Aparelho removível expansor com concha suspensa Celli-C idealizado para a correção da mordida aberta dentoalveolar anterior: confecção do aparelho

Save this PDF as:
Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Aparelho removível expansor com concha suspensa Celli-C idealizado para a correção da mordida aberta dentoalveolar anterior: confecção do aparelho"

Transcrição

1 rtigo Inédito parelho removível expansor com concha suspensa Celli-C idealizado para a correção da mordida aberta dentoalveolar anterior: confecção do aparelho Celli-C removable expander appliance with suspended shell designed to correct dentoalveolar anterior open bite: ppliance construction Cristiane Celli* Paulo Roberto dos Santos Pinto** Resumo bstract mordida aberta anterior pode ser definida como sendo o trespasse vertical negativo entre os dentes antagonistas anteriores. Esse tipo de má oclusão apresenta uma alta incidência em crianças e adolescentes e representa um problema de fácil solução quando interceptado precocemente. Ocasionada, geralmente, por hábitos deletérios, a mordida aberta anterior pode persistir mesmo após a remoção do fator etiológico primário, devido ao posicionamento atípico da língua. Existem diferentes terapias ortodônticas que podem ser empregadas para a correção da mordida aberta anterior e, cada vez mais, recursos mais estéticos e confortáveis têm sido fatores de excelência na escolha pelo tratamento ideal para a correção da má oclusão. O presente trabalho tem como objetivo apresentar um dispositivo que possibilita a correção da mordida aberta dentoalveolar anterior de modo mais estético e confortável que os aparelhos convencionais, o aparelho Celli-C, aparelho ortodôntico removível com concha suspensa. Nesse trabalho estão descritas as características do aparelho Celli-C, sua sequência de confecção, requisitos, indicações e contraindicações. nterior open bite can be defined as the negative overbite between antagonist anterior teeth. This type of malocclusion has a high incidence in children and adolescents and it is a problem of easy resolution when intercepted early. Usually caused by harmful habits, the anterior open bite may persist even after removal of the primary etiological factor due to the atypical position of the tongue. There are different orthodontic therapies that can be employed for the correction of anterior open bite, thus even more esthetics and comfort have been factors of excellence for choosing the ideal resource for the correction of malocclusion. This paper aims to present a resource that enables the correction of anterior alveolar open bite in a more esthetic and comfortable way than conventional appliance, the Celli-C appliance, a removable orthodontic appliance with suspended shell. In this work are described the characteristics of the Celli-C appliance, sequence of preparation, requirements, indication and contraindication. Palavras-chave: Mordida aberta. Má oclusão. Ortodontia. Keywords: Open bite. Malocclusion. Orthodontics. Como citar este artigo: Celli C, Pinto PRS. parelho removível expansor com concha suspensa Celli-C idealizado para a correção da mordida aberta dentoalveolar anterior: confecção do aparelho..» primeira autora, Dra. Cristiane Celli M. Santos Pinto, é idealizadora do aparelho Celli-C, apresentado nesse artigo. * Professora de Ortodontia, Curso de Graduação e Pós-Graduação, Oclusão e Disfunção de TM, Universidade de Ribeirão Preto. Professora de Ortodontia e Ortopedia Dentofacial, Fundação Educacional de arretos. ** Professor de Ortodontia, Curso de Graduação e Pós-Graduação, Faculdade de Odontologia de arretos e Universidade de Ribeirão Preto. 116

2 Celli C, Pinto PRS Introdução Encontrada de modo frequente na população infantil, a mordida aberta anterior pode ser definida como a má oclusão que apresenta uma dimensão vertical negativa entre as bordas incisais dos dentes anteriores superiores e inferiores 1. mordida aberta anterior resulta da interação de vários fatores etiológicos, como a erupção incompleta dos dentes anteriores, presença de hábitos bucais deletérios, alterações dos tecidos linfoides ou inadequado posicionamento da língua na cavidade bucal 1-6. Segundo um estudo realizado com crianças e jovens da cidade de auru 7, a mordida aberta anterior corresponde a aproximadamente 18,5% das más oclusões encontradas em fase de dentadura mista, entre os 7 e 11 anos de idade, decrescendo na adolescência. Segundo Góis et al. 8, pacientes respiradores bucais e crianças cujo hábito de sucção de chupeta permanece após os 2 anos de idade, apresentam maior incidência de má oclusão. mordida aberta anterior, se não tratada em idade precoce, pode assumir um caráter esquelético ao final do período de crescimento e desenvolvimento craniofacial, principalmente quando o paciente apresenta um padrão de crescimento vertical 1,9,10. Desse modo, é importante que a correção da mordida aberta seja realizada em uma idade precoce, assim favorecendo o restabelecimento do processo de crescimento e desenvolvimento dentofacial normal, evitando que as alterações dentoalveolares resultem em deformidades esqueléticas importantes, que comprometam o equilíbrio morfofuncional 9. O tratamento para a correção da mordida aberta anterior pode ser realizado a partir dos 5 anos de idade, período a partir do qual a criança apresenta uma maior compreensão e colaboração com o tratamento que será realizado 3,9. Para a correção da mordida aberta anterior com comprometimento dentoalveolar, um dos recursos mais utilizados tem sido a grade palatina que pode ser associada a um aparelho fixo ou removível, dependendo do grau de colaboração do paciente. Os aparelhos que contêm a grade palatina, quando corretamente confeccionados, consistem em um excelente recurso para a correção da mordida aberta anterior 2, porém não oferecem uma estética agradável, especialmente nos casos que apresentam um acentuado overbite negativo. Esse trabalho tem como objetivo apresentar o aparelho ortodôntico removível com concha suspensa Celli-C, idealizado pela professora Cristiane Celli M. Santos Pinto, para a correção da mordida aberta dentoalveolar anterior. Nesse trabalho estão descritas as características do aparelho Celli-C, sua sequência de confecção, requisitos, indicações e contraindicações. O aparelho ortodôntico removível com concha suspensa Celli-C consiste em um recurso mais confortável e estético do que os aparelhos convencionais utilizados até então para a correção da mordida aberta anterior. O parelho Celli-C O aparelho Celli-C é um aparelho ortodôntico expansor removível, idealizado para a correção da mordida aberta dentoalveolar anterior. Por meio de uma concha de acrílico transparente, impede a interposição lingual atípica e permite a remodelação do processo dentoalveolar anterior. Essa concha fica parcialmente suspensa sobre uma das superfícies do aparelho (Fig. 1), deslizando suavemente durante o processo de ativação do parafuso expansor (Fig. 2). concha apresenta uma superfície lisa e transparente, assim oferecendo um maior conforto e uma melhor estética ao paciente durante o processo de correção da mordida aberta anterior, em comparação com os aparelhos convencionais que utilizam a tradicional grade palatina. Figura 1 ) Vista oclusal do aparelho Celli-C. ) Vista interna da concha suspensa, evidenciando sua transparência e a região onde se encontra suspensa. Nota-se que, no lado direito, existe uma fenda entre a concha e o acrílico colocado no palato. 117

3 artigo inédito parelho removível expansor com concha suspensa Celli-C idealizado para a correção da mordida aberta dentoalveolar anterior: confecção do aparelho Denominação denominação Celli-C objetiva facilitar a identificação do aparelho no laboratório, sendo C a sigla que identifica a presença da concha no aparelho. Especificação O aparelho ortodôntico removível expansor com concha suspensa Celli-C (Fig. 2) é constituído por: 1. dams duplo nos molares; 2. arco vestibular soldado ao dams; 3. concha suspensa e transparente; 4. parafuso expansor; 5. cobertura oclusal posterior transparente. Confecção Para a confecção do aparelho Celli-C, devem ser obtidos os modelos de gesso superior e inferior e a mordida em cera em oclusão cêntrica, para que seja possível a montagem dos modelos em articulador tipo verticulador ou charneira. Os modelos devem ser, então, transferidos para o verticulador e posicionados de acordo com a mordida em cera obtida previamente. Inicialmente, os modelos superiores e inferiores deverão receber, internamente, uma camada de cera #7 fluida na região anterior. No modelo superior, esse enceramento deve ser realizado da superfície palatina dos dentes anteriores até a primeira rugosidade palatina. No modelo inferior, esse isolamento deve ser realizado da superfície lingual dos dentes anteriores até o assoalho da cavidade bucal. Esse enceramento é fundamental para que essas regiões não recebam acrílico (Fig. 3) durante o processo de acrilização, permitindo a posterior remodelação do processo dentoalveolar anterior, durante a correção da mordida aberta anterior. O aparelho deve ser confeccionado com dams duplo nos molares e arco vestibular soldado ao dams. O parafuso expansor deve ser posicionado no centro do palato e a acrilização deve ser, então, realizada em toda a superfície palatina, exceto na região previamente preenchida pela cera #7. inda durante essa fase, uma porção de acrílico transparente deverá ser colocada por vestibular dos dentes posteriores (Fig. 3). pós a primeira fase da acrilização, deverá ser realizado um isolamento com vaselina líquida em apenas um dos lados da porção anterior do palato (Fig. 3), para que, no momento da acrilização da concha, não haja aderência da mesma nessa região. Figura 2 ) parelho Celli-C expandido. ) Vista do aparelho Celli-C evidenciando o deslizamento da concha suspensa após a expansão. Figura 3 ) Modelo superior após a primeira fase da acrilização, onde se visualiza a camada de cera #7 colocada na porção dentoalveolar anterior, o acrílico na porção do palato, acrílico incolor na superfície vestibular dos dentes posteriores, dams duplos nos molares e parafuso expansor. ) Momento da aplicação de vaselina líquida em apenas um dos lados do aparelho, para evitar a aderência da concha nessa região. 118

4 Celli C, Pinto PRS pós o isolamento unilateral da região anterior, poderá ser realizada a segunda fase da acrilização. Um acrílico incolor deverá, então, ser manipulado em quantidade suficiente para a realização da cobertura oclusal dos dentes posteriores superiores e para a confecção da concha, procedimentos que devem ser realizados de modo simultâneo (Fig. 4). Para a confecção da concha, o acrílico deverá ser colocado no modelo inferior, na região lingual anterior, como demonstrado na Figura 5. Esse acrílico será aplicado sobre o enceramento realizado previamente nessas regiões. Esse volume deverá ser suficiente para alcançar a porção anterior do modelo superior no momento da oclusão desse com o modelo inferior (Fig. 6). ntes que os modelos sejam articulados, uma fina camada de polímero deverá ser aplicada no modelo superior (Fig. 4), na porção anterior que não foi isolada com vaselina líquida. Os modelos deverão ser imediatamente ocluídos, de modo que o modelo inferior fique sobre o modelo superior, para que a força gravitacional favoreça o contato do acrílico da concha com a região preparada pelo polímero (Fig. 6). pós esse contato, o verticulador poderá ser desvirado e posicionado do modo convencional, para que a concha possa ser modelada adequadamente. Esse procedimento deve ser realizado pela porção interna dos modelos, ainda ocluídos (Fig. 7), para um correto vedamento da região anterior. altura da cobertura oclusal posterior será resultante do posicionamento dos modelos no verticulador, estabelecido previamente. pós a polimerização do acrílico colocado nessa segunda etapa, deverão ser realizados os desgastes de acabamento do aparelho. Figura 4 ) crílico incolor posicionado na superfície oclusal dos dentes posteriores. ) plicação de polímero em apenas um dos lados do aparelho, para permitir a aderência da concha nessa região. Figura 5 Nota-se a espessura () e a extensão () do acrílico que deve ser colocado no modelo inferior para a confecção da concha. Figura 6 ) Modelos ocluídos de modo invertido, no momento da confecção da concha, com o modelo inferior ocluindo sobre o modelo superior. ) Momento da união do acrílico da concha ao acrílico do modelo superior. 119

5 artigo inédito parelho removível expansor com concha suspensa Celli-C idealizado para a correção da mordida aberta dentoalveolar anterior: confecção do aparelho Para possibilitar que o parafuso seja expandido posteriormente, um recorte em sentido sagital deverá ser realizado em toda a extensão do aparelho, exceto na região da concha. concha não precisará ser seccionada em sua porção sagital, pois já estará sem adesão em um dos lados do aparelho, por isso a denominação concha suspensa. O polimento deverá ser realizado de modo convencional a fim de promover o acabamento necessário ao aparelho acrilizado e a maior transparência possível à concha confeccionada (Fig. 7). O aparelho expansor removível com concha suspensa Celli-C estará, então, finalizado (Fig. 8) e poderá ser expandido, se necessário, sem que ocorra a separação da concha em sentido sagital (Fig. 8). Requisitos do aparelho Especial atenção deve ser dada aos requisitos do aparelho ortodôntico removível com concha suspensa Celli-C, para que possa haver uma adequada colaboração do paciente e, consequentemente, remodelação do processo dentoalveolar anterior, assim resultando na correção da mordida aberta. Requisitos do aparelho: 1. Para permitir a remodelação do processo dentoalveolar anterior, a concha não pode fazer contato com o processo dentoalveolar anterior, superior ou inferior (Fig. 9). 2. Para não provocar a retrusão excessiva da língua, a concha deve ser posicionada o mais anterior possível, partindo da primeira rugosidade palatina (Fig. 9). 3. Para impedir a interposição lingual atípica, a concha deve ser estendida de modo a ultrapassar a porção cervical lingual dos incisivos inferiores em pelo menos 5mm (Fig. 7). 4. Para permitir a expansão da arcada dentária superior, a concha deve deslizar sobre a superfície do acrílico durante a expansão do aparelho; portanto, precisa ficar suspensa em um dos lados do aparelho (Fig. 8). 5. Para favorecer a estética durante a correção da mordida aberta, a concha deve ser confeccionada em acrílico transparente (Fig. 7). 6. Os dentes posteroinferiores devem fazer contato com o plano de acrílico, assim evitando a extrusão dos dentes inferiores antagonistas (Fig. 9, C). Indicações e contraindicações do aparelho Celli-C O aparelho ortodôntico removível com concha suspensa Celli-C está indicado para a correção da mordida aberta dentoalveolar anterior (Fig. 10) em pacientes que se mostram colaboradores com o uso de aparelhos removíveis. Porém, como ocorre com os demais aparelhos ortodônticos removíveis, esse tipo de aparelho está contraindicado para pacientes que não são colaboradores. Figura 7 ) Vista do acesso posterior por onde a concha deve ser modelada. ) Vista oclusal do aparelho Celli-C após o polimento, evidenciando a transparência da concha suspensa. Figura 8 ) Vista oclusal do aparelho Celli-C antes da expansão do parafuso expansor. ) Vista oclusal do aparelho Celli-C após a expansão do parafuso expansor, evidenciando a integridade da concha após a expansão. 120

6 Celli C, Pinto PRS C Figura 9, C) Vistas laterais do aparelho nos modelos, evidenciando o contato dos dentes posteroinferiores com o plano de acrílico. ) Posicionamento anterior da concha, evidenciando que essa não deve fazer contato com o processo dentoalveolar anterior. C Figura 10 Vistas laterais (, C) e frontal () dos modelos iniciais, evidenciando a mordida aberta anterior. C Figura 11 Vistas laterais (, C) e frontal () dos modelos finais obtidos após a correção da mordida aberta anterior. Conclusão O aparelho Celli-C, quando confeccionado corretamente, impede a interposição lingual atípica, permite a remodelação do processo dentoalveolar anterior, possibilita a expansão da arcada dentária superior e, consequentemente, a correção da mordida aberta anterior (Fig. 11). Os preceitos básicos descritos na especificação, confecção e requisitos do aparelho devem ser seguidos rigorosamente para que o aparelho Celli-C possa ser eficaz na correção da mordida aberta anterior. colaboração do paciente consiste em um fator de suma importância para o excelente resultado do tratamento ortodôntico, e está diretamente relacionada ao conforto promovido pelo aparelho utilizado para a correção da má oclusão. 121

7 artigo inédito parelho removível expansor com concha suspensa Celli-C idealizado para a correção da mordida aberta dentoalveolar anterior: confecção do aparelho Referências 1. Isaacson JR, Isaacson RJ, Speidel TM, Worms FW. Extreme variation in vertical facial growth and associated variation in skeletal and dental relations. ngle Orthod. 1971;41(3): lmeida RR, Ursi WJS. nterior open bite: etiology and treatment. Oral Health, 1990;80(1): Santos EC, Henriques JFC, Hernandes R, Utida SI, assi WE. Hábito de sucção digital: etiologia, tratamento e apresentação de um caso clínico. Ortod Paranaense. 1991;12(1-2): Serra-Negra JMC, Pordeus I, Rocha JF Jr. Estudo da associação entre aleitamento, hábitos bucais e maloclusões. Rev Odontol USP. 1997;11(2): Silva Filho OG, Chaves SM, lmeida RR. Efeitos terapêuticos suscitados pelo uso da grade palatina: um estudo cefalométrico. Rev Soc Paranaense Ortod ; 1(1): Silva Filho OG, Okada T, Santos SD. Sucção digital: abordagem multidisciplinar: Ortodontia x Psicologia x Fonoaudiologia. Estomatol Cult. 1986;16(2): Silva Filho OG, Freitas SF, Cavassan O. Prevalência de oclusão normal e má oclusão em escolares da cidade de auru (São Paulo). Parte II: influência da estratificação sócio-econômica. Rev Odontol USP. 1990;4(3): Góis EG, Ribeiro-Júnior HC, Vale MP, Paiva SM, Serra-Negra JM, Ramos-Jorge ML, et al. Influence of nonnutritive sucking habits, breathing pattern and adenoid size on the development of malocclusion. ngle Orthod. 2008;78(4): lmeida RR, Santos EC, Insabralde CM, lmeida MR. Mordida aberta anterior: considerações e apresentação de um caso clínico. Rev Dental Press Ortod Ortop Facial. 1998;3(2): lmeida RR, Ursi WJS, Henriques JFC. Mordida abierta anterior: etiología y tratamiento. Rev Odontol Dominicana. 1998; 4(2): Endereço para correspondência Cristiane Celli Matheus dos Santos Pinto Rua mérico rasiliense, 1702, sala Ribeirão Preto/SP 122

TRATAMENTO INTERCEPTATIVO DA MORDIDA ABERTA ANTERIOR E MORDIDA CRUZADA POSTERIOR: RELATO DE CASO CLÍNICO

TRATAMENTO INTERCEPTATIVO DA MORDIDA ABERTA ANTERIOR E MORDIDA CRUZADA POSTERIOR: RELATO DE CASO CLÍNICO TRATAMENTO INTERCEPTATIVO DA MORDIDA ABERTA ANTERIOR E MORDIDA CRUZADA POSTERIOR: RELATO DE CASO CLÍNICO INTERCEPTATIVE TREATMENT OF THE ANTERIOR OPEN BITE AND POSTERIOR CROSSBITE: DESCRIPTION OF A CLINICAL

Leia mais

Correção da mordida aberta anterior com a utilização do aparelho expansor removível com concha suspensa Celli-C

Correção da mordida aberta anterior com a utilização do aparelho expansor removível com concha suspensa Celli-C CSO CLÍNICO Correção da mordida aberta anterior com a utilização do aparelho expansor removível com concha suspensa Celli-C nterior open bite correction with the removable expander appliance with suspended

Leia mais

1) grade fixa 2) arco palatino 3) banda 4) solda para unir a banda ao arco FIGURA 1 FIGURA 2

1) grade fixa 2) arco palatino 3) banda 4) solda para unir a banda ao arco FIGURA 1 FIGURA 2 Série Aparelhos Ortodônticos GRADE PALATINA GRADE PALATINA A grande preocupação atual em identificar-se as características de uma má oclusão nos sentidos transversal e vertical, deve-se ao fato de que

Leia mais

APRESENTAÇÃO DO APARELHO (FIG. 1) a) base acrílica b) mola coffin c) arco vestibular d) alças bucinadoras FIGURA 5 FIGURA 6

APRESENTAÇÃO DO APARELHO (FIG. 1) a) base acrílica b) mola coffin c) arco vestibular d) alças bucinadoras FIGURA 5 FIGURA 6 Série Aparelhos Ortodônticos BIONATOR INTRODUÇÃO As más oclusões de Classe II apresentam etiologias distintas, de natureza esquelética, dentária ou a combinação de ambas. O diagnóstico diferencial é de

Leia mais

BITE BLOCK. Série Aparelhos Ortodônticos. A mordida aberta é uma má oclusão que preocupa o ortodontista desde os primórdios

BITE BLOCK. Série Aparelhos Ortodônticos. A mordida aberta é uma má oclusão que preocupa o ortodontista desde os primórdios Série Aparelhos Ortodônticos BITE BLOCK A mordida aberta é uma má oclusão que preocupa o ortodontista desde os primórdios da ortodontia. Persiste uma preocupação, não só quanto ao diagnóstico e planificação

Leia mais

Aparelho para apnéia obstrutiva do sono

Aparelho para apnéia obstrutiva do sono Dica Clínica Aparelho para apnéia obstrutiva do sono Ligiane Vieira Tokano Ramos*, Laurindo Zanco Furquim** A apnéia obstrutiva do sono é conhecida como um distúrbio respiratório crônico, progressivo,

Leia mais

4º Capítulo: Enceramento de infra estrutura para prótese fixa unitária.

4º Capítulo: Enceramento de infra estrutura para prótese fixa unitária. 4º C Autor: Rogério Goulart da Costa 4º Capítulo: Enceramento de infra estrutura para prótese fixa unitária. 1 Técnica de enceramento para infraesturura para prótese fixa unitária. Enceramento para dentes

Leia mais

Jones Jig e Barra Transpalatina - Tratamento Alternativo na Correção Unilateral da Má Oclusão Classe II, Divisão 2, Subdivisão

Jones Jig e Barra Transpalatina - Tratamento Alternativo na Correção Unilateral da Má Oclusão Classe II, Divisão 2, Subdivisão rtigo de Divulgação Jones Jig e arra Transpalatina - Tratamento lternativo na Correção Unilateral da Má Oclusão Classe II, Divisão 2, Subdivisão Jones Jig and the Palatal ar - lternative Treatment in the

Leia mais

Interceptação de uma Mordida Aberta Esquelética Associada à Sucção Digital: Relato de um Caso Clínico

Interceptação de uma Mordida Aberta Esquelética Associada à Sucção Digital: Relato de um Caso Clínico CASO CLÍNICO Interceptação de uma Mordida Aberta Esquelética Associada à Sucção Digital: Relato de um Caso Clínico Skeletal Open Bite Associated a Thumb Sucking: Diagnosis and Treatment of a Case Report

Leia mais

Interceptação de uma Mordida Aberta Esquelética Associada à Sucção Digital: Relato de um Caso Clínico

Interceptação de uma Mordida Aberta Esquelética Associada à Sucção Digital: Relato de um Caso Clínico CASO CLÍNICO Interceptação de uma Mordida Aberta Esquelética Associada à Sucção Digital: Relato de um Caso Clínico Skeletal Open Bite Associated to Thumb Sucking: Diagnosis Anderson Barbosa and de ALMEIDA*

Leia mais

SPLINTER DE THUROW MODIFICADO NO TRATAMENTO DA CLASSE II, DIVISÃO I - RELATO DE CASO CLÍNICO

SPLINTER DE THUROW MODIFICADO NO TRATAMENTO DA CLASSE II, DIVISÃO I - RELATO DE CASO CLÍNICO 1 SPLINTER DE THUROW MODIFICADO NO TRATAMENTO DA CLASSE II, DIVISÃO I - RELATO DE CASO CLÍNICO Nosé, Carla Cristina; Lopes-Marotti, Noely Regina; Filizzola, Leonardo Bandle; Rossetto, Shirley Márcia; Murata,

Leia mais

Aluna do Curso de Pós-graduação em Ortodontia pela FAIPE-MT, 2

Aluna do Curso de Pós-graduação em Ortodontia pela FAIPE-MT,   2 TRATAMENTO PRECOCE DA MORDIDA ABERTA ANTERIOR RELATO DE CASO Login: irarroyo Senha: 123654 Ione Rafaela ARROYO 1 Carolina MATTAR 2 Marcus Vinicius CREPALDI 3 Leo Guimaraes SOARES 4 Marcia Yuri KAWAUCHI

Leia mais

UNIVERSIDADE PAULISTA UNIP PROGRAMA DE MESTRADO EM ODONTOLOGIA AVALIAÇÃO DA ESTABILIDADE E COMPORTAMENTO

UNIVERSIDADE PAULISTA UNIP PROGRAMA DE MESTRADO EM ODONTOLOGIA AVALIAÇÃO DA ESTABILIDADE E COMPORTAMENTO UNIVERSIDADE PAULISTA UNIP PROGRAMA DE MESTRADO EM ODONTOLOGIA AVALIAÇÃO DA ESTABILIDADE E COMPORTAMENTO PÓS-TRATAMENTO DA CLASSE II MANDIBULAR TRATADA COM BIONATOR DE BALTERS Dissertação apresentada ao

Leia mais

Overlays indiretas de compósitos nano-híbridos nas correções oclusais classe II de angle

Overlays indiretas de compósitos nano-híbridos nas correções oclusais classe II de angle www.kulzer.com.br Variotime Bite / Charisma Diamond. Daniel Cassiolato Saúde bucal nas melhores mãos. Resumo: Diagnóstico Paciente Sr. G. M., sexo masculino, 28 anos de idade. Oclusão CL II de Angle com

Leia mais

Mimetizando o tecido gengival em próteses totais

Mimetizando o tecido gengival em próteses totais www.kulzer.com.br Dente Premium. Danilo Sousa Machado Saúde bucal nas melhores mãos. Introdução: A harmonia facial é influenciada pela aparência bucal, sendo assim uma prótese estética deve manter os traços

Leia mais

MORDIDAS CRUZADAS. Etiologia

MORDIDAS CRUZADAS. Etiologia MORDIDAS CRUZADAS Mordida Cruzada é uma alteração da oclusão dentária normal, no sentido ântero-posterior para os dentes anteriores, ou no sentido transversal para os dentes posteriores. Etiologia Baseia-se

Leia mais

Características oclusais de pacientes com. Classe II, divisão 1, tratados sem e com extrações de dois pré-molares superiores.

Características oclusais de pacientes com. Classe II, divisão 1, tratados sem e com extrações de dois pré-molares superiores. A r t i g o I n é d i t o Características oclusais de pacientes com Classe II, divisão 1, tratados sem e com extrações de dois pré-molares superiores* João Tadeu Amin Graciano**, Guilherme Janson***, Marcos

Leia mais

Aparelho de Protrusão Mandibular FLF

Aparelho de Protrusão Mandibular FLF Aparelho de Protrusão Mandibular FLF FLF Mandibular Protusion Apparates Coluna Como Se Faz José Fernando Castanha Henriques 1 Deborah Brindeiro 2 Wilana Moura 3 Introdução A má oclusão de Classe II é a

Leia mais

O CIOF é uma clínica de odontologia especializada que há mais de 13 anos é comprometida com saúde bucal e o bem estar de seus clientes.

O CIOF é uma clínica de odontologia especializada que há mais de 13 anos é comprometida com saúde bucal e o bem estar de seus clientes. A Clínica O CIOF é uma clínica de odontologia especializada que há mais de 13 anos é comprometida com saúde bucal e o bem estar de seus clientes. Localizada nas cidades de Fortaleza, Itapipoca e Pentecoste,

Leia mais

MORDIDA ABERTA ANTERIOR, ETIOLOGIA, DIAGNÓSTICO E TRATAMENTO PRECOCE

MORDIDA ABERTA ANTERIOR, ETIOLOGIA, DIAGNÓSTICO E TRATAMENTO PRECOCE MORDIDA ABERTA ANTERIOR, ETIOLOGIA, DIAGNÓSTICO E TRATAMENTO PRECOCE Bite back open, etiology, early diagnosis and treatment Login: jdomann Senha: 123654 Jaqueline DOMANN 1 Carolina Mattar CRUZ 2 Marcus

Leia mais

TRATAMENTO DE MORDIDA ABERTA ANTERIOR COM USO DE GRADE PALATINA: RELATO DE CASO

TRATAMENTO DE MORDIDA ABERTA ANTERIOR COM USO DE GRADE PALATINA: RELATO DE CASO Vol.20,n.1,pp.67-71 (Out Dez 2014) Revista UNINGÁ Review TRATAMENTO DE MORDIDA ABERTA ANTERIOR COM USO DE GRADE PALATINA: RELATO DE CASO TREATMENT OF BACK OPEN BITE WITH USE OF PALATINE GRADE: CASE REPORT

Leia mais

ConScientiae Saúde ISSN: Universidade Nove de Julho Brasil

ConScientiae Saúde ISSN: Universidade Nove de Julho Brasil ConScientiae Saúde ISSN: 1677-1028 conscientiaesaude@uninove.br Universidade Nove de Julho Brasil de Alencar Maia, Savana; Cruz de Almeida, Maria Eliana; Melo Moutinho da Costo, Andrea; Raveli, Dirceu

Leia mais

Protocolo de tratamento para mordida aberta dentária em dentição permanente. Treatment protocol for dental open bite in permanent dentition

Protocolo de tratamento para mordida aberta dentária em dentição permanente. Treatment protocol for dental open bite in permanent dentition Orthodontic Sci. Pract. 2011; 4(16): 859-866 859 Protocolo de tratamento para mordida aberta dentária em dentição permanente. Treatment protocol for dental open bite in permanent dentition Stenyo Wanderley

Leia mais

Descrição, passo a passo, do aparelho de Herbst com coroas de açoa. o superiores e splint removível vel inferior

Descrição, passo a passo, do aparelho de Herbst com coroas de açoa. o superiores e splint removível vel inferior Descrição, passo a passo, do aparelho de Herbst com coroas de açoa o superiores e splint removível vel inferior MORO, A.; et al. Descrição, passo a passo, do aparelho de Herbst com coroas de aço superiores

Leia mais

ETIOLOGIA DA MORDIDA ABERTA ANTERIOR ETIOLOGY OF THE ANTERIOR OPEN BITE

ETIOLOGIA DA MORDIDA ABERTA ANTERIOR ETIOLOGY OF THE ANTERIOR OPEN BITE 03 Iniciação Científica CESUMAR jul-dez. 2003, Vol. 05 n.02, pp. 03-08 ETIOLOGIA DA MORDIDA ABERTA ANTERIOR Cristiane Bastiani Maria Fernanda Moron Ártico 2 Maria Daniela Jock 3 Emília Teruko Kobayashi

Leia mais

Classificação das maloclusões

Classificação das maloclusões Classificação das maloclusões O que é maloclusão? Segundo Strang, maloclusão é algum desvio da oclusão normal dos dentes. Fundamentalmente, más posições dentárias são sintomas de erro de crescimento no

Leia mais

relato de um caso clínico

relato de um caso clínico Mordidas cruzadas anteriores: diagnóstico e tratamento da pseudoclasse 111 relato de um caso clínico Anterior cross-bite: diagnosis and treatment of pseudoclass 111- clinical case report Djalma Roque vvoitchunss'

Leia mais

PISTAS DIRETAS PLANAS MÉTODO SIMPLES E EFICAZ NA PREVENÇÃO E TRATAMENTO PRECOCE DAS MALOCLUSÕES E DAS ASSIMETRIAS FACIAIS

PISTAS DIRETAS PLANAS MÉTODO SIMPLES E EFICAZ NA PREVENÇÃO E TRATAMENTO PRECOCE DAS MALOCLUSÕES E DAS ASSIMETRIAS FACIAIS PISTAS DIRETAS PLANAS MÉTODO SIMPLES E EFICAZ NA PREVENÇÃO E TRATAMENTO PRECOCE DAS MALOCLUSÕES E DAS ASSIMETRIAS FACIAIS A indicação de tratamento precoce das maloclusões tem aumentado muito com o passar

Leia mais

TRATAMENTO DA MÁ OCLUSÃO DE CLASSE II COM FORSUS: RELATO DE CASO CLÍNICO

TRATAMENTO DA MÁ OCLUSÃO DE CLASSE II COM FORSUS: RELATO DE CASO CLÍNICO UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ ALINE PREISLER TRATAMENTO DA MÁ OCLUSÃO DE CLASSE II COM FORSUS: RELATO DE CASO CLÍNICO CURTITIBA 2016 ALINE PREISLER TRATAMENTO DA MÁ OCLUSÃO DE CLASSE II COM FORSUS: RELATO

Leia mais

pág. 1 Rua Caruaru, casa 1 - Grajaú - Rio de Janeiro / RJ

pág. 1 Rua Caruaru, casa 1 - Grajaú - Rio de Janeiro / RJ Planos de Cera março. 2014 pág. 1 PLANOS DE ORIENTAÇÃO Pode-se dizer que a fase do plano de cera equivale à confecção de um projeto de engenharia. Essa fase deve ser atentamente observada, avaliada e,

Leia mais

PLACAS ATIVAS PLACA DE HAWLEY COM MOLA

PLACAS ATIVAS PLACA DE HAWLEY COM MOLA PLCS TIVS 02 CPÍTULO PLC DE HWLEY COM MOL placa de Hawley é um aparelho removível muito utilizado em Ortodontia. É usado também após a finalização da Ortodontia corretiva com a finalidade de manter a estabilidade

Leia mais

Caso clínico classe II de angle com overjet de 3 mm e overbite de 3 mm - Perda de DVO

Caso clínico classe II de angle com overjet de 3 mm e overbite de 3 mm - Perda de DVO www.kulzer.com.br Variotime / Venus / Charisma Diamond. Daniel Cassiolato Saúde bucal nas melhores mãos. Relato do Caso: Descrição: Paciente M.S.M., sexo feminino de 54 anos de idade. Sua queixa principal

Leia mais

Plano inclinado no tratamento da mordida cruzada anterior: relato de caso clínico

Plano inclinado no tratamento da mordida cruzada anterior: relato de caso clínico Plano inclinado no tratamento da mordida cruzada anterior: relato de caso clínico Treatment with inclined plane for anterior crossbite: clinical case report Priscilla Bittencourt de Almeida Figueiredo

Leia mais

Aparelho de expansão rápida da maxila com cobertura acrílica: proposta de modificação

Aparelho de expansão rápida da maxila com cobertura acrílica: proposta de modificação Dica Clínica Aparelho de expansão rápida da maxila com cobertura acrílica: proposta de modificação Julio H. Nozimoto*, Acácio Fuziy**, Paulo César Tukasan***, Marcia R. M. Ferreira Marques**** Resumo Este

Leia mais

Correção da má-oclusão de Classe II com aparelho pêndulo relato de caso

Correção da má-oclusão de Classe II com aparelho pêndulo relato de caso 487 orreção da má-oclusão de lasse II com aparelho pêndulo relato de caso lass II Malocclusion correction with pendulum appliance case report guinaldo oelho de Farias 1 Evandro Isber 2 Talita Farias Miksza

Leia mais

A Importância do diagnóstico e intervenção precoce no tratamento das maloclusões em odontopediatria

A Importância do diagnóstico e intervenção precoce no tratamento das maloclusões em odontopediatria A Importância do diagnóstico e intervenção precoce no tratamento das maloclusões em odontopediatria The importance of early diagnosis and intervention in the treatment of malocclusion in pediatric dentistry

Leia mais

Overlays oclusais posteriores e facetas anteriores na reabilitação da DVO perdida: método direto-indireto

Overlays oclusais posteriores e facetas anteriores na reabilitação da DVO perdida: método direto-indireto www.kulzer.com.br Charisma Diamond. Daniel Cassiolato Saúde bucal nas melhores mãos. Resumo: Relato de caso clínico Paciente E.T.C. sexo feminino de 64 anos indicada para tratamento reabilitador, relata

Leia mais

Estabelecimento do Nível Oclusal Posterior com Plataforma de Mordida

Estabelecimento do Nível Oclusal Posterior com Plataforma de Mordida Estabelecimento do Nível Oclusal Posterior com Plataforma de Mordida Celestino Nóbrega, MDS, São José dos Campos, SP, Brasil Joshua Z. Epstein, DMD, New Jersey, Estados Unidos Martin B. Epstein, DSS, New

Leia mais

Alterações Verticais na Dentadura Mista: Diagnóstico e Tratamento

Alterações Verticais na Dentadura Mista: Diagnóstico e Tratamento REVISÃO DA LITERATURA Alterações Verticais na Dentadura Mista: Diagnóstico e Tratamento Vertical Alterations on Mixed Dentition: Diagnosis and Treatment Niedje Siqueira de LIMA* Edvaldo de Melo PINTO**

Leia mais

TRATAMENTO DA MÁ OCLUSÃO DE CLASSE II COM O APARELHO AEB CONJUGADO

TRATAMENTO DA MÁ OCLUSÃO DE CLASSE II COM O APARELHO AEB CONJUGADO TRATAMENTO DA MÁ OCLUSÃO DE CLASSE II COM O APARELHO AEB Class II malocclusion treatment with the maxillary splint appliance Tassiana Mesquita SIMÃO 1, Cleide Borges de JESUS 2, Marcus Vinicius CREPALDI

Leia mais

Efeitos dentários da expansão rápida da maxila no arco inferior com os aparelhos Haas e Hyrax

Efeitos dentários da expansão rápida da maxila no arco inferior com os aparelhos Haas e Hyrax Efeitos dentários da expansão rápida da maxila no arco inferior com os aparelhos e Dental effects of the rapid maxillary expansion in the inferior arch with expander and expander Fernanda Bastia Zanelato

Leia mais

Redução da mordida aberta anterior: estudo prospectivo em modelos

Redução da mordida aberta anterior: estudo prospectivo em modelos Redução da mordida aberta anterior: estudo prospectivo em modelos Gianna Steffens Bortoluzzi Email: . Julio Santos Ortiz Seção de Saúde do Esquadrão Comando da 1ª Brigada

Leia mais

Utilização da barra transpalatina na correção da má-oclusão de Classe II durante a dentição mista

Utilização da barra transpalatina na correção da má-oclusão de Classe II durante a dentição mista Ortoclínica Utilização da barra transpalatina na correção da má-oclusão de Classe II durante a dentição mista Angle Class II correction using the transpalatal arch during early treatment Ewaldo Luiz de

Leia mais

TRATAMENTO ORTODÔNTICO DA MORDIDA ABERTA ANTERIOR CAUSADA POR HÁBITOS DELETÉRIOS ORTHODONTIC TREATMENT OF ANTERIOR OPEN BITE DUE TO HARMFUL HABITS

TRATAMENTO ORTODÔNTICO DA MORDIDA ABERTA ANTERIOR CAUSADA POR HÁBITOS DELETÉRIOS ORTHODONTIC TREATMENT OF ANTERIOR OPEN BITE DUE TO HARMFUL HABITS ARTIGOS DE REVISÃO SAÚDE TRATAMENTO ORTODÔNTICO DA MORDIDA ABERTA ANTERIOR CAUSADA POR HÁBITOS DELETÉRIOS ORTHODONTIC TREATMENT OF ANTERIOR OPEN BITE DUE TO HARMFUL HABITS Marcos Saber 1, Helena Benites

Leia mais

Abstract. Resumo. Orthodontic Sci. Pract. 2011; 4(16): Artigo original (Original article) Marcelo Marigo 1 Guilherme Marigo 2

Abstract. Resumo. Orthodontic Sci. Pract. 2011; 4(16): Artigo original (Original article) Marcelo Marigo 1 Guilherme Marigo 2 748 As mordidas abertas anteriores são mais difíceis de serem corrigidas com a técnica lingual? The anterior open bites are more difficult to be corrected with the lingual technique? Marcelo Marigo 1 Guilherme

Leia mais

Stomatos ISSN: Universidade Luterana do Brasil Brasil

Stomatos ISSN: Universidade Luterana do Brasil Brasil Stomatos ISSN: 1519-4442 ppgpediatria@ulbra.br Universidade Luterana do Brasil Brasil Carretero Papaléo, Eduardo; Schneider, Luis Eduardo; Crivellaro Crusius, Kalinka; Soeiro de Souza Nunes, Leandro; Ardenghi

Leia mais

TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO

TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO AVALIAÇÃO DO TRATAMENTO ORTODÔNTICO, MALOCLUSÃO E HÁBITOS BUCAIS DELETÉRIOS DE CRIANÇAS ATENDIDAS NOS ESTÁGIOS SUPERVISIONADOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE DA UFSC Maria Eduarda

Leia mais

Tratamento de Classe II, Divisão 1, com ausência congênita de incisivo lateral superior

Tratamento de Classe II, Divisão 1, com ausência congênita de incisivo lateral superior A r t i g o d e Di v u l g a ç ã o Tratamento de Classe II, Divisão 1, com ausência congênita de incisivo lateral superior Roberto M. A. Lima Filho*, Anna Carolina Lima**, José H. G. de Oliveira***, Antonio

Leia mais

Características da Oclusão e Prevalência de Más Oclusões em Crianças Atendidas na Universidade Federal de Goiás

Características da Oclusão e Prevalência de Más Oclusões em Crianças Atendidas na Universidade Federal de Goiás ISSN 1981-3708 Características da Oclusão e Prevalência de Más Oclusões em Crianças Atendidas na Universidade Federal de Goiás Characteristics of the Occlusion and Prevalence of Malocclusion in Children

Leia mais

BIONATOR DE BALTERS: REVISÃO DE LITERATURA RESUMO

BIONATOR DE BALTERS: REVISÃO DE LITERATURA RESUMO 136 BIONATOR DE BALTERS: REVISÃO DE LITERATURA Prof Fábio André Werlang 1 Prof Marcos Massaro Takemoto 2 Prof Elton Zeni 3 RESUMO O tratamento ortodôntico tem seus resultados avaliados através da conquista

Leia mais

TRATAMENTO PRECOCE DA CLASSE II: RELATO DE CASO

TRATAMENTO PRECOCE DA CLASSE II: RELATO DE CASO TRATAMENTO PRECOCE DA CLASSE II: RELATO DE CASO Login: rtarruda Senha: 123654 Rafael Tibaldi de ARRUDA 1 Carolina Mattar CRUZ 2 Marcus Vinicius CREPALDI 3 Ana Paula de SANTANA 4 Carlos Henrique GUIMARAES

Leia mais

Grade Palatina como Auxiliar no Fechamento da Mordida Aberta Anterior

Grade Palatina como Auxiliar no Fechamento da Mordida Aberta Anterior TRABALHO DE PESQUISA Grade Palatina como Auxiliar no Fechamento da Mordida Aberta Anterior Palatine Bar as an Auxiliary Measure to Close Anterior Open Bite Sérgio Rúbio Pinto Bastos* Bastos SRP. Grade

Leia mais

Oclusão normal na dentadura mista: reconhecimento das características oclusais por alunos de graduação

Oclusão normal na dentadura mista: reconhecimento das características oclusais por alunos de graduação A RTIGO I NÉDITO Oclusão normal na dentadura mista: reconhecimento das características oclusais por alunos de graduação José Augusto Mendes Miguel*, Ione Portela Brunharo**, Priscila Tayah Garcia Esperão***

Leia mais

SOBREMORDIDA: RELATO DE CASO

SOBREMORDIDA: RELATO DE CASO SOBREMORDIDA: RELATO DE CASO Overbite: case report Gyslainne Aparecida Rodrigues de AGUIAR 1 Carolina Mattar da CRUZ 2 Marcus Vinicius CREPALDI 3 Maria de Lourdes Silva CREPALDI 4 Bruna Lorena dos Santos

Leia mais

Prevalência de má oclusão em crianças de 7 a 12 anos de idade

Prevalência de má oclusão em crianças de 7 a 12 anos de idade A r t i g o I n é d i t o Prevalência de má oclusão em crianças de 7 a 12 anos de idade Marcio Rodrigues de Almeida*, Alex Luiz Pozzobon Pereira**, Renato Rodrigues de Almeida***, Renata Rodrigues de Almeida-Pedrin****,

Leia mais

COLEÇÃO MANUAIS DA ODONTOLOGIA

COLEÇÃO MANUAIS DA ODONTOLOGIA COLEÇÃO MANUAIS DA ODONTOLOGIA Características normais da oclusão na dentadura decídua CAPÍTULO 2 O que você irá ver neste capítulo: Alessandra Castro Alves Tatiana Kelly da Silva Fidalgo Introdução Análise

Leia mais

RFAIPE, v. 7, n. 2, p , jul./dez. 2017

RFAIPE, v. 7, n. 2, p , jul./dez. 2017 TRATAMENTO DE MORDIDA ABERTA ANTERIOR COM EXTRAÇÃO DE PRÉ-MOLARES SUPERIORES: RELATO DE CASO Treatment of previous open bite with extraction of superior premolars: case report Nayanne de Jesus BARBARA1

Leia mais

Arcos, Fios e Molas. Variação de Arcos de Nitinol Variação de Arcos de Aço Diversos Fios em Vareta Variedade de Molas de Nitinol

Arcos, Fios e Molas. Variação de Arcos de Nitinol Variação de Arcos de Aço Diversos Fios em Vareta Variedade de Molas de Nitinol Arcos, Fios e Molas Variação de Arcos de Nitinol Variação de Arcos de Aço Diversos Fios em Vareta Variedade de Molas de Nitinol 38 Arcos de Nitinol Termo Ativado Este fio é ativado pelo calor da boca e

Leia mais

Remodelação cosmética do sorriso com laminados cerâmicos devido a desgaste dentário patológico

Remodelação cosmética do sorriso com laminados cerâmicos devido a desgaste dentário patológico www.kulzer.com.br GLUMA 2Bond / Variotime Easy Putty e Variotime Light Flow Leonardo Fernandes da Cunha Gabriela Andrade Serpa Carla Castiglia Gonzaga Gisele Maria Correr Saúde bucal nas melhores mãos.

Leia mais

TRATAMENTO DE MORDIDA CRUZADA ANTERIOR: RELATO DE CASO CLÍNICO

TRATAMENTO DE MORDIDA CRUZADA ANTERIOR: RELATO DE CASO CLÍNICO TRATAMENTO DE MORDIDA CRUZADA ANTERIOR: RELATO DE CASO CLÍNICO Autor apresentador : Islana Cléia Carvalho VIEIRA¹ Autor: Thatiana Fernandes SANTOS¹ Autor: Milena CARVALHO Autor: Anne Maria Guimarães LESSA

Leia mais

Instituto Latino Americano de Pesquisa e Ensino Odontológico. Juliane Aparecida de Modesti

Instituto Latino Americano de Pesquisa e Ensino Odontológico. Juliane Aparecida de Modesti Instituto Latino Americano de Pesquisa e Ensino Odontológico Juliane Aparecida de Modesti Mordida cruzada posterior: diagnóstico, tratamento e prognóstico. Revisão de literatura. CURITIBA 2013 Juliane

Leia mais

Mordida cruzada posterior: uma classificação mais didática

Mordida cruzada posterior: uma classificação mais didática T ÓPICO ESPECIAL Mordida cruzada posterior: uma classificação mais didática Arno Locks*, André Weissheimer**, Daltro Enéas Ritter***, Gerson Luiz Ulema Ribeiro****, Luciane Macedo de Menezes****, Carla

Leia mais

Tratamento de Deglutição com Pressão Atípica do Lábio com Placa Lábio-ativa Reversa Relato de Caso Clínico

Tratamento de Deglutição com Pressão Atípica do Lábio com Placa Lábio-ativa Reversa Relato de Caso Clínico CSO CLÍNICO Tratamento de Deglutição com Pressão típica do Lábio com Placa Lábio-ativa Reversa Relato de Caso Clínico Treatment of Deglutition with typical Pressure of the Lip with Lip umper Therapy Clinical

Leia mais

Classificação de Angle: A Oclusão Normal; B Maloclusão Classe I; C Maloclusão Classe II; D Maloclusão Classe III

Classificação de Angle: A Oclusão Normal; B Maloclusão Classe I; C Maloclusão Classe II; D Maloclusão Classe III CLASSIFICAÇÃO DE ANGLE Edward Harthey Angle (Dental Cosmos, 1899), baseando-se nas relações ântero-posteriores, classificou as maloclusões de acordo com os primeiros molares permanentes, pois eles são

Leia mais

Arch Health Invest (2017) 6(9): ISSN

Arch Health Invest (2017) 6(9): ISSN Tratamento da mordida aberta anterior dentoalveolar e reeducação da postura lingual: relato de caso clínico Treatment of dentoalveolar anterior open bite and tongue reeducation: case report Tratamiento

Leia mais

ESPECIALIZAÇÃO EM ORTODONTIA - INNOVARE

ESPECIALIZAÇÃO EM ORTODONTIA - INNOVARE ESPECIALIZAÇÃO EM ORTODONTIA - INNOVARE DISCIPLINAS DO CURSO, CARGA HORÁRIA E PROFESSOR RESPONSÁVEL 1º SEMESTRE: Total = 348h Disciplina Carga Horária Créditos Docente Responsável Ortodontia Básica 48h

Leia mais

Uso de placa de levante fixa como método alternativo para a colagem dos acessórios nos dentes anteriores

Uso de placa de levante fixa como método alternativo para a colagem dos acessórios nos dentes anteriores RELATO DE CASO Uso de placa de levante fixa como método alternativo para a colagem dos acessórios nos dentes anteriores Use of fixed bite plane as an alternative method for bonding accessories in anterior

Leia mais

Alterações dentoesqueléticas da má oclusão de classe II, 1ª divisão

Alterações dentoesqueléticas da má oclusão de classe II, 1ª divisão ORIGINAL ORIGINAL Alterações dentoesqueléticas da má oclusão de classe II, 1ª divisão Dental and skeletal disturbances of class ii-division i malocclusion José Eduardo ACQUARO 1 Silvia Amélia Scudeler

Leia mais

CURSOS ICMDS Protectores Bucais Desportivos

CURSOS ICMDS Protectores Bucais Desportivos CURSOS ICMDS Protectores Bucais Desportivos OBJECTIVOS GERAIS Promover o desporto, sem lesão, a nível estomtognático utilizando Protetores Bucais de Alta Performance. ESPECIFICOS Capacitar o Formando a

Leia mais

AVALIAÇÃO RADIOGRÁFICA DOS EFEITOS DO APARELHO JONES JIG NAS DISTALIZAÇÕES INTRA-BUCAIS: um estudo piloto

AVALIAÇÃO RADIOGRÁFICA DOS EFEITOS DO APARELHO JONES JIG NAS DISTALIZAÇÕES INTRA-BUCAIS: um estudo piloto AVALIAÇÃO RADIOGRÁFICA DOS EFEITOS DO APARELHO JONES JIG NAS DISTALIZAÇÕES INTRA-BUCAIS: um estudo piloto *Juliana Maria Monteiro de Oliveira; **Luiz Fernando Eto *Juliana Maria Monteiro de Oliveira: Especialista

Leia mais

APRESENTAÇÃO DO APARELHO Componentes do aparelho extrabucal 3

APRESENTAÇÃO DO APARELHO Componentes do aparelho extrabucal 3 Série Aparelhos Ortodônticos EXTRABUCAL INTRODUÇÃO A ancoragem extrabucal ainda é um dos recursos mais utilizados e recomendados no tratamento da má oclusão de Classe II, primeira divisão, caracterizada

Leia mais

Avaliação da atresia maxilar associada ao tipo facial

Avaliação da atresia maxilar associada ao tipo facial A r t i g o I n é d i t o Avaliação da atresia maxilar associada ao tipo facial Marina Gomes Pedreira*, Maria Helena Castro de Almeida**, Katia de Jesus Novello Ferrer***, Renato Castro de Almeida****

Leia mais

SISTEMAS AUTOLIGÁVEIS BIOMECÂNICA EFICIENTE

SISTEMAS AUTOLIGÁVEIS BIOMECÂNICA EFICIENTE SISTEMAS AUTOLIGÁVEIS BIOMECÂNICA EFICIENTE Fernando Pedrin Carvalho Ferreira Colaboradores: Renata Rodrigues de Almeida Pedrin Bolivar Pimenta Junior 01. Aparelho Ortodôntico Fixo 02. O Tratamento Ortodôntico

Leia mais

Basic and Essential Aspects to the Finishing of Orthodontic Treatment

Basic and Essential Aspects to the Finishing of Orthodontic Treatment ARTIGO DE REVISÃO DE LITERATURA Basic and Essential Aspects to the Finishing of Orthodontic Treatment André Weissheimer 1, Luciane Macedo de Menezes 2, Eduardo Martinelli Santayana de Lima 2, Mauricio

Leia mais

UTILIZAÇÃO DO APARELHO DE PROTRAÇÃO MANDIBULAR COMO ANCORAGEM PARA MESIALIZAÇÃO DE MOLARES INFERIORES: RELATO DE CASO CLÍNICO RESUMO

UTILIZAÇÃO DO APARELHO DE PROTRAÇÃO MANDIBULAR COMO ANCORAGEM PARA MESIALIZAÇÃO DE MOLARES INFERIORES: RELATO DE CASO CLÍNICO RESUMO 474 UTILIZAÇÃO DO APARELHO DE PROTRAÇÃO MANDIBULAR COMO ANCORAGEM PARA MESIALIZAÇÃO DE MOLARES INFERIORES: RELATO DE CASO CLÍNICO Fábio André Werlang 1 Marcos Massaro Takemoto 2 Prof Elton Zeni 3 RESUMO

Leia mais

TRATAMENTO PRECOCE DA MORDIDA CRUZADA POSTERIOR FUNCIONAL

TRATAMENTO PRECOCE DA MORDIDA CRUZADA POSTERIOR FUNCIONAL TRATAMENTO PRECOCE DA MORDIDA CRUZADA POSTERIOR FUNCIONAL EARLY TREATMENT OF THE FUNCTIONAL POSTERIOR CROSS BITE Artigo resumo da Monografia apresentada no curso de Especialização em Odontopediatria da

Leia mais

Nely Rocha de Figueiredo. 63a 11m. Atendimento: 2/5/2014. Dr Sergio Pinho

Nely Rocha de Figueiredo. 63a 11m. Atendimento: 2/5/2014. Dr Sergio Pinho Dr Sergio Pinho Nely Rocha de Figueiredo 63a 11m Atendimento: 2/5/2014 Planos de Referência Avaliar a relação dos planos de referência com o esqueleto facial do paciente, em especial a condição de simetria

Leia mais

AVALIAÇÃO DA PROFUNDIDADE PALATINA NOS PACIENTES PORTADORES DE MORDIDA CRUZADA POSTERIOR*

AVALIAÇÃO DA PROFUNDIDADE PALATINA NOS PACIENTES PORTADORES DE MORDIDA CRUZADA POSTERIOR* ARTIGO AVALIAÇÃO DA PROFUNDIDADE PALATINA NOS PACIENTES PORTADORES DE MORDIDA CRUZADA POSTERIOR* EVALUATION OF DEPTH PALATINE IN POSTERIOR CROSSBITE PATIENTS Braga, Fábio Leivas** Letti, Helen Carolina

Leia mais

DISJUNÇÃO RÁPIDA DA MAXILA REVISÃO DE LITERATURA

DISJUNÇÃO RÁPIDA DA MAXILA REVISÃO DE LITERATURA DISJUNÇÃO RÁPIDA DA MAXILA REVISÃO DE LITERATURA USINGER, Rafael Luís 1 DALLANORA, Lea Maria Franceschi 2 Resumo A atresia maxilar é uma deformidade dentofacial cada vez mais presente, ela é caracterizada

Leia mais

Variáveis relevantes no tratamento da má oclusão de Classe II

Variáveis relevantes no tratamento da má oclusão de Classe II Universidade de São Paulo Biblioteca Digital da Produção Intelectual - BDPI Departamento de Odontopediatria, Ortodontia e Saúde Coletiva - FOB/BAO Artigos e Materiais de Revistas Científicas - FOB/BAO

Leia mais

Prevalência de más oclusões em crianças com 12 a 36 meses de idade em João Pessoa, Paraíba*

Prevalência de más oclusões em crianças com 12 a 36 meses de idade em João Pessoa, Paraíba* A r t i g o I n é d i t o Prevalência de más oclusões em crianças com 12 a 36 meses de idade em João Pessoa, Paraíba* Sabrina Sales Lins de Albuquerque**, Ricardo Cavalcanti Duarte***, Alessandro Leite

Leia mais

gustavo cosenza botelho nogueira mauro luiz matheus

gustavo cosenza botelho nogueira mauro luiz matheus gustavo cosenza botelho nogueira mauro luiz matheus 2006 ÍNDICE Grampos de Retenção...3 Confecção do Grampo Adams...4 Acrilização...7 Hawley...8 Hawley Modificado...9 Expansor Móvel...10 Grade Móvel...11

Leia mais

EXPANSÃO RÁPIDA DA MAXILA: RELATO DE CASO CLÍNICO

EXPANSÃO RÁPIDA DA MAXILA: RELATO DE CASO CLÍNICO EXPANSÃO RÁPIDA DA MAXILA: RELATO DE CASO CLÍNICO Rapid Jaw Expansion: Clinical Case Report Vitor Felipe RUIZ1 Carolina Mattar CRUZ2 Darklê FERREIRA3 Ana Paula AGUIAR4 Leonardo Monteiro da SILVA5 RESUMO

Leia mais

Sequência clínica em reabilitação oral. Clinical protocol in oral rehabilitation

Sequência clínica em reabilitação oral. Clinical protocol in oral rehabilitation Coluna do Aloísio Aloísio Oro Spazzin 1 Carlos Breitenbach Scherer 2 Jader Sebben 3 Rodrigo Alessandretti 4 Sequência clínica em reabilitação oral Clinical protocol in oral rehabilitation Resumo O objetivo

Leia mais

CASO 2. SNA = 85 o - maxila moderadamente protruída em relação à base do crânio. Po SNA

CASO 2. SNA = 85 o - maxila moderadamente protruída em relação à base do crânio. Po SNA 1 - - Interseção das linhas e. Determina uma medida angular que mostra o posicionamento ântero-posterior da maxila em relação à base do crânio. Valor padrão de normalidade = 82 o na dentadura permanente

Leia mais

Correção da má oclusão de Classe II com mordida profunda utilizando o aparelho guia de irrupção Oclus-o-guide

Correção da má oclusão de Classe II com mordida profunda utilizando o aparelho guia de irrupção Oclus-o-guide Caso Clínico Correção da má oclusão de Classe II com mordida profunda utilizando o aparelho guia de irrupção Oclus-o-guide Paulo Roberto dos Santos-Pinto*, Cristiane Celli Matheus dos Santos-Pinto**, Luiz

Leia mais

ABORDAGEM MULTIDISCIPLINAR DE UMA MÁ OCLUSÃO DENTÁRIA E PERTURBAÇÃO MIOFUNCIONAL ATRAVÉS DA ORTODONTIA E TERAPIA DA FALA

ABORDAGEM MULTIDISCIPLINAR DE UMA MÁ OCLUSÃO DENTÁRIA E PERTURBAÇÃO MIOFUNCIONAL ATRAVÉS DA ORTODONTIA E TERAPIA DA FALA * Dr. Miguel Stanley ** Dra. Ana Paz *** Dra. Alessandra Curto **** Dra. Rita Fernandes ABORDAGEM MULTIDISCIPLINAR DE UMA MÁ OCLUSÃO DENTÁRIA E PERTURBAÇÃO MIOFUNCIONAL ATRAVÉS DA ORTODONTIA E TERAPIA

Leia mais

HÁBITOS BUCAIS COMO FATORES DE RISCO PARA A MORDIDA ABERTA ANTERIOR: UMA REVISÃO DE LITERATURA

HÁBITOS BUCAIS COMO FATORES DE RISCO PARA A MORDIDA ABERTA ANTERIOR: UMA REVISÃO DE LITERATURA HÁBITOS BUCAIS COMO FATORES DE RISCO PARA A MORDIDA ABERTA ANTERIOR: UMA REVISÃO DE LITERATURA ORAL HABITS AS RISK FACTORS FOR ANTERIOR OPEN BITE: A LITERATURE REVISION Tabata Hissae NAKAO 1 Francisco

Leia mais

Giovana Anzilago Tesser 1, Fabiane Azeredo 1, Juliana Lindemann Rizzato 1, Susana Maria Deon Rizzato 1, Luciane Macedo de Menezes 1 (orientador)

Giovana Anzilago Tesser 1, Fabiane Azeredo 1, Juliana Lindemann Rizzato 1, Susana Maria Deon Rizzato 1, Luciane Macedo de Menezes 1 (orientador) XII Salão de Iniciação Científica PUCRS Análise morfológica do arco inferior de portadores de fissura lábio-palatal após expansão rápida da maxila com dois tipos de parafusos: convencional e em leque Giovana

Leia mais

Mordida Aberta Anterior

Mordida Aberta Anterior 1 Marcelo Montanare Mordida Aberta Anterior ARAÇATUBA, SP 2013 2 Marcelo Montanare Mordida Aberta Anterior Trabalho de Conclusão de Curso, parte dos requisitos para a obtenção do título de Bacharel em

Leia mais

SÉRIE: MANUAIS DE PRÓTESE ODONTOLÓGICA

SÉRIE: MANUAIS DE PRÓTESE ODONTOLÓGICA SÉRIE: MANUAIS DE PRÓTESE ODONTOLÓGICA MOZAR MARTINS DE SOUZA MANUAL DE LIGAS FUNDIÇÃO E SOLDAGEM SÉRI E: MANUAIS DE PRÓTESE ODONTOLÓGI CA 2 ÍNDICE Manual técnico de ligas dentais O padrão Fabricação da

Leia mais

Mordida aberta anterior considerações-chave

Mordida aberta anterior considerações-chave Mordida aberta anterior considerações-chave Open bite key considerations Mordida abierta anterior consideraciones clave Aubrey Fernando Fabre 1 Marcos Rogério de Mendonça 1 Osmar Aparecido Cuoghi 1 Ana

Leia mais

PROTOCOLO DE TRATAMENTO DE MORDIDA PROFUNDA

PROTOCOLO DE TRATAMENTO DE MORDIDA PROFUNDA PROTOCOLO DE TRATAMENTO DE MORDIDA PROFUNDA Deep bite treatment protocol Kelli MORO1 Bruna Lorena dos SANTOS2 RESUMO Sobremordida é um tipo de má oclusão que apresenta etiologia multifatorial e necessita

Leia mais

Bráquetesq. metálicos cerâmicos plásticos. corpo; base (superfície de contato). fio). aletas; fixação.

Bráquetesq. metálicos cerâmicos plásticos. corpo; base (superfície de contato). fio). aletas; fixação. Bráquetesq metálicos cerâmicos plásticos Composição i ã : corpo; encaixe ou slot (abriga o fio). aletas; fixação. base (superfície de contato). Bráquetes á t simples e duplo. Bráquetes á t para colagem

Leia mais

Bimax III Uma alternativa para o tratamento ou contenção ativa nos casos de Classe III precoce

Bimax III Uma alternativa para o tratamento ou contenção ativa nos casos de Classe III precoce 1 imax III Uma alternativa para o tratamento ou contenção ativa nos casos de Classe III precoce imax III n alternative for treatment or active retention in early Class III cases Marcos Janson 1 Paulo Henrique

Leia mais

Aparelho de Protração Mandibular: uma nova abordagem na confecção do aparelho

Aparelho de Protração Mandibular: uma nova abordagem na confecção do aparelho Dica Clínica parelho de Protração Mandibular: uma nova abordagem na confecção do aparelho Luciano lvim Costa*, Rosely Suguino** Resumo má oclusão de Classe II com retrognatismo mandibular tem sido largamente

Leia mais

Estudo comparativo da discrepância nas dimensões dentárias em pacientes portadores de diferentes deformidades esqueléticas

Estudo comparativo da discrepância nas dimensões dentárias em pacientes portadores de diferentes deformidades esqueléticas Revista de Odontologia da UNESP. 2005; 34(4): 149-154 2005 - ISSN 1807-2577 Estudo comparativo da discrepância nas dimensões dentárias em pacientes portadores de diferentes deformidades esqueléticas Karina

Leia mais

Estudo das Características Oclusais em Portadores de Padrão Face Longa com Indicação de Tratamento Ortodôntico-Cirúrgico

Estudo das Características Oclusais em Portadores de Padrão Face Longa com Indicação de Tratamento Ortodôntico-Cirúrgico Artigo Inédito Estudo das Características Oclusais em Portadores de Padrão Face Longa com Indicação de Tratamento Ortodôntico-Cirúrgico Study of Occlusal Features in Long Face Pattern Patients Indicated

Leia mais

Dr. Marco. Fechamento de Diastema com Resina Composta Direta como Método Eficaz Estético e Funcional Após Finalização Ortodôntica

Dr. Marco. Fechamento de Diastema com Resina Composta Direta como Método Eficaz Estético e Funcional Após Finalização Ortodôntica INTRODUÇÃO Atualmente a procura pela estética e boa aparência do sorriso proporciona ao mercado desenvolvimento de novas técnicas e novos materiais para suprir as necessidades dos pacientes, ou seja, o

Leia mais