Universidade Federal do Ma Pós-Graduação em Eng. Elétrica

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Universidade Federal do Ma Pós-Graduação em Eng. Elétrica"

Transcrição

1 Universidade Federal do Ma Pós-Graduação em Eng. Elétrica Sistemas de Informação Geográfica Prof. Anselmo C. de Paiva Depto de Informática Georeferenciamento 1. Conceitos Básicos 2. Georeferências Nomes de Lugares Endereços Postais Sistemas de Referência Linear Modelos da Terra formatos da terra datum coordenadas geográficas Projeções Sistemas de Coordenadas Roteiro Prof. Anselmo C. de Paiva - DEINF-UFMA - Introdução a GIS 2 1

2 1 Conceitos Georeferenciamento Elemento básico de informação geográfica: localização, atributo e tempo; Localização é fundamental Associação de Inf. Geográfica a localizações Georeferenciamento; Geocodificação; Geolocalização; Georeferência deve ser: Única: somente um local associado a uma georeferência; Compartilhada; Persistente com o tempo ( nem sempre acontece...); Prof. Anselmo C. de Paiva - DEINF-UFMA - Introdução a GIS Georeferências Sistemas de Georeferências Nomes de Lugares Endereços Postais Sistemas de Referência Linear Modelos da Terra Prof. Anselmo C. de Paiva - DEINF-UFMA - Introdução a GIS 4 2

3 2 Georeferências -> Nomes de lugares Nomes de Lugares Forma mais simples e antiga de georeferenciamento Capacidade estendida pela linguagem com palavras como: entre, próximo, noções de distância e direção Problemas: pouca resolução espacial nomes com significação local significado pode ser perdido com o tempo Ex: Reino de Camelot. Prof. Anselmo C. de Paiva - DEINF-UFMA - Introdução a GIS 5 2 Georeferências -> Endereços postais Endereços Postais Introduzidos a partir do século 19 com a entrega de correspondência Pressupostos: Cada residência ou escritório é um receptor potencial de correspondência Receptores de correspondência são organizados ao longo de caminhos e numerados Caminhos possuem nome únicos localmente Áreas possuem nomes únicos localmente Regiões possuem nomes únicos em países Com pressupostos representa sistema de identificação único na terra. Prof. Anselmo C. de Paiva - DEINF-UFMA - Introdução a GIS 6 3

4 2 Georeferências -> Endereços postais Endereços Postais: problemas Não servem para identificar locais que não são recebedores de corresp. Ex: Monte everest, rio Corda Falham em locais em que a numeração das casas não é crescente Ex: Japão: numeração é temporal Prof. Anselmo C. de Paiva - DEINF-UFMA - Introdução a GIS 7 2 Georeferências -> Endereços postais Códigos Postais Introduzidos no Canadá- século 20 para simplificar a classificação das correspondências 3 primeiros caracteres Forward Sort Area Figura 4.4 de Goodchild Prof. Anselmo C. de Paiva - DEINF-UFMA - Introdução a GIS 8 4

5 2 Georeferências -> Sistemas Lineares Sistemas Lineares de Referência Definem posição em uma rede medindo a distância linear a partir de ponto de referência Em geral associado ao endereçamento postal Usado em aplicações baseadas em redes lineares: Estradas; Linhas de transmissão; Canais; Dutos; Útéis para a localização de pontos específicos Prof. Anselmo C. de Paiva - DEINF-UFMA - Introdução a GIS 9 2 Georeferências -> Modelos da Terra Modelos da Terra A terra pode ser modelada como Esfera, Elipsóide achatado Geóide Prof. Anselmo C. de Paiva - DEINF-UFMA - Introdução a GIS 10 5

6 2 Georeferências -> Modelos da Terra->Formato da Terra Formato da Terra: Esfera/Elipsóide Prof. Anselmo C. de Paiva - DEINF-UFMA - Introdução a GIS 11 2 Georeferências -> Modelos da Terra->Formato da Terra Formato da Terra: Esfera/Elipsóide Prof. Anselmo C. de Paiva - DEINF-UFMA - Introdução a GIS 12 6

7 2 Georeferências -> Modelos da Terra->Formato da Terra ATerra como um Elipsóide 2 Georeferências -> Modelos da Terra->Datum Modelos da Terra e Datums Datum Base para a definição precisa de posições sobre a superfície no contexto de um elipsóide de referência. Prof. Anselmo C. de Paiva - DEINF-UFMA - Introdução a GIS 14 7

8 2 Georeferências -> Modelos da Terra->Datum Datum Exemplos: WGS84 (The world geodetic system of 1984) North American Datum NAD27 e NAD83. South American Datum SAD-69 atual datum planimétrico brasileiro m de raio equatorial 1/298,25 de achatamento Córrego Alegre antigo datum planimétrico brasileiro m de raio equatorial 1/297 de achatamento Na prática ambos são atuais e utilizados! Prof. Anselmo C. de Paiva - DEINF-UFMA - Introdução a GIS 15 2 Georeferências -> Modelos da Terra->Datum Datum Prof. Anselmo C. de Paiva - DEINF-UFMA - Introdução a GIS 16 8

9 2 Georeferências -> Modelos da Terra->Coord. Geográficas Coordenadas Geográficas Prime Meridian Parallels Equator Meridians Prime Meridian Prof. Anselmo C. de Paiva - DEINF-UFMA - Introdução a GIS 17 2 Georeferências -> Modelos da Terra->Coord. Geográficas Coordenadas Geográficas Sistema latitude/longitude latitude: de 90 graus sul a 90 graus norte longitude: 180 graus oeste a 180 graus leste. Paralelos : uma linha com latitude constante indo de leste para oeste. Meridianos: uma linha com longitude constante indo do polo norte ao polo sul. Meridiano de longitude zero: passa em Greenwich, Inglaterra. Prof. Anselmo C. de Paiva - DEINF-UFMA - Introdução a GIS 18 9

10 2 Georeferências -> Modelos da Terra->Coord. Geográficas Coordenadas Geográficas Prof. Anselmo C. de Paiva - DEINF-UFMA - Introdução a GIS 19 2 Georeferências -> Modelos da Terra->Coord. Geográficas Coordenadas Geográficas Prof. Anselmo C. de Paiva - DEINF-UFMA - Introdução a GIS 20 10

11 2 Georeferências -> Modelos da Terra->Coord. Geográficas Coordenadas Geográficas como Dados Prof. Anselmo C. de Paiva - DEINF-UFMA - Introdução a GIS 21 2 Georeferências -> Projeções Projeções Prof. Anselmo C. de Paiva - DEINF-UFMA - Introdução a GIS 22 11

12 2 Georeferências -> Projeções Projeções Globos são bons mas: não são portáteis são caros difíceis de usar para navegação formas corretas somente próximo ao olho não cabem na tela de um GIS Solução Mapas planos Prof. Anselmo C. de Paiva - DEINF-UFMA - Introdução a GIS 23 2 Georeferências -> Projeções Processo de Projeção Prof. Anselmo C. de Paiva - DEINF-UFMA - Introdução a GIS 24 12

13 2 Georeferências -> Projeções Projeções Prof. Anselmo C. de Paiva - DEINF-UFMA - Introdução a GIS 25 2 Georeferências -> Projeções Projeções Transformação do elipsóide ou esfera de referência em um mapa 2D Podem ser em superfícies planas ou em superfícies quádricas, e.g. cilindro ou cone. Apresentam linhas sem distorções secante linha secante não apresenta distorção Prof. Anselmo C. de Paiva - DEINF-UFMA - Introdução a GIS 26 13

14 2 Georeferências -> Projeções Projeções Podem ser baseadas em eixos paralelos aos eixos de rotação da terra (equatorial) 90 graus com eixos paralelos (transversa) outro ângulo (obliqua). Tipos: Conforme preserva a forma das áreas Áreaequivalente preserva as áreas Equidistante preserva distâncias Direção correta (azimuthal) direções corretas Nãoháprojeçãoplanaquesejaconformee área equivalente simultaneamente. Mapas em GIS devem estar na mesma projeção para podermos comparar. 2 Georeferências -> Projeções Tipos de Projeção Superfície ou figura de referência esfera, elipsóide Superfície de projeção plano, cone, cilindro, poliedro Posição da superfície de projeção normal ou equatorial, oblíqua, transversa Método de construção projetivo, analítico, convencional Prof. Anselmo C. de Paiva - DEINF-UFMA - Introdução a GIS 28 14

15 2 Georeferências -> Projeções Projeções: Superfícies Prof. Anselmo C. de Paiva - DEINF-UFMA - Introdução a GIS 29 2 Georeferências -> Projeções Tipos de Projeção Projeções planas ou azimutais plano tangente ou secante Ex: estereográfica polar, azimutal de Lambert Projeções cônicas cone tangente ou secante Ex: cônica de Lambert, cônica de Albers Projeções cilíndricas cilindro tangente ou secante Ex: UTM, Mercator, Miller Prof. Anselmo C. de Paiva - DEINF-UFMA - Introdução a GIS 30 15

16 Projeções 2 Georeferências -> Projeções Projeções Cônicas Prof. Anselmo C. de Paiva - DEINF-UFMA - Introdução a GIS 32 16

17 2 Georeferências -> Projeções Projeções Cônicas Distorção mínima entre os paralelos padrão Bom para áreas na direção Leste-oeste Prof. Anselmo C. de Paiva - DEINF-UFMA - Introdução a GIS 33 2 Georeferências -> Projeções Projeções Cônicas Albers Equal Area Áreas proporcionais às da terra Distorção mínima entre paralelos padrão Bom para áreas grandes na direção leste-oeste Bom para baixas latitudes média Prof. Anselmo C. de Paiva - DEINF-UFMA - Introdução a GIS 34 17

18 2 Georeferências -> Projeções Projeções Azimutais Prof. Anselmo C. de Paiva - DEINF-UFMA - Introdução a GIS 35 2 Georeferências -> Projeções Projeções Cilíndricas Prof. Anselmo C. de Paiva - DEINF-UFMA - Introdução a GIS 36 18

19 2 Georeferências -> Projeções Projeções Cilíndricas Distorção mínima próximo ao meridiano central Bom para áreas se extendedo na direção N-S Conforme, boa para navegação (como a normal de Mercator) Prof. Anselmo C. de Paiva - DEINF-UFMA - Introdução a GIS 37 2 Georeferências -> Projeções Resumo de Projeções 19

20 2 Georeferências -> Projeções Exemplos: Projeção Cônica Secante Paralelos padrão: onde o cone toca o globo 2 Georeferências -> Projeções Outras Projeções Secantes 20

21 2 Georeferências ->Projeções Parâmetros de Projeção Figura de referência (elipsóide ou esfera) datum planimétrico Paralelo padrão (latitude reduzida) deformações nulas verdadeira grandeza Longitude origem (meridiano central) posição do eixo Y das coordenadas planas Latitude origem posição do eixo X das coordenadas planas Escala Prof. Anselmo C. de Paiva - DEINF-UFMA - Introdução a GIS 41 2 Georeferências -> Projeções Parâmetros de projeção Informação especificada de modo a definir a projeção do mapa. Definida no GIS para adequar a projeção para a área de interesse. Detalhes: paralelo padrão Meridiano central Leste e norte falso Nomenclatura varia de acordo com o GIS Prof. Anselmo C. de Paiva - DEINF-UFMA - Introdução a GIS 42 21

22 2 Georeferências -> Projeções Principais projeções no Brasil UTM (Universal Transverse Mercator) cartas topográficas Mercator cartas náuticas Cônica conforme de Lambert cartas ao milionésimo cartas aeronáuticas Policônica mapas temáticos mapas políticos Prof. Anselmo C. de Paiva - DEINF-UFMA - Introdução a GIS 43 2 Georeferências ->Projeções Outras projeções importantes Cilíndrica equidistante apresentação de dados em GIS; mapas mundi; Estereográfica polar substitui a UTM nas regiões polares; Cônica conforme bipolar oblíqua mapa político das Américas; Cônica equivalente de Albers cálculo de área em GIS; Prof. Anselmo C. de Paiva - DEINF-UFMA - Introdução a GIS 44 22

23 2 Georeferências -> Projeções Comparação de Projeções Prof. Anselmo C. de Paiva - DEINF-UFMA - Introdução a GIS 45 Prof. Anselmo C. de Paiva - DEINF-UFMA - Introdução a GIS 46 23

24 2 Georeferências -> Projeções Comparação de Projeções Prof. Anselmo C. de Paiva - DEINF-UFMA - Introdução a GIS 47 2 Georeferências -> Sistemas de Coordenadas Sistemas de Coordenadas Método padrão para associar códigos a posições de modo a localiza-las. Sistemas de coordenadas padrão usam posições absolutas Sistemas de Coordenadas: UTM State Plane Coordinate Systems Public Land Survey System 24

25 2 Georeferências -> Sistemas de Coordenadas Sistema de Coordenadas UTM UTM - Universal Transverse Mercator Coordinate não é uma projeção projeção utilizada: Transversa de Mercator Mundo é dividido em 60 zonas com seis graus de largura Zonas largas boas para estudo de grandes áreas Mas, coordenadas discontínuas nas bordas das zonas De 80 S a 84 N Zonas numeradas 1-60 (N&S), W-E, iniciando em 180 W Prof. Anselmo C. de Paiva - DEINF-UFMA - Introdução a GIS 49 2 Georeferências -> Sistemas de Coordenadas Sistema de Coordenadas UTM para transformar lat-long em UTM, informa: número da zona UTM, datum, unidade do sistema de coordenadas Sem parâmetros de projeção Prof. Anselmo C. de Paiva - DEINF-UFMA - Introdução a GIS 50 25

26 2 Georeferências -> Sistemas de Coordenadas 2 Georeferências -> Sistemas de Coordenadas Sistema de Coordenadas UTM Prof. Anselmo C. de Paiva - DEINF-UFMA - Introdução a GIS 52 26

27 2 Georeferências -> Sistemas de Coordenadas Pontos chave para GIS Todos os dados devem estar na mesma projeção ou em coordenadas geográficas ( com o mesmo datum) Todos os dados devem usar as mesmas unidades para coordenadas graus, metros, pés Não calcule áreas usando latitude e longitude Prof. Anselmo C. de Paiva - DEINF-UFMA - Introdução a GIS 53 27

FUNDAMENTOS DE CARTOGRAFIA PARA GEOPROCESSAMENTO

FUNDAMENTOS DE CARTOGRAFIA PARA GEOPROCESSAMENTO FUNDAMENTOS DE CARTOGRAFIA PARA GEOPROCESSAMENTO NATUREZA DOS DADOS ESPACIAIS Julio Cesar Lima d Alge z Introdução z Conceitos de Geodésia z Sistemas de coordenadas z Projeções cartográficas z Transformações

Leia mais

Sistema de Informação Geográfica

Sistema de Informação Geográfica Sistema de Informação Geográfica Curso de Sistemas de Informação Karla Donato Fook karladf@ifma.edu.br DESU / DAI 2016 Fundamentos de Cartografia para o Geoprocessamento 2 1 Geoprocessamento Área do conhecimento

Leia mais

Sistema de Informação Geográfica

Sistema de Informação Geográfica Sistema de Informação Geográfica Curso de Sistemas de Informação Karla Donato Fook karladf@ifma.edu.br DESU / DComp 2017 Fundamentos de Cartografia para o Geoprocessamento 2 1 Geoprocessamento Área do

Leia mais

PROJEÇÕES. Prof. Dr. Elódio Sebem Curso Superior de Tecnologia em Geoprocessamento Colégio Politécnico - Universidade Federal de Santa Maria

PROJEÇÕES. Prof. Dr. Elódio Sebem Curso Superior de Tecnologia em Geoprocessamento Colégio Politécnico - Universidade Federal de Santa Maria PROJEÇÕES Prof. Dr. Elódio Sebem Curso Superior de Tecnologia em Geoprocessamento Colégio Politécnico - Universidade Federal de Santa Maria Todos os mapas são representações aproximadas da superfície terrestre.

Leia mais

PROJEÇÕES CARTOGRÁFICAS

PROJEÇÕES CARTOGRÁFICAS Uma projeção cartográfica consiste num conjunto de linhas (paralelos e meridianos), que formam uma rede, sobre a qual são representados os elementos do mapa. Todos os mapas e/ou cartas são representações

Leia mais

FORMA DA TERRA E SISTEMAS DE REFERÊNCIA

FORMA DA TERRA E SISTEMAS DE REFERÊNCIA FORMA DA TERRA E SISTEMAS DE REFERÊNCIA Prof. Luciene Delazari Grupo de Pesquisa em Cartografia e SIG da UFPR SIG aplicado ao Meio Ambiente 2011 Por que é preciso ter conhecimento a respeito de cartografia

Leia mais

GEOPROCESSAMENTO APLICADO À AGRONOMIA AULA 2

GEOPROCESSAMENTO APLICADO À AGRONOMIA AULA 2 GEOPROCESSAMENTO APLICADO À AGRONOMIA AULA 2 1. IDENTIFICAÇÃO Disciplina: Geoprocessamento Aplicado Semestre: 5º Créditos: 2.0.2.0 Carga Horária: 60h Período Letivo: 2015/1 Docente Responsável: Vinicius

Leia mais

DADOS GEOGRÁFICOS. Prof. Anselmo C. de Paiva Prof. Geraldo Braz Junior Depto de Informática

DADOS GEOGRÁFICOS. Prof. Anselmo C. de Paiva Prof. Geraldo Braz Junior Depto de Informática DADOS GEOGRÁFICOS Prof. Anselmo C. de Paiva Prof. Geraldo Braz Junior Depto de Informática ROTEIRO 1. Dado Espacial 2. Dado Geográfico Representação Níveis de abstração Escala Níveis de medida Posição

Leia mais

Aula 2 Sistemas de Coordenadas & Projeções Cartográficas. Flávia F. Feitosa

Aula 2 Sistemas de Coordenadas & Projeções Cartográficas. Flávia F. Feitosa Aula 2 Sistemas de Coordenadas & Projeções Cartográficas Flávia F. Feitosa Disciplina PGT 035 Geoprocessamento Aplicado ao Planejamento e Gestão do Território Junho de 2015 Dados Espaciais são Especiais!

Leia mais

Sistemas de Coordenadas

Sistemas de Coordenadas Sistemas de Coordenadas Um objeto geográfico qualquer, como uma cidade, a foz de um rio, ou o pico de uma montanha, somente poderá ser localizado se for possível descrevê-lo em relação a outros objetos

Leia mais

As projeções cartográficas são formas ou técnicas de representar a superfície terrestre em mapas.

As projeções cartográficas são formas ou técnicas de representar a superfície terrestre em mapas. PROJEÇÕES CARTOGRÁFICAS PROJEÇÕES CARTOGRÁFICAS As projeções cartográficas são formas ou técnicas de representar a superfície terrestre em mapas. Diz respeito às técnicas de representação da superfície

Leia mais

UNICAP Universidade Católica de Pernambuco Laboratório de Topografia de UNICAP LABTOP Topografia 1. Coordenadas Aula 1

UNICAP Universidade Católica de Pernambuco Laboratório de Topografia de UNICAP LABTOP Topografia 1. Coordenadas Aula 1 UNICAP Universidade Católica de Pernambuco Laboratório de Topografia de UNICAP LABTOP Topografia 1 Coordenadas Aula 1 Recife, 2014 Sistema de Coordenadas Um dos principais objetivos da Topografia é a determinação

Leia mais

O local de cruzamento de um meridiano e de um paralelo é chamado de intersecção, é a coordenada.

O local de cruzamento de um meridiano e de um paralelo é chamado de intersecção, é a coordenada. O local de cruzamento de um meridiano e de um paralelo é chamado de intersecção, é a coordenada. Na antiguidade os navegadores precisavam dominar bem a cartografia. Abaixo temos algumas notações: Considerando

Leia mais

ESCALAS ESCALAS. Cartografia conceitos básicos. Prof. Luciene Delazari. l E L E N

ESCALAS ESCALAS. Cartografia conceitos básicos. Prof. Luciene Delazari. l E L E N Cartografia conceitos básicos Prof. Luciene Delazari Introdução ao SIG Agronomia ESCALAS ESCALA é a relação entre o comprimento na representação e o comprimento horizontal correspondente no terreno. As

Leia mais

8 -SISTEMA DE PROJEÇÃO UNIVERSAL TRANSVERSA DE MERCATOR - UTM

8 -SISTEMA DE PROJEÇÃO UNIVERSAL TRANSVERSA DE MERCATOR - UTM 8 -SISTEMA DE PROJEÇÃO UNIVERSAL TRANSVERSA DE MERCATOR - UTM Introdução: histórico; definições O Sistema de Projeção UTM é resultado de modificação da projeção Transversa de Mercator (TM) que também é

Leia mais

Cartografia Projeções Cartográficas Mais Usadas e Sistema UTM

Cartografia Projeções Cartográficas Mais Usadas e Sistema UTM Cartografia Projeções Cartográficas Mais Usadas e Sistema UTM Prof. João Fernando Custodio da Silva Departamento de Cartografia www2.fct.unesp.br/docentes/carto/joaofernando Introdução Existem muitas e

Leia mais

Projeções Cartográficas. Profa. Dra. Rúbia Gomes Morato Prof. Dr. Reinaldo Paul Pérez Machado

Projeções Cartográficas. Profa. Dra. Rúbia Gomes Morato Prof. Dr. Reinaldo Paul Pérez Machado Projeções Cartográficas Profa. Dra. Rúbia Gomes Morato Prof. Dr. Reinaldo Paul Pérez Machado O que são projeções cartográficas? Podemos definir um projeção como sendo um sistema plano de meridianos e paralelos,

Leia mais

UFGD FCA PROF. OMAR DANIEL BLOCO 1.1 NOÇÕES DE CARTOGRAFIA

UFGD FCA PROF. OMAR DANIEL BLOCO 1.1 NOÇÕES DE CARTOGRAFIA UFGD FCA PROF. OMAR DANIEL BLOCO 1.1 NOÇÕES DE CARTOGRAFIA (Copyright 1991-2006 SPRING - DPI/INPE) 1 (Para uso no SPRING) 1 - Sistemas de Coordenadas Um objeto geográfico qualquer, como uma cidade, a foz

Leia mais

Mapeamento do uso do solo

Mapeamento do uso do solo Multidisciplinar Mapeamento do uso do solo para manejo de propriedades rurais Allan Arnesen Frederico T. Genofre Marcelo Pedroso Curtarelli CAPÍTULO 1 Conceitos básicos de cartografia e SIG 1. Introdução

Leia mais

FUNDAMENTOS DE PROJEÇÃO CARTOGRÁFICA

FUNDAMENTOS DE PROJEÇÃO CARTOGRÁFICA UNIVERSIDADE FEDERAL DO PAMPA CURSO DE ENGENHARIA DE AGRIMENSURA FUNDAMENTOS DE PROJEÇÃO CARTOGRÁFICA Professor: Leonard Niero da Silveira leonardsilveira@unipampa.edu.br As projeções cartográficas nasceram

Leia mais

FUNDAMENTOS DE CARTOGRAFIA PARA GEOPROCESSAMENTO

FUNDAMENTOS DE CARTOGRAFIA PARA GEOPROCESSAMENTO FUNDAMENTOS DE CARTOGRAFIA PARA GEOPROCESSAMENTO NATUREZA DOS DADOS ESPACIAIS Julio Cesar Lima d Alge Introdução Conceitos de Geodésia Sistemas de coordenadas Projeções cartográficas Transformações geométricas

Leia mais

Sistemas de posicionamento

Sistemas de posicionamento Sistemas de posicionamento Sistemas de Posicionamento Directo ou de Referência por Coordenadas.Propriedades das projecções.transformações entre sistemas de coordenadas (Molodensky, Bursa-Wolf). Qual é

Leia mais

Mapeamento do uso do solo para manejo de propriedades rurais

Mapeamento do uso do solo para manejo de propriedades rurais 1/45 Mapeamento do uso do solo para manejo de propriedades rurais Teoria Eng. Allan Saddi Arnesen Eng. Frederico Genofre Eng. Marcelo Pedroso Curtarelli 2/45 Conteúdo programático: Capitulo 1: Conceitos

Leia mais

Geomática. Cartografia para Engenharia Ambiental. As Projeções Cartográficas Classificação das Projeções. O problema da representação

Geomática. Cartografia para Engenharia Ambiental. As Projeções Cartográficas Classificação das Projeções. O problema da representação Geomática Cartografia para Engenharia Ambiental Prof. Alex Mota dos Santos Castro (2004) O problema da representação Em síntese, a Cartografia trata das normas para representação dos elementos da superfície

Leia mais

Sistemas de Referência Espacial. Lubia Vinhas

Sistemas de Referência Espacial. Lubia Vinhas Sistemas de Referência Espacial Lubia Vinhas Exemplo 3 pessoas foram ao campo, com diferentes equipamentos, para localizar 2 pontos de interesse e voltaram com as seguintes medições: PESSOA 1 PESSOA 2

Leia mais

PRINCÍPIOS DE CARTOGRAFÍA BÁSICA

PRINCÍPIOS DE CARTOGRAFÍA BÁSICA PRINCÍPIOS DE CARTOGRAFÍA BÁSICA VOLUME No. 1 (Capitulos 1 a 7) da Série PRINCÍPIOS DE CARTOGRAFÍA Editor Coordenador: Paul S. Anderson Incluindo Capítulos Traduzidos do Livro Maps, Distortion and Meaning

Leia mais

CONCEITOS DE CARTOGRAFIA

CONCEITOS DE CARTOGRAFIA CONCEITOS DE CARTOGRAFIA XIV CURSO DE USO ESCOLAR DE SENSORIAMENTO REMOTO NO ESTUDO DO MEIO AMBIENTE Julio Cesar de Oliveira Julho 2011 SUMÁRIO 1 Introdução 2 Tipos de Representações Cartográficas 3 -

Leia mais

Orientação, Coordenadas Geográficas Projeção UTM Universal transversa de Mercator

Orientação, Coordenadas Geográficas Projeção UTM Universal transversa de Mercator Prof. Dra. Mariana Soares Domingues Orientação, Coordenadas Geográficas Projeção UTM Universal transversa de Mercator ACH1056 Fundamentos de Cartografia O verbo orientar está relacionado com a busca do

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA CENTRO DE CIÊNCIAS RURAIS ENGENHARIA RURAL

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA CENTRO DE CIÊNCIAS RURAIS ENGENHARIA RURAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA CENTRO DE CIÊNCIAS RURAIS ENGENHARIA RURAL CARTOGRAFIA Aula I Os slides desta apresentação foram elaborados pelo Eng. Agr. M.Sc. Pedro Otávio Felipe e Eng. Agr. M.Sc.

Leia mais

TOPOGRAFIA E ELEMENTOS DA GEODÉSIA AULA 1

TOPOGRAFIA E ELEMENTOS DA GEODÉSIA AULA 1 E ELEMENTOS DA GEODÉSIA AULA 1 IDENTIFICAÇÃO Disciplina: Topografia Semestre: 3º Créditos: 2.0.0.2.0 Carga Horária: 60 h Período Letivo: 2015/2 Docente Responsável: VINICIUS MELO NOGUEIRA SILVA Contato:

Leia mais

OS SISTEMAS UTM, RTM, LTM, GAUSS-KRÜGER E PLANO TOPOGRÁFICO LOCAL

OS SISTEMAS UTM, RTM, LTM, GAUSS-KRÜGER E PLANO TOPOGRÁFICO LOCAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PAMPA CURSO DE ENGENHARIA DE AGRIMENSURA OS SISTEMAS UTM, RTM, LTM, GAUSS-KRÜGER E PLANO TOPOGRÁFICO LOCAL Professor: Leonard Niero da Silveira leonardsilveira@unipampa.edu.br O

Leia mais

Projeções cartográficas

Projeções cartográficas Projeções cartográficas - Não há como transformar uma superfície esférica em um mapa plano sem que ocorram distorções. - Cada projeção é adequada a um tipo de aplicação -Na impossibilidade de se desenvolver

Leia mais

Características Básicas dos Mapas

Características Básicas dos Mapas Características Básicas dos Mapas Localização e Atributos Localização: dada por suas posições no espaço (coordenadas) bidimensional ou tridimensional. Atributos: qualidades ou magnitudes, ou variável temática,

Leia mais

11/11/2013. Professor

11/11/2013. Professor UniSALESIANO Centro Universitário Católico Salesiano Auxilium Curso de Engenharia Civil Disciplina: Topografia II Introdução à Geodésia Prof. Dr. André Luís Gamino Professor Definição: - Geodésia é a ciência

Leia mais

Mapas são representações totais ou parciais da superfície terrestre em um plano, em uma determinada escala.

Mapas são representações totais ou parciais da superfície terrestre em um plano, em uma determinada escala. 1 1 Projeção Cartográfica é a técnica de projetar a superfície da Terra, admitida como esférica ou elipsóidica, em um plano. A projeção cartográfica é definida por um Modelo da Superfície Terrestre e pelo

Leia mais

Geomática. Cartografia para Engenharia Ambiental. Prof. Alex Mota dos Santos

Geomática. Cartografia para Engenharia Ambiental. Prof. Alex Mota dos Santos Geomática Cartografia para Engenharia Ambiental Prof. Alex Mota dos Santos Castro (2004) O problema da representação Em síntese, a Cartografia trata das normas para representação dos elementos da superfície

Leia mais

A GEOMETRIA DO GLOBO TERRESTRE

A GEOMETRIA DO GLOBO TERRESTRE Sumário A GEOMETRIA DO GLOBO TERRESTRE Grupo de Pesquisa em Matemática para o Ensino Médio GPMatEM Prof Luciana Martino: lulismartino@gmail.com Prof Marcos: profmarcosjose@gmail.com Prof Maria Helena:

Leia mais

Noções de Cartografia

Noções de Cartografia Noções de Cartografia Conteúdo Conceitos de Cartografia Definição de Mapa Datum Sistema de Referência Coordenadas Geográficas Sistema de Projeção Classificação das Projeções O Sistema de Projeção UTM Mapeamento

Leia mais

Informe A: Carta Geográfica Georeferenciada do Jardim Botânico de Cubatão

Informe A: Carta Geográfica Georeferenciada do Jardim Botânico de Cubatão CONSULTORIA (EQUIPE 3) JARDIM BOTÂNICO DE CUBATÃO Atendendo ao Termo de Referência BR-T1117/BID Desenvolvimento de métodos e modelos de manejo e recuperação ambiental em áreas degradadas por reassentamento

Leia mais

EXERCÍCIO DE CARTOGRAFIA Projeções Cartográficas

EXERCÍCIO DE CARTOGRAFIA Projeções Cartográficas EXERCÍCIO DE CARTOGRAFIA Projeções Cartográficas De maneira geral, a ênfase na produção dos mapas é dada no aprendizado da parte operacional dos softwares de SIG em detrimento do aprendizado dos princípios

Leia mais

A planta possui linhas horizontais (letras) e verticais (números) que facilitam a localização de ruas, praças e logradouros.

A planta possui linhas horizontais (letras) e verticais (números) que facilitam a localização de ruas, praças e logradouros. A planta possui linhas horizontais (letras) e verticais (números) que facilitam a localização de ruas, praças e logradouros. Qualquer região da superfície terrestre pode ser dividida por linhas horizontais

Leia mais

Projeções Cartográficas. Cartografia Prof. Dr. Raoni W. D. Bosquilia

Projeções Cartográficas. Cartografia Prof. Dr. Raoni W. D. Bosquilia Projeções Cartográficas Cartografia Prof. Dr. Raoni W. D. Bosquilia SEMINÁRIO 20 min cada DIA 24/11/2017 4 grupos (5 alunos) + TRABALHO ESCRITO (resumo crítico de 1 artigo com 4 a 5 páginas, escrito com

Leia mais

Breve Introdução à Informação Geográfica. João Carreiras Geo-DES jmbcarreiras@iict.pt

Breve Introdução à Informação Geográfica. João Carreiras Geo-DES jmbcarreiras@iict.pt Breve Introdução à Informação Geográfica João Carreiras Geo-DES jmbcarreiras@iict.pt Resumo 1 Informação Geográfica 2 Características da Informação Geográfica 3 Conceito de Escala 4 Coordenadas, Projecções

Leia mais

Sistemas de Projeções Cartográficas:

Sistemas de Projeções Cartográficas: Sistemas de Projeções Cartográficas: Todos os mapas são representações aproximadas da superfície terrestre. Isto ocorre porque não se pode passar de uma superfície curva para uma superfície plana sem que

Leia mais

Coordenadas Geográficas

Coordenadas Geográficas Coordenadas Geográficas Coordenadas Geográficas É a posição exata no globo terrestre Intersecção entre latitude e longitude Paralelos Linhas paralelas a Linha do Equador Trópico de Capricórnio Hemisfério

Leia mais

Sistemas de Coordenadas

Sistemas de Coordenadas Projeção cartográfica Quanto as propriedades espaciais Conformes os ângulos são mantidos idênticos (na esfera e no plano) e as áreas são deformadas. Sistemas de Coordenadas Equivalentes quando as áreas

Leia mais

GPS REPRESENTAÇÃO DA TERRA

GPS REPRESENTAÇÃO DA TERRA GPS REPRESENTAÇÃO DA TERRA Macedo, M.Sc. Poli, Brasil.. 2014 2/24 Qual a Forma da Durante muito tempo adotou-se a com a forma plana, onde em qualquer momento se chegaria ao fim do oceano, em um grande

Leia mais

Geodésia. Coordenadas Geográficas. Declinação Magnética. Latitude (NS) e Longitude (EW) 09/06/2015. Paralelos e Meridianos

Geodésia. Coordenadas Geográficas. Declinação Magnética. Latitude (NS) e Longitude (EW) 09/06/2015. Paralelos e Meridianos Geodésia Geodésia é a ciência que estuda a forma, as dimensões, o campo de gravidade da Terra e sua variações temporais. A complexidade da geometria e da distribuição da massa terrestre conduzem a utilização

Leia mais

Geomática Aplicada à Engenharia Civil Fundamentos Teóricos e Práticos. Cartografia Básica e Fotogrametria

Geomática Aplicada à Engenharia Civil Fundamentos Teóricos e Práticos. Cartografia Básica e Fotogrametria Geomática Aplicada à Engenharia Civil Fundamentos Teóricos e Práticos Cartografia Básica e Fotogrametria Definição Cartografia preocupa-se em apresentar um modelo de representação de dados para os processos

Leia mais

Professores: Jaime, Clodoaldo

Professores: Jaime, Clodoaldo Professores: Jaime, Clodoaldo Ciência que abrange os fenômenos humanos e naturais, como condições ambientais(clima, vegetação, relevo, hidrografia) e as relações humanas Ela descreve e interpreta de maneira

Leia mais

Aula 00. Geoprocessamento para Analista do IBGE. GEOPROCESSAMENTO PARA ANALISTA DO IBGE Noções Básicas de Cartografia. Professor: Giancarlo Chelotti

Aula 00. Geoprocessamento para Analista do IBGE. GEOPROCESSAMENTO PARA ANALISTA DO IBGE Noções Básicas de Cartografia. Professor: Giancarlo Chelotti Aula 00 GEOPROCESSAMENTO PARA ANALISTA DO IBGE Noções Básicas de Cartografia Professor: Giancarlo Chelotti www.pontodosconcursos.com.br 1 Aula 00 Aula Demonstrativa Aula Conteúdo Programático Data 00 Noções

Leia mais

Conceitos de Cartografia e GPS em Celular

Conceitos de Cartografia e GPS em Celular XVIII Curso de Uso Escolar de Sensoriamento Remoto no Estudo do Meio Ambiente Conceitos de Cartografia e GPS em Celular Laércio Massaru Namikawa Mapa e Geoprocessamento Necessidade de compartilhar informações

Leia mais

Apostila de Geografia 10 Cartografia

Apostila de Geografia 10 Cartografia Apostila de Geografia 10 Cartografia 1.0 Definições Cartografia Ciência que estuda a representação total ou parcial da Terra. Produto final: mapas ou globos terrestres. Mapas Superfícies planas onde a

Leia mais

TOPOGRAFIA MEDIDAS E REFERÊNCIAS: FORMA DA TERRA

TOPOGRAFIA MEDIDAS E REFERÊNCIAS: FORMA DA TERRA TOPOGRAFIA MEDIDAS E REFERÊNCIAS: FORMA DA TERRA Prof. Dr. Daniel Caetano 2014-1 Objetivos Conhecer as formas de representar a Terra Conhecer os erros envolvidos Conhecer algumas das referências usadas

Leia mais

TOPOGRAFIA MEDIDAS E REFERÊNCIAS: FORMA DA TERRA

TOPOGRAFIA MEDIDAS E REFERÊNCIAS: FORMA DA TERRA TOPOGRAFIA MEDIDAS E REFERÊNCIAS: FORMA DA TERRA Prof. Dr. Daniel Caetano 2013-2 Objetivos Conhecer as formas de representar a Terra Conhecer os erros envolvidos Conhecer algumas das referências usadas

Leia mais

Noções Básicas de Cartografia

Noções Básicas de Cartografia Noções Básicas de Cartografia 1. Introdução O conceito de Cartografia foi estabelecido em 1966 pela Associação Cartográfica Internacional (ACI), e ratificado pela UNESCO, no mesmo ano: "A Cartografia apresenta-se

Leia mais

UNICAP Universidade Católica de Pernambuco Laboratório de Topografia de UNICAP LABTOP Topografia 1. Coordenadas UTM

UNICAP Universidade Católica de Pernambuco Laboratório de Topografia de UNICAP LABTOP Topografia 1. Coordenadas UTM UNICAP Universidade Católica de Pernambuco Laboratório de Topografia de UNICAP LABTOP Topografia 1 Coordenadas UTM Recife, 2014 Modelo Plano Considera a porção da Terra em estudo com sendo plana. É a simplificação

Leia mais

CARTAS NÁUTICAS E POSICIONAMENTO

CARTAS NÁUTICAS E POSICIONAMENTO UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO INSTITUTO OCEANOGRÁFICO GRADUAÇÃO EM OCEANOGRAFIA DISCIPLINA 2100107: CARTAS NÁUTICAS E POSICIONAMENTO 16/MAI/2008 CT FERNANDO DE OLIVEIRA MARIN FOTO TIRADA DA APOLLO 17 EM 1972

Leia mais

PROJEÇÕES CARTOGRÁFICAS

PROJEÇÕES CARTOGRÁFICAS PROJEÇÕES CARTOGRÁFICAS O QUE SÃO AS PROJEÇÕES CARTOGRÁFICAS? Os sistemas de projeções constituem-se de uma fórmula matemática que transforma as coordenadas geográficas, a partir de uma superfície esférica,

Leia mais

GEODÉSIA BÁSICA. Noções de Coordenadas Geodésicas e UTM. Prof.Diogo Maia Prof.Fernando Botelho

GEODÉSIA BÁSICA. Noções de Coordenadas Geodésicas e UTM. Prof.Diogo Maia Prof.Fernando Botelho GEODÉSIA BÁSICA Noções de Coordenadas Geodésicas e UTM Prof.Diogo Maia Prof.Fernando Botelho GEODÉSIA BÁSICA??? Um mapa e especificamente uma planta topográfica é uma representação plana da superfície

Leia mais

AULA 4 SISTEMAS DE REFERÊNCIA

AULA 4 SISTEMAS DE REFERÊNCIA AULA 4 SISTEMAS DE REFERÊNCIA Objetivos TOPOGRAFIA Gerais Visão geral de Sistemas de Referência Específicos Sistemas de Coordenadas; Sistema de Referência; Datum Geodésico; Sistemas de Referência De acordo

Leia mais

TOPOGRAFIA MEDIDAS E REFERÊNCIAS: FORMA DA TERRA

TOPOGRAFIA MEDIDAS E REFERÊNCIAS: FORMA DA TERRA TOPOGRAFIA MEDIDAS E REFERÊNCIAS: FORMA DA TERRA Prof. Dr. Daniel Caetano 2016-2 Objetivos Conhecer as formas de representar a Terra Conhecer algumas das referências e medidas usadas na topografia Conhecer

Leia mais

SISTEMAS DE COORDENADAS E PROJEÇÕES CARTOGRÁFICAS. Prof. M.Sc. César Vinícius Mendes Nery Email: vinicius.nery@ifnmg.edu.br Skipe: vinicius_nery

SISTEMAS DE COORDENADAS E PROJEÇÕES CARTOGRÁFICAS. Prof. M.Sc. César Vinícius Mendes Nery Email: vinicius.nery@ifnmg.edu.br Skipe: vinicius_nery SISTEMAS DE COORDENADAS E PROJEÇÕES CARTOGRÁFICAS Prof. M.Sc. César Vinícius Mendes Nery Email: vinicius.nery@ifnmg.edu.br Skipe: vinicius_nery Objetivos Ao final da aula o aluno deve: Comparar os modelos

Leia mais

Projeções Cartográficas. Profa. Ligia

Projeções Cartográficas. Profa. Ligia Projeções Cartográficas Profa. Ligia Introdução Como representar uma superfície curva em um plano? Projeção: estabelecimento de um método, segundo o qual, a cada ponto da superfície da Terra corresponda

Leia mais

Geografia Capítulo 2. Cartografia. Introdução

Geografia Capítulo 2. Cartografia. Introdução Geografia Capítulo 2 Cartografia Introdução Cartografia é a ciência voltada para o estudo da construção e interpretação de mapas. Nesta ciência estuda-se como representar uma área geográfica em uma superfície

Leia mais

Estudos Ambientais. Aula 4 - Cartografia

Estudos Ambientais. Aula 4 - Cartografia Estudos Ambientais Aula 4 - Cartografia Objetivos da aula Importância da cartografia; Conceitos cartográficos. O que é cartografia Organização, apresentação, comunicação e utilização da geoinformação nas

Leia mais

O que é a Projeção UTM?

O que é a Projeção UTM? 1 1 O que é a Projeção UTM? É a projeção Universal Transversa de Mercator. Assim como a Projeção de Mercator, é uma projeção cilíndrica. Como foi visto na aula de projeções, uma projeção transversa é aquela

Leia mais

Produzindo Mapas com Google Earth. Rita Mendes Bióloga Assessora SEAM/SEA Mestranda em Biodiversidade - JBRJ

Produzindo Mapas com Google Earth. Rita Mendes Bióloga Assessora SEAM/SEA Mestranda em Biodiversidade - JBRJ Produzindo Mapas com Google Earth Rita Mendes Bióloga Assessora SEAM/SEA Mestranda em Biodiversidade - JBRJ 2013 Noções Básicas Cartografia: Ciência e a arte de expressar graficamente, por meio de mapas

Leia mais

Cartografia GEOGRAFIA DAVI PAULINO

Cartografia GEOGRAFIA DAVI PAULINO Cartografia GEOGRAFIA DAVI PAULINO Curvas de Nível Mapas temáticos Representação de fenômenos e suas diversidades: Qualitativas: Representa os diferentes elementos cartográficos Ex: Rios, cidades, industrias,

Leia mais

Disciplina: Cartografia Profa. Dra. MARIA ISABEL CASTREGHINI DE FREITAS Aluno: 2) Qual a diferença entre projeções verdadeiras e redes convencionais?

Disciplina: Cartografia Profa. Dra. MARIA ISABEL CASTREGHINI DE FREITAS Aluno: 2) Qual a diferença entre projeções verdadeiras e redes convencionais? Câmpus de Rio Claro/SP Disciplina: Cartografia Profa. Dra. MARIA ISABEL CASTREGHINI DE FREITAS Aluno: PROJEÇÕES CARTOGRÁFICAS 1) O que você entende sobre projeção cartográfica? 2) Qual a diferença entre

Leia mais

SIMULADO DE GEOGRAFIA CURSINHO UECEVEST (ORIENTAÇÃO, FUSOS HORÁRIOS E CARTOGRAFIA) PROFESSOR RAONI VICTOR./DATA: 29/08/15

SIMULADO DE GEOGRAFIA CURSINHO UECEVEST (ORIENTAÇÃO, FUSOS HORÁRIOS E CARTOGRAFIA) PROFESSOR RAONI VICTOR./DATA: 29/08/15 SIMULADO DE GEOGRAFIA CURSINHO UECEVEST (ORIENTAÇÃO, FUSOS HORÁRIOS E CARTOGRAFIA) PROFESSOR RAONI VICTOR./DATA: 29/08/15 1. A distribuição de energia solar, ou insolação, depende dos movimentos de rotação

Leia mais

Cartografia Básica B Prof. Rodolfo Moreira de Castro Junior

Cartografia Básica B Prof. Rodolfo Moreira de Castro Junior Geomática Aplicada à Engenharia Civil Fundamentos Teóricos e Práticos Cartografia Básica B Prof. Rodolfo Moreira de Castro Junior 1 - Introdução DIFERENÇAS ENTRE PANTA,, CARTA E MAPA Planta: é uma carta

Leia mais

CARTOGRAFIA SISTEMÁTICA

CARTOGRAFIA SISTEMÁTICA CARTOGRAFIA SISTEMÁTICA PROJEÇÃO Universal Transversa de Mercator (UTM) COORDENADAS UTM Elaborado por: Andréia Medinilha Pancher e Maria Isabel Castreghini de Freitas SISTEMA DE PROJEÇÃO UNIVERSAL TRANSVERSA

Leia mais

INTRODUÇÃO À CARTOGRAFIA. Prof. Rogério da Mata

INTRODUÇÃO À CARTOGRAFIA. Prof. Rogério da Mata INTRODUÇÃO À CARTOGRAFIA A importância dos pontos de referência Pontos Cardeais: são pontos principais utilizados como padrão de localização ou pontos de referência. Através deles é possível localizar

Leia mais

PROJEÇÕES CARTOGRÁFICAS

PROJEÇÕES CARTOGRÁFICAS PROJEÇÕES CARTOGRÁFICAS 1. Introdução São utilizadas para desenhar sobre uma esfera um sistema de paralelos e meridianos. Sempre há deformações. O que é melhor: Mapas planos ou globos? Sua representação

Leia mais

SISTEMAS GEODÉSICOS DE REFERÊNCIA E

SISTEMAS GEODÉSICOS DE REFERÊNCIA E SISTEMAS GEODÉSICOS DE REFERÊNCIA E PROJEÇÕES CARTOGRÁFICAS GENERALIDADES Como representar a Terra esférica, se os mapas são planos? Como se localizar em qualquer ponto do planeta? Adotar uma superfície

Leia mais

CARTOGRAFIA. Sistemas de Coordenadas. Prof. Luiz Rotta

CARTOGRAFIA. Sistemas de Coordenadas. Prof. Luiz Rotta CARTOGRAFIA Sistemas de Coordenadas Prof. Luiz Rotta SISTEMA DE COORDENADAS Por que os sistemas de coordenadas são necessários? Para expressar a posição de pontos sobre uma superfície É com base em sistemas

Leia mais

ESCALAS. Uma carta ou mapa, só estará completa se trouxer seus elementos devidamente representados. Esta representação gera dois problemas:

ESCALAS. Uma carta ou mapa, só estará completa se trouxer seus elementos devidamente representados. Esta representação gera dois problemas: ESCALAS Uma carta ou mapa, só estará completa se trouxer seus elementos devidamente representados. Esta representação gera dois problemas: 1. A necessidade de reduzir as proporções dos acidentes à representar,

Leia mais

Exercícios Sistema de Coordenadas UTM

Exercícios Sistema de Coordenadas UTM UNICAP Universidade Católica de Pernambuco Exercícios Sistema de Coordenadas UTM Autores: Prof. Fernando José de Lima Botelho Prof. Eduardo Oliveira Barros Prof. Glauber Carvalho Costa Prof. Diogo Coelho

Leia mais

LABORATÓRIO DE GEOPROCESSAMENTO DIDÁTICO. Professora: Selma Regina Aranha Ribeiro

LABORATÓRIO DE GEOPROCESSAMENTO DIDÁTICO. Professora: Selma Regina Aranha Ribeiro LABORATÓRIO DE GEOPROCESSAMENTO DIDÁTICO Professora: Selma Regina Aranha Ribeiro Estagiários: Ricardo Kwiatkowski Silva / Carlos André Batista de Mello ESCALAS - AULA 3 Precisão Gráfica É a menor grandeza

Leia mais

Unidade 5. Escolha da Projeção Cartográfica

Unidade 5. Escolha da Projeção Cartográfica Unidade 5 Escolha da Projeção Cartográfica Forma Tamanho Localização geográfica da região geográfica Propósito Fator de escala do mapa Um dos problemas básicos da Cartografia O problema da projeção cartográfica

Leia mais

LABORATÓRIO DE GEOPROCESSAMENTO DIDÁTIC

LABORATÓRIO DE GEOPROCESSAMENTO DIDÁTIC LABORATÓRIO DE GEOPROCESSAMENTO DIDÁTICO Professora: Selma Regina Aranha Ribeiro Estagiários: Ricardo Kwiatkowski Silva / Carlos André Batista de Mello Forma da Terra Superfície Topográfica Forma verdadeira

Leia mais

Ferramentas de sensoriamento remoto e SIG aplicadas ao Novo Código Florestal

Ferramentas de sensoriamento remoto e SIG aplicadas ao Novo Código Florestal 1/53 Ferramentas de sensoriamento remoto e SIG aplicadas ao Novo Código Florestal Teoria Eng. Allan Saddi Arnesen Eng. Frederico Genofre Eng. Matheus Ferreira Eng. Marcelo Pedroso Curtarelli 2/53 Conteúdo

Leia mais

GEOGRAFIA. Prof. Daniel San.

GEOGRAFIA. Prof. Daniel San. GEOGRAFIA Prof. Daniel San daniel.san@lasalle.edu.br PROJEÇÕES CARTOGRÁFICAS, pág. 19 a 30 Técnicas destinadas a representar o globo que tem três dimensões em apenas duas (3D em 2D). Consiste num conjunto

Leia mais

LABORATÓRIO DE GEOPROCESSAMENTO DIDÁTIC

LABORATÓRIO DE GEOPROCESSAMENTO DIDÁTIC LABORATÓRIO DE GEOPROCESSAMENTO DIDÁTICO Professora: Selma Regina Aranha Ribeiro Estagiários: Ricardo Kwiatkowski Silva / Carlos André Batista de Mello AULA 6 E 7 Natureza dos dados espaciais Dados espaciais

Leia mais

GABARITO - Lista de exercícios complementares 3 - CARTOGRAFIA

GABARITO - Lista de exercícios complementares 3 - CARTOGRAFIA GABARITO - Lista de exercícios complementares 3 - CARTOGRAFIA 1ºEM GEOGRAFIA FÍSICA LUIZ GUSTAVO PROFÃO 2º Bimestre Utilize o material de apoio, disponível no site, para fazer esses exercícios. Observação:

Leia mais

GEOGRAFIA SÉRIE: 1º ano CARTOGRAFIA PARTE 1 Profº Luiz Gustavo Silveira

GEOGRAFIA SÉRIE: 1º ano CARTOGRAFIA PARTE 1 Profº Luiz Gustavo Silveira GEOGRAFIA SÉRIE: 1º ano CARTOGRAFIA PARTE 1 Profº Luiz Gustavo Silveira GEOGRAFIA FÍSICA CARTOGRAFIA PARTE 1 REPRESENTAÇÕES CARTOGRÁFICAS Tipos de representações cartográficas: por desenhos ou por imagens.

Leia mais

Assuntos abordados na oficina sábado - 22/09/2012

Assuntos abordados na oficina sábado - 22/09/2012 Assuntos abordados na oficina sábado - 22/09/2012 1. Bancos de dados (informatização) Sistemas, planilhas, formato dos campos 2. splinker Instalação, configuração, bkp arquivos config., acesso remoto,

Leia mais

Fundamentos de Cartografia A Rede Geográfica

Fundamentos de Cartografia A Rede Geográfica UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CENTRO DE CIÊNCIAS EXATAS E DA NATUREZA DEPARTAMENTO DE GEOCIÊNCIAS Disciplina: Leitura e Interpretação de Cartas Fundamentos de Cartografia A Rede Geográfica Prof. Dr.

Leia mais

CARTOGRAFIA. Carta Internacional do Mundo ao Milionésimo (CIM) Índice de nomenclatura e articulação de folhas. Prof. Luiz Rotta

CARTOGRAFIA. Carta Internacional do Mundo ao Milionésimo (CIM) Índice de nomenclatura e articulação de folhas. Prof. Luiz Rotta CARTOGRAFIA Carta Internacional do Mundo ao Milionésimo (CIM) Índice de nomenclatura e articulação de folhas Prof. Luiz Rotta CARTA INTERNACIONAL DO MUNDO AO MILIONÉSIMO Fornece subsídios para a execução

Leia mais

Universidade do Estado de Santa Catarina Departamento de Engenharia Civil. Cartografia. Profa. Adriana Goulart dos Santos

Universidade do Estado de Santa Catarina Departamento de Engenharia Civil. Cartografia. Profa. Adriana Goulart dos Santos Universidade do Estado de Santa Catarina Departamento de Engenharia Civil Cartografia Profa. Adriana Goulart dos Santos Geoprocessamento e Mapa Cartografia para Geoprocessamento Cartografia preocupa-se

Leia mais

O QUE É CARTOGRAFIA? É A TÉCNICA DE FAZER MAPAS. MAPA NÃO É MERO DESENHO E SIM UM CONJUNTO DE MOTIVO: NECESSIDADE DO HOMEM SE LOCALIZAR.

O QUE É CARTOGRAFIA? É A TÉCNICA DE FAZER MAPAS. MAPA NÃO É MERO DESENHO E SIM UM CONJUNTO DE MOTIVO: NECESSIDADE DO HOMEM SE LOCALIZAR. PROJEÇÕES CARTOGRÁFICAS (CARTOGRAFIA) O QUE É CARTOGRAFIA? É A TÉCNICA DE FAZER MAPAS. MAPA NÃO É MERO DESENHO E SIM UM CONJUNTO DE INFORMAÇÕES VISUAIS. MOTIVO: NECESSIDADE DO HOMEM SE LOCALIZAR. GA-SUR

Leia mais

Forma e Dimensões da Terra Prof. Rodolfo Moreira de Castro Junior

Forma e Dimensões da Terra Prof. Rodolfo Moreira de Castro Junior Topografia e Geomática Fundamentos Teóricos e Práticos AULA 02 Forma e Dimensões da Terra Prof. Rodolfo Moreira de Castro Junior Características Gerais da Terra A Terra gira em torno de seu eixo vertical

Leia mais

Conceitos cartográficos para trabalhar com SIG. Mobilização e Capacitação para Elaboração dos Planos Municipais da Mata Atlântica

Conceitos cartográficos para trabalhar com SIG. Mobilização e Capacitação para Elaboração dos Planos Municipais da Mata Atlântica Conceitos cartográficos para trabalhar com SIG Mapa Mapa - Representação, geralmente em escala e em meio plano, de uma relação de feições materiais ou abstratas da superfície da terra Mapa - Apresentação

Leia mais

CARTOGRAFIA CURSINHO TRIU- MARÇO 2016

CARTOGRAFIA CURSINHO TRIU- MARÇO 2016 CARTOGRAFIA CURSINHO TRIU- MARÇO 2016 NAVEGAR É PRECISO 2500 A.C. uma das primeiras representações de mapa, produzido na região da mesopotâmia. NAVEGAR É PRECISO Mapa do Salmo (1260) e Mappe-Monde (1707),

Leia mais

Os mapas são a tradução da realidade numa superfície plana.

Os mapas são a tradução da realidade numa superfície plana. Cartografia Desde os primórdios o homem tentou compreender a forma e as características do nosso planeta, bem como representar os seus diferentes aspectos através de croquis, plantas e mapas. Desenhar

Leia mais

Engenharia Civil Topografia e Geodésia. Curso Técnico em Edificações Topografia GEODÉSIA

Engenharia Civil Topografia e Geodésia. Curso Técnico em Edificações Topografia GEODÉSIA e Geodésia GEODÉSIA e Geodésia GEODÉSIA O termo Geodésia, em grego Geo = terra, désia = 'divisões' ou 'eu divido', foi usado, pela primeira vez, por Aristóteles (384-322 a.c.), e pode significar tanto

Leia mais

Geografia Prof. Davi Cartografia

Geografia Prof. Davi Cartografia Geografia Prof. Davi Cartografia EXERCÍCIOS 4. (Fuvest 2012) Observe os seguintes mapas do Brasil: 1. (UNIFEI) Em um mapa no qual a escala é de 1: 100 000, a distância em linha reta entre duas cidades

Leia mais

Cartografia Projeções Cartográficas

Cartografia Projeções Cartográficas Cartografia Projeções Cartográficas Prof. João Fernando Custodio da Silva Departamento de Cartografia www2.fct.unesp.br/docentes/carto/joaofernando Introdução Queremos representar o mundo - de proporções

Leia mais

18/11/2010 CURSO BÁSICO DE GPS CURSO BÁSICO DE GPS CURSO BÁSICO DE GPS CURSO BÁSICO DE GPS CURSO BÁSICO DE GPS CURSO BÁSICO DE GPS. Objetivo.

18/11/2010 CURSO BÁSICO DE GPS CURSO BÁSICO DE GPS CURSO BÁSICO DE GPS CURSO BÁSICO DE GPS CURSO BÁSICO DE GPS CURSO BÁSICO DE GPS. Objetivo. Objetivo Autos de Infração 2007 - SICAFI - Objetivo Objetivo Ponto coletado em WGS84 e reinserido em SAD69. Erro de 67.98 metros O Sistema GPS O Sistema GPS O sistema GPS foi desenvolvido pelo Departamento

Leia mais