Política de Uso de Táxi. Novembro/2015

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Política de Uso de Táxi. Novembro/2015"

Transcrição

1 1 Política de Uso de Táxi Novembro/2015

2 2 SUMÁRIO 03 Objetivo 03 Abrangência 03 Definições Gerais 04 Papéis e Responsabilidades 05 Considerações

3 3 1. Objetivo: Estabelecer os procedimentos e diretrizes relativos à utilização de táxi pelos profissionais da empresa. 2. Abrangência: Todos os profissionais da empresa que utilizam serviços de táxi para serviços externos ou viagens. 3. Definições Gerais: A FSB trabalha em parceria com algumas empresas de táxi e os profissionais devem fazer uso das empresas de táxi parceiras. Consulte a administração local de cada escritório para informações sobre os procedimentos relativos a Táxis. Os profissionais devem usar o serviço de pagamento eletrônico do Easy Taxi Corporativo. Não serão feitos mais reembolsos de táxi avulsos. Apenas em casos excepcionais, que forem justificados e mediantes a aprovação. Os profissionais devem sempre preencher corretamente no aplicativo o cliente responsável e a justificativa da corrida. o No caso do uso de táxi em viagens, o profissional deve informar na justificativa que é uma viagem para atender o cliente. Alguns clientes reembolsam apenas táxis em viagem, por isso a importância da informação. Para o profissional ter acesso ao sistema de serviço de táxi, será necessário solicitar ao seu gestor e, se autorizado, que faça, com cópia ao gestor, um pedido de cadastro ao financeiro local. O financeiro local então será responsável pelo cadastro e por enviar as instruções de uso. Os núcleos terão orçamentos mensais, não acumulativos, para serem gastos com táxi. Passando desse limite, o sistema bloqueará e não será mais possível solicitar táxi até o próximo mês. Necessidades especiais que justifiquem a flexibilização desse limite devem ser tratadas com o Sócio Administrativo e serão examinadas individualmente. Os Diretores de Operações serão informados semanalmente dos status de gastos dos núcleos de suas filiais através de relatório encaminhado por . Estagiários e prestadores de serviço (PJ) não estão autorizados a serem cadastrados no serviço de sistema de táxi de pagamento eletrônico da empresa. Casos específicos deverão ser tratados individualmente com o Sócio Diretor Executivo.

4 4 Reuniões Externas Os profissionais devem sempre comunicar e solicitar ao gestor imediato sobre toda e qualquer necessidade de utilização de táxi. Antes de solicitar um taxi, os profissionais devem verificar se existem outras pessoas na empresa indo para destinos parecidos para minimizar os custos. A responsabilidade da FSB é pelo transporte do escritório para o local da prestação de serviço (reunião, acompanhamento, almoço, coletiva, etc.) e pelo retorno ao escritório. Caso haja uma necessidade específica, a mesma deverá ser validada previamente pelo Sócio Diretor Executivo. Uso de táxi noturno custo FSB Para a segurança de todos os profissionais, a FSB faculta o uso de táxis após as 21h30 (vinte e uma horas e trinta minutos). Neste caso, use sempre a empresa eletrônica parceira da FSB e informe ao seu gestor por justificando o motivo da saída após o horário. É necessário escrever no campo de justificativa do aplicativo Easy Taxi quem foi o gestor que autorizou a utilização do mesmo. Reembolso O pedido de reembolso apenas está permitido para aqueles casos de uso de táxi em localidades onde não há serviço do Easy Taxi Corporativo. A Base de atendimento do serviço pode ser vista em anexo. 4. Papéis e Responsabilidades: Gestores e Diretores Estar sempre ciente sobre o uso de táxi para deslocamento dos seus funcionários. Apenas autorizar corridas que sejam de fato necessárias. Receber os relatórios mensais e atestar as despesas efetuadas pela sua área. Responsáveis pela Gestão: Informar semanalmente aos Diretores de Operações os custos de táxi dos núcleos das respectivas filiais. Atuar como fiscalizador da utilização de táxi da empresa, tomando sempre que necessário às medidas administrativas cabíveis.

5 5 Processos e Conformidade: Fazer auditorias mensais para verificar gastos abusivos e fora da política da empresa. Informar mensalmente aos sócios os custos de táxi dos núcleos e, eventuais, situações extraordinárias. 5. Considerações: Não se deve utilizar táxi da empresa para fins particulares. Caso ocorra, o profissional irá reembolsar imediatamente a empresa. Nunca deixe o táxi esperando, pois o taxímetro está rodando, mesmo com o carro parado. Casos em que isso ocorrer e não houver justificativa, a empresa poderá cobrar reembolso do profissional. A utilização para longas distâncias não é permitida. Para utilização de transporte para outros municípios, consulte o departamento administrativo para ajudá-lo na melhor opção de transporte. Nesses casos os profissionais devem usar outros meios de transporte e depois solicitar reembolso desde que o Diretor esteja ciente e autoriza previamente. As corridas são mensalmente analisadas pela área de Processos e Conformidade e qualquer profissional está passível de ter que justificar uma corrida quando necessário. Casos omissos nessa política serão tratados individualmente.

6 6 RIO DE JANEIRO IPANEMA Rua Visconde de Pirajá, 547 3º andar CEP tel fax CENTRO Rua São José, 70 8º andar CEP tel/fax SÃO PAULO Rua Pedroso Alvarenga, 900 4º, 6º, 7º, 8º e 11º andares Itaim Bibi CEP tel/fax BRASÍLIA SHS Quadra 6, bloco E conj. A sala 704 Ed. Business Center Park

Manual de Processo Compras. Processos e Conformidade. Junho/2015 03/06/2015 1

Manual de Processo Compras. Processos e Conformidade. Junho/2015 03/06/2015 1 Manual de Processo Compras Processos e Conformidade Junho/2015 03/06/2015 1 SUMÁRIO 03 Objetivo 03 Abrangência 04 Desenho 05 Passo a passo 08 Funções e Responsabilidades 03/06/2015 2 1. OBJETIVO Definir

Leia mais

Unidade: Centro de Educação a Distância MANUAL DE PROCEDIMENTOS Nº: Manual de Instruçao - Autorizar Liberação de ValoresAutorizar Liberação de Valores

Unidade: Centro de Educação a Distância MANUAL DE PROCEDIMENTOS Nº: Manual de Instruçao - Autorizar Liberação de ValoresAutorizar Liberação de Valores 1/15 ESTA FOLHA ÍNDICE INDICA EM QUE REVISÃO ESTÁ CADA FOLHA NA EMISSÃO CITADA FL/R. 0 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 FL/R. 0 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 01 26 02 27 03 28 04 29 05 30 06 31 07 32 08 33

Leia mais

Procedimentos para Viagens

Procedimentos para Viagens Outubro/2015 Brasal Presidente: Dr. Osório Adriano Filho Vice Presidente: Osório Adriano Neto Centro Corporativo Diretor Corporativo Financeiro Wendell Maurício Brasal Refrigerantes S/A Diretor Geral:

Leia mais

Universidade Estadual de Santa Cruz - UESC. Programa de Pós-Graduação em Ciência Animal RESOLUÇÃO PPGCA Nº 10/2014

Universidade Estadual de Santa Cruz - UESC. Programa de Pós-Graduação em Ciência Animal RESOLUÇÃO PPGCA Nº 10/2014 Universidade Estadual de Santa Cruz - UESC Programa de Pós-Graduação em Ciência Animal RESOLUÇÃO PPGCA Nº 10/2014 A coordenadora do Programa de Pós-Graduação em Ciência Animal (PPGCA) da Universidade Estadual

Leia mais

Empregador WEB. Cadastramento do Requerimento do Seguro-desemprego

Empregador WEB. Cadastramento do Requerimento do Seguro-desemprego Empregador WEB Cadastramento do Requerimento do Seguro-desemprego O que é Empregador WEB? É um aplicativo online, acessível a partir do Portal Mais Emprego para preenchimento de requerimento do Seguro-Desemprego

Leia mais

POLÍTICA E PROCEDIMENTOS DESPESAS DIVERSAS E DE VIAGEM

POLÍTICA E PROCEDIMENTOS DESPESAS DIVERSAS E DE VIAGEM POLÍTICA E PROCEDIMENTOS DESPESAS DIVERSAS E DE VIAGEM Finalidade Estabelecer procedimentos para o reembolso consistente de despesas comerciais de colaboradores incorridas em nome da WMCCANN, empresa do

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DE PERNAMBUCO SUPERINTENDÊNCIA DE GESTÃO E DESENVOLVIMENTO DE PESSOAS EDITAL 02/2016 - SUGEP

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DE PERNAMBUCO SUPERINTENDÊNCIA DE GESTÃO E DESENVOLVIMENTO DE PESSOAS EDITAL 02/2016 - SUGEP MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DE PERNAMBUCO SUPERINTENDÊNCIA DE GESTÃO E DESENVOLVIMENTO DE PESSOAS EDITAL 02/2016 - SUGEP A Superintendência de Gestão e Desenvolvimento de Pessoas

Leia mais

Termo de compromisso do bolsista de iniciação à docência

Termo de compromisso do bolsista de iniciação à docência Anexo IV Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência Pibid Termo de compromisso do bolsista de iniciação à docência A nomenclatura a seguir será utilizada no presente instrumento: Bolsista

Leia mais

VALEC: Desenvolvimento Sustentável para o Cerrado Brasileiro 1º CADERNO DE PERGUNTAS E RESPOSTAS EDITAL PREGÃO N.º 020/2008

VALEC: Desenvolvimento Sustentável para o Cerrado Brasileiro 1º CADERNO DE PERGUNTAS E RESPOSTAS EDITAL PREGÃO N.º 020/2008 1º CADERNO DE PERGUNTAS E RESPOSTAS EDITAL PREGÃO N.º 020/2008 1) A VALEC já firmou algum contrato de assistência odontológica? RESPOSTA: Sim. 2) Sendo a resposta positiva perguntamos: a. Qual a operadora?

Leia mais

PROCEDIMENTOS DE OUVIDORIA]

PROCEDIMENTOS DE OUVIDORIA] 2013 CONSÓRCIO UNILANCE TRIXX CONSULTING [MANUAL DE NORMAS E PROCEDIMENTOS DE OUVIDORIA] De forma a atender aos procedimentos de controle e Direção, bem como agir de acordo com a legislação o Consórcio

Leia mais

ORIENTAÇÕES PARA SOLICITAÇÃO DE DIÁRIAS E PASSAGENS NO SCDP VIAGENS INTERNACIONAIS

ORIENTAÇÕES PARA SOLICITAÇÃO DE DIÁRIAS E PASSAGENS NO SCDP VIAGENS INTERNACIONAIS ORIENTAÇÕES PARA SOLICITAÇÃO DE DIÁRIAS E PASSAGENS NO SCDP VIAGENS INTERNACIONAIS OBJETIVO Estas instruções foram elaboradas com o objetivo de orientar os servidores, docentes e técnico-administrativos,

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÕES DE SERVIÇOS DE ODONTOLOGIA

MANUAL DE INSTRUÇÕES DE SERVIÇOS DE ODONTOLOGIA MANUAL DE INSTRUÇÕES DE SERVIÇOS DE ODONTOLOGIA 1 NORMAS GERAIS DE ATENDIMENTO OBJETIVO Orientar os recursos credenciados no atendimento prestado aos usuários da Mogidonto e seus dependentes. 1. Cartão

Leia mais

MANUAL HAE - WEB MANUAL WEB HAE

MANUAL HAE - WEB MANUAL WEB HAE MANUAL HAE - WEB MANUAL WEB HAE PROJETO HAE - WEB www.cpscetec.com.br/hae *NÃO DEVERÃO ser lançados os projetos de Coordenação de Curso, Responsável por Laboratório, Coordenação de Projetos Responsável

Leia mais

Treinamento Hospital

Treinamento Hospital Treinamento Hospital O que é o Projeto SGU? É o projeto de implantação do sistema de gestão de planos de saúde - SGU (Sistema de Gestão Unimed) que irá substituir o Top Saúde. O Módulo SGU-Card é um sistema

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL. a partir de. 11/jan

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL. a partir de. 11/jan UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL 2016 a partir de 11/jan UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO PROGRAMA DE FOMENTO À EXTENSÃO EDIÇÃO 2016 A PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO

Leia mais

Procedimento Operacional FUNDO FIXO DE CAIXA. Este procedimento estabelece as diretrizes que regulamentam a utilização e prestação de contas do

Procedimento Operacional FUNDO FIXO DE CAIXA. Este procedimento estabelece as diretrizes que regulamentam a utilização e prestação de contas do Companhia de Informática de Jundiaí CIJUN Procedimento Operacional FUNDO FIXO DE CAIXA Responsável: Diretoria Administrativa Financeira 1. OBJETIVO Este procedimento estabelece as diretrizes que regulamentam

Leia mais

PORTARIA DO MINISTÉRIO DO TRABALHO E EMPREGO - MTE Nº 723 DE 23 de abril de 2012

PORTARIA DO MINISTÉRIO DO TRABALHO E EMPREGO - MTE Nº 723 DE 23 de abril de 2012 PORTARIA DO MINISTÉRIO DO TRABALHO E EMPREGO - MTE Nº 723 DE 23 de abril de 2012 O MINISTRO DE ESTADO DO TRABALHO E EMPREGO - INTERINO, no uso das atribuições que lhe confere o inciso II do parágrafo único

Leia mais

EDITAL Nº 04/ PPGE

EDITAL Nº 04/ PPGE EDITAL Nº 04/2017 - PPGE PARTICIPAÇÃO DOCENTE EM EVENTOS CIENTÍFICOS/VISITA TÉCNICA O Programa de Pós-Graduação em Economia (PPGE), da Universidade Federal de Juiz de Fora, torna pública a abertura das

Leia mais

Apresentação Voucher Eletrônico

Apresentação Voucher Eletrônico Apresentação Voucher Eletrônico MSO EMPRESA DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS PARA TAXISTA LTDA. Avenida Eduardo Ribeiro nº520 Edificio Manaus Shopping Center, 6º andar, sala 601. CNPJ: 03.000.770.0001/22 Voucher

Leia mais

UNIMED LITORAL MANUAL DE PROCESSOS E SISTEMAS DE INFORMAÇÃO

UNIMED LITORAL MANUAL DE PROCESSOS E SISTEMAS DE INFORMAÇÃO UNIMED LITORAL MANUAL DE PROCESSOS E SISTEMAS DE INFORMAÇÃO MANUAL PORTAL UNIMED AUTORIZAÇÃO Site: www.unimedlitoral.com.br/planodesaude A senha e login será sempre o CPF do Médico Desenvolvido por: Larissa

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO CARIRI PRÓ-REITORIA DE ENSINO PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO

UNIVERSIDADE FEDERAL DO CARIRI PRÓ-REITORIA DE ENSINO PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO CARIRI PRÓ-REITORIA DE ENSINO PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO EDITAL N 01/2015/PROEN-PROEX/UFCA PROGRAMA DE INTEGRAÇÃO DE ENSINO E EXTENSÃO PEEX As Pró Reitorias de Ensino e Extensão da

Leia mais

1. CARTÃO CORPORATIVO CITI BUSINESS

1. CARTÃO CORPORATIVO CITI BUSINESS GUIA DE BOLSO CARTÃO CORPORATIVO CITI BUSINESS 1. CARTÃO CORPORATIVO CITI BUSINESS O cartão corporativo Citi Business é um meio de pagamento que tem por objetivo gerenciar os gastos com viagens de negócios

Leia mais

ORDEM DE SERVIÇO Nº 007.2/2008

ORDEM DE SERVIÇO Nº 007.2/2008 1/6 DIRETORIA DE SAÚDE GABINETE ORDEM DE SERVIÇO Nº 007.2/2008 Dispõe sobre a implantação das regras de pré-auditoria eletrônica das contas e serviços auxiliares de diagnóstico e terapia (SADT). O DIRETOR

Leia mais

MANUAL DE PESSOAL. Regulamentar a concessão, fixar critérios e estabelecer procedimentos a serem observados no fornecimento de Vale-Transporte.

MANUAL DE PESSOAL. Regulamentar a concessão, fixar critérios e estabelecer procedimentos a serem observados no fornecimento de Vale-Transporte. MÓD : 25 CAP : 1 EMI: 07.03.91 10 ª ROD VIG: 27.03.91 1 MÓDULO 25: VALE-TRANSPORTE CAPÍTULO 1: APRESENTAÇÃO 1. FINALIDADE Regulamentar a concessão, fixar critérios e estabelecer procedimentos a serem observados

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO CARIRI FACULDADE DE MEDICINA NÚCLEO DE PÓS-GRADUAÇÃO PROGRAMA DE VALORIZAÇÃO DO PROFISSIONAL DA ATENÇÃO BÁSICA - PROVAB

UNIVERSIDADE FEDERAL DO CARIRI FACULDADE DE MEDICINA NÚCLEO DE PÓS-GRADUAÇÃO PROGRAMA DE VALORIZAÇÃO DO PROFISSIONAL DA ATENÇÃO BÁSICA - PROVAB UNIVERSIDADE FEDERAL DO CARIRI FACULDADE DE MEDICINA NÚCLEO DE PÓS-GRADUAÇÃO PROGRAMA DE VALORIZAÇÃO DO PROFISSIONAL DA ATENÇÃO BÁSICA - PROVAB EDITAL Nº01/2016 NÚCLEO DE PÓS-GRADUAÇÃO SELEÇÃO DE SUPERVISORES

Leia mais

MANUAL. Cartão de Pagamento do Governo Estadual e Municipal

MANUAL. Cartão de Pagamento do Governo Estadual e Municipal 1 MANUAL Cartão de Pagamento do Governo Estadual e Municipal ÍNDICE Introdução Cartão de Pagamento do Governo Estadual e Municipal Público-alvo Descrição Formalização Anuidade Finalidade Atributos Limites

Leia mais

Orientações para Solicitação de Diárias e Passagens para os Apoiadores da SESAI/MS 2014

Orientações para Solicitação de Diárias e Passagens para os Apoiadores da SESAI/MS 2014 Orientações para Solicitação de Diárias e Passagens para os Apoiadores da SESAI/MS 2014 Prazos: A solicitação de passagens e diárias deve ser encaminhada para a OPAS com, no mínimo, 16 dias úteis de antecedência

Leia mais

PREFEITURA DE BELO HORIZONTE SECRETARIA MUNICIPAL DE MEIO AMBIENTE

PREFEITURA DE BELO HORIZONTE SECRETARIA MUNICIPAL DE MEIO AMBIENTE PREFEITURA DE BELO HORIZONTE SECRETARIA MUNICIPAL DE MEIO AMBIENTE 1 Gerência de Fiscalização e Controle Ambiental A Gerência de Fiscalização e Controle Ambiental GEFA coordena as ações de Fiscalização

Leia mais

SECRETARIA DE POLÍTICAS DE PROMOÇÃO DA IGUALDADE RACIAL SECRETARIA DE PLANEJAMENTO E FORMULAÇÃO DE POLÍTICAS PROJETO BÁSICO

SECRETARIA DE POLÍTICAS DE PROMOÇÃO DA IGUALDADE RACIAL SECRETARIA DE PLANEJAMENTO E FORMULAÇÃO DE POLÍTICAS PROJETO BÁSICO 1 SECRETARIA DE POLÍTICAS DE PROMOÇÃO DA IGUALDADE RACIAL SECRETARIA DE PLANEJAMENTO E FORMULAÇÃO DE POLÍTICAS PROJETO BÁSICO 1 DO OBJETO 1.1 Aquisição de umidificadores de ar destinados a atender às demandas

Leia mais

1º O parecer do (a) Assistente Social, que deverá estar de acordo com os critérios abaixo:

1º O parecer do (a) Assistente Social, que deverá estar de acordo com os critérios abaixo: Lei 3914/2016 DISPÕE SOBRE A CRIAÇÃO DE BENEFÍCIO EVENTUAL PARA INDIVÍDUOS E FAMÍLIAS EM SITUAÇÃO DE VULNERABILIDADE, TEMPORÁRIA NO MUNICÍPIO DE BALNEÁRIO CAMBORIÚ. Prefeito Municipal de Balneário Camboriú,

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO PARA CONTRATAÇÃO EM CARÁTER TEMPORÁRIO ACT Nº. 0001 DE 02 DE JANEIRO DE 2014.

EDITAL DE SELEÇÃO PARA CONTRATAÇÃO EM CARÁTER TEMPORÁRIO ACT Nº. 0001 DE 02 DE JANEIRO DE 2014. EDITAL DE SELEÇÃO PARA CONTRATAÇÃO EM CARÁTER TEMPORÁRIO ACT Nº. 0001 DE 02 DE JANEIRO DE 2014. atribuições; O PREFEITO MUNICIPAL DE FRAIBURGO, Estado de Santa Catarina, no uso de suas FAZ SABER: Encontram-se

Leia mais

1. IDENTIFICAÇÃO FUNDAÇÃO FIAT SAÚDE E BEM ESTAR

1. IDENTIFICAÇÃO FUNDAÇÃO FIAT SAÚDE E BEM ESTAR 1 1 2 1. IDENTIFICAÇÃO FUNDAÇÃO FIAT SAÚDE E BEM ESTAR Razão Social: FUNDAÇÃO FIAT SAÚDE E BEM ESTAR CNPJ: 12.838.821/0001-80 Registro ANS: 41828-5 Inscrição Municipal: 130973/001-6 Inscrição Estadual:

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL. a partir de. 9/jan

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL. a partir de. 9/jan UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL 2017 a partir de 9/jan DATAS E PRAZOS Início do Programa de Fomento à Extensão 2017 Período de solicitação dos benefícios Período de análise e execução Pagamento

Leia mais

UTILIZAÇÃO DE SERVIÇOS DE TAXI

UTILIZAÇÃO DE SERVIÇOS DE TAXI Folha 1 de 5 Revisão Data. Conteúdo Elaborado por A 1/6/2015 Emissão inicial Roberto Couto 00 2/6/2015 Aprovação 01 3/6/2015 Feitas correções sugeridas por Luciene Roberto Couto 02 11/11/2016 Ajustes para

Leia mais

Corporativo. corporativo APRESENTAÇÃO RESERVA FÁCIL CORPORATIVO

Corporativo. corporativo APRESENTAÇÃO RESERVA FÁCIL CORPORATIVO corporativo V.10 OBTENHA MELHORES RESULTADOS E ECONOMIA COM O RESERVA FÁCIL CORPORATIVO Desenvolvido para facilitar o dia a dia de sua empresa no trabalho de busca, reserva e emissão de passagens aéreas,

Leia mais

UFT 2013. Manual de Procedimentos Suprimento de Fundos

UFT 2013. Manual de Procedimentos Suprimento de Fundos UFT 2013 Manual de Procedimentos Suprimento de Fundos UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINSPRÓ-REITORIA DE ADMINISTRAÇÃO E FINANÇAS DIRETORIA DE CONTABILIDADE E FINANÇAS - CPE Conteúdo SUPRIMENTO DE FUNDOS...

Leia mais

Rua Visconde de Inhaúma, 730 - Bairro Nova Gerty - São Caetano do Sul - SP - CEP: 09571-380 Fone/Fax: (11) 4239-2020

Rua Visconde de Inhaúma, 730 - Bairro Nova Gerty - São Caetano do Sul - SP - CEP: 09571-380 Fone/Fax: (11) 4239-2020 EDITAL PRONATEC CULTURA/FASCS 001/2015 A Fundação das Artes de São Caetano do Sul e o Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego, no uso da competência que lhe confere o artigo 11 da Resolução

Leia mais

PREÇOS DOS SERVIÇOS DE ACREDITAÇÃO DE ORGANISMOS DE CERTIFICAÇÃO E DE INSPEÇÃO

PREÇOS DOS SERVIÇOS DE ACREDITAÇÃO DE ORGANISMOS DE CERTIFICAÇÃO E DE INSPEÇÃO PREÇOS DOS SERVIÇOS DE ACREDITAÇÃO DE ORGANISMOS DE CERTIFICAÇÃO E DE INSPEÇÃO NORMA Nº: NIE-CGCRE-140 APROVADA EM DEZ/2015 Nº 01/07 SUMÁRIO 1 Objetivo 2 Campo de Aplicação 3 Responsabilidade 4 Histórico

Leia mais

RELATÓRIO SOBRE A GESTÃO DE RISCOS BANCO ABN AMRO S.A. Setembro de 2013

RELATÓRIO SOBRE A GESTÃO DE RISCOS BANCO ABN AMRO S.A. Setembro de 2013 RELATÓRIO SOBRE A GESTÃO DE RISCOS BANCO ABN AMRO S.A. Setembro de 2013 SP Rua Leopoldo Couto de Magalhães Júnior, 700, 4º andar Itaim Bibi São Paulo SP CEP: 04542000 Tel: (11) 30737400 Fax: (11) 30737404

Leia mais

UNIVERSIDADE DO ESTADO DA BAHIA - UNEB AUTORIZAÇÃO: DECRETO Nº92937/86, DOU RECONHECIMENTO: PORTARIA Nº909/95, DOU

UNIVERSIDADE DO ESTADO DA BAHIA - UNEB AUTORIZAÇÃO: DECRETO Nº92937/86, DOU RECONHECIMENTO: PORTARIA Nº909/95, DOU ANEXO 4 DO EDITAL Nº. 015\2014 TERMO DE COMPROMISSO DO PIBID UNEB CAPES Termo de compromisso do bolsista de iniciação à docência para a diversidade A nomenclatura a seguir será utilizada no presente instrumento:

Leia mais

DESCRITIVO DO RECRUTAMENTO PARA CADASTRO DE TALENTOS APRENDIZ DE ATENDIMENTO E SERVIÇOS PARA A UNIDADE DO SESC NA CIDADE DE BERTIOGA

DESCRITIVO DO RECRUTAMENTO PARA CADASTRO DE TALENTOS APRENDIZ DE ATENDIMENTO E SERVIÇOS PARA A UNIDADE DO SESC NA CIDADE DE BERTIOGA DESCRITIVO DO RECRUTAMENTO PARA CADASTRO DE TALENTOS APRENDIZ DE ATENDIMENTO E SERVIÇOS PARA A UNIDADE DO SESC NA CIDADE DE BERTIOGA O presente documento é uma divulgação oficial das condições estabelecidas

Leia mais

DOS OBJETIVOS DO PROGRAMA

DOS OBJETIVOS DO PROGRAMA REGULAMENTO PARA CONCESSÃO DE BOLSAS DO PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE GRADUAÇÃO E PÓS-GRADUAÇÃO PARA SERVIDORES TÉCNICO ADMINISTRATIVOS DA UFG PRO QUALIFICAR DOS OBJETIVOS DO PROGRAMA Art.1º. O Programa

Leia mais

Regulamento de Compras e Contratações de Serviços

Regulamento de Compras e Contratações de Serviços Regulamento de Compras e Contratações de Serviços Capítulo I INTRODUÇÃO Dos Princípios Art.1º- Este regulamento estabelece normas para a aquisição e alienação de bens e para a contratação de obras e serviços

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DO AMAPÁ CONSELHO ESTADUAL DO MEIO AMBIENTE (COEMA) RESOLUÇÃO COEMA Nº 016/09

GOVERNO DO ESTADO DO AMAPÁ CONSELHO ESTADUAL DO MEIO AMBIENTE (COEMA) RESOLUÇÃO COEMA Nº 016/09 GOVERNO DO ESTADO DO AMAPÁ CONSELHO ESTADUAL DO MEIO AMBIENTE (COEMA) 1 RESOLUÇÃO COEMA Nº 016/09 Publicada no DOE Nº. 4634 de 04/12/2009. Regulamenta as pesquisas científicas nas Unidades de Conservação

Leia mais

REGULAMENTO DE COMPRAS E CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS

REGULAMENTO DE COMPRAS E CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS REGULAMENTO DE COMPRAS E CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS INTRODUÇÃO Esse documento orienta as aquisições da Agência de Desenvolvimento e Inovação de Guarulhos, doravante denominada AGENDE, inscrita no CNPJ nº

Leia mais

MANUAL DE PROCEDIMENTO V.WEISS & CIA LTDA PROCEDIMENTO PADRÃO PARA VIAGEM A SERVIÇO ATUALIZADO: JULHO/2015 V.WEISS & CIA LTDA

MANUAL DE PROCEDIMENTO V.WEISS & CIA LTDA PROCEDIMENTO PADRÃO PARA VIAGEM A SERVIÇO ATUALIZADO: JULHO/2015 V.WEISS & CIA LTDA Julho/2015 Índice Sumário 1. Envolvidos... 3 2. Formulários Envolvidos... 3 2.1. Relatório de Solicitação de Viagem (anexo 02).... 3 2.2. Relatório de Prestação de Contas (anexo 03).... 3 3. Procedimentos...

Leia mais

EDITAL N 034/2016 Referente ao Aviso N 046/2016, publicado no D.O.E. de 15/04/2016.

EDITAL N 034/2016 Referente ao Aviso N 046/2016, publicado no D.O.E. de 15/04/2016. EDITAL N 034/2016 Referente ao Aviso N 046/2016, publicado no D.O.E. de 15/04/2016. O REITOR DA UNIVERSIDADE DO ESTADO DA BAHIA (UNEB), no uso de suas atribuições legais e regimentais, em conformidade

Leia mais

REGULAMENTAÇÃO DO PEDIDO DE CANCELAMENTO OU EXCLUSÃO DE BENEFICIÁRIOS DE PLANOS DE SAÚDE Principais Contribuições. Câmara Técnica 3ª reunião

REGULAMENTAÇÃO DO PEDIDO DE CANCELAMENTO OU EXCLUSÃO DE BENEFICIÁRIOS DE PLANOS DE SAÚDE Principais Contribuições. Câmara Técnica 3ª reunião REGULAMENTAÇÃO DO PEDIDO DE CANCELAMENTO OU EXCLUSÃO DE BENEFICIÁRIOS DE PLANOS DE SAÚDE Principais Contribuições Câmara Técnica 3ª reunião PRINCIPAIS CONTRIBUIÇÕES Entidades que enviaram contribuições

Leia mais

Manual do Participante Restricted Siemens AG 20XX All rights reserved.

Manual do Participante Restricted Siemens AG 20XX All rights reserved. Programa Ponto a Ponto Manual do Participante Page 1 BD&IM Procedimento Todos os participantes que tem acesso ao programa devem estar cientes que as informações do cadastro são confidenciais e de responsabilidade

Leia mais

NORMAS E PROCEDIMENTOS PARA REALIZAÇÃO DE VISITAS TÉCNICAS CAPÍTULO I DA ORIGEM, DEFINIÇÃO E FINALIDADES

NORMAS E PROCEDIMENTOS PARA REALIZAÇÃO DE VISITAS TÉCNICAS CAPÍTULO I DA ORIGEM, DEFINIÇÃO E FINALIDADES NORMAS E PROCEDIMENTOS PARA REALIZAÇÃO DE VISITAS TÉCNICAS CAPÍTULO I DA ORIGEM, DEFINIÇÃO E FINALIDADES Art. 1 O presente regulamento interno disciplina a organização, regulamentação e critérios para

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS SUPERINTENDÊNCIA DE INFRAESTRUTURA

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS SUPERINTENDÊNCIA DE INFRAESTRUTURA Dispõe sobre as políticas, fluxos e os procedimentos para as solicitações de serviços de manutenção predial para a DMPV. 1 DA POLÍTICA 1.1 Todas as solicitações de serviço de manutenção predial deverão

Leia mais

ROTEIRO OPERACIONAL - CONSIGNADO SETOR PÚBLICO EXECUTIVO FEDERAL SIAPE

ROTEIRO OPERACIONAL - CONSIGNADO SETOR PÚBLICO EXECUTIVO FEDERAL SIAPE 1. OPERACIONALIZAÇÃO DAS CONTRATAÇÕES E SUPORTE Filial BV Financeira Matriz São Paulo - Fone: (11) 3268-3100. 2. PÚBLICO ALVO CONFORME LEGISLAÇÃO Servidores Ativos/Inativos; Aposentados; Cedidos; Pensionistas

Leia mais

Dispõe sobre autorização de afastamento do País de servidores e empregados do Ministério da Fazenda e suas entidades vinculadas.

Dispõe sobre autorização de afastamento do País de servidores e empregados do Ministério da Fazenda e suas entidades vinculadas. PORTARIA MF Nº 160, DE 6 DE MAIO DE 2016 DOU de 09.05.2016 Dispõe sobre autorização de afastamento do País de servidores e empregados do Ministério da Fazenda e suas entidades vinculadas. O MINISTRO DE

Leia mais

Contratação de serviços gráficos

Contratação de serviços gráficos Projeto básico Contratação de serviços gráficos Secretaria de Comunicação Social Brasília Agosto de 2008 1. OBJETO DA PROPOSTA MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL Contratação de empresa especializada na prestação

Leia mais

Edital FAPEAL N o 001/2009 PROGRAMA ESPECIAL DE BOLSAS

Edital FAPEAL N o 001/2009 PROGRAMA ESPECIAL DE BOLSAS Edital FAPEAL N o 001/2009 PROGRAMA ESPECIAL DE BOLSAS A Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Alagoas FAPEAL, em parceria com a Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior CAPES,

Leia mais

EDITAL Nº 002/2011. a) Para Monitoria Remunerada 09 (nove) vagas, conforme discriminado a seguir: DISCISPLINA PROFESSOR HORÁRIO Código da turma

EDITAL Nº 002/2011. a) Para Monitoria Remunerada 09 (nove) vagas, conforme discriminado a seguir: DISCISPLINA PROFESSOR HORÁRIO Código da turma MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO PIAUÍ CENTRO DE CIÊNCIAS AGRÁRIAS Departamento de Planejamento e Política Agrícola Campus Agrícola da SOCOPO Telefone/Fax: (86) 3215-5749 Internet: www.ufpi.br

Leia mais

FACILITIES. FACILITIES Manual Integração INSERIR VÍDEO

FACILITIES. FACILITIES Manual Integração INSERIR VÍDEO FACILITIES Manual Integração FACILITIES Objetivos e Responsabilidades Gerenciar os serviços que suportam o core business (atividade fim) da empresa. Agregar valor ao negócio propondo soluções inovadoras.

Leia mais

SISTEMA DE DESEMPENHO DA NAVEGAÇÃO - SDN

SISTEMA DE DESEMPENHO DA NAVEGAÇÃO - SDN AGÊNCIA NACIONAL DE TRANSPORTES AQUAVIÁRIOS SUPERINTENDÊNCIA DE NAVEGAÇÃO INTERIOR Gerência de Desenvolvimento e Regulação da Navegação Interior SISTEMA DE DESEMPENHO DA NAVEGAÇÃO - SDN MANUAL DO USUÁRIO

Leia mais

Procedimento Operacional Padrão

Procedimento Operacional Padrão Procedimento Operacional Padrão POP/DivGP/002/2016 Capacitação Externa com Ônus Versão 1.0 DivGP Procedimento Operacional Padrão POP/DivGP/002/2016 Capacitação Externa com Ônus Versão 1.0 2016, Ebserh.

Leia mais

São Paulo, 03 de Outubro de Prezado cliente,

São Paulo, 03 de Outubro de Prezado cliente, São Paulo, 03 de Outubro de 2011. Prezado cliente, Informamos que o CMT (Consorcio Metropolitano de Transportes), que administra a emissão e comercialização do cartão eletrônico BOM, lançou no mercado

Leia mais

American Express Conta Hotel

American Express Conta Hotel American Express Conta Hotel Guia de Serviços e Benefícios. SOLUÇÃO PARA GESTÃO DE GASTOS COM HOSPEDAGENS. Bem-vindo ao American Express Conta Hotel O American Express Conta Hotel é um meio de pagamento

Leia mais

Central de Serviços- HSF Versão Junho/2014

Central de Serviços- HSF Versão Junho/2014 Central de Serviços- HSF Versão Junho/2014 São Francisco Centro de Serviços Compartilhados 1 OBJETIVO: A Central de Serviços HSF tem por objetivo a coleta e entrega de correspondências entre os setores

Leia mais

Portaria n.º 106, de 25 de fevereiro de 2015. CONSULTA PÚBLICA

Portaria n.º 106, de 25 de fevereiro de 2015. CONSULTA PÚBLICA Serviço Público Federal MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR INSTITUTO NACIONAL DE METROLOGIA, QUALIDADE E TECNOLOGIA-INMETRO Portaria n.º 106, de 25 de fevereiro de 2015. CONSULTA

Leia mais

REGULAMENTO Pontuação 2 pontos Multiplus a cada R$ 1 em compras na Fast Shop

REGULAMENTO Pontuação 2 pontos Multiplus a cada R$ 1 em compras na Fast Shop REGULAMENTO Pontuação 2 pontos Multiplus a cada R$ 1 em compras na Fast Shop Ao realizar as compras na loja virtual da Fast Shop, em www.fastshop.com.br/multiplus ( hotsite ), você aceita e concorda com

Leia mais

SECRETARIA DE ESTADO DA ADMINISTRAÇÃO E DA PREVIDÊNCIA ESCOLA DE GOVERNO DO PARANÁ CENTRAL DE ESTÁGIO

SECRETARIA DE ESTADO DA ADMINISTRAÇÃO E DA PREVIDÊNCIA ESCOLA DE GOVERNO DO PARANÁ CENTRAL DE ESTÁGIO A Lei Federal Nº 11.788/2008 em seu Art. 2 1º, determina que Estágio obrigatório é aquele definido como tal no projeto do curso, cuja carga horária é requisito para aprovação e obtenção de diploma. Para

Leia mais

SUMÁRIO 1. OBJETIVO...2 2. ABRANGÊNCIA...2

SUMÁRIO 1. OBJETIVO...2 2. ABRANGÊNCIA...2 PL RH 017 1 de 6 SUMÁRIO 1. OBJETIVO...2 2. ABRANGÊNCIA...2 3. FONTES DE RECRUTAMENTO E SELEÇÃO...2 3.1 RECRUTAMENTO INTERNO...2 3.2 RECRUTAMENTO EXTERNO...2 3.3 INDICAÇÃO...3 4. PROCEDIMENTOS...3 4.1

Leia mais

POLÍTICA DE REEMBOLSO SUMÁRIO

POLÍTICA DE REEMBOLSO SUMÁRIO POLÍTICA DE REEMBOLSO SUMÁRIO 01. OBJETIVO... 2 02. AMPLITUDE... 2 03. DIRETRIZES... 2 04. ADIANTAMENTOS... 2 05. PRESTAÇÃO DE CONTAS... 3 06. REFEIÇÕES... 4 07. DESPESAS INTERNACIONAIS... 6 08. CORREIOS

Leia mais

RESOLUÇÃO DO CONSELHO SUPERIOR Nº 48/2015, DE 9 DE NOVEMBRO DE 2015. TÍTULO I Projeto de Pesquisa - Caracterização

RESOLUÇÃO DO CONSELHO SUPERIOR Nº 48/2015, DE 9 DE NOVEMBRO DE 2015. TÍTULO I Projeto de Pesquisa - Caracterização MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO CONSELHO SUPERIOR Avenida Rio Branco, 50 Santa Lúcia 29056-255 Vitória ES 27 3227-5564 3235-1741 ramal 2003 RESOLUÇÃO DO CONSELHO SUPERIOR Nº

Leia mais

CALENDÁRIO DAS OBRIGAÇÕES DE ÓRGÃOS E ENTIDADES ESTADUAIS Exercício 2011

CALENDÁRIO DAS OBRIGAÇÕES DE ÓRGÃOS E ENTIDADES ESTADUAIS Exercício 2011 Exercício 2011 JANEIRO 17 O titular do Poder Executivo deverá enviar cópia do PPA atualizado, da LOA e da LDO juntamente com os anexos. Órgãos: deverão enviar a prestação de contas do mês de dezembro/2010.

Leia mais

Política e regras válidas a partir de 01 de Novembro de 2014.

Política e regras válidas a partir de 01 de Novembro de 2014. Informações Gerais Qual política a seguir Adiantamento de Valor para Sempre seguir a Política da Compasso, a menos que o cliente/projeto em que o profissional esteja trabalhando possua uma política específica;

Leia mais

FUNDO DE RESERVA UNIMED/ADUFG SINDICATO

FUNDO DE RESERVA UNIMED/ADUFG SINDICATO FUNDO DE RESERVA UNIMED/ADUFG SINDICATO Regulamento do Fundo de Reserva Unimed/ADUFG Sindicato Aprovado em Assembleia Geral dos usuários do Convênio ADUFG SINDICATO/UNIMED realizada em 16 de novembro de

Leia mais

CAPÍTULO XI FINANÇAS

CAPÍTULO XI FINANÇAS CAPÍTULO XI FINANÇAS A. INVESTIMENTO DOS FUNDOS DA ASSOCIAÇÃO As decisões referentes aos investimentos da associação deverão tomar como base as declarações sobre normas de investimentos para o Fundo Geral

Leia mais

ASSOCIAÇÃO PIRIPIRIENSE DE ENSINO SUPERIOR APES CHRISTUS FACULDADE DO PIAUÍ - CHRISFAPI EDITAL Nº 001/2016

ASSOCIAÇÃO PIRIPIRIENSE DE ENSINO SUPERIOR APES CHRISTUS FACULDADE DO PIAUÍ - CHRISFAPI EDITAL Nº 001/2016 ASSOCIAÇÃO PIRIPIRIENSE DE ENSINO SUPERIOR APES CHRISTUS FACULDADE DO PIAUÍ - CHRISFAPI DIRETORIA DE ENSINO EDITAL Nº 001/2016 PROCESSO SELETIVO INTERNO PARA PROJETOS DE EXTENSÃO O Núcleo de Iniciação

Leia mais

DECRETO ADMINISTRATIVO N. 388, DE 31 DE MAIO DE 2007. Publicado no Diário da Assembléia nº 1.543

DECRETO ADMINISTRATIVO N. 388, DE 31 DE MAIO DE 2007. Publicado no Diário da Assembléia nº 1.543 DECRETO ADMINISTRATIVO N. 388, DE 31 DE MAIO DE 2007. Publicado no Diário da Assembléia nº 1.543 O Presidente da Assembléia Legislativa do Estado do Tocantins, no uso de suas atribuições constitucionais,

Leia mais

Contrato de Compra e Venda

Contrato de Compra e Venda Contrato de Compra e Venda A compra de qualquer produto na loja virtual Pegolia, de propriedade da NICLO S COMERCIAL LTDA, inscrita no CNPJ/MF sob o nº. 43.372.119/0004-40, com sede na Rua Jaceru, nº 63,

Leia mais

RENOVAÇÃO DE MATRÍCULAS via Controle Acadêmico de Graduação-CAGr

RENOVAÇÃO DE MATRÍCULAS via Controle Acadêmico de Graduação-CAGr RENOVAÇÃO DE MATRÍCULAS via Controle Acadêmico de Graduação-CAGr 1º Passo: Acesso ao CAGr. 1. Acesse o CAGr por meio da página do Campus Araranguá em estudante.ufsc.br >graduação>

Leia mais

ENDEREÇO: CIDADE: ESTAD O:

ENDEREÇO: CIDADE: ESTAD O: CARTA CONVITE CONTRATAÇÃO DE SEGURO DE VIDA E ACIDENTES PESSOAIS PARA 600 BOLSISTAS Nº/ANO: 034/2001 CONVIDADO / CGC: TELEFONE / FAX: ENDEREÇO: CIDADE: ESTAD O: Convidamos Vossa Senhoria a apresentar,

Leia mais

QUESTIONAMENTO ACERCA DO EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO AA Nº 03/2014 - BNDES

QUESTIONAMENTO ACERCA DO EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO AA Nº 03/2014 - BNDES QUESTIONAMENTO ACERCA DO EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO AA Nº 03/2014 - BNDES Item 1.2 Grupo 1 do termo de referencia No grupo 1 o órgão solicita protocolo ISDN. Solicitamos que seja permitido o protocolo

Leia mais

MACROPROCESSO ADMINISTRATIVO PROCESSO MANUSEIO E APOIO LOGÍSTICO

MACROPROCESSO ADMINISTRATIVO PROCESSO MANUSEIO E APOIO LOGÍSTICO 1 de 10 MAUEIO E APOIO LOGÍTICO MACROPROCEO ADMIITRATIVO PROCEO MAUEIO E APOIO LOGÍTICO MAUEIO E APOIO LOGÍTICO 1. OBJETIVO... 2 2. ABRAGÊCIA... 2 3. DOCUMETO RELACIOADO... 2 4. PROCEDIMETO... 2 4.1 DEFIIÇÃO

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAIBA PRÓ-REITORIA DE GESTÃO DE PESSOAS PROGEP COORDENAÇÃO DE DESENVOLVIMENTO DE PESSOAS

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAIBA PRÓ-REITORIA DE GESTÃO DE PESSOAS PROGEP COORDENAÇÃO DE DESENVOLVIMENTO DE PESSOAS MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAIBA PRÓ-REITORIA DE GESTÃO DE PESSOAS PROGEP COORDENAÇÃO DE DESENVOLVIMENTO DE PESSOAS INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº. 03/2014 Estabelece os procedimentos a serem

Leia mais

GO ALINHAMENTO ESTRATÉGICO

GO ALINHAMENTO ESTRATÉGICO Versão 01 - Página 1/24 PROCESSO: Acompanhamento e controle das obras nas sedes do MP-GO PROCEDIMENTO: Acompanhamento e controle das obras nas sedes do MP- GO ALINHAMENTO ESTRATÉGICO Objetivo estratégico:

Leia mais

EDITAL Nº 01/ PPGE

EDITAL Nº 01/ PPGE EDITAL Nº 01/2017 - PPGE PARTICIPAÇÃO DISCENTE EM EVENTOS CIENTÍFICOS E ATIVIDADES DE PESQUISA NACIONAIS O Programa de Pós-Graduação em Economia (PPGE) da Universidade Federal de Juiz de Fora torna pública

Leia mais

01 - Manual de Políticas e Procedimentos 01.01 Processo aquisitivo 01.01.02 Requisição para contratação de serviços Atualizado em 16/01/2015

01 - Manual de Políticas e Procedimentos 01.01 Processo aquisitivo 01.01.02 Requisição para contratação de serviços Atualizado em 16/01/2015 Dispõe sobre as políticas, fluxos e procedimentos do processo de contração de serviços da UFAL para o ano de 2015. 1 DA POLÍTICA 1.1 Objetivos da política de compras 1.1.1 Tornar os processos de compras

Leia mais

Sumário 1) Acessando o portal prestador ) Emissão de Guias Guia de Consulta Guia de SP/SADT Guia de Solicitação de

Sumário 1) Acessando o portal prestador ) Emissão de Guias Guia de Consulta Guia de SP/SADT Guia de Solicitação de Sumário 1) Acessando o portal prestador... 3 2) Emissão de Guias... 5 2.1 Guia de Consulta... 5 2.2 Guia de SP/SADT... 8 2.3 Guia de Solicitação de internação... 11 2.4 Solicitação de prorrogação de internação...

Leia mais

Em atendimento à Audiência Pública supra citada, vimos pela presente apresentar nossas considerações sobre a minuta disponibilizada.

Em atendimento à Audiência Pública supra citada, vimos pela presente apresentar nossas considerações sobre a minuta disponibilizada. Curitiba, 15 de janeiro de 2008 Sr. José Augusto da Silva Superintendente de Mediação Administrativa Setorial Agência Nacional de Energia Elétrica - ANEEL SGAN - Quadra 603 - Módulo I 70830-030 Brasília

Leia mais

EDITAL Nº 14/2016 AUXÍLIO FINANCEIRO PARTICIPAÇÃO EM EVENTOS

EDITAL Nº 14/2016 AUXÍLIO FINANCEIRO PARTICIPAÇÃO EM EVENTOS EDITAL Nº 14/2016 AUXÍLIO FINANCEIRO PARTICIPAÇÃO EM EVENTOS Este edital dispõe sobre as normas para solicitação, concessão e utilização de auxílio financeiro para participação em eventos extracurriculares,

Leia mais

PROJETO EXECUTIVO DA CAMPANHA SUA NOTA VALE DINHEIRO

PROJETO EXECUTIVO DA CAMPANHA SUA NOTA VALE DINHEIRO PROJETO EXECUTIVO DA CAMPANHA SUA NOTA VALE DINHEIRO 1. IDENTIFICAÇÃO DA ENTIDADE (Preencher todos os campos. Caso não exista a informação, anular o campo com um traço) NOME DA ENTIDADE CÓDIGO IDENTIFICADOR

Leia mais

Gabinete do Prefeito DECRETO Nº 4049, DE 29 DE AGOSTO DE 2013.

Gabinete do Prefeito DECRETO Nº 4049, DE 29 DE AGOSTO DE 2013. 1 Gabinete do Prefeito DECRETO Nº 4049, DE 29 DE AGOSTO DE 2013. Regulamenta a Lei nº 9.322, de 25 de julho de 2013, que autoriza o Chefe do Executivo a Instituir o Programa Passe Livre Estudantil no âmbito

Leia mais

CAPÍTULO I DA NATUREZA E DOS OBJETIVOS

CAPÍTULO I DA NATUREZA E DOS OBJETIVOS REGULAMENTO DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO OBRIGATÓRIO DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO DA FACULDADE ARTHUR THOMAS CAPÍTULO I DA NATUREZA E DOS OBJETIVOS Art. 1º. Este Regulamento estabelece as políticas básicas das

Leia mais

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2006/2008

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2006/2008 ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2006/2008 Pelo presente instrumento, as partes, de um lado, o SINDICATO DOS TRABALHADORES EM EMPRESAS DE TELECOMUNICAÇÕES E OPERADORES DE MESAS TELEFÔNICAS DO ESTADO DO PARANÁ

Leia mais

Data de Vigência 31/12/2017 ÁREA EMITENTE: DIVISÃO DE SERVIÇOS DA EPPEN - OSASCO. ASSUNTO: Normas Internas para uso de veículo oficial Campus Osasco

Data de Vigência 31/12/2017 ÁREA EMITENTE: DIVISÃO DE SERVIÇOS DA EPPEN - OSASCO. ASSUNTO: Normas Internas para uso de veículo oficial Campus Osasco DSGP-POP- de OBJETIVO O objetivo deste procedimento é estabelecer critérios para atender a demanda de viagens para participações em reuniões, cursos, treinamentos, colaboradores de bancas examinadoras

Leia mais

REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES GERAIS

REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES GERAIS REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES GERAIS Art. 1º. Este regulamento disciplina o Trabalho de Conclusão de Curso - TCC dos Cursos das Faculdades Integradas Hélio Alonso,

Leia mais

NORMAS DE SERVIÇO PROCEDIMENTOS ADMINISTRATIVOS, FINANCEIROS E CONTÁBEIS.

NORMAS DE SERVIÇO PROCEDIMENTOS ADMINISTRATIVOS, FINANCEIROS E CONTÁBEIS. NORMAS DE SERVIÇO PROCEDIMENTOS ADMINISTRATIVOS, FINANCEIROS E CONTÁBEIS. NORMA - FACTI 001/2007 VERSÃO 01 Revisão Razão para Alteração Páginas Alteradas Autor Data 01 ANALISE E APROVAÇÃO CenPRA FacTI

Leia mais

1. Objetivo Detalhar o processo do comercial envolvendo a identificação, cadastramento de novos clientes e inclusão de pedido de venda.

1. Objetivo Detalhar o processo do comercial envolvendo a identificação, cadastramento de novos clientes e inclusão de pedido de venda. PR-CO.01. COMERCIAL Página: 1/5 1. Objetivo Detalhar o processo do comercial envolvendo a identificação, cadastramento de novos clientes e inclusão de pedido de venda. 2. Histórico de Revisões Revisão

Leia mais

Normatização da Junta Médica no Intercâmbio Nacional. Dr. Adolfo Orsi Parenzi

Normatização da Junta Médica no Intercâmbio Nacional. Dr. Adolfo Orsi Parenzi Normatização da Junta Médica no Intercâmbio Nacional Dr. Adolfo Orsi Parenzi Resolução CONSU n 8, de 03.11.98 (mecanismos de regulação) Art. 4 As operadoras de planos ou seguros privados de assistência

Leia mais

D E C R E T A. Art. 2º - Para aprovação de viagens, custeadas pelo Estado, deverá ser observado o seguinte:

D E C R E T A. Art. 2º - Para aprovação de viagens, custeadas pelo Estado, deverá ser observado o seguinte: Salvador, Bahia Terça-feira 19 de agosto de 2014 Ano XCVIII N o 21.498 DECRETO Nº 15.374 DE 18 DE AGOSTO DE 2014 Dispõe sobre as contratações do serviço de agenciamento de viagem, no âmbito da Administração

Leia mais

EDITAL Nº 01/ 2014 EDITAL DE SELEÇÃO PARA O CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM AVALIAÇÃO DE TECNOLOGIAS EM SAÚDE.

EDITAL Nº 01/ 2014 EDITAL DE SELEÇÃO PARA O CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM AVALIAÇÃO DE TECNOLOGIAS EM SAÚDE. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO PROGRAMAS DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CARDIOLOGIA E EPIDEMIOLOGIA. UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL (UFRGS) INSTITUTO DE AVALIAÇÃO DE TECNOLOGIA EM SAÚDE - IATS CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO

Leia mais

4.1 - A admissão de colaborador condiciona-se a exames de seleção técnica e médica; mediante apresentação dos documentos exigidos, em prazo fixado.

4.1 - A admissão de colaborador condiciona-se a exames de seleção técnica e médica; mediante apresentação dos documentos exigidos, em prazo fixado. POLÍTICAS DE RH DA PEQUENA CASA DA CRIANÇA 1. FINALIDADE: Estabelecer políticas e procedimentos de trabalho concernentes a Pequena, como parte integrante ao contrato individual de trabalho. A obrigatoriedade

Leia mais

XVIII Seminário Nacional de Distribuição de Energia Elétrica. Segmentação do Atendimento - Parceiros Credenciados Imobiliárias

XVIII Seminário Nacional de Distribuição de Energia Elétrica. Segmentação do Atendimento - Parceiros Credenciados Imobiliárias XVIII Seminário Nacional de Distribuição de Energia Elétrica SENDI 2008-06 a 10 de outubro Olinda - Pernambuco - Brasil Segmentação do Atendimento - Parceiros Credenciados Imobiliárias Giovanna Bianchi

Leia mais

PRÓ-REITORIA DE ASSUNTOS ESTUDANTIS

PRÓ-REITORIA DE ASSUNTOS ESTUDANTIS PRAEVENTOS (PROGRAMA DE APOIO À PARTICIPAÇÃO EM EVENTOS) EDITAL 03/2017 - SOLICITAÇÃO DE APOIO À PARTICIPAÇÃO EM EVENTOS A Pró-Reitora de Assuntos Estudantis (PRAE), no uso de suas atribuições e em cumprimento

Leia mais