anos futuro a criar parcerias >1996>1997>1998>1999>2000>2001>2002>2003>2004>2005>2006>2007>2008>2009>2010>

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "anos futuro a criar parcerias >1996>1997>1998>1999>2000>2001>2002>2003>2004>2005>2006>2007>2008>2009>2010>"

Transcrição

1 15 anos a criar parcerias futuro k de >1996>1997>1998>1999>2000>2001>2002>2003>2004>2005>2006>2007>2008>2009>2010>

2 > 1996 > 1997 > 1998 > 1999 > 2000 > 2001 > 2002 > 2003 > 2004 > índice 03 Editorial 04 Histórico da Empresa 05 Missão, Visão e Política de Qualidade 06 Referências e Acreditações 07 Mercal Consulting Group 09 Serviços 11 Clientes e Projectos Desenvolvidos 13 Case Studies 13 Cidade de Zurique 13 Cobermetal 14 Cooperativa de Beja e Brinches, crl 15 Fulterer Auszugssysteme Gmbh 16 Grupo Nigel 17 Maxicofre, Lda. 18 Maxperfil, Lda. 18 mécanobloc Portuguesa Divisórias amovívéis, Lda. 19 Metavil 19 Paviprel, SA 20 Piman Indústria de Manutenção, SA 21 reymon Importação e Exportação Unipessoal, Lda. 22 Sarvinhos Vinhos de Portugal, SA 22 Umbelino Monteiro, Sa (Etex Group) 23 União das Cooperativas do Sul, UCRL 24 outros Casos A Participação da Mercal em Programas Oficiais e Institucionais 24 a mercal no Apoio à Modernização do Comércio 24 a mercal no Programa FIVE Bolsa de Ideias e Meios 25 a mercal no Programa PME CONSOLIDA 25 a mercal no Programa PME FINCRESCE 26 Artigos Economia e Tecnologia 26 a crise financeira e o seu impacte nas pme s 27 os Mercados de Economiade Rede e a Escolha das TIC Gestão Global 29 a Estratégia Empresarial, Conceitos, níveis e aplicações 31 inovação e Estratégia 32 Estratégias de Oceano Azul 35 a mediação Empresarial na Redução de Custos 37 a responsabilidade Social nas Organizações 39 aprendizagem Organizacional e Inovação Empresarial 40 fm Uma Ferramenta de Gestão Activos 42 medo de voar Impacto nas empresas e nos trabalhadores Marketing 44 a informação de Marketing como Recurso Estratégico das Empresas 45 Onde está o meu mercado? Finanças Empresariais 46 auditoria/revisão de Contas como factor de Recuperação de Confiança 47 due Dilligence Análise complementar ou chave do sucesso em F&A? 48 aquisições Forma de expandir o negócio internacionalmente 50 ipo Mercal Advisor da PEX 52 o factoring apoia as Exportações das PME s 53 o procedimento Extrajudicial de Conciliação e a Insolvência de Empresas 56 a sucessão em Empresas Familiares Internacionalização 59 a internacionalização da Actividade Empresarial como um Meio para melhorar a Performance das PME s 60 soluções para as empresas saírem da crise Formação 61 aposta na Formação Profissional como Estratégia Diferenciadora 62 globalização O grande Desafio Educacional 63 Educação Empresarial a nova perspectiva da Formação Profissional 63 a gestão Integrada nas novas Organizações Empresariais 64 instituto da Empresa Projecto Inovador na Formação e Educação Empresarial 65 novos Desafios à Gestão de Recursos Humanos 66 novos desafios para o sistema formativo português 67 o reposicionamento da Mercal face à Educação Técnico-Profissional Cooperação Empresarial 68 comakership Forma de Cooperação Empresarial 70 depoimentos 70 maxicofre Cofres e Sistemas de Segurança, SA mecanobloc Portuguesa 71 um estado de direito não pode deixar de ser u m estado proporcional Ficha técnica Edição: Mercal, Lda. Direcção: João Ribeiro Colaboradores: André Loureiro, Elisabete Faria, Michelle Silva, Neuza Ribeiro, Joana Fernandes, António Palma, Teresa Pedrosa e Pedro Rebelo Tiragem: exemplares Concepção e design: Jorge Ribeiro

3 2005 > 2006 > 2007 > 2008 > 2009 > 2010 > 15 anos a criar parcerias de futuro No inicio de 1996, nascia em Lisboa a Mercal fruto de um projecto de um ano de maturação, que veio rapidamente a ganhar corpo e conteúdo, tornando-se em cinco anos numa referência à escala ibérica na actividade da consultoria de estratégia e gestão, internacionalização e de fusões & aquisições É com muito orgulho que celebramos agora nesta ocasião o 15º aniversário através desta edição, com este espaço de reflexão e informação, que partilhamos com quem connosco tem vindo a construir o futuro e que é caracterizador de todo o nosso percurso e actuação espalhada pelos quatro continentes: África, América, Ásia e Europa. Vai fazer 15 anos que a Mercal iniciou a sua actividade! Ao longo do nosso percurso, nem tudo foram momentos, como todos sabem, fáceis. Certamente não dedicámos o tempo merecido a todos os que nos têm acompanhado nestes anos, nomeadamente aos nossos clientes, parceiros, amigos e familiares, tudo em prol, dedicação e concretização dos nossos ideais e respectivas realizações, sendo certo que o seu contributo foi determinante e fundamental para garantir o êxito da nossa iniciativa. Pretendemos assinalar assim a data e consolidar o esforço de todos os que actualmente colaboram connosco e que agora se encontram espalhados pelo mundo, no sentido de nos darmos a conhecer e levar a nossa mensagem que tem vindo a ser transmitida através de outros instrumentos de comunicação, nomeadamente a nossa newsletter, de periodicidade quadrimestral e outras publicações. Como é sabido, a newsletter tem tido por objectivo principal estreitar a relação com os mercados e as empresas com quem diariamente temos vindo a estabelecer e a consolidar parcerias estratégicas e com quem temos vindo a construir o futuro. Igualmente tem permitido reforçar a ligação com os nossos parceiros, filiais, associados espalhados pelos quatro continentes em que actuamos. Desta feita, a Mercal está de parabéns! É com grande alegria que vamos celebrar os nossos 15 anos de existência e a trabalhar sempre mais e melhor no sentido de proporcionar o que todos têm vindo e que esperam de nós, motivando-nos e fazendo com que procuremos a melhoria contínua da nossa organização e uma resposta à medida das suas necessidades e especificidades. A todos muito obrigado! João Ribeiro, Director Geral da Mercal editorial Em termos sintéticos, a MERCAL desenvolve a sua actividade em quatro áreas nevrálgicas, onde se inserem uma diversidade de serviços destinados a colmatar as principais necessidades das PME s portuguesas e estrangeiras: Consultoria de Gestão Nesta área da consultoria, nobre por excelência, a nossa empresa desenvolve a sua actividade através de serviços de gestão global, marketing, finanças empresariais, gestão por processos e sistemas integrados de gestão, novas tecnologias de informação e financiamento de projectos de investimento. Em suma, apoiamos as PME s em áreas nevrálgicas e essenciais ao seu crescimento sustentado, elaborando planos de negócios, projectos de investimento, implementando sistemas de gestão da qualidade e ferramentas modernas de apoio à gestão, obtendo os financiamentos necessários à consecução desses objectivos. MERCAL CONSULTING GROUP Instituto da Empresa O Institito da Empresa desenvolve actividade e oferta formativa como complemento à actividade de consultoria, disponibilizando dois tipos de formação distintos: Educação Empresarial Formação Profissional. Internacionalização De cariz eminentemente internacional e representada em quatro continentes, a MERCAL está em condições de apoiar os seus clientes, elegendo os modos preferenciais de entrada em mercados estrangeiros e identificando parceiros estratégicos para a comercialização internacional ou investimento directo. Fusões & Aquisições A nossa actividade de F&A, inovadora em Portugal, assenta na prestação de serviços de avaliação de empresas, com recurso a métodos universalmente reconhecidos e consequente apoio à aquisição ou venda do activo em causa. Dispomos de uma base de dados extensiva, alvo de regulares actualizações, à qual recorremos sempre que necessitamos de angariar investidores ou potenciais aquisições. 3

4 > 1996 > 1997 > 1998 > 1999 > 2000 > 2001 > 2002 > 2003 > 2004 > histórico da empresa 1996 Fundação da MERCAL, em Lisboa, pelos sócios António Pedrosa Ribeiro e João Ribeiro; 1997 A MERCAL cria a sua estrutura de escritórios associados em praticamente todos os PALOP s Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa (nomeadamente em Angola, Cabo Verde e Moçambique), começando a desenvolver importantes projectos de parceria e cooperação empresarial, em diferentes sectores de actividade ao nível local, actualmente considerados referências nacionais para a cooperação empresarial portuguesa e de investimento externo. Estes projectos de investimento focalizaram-se nas áreas do transporte aéreo, marítimo, agricultura, turismo e infra-estruturas, sendo apoiados pelo FCE Fundo da Cooperação Económica, pelo Ministério das Finanças, pelo Ministério dos Negócios Estrangeiros de Portugal e pelo ICEP Investimento, Comércio e Turismo de Portugal, e pela Comissão Europeia ao abrigo da Convenção de Lomé (Cooperação UE Países ACP); 1998 A MERCAL regista-se como consultora junto de entidades financeiras internacionais, nomeadamente junto do Banco Mundial e do Banco Africano de Desenvolvimento; 1998 A MERCAL regista-se como consultora junto da Comissão Europeia, fazendo parte de um lote reduzido de entidades convidadas a colaborar na Aplicação das ferramentas da análise económica a programas de apoio às iniciativas de empresas, nomeadamente junto da Direcção Geral XXIII: Política Empresarial, Comércio e Distribuição, Turismo e Economia Social A MERCAL é nomeada representante do Governo da República da Guiné Bissau em Portugal para a promoção e captação de Investimento Estrangeiro, nos diferentes sectores de actividade, para esse mercado; 1999 Acreditação da MERCAL junto do Instituto para a Inovação na Formação (actual DGERT) como entidade formadora e junto da APECA - Associação Portuguesa de Empresas de Contabilidade, Administração e Auditoria, na qual faz actualmente parte dos seus órgãos sociais; 2000 Aumento do Capital Social da MERCAL e a saída do Sócio António Pedrosa Ribeiro. Efectua-se a fundação da filial da MERCAL no Brasil, a MC Consult, Lda; 2001 A MERCAL constitui um escritório de consultores na Hungria, como resultado da sua associação à INVESCOM COR- PORATE FINANCE, e estende-se rapidamente a outros países da Europa de Leste; 2002 Acreditação da MERCAL como entidade consultora junto do IAPMEI Instituto de Apoio às Pequenas e Médias Empresas e ao Investimento e ICEP Investimentos, Comércio e Turismo de Portugal para o desenvolvimento de projectos de cooperação empresarial e de criação de novas empresas (programa FIVE - Fomento de Iniciativas de Valorização Empresarial); 2002 Acreditação da MERCAL pela União de Misericórdias Portuguesas como entidade prestadora de serviços de consultoria; 2002 A MERCAL organiza a sua estrutura em torno de três áreas de actuação, a Consultoria de Gestão (www.mercal.pt), a Internacionalização (www.mercal.info) e a área de Fusões & Aquisições (www.mercal.biz); 2003 Fundação da filial da MERCAL em Espanha, a MERCAL Iberia, SL com vista a promover com elevada eficácia e oportunidade, por um lado, a captação de investimento para projectos em Portugal, África e Brasil e por outro lado, apoiar as empresas portuguesas na sua entrada adequada para esse mercado; 2004 A MERCAL torna-se membro colectivo da Associação Portuguesa para a Qualidade (APQ); 2004 A MERCAL é formalmente aceite como membro associado da network internacional de consultoras independentes IMCN The Independent Management Consultancies Network (www.imcn.ch); 2004 O Sistema de Qualidade implementado pela MERCAL é certificado segundo a NP EN ISO 9001:2000 pela EIC Empresa Internacional de Certificação; 2005 Assinatura de protocolo de cooperação com o IAPMEI, acreditando a MERCAL como Consultora Nacional de Benchmarking; 2006 A MERCAL é anfitriã do encontro anual da sua network internacional a IMCN em Lisboa recebendo todos os seus representantes europeus, incentivando Portugal como destino de IDE Investimento Directo no Exterior assim como o espaço lusófono. A MERCAL lança dois produtos o Managment Cockpit, e o BIM Plano de Marketing Internacional. A MERCAL apoia ainda o IAPMEI na sua Bolsa de Ideias e Meios para efectuar respectivo plano de negócios e viabilizar cerca de uma dezena de empresas inovadoras que foram premiadas e que actualmente são casos de sucesso da MERCAL; 2007 A MERCAL participa no FINCRESCE efectuando o desenvolvimento dos Planos de Melhoria para mais de oitenta PME Líderes no âmbito do Estatuto PME Excelência. MERCAL acredita os seus consultores de E- Business para apoio às PME junto do IAPMEI, INETI e INOV. A MERCAL CONSULTING GROUP, através do seu Departamento de Fusões, Aquisições e Reestruturação Financeira de Empresas tornou-se membro efectivo conjuntamente com o seu parceiro, a Pinto & Palma SROC, da POLARIS INTERNACIONAL; 2008 A MERCAL INTERNACIONAL celebra contrato de parceria para a Área de Finanças Empresariais e de Fusões & Aquisições com o GRUPO FUNDAMENTUM, em São Paulo Brasil e abre filial em Angola. A MERCAL foi ainda anfitriã da Reunião Anual da POLARIS INTERNACIONAL realizada no mês de Outubro no Algarve reunindo cerca de 50 empresas europeias; 2009 A MERCAL adere à RSO Rede de Empresas Acreditadas ao nível da Responsabilidade Social nas Organizações coordenada pelo programa de iniciativa comunitária EQUAL, da sua acreditação para implementar a ferramenta de Innovation Scoring nas empresas e da formalização da sua adesão como Advisor à PEX que viabilizará a possibilidade de apoiar as empresas na procura de fontes de financiamento alternativas às tradicionais, montagem de operações de IPO e a admissão ao mercado de capitais. Por último, destaca-se a parceria estratégica firmada com o EBRD European Bank for Reconstruction and Development. 4 Mercal Gestão e Marketing Internacional, Lda.

5 2005 > 2006 > 2007 > 2008 > 2009 > 2010 > 15 anos a criar parcerias de futuro Não queremos um cliente para hoje. Construímos consigo o futuro. Especialização negócio Confiança empresa Desenvolver relações continuadas com os nossos parceiros, assentes na confiança e num trabalho qualificado capaz de promover o crescimento dos seus negócios, a nível nacional parceria cliente e internacional. qualidade e flexibilidade serviço A nossa Visão é virmos a ser reconhecidos como uma referência à escala ibérica nas áreas de consultoria e formação a PME s, designadamente em estratégia e gestão, fusões e aquisições e internacionalização. Política de Qualidade Visa incrementar a rentabilidade, a consolidação da imagem e notoriedade da organização e dos seus serviços de forma a: missão, visão e política de qualidade Colaboradores Proporcionar um ambiente de trabalho de equipa que permita o desenvolvimento de um sistema de aprendizagem organizacional, incentivador da mudança e da evolução profissional e humana dos nossos colaboradores Accionista Proporcionar uma remuneração justa aos accionistas pela dedicação e pelo capital investido Cliente Garantir uma acção em parceria com os nossos clientes satisfazendo as suas necessidades e anseios Fornecedores e Entidades Externas Criar um relacionamento saudável com fornecedores, bancos e demais entidades públicas e privadas numa óptica de maximização dos benefícios mútuos e na perspectiva da satisfação do cliente Melhoria Contínua Melhorar continuamente a eficácia dos nossos processos satisfazendo os requisitos dos nossos clientes Legislação Aplicável Desenvolver e aplicar as exigências normativas e legais que o nosso sistema de gestão da qualidade define como essenciais ao seu funcionamento 5

6 > 1996 > 1997 > 1998 > 1999 > 2000 > 2001 > 2002 > 2003 > 2004 > referências e acreditações A MERCAL tem-se guiado sempre por padrões de qualidade que elevam a empresa a níveis de excelência no serviço que entrega aos seus clientes. Essa é a principal razão para as diversas parcerias estabelecidas e para as acreditações mantidas enquanto entidade consultora, com as seguintes instituições oficiais e profissionais: APECA Associação Portuguesa das Empresas de Contabilidade e Administração APAD/FCE Agência Portuguesa de Apoio ao Desenvolvimento APQ Associação Portuguesa para a Qualidade BAD Banco Africano de Desenvolvimento BM Banco Mundial AICEP Portugal Global IAPMEI Instituto de Apoio às Pequenas e Médias Empresas e ao Investimento DGERT Direcção-Geral do Emprego e das Relações do Trabalho UE União Europeia Comissão Europeia. UMP União das Misericórdias Portuguesas EBRD European Bank for Reconstruction and Development RSO Rede Nacional de Responsabilidade Social nas Organizações OPEX Sociedade Gestora de Sistema de Negociação Multilateral, S.A. Em 2004 e como corolário da qualidade que impomos na prestação dos nossos serviços, a Mercal foi certificada segundo a NP EN ISO 9001: Mercal Gestão e Marketing Internacional, Lda.

7 2005 > 2006 > 2007 > 2008 > 2009 > 2010 > 15 anos a criar parcerias de futuro A MERCAL CONSULTING GROUP é constituída pela MERCAL em Portugal e pela filial em Espanha, para além da estrutura de escritórios associados nos PALOP s e Europa de Leste. Para além disso, a MERCAL pertence ainda a uma network de consultoras independentes com experiência internacional em mais de 50 países. MERCAL, Lda Tendo sido a primeira empresa do grupo a ser constituída e que comemora 15 anos de existência, assume, naturalmente, o lugar de proa. É a partir dos escritórios localizados no centro de Lisboa que é feita toda a coordenação dos projectos em curso do universo Mercal. Praça de Alvalade, 6, 4.º Esq Lisboa Telef: (+351) Fax: (+351) MERCAL Iberia, SL Localizada no coração financeiro de Madrid, esta filial permitiu à nossa empresa penetrar no mercado espanhol, almejando tornar-nos uma referência ibérica na área de consultoria. Com esta filial pretendemos dinamizar os fluxos de capitais e bens, quer apoiando empresas portuguesas que já actuem numa lógica ibérica e/ou europeia, quer captando investimento de origem espanhola que possa encontrar em Portugal, África ou Brasil projectos atractivos e de elevada rentabilidade. Pseo. de la Castellana, 164 Entreplanta Madrid Espanha Telef: (+34) Fax: (+34) IMCN Independent Management Consultancies Network Fundada em 1994 e com sede na Suíça, esta rede de empresas de consultoria de gestão dinâmicas consiste em 220 consultores de gestão profissionais e em 110 consultores de gestão associados, espalhados por 10 países europeus e um asiático e com vasta experiência em projectos internacionais. Através da sua participação numa rede internacional de consultoras independentes, a MERCAL CONSULTING GROUP está capacitada para apoiar o desenvolvimento dos negócios das PME s na Europa, África, América do Sul e Ásia. mercal consulting group Members of IMCN País Cidade Membro Austria Viena implus Unternehmensentwicklung GmbH Wiener Strasse 2 / Wien-Mödling, Austria Phone Alemanha Neuss IFM Institut für Managementberatung GmbH Gut Vellbrüggen Neuss, Germany Phone Grécia Atenas Apopsis S.M.R. 4 Amynta Athens, Greece Phone Fax Italia Milão Diodovich s.a.s. Piazza Repubblica Milano, Italy Phone Fax Noruega Oslo Collusor Management Consulting AS Guvernørens vei 5a, II 0248 Oslo, Norway Phone País Cidade Membro Espanha Barcelona Metanomia Consultoria Estratégica Balmes 188, 7 1a Barcelona, Spain Phone Suécia Barsebäck- XLNS Consulting Group Järavallen Golfvägen Barsebäck-Järavallen, Sweden Phone Mobile Suíça Zurique ARCOM Management Consulting Witikonerstrasse Zurich, Switzerland Phone Holanda Roterdão Van Oortmerssen Organisatie-Advies Koningin Emmaplein AA Rotterdam, The Netherlands Phone Fax Reino Unido Londres Touchstone Renard Limited Betterton Street Covent Garden, London WC2H 9BP UnitedKingdom Phone Global Members País Cidade Membro EUA Cincinnati The Normandy Group Brasil São Paulo Grupo Fundamentum Rua Arandum, º andar , São Paulo SP, Brasil Phone Fax Mobile País Cidade Membro China Hong- Kong K K Yeung Management Consultants Limited Room 1403B, 14th Floor, 9 Queen s Road Central Hong Kong, China Phone Fax

8 > 1996 > 1997 > 1998 > 1999 > 2000 > 2001 > 2002 > 2003 > 2004 > mercal consulting group profissional > todos os consultores da mercal consulting group têm largos anos de experiência profissional e são orientados por resultados > todos os consultores da mercal consulting group partilham um comum entendimento de qualidade em consultoria, visando assegurar retornos positivos para os seus clientes; > todos os consultores da mercal consulting group trabalham em equipa encontrando-se regularmente para discutir as últimas novidades e desenvolver a sua prática; > todos os consultores da mercal consulting group são cuidadosamente seleccionados e submetidos ao código de conduta profissional da FEACO. pessoal > todos os consultores da mercal consulting group são qualificados e experientes; > a visão mercal consulting group deriva do entendimento de que a consultoria eficaz e satisfatória se baseia na confiança pessoal entre o consultor e o cliente; > a mercal consulting group extrai o melhor que existe ao nível das melhores práticas de gestão para fornecer serviços de consultoria eficazes; > a relação de um cliente com um consultor mercal consulting group abre a porta para outras relações frutuosas e pessoais e para a possibilidade de vir a oferecer uma ampla gama de serviços, cobrindo diferentes necessidades; independente > todas as consultoras da mercal consulting group são privadas e financeiramente independentes; > a mercal consulting group é gerida com o mínimo de despesas administrativas; > o espírito aberto e empreendedor dos consultores da mercal consulting group é a melhor fonte para assegurar ao cliente as melhores práticas e as mais inovadoras; > o consultor para com quem o cliente trabalha assegura que este último irá receber o maior valor que a mercal consulting group pode oferecer. 8 mercal Gestão e Marketing Internacional, Lda.

9 2005 > 2006 > 2007 > 2008 > 2009 > 2010 > 15 anos a criar parcerias de futuro Organizando-se em quatro áreas de negócio principais, a MERCAL CONSULTING GROUP oferece aos seus clientes uma vasta gama de serviços flexíveis e adaptados às suas necessidades. Os quadros seguintes sintetizam o tipo de actividades que a Mercal já desenvolveu em cada um dos serviços mencionados: serviços Consultoria de Gestão Consultoria de Gestão Gestão Global Diagnósticos e estudos estratégicos; Diagnósticos parcelares e globais; Inovação organizacional e gestão da mudança; Organização, métodos e melhoria da produtividade; Planeamento estratégico e operacional; Estudos e programas de reorganização de empresas; Estudos económicos, assessoria financeira e fiscal; Estudos Técnicos; Estudos para a implementação de sistemas de informação e controlo de gestão. Marketing Estudos de mercado qualitativos e quantitativos; Desenvolvimento de processos de planeamento de marketing; Programas de fidelização de clientes; Merchandising e promoções; Planos de marketing; Gestão da comunicação; Marketing interno; Segmentação e posicionamento; Avaliação do posicionamento da estratégia competitiva; Monitorização do desempenho da empresa no mercado; Análise de preços e recomendações para fixação de preços; Avaliação de estratégias de entrada em novos mercados; Análise de estratégias em linha com a concorrência; Sistemas de CRM e de ebusiness. Finanças Empresariais Estabelecimento das necessidades de financiamento; Desenvolvimento de planos de negócio; Análise da estrutura de capital; Identificação da melhor fonte de financiamento; Prestação de assistência no processo de negociação e de contratação das transacções. Projectos de Investimento Candidaturas a Quadros Comunitários de Apoio; Análise e enquadramento das iniciativas e dos investimentos; Assistência técnica à implementação de projectos. Gestão por Processos e Sistemas Integrados de Gestão Desenvolvimento e implementação de gestão por processos; Reengenharia e gestão do valor; Benchmarking; Implementação e manutenção de Sistemas de Gestão Integrados (ISO 9001, ISO e OSHAS 18001); Implementação e manutenção de sistemas de gestão da qualidade e de gestão ambiental; Elaboração de manuais de procedimentos e funções; Elaboração e implementação de processos de avaliação de desempenho profissional; Gestão integrada de recursos humanos em regime de outsourcing. Gestão da segurança, da higiene e da saúde no trabalho; Acreditação de laboratórios; Gestão da qualidade total (TQM). FORMAÇÃO & EDUCAÇÃO EMPRESARIAL Instituto da Empresa Diagnóstico e Avaliação das Necessidades Concepção e Desenvolvimento dos cursos de Formação Profissional Programas de Formação à Distância (b-learnig) Programas de Formação por medida Realização de Seminários e Conferências Sistemas de Incentivos à Formação Interim Management Coaching 9

10 > 1996 > 1997 > 1998 > 1999 > 2000 > 2001 > 2002 > 2003 > 2004 > serviços Venda de Empresas Quando solicitado, este serviço obedece a procedimentos rigorosos que passam pela definição de objectivos, pelo cálculo do valor da empresa e pelo apoio no processo de venda. Temos capacidade para avaliar alternativas e oferecer serviços competentes e adequados devido à nossa associação com a IMCN, à nossa experiência e à nossa base de dados de potenciais investidores. Aquisições Num projecto de aquisição é necessário desenvolver uma estratégia de aquisição visando realizar com sucesso a compra da empresa. No âmbito da retribuição dos nossos serviços oferecemos, entre outros, serviços de selecção criteriosa de candidatos, sua abordagem, atribuição do preço de compra adequado, apoio nas negociações e preparação dos contratos necessários. Desenvolvemos internamente uma base de dados, actualizada regularmente, com informação extensiva sobre investidores nacionais e internacionais. Avaliação de Empresas Estudos de avaliação para empresas e investimentos; Determinação dos valores de negócio usando diferentes metodologias e adoptando diferentes procedimentos, dependendo das tarefas que forem contratadas (método de cash flow descontados; método de valor comparativo; avaliação de net assets; determinação do valor de liquidação). Reestruturação de Empresas Para consolidar o seu negócio económica e financeiramente, estudamos as melhores opções: 1) A Reestruturação Financeira de Empresas 2) Financiamento de Empresas (IPO, Capital de Risco, Garantia Mútua, Offshore Banking, Leasing e Factoring) 3) Gestão de Falências. Fusões & Aquisições Comércio Internacional Desenvolvimento de programas de apoio a empresas; Procura e identificação de oportunidades de negócio para as empresas, definindo prioritariamente mercados onde a nossa actuação é forte, nomeadamente África, América do Sul e Europa. Localização de Empresas Cobrimos todas as fases do processo de relocalização, desde o planeamento estratégico, viabilidade do projecto até à decisão de localização com a selecção do local. Nomeadamente, realizamos: Estudos sociais e demográficos; Análises comparativas de viabilidade económica e de recursos humanos; Identificação das infra-estruturas locais; Identificação e avaliação de propriedades adequadas e disponíveis à localização; Identificação de incentivos locais, regionais, nacionais; Identificação de fornecedores; Comparação de políticas de preço e de fiscalidade; Análise do nível de segurança pública. Investimento Directo no Estrangeiro Identificação de empresas que estão em estágios embrionários e que podem ser consideradas atractivas em termos de investimento para os nossos clientes; Implementação e desenvolvimento de contactos com prospectores e de oportunidades de negociação para os nossos clientes; Persuasão de empresas com projectos de investimento internacionais a localizarem-se em determinados locais e/ ou desenvolverem parcerias estratégicas com os promotoreslocais. Outros serviços de IDE incluem: Representação internacional; Benchmarking, avaliação e gestão de programas de desenvolvimento económico e de cooperação empresarial; Projectos para o desenvolvimento de parcerias de investimento; Auditoria a autoridades/agências nacionais ou internacionais responsáveis pela captação de investimento estrangeiro; Desenvolvimento de plano de marketing estratégico; Apoio ao marketing operacional; Relações públicas; Internacionalização Desenvolvimento de projectos de cooperação empresarial ao nível comercial/industrial e organização de clusters. 10 Mercal Gestão e Marketing Internacional, Lda.

11 2005 > 2006 > 2007 > 2008 > 2009 > 2010 > 15 anos a criar parcerias de futuro são já múltiplas e diversificadas as áreas de intervenção da MerCal, designadamente, no âmbito da assessoria especializada de gestão, fusões e aquisições e internacionalização, assim como outros serviços desenvolvidos a nível nacional e internacional. apresentam-se, a título ilustrativo, organizados por regiões e sectores de actividade, alguns dos clientes com quem estabelecemos parcerias estratégicas e interviemos enquanto consultores: união EuropEia agricultura E agro-indústria E indústria alimen- Tar (Fitagro, Amylum Hellas (Tate & Lyle Group) Associated British Foods, Avon, Clarks Shoes, Danone, Head, Heineken,Heinz, Hellenic Fabrics, Kellogg s, Lindt & Sprüngli, Mango, Mars,Ramazzotti) banca E seguros (ABN-AMRO, Allianz, ARAG Versicherungen, Austrian Ministry of Finance, Citibank, Credit Suisse, Paribas Bank, World Bank) comércio por grosso E a retalho (Intertronco, Coop DKSH, Safeway) construção (Intertronco) instituições oficiais E de utilidade pública (Comissão Europeia, Direcção Geral XXIII, CDI, Austrian Ministry of Internal Affairs, Austrian Ministry of Public Administration, British Ministry of Defence, City of Vienna, City and Canton of Zurich, European Commission, GfA Government of Guinea Bissau, Greek Ministry of Development, Portuguese Minister of Finance and Minister of International Public Affairs, University of Zürich, University of Vienna) indústria (Industrias Buitrago, Edmar Espanhola, Balfour Beatty, Eternit, Farame, Frequentis, General Electric, Gilwood Company, Hilti, Hitachi Data Systems, Marathon Petroleum, Océ, Philips, Pioneer, Rieter, Schneider Electric, SKF Steel, Sulzer, Tyco, Unisys, Westfield Shopping Towns) indústria química E FarmacêuTica (Bayer, NMD/ Celesio, Novartis (Ciba, Sandoz), Pfizer, Smith Kline Beecham) serviços (BDO, KPMG, McKinsey, Minnesota Mining and Manufacturing (3M), PWC) TEcnologias de informação E TElEcomunicaçõEs (British Telecom, Swisscom, Vodafone) TransporTEs (BMW, British Airport Authority, British Airways, British Rail, Frantschach, London Underground, Mitsubishi, Minoan S. A., Otis Lifts, P&O Ferrymasters, Swiss Post, Thomas Cook, Virgin Atlantic) Clientes internacionais minerais não metálicos (Endiama, Privados, Marbrerie Quangdal Maroc) TêxTEis, vestuário E calçado (Gedemar Moçambique) TransporTEs (Astravia Bissau, Navigatur, Setrans, Transportes Cassumay) américa do norte instituições oficiais E de utilidade pública (Liuna) máquinas E EquipamEnTos (Bandit Industries, Barko Industries) serviços (Unlimited Resources) américa do sul agricultura E agro-indústria (Agrícola Vale do Mangereba, Queijo Minas) construção (Fibrasil Têxtil, Maloriente) ElEcTro-ElEcTrónico (Procenge) instituições oficiais E de utilidade pública (Faculpe) serviços (Banco do Brasil, Delphos) clientes e projectos desenvolvidos áfrica agricultura E agro-industria (Sapema, Cifer, Tropicália, Agrinota) construção (Angopressão, Privados) hotelaria E Turismo (ACE) instituições oficiais E de utilidade pública (Governo da República da Guiné Bissau Ministério da Economia, Governo da República da Guiné Bissau Secretaria de Estado doturismo) madeira, cortiça E mobiliário (Confecções Porto Grande, Organizações Industriais Nota) 11

12 > 1996 > 1997 > 1998 > 1999 > 2000 > 2001 > 2002 > 2003 > 2004 > clientes e projectos desenvolvidos Agricultura e Agro-indústria (Adrião C. Santos e Filhos, Armazéns de Mercearia e Avícola Marvanejo, Caves Vidigal, Cooperativa Agrícola de Moura e Barrancos, Cooperativa Agrícola de Beja, Cooperativa Agrícola de Brinches, Fenanzeites, Hortorres, Heinz, Luís Coelho, Maria Libânia,Grupo Nigel, Ostracultura, Parceria de Azeites, Plantijardim, Quinta da Ribeirinha, Sarvinhos, Simões & Oliveira, Teixeira e Bonito, Tomarcarnes,Ucasul, Oliveira & Oliveira, Nazaré Peixe, Carnes Quintas & Quelhas) Ambiente (Enkrott, Tratolixo) Automóvel (Anadicar, Autocarisma, Autogarsilva, Autoindustrial, Autozitânia, Eufil, Farame, Ferrão & Guerra, Derasa, Jaime & Rodrigues, Ramalda, Tecauto, Auto Montes Claros, Carsiste, Elfecar, Mata & Matias) Comércio Retalhista e Grossista (Agrorenovação, Asfalcentro, Bolas - Máquinas e Equipamentos de Qualidade, Canalcentro, Estado Líquido, Fapimepe, Ferreira, Lealmat, Jaime & Rodrigues, José Silvestre, José Tomé Paulinho, Macolis, Materlis, Matima, Miguelmar, Manuel Rodrigues, Nexxpro, Nutriplus, O Polícia, Ouro Nobre, Palegessos, Pereira Alves & Prazeres, Petroibérica, Rações Avenal, Rogério Rodrigues, Roliser, Sidequi, SSM, Vilarplaca, Reymon, Paviprel, António Filipe Neto, Vilabo, Vidaltec, Ramos & Silva, Rafthi, José Manuel S. Oliva, Elmano Mendes, Infrasecur, A Lojinha da Cremilde, António Carvalho Ferreira Carlos, Globopeixe, Maquicópia, Digidelta, Ecomeios, Amaro Tavares & Filho, Maxicofre, Rall, MKTI, J. F. Ramos Representações; Animacity) Construção (Alves, Boaventura & Neves, Amador, Construtora do Lena, Construtora do Tâmega, Construções A. Leal, Construções Vieira Alves, Isidoro C. Silva, Grupo Mendes, Liscasa, Malonga, Miraterra, Nelson Construções, Poliobra, Rosado & Frazão, Sanostra, Serralharia A. Domingos, Soper, Umbelino Monteiro, Mécanobloc, Revesperfil) Edição, Informação e Artes Gráficas (Digidelta, Editorial Caminho, Euroscanner, Lusodidacta, Magma, Mota e Ferreira, Olegário Fernandes) Electro-Electrónico (CAJI, Eurocabos, Ibercabos, Schneider Eléctrica, Newvision, Barata & Marcelino) Energético (Electrosolar, SPEE, Palser) Hotelaria e Turismo (Arraial S. Tomé, Citur, Condor, Maria Filipa Pereira Bento, Hotel Roma, Hotel Marquês do Pombal, Lusanova, Royal Executive, São Tomé - Arraial da Gandra, V Centenário, Vista Real Hotel, Vivatlantico, Hotel Praia D el Rei) Instituições Oficiais e de Utilidade Pública (Associação Comercial e Industrial da Covilhã, Abimota, ACCCRO, CEC, DNS, FCE, FCCN DNS, GIEM-ISCTE, IAPMEI, AICEP, NERCAB, Parque Biológico de Gaia) Clientes Nacionais Logística (Magnafrete, Vipfarma) Madeira, Cortiça e Mobiliário (Antocort, António Moreira da Silva, Balbino e Faustino, Ciocomol, Decormóveis, Fenabel, Euromolding, Icomatro,Mexótica, Móveis Ideal de Custódio Manuel Oliveira Eugênio, Móveis Pontinha, Mundifolhas, Natursleep, Palser, Pescada Santos e Irmão, Perfil, Victor Francisco, Vilarcortes, Vilarmóvel, Virgílio Pereira & Lopes) Máquinas e Equipamentos (António Filipe Neto, Agrimarão, Basrio, Equimarmore, Grupo Afroluso, Hidromac, Honeywell, Joper, Mecano Técnica - METEC, Navipa, Newvision, Omniarte, Piman, Resopre, Regas Prado, Tomix, Trinetos, Tecmic) M e ta l u r g i a e M e ta l o m e c â n i c a (A. S i l v a Matos,Bairrimoldes, Bascontriz, Basmorais, Basmorais Vendas Novas, Cobermetal, Estruturas Metálicas Florpóvoa, Confrasilvas, Fonseca e Silva, Gramperfil, Isidovias, Lopes & Gomes, Maxperfil, Metavil, Plasin, Salemo & Merca, Setronix, Sereno & Anacleto, Ventura, Metometal, Globalmolde, Mascruz, Cruzinox) Minerais não Metálicos (Fa e Tran, Goldcer, Leais & Oliveira, Marmenor, Mármores Central de Porto de Mós, Rosapor, Tradicer, VIdreira Central do Entroncamento, Vilabo, Marmoguia, Mármores Galrão, Granitos Galrão Norte) Saúde e Repouso (Abdicatrix, André Ópticas, Baptista Marques, Centro de Repouso e Lazer da Fonte Serrã, Mamifix, Nobrevita, Quantunsanus, Socioptica, Optocentro, Plinio Leal & Ana Leal, Ramos & Silva) Serviços (3R Consultores, Axa Seguros, BDO, Bolsa de Contas, Canal Marketing, Castros Iluminações Festivas, Codifinança, Cogeco, Contibatalha, Diâmetro, EGG, EIC, First Design, Gespalácios, Gestimafra, Graficonta, Grupo Joaquim António da Silva & Filhos, IMB, Linkare, LPM Comunicação, Mafgest, Nuno & Candeias, Oristeba, RDG - Informática, Rosa & Chagas, Rotuconta, SEP, SP Filmes, Tavolanostra, Viprese, Mgtm, Grupo Cenor, Effect, Eurologistix, Neo8g, Sys4it) Sistemas de Informação (Alidata, Liscic, Listopsis, Pessoas & Processos, Logicentro) Têxteis, Vestuário e Calçado (Artefita, Fiação e Tecidos Oliveira Ferreira, Horst Germann, Henriques e Rodrigues, J. M. Rodrigues & Luís Castro, Maria do Céu Nabais & Filhos - RULYS, Paulo Pereira, Votre Nom, Tecfil, Ana & Guerreiro, Graça, Serie Texteis) Transportes (Aeromercado, ANA, Expresso Frigo, Grupo Mendes, Transportadora Central de Vilas Boas) Químico (Diagopor, Gedemar, Maxiplás, Plasin Plásticos, Plásticos Edmar) 12 Mercal Gestão e Marketing Internacional, Lda.

13 2005 > 2006 > 2007 > 2008 > 2009 > 2010 > 15 anos a criar parcerias de futuro case studies ao longo de 15 anos são já inúmeros os sucessos obtidos pela MerCal ConsultinG GrouP em parceria com os seus clientes, ao nível das suas áreas de intervenção. Em seguida, apresentamos alguns desses casos, recentes e de sucesso, incluindo os que tiveram repercussão na imprensa. Cidade de zurique sistema de tratamento de resíduos um projecto de sucesso situação O processo de tratamento de resíduos da cidade de Zurique consiste num sistema de esgotos, com cerca de 1000 kms e avaliado em cerca de 5 biliões de francos suíços, associado a uma moderna companhia de tratamento de resíduos (com cerca de 250 empregados). Devido à corrupção, em 1995, uma comissão de inquérito parlamentar foi convocada para averiguar acerca de questões legais inerentes a essa actividade. Incertezas, rumores e diversas acusações criaram um clima de desconfiança e uma atmosfera explosiva à volta desta actividade. objectivos A câmara de Zurique solicitou à ARCOM Management Consulting que desenvolvesse um processo que vise a implementação das alterações necessárias com o propósito de: aliviar as tensões; desenvolver um novo conjunto de estatutos, bem como uma estrutura de organização adequada; apoiar a mudança cultural no sentido de potenciar a consolidação da companhia. resultados Passados dois anos, o projecto foi completado com sucesso, tendo-se excedido as expectativas iniciais. O trabalho desenvolvido pela ARCOM detectou um potencial de redução de custos em cerca de 100 milhões de francos suíços como resultado da redução de tarifas. [arcom unternehmensberatung] Em condições bastante difíceis em que a opinião pública suspeitava de actividade criminal dentro de um departamento da companhia não é apenas importante chegar a acordo relativamente ao passado, mas também manter os olhos no futuro e na maximização do potencial de crescimento. O projecto continua a ser bem sucedido porque os consultores da ARCOM têm em consideração tanto os aspectos de gestão empresarial, como os psicológicos e políticos. Kathrin martelli, city councillor of Zürich (2005) CoBerMetal situação A COBERMETAL Coberturas Metálicas, Lda., constituída em 1995, dedica-se à actividade de produção, comercialização e montagens de coberturas metálicas autoportantes. Trata-se de uma tecnologia de vanguarda para coberturas, visto que desempenha simultaneamente as funções de estrutura e revestimento, dispensando os suportes tradicionais para as coberturas (asnas), conseguindo-se assim uma instalação rápida e eficaz com uma relação preço/qualidade imbatível. Este tipo de coberturas pode ser aplicado em qualquer tipo de edifícios e pavilhões. 13

14 > 1996 > 1997 > 1998 > 1999 > 2000 > 2001 > 2002 > 2003 > 2004 > case studies Para além dos referidos produtos, a empresa produz e comercializa todo o tipo de estruturas e coberturas tradicionais, platibandas (simples ou curvas) e revestimentos. A sua localização privilegiada, no centro do pais, mais propriamente na Batalha, permite-lhe chegar com a devida acessibilidade e celeridade a todos os pontos de Portugal. Desde há alguns anos que os principais clientes da COBER- METAL, LDA têm vindo a exigir um aumento na qualidade dos produtos à empresa. Estas exigências têm permitido e contribuído para desenvolver uma dinâmica de envolvimento e participação dos diversos níveis e áreas da empresa, no desencadeamento de processos correctivos e no aperfeiçoamento das metodologias aplicadas, numa lógica de melhoria contínua e em acentuar da diferenciação do seu posicionamento competitivo. Este facto torna a COBERMETAL, LDA única, e em alguns casos sem concorrentes no tecido industrial onde opera, o que lhe traz naturalmente benefícios acrescidos e uma acentuada fidelização dos seus clientes. A busca incessante por manter os melhores padrões de qualidade impõe-se desde a selecção da matéria-prima, passando pelo design, concepção e produção das soluções mais adequadas às necessidades dos clientes até à distribuição final junto dos seus segmentos de mercado, onde as coberturas metálicas correspondem a cerca de 75% da produção da empresa. A COBERMETAL, LDA possui uma elevada experiência e notoriedade no sector, por isso o seu reconhecimento quer a nível nacional como a nível internacional, pela elevada qualidade dos produtos oferecidos e das soluções que proporciona ao seu cliente, são por si demonstradoras dos seus recursos, capacidades e competências que têm sustentabilizado as suas vantagens competitivas, por um lado, e a elevada fidelização dos seus clientes por outro. Actualmente verifica-se uma crescente procura por parte do mercado espanhol devido, essencialmente, aos seus actuais clientes que aí dispõem de instalações ou que desenvolvem e reforçam o seu posicionamento e com os quais a COBER- METAL, LDA tem vindo a desenvolver uma relação de parceria estratégica. A internacionalização tornou-se imperativa e as suas causas residem na necessidade da COBERMETAL, LDA seguir e acompanhar as tendências do mercado e que evidenciam uma estagnação do mercado nacional. Objectivos O projecto desenvolvido pela Mercal teve por objectivo dar apoio à COBERMETAL, LDA à candidatura de um projecto de investimento ao SIME- Sistema de Incentivos à Modernização Empresarial, projecto que visou adequar a produção às necessidades do mercado global, permitindo a consolidação do processo de internacionalização da Mercal. Resultados O apoio prestado por parte da Mercal à COBERMETAL, LDA permitiu que esta empresa viesse a beneficiar de todo um conjunto de incentivos (SIME) que permitiram à empresa realizar o projecto de investimento previsto e adaptar a sua produção às necessidades e exigências dos actuais clientes e ao mercado global viabilizando a sua estratégia de desenvolvimento empresarial. Os investimentos realizados permitiram ainda a consolidação do processo de internacionalização da COBERMETAL, LDA de uma forma mais activa, nomeadamente no mercado espanhol, com maior nível de competitividade e criando barreiras à entrada de seus concorrentes pelo elevado nível tecnológico dos equipamentos adquiridos. COOPERATIVA DE BEJA E BRINCHES, CRL Situação Perante os actuais desafios que o sector agrícola nacional enfrenta, e que imprimem uma crescente necessidade de aumentar a sua competitividade, facto que se tem reflectivo na tendência de fusões entra as empresas, cooperativas e associações do sector, a Cooperativa Agrícola de Beja e Cooperativa Agrícola de Brinches optaram pela fusão das cooperativas. De forma a desenvolver o processo de fusão das duas cooperativas alentejanas estas solicitaram os serviços da Mercal, mais especificamente do Departamento de Fusões & Aquisições, beneficiando da larga experiência da Mercal nesta área. Objectivos Este projecto teve como objectivo a implementação de um projecto empresarial de consolidação e fusão das Cooperativas Agrícolas de Beja e Brinches, tendo também sido prestado apoio à definição dos seguintes aspectos: Modelo organizacional; Actividades de planeamento; Sistemas de informação; Modelo de engenharia financeira, com optimização das fontes de financiamento internas e externas. Resultados A fusão das duas cooperativas alentejanas traduziu-se em ganhos muito significativos não só para a empresa como para o sector agrícola do Baixo-Alentejo. Para a empresa, trouxe a oportunidade de reestruturar organizacionalmente os activos, recursos e capacidades anteriormente existentes e desenvolver um plano de actividade futura, com subsequente plano de acções conducentes à implementação de uma gestão por processos, da implementação da actividade de planeamento e orçamentação financeira, dos sistemas de informação e de gestão com evidentes consequências ao nível económico e financeiro. Para o sector agrícola porque ambas se encaixavam perfeitamente uma na outra. Se a Cooperativa Agrícola de Beja possuía uma enorme força no sector dos cereais, a congénere de Brinches apresenta grande dinâmica no domínio da olivicultura e produção de azeite um sector com larga margem de crescimento que vai tornar-se o principal pilar da lavoura regional. Por outro lado, o centro de gravidade da olivicultura está a ser criado num arco entre Brinches, Serpa e Beja, onde agora se estendem centenas e centenas de hectares de novo olival. Esta será a zona de excelência para a produção de azeitona nos próximos anos. Encarada como uma medida essencial para o sector cooperativo da região, esta fusão inspirou-se no exemplo espanhol da Hojiblanca uma empresa de Antequera (Málaga), que 14 Mercal Gestão e Marketing Internacional, Lda.

15 2005 > 2006 > 2007 > 2008 > 2009 > 2010 > 15 anos a criar parcerias de futuro reúne várias Cooperativas e produz sozinha mais do dobro do azeite produzido em Portugal. Com a fusão, a Cooperativa de Beja e Brinches CRL detém uma quota na ordem dos 35% da produção nacional de azeite, ganhando em termos de mercado um peso completamente diferente daquele que as Cooperativas detinham inicialmente de forma isolada. É de referir que a entidade criada pela fusão das duas cooperativas, a Cooperativa Agrícola de Beja e Brinches (CRL) é, desde já considerada a de maior dimensão ao nível nacional do sector cooperativo e na sua actividade, provendo-se um substancial reforço do seu posicionamento competitivo à escala ibérica. Fulterer Auszugssysteme GmbH Fulterer Auszugssysteme GmbH é uma companhia metalúrgica, fundada há cerca de 50 anos e com sede em Vorarlberg na Áustria. A empresa é especializada no fabrico de acessórios e artefactos para mobiliário e conta actualmente com cerca de 330 empregados. O Grupo Fulterer é composto por três companhias localizadas na Áustria, Suíça e nos Estados Unidos da América. Os acessórios desenvolvidos pela Fulterer são vendidas por todo o mundo, em cerca de 60 países, e representando uma receita na ordem dos 50 milhões de euros. A Mercal Consulting Group através da sua associada local prestou apoio à Fulterer Auszugssysteme (Fitting Systems) durante um importante processo de reestruturação que visava optimizar a estrutura do grupo na Áustria, Suiça e nos EUA. O Dr. Thomas Boeckle, mentor e coordenador do projecto, identificou três áreas de actuação: Estrutura de Capital: Reavaliação da estrutura de capital através da negociação de um plano de saída de alguns executivos do grupo, bem como a melhoria de toda a estrutura de negócio. Reestruturação Estratégica (Distribuição e Vendas) Análise e revisão da estratégia empresarial à luz das condições de mercado e reestruturação do Departamento de Distribuição e Vendas, assim como, revisão das actividades de forma a um melhor ajustamento aos mercados. Fusões & Aquisições: De forma de potenciar o crescimento do seu negócio a Fulterer tem por objectivo desenvolver uma estratégia de crescimento por aquisição, através da selecção de uma empresa estrategicamente viável e do desenvolvimento de um processo de F&A. Actividades de apoio ao processo de F&A: Produção do dossier de aquisição (Plano de Projecto, Modelo de Financiamento, Due Diligence e Processo de Negociação). Situação Desde 1961, a Fulterer era uma das empresas mais dinâmicas no mercado de ferragens, tendo-se tornado numa das empresas de referência no sector, sendo líder no nicho de mercado das corrediças. Nos últimos anos, a pressão sobre os preços neste mercado tornou a actividade da empresa mais difícil, tendo os lucros registado uma forte queda. Dois membros da família saíram da Fulterer e um dos seus sócios-gerentes manifestou igualmente o seu interesse em sair da empresa. Após estes acontecimentos, a Fulterer solicitou à Mercal Consulting Group, através da sua associada, a Implus, que esta realizasse um estudo sobre a sua actividade, com especial destaque na vertente comercial e na sua estrutura de vendas. Foi neste contexto que a ferramenta designada por Implus Developed Organization Diagnostics Tool foi implementada. No decorrer do projecto foram realizadas entrevistas de grupo e individuais com as várias direcções e executivos da empresa, tendo os resultados da sua análise provado que a gestão desenvolvida pela empresa não conseguiu desenvolver uma estratégia e estruturar um padrão de desenvolvimento sustentável e obter em conformidade os resultados satisfatórios para a organização. Por este motivo, e após a conclusão da análise, o projecto Fulterer 2010 foi colocado em prática, tendo sido concluído em Março de Nos parágrafos seguintes serão descritos quais os principais pontos em que o projecto incidiu. Objectivos No início do projecto, os principais pontos de actuação foram ao nível da estratégia e estrutura da empresa, tendo sido definidos os seguintes objectivos: Definição de uma estratégia empresarial consistente; Análise e reestruturação da empresa; Durante o projecto novas questões foram colocadas, tendo surgido novos subprojectos com os seguintes objectivos: Definição de uma estratégia de redução de quadros; Execução de participações estratégicas (stakeholders). Desafios As tarefas acima descritas constituíram o maior dos processos de mudança na empresa nos últimos anos e são cruciais para o futuro da empresa. Por esta razão foi exigido aos colaboradores da Fulterer a máxima dedicação. Esta não possuía o know-how necessário para lidar com este processo de reestruturação e, ao mesmo tempo o máximo profissionalismo e, devido à pouca experiência em lidar com a presença de consultores externos na empresa, seria indiciador do surgimento de dificuldades na aceitação de determinadas sugestões. Para além disso, existia uma grande pressão relativamente aos prazos, bem como a necessidade de coordenar vários recursos externos (contas da empresa, consultoria jurídica, consultora fiscal, estudo de mercado, empresa de capital de risco, etc.). Os desafios específicos do projecto foram os seguintes: Estrutura de Capital Definição do Problema Conflitos no seio da equipa de gestão e respectiva discordância com as decisões estratégicas; As acções eram pertencentes a três membros da família (sucessão pouco clara); Desejo de uma estratégia de saída para um dos executivos. Resultados Clarificação das relações dos accionistas; Extinção dos conflitos no seio da equipa de gestão; Regulamentação do financiamento para o buy-out. case studies 15

16 > 1996 > 1997 > 1998 > 1999 > 2000 > 2001 > 2002 > 2003 > 2004 > case studies Ajustamento e Reestruturação Estratégica (Distribuição) Definição do Problema O sistema de produção da companhia não tinha uma orientação clara e visão de futuro; A competição e o nível de preços tornaram-se mais agressivos, sendo o crescimento por aquisição a melhor forma de expandir o volume de negócios; Sistema de vendas ineficiente e dispendioso. Resultados Alterações na estratégia empresarial: expansão estratégia e a reestruturação tecnológica do sistema de produção; Criação de um escritório de vendas na suíça; Implementação de uma nova estrutura empresarial; Reestruturação das áreas de operação e criação de uma melhor conexão com a filial norte americana; Instalação e nomeação do director de vendas, bem como a nomeação de dois agentes de vendas (novo cargo na empresa); Economia de custos obtida pelo termino dos contratos com agentes de vendas externos; Desenvolvimento de vendas directas e reforço em torno de três representantes de vendas. Fusões & Aquisições Definição do Problema O mercado caracterizava-se por uma oferta relativamente grande face à procura, o que se traduzia num baixo nível de preços e num poder acrescido dos consumidores sobre os produtores/vendedores; Necessidade de um forte aumento do volume de negócios para que a Fulterer pudesse vir a ser reconhecida como uma empresa à escala global (estratégia de crescimento por aquisição); Resultados Criação de uma estrutura tendo em vista a potenciação de participações estratégicas (stakeholders); Redução do preço de compra em cerca de 40% relativamente à oferta inicial; Aumento substancial do valor da empresa através de uma análise adicional e reestruturação do Departamento de Vendas; Reestruturação financeira com a adesão a um fundo de capital mezzanine. Com a aquisição, o volume de negócios aumentou em cerca de 30%, tendo a quota de mercado crescido consideravelmente. Para além disso, surgiram novos mercados com a aquisição devido às gamas de produtos adicionais que esta trouxe. A aquisição desta subárea permitiu à Fulterer tornar-se numa dos maiores líderes mundiais no seu sector. No continente europeu, registou-se uma expansão das quotas de mercado até então existentes, devido essencialmente à optimização da estrutura comercial e de vendas. Para este projecto a Mercal Consulting Group, através da sua associada a Implus, disponibilizou uma equipa de quatro consultores de gestão fortemente preparados para lidar com todo um conjunto de situações e fornecer os métodos e soluções mais inovadoras. O Dr. Thomas Boeckle, CMC, que também participou no processo fusão e aquisição, concebeu todo o processo de desenvolvimento organizacional. Christian Ruthner e Benedicte Haemmerle são os outros membros equipa de consultores, tendo estado associados às áreas de controlo e recursos humanos. Para a parte do projecto desenvolvida na Suíça, a implus contou com a colaboração do seu parceiro suíço, o professor universitário Dr. C André Wohlgemuth, ex-presidente da Associação Suíça Consultores e Chairman da IMCN (www.imcn.biz). Duração do projecto: 162 dias. Os efeitos e as potencialidades futuras descobertas neste projecto excederam largamente os seus custos. Para a Fulterer, os maiores resultados deste projecto foram as sinergias e as novas oportunidades de mercado geradas pelas aquisições. Estas foram possíveis devido à qualidade do trabalho de estratégia desenvolvido pela implus que detectou e estruturou o desenvolvimento desse potencial de crescimento. Com este projecto a implus foi galardoada com o prémio de melhor consultora de gestão austríaca Constantinus Award GRUPO NIGEL Situação O Grupo NIGEL, sediado em Peniche, tem origens na Congeladora José Nicolau, empresa em nome individual criada em Esta ultima foi crescendo, e, em 1974 formou-se a Nigel, uma sociedade por quotas. Em 1958 as instalações situavam-se no Alto de Santa Cruz, em Peniche, as quais registaram alterações apenas ao nível logístico até Em 1980 toda a fábrica foi remodelada, dando-se um aumento substancial das instalações passando a capacidade de frio para 4000m3. Esta remodelação foi necessária, já que nos anos anteriores se tinha registado uma diminuição das taxas de crescimento das vendas devido a um esgotamento da capacidade de produção. Em 1989 iniciou-se uma nova ampliação das instalações fabris, como consequência da alta taxa de ocupação da capacidade produtiva existente e também de modo a adequar as instalações às normas e exigências comunitárias. Com esta ampliação, para além de se criar um círculo correcto de produtos, introduziram-se novas máquinas, permitindo duplicar a capacidade de produção. Com a ampliação, terminada em 1992, a capacidade de conservação em frio aumentou para m3 e a congelação para 8ton/hora, distribuídas por 3 processos diferentes. Após essa grande ampliação registaram-se diversos melhoramentos, nomeadamente ao nível da produtividade da empresa. De forma a responder eficazmente a todos os seus clientes, a NIGEL estendeu a sua intervenção à Zona Sul do País, de forma a dar uma resposta imediata às solicitações dos seus clientes desta região, com a criação em 1995 da NIGEL ALEN- TEJO, LDA. Bem como a sua actividade, com a criação da NIGEL FROTA, em 1998 aumentando deste modo, a sua capacidade de distribuição. 16 Mercal Gestão e Marketing Internacional, Lda.

17 2005 > 2006 > 2007 > 2008 > 2009 > 2010 > 15 anos a criar parcerias de futuro Face à constante preocupação do Grupo em estar próximo dos seus clientes, de prestar um serviço eficiente e eficaz, e alcançar os mais elevados padrões de qualidade, a NIGEL solicitou o apoio da Mercal de forma a dar continuidade à sua filosofia. Objectivos O projecto desenvolvido pela Mercal para o Grupo NIGEL teve como objectivos: Apoiar a candidatura de um projecto de investimento ao SIME - Sistema de Incentivos à Modernização Empresarial, que visou a obtenção de meios financeiros para a estratégia de desenvolvimento do negócio; Apoiar a estratégia de internacionalização com o potencial reforço do posicionamento da empresa no mercado comunitário e sua maior diversificação com subsequente diminuição da dependência externa; Apoiar a implementação de uma gestão por processos, com respectiva optimização dos recursos, capacidades e competências; A obtenção da Certificação dos Sistemas de Gestão da Qualidade (ISO 9001), Gestão Ambiental (ISO 14001) e Segurança, Higiene e Saúde no Trabalho (OSHAS 18100). Resultados O projecto desenvolvido pela Mercal permitiu ao Grupo NIGEL implementar a sua estratégia de desenvolvimento e crescer nos mercados internacionais, assim como vir a beneficiar dos incentivos ao investimento que viabilizaram os investimentos previstos e permitiram obter as certificações dos Sistemas de Garantia da Qualidade (ISO 9001), Gestão Ambiental (ISO 14001) e Segurança, Higiene e Saúde no Trabalho (OSHAS 18100). Em termos práticos, os investimentos realizados permitiram a melhoria dos processos, optimização dos recursos, capacidades, competências e as condições de trabalho, do respeito pelos aspectos ambientais e da qualidade dos seus produtos, com consequentes ganhos de competitividade para o Grupo NIGEL. MAXICOFRE, Lda. Situação Fundada em 1995, a MAXICOFRE resultou do objectivo inicial do preenchimento das lacunas existentes ao nível nacional na área da Segurança Física (cofres, Porta-Fortes, etc.), através do comércio de equipamentos na área da Segurança, bem como a manutenção dos respectivos equipamentos comercializados. Ao longo dos 14 anos de experiência, a MAXICOFRE tem evoluído de acordo com as necessidades dos seus clientes e do mercado, apostando continuamente na inovação e qualidade dos seus produtos, e na satisfação dos seus clientes com vista a desenvolver um sólido relacionamento de longo prazo. Na prática, as evoluções ao nível da segurança e de vídeo vigilância, bem como a crescente complexidade do sector têm sido o driver para o desenvolvimento evolutivo da MAXICOFRE. A empresa tem desde sempre acompanhado as evoluções tecnológicas ao nível dos produtos, bem como ao nível da segurança da informação e da segurança no trabalho. Esta constante evolução tem permitido à MAXICOFRE dispor de recursos humanos, técnicos, logísticos e financeiros que permitem garantir uma solução global, competente e adequada, de elevada qualidade a um preço competitivo, e dentro dos prazos acordados. Adicionalmente, e conforme indicado anteriormente, a MAXICOFRE dispõe de um serviço de pós-venda no qual disponibiliza assistência técnica e manutenção preventiva, bem como de um piquete disponível 24 horas. De forma a melhorar e completar o seu serviço a MAXICO- FRE efectua pequenas alterações aos equipamentos de acordo com as necessidades e especificidades dos seus clientes, nomeadamente na banca. Actualmente, a MAXICOFRE tem actividade regular em Portugal e a MERCAL tem apoiado o seu processo de internacionalização no mercado Angolano, representando as exportações, para este mercado, já cerca de 23% do seu volume de negócios. Objectivos A MERCAL participou no Projecto de Desenvolvimento Empresarial e Organizacional da MAXICOFRE, tendo por objectivo: Acentuar a capacidade de internacionalização da empresa, nomeadamente para os mercados angolano e espanhol; Implementação do Sistema de Gestão Integrado - Qualidade e Ambiente (ISO 9001 e ISO 14001); Implementação dos sistemas de informação de apoio à gestão e ainda de obtenção de financiamento para esse fim, ao abrigo do QREN - Quadro de Referência Estratégico Nacional. Resultados Com o apoio da MERCAL e com a implementação do projecto e do plano de acções, a MAXICOFRE acentuou a sua presença no mercado nacional e promoveu de forma acentuada a sua internacionalização principalmente nos mercados Angolano e Espanhol, aproveitando o seu potencial e o crescimento global do negócio, nomeadamente através da concretização de algumas medidas, das quais destacamos: Desenvolvimento da capacidade de internacionalização da MAXICOFRE através da participação em feiras; Participação em certames internacionais com o objectivo de proporcionar contactos com clientes potenciais em Angola e em Espanha; Plano de Marketing e de Actividade Comercial; Implementação da actividade de planeamento estratégico e operacional ao nível de marketing, incluindo o planeamento, orçamentação e controlo de gestão comercial e das vendas; Acções de Marketing Directo e desenvolvimento de meios de suporte. Foi implementado um Plano de Marketing Directo dirigido a potenciais clientes no espaço internacional lusófono, com a capacidade de poder ampliar e garantir maior cobertura dos mercados-alvo actuais, nacionais e internacionais. Foram definidos ainda, ao nível do cronograma as acções inerentes às opções estratégicas de desenvolvimento do negócio e de respectiva lógica evolutiva de investimentos, a manutenção da liderança e expansão da actividade da empresa. case studies 17

18 > 1996 > 1997 > 1998 > 1999 > 2000 > 2001 > 2002 > 2003 > 2004 > case studies MAXPERFIL, LDA. Situação A Maxperfil, Lda., constituída em 2001, é uma empresa relativamente recente, mas desde logo iniciou a sua actividade orientada para a produção, comercialização de perfis metálicos detectando uma lacuna de mercado e na oferta nacional. Um bom conhecimento do mercado, aliado a um espírito empreendedor e uma visão do negócio a médio e longo prazo do seu sócio-gerente, a Maxperfil, Lda., tem vindo a posicionar-se como uma das principais referências do mercado nacional na produção de perfis, como é comprovado pelo elevado crescimento que regista ao nível da actividade e sua quota de mercado. Com efeito, a elevada inovação e especialização dentro do seu sector de actividade tem possibilitado um crescimento sustentado das vendas, que assenta sobretudo no seu posicionamento tecnológico associado a uma boa gestão e organização interna, e que viabilizou a actual forte implementação que possui no mercado nacional. Um dos principais factores em que tem sustentado o desenvolvimento da Maxperfil, Lda., tem a ver com a tecnologia inovadora e diferenciada que possui, consubstanciada com o seu actual parque produtivo que poderá ser considerado extremamente evoluído face à sua concorrência internacional. Este posicionamento tecnológico permite-lhe deter elevada flexibilidade e oferecer soluções que asseguram os mais elevados padrões de qualidade. A gama de oferta da Maxperfil, Lda. e as soluções que apresenta ao nível de produtos, têm por base a transformação de chapas metálicas, oriundas de siderurgias nacionais e internacionais, em produtos finais de aplicação directa e específica em edificações e construção em geral, e que vão ao encontro das maiores e actuais exigências do mercado. A empresa mantém elevada flexibilidade ao nível produtivo o que lhe permite um óptimo time to market e a permanente introdução de novos produtos e oferta de soluções diferenciadas e diversificadas ajustando-se à evolução das tecnologias de construção. A montante do seu processo produtivo verifica-se uma elevada selectividade na definição de parceiros fornecedores, que têm de cumprir para com os padrões mais elevados de qualidade ao nível das matérias primas e outros materiais que disponibilizam e que se encontram em consonância com as características técnicas que detêm os seus equipamentos produtivos. A Maxperfil, Lda. acrescenta assim aos seus produtos e às soluções que oferece aos seus clientes uma forte componente de inovação e de design, aliado a uma forte componente de qualidade. O seu processo produtivo é adaptado às exigências dos seus clientes, tendo em conta a gama diversificada de produtos e soluções, e que utilizam como principais materiais de base o aço. O dinamismo latente na empresa tem alicerçado o seu crescimento, o que implica uma constante evolução do processo produtivo, uma maior presença no mercado nacional e internacional e um eficiente processo de internacionalização, tendo em conta os níveis de crescimento registados nos últimos anos. Objectivos De forma a dar continuidade ao seu processo de crescimento, a Maxperfil, Lda solicitou os serviços da Mercal, tendo esta vindo a acabar por desenvolver um projecto com os seguintes objectivos: Apoiar a candidatura de um projecto de investimento ao SIME Sistema de Incentivos à Modernização Empresarial, tendo em vista: Adequar a produção e os seus produtos aos mercados internacionais, permitindo: A consolidação do seu processo de internacionalização e o reforço do posicionamento em Países considerados mais atractivos. Resultados A intervenção da Mercal permitiu a realização do projecto de investimento proposto com uma estratégia de financiamento e obtenção de incentivos ao investimento (SIME), permitiu a adaptação do sistema produtivo da Maxperfil, Lda às necessidades e solicitações dos clientes mais exigentes e ao mercado global. Permitiu ainda, e conforme era objectivo, a consolidação do processo de internacionalização de uma forma mais activa, nomeadamente com o alargamento do negócio e subsequente reforço do posicionamento para os mercados espanhol, belga e inglês. MÉCANOBLOC PORTUGUESA DIVISÓRIAS AMOVÍ- VEIS, LDA. Situação A Mécanobloc Portuguesa Divisórias Amovíveis, Lda. foi constituída em 1988 no seguimento de uma proposta da casa mãe, Mecanobloc, S.A., em França, para começar a trabalhar em Portugal, através de um empregado português que então trabalhava na empresa em França. Foi assim criada a Mécanobloc Portuguesa, uma sociedade comercial por quotas cujo objecto social é o fabrico, montagem e comercialização de divisórias amovíveis, tectos e pavimentos falsos e mobiliário. Os seus sócios-gerentes são gestores com liderança carismática, extremamente dinâmicos e criativos, que têm vindo a comandar os destinos da Mécanobloc Portuguesa, Lda. e que constitui em si a razão do êxito alcançado pela empresa até à actualidade. Desde há alguns anos que os principais clientes da Mécanobloc Portuguesa, Lda. têm vindo a exigir um aumento na qualidade dos produtos à empresa. Estas exigências têm permitido e contribuído para o desenvolvimento de uma dinâmica de envolvimento e participação dos diversos níveis e áreas da empresa, no desencadeamento de processos correctivos e no aperfeiçoamento das metodologias aplicadas ao nível do seu Sistema de Gestão, numa lógica de melhoria contínua e de acentuar a diferenciação do seu posicionamento competitivo. Desta forma, em muitos casos a Mécanobloc Portuguesa, Lda. é o único player no tecido industrial onde opera, o que lhe traz naturalmente benefícios acrescidos, permitindo providenciar uma acentuada fidelização dos seus clientes, e criar barreiras à entrada de potenciais concorrentes. 18 Mercal Gestão e Marketing Internacional, Lda.

19 2005 > 2006 > 2007 > 2008 > 2009 > 2010 > 15 anos a criar parcerias de futuro Na sequência dos desafios do sector, e perante a necessidade de contornar a actual maturidade com que se defronta o mercado nacional, designadamente ao nível dos seus segmentos, e adequar a produção ao mercado global de forma a consolidar o seu processo de internacionalização, em 2005, a Mécanobloc Portuguesa, Lda solicitou o apoio da Mercal por forma a apoiar na resolução desses desafios. Objectivos Para o projecto desenvolvido para a Mécanobloc Portuguesa, Lda foram definidas as seguintes tarefas: Apoio à candidatura de um projecto de investimento ao SIME - Sistema de Incentivos à Modernização Empresarial; Desenvolvimento e implementação de um BIM Plano de Marketing Internacional, com o objectivo de reforçar o seu posicionamento no mercado externo; Assistencia técnica à implementação do Sistemas de Gestão da Qualidade (ISO 9001). Resultados O projecto apoiado pela Mercal permitiu à Mécanobloc Portuguesa, Lda. realizar os investimentos constantes no projecto de investimento no âmbito do SIME, que associado ao BIM Plano de Marketing Internacional, permitiram adequar a produção ao mercado global, contribuindo para a consolidação do seu processo de internacionalização de uma forma mais activa, nomeadamente nos mercados belga e espanhol, devido ao elevado nível tecnológico dos equipamentos adquiridos. Desta forma, a empresa começou a possuir capacidade e flexibilidade produtiva para satisfazer adequadamente a evolução dos seus potenciais clientes nos actuais mercados-alvo, assim como conquistar novos mercados, tornando-se exportador activo, nomeadamente para os mercados belga e espanhol, tendo vindo a impôr a sua estratégia diferenciadora e o seu posicionamento competitivo. A sua vantagem competitiva foi conseguida através da capacidade de diferenciação com base na inovação tecnológica, qualidade e design inovador das soluções propostas, do produto e do serviço prestado, associadas a uma distribuição rápida, valorizando a apresentação e a comunicação relativa à empresa como forma de reforço do seu posicionamento nos mercados-alvo. Recentemente, em 2009, a Mercal foi chamada a efectuar operação de avaliação da empresa e sua posterior venda, assegurando, nesta etapa, a consolidação financeira e a capacidade da Mécanobloc Portuguesa, Lda. assumir definitivamente a liderança no mercado e a consolidação do seu processo de internacionalização. Trata-se de uma parceria de muitos anos e virada para o futuro! Situação Fundada em 1977 com o propósito de fabricar moldes e acessórios para a indústria vidreira, a METAVIL, Lda. tem vindo a desenvolver essa área de trabalho equipando-se com a mais moderna tecnologia que, aliada ao Know-How dos seus técnicos, tem somado êxitos no fabrico de moldes de precisão e alta engenharia para a indústria do vidro de embalagem, sendo reconhecida como um dos melhores fabricantes portugueses de moldes para a indústria vidreira. Para além do mercado nacional, a METAVIL, Lda. tem já alguma presença nos mercados internacionais, exportando para vários países, tais como França, Espanha, Bélgica e Arábia Saudita. Os moldes que produz são destinados essencialmente ao fabrico de embalagens para bebidas, produtos alimentares e produtos de perfumaria. A empresa tem vindo a reforçar consideravelmente a produção destinada ao ramo dos moldes para produtos de perfumaria, o qual requer uma tecnologia mais avançada e, subsequentemente, com um valor acrescentado mais elevado. Objectivo De forma a acompanhar o desenvolvimento das indústrias para as quais são fornecedores, evoluindo de modo a responder com eficácia aos seus requisitos, a METAVIL, Lda. solicitou o apoio da Mercal num projecto com os seguintes objectivos: Apoiar a candidatura de um projecto de investimento ao SIME - Sistema de Incentivos à Modernização Empresarial; Desenvolvimento e implementação do BIM Plano de Marketing Internacional visando a penetração e reforço do posicionamento no mercado externo, nomeadamente Espanha e França; Assistência técnica à implementação dos Sistemas de Gestão Integrada da Qualidade (ISO 9001), Ambiente (ISO 14001) e Segurança, Higiene e Saúde no Trabalho (OSHAS 18100). Resultados O projecto desenvolvido pela METAVIL em colaboração com a Mercal permitiu a realização dos investimentos constantes no projecto com o apoio do SIME, nomeadamente a aquisição de modernos e sofisticados sistemas de controlo de gestão da produção. A implementação do Sistema de Gestão Integrada da Qualidade, Ambiente e Segurança, Higiene e Saúde no Trabalho, aliada aos investimentos realizados possibilitaram o melhoramento das condições de produção, de trabalho e da qualidade dos produtos, permitindo à METAVIL corresponder aos mais rigorosos padrões de qualidade, com consequentes ganhos de competitividade à escala ibérica. Ao nível internacional, a implementação do BIM permitiu o aumento do potencial de crescimento das exportações para os mercados alvo da empresa, nomeadamente os mercados espanhol, francês, belga e da Arábia Saudita. Situação A PAVIPREL, constituída em 1976, dedica-se à indústria e comércio de fabrico de vigas de betão pré-esforçado, peças pré-fabricadas e artefactos de cimento e similares, sendo líder no seu sector. Ao longo de mais de 30 anos de experiência no sector, a qualicase studies METAVIL PAVIPREL, SA 19

20 > 1996 > 1997 > 1998 > 1999 > 2000 > 2001 > 2002 > 2003 > 2004 > case studies dade dos produtos tem sido um factor de enorme importância para a PAVIPREL. Nesse sentido, a empresa tem continuamente apostado nas mais modernas tecnologias de produção, que aliadas aos melhores designes, têm assegurado os melhores padrões de qualidade nos produtos que desenvolve e produz. Adicionalmente, a PAVIPREL tem um laboratório próprio onde são realizados os mais diversos ensaios de controlo. A PAVIPREL opera em Portugal, na região centro e na região sul. No mercado dos artefactos de cimento, os custos de transporte representavam aproximadamente 25% do custo total do produto, o que tornou a proximidade geográfica ao cliente um factor de competitividade bastante importante e decisivo na comercialização. A PAVIPREL perante os desafios e ameaças impostos ao sector em que opera, bastante associado ao sector da construção civil, sector actualmente com enormes dificuldades em Portugal, e ao aumento da concorrência especializada no sector, solicitou a colaboração da Mercal na definição estratégica da empresa, nomeadamente no que concerne ao processo de internacionalização. Objectivos De forma a melhor compreender as necessidades futuras e os recursos necessários para a implementação da estratégia de internacionalização, foi desenvolvido pela Mercal um projecto de investimento no âmbito do QREN Quadro de Referência Estratégico Nacional, no seguimento do planeamento estratégico implementado no passado na PAVIPREL. O trabalho desenvolvido pela Mercal permitiu à PAVIPREL a atingir os objectivos definidos, nomeadamente: Optimizar os seus processos produtivos, de forma a implementar estratégias lean que permitam à empresa aumentar a sua eficiência produtiva e diminuir os desperdícios; Melhorar a articulação entre a área de planeamento e a área de produção; Desenvolver o seu portfólio de produtos, acrescentando produtos com elevada componente tecnológica e já preparados para fazer face às novas exigências térmicas e acústicas exigidas por lei; Implementar uma política de redução de consumos energéticos, de forma a diminuir o impacto ambiental da organização e procurando atingir uma política de CO2 neutro; Dotar a empresa de melhores condições de trabalho para os seus colaboradores; Melhorar a capacidade de marketing da empresa e aumentar a capacidade de internacionalização na Europa e nos PALOP. Resultados O projecto desenvolvido pela Mercal permitiu à PAVIPREL aumentar os seus níveis de produtividade e desempenho no binómio preço-qualidade, factor fundamental no contexto de mercado. Os referidos aumentos de produtividade registados, aliados ao desenvolvimento do portfólio de produtos, seguindo os mais avançados padrões de qualidade, e à estratégia de internacionalização definida permitiram um reforço da competitividade da empresa, tanto no mercado nacional, como nos mercados externos, nomeadamente no mercado espanhol e nos PALOP. Os frutos deste projecto, ao possibilitarem a diminuição da dependência da PAVIPREL face ao mercado português, conduziram à diversificação e redução do risco de mercado associado à empresa. PIMAN INDUSTRIA DE MANUTENÇÃO, SA Situação A PIMAN, fundada em 1996, tem como objecto social a prestação de serviços no sector industrial nas áreas de mecânica, electricidade, instrumentação e controlo. Desde o seu início que a PIMAN tem apostado na constante evolução tecnológica procurando assumir uma postura de vanguarda nos seus sectores de actuação. Esta é já uma das principais empresas na promoção e gestão integral de projectos industriais e na prestação de serviços derivados da sua actividade principal, desde a operação, à manutenção industrial e limpeza. A estrutura organizacional da PIMAN é caracterizada pelo facto de ter um modelo de gestão minimamente hierárquico e quase horizontal, mas suficientemente formalizado. Tem vindo a conseguir com sucesso manter a motivação e o envolvimento pessoal que caracterizam um capital humano de primeira linha, a todos os níveis. De forma a garantir a evolução contínua e a sustentabilidade das suas vantagens competitivas, a PIMAN foi certificada pela NP EN ISO 9001:2000. Actualmente, a PIMAN actua nos seguintes segmentos: Manutenção Preventiva através dos serviços de limpeza industrial, permitindo a limpeza das instalações industriais ao nível de espaços e equipamentos e através da manutenção de equipamentos, utilizando para o efeito equipas especializadas nos respectivos equipamentos; Manutenção Correctiva, através da reparação de equipamentos e reparação de infra-estruturas, incluindo redes eléctricas, tubagens e estruturas metálicas; Infra-estruturas. Em 2007, a MERCAL desenvolveu para a PIMAN, eleita PME Líder nesse ano, de um exercício de Benchmarking e um Plano de Oportunidades de Melhoria e de Rumo à Excelência, com o apoio do Programa FINCRESCE Financiamento de Estratégias de Crescimento das Empresas. Desde então e no âmbito de uma parceria estratégica, a Mercal veio a apoiar a PIMAN noutros projectos. Objectivos Mais recentemente, e de forma a potenciar o seu crescimento, tanto a nível nacional como internacional, a PIMAN solicitou o apoio da Mercal num projecto com os seguintes objectivos: Implementação do Plano de Marketing visando a prospecção comercial no mercado nacional; Desenvolvimento e implementação do BIM Plano de Marketing Internacional visando a internacionalização do negócio para a Polónia; Desenvolvimento de um Project Finance, com identificação e optimização das fontes de financiamento externas, incluindo a obtenção de incentivos ao investimento através do QREN. 20 Mercal Gestão e Marketing Internacional, Lda.

UMA ASSOCIAÇÃO GLOBAL PARA ALIANÇAS ESTRATÉGICAS

UMA ASSOCIAÇÃO GLOBAL PARA ALIANÇAS ESTRATÉGICAS UMA ASSOCIAÇÃO GLOBAL PARA ALIANÇAS ESTRATÉGICAS UMA ASSOCIAÇÃO GLOBAL PARA ALIANÇAS ESTRATÉGICAS Presente em mais de 80 países e com mais de 280 escritórios em todos os Continentes, a MGI é uma das maiores

Leia mais

MGI Internacional. Presença em mais de 80 países

MGI Internacional. Presença em mais de 80 países MGI Internacional Presença em mais de 80 países Presente em mais de 80 países e com mais de 280 escritórios em todos os Continentes, a MGI é uma das maiores associações internacionais de empresas independentes

Leia mais

Consultoria de Gestão Sistemas Integrados de Gestão Contabilidade e Fiscalidade Recursos Humanos Marketing e Comunicação Consultoria Financeira JOPAC SOLUÇÕES GLOBAIS de GESTÃO jopac.pt «A mudança é a

Leia mais

APEX- APOIO À PROMOÇÃO DA EXPORTAÇÃO DAS PME 2012

APEX- APOIO À PROMOÇÃO DA EXPORTAÇÃO DAS PME 2012 APEX- APOIO À PROMOÇÃO DA EXPORTAÇÃO DAS PME 2012 A aposta no apoio à internacionalização tem sido um dos propósitos da AIDA que, ao longo dos anos, tem vindo a realizar diversas acções direccionadas para

Leia mais

CHINA Apresentação de Casos de Sucesso

CHINA Apresentação de Casos de Sucesso CHINA Apresentação de Casos de Sucesso Parceiro e membro da IMCN: KK Yeung Management MERCAL CONSULTING GROUP A Member of IMCN- International Management Consultancies Network ÍNDICE DA APRESENTAÇÃO 1.

Leia mais

Soluções com valor estratégico

Soluções com valor estratégico Soluções com valor estratégico Contexto O ambiente económico e empresarial transformou-se profundamente nas últimas décadas. A adesão de Portugal à U.E., a adopção do euro e o mais recente alargamento

Leia mais

Diagnóstico de Competências para a Exportação

Diagnóstico de Competências para a Exportação Diagnóstico de Competências para a Exportação em Pequenas e Médias Empresas (PME) Guia de Utilização DIRECÇÃO DE ASSISTÊNCIA EMPRESARIAL Departamento de Promoção de Competências Empresariais Índice ENQUADRAMENTO...

Leia mais

::ENQUADRAMENTO ::ENQUADRAMENTO::

::ENQUADRAMENTO ::ENQUADRAMENTO:: ::ENQUADRAMENTO:: :: ENQUADRAMENTO :: O actual ambiente de negócios caracteriza-se por rápidas mudanças que envolvem a esfera politica, económica, social e cultural das sociedades. A capacidade de se adaptar

Leia mais

Apoio à Internacionalização. CENA 3 de Julho de 2012

Apoio à Internacionalização. CENA 3 de Julho de 2012 Apoio à Internacionalização CENA 3 de Julho de 2012 Enquadramento Enquadramento Comércio Internacional Português de Bens e Serviços Var. 13,3% 55,5 68,2 57,1 73,4 48,3 60,1 54,5 66,0 67,2 61,7 Exportação

Leia mais

Breve síntese sobre os mecanismos financeiros de apoio à internacionalização e cooperação

Breve síntese sobre os mecanismos financeiros de apoio à internacionalização e cooperação Breve síntese sobre os mecanismos financeiros de apoio à internacionalização e cooperação 1 Incentivos financeiros à internacionalização Em 2010 os incentivos financeiros à internacionalização, não considerando

Leia mais

Capítulo Descrição Página

Capítulo Descrição Página MANUAL DA QUALIIDADE ÍNDICE Capítulo Descrição Página 1 Apresentação da ILC Instrumentos de Laboratório e Científicos, Lda Dados sobre a ILC, sua história, sua organização e modo de funcionamento 2 Política

Leia mais

Programas Operacionais e Sistemas de Incentivos às Empresas

Programas Operacionais e Sistemas de Incentivos às Empresas Programas Operacionais e Sistemas de Incentivos às Empresas Da União Europeia vão chegar até 2020 mais de 20 mil milhões de euros a Portugal. Uma pipa de massa, nas palavras do ex-presidente da Comissão

Leia mais

Apresentação da empresa

Apresentação da empresa Apresentação da empresa A nossa Missão Ajudar as empresas a enfrentar os desafios do presente e do futuro e a encontrar ou retomar os caminhos do sucesso Sabemos que cada problema tem solução e que cada

Leia mais

Mais de 30 anos ao serviço das PME s

Mais de 30 anos ao serviço das PME s Mais de 30 anos ao serviço das PME s Historial 1977 Fundação da RISA pelo seu actual Chairman João Artur Rosa 1977 Área de negócio inicial: consultoria em contabilidade e fiscalidade 1984 Criação de um

Leia mais

O QUE É A CERTIFICAÇÃO DA QUALIDADE?

O QUE É A CERTIFICAÇÃO DA QUALIDADE? 1 O QUE É A CERTIFICAÇÃO DA QUALIDADE? A globalização dos mercados torna cada vez mais evidente as questões da qualidade. De facto a maioria dos nossos parceiros económicos não admite a não qualidade.

Leia mais

SERVIÇO DA MERCAL CONSULTING GROUP PARA VENDA OU ASSOCIAÇÃO ( JOINT VENTURE OU MERGER ) DA SUA EMPRESA

SERVIÇO DA MERCAL CONSULTING GROUP PARA VENDA OU ASSOCIAÇÃO ( JOINT VENTURE OU MERGER ) DA SUA EMPRESA SERVIÇO DA MERCAL CONSULTING GROUP PARA VENDA OU ASSOCIAÇÃO ( JOINT VENTURE OU MERGER ) DA SUA EMPRESA O primeiro requisito para venda de uma empresa, total ou parcialmente, é apresentá-la de forma atraente,

Leia mais

Brochura GrowUpServices

Brochura GrowUpServices Brochura GrowUpServices 1. O QUE FAZEMOS 1. Quem Somos 03-12-2015 3 1. Quem Somos A GROWUPSERVICES é uma marca da GROWUPIDEAS e que actua na área da consultoria de negócios. Entre os seus sócios acumulam-se

Leia mais

Sociedades de Garantia Mútua (SGM) são:

Sociedades de Garantia Mútua (SGM) são: Sociedades de Garantia Mútua (SGM) são: Operadores financeiros que prestam às instituições bancárias as garantias que lhes permitem disponibilizar às PME empréstimos em condições mais favoráveis. Ao partilhar

Leia mais

Mecanismos e modelos de apoio à Comunidade Associativa e Empresarial da Indústria Extractiva

Mecanismos e modelos de apoio à Comunidade Associativa e Empresarial da Indústria Extractiva centro tecnológico da cerâmica e do vidro coimbra portugal Mecanismos e modelos de apoio à Comunidade Associativa e Empresarial da Indústria Extractiva Victor Francisco CTCV Responsável Unidade Gestão

Leia mais

Dinâmicas de exportação e de internacionalização

Dinâmicas de exportação e de internacionalização Dinâmicas de exportação e de internacionalização das PME Contribuição da DPIF/ Como fazemos? 1. Posicionamento e actuação da DPIF A DPIF tem como Missão: Facilitar o acesso a financiamento pelas PME e

Leia mais

apresentação corporativa

apresentação corporativa apresentação corporativa 2 Índice 1. Apresentação da BBS a) A empresa b) Evolução c) Valores d) Missão e Visão 2. Áreas de Negócio a) Estrutura de Serviços b) Accounting/Tax/Reporting c) Management & Consulting

Leia mais

Neves & Freitas Consultores, Lda.

Neves & Freitas Consultores, Lda. A gerência: Cristian Paiva Índice 1. Introdução... 3 2. Apresentação... 4 2.2 Missão:... 4 2.3 Segmento Alvo... 4 2.4 Objectivos... 5 2.5 Parceiros... 5 2.6 Organização... 5 3. Organigrama da empresa...

Leia mais

Programas. cabo verde. Angola. portugal. s.tomé e príncipe. Fundación Universitaria San Pablo CEU

Programas. cabo verde. Angola. portugal. s.tomé e príncipe. Fundación Universitaria San Pablo CEU Programas de MESTRADO Online MBA Master in Business Administration Mestrado em Direcção de Empresas Mestrado em Direcção de Marketing e Vendas Mestrado em Direcção Financeira Mestrado em Comércio Internacional

Leia mais

A PMConsultores, é uma trusted advisor, empenhada em ser um agente de valor acrescentado e elemento diferenciador para a competitividade das PMEs.

A PMConsultores, é uma trusted advisor, empenhada em ser um agente de valor acrescentado e elemento diferenciador para a competitividade das PMEs. Parcerias com valor A PMConsultores, é uma trusted advisor, empenhada em ser um agente de valor acrescentado e elemento diferenciador para a competitividade das PMEs. A nossa equipa de consultores é especialista,

Leia mais

Manual da Garantia Mútua

Manual da Garantia Mútua Março de 2007 Manual da Garantia Mútua O que é a Garantia Mútua? É um sistema privado e de cariz mutualista de apoio às pequenas, médias e micro empresas (PME), que se traduz fundamentalmente na prestação

Leia mais

Fórum para a Cooperação Económica e Comercial entre a China e os Países de Língua Portuguesa (Macau)

Fórum para a Cooperação Económica e Comercial entre a China e os Países de Língua Portuguesa (Macau) Fórum para a Cooperação Económica e Comercial entre a China e os Países de Língua Portuguesa (Macau) Plano de Acção para a Cooperação Económica e Comercial (2007-2009) 2ª Conferência Ministerial, 2006

Leia mais

PROTOCOLO DE COOPERAÇÃO

PROTOCOLO DE COOPERAÇÃO PROTOCOLO DE COOPERAÇÃO LUSOFONIA ECONÓMICA PLATAFORMAS CPLP ENTRE: A ASSOCIAÇÃO INDUSTRIAL PORTUGUESA CÂMARA DE COMÉRCIO E INDÚSTRIA (AIP-CCI), com sede na Praça das Indústrias em Lisboa, 1300-307 Lisboa,

Leia mais

O presente documento suporta a apreciação do ponto 3 da Agenda da reunião da Comissão de Acompanhamento de 13/11/07, sendo composto por duas partes:

O presente documento suporta a apreciação do ponto 3 da Agenda da reunião da Comissão de Acompanhamento de 13/11/07, sendo composto por duas partes: EIXO I COMPETITIVIDADE, INOVAÇÃO E CONHECIMENTO INSTRUMENTO: SISTEMA DE INCENTIVOS À QUALIFICAÇÃO E INTERNACIONALIZAÇÃO DE PME (SI QUALIFICAÇÃO PME) O presente documento suporta a apreciação do ponto 3

Leia mais

Factores Determinantes para o Empreendedorismo. Encontro Empreender Almada 26 de Junho de 2008

Factores Determinantes para o Empreendedorismo. Encontro Empreender Almada 26 de Junho de 2008 Factores Determinantes para o Empreendedorismo Encontro Empreender Almada 26 de Junho de 2008 IAPMEI Instituto de Apoio às PME e à Inovação Principal instrumento das políticas económicas para Micro e Pequenas

Leia mais

Adenda aos Critérios de Selecção

Adenda aos Critérios de Selecção Adenda aos Critérios de Selecção... Critérios de Selecção SI Qualificação PME EIXO I COMPETITIVIDADE, INOVAÇÃO E CONHECIMENTO INSTRUMENTO: SISTEMA DE INCENTIVOS À QUALIFICAÇÃO E INTERNACIONALIZAÇÃO DE

Leia mais

Os Desafios da Fileira da Construção. As Oportunidades nos Mercados Externos

Os Desafios da Fileira da Construção. As Oportunidades nos Mercados Externos Os Desafios da Fileira da Construção As Oportunidades nos Mercados Externos Agradeço o convite que me foi dirigido para participar neste Seminário e felicito a AIP pela iniciativa e pelo tema escolhido.

Leia mais

COMO ELABORAR UM PLANO DE NEGÓCIOS DE SUCESSO

COMO ELABORAR UM PLANO DE NEGÓCIOS DE SUCESSO COMO ELABORAR UM PLANO DE NEGÓCIOS DE SUCESSO 1 Sumário: Conceito e Objectivos Estrutura do PN o Apresentação da Empresa o Análise do Produto / Serviço o Análise de Mercado o Estratégia de Marketing o

Leia mais

Portugal Brasil Moçambique Polónia

Portugal Brasil Moçambique Polónia www.promover.pt www.greatteam.pt Portugal Brasil Moçambique Polónia QUEM SOMOS - Prestamos serviços técnicos de consultoria de gestão e formação nos diversos setores da economia. - Presentes em Lisboa,

Leia mais

Sistema de Incentivos à Inovação e I&DT (Sector Automóvel) Quadro de Referência Estratégico Nacional [QREN]

Sistema de Incentivos à Inovação e I&DT (Sector Automóvel) Quadro de Referência Estratégico Nacional [QREN] Sistema de Incentivos à Inovação e I&DT (Sector Automóvel) Quadro de Referência Estratégico Nacional [QREN] Frederico Mendes & Associados Sociedade de Consultores Lda. Frederico Mendes & Associados é uma

Leia mais

Catala Consulting, Lda. Apresentação da empresa

Catala Consulting, Lda. Apresentação da empresa Catala Consulting, Lda. Apresentação da empresa A nossa Missão Ajudar as empresas a enfrentar os desafios do presente e do futuro e a encontrar ou retomar os caminhos do sucesso Sabemos que cada problema

Leia mais

Espírito Santo Investment Bank Overview FIT FOR A NEW ERA

Espírito Santo Investment Bank Overview FIT FOR A NEW ERA Espírito Santo Investment Bank Overview FIT FOR A NEW ERA December 2011 Espírito Santo Investment Bank Somos: A unidade de Banca de Investimento do Grupo Banco Espírito Santo O Banco de Investimento de

Leia mais

Primeira Unidade Empresarial de Serviços Partilhados em Saúde arranca em Portugal

Primeira Unidade Empresarial de Serviços Partilhados em Saúde arranca em Portugal Primeira Unidade Empresarial de Serviços Partilhados em Saúde arranca em Portugal É hoje apresentada publicamente a primeira Unidade Empresarial de Serviços Partilhados em Saúde a funcionar em Portugal.

Leia mais

Percepção de Portugal no mundo

Percepção de Portugal no mundo Percepção de Portugal no mundo Na sequência da questão levantada pelo Senhor Dr. Francisco Mantero na reunião do Grupo de Trabalho na Aicep, no passado dia 25 de Agosto, sobre a percepção da imagem de

Leia mais

Executive Revolution Programs Competitive intelligence e inovação

Executive Revolution Programs Competitive intelligence e inovação Executive Revolution Programs Competitive intelligence e inovação Neste curso serão abordadas as melhores práticas que permitem gerir estrategicamente a informação, tendo em vista a criação de valor para

Leia mais

Grant Thornton & Associados SROC, Lda. Apresentação da Firma

Grant Thornton & Associados SROC, Lda. Apresentação da Firma Grant Thornton & Associados SROC, Lda. Apresentação da Firma A nossa competência e experiência e a qualidade dos nossos serviços ao seu serviço A Grant Thornton assenta a sua estratégia no desenvolvimento

Leia mais

Contribuir para o desenvolvimento da região em que se inserem;

Contribuir para o desenvolvimento da região em que se inserem; SIPIE SISTEMA DE INCENTIVOS A PEQUENAS INICIATIVAS EMPRESARIAIS FICHA DE MEDIDA Apoia projectos com investimento mínimo elegível de 15.000 e a um máximo elegível de 150.000, que visem a criação ou desenvolvimento

Leia mais

Síntese do estudo sobre A ADESÃO DAS PME NACIONAIS À PRÁTICA DO COMÉRCIO ELECTRÓNICO

Síntese do estudo sobre A ADESÃO DAS PME NACIONAIS À PRÁTICA DO COMÉRCIO ELECTRÓNICO Síntese do estudo sobre A ADESÃO DAS PME NACIONAIS À PRÁTICA DO COMÉRCIO ELECTRÓNICO 1. PRINCIPAIS CONCLUSÕES Há um entendimento razoável das vantagens da prática do comércio electrónico no seio das PME

Leia mais

ABREU INTERNATIONAL LEGAL SOLUTIONS. OUR INNOVATIVE SOLUTIONS WHEREVER YOU NEED US. our innovative solutions wherever you need us.

ABREU INTERNATIONAL LEGAL SOLUTIONS. OUR INNOVATIVE SOLUTIONS WHEREVER YOU NEED US. our innovative solutions wherever you need us. ABREU INTERNATIONAL LEGAL SOLUTIONS OUR INNOVATIVE SOLUTIONS WHEREVER YOU NEED US. our innovative solutions wherever you need us. Constituída em 1993 a AB é uma das maiores Sociedades de Advogados portuguesas

Leia mais

Portugal 2020. Pedro Gomes Nunes. Director Executivo. Lisboa, Fevereiro 2014. www.risa.pt

Portugal 2020. Pedro Gomes Nunes. Director Executivo. Lisboa, Fevereiro 2014. www.risa.pt Pedro Gomes Nunes Director Executivo Lisboa, Fevereiro 2014 RISA - Apresentação ÁREAS DE NEGÓCIO Estudos e Projectos + 20 anos de experiência + 1.500 candidaturas a Fundos Comunitários aprovadas. + 1,6

Leia mais

Estudo de Remuneração 2015

Estudo de Remuneração 2015 2015 COMMERCIAL & MARKETING Temporary & permanent recruitment www.pagepersonnel.pt Editorial Page Personnel ir ao encontro do talento A Page Personnel recruta para os seus clientes os melhores perfis qualificados,

Leia mais

ANA obtém certificação em quatro áreas críticas com apoio da VP Consulting

ANA obtém certificação em quatro áreas críticas com apoio da VP Consulting ANA obtém certificação em quatro áreas críticas com apoio da VP Consulting Contactos: Isabel Fonseca Marketing VP Consulting Telefone: +351 22 605 37 10 Fax: +351 22 600 07 13 Email: info@vpconsulting.pt

Leia mais

INTERVENÇÃO Dr. José Vital Morgado Administrador Executivo da AICEP ****

INTERVENÇÃO Dr. José Vital Morgado Administrador Executivo da AICEP **** INTERVENÇÃO Dr. José Vital Morgado Administrador Executivo da AICEP **** Gostaria de começar por agradecer o amável convite da CIP para participarmos nesta conferência sobre um tema determinante para o

Leia mais

Procifisc Engenharia e Consultadoria, Lda.

Procifisc Engenharia e Consultadoria, Lda. 01. APRESENTAÇÃO DA EMPRESA 2 01. Apresentação da empresa, com sede em Castelo Branco, é uma empresa criada em 2007 que atua nos domínios da engenharia civil e da arquitetura. Atualmente, é uma empresa

Leia mais

Soluções de seguro de créditos no apoio à exportação. COSEC - Estamos onde estiver o seu negócio. www.cosec.pt

Soluções de seguro de créditos no apoio à exportação. COSEC - Estamos onde estiver o seu negócio. www.cosec.pt Soluções de seguro de créditos no apoio à exportação. COSEC - Estamos onde estiver o seu negócio. www.cosec.pt COSEC Companhia de Seguro de Créditos 2012 1 2 Sobre a COSEC O que é o Seguro de Créditos

Leia mais

SISTEMAS DE INCENTIVOS ÀS EMPRESAS

SISTEMAS DE INCENTIVOS ÀS EMPRESAS SISTEMAS DE INCENTIVOS ÀS EMPRESAS Sistema de Incentivos às Empresas O que é? é um dos instrumentos fundamentais das políticas públicas de dinamização económica, designadamente em matéria da promoção da

Leia mais

- PERFIL DO GRUPO - O Portfólio de negócios, obedece a um critério de maturidade e geração de valor, no qual o Grupo, concilia:

- PERFIL DO GRUPO - O Portfólio de negócios, obedece a um critério de maturidade e geração de valor, no qual o Grupo, concilia: GRUPO FERREIRA A GFH, é um Grupo sólido e inovador, detendo um curriculum de projectos de qualidade reconhecida, com um portfólio de negócios diversificado, e que aposta no processo de internacionalização,

Leia mais

III Encontro Nacional de BIC s

III Encontro Nacional de BIC s de BIC s de BIC s Decorreu a 18 de Maio, em Abrantes, num hotel com uma vista magnífica para a Barragem de Castelo de Bode o 3º Encontro de BIC s (Business Innovation Centers Portugueses). Neste encontro

Leia mais

Iniciativa JESSICA. Perguntas Frequentes

Iniciativa JESSICA. Perguntas Frequentes 1 - Como nasceu a iniciativa JESSICA? A iniciativa JESSICA (Joint European Support for Sustainable Investment in City Areas) é um instrumento financeiro promovido pela Comissão Europeia e desenvolvido

Leia mais

MANUAL DO SISTEMA DE GESTÃO DA QUALIDADE

MANUAL DO SISTEMA DE GESTÃO DA QUALIDADE DO SISTEMA DE GESTÃO DA QUALIDADE DO SISTEMA DE GESTÃO Pág. 2 de 16 Se está a receber este documento, isto já significa que é alguém especial para a UEM Unidade de Estruturas Metálicas SA. Convidamo-lo

Leia mais

A EMPRESA. A DRIVE Consultoria e Investimento, S.A. (DRIVE CI) dedica-se à prestação de serviços de gestão, em especial em

A EMPRESA. A DRIVE Consultoria e Investimento, S.A. (DRIVE CI) dedica-se à prestação de serviços de gestão, em especial em A EMPRESA A DRIVE Consultoria e Investimento, S.A. (DRIVE CI) dedica-se à prestação de serviços de gestão, em especial em áreas onde apresenta factores diferenciadores, como a representação em conselhos

Leia mais

Iniciativa JESSICA. Perguntas Frequentes

Iniciativa JESSICA. Perguntas Frequentes Iniciativa JESSICA Perguntas Frequentes Iniciativa JESSICA: Perguntas Frequentes 1 - Como nasceu a iniciativa JESSICA? A iniciativa JESSICA (Joint European Support for Sustainable Investment in City Areas)

Leia mais

PRESSUPOSTOS BASE PARA UMA ESTRATÉGIA DE INOVAÇÃO NO ALENTEJO

PRESSUPOSTOS BASE PARA UMA ESTRATÉGIA DE INOVAÇÃO NO ALENTEJO PRESSUPOSTOS BASE PARA UMA ESTRATÉGIA DE INOVAÇÃO NO ALENTEJO ÍNDICE 11. PRESSUPOSTO BASE PARA UMA ESTRATÉGIA DE INOVAÇÃO 25 NO ALENTEJO pág. 11.1. Um sistema regional de inovação orientado para a competitividade

Leia mais

SESSÃO DE ENCERRAMENTO DO VENTURE CAPITAL IT 2006

SESSÃO DE ENCERRAMENTO DO VENTURE CAPITAL IT 2006 SESSÃO DE ENCERRAMENTO DO VENTURE CAPITAL IT 2006 Jaime Andrez Presidente do CD do IAPMEI 10 de Maio de 2006 Minhas Senhoras e meus Senhores, 1. Em nome do Senhor Secretário de Estado Adjunto, da Indústria

Leia mais

PÓS-GRADUAÇÃO EM GESTÃO EMPRESARIAL INTERNACIONAL E DIPLOMACIA ECONÓMICA

PÓS-GRADUAÇÃO EM GESTÃO EMPRESARIAL INTERNACIONAL E DIPLOMACIA ECONÓMICA PÓS-GRADUAÇÃO EM GESTÃO EMPRESARIAL INTERNACIONAL E DIPLOMACIA ECONÓMICA Gestão Empresarial Internacional e Diplomacia Económica International Management and Economic Diplomacy 2 O aumento das exportações

Leia mais

Sistema de Incentivos à Qualificação e Internacionalização de PME CONDIÇÕES DE ENQUADRAMENTO

Sistema de Incentivos à Qualificação e Internacionalização de PME CONDIÇÕES DE ENQUADRAMENTO Sistema de Incentivos à Qualificação e Internacionalização de PME CONDIÇÕES DE ENQUADRAMENTO Aviso para apresentação de candidaturas Nº 04/SI/2012 Índice Condições de Elegibilidade do Promotor... 3 Condições

Leia mais

2011/07/07 MQ-01/02 01/02-2011/07/07

2011/07/07 MQ-01/02 01/02-2011/07/07 MQ-01/02 01/02-2011/07/07 2011/07/07 NOTA: No caso de imprimir este documento, o mesmo passa automaticamente a Cópia Não Controlada ; a sua utilização implica a confirmação prévia de que corresponde à

Leia mais

COMPETIR CATÁLOGO DE FORMAÇÃO 2010 - PLANO FORMATIVO. www.competiracores.com. Formação e Serviços, S.A. Design www.craveirodesign.

COMPETIR CATÁLOGO DE FORMAÇÃO 2010 - PLANO FORMATIVO. www.competiracores.com. Formação e Serviços, S.A. Design www.craveirodesign. Design www.craveirodesign.com COMPETIR Formação e Serviços, S.A. www.competiracores.com CATÁLOGO DE FORMAÇÃO 2010 - PLANO FORMATIVO Quem Somos A Competir-Açores está integrada no Grupo COMPETIR e estamos

Leia mais

Soluções de Financiamento para a Internacionalização

Soluções de Financiamento para a Internacionalização Soluções de Financiamento para a Internacionalização por João Real Pereira Internacionalização para Moçambique Oportunidades e Financiamento 15 de Março de 2012 Braga Sumário 1. O que é a SOFID? Estrutura

Leia mais

EDIÇÃO 2011/2012. Introdução:

EDIÇÃO 2011/2012. Introdução: EDIÇÃO 2011/2012 Introdução: O Programa Formação PME é um programa financiado pelo POPH (Programa Operacional Potencial Humano) tendo a AEP - Associação Empresarial de Portugal, como Organismo Intermédio,

Leia mais

SERVIÇOS FINANCEIROS PROFISSIONAIS. www.svc.pt www.areaeconomica.net

SERVIÇOS FINANCEIROS PROFISSIONAIS. www.svc.pt www.areaeconomica.net SERVIÇOS FINANCEIROS PROFISSIONAIS www.svc.pt www.areaeconomica.net DEPARTAMENTOS E DIVISÕES Contabilidade e Fiscalidade [Accounting/Tax/Reporting] Oferecemos um serviço diferenciado no âmbito da execução

Leia mais

28-06-2011. Onde? Como? O quê? Fórum Exportações AÇORES. - Caracterização e Potencial das Exportações Regionais - 1. Internacionalização

28-06-2011. Onde? Como? O quê? Fórum Exportações AÇORES. - Caracterização e Potencial das Exportações Regionais - 1. Internacionalização Fórum Exportações AÇORES Caracterização e Potencial das Exportações Regionais Gualter Couto, PhD Ponta Delgada, 27 de Junho de 2011 1. Internacionalização Internacionalização: Processo Estrutura Organizacional

Leia mais

ASSISTÊNCIA EMPRESARIAL DO IAPMEI NA ÁREA DA INTERNACIONALIZAÇÃO E DA EXPORTAÇÃO

ASSISTÊNCIA EMPRESARIAL DO IAPMEI NA ÁREA DA INTERNACIONALIZAÇÃO E DA EXPORTAÇÃO ASSISTÊNCIA EMPRESARIAL DO IAPMEI NA ÁREA DA INTERNACIONALIZAÇÃO E DA EXPORTAÇÃO Como fazemos 1. Através do Serviço de Assistência Empresarial (SAE), constituído por visitas técnicas personalizadas às

Leia mais

Gestão Empresarial. Comércio e Serviços

Gestão Empresarial. Comércio e Serviços Curso de Gestão Empresarial para Comércio e Serviços PROMOÇÃO: COLABORAÇÃO DE: EXECUÇÃO: APRESENTAÇÃO: > A aposta na qualificação dos nossos recursos humanos constitui uma prioridade absoluta para a Confederação

Leia mais

-AUDITORIA- PROTECÇÃO DE DADOS PESSOAIS. A sua protecção, com os melhores especialistas.

-AUDITORIA- PROTECÇÃO DE DADOS PESSOAIS. A sua protecção, com os melhores especialistas. -AUDITORIA- PROTECÇÃO DE DADOS PESSOAIS A sua protecção, com os melhores especialistas. Porquê a auditoria ao tratamento de dados pessoais? A regulamentação do tratamento de dados pessoais é uma área complexa

Leia mais

Introdução à Responsabilidade Social das Pequenas e Médias Empresas

Introdução à Responsabilidade Social das Pequenas e Médias Empresas Introdução à Responsabilidade Social das Pequenas e Médias Empresas Este guia foi produzido como parte da Campanha de Consciencialização Pan-Europeia sobre RSE, uma iniciativa da Comissão Europeia, Directoria

Leia mais

Neste contexto, o IDIT vai intervir em 31 empresas localizadas no Norte de Portugal, e 28 empresas localizadas na Região Centro.

Neste contexto, o IDIT vai intervir em 31 empresas localizadas no Norte de Portugal, e 28 empresas localizadas na Região Centro. NEWSLETTER 1 O IDIT O IDIT Instituto de Desenvolvimento e Inovação Tecnológica é uma associação privada de utilidade pública, sem fins lucrativos, cujo objectivo primordial é contribuir para a modernização

Leia mais

De acordo com os objectivos previamente definidos para esta investigação, apresentamos de seguida as respectivas conclusões:

De acordo com os objectivos previamente definidos para esta investigação, apresentamos de seguida as respectivas conclusões: 7.1 Conclusões De acordo com os objectivos previamente definidos para esta investigação, apresentamos de seguida as respectivas conclusões: 1 - Descrever os instrumentos/modelos de gestão e marketing estratégicos

Leia mais

COMISSÃO DAS COMUNIDADES EUROPEIAS COMUNICAÇÃO DA COMISSÃO. Desenvolvimento de uma política comunitária de aviação civil em relação à Austrália

COMISSÃO DAS COMUNIDADES EUROPEIAS COMUNICAÇÃO DA COMISSÃO. Desenvolvimento de uma política comunitária de aviação civil em relação à Austrália COMISSÃO DAS COMUNIDADES EUROPEIAS Bruxelas, 05.09.2005 COM(2005) 408 final COMUNICAÇÃO DA COMISSÃO Desenvolvimento de uma política comunitária de aviação civil em relação à Austrália 1. INTRODUÇÃO 1.1

Leia mais

MANUAL DA QUALIDADE. Rev.: 02. Data: 05-07-2013. Mod.41/00. pág. 1

MANUAL DA QUALIDADE. Rev.: 02. Data: 05-07-2013. Mod.41/00. pág. 1 MANUAL DA QUALIDADE Rev.: 02 Data: 05-07-2013 pág. 1 Designação Social: Dupliconta Sociedade de Contabilidade, Consultadoria e Gestão Lda. Morada: Caminho do Pilar, Conjunto Habitacional do Pilar, Lote

Leia mais

MEDI T FINANCE CONTABILIDADE CONSULTORIA

MEDI T FINANCE CONTABILIDADE CONSULTORIA AMedi T Finance é a mais recente aposta do Grupo Medi T. É uma organização multidisciplinar que presta serviços profissionais nasáreas da Assessoria Financeira, Contabilidade, Auditoria e Consultoria.

Leia mais

A Concepção da Ideia

A Concepção da Ideia A Concepção da Ideia Inov@emprego - Fórum do emprego, formação e empreendedorismo do litoral alentejano Tiago Santos Sines, 7 de Novembro de 2008 Sines Tecnopolo O Sines Tecnopolo é uma associação de direito

Leia mais

PORTUGALPLUS - Investimento e Exportação

PORTUGALPLUS - Investimento e Exportação 1 PORTUGALPLUS - Investimento e Exportação Excelência na execução como alavanca de crescimento no mercado Alemão Apresentação das primeiras conclusões do estudo Maio, 2013 FÓRUM PARA A COMPETITIVIDADE

Leia mais

Inovação e Inteligência Competitiva: Desafios para as Empresas e para a Economia Portuguesa

Inovação e Inteligência Competitiva: Desafios para as Empresas e para a Economia Portuguesa QUIDGEST Q-DAY: INOVAÇÃO CONTRA A CRISE Inovação e Inteligência Competitiva: Desafios para as Empresas e para a Economia Portuguesa André Magrinho TAGUSPARK: 09 de Setembro 2009 SUMÁRIO 1. Globalização

Leia mais

APRESENTAÇÃO DA NOVA POLÍTICA DE INCENTIVOS 2014-2020 SISTEMA DE INCENTIVOS PARA A COMPETITIVIDADE EMPRESARIAL COMPETIR +

APRESENTAÇÃO DA NOVA POLÍTICA DE INCENTIVOS 2014-2020 SISTEMA DE INCENTIVOS PARA A COMPETITIVIDADE EMPRESARIAL COMPETIR + APRESENTAÇÃO DA NOVA POLÍTICA DE INCENTIVOS 2014-2020 SISTEMA DE INCENTIVOS PARA A COMPETITIVIDADE EMPRESARIAL COMPETIR + Ponta Delgada, 28 de Abril de 2014 Intervenção do Presidente do Governo Regional

Leia mais

Programa de trabalho da Presidência Portuguesa para o Conselho Ecofin

Programa de trabalho da Presidência Portuguesa para o Conselho Ecofin Programa de trabalho da Presidência Portuguesa para o Conselho Ecofin A Presidência Portuguesa na área dos Assuntos Económicos e Financeiros irá centrar-se na prossecução de três grandes objectivos, definidos

Leia mais

PROTOCOLO DE COOPERAÇÃO ENTRE A AICEP E O IDE, IP-RAM

PROTOCOLO DE COOPERAÇÃO ENTRE A AICEP E O IDE, IP-RAM PROTOCOLO DE COOPERAÇÃO ENTRE A AICEP E O IDE, IP-RAM A Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal, E.P.E., doravante designada AICEP, pessoa coletiva nº 506320120, com sede no Porto e

Leia mais

Criamos. valor à sua empresa

Criamos. valor à sua empresa Criamos valor à sua empresa ORGANIZAÇÃO Somos o que fazemos repetidamente. Então, a excelência não é um acto isolado, mas sim um hábito. Aristóteles Compromisso A FISCOSEGUR é uma organização que presta

Leia mais

MISSÃO EMPRESARIAL AO MÉXICO 19-27 Fev. 2016

MISSÃO EMPRESARIAL AO MÉXICO 19-27 Fev. 2016 PROJECTO CONJUNTO DE INTERNACIONALIZAÇÃO MÉXICO 2015-2016 MISSÃO EMPRESARIAL AO MÉXICO 19-27 Fev. 2016 INSCRIÇÕES ATÉ 15 DE JANEIRO 2016 Promotor: Co-financiamento: Monitorização: Foto: Miguel Moreira

Leia mais

Encontro Nacional de Instaladores da APIRAC-Associação Portuguesa da Indústria de Refrigeração e Ar Condicionado. Batalha, 8 Julho de 2010

Encontro Nacional de Instaladores da APIRAC-Associação Portuguesa da Indústria de Refrigeração e Ar Condicionado. Batalha, 8 Julho de 2010 Encontro Nacional de Instaladores da APIRAC-Associação Portuguesa da Indústria de Refrigeração e Ar Condicionado Batalha, 8 Julho de 2010 As vossas necessidades... O apoio aos Empreendedores e às PME s

Leia mais

Seminário de apresentação da Rede Gestus

Seminário de apresentação da Rede Gestus Seminário de apresentação da Rede Gestus Rede Gestus O LOGOTIPO Rede Gestus Internacionalização Zona 4 Gestus Compras Cartão ECOTUR Portal Gestus Cartão Gestus Contact Center CRM Zona 4 O LOGOTIPO Características:

Leia mais

CURRICULUM VITAE. Desde Janeiro 2006 Responsável pela Unidade de Negócios da Lisboagás para Lisboa e Amadora.

CURRICULUM VITAE. Desde Janeiro 2006 Responsável pela Unidade de Negócios da Lisboagás para Lisboa e Amadora. CURRICULUM VITAE Nome: Nuno Miguel de Campos Matos Vaz Neto Morada: Rua João de Oliveira Miguens, 5-5º C Código Postal e Localidade: 1350-187 Lisboa Nacionalidade: Portuguesa Telefone: +351917765911 E-mail:

Leia mais

adaptados às características e expectativas dos nossos Clientes, de modo a oferecer soluções adequadas às suas necessidades.

adaptados às características e expectativas dos nossos Clientes, de modo a oferecer soluções adequadas às suas necessidades. A Protteja Seguros surge da vontade de contribuir para o crescimento do mercado segurador nacional, através da inovação, da melhoria da qualidade de serviço e de uma política de crescimento sustentável.

Leia mais

A Importância dos Recursos Humanos (Gestão de

A Importância dos Recursos Humanos (Gestão de A Importância dos Recursos Humanos (Gestão de Pessoas) na Gestão Empresarial Marketing Interno Licenciatura de Comunicação Empresarial 3º Ano Docente: Dr. Jorge Remondes / Discente: Ana Teresa Cardoso

Leia mais

Conferência Alemanha Europeia / Europa Alemã. 26 de novembro de 2014

Conferência Alemanha Europeia / Europa Alemã. 26 de novembro de 2014 Conferência Alemanha Europeia / Europa Alemã 26 de novembro de 2014 1. Empresas Alemãs em Portugal 2. Investimento Direto Alemão em Portugal 3. Exportação / Importação 1. Empresas Alemãs em Portugal Perspetiva

Leia mais

Sistema de Incentivos à Qualificação e Internacionalização de PME CONDIÇÕES DE ENQUADRAMENTO

Sistema de Incentivos à Qualificação e Internacionalização de PME CONDIÇÕES DE ENQUADRAMENTO Sistema de Incentivos à Qualificação e Internacionalização de PME CONDIÇÕES DE ENQUADRAMENTO Aviso para apresentação de candidaturas Nº 07/SI/2010 1 Índice Condições de Elegibilidade do Promotor... 3 Condições

Leia mais

ENTRE O MINISTÉRIO DA ECONOMIA, DO PLANO E INTEGRAÇÃO REGIONAL DA GUINÉ-BISSAU

ENTRE O MINISTÉRIO DA ECONOMIA, DO PLANO E INTEGRAÇÃO REGIONAL DA GUINÉ-BISSAU PROTOCOLO ENTRE O MINISTÉRIO DA ECONOMIA, DO PLANO E INTEGRAÇÃO REGIONAL DA GUINÉ-BISSAU A ASSOCIAÇÃO INDUSTRIAL PORTUGUESA - CÂMARA DE COMÉRCIO E INDÚSTRIA (AIP-CCI) E A A ELO - ASSOCIAÇÃO PORTUGUESA

Leia mais

Formação em Gestão de Fundos de Investimento Imobiliário 2009. 28 e 29 de Outubro Hotel Trópico, Luanda

Formação em Gestão de Fundos de Investimento Imobiliário 2009. 28 e 29 de Outubro Hotel Trópico, Luanda Formação em Gestão de Fundos de Investimento Imobiliário 2009 28 e 29 de Outubro Hotel Trópico, Luanda Formação em Gestão de Fundos Imobiliários A formação em Gestão de Fundos de Investimento Imobiliário

Leia mais

Solução RCR DESENVOLVER

Solução RCR DESENVOLVER Solução RCR DESENVOLVER Destinatários Micro e pequenas empresas Objectivo da solução A Solução RCR DESENVOLVER disponibiliza as ferramentas e o apoio necessários para as empresas que procuram soluções

Leia mais

APRESENTAÇÃO ACCENDO

APRESENTAÇÃO ACCENDO APRESENTAÇÃO ACCENDO "A Accendo é uma empresa que funciona com uma rede de parceiros e associados, vocacionada para o desempenho de todas as actividades ligadas à formação profissional essencialmente a

Leia mais

Amarante, 06 de Março de 2012 Centro de Desenvolvimento Empresarial do Norte

Amarante, 06 de Março de 2012 Centro de Desenvolvimento Empresarial do Norte Incentivos às empresas Amarante, 06 de Março de 2012 Centro de Desenvolvimento Empresarial do Norte Os Incentivos na estratégia do IAPMEI para as PME Facilitar e assistir as PME nas suas estratégias de

Leia mais

CANDIDATURAS ABERTAS:

CANDIDATURAS ABERTAS: Resumo das candidaturas aos Sistemas de Incentivos QREN CANDIDATURAS ABERTAS: Sistema de Incentivos à Investigação e Desenvolvimento Tecnológico Tipologia de Projectos Abertura Encerramento Individuais

Leia mais

Relatório de Transparência

Relatório de Transparência Relatório de Transparência Exercício de 2013 Relatório de Transparência 1. Introdução Em cumprimento do disposto no art. 62-A do Dec Lei n.º 487/99, de 16 de Novembro, vem esta sociedade apresentar o seu

Leia mais

Curso Geral de Gestão. Pós Graduação

Curso Geral de Gestão. Pós Graduação Curso Geral de Gestão Pós Graduação Curso Geral de Gestão Pós Graduação Participamos num processo acelerado de transformações sociais, políticas e tecnológicas que alteram radicalmente o contexto e as

Leia mais

ILIMITADOS THE MARKETING COMPANY

ILIMITADOS THE MARKETING COMPANY ILIMITADOS THE MARKETING COMPANY _ CURRICULUM Composta por uma equipa multidisciplinar, dinâmica e sólida, Sobre Nós A ilimitados - the marketing company é uma empresa de serviços na área do Marketing,

Leia mais