Mestrado em Genética Molecular e Biomedicina. 6ª Edição 2012 / Reunião de apresentação - 5 Setembro 2012

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Mestrado em Genética Molecular e Biomedicina. 6ª Edição 2012 / 2014. Reunião de apresentação - 5 Setembro 2012"

Transcrição

1 Mestrado em Genética Molecular e Biomedicina 6ª Edição 2012 / 2014 Reunião de apresentação - 5 Setembro 2012

2 Mestrado em Genética Molecular e Biomedicina Organização Comissão Científica: Prof. José Paulo Sampaio (coordenador) Prof. Paula Gonçalves Prof. Ilda Sanches Prof. Margarida Braga Representantes do alunos: (2 representantes a eleger até 1 Novembro 2012)

3 Funcionamento do Mestrado: Regime diurno disciplinas obrigatórias (15 ECTS / semestre) disciplinas opcionais (15 ECTS / semestre) Informações sobre mestrado: Inscrições Divisão Académica 17, 18 e 19 Setembro* Inicio das aulas: 24 Setembro

4 Funcionamento do Mestrado: Inscrição no CLIP toda a gestão da actividade dos alunos é feita no CLIP Inscrições nas Ucs e turnos práticos Sumários Lançamento de notas Moodle: Comunicação alunos Coordenação do Mestrado geral dos alunos: password: biomedicina Coordenador (usar com parsimónia!)

5 Sempre que possível canalizar os assuntos para os representantes dos alunos No final do semestre os alunos devem reunir-se e preparar uma apreciação (escrita) do semestre disciplina a disciplina. Apreciação construtiva indicando aspectos positivos e negativos do desempenho dos docentes e discentes Abril 2013 Inicio do processo de escolha de tema de Dissertação (dissertação não pode ser iniciada com mais do que 2 disciplinas em atraso!)

6 Perfil curricular da FCT - Motivação 5) Internacionalização do ensino. - princípios: 1) Sólida formação de base O não descurar desta formação base não pode ser confundido com o exacerbar de unidades curriculares, que por vezes vão muito para além do que é a base necessária para a formação Os cursos devem identificar o core mínimo de competências de formação científica e técnica de base 2) Formação complementada com experiência hands-on, em investigação ou no mundo empresarial. Todos os cursos têm que prever um conjunto mínimo de 6 ECTS a fazer em actividades ou de ligação à vida profissional empresarial, ou de actividades de iniciação à investigação científica 3) Formação mínima em competências transversais (softskills) deverá ser considerada uma unidade curricular de 3 créditos ECTS para todos os planos curriculares de 2º ciclo ou Mestrado Integrado, em Empreendedorismo 4) Espaço (curricular) de escolha livre dos estudantes o aluno deverá poder enriquecer o seu currículo com conhecimentos fora da área de especialização, de acordo com os seus próprios interesses - todo o curso deve prever um bloco de pelo menos 12 créditos ECTS opcionais (no total da formação de 1º e 2º ciclo, sendo preferencialmente de 6 créditos no 1º ciclo e 6 créditos no 2º ciclo), para além das várias opções que decorrem de especializações.

7 5) Internacionalização do ensino Deve ser organizada e alargada em muito a oferta de disciplinas em inglês, em especial em disciplinas de 2º ciclo 6) Ensino que fomente a responsabilidade e autonomia Diminuição da carga horária com o decorrer do curso, sendo que nos últimos anos, ao nível do 2º ciclo, a carga horária semanal máxima - créditos ECTS múltiplos de 3, sendo 6 o valor normal - alteração do calendário escolar, diminuindo o período de avaliações - alterações na forma de avaliação das unidades curriculares, passando a ter que haver uma componente substancial de avaliação contínua.

8

9 MGMBM Ucs obrigatórias Regulação da Expressão Genética Neurobiologia 15 Biologia Desenv. Genética Humana e Oncobiologia Microb. Celular Epidem. Molecular 15 Empreendedorismo

10 opções core 1º semestre Regulação da Expressão Genética Biologia Des. Neurobiologia 15 Rotações laboratoriais A ou Rotações laboratoriais B Bioinformática em Biomedicina Microbiologia Alimentar 15 Biosensores 6 ECTS escolha livre

11 Bloco Livre

12 Bloco Livre

13 Bloco Livre

14 Mestrado em Genética Molecular e Biomedicina - horário 1º semestre ª FEIRA 2ª FEIRA 3ª FEIRA 3ª FEIRA 4ª FEIRA 4ª FEIRA 5ª FEIRA 6ª FEIRA 8 H Neurobiologia Micro Alimentar Obrigatória 9 H T T Opção Rotação 8:30-10:00 8:30-10:00 10 H Laboratorial A Neurobiologia Micro Alimentar (7 semanas) P P Bloco escolha livre 11 H 9:00-13:00 10:00-13:00 10:00-13:00 Reg Exp Gen 14:00-18:00 12 H T 11:30-13:00 3 ECTS 6 ECTS 6 ECTS 13 H Bioinf em Biom T 14 H 13:00-14:30 Reg Exp Gen Reg Exp Gen Biologia Desenv P1 203 Biossensores Rotação P2 209 T H Bioinf em Biom 14:00-17:00 14:30-19:30 Laboratorial B P :00-15:30 P (2T_3P) (7 semanas) 14:00-17:00 16 H 14:30-17:30 9:00-13:00 TP :00-18:00 15:30-18:30 17 H 6 ECTS 6 ECTS 6 ECTS 3 ECTS 18 H 3 ECTS (7 semanas) 6 ECTS

15 opções core 2º semestre Genética Humana e Oncobiologia Microb. Celular Epidem. Molecular 15 Empreendedorismo Rotações laboratoriais C Rotações laboratoriais D Bioética Genómica e Evolução Molecular Bionanotecnologia Bioquímica Clínica 15 Biotecnologia A

16 Gestão das inscrições nas UCs optativas: envio pela CC do mestrado via geral dos alunos de formulário a preencher e devolver por até 14 Setembro

HORÁRIOS DE AULA CURSO: SISTEMAS DE INFORMAÇÃO SEMESTRE: 2015.2 PERIODO: 1º TURMA: TURNO: NOITE BLOCO: A

HORÁRIOS DE AULA CURSO: SISTEMAS DE INFORMAÇÃO SEMESTRE: 2015.2 PERIODO: 1º TURMA: TURNO: NOITE BLOCO: A CURSO: DE INFORMAÇÃO SEMESTRE: 2015.2 PERIODO: 1º TURMA: TURNO: NOITE BLOCO: A CURSO: DE INFORMAÇÃO SEMESTRE: 2015.2 PERIODO: 2º TURMA: TURNO: NOITE BLOCO: A I I I I CURSO: DE INFORMAÇÃO SEMESTRE: 2015.2

Leia mais

2ª feira 3ª feira 4ª feira 5ª feira 6ª feira Horário de aula. Química Geral e Inorgânica. Biologia Celular e Tecidual.

2ª feira 3ª feira 4ª feira 5ª feira 6ª feira Horário de aula. Química Geral e Inorgânica. Biologia Celular e Tecidual. CURSO: ANO: 2016 SÉRIE: 1 série SEMESTRE LETIVO DO ANO: ( X ) 1º SEMESTRE ( ) 2º SEMESTRE 2ª feira 3ª feira 4ª feira 5ª feira 6ª feira Horário de aula Biologia Introdução ao Geral e Biologia Celular e

Leia mais

2. São igualmente fixados: Universidade do Minho, 5 de Setembro de O Reitor, A. Guimarães Rodrigues

2. São igualmente fixados: Universidade do Minho, 5 de Setembro de O Reitor, A. Guimarães Rodrigues Divisão Académica despacho RT/C-211/2006 A Resolução SU-3/06, de 13 de Março, aprovou a adequação do Curso de Licenciatura em Engenharia BIológica, agora designado por Mestrado em Engenharia Biológica.

Leia mais

Recomendações para uma boa estadia

Recomendações para uma boa estadia Recomendações para uma boa estadia Recepção aos caloiros da LEI 08/09 Bem vindos! Sumário Ensino, Aprendizagem e Avaliação Onde obter mais informações O que se segue Caloiros LEI 08/09 Caloiros LEI 08/09

Leia mais

Mestrado Integrado em Engenharia Física

Mestrado Integrado em Engenharia Física DGES DIRECÇÃO GERAL DO ENSINO SUPERIOR MINISTÉRIO DA CIÊNCIA, TECNOLOGIA E ENSINO SUPERIOR 1 Mestrado Integrado em Engenharia Física Faculdade de Ciências e Tecnologia Universidade Nova de Lisboa 1 DGES

Leia mais

DISCIPLINAS PEDAGOGIA ORGANIZAÇÃO CURRICULAR (NOVA) CARGA HORÁRIA PRÉ REQUISITO 1º SEMESTRE. 01 - Metodologia Científica

DISCIPLINAS PEDAGOGIA ORGANIZAÇÃO CURRICULAR (NOVA) CARGA HORÁRIA PRÉ REQUISITO 1º SEMESTRE. 01 - Metodologia Científica PEDAGOGIA ORGANIZAÇÃO CURRICULAR (NOVA) DISCIPLINAS CARGA HORÁRIA PRÉ REQUISITO 1º SEMESTRE 01 - Metodologia Científica 02 - Fundamentos epistemológicos da Educação 1 / 29 03 - Sociologia e Educação 04

Leia mais

ESTRUTURA CURRICULAR E PLANO DE ESTUDOS

ESTRUTURA CURRICULAR E PLANO DE ESTUDOS B ESTRUTURA CURRICULAR E PLANO DE ESTUDOS 1. Estabelecimento de ensino: 2. Unidade orgânica (faculdade, escola, instituto, etc.): 3. Curso: 4. Grau ou diploma: Mestrado 5. Área científica predominante

Leia mais

UNIVERSIDADE NOVA DE LISBOA Faculdade de Ciências Médicas

UNIVERSIDADE NOVA DE LISBOA Faculdade de Ciências Médicas Áreas científicas O curso de Mestrado Integrado em Medicina está organizado de acordo com o sistema de unidades de crédito (ECTS) e encontra -se distribuído pelas seguintes áreas de ensino e investigação

Leia mais

GUIA DE FUNCIONAMENTO DA UNIDADE CURRICULAR

GUIA DE FUNCIONAMENTO DA UNIDADE CURRICULAR GUIA DE FUNCIONAMENTO DA UNIDADE CURRICULAR Estatística Biologia Ano lectivo: 2011 /2012 Docentes Responsável Júri Vogal Vogal Responsável pela pauta Docentes que leccionam a UC Ana Maria Caeiro Lebre

Leia mais

FACULDADE DOUTOR FRANCISCO MAEDA FAFRAM CURSO DE DIREITO PERÍODO 1º ANO: 2016/1 DIURNO HORÁRIO 2ª FEIRA 3ª FEIRA 4ª FEIRA 5ª FEIRA 6ª FEIRA SÁBADO

FACULDADE DOUTOR FRANCISCO MAEDA FAFRAM CURSO DE DIREITO PERÍODO 1º ANO: 2016/1 DIURNO HORÁRIO 2ª FEIRA 3ª FEIRA 4ª FEIRA 5ª FEIRA 6ª FEIRA SÁBADO CURSO DE DIREITO PERÍODO 1º ANO: 2016/1 DIURNO Diurno/Not Diurno/Not de de de de CURSO DE DIREITO PERÍODO: 1º ANO: 2016/1 NOTURNO de de de de CURSO DE DIREITO PERÍODO 3º ANO: 2016 /1 DIURNO Volpe Volpe

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE CIÊNCIAS DA SAÚDE DE PORTO ALEGRE GRADE HORÁRIA CURSOS NOTURNOS

UNIVERSIDADE FEDERAL DE CIÊNCIAS DA SAÚDE DE PORTO ALEGRE GRADE HORÁRIA CURSOS NOTURNOS CURSO: BIOMEDICINA - NOTURNO ANO: 2017/2 SÉRIE: 1º semestre da 1ª série SEMESTRE LETIVO DO ANO: ( ) 1º SEMESTRE ( X ) 2º SEMESTRE Tutoria Prática A Prática B Prática A Prática B Prática B Prática A Prática

Leia mais

RELATÓRIO DE CONCRETIZAÇÃO DO PROCESSO DE BOLONHA

RELATÓRIO DE CONCRETIZAÇÃO DO PROCESSO DE BOLONHA RELATÓRIO DE CONCRETIZAÇÃO DO PROCESSO DE BOLONHA 2006/2007 DEPARTAMENTO Biologia 1. INTRODUÇÃO Enquadramento e fundamentação do processo de adequação ou de criação do curso. (máx. 3000 caracteres) Sendo

Leia mais

Gabinete de Dissertações de Mestrado do Departamento de Bioengenharia (GaDM-DBE)

Gabinete de Dissertações de Mestrado do Departamento de Bioengenharia (GaDM-DBE) DISSERTAÇÃO DE MESTRADO EM BIOTECNOLOGIA GUIA DO ALUNO Dissertação de Mestrado em Biotecnologia - 2015 1. ENTIDADES COORDENADORAS Comissão Científica do Mestrado em Biotecnologia Prof.ª Isabel Sá Correia

Leia mais

RELATÓRIO DE CONCRETIZAÇÃO DO PROCESSO DE BOLONHA

RELATÓRIO DE CONCRETIZAÇÃO DO PROCESSO DE BOLONHA RELATÓRIO DE CONCRETIZAÇÃO DO PROCESSO DE BOLONHA 2007/2008 DEPARTAMENTO Biologia CURSO Mestrado em Biologia Molecular e Celular 1. INTRODUÇÃO Transição curricular dos alunos dos cursos pré-bolonha para

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE LICENCIATURA EM CIÊNCIAS BIOLÓGICAS 2013 Reformulada em abril º ANO

MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE LICENCIATURA EM CIÊNCIAS BIOLÓGICAS 2013 Reformulada em abril º ANO MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE LICENCIATURA EM CIÊNCIAS BIOLÓGICAS 2013 Reformulada em abril 2015 1º ANO 1º Semestre Produção de Texto 02 40 Didática:Fundamentos da Educação 04 80 História e Filosofia da

Leia mais

Licenciatura em Gestão de Recursos Humanos (LRH)

Licenciatura em Gestão de Recursos Humanos (LRH) UNIVERSIDADE TÉCNICA DE MOÇAMBIQUE UDM DIRECÇÃO ACADÉMICA CURRÍCULO DA ÁREA DE FORMAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO E GESTÃO DE EMPRESAS AFAGE Licenciatura em Gestão de Recursos Humanos (LRH) Maputo, Julho de 2015

Leia mais

FORMAÇÃO NA FFULISBOA NA ÁREA DAS ANÁLISES CLÍNICAS E GENÉTICA HUMANA. Matilde Fonseca e Castro Maio 2016 (mcastro@ff.ulisboa.pt)

FORMAÇÃO NA FFULISBOA NA ÁREA DAS ANÁLISES CLÍNICAS E GENÉTICA HUMANA. Matilde Fonseca e Castro Maio 2016 (mcastro@ff.ulisboa.pt) FORMAÇÃO NA FFULISBOA NA ÁREA DAS ANÁLISES CLÍNICAS E GENÉTICA HUMANA Matilde Fonseca e Castro Maio 2016 (mcastro@ff.ulisboa.pt) População muito envelhecida (2 milhões de habitantes com idade >65 anos)

Leia mais

RELATÓRIO DE CONCRETIZAÇÃO DO PROCESSO DE BOLONHA

RELATÓRIO DE CONCRETIZAÇÃO DO PROCESSO DE BOLONHA RELATÓRIO DE CONCRETIZAÇÃO DO PROCESSO DE BOLONHA ANO LECTIVO 2009/2010 DEPARTAMENTO DE ECONOMIA, GESTÃO E ENGENHARIA INDUSTRIAL Prof. Joaquim Carlos Pinho 2º ciclo em Economia 1. INTRODUÇÃO Este relatório

Leia mais

Escola Superior de Saúde de Santa Maria Curso de Licenciatura em Fisioterapia (a aguardar publicação em Diário da República)

Escola Superior de Saúde de Santa Maria Curso de Licenciatura em Fisioterapia (a aguardar publicação em Diário da República) Caracterização, Estrutura Curricular e Plano de Estudos: Escola Superior de Saúde de Santa Maria Curso de Licenciatura em Fisioterapia (a aguardar publicação em Diário da República) 1 - Estabelecimento

Leia mais

CALENDÁRIO ACADÊMICO DE 2015

CALENDÁRIO ACADÊMICO DE 2015 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Universidade Federal de Alfenas. UNIFAL-MG Rua Gabriel Monteiro da Silva, 700 Alfenas/MG. CEP 37130-000 Fone: (35) 3299-1000 Fax: (35) 3299-1063 CALENDÁRIO ACADÊMICO DE 2015 Aprovado

Leia mais

Licenciatura em Ciências Biomédicas

Licenciatura em Ciências Biomédicas Licenciatura em Ciências Biomédicas Uma formação de elevada empregabilidade e com vagas em Medicina Coordenação: Prof. Doutor Ricardo Jorge Dinis-Oliveira CESPU & UNIVERSIDADE DE MADRID ALFONSO X EL SABIO

Leia mais

Mestrado Integrado em Bioengenharia (MIB)

Mestrado Integrado em Bioengenharia (MIB) Mestrado Integrado em Bioengenharia (MIB) Algumas Informações - CRIADO EM PARCERIA PELA FEUP E PELO ICBAS - 1ª EDIÇÃO EM 2006/07 1 os finalistas 2010/11 - DISCIPLINAS ESPECÍFICAS MATEMÁTICA A, FÍSICA E

Leia mais

ALGUNS CRITÉRIOS PARA DEPENDÊNCIA/ ADAPTAÇÃO 2012 1º SEMESTRE

ALGUNS CRITÉRIOS PARA DEPENDÊNCIA/ ADAPTAÇÃO 2012 1º SEMESTRE * ALGUNS CRITÉRIOS PARA DEPENDÊNCIA/ ADAPTAÇÃO 2012 1º SEMESTRE Pode progredir para o período seguinte o aluno aprovado em todas as unidades de ensino ou que possuir até 4 (quatro) dependências. Aluno

Leia mais

RELATÓRIO DE CONCRETIZAÇÃO DO PROCESSO DE BOLONHA

RELATÓRIO DE CONCRETIZAÇÃO DO PROCESSO DE BOLONHA RELATÓRIO DE CONCRETIZAÇÃO DO PROCESSO DE BOLONHA ANO LECTIVO 2009/2010 Universidade de Aveiro e Universidade do Porto Fernando Almeida (UA) Helena Sant Ovaia (UP) Geomateriais e Recursos Geológicos 1.

Leia mais

Considerando que um regime de transição deve ser o mais claro e transparente possível e de fácil aplicação;

Considerando que um regime de transição deve ser o mais claro e transparente possível e de fácil aplicação; Regulamento de Transição para o Novo Plano de Estudos do Mestrado Integrado em Ciências Farmacêuticas Considerando que um regime de transição deve ser o mais claro e transparente possível e de fácil aplicação;

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE CIÊNCIAS DA SAÚDE DE PORTO ALEGRE CRONOGRAMA DE AULAS

UNIVERSIDADE FEDERAL DE CIÊNCIAS DA SAÚDE DE PORTO ALEGRE CRONOGRAMA DE AULAS SÉRIE: 1ª SEMESTRE: 1º Área Verde Área Verde Área Verde Área Verde Área Verde Área Verde Introdução ao Laboratório TA - Área Verde Introdução ao Laboratório TB - Área Verde Microbiologia de Alimentos -

Leia mais

MESTRADO INTEGRADO EM MEDICINA Unidades Curriculares Opcionais aprovadas para o ano Letivo de

MESTRADO INTEGRADO EM MEDICINA Unidades Curriculares Opcionais aprovadas para o ano Letivo de MESTRADO INTEGRADO EM MEDICINA Unidades Curriculares Opcionais aprovadas para o ano Letivo de 2016-2017 Os estudantes, do 1º ao 5º ano, no momento da sua inscrição, devem escolher duas unidades curriculares

Leia mais

Grade Curricular do Curso de Bacharelado em Biotecnologia - São Carlos

Grade Curricular do Curso de Bacharelado em Biotecnologia - São Carlos Grade Curricular do Curso de Bacharelado em Biotecnologia - São Carlos Perfil 01 Código Disciplina Creditos Aula Lab. Est. Conjunto 1 070211 QUIMICA GERAL PARA ESTUDANTES DE BIOLOGIA 4 4 0 0 OBRIGATORIAS

Leia mais

GRADE HORÁRIA 1º SEMESTRE DE 2016

GRADE HORÁRIA 1º SEMESTRE DE 2016 1º PERÍODO # TURNO Noite # SALA # Nº DE ALUNOS Optativa PIN i: Matemática Empreendedorismo, Matemática I I criatividade e inovação I Matemática Optativa PIN i: Empreendedorismo, criatividade e inovação

Leia mais

FACULDADE METROPLITANA DA AMAZÔNIA-FAMAZ COORDENAÇÃO DE ENGENHARIA CIVIL CALENDÁRIO DE PROVAS DA 1ª AVALIAÇÃO CURSO: ENGENHARIA CIVIL

FACULDADE METROPLITANA DA AMAZÔNIA-FAMAZ COORDENAÇÃO DE ENGENHARIA CIVIL CALENDÁRIO DE PROVAS DA 1ª AVALIAÇÃO CURSO: ENGENHARIA CIVIL CALENDÁRIO DE PROVAS DA 1ª AVALIAÇÃO TURMA: 450116 - SALA: 102 Bloco I TURNO: VESPERTINO 1º PERÍODO (1º semestre/2014) 1ª Avaliação Regimental Fundamentos da Engenharia 20.03.2014 14:00 às 17:30 Comportamento

Leia mais

FACULDADE DE FARMÁCIA UNIVERSIDADE DE LISBOA

FACULDADE DE FARMÁCIA UNIVERSIDADE DE LISBOA FACULDADE DE FARMÁCIA UNIVERSIDADE DE LISBOA MESTRADO CURSO PÓS-GRADUADO DE ESPECIALIZAÇÃO CIÊNCIAS BIOFARMACÊUTICAS Acreditado pela A3ES 5 ª Edição 2014/2016 Colaboração Research Institute for Medicines

Leia mais

Plano de Estudos do 2º Ciclo (Mestrado) em Engenharia Agronómica

Plano de Estudos do 2º Ciclo (Mestrado) em Engenharia Agronómica Plano de Estudos do 2º Ciclo (Mestrado) em Engenharia Agronómica O plano de estudos do Mestrado em Engenharia Agronómica contempla sete áreas de especialização: Agro-Pecuária Biotecnologia e Melhoramento

Leia mais

FACULDADE PITAGORAS EDITAL 01/16 PROGRAMA DE MONITORIA DA FACULDADE PITAGORAS - SÃO LUIS

FACULDADE PITAGORAS EDITAL 01/16 PROGRAMA DE MONITORIA DA FACULDADE PITAGORAS - SÃO LUIS EDITAL 01/16 PROGRAMA DE MONITORIA DA - SÃO LUIS O Diretor Geral da Faculdade Pitágoras, através da Núcleo de Atendimento Institucional - NAI, no uso de suas atribuições regimentais e de acordo com o que

Leia mais

Diário da República, 2.ª série N.º de Setembro de (77)

Diário da República, 2.ª série N.º de Setembro de (77) Diário da República, 2.ª série N.º 173 7 de Setembro de 2007 26 192-(77) 1.º ano/2.º semestre curricular QUADRO N.º 2 IS Bases de Eng. biomédica, incluindo o seguinte elenco EBMb Semestral (com disci-

Leia mais

BLOCO I IDENTIFICAÇÃO

BLOCO I IDENTIFICAÇÃO CURSO DE Biomedicina (diurno e noturno) e Farmácia SÉRIE: Segunda SEMESTRE LETIVO: (1º sem, 2º sem ou anual) PLANO DE ENSINO DA DISCIPLINA BLOCO I IDENTIFICAÇÃO Código da Disciplina: Nome da Disciplina:

Leia mais

Faculdade São Lucas. Credenciada pela Portaria de 03/12/99. Coordenação de Medicina Matriz Curricular 2º Semestre de 2011

Faculdade São Lucas. Credenciada pela Portaria de 03/12/99. Coordenação de Medicina Matriz Curricular 2º Semestre de 2011 Faculdade São Lucas Credenciada pela Portaria 1.714 de 03/12/99 Rua Alexandre Guimarães, 1927 Bairro: Areal Porto Velho RO Telefones: (69) 32118000 Coordenação de Medicina Matriz Curricular 2º Semestre

Leia mais

SISTEMA CONTINUADO DE AVALIAÇÃO DOCENTE FACULDADES FACER CERES, JARAGUÁ E RUBIATABA SELEÇÃO DE PROFESSORES PARA O SEMESTRE LETIVO 2017/1

SISTEMA CONTINUADO DE AVALIAÇÃO DOCENTE FACULDADES FACER CERES, JARAGUÁ E RUBIATABA SELEÇÃO DE PROFESSORES PARA O SEMESTRE LETIVO 2017/1 SISTEMA CONTINUADO DE AVALIAÇÃO DOCENTE FACULDADES FACER CERES, JARAGUÁ E RUBIATABA SELEÇÃO DE PROFESSORES PARA O SEMESTRE LETIVO 207/ De 22 de novembro a 9 de dezembro CRONOGRAMA Inscrições Data prevista:

Leia mais

T P PRÉ-REQUISITO T P PRÉ-REQUISITO

T P PRÉ-REQUISITO T P PRÉ-REQUISITO MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE ENFERMAGEM 2012.2 1º SEMESTRE Anatomia Humana I 72 36 36 - Biologia Celular e Genética 72 36 36 - Introdução à Enfermagem 36 36 - Relações Étnico-raciais, Cultura e Saúde

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR BACHARELADO EM CIÊNCIAS BIOLÓGICAS

MATRIZ CURRICULAR BACHARELADO EM CIÊNCIAS BIOLÓGICAS MATRIZ CURRICULAR BACHARELADO EM CIÊNCIAS BIOLÓGICAS Curso: CIÊNCIAS BIOLÓGICAS Grau Conferido: [x] Bacharel [ ] Licenciatura [ ] Tecnólogo Matriz Válida para Ingressos a partir do ano: 2015 Versão da

Leia mais

REGULAMENTO DAS DISCIPLINAS OPTATIVAS DA FACULDADE IESCAMP

REGULAMENTO DAS DISCIPLINAS OPTATIVAS DA FACULDADE IESCAMP REGULAMENTO DAS DISCIPLINAS OPTATIVAS DA FACULDADE IESCAMP Página 1 de 6 REGULAMENTO DAS DISCIPLINAS OPTATIVAS DA FACULDADE IESCAMP I - DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Art. 1º Para os efeitos deste Regulamento

Leia mais

Regulamento de Estágios da ESTBarreiro/IPS

Regulamento de Estágios da ESTBarreiro/IPS Regulamento de Estágios da ESTBarreiro/IPS Artigo 1.º Objeto 1. O presente regulamento define o regime de estágios curriculares aplicável aos cursos: a) De Especialização Tecnológica; b) De Licenciatura;

Leia mais

Curriculum Vitæ. Catarina Maria Pereira da Costa Sá Silva

Curriculum Vitæ. Catarina Maria Pereira da Costa Sá Silva Curriculum Vitæ Catarina Maria Pereira da Costa Sá Silva Fevereiro 2015 Dados Pessoais Nome: Catarina Maria Pereira da Costa Sá Silva Número do cartão de cidadão: 14204626 4 ZZ2 Data de Nascimento: 10

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE FARMÁCIA

MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE FARMÁCIA MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE FARMÁCIA Campus: Curso: Modalidade: Integralização: Anápolis de Ciências Exatas e Tecnológicas - Henrique Santillo Farmácia Bacharelado Mínimo: 10 semestres Máximo: 15 semestres

Leia mais

Estrutura curricular e plano de estudos

Estrutura curricular e plano de estudos Estrutura curricular e plano de estudos 1. Estabelecimento de ensino: Universidade de Coimbra 2. Unidade orgânica (faculdade, escola, instituto, etc.): Faculdade de Ciências e Tecnologia 3. Curso: Arquitectura

Leia mais

2. DOS REQUISITOS DOS CANDIDATOS O candidato deverá obrigatoriamente que preencher os seguintes requisitos:

2. DOS REQUISITOS DOS CANDIDATOS O candidato deverá obrigatoriamente que preencher os seguintes requisitos: EDITAL DE PRÉ-SELEÇÃO DE ALUNOS PARA PARTICIPAREM DE INTERCÂMBIO ACADÊMICO, ESTÁGIOS E CURSOS DE IDIOMAS NOS ESTADOS UNIDOS, FRANÇA, ITÁLIA, REINO UNIDO E ALEMANHA Programa Ciência sem Fronteiras CHAMADAS

Leia mais

Matriz Curricular. Natureza Disciplinas. Àrea de. 1º semestre. Formação

Matriz Curricular. Natureza Disciplinas. Àrea de. 1º semestre. Formação Matriz Curricular Faculdade: Engenharia, Arquitetura e Urbanismo Curso: Engenharia de Produção Turno: Diurno Campus: Santa Bárbara d Oeste Modalidade: Título oferecido: Engenheiro de Produção Duração do

Leia mais

FARMÁCIA - NOTURNO. Farmácia - NOTURNO - 1º TERMO HORÁRIO 2ª feira 3ª feira 4ª feira 5ª feira 6ª feira Sábado

FARMÁCIA - NOTURNO. Farmácia - NOTURNO - 1º TERMO HORÁRIO 2ª feira 3ª feira 4ª feira 5ª feira 6ª feira Sábado FARMÁCIA - NOTURNO HORÁRIO - 1º SEMESTRE 2017 ATUALIZADO: 30/11/2016 Farmácia - NOTURNO - 1º TERMO Bioética 10 Vagas SALA 01 Estrutura da Matéria Biologia Celular Cálculo I* Cálculo I* Bioestatística Turma

Leia mais

LICENCIATURA EM DESIGN DE COMUNICAÇÃO

LICENCIATURA EM DESIGN DE COMUNICAÇÃO LICENCIATURA EM DESIGN DE COMUNICAÇÃO NORMAS REGULAMENTARES Curso do 1º ciclo de estudos do ensino superior, de cariz universitário, conferente do grau de licenciado, adequado ao Processo de Bolonha, constante

Leia mais

PROGRAMA INTEGRADO DE FORMAÇÃO AVANÇADA EM TURISMO (2º E 3º CICLOS)

PROGRAMA INTEGRADO DE FORMAÇÃO AVANÇADA EM TURISMO (2º E 3º CICLOS) PROGRAMA INTEGRADO DE FORMAÇÃO AVANÇADA EM TURISMO (2º E 3º CICLOS) MESTRADO EM GESTÃO DAS ORGANIZAÇÕES TURÍSTICAS (2º CICLO) MESTRADO EM DESENVOLVIMENTO E GESTÃO DOS DESTINOS TURÍSTICOS (2º CICLO) DOUTORAMENTO

Leia mais

Bilhete 084/14. Bilhete 084/14 Santo André, 25 de novembro de 2014. Senhores Pais dos alunos da Educação Infantil.

Bilhete 084/14. Bilhete 084/14 Santo André, 25 de novembro de 2014. Senhores Pais dos alunos da Educação Infantil. Senhores Pais dos alunos da Educação Infantil. Senhores Pais dos alunos da Educação Infantil. Senhores Pais dos alunos do 1º ano. Senhores Pais dos alunos do 1º ano. Senhores Pais dos alunos da turma 1F8.

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS (Bacharelado) Aplicada aos Ingressantes em 2011/1 nos Turnos Vespertino e Noturno

MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS (Bacharelado) Aplicada aos Ingressantes em 2011/1 nos Turnos Vespertino e Noturno 1 O PERÍODO MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS (Bacharelado) Aplicada aos Ingressantes em 2011/1 nos Turnos Vespertino e Noturno BIOLOGIA CELULAR 60 3 2 1 QUÍMICA INORGÂNICA 60 3 2 1 MATEMÁTICA

Leia mais

Pós Graduação em Nefrologia (Domingo, 03 de Agosto de 2008) -

Pós Graduação em Nefrologia (Domingo, 03 de Agosto de 2008) - Pós Graduação em Nefrologia (Domingo, 03 de Agosto de 2008) - 2º Curso de Pós-Graduação em Enfermagem Nefrológica Acreditado pela EDTNA/ERCA (European Dialysis & Transplant Nurse Association / European

Leia mais

PLANO DE ENSINO DA DISCIPLINA BLOCO I IDENTIFICAÇÃO

PLANO DE ENSINO DA DISCIPLINA BLOCO I IDENTIFICAÇÃO CURSO DE GRADUAÇÃO: Biomedicina Diurno, Biomedicina Noturno, Enfermagem, Farmácia, Física Médica, Fisioterapia, Fonoaudiologia, Gastronomia, Informática Biomédica, Medicina, Nutrição, Psicologia, Química

Leia mais

Edital. Ref. 484.5/2016 Pág. 1/5

Edital. Ref. 484.5/2016 Pág. 1/5 Universidade de Évora Universidade Nova de Lisboa - Faculdade de Ciências Sociais e Humanas Universidade de Lisboa - Instituto Superior de Ciências Sociais e Poĺıticas Universidade de Lisboa - Instituto

Leia mais

REGULAMENTO DO GABINETE DE GESTÃO DA QUALIDADE DA ESCOLA SUPERIOR DE DANÇA

REGULAMENTO DO GABINETE DE GESTÃO DA QUALIDADE DA ESCOLA SUPERIOR DE DANÇA REGULAMENTO DO GABINETE DE GESTÃO DA QUALIDADE DA ESCOLA SUPERIOR DE DANÇA A integração no espaço europeu de ensino superior das instituições académicas portuguesas trouxe consigo a necessidade de adoptar

Leia mais

CONCURSO PARA ATRIBUIÇÃO DE 20 BOLSAS DE DOUTORAMENTO PROGRAMA DOUTORAL EM BIOLOGIA E ECOLOGIA DAS ALTERAÇÕES GLOBAIS

CONCURSO PARA ATRIBUIÇÃO DE 20 BOLSAS DE DOUTORAMENTO PROGRAMA DOUTORAL EM BIOLOGIA E ECOLOGIA DAS ALTERAÇÕES GLOBAIS CONCURSO PARA ATRIBUIÇÃO DE 20 BOLSAS DE DOUTORAMENTO PROGRAMA DOUTORAL EM BIOLOGIA E ECOLOGIA DAS ALTERAÇÕES GLOBAIS Em Fevereiro de 2011, têm início as actividades lectivas do primeiro doutoramento em

Leia mais

ATOS LEGAIS DO CURSO:

ATOS LEGAIS DO CURSO: CATÁLOGO DO CURSO SUPERIOR EM TECNOLOGIA EM ESTÉTICA E COSMÉTICA ATOS LEGAIS DO CURSO: Nome do Curso: Superior de Tecnologia em Estética e Cosmética Nome da Mantida: Centro Universitário de Rio Preto Endereço

Leia mais

BIOLOGIA EVOLUTIVA E DO DESENVOLVIMENTO

BIOLOGIA EVOLUTIVA E DO DESENVOLVIMENTO Mestrado em BIOLOGIA EVOLUTIVA E DO DESENVOLVIMENTO Comissão do Mestrado BED: Sólveig Thorsteinsdóttir Élio Sucena Manuela Coelho solveig@fculpt jesucena@fculpt mmcoelho@fculpt Objectivos: O mestrado em

Leia mais

FARMÁCIA - NOTURNO. Farmácia - NOTURNO - 1º TERMO. Farmácia - NOTURNO - 3º TERMO HORÁRIO 2ª feira 3ª feira 4ª feira 5ª feira 6ª feira Sábado

FARMÁCIA - NOTURNO. Farmácia - NOTURNO - 1º TERMO. Farmácia - NOTURNO - 3º TERMO HORÁRIO 2ª feira 3ª feira 4ª feira 5ª feira 6ª feira Sábado FARMÁCIA - NOTURNO HORÁRIO - 1º SEMESTRE 2017 ATUALIZADO: 30/11/2016 Farmácia - NOTURNO - 1º TERMO Bioética 10 Vagas SALA 01 Estrutura da Matéria Biologia Celular Cálculo I* Cálculo I* Bioestatística Turma

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR DO CURSO TÉCNICO EM INFORMÁTICA INTEGRADO AO ENSINO MÉDIO

MATRIZ CURRICULAR DO CURSO TÉCNICO EM INFORMÁTICA INTEGRADO AO ENSINO MÉDIO Ministério da Educação Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica Instituto Federal do Rio de Janeiro IFRJ Pró-Reitoria de Ensino Médio e Técnico PROET Direção de Ensino Campus Nilo Peçanha/Pinheiral

Leia mais

CHAVE DO FUTURO. Formativa 2015/16. Oferta. está nas tuas mãos. Ensino Secundário Recorrente. Cursos. Educação e Formação de Adultos.

CHAVE DO FUTURO. Formativa 2015/16. Oferta. está nas tuas mãos. Ensino Secundário Recorrente. Cursos. Educação e Formação de Adultos. A CHAVE DO FUTURO está nas tuas mãos Ensino Secundário Recorrente Cursos Educação e Formação de Adultos Cursos Profissionais Cursos Científico-Humanísticos Cursos Vocacionais Orientar Saberes, Desenvolver

Leia mais

HORÁRIO DO 1º SEMESTRE

HORÁRIO DO 1º SEMESTRE HORÁRIO DO 1º SEMESTRE 2016-2017 UNIDADES CURRICULARES SEMANA DIA/MÊS 1º tempo (9-11h) 2º tempo (11-13h) 3º tempo (14-16h) 4º tempo (16-18h) 1 23 setembro BR BR 1 24 setembro TA TA 2 30 setembro TA TA

Leia mais

Calendarização do procedimento:

Calendarização do procedimento: Procedimento de Candidaturas aos Ramos da Licenciatura em Biologia (3º ano) A candidatura aos Ramos da Licenciatura em Biologia é efetuada através do preenchimento e submissão eletrónica do respetivo Formulário

Leia mais

Regulamento Erasmus. Cap. I Disposição geral. Artigo 1º (Objecto)

Regulamento Erasmus. Cap. I Disposição geral. Artigo 1º (Objecto) Regulamento Erasmus Cap. I Disposição geral Artigo 1º (Objecto) O presente Regulamento rege a mobilidade de estudantes ao abrigo do Programa Erasmus/Socrates, no curso de licenciatura da Escola de Direito

Leia mais

MESTRADO EM MARKETING E COMUNICAÇÃO

MESTRADO EM MARKETING E COMUNICAÇÃO MESTRADO EM MARKETING E COMUNICAÇÃO 1. Estabelecimento de ensino: INSTITUTO POLITÉCNICO DE COIMBRA 2. Unidade orgânica (faculdade, escola, instituto, etc.): ESCOLA SUPERIOR DE EDUCAÇÃO de COIMBRA e ESCOLA

Leia mais

EDITAL N 42, DE 30 DE NOVEMBRO DE 2012.

EDITAL N 42, DE 30 DE NOVEMBRO DE 2012. PRÓ-REITORIA REITORIA DE EXTENSÃO E RELAÇÕES INSTITUCIONAIS O Diretor Geral Pro Tempore do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão Campus CAXIAS, no uso de suas atribuições, torna

Leia mais

Instituto Politécnico de Santarém (IPS) A Presidente do CP referiu que tinha

Instituto Politécnico de Santarém (IPS) A Presidente do CP referiu que tinha CONSELHO PEDAGÓGICO ----------------ATA DA REUNIÃO DO CONSELHO PEDAGÓGICO DA ESCOLA------------- ----------SUPERIOR AGRÁRIA DE SANTARÉM, DE 21 DE SETEMBRO DE 2015--------- ----------------------------------------------------ATA

Leia mais

MESTRADO EM MÉTODOS QUANTITATIVOS EM FINANÇAS

MESTRADO EM MÉTODOS QUANTITATIVOS EM FINANÇAS MESTRADO EM MÉTODOS QUANTITATIVOS EM FINANÇAS Faculdade de Economia / Departamento de Matemática da Faculdade de Ciências e Tecnologia UNIVERSIDADE DE COIMBRA Estrutura curricular e plano de estudos ESTRUTURA

Leia mais

OFERTA DE VAGAS PARA ALUNOS DE INTERCÂMBIO AO ABRIGO DE PROTOCOLOS DE COOPERAÇÃO COM AMÉRICA LATINA ANO LETIVO

OFERTA DE VAGAS PARA ALUNOS DE INTERCÂMBIO AO ABRIGO DE PROTOCOLOS DE COOPERAÇÃO COM AMÉRICA LATINA ANO LETIVO OFERTA DE VAGAS PARA ALUNOS DE INTERCÂMBIO AO ABRIGO DE PROTOCOLOS DE COOPERAÇÃO COM AMÉRICA LATINA ANO LETIVO 2017-2018 INFORMAÇÕES GERAIS Endereço Gabinete de Relações Internacionais e Mobilidade Universidade

Leia mais

Mestrado em Segurança Alimentar

Mestrado em Segurança Alimentar Mestrado em Segurança Alimentar Folheto 1. Organização 6. Coordenação 2. Admissão 7. Encargos 3. Candidaturas 8. Documentos para a candidatura 4. Funcionamento e Horário 9. Plano de estudos 5. Numerus

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CENTRO-OESTE UNICENTRO Campus CEDETEG ENSALAMENTO DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO QUIMICA BACHARELADO

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CENTRO-OESTE UNICENTRO Campus CEDETEG ENSALAMENTO DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO QUIMICA BACHARELADO 1ª SÉRIE 2º Semestre de 2015 MANHÃ 1ª SÉRIE 2º Semestre de 2015 TARDE 13h20min I 14h10min I 15h I 16h I 2ª SÉRIE 2º Semestre de 2015 MANHÃ Tópicos Especiais em (Optativa) Tópicos Especiais em (Optativa)

Leia mais

NCE/10/00551 Relatório preliminar da CAE - Novo ciclo de estudos

NCE/10/00551 Relatório preliminar da CAE - Novo ciclo de estudos NCE/10/00551 Relatório preliminar da CAE - Novo ciclo de estudos Caracterização do pedido Perguntas A.1 a A.10 A.1. Instituição de ensino superior / Entidade instituidora: IPUMI - Instituto para a Promoção

Leia mais

HORÁRIO DO 1º SEMESTRE

HORÁRIO DO 1º SEMESTRE HORÁRIO DO 1º SEMESTRE 2017-2018 SEMANA DIA/MÊS UNIDADES CURRICULARES 1º tempo (9-11h) 2º tempo (11-13h) 3º tempo (14-16h) 4º tempo (16-18h) 1 29 Set BR BR TA TA 1 30 Set TA TA 2 06 Out BR BR TA TA 2 07

Leia mais

r DIVSAO D D D D D Conseiho Executivo FACULDADE DE Conseiho Cientifico - CIENCIAS E TECNOLOGIA ConselhoPedag6gico Outros:

r DIVSAO D D D D D Conseiho Executivo FACULDADE DE Conseiho Cientifico - CIENCIAS E TECNOLOGIA ConselhoPedag6gico Outros: Conseiho Executivo FACULAE E Conseiho Cientifico - CIENCIAS E TECNOLOGIA ConselhoPedag6gico UNIVERSIAE NOVA E LISBOA Administrador Sectores epartamentais Centros de Investigaçao Outros: SeMços AEFCT email:

Leia mais

REGULAMENTO DOS ESTÁGIOS CURRICULARES E NÃO CURRICULARES DOS CURSOS DIURNO E NOTURNO DE ODONTOLOGIA. CAPÍTULO I Da caracterização

REGULAMENTO DOS ESTÁGIOS CURRICULARES E NÃO CURRICULARES DOS CURSOS DIURNO E NOTURNO DE ODONTOLOGIA. CAPÍTULO I Da caracterização REGULAMENTO DOS ESTÁGIOS CURRICULARES E NÃO CURRICULARES DOS CURSOS DIURNO E NOTURNO DE ODONTOLOGIA. CAPÍTULO I Da caracterização Art. 1º Estágio curricular obrigatório é aquele definido como tal no projeto

Leia mais

EDITAL Nº 03, DE 28 DE JULHO DE 2017 PARA TRANSFERÊNCIAS INTERNA E EXTERNA E REINGRESSO PARA OS CURSOS TÉCNICOS

EDITAL Nº 03, DE 28 DE JULHO DE 2017 PARA TRANSFERÊNCIAS INTERNA E EXTERNA E REINGRESSO PARA OS CURSOS TÉCNICOS DIRETORIA DE ENSINO GERÊNCIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL TÉCNICA DE NÍVEL MÉDIO COORDENAÇÃO DE REGISTROS ESCOLARES EDUCAÇÃO PROFISSIONAL TÉCNICA DE NÍVEL MÉDIO EDITAL Nº 03, DE 28 DE JULHO DE 27 PROCESSO

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR DO CURSO TÉCNICO EM BIOTECNOLOGIA INTEGRADO AO ENSINO MÉDIO 2012

MATRIZ CURRICULAR DO CURSO TÉCNICO EM BIOTECNOLOGIA INTEGRADO AO ENSINO MÉDIO 2012 Ministério da Educação Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica Instituto Federal do Rio de Janeiro IFRJ Pró-Reitoria de Ensino Médio e Técnico PROET Direção de Ensino Campus Rio de Janeiro MATRIZ

Leia mais

Licenciatura em Ciências Biomédicas. Regulamento

Licenciatura em Ciências Biomédicas. Regulamento Licenciatura em Ciências Biomédicas Regulamento 2017-2018 CONTEÚDO ADMISSÃO E MATRÍCULA... 3 ARTIGO 1º... 3 ADMISSÃO AO 1º ANO... 3 ARTIGO 2º... 3 ADMISSÃO SEM PROVAS DE INGRESSO... 3 ARTIGO 3º... 3 DOCUMENTAÇÃO

Leia mais

RELATÓRIO DE CONCRETIZAÇÃO DO PROCESSO DE BOLONHA

RELATÓRIO DE CONCRETIZAÇÃO DO PROCESSO DE BOLONHA RELATÓRIO DE CONCRETIZAÇÃO DO PROCESSO DE BOLONHA ANO LECTIVO 2009/2010 DEPARTAMENTO DE QUÍMICA Jorge Manuel Alexandre Saraiva LICENCIATURA EM BIOTECNOLOGIA 1. INTRODUÇÃO Este relatório cobre o ano lectivo

Leia mais

EDITAL MESTRADO EM ANÁLISES CLÍNICAS E SAÚDE PÚBLICA ESPECIALIZAÇÃO DE HEMATOLOGIA E IMUNOLOGIA CLÍNICO LABORATORIAL. (Edição 2010 2012)

EDITAL MESTRADO EM ANÁLISES CLÍNICAS E SAÚDE PÚBLICA ESPECIALIZAÇÃO DE HEMATOLOGIA E IMUNOLOGIA CLÍNICO LABORATORIAL. (Edição 2010 2012) EDITAL MESTRADO EM ANÁLISES CLÍNICAS E SAÚDE PÚBLICA ESPECIALIZAÇÃO DE HEMATOLOGIA E IMUNOLOGIA CLÍNICO LABORATORIAL (Edição 2010 2012) Nos termos dos Decretos Lei nº 42/2005, de 22 de Fevereiro, do Decreto

Leia mais

Faculdade de Ciências e Tecnologias

Faculdade de Ciências e Tecnologias Faculdade de Ciências e Tecnologias Universidade Nova de Lisboa Mestrado Integrado em Engenharia do Ambiente Duração: 5 anos Grau: Mestrado Coordenador: Maria de Graça Martinho Objectivos: A Engenharia

Leia mais

GRADE HORÁRIA 2º SEMESTRE DE 2016

GRADE HORÁRIA 2º SEMESTRE DE 2016 ADMINISTRAÇÃO 1º PERÍODO # TURNO Noite # Metodologia do Matemática Matemática I Trabalho Científico I I Matemática Metodologia do Trabalho Científico Matemática I Economia Português Instrumental Projeto

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ACRE PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO E CULTURA CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE E DESPORTO

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ACRE PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO E CULTURA CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE E DESPORTO UNIVERSIDADE FEDERAL DO ACRE PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO E CULTURA CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE E DESPORTO Edital simplificado para seleção de acadêmicos remunerados e voluntários do projeto de extensão Amigos

Leia mais

PACTO NACIONAL PELO FORTALECIMENTO DO ENSINO MÉDIO

PACTO NACIONAL PELO FORTALECIMENTO DO ENSINO MÉDIO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO BÁSICA PACTO NACIONAL PELO FORTALECIMENTO DO ENSINO MÉDIO Secretaria de Educação Básica Diretoria de Apoio à Gestão 1 Educacional Objetivo do Pacto do Ensino

Leia mais

COMUNICADO DE ABERTURA DE INSCRIÇÃO DE ALUNO ESPECIAL NO CURSO DE MESTRADO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM BIOTECNOLOGIA - ANO ACADÊMICO 2016A.

COMUNICADO DE ABERTURA DE INSCRIÇÃO DE ALUNO ESPECIAL NO CURSO DE MESTRADO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM BIOTECNOLOGIA - ANO ACADÊMICO 2016A. COMUNICADO DE ABERTURA DE INSCRIÇÃO DE ALUNO ESPECIAL NO CURSO DE MESTRADO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM BIOTECNOLOGIA - ANO ACADÊMICO 2016A. O Programa de Pós-Graduação em Biotecnologia da Universidade

Leia mais

RELATÓRIO DE CONCRETIZAÇÃO DO PROCESSO DE BOLONHA

RELATÓRIO DE CONCRETIZAÇÃO DO PROCESSO DE BOLONHA RELATÓRIO DE CONCRETIZAÇÃO DO PROCESSO DE BOLONHA 2007/2008 DEPARTAMENTO Biologia CURSO Biologia Marinha (2º ciclo) 1. INTRODUÇÃO Transição curricular dos alunos dos cursos pré-bolonha para os novos planos

Leia mais

Departamento Engenharia Química - FCTUC Horários

Departamento Engenharia Química - FCTUC Horários OUTROS CURSOS LICENCIATURA em QUÍMICA 3º ano DINÂMICA DE FLUIDOS (DEQ) OPÇÃO T Margarida Figueiredo Mª Graça Carvalho TP1 Margarida Figueiredo 14:00-16:00 Mª Graça Carvalho (C06) TP2 Margarida Figueiredo

Leia mais

Seduc debate reestruturação curricular do Ensino Médio

Seduc debate reestruturação curricular do Ensino Médio Seduc debate reestruturação curricular do Ensino Médio Em função da manifestação da direção do CPERS/sindicato sobre a proposta de reestruturação curricular do Ensino Médio a Secretaria de Estada da Educação

Leia mais

EDITAL Nº 01, DE 06 DE MAIO DE PROCESSO SELETIVO PARA TRANSFERÊNCIAS INTERNA E EXTERNA E REINGRESSO PARA OS CURSOS TÉCNICOS

EDITAL Nº 01, DE 06 DE MAIO DE PROCESSO SELETIVO PARA TRANSFERÊNCIAS INTERNA E EXTERNA E REINGRESSO PARA OS CURSOS TÉCNICOS DIRETORIA DE ENSINO GERÊNCIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL TÉCNICA DE NÍVEL MÉDIO COORDENAÇÃO DE REGISTROS ESCOLARES EDUCAÇÃO PROFISSIONAL TÉCNICA DE NÍVEL MÉDIO EDITAL Nº 01, DE 06 DE MAIO DE 2017. PROCESSO

Leia mais

CLÍNICA DE NUTRIÇÃO FUNCIONAL - LTDA CNPJ / Edital /0001

CLÍNICA DE NUTRIÇÃO FUNCIONAL - LTDA CNPJ / Edital /0001 1 Edital /0001 EDITAL DE PROCESSO SELETIVO PARA DISCENTE A Clínica de Nutrição Funcional abre inscrições para participação discente para atuação nas sessões de discussão científica. I) II) Para estudantes

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA. Centro de Ciências Sociais e Humanas Departamento de Direito Curso de Direito Diurno PLANO DE ENSINO

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA. Centro de Ciências Sociais e Humanas Departamento de Direito Curso de Direito Diurno PLANO DE ENSINO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA Centro de Ciências Sociais e Humanas Departamento de Direito Curso de Direito Diurno PLANO DE ENSINO 1) Identificação Disciplina Direito e Política Código JUR 1010 Créditos

Leia mais

O objetivo do estágio curricular é de possibilitar ao aluno:

O objetivo do estágio curricular é de possibilitar ao aluno: FACULDADES INTEGRADAS DE RIBEIRÃO PIRES CURSO DE LICENCIATURA EM PEDAGOGIA Versão 2016.1 PLANO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO Prezado acadêmico Este manual destina-se a orientar o aluno de Licenciatura em Pedagogia

Leia mais

MICF (5º ANO) 1º SEMESTRE

MICF (5º ANO) 1º SEMESTRE Dezembro Novembro (5º ANO) º SEMESTRE Hora Sala Biotecnologia Farmacêutica h,, 9 Farmacovigilância e Farmacoepidemiologia h,, 0 Preparações de Uso Veterinário h,, Intervenção Farmacêutica nos Autocuidados

Leia mais

Regulamento. Processo Seletivo para a Contratação de Professores

Regulamento. Processo Seletivo para a Contratação de Professores Regulamento Processo Seletivo para a Contratação de Professores A, mantida pelo Centro de Estudos III Millenium, com sede na cidade de Sete Lagoas, Minas Gerais, torna público, que no período de 30/01/2013

Leia mais

GESTÃO MESTRADO DESENVOLVE CONNOSCO AS TUAS COMPETÊNCIAS EM GESTÃO. REGIME PÓS-LABORAL DURAÇÃO 3 semestres N.º DE ECTS 90 créditos OBJETIVOS DO CURSO

GESTÃO MESTRADO DESENVOLVE CONNOSCO AS TUAS COMPETÊNCIAS EM GESTÃO. REGIME PÓS-LABORAL DURAÇÃO 3 semestres N.º DE ECTS 90 créditos OBJETIVOS DO CURSO MESTRADO GESTÃO DESENVOLVE CONNOSCO AS TUAS COMPETÊNCIAS EM GESTÃO REGIME PÓS-LABORAL DURAÇÃO 3 semestres N.º DE ECTS 90 créditos O mestrado em Gestão é uma oferta formativa da ESTG, para o ano letivo

Leia mais

HORÁRIOS PROVISÓRIOS 2016 ENSINO FUNDAMENTAL 2 6º ANO MANHÃ HORÁRIO AULA SEGUNDA-FEIRA TERÇA-FEIRA QUARTA-FEIRA QUINTA-FEIRA SEXTA-FEIRA 7:20 ÀS 8:10

HORÁRIOS PROVISÓRIOS 2016 ENSINO FUNDAMENTAL 2 6º ANO MANHÃ HORÁRIO AULA SEGUNDA-FEIRA TERÇA-FEIRA QUARTA-FEIRA QUINTA-FEIRA SEXTA-FEIRA 7:20 ÀS 8:10 6º ANO MANHÃ ÀS ÀS 1ª 2ª 3ª 4ª 5ª GEOMÉTRICO/ / Ruth 7º ANO MANHÃ TURMA 01 1ª 2ª ÀS ÀS 3ª 4ª 5ª GEOMÉTRICO/ / Ruth 7º ANO MANHÃ TURMA 02 1ª ÀS ÀS 2ª 3ª 4ª 5ª / Ruth 8º ANO MANHÃ 1ª 2ª ÀS ÀS ÀS 12:50 3ª

Leia mais

Grade Horária - Engenharia Bioprocessos (1º Semestre de 2016)

Grade Horária - Engenharia Bioprocessos (1º Semestre de 2016) Grade Horária - Engenharia (1º Semestre de 2016) 1º PERÍODO 17:05-18:55 Algoritmos Estruturas e Dados 1 A Química Geral Experimental B Calculo Diferencial e Integral I Química Geral Teorica Calculo Diferencial

Leia mais

Unidades curriculares disponíveis para Programa IPL60+ 1º Semestre Escola Superior de Turismo e Tecnologia do Mar

Unidades curriculares disponíveis para Programa IPL60+ 1º Semestre Escola Superior de Turismo e Tecnologia do Mar Unidades curriculares disponíveis para Programa IPL60+ Semestre 16-17 Escola Superior de Turismo e Tecnologia do Mar Animação Turística Inglês para Animação I Introdução ao Turismo Comunicação e Desenvolvimento

Leia mais

PROGRAMA DE MESTRADO EM DIREITO - UNIMAR Cronograma das atividades docentes e discentes 2º semestre 2014 AGOSTO 2014

PROGRAMA DE MESTRADO EM DIREITO - UNIMAR Cronograma das atividades docentes e discentes 2º semestre 2014 AGOSTO 2014 PROGRAMA DE MESTRADO EM DIREITO - UNIMAR Cronograma das atividades docentes e discentes 2º semestre 2014 AGOSTO 2014 01/08 01/08 01/08 01/08 02/08 02/08 02/08 02/08 08/08 08/08 08/08 08/08 09/08 09/08

Leia mais