PROJETOS INCENTIVADOS PELA LEI /06 LEI DE INCENTIVO AO ESPORTE: CASO DA CORRER BEM

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "PROJETOS INCENTIVADOS PELA LEI 11.438/06 LEI DE INCENTIVO AO ESPORTE: CASO DA CORRER BEM"

Transcrição

1 Slide Master RIO-LONDRES UGF Rio 29 e 30/MAR/2012 PROJETOS INCENTIVADOS PELA LEI /06 LEI DE INCENTIVO AO ESPORTE: CASO DA CORRER BEM Andréa D Aiuto, Edgar Oliveira e Jorge Luis da Silva PAINEL CIDADES BASE 2014 E 2016: CASES, REQUISITOS FIFA E COI, PROJETOS E PROPOSTAS Academia Olímpica Brasileira

2 Projetos Incentivados pela Lei /06 ANO 2007 Lei de Incentivo ao Esporte No. DE PROJETOS RECURSOS CAPTADOS (R$) APROVADOS PARA CAPTAÇÃO (R$) PARTICIPAÇAO , ,00 RENDIMENTO , ,00 EDUCACIONAL , ,00 TOTAL , ,00 ANO 2008 No. DE PROJETOS RECURSOS CAPTADOS (R$) APROVADOS PARA CAPTAÇÃO (R$) PARTICIPAÇAO , ,00 RENDIMENTO , ,00 EDUCACIONAL , ,00 TOTAL , ,00 Fonte:

3 Projetos Incentivados pela Lei /06 ANO 2009 Lei de Incentivo ao Esporte No. DE PROJETOS RECURSOS CAPTADOS (R$) APROVADOS PARA CAPTAÇÃO (R$) PARTICIPAÇAO , ,00 RENDIMENTO , ,00 EDUCACIONAL , ,00 TOTAL , ,00 ANO 2010 No. DE PROJETOS RECURSOS CAPTADOS (R$) APROVADOS PARA CAPTAÇÃO (R$) PARTICIPAÇAO , ,00 RENDIMENTO , ,00 EDUCACIONAL , ,00 TOTAL , ,00 Fonte:

4 Projetos Incentivados pela Lei /06 ANO 2011 Lei de Incentivo ao Esporte No. DE PROJETOS RECURSOS CAPTADOS (R$) APROVADOS PARA CAPTAÇÃO (R$) PARTICIPAÇAO , ,00 RENDIMENTO , ,00 EDUCACIONAL , ,00 TOTAL , ,00 Título do Projeto: Proponente: Associação Cultural e Esportiva Correr Bem / Circuito de Corrida e Caminhada da Longevidade Interior Nº SLIE: UF: RJ Nº do Processo: / Estimativa Público: Valor Aprovado para Captação (R$): ,00 Prazo para Captação: 09/02/2011 a 31/12/2011 Data da Publicação: 09/02/2011 Manifestação Desportiva: SNDEL QUEM PATROCINOU ou DOOU Data da Captação Valor Captado (R$) Patrocinador: BRADESCO VIDA E PREVIDÊNCIA S/A 27/04/ ,61 Total Captado (R$): ,61 Fonte:

5 NÚMERO DE PROJETOS 1901ral 1901ral 1901ral 1901ral 1901ral 1900ral 1900ral 1900ral 1900ral 1900ral 1900ral 1900ral 1905ral 1905ral 1905ral 1905ral 1905ral

6 R$ 50 R$ 62 R$ 82,21374 R$ 110,89697 R$ 183,00794 R$ 191,78579 R$ 216,96436 Milhões R$ 307,19325 R$ 550,83729 R$ 570,39312 RECURSOS (R$) R$ 600,0 R$ 500,0 R$ 400,0 R$ 300,0 R$ 200,0 R$ 100,0 R$,0 1905ral 1905ral 1905ral 1905ral 1905ral RECURSOS CAPTADOS (R$) APROVADOS PARA CAPTAÇÃO

7 Projetos Incentivados pela Lei /06 Lei de Incentivo ao Esporte: Caso da Correr Bem

8 QUESTIONAMENTOS Como a Correr Bem estabeleceu parceria com o ME? Como utilizar os recursos da Lei /06? Lei /06 Lei de Incentivo ao Esporte, regulamentada pelo Decreto no /07, prevê a possibilidade de pessoas físicas e jurídicas destinarem uma parcela do imposto de renda devido em benefício de projetos desportivos elaborados por entidades do setor.

9 ASSOCIAÇÃO CULTURAL E ESPORTIVA CORRER BEM A Associação Cultural e Esportiva Correr Bem, cujo lema: Sucesso: Suor, Certeza, Sonho, surgiu legalmente na cidade de Petrópolis, Rio de Janeiro, em 2009, através da iniciativa e ideal de um grupo de ex-atleta de alto nível. Desde então, mantém parceria com entidades de âmbito público e privado no desenvolvimento de projetos esportivos, fomentando o ideal de contribuir com o desenvolvimento do esporte como meio de inclusão social e oportunizando a participação da sociedade na prática esportiva.

10 ASSOCIAÇÃO CULTURAL E ESPORTIVA CORRER BEM PRESIDENTE VICE-PRESIDENTE Jorge Luis da Silva Jupira M.G. de Oliveira MBA em Gerenciamento de Projetos do Terceiro Setor - FGV Profissional de Educação Física CREF: G/RJ Treinador de Atletismo Equipe Brasil Vale Ouro Profissional de Educação Física CREF: G/RJ Coordenadora do Programa de Ginástica Laboral e Equipe de Corrida do Metrô Rio

11 ASSOCIAÇÃO CULTURAL E ESPORTIVA CORRER BEM COORDENADORA TESOUREIRO Andréa D Aiuto Edgar Martins de Oliveira MBA Administração Esportiva - FGV Pós-Graduação em Gestão de Recursos Humanos - UGF Profissional de Educação Física CREF: 0145-G/RJ Professora da Secretaria de Educação da Prefeitura do Rio de Janeiro Pós-Graduação em Administração e Marketing Esportivo UGF Diretor da Empresa EDSPORTS Treinamento Esportivo Profissional de Educação Física CREF: G/RJ

12 Correr Bem como entidade proponente PROPONENTE (Entidade desportiva) APIOADOR (Pessoas Físicas e Jurídicas) PROJETO DESPORTIVO GOVERNO FEDERAL (COMISSÃO TÉCNICA)

13 1 2 3 Cadastramento proponente Elaboração do Projeto Formulários corretamente preenchidos e documentação mínima art. 9º, Dec 6.180/07 Protocolo 4 5 Pré-análise do projeto Comissão técnica Análise técnica Viabilidade técnica e orçamento 6 Comissão técnica INCENTIVE ME/JUNHO 2011 Aprovação total Aprovação parcial Indeferimento

14 COMPOSIÇÃO DO PROJETO I. DESCRIÇÃO DE CADASTRO DO PROPONENTE II. IDENTIFICAÇÃO DO PROJETO III. PERÍODO DE EXECUÇÃO PREVISTO IV. BREVE DESCRIÇÃO DO PÚBLICO BENEFICIÁRIO V. OBJETIVOS VI. JUSTIFICATIVA VII. METAS QUALITATIVAS E QUNTITATIVAS VIII. ESTRATÉGIAS DE AÇÃO IX. RESUMO DAS FONTES DE RECURSOS PARA FINANCIAMENTO DO PROJETO X. DETALHE AS INFORMAÇÕES DO FORMULÁRIO IX XI. CRONOGRAMA DE EXECUÇÃO FÍSICA E FINANCEIRA XII. ORÇAMENTO ANALÍTICO POR ITEM DE DESPESA XIII. ORÇAMENTO ANALÍTICO EM ORDEM ALFABÉTICA

15 Preenchimento dos formulários Finalização do sistema Impressão do projeto Obs: anexar 3 orçamentos Pedido de avaliação do projeto dirigido à Comissão Técnica Comprovação de Capacidade técnico-operativa Comprovação de funcionamento da entidade proponente há, no mínimo um ano Reunir documentação: Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ) Estatuto Social e respectivas alterações Ata da Assembleia que empossou a atual diretoria CPF e RG dos diretores ou responsáveis legais

16 CIRCUITO DE CORRIDA E CAMINHADA DA LONGEVIDADE DADOS DO CIRCUITO R$ ,00 aprovados pela Lei em 2011 R$ ,84 aprovados pela Lei em 2012 TOTAL: R$ ,84

17 Projetos Aprovados pela Lei de Incentivo Ano 2011 Circuito de Corrida e Caminhada da Longevidade Interior 2010/2011 Circuito de Corrida e Caminhada da Longevidade Capitais 2010/2011 Circuito de Corrida e Caminhada da Longevidade II 2010/2011

18 Projetos Aprovados pela Lei de Incentivo Ano 2012 Circuito de Corrida e Caminhada da Longevidade Interior 2011/2012 Circuito de Corrida e Caminhada da Longevidade Capitais 2011/2012 Circuito de Corrida 7K 2011/2012

19 CIRCUITO DE CORRIDA E CAMINHADA DA LONGEVIDADE DADOS DO CIRCUITO participantes/15 etapas em participantes/21 etapas em 2012 TOTAL PARTICIPANTES DIRETOS : TOTAL DE ETAPAS: 36 ETAPAS

20 CIRCUITO DE CORRIDA E CAMINHADA DA LONGEVIDADE DADOS DO CIRCUITO 14 cidades em 7 Estados Salvador Brasília Belo Horizonte Rio de Janeiro Curitiba Porto Alegre Marília; São José do Rio Preto; Campinas; Bauru; São Jose dos Campos; Sorocaba; Ribeirão Preto

21

22

23

24

25

26 Matéria publicada no site do Ministério do Esporte no dia 19 de março de 2012.

27 SERVIÇOS OPERACIONAIS MATERIAL / PREMIAÇÃO MATERIAL DE CONSUMO / ESPORTIVO

28 Serviços Operacionais Detalhamento das Ações Apoio Logístico Assistência Médica Banheiros Químicos Carregadores Cenografia Backdroop Cenografia de Lonas de grades Cenografia de marcadores de kilometragem Cenografia Laterais de pórtico Cenografia - Placas de PVC impressão adesivada Cenografia - Testeira de pórtico Comunicação Criação de Layout Criação de Layout - site Cronometragem e apuração de resultados Cronometragem - números de peito Cronometragem - Pontos de controle Cronometragem - Relógio digital Diretor Geral Diretor Técnico Divulgação - Equipe Divulgação - serviço gráfico cartazes Divulgação - serviço gráfico fichas de inscrição Divulgação - serviço gráfico flyer Geradores Gerenciamento de equipe de produção Gerenciamento de infraestrutura Gerenciamento de recursos humanos Gerenciamento dos espaços físicos necessários Iluminação Infraestrutura - Backdroop Infraestrutura - Cones Infraestrutura - Cronometragem Infraestrutura - Depósito Infraestrutura - Dispersão Infraestrutura - entrega de kit/chip/guarda volumes Infraestrutura - grades Infraestrutura - Montagem e desmontagem Infraestrutura - Pódio Infraestrutura - Premiação Infraestrutura - Pórtico Infraestrutura - Pórtico de km Inscrição - Sistema de gestão hotsite Inscrição - Sistema de gestão hotsite características de função do software e ambiente Inscrição - Sistema de gestão hotsite características técnicasdo software e ambiente inscrição - Sistema de gestão Prestação de serviços nas incrições Liberações junto aos órgãos públicos municipais, estaduais e federais Limpeza Montagem de kits Posto de hidratação - Frutas Posto de hidratação - Água Posto de hidratação - Isotônico Promotoras Segurança Sonorização

29

30

31

32

33 - AÇÕES DA CORRER BEM

34

35 Contatos:

ISEE. Apresentação Lei de Incentivo ao Esporte Lei 11438/06. Fonte: Ministério do Esporte

ISEE. Apresentação Lei de Incentivo ao Esporte Lei 11438/06. Fonte: Ministério do Esporte ISEE Apresentação Lei de Incentivo ao Esporte Lei 11438/06 2011 Introdução - A Lei de Incentivo ao Esporte prevê a possibilidade de PF e PJ destinarem uma parcela do imposto de renda devido em benefício

Leia mais

LEI DE INCENTIVO AO ESPORTE

LEI DE INCENTIVO AO ESPORTE A Lei nº 11.438/06, regulamentada pelo Decreto nº 6.180/07, possibilita a: Pessoa Jurídica tributada com base no lucro real - deduzir até 1% do imposto devido (art. 1º, 1º, I da Lei 11.438/06). - Esse

Leia mais

Projeto de Corrida e Caminhada

Projeto de Corrida e Caminhada Projeto de Corrida e Caminhada Apresentação A Liga RMC de Esportes é uma entidade sem fins lucrativos, fundada em 28/07/2005 (6 anos). A entidade é qualificada como OSCIP (Organização da Sociedade Civil

Leia mais

DIRETRIZES BÁSICAS PARA SOLICITAÇÃO DE EVENTO DE CORRIDA DE RUA NA CIDADE DE CURITIBA

DIRETRIZES BÁSICAS PARA SOLICITAÇÃO DE EVENTO DE CORRIDA DE RUA NA CIDADE DE CURITIBA DIRETRIZES BÁSICAS PARA SOLICITAÇÃO DE EVENTO DE CORRIDA DE RUA NA CIDADE DE CURITIBA 1. Para a realização de evento esportivo da modalidade de corrida de rua na cidade de Curitiba, para o ano de 2013,

Leia mais

O QUE É A LEI DE INCENTIVO AO ESPORTE?

O QUE É A LEI DE INCENTIVO AO ESPORTE? O QUE É A LEI DE INCENTIVO AO ESPORTE? Instrumento que permite o financiamento, por meio de incentivos fiscais, de projetos esportivos aprovados pelo Ministério do Esporte. BASE LEGAL: Lei 11.438/06 -

Leia mais

DIREITO Lei Estadual nº. 1954/92

DIREITO Lei Estadual nº. 1954/92 Os Direitos Sociais relacionados à cultura e ao desporto estão disciplinados em nossa Carta Magna no título Da Ordem Social em conjunto aos temas da educação, ciência, saúde e meio ambiente dentre outros,

Leia mais

José Ricardo Rezende Técnico da Secretaria de Esporte SEMES Prefeitura de Sorocaba 09/11/2011 CIESP / REGIONAL SOROCABA

José Ricardo Rezende Técnico da Secretaria de Esporte SEMES Prefeitura de Sorocaba 09/11/2011 CIESP / REGIONAL SOROCABA José Ricardo Rezende Técnico da Secretaria de Esporte SEMES Prefeitura de Sorocaba 09/11/2011 CIESP / REGIONAL SOROCABA LEI FEDERAL Nº 11.438/06 PROPONENTE (Entidade desportiva) PROJETO DESPORTIVO APOIADOR

Leia mais

APRESENTAÇÃO E PLANO DE VISIBILIDADE

APRESENTAÇÃO E PLANO DE VISIBILIDADE APRESENTAÇÃO E PLANO DE VISIBILIDADE Projeto: Circuito RMC de Corrida e Caminhada 2013 5ª Etapa Número de Beneficiários: 1.100 Participantes Valor do Projeto: R$ 252.481,53 Processo: 58701.001725/2013-21

Leia mais

Lei 11.438/06 Lei Federal de Incentivo ao Esporte

Lei 11.438/06 Lei Federal de Incentivo ao Esporte 1. ELABORAÇÃO DE PROJETOS 2. EXECUÇÃO DE PROJETOS Pessoas jurídicas, de direito público ou privado, de fins não econômicos (Associações ou Fundações), de natureza esportiva, com pelo menos um ano de funcionamento;

Leia mais

Lei Federal de Incentivo ao Esporte. 1. Introdução

Lei Federal de Incentivo ao Esporte. 1. Introdução A associada Silvana Regina Echer (02631), de Porto Alegre, é especialista na lei federal de incentivo ao esporte, que possibilita que empresas e indivíduos doem para projetos esportivos elaborados por

Leia mais

LEI DE INCENTIVO AO ESPORTE

LEI DE INCENTIVO AO ESPORTE CAPTAÇÃO, ACOMPANHAMENTO E MONITORAMENTO DA CLEONE JOSÉ GARCIA LEMA: EXECUTAR BEM PARA TER DIREITO A MAIS NO ANO QUE VEM. Norma regulamentadora Portaria nº 166, de 21 de agosto de 2008 - Dispõe sobre a

Leia mais

Conselho Municipal de Assistencia Social. Lei Municipal 3848/2011 EDITAL 01/2015

Conselho Municipal de Assistencia Social. Lei Municipal 3848/2011 EDITAL 01/2015 EDITAL 01/2015 Abre inscrições de projetos para captação de recursos através do Fundo Municipal de Assistência Social CMAS para entidades da sociedade civil e programas governamentais que desenvolvam Programas

Leia mais

AABB. Esportes. Manual de Captação. Captação de Recursos. Recursos

AABB. Esportes. Manual de Captação. Captação de Recursos. Recursos AABB Esportes Manual Manual de de Captação Captação de de Recursos Recursos Parabéns! Seu projeto foi aprovado pelo Ministério do Esporte. O próximo passo é a captação de recursos. AABB Esportes COMO

Leia mais

Edital 02/2015 Saldo Remanescente

Edital 02/2015 Saldo Remanescente Edital 02/2015 Saldo Remanescente EDITAL Nº 02/2015 CMDCA EDITAL DE SELEÇÃO PÚBLICA DE PROJETOS PARA FINANCIAMENTO NO ANO DE 2015 O Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente CMDCA, no

Leia mais

CARAVANA ESPORTIVA. Projetos Esportivos Educacionais

CARAVANA ESPORTIVA. Projetos Esportivos Educacionais CARAVANA ESPORTIVA Seleção Pública P de Projetos Esportivos Educacionais Programa Petrobras Esporte & Cidadania Fomentar o desenvolvimento do esporte olímpico brasileiro; Democratizar o acesso ao esporte

Leia mais

SELEÇÃO PÚBLICA DE PROJETOS SOCIAIS EDITAL 2014

SELEÇÃO PÚBLICA DE PROJETOS SOCIAIS EDITAL 2014 Instituto Marca de Desenvolvimento Socioambiental - IMADESA SELEÇÃO PÚBLICA DE PROJETOS SOCIAIS EDITAL 2014 >> Leia com atenção o Edital antes de preencher o formulário para apresentação de projetos. I.

Leia mais

POLÍTICA DE APOIO A PROJETOS SOCIAIS

POLÍTICA DE APOIO A PROJETOS SOCIAIS sicoobcentro.com.br POLÍTICA DE APOIO A PROJETOS SOCIAIS Cooperativa de Crédito *Esta Política de Apoio a Projetos Sociais é baseada no projeto da Cooperativa Sicoob Credip* ÍNDICE 1. APRESENTAÇÃO...3

Leia mais

1. APRESENTAÇÃO 2. DA ATUAÇÃO

1. APRESENTAÇÃO 2. DA ATUAÇÃO 1. APRESENTAÇÃO Cooperativa é uma sociedade de pessoas, com forma e caráter jurídico próprio, de natureza civil, constituídas para prestar serviços aos cooperados. Sua missão é promover a qualidade de

Leia mais

EVOLUÇÃO DOS PROJETOS APRESENTADOS

EVOLUÇÃO DOS PROJETOS APRESENTADOS EVOLUÇÃO DOS PROJETOS APRESENTADOS Fonte: ME/SE/DIFE - SLIE 19/05/2014 PROJETOS APRESENTADOS POR SITUAÇÃO Foram rejeitados 36% dos projetos apresentados nos últimos 3 anos, sem análise de mérito, em decorrência

Leia mais

3. Cronograma. Encaminhamento da solicitação de apoio, formatada conforme Roteiro de elaboração de projetos estabelecido no Anexo I.

3. Cronograma. Encaminhamento da solicitação de apoio, formatada conforme Roteiro de elaboração de projetos estabelecido no Anexo I. PROPOSTA DE EDITAL O Instituto de Compromisso com o Desenvolvimento Humano, fundado aos 09 (nove) dias do mês de Maio de 2007, tendo como objetivo promover o desenvolvimento humano em diversos âmbitos,

Leia mais

EDITAL DE CHAMAMENTO INTERNO DE PROJETOS Nº 02/2014 ANEXO I FORMULÁRIO DE APRESENTAÇÃO DE PROJETO

EDITAL DE CHAMAMENTO INTERNO DE PROJETOS Nº 02/2014 ANEXO I FORMULÁRIO DE APRESENTAÇÃO DE PROJETO EDITAL DE CHAMAMENTO INTERNO DE PROJETOS Nº 0/04 ANEXO I FORMULÁRIO DE APRESENTAÇÃO DE PROJETO. IDENTIFICAÇÃO DA ENTIDADE PROPONENTE Nome da Entidade CNPJ Dirigente da Entidade. HISTÓRICO DA PROPONENTE..

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO PÚBLICA DE PROJETOS PARA FINANCIAMENTO NO ANO DE 2014

EDITAL DE SELEÇÃO PÚBLICA DE PROJETOS PARA FINANCIAMENTO NO ANO DE 2014 Edital n.º 001/2013 - CMDCA EDITAL DE SELEÇÃO PÚBLICA DE PROJETOS PARA FINANCIAMENTO NO ANO DE 2014 O Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente - CMDCA, no uso de suas atribuições e de

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO DE PROJETOS 2013 PROGRAMA OI DE PATROCINIO ESPORTIVO INCENTIVADO AVISO 1 PRORROGAÇÃO DO PRAZO DE INSCRIÇÃO

EDITAL DE SELEÇÃO DE PROJETOS 2013 PROGRAMA OI DE PATROCINIO ESPORTIVO INCENTIVADO AVISO 1 PRORROGAÇÃO DO PRAZO DE INSCRIÇÃO EDITAL DE SELEÇÃO DE PROJETOS 2013 PROGRAMA OI DE PATROCINIO ESPORTIVO INCENTIVADO AVISO 1 PRORROGAÇÃO DO PRAZO DE INSCRIÇÃO O Instituto Telemar, torna público, para conhecimento dos interessados, que

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO DA LEI DE INCENTIVO AO ESPORTE

MANUAL DO USUÁRIO DA LEI DE INCENTIVO AO ESPORTE MANUAL DO USUÁRIO DA LEI DE INCENTIVO AO ESPORTE Introdução: Esporte é saúde. As pessoas que praticam esporte vivem melhor e mais. Esporte previne e combate doenças do corpo e da mente, torna as pessoas

Leia mais

1. OBJETO Coordenação de produção local projeto Flip 2015 2. ESPECIFICAÇÃO DOS SERVIÇOS

1. OBJETO Coordenação de produção local projeto Flip 2015 2. ESPECIFICAÇÃO DOS SERVIÇOS TERMO DE REFERÊNCIA n.º 06/20015 Para baixar o termo, clique aqui 1. OBJETO Coordenação de produção local projeto Flip 2015 2. ESPECIFICAÇÃO DOS SERVIÇOS Coordenação de equipe de produção local; Planejamento

Leia mais

1º Edital Petrobras de Festivais de Música

1º Edital Petrobras de Festivais de Música 1º Edital Petrobras de Festivais de Música REGULAMENTO OBJETIVOS DO EDITAL O apoio previsto neste regulamento tem como objetivos promover: 01. a formação de público para os diversos segmentos da música

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMBORIÚ ESTADO DE SANTA CATARINA Fundação Municipal de Esportes

PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMBORIÚ ESTADO DE SANTA CATARINA Fundação Municipal de Esportes EDITAL N.º 001/15 FME - Inscrição 2015/2016 Projetos Esportivos e/ou Paradesportivos A de Camboriú FME, através do Conselho Municipal de Esportes CME, no uso de suas atribuições legais e em consonância

Leia mais

ATOS DA FMEL - FUNDAÇÃO MUNICIPAL DE ESPORTE E LAZER DE ITAJAÍ EDITAL Nº. 004/2013 LEI MUNICIPAL DE INCENTIVO AO ESPORTE

ATOS DA FMEL - FUNDAÇÃO MUNICIPAL DE ESPORTE E LAZER DE ITAJAÍ EDITAL Nº. 004/2013 LEI MUNICIPAL DE INCENTIVO AO ESPORTE ATOS DA FMEL - FUNDAÇÃO MUNICIPAL DE ESPORTE E LAZER DE ITAJAÍ EDITAL Nº. 004/2013 LEI MUNICIPAL DE INCENTIVO AO ESPORTE O Superintendente da Fundação Municipal de Esporte e Lazer de Itajaí, no uso de

Leia mais

CONSELHO MUNICIPAL DE ASSISTENCIA SOCIAL - CMAS EDITAL 001/2014. Conselho Municipal de Assistência Social- CMAS

CONSELHO MUNICIPAL DE ASSISTENCIA SOCIAL - CMAS EDITAL 001/2014. Conselho Municipal de Assistência Social- CMAS EDITAL 001/2014 Conselho Municipal de Assistência Social- CMAS O CONSELHO MUNICIPAL DE ASSISTÊNCIA SOCIAL - CMAS TORNA PÚBLICO O PROCESSO DE SELEÇÃO DE ENTIDADES E ORGANIZAÇÃO DE ASSISTÊNCIA SOCIAL, PROGRAMAS,

Leia mais

EDITAL PARA INSCRIÇÃO DE PROJETOS ESPORTIVOS SOCIAIS 2007-2008

EDITAL PARA INSCRIÇÃO DE PROJETOS ESPORTIVOS SOCIAIS 2007-2008 EDITAL PARA INSCRIÇÃO DE PROJETOS ESPORTIVOS SOCIAIS 2007-2008 Ministério do Esporte Secretaria Especial dos Direitos Humanos Conselho Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente Comissão de Chancela

Leia mais

Incentivos Fiscais ao Esporte

Incentivos Fiscais ao Esporte Incentivos Fiscais ao Esporte Lei nº 11.438/06 (Lei Federal de Incentivo ao Esporte) José Ricardo Rezende Advogado e Profissional de Ed. Física Autor do: Manual Completo da Lei de Incentivo ao Esporte

Leia mais

DESCRIÇÃO DO PROJETO

DESCRIÇÃO DO PROJETO I. CADASTRO DO PROPONENTE 02PR087352011 Proponente: Academia Brasileira de Canoagem CNPJ: 12.502.059/0001-67 E-mail: abracan@live.com Endereço: R. Monsenhor Celso, 231, 6 andar, Centro Telefone(DDD): (41)3083-2600

Leia mais

SECRETARIA DE ESPORTE, LAZER E TURISMO COORDENADORIA DE ESPORTE E LAZER

SECRETARIA DE ESPORTE, LAZER E TURISMO COORDENADORIA DE ESPORTE E LAZER Manual para Apresentação de Projetos Lei Paulista de Incentivo ao Esporte Ref.: Artigo 16 da Lei n 13.918, de 22 de dezembro de 2009. Decreto n 55.636, de 26 de março de 2010. Introdução: O Esporte é um

Leia mais

LEI DE INCENTIVO AO ESPORTE ESTADUAL

LEI DE INCENTIVO AO ESPORTE ESTADUAL LEI DE INCENTIVO AO ESPORTE ESTADUAL LEI Nº 13.918, DE 22 DE DEZEMBRO DE 2009 Dispõe sobre a comunicação eletrônica entre a Secretaria da Fazenda e o sujeito passivo dos tributos estaduais, altera a Lei

Leia mais

ESTADO DE SANTA CATARINA

ESTADO DE SANTA CATARINA Email Institucional Programa Orçamentário Objetivo Objetivo Detalhado Justificativa Instrumento Transferência Tipo Proponente Identificador Proponente seitectur@sol.sc.gov.br 640 Promoção do Turismo Catarinense

Leia mais

ANEXO II. Formulário Padrão de Apresentação de Proposta Projeto Técnico Audiovisual CONCURSO DE APOIO À PRODUÇÃO DE LONGAMETRAGEM GOIANIENSE

ANEXO II. Formulário Padrão de Apresentação de Proposta Projeto Técnico Audiovisual CONCURSO DE APOIO À PRODUÇÃO DE LONGAMETRAGEM GOIANIENSE PESSOA JURÍDICA Prefeitura de Goiânia ANEXO II Formulário Padrão de Apresentação de Proposta Projeto Técnico Audiovisual CONCURSO DE APOIO À PRODUÇÃO DE LONGAMETRAGEM GOIANIENSE 1. IDENTIFICAÇÃO DO PROJETODE

Leia mais

QUEM PODE HABILITAR-SE NO SICONV?

QUEM PODE HABILITAR-SE NO SICONV? O QUE É SICONV? Criado pelo Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão, o SICONV Sistema de Convênio, tem como uma das finalidades, facilitar as apresentações de projetos aos programas ofertados pelo

Leia mais

Projeto Verão Para Todos

Projeto Verão Para Todos Projeto à Projeto Verão Para Todos O Verão Para Todos visa ser o maior torneio de São Paulo de esportes de praia incluindo modalidades de paradesporto. Levaremos ao litoral diversas competições em um mês

Leia mais

SECRETARIA DE ESTADO DE EDUCAÇÃO E ESPORTE ORIENTAÇÕES PARA PRESTAÇÃO DE CONTAS LEI DE INCENTIVO AO ESPORTE

SECRETARIA DE ESTADO DE EDUCAÇÃO E ESPORTE ORIENTAÇÕES PARA PRESTAÇÃO DE CONTAS LEI DE INCENTIVO AO ESPORTE SECRETARIA DE ESTADO DE EDUCAÇÃO E ESPORTE ORIENTAÇÕES PARA PRESTAÇÃO DE CONTAS LEI DE INCENTIVO AO ESPORTE INTRODUÇÃO Este manual tem como objetivo disciplinar os procedimentos a serem adotados pelos

Leia mais

informa Infraestrutura Extra janeiro de 2014

informa Infraestrutura Extra janeiro de 2014 janeiro de 2014 informa Infraestrutura Extra Em 24 de junho de 2011, foi promulgada a Lei nº 12.431 ( Lei 12.431 ), que criou as chamadas Debêntures de Infraestrutura, estabelecendo os requisitos mínimos

Leia mais

O GOVERNADOR DO ESTADO DO ACRE CAPÍTULO I DA POLÍTICA ESTADUAL DE APOIO AO COOPERATIVISMO

O GOVERNADOR DO ESTADO DO ACRE CAPÍTULO I DA POLÍTICA ESTADUAL DE APOIO AO COOPERATIVISMO LEI N. 1.598, DE 27 DE DEZEMBRO DE 2004 Institui a Política Estadual de Apoio ao Cooperativismo. O GOVERNADOR DO ESTADO DO ACRE seguinte Lei: FAÇO SABER que a Assembléia Legislativa do Estado do Acre decreta

Leia mais

SERVIÇOS ESPECIALIZADOS PARA EMPRESAS E ENTIDADES PÚBLICAS

SERVIÇOS ESPECIALIZADOS PARA EMPRESAS E ENTIDADES PÚBLICAS SERVIÇOS ESPECIALIZADOS PARA EMPRESAS E ENTIDADES PÚBLICAS PR UNIMEV COOPERATIVA DE MÉDICOS VETERINÁRIOS APRESENTAÇÃO As mudanças na economia mundial evidenciam que as empresas necessitam reduzir seus

Leia mais

RESULTADO DO PREGÃO PRESENCIAL Nº 064 / 2010 SESI PR

RESULTADO DO PREGÃO PRESENCIAL Nº 064 / 2010 SESI PR RESULTADO DO PREGÃO PRESENCIAL Nº 064 / 2010 SESI PR A Comissão de Licitações do Sistema FIEP, instituída pelas Portarias nº 12/2009 e nº 13/2009, informa o RESULTADO do Pregão Presencial nº 064/2010:

Leia mais

LEI 11.438, DE 29 DE DEZEMBRO DE

LEI 11.438, DE 29 DE DEZEMBRO DE LEI 11.438, DE 29 DE DEZEMBRO DE 2006 Dispõe sobre incentivos e benefícios para fomentar as atividades de caráter desportivo e dá outras providências. * V. Dec. 6.180/2007 (Regulamenta a Lei 11.438/2006).

Leia mais

Projeto: Futsal Clube Belo Horizonte

Projeto: Futsal Clube Belo Horizonte Projeto: Futsal Clube Belo Horizonte Fundada em 4 de julho de 2012, a partir de um grupo de profissionais que acredita no poder transformador do esporte e da cultura na sociedade, a Movimenta Brasil tem

Leia mais

PLANO COMERCIAL PÉ DE VENTO 2014 À 2016

PLANO COMERCIAL PÉ DE VENTO 2014 À 2016 PLANO COMERCIAL PÉ DE VENTO 2014 À 2016 QUEM SOMOS A Associação Atlética Pé de Vento é uma organização não governamental. Considerada hoje uma das maiores equipes de corrida de longa distância da América

Leia mais

LEI DE INCENTIVO À CULTURA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO Tatiana Richard

LEI DE INCENTIVO À CULTURA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO Tatiana Richard LEI DE INCENTIVO À CULTURA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO Tatiana Richard INCENTIVO À CULTURA O Governo do Estado do Rio de Janeiro investe no setor cultural através de diferentes mecanismos de fomento. Assim

Leia mais

PROJETO FUTSAL 2013 CATEGORIAS SUB 07 SUB 09 SUB 11 SUB 13 SUB 15

PROJETO FUTSAL 2013 CATEGORIAS SUB 07 SUB 09 SUB 11 SUB 13 SUB 15 PROJETO FUTSAL 2013 CATEGORIAS SUB 07 SUB 09 SUB 11 SUB 13 SUB 15 1 PROJETO FUTSAL DA ESCOLA BARÃO EM 2013 INTRODUÇÃO A Escola Barão do Rio Branco, através do seu Curso Livre BARÃO ESPORTES, oportuniza

Leia mais

RESOLUÇÃO N.º 166/2008. O Secretário Municipal de Transportes, no uso de suas atribuições legais, e:

RESOLUÇÃO N.º 166/2008. O Secretário Municipal de Transportes, no uso de suas atribuições legais, e: RESOLUÇÃO N.º 166/2008 O Secretário Municipal de Transportes, no uso de suas atribuições legais, e: CONSIDERANDO as RESOLUÇÕES 219 DE 11/01/2007 e 251 de 24/09/2007 do CONSELHO NACIONAL DE TRÂNSITO - CONTRAN

Leia mais

INCENTIVOS FISCAIS, UMA VISÃO GERAL

INCENTIVOS FISCAIS, UMA VISÃO GERAL INCENTIVOS FISCAIS, UMA VISÃO GERAL Danilo Brandani Tiisel danilo@socialprofit.com.br MOBILIZAÇÃO DE RECURSOS Características da Atividade Atividade planejada e complexa: envolve marketing, comunicação,

Leia mais

LEI COMPLEMENTAR Nº 326, DE 4 DE OUTUBRO DE 2000 (AUTORIA DO PROJETO: PODER EXECUTIVO)

LEI COMPLEMENTAR Nº 326, DE 4 DE OUTUBRO DE 2000 (AUTORIA DO PROJETO: PODER EXECUTIVO) LEI COMPLEMENTAR Nº 326, DE 4 DE OUTUBRO DE 2000 (AUTORIA DO PROJETO: PODER EXECUTIVO) Publicação: DODF nº 192 de 5/10/2000 PÁG.01 e 02. Regulamentada pelo Decreto nº 21.933, de 31/01/2001 DODF nº 23,

Leia mais

REGULAMENTO - 17º PRÊMIO EMPRESA CIDADÃ ADVB/SC 2015 - Categoria Micro e Pequena Empresa

REGULAMENTO - 17º PRÊMIO EMPRESA CIDADÃ ADVB/SC 2015 - Categoria Micro e Pequena Empresa REGULAMENTO - 17º PRÊMIO EMPRESA CIDADÃ ADVB/SC 2015 - Categoria Micro e Pequena Empresa Resumo do Prêmio O Prêmio Empresa Cidadã ADVB/SC 2015 Categoria MPE Homenageia as Micro e Pequenas Empresas catarinenses

Leia mais

CARTA TÉCNICA. Nome do Credenciamento e envio de projetos: PRONON Programa Nacional de Apoio à Atenção Oncológica

CARTA TÉCNICA. Nome do Credenciamento e envio de projetos: PRONON Programa Nacional de Apoio à Atenção Oncológica CARTA TÉCNICA Nome do Credenciamento e envio de projetos: PRONON Programa Nacional de Apoio à Atenção Oncológica ENTIDADES QUE PODEM SE CREDENCIAR: Pessoas jurídicas de direito privado, associativas ou

Leia mais

ESTADO DE SANTA CATARINA

ESTADO DE SANTA CATARINA Email Institucional Programa Orçamentário Objetivo Objetivo Detalhado Justificativa Instrumento Transferência Tipo Proponente Identificador Proponente seitectur@sol.sc.gov.br 640 Promoção do Turismo Catarinense

Leia mais

ESTADO DE SERGIPE PREFEITURA MUNICIPAL DE ARACAJU

ESTADO DE SERGIPE PREFEITURA MUNICIPAL DE ARACAJU ESTADO DE SERGIPE PREFEITURA MUNICIPAL DE ARACAJU Secretaria Municipal de Esporte e Lazer SEMEL PROCESSO SELETIVO PARA CONCESSÃO DA BOLSA-ATLETA MUNICIPAL DE ARACAJU EDITAL Nº 01/2011 DE 03 DE NOVEMBRO

Leia mais

O que é: O tipo de linguagem, dentro da área: Teatro adulto, infantil, Teatro de rua, Dança, Dança de rua, Bonecos, Formas animadas, Circo...

O que é: O tipo de linguagem, dentro da área: Teatro adulto, infantil, Teatro de rua, Dança, Dança de rua, Bonecos, Formas animadas, Circo... ORIENTAÇÕES PARA ELABORAÇÃO DE PROJETOS CULTURAIS E PREENCHIMENTO DE FORMULÁRIO DE INSCRIÇÃO O SESC Rio Grande do Norte tem como missão contribuir para a construção de uma sociedade mais justa e para a

Leia mais

Doações Quem é o Público-alvo das doações do Fome Zero? Como é realizada a Política de Doações? Que tipo de doações podem ser feitas ao Fome Zero?

Doações Quem é o Público-alvo das doações do Fome Zero? Como é realizada a Política de Doações? Que tipo de doações podem ser feitas ao Fome Zero? Doações Quem é o Público-alvo das doações do Fome Zero? As doações ao Fome Zero devem ser feitas de forma voluntária, visando contemplar as famílias beneficiárias das ações do Fome Zero, ou seja, indígenas,

Leia mais

PLANO DE TRABALHO. Avenida José Fuedd Sebba, nº 1.170, Jardim Goiás, Estádio Serra Dourada, Ala Norte GERÊNCIA DE CONTRATOS E CONVÊNIO

PLANO DE TRABALHO. Avenida José Fuedd Sebba, nº 1.170, Jardim Goiás, Estádio Serra Dourada, Ala Norte GERÊNCIA DE CONTRATOS E CONVÊNIO 1- IDENTIFICAÇÃO DO PROJETO TÍTULO: MODALIDADES 1.1 IDENTIFICAÇÃO DO PROPONENTE - PESSOA JURÍDICA Entidade: CNPJ: Endereço: Município/UF: CEP: Telefone: E-mail: 1.2 REPRESENTANTE LEGAL DO PROPONENTE Dirigente:

Leia mais

EDITAL 191/2015 Programa de Iniciação Científica Voluntária/IFSP Campus Itapetininga

EDITAL 191/2015 Programa de Iniciação Científica Voluntária/IFSP Campus Itapetininga EDITAL 191/2015 Programa de Iniciação Científica Voluntária/IFSP Campus Itapetininga A Direção Geral do campus Itapetininga do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo (IFSP), torna

Leia mais

PROJETO EXPORTAR BRASIL

PROJETO EXPORTAR BRASIL CNPJ: 10692.348/0001-40 PROJETO EXPORTAR BRASIL Apresentação da GS Educacional A GS Educacional faz parte de um grupo que trabalha há vários anos com cursos e serviços na área de comércio exterior e vem

Leia mais

EDITAL PI IPCIT - Nº001/2012 - PRPPGI/IFAM PROGRAMA INSTITUCIONAL DE INCENTIVO À PESQUISA CIENTÍFICA E INOVAÇÃO TECNOLÓGICA PI-IPCIT

EDITAL PI IPCIT - Nº001/2012 - PRPPGI/IFAM PROGRAMA INSTITUCIONAL DE INCENTIVO À PESQUISA CIENTÍFICA E INOVAÇÃO TECNOLÓGICA PI-IPCIT EDITAL PI IPCIT - Nº001/2012 - PRPPGI/IFAM PROGRAMA INSTITUCIONAL DE INCENTIVO À PESQUISA CIENTÍFICA E INOVAÇÃO TECNOLÓGICA PI-IPCIT PROJETOS DE PESQUISA CIENTÍFICA E INOVAÇÃO TECNOLÓGICA DO IFAM Maio

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Universidade Federal de Campina Grande Secretaria de Recursos Humanos

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Universidade Federal de Campina Grande Secretaria de Recursos Humanos MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Universidade Federal de Campina Grande Secretaria de Recursos Humanos EDITAL DE CREDENCIAMENTO DE INSTRUTORES CGDP/SRH Nº 01/2010 CREDENCIAMENTO DE INSTRUTORES PARA CURSOS DO PROGRAMA

Leia mais

LEI Nº 13.924, DE 17 DE JANEIRO DE 2012.

LEI Nº 13.924, DE 17 DE JANEIRO DE 2012. LEI Nº 13.924, DE 17 DE JANEIRO DE 2012. Institui o Sistema Estadual de Apoio e Incentivo a Políticas Estratégicas do Estado do Rio Grande do Sul - SISAIPE/RS - e dá outras providências. O GOVERNADOR DO

Leia mais

LINHA INOVACRED EXPRESSO

LINHA INOVACRED EXPRESSO LINHA INOVACRED EXPRESSO A Linha INOVACRED EXPRESSO tem por objetivo financiar atividades inovadoras em empresas e outras instituições cuja receita operacional bruta anual ou anualizada seja de até R$

Leia mais

1 EVENTO: 2 - DATA, LOCAL E HORÁRIO: REGULAMENTO 2015. 1.1 - O EVENTO VI Corrida TRT Goiás é uma realização da ASSOCIAÇÃO DOS

1 EVENTO: 2 - DATA, LOCAL E HORÁRIO: REGULAMENTO 2015. 1.1 - O EVENTO VI Corrida TRT Goiás é uma realização da ASSOCIAÇÃO DOS REGULAMENTO 2015 1 EVENTO: 1.1 - O EVENTO VI Corrida TRT Goiás é uma realização da ASSOCIAÇÃO DOS SERVIDORES DA JUSTIÇA TRABALHISTA DO ESTADO DE GOIÁS - ASJUSTEGO em parceria com o Banco Bradesco. O evento

Leia mais

Proposta de projetos para o desenvolvimento do remo nacional Autor: Gustavo Maia Atualizado em: 27/03/2015

Proposta de projetos para o desenvolvimento do remo nacional Autor: Gustavo Maia Atualizado em: 27/03/2015 P1. Implantação e manutenção de unidades gerenciais na CBR Aumentar o nível de maturidade gerencial da CBR A melhoria do gerenciamento da CBR causará impacto positivo em todas as partes interessadas Captação

Leia mais

ESTRUTURA ORGÂNICA E FUNCIONAL

ESTRUTURA ORGÂNICA E FUNCIONAL ESTRUTURA ORGÂNICA E FUNCIONAL Diretor Geral O Diretor Geral supervisiona e coordena o funcionamento das unidades orgânicas do Comité Olímpico de Portugal, assegurando o regular desenvolvimento das suas

Leia mais

Centro de Iniciação ao Esporte Gestão de Equipamento Esportivo

Centro de Iniciação ao Esporte Gestão de Equipamento Esportivo Centro de Iniciação ao Esporte Gestão de Equipamento Esportivo SNEAR/ME DEZ/14 Objetivo: orientar os entes selecionados a desenvolver o Plano de Gestão. IMPORTÂNCIA PLANO DE GESTÃO PRESTAÇÃO DE CONTAS

Leia mais

Lei do ICMS São Paulo Lei 12.268 de 2006

Lei do ICMS São Paulo Lei 12.268 de 2006 Governo do Estado Institui o Programa de Ação Cultural - PAC, e dá providências correlatas. O GOVERNADOR DO ESTADO DE SÃO PAULO: Faço saber que a Assembléia Legislativa decreta e eu promulgo a seguinte

Leia mais

EDITAL N OCUPAÇÃO DOS ESPAÇOS CÊNICOS DOS TEATROS: JOÃO PAULO II e TEATRO DO BOI (FMC)/2013.2

EDITAL N OCUPAÇÃO DOS ESPAÇOS CÊNICOS DOS TEATROS: JOÃO PAULO II e TEATRO DO BOI (FMC)/2013.2 EDITAL N OCUPAÇÃO DOS ESPAÇOS CÊNICOS DOS TEATROS: JOÃO PAULO II e TEATRO DO BOI (FMC)/2013.2 EDITAL DE OCUPAÇÃO DOS ESPAÇOS CÊNICOS DOS TEATROS JOÃO PAULO II, E TEATRO DO BOI /2013.2 O PRESIDENTE DA FUNDAÇÃO

Leia mais

Número de cadastro do proponente: 02SP026432008. São Carlos Clube de Natação

Número de cadastro do proponente: 02SP026432008. São Carlos Clube de Natação Número de cadastro do proponente: 02SP026432008 São Carlos Clube de Natação SÃO CARLOS CLUBE O São Carlos Clube é um dos clubes mais tradicionais do interior do estado de São Paulo fundado em 1944. A história

Leia mais

CAPTAÇÃO DE RECURSOS POR MEIO DE INCENTIVOS FISCAIS FEDERAIS

CAPTAÇÃO DE RECURSOS POR MEIO DE INCENTIVOS FISCAIS FEDERAIS CAPTAÇÃO DE RECURSOS POR MEIO DE INCENTIVOS FISCAIS FEDERAIS Comissão de Direito do Terceiro Setor Danilo Brandani Tiisel danilo@socialprofit.com.br INCENTIVOS FISCAIS Contexto MOBILIZAÇÃO DE RECURSOS

Leia mais

Lei Estadual de Incentivo ao Esporte

Lei Estadual de Incentivo ao Esporte Lei Estadual de Incentivo ao Esporte A Lei de Incentivo A Lei de Incentivo é um instrumento legal do Estado do Rio de Janeiro que dá incentivo fiscal para a empresa que promove eventos culturais e esportivos

Leia mais

A contrapartida social deverá ser apresentada no item 5 do formulário, sendo um ítem de valoração e não de eliminação

A contrapartida social deverá ser apresentada no item 5 do formulário, sendo um ítem de valoração e não de eliminação Informações Edital de Cultura Itens 2.1.1 até 2.1.8 - A classificação será por segmento/modalidade; - É obrigatória a apresentação do valor do projeto. Item 4.4 - A contrapartida social deverá ser apresentada

Leia mais

COTAÇÃO PRÉVIA Nº 04/2014 SERVIÇO DE PESSOA JURÍDICA /LOGÍSTICA DE EVENTOS

COTAÇÃO PRÉVIA Nº 04/2014 SERVIÇO DE PESSOA JURÍDICA /LOGÍSTICA DE EVENTOS Rua Francílio Dourado, 11 - Sala 10 Água Fria - Fortaleza, Ceará, Brasil CEP: 60813-660 Telefone: +55 (85) 3114.9658 http://abraca.autismobrasil.org/ COTAÇÃO PRÉVIA Nº 04/2014 SERVIÇO DE PESSOA JURÍDICA

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos LEI Nº 11.438, DE 29 DE DEZEMBRO DE 2006. O PRESIDENTE DA REPÚBLICA Faço saber que o Congresso Nacional decreta e eu sanciono a seguinte

Leia mais

Programa Nacional de Educação Fiscal. Superintendência da Receita Federal do Brasil em São Paulo. Novembro de 2011.

Programa Nacional de Educação Fiscal. Superintendência da Receita Federal do Brasil em São Paulo. Novembro de 2011. DESTINAÇÃO DO IMPOSTO DE RENDA PARA CRIANÇA E ADOLESCENTE: UMA FORMA DE PARTICIPAÇÃO SOCIAL Programa Nacional de Educação Fiscal Superintendência da Receita Federal do Brasil em São Paulo Novembro de 2011.

Leia mais

Triathlon Faculdades FKB. Regulamento Geral

Triathlon Faculdades FKB. Regulamento Geral DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Triathlon Faculdades FKB Regulamento Geral Art. 1 Este Regulamento Geral é o conjunto de disposições que regem a 1ª Prova de Triathlon Faculdades FKB 2011 e implica obediência

Leia mais

FUMSOFT SOCIEDADE MINEIRA DE SOFTWARE PROGRAMAS DE APOIO E INCENTIVO AO EMPREENDEDORISMO ABERTO EM 10/02/2012

FUMSOFT SOCIEDADE MINEIRA DE SOFTWARE PROGRAMAS DE APOIO E INCENTIVO AO EMPREENDEDORISMO ABERTO EM 10/02/2012 FUMSOFT SOCIEDADE MINEIRA DE SOFTWARE PROGRAMAS DE APOIO E INCENTIVO AO EMPREENDEDORISMO EDITAL DE SELEÇÃO SELEÇÃO DE NOVOS EMPREENDIMENTOS E PROJETOS PARA OS PROGRAMAS DE PRÉ-INCUBAÇÃO DE PROJETOS E PROGRAMA

Leia mais

Edital VII de Seleção da Lei de Incentivo à Cultura João Bananeira

Edital VII de Seleção da Lei de Incentivo à Cultura João Bananeira Edital VII de Seleção da Lei de Incentivo à Cultura João Bananeira A Secretaria Municipal de Cultura, Esporte e Lazer da Prefeitura Municipal de Cariacica - SEMCEL/PMC, de acordo com o que estabelece a

Leia mais

YESCOM 2014. A Empresa. Mercado. Perfil do usuário. Instituto Ideeia. Calendário. Eventos. Merchandising. Observações

YESCOM 2014. A Empresa. Mercado. Perfil do usuário. Instituto Ideeia. Calendário. Eventos. Merchandising. Observações A Empresa YESCOM 24 Mercado Perfil do usuário Instituto Ideeia Calendário Eventos Merchandising Observações A Empresa A Yescom A Yescom é geradora de projetos esportivos e de comunicação, oferecendo essas

Leia mais

REGULAMENTO DA 3ª CORRIDA E CAMINHADA ECOLÓGICA 5K PELA PRESERVAÇÃO DAS ÁRVORES.

REGULAMENTO DA 3ª CORRIDA E CAMINHADA ECOLÓGICA 5K PELA PRESERVAÇÃO DAS ÁRVORES. REGULAMENTO DA 3ª CORRIDA E CAMINHADA ECOLÓGICA 5K PELA PRESERVAÇÃO DAS ÁRVORES. 1. Do Evento e das Inscrições 1.1 O evento está limitado aos primeiros 1.000 participantes inscritos e foi aprovado pela

Leia mais

CAPÍTULO I DA FINALIDADE BÁSICA DO CONSELHO

CAPÍTULO I DA FINALIDADE BÁSICA DO CONSELHO LEI N 128/2014. Cria o Conselho Municipal de Esporte e Lazer, o Fundo Municipal de Esporte e Lazer e dá outras providências. O PREFEITO MUNICIPAL DE ARACATI, no uso de suas atribuições legais, faz saber

Leia mais

PROJETO VOLEIBOL 2013

PROJETO VOLEIBOL 2013 PROJETO VOLEIBOL 2013 CATEGORIAS PRÉ MIRIM MIRIM INFANTIL IFANTO JUVENIL 10 / 11 anos 12 /13 anos 14 /15 anos 16 /17 anos PROJETO VOLEIBOL DA ESCOLA BARÃO EM 2013 INTRODUÇÃO A Escola Barão do Rio Branco,

Leia mais

2 Nas planilhas Orçamento por rubricas, acrescente quantas linhas forem necessárias para listar os itens do orçamento.

2 Nas planilhas Orçamento por rubricas, acrescente quantas linhas forem necessárias para listar os itens do orçamento. *ORIENTAÇÕES SOBRE PREENCHIMENTO DESTE DOCUMENTO: 1 Após efetuar o download deste documento, selecione a opção Salvar como..., e renomeie o documento, colocando o nome de sua instituição ou do projeto

Leia mais

EDITAL PRÊMIO CURTACARAJÁS DE ESTÍMULO A PRODUÇÃO AUDIOVISUAL PARA WEB DOCUMENTÁRIOS - 2014

EDITAL PRÊMIO CURTACARAJÁS DE ESTÍMULO A PRODUÇÃO AUDIOVISUAL PARA WEB DOCUMENTÁRIOS - 2014 EDITAL PRÊMIO CURTACARAJÁS DE ESTÍMULO A PRODUÇÃO AUDIOVISUAL PARA WEB DOCUMENTÁRIOS - 2014 A ALIANÇA CARAJÁS DE CULTURA, ESPORTE E TECNOLOGIA, através do coletivo audiovisual, LABIRINTO CINEMA CLUBE torna

Leia mais

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO PREFEITURA DO CAMPUS DE BAURU SEÇÃO DE PRÁTICAS ESPORTIVAS 25ª VOLTA USP DE BAURU. Regulamento

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO PREFEITURA DO CAMPUS DE BAURU SEÇÃO DE PRÁTICAS ESPORTIVAS 25ª VOLTA USP DE BAURU. Regulamento UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO PREFEITURA DO CAMPUS DE BAURU SEÇÃO DE PRÁTICAS ESPORTIVAS 25ª VOLTA USP DE BAURU Regulamento I Apresentação A 25ª Volta USP de BAURU é um evento composto por: Corridas de 10

Leia mais

SOCIEDADE EDUCACIONAL LEONARDO DA VINCI S/S LTDA FACULDADE METROPOLITANA DE BLUMENAU

SOCIEDADE EDUCACIONAL LEONARDO DA VINCI S/S LTDA FACULDADE METROPOLITANA DE BLUMENAU EDITAL Nº 02/2014 ESTABELECE CRITÉRIOS PARA INSCRIÇÃO AO PROCESSO DE SELEÇÃO DE ACADÊMICOS DE CURSOS DE GRADUAÇÃO PARA BOLSA DE PESQUISA, INSTITUÍDA PELA LEI COMPLEMENTAR Nº 281/05 e LC 296/05, QUE REGULAMENTA

Leia mais

ROTEIRO PARA CRIAÇÃO DE CURSO E OFERTA DE TURMA DE ESPECIALIZAÇÃO

ROTEIRO PARA CRIAÇÃO DE CURSO E OFERTA DE TURMA DE ESPECIALIZAÇÃO ROTEIRO PARA CRIAÇÃO DE CURSO E OFERTA DE TURMA DE ESPECIALIZAÇÃO (Conforme a Resolução 42/03-COUN, de 05 de novembro de 2003 e suas alterações). I. PROCEDIMENTO PARA CRIAÇÃO DE NOVO CURSO: A. ABERTURA

Leia mais

Diretrizes para Patrocínio de Projetos Incentivados

Diretrizes para Patrocínio de Projetos Incentivados Diretrizes para Patrocínio de Projetos Incentivados A Mexichem Brasil A Mexichem Brasil, subsidiária do Grupo Mexichem, com atuação nos setores de tubos e conexões e geotêxteis não tecidos, é resultado

Leia mais

PERGUNTAS E RESPOSTAS FREQUENTES - Edital Nº 32, de 24 de julho de 2014 - RESIDÊNCIA MULTIPROFISSIONAL E EM ÁREA PROFISSIONAL DA SAÚDE

PERGUNTAS E RESPOSTAS FREQUENTES - Edital Nº 32, de 24 de julho de 2014 - RESIDÊNCIA MULTIPROFISSIONAL E EM ÁREA PROFISSIONAL DA SAÚDE PERGUNTAS E RESPOSTAS FREQUENTES - Edital Nº 32, de 24 de julho de 2014 - RESIDÊNCIA MULTIPROFISSIONAL E EM ÁREA PROFISSIONAL DA SAÚDE ORIENTAÇÕES PARA SOLICITAÇÃO DE FINANCIAMENTO DE BOLSAS DE RESIDÊNCIA

Leia mais

MUNICÍPIO DE INDAIAL SANTA CATARINA

MUNICÍPIO DE INDAIAL SANTA CATARINA MUNICÍPIO DE INDAIAL SANTA CATARINA CMDCA - CONSELHO MUNICIPAL DOS DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE EDITAL Nº 001/ 2011 O Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente de Indaial, torna

Leia mais

REGULAMENTO DO PRÊMIO NACIONAL DE EDUCAÇÃO FISCAL - 1ª EDIÇÃO 2012

REGULAMENTO DO PRÊMIO NACIONAL DE EDUCAÇÃO FISCAL - 1ª EDIÇÃO 2012 REGULAMENTO DO PRÊMIO NACIONAL DE EDUCAÇÃO FISCAL - 1ª EDIÇÃO 2012 1.0 DOS OBJETIVOS A 1ª. Edição do Prêmio Nacional de Educação Fiscal será realizada pela FEBRAFITE com o apoio das associações filiadas

Leia mais

LEI Nº 2.278/07, DE 24 DE AGOSTO DE 2007.

LEI Nº 2.278/07, DE 24 DE AGOSTO DE 2007. LEI Nº 2.278/07, DE 24 DE AGOSTO DE 2007. Dispõe sobre a criação do Instituto Escola de Governo e Gestão Pública de Ananindeua, e dá outras providências. A CÂMARA MUNICIPAL DE ANANINDEUA estatui, e eu

Leia mais

APRESENTAÇÃO INSTITUCIONAL ASSOCIAÇÃO DAS EMPRESAS BRASILEIRAS DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO, SOFTWARE E INTERNET ASSESPRO REGIONAL PARANÁ

APRESENTAÇÃO INSTITUCIONAL ASSOCIAÇÃO DAS EMPRESAS BRASILEIRAS DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO, SOFTWARE E INTERNET ASSESPRO REGIONAL PARANÁ APRESENTAÇÃO INSTITUCIONAL ASSOCIAÇÃO DAS EMPRESAS BRASILEIRAS DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO, SOFTWARE E INTERNET ASSESPRO REGIONAL PARANÁ LUÍS MÁRIO LUCHETTA DIRETOR PRESIDENTE GESTÃO 2005/2008 HISTÓRICO

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTA MARIA SECRETARIA DE MUNÍPIO DA CULTURA MUSEU DE ARTE DE SANTA MARIA MASM

PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTA MARIA SECRETARIA DE MUNÍPIO DA CULTURA MUSEU DE ARTE DE SANTA MARIA MASM PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTA MARIA SECRETARIA DE MUNÍPIO DA CULTURA MUSEU DE ARTE DE SANTA MARIA MASM XIII SALÃO LATINO-AMERICANO DE ARTES PLÁSTICAS DE SANTA MARIA Santa Maria 2014 REGULAMENTO DESCRIÇÃO:

Leia mais

EDITAL 2013/2014. Programa de Apoio a Projetos Sociais

EDITAL 2013/2014. Programa de Apoio a Projetos Sociais EDITAL 2013/2014 Programa de Apoio a Projetos Sociais Inscrições abertas de 07/05/2012 à 01/07/2012 APRESENTAÇÃO Foi lançada a Seleção de Projetos 2013/2014 do Programa de Apoio a Projetos Sociais pela

Leia mais

PREFEITURA DE PALMAS SECRETARIA MUNICIPAL EXTRAORDINÁRIA DOS JOGOS INDÍGENAS EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 001/2015/SEJI

PREFEITURA DE PALMAS SECRETARIA MUNICIPAL EXTRAORDINÁRIA DOS JOGOS INDÍGENAS EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 001/2015/SEJI PREFEITURA DE PALMAS SECRETARIA MUNICIPAL EXTRAORDINÁRIA DOS JOGOS INDÍGENAS EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 001/2015/SEJI EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO PARA SELEÇÃO DE INTERESSADOS NA OPERAÇÃO E GESTÃO

Leia mais

INSTRUÇÃO DE SERVIÇO PREG Nº 01, DE 06 DE JANEIRO DE 2015.

INSTRUÇÃO DE SERVIÇO PREG Nº 01, DE 06 DE JANEIRO DE 2015. INSTRUÇÃO DE SERVIÇO PREG Nº 01, DE 06 DE JANEIRO DE 2015. A CHEFE DA COORDENADORIA DE APOIO À FORMAÇÃO DE PROFESSORES, no exercício do cargo de Pró-reitora de Ensino de Graduação da Fundação Universidade

Leia mais

Projeto Cidades da Copa PLANO DE AÇÃO PORTO ALEGRE - RS

Projeto Cidades da Copa PLANO DE AÇÃO PORTO ALEGRE - RS Projeto Cidades da Copa PLANO DE AÇÃO PORTO ALEGRE - RS PORTO ALEGRE EM AÇÃO É ESPORTE E EDUCAÇÃO O esporte não é educativo a priori, é o educador que precisa fazer dele ao mesmo tempo um objeto e meio

Leia mais