EMPREENDENDO NA POLÍTICA POR UM BRASIL SUSTENTÁVEL. RelatóRio PRocesso de seleção 2014 Rede de líderes Políticos PoR um BRasil sustentável

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "EMPREENDENDO NA POLÍTICA POR UM BRASIL SUSTENTÁVEL. RelatóRio PRocesso de seleção 2014 Rede de líderes Políticos PoR um BRasil sustentável"

Transcrição

1 EMPREENDENDO NA POLÍTICA POR UM BRASIL SUSTENTÁVEL. RelatóRio PRocesso de seleção 2014 Rede de líderes Políticos PoR um BRasil sustentável 1

2

3 Relatório Processo de Seleção 2014 Rede de Líderes Políticos Por um Brasil Sustentável

4 Introdução Processo de Seleção 2014 Rede de Líderes Políticos por um Brasil Sustentável 4 O processo de seleção RAPS é um dos elementos estruturantes da ação da entidade. Para atingir seus objetivos institucionais, é essencial que esse processo seja robusto o suficiente para garantir a confiabilidade e o compromisso de que os nomes selecionados passaram pelo escrutínio de forma transparente e criteriosa, nos termos das diretrizes do processo de seleção. Identificar, atrair e garantir o ingresso na RAPS de novos e atuais líderes políticos comprometidos com os valores e princípios propugnados pela entidade em seu Código de Ética, e que efetivamente participem do processo político, é nosso objetivo estratégico fundamental. Baseados na experiência do processo de 2013, a entidade ampliou a divulgação através de eventos, palestras, encontros e parcerias, bem como incorporou o aprendizado obtido no desenho das etapas do processo objeto deste relatório. O processo de seleção da Rede de Líderes Políticos por um Brasil Sustentável 2014 teve início com a publicação do Edital, em 25 de novembro de 2013, que tornou pública a abertura das inscrições (de 25/11 a 12/01) e estabeleceu as normas aplicáveis à sua realização. Com a participação de 752 pessoas, o processo de seleção foi aberto, universal e acessível a todos os cidadãos que se consideram alinhados aos valores e princípios da instituição, expressos em sua missão, visão e objetivos, que reconhecem a centralidade da política como instrumento de transformação social e que desejem debater e construir uma visão compartilhada de desenvolvimento do país. O perfil dos inscritos e dos selecionados identificou inscrições de lideranças dos mais variados perfis partidários, regionais, sociais e profissionais. Baseando-se nos parâmetros e critérios estabelecidos nas diretrizes do processo de seleção, a comissão responsável, composta por Ademar Bueno, Anamaria Schindler, André Palhano, Carlos Melo, Fernando Rei, Gláucia Barros, Humberto Dantas, Mafoane Odara, Mara Prado, Mônica Sodré, Zysman Neiman, entrevistou os candidatos em função de sua identificação com os diferentes perfis da Rede de Líderes Políticos: Líderes RAPS, Jovens RAPS e Empreendedores Cívicos. Assim como em 2013, o resultado final do processo de seleção tornou a exceder nossas melhores expectativas. O Relatório do Processo de Seleção 2014, que temos o privilégio de oferecer à sociedade, permitirá uma visão geral dos critérios e etapas envolvidos. Saudações. Marcos Vinícius de Campos Diretor Executivo

5 EMPREENDENDO NA POLÍTICA POR UM BRASIL SUSTENTÁVEL. Índice 1. Divulgação Contatos realizados 6 Sociedade civil 6 Setor público 7 Repercussão nas mídias sociais e portais 9 Facebook institucional 9 Facebook e portais parceiros A Inscrição Os Inscritos Pe r fi l 12 Como conheceu a RAPS? A Seleção Etapas do processo seletivo 15 Perfil do Grupo de Trabalho 16 Selecionados para as entrevistas Os Selecionados Líderes RAPS 20 Empreendedores Cívicos 32 Jovens RAPS 45

6 Divulgação Contatos Realizados Sociedade Civil Entre os membros da sociedade civil, a RAPS pediu apoio na divulgação de seu processo de seleção a: seus apoiadores; seus conselheiros; Divulgaçãojornalistas políticos; palestrantes de seus eventos; membros da Rede de Líderes Espontânea Políticos por um Brasil Sustentável (120); federações industriais (27); e organizações da sociedade civil (37). 6 Apoiadores 3% Membros do Conselho 3% Imprensa 10% Rede de Líderes 51% Palestrantes 4% Organizações 17% Federações Industriais 12% As 37 organizações que contribuíram para a divulgação do processo de seleção: Agora Sustentabilidade Amarribo Ashoka Avina Biofílica Cidade Democrática CIEDS Envolverde Fundação Estudar Fundação Lemann Fundação Mario Covas Grupo Ambientalista da Bahia Giro Sustentável Greenpeace GVces IDS Instituto FHC Impact Hub Instituto Akatu Instituto Arapyaú Instituto Azzi Instituto de Cidadania Empresarial - Maranhão Instituto Fonte Konrad Adenauer Movimento Combate à Corrupção Nossa São Luís Nossa São Paulo Observatório de Favelas Oficina Municipal Programa Cidades Sustentáveis Rede Social Brasileira por Cidades Justas e Sustentáveis Report Sustentabilidade Revista Página 22 Rumo Sustentável Setor 3 SOS Mata Atlântica Vitae Civilis Vote na Web

7 EMPREENDENDO NA POLÍTICA POR UM BRASIL SUSTENTÁVEL. Divulgação Setor Público Entre instituições do setor público, a RAPS pediu apoio na divulgação de seu processo de seleção a: Assembleias Legislativas Estaduais (20 estados: BA, CE, DF, ES, GO, MA, MT, MS, MG, PA, PB, PR, PE, PI, RJ, RO, SP, SC, SE, TO); Presidências de Câmaras Municipais (142) e Ministérios Públicos Estaduais (27). Setor Público Ministérios Públicos Estaduais 7 Assembleias Legislativas Câmaras Municipais Um trabalho específico de divulgação foi feito com os partidos políticos: foram contatados todos os diretórios nacionais dos 32 partidos, 30 fundações partidárias, e 729 diretórios e estaduais, de todos os 32 partidos (os dois primeiros por via escrita). Partidos Políticos Diretórios Nacionais Fundações Partidárias Diretórios Estaduais

8 Divulgação Lista de partidos e suas fundações partidárias 8 PMDB Partidos Partido do Movimento Democrático Brasileiro Fundações partidárias Fundação Ulysses Guimarães PTB Partido Trabalhista Brasileiro Fundação Instituto Getúlio Vargas PDT Partido Democrático Trabalhista Fundação Leonel Brizola - Alberto Pasqualini PT Partido dos Trabalhadores Fundação Perseu Abramo DEM Democratas Fundação Liberdade e Cidadania PC do B Partido Comunista do Brasil Instituto Maurício Grabóis PSB Partido Socialista Brasileiro Fundação João Mangabeira PSDB Partido da Social Democracia Brasileira Instituto Teotônio Vilela PTC Partido Trabalhista Cristão Instituto de Estudos Políticos de São Paulo PSC PMN Partido Social Cristão Partido da Mobilização Nacional Instituto Brasileiro de Estudos Políticos Pedro Aleixo Instituto de Estudos Políticos Juscelino Kubitschek PRP Partido Republicano Progressista Instituto Republicano PPS Partido Popular Socialista Fundação Astrojildo Pereira PV Partido Verde Instituto Herbert Daniel PT do B Partido Trabalhista do Brasil Fundação Barão e Visconde de Mauá PP Partido Progressista Fundação Milton Campos PSTU Partido Socialista dos Trabalhadores Unificado Instituto José Luis e Rosa Sundermann PCB Partido Comunista Brasileiro Fundação Dinarco Reis PRTB PHS PSDC Partido Renovador Trabalhista Brasileiro Partido Humanista da Solidariedade Partido Social Democrata Cristão Instituto Jânio Quadros Fundação Solidarista / FUNSOL Instituto Democrata Cristão de Formação Política PCO Partido da Causa Operária Fundação João Jorge Costa Pimenta PTN Partido Trabalhista Nacional Instituto Dorival de Abreu PSL Partido Social Liberal Instituto Milton de Lyra Bivar PRB Partido Republicano Brasileiro Fundação Republicana Brasileira PSOL Partido Socialismo e Liberdade Fundação Lauro Campos PR Partido da República Fundação Álvaro Valle PSD Partido Social Democrático Fundação Espaço Democrático PPL Partido Pátria Livre Instituto Claudio Campos PEN Partido Ecológico Nacional IDECOL - Instituto de Defesa Ecológica PROS SDD Partido Republicano da Ordem Social Solidariedade

9 EMPREENDENDO NA POLÍTICA POR UM BRASIL SUSTENTÁVEL. Divulgação Repercussão nas mídias sociais e portais Facebook institucional Durante o período de inscrições foram publicadas 37 postagens no perfil institucional da RAPS. Destas, oito foram patrocinadas, a fim de potencializar o alcance da mensagem, e gerar, como resultado, um boom no número de inscrições. O público atingido pelos posts patrocinados foi definido a partir de temas de interesses pessoais, como política, liderança, empreendedorismo social, partidos políticos, e outros. 9

10 Divulgação Facebook e portais de parceiros 24 organizações publicaram conteúdo sobre o processo seletivo em seus perfis institucionais. Alguns exemplos abaixo: Akatu SOS Mata Atlântica 10 Revista Página 22 Rede Nossa SP Blog Giro Sustentável Amarribo

11 EMPREENDENDO NA POLÍTICA POR UM BRASIL SUSTENTÁVEL. A Inscrição O período de inscrições para o processo de seleção foi de 25/11/2013 a 12/01/2014. Ao todo, 752 pessoas se candidataram, por meio do formulário eletrônico disponibilizado no site. Antes do acesso à ficha de inscrição, as seguintes informações foram disponibilizadas aos candidatos: Edital do Processo de Seleção 2014 Descritivo dos Projetos (Líderes RAPS, Jovens RAPS e Empreendedores Cívicos) Diretrizes do Processo de Seleção 2014 Formulário de Inscrição Código de Ética RAPS Calendário de Atividades

12 Os Inscritos 12 Perfil dos Inscritos Sexo Categorias Quantidade Feminino 109 Masculino 641 Sem informação 2 Total Geral 752 Quantidade Empreendedores Cívicos 179 Jovens RAPS 171 Líderes RAPS 402 Total Geral 752 Escolaridade Quantidade Ensino Fundamental 3 Ensino Médio 31 Ensino Superior 529 Ensino Superior Incompleto 152 Técnico 18 Sem informação 19 Total Geral 752 Partido Quantidade DEM 7 PC do B 7 PDT 6 PEN 4 PHS 5 PMDB 10 PMN 1 PP 7 PRB 3 PPL 1 PPS 7 PR 5 PROS 1 PRP 1 PRTB 3 PSB 33 PSC 1 PSD 8 PSDB 32 PSDC 1 PSL 3 PSOL 7 PSTU 1 PT 30 PTB 6 PTC 1 PV 35 SDD 1 Sem partido / Sem informação 525 Total Geral 752

13 EMPREENDENDO NA POLÍTICA POR UM BRASIL SUSTENTÁVEL. Os Inscritos UF Quantidade AC 1 AL 3 AM 8 BA 48 CE 22 DF 19 ES 3 GO 6 MA 5 MG 74 MS 3 MT 5 PA 6 PB 7 PE 21 PI 2 PR 29 RJ 59 RO 5 RS 19 SC 6 SE 3 SP 391 TO 2 Sem informação 5 Total Geral 752 Idade Quantidade Menos de 20 anos a a a a a a a a ou mais 11 Sem informação 12 Total Geral

14 Os Inscritos Como conheceu a RAPS? 14 Meios de divulgação Quantidade Akatu 1 Amigos 276 Artigos, jornais e revistas 11 Eventos RAPS e roadshow 2 Instituto Arapyaú 3 Instituto Fernando Henrique Cardoso (IFHC) 1 Instituto GESC 3 Internet 177 Líder Político RAPS 88 Outros 24 Rede Nossa São Paulo 2 Redes Sociais 145 Site da RAPS 15 Trabalho 1 Sem informações 3 Total Geral 752

15 EMPREENDENDO NA POLÍTICA POR UM BRASIL SUSTENTÁVEL. A Seleção Etapas do processo seletivo O processo seletivo 2014 para ingresso na Rede de Líderes Políticos por um Brasil Sustentável contou com as seguintes etapas: 1) Avaliação dos formulários de inscrição submetidos via site 2) Entrevistas 3) Avaliação final e análise de documentação: Certidão de antecedentes criminais Certidão negativa da Justiça Federal Certidão negativa da Justiça do Trabalho Certidões conjuntas de débitos relativos aos tributos federais e à dívida ativa da União Certidão de Distribuição da Justiça Federal Certidão de quitação eleitoral 15 Certidão dos Tribunais de Contas

16 A Seleção Perfil do grupo de trabalho Membros do comitê de seleção para o Projeto Líderes RAPS Ana Maria Schindler Ana Maria Schindler é membro da equipe de liderança da Ashoka. Montou e dirigiu o Instituto Arapyaú, de 2008 a Foi copresidente global da Ashoka de 2005 a Ingressou na equipe da Ashoka em 1996 para iniciar o Centro de Competência para Empreendedores Sociais (CCES). É membro de conselhos de organizações como Fundação Avina, International Advisory Council da Fundação Dom Cabral e Conectas Direitos Humanos. Socióloga, é mestre e cursou doutorado em sociologia na Universidade de São Paulo. 16 Carlos Melo Carlos Melo é cientista político, professor de sociologia e política do Insper. É pesquisador associado ao IEA da USP (Instituto de Estudos Avançados), onde se dedica a compreender a liderança política. É também consultor, palestrante de empresas nacionais e estrangeiras, além de colaborador do jornal O Estado de S. Paulo. É autor de Collor, o ator e suas circunstâncias. Fernando Rei Possui graduação em ciências sociais e jurídicas pela Universidade de São Paulo (1982), mestrado em direito comunitário pela Universidade de Coimbra (1986), doutorado em direitos fundamentais - Universidad Complutense de Madrid (1993). É doutor em direito internacional pela Universidade de São Paulo (1998) e doutor em estado/direito ambiental Universidad de Alicante (1994). Atualmente é professor titular de direito ambiental da Fundação Armando Álvares Penteado e professor assistente doutor no programa de doutorado em direito ambiental internacional da Universidade Católica de Santos UNISANTOS. É Diretor Científico da Sociedade Brasileira de Direito Internacional do Meio Ambiente SBDIMA. Atua principalmente nos seguintes temas: desenvolvimento sustentável, direito internacional do meio ambiente, políticas públicas, gestão ambiental e mudanças climáticas. Foi por duas vezes Diretor Presidente da CETESB Companhia de Tecnologia e Saneamento Básico.

17 EMPREENDENDO NA POLÍTICA POR UM BRASIL SUSTENTÁVEL. A Seleção Glaucia Barros Diretora da Fundação Avina no Brasil, responsável pela articulação das agendas de acesso à água, bioma amazônico, cidades sustentáveis, energia, indústrias extrativistas, institucionalidades públicas, mudanças climáticas e reciclagem inclusiva no país. Humberto Dantas Cientista social com mestrado e doutorado em ciência política pela USP. Professor universitário desde 1999, atualmente leciona no Insper, onde também é pesquisador. Coordena a pós-graduação em ciência política da FESP-SP e leciona em diversos programas de especialização com ênfase em questões sobre a política nacional. Desde 2003 participa de atividades livres de educação política, formando mais de 270 turmas em organizações públicas e do terceiro setor. Atua como conselheiro ou consultor de organizações como a RAPS, Fundação Konrad Adenauer, Fecomercio-SP, Oficina Municipal, Movimento Voto Consciente, Instituto Seva entre outras. É organizador e autor de livros na área da ciência política, comentarista político da Rede Vida de TV e da Rádio Estadão, blogueiro do Grupo Estado. Mara Prado Graduada em jornalismo, especializou-se em Governo e Poder Legislativo pela UNESP. Atua há 15 anos na área política com experiência na coordenação de assessoria parlamentar e na direção institucional político-partidária. Coordenou campanhas eleitorais para cargos majoritários e proporcionais (governador, senador, deputado, prefeito e vereador). Atualmente é chefe de gabinete na Câmara Municipal de São Paulo e presta consultoria em projetos de formação e capacitação de lideranças políticas. 17 Zysman Neiman Doutor em psicologia com passagem pelo programa de doutorado em ciência ambiental e bacharel em ciências biológicas (todos pela USP), é pesquisador da Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), atuando no curso de bacharelado em ciências ambientais. Foi um dos redatores do Tema Transversal Meio Ambiente, dos Parâmetros Curriculares Nacionais (PCN - MEC).

18 A Seleção Membros do comitê de seleção para o Projeto Empreendedores Cívicos 18 André Palhano Formado em jornalismo e especializado em jornalismo econômico (ambos pela PUC-São Paulo), é idealizador e organizador da Virada Sustentável, maior evento de educação para a sustentabilidade da América Latina. É professor convidado na pós graduação do Centro de Comunicação e Letras (CCL) da Universidade Mackenzie, autor do livro A educação e a sustentabilidade (Ed. Melhoramentos), e jurado de prêmios relacionados ao tema, como Prêmio Itaú de Finanças Sustentáveis (PIFS) e Agenda A3P da Prefeitura de São Paulo. Em 2012 ganhou o Prêmio Cidadão Sustentável, promovido pela Rede Nossa São Paulo e pela Catraca Livre, na categoria Meio Ambiente. Mafoane Odara Psicóloga e mestre em psicologia social pela Universidade de São Paulo. Especialista em empreendedorismo social; seleção e gestão de pessoas; e, avaliação de projetos e negócios sociais. Atualmente coordena da plataforma de inovações para juventude da Ashoka Brasil, integra o conselho consultivo do IBEAC e CEERT e atua como consultora e pesquisadora em diferentes organizações sociais, com especial participação em programas de inovação, juventude, saúde, educação e políticas públicas.

19 EMPREENDENDO NA POLÍTICA POR UM BRASIL SUSTENTÁVEL. A Seleção Membros do comitê de seleção para o Projeto Jovens RAPS Ademar Bueno Formado em administração de empresas (FGV-EAESP), mestre em ciências da saúde (Santa Casa de São Paulo), foi coordenador do Prêmio FENEAD e coordenador de projetos da Fundação Educar D Paschoal. É sócio-diretor da Iara Consultoria e Propaganda; professor de sustentabilidade da economia e coordenador do LabIES Laboratório de Inovação, Empreendedorismo e Sustentabilidade (FGV); coordenador educacional da Virada Sustentável; coordenador do Calouro Cidadão; Conselheiro da UMAPAZ - Secretaria do Verde e do Meio Ambiente da Prefeitura de São Paulo. Mônica Sodré Cientista política, professora e atual doutoranda em relações internacionais pela Universidade de São Paulo (USP). Trabalha com educação política, desenvolve pesquisas nas áreas de relações internacionais e políticas públicas e faz parte da primeira turma de Líderes RAPS. 19 Selecionados para as entrevistas Projeto Inscritos Selecionados para entrevistas Líder RAPS Empreendedores Cívicos Jovens RAPS

20 Os Selecionados Líderes RAPS Projeto Líderes RAPS I. Conceito Mulheres e homens vocacionados para atuar diretamente na política institucional, com potencial para postular ativamente em processos eleitorais. II. Objetivo geral Ampliar a participação de lideranças políticas comprometidas com os valores e princípios da sustentabilidade. III. Objetivos específicos e resultados esperados 1. Objetivo específico 1 20 Formar uma rede de lideranças políticas comprometidas com a ética e com os valores e princípios da sustentabilidade, capacitada para defender esses valores em sua ação política Resultado esperado 1. Lideranças políticas sem mandato identificadas, integradas à Rede RAPS e informadas sobre formas de aumentar suas chances de se eleger e sobre temas relevantes para sua atuação política em prol da ética e da sustentabilidade Resultado esperado 2. Lideranças políticas com mandato comprometidas com os valores e princípios da ética e da sustentabilidade, identificadas e integradas à Rede de Líderes RAPS Resultado esperado 3. Líderes RAPS politicamente articulados ou seja, informados sobre a atuação dos outros integrantes da Rede e capazes de estabelecer diálogo uns com os outros sobre temas relevantes de forma a potencializar sua capacidade de exercer seus mandatos para defender os valores e princípios da ética e da sustentabilidade. 2. Objetivo específico 2 Capacitar, apoiar e monitorar a atuação política dos Líderes RAPS para potencializar sua capacidade de exercer seus mandatos de forma a defender os valores e princípios da ética e da sustentabilidade Resultado esperado 1. Líderes RAPS informados sobre as melhores práticas e técnicas de planejamento, estruturação e potencialização de seus mandatos Resultado esperado 2. Líderes RAPS informados sobre temas relevantes para o cenário político brasileiro e para as agendas da ética e da sustentabilidade Resultado esperado 3. Atuação política dos Líderes RAPS monitorada em termos de seu comprometimento com os valores e princípios expressos no Código de Ética RAPS e com os valores e princípios da sustentabilidade. 3. Objetivo específico 3 Fomentar uma cultura de prestação de contas e de transparência no exercício dos mandatos parlamentares e de gestão pública Resultado esperado 1. Líderes RAPS divulgando semestralmente dados relativos ao mandato parlamentar e de gestão pública na plataforma eletrônica da RAPS.

21 EMPREENDENDO NA POLÍTICA POR UM BRASIL SUSTENTÁVEL. Os Selecionados Líderes RAPS Perfil dos Líderes RAPS Líderes RAPS Idade Quantidade Inscritos 402 Entrevistados 145 Selecionados 46 Sexo Quantidade Feminino 10 Masculino 36 Total Geral 46 Escolaridade Quantidade Doutorado 4 Mestrado 10 Pós-Graduação 11 Superior 14 Superior Incompleto 7 Total Geral 46 Menos de 20 anos 1 20 a a a a a a a a 59 2 Total Geral 46 UF Quantidade BA 2 CE 1 DF 4 21 Partido Quantidade MG 5 PC do B 1 PDT 2 PMDB 2 PP 2 PPS 1 PSB 11 PSD 1 PSDB 2 PSL 2 PT 2 PV 5 Sem Partido 15 Total Geral 46 MT 1 PA 1 PB 2 PE 2 PR 1 RJ 3 RO 1 RS 2 SE 1 SP 19 TO 1 Total Geral 46

22 Os Selecionados Líderes RAPS Biografia Líderes RAPS Adnan Demachki 49 anos, residente em Belém/PA, o advogado fundou a subsecção da Ordem dos Advogados do Brasil em Paragominas e ficou em sua presidência por uma década. Filiado ao PSDB, foi vice-prefeito de 2001 a 2004 e prefeito por dois mandatos, de 2005 a 2012). No exercício de seus dois últimos mandatos, recebeu reconhecimentos como o Prêmio Gestor Eficiente da Merenda Escolar e o Prêmio Chico Mendes de Meio Ambiente (pelo projeto Paragominas Município Verde ). Em razão do seu trabalho na área ambiental, foi incluído pela a Revista Época, em 2012 na lista das 100 personalidades mais influentes do país. Atualmente é secretário especial de estado de Desenvolvimento e Proteção Social. 22 Alessandra Monteiro 28 anos, residente em Mogi das Cruzes/SP, é formada em administração de empresas pela UMC, pós-graduanda em Assessoria Parlamentar e Capacitação Política pela FESPSP. Participa de discussões sobre políticas públicas para jovens em dois movimentos de juventude na cidade de Mogi das Cruzes, o JUCT e o Juventude Mogiana. Fez parte de um projeto de construção pautado na prática sustentável para a campanha de um vereador que foi eleito no ano de Colabora como membro da Comissão Estadual de São Paulo do partido Rede Sustentabilidade. Alexandre Schneider 44 anos, residente em São Paulo/SP, é mestre em Administração Pública e Governo pela Fundação Getúlio Vargas. Foi chefe de gabinete das Secretarias de Transportes e de Segurança Pública do Estado de São Paulo (Governo Mário Covas). Na Secretaria de Segurança Pública liderou as equipes que desenvolveram a Delegacia Eletrônica e o Infocrim. Foi gerente de políticas públicas da Fundação Abrinq, secretário adjunto de governo e secretário de educação do município de São Paulo (gestão Serra/Kassab). Como secretário de educação, reestruturou a carreira do magistério, implantou o currículo e o sistema de avaliação externa, ampliou o tempo dos alunos do Ensino Fundamental na escola de 4 para 5 horas diárias, criou 300 mil vagas em atividades no contraturno escolar, multiplicou por 3,5 vezes o número de matrículas em creche e implantou políticas de educação inclusiva e de sustentabilidade na rede municipal. Alexandre Gentil 40 anos, residente em São Paulo/SP, é formado em teologia. Presidente municipal do PSL (Partido Social Liberal). É diretor da sociedade beneficente cultural e educacional Missão Resgate, que atua na prevenção e recuperação de dependentes químicos. Foi candidato a vereador e a deputado estadual, chefe de gabinete da subprefeitura de Aricanduva e idealizador do projeto da primeira faculdade pública ambiental do Brasil.

23 EMPREENDENDO NA POLÍTICA POR UM BRASIL SUSTENTÁVEL. Os Selecionados Líderes RAPS Alfredo Syrkis 58 anos, residente em Rio de Janeiro/RJ, é filiado ao PSB. Atualmente é deputado federal. Foi vereador em quatro mandatos, secretário municipal de urbanismo, presidente do Instituto Municipal de Urbanismo Pereira Passos (entre 2001 e 2006), e secretário municipal de meio ambiente (entre 1993 e 1996). Membro da delegação brasileira às conferências do Clima de Montreal, Bali, Copenhagen e Durban, também integrou as comissões executivas do ICLEI e Metropolis. Alice Gabino 33 anos, residente em Recife/PE. É técnica em ambientação de interiores pela ETEPAM e bacharel em direito pela Faculdade Integrada do Recife, foi funcionaria terceirizada do IBAMA-PE onde desenvolveu atividades auxiliares junto às chefias de contratos e licitações e de fiscalização ambiental, auxiliando nas análises jurídicas e andamentos processuais de autos de infração ambiental. Ativista ambiental, participa de reuniões junto a colônias de pescadores, buscando a defesa do meio ambiente e a justiça socioambiental. Atualmente exerce a função de assessora de articulação e sustentabilidade da Zona da Mata na Secretaria de Meio e Sustentabilidade do Estado de Pernambuco. 23 Amir Montecchi 33 anos, residente em Cáceres/MT, é técnico em informática, graduando em sistemas para internet e servidor público de carreira do estado do Mato Grosso. Foi diretor de tecnologia da informação da Universidade do Estado de Mato Grosso. Organizou manifestações contra a corrupção em sua cidade nos anos 2012 e É idealizador do projeto Cidadão Interativo, uma iniciativa popular de combate à corrupção e de acompanhamento dos órgãos públicos no município de Cáceres. É membro atuante do Observatório Social de Cáceres. Anderson Mendes 32 anos, residente em Porto Velho/RO, é formado em direito, trabalha como assistente jurídico. Atuante em movimentos populares e voluntários do terceiro setor, aos 16 anos foi presidente de uma associação comunitária. Como funcionário público, coordenou em Rondônia o programa Agente Ambiental Voluntário do IBAMA. Coordenou, ainda, o Programa Federal de Melhoria da Gestão Pública Gespública no estado. Atuou como assessor legislativo na Câmara Municipal de Porto Velho e como agitador cultural na zona leste da cidade. Filiado ao PSL, concorreu nas eleições de 2008 e 2012 ao cargo de vereador. Apoiador do Movimento Eu Voto Distrital, atualmente é presidente de um conselho comunitário de segurança pública da zona leste de Porto Velho.

24 Os Selecionados Líderes RAPS André Previato 36 anos, residente em São Paulo/SP, é formado em direito (PUC/SP), mestre em direito (LLM) pela London School of Economics and Political Sciences (LSE), especialista em Defesa da Concorrência pela GV-Law/SP e mediador certificado pela CEDR e FIESP. Foi coordenador na extinta Secretaria de Direito Econômico do Ministério da Justiça (SDE/MJ). Atuou como mediador comunitário em Londres e hoje participa do diretório estadual da Rede Sustentabilidade. 24 André Barrence 29 anos, residente em Belo Horizonte/MG, é graduado em administração pública (Fundação João Pinheiro) e direito (Universidade Federal de Minas Gerais), mestre em gestão e governança pela London School of Economics and Political Science, e ex-aluno do programa de educação executiva em inovação pela Harvard University. Desde 2012, é diretor-presidente do Escritório de Prioridades Estratégicas do Governo de Minas Gerais, concebendo e liderando projetos nas áreas de educação, desenvolvimento econômico, inovação e empreendedorismo. Antonmara Lima 42 anos, residente em Vera Cruz/BA, Ilha de Itaparica, é licenciada em história pela FTC. Presidente do PV Vera Cruz. Atua como presidente do Senhores da Ilha de Itaparica, além de participar de movimentos sociais no combate à poluição ambiental. Foca suas atividades no fortalecimento socioeconômico da região onde atua. Bruno Bortolan 32 anos, residente em Limeira/SP, é formado em administração pela Escola de Administração de Empresas de São Paulo da Fundação Getúlio Vargas (FGV-EAESP), pós-graduado com MBA em marketing pela ESPM-SP. Participou de várias entidades e conselhos municipais. Foi conselheiro e presidente do Ideli - Instituto de Desenvolvimento de Limeira. Foi vereador de janeiro a agosto de Claudinei Quirino 43 anos, residente em Presidente Prudente/SP, é filiado ao PSB. Ex-atleta, medalhista olímpico, atualmente faz palestras motivacionais e relacionadas ao esporte. Pretende ser candidato a deputado estadual em Sua motivação é a educação através do esporte como forma de inclusão social e de geração de novas oportunidades.

25 EMPREENDENDO NA POLÍTICA POR UM BRASIL SUSTENTÁVEL. Os Selecionados Líderes RAPS Cristiano Pacheco 41 anos, residente em Porto Alegre/RS, é formado em direito (ULBRA), especialista em Direito Ambiental (UFPEL) e mestre em Direito Ambiental (UCS). Sócio da Cristiano Pacheco Consultoria Ambiental Ltda. e advogado associado do Stifelman Advogados, Fellow Fundación AVINA e diretor executivo do Instituto Justiça Ambiental (IJA) de 2008 a 2011, membro da Comissão de Meio Ambiente da OAB/RS desde 2003 e membro da Plataforma Ambiental da France Nature Environnement FNE (Paris, França). Diego Conti 28 anos, residente em São Paulo/SP, é doutorando em administração com foco em sustentabilidade pela PUC-SP. Mestre em administração com foco em indicadores, estatística e sustentabilidade pela mesma instituição, atua como pesquisador do Núcleo de Estudos do Futuro (NEF) da PUC-SP, membro da Associação Brasileira de Profissionais de Sustentabilidade (Abraps) e da Rede de Educadores da Plataforma Liderança Sustentável (PLS). Professor universitário de programas de graduação e pós-graduação, consultor e palestrante, possui diversas publicações em periódicos acadêmicos nacionais e internacionais, e é coautor do livro Nova Gestão Pública. 25 Eduardo Galdino 36 anos, residente em João Pessoa/PB, é formado em administração e com MBA em gestão hospitalar (FGV Management). Atualmente é diretor administrativo da FUNASA/PB e preside o Subcomitê da Agenda A3P na mesma instituição. Foi diretor administrativo do Instituto de Saúde Elpídio de Almeida e secretário municipal de esporte, Juventude e Lazer. Em 2007, ganhou o 2º lugar Nacional do 4º Prêmio Johnson & Johnson de Administração Hospitalar com o projeto Implantação da Casa da Mãe do ISEA, promovido pela FBAH. Tem trabalhos publicados nas áreas de Gestão de Resíduos Hospitalares e de Gestão de Resíduos de Serviços de Saúde em Viña Del Mar, Chile. Eduardo Queiroz 43 anos, residente em São Paulo/SP, é formado em administração de empresas com especialização pela Fundação Getúlio Vargas e mestrado em Administração Pública pela Harvard Kennedy School of Government (Mason e Lemann Fellow). Iniciou a carreira em bancos de investimentos onde trabalhou por aproximadamente 11 anos. De 2003 a 2006 foi diretor executivo e conselheiro da Outward Bound Brasil. De 2007 a 2008 foi diretor executivo da Outward Bound México. De 2009 a 2011 foi assessor especial do secretário de educação do estado de São Paulo. Desde fevereiro de 2011 é diretor-presidente da Fundação Maria Cecília Souto Vidigal. Atualmente é membro das ONGs ESPRO, United Way e Outward Bound Brasil.

CANDIDATOS AO GOVERNO DO RIO GRANDE DO SUL

CANDIDATOS AO GOVERNO DO RIO GRANDE DO SUL CANDIDATOS AO GOVERNO DO RIO GRANDE DO SUL CARLOS SCHNEIDER (PMN) Vice: Maximiliano Andrade (PMN) Nome: Carlos Otavio Schneider Partido: Partido da Mobilização Nacional Tempo de horário eleitoral (estimado):

Leia mais

Combate à Pobreza, Crescimento Inclusivo e Nova Agenda Social. Centro de Políticas Sociais FGV Wanda Engel Rio de Janeiro, 27 de novembro de 2015

Combate à Pobreza, Crescimento Inclusivo e Nova Agenda Social. Centro de Políticas Sociais FGV Wanda Engel Rio de Janeiro, 27 de novembro de 2015 Combate à Pobreza, Crescimento Inclusivo e Nova Agenda Social Centro de Políticas Sociais FGV Wanda Engel Rio de Janeiro, 27 de novembro de 2015 Marcos da Política de Combate à Pobreza Antecedentes: Assistência

Leia mais

NOVA DIRETORIA Marco Aurelio Crocco Afonso

NOVA DIRETORIA Marco Aurelio Crocco Afonso Marco Aurelio Crocco Afonso Diretor-Presidente Bacharel em economia pela Universidade Federal de Minas Gerais, Mestre em Economia Industrial e da Tecnologia pela UFRJ e PhD em Economia pela Universidade

Leia mais

Relatório Anual. Instituto Nossa Ilhéus. Instituto Nossa Ilhéus

Relatório Anual. Instituto Nossa Ilhéus. Instituto Nossa Ilhéus Resumo da ONG O é uma iniciativa da sociedade civil organizada que tem por objetivo fortalecer a cidadania e a democracia participativa, tendo por base a sustentabilidade e o monitoramento social. O age

Leia mais

Projeto Empreendedores Cívicos

Projeto Empreendedores Cívicos Projeto Empreendedores Cívicos I. Conceito Empreendedores Cívicos são agentes de inovação social que fomentam e promovem transformações positivas em benefício da coletividade rumo a um Brasil Sustentável.

Leia mais

A Cooperação UE no Estado de São Paulo

A Cooperação UE no Estado de São Paulo A Cooperação UE no Estado de São Paulo Informações gerais: Superficië (km²): 248.209,426 População (IBGE 2012): 41.901.219 Produto Interno Bruto - PIB (2008) em R$ milhões: 1.003.016 Indice de Desenvolvimento

Leia mais

Sondagem de Opinião Parlamentar Reforma Política

Sondagem de Opinião Parlamentar Reforma Política Reforma Política Abril a Maio de 2009 Brasília, 28 de Maio de 2008 Introdução O recente envio da proposta do Poder Executivo de reforma política trouxe força e fôlego para o debate do tema no Brasil, mobilizando

Leia mais

Todos os finalistas ao Prêmio serão agarciados, de acordo com cada critério de seleção:

Todos os finalistas ao Prêmio serão agarciados, de acordo com cada critério de seleção: Prêmio Empreendedor Social de Futuro 2013 Descrição A Folha de S.Paulo realiza, em 2013, a 5ª edição do Prêmio Folha Emprendedor Social de Futuro. O concurso identifica, premia e fomenta jovens líderes

Leia mais

Investe São Paulo. Campinas, 17 de março de 2015

Investe São Paulo. Campinas, 17 de março de 2015 Investe São Paulo Campinas, 17 de março de 2015 Missão Ser a porta de entrada para novos investimentos e a expansão dos negócios existentes, gerando inovação tecnológica, emprego e renda. Promover a competitividade

Leia mais

Plataforma Ambiental para o Brasil

Plataforma Ambiental para o Brasil Plataforma Ambiental para o Brasil A Plataforma Ambiental para o Brasil é uma iniciativa da Fundação SOS Mata Atlântica e traz os princípios básicos e alguns dos temas que deverão ser enfrentados na próxima

Leia mais

CALENDÁRIO DA PROPAGANDA PARTIDÁRIA PARA 2013 SEGUNDO O TRIBUNAL SUPERIOR ELEITORAL TSE

CALENDÁRIO DA PROPAGANDA PARTIDÁRIA PARA 2013 SEGUNDO O TRIBUNAL SUPERIOR ELEITORAL TSE CALENDÁRIO DA PROPAGANDA PARTIDÁRIA PARA 2013 SEGUNDO O TRIBUNAL SUPERIOR ELEITORAL TSE Atualizado em 29.10.2012 DEM - DEMOCRATAS Rede nacional (10 min.): dias 06.06 e 12.12.2013. Geradoras: Empresa Brasil

Leia mais

CIEDS, Centro Integrado de Estudos e Programas de Desenvolvimento Sustentável Missão:

CIEDS, Centro Integrado de Estudos e Programas de Desenvolvimento Sustentável Missão: O CIEDS, Centro Integrado de Estudos e Programas de Desenvolvimento Sustentável, é uma Instituição Social Sem Fins Lucrativos, de Utilidade Pública Federal, fundada em 1998, com sede na cidade do Rio de

Leia mais

Partidos Políticos do Brasil

Partidos Políticos do Brasil Partidos Políticos do Brasil Fonte: http://www.suapesquisa.com/partidos/ INTRODUÇÃO 04.06.2012 Atualmente, a legislação eleitoral brasileira e a Constituição, promulgada em 1988, permitem a existência

Leia mais

Pesquisa de Informações Básicas Estaduais 2012

Pesquisa de Informações Básicas Estaduais 2012 Pesquisa de Informações Básicas Estaduais 2012 Informações Básicas Recursos Humanos Foram pesquisadas as pessoas que trabalhavam na administração direta e indireta por vínculo empregatício e escolaridade;

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE RESENDE AGÊNCIA DO MEIO AMBIENTE DO MUNICÍPIO DE RESENDE

PREFEITURA MUNICIPAL DE RESENDE AGÊNCIA DO MEIO AMBIENTE DO MUNICÍPIO DE RESENDE PREFEITURA MUNICIPAL DE RESENDE AGÊNCIA DO MEIO AMBIENTE DO MUNICÍPIO DE RESENDE CONVÊNIO PUC - NIMA/ PETROBRAS / PMR PROJETO EDUCAÇÃO AMBIENTAL Formação de Valores Ético-Ambientais para o exercício da

Leia mais

PROGRAMA MUNICIPAL DE VOLUNTARIADO INTERNACIONAL

PROGRAMA MUNICIPAL DE VOLUNTARIADO INTERNACIONAL PROGRAMA MUNICIPAL DE VOLUNTARIADO INTERNACIONAL SECRETARIA MUNICIPAL ADJUNTA DE RELAÇÕES INTERNACIONAIS SECRETARIA MUNICIPAL ADJUNTA DE RECURSOS HUMANOS O PROGRAMA O Programa Municipal de Voluntariado

Leia mais

Faço saber que a Assembléia Legislativa do Estado do Tocantins decreta e eu sanciono a seguinte Lei:

Faço saber que a Assembléia Legislativa do Estado do Tocantins decreta e eu sanciono a seguinte Lei: LEI Nº 1.374, DE 08 DE ABRIL DE 2003. Publicado no Diário Oficial nº 1.425. Dispõe sobre a Política Estadual de Educação Ambiental e adota outras providências. O Governador do Estado do Tocantins Faço

Leia mais

Plano Municipal de Educação

Plano Municipal de Educação Plano Municipal de Educação Denise Carreira I Encontro Educação para uma Outra São Paulo 30 de novembro de 2007 O Plano Municipal de Educação e as reivindicações dos movimentos e organizações da cidade

Leia mais

ANEXO IV PROPOSTAS APROVADAS NA CONFERÊNCIA ESTADUAL. Eixo MOBILIZAÇÃO IMPLEMENTAÇÃO MONITORAMENTO

ANEXO IV PROPOSTAS APROVADAS NA CONFERÊNCIA ESTADUAL. Eixo MOBILIZAÇÃO IMPLEMENTAÇÃO MONITORAMENTO PROPOSTAS APROVADAS NA CONFERÊNCIA ESTADUAL ANEXO IV Eixo MOBILIZAÇÃO IMPLEMENTAÇÃO MONITORAMENTO 1-Promoção dos Direitos de Crianças e Adolescentes Buscar apoio das esferas de governo (Federal e Estadual)

Leia mais

Você no Parlamento. Consulta Pública. Cooperação Técnica entre a CâmaraMunicipal de São Paulo e a Rede Nossa São Paulo

Você no Parlamento. Consulta Pública. Cooperação Técnica entre a CâmaraMunicipal de São Paulo e a Rede Nossa São Paulo Consulta Pública Você no Parlamento Cooperação Técnica entre a CâmaraMunicipal de São Paulo e a Rede Nossa São Paulo Termo de 18/04/2011 e Aditamento de 06/06/2011 Consulta pública com a população de São

Leia mais

Mãos Verdes. Implantar e monitorar o beneficiamento de resíduos. Elaborar projetos

Mãos Verdes. Implantar e monitorar o beneficiamento de resíduos. Elaborar projetos A Cooperativa Mãos Verdes opera na busca de mudanças econômicas, técnicas e ambientais no mundo da reciclagem, ofertando a clientes e parceiros soluções aos diferentes desafios da gestão de resíduos e

Leia mais

PORTARIA NORMATIVA INTERMINISTERIAL Nº- 17, DE 24 DE ABRIL DE 2007

PORTARIA NORMATIVA INTERMINISTERIAL Nº- 17, DE 24 DE ABRIL DE 2007 PORTARIA NORMATIVA INTERMINISTERIAL Nº- 17, DE 24 DE ABRIL DE 2007 Institui o Programa Mais Educação, que visa fomentar a educação integral de crianças, adolescentes e jovens, por meio do apoio a atividades

Leia mais

DIRETRIZES DO FUNCIONAMENTO DO MOVIMENTO NACIONAL PELA CIDADANIA E SOLIDARIEDADE/NÓS PODEMOS. (aprovada em 2010 e 1ª revisão em agosto de 2012)

DIRETRIZES DO FUNCIONAMENTO DO MOVIMENTO NACIONAL PELA CIDADANIA E SOLIDARIEDADE/NÓS PODEMOS. (aprovada em 2010 e 1ª revisão em agosto de 2012) DIRETRIZES DO FUNCIONAMENTO DO MOVIMENTO NACIONAL PELA CIDADANIA E SOLIDARIEDADE/NÓS PODEMOS (aprovada em 2010 e 1ª revisão em agosto de 2012) Artigo 1º O Movimento Nacional pela Cidadania e Solidariedade/Nós

Leia mais

Os Fundamentos da Gestão Humanista

Os Fundamentos da Gestão Humanista Brazil Chapter Os Fundamentos da Gestão Humanista Negócios para um mundo mais Equitativo e Sustentável 14 de Janeiro 2016, 2pm - 6:30pm Instituto Pró-Cidadania de Curitiba (IPPC) Curitiba, Brazil A Gestão

Leia mais

OBSERVATÓRIO DA POLÍTICA NACIONAL DE RESÍDUOS SÓLIDOS Setembro 2015

OBSERVATÓRIO DA POLÍTICA NACIONAL DE RESÍDUOS SÓLIDOS Setembro 2015 OBSERVATÓRIO DA POLÍTICA NACIONAL DE RESÍDUOS SÓLIDOS Setembro 2015 CONSIDERANDO QUE: a Política Nacional de Resíduos Sólidos PNRS 1 foi promulgada em 2010, com o objetivo de dar soluções aos problemas

Leia mais

Núcleo Regional de Rio Branco do Sul

Núcleo Regional de Rio Branco do Sul Núcleo Regional de Rio Branco do Sul Municípios participantes Adrianópolis Bocaiúva do Sul Cerro Azul Doutor Ulysses Rio Branco do Sul Tunas do Paraná Itaperuçu Campo Magro Colombo Almirante Tamandaré

Leia mais

PROGRAMAÇÃO DO EVENTO

PROGRAMAÇÃO DO EVENTO PROGRAMAÇÃO DO EVENTO Dia 08/08 // 09h00 12h00 PLENÁRIA Nova economia: includente, verde e responsável Nesta plenária faremos uma ampla abordagem dos temas que serão discutidos ao longo de toda a conferência.

Leia mais

INSTITUTO LOJAS RENNER

INSTITUTO LOJAS RENNER 2011 RELATÓRIO DE ATIVIDADES INSTITUTO LOJAS RENNER Instituto Lojas Renner Inserção de mulheres no mercado de trabalho, formação de jovens e desenvolvimento da comunidade fazem parte da essência do Instituto.

Leia mais

APRESENTAÇÃO INSTITUCIONAL ASSOCIAÇÃO DAS EMPRESAS BRASILEIRAS DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO, SOFTWARE E INTERNET ASSESPRO REGIONAL PARANÁ

APRESENTAÇÃO INSTITUCIONAL ASSOCIAÇÃO DAS EMPRESAS BRASILEIRAS DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO, SOFTWARE E INTERNET ASSESPRO REGIONAL PARANÁ APRESENTAÇÃO INSTITUCIONAL ASSOCIAÇÃO DAS EMPRESAS BRASILEIRAS DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO, SOFTWARE E INTERNET ASSESPRO REGIONAL PARANÁ LUÍS MÁRIO LUCHETTA DIRETOR PRESIDENTE GESTÃO 2005/2008 HISTÓRICO

Leia mais

O que é o Plano de Mobilização Social Pela Educação (PMSE)

O que é o Plano de Mobilização Social Pela Educação (PMSE) O que é o Plano de Mobilização Social Pela Educação (PMSE) É o chamado do Ministério da Educação (MEC) à sociedade para o trabalho voluntário de mobilização das famílias e da comunidade pela melhoria da

Leia mais

SEMINÁRIO BRASIL-ARGENTINA RUMO À RIO+20: UM DIÁLOGO SOBRE O FUTURO DO DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL Buenos Aires, 9 a 11 de novembro de 2011

SEMINÁRIO BRASIL-ARGENTINA RUMO À RIO+20: UM DIÁLOGO SOBRE O FUTURO DO DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL Buenos Aires, 9 a 11 de novembro de 2011 SEMINÁRIO BRASIL-ARGENTINA RUMO À RIO+20: UM DIÁLOGO SOBRE O FUTURO DO DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL Buenos Aires, 9 a 11 de novembro de 2011 PROGRAMA PRELIMINAR DIA 1 (09/11) 09h30-09h50 ABERTURA. Reitor

Leia mais

Mapeamento de Experiências Municipais e Estaduais no campo do Envelhecimento e Saúde da Pessoa Idosa

Mapeamento de Experiências Municipais e Estaduais no campo do Envelhecimento e Saúde da Pessoa Idosa COMEMORAÇÃO DOS 29 ANOS DO ICICT/FIOCRUZ Mapeamento de Experiências Municipais e Estaduais no campo do Envelhecimento e Saúde da Pessoa Idosa O papel da COSAPI no incentivo de experiências exitosas de

Leia mais

Especialização em Gestão Estratégica de Projetos Sociais

Especialização em Gestão Estratégica de Projetos Sociais Especialização em Gestão Estratégica de Apresentação CAMPUS COMÉRCIO Inscrições Abertas Turma 02 --> Início Confirmado: 07/06/2013 últimas vagas até o dia: 05/07/2013 O curso de Especialização em Gestão

Leia mais

ONG BRASI O DIÁLOGO ABRE CAMINHOS PARA O DESENVOLVIMENTO. Marco Regulatório das Organizações da Sociedade Civil

ONG BRASI O DIÁLOGO ABRE CAMINHOS PARA O DESENVOLVIMENTO. Marco Regulatório das Organizações da Sociedade Civil ONG BRASI 2012 O DIÁLOGO ABRE CAMINHOS PARA O DESENVOLVIMENTO Marco Regulatório das Organizações da Sociedade Civil Marco Regulatório das Organizações da Sociedade Civil Dezembro de 2013 3 EXPEDIENTE Presidenta

Leia mais

MOVIMENTO LONDRINA CRIATIVA

MOVIMENTO LONDRINA CRIATIVA MOVIMENTO LONDRINA CRIATIVA Mostra Local de: Londrina Categoria do projeto: I Projetos em Implantação (projetos que estão em fase inicial) Nome da Instituição/Empresa: "Profissional Autonoma Abril 2009

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO / BACHARELADO

ADMINISTRAÇÃO / BACHARELADO ADMINISTRAÇÃO / BACHARELADO Dos cursos mais procurados pelos estudantes, o de Administração é um dos mais novos. Enquanto Medicina e Direito formam profissionais desde o século 19, foi apenas em 1946 que

Leia mais

02 out - POLÍTICA: Dilma anuncia redução de oito ministérios, com salários menores e corte de cargos Sex, 02 de Outubro de 2015 13:43

02 out - POLÍTICA: Dilma anuncia redução de oito ministérios, com salários menores e corte de cargos Sex, 02 de Outubro de 2015 13:43 A nova configuração ministerial, finalizada ontem (1 ) com a ajuda do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, inclui a extinção e fusão de pastas e a realocação de titulares dos ministérios. Brasília

Leia mais

Desenvolvimento de Pessoas na Administração Pública. Assembléia Legislativa do Estado de Säo Paulo 14 de outubro de 2008

Desenvolvimento de Pessoas na Administração Pública. Assembléia Legislativa do Estado de Säo Paulo 14 de outubro de 2008 Desenvolvimento de Pessoas na Administração Pública Assembléia Legislativa do Estado de Säo Paulo 14 de outubro de 2008 Roteiro 1. Contexto 2. Por que é preciso desenvolvimento de capacidades no setor

Leia mais

A Escola. Com uma média de 1.800 alunos por mês, a ENAP oferece cursos presenciais e a distância

A Escola. Com uma média de 1.800 alunos por mês, a ENAP oferece cursos presenciais e a distância A Escola A ENAP pode contribuir bastante para enfrentar a agenda de desafios brasileiros, em que se destacam a questão da inclusão e a da consolidação da democracia. Profissionalizando servidores públicos

Leia mais

DIRETRIZES DE FUNCIONAMENTO DO MOVIMENTO NACIONAL PELA CIDADANIA E SOLIDARIEDADE/ NÓS PODEMOS

DIRETRIZES DE FUNCIONAMENTO DO MOVIMENTO NACIONAL PELA CIDADANIA E SOLIDARIEDADE/ NÓS PODEMOS 1 DIRETRIZES DE FUNCIONAMENTO DO MOVIMENTO NACIONAL PELA CIDADANIA E SOLIDARIEDADE/ NÓS PODEMOS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES E OBJETIVO DO MOVIMENTO 2 Artigo 1º O Movimento Nacional pela Cidadania e Solidariedade/Nós

Leia mais

APRESENTAÇÃO. 1. Identificação do Órgão/Unidade Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro Escola Judiciária Eleitoral.

APRESENTAÇÃO. 1. Identificação do Órgão/Unidade Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro Escola Judiciária Eleitoral. APRESENTAÇÃO 1. Identificação do Órgão/Unidade Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro. 2. E-mail para contato eje@tre-rj.gov.br. 3. Nome do Projeto. 4. Tema escolhido Gestão Sócio Ambiental. 5.

Leia mais

Promovendo o autodesenvolvimento para as pessoas viverem melhor

Promovendo o autodesenvolvimento para as pessoas viverem melhor Promovendo o autodesenvolvimento para as pessoas viverem melhor para as pessoas Promover o autodesenvolvimento viverem melhor é a missão do Instituto Walmart www.iwm.org.br O Instituto Walmart é uma organização

Leia mais

GRADUAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO. fgv.br/vestibular

GRADUAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO. fgv.br/vestibular GRADUAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO fgv.br/vestibular IDEALISMO, EXCELÊNCIA E CREDIBILIDADE A Fundação Getulio Vargas surgiu em 20 de dezembro de 1944 com o objetivo de preparar profissionais qualificados em Administração

Leia mais

ESTRUTURA CURRICULAR

ESTRUTURA CURRICULAR GESTÃO AMBIENTAL ESTRUTURA CURRICULAR Metodologia da Pesquisa Científica Gestão do Espaço Urbano Saúde e Ambiente Legislação Ambiental Gestão de Resíduos Sólidos e de Área Urbana Sistema Integrado de Gestão

Leia mais

COORDENAÇÃO. ABES-SP, Instituto PÓLIS, CAIXA, ANAMMA, UNICAMP, Projeto Pares(Poli-USP), OAF, Sindicato dos Engenheiros, Fórum Recicla São Paulo, CRUMA

COORDENAÇÃO. ABES-SP, Instituto PÓLIS, CAIXA, ANAMMA, UNICAMP, Projeto Pares(Poli-USP), OAF, Sindicato dos Engenheiros, Fórum Recicla São Paulo, CRUMA COORDENAÇÃO ABES-SP, Instituto PÓLIS, CAIXA, ANAMMA, UNICAMP, Projeto Pares(Poli-USP), OAF, Sindicato dos Engenheiros, Fórum Recicla São Paulo, CRUMA Ministério Público - Procuradoria Regional dos Direitos

Leia mais

Área de Comunicação. Tecnologia em. Produção Publicitária

Área de Comunicação. Tecnologia em. Produção Publicitária Área de Comunicação Tecnologia em Produção Publicitária Curta Duração Tecnologia em Produção Publicitária CARREIRA EM PRODUÇÃO PUBLICITÁRIA Nos últimos anos, a globalização da economia e a estabilização

Leia mais

9º Congresso de Gestão Pública do Rio Grande do Norte Inovação na gestão e possibilidade de novas oportunidades para o desenvolvimento regional

9º Congresso de Gestão Pública do Rio Grande do Norte Inovação na gestão e possibilidade de novas oportunidades para o desenvolvimento regional 9º Congresso de Gestão Pública do Rio Grande do Norte Inovação na gestão e possibilidade de novas oportunidades para o desenvolvimento regional Natal, 14/08/2015 ROTEIRO Duvidas de partida? Tempos de estratégia

Leia mais

LEI Nº 4.791 DE 2 DE ABRIL DE

LEI Nº 4.791 DE 2 DE ABRIL DE Lei nº 4791/2008 Data da Lei 02/04/2008 O Presidente da Câmara Municipal do Rio de Janeiro nos termos do art. 79, 7º, da Lei Orgânica do Município do Rio de Janeiro, de 5 de abril de 1990, não exercida

Leia mais

Relatório de Comunicação e Engajamento COE. Associação Paranaense dos Engenheiros Ambientais APEAM

Relatório de Comunicação e Engajamento COE. Associação Paranaense dos Engenheiros Ambientais APEAM Relatório de Comunicação e Engajamento COE Associação Paranaense dos Engenheiros Ambientais APEAM Declaração de Apoio Continuo do Presidente 21/08/2015 Para as partes interessadas: Tenho o prazer de confirmar

Leia mais

O que fazer para reformar o Senado?

O que fazer para reformar o Senado? O que fazer para reformar o Senado? Cristovam Buarque As m e d i d a s para enfrentar a crise do momento não serão suficientes sem mudanças na estrutura do Senado. Pelo menos 26 medidas seriam necessárias

Leia mais

Governança Pública. O Desafio do Brasil. Contra a corrupção e por mais desenvolvimento. Governança de Municípios. Março/2015

Governança Pública. O Desafio do Brasil. Contra a corrupção e por mais desenvolvimento. Governança de Municípios. Março/2015 Governança Pública O Desafio do Brasil Contra a corrupção e por mais desenvolvimento Governança de Municípios Março/2015 João Augusto Ribeiro Nardes Ministro do TCU Sumário I. Introdução-OTCUeocombateàcorrupção

Leia mais

ESTRUTURA CURRICULAR

ESTRUTURA CURRICULAR - GESTÃO DE PESSOAS ESTRUTURA CURRICULAR Metodologia da Pesquisa Científica Liderança, Equipe e Motivação Gestão de Pessoas e o Marketing de Serviços Planejamento Estratégico Aplicado à Gestão de Pessoas

Leia mais

Política Nacional de Saúde do Trabalhador e da Trabalhadora. Portaria GM/MS n 1.823, de 23 de agosto de 2012

Política Nacional de Saúde do Trabalhador e da Trabalhadora. Portaria GM/MS n 1.823, de 23 de agosto de 2012 Política Nacional de Saúde do Trabalhador e da Trabalhadora Portaria GM/MS n 1.823, de 23 de agosto de 2012 MARCOS LEGAIS: Constituição Federal de 1988 Art. 200 Ao SUS compete, além de outras atribuições,

Leia mais

Participação Social como Método de Governo. Secretaria-Geral da Presidência da República

Participação Social como Método de Governo. Secretaria-Geral da Presidência da República Participação Social como Método de Governo Secretaria-Geral da Presidência da República ... é importante lembrar que o destino de um país não se resume à ação de seu governo. Ele é o resultado do trabalho

Leia mais

AS RELAÇÕES GOVERNAMENTAIS NA ERA DIGITAL

AS RELAÇÕES GOVERNAMENTAIS NA ERA DIGITAL CONFIDENCIAL AS RELAÇÕES GOVERNAMENTAIS NA ERA DIGITAL ESTADO, PODER E A OPINIÃO PÚBLICA DIGITAL 1 SOBRE A BITES Fundada em 2007, BITES têm como principais diferenciais metodológicos a contextualização

Leia mais

V ENCONTRO DE TECNOLOGIA Período: 21, 22 E 23/ 10 /2014 AGENDA

V ENCONTRO DE TECNOLOGIA Período: 21, 22 E 23/ 10 /2014 AGENDA V ENCONTRO DE TECNOLOGIA Período: 21, 22 E 23/ 10 /2014 AGENDA 21/10/14 08H30 Prof. Dr. Lincoln Nogueira Marcellos Solenidade de abertura Diretor da Fatec Ipiranga 21/10/14 09H00 Leandro Silva Queiroz

Leia mais

III.4.4. Inclusão e Desenvolvimento Regional

III.4.4. Inclusão e Desenvolvimento Regional III.4.4. Inclusão e Desenvolvimento Regional UESC Missão: Formar profissionais, construir conhecimento e criar cultura fomentadora da cidadania, do desenvolvimento humano, social, econômico, artístico

Leia mais

Política, Democracia e Cidadania

Política, Democracia e Cidadania Política, Democracia e Cidadania Por um jovem brasileiro atuante Por Floriano Pesaro Vereador, líder da bancada do PSDB na Câmara Municipal de São Paulo. Natural de São Paulo, Floriano é sociólogo formado

Leia mais

PROPOSTAS PARA O ESTADO BRASILEIRO - NÍVEIS FEDERAL, ESTADUAL E MUNICIPAL

PROPOSTAS PARA O ESTADO BRASILEIRO - NÍVEIS FEDERAL, ESTADUAL E MUNICIPAL PROPOSTAS PARA O ESTADO BRASILEIRO - NÍVEIS FEDERAL, ESTADUAL E MUNICIPAL MEDIDAS CONCRETAS PARA O ENFRENTAMENTO DA VIOLÊNCIA CONTRA A MULHER NO ÂMBITO DOMÉSTICO/FAMILIAR A presente Matriz insere-se no

Leia mais

FICHA PROJETO - nº 072-MA

FICHA PROJETO - nº 072-MA FICHA PROJETO - nº 072-MA Mata Atlântica Grande Projeto TÍTULO: Vereda do Desenvolvimento Sustentável da Comunidade de Canoas: um Projeto Demonstrativo da Conservação da Mata Atlântica. 2) MUNICÍPIOS DE

Leia mais

Plano de Trabalho e Projeto Político-Pedagógico da Escola Legislativa de Araras

Plano de Trabalho e Projeto Político-Pedagógico da Escola Legislativa de Araras Plano de Trabalho e Projeto Político-Pedagógico da Escola Legislativa de Araras 1. Introdução O Projeto Político-Pedagógico da Escola Legislativa de Araras foi idealizado pelo Conselho Gestor da Escola,

Leia mais

TEXTO BASE PARA UM POLÍTICA NACIONAL NO ÂMBITO DA EDUCAÇÃO PATRIMONIAL

TEXTO BASE PARA UM POLÍTICA NACIONAL NO ÂMBITO DA EDUCAÇÃO PATRIMONIAL TEXTO BASE PARA UM POLÍTICA NACIONAL NO ÂMBITO DA EDUCAÇÃO PATRIMONIAL Eixos Temáticos, Diretrizes e Ações Documento final do II Encontro Nacional de Educação Patrimonial (Ouro Preto - MG, 17 a 21 de julho

Leia mais

O Papel do Sistema CFA/CRAs na Construção da Qualidade do Ensino de Administração

O Papel do Sistema CFA/CRAs na Construção da Qualidade do Ensino de Administração Conselho Federal de Administração Câmara de Formação Profissional O Papel do Sistema /CRAs na Construção da Qualidade do Ensino de Administração Prof. Lúcio Mariano Albuquerque Melo adm.luciomelo@gmail.com

Leia mais

Área de Comunicação. Tecnologia em. Produção Multimídia

Área de Comunicação. Tecnologia em. Produção Multimídia Área de Comunicação Produção Multimídia Curta Duração Produção Multimídia Carreira em Produção Multimídia O curso superior de Produção Multimídia da FIAM FAAM forma profissionais preparados para o mercado

Leia mais

Programa Rede A PARCERIA CFC E SEBRAE: EDUCAÇÃO EMPREENDEDORA EM RESPONSABILIDADE PROFISSIONAL E SOCIAL

Programa Rede A PARCERIA CFC E SEBRAE: EDUCAÇÃO EMPREENDEDORA EM RESPONSABILIDADE PROFISSIONAL E SOCIAL Programa Rede A PARCERIA CFC E SEBRAE: EDUCAÇÃO EMPREENDEDORA EM RESPONSABILIDADE PROFISSIONAL E SOCIAL JUSTIFICATIVA A experiência na implementação da primeira versão do Programa Contabilizando o Sucesso

Leia mais

Estratégia de fortalecimento dos Pequenos Negócios Maria Aparecida Bogado

Estratégia de fortalecimento dos Pequenos Negócios Maria Aparecida Bogado Estratégia de fortalecimento dos Pequenos Negócios Maria Aparecida Bogado Consultor Sebrae Nacional PARCERIAS MPOG - Ministério do Planejamento Orçamento e Gestão/SLTI CONSAD Conselho Nacional de Secretários

Leia mais

APRESENTAÇÃO INSTITUCIONAL. 15/09/2015 www.palestramos.com.br 1

APRESENTAÇÃO INSTITUCIONAL. 15/09/2015 www.palestramos.com.br 1 APRESENTAÇÃO INSTITUCIONAL 15/09/2015 www.palestramos.com.br 1 EMPRESA A PalestRamos está pronta para atender todas as suas necessidades na gestão de profissionais e equipes. Com mais de 5 anos de atuação

Leia mais

Judiciário e Políticas Públicas ESCOLA DE DIREITO DE SÃO PAULO DA FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS 2º SEMESTRE DE 2013

Judiciário e Políticas Públicas ESCOLA DE DIREITO DE SÃO PAULO DA FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS 2º SEMESTRE DE 2013 Judiciário e Políticas Públicas ESCOLA DE DIREITO DE SÃO PAULO DA FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS 2º SEMESTRE DE 2013 FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS A Fundação Getulio Vargas (FGV) deu início a suas atividades em 1944

Leia mais

C u r r i c u l u m V i t a e

C u r r i c u l u m V i t a e 1 R e s u m o Wandergell Lins Fernandes Leiroza, brasileiro, advogado, 48 anos de idade, graduado na Universidade Gama Filho (Rio de Janeiro) onde alcançou o grau de Bacharel em Direito. É pós graduado

Leia mais

COLEGIO BRASILEIRO DE CIÊNCIAS DO ESPORTE SECRETARIA ESTADUAL DO ESPÍRITO SANTO ELEIÇÕES, BIÊNIO 2015-2017 CARTA PROGRAMA

COLEGIO BRASILEIRO DE CIÊNCIAS DO ESPORTE SECRETARIA ESTADUAL DO ESPÍRITO SANTO ELEIÇÕES, BIÊNIO 2015-2017 CARTA PROGRAMA COLEGIO BRASILEIRO DE CIÊNCIAS DO ESPORTE SECRETARIA ESTADUAL DO ESPÍRITO SANTO ELEIÇÕES, BIÊNIO 2015-2017 CARTA PROGRAMA A chapa Consolidando Ações que se apresenta à comunidade acadêmica da Educação

Leia mais

Inovação. no Estado de São Paulo. Políticas Públicas para a promoção da Ciência, Tecnologia e

Inovação. no Estado de São Paulo. Políticas Públicas para a promoção da Ciência, Tecnologia e Políticas Públicas para a promoção da Ciência, Tecnologia e no Estado de São Paulo Inovação Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia Subsecretaria de Ciência e Tecnologia Vantagens

Leia mais

Identificação Contratação de consultoria pessoa física para desempenhar a função de Gerente de Projetos Pleno.

Identificação Contratação de consultoria pessoa física para desempenhar a função de Gerente de Projetos Pleno. TERMO DE REFERÊNCIA nº 030/2012 Responsável: Fábio Leite Setor: Unidade de Gestão de Programas Rio de Janeiro, 10 de julho de 2012. Identificação Contratação de consultoria pessoa física para desempenhar

Leia mais

CONSELHEIROS EFETIVOS (2016-218)

CONSELHEIROS EFETIVOS (2016-218) Chapa: TRABALHANDO SEMPRE CONSELHEIROS EFETIVOS (2016-218) ANA CLÁUDIA ARRUDA LAPROVÍTERA SEBRAE É doutora em Desenvolvimento Urbano MDU/UFPE e mestre em Economia pela Universidade Federal de Minas Gerais-

Leia mais

SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO. Missão

SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO. Missão SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO Curso: Gestão Ambiental campus Angra Missão O Curso Superior de Tecnologia em Gestão Ambiental da Universidade Estácio de Sá tem por missão a formação de Gestores Ambientais

Leia mais

PROGRAMA CIDADES SUSTENTÁVEIS

PROGRAMA CIDADES SUSTENTÁVEIS PROGRAMA CIDADES SUSTENTÁVEIS 2014 1 Índice 1. Contexto... 3 2. O Programa Cidades Sustentáveis (PCS)... 3 3. Iniciativas para 2014... 5 4. Recursos Financeiros... 9 5. Contrapartidas... 9 2 1. Contexto

Leia mais

Programa Pará: Trabalho e Empreendedorismo da Mulher. - Assistente Técnico Local -

Programa Pará: Trabalho e Empreendedorismo da Mulher. - Assistente Técnico Local - Programa Pará: Trabalho e Empreendedorismo da Mulher - Assistente Técnico Local - No âmbito do Programa Pará - Trabalho e Empreendedorismo da Mulher, conveniado com a Secretaria Especial de Políticas para

Leia mais

SEMINÁRIO SISTEMA INTERMUNICIPAL DE CAPACITAÇÃO EM PLANEJAMENTO E GESTÃO LOCAL PARTICIPATIVA PORTO ALEGRE - 21 A 23 DE NOVEMBRO/2007

SEMINÁRIO SISTEMA INTERMUNICIPAL DE CAPACITAÇÃO EM PLANEJAMENTO E GESTÃO LOCAL PARTICIPATIVA PORTO ALEGRE - 21 A 23 DE NOVEMBRO/2007 SEMINÁRIO SISTEMA INTERMUNICIPAL DE CAPACITAÇÃO EM PLANEJAMENTO E GESTÃO LOCAL PARTICIPATIVA PORTO ALEGRE - 21 A 23 DE NOVEMBRO/2007 Informações gerais da cidade Ofertas de capacitação Demandas de capacitação

Leia mais

Departamento de Educação Ambiental Secretaria de Articulação Institucional e Cidadania Ambiental Ministério do Meio Ambiente EDUCAÇÃO AMBIENTAL

Departamento de Educação Ambiental Secretaria de Articulação Institucional e Cidadania Ambiental Ministério do Meio Ambiente EDUCAÇÃO AMBIENTAL Departamento de Educação Ambiental Secretaria de Articulação Institucional e Cidadania Ambiental Ministério do Meio Ambiente EDUCAÇÃO AMBIENTAL CONJUNTURA - Degradação ambiental / mudanças climáticas -

Leia mais

O papel do Ministério Público na Implementação da Política Nacional de Resíduos Sólidos

O papel do Ministério Público na Implementação da Política Nacional de Resíduos Sólidos PROGRAMAÇÃO ETAPA BELÉM 18 DE SETEMBRO DE 2014 O papel do Ministério Público na Implementação da Política Nacional de Resíduos Sólidos Raimundo Moraes Ministério Público do Pará CONFERÊNCIA DAS NAÇÕES

Leia mais

Encontros Estaduais/Regionais_2015 Pautas nacionais do OSB

Encontros Estaduais/Regionais_2015 Pautas nacionais do OSB Encontros Estaduais/Regionais_2015 Pautas nacionais do OSB 4 eixos de atuação da Rede OSB Licitações Cargos em Comissão Convênios Obras Processos Estoques Câmara Municipal 1- Gestão Pública 2- Educação

Leia mais

Ana Lúcia Vitale Torkomian. Secretária Adjunta de Desenvolvimento Tecnológico e Inovação do Ministério da Ciência e Tecnologia

Ana Lúcia Vitale Torkomian. Secretária Adjunta de Desenvolvimento Tecnológico e Inovação do Ministério da Ciência e Tecnologia Sessão Plenária 5: Programas Nacionais de Estímulo e Apoio às Incubadoras de Empresas e Parques Tecnológicos Ana Lúcia Vitale Torkomian Secretária Adjunta de Desenvolvimento Tecnológico e Inovação do Ministério

Leia mais

Curso de Gestão de Campanhas Eleitorais

Curso de Gestão de Campanhas Eleitorais Curso de Gestão de Campanhas Eleitorais A política e as formas de fazer campanha evoluíram muito nas últimas décadas. Hoje, com a crescente complexidade do cenário social, econômico e político, requer-se

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO DE PESSOAL Nº 254/2014

EDITAL DE SELEÇÃO DE PESSOAL Nº 254/2014 EDITAL DE SELEÇÃO DE PESSOAL Nº 254/2014 O Presidente do Instituto Pauline Reichstul-IPR, torna público que receberá inscrições para o processo seletivo de pessoal para atuação no projeto Ações Integradas

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA DADOS DA CONSULTORIA

TERMO DE REFERÊNCIA DADOS DA CONSULTORIA TERMO DE REFERÊNCIA DADOS DA CONSULTORIA Função no Projeto: Contratação de consultoria especializada para desenvolver e implementar estratégias de impacto e sustentabilidade da Campanha Coração Azul no

Leia mais

EXPOSIÇÃO DE MOTIVOS

EXPOSIÇÃO DE MOTIVOS EXPOSIÇÃO DE MOTIVOS O presente Projeto de Lei tem por objetivo a concessão do título honorífico de Cidadão Emérito de Porto Alegre ao senhor Léo Voigt, nos termos da Lei nº 9.659, de 22 de dezembro de

Leia mais

Oportunidades Rumo à Rio + 20

Oportunidades Rumo à Rio + 20 Seminário 02 Economia verde na Amazônia: Desafios e Oportunidades Rumo à Rio + 20 (Versão 24/10/2011) Objetivo: Analisar as oportunidades e os desafios para a economia verde e debater o atual modelo de

Leia mais

TERMO DE REFERENCIA Nº 04

TERMO DE REFERENCIA Nº 04 TERMO DE REFERENCIA Nº 04 CONTRATAÇÃO DE CONSULTORIA PARA APOIO NA ELABORAÇÃO DE PRODUTO REFERENTE À AÇÃO 02 DO PROJETO OBSERVATÓRIO LITORAL SUSTENTÁVEL - INSTITUTO PÓLIS EM PARCERIA COM A PETROBRAS. Perfil:

Leia mais

Em busca da sustentabilidade na gestão do saneamento: instrumentos de planejamento

Em busca da sustentabilidade na gestão do saneamento: instrumentos de planejamento Em busca da sustentabilidade na gestão do saneamento: instrumentos de planejamento Marcelo de Paula Neves Lelis Gerente de Projetos Secretaria Nacional de Saneamento Ambiental Ministério das Cidades Planejamento

Leia mais

Prefeitura da Estância Turística de Embu Governo da Cidade de Embu das Artes Estado de São Paulo

Prefeitura da Estância Turística de Embu Governo da Cidade de Embu das Artes Estado de São Paulo Paulo Giannini É casado e tem três filhos. Chegou ao Embu em 1974, no Parque Pirajuçara, onde reside até hoje. É metalúrgico torneiro ferramenteiro, área em que atuou até 1979. Militou nas Comunidades

Leia mais

PROJETOS ÁREA COMUNICAÇÃO

PROJETOS ÁREA COMUNICAÇÃO Comunicação Christina Ferraz Musse estratégica Comunicação Social para grupos de economia popular solidária de Juiz de Fora e região (Núcleo de Comunicação Social da INTECOOP/ UFJF) Website da Liga Acadêmica

Leia mais

PROJETO SEMEANDO SUSTENTABILIDADE EDITAL DE SELEÇÃO PARA O V CURSO GEOTECNOLOGIA APLICADA À GESTÃO E ORDENAMENTO TERRITORIAL

PROJETO SEMEANDO SUSTENTABILIDADE EDITAL DE SELEÇÃO PARA O V CURSO GEOTECNOLOGIA APLICADA À GESTÃO E ORDENAMENTO TERRITORIAL PROJETO SEMEANDO SUSTENTABILIDADE EDITAL DE SELEÇÃO PARA O V CURSO GEOTECNOLOGIA APLICADA À GESTÃO E ORDENAMENTO TERRITORIAL Porto Velho/RO 20 a 22 de março de 2014 INSCRIÇÕES ATÉ O DIA 10/03/2014 Porto

Leia mais

Visa, como objetivo final, a promoção do desenvolvimento sustentável da região.

Visa, como objetivo final, a promoção do desenvolvimento sustentável da região. Agenda 21 Comperj Iniciativa voluntária de relacionamento da Petrobras para contribuir para que o investimento na região retorne para a população, fomentando a formação de capital social e participação

Leia mais

MARCELO LIMA DOS ANJOS

MARCELO LIMA DOS ANJOS MARCELO LIMA DOS ANJOS CRA DF nº 60603 Tel: (61) 9913-5433 marcelolimaa@gmail.com / marcelolima@unb.br FORMAÇÃO ACADÊMICA Doutorando em Negócios e Direito Internacional UNEATLANTICO / ES Mestre Ciências

Leia mais

RELATÓRIO DE COMUNICAÇÃO E ENGAJAMENTO COE INSTITUTO BRASILEIRO DE PESQUISA E GESTÃO DE CARBONO CO2 ZERO

RELATÓRIO DE COMUNICAÇÃO E ENGAJAMENTO COE INSTITUTO BRASILEIRO DE PESQUISA E GESTÃO DE CARBONO CO2 ZERO RELATÓRIO DE COMUNICAÇÃO E ENGAJAMENTO COE INSTITUTO BRASILEIRO DE PESQUISA E GESTÃO DE CARBONO CO2 ZERO DECLARAÇÃO DE APOIO CONTÍNUO DO DIRETOR PRESIDENTE Brasília-DF, 29 de outubro de 2015 Para as partes

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO - REDES DA MARÉ Nº 01/2012

EDITAL DE SELEÇÃO - REDES DA MARÉ Nº 01/2012 EDITAL DE SELEÇÃO - REDES DA MARÉ Nº 01/2012 A Redes da Maré seleciona tecedores para o Programa Criança Petrobras (PCP) na Maré. Antes de se candidatar, conheça bem os valores e atuação da instituição.

Leia mais

CEPPG Coordenação de Extensão, Pesquisa e Pós Graduação 1

CEPPG Coordenação de Extensão, Pesquisa e Pós Graduação 1 1 Nome do curso: Área: O Curso: Objetivos: Diferenciais: Público Alvo: Ementa Disciplinas MBA EM GESTÃO DE NEGÓCIOS EM TURISMO: EVENTOS, LAZER, VIAGENS E HOTELARIA. Ciências Sociais O curso foi desenvolvido

Leia mais

O ECONOMISTA Fundamental em qualquer empresa por quê?

O ECONOMISTA Fundamental em qualquer empresa por quê? O profissional mais estratégico que a empresa precisa ter: O ECONOMISTA Fundamental em qualquer empresa por quê? Diagnostica. Avalia. Cria. Planeja. Resolve. O Economista é um profissional imprescindível

Leia mais

PROTEÇÃO INTEGRAL EM REDES SOCIAIS

PROTEÇÃO INTEGRAL EM REDES SOCIAIS PROTEÇÃO INTEGRAL EM REDES SOCIAIS ENCONTRO DE GRUPOS REGIONAIS DE ARTICULAÇÃO- ABRIGOS - SÃO PAULO O QUE É UMA REDE DE PROTEÇÃO SOCIAL? sistemas organizacionais capazes de reunir indivíduos e instituições,

Leia mais

Objetivos Consolidar uma política garantidora de direitos Reduzir ainda mais a desigualdade social

Objetivos Consolidar uma política garantidora de direitos Reduzir ainda mais a desigualdade social AGENDA SOCIAL AGENDA SOCIAL Estamos lutando por um Brasil sem pobreza, sem privilégios, sem discriminações. Um país de oportunidades para todos. A melhor forma para um país crescer é fazer que cada vez

Leia mais

Perfil do Curso. O Mercado de Trabalho

Perfil do Curso. O Mercado de Trabalho Perfil do Curso É o gerenciamento dos recursos humanos, materiais e financeiros de uma organização. O administrador é o profissional responsável pelo planejamento das estratégias e pelo gerenciamento do

Leia mais