DEF. Índice: Cap. 01 DEF Peugeot. Cap. 02 DEF Volkswagen

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "DEF. Índice: Cap. 01 DEF Peugeot. Cap. 02 DEF Volkswagen"

Transcrição

1 DEF Índice: Cap. 01 DEF Peugeot Cap. 02 DEF Volkswagen

2 Parametrização Peugeot O SISDIA preenche automaticamente a planilha do DEF Peugeot. Para isso é necessário efetuar o cadastro dos parâmetros, direcionando as contas contábeis, os modelos de veículos, o cadastro de funcionários e os tipos de ordens de serviços, para seus respectivos campos na planilha. O preenchimento da planilha está dividido em 24 pastas: 1 Cadastro 2 Balancete 3 Estatística Geral 4 Horas Trabalhadas 5 Horas Vendidas 6 Estatística Pessoal 7 Estoque Plano e Peças 8 Conferencia 9 Ativo 10 Passivo 11 Departamentos 12 Veículos 13 Veículos Novos 14 Veículos Semi-Novos 15 Peças e Serviços 16 Peças 17 Pos-Venda Total (Me/FP) 18 Pos-Venda Mecanica 19 Pos-Venda Fun/Pint. 20 Analise Custo Pos-Venda 21 Sumario (Administrativo) 22 Estatística Pos-Venda 23 Estatística Veículos 24 Fluxo de Caixa **Obs.: Antes de iniciar a parametrização verifique se os programas abaixo estão atualizados na base de dados: PGDF0100 Integração contábil x DEF Peugeot PGDF0110 Gera planilha Excel PGDF0200 Manutenção tabela integração contábil PGDF0210 Manutenção guia de pastas do DEF PGDF0220 Manutenção movimento do DEF PGDF0225 Consulta histórico movimentação do DEF PGDF0230 Manutenção tabela rateios folha de pagamento PGDF0240 Parâmetros relatórios gerenciais veículos novos PGDF0250 Parâmetros relatórios gerenciais transferências internas PGDF0260 Parâmetros relatórios gerenciais clientes externos PGDF0270 Manutenção famílias DEF Peugeot

3 O processo pode ser inicializado pelo programa PGDF0110, conforme tela abaixo e o mesmo irá trazer o programa PGDF0100. Informar ano / mês desejado e confirmar a geração. Informar se o tipo de geração é C = Contabil ou G = Gerencial Caso queira gerar o DEF consolidando o movimento das filiais informem S. Informar ano / mês desejado e confirmar a geração. Caso queira gerar o DEF consolidando o movimento das filiais informem S.

4 Ao confirmar a geração o sistema fará varredura em todas as contas que tiveram algum tipo de movimentação no período, solicitando o direcionamento das contas para o seu respectivo campo na planilha do DEF. Quando o sistema encontrar uma conta que não possui parâmetro, ou houver alguma duplicidade, aparecerá essa mensagem. Tecle Enter para abrir o programa PGDF0200 e efetuar o cadastro, ou nos casos de duplicidades excluírem os registros excedentes.. Existem outros programas que o sistema busca as informações, e toda vez que ele não encontrar uma conta cadastrada, o sistema abrirá automaticamente o programa para que seja feito o ajuste necessário, conforme listagem no final da apostila.

5 Processando. Abre automaticamente o programa PGDF0200. Pasta do DEF: 2 Balancete. Sempre informar a coluna referente a débito de Janeiro da pasta balancete DMS da planilha do DEF. Ex.: na pasta balancete informar a coluna F.. Número da linha da planilha do DEF em que a conta deve ser descarregada. Conta a ser cadastrada no sistema. Setor: Se a conta contábil for quebrada por setor, pode-se direcionar um centro de custos específico ou digitar 0 para todos. O procedimento de direcionamento de contas acima descrito será repetido até que todas as contas estejam devidamente cadastradas.

6 Esse programa cadastra o numero e o nome das pastas da planilha do DEF que o sistema carrega no Excel. Número da Pasta no DEF Nome da Pasta no DEF.

7 Esse programa é acessado automaticamente durante a geração do PGDF0110, quando faltar parâmetro relativo a alguma família de veiculo. Cadastrar a família do veiculo. Esses campos direcionam a Coluna da planilha do DEF para cada evento (compra, venda e etc.). **Obs.: o sistema já traz esses campos preenchidos. Esse programa permite a manutenção da tabela, onde estão armazenadas as informações pertinentes as famílias de veículos.

8 Em seguida. Informar a empresa que deseja alterar os dados. Coluna do DEF. Informar ano / mês da geração. Linha do DEF. Informar pasta DEF que deseja alterar os dados. Programa que gera as informações para o DEF. Nesse programa é feito o direcionamento para cada pasta, coluna e linha do DEF das informações contábeis, vendas, custos, funcionários e controle da oficina.

9 Este programa consulta e lista as informações da movimentação do DEF. Resumindo, neste programa pode se rastrear a origem dos valores gerados pelos diversos programas que carregam o DEF. Exibe o campo Histórico para visualizar o número do documento que originou o movimento do DEF.

10 Neste programa é parametrizado o Rateio da Folha de pagamento. Número da Pasta no DEF. Tipo de despesa a ser lançada. Sigla do Setor. Sigla da Função. Linha do DEF que carregará a informação. Conta contábil. É necessário cadastrar a Pasta, o tipo de Verba, o Setor, a Categoria da Função, a Linha e a Conta Reduzida.

11 Este programa é responsável pelos lançamentos de ajustes entre contas, dentro da planilha do DEF. Informar Custo ou Venda. Tipo de Lançamento. Linha e grupo do Veículo. Coluna do DEF Referente ao débito de janeiro. Linha do DEF Referente ao Débito. Linha do DEF Referente ao Crédito. Coluna do DEF referente ao crédito de janeiro. O atributo Coluna aceita os seguintes tipos de lançamentos: BONUS; ENCARGOS; FRETE; DESC. FRETE (para contemplar o lançamento do custo do frete por fora dos veículos vendidos no mês); ICMS ST; PIS ST; COFINS ST; FUNDO (para contemplar o lançamento do custo do fundo Peugeot, nos casos em que a conta ESTOQUE é igual à FUNDOAINT - DESCONTO e OUT. VENDAS).

12 Seguindo. Tipo de Ordem de Serviço. Informar a coluna do DEF que será lançado o crédito referente à Venda de Produtos Interna. Informar a linha do DEF que será lançado o crédito referente à Venda de Produtos Interna. Informar a coluna do DEF que será lançado o débito referente à Venda de Produtos Interna. Informar a coluna do DEF que será lançado o desconto de transferências internas. Informar a linha do DEF que será lançado o débito referente à Venda de Produtos Interna. Informar a coluna do DEF que será lançado o desconto de transferências internas. Este programa permite a manutenção das informações da parametrização para lançamento dos valores dos programas (REGP0008 -Informações Gerenciais Peças e Acessórios Transferências Internas para Pós Vendas) e (REGP Informações Gerenciais Peças e Acessórios Transferências Internas para Departamento Comercial) no DEF.

13 Seguindo. Preenchido pelo sistema. Número Setor responsável. Ex.: Tipo de pessoa. Ex.: C Clientes. Coluna da planilha do DEF para lançar valores a débito e a crédito. Linhas da planilha do DEF para lançar os valores a crédito e a débito Mão de Obra. Linhas da planilha do DEF para lançar os valores a crédito e a débito de Peças. Linhas da planilha do DEF para lançar os valores a crédito e a débito de Descontos. Este programa permite a manutenção das informações que estão armazenadas os registros de parametrização para lançamento dos valores dos programas (REGP0006- Informações Gerenciais - Peças e Acessórios Clientes Externos) e (REGP Informações Gerenciais Pós Vendas Clientes Externos) no DEF. Estas informações são utilizadas pelos programas (PGDF0100) e (PGDF0110). Depois de efetuados todos os cadastros o sistema irá finalizar a geração do DEF. O programa tem como objetivo carregar o DEF em uma planilha Excel, na pasta carga sistema, a qual está relacionada com as demais pastas da planilha. A planilha deve a planilha padrão do DEF Peugeot, chamar-se defpeugeot.xls e estar no diretório c:\. Deve haver também um arquivo batch com o nome de call_excel.bat, contendo o path do Excel, conforme exemplo abaixo : echo on c:\arquivo de Programas\microsoft office\office\excel.exe %1

14 Iniciaremos pelo programa PGDF0110, a planilha será carregada a partir da tabela (pgdfmovi), gerada pelo programa PGDF0100, chamado automaticamente por este programa. Após a confirmação do Ano e Mês para a geração do movimento, o sistema acessará automaticamente os programas descritos abaixo, levando a parametrização necessária para executá-los. O processo estará concluído quando todos os programas forem executados, gerando o movimento necessário para o preenchimento da planilha. O sistema exerce um controle interno dos programas que já foram executados ou não, gravando um registro na tabela (pgdfsitu). Antes da geração do novo movimento, o anterior será apagado. Na abertura da planilha, o programa solicita ao usuário que ative as macros. Embora em todos os programas de parametrização, para o cadastramento de células, foram solicitadas as linhas/colunas referentes a JANEIRO, o programa se baseia nesta informação para lançar o movimento nos meses correspondentes. Além do programa (PGDF0100), são também carregados automaticamente, por opção do usuário, os programas: (OFIC0430) - Controle de Tempo dos Produtivos (OFIC7760) - Relatório de Pacotes Utilizados (OFIC7900) - Veículos Atendidos na Oficina (REGP0002) - Informações Gerenciais - Veículos Novos (REGP0004) - Informações Gerenciais - Veículos Seminovos (REGP0012) - PV/Clientes Externos-CL Garantia Gerencial (RHFP5190) - Análise da Folha de Pagamentos por Categoria de Função Caso esteja faltando alguma parametrização durante a execução dos programas acima, o programa de cadastramento correspondente será acessado automaticamente, solicitando as informações necessárias. O programa possui a opção para consolidar as informações para o preenchimento da planilha DEF Peugeot. Esta informação é passada automaticamente para os programas (OFIC0430), (OFIC7760), (OFIC7900), (PGDF0100), (REGP0002), (REGP0004), (REGP0012) e (RHFP5190), assim como o período a ser gerado. O movimento (PGDF0220) e o histórico do DEF (PGDF0225) passam a ter o código da filial. Quando a geração do movimento for consolidada, o código da filial é o mesmo informado no programa PGDF0300, no atributo Filial que consolida é recomendável que se utilize 99, pois pode ser necessário conferir o movimento por filial.

15 D E F CAPITULO 02 Parametrização VW O SISDIA preenche automaticamente a planilha do DEF VW. Para isso é necessário efetuar o cadastro dos parâmetros, direcionando as contas contábeis, os cadastros de veículos, o cadastro de funcionários, para seus respectivos campos na planilha. O preenchimento da planilha está dividido em três grupos: Pasta 1 Balancete Pasta 2 Departamental Pasta 3 Apêndice A seguir seguem os programas que serão utilizados para a geração correta do DEF VW. Este programa tem a finalidade de listar o movimento para conferencia, dar manutenção no movimento do DEF, carregar a planilha Excel e informar os dados cadastrais da matriz e se for caso, da filial. Campos informados pelo sistema. Informar o código que representa duas ou mais empresas do mesmo grupo. CNPJ diferentes, mesmo proprietário. Escolher qual a função que deseja que o programa execute. Listar / Carregar / Alterar os Dados / Escolher Linha do DEF. Informar o código da empresa que controla os setores administrativos e financeiros das filiais. Informar o código Software House.

16 D E F CAPITULO 02 Continuando. Informar a categoria da empresa. Ex.: MAT = Matriz. Informar o código representativo dos satélites (Front Office) operacionais e regionais de vendas (Back Office). Informar N = Normal (Primeiro Envio). R = Retificadora (Reenvio do arquivo com alguma correção). Digitar o Ano/Mês que deseja listar/gerar e a data atual. Informar o nome do diretor, do contador e o CRC. Observações: No caso da filial que o arquivo é enviado juntamente com a matriz, o grupo, o DN precisa ser o mesmo. E no caso de enviar o DEF da filial separadamente, o DN tem que ser o da Filial e o Grupo também será diferente.

17 D E F CAPITULO 02 Este programa é responsável pela apuração e armazenamento de todas as informações necessárias para a geração do arquivo para envio do DEF VW versão 2008 à Fábrica. Mensagem para confirmar a exclusão do movimento anterior. Informar Ano / Mês. Mensagem informando que a conta precisa ser cadastrada. Automaticamente o programa VNDF0200 é acessado para cadastrar a conta. Para que seja executado com sucesso, é necessário que a parametrização do módulo esteja completa e exata. Informar o Ano/Mês do movimento (formato aaaa-mm) e confirmar a geração. Caso tenha um movimento existente, o sistema exibe a mensagem Movimento existente será apagado. Confirma? Para a composição do movimento, o programa extrai as informações dos módulos: Contábil (contas cadastradas no programa VNDF0200). Antes da apuração dos valores contábeis, este programa verifica quais as contas contábeis CADA0260 que não estão cadastradas no VNDF0200, acessando o programa para o cadastramento. O processo é interrompido quando não houver o cadastramento destas contas. Contas a Receber (Títulos com data de emissão até o último dia do mês da competência). Utilizar o RECE3000 para auxiliar a conferencia das informações; Cheques a Receber (Cheques com data de emissão até o último dia do mês da competência e que não são à vista). Utilizar o RECE6210 para auxiliar a conferencia das informações;

18 D E F CAPITULO 02 Veículos (quantidade de veículos vendidos. Utilizar o VEIC2000 para auxiliar a conferencia das informações); Folha de Pagamento (quantidade de funcionários). Durante a geração do movimento do DEF, o programa VNDF0240 é acessado automaticamente para cadastramento de funcionários que ainda não estão alocados. Este programa gera o arquivo que será enviado a fabrica, a partir do movimento gerado pelo VNDF0100. É necessário informar o Ano / Mês e a data que está sendo gerado e informar se o arquivo será Consolidado (mais de uma filial) ou Não. Todas essas informações são carregadas pelo Sistema, através do programa VNDF0000. Informar Ano / Mês que irá enviar o arquivo, a data de envio. Informar S / N para Consolidado.

19 D E F CAPITULO 02 Esse programa serve para cadastrar,alterar,excluir ou consultar as contas contabeis que compõe o DEF. Esse campo é preenchido pelo sistema.está cadastrado no programa CADA0220. O sistema preenche automaticamen te esse campo. Numero da filial. É preenchido pelo sistema. Preencher com o campo que será feito o lançamento no DEF. Deve estar cadastrado no programa VNDF0210. Preencher o numero da conta reduzida do plano de contas. Deve estar cadastrada no CADA0260. Informar o centro de custo da conta contábil. Caso seja para todos os departamentos, deixar 0. Informar M=Movimento ou S=Saldo. Campos preenchidos automaticamente pelo sistema. Esse programa tem como objetivo manter a tabela que contem relacionamento entre o campo do DEF e o campo no layout da VW. Permite Incluir, Alterar, Excluir, Consultar e Listar as informações.

20 D E F CAPITULO 02 Seguindo. Informar o número do campo do DEF. Informar a localização do campo do DEF no layout do Registro do DEF. Ex.: 01=Seqüência Layout 04=Seqüência Registro. Não utilizar quando o campo utilizar fórmula. Descrição da conta do DEF. Informar a Pasta, a Coluna e a Linha referente ao DEF. Informar 0= para Não Inverter e 1=para Inverter o sinal da conta. Esse programa permite Incluir, Alterar, Excluir e Consultar o número da Pasta e a Descrição da Pasta do DEF. Informar o número da Pasta do DEF. Descrição da Pasta do DEF.

21 D E F CAPITULO 02 Esse programa é utilizado para manter a tabela que indica quais os funcionários que devem ser lançados em cada campo do DEF. Permite Incluir, Alterar, Excluir, Consultar e Listar. Um funcionário pode ser alocado para um único campo do DEF. O mesmo campo do DEF pode receber varios funcionários. Informar o código do funcionário cadastrado pelo programa RHFP0590. Informar o campo do DEF que o funcionário será alocado.

22 D E F CAPITULO 02 Esse programa permite Incluir, Alterar, Excluir e Consultar qualquer lançamento de complemento de valor para uma determinada conta do DEF. Informar o Ano / Mês que será efetuado o lançamento no DEF. Esses campos são preenchi dos pelo sistema. Informar qual o número da conta reduzida que será efetuado o lançamento no DEF. Informar o valor que será lançado na conta do DEF. Informar qual tipo de lançamento: C=para Crédito ou D=para Débito. Depois de efetuar qualquer lançamento nesse programa, caso tenha gerado o arquivo de envio, será preciso refazer a geração.

23 Rascunho

24 Rascunho

25 Rascunho

UNIVERSIDADE FEDERAL DO VALE DO SÃO FRANCISCO UNIVASF SECRETARIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO STI DEPARTAMENTO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÕES

UNIVERSIDADE FEDERAL DO VALE DO SÃO FRANCISCO UNIVASF SECRETARIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO STI DEPARTAMENTO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÕES UNIVERSIDADE FEDERAL DO VALE DO SÃO FRANCISCO UNIVASF SECRETARIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO STI DEPARTAMENTO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÕES MANUAL DO USUÁRIO SISTEMA DE TRAMITAÇÃO DE DOCUMENTOS Versão 3.0

Leia mais

SAO-WEB Manual do Usuário

SAO-WEB Manual do Usuário Documento SAO-WEB Manual do Usuário 1 Referência: SAO-WEB Sistema SAO-WEB Módulo Geral Responsável Trion Data 05/2010 Objetivo Descrever o funcionamento do SAO WEB. O SAO-WEB é uma forma de acesso ao SAO-ERP

Leia mais

SISTEMA CAÇA-TALENTOS MANUAL DE OPERAÇÃO PERFIL SECRETARIA

SISTEMA CAÇA-TALENTOS MANUAL DE OPERAÇÃO PERFIL SECRETARIA SISTEMA CAÇA-TALENTOS MANUAL DE OPERAÇÃO PERFIL SECRETARIA O Sistema Caça-Talentos tem o objetivo de aprimorar o negócio e fornecer um controle informatizado dos processos de captação dos alunos. Ele possui

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA Cartório 24 Horas

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA Cartório 24 Horas MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA Cartório 24 Horas INTRODUÇÃO A Extranet Cartório 24 Horas permite a solicitação de qualquer tipo de Certidão junto aos Cartórios e outros órgãos de todos os estados Brasileiros.

Leia mais

MANUAL. Certificado de Origem Digital PERFIL EXPORTADOR. Versão

MANUAL. Certificado de Origem Digital PERFIL EXPORTADOR. Versão MANUAL Certificado de Origem Digital PERFIL EXPORTADOR Versão 2.2.15 Sumário 1. Inicializando no sistema... 3 2. Acessando o sistema... 4 3. Mensagem encaminhada pelo sistema.... 4 4. Emitindo um novo

Leia mais

Balconista da Oficina

Balconista da Oficina Balconista da Oficina Índice: Cadastros e requisições Cap. 01 Cadastro de clientes Cap. 02 Requisição de peças na oficina Cap. 03 Requisição de peças informando o mecânico Consultas Cap. 04 Consulta ordem

Leia mais

TUTORIAL SIMPLES REMESSA BAIXANDO ESTOQUE

TUTORIAL SIMPLES REMESSA BAIXANDO ESTOQUE Sumário Apresentação... 1 1. Procedimentos iniciais... 1 2. Emitir Nota Fiscal Simples Remessa com Baixa no Estoque:... 2 2.1 Gerando Contas a Receber... 2 2.3 Sem Gerar Contas a Receber... 5 Apresentação

Leia mais

1 Visão Geral. 2 Instalação e Primeira Utilização. Manual de Instalação do Gold Pedido

1 Visão Geral. 2 Instalação e Primeira Utilização. Manual de Instalação do Gold Pedido Manual de Instalação do Gold Pedido 1 Visão Geral Programa completo para enviar pedidos e ficha cadastral de clientes pela internet sem usar fax e interurbano. Reduz a conta telefônica e tempo. Importa

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÃO, CONFIGURAÇÃO E USO

MANUAL DE INSTALAÇÃO, CONFIGURAÇÃO E USO MANUAL DE INSTALAÇÃO, CONFIGURAÇÃO E USO 1 Indice 1. Instalação 03 2. Cadastro e Ativação 05 3. Inicialização 09 4. Configuração 11 5. Pré-venda 13 6. Check Out 17 7. Cancelamento 19 8. Suporte 22 9. Dados

Leia mais

SUMARIO. - Página 1 / 11

SUMARIO.  - Página 1 / 11 SUMARIO 1 Introdução... 2 2- Benefícios e Vantagens... 2 3 Como utilizar o Banco de Resultados... 2 3.1 Requisitos... 2 3.2 Recursos do Banco de Resultados... 3 3. 2.1 Superior... 3 3.2.1.1 - Opções...

Leia mais

Inclusão dos pacotes de serviços Toyota

Inclusão dos pacotes de serviços Toyota DIAG2000 Inclusão dos pacotes de serviços Toyota Este programa tem por finalidade facilitar o registro de pacotes de serviços Toyota. Além de incluir os pacotes de serviços no programa ( DIAG0600 / DIAG0601

Leia mais

Ativo. Índice: Parâmetros Cap. 01 Carga do arquivo de bens Cap. 02 Parâmetros da filial Cap. 03 Cadastro de bens Cap.

Ativo. Índice: Parâmetros Cap. 01 Carga do arquivo de bens Cap. 02 Parâmetros da filial Cap. 03 Cadastro de bens Cap. Ativo Índice: Parâmetros Cap. 01 Carga do arquivo de bens Cap. 02 Parâmetros da filial Cap. 03 Cadastro de bens Cap. 04 Tipos de bens Depreciação Cap. 05 Cálculo mensal ativo Cap. 06 Cálculo do estorno

Leia mais

Assessoria Técnica de Tecnologia da Informação - ATTI. Projeto de Informatização da. Secretaria Municipal de Saúde do. Município de São Paulo

Assessoria Técnica de Tecnologia da Informação - ATTI. Projeto de Informatização da. Secretaria Municipal de Saúde do. Município de São Paulo Assessoria Técnica de Tecnologia da Informação - ATTI Projeto de Informatização da Secretaria Municipal de Saúde do Município de São Paulo Programa Bolsa Família Manual de Operação Conteúdo Sumário...

Leia mais

Manual do Usuário (Firma Inspetora) Versão 1.8. CMCP - Controle da Marcação Compulsória de Produtos

Manual do Usuário (Firma Inspetora) Versão 1.8. CMCP - Controle da Marcação Compulsória de Produtos Manual do Usuário (Firma Inspetora) Versão 1.8 CMCP - Controle da Marcação Compulsória de Manual do Usuário - Firma Inspetora SUMÁRIO 1. INTRODUÇÃO... 4 1.1. Referências... 4 2. COMO ESTÁ ORGANIZADO O

Leia mais

Rateio por Despesas por Contas Contábeis

Rateio por Despesas por Contas Contábeis Rateio por Despesas por Contas Contábeis Introdução É possível efetuar configuração no sistema para que a contabilização das despesas seja rateada entre departamentos/centros de custo, de acordo com percentuais

Leia mais

Módulo Vendas Balcão. Roteiro passo a passo. Sistema Gestor New

Módulo Vendas Balcão. Roteiro passo a passo. Sistema Gestor New 1 Roteiro passo a passo Módulo Vendas Balcão Sistema Gestor New Instruções para configuração e utilização do módulo Vendas balcão com uso de Impressora fiscal (ECF) 2 ÍNDICE 1. Cadastro da empresa......3

Leia mais

OS - Cadastrar Ordem de Serviço

OS - Cadastrar Ordem de Serviço OS - Cadastrar Ordem de Serviço Objetivo Cadastrar ordem de serviço para clientes sem que seja necessário efetuar uma venda (semelhante ao orçamento, a diferença é que a ordem de serviço nos permite informar

Leia mais

Manual Sistema de Gerenciamento dos Auxiliares da Justiça

Manual Sistema de Gerenciamento dos Auxiliares da Justiça 2016 Manual Sistema de Gerenciamento dos Auxiliares da Justiça MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA DE GERENCIAMENTO DOS AUXILIARES DA JUSTIÇA PÚBLICO EXTERNO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO STI

Leia mais

MANUAL VTWEB CLIENT URBANO

MANUAL VTWEB CLIENT URBANO MANUAL VTWEB CLIENT URBANO Conteúdo... 2 1. Descrição... 3 2. Cadastro no sistema... 3 2.1. Pessoa Jurídica... 3 2.2. Pessoa Física... 5 2.3. Concluir o cadastro... 6 3. Acessar o sistema... 6 3.1. Autenticar

Leia mais

NFe e NFCe Emissão de NFe a partir da Versão LINCE COMO EMITIR NFE PELO LINCE A PARTIR DA VERSÃO

NFe e NFCe Emissão de NFe a partir da Versão LINCE COMO EMITIR NFE PELO LINCE A PARTIR DA VERSÃO Emissão de NFe a partir da Versão LINCE 4.0.0.0 COMO EMITIR NFE PELO LINCE A PARTIR DA VERSÃO 4.0.0.0 O que é necessário para emitir NF-e? E necessário validar alguns quesitos antes de iniciar o processo

Leia mais

Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Paraíba Departamento de Tecnologia da Informação

Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Paraíba Departamento de Tecnologia da Informação Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Paraíba Departamento de Tecnologia da Informação MANUAL SUAP (MÓDULO ALMOXARIFADO) Manual de utilização do módulo Almoxarifado do Sistema Unificado

Leia mais

Importação XML NFE. Obs.: Se já realizava a importação pelo leitor do código de barras ignore o 1º Passo.

Importação XML NFE. Obs.: Se já realizava a importação pelo leitor do código de barras ignore o 1º Passo. Método: Pesquisa do arquivo xml. Importação XML NFE. Obs.: Se já realizava a importação pelo leitor do código de barras ignore o 1º Passo. Obs.: Este processo é para ser feito de CFOP para CFOP e não de

Leia mais

RMS Software S.A. - Uma empresa TOTVS

RMS Software S.A. - Uma empresa TOTVS RATEIO RMS Software S.A. - Uma Empresa TOTVS Todos os direitos reservados. A RMS Software é a maior fornecedora nacional de software de gestão corporativa para o mercado de comércio e varejo. Este documento

Leia mais

CONTEÚDO Acesso ao sistema...2 Controle de Aplicação Tela de Autenticação...3 MENU DE OPÇÕES DO SISTEMA Cadastro do Colaborador...

CONTEÚDO Acesso ao sistema...2 Controle de Aplicação Tela de Autenticação...3 MENU DE OPÇÕES DO SISTEMA Cadastro do Colaborador... FREQUENCI CONTEÚDO Acesso ao sistema...2 Controle de Aplicação Tela de Autenticação...3 MENU DE OPÇÕES DO SISTEMA Cadastro do Colaborador...4 COORDENADOR ESTADUAL Alocar Coordenador de Polo...5 COORDENADOR

Leia mais

Título: DF - Como informar dados do cálculo do ICMS ST sobre os estoques dentro da vigência no cadastro dos produtos?

Título: DF - Como informar dados do cálculo do ICMS ST sobre os estoques dentro da vigência no cadastro dos produtos? Título: DF - Como informar dados do cálculo do ICMS ST sobre os estoques dentro da vigência no cadastro dos produtos? Esta solução é exclusiva para empresas situadas no Distrito Federal. 1 PARÂMETROS EMPRESA

Leia mais

Sistema de Devolução Automática de Tributos Módulo Crédito em Conta Corrente

Sistema de Devolução Automática de Tributos Módulo Crédito em Conta Corrente Sumário 1 Consultar disponibilidade de restituição... 2 1.1 Consultar com senha Web ou Certificação digital... 3 1.2 Consultar com CPF ou CNPJ... 4 1.3 Consultar por Sistemas de Cobrança... 4 2 Solicitar

Leia mais

AVISO. Treinamento GVcollege Módulo Contas a Pagar 2

AVISO. Treinamento GVcollege Módulo Contas a Pagar 2 AVISO O conteúdo deste documento é de propriedade intelectual exclusiva da GVDASA Sistemas e está sujeito a alterações sem aviso prévio. Nenhuma parte desta publicação pode ser reproduzida nem transmitida

Leia mais

Boletim de Administração Pública Municipal

Boletim de Administração Pública Municipal Atualização: Junho 2005 Página: 3 SIAWeb Introdução: O SiaWeb é composto de três módulos Imobiliário, Mobiliário e Água e Esgoto. O uso do sistema pela Internet facilita e agiliza a troca de informações

Leia mais

TUTORIAL DEVOLUÇÃO DE CLIENTE

TUTORIAL DEVOLUÇÃO DE CLIENTE Sumário Apresentação... 1 1. Procedimentos iniciais... 2 2. Realizar Devolução de Cliente... 3 2.1 Geração Nota Fiscal Própria.... 3 2.2 Utilizando uma Nota de Devolução Enviada pelo Cliente.... 4 2.3

Leia mais

Título: Como realizar a solicitação de cadastro de empregado na folha via Domínio Atendimento?

Título: Como realizar a solicitação de cadastro de empregado na folha via Domínio Atendimento? Título: Como realizar a solicitação de cadastro de empregado na folha via Domínio Atendimento? A Solicitação de cadastro de empregado é o meio utilizado para que o cliente da empresa de contabilidade possa

Leia mais

Como realizar rotina do vale alimentação

Como realizar rotina do vale alimentação Como realizar rotina do vale alimentação Os dados a seguir foram elaborados para a configuração sobre as informações do vale alimentação. Lembramos que o cadastro deverá ser realizado por empresa. 1 CADASTRAR

Leia mais

Folha de Pagamento Índice: Dados Cadastrais Cap. 01 Cap. 02 Cap. 03 Gerando Adiantamentos Cap. 04 Cap. 05 Cap. 06 Cap. 07 Cap. 08 Cap. 09 Cap.

Folha de Pagamento Índice: Dados Cadastrais Cap. 01 Cap. 02 Cap. 03 Gerando Adiantamentos Cap. 04 Cap. 05 Cap. 06 Cap. 07 Cap. 08 Cap. 09 Cap. Folha de Pagamento Índice: Dados Cadastrais Cap. 01 Cadastro de pessoas Cap. 02 Dados cadastrais de funcionários Cap. 03 Lista contrato de trabalho Gerando Adiantamentos Cap. 04 Período de cálculo da folha

Leia mais

1. Cadastrar Número NCM da Mercadoria Acesse a opção Tabelas Auxiliares Mercadorias como mostra a imagem abaixo:

1. Cadastrar Número NCM da Mercadoria Acesse a opção Tabelas Auxiliares Mercadorias como mostra a imagem abaixo: O objetivo deste manual é de ajudar ao usuário a efetuar o envio dos cadastros de proprietário, veículo, motorista e viagens para o sistema da DBTrans para programação de pagamento da carta frete. 1. Cadastrar

Leia mais

Balconista de Peças. Índice: Cadastros e orçamentos. Cap. 01 Cadastro de clientes. Cap. 02 Orçamento de peças. Cap. 03 Cadastro de Venda Perdida

Balconista de Peças. Índice: Cadastros e orçamentos. Cap. 01 Cadastro de clientes. Cap. 02 Orçamento de peças. Cap. 03 Cadastro de Venda Perdida Balconista de Peças Índice: Cadastros e orçamentos Cap. 01 Cadastro de clientes Cap. 02 Orçamento de peças Cap. 03 Cadastro de Venda Perdida Consultas Cap. 04 Consulta de cliente Cap. 05 Consulta de orçamentos

Leia mais

1 Dados Cadastrais... 3. 1.1.1 Cadastro de Produto Acabado... 3. 1.1.2 Cadastro de Matéria Prima... 4. 1.1.3 Níveis de Estoque... 5. 2 Processos...

1 Dados Cadastrais... 3. 1.1.1 Cadastro de Produto Acabado... 3. 1.1.2 Cadastro de Matéria Prima... 4. 1.1.3 Níveis de Estoque... 5. 2 Processos... Conteúdo 1 Dados Cadastrais... 3 1.1.1 Cadastro de Produto Acabado... 3 1.1.2 Cadastro de Matéria Prima... 4 1.1.3 Níveis de Estoque... 5 2 Processos... 10 2.1 Inventário de Estoques... 10 2.2 Entradas...

Leia mais

Título: Como configurar uma empresa com Sociedade em Conta de Participação?

Título: Como configurar uma empresa com Sociedade em Conta de Participação? Título: Como configurar uma empresa com Sociedade em Conta de Participação? 1 PARÂMETROS EMPRESA 1.1 Acesse o menu CONTROLE, clique em PARÂMETROS; 1.2 Clique no botão [Nova Vigência]; 1.3 Na guia GERAL,

Leia mais

Guia do Usuário. Portal Web: Foxwin-Acesso. Assunto: Guia do Usuário Portal Web. Produto: Foxwin-Acesso. Versão Doc.: 1.0

Guia do Usuário. Portal Web: Foxwin-Acesso. Assunto: Guia do Usuário Portal Web. Produto: Foxwin-Acesso. Versão Doc.: 1.0 Guia do Usuário Portal Web: Foxwin-Acesso Assunto: Guia do Usuário Portal Web Produto: Foxwin-Acesso Versão Doc.: 1.0 Data: 26/09/2017 ÍNDICE 1. Introdução ao Portal Web... 1 2. Solicitação do 1º acesso...

Leia mais

Título: Como gerar crédito presumido de PIS e COFINS para empresas sujeitas ao regime cumulativo conforme art. 31, Lei nº /2015?

Título: Como gerar crédito presumido de PIS e COFINS para empresas sujeitas ao regime cumulativo conforme art. 31, Lei nº /2015? Título: Como gerar crédito presumido de PIS e COFINS para empresas sujeitas ao regime cumulativo conforme art. 31, Lei nº 13.097/2015? 1 PARÂMETROS DA EMPRESA 1.1 Acesse o menu CONTROLE e clique em PARÂMETROS;

Leia mais

Entrada de Mercadoria

Entrada de Mercadoria Entrada de Mercadoria Para cadastrar ou gerenciar uma Entrada de Mercadoria acesse o menu: Compras > Entrada de Mercadoria. Em seguida clique no botão 1 / 23 Dados da entrada No campo Fornecedor informe

Leia mais

Atenção Básica. Manual do Digitador

Atenção Básica. Manual do Digitador Ministério da Saúde Atenção Básica Sistema com Coleta de Dados Simplificada CDS Manual do Digitador (Versão preliminar - em fase de diagramação) Brasília - DF 2013 SUMÁRIO 1. ORIENTAÇÕES GERAIS... 6 2.

Leia mais

Boletim Técnico. Integração Linha RM x Protheus SigaMNT DESENVOLVIMENTO/PROCEDIMENTO

Boletim Técnico. Integração Linha RM x Protheus SigaMNT DESENVOLVIMENTO/PROCEDIMENTO Integração Linha RM x Protheus SigaMNT Produto Processo Subprocesso : Integração Linha RM x Protheus SigaMNT : Abastecimento Manual Cadastrar Abastecimento Manual de Posto Interno Data da publicação :

Leia mais

TUTORIAL DEVOLUÇÃO A FORNECEDOR

TUTORIAL DEVOLUÇÃO A FORNECEDOR Sumário Apresentação... 1 1. Procedimentos iniciais... 1 2. Devolução a Fornecedor Gerando Desconto na Duplicata... 2 3. Devolução a Fornecedor Gerando uma Verba... 4 4. Devolução a Fornecedor Gerando

Leia mais

Cheque Recebimentos com múltiplos cheques

Cheque Recebimentos com múltiplos cheques Conteúdo 1Introdução 2Comentários - Relatórios Fixos 3Natureza da Receita Produto 4Cheque 5Cancelamento de NFe 6O.S. no orçamento 7Devolução 8SNGPC Introdução Este artigo tem como objetivo tirar dúvidas

Leia mais

Gerabyte AFV (Automação de Força de Venda) Manual do Aplicativo

Gerabyte AFV (Automação de Força de Venda) Manual do Aplicativo Gerabyte AFV (Automação de Força de Venda) Manual do Aplicativo Versão do Manual: 2.4 Versão do Aplicativo: 2.17.2 Conteúdo 1. Instalação do AFV...03 2. Configurações...04 3. Recebendo as tabelas...05

Leia mais

Tutorial. Serviços e Serviços Operadoras

Tutorial. Serviços e Serviços Operadoras Tutorial Serviços e Serviços Operadoras Serviços e Serviços Operadora 1 Tutorial Serviço e Serviços Operadora O cadastro de Serviços serve para informar todos os itens que estão na loja. Para que seja

Leia mais

Carnê de Pagamento. Copyright ControleNaNet

Carnê de Pagamento. Copyright ControleNaNet Este manual é parte integrante do Software On-line Carnê de Pagamento Concebido pela equipe técnica de ControleNaNet. http://www.controlenanet.com.br Todos os direitos reservados. Copyright 2015-2017 ControleNaNet

Leia mais

Portal dos Convênios - Siconv

Portal dos Convênios - Siconv MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO ORÇAMENTO E GESTÃO SECRETARIA DE LOGÍSTICA E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DEPARTAMENTO DE LOGÍSTICA E SERVIÇOS GERAIS Portal dos Convênios - Siconv Análise, Aprovação de Proposta/Plano

Leia mais

Esse guia apresenta os passos necessários para ativação e utilização de integração do First com o PDV.

Esse guia apresenta os passos necessários para ativação e utilização de integração do First com o PDV. Integração do First X PDV Esse guia apresenta os passos necessários para ativação e utilização de integração do First com o PDV. Primeiros Passos 1- Primeiro verifique qual a sua empresa que terá integração

Leia mais

NEW BIRD INFORMÁTICA PDV MANUAL DO USUÁRIO Versão

NEW BIRD INFORMÁTICA PDV MANUAL DO USUÁRIO Versão NEW BIRD INFORMÁTICA PDV MANUAL DO USUÁRIO Versão 1.0.1.2 ÍNDICE APRESENTAÇÃO...3 SOBRE ESTE MANUAL...4 INTRODUÇÃO...5 NOÇÕES INICIAIS...5 ACESSANDO O PDV...6 MENUS DO SISTEMA...8 OPERAÇÕES DO PDV...10

Leia mais

OFIC1400 Requisição de Peças para Serviços. OFIC Requisição de Peças para Serviços 1 / 10

OFIC1400 Requisição de Peças para Serviços. OFIC Requisição de Peças para Serviços 1 / 10 OFIC1400 Requisição de Peças para Serviços 1 / 10 Este programa permite requisitar peças para uma determinada O.S. Como critério de filtro estarão disponíveis a seguintes opções Requisição, Estorno e Consulta

Leia mais

Sumário 1. Inicializando o Sistema Arquitetura do Sistema Consulta Rápida de Veículos Informações Gerais...

Sumário 1. Inicializando o Sistema Arquitetura do Sistema Consulta Rápida de Veículos Informações Gerais... 1 Sumário 1. Inicializando o Sistema... 3 2. Arquitetura do Sistema... 5 2.1. Menu... 5 2.1.1. Detalhamento do Menu e Submenu... 5 2.2. Barra de Ferramentas... 6 2.2.1. Ações... 6 2.2.2. Crédito Disponível...

Leia mais

Inventário Rotativo (Coletor de Dados)

Inventário Rotativo (Coletor de Dados) Inventário Rotativo (Coletor de Dados) Inventario Rotativo com coletor Conceito O conceito do inventário rotativo no WinThor, é atualizar as quantidades do estoque no sistema por filiais (estoque lógico)

Leia mais

Manual prático de Ajuizamento de Iniciais Portal Processo Eletrônico Nova rotina de anexação de peças

Manual prático de Ajuizamento de Iniciais Portal Processo Eletrônico Nova rotina de anexação de peças 2014 Manual prático de Ajuizamento de Iniciais Portal Processo Eletrônico Nova rotina de anexação de peças Orientações gerais para ajuizar iniciais com base na nova rotina de anexação de peças. TRIBUNAL

Leia mais

Agendamento de Entregas

Agendamento de Entregas Agendamento de Entregas MT-212-00143 - 2 Última Atualização 24/11/2014 I. Objetivos Após este módulo de capacitação você será capaz de: Solicitar um Agendamento de Entregas de Materiais; Acompanhar o andamento

Leia mais

Movimento do Caixa

Movimento do Caixa Movimento do Caixa http://www.controlenanet.com.br Este manual é parte integrante do Software On-line Movimento do Caixa Concebido pela equipe técnica de ControleNaNet. http://www.controlenanet.com.br

Leia mais

S N FI SPED PIS/CO 0

S N FI SPED PIS/CO 0 0SPED PIS/COFINS Versão Observação Data Modificação Responsável 1 Criação do Manual 31/03/2011 Edilson J. Martins 2 Natureza de operação, CST PIS Cofins por empresa 30/05/2011 Edilson J. Martins Página

Leia mais

HEMOVIDA (CICLO DO SANGUE - Gerenciamento de estoque para grandes eventos)

HEMOVIDA (CICLO DO SANGUE - Gerenciamento de estoque para grandes eventos) Ministério da Saúde Secretaria Executiva Departamento de Informática do SUS HEMOVIDA (CICLO DO SANGUE - Gerenciamento de estoque para grandes eventos) Manual do Usuário Versão 1.0 Fevereiro, 2014 Índice

Leia mais

GUIA DO USUÁRIO AUTOR GECi Gerenciador de eventos científicos

GUIA DO USUÁRIO AUTOR GECi Gerenciador de eventos científicos Grupo de Banco de IBILCE UNESP GUIA DO USUÁRIO AUTOR GECi Gerenciador de eventos científicos Coordenação: Prof. Dr. Carlos Roberto Valêncio Controle do Documento Grupo de Banco de Título Nome do Arquivo

Leia mais

Treinamento Hospital

Treinamento Hospital Treinamento Hospital O que é o Projeto SGU? É o projeto de implantação do sistema de gestão de planos de saúde - SGU (Sistema de Gestão Unimed) que irá substituir o Top Saúde. O Módulo SGU-Card é um sistema

Leia mais

TUTORIAL LISTA DE PRESENTES

TUTORIAL LISTA DE PRESENTES Apresentação A lista de presentes é utilizada para o cadastro de listas de Chá de Cozinha, Chá de Bebê, Lista de Presentes, Chá de Casa Nova, Lista de Casamento e outras conforme o tipo de evento. Este

Leia mais

Manual Adesão à Campanha de Vacinação 2016

Manual Adesão à Campanha de Vacinação 2016 Manual Adesão à Campanha de Vacinação 2016 SEGURANÇA E SAÚDE PARA A INDÚSTRIA 1 Acessar o site da Campanha SESI de Vacinação Contra a Gripe pelo link: http://189.36.20.16/sesimg e clicar no item ADESÃO.

Leia mais

Manual DIMOF (Declaração de Informação sobre Movimentação Financeira)

Manual DIMOF (Declaração de Informação sobre Movimentação Financeira) Manual DIMOF (Declaração de Informação sobre Movimentação Financeira) JUNHO/2013 Sumário Sumário... 2 1. Introdução... 3 2. Funcionalidade... 4 3. Navegação no Sistema... 4 3.1. Autenticação de Usuário...

Leia mais

Como Fazer Renegociação de Parcelas (Contas a Receber)? FS136

Como Fazer Renegociação de Parcelas (Contas a Receber)? FS136 Como Fazer Renegociação de Parcelas (Contas a Receber)? FS136 Sistema: Futura Server Caminho: Contas a Receber>Renegociação de Parcelas Referência: FS136 Versão: 2016.02.15 Como Funciona: Esta tela é utilizada

Leia mais

Passo a Passo para o esocial

Passo a Passo para o esocial Passo a Passo para o esocial Como enviar as informações para o esocial*? * esocial Sistema de Escrituração Digital das Obrigações Fiscais, Previdenciárias e Trabalhistas A partir da versão 10.0A-15 atualização

Leia mais

CONTAS A PAGAR CADASTRO DE TÍTULOS A PAGAR AVULSO 339

CONTAS A PAGAR CADASTRO DE TÍTULOS A PAGAR AVULSO 339 CONTAS A PAGAR Conforme a Regras de Negócio da Empresa o Contas a Pagar pode ter os títulos gerados a partir da entrada de Notas Fiscais de entrada nos seus programas específicos ou então pelo cadastramento

Leia mais

NOVO CAKE PDV. Manual de Configuração e Operação

NOVO CAKE PDV. Manual de Configuração e Operação NOVO CAKE PDV Manual de Configuração e Operação CONFIGURAÇÕES DO APLICATIVO Ao abrir o Cake PDV pela primeira vez, é necessário realizar o login com a conta administrador do Cake ERP, logo após ísso, você

Leia mais

Ao clicar no menu Cadastro, disponibilizará os seguintes módulos:

Ao clicar no menu Cadastro, disponibilizará os seguintes módulos: MANUAL CORRETORA Ao clicar no menu Cadastro, disponibilizará os seguintes módulos: Administradoras; Clientes/ Seguradoras; Entidades; Produtores/ Vendedores; Matriz/ Filiais; Produtos; Regiões; Usuários;

Leia mais

Manual. Sistema Venus 2.0. (Faturamento)

Manual. Sistema Venus 2.0. (Faturamento) Manual Do Sistema Venus 2.0 (Faturamento) 1 O Objetivo do módulo Faturamento é cadastrar pedidos de venda, fazer orçamentos, emitir notas fiscais, faturar e controlar pedidos de clientes, enfim toda a

Leia mais

Passo a Passo para o esocial

Passo a Passo para o esocial Passo a Passo para o esocial Como enviar as informações para o esocial*? * esocial Sistema de Escrituração Digital das Obrigações Fiscais, Previdenciárias e Trabalhistas A partir da versão 10.0A-15 atualização

Leia mais

TUTORIAL PROCESSO DE GARANTIA

TUTORIAL PROCESSO DE GARANTIA Sumário Apresentação... 2 1. Procedimentos iniciais... 2 2. Entradada de Garantia... 4 2.1 Realizar Entrada Por Devolução de Cliente... 5 2.2 Realizar Entrada Por Devolução de Cliente Avulsa... 7 3. Acompanhamento

Leia mais

OBSERVAÇÕES SOBRE CAMPOS NO GESTOR PARA GERAR O SPED

OBSERVAÇÕES SOBRE CAMPOS NO GESTOR PARA GERAR O SPED PROCESSO DESCRITIVO OBSERVAÇÕES SOBRE CAMPOS NO GESTOR PARA GERAR O SPED OBS: Todos os dados inseridos pelos usuários do Gestor são de responsabilidade da Empresa Proprietária do Sistema. Passo 1: a) Criação

Leia mais

Manual De Entrada de Mercadoria Sem Ordem de Compra.

Manual De Entrada de Mercadoria Sem Ordem de Compra. Manual De Entrada de Mercadoria Sem Ordem de Compra. Acessar o menu inicial do Sistema Zenthi, conforme imagem abaixo e acessar o programa 832 Entrada de Mercadoria Sem Ordem de Compra. O procedimento

Leia mais

Gerabyte AFV (Automação de Força de Venda) Manual do Aplicativo

Gerabyte AFV (Automação de Força de Venda) Manual do Aplicativo Gerabyte AFV (Automação de Força de Venda) Manual do Aplicativo Versão 2.18 1 Sumário 1 Instalação do AFV...3 2 Configurações do AFV...4 3 Recebendo as tabelas...6 4 Consultando clientes...6 5 Consultando

Leia mais

MANUAL DO SGTC. Ver. 1.3

MANUAL DO SGTC. Ver. 1.3 1 MANUAL DO SGTC Ver. 1.3 INGRID ESPINDOLA SILVIO TINOCO 5061321397 GERÊNCIA DE TI / SYS 11/12/2012 Página 1 de 11 2 Conteúdo MANUAL DO SGTC... 1 Acesso ao sistema... 3 Acesso web... 3 Opções do sistema...

Leia mais

SAÚDE CONNECT 03.010 ALTERAÇÃO DE DADOS CADASTRAIS

SAÚDE CONNECT 03.010 ALTERAÇÃO DE DADOS CADASTRAIS SAÚDE CONNECT 03.010 ALTERAÇÃO DE DADOS CADASTRAIS ALTERAÇÃO DE DADOS CADASTRAIS - PRESTADOR... 3 1. CONSULTAR OU ALTERAR DADOS CADASTRAIS... 3 1.1. DADOS GERAIS... 3 1.2. ENDEREÇOS... 5 1.3. ESPECIALIDADES...

Leia mais

ALFACONT 2 Sistema de Contabilidade Versão Eleusmário Mariano Rabelo. Acesso ao Sistema

ALFACONT 2 Sistema de Contabilidade Versão Eleusmário Mariano Rabelo. Acesso ao Sistema ALFACONT 2 Sistema de Contabilidade Versão 2.0 2016 Eleusmário Mariano Rabelo O Alfa-Cont é um sistema contábil multi-usuário e multi-empresa para escritórios de contabilidade, contadores e empresas, com

Leia mais

ERP BRASCOMM Sistema de Gestão Empresarial 100% Web. Manual do Usuário. Módulo de Contas a Receber

ERP BRASCOMM Sistema de Gestão Empresarial 100% Web. Manual do Usuário. Módulo de Contas a Receber ERP BRASCOMM Sistema de Gestão Empresarial 100% Web Manual do Usuário Módulo de Contas a Receber O ERP Brascomm oferece toda ferramenta necessária para a perfeita gestão do departamento de contas a receber

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO MÓDULO DE ENTRADA DE NOTAS FISCAIS VIA B2B ONLINE

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO MÓDULO DE ENTRADA DE NOTAS FISCAIS VIA B2B ONLINE MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO MÓDULO DE ENTRADA DE NOTAS FISCAIS VIA B2B ONLINE Versão 2.0 01/2006 ÍNDICE 1. Objetivo...3 2. Como acessar o Sistema...3 3. Cadastro de Notas...4 3.1. A digitação da Nota Fiscal

Leia mais

COMO FAZER A SUA INSCRIÇÃO ON-LINE

COMO FAZER A SUA INSCRIÇÃO ON-LINE COMO FAZER A SUA INSCRIÇÃO ON-LINE No portal da FEC, selecione o evento que deseja fazer a inscrição. Procure no corpo da página, o link " Faça aqui a sua inscrição" ou o botão específico de inscrição.

Leia mais

Empregador WEB. Cadastramento do Requerimento do Seguro-desemprego

Empregador WEB. Cadastramento do Requerimento do Seguro-desemprego Empregador WEB Cadastramento do Requerimento do Seguro-desemprego O que é Empregador WEB? É um aplicativo online, acessível a partir do Portal Mais Emprego para preenchimento de requerimento do Seguro-Desemprego

Leia mais

Como Alterar o Código CEST no Produto

Como Alterar o Código CEST no Produto Alterar CEST / NCM Como Alterar o Código CEST no Produto Ao cadastrar o NCM do produto, o código CEST é cadastrado automaticamente pelo sistema. Se, por algum motivo, seja necessário alterar o registro,

Leia mais

1. IDENTIFICAÇÃO FUNDAÇÃO FIAT SAÚDE E BEM ESTAR

1. IDENTIFICAÇÃO FUNDAÇÃO FIAT SAÚDE E BEM ESTAR 1 1 2 1. IDENTIFICAÇÃO FUNDAÇÃO FIAT SAÚDE E BEM ESTAR Razão Social: FUNDAÇÃO FIAT SAÚDE E BEM ESTAR CNPJ: 12.838.821/0001-80 Registro ANS: 41828-5 Inscrição Municipal: 130973/001-6 Inscrição Estadual:

Leia mais

CRÉDITO CONSIGNADO ITAÚ. Procedimento de Rescisão de Funcionários

CRÉDITO CONSIGNADO ITAÚ. Procedimento de Rescisão de Funcionários Data de Atualização: 02/10/2009 CRÉDITO CONSIGNADO ITAÚ Procedimento de Rescisão de Funcionários Bankline Empresa Plus IBBA Versão Outubro de 2009 ÍNDICE ETAPA 1 INTRODUÇÃO... 03 ETAPA 2 HABILITANDO O

Leia mais

TUTORIAL MANTER ORDEM DE SERVIÇO

TUTORIAL MANTER ORDEM DE SERVIÇO Sumário Apresentação... 1 1. Procedimentos iniciais... 1 2. Gerar Nova Ordem de Serviço... 3 3. Pesquisar e Alterar Ordem de Serviço... 9 4. Gerar OS a partir de Orçamento Aprovado... 11 Apresentação A

Leia mais

Título: Como configurar o rateio de centro de custos por filiais?

Título: Como configurar o rateio de centro de custos por filiais? Título: Como configurar o rateio de centro de custos por filiais? 1- PARÂMETROS 1.1 Acesse o menu CONTROLE, clique em PARÂMETROS; 1.2 Na guia GERAL, clique em DEFINIÇÕES; 1.3 No quadro GERAL, no campo

Leia mais

Busca XML - Cliente. *Observação* Se o certificado do cliente não for armazenado nessa tela a pesquisa da NFE para a empresa não será realizada.

Busca XML - Cliente. *Observação* Se o certificado do cliente não for armazenado nessa tela a pesquisa da NFE para a empresa não será realizada. BUSCA XML - CLIENTE Busca XML - Cliente Download Automático de NFE Para que o Download da Nfe seja automático é necessário efetuar as configurações abaixo: Acesse o Menu Preferências, clique sobre a Aba

Leia mais

Configurar Ingressos

Configurar Ingressos 1 Configurar Ingressos Para configurar ingressos no HTTicket o primeiro passo é o cadastramento dos nomes dos ingressos que poderão ser utilizados no sistema. A Lista tem como principal objetivo padronizar

Leia mais

Av. Padre Claret, 146 Conj. 503 Centro Esteio/ RS Fone/ Fax: (51) 3033-6663 www.maxce.com.br

Av. Padre Claret, 146 Conj. 503 Centro Esteio/ RS Fone/ Fax: (51) 3033-6663 www.maxce.com.br CADASTRO GERAL CADASTRO PESSOA FÅSICA E PESSOA JURÅDICA CADASTROS > CADASTRO GERAL 1. PARA INCLUSÇO UM NOVO CADASTRO: a) LIMPAR TELA; b) Selecionar uma ou mais Classificações; c) Selecionar Situação ATIVADO;

Leia mais

Esse manual visa fornecer orientações às instituições concedentes de estágios. Após

Esse manual visa fornecer orientações às instituições concedentes de estágios. Após Esse manual visa fornecer orientações às instituições concedentes de estágios. Após acessar o endereço www.sigaa.ufs.br, você deve clicar no botão ENTRAR NO SISTEMA Obs.: Os dados utilizados nos exemplos

Leia mais

Configuração para realizar controle de Vale Transporte individual ou em grupo

Configuração para realizar controle de Vale Transporte individual ou em grupo Configuração para realizar controle de Vale Transporte individual ou em grupo Os dados a seguir foram elaborados para a configuração sobre as informações de vale transporte individualmente ou para vários

Leia mais

RJ - Como informar dados do cálculo do ICMS ST sobre os estoques dentro da vigência no cadastro dos produtos?

RJ - Como informar dados do cálculo do ICMS ST sobre os estoques dentro da vigência no cadastro dos produtos? RJ - Como informar dados do cálculo do ICMS ST sobre os estoques dentro da vigência no cadastro dos produtos? Esta solução é exclusiva para empresas situadas no estado do Rio de Janeiro. Através desta,

Leia mais

mail/cash? - FCSH10.4

mail/cash? - FCSH10.4 Como Enviar XML por mail/cash? - FCSH10.4 E- Sistema: Futura Cash Caminho: Cadastros>Fiscal>Envio de XML por e-mail Referência: FCSH10.4 Versão: 2015.9.18 Como Funciona: Está tela é utilizada para enviar

Leia mais

Perguntas mais Freqüentes Módulo EMPENHO

Perguntas mais Freqüentes Módulo EMPENHO Perguntas mais Freqüentes Módulo EMPENHO 1) O que é o módulo Minuta de EMPENHO? 2) Como gerar Minuta de Empenho para processo de compra ou contratação de serviço lançado no SIASG? 03) Como gerar Empenho

Leia mais

Página1 ATF ASSISTÊNCIA TÉCNICA FRAHM MANUAL DE UTILIZAÇÃO

Página1 ATF ASSISTÊNCIA TÉCNICA FRAHM MANUAL DE UTILIZAÇÃO Página1 ATF ASSISTÊNCIA TÉCNICA FRAHM MANUAL DE UTILIZAÇÃO Outubro de 2015 Página2 Índice 1. Como Acessar o Sistema ATF... 3 1.1 Método 1:... 3 1.2 Método 2:... 3 2. Conhecendo a Janela Inicial de seu

Leia mais

PROJETO INTEGRADO I OFICINA MECÂNICA

PROJETO INTEGRADO I OFICINA MECÂNICA PROJETO INTEGRADO I OFICINA MECÂNICA Carolina Pedrosa Santos 1380168 Rafaela Mendes Pereira 1380079 ESCOPO O Sistema de gerenciamento da oficina (SGO) tem por objetivo facilitar o atendimento ao cliente

Leia mais

Emissão Doc Extra de Condomínio Sami ERP ++

Emissão Doc Extra de Condomínio Sami ERP ++ Emissão Doc Extra de Condomínio Sami ERP ++ 1. Baixa de Parcelas Acesse o Módulo CONDOMÍNIO CÁLCULOS DA EMISSÃO BAIXA DE PARCELAS. Este programa efetua a baixa das parcelas dos eventos lançados nas unidades,

Leia mais

Manual de Cadastro de Instituições de Ensino. MPE Meia Passagem Estudantil

Manual de Cadastro de Instituições de Ensino. MPE Meia Passagem Estudantil Manual de Cadastro de Instituições de Ensino MPE 1. OBJETIVO......... 3 2. ETAPAS......... 3 3.1. Acesso ao Portal para cadastro...... 3 3.2. Alteração de d Senha......... 5 3.3. Envio dos documentos obrigatórios

Leia mais

MELHORIAS GERA PACOTE 2

MELHORIAS GERA PACOTE 2 MELHORIAS GERA PACOTE 2 1. Pagamento e Retirada (Checkout) 1 1.1. Pagamento A Combinar na Retirada 1 1.2.Tela de Pagamento e Retirada (CheckOut) 5 1.3. Opções de Pesquisa 6 1.3.1Pesquisa por Revendedor

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO AO SISTEMA V3

MANUAL DO USUÁRIO AO SISTEMA V3 MANUAL DO USUÁRIO AO SISTEMA V3 ÍNDICE MANUAL DO USUÁRIO AO SISTEMA... 1 ÍNDICE... 2 1. SIGEC HOC APRESENTAÇÃO... 3 2. PRÉ-CADASTRO... 3 2.1. GERAR USUÁRIO E SENHA... 3 3. LOGIN NO SISTEMA PRÉ CADASTRO...

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO PORTAL DO CLIENTE MAN ATD 001 VERSÃO 07

MANUAL DE UTILIZAÇÃO PORTAL DO CLIENTE MAN ATD 001 VERSÃO 07 MANUAL DE UTILIZAÇÃO PORTAL DO CLIENTE MAN ATD 001 VERSÃO 07 ÍNDICE PORTAL DE CLIENTES Selecione o tópico desejado para obter ajuda Esqueci minha senha Alterar idioma Alterar senha Acessar portal Como

Leia mais