUS

Manual do Tutor PIRELLI TYRE CAMPUS Manual do Tutor PIRELLI TYRE CAMPUS Sumário 1 Apresentação... 4 1.1 Características e Funcionalidades... 4 1.2 Grupos de Usuários... 5 1.3 Portabilidade... 5 2 Usuários... 6 2.1 Alunos... 6 2.1.1 Pesquisa...

Leia mais

Copyright Proibida Reprodução. Prof. Éder Clementino dos Santos

Copyright Proibida Reprodução. Prof. Éder Clementino dos Santos ISO 9001:2008 GESTÃO DE QUALIDADE O que é ISO? ISO = palavra grega que significa Igualdade O Comitê - ISO A Organização Internacional de Normalização (ISO) tem sede em Genebra na Suíça, com o propósito

Leia mais

REGIMENTO DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU: ESPECIALIZAÇÃO EM ENSINO DE CIÊNCIAS Educar pela Pesquisa CAPÍTULO 1 DA ORGANIZAÇÃO GERAL

REGIMENTO DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU: ESPECIALIZAÇÃO EM ENSINO DE CIÊNCIAS Educar pela Pesquisa CAPÍTULO 1 DA ORGANIZAÇÃO GERAL REGIMENTO DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU: ESPECIALIZAÇÃO EM ENSINO DE CIÊNCIAS Educar pela Pesquisa CAPÍTULO 1 DA ORGANIZAÇÃO GERAL Art. 1 - O curso de Pós-Graduação Lato Sensu Especialização em

Leia mais

Oferta de Migração do SharePoint 2013 Perguntas Mais Frequentes

Oferta de Migração do SharePoint 2013 Perguntas Mais Frequentes Oferta de Migração do SharePoint 2013 Perguntas Mais Frequentes 26 de setembro de 2016 DESCRIÇÃO GERAL O FastTrack irá oferecer serviços de migração do SharePoint 2013 no local como uma oferta de tempo

Leia mais

Sistema de tarifação para telefonia IP corporativa

Sistema de tarifação para telefonia IP corporativa Sistema de tarifação para telefonia IP corporativa 1. Descrição. Adportas TarifiKall é um sistema de tarifação para telefonia IP que permite controlar significativamente o fluxo de chamadas telefônicas

Leia mais

Para o Percurso de Formação e Certificação Técnico de Redes e Sistemas foram definidos os seguintes objetivos:

Para o Percurso de Formação e Certificação Técnico de Redes e Sistemas foram definidos os seguintes objetivos: Técnico de Redes e Sistemas Redes e Sistemas - Sistemas Operativos Com certificação Nível: Iniciado Duração: 133h Sobre o curso Para o Percurso de Formação e Certificação Técnico de Redes e Sistemas foram

Leia mais

Manual do Usuário. 2 SIAC - Sistema de Atendimento ao Contribuinte

Manual do Usuário. 2 SIAC - Sistema de Atendimento ao Contribuinte Contribuinte 1 Manual do Usuário DSF - Desenvolvimento de Sistemas Fiscais Todos os direitos reservados. É permitida a reprodução total ou parcial deste documento sem o pagamento de direitos autorais,

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO VALE DO SÃO FRANCISCO UNIVASF SECRETARIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO STI DEPARTAMENTO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÕES

UNIVERSIDADE FEDERAL DO VALE DO SÃO FRANCISCO UNIVASF SECRETARIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO STI DEPARTAMENTO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÕES UNIVERSIDADE FEDERAL DO VALE DO SÃO FRANCISCO UNIVASF SECRETARIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO STI DEPARTAMENTO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÕES MANUAL DO USUÁRIO SISTEMA DE TRAMITAÇÃO DE DOCUMENTOS Versão 3.0

Leia mais

Arquitetura da Internet. Prof. Eduardo

Arquitetura da Internet. Prof. Eduardo Arquitetura da Internet Prof. Eduardo Introdução Ao entender o modelo OSI e funções de cada camada, é necessário verificar e entender o modelo TCP/IP, saber quais protocolos ele utiliza, e como esse modelo

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO DE SISTEMAS LINUX. Servidor de

ADMINISTRAÇÃO DE SISTEMAS LINUX. Servidor de ADMINISTRAÇÃO DE SISTEMAS LINUX Servidor de e-mail INTRODUÇÃO E-mail é sem dúvida a aplicação mais popular da Internet. Em 1991, metade de todas as conexões TCP eram para o SMTP. Atualmente, além do envio

Leia mais

IV ENCONTRO DE PSICOLOGIA CUIDADOS PALIATIVOS: RESSIGNIFICANDO A PERDA, A MORTE E O MORRER 31 de Maio a 02 de Junho

IV ENCONTRO DE PSICOLOGIA CUIDADOS PALIATIVOS: RESSIGNIFICANDO A PERDA, A MORTE E O MORRER 31 de Maio a 02 de Junho IV ENCONTRO DE PSICOLOGIA CUIDADOS PALIATIVOS: RESSIGNIFICANDO A PERDA, A MORTE E O MORRER 31 de Maio a 02 de Junho EDITAL INSCRIÇÃO DE TRABALHOS A Coordenação do curso de Psicologia da Faculdade Vale

Leia mais

O que são os Sistemas ERP?

O que são os Sistemas ERP? O que são os Sistemas ERP? Enterprise Resource Planning (ERP) é um sistema integrado, utilizado para fazer o planejamento de recursos da empresa, ou seja, ele integra todos os dados e processos de uma

Leia mais

ATENÇÃO O TCP/IP não é um protocolo. TCP/IP é um conjunto de diversos protocolos em 04 camadas próprias que se relaciona com o modelo OSI.

ATENÇÃO O TCP/IP não é um protocolo. TCP/IP é um conjunto de diversos protocolos em 04 camadas próprias que se relaciona com o modelo OSI. PROTOCOLOS DE TRANSMISSÃO DE DADOS PROTOCOLO TCP/IP Trata-se da sigla da palavra inglesa Transmission Control Protocol / Internet Protocol ou, simplesmente Protocolo de Controle de Transmissão / Protocolo

Leia mais

SOLICITAÇÃO DE COTAÇÃO (RFQ) Nº JOF /2016 ERRATA 02. Com referência ao processo em epígrafe, segue errata 02 que deverá ser considerada:

SOLICITAÇÃO DE COTAÇÃO (RFQ) Nº JOF /2016 ERRATA 02. Com referência ao processo em epígrafe, segue errata 02 que deverá ser considerada: JOF - JOINT OPERATIONS FACILITY SOLICITAÇÃO DE COTAÇÃO (RFQ) Nº JOF-0162-29944/2016 ERRATA 02 Brasília, 28 de setembro de 2016. Senhores(as): Com referência ao processo em epígrafe, segue errata 02 que

Leia mais

Diagrama de Classes Módulo de Treinamento FIGURA 19: DIAGRAMA DE CLASSES DO MÓDULO DE TREINAMENTO

Diagrama de Classes Módulo de Treinamento FIGURA 19: DIAGRAMA DE CLASSES DO MÓDULO DE TREINAMENTO 5.3.3.4 Diagrama de Classes Módulo de Treinamento FIGURA 19: DIAGRAMA DE CLASSES DO MÓDULO DE TREINAMENTO 101 5.3.4 Definição das Classes - Módulo Pedagógico 5.3.4.1 Classe GrupoCurso A classe GrupoCurso

Leia mais

Impresso em 26/08/2015 13:39:41 (Sem título)

Impresso em 26/08/2015 13:39:41 (Sem título) Aprovado ' Elaborado por Andrea Gaspar/BRA/VERITAS em 02/12/2013 Verificado por Cristiane Muniz em 05/12/2013 Aprovado por Denis Fortes/BRA/VERITAS em 06/12/2013 ÁREA GRH Tipo Procedimento Regional Número

Leia mais

Parceiro Oficial de Treinamentos Zimbra no Brasil

Parceiro Oficial de Treinamentos Zimbra no Brasil Apresentação A VANTAGE Educacional é uma referência no Brasil em Treinamento e Capacitação das principais soluções corporativas Open Source. Nosso Centro Oficial de Treinamento e Capacitação está situado

Leia mais

Correio Eletrônico Carteiro. Apresentador: Marcos Martins Melo 13/02/2007

Correio Eletrônico Carteiro. Apresentador: Marcos Martins Melo 13/02/2007 Correio Eletrônico Carteiro Apresentador: Marcos Martins Melo 13/02/2007 Agenda -Histórico; - Objetivos; - Necessidades; - Projeto; -Solução; -Segurança; -Telas; - Novos desafios. Agenda -Histórico; -

Leia mais

LIBERAÇÃO DE ATUALIZAÇÃO CORDILHEIRA

LIBERAÇÃO DE ATUALIZAÇÃO CORDILHEIRA LIBERAÇÃO DE ATUALIZAÇÃO CORDILHEIRA (Orientamos aos clientes que utilizam banco de dados SQL, para efetuarem a atualização preferencialmente após o encerramento das atividades do dia, acessando o sistema

Leia mais

GT-ATER: Aceleração do Transporte de Dados com o Emprego de Redes de Circuitos Dinâmicos. RA2 - Relatório de acompanhamento trimestral

GT-ATER: Aceleração do Transporte de Dados com o Emprego de Redes de Circuitos Dinâmicos. RA2 - Relatório de acompanhamento trimestral GT-ATER: Aceleração do Transporte de Dados com o Emprego de Redes de Circuitos Dinâmicos RA2 - Relatório de acompanhamento trimestral Período: 02/2013 a 04/2013 Sand Luz Corrêa Kleber Vieira Cardoso 30/04/2013

Leia mais

COMO SELECIONAR O RAID ADEQUADO PARA UMA SAN EQUALLOGIC

COMO SELECIONAR O RAID ADEQUADO PARA UMA SAN EQUALLOGIC INFORME OFICIAL COMO SELECIONAR O RAID ADEQUADO PARA UMA SAN EQUALLOGIC Uma das decisões mais importantes a ser tomada ao implantar uma nova solução para armazenamento de dados é que tipo de RAID utilizar.

Leia mais

Conselho Regional do Norte Câmara dos Solicitadores. Plataforma Moodle de apoio aos Estágios Introdução

Conselho Regional do Norte Câmara dos Solicitadores. Plataforma Moodle de apoio aos Estágios Introdução Moodle? O que é isto? É a abreviatura de Modular Object Oriented Distance LEarning É um conceito criado por um cientista de computadores Australiano em 2001. É um software que permite a criação e a gestão

Leia mais

MANUAL DO SISTEMA FLEXISS PARA ACESSO DE FARMÁCIAS

MANUAL DO SISTEMA FLEXISS PARA ACESSO DE FARMÁCIAS MANUAL DO SISTEMA FLEXISS PARA ACESSO DE FARMÁCIAS VERSÃO ONLINE versão: 3.2.303 [22/07/2016] M A N U A L D O S I S T E M A F L E X I S S P A R A A C E S S O D E F A R M Á C I A S Página 1 SUMÁRIO 1. INTRODUÇÃO...

Leia mais

1. Requisitos de Instalação Procedimentos Iniciais Instalação do WinThor Anywhere (Padrão)... 3

1. Requisitos de Instalação Procedimentos Iniciais Instalação do WinThor Anywhere (Padrão)... 3 Sumário Apresentação... 1 1. Requisitos de Instalação... 2 2. Procedimentos Iniciais... 2 3. Instalação do WinThor Anywhere (Padrão)... 3 4. Instalação do WinThor Anywhere (Avançada)... 7 5. Execução da

Leia mais

Tutorial de utilização do Sistema de Abertura de Chamado Sumário

Tutorial de utilização do Sistema de Abertura de Chamado Sumário Tutorial de utilização do Sistema de Abertura de Chamado Sumário 1. Processo de atendimento...2 1.1. Porque abrir um chamado...2 1.2. Entendendo o processo de atendimento...2 1.3. Acessando o sistema...3

Leia mais

Nova Área do Condômino

Nova Área do Condômino 1 Nova Área do Condômino Osasco 2016 2 Sumário Introdução...3 Nova Área do Condômino...4 Nova Interface...5 Novo sistema de Senha...6 Área do Condômino...7 Agradecimento...9 3 Introdução A cada ano a Camargo

Leia mais

Guia Primeiros Passos da Bomgar B400

Guia Primeiros Passos da Bomgar B400 Guia Primeiros Passos da Bomgar B400 Documento: 043010.15 Publicado: maio 2010 Guia Primeiros Passos da Bomgar B400 Documento: 043010.15 Publicado: maio 2010 Obrigado por usar a Bomgar. Na Bomgar, o atendimento

Leia mais

RUP RATIONAL UNIFIED PROCESS PRÁTICAS RECOMENDADAS. Prof. Fabiano Papaiz IFRN

RUP RATIONAL UNIFIED PROCESS PRÁTICAS RECOMENDADAS. Prof. Fabiano Papaiz IFRN RUP RATIONAL UNIFIED PROCESS PRÁTICAS RECOMENDADAS Prof. Fabiano Papaiz IFRN O RUP recomenda as seguintes práticas que devem ser utilizadas no desenvolvimento de um software: 1. Desenvolver de forma iterativa

Leia mais

Workshop de Ambientes de apoio à Aprendizagem de Algoritmos e Programação (SBIE 2007) Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação ICMC-USP

Workshop de Ambientes de apoio à Aprendizagem de Algoritmos e Programação (SBIE 2007) Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação ICMC-USP Camila K. D. Corte, Ana C. Riekstin Marco Aurélio G.Silva Ellen F. Barbosa, José C. Maldonado camila, claudiar, magsilva, francine, jcmaldon@icmc.usp.br Workshop de Ambientes de apoio à Aprendizagem de

Leia mais

Políticas Organizacionais

Políticas Organizacionais Políticas Organizacionais Versão 1.4 Histórico de Revisões Data Versão Descrição Autor 11/10/2012 1.0 Revisão das políticas EPG 26/11/2012 1.1 Revisão do Item de customização EPG 24/10/2013 1.2 Revisão

Leia mais

GT-ATER: Aceleração do Transporte de Dados com o Emprego de Redes de Circuitos Dinâmicos. RA1 - Relatório de acompanhamento trimestral

GT-ATER: Aceleração do Transporte de Dados com o Emprego de Redes de Circuitos Dinâmicos. RA1 - Relatório de acompanhamento trimestral GT-ATER: Aceleração do Transporte de Dados com o Emprego de Redes de Circuitos Dinâmicos RA1 - Relatório de acompanhamento trimestral Período: 11/2012 a 01/2013 Sand Luz Corrêa Kleber Vieira Cardoso 31/01/2013

Leia mais

Gerenciamento do Escopo do Projeto (PMBoK 5ª ed.)

Gerenciamento do Escopo do Projeto (PMBoK 5ª ed.) Gerenciamento do Escopo do Projeto (PMBoK 5ª ed.) De acordo com o PMBok 5ª ed., o escopo é a soma dos produtos, serviços e resultados a serem fornecidos na forma de projeto. Sendo ele referindo-se a: Escopo

Leia mais

CAPA... 1 ÍNDICE... 2 BOAS VINDAS... 3 APRESENTAÇÃO... 4 CONCEITO... 4 INSTALAÇÃO DO APLICATIVO... 5 ACESSANDO O SISTEMA... 6

CAPA... 1 ÍNDICE... 2 BOAS VINDAS... 3 APRESENTAÇÃO... 4 CONCEITO... 4 INSTALAÇÃO DO APLICATIVO... 5 ACESSANDO O SISTEMA... 6 SUMÁRIO CAPA... 1 ÍNDICE... 2 BOAS VINDAS... 3 APRESENTAÇÃO... 4 CONCEITO... 4 INSTALAÇÃO DO APLICATIVO... 5 ACESSANDO O SISTEMA... 6 PERMISSÃO PARA RASTREAMENTO... 7 TELA PRINCIPAL... 8 PESQUISANDO UMA

Leia mais

MODELAGEM DE UM SISTEMA DE INFORMAÇÃO APLICADO AO GERENCIAMENTO DO ACOMPANHAMENTO DE TRABALHOS DE CONCLUSÃO DE CURSO DO IFC-CAMPUS CAMBORIÚ

MODELAGEM DE UM SISTEMA DE INFORMAÇÃO APLICADO AO GERENCIAMENTO DO ACOMPANHAMENTO DE TRABALHOS DE CONCLUSÃO DE CURSO DO IFC-CAMPUS CAMBORIÚ MODELAGEM DE UM SISTEMA DE INFORMAÇÃO APLICADO AO GERENCIAMENTO DO ACOMPANHAMENTO DE TRABALHOS DE CONCLUSÃO DE CURSO DO IFC-CAMPUS CAMBORIÚ Lucas MASO 1 ; Ana Elisa Ferreira SCHMIDT 2 ; Angelo Augusto

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA LUMEWARE PERFIL: ADMINISTRADOR

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA LUMEWARE PERFIL: ADMINISTRADOR MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA LUMEWARE PERFIL: ADMINISTRADOR Manaus, 2009 Sumário Figura 1 - Tela de Login... 1 Figura 2 - Tela Principal... 1 Figura 3 - Tela de Integração Empresa... 2 Figura 4 - Tela

Leia mais

O que é um sistema distribuído?

O que é um sistema distribuído? Disciplina: Engenharia de Software 4 Bimestre Aula 1: ENGENHARIA DE SOFTWARE DISTRIBUÍDO O que é um sistema distribuído? Segundo Tanenbaum e Steen (2007) um sistema distribuído é uma coleção de computadores

Leia mais

# Início Instalação e Configuração Servidor Antivírus Symantec Endpoint #

# Início Instalação e Configuração Servidor Antivírus Symantec Endpoint # ------------------------------ # Início Instalação e Configuração Servidor Antivírus Symantec Endpoint # ------------------------------ O Symantec Endpoint Protection 11.0 combina o Symantec AntiVirus

Leia mais

GERENCIAMENTO DAS COMUNICAÇÕES DO PROJETO

GERENCIAMENTO DAS COMUNICAÇÕES DO PROJETO GERENCIAMENTO DAS COMUNICAÇÕES DO PROJETO Planejar o Gerenciamento das Comunicações O gerenciamento das comunicações do projeto inclui os processos necessários para assegurar que as informações do projeto

Leia mais

Definições de TI e Peopleware Aula 5. Disciplina: Princípios de Sistemas de Informação - UNIP Professor: Shie Yoen Fang Abril 2016

Definições de TI e Peopleware Aula 5. Disciplina: Princípios de Sistemas de Informação - UNIP Professor: Shie Yoen Fang Abril 2016 Definições de TI e Peopleware Aula 5 Disciplina: Princípios de Sistemas de Informação - UNIP Professor: Shie Yoen Fang Abril 2016 1 - Conceitos de Eficiência e Eficácia - Definição de TI - Conceitos de

Leia mais

SISTEMA VIGILANT NFC O QUÉ FAZ E CÓMO FUNCIONA

SISTEMA VIGILANT NFC O QUÉ FAZ E CÓMO FUNCIONA SISTEMA VIGILANT NFC O QUÉ FAZ E CÓMO FUNCIONA GESTION INFORMATIZADA DE LOS PARTES DIARIOS. GESTÃO ONLINE DOS RELATÓRIOS DIÁRIOS O Sistema Vigilant NFC, a través duma App instalada no Telemóvel (Smartphone)

Leia mais

PDCA UMA SIMPLES FERRAMENTA QUE PODE MUDAR SUA EMPRESA. Sobre o Autor:

PDCA UMA SIMPLES FERRAMENTA QUE PODE MUDAR SUA EMPRESA. Sobre o Autor: PDCA UMA SIMPLES FERRAMENTA QUE PODE MUDAR SUA EMPRESA Sobre o Autor: Meu nome é Guilherme Pereira Nunes Assunção Araújo. Sou graduado em Administração Empreendedora, tenho MBA em Gestão Empresarial com

Leia mais

COORDENADORIA DE RECURSOS HUMANOS CRH/SES G RUPO DE G ESTÃO DE P ESSOAS NÚCLEO DE SUPORTE À G ESTÃO DE PESSOAS

COORDENADORIA DE RECURSOS HUMANOS CRH/SES G RUPO DE G ESTÃO DE P ESSOAS NÚCLEO DE SUPORTE À G ESTÃO DE PESSOAS UNIDADE CENTRAL DE RECURSOS HUMANOS Edital de Abertura de Inscrições Nº 01/2009 CONCURSO DE PROMOÇÃO A Unidade Central de Recursos Humanos, no uso de sua competência atribuída pelo artigo 6º, do Decreto

Leia mais

Horto Fruticultura Fictícia Ltda

Horto Fruticultura Fictícia Ltda Horto Fruticultura Fictícia Ltda Modelo de apresentação para divulgação de uma franquia. Neste exemplo vamos apresentar a divulgação de um Hortifrúti. Grupo CRD 2000 Produções Ltda - 1998/2016 - Todos

Leia mais

Introdução à Computação

Introdução à Computação Introdução à Computação Jordana Sarmenghi Salamon jssalamon@inf.ufes.br jordanasalamon@gmail.com http://inf.ufes.br/~jssalamon Departamento de Informática Universidade Federal do Espírito Santo Agenda

Leia mais

DESEMPENHO APC 5M x Concorrente

DESEMPENHO APC 5M x Concorrente DESEMPENHO APC 5M x Concorrente 1. OBJETIVOS Efetuar testes comparativo de performance, utilizando como parâmetro o throughput e a taxa de pacotes por segundo (PPS) entre os equipamentos APC 5M, da Intelbras,

Leia mais

Manual de Utilização do Zimbra Webmail

Manual de Utilização do Zimbra Webmail Universidade Federal da Paraíba Superintendência de Tecnologia da Informação Campus Universitário I, João Pessoa Paraíba CEP.: 58051-900 +55 83 3209-8650 Manual de Utilização do Zimbra Webmail Introdução.

Leia mais

Packet Capture Guia de consulta rápida

Packet Capture Guia de consulta rápida IBM Security QRadar Versão 7.2.3 Packet Capture Guia de consulta rápida SC43-1676-01 Nota Antes de utilizar estas informações e o produto que elas suportam, leia as informações em Avisos na página 3. Copyright

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA LUMEWARE PERFIL: TREINAMENTO

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA LUMEWARE PERFIL: TREINAMENTO MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA LUMEWARE PERFIL: TREINAMENTO Manaus, 2009 Sumário Figura 1 - Tela de Login... 1 Figura 2 - Tela Principal... 1 Figura 3 - Tela Listar Sala... 2 Figura 4 - Tela Listagem

Leia mais

SEGURANÇA. Segurança de máquinas e processos NR12. 1. Laudo Técnico 2. Projetos 3. Fornecimento de Materiais Certificados. 4. Execução 5.

SEGURANÇA. Segurança de máquinas e processos NR12. 1. Laudo Técnico 2. Projetos 3. Fornecimento de Materiais Certificados. 4. Execução 5. SEGURANÇA Segurança de máquinas e processos NR12 1. Laudo Técnico 2. Projetos 3. Fornecimento de Materiais Certificados 4. Execução 5. ART SERVIÇOS Sistemas de Automação e Segurança Industrial. A EMPRESA

Leia mais

Cadastro PORTAL DE COMPRAS SÃO JOSÉ DO RIO PRETO

Cadastro PORTAL DE COMPRAS SÃO JOSÉ DO RIO PRETO Cadastro PORTAL DE COMPRAS SÃO JOSÉ DO RIO PRETO Página 1 As informações contidas neste documento, incluindo quaisquer URLs e outras possíveis referências a web sites, estão sujeitas a mudança sem aviso

Leia mais

Documento de Visão. Projeto T2Ti Lite Cadastros Base

Documento de Visão. Projeto T2Ti Lite Cadastros Base Documento de Visão T2Ti ERP Lite Cadastros Base Versão 1.0 Projeto T2Ti Lite Cadastros Base Histórico de Alterações Data Versão Descrição Autor 30/04/2017 1.0 Primeira versão do documento. Albert Eije

Leia mais

Universidade Federal Fluminense

Universidade Federal Fluminense Universidade Federal Fluminense SISTEMA INTEGRADO DE ADMINISTRAÇÃO ACADÊMICA SIAD MÓDULO DE CONSULTAS E RELATÓRIOS MANUAL DO USUÁRIO Abril 2007 SUMÁRIO 1. INTRODUÇÃO 3 2. REQUISITOS NECESSÁRIOS 3 3. INFORMAÇÕES

Leia mais

Manual do usuário. Introdução 1. Sobre o WDA 1.2. Sobre esse Documento 1.3. Sobre a Vector Serviços 1.4. Sobre a Easy.co 1.5.

Manual do usuário. Introdução 1. Sobre o WDA 1.2. Sobre esse Documento 1.3. Sobre a Vector Serviços 1.4. Sobre a Easy.co 1.5. Manual do usuário Introdução 1 Sobre o WDA 1.2 Sobre esse Documento 1.3 Sobre a Vector Serviços 1.4 Sobre a Easy.co 1.5 System Overview 2 Aplicabilidades 2.1 Processos 2.2 Internet 2.3 Dados Técnicos 2.4

Leia mais

POLÍTICA DE INVESTIMENTOS DA BRASKEM

POLÍTICA DE INVESTIMENTOS DA BRASKEM ANEXO À PD.CA/BAK-37/2010 POLÍTICA DE INVESTIMENTOS DA BRASKEM Aprovada pelo Conselho de Administração da Braskem S.A. em 29 de Novembro de 2010 1 XX/XX/10 RAE Inventimentos LE Braskem Revisão Data da

Leia mais

Fundamentos de Sistemas Operacionais de Arquitetura Aberta. CST em Redes de Computadores

Fundamentos de Sistemas Operacionais de Arquitetura Aberta. CST em Redes de Computadores Fundamentos de Sistemas Operacionais de Arquitetura Aberta CST em Redes de Computadores Introdução Computadores Computadores são compostos, basicamente, de CPU, memória e dispositivos de entrada e saída

Leia mais

Plano de Segurança da Informação. Política de Segurança

Plano de Segurança da Informação. Política de Segurança Plano de Segurança da Informação Inicialmente, deve se possuir a percepção de que a segurança da informação deve respeitar os seguintes critérios: autenticidade, não repúdio, privacidade e auditoria. Também

Leia mais

RECURSOS HUMANOS. Introdução ao Benner RH. Núcleo da Solução

RECURSOS HUMANOS. Introdução ao Benner RH. Núcleo da Solução RECURSOS HUMANOS Introdução ao Benner RH Núcleo da Solução Sumário Introdução... 4 Módulos do Sistema Benner Recursos Humanos.... 5 Apresentação do Sistema.... 6 Gerenciamento de atualizações... 8 Gerenciamento

Leia mais

Ferramentas de Interação

Ferramentas de Interação Ferramentas de Interação O Konviva possui ferramentas de interação e comunicação que permitem troca de informações entre todos os usuários cadastrados no sistema. São elas: Correio, Biblioteca e FAQ. Para

Leia mais

COMITÊ DE TECNOLOGIA DA. INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO (CoTIC) Serviço de Correio Eletrônico: Política de Uso. Versão 1.0

COMITÊ DE TECNOLOGIA DA. INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO (CoTIC) Serviço de Correio Eletrônico: Política de Uso. Versão 1.0 COMITÊ DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO (CoTIC) Serviço de Correio Eletrônico: Política de Uso Versão 1.0 Florianopolis, abril de 2016. 1 Apresentação e Justificativa A Universidade Federal de

Leia mais

Sistema de Gerenciamento de Hotspots

Sistema de Gerenciamento de Hotspots Sistema de Gerenciamento de Hotspots Fastspot - Sistema para gerenciamento de Hotspots O que é um Hotspot? Hotspot é o nome atribuído ao local que disponibiliza o acesso à Internet público através de rede

Leia mais

Tópicos Avançados em Banco de Dados Dependências sobre regime e controle de objetos em Banco de Dados. Prof. Hugo Souza

Tópicos Avançados em Banco de Dados Dependências sobre regime e controle de objetos em Banco de Dados. Prof. Hugo Souza Tópicos Avançados em Banco de Dados Dependências sobre regime e controle de objetos em Banco de Dados Prof. Hugo Souza Após vermos uma breve contextualização sobre esquemas para bases dados e aprendermos

Leia mais

Trabalho de LP 15/07/2013. Prof. Flávio Miguel Varejão

Trabalho de LP 15/07/2013. Prof. Flávio Miguel Varejão 15/07/2013 Trabalho de LP Prof. Flávio Miguel Varejão OBSERVAÇÃO IMPORTANTE: LEIA ATENTAMENTE TODA A ESPECIFICAÇÃO DO TRABALHO E INSTRUÇÕES DE SUBMISSÃO DE MODO A NÃO COMETER ENGANOS POR DESATENÇÃO E SER

Leia mais

Especificação Técnica Sistema de Acesso

Especificação Técnica Sistema de Acesso 1. Introdução O VW Acesso é um sistema 100% web, para controle de acesso de pessoas. O sistema possui arquitetura robusta e independente de plataforma, atendendo todos os segmentos e portes de empresa.

Leia mais

Termo de aceite. Aceite online do Contrato Particular de Compra e Venda e Condições Comerciais para a Revenda dos Produtos do Grupo Mar de Joias.

Termo de aceite. Aceite online do Contrato Particular de Compra e Venda e Condições Comerciais para a Revenda dos Produtos do Grupo Mar de Joias. Termo de aceite Aceite online do Contrato Particular de Compra e Venda e Condições Comerciais para a Revenda dos Produtos do Grupo Mar de Joias. Pelo presente instrumento, de um lado M M Pereira ME, cadastrada

Leia mais

Manual Mobuss Construção - Móvel

Manual Mobuss Construção - Móvel Manual Mobuss Construção - Móvel VISTORIA & ENTREGA - MÓVEL Versão 1.0 Data 22/04/2014 Mobuss Construção - Vistoria & Entrega Documento: v1.0 Blumenau SC 2 Histórico de Revisão Versão Data Descrição 1.0

Leia mais

DS-1100KI Teclado para uso em rede. Especificações técnicas

DS-1100KI Teclado para uso em rede. Especificações técnicas DS-1100KI Teclado para uso em rede Especificações técnicas Avisos As informações contidas neste documento estão sujeitas a mudança sem prévio aviso e não representam nenhum compromisso em nome da HIKVISION.

Leia mais

AUTORIZAÇÃO PARA COMPRA DE MATERIAL/SERVIÇO

AUTORIZAÇÃO PARA COMPRA DE MATERIAL/SERVIÇO AUTORIZAÇÃO PARA COMPRA DE MATERIAL/SERVIÇO OBJETO: Contratação de empresa especializada na criação de um web site personalizado para a Câmara Municipal de Vereadores de Tunápolis, SC, gerenciável, próprio

Leia mais

Utilização e Manutenção do E-mail Corporativo Hernany Silveira Rocha

Utilização e Manutenção do E-mail Corporativo Hernany Silveira Rocha Utilização e Manutenção do E-mail Corporativo Hernany Silveira Rocha Agenda Formas de acesso ao e-mail corporativo Nivelamento do conhecimento sobre o e-mail Funcionalidades do Webmail O que é o e-mail

Leia mais

Instalando o Microsoft Office 2012-09-13 Versão 2.1

Instalando o Microsoft Office 2012-09-13 Versão 2.1 Instalando o Microsoft Office 2012-09-13 Versão 2.1 SUMÁRIO Instalando o Microsoft Office... 2 Informações de pré-instalação... 2 Instalando o Microsoft Office... 3 Introdução... 7 Precisa de mais ajuda?...

Leia mais

Desenvolvimento de Software

Desenvolvimento de Software PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 15ª REGIÃO Secretaria de Tecnologia da Informação e Comunicações Total de Páginas:16 Versão: 1.0 Última Atualização: 26/07/2013 Índice

Leia mais

Capítulo 1. 4 Modem de conexão discada sobre linha telefônica: residencial;

Capítulo 1. 4 Modem de conexão discada sobre linha telefônica: residencial; Universidade Federal do ABC Prof. João Henrique Kleinschmidt Gabarito Lista de Exercícios 1 e 2 Redes de Computadores Capítulo 1 Questões de revisão 4 Modem de conexão discada sobre linha telefônica: residencial;

Leia mais

ESPECIFICAÇÃO DE PROJETO AUTOR(ES) : João

ESPECIFICAÇÃO DE PROJETO AUTOR(ES) : João AUTOR(ES) : João AUTOR(ES) : João NÚMERO DO DOCUMENTO : VERSÃO : 1.1 ORIGEM STATUS : c:\projetos : Acesso Livre DATA DO DOCUMENTO : 22 novembro 2007 NÚMERO DE PÁGINAS : 13 ALTERADO POR : Manoel INICIAIS:

Leia mais

CONSELHO REGIONAL DE ENFERMAGEM DE SÃO PAULO. Resposta aos questionamentos efetuados pela empresa TOTVS, temos a informar conforme segue:

CONSELHO REGIONAL DE ENFERMAGEM DE SÃO PAULO. Resposta aos questionamentos efetuados pela empresa TOTVS, temos a informar conforme segue: Resposta aos questionamentos efetuados pela empresa TOTVS, temos a informar conforme segue: Questionamento 1: Tomando como base a definição de que os Conselhos o Federal e os Regionais foram criados por

Leia mais

EDUCAÇÃO BÁSICA E A DESIRE2LEARN ESCOLAS DE EDUCAÇÃO BÁSICA

EDUCAÇÃO BÁSICA E A DESIRE2LEARN ESCOLAS DE EDUCAÇÃO BÁSICA EDUCAÇÃO BÁSICA E A DESIRE2LEARN ESCOLAS DE EDUCAÇÃO BÁSICA ESTAMOS AQUI PARA AJUDAR Trabalhamos para estabelecer boas relações com escolas e redes de ensino privadas e públicas em âmbito municipal, estadual

Leia mais

O QUE É O TAUGOR GED?

O QUE É O TAUGOR GED? O QUE É O TAUGOR GED? Quanto posso ter de retorno? Depende muito do tipo de documento que será objeto de gestão eletrônica. No caso de documentos fiscais/trabalhistas a redução de espaço pode chegar a

Leia mais

GESTÃO DE BATERIAS IMPRES MAIS SEGURAS, MAIS INTELIGENTES, MAIS DURADOURAS

GESTÃO DE BATERIAS IMPRES MAIS SEGURAS, MAIS INTELIGENTES, MAIS DURADOURAS GESTÃO DE BATERIAS IMPRES MAIS SEGURAS, MAIS INTELIGENTES, MAIS DURADOURAS SUA BATERIA MAIS SEGURA, MAIS INTELIGENTE, MAIS DURADOURA O seu rádio é tão bom quanto a bateria que o alimenta. Quando uma bateria

Leia mais

PROGRAMA PROREDES BIRD RS TERMO DE REFERÊNCIA PARA CONTRATAÇÃO DE CONSULTORIA INDIVIDUAL ESPECIALIZADA EM ANÁLISE DE SISTEMAS NA ÁREA DA EDUCAÇÃO

PROGRAMA PROREDES BIRD RS TERMO DE REFERÊNCIA PARA CONTRATAÇÃO DE CONSULTORIA INDIVIDUAL ESPECIALIZADA EM ANÁLISE DE SISTEMAS NA ÁREA DA EDUCAÇÃO PROGRAMA PROREDES BIRD RS TERMO DE REFERÊNCIA PARA CONTRATAÇÃO DE CONSULTORIA INDIVIDUAL ESPECIALIZADA EM ANÁLISE DE SISTEMAS NA ÁREA DA EDUCAÇÃO Sumário 1 Objetivo da contratação... 1 2 Antecedentes e

Leia mais

Gerência de Projetos e Qualidade de Software. Prof. Walter Gima

Gerência de Projetos e Qualidade de Software. Prof. Walter Gima Gerência de Projetos e Qualidade de Software Prof. Walter Gima 1 Plano de Ensino e Aprendizagem 2 3 Objetivos CONTEÚDO Se preparar para o inicio de um projeto Acompanhamento projeto Controles Métricas

Leia mais

Guia de Instalação I. Instalação e Administração do Fluig. Título do documento

Guia de Instalação I. Instalação e Administração do Fluig. Título do documento Guia de Instalação I Instalação e Administração do Fluig Título do documento fluig.com 0800 882 9191 Av. Braz Leme 1717, Casa Verde 02511-000 São Paulo - Brasil 1 Sumário 1. Introdução... 3 1.1. Objetivos

Leia mais

www.institutoprosaber.com.br

www.institutoprosaber.com.br Prepare-se! O mundo vai precisar do seu conhecimento Rua Georgina Erisman, 205 - Centro - CEP: 44001-448 - Feira de Santana-BA Tel.: (75) 3614-9950 / 0800-282-8812 www.institutoprosaber.com.br Seja bem-vindo!

Leia mais

(4) Não efetuamos alterações nem adaptações de qualquer natureza no software visando adaptar ao uso específico dos usuários.

(4) Não efetuamos alterações nem adaptações de qualquer natureza no software visando adaptar ao uso específico dos usuários. LEIA COM ATENÇÃO: (1) Os TERMOS DE USO dos SOFTWARES disponibilizados no SITE, são regidos pelo CONTRATO DE ADESÃO DE LICENÇA DE USO DE SOFTWARE, exibido abaixo. Caso não aceite os termos de uso, não utilize

Leia mais

ASSOCIAÇÃO MÉDICA DE MOÇAMBIQUE

ASSOCIAÇÃO MÉDICA DE MOÇAMBIQUE ASSOCIAÇÃO MÉDICA DE MOÇAMBIQUE PLANO ESTRATÉGICO E DE ACTIVIDADES 2014-2018 VISÃO: UMA ASSOCIAÇÃO MÉDICA FORTEMENTE ENGAJADA DEFESA DA CLASSE MÉDICA MOÇAMBICA Actividades T1 T2 T3 T4 T1 T2 T3 T4 OE1:

Leia mais

Laboratório 8. Configurando o Serviço de . Neste laboratório iremos configurar um servidor de usnado os serviços IMAP e POP3

Laboratório 8. Configurando o Serviço de  . Neste laboratório iremos configurar um servidor de  usnado os serviços IMAP e POP3 Neste laboratório iremos configurar um servidor de e-mail usnado os serviços IMAP e POP3 Laboratório 8 Configurando o Serviço de e-mail Prof. Max Santana Rolemberg Farias 1 Existe várias maneiras de configurar

Leia mais

SGS - SISTEMA DE GERENCIAMENTO DE SEBO. Mariane de Abreu Neres Yasmin Feitosa Bacetti

SGS - SISTEMA DE GERENCIAMENTO DE SEBO. Mariane de Abreu Neres Yasmin Feitosa Bacetti SGS - SISTEMA DE GERENCIAMENTO DE SEBO Mariane de Abreu Neres 1614061 Yasmin Feitosa Bacetti 1614223 Dezembro 2017 1. Introdução 1.1 Escopo do Sistema O Sistema para Gerenciamento de Sebo (SGS) tem como

Leia mais

SOFTWARE DE GERENCIAMENTO DE

SOFTWARE DE GERENCIAMENTO DE SOFTWARE DE GERENCIAMENTO DE LIBERAÇÃO E ATUALIZAÇÃO DE VERSÃO EDUARDO SIEMANN ORIENTADOR: JHONY ALCEU PEREIRA ROTEIRO DE APRESENTAÇÃO Introdução Objetivos Fundamentação Teórica Trabalhos Correlatos Desenvolvimento

Leia mais

DESCONTOS DE ATÉ 50%

DESCONTOS DE ATÉ 50% Quer participar das promoções do Ponto dos Concursos e ganhar descontos imperdíveis em tempo real durante este evento? DESCONTOS DE ATÉ 50% Neste exato momento o professor Marco Antonio Macarrão (32 98475-5021)

Leia mais

Constituição dos Clubes Ambiental

Constituição dos Clubes Ambiental Constituição dos Clubes Ambiental Escolas saudáveis, crianças saudáveis, meio ambiente saudável 1 Introdução: Um clube ambiental é um grupo de voluntários que trabalham juntos para tornar o ambiente local

Leia mais