magazine Nós Cuidamos de Si... CLICK SAÚDE & BEM ESTAR NÚMERO 007 natal 2015 DISTRIBUIÇÃO GRATUITA prendas

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "magazine Nós Cuidamos de Si... CLICK SAÚDE & BEM ESTAR NÚMERO 007 natal 2015 DISTRIBUIÇÃO GRATUITA prendas"

Transcrição

1 magazine Nós Cuidamos de Si... CLICK SAÚDE & BEM ESTAR NÚMERO 007 natal 2015 DISTRIBUIÇÃO GRATUITA especial prendas de natal reforça aposta na formação

2 Click Saúde & Bem Estar Natal Nós Cuidamos de si!

3 Natal Parece que foi ontem vos estávamos a escrever... no último Natal... mas 2015 já está a chegar ao fim e o próximo Natal está mesmo a aproximarse. O tempo passa a voar e é por isso que estamos de novo; a preparar para Si; com todo o cuidado e carinho um conjunto de produtos e serviços. Queremos que o seu tempo de Natal seja para se sentir feliz consigo, com a sua família e com os seus amigos. Queremos junto convosco reavivar o espirito do Natal, usar o tempo que é tão precioso e escasso para oferecer e retribuir felicidade, partilha e amizade... Mais uma vez em 2015 estamos consigo porque... Nós cuidamos de Si... Contatos Estrada Regional n.º 2-2.ª Santa Bárbara

4

5 Formar para melhorar A Click Saúde & Bem Estar aposta na formação dos seus colaboradores Recentemente a nossa cabeleireira Gerusa esteve em Lisboa a receber formação na Academia Lúcia Piloto. Em que consistiu essa formação? Que técnicas novas tem para apresentar às clientes Click? Foi uma formação voltada para os penteados. O intuito da formação era desenvolver novas técnicas para criar formas e texturas e aplicá - las aos penteados sejam mais elaborados ou não. A formação e atualização de conhecimentos tem sido uma constante na Click, qual a sua opinião sobre isso? Sim. A Click preza sempre pela formação e preparação dos profissionais. Estar atualizado é factor imprecíndivel para o profissional da área de beleza se queremos manter um bom nível de trabalho. É sempre tempo de aprender... E nada melhor que encontrar desafios para dar outro ânimo ao dia a dia. tos. Algumas mulheres muito apegadas a um estilo de cor e de corte que vão sofrendo pequenas tentativas de mudanças mas que acabam por voltar à forma na qual realmente se sentem bem, outras que querem coisas muito à frente e outras que adaptam aquilo que está em alta com o que é permitido dentro da sua rotina. Que dicas tem para deixar às nossas/suas clientes? A dica é: É possível sempre me-lhorar e dar vida nova a um visual sem ter necessariamente que radicalizar. Às vezes basta um CLICK... Nós cuidamos de si! Como classifica as mulheres faialenses no que diz respeito aos cabelos? São arrojadas? São clássicas? Gostam de inovar? No Faial há clientes para todos os gos- Receber formação é, nos dias de hoje, fundamental. Click Saúde & Bem Estar Natal Nós Cuidamos de Si!

6 Vermelhos cor de fogo As tendências deste ano para a época que se aproxima são cabelos vermelhos, cor de fogo. Venha conhecer a paleta de cores que temos para si! Click Saúde & Bem Estar Natal Nós Cuidamos de si!

7 cabelos Tendência cabelos para esta estação: Vermelhos! Aconselhe-se com os nossos profissionais N o mundo da moda, a cor sempre desempenhou o papel principal, como forma de comunicar, exprimir sentimentos e evocar emoções. Neste outono-inverno o vermelho é o protagonista cromático, realçando a alma romântica das mulheres que adoram um estilo sensual, minimalista e feminino. Tons quentes, como acobreados e vermelhos, são a grande tendência para este outono-inverno 15-16, dando mais brilho e vivacidade aos dias frios. Cabelos descontraídos com fashion waves, acompanhados de franjas acentuadas e marcantes, cortes clássicos com formas graduadas e movimentos livres predominam as tendências da estação. Os vermelhos ou duo tones sem grandes contrastes são, juntamente com as cores pastel, as tendências predominantes. Desde os loiros mais ténues aos acobreados mais quentes e suaves, tudo serve para valorizar um visual natural e subtilmente sofisticado. 3 Dicas SOS contra cabelos em maus dias 1 - Quando o seu cabelo está indomável, o primeiro instinto é logo amarrá-lo! A forma mais comum de o fazer é com um ponytail, mas, pode sempre optar por tranças. 2 - Quando tiver as raízes mais oleosas, aplique champô seco ou um bocadinho de pó de talco. O pó de talco vai absorver a oleosidade que está em excesso e é um ótimo substituto do champô seco. 3 - Quando não está com vontade de amarrar o cabelo e ele está com pouca vida ou um bocadinho oleoso, use uma fita, uma bandolete ou um lenço. Também pode usar chapéus que dão logo um novo estilo ao seu visual. Click Saúde & Bem Estar Natal Nós Cuidamos de Si!

8 Arminda morgado A formadora vem uma vez mais à Click Saúde & Bem Estar

9 Arminda Morgado assume-se como uma apaixonada por cabelos. Começou a trabalhar com apenas 11 anos e a sede de conhecimento tem levado a que procure mais e mais. Está connosco, uma vez mais, para dar formação às nossas colaboradoras. Há alguns anos a esta parte que vem trabalhando com a Click Saúde & Bem Estar. Em que consiste esta sinergia? Esta sinergia consiste na confiança, e na certeza, de uma continuidade de aperfeiçoamento a que a equipa da Click tem sabido corresponder. Os desafios que lhes tenho proposto têm tido resultados surpreendentes. No final de cada formação, fico com a certeza de ter partilhado experiências e conhecimentos técnicos e artísticos geradores de propostas que respeitem os consumidores. Obedecem sempre a um máxima importante a regra dos 3 (o que pretende a cliente): o que quer, o quem tem e o que lhe podemos oferecer. Isso leva-nos a uma proposta e a um resultado final que agrada à cliente. Que importância tem a formação para este setor de atividade? A formação é sempre importa formação é sempre importante. A partilha de ideias novas promove a dinâmica e a evolução. Diagnóstico Prognóstico Satisfação. É sempre importante a discussão dos casos difíceis, e como resolvê-los. Só através da formação contínua é que é possível não estagnarmos. Devemos ter sempre propostas e desafios novos. Ainda sobre a formação (continua) na Click, devemos transmitir à cliente a certeza de que o que se faz é o mesmo que em qualquer parte do mundo, nomeadamente na Europa. Devemos acompanhar as tendências de moda, que estão sempre em mudança. Os ângulos de corte e os movimentos de secagem, quando bem executados, levam a cliente a confiar no nosso trabalho. As cores são também acessórios de moda que devemos incluir nas nossas propostas, nos nossos desafios. Estar atualizado é uma exigência de quem trabalha com a imagem. Como se prepara para vir transmitir os seus conhecimentos aos nossos colaboradores? Eu própria treino a minha formação. Todo o meu trabalho é um constante exercício de actualização. Quer em eventos internacionais, quer em fóruns nacionais, quer ainda nos objectivos que estabeleço para mim própria, há sem pre uma determinante que é a Formação. Quando me desloco à Click, trago comigo novas técnicas de aperfeiçoamento e valorização. Trago alegria, porque todo o artista necessita dela para realizar os seus trabalhos. Tenho sempre o cuidado de trazer bem estudado todo o dossier técnico. - Do que tem constatado, quais são as principais fragilidades do setor nos Açores? A falta de formação? Como se combate isto? Não encontro muitas diferenças entre os Açores e outras partes do país. As clientes não são difíceis, nós é que temos que as conquistar! Claro que existe um certo receio da mudança de visual; o receio do resultado final não corresponder às expectativas que o consumidor(a) tem. A falta de formação só existe se os profissionais quiserem Hoje em dia não faz sentido (falta de formação). A distância dos centros de moda não devem ser motivos de estagnação. As novas tecnologias também estão ao dispor dos profissionais. As escolas são importantes, a formação básica é de todo importante, e cabe as escolas terem programas de formações contínuas em várias vertentes da profissão. Os conhecimentos adquiridos são sempre mais-valias para todos os profissionais. Estagnar nunca! Isso não é de todo um bom sinal. O profissional corre risco de cristalizar o trabalho com uma determinada cliente, sem cuidar que, também ela, está ávida e receptiva à mudança, quando não descuramos o diagnóstico contínuo. Quem é a Arminda Morgado? Arrminda Morgado é acima de tudo uma apaixonada pelos cabelos - tenho 60 anos e desde tenra idade (11anos) que comecei a trabalhar. Continuo a trabalhar apaixonadamente todos os dias, e esse é o meu segredo. Gostar do que faço preenche-me todos os requisitos, e faço-o por prazer e não por obrigação. Tento incutir sempre às equipas este meu espirito. Ser cabeleireira é ter gosto e não ser por ser. Sou alegre, bem-disposta e muito responsável. Confesso-me perfeccionista - é o meu lema. A necessidade que tenho em partilhar conhecimentos e ajudar quem precisa, quem quer evoluir, é constante e fez com que o ramo da formação viesse preencher Como entrou neste mundo dos cabelos? Tinha 11 anos, quando o bichinho me dizia que esta arte de ser cabeleireira era o destino que me estava traçado. Brincava com bonecas e só o cabelo me fascinava nelas. Traba-lhei sempre de dia e estudei à noite, mas os cabelos eram o meu destino. Assim foi. Com 11 anos comecei a aprender, aos 15 anos já executava tarefas com autonomia, e até hoje foi sempre a evoluir. Como tem sido o seu percurso? Como referi em cima, comecei cedo. Aos 11 anos era aprendiz, aos 15anos ajudante de cabeleireira, e rapidamente atingi o estatuto de Cabeleireira. Tornei-me empresária do primeiro negócio aos 26 anos de idade; aos 35 anos abro o meu segundo salão; aos 40abri o meu terceiro espaço. A necessidade que tenho em partilhar conhecimentos e ajudar quem precisa, quem quer evoluir, é constante e fez com que o ramo da formação viesse preencher o vazio que sentia em ser só cabeleireira. Entrei na formação aos 40 anos e apaixona-me os resultados finais. Dai só ter 1 cabeleireiro neste momento pois a formação ocupa o resto do tempo. Porquê apostar na formação em detrimento de exercer a profissão a 100%? Não deixei de exercer a 100 %, nem a 50%. Todos os dias faço o meu trabalho com muito gosto e prazer ainda. A formação é uma necessidade, como em cima referi. Adoro partilhar. Ser cabeleireira e formadora é a condição maior de estar na profissão a 100%. Relativamente à questão da diferença da formação das casas fornecedoras com a que nós damos: Podemos, grosso modo, distinguir três tipos de formação qualquer uma delas válida, mas diferentes: a que é disponibilizada pelas casas fornecedoras; a que se ministra nas escolas; a formação programada para uma determinada equipa ou empresa, que é a que eu dou na Click. Sei bem do que falo, pois já estive ligada e interveniente em qualquer uma delas. A formação das casas fornecedoras tem como base e objectivo o produto, ou a gama de produtos, que num determinado momento a referida empresa está a lançar, e quer dinamizar. Claro que é uma formação dinâmica e com interesse, mas não podemos tê-la como suporte de rigor e sustentabilidade da arte de cabeleireiro; A formação ministrada nas escolas, hoje bem melhor que há uns anos atrás, é generalista e obedece a conteúdos programáticos, dirigida a um público indefinido que, muitas vezes, nem tem vocação para esta profissão. Lidamos com grupos difíceis, muitas das vezes atirados para estas formações; O trabalho que desenvolvo na Click é, claramente, uma formação mais cuidada, melhor, construída e aplicada às necessidades da equipa da Click. Há um maior empenhamento, um proveito diferente, e uma dinâmica técnico-artística que produz resultados mais imediatos. Esta empresa, a Click, distingue-se por isso; conhece bem a sua cliente-alvo e, a partir disso, exige uma formação específica. É isso que eu faço, com muito prazer.

10 Selagem térmica Cabelos Hidratados e cuidados Recupere o seu cabelo Nós Cuidamos de Si... Click Saúde & Bem Estar Natal Nós Cuidamos de si!

11 - Sample Chapter - Article Title Wth a nice description Maecenas sed diam eget risus varius blandit sit amet non magna. Curabitur blandit tempus porttitor. Aenean lacinia bibendum nulla sed consectetur. Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Sed posuere consectetur est at lobortis. Cras mattis consectetur purus sit amet fermentum. Praesent commodo cursus magna, vel scelerisque nisl consectetur et. Maecenas sed diam eget risus varius blandit sit amet non magna. Sed posuere consectetur est at lobortis. Maecenas sed diam eget risus varius blandit sit amet non magna. Fusce dapibus, tellus ac cursus commodo, tortor mauris condimentum nibh, ut fermentum massa justo sit amet risus. Cras justo odio, dapibus ac facilisis in, egestas eget quam. Nullam id dolor id nibh ultricies vehicula ut id elit. Vivamus sagittis lacus vel augue laoreet rutrum faucibus dolor auctor. Morbi leo risus, porta ac consectetur ac, vestibulum at eros. Cras mattis consectetur purus sit amet fermentum. Donec id elit non mi porta gravida at eget metus. Nulla vitae elit libero, a pharetra augue. Integer posuere erat a ante venenatis dapibus posuere velit aliquet. Donec id elit non mi porta gravida at eget metus. Donec id elit non mi porta gravida at eget metus. Maecenas faucibus mollis interdum. Sed posuere consectetur est at lobortis. Maecenas sed diam eget risus varius blandit sit amet non magna. Donec ullamcorper nulla non metus auctor fringilla. Nulla vitae elit libero, a pharetra augue. Etiam porta sem malesuada magna mollis euismod. Donec id elit non mi porta gravida at eget metus. Aenean eu leo quam. Pellentesque ornare sem lacinia quam venenatis vestibulum. Morbi leo risus, porta ac consectetur ac, vestibulum at eros. Duis mollis, est non commodo luctus, nisi erat porttitor ligula, eget lacinia odio sem nec elit. Fusce dapibus, tellus ac cursus commodo, tortor mauris condimentum nibh, ut fermentum massa justo sit amet risus. Maecenas sed diam eget risus varius blandit sit. Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Donec id elit non mi porta gravida at eget metus. Nullam id dolor id nibh ultricies vehicula ut id elit. Nullam quis risus eget urna mollis ornare vel eu leo. Maecenas. Fusce dapibus, tellus ac cursus commodo, tortor mauris condimentum nibh, ut fermentum massa justo sit amet risus. Cum sociis natoque penatibus et magnis dis parturient montes, nascetur ridiculus mus. Maecenas sed diam eget risus varius blandit sit amet non magna. Praesent commodo cursus magna, vel scelerisque nisl consectetur et. Curabitur blandit tempus porttitor. Nullam id dolor id nibh ultricies vehicula ut id elit. Curabitur blandit tempus porttitor. Morbi leo risus, porta ac consectetur ac, vestibulum at eros. Etiam porta sem malesuada magna mollis euismod. Donec sed odio dui. Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Donec ullamcorper nulla non metus auctor fringilla. Cras mattis consectetur purus sit amet fermentum. Vestibulum id ligula porta felis euismod semper. Donec sed odio dui. Donec sed odio dui. Vestibulum id ligula porta felis euismod semper. Integer posuere erat a ante venenatis dapibus posuere velit aliquet. Nullam quis risus eget urna mollis ornare vel eu leo. Donec ullamcorper nulla non metus auctor fringilla. Cras justo odio, dapibus ac facilisis in, egestas eget quam. Praesent commodo cursus magna, vel scelerisque nisl consectetur et. Aenean eu leo quam. Pellentesque ornare sem lacinia quam venenatis vestibulum. Donec ullamcorper nulla non metus auctor fringilla. Aenean lacinia bibendum nulla sed consectetur. Curabitur blandit tempus porttitor. Maecenas sed diam eget risus varius blandit sit amet non magna. Vestibulum id ligula porta felis euismod semper. Praesent commodo cursus magna, vel scelerisque nisl consectetur et. Curabitur blandit tempus porttitor.. Click Saúde & Bem Estar Natal Nós Cuidamos de Si!

12 Armando Faria - Medicina Geral e Familiar Article Title Place your description here Click Saúde & Bem Estar Natal Nós Cuidamos de si!

13 TENDÊNCIAS DE MAQUILHAGEM OUTONO/INVERNO Sobrancelhas descoloradas, contornos do rosto bem marcados, batons metalizados, pestanas hiper alongadas e volumosas. Estas são algumas das tendências de beleza apresentadas o Outono/Inverno 2015/ Sombra duo Prepare o seu duo de sombras, pois ele será muito utilizado na próxima estação. Azul + roxo, vermelho + preto, cinzento + rosa. Estes são apenas alguns exemplos das combinações que poderá usar nos dias mais frios. 2. Iluminador/contornos Muito vista nas passarelles, esta é uma tendência que requer um certo conhecimento técnico de maquilhagem. A ideia é criar um jogo de luz e sombra para mudar, modelar e destacar o rosto. 3. Pestanas XXL Esqueça as pestanas naturais usadas no verão. Durante o outono a tendência é o exagero no tamanho e no volume, com muita máscara, inclusive na parte de baixo, numa clara referência aos anos Cores Primárias nos olhos Azul, amarelo e, principalmente, vermelho. Quer nas sombras quer nos eyeliners, as cores primárias vão dar um toque de calor aos looks da próxima estação. 5. Lábios manchados Os traçados rígidos ficaram no verão. Agora os lábios são pintados de forma descontraída e sem muita preocupação com os contornos da boca (como se a cor estivessse a desvanecer) em tons de rosa, vermelho ou cereja. 6. Sobrancelhas descoloradas Ao contrário da primavera/ verão, quando as sobrancelhas eram grossas e marcadas, durante o outono/inverno elas serão apagadas com descolorante. Sem dúvida, uma opção para as mais arrojadas. 7. Pele Transparente - A maquiagem nude aposta em uma pele natural e transparente e promete ser a tendência do inverno. Esse look trabalha os semitons da pele para deixar uma maquiagem translúcida e uma delicadeza no acabamento. Agora é atualizar a necessaire, começar a praticar e adaptar as tendências ao seu estilo pessoal. 8. Eyeliner clássico Para combinar com a tendência da pele transparente, o eyeliner clássico voltou com tudo! Pode ser combinado com um batom vermelho, no melhor estilo pin up, ou com um batom nude para uma make mais natural. 9. Lábios metalizados Um revival dos anos 80 que promete bombar neste Outono/Inverno é o baton com efeito metalizado, que dar um ar rocker à produção. Aposte em produtos com acabamento brilhante em tons de roxo, bourdeaux e bronze, e arrase nos looks de noite. 10. Sombra abaixo dos olhos A tendência é virar a maquilhagem de cabeça para baixo literalmente! A sombra agora aparece aplicada com mais destaque nas pestanas inferiores, inclusive com uma releitura do clássico cat eye. Uma ideia perfeita para quem não tem medo de inovar e quer garantir um look único e cheio de personalidade. Click Saúde & Bem Estar Natal Nós Cuidamos de Si!

14 icílios das as valências s nossos serviços er feitos em sua casa. equipa especializada vai até si. informações e marcações: 21 e ksaudebemestar.com válida até 31 de 2012 Serviços Cabeleireiro Estética calista mesoterapia Fisiatria Reumatologia psicologia clinica geral Acupuntura fisioterapia medicina desportiva osteopatia terapia da fala neurologia Click Saúde & Bem Estar Natal Nós Cuidamos de si!

15 promoção natal HIDRATAÇÃO COM INFRAVERMELHOS 22,95 Click Saúde & Bem Estar Natal Nós Cuidamos de Si!

16 - Sample Chapter - Ofereça workshops de auto maquilhagem SÓ 12,50 em compras de um serviço ou produtos de cabeleireiro superior a 60 euros oferecemos o workshop Click Saúde & Bem Estar Natal Nós Cuidamos de si!

17 promoções de natal a pensar em si... todas as campanhas têm possibilidade de vouchers individuais Click Saúde & Bem Estar Natal Nós Cuidamos de Si!

18 Ofereça manicure Pack de 3 sessões 22,50 3 brushing 22,50 Click Saúde & Bem Estar Natal Nós Cuidamos de si!

19 Ganhe pontos com o nosso cartão click DEPILAÇÃO COMPLETA 25 EUROS PERNA INTEIRA + BUÇO +SOBRANCELHA+VIRILHA+AXILA Click Saúde & Bem Estar Natal Nós Cuidamos de Si!

20 workshops de auto maquilhagem SÓ 12,50 3 pedicure 30,50 mudar imagem 3 cortes 50,50 Click Saúde & Bem Estar Natal Nós Cuidamos de si!

21 pack três massagens de corpo - 59,50 pack de três massagens corpo e rosto - 65,50 Limpeza de pele 20 simples sem extração 25 completa com extração Click Saúde & Bem Estar Natal Nós Cuidamos de Si!

22 O profissional aconselha Corrida Que calçado devo escolher? francisco bairos - fisioterapeuta A corrida é uma modalidade desportiva com um exponencial crescimento nos últimos anos e com isso o calçado adequado torna- se um aspeto muito importante neste tipo de exercício físico. A escolha errada do calçado pode tornar -se numa dor de cabeça para o atleta que pretende iniciar o seu plano de treino, trazendo lesões como unhas encravadas, bolhas, metatarsalgias, tendinites, neuronomas entre outras lesões secundárias que podem afetar joelhos, ancas ou a coluna vertebral. Os pés são a base do nosso corpo e um segmento muito importante do que ele sustenta. Um pé plano ou cavo não é propriamente um sinal de problema ou defeito pois é fisiológico, nascemos com isso, daí a importância ou necessidade de percebermos que tipo de pé temos de forma a adaptá- lo ao calçado mais adequado. Existem três tipos de pé ou arcada plantar, pé neutro, plano ou cavo e três tipos de pisada associadas, em pronação, neutra ou em supinação, como elucidam as imagem. Pronação: A pronação acontece quando há uma rotação interna excessiva do pé e do tornozelo. Desta forma, maior tensão é colocada na estrutura do pé, o que pode desalinhar o tornozelo, os joelhos e as ancas. A pronação desperdiça energia, fazendo com que o seu estilo de corrida seja ineficiente e aumentando o risco de dores nas pernas e articulações. Deve escolher um calçado com maior controlo na passada. Neutra: A pisada neutra é o tipo ideal de pisada, pois possui um nível equilibrado de pronação e supinação e cria uma absorção de choque eficiente na fase de apoio da pisada. O arco do pé tem altura média e o calcanhar permanece em posição vertical em relação ao solo. Deve escolher um calçado com maior estabilidade. Supinação: A supinação é o oposto da pronação e descreve uma situação em que o pé rola para fora. Neste caso, as forças durante o ciclo da pisada não são distribuídas igualmente pelo pé, que possui o arco alto e não tem a sua mobilidade afetada. O peso do corpo do corredor fica nos dedos de fora, o que pode gerar lesões, principalmente nos joelhos, pés, e nas costas. Deve escolher calçado com maior amortecimento. A Click Saúde & BEM Estar através dos seus técnicos especializados, pode ajudar na escolha do seu calçado ou na criação de uma palmilha Supersole especifica para o seu pé. Click Saúde & Bem Estar Natal Nós Cuidamos de si!

23 Click Pessoa a Pessoa Apresentação dos nossos serviços a um leque reduzido de pessoas num contacto directo e priveligiado, fora do nosso ambiente e dentro de um contexto mais familiar. mais informações ou Click Saúde & Bem Estar Natal Nós Cuidamos de Si!

24 penteado natal & reveillon MARQUE JÁ O SEU PENTEADO

25 O profissional aconselha Ciáticas VS Ciatalgias Márcio Alberto - fisioterapeuta Se se identifica com estas queixas, aproveite uma avaliação gratuita na Click Saúde & Bem-Estar até ao final do ano. Podemos ajudar. Nós Cuidamos de Si Sabia que é relativamente fácil confundir uma ciática com uma ciatalgia? Uma ciática tem origem discal, apresenta alteração dos reflexos do membro inferior consoante o nível lombar e pode apresentar uma posição antiálgica para o lado da ciática ou para o lado oposto. Já uma ciatalgia tem origem muscular, capsular ou ligamentária e a pessoa apresenta uma posição antiálgica para o lado contrário ou está ausente. Uma ciática normalmente apresenta um aumento da dor na tosse, na defecação e na posição de sentado por aumento da pressão no disco. Já uma ciatalgia de origem ligamentar aparece após estar na mesma posição de forma prolongada no fim da amplitude articular, tem um tempo de latência de 10 minutos a uma hora e aumenta com as mudanças de posição. Uma ciatalgia de origem muscular acontece devido ao espasmo muscular. É uma dor surda, profunda, difusa que aumenta com o trabalho muscular. Torna-se muito importante saber diferenciar as diferentes situações de forma a tornar o seu tratamento eficaz. citalgia de origem muscular Ciática conheça os nossos produtos. Disponíveis para venda Click Saúde & Bem Estar Natal Nós Cuidamos de Si!

26 APOIO IN LOCO Qualquer lugar era palco da nossa internveção. Onde era preciso intervir nós estávamos lá. Click Saúde & Bem Estar Natal Nós Cuidamos de si!

27 Click Saúde & Bem Estar apoia Triangle Adventure 3 dias, 3 ilhas, 100 kms Durante três dias os fisioterapeutas da Click Saúde & Bem Estar deram apoio aos atletas que se aventuraram a participar na primeira edição do Triangle Adventure. Mais uma parceria com o Clube Independente de Atletismo Ilha Azul. Foi no passado mês de outubro que os nossos fisioterapeutas partiram de armas e bagagens para acompanhar os 80 atletas, de várias nacionalidades que vieram participar no Azores Triangle, uma prova de trail run que ligou as três ilhas do Triângulo a correr. Foram três dias intensos em que, debaixo de condições adversas, os atletas percorreram cerca de 100 quilómetros. A nós coube-nos estar lá para ajudar a prevenir e a tratar as lesões que foram aparecendo. No final de cada etapa pusemos em prática a técnica da massagem desportiva que implementamos desde a criação da nossa empresa. O objetivo passou por ajudar os atletas a recuperar mais rápido. No fim, resta-nos a satisfação de ter participado em mais um evento que projeta o Faial e os Açores no mundo. A equipa Click Saúde & Bem Estar saúda atletas, voluntários, patrocinadores e organização por uma prova magnifica, onde a amizade, companheirismo e resiliência foram nota dominante. MENSAGEM RECEBIDA: Apesar de felizes por concluirem esta terceira etapa da prova, os participantes chegam esgotados, principalmente se tivermos em conta que vão no seu terceiro dia de corridas e somam cerca de 98 quilómetros percorridos. À chegada à meta, encontram os fisioterapeutas ( Click Saúde & Bem Estar ) prontos a assisti-los e têm também a oportunidade de repor energias. Click Saúde & Bem Estar Natal Nós Cuidamos de Si!

28 O profissional aconselha Kinesiotaping no engurgitamento mamário Carlos Garcia - fisioterapeuta Kinesiotaping é um método aplicado em fisioterapia. Este método é uma poderosa ferramenta que auxilia na recuperação de várias alterações do nosso corpo. Assim iniciamos a aplicação num período particular da saúde da mulher. Duas situações que acontecem a uma mulher no pôs parto é o ingurgitamento mamário (subida do leite) e mastites. A aplicação de Kinesiotaping, respeitando o espaço para o bebe mamar, é extremamente eficaz na prevenção e recuperação destas condições que podem afetar a mulher. Este método é demonstrado durante o curso de preparação para o nascimento e parentalidade. Veja o testemunho de uma utente nossa: Ouço a Laura chorar pela primeira vez! E eu fico (ainda) mais feliz! Esta nossa aventura começou aqui, neste preciso momento. Eram 20h42 de segunda-feira, dia 7 de Setembro. Deitaram-na no meu colo e o mundo parou. Amamentar a Laura... e o que os manuais diziam ser um hábito rotineiro, passou, de repente, a ser um mundo desconhecido, um misto de realização maternal e uma dor intensa, que se atropelavam constantemente. Duas infecções surgiram... semanas de antibióticos e dores, tudo o indesejado para uma boa amamentação. No meio de tanto desespero e de uma força enorme para nunca desistir do caminho certo para a minha bebe, surge um excelente conselho das enfermeiras da saúde infantil da unidade de saúde da horta, que me encaminharam para o fisioterapeuta Carlos Garcia. Trata se de um método chamado kinesiotaping. Que maravilha de metodo!! Aplicar umas fitas nas mamas que ajudam o leite a fluir. E verdade, é que funciona mesmo. Os problemas acabaram e garanto, esta é a melhor das soluções. Aconselho e assim o farei se existir uma próxima gravidez, este é o método a aplicar desde o primeiro dia no pós parto! Esta deve ser tambem uma solução preventiva. Porque resolver um problema se posso evitar que ele surja? Amamentar? Sempre! Click Saúde & Bem Estar Natal Nós Cuidamos de si!

29 Click Saúde & Bem Estar Natal Nós Cuidamos de Si!

30 Click Pessoa a Pessoa A Click Saúde & Bem Estar quer estar junto de si Já conhece o nosso serviço Click Pessoa a Pessoa? Vamos a sua casa e ainda ofereçemos um vale oferta a si e às suas convidadas. Quer passar uma tarde diferente? Nós vamos até si. A nossa cabeleireira e a nossa esteticista encontram-se consigo e com as suas amigas, na sua casa, para uma prova de chás e demonstração de serviços. Este projeto tem como objectivo apresentar os nossos serviços a um leque reduzido de pessoas num contato direto e priveligiado, fora do nosso ambiente e dentro de um contexto mais familiar. Click Saúde & Bem Estar Natal Nós Cuidamos de si!

31 Compre 1 leve 2 Diga adeus aos quilos a mais que ganhar no natal Siga os conselhos da nutricionista Ágata Roquete Click Saúde & Bem Estar Natal Nós Cuidamos de Si!

32 Neste final de ano e mais uma vez a pensar em si, lançamos um novo produto: CLICK CINDERELA. Destina-se às nossas princesas, as nossas meninas: filhas, sobrinhas, afilhadas, netas ou amigas... O CLICK CINDERELA é totalmente dedicado às nossas meninas, as nossas mulheres de amanhã. Ofereça-lhes um penteado, uma manicure e ainda um brinde surpresa. Algo com que vão delirar... Neste Natal vamos surpreender as nossas princesas.. Next Issue on sale 9 October 2014 Nós cuidamos de Si... Click Saúde & Bem Estar Natal Nós Cuidamos de si!

CCM002 Metodologia de Pesquisa em Ciência da Computação. Apresentações. Prof. Jesús P. Mena-Chalco 3Q-2016

CCM002 Metodologia de Pesquisa em Ciência da Computação. Apresentações. Prof. Jesús P. Mena-Chalco 3Q-2016 1 CCM002 Metodologia de Pesquisa em Ciência da Computação Prof. Jesús P. Mena-Chalco jesus.mena@ufabc.edu.br 3Q-2016 2 Pratique, pratique, pratique,. Pode inovar, não ha regra apenas sugestões. Pode falar

Leia mais

Um teste do L Y X. efeefe

Um teste do L Y X. efeefe Um teste do L Y X efeefe Sexta-feira, 13 de agosto de 2010 Esse texto é teste do software L Y X para a diagramação de publicações online. Também vou utilizá-lo como base para converter para diversos formatos

Leia mais

Intro. Índice. Um teste do L Y X. Contents. efeefe. Sexta-feira, 13 de agosto de I O primeiro capítulo 1. II O segundo capítulo 3.

Intro. Índice. Um teste do L Y X. Contents. efeefe. Sexta-feira, 13 de agosto de I O primeiro capítulo 1. II O segundo capítulo 3. Um teste do L Y X efeefe Sexta-feira, 13 de agosto de 2010 Abstract Esse texto é teste do software L Y X para a diagramação de publicações online. Também vou utilizá-lo como base para converter para diversos

Leia mais

TÍTULO DO ARTIGO EM PORTUGUÊS TÍTULO DO ARTIGO EM INGLÊS

TÍTULO DO ARTIGO EM PORTUGUÊS TÍTULO DO ARTIGO EM INGLÊS TÍTULO DO ARTIGO EM PORTUGUÊS TÍTULO DO ARTIGO EM INGLÊS Nome completo (sem abreviações) do Autor 1, última titulação, endereço profissional Nome completo (sem abreviações) do Autor 2, última titulação,

Leia mais

Um exemplo de projeto feito em L A TEX: Procure um título suficientemente claro

Um exemplo de projeto feito em L A TEX: Procure um título suficientemente claro Um exemplo de projeto feito em L A TEX: Procure um título suficientemente claro Projeto de Pesquisa - Nome da Instituição/Agência de fomento Proponente: Jesús P. Mena-Chalco Centro de Matemática, Computação

Leia mais

ISEL Instituto Superior de Engenharia de Lisboa ADEETC Área Departamental de Engenharia de Electrónica e Teleconumicações e de Computadores

ISEL Instituto Superior de Engenharia de Lisboa ADEETC Área Departamental de Engenharia de Electrónica e Teleconumicações e de Computadores ISEL Instituto Superior de Engenharia de Lisboa ADEETC Área Departamental de Engenharia de Electrónica e Teleconumicações e de Computadores MERCM Mestrado em Eng. de Redes de Comunicação e Multimédia Dissertação

Leia mais

BRAND GUIDELINES RTP MÚSICA

BRAND GUIDELINES RTP MÚSICA RTP MÚSICA VERSÃO VERTICAL GRELHA / EIXOS BRAND GUIDELINES GRELHA / EIXOS VERSÃO VERTICAL VERSÃO HORIZONTAL BRAND GUIDELINES VERSÃO MOSCA COMPORTAMENTOS CROMÁTICOS (VERSÃO HORIZONTAL E VERTICAL) Cor Directa

Leia mais

UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ DEPARTAMENTO ACADÊMICO DE ENGENHARIA MECÂNICA

UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ DEPARTAMENTO ACADÊMICO DE ENGENHARIA MECÂNICA UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ DEPARTAMENTO ACADÊMICO DE ENGENHARIA MECÂNICA PRIMEIRO AUTOR SEGUNDO AUTOR TERCEIRO AUTOR QUARTO AUTOR QUINTO AUTOR SEXTO AUTOR TÍTULO COMPLETO DO PROJETO PROJETO

Leia mais

www.in-lex.pt ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DO ANUÁRIO 2015 CANAIS DE DISTRIBUIÇÃO EDIÇÕES E DIVULGAÇÃO CONTACTOS IN-LEX

www.in-lex.pt ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DO ANUÁRIO 2015 CANAIS DE DISTRIBUIÇÃO EDIÇÕES E DIVULGAÇÃO CONTACTOS IN-LEX www.in-lex.pt Para mais informação consulte o nosso site ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DO ANUÁRIO 2015 Data da Publicação Dimensões Papel Capa Papel Miolo Hardcover Início de 2015 230 (largura) x 297 (altura)

Leia mais

MANUAL DE NORMAS Normas Normas.indd indd :09:36 12:09:36

MANUAL DE NORMAS Normas Normas.indd indd :09:36 12:09:36 MANUAL DE NORMAS Universo cromático Pantone 470 C C M Y K 0% 58% 100% 33% Black 50% Black Família Tipográfica Barmeno Regular utilizado nas palavras municipal de lisboa abcdefghijklmnopqrstuvxz ABCDEFGHIJKLMNOPQRSTUVXZ

Leia mais

Como gerenciar com sucesso o seu empreendimento

Como gerenciar com sucesso o seu empreendimento GRANDE ARACAJU SERGIPE Ano I Edição 1 Março/Abril 2018 ADMINISTRAÇÃO Como gerenciar com sucesso o seu empreendimento Entrevista com Dr. ANTONIO JOSÉ DA SILVA Administrador da SET & Cia. EXPEDIENTE EDITORIAL

Leia mais

Preparação de um trabalho de pesquisa: - Citações e Referências bibliográficas

Preparação de um trabalho de pesquisa: - Citações e Referências bibliográficas CCM002 Metodologia de Pesquisa em Ciência da Computação Apresentações Preparação de um trabalho de pesquisa: - Citações e Referências bibliográficas Prof. Jesús P. Mena-Chalco jesus.mena@ufabc.edu.br 3Q-2017

Leia mais

LOREM IPSUM DOLOR SIT AMET

LOREM IPSUM DOLOR SIT AMET LOREM IPSUM DOLOR SIT AMET Capa com titulo da apresentação com sub-titulo ou texto de apoio, ou outras informações muito sumárias, caso necessário OMEULOGO Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing

Leia mais

MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL CENTEIAS

MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL CENTEIAS MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL Introdução A Marca Versões Cores Fonte Padrão Papelaria Template de Apresentações 4 5 6 7 8 9 18 ÍNDICE Este manual tem a função de estabelecer os parâmetros corretos para

Leia mais

EDITAL 03/2019 DISCIPLINA ESPECIAL: DIPLOMACIA MULTILATERAL E LIDERANÇA

EDITAL 03/2019 DISCIPLINA ESPECIAL: DIPLOMACIA MULTILATERAL E LIDERANÇA EDITAL 03/2019 DISCIPLINA ESPECIAL: DIPLOMACIA MULTILATERAL E LIDERANÇA O presente documento versa sobre os requisitos para a submissão da inscrição na Disciplina Diplomacia Multilateral e Liderança, ofertada

Leia mais

MODELO PARA EDITORAÇÃO DE LIVRO Guia do Usuário

MODELO PARA EDITORAÇÃO DE LIVRO Guia do Usuário MODELO PARA EDITORAÇÃO DE LIVRO Guia do Usuário 2016 Esta página ficará em branco. LOREM IPSUM (título) dolor (subtítulo) Falsa folha de rosto. Nesta folha conterá apenas o título e o subtítulo (se necessário)

Leia mais

Este é o Título do TCC

Este é o Título do TCC Faculdade do Piauí Curso de Bacharelado em Ciências da Computação Este é o Título do TCC Autores Teresina-PI, Xxxx de 20XX Autores Este é o Título do TCC Trabalho de Conclusão de Curso Monografia apresentada

Leia mais

A construção do logótipo (relações entre os diferentes elementos);

A construção do logótipo (relações entre os diferentes elementos); Manual Normas Este manual de normas gráficas é um instrumento de trabalho que visa definir um conjunto de regras e recomendações que garantam a aplicação correcta da identidade gráfica da ANI. As várias

Leia mais

MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL ATUALIZAÇÃO: MARÇO/2017

MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL ATUALIZAÇÃO: MARÇO/2017 MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL ATUALIZAÇÃO: MARÇO/2017 INTRODUÇÃO Neste manual de identidade visual da Comissão de Graduação do Instituto de Física da Universidade de São Paulo serão oferecidas soluções e

Leia mais

Fórum Metodologias Ativas MetA 2015

Fórum Metodologias Ativas MetA 2015 Fórum Metodologias Ativas MetA 2015 Professor, venha compartilhar suas experiências diferenciadas e inovadoras de ensino! Participe dessa onda Saberes da Universidade - Metodologias Ativas http://www.pucsp.br/reunindo-saberes-da-universidade

Leia mais

Modelo Canônico de Projeto de pesquisa com abntex2

Modelo Canônico de Projeto de pesquisa com abntex2 Equipe abntex2 Modelo Canônico de Projeto de pesquisa com abntex2 Brasil 2013, v-1.7.1 Equipe abntex2 Modelo Canônico de Projeto de pesquisa com abntex2 Modelo canônico de Projeto de pesquisa em conformidade

Leia mais

Manual de Normas Gráficas. CASES - Cooperativa António Sérgio para a Economia Social

Manual de Normas Gráficas. CASES - Cooperativa António Sérgio para a Economia Social Manual de Normas Gráficas CASES - Cooperativa António Sérgio para a Economia Social CASES 2015 Assinatura CASES Versões da assinatura CASES v1 v3 v5 Positivo v2 v4 v5 Negativo v1. Esta assinatura deverá

Leia mais

A C R A M A L D A U N A

A C R A M A L D A U N A MANUAL DA MARCA BRIEFING & PROCESSO CRIATIVO 01 CONCEITO E CONSTRUÇÃO DA MARCA 02 GRADE 04 PALETA DE CORES 05 APLICAÇÕES MONOCROMÁTICAS 05 APLICAÇÕES 06 CRÉDITOS 07 01 BRIEFING & PROCESSO CRIATIVO BRIEFING...

Leia mais

Coloque aqui seu nome

Coloque aqui seu nome Universidade Federal do Triângulo Mineiro - UFTM Mestrado Profissional em Matemática em Rede Nacional - PROFMAT Dissertação de Mestrado Coloque aqui o título da sua dissertação Coloque aqui seu nome Uberaba

Leia mais

MANUAL DE NORMAS. Guia de identidade visual. Abril. 2016

MANUAL DE NORMAS. Guia de identidade visual. Abril. 2016 MANUAL DE NORMAS Guia de identidade visual Abril. 2016 A logomarca tem como base a interação com as pessoas. É por isso que é tão importante que todos os que trabalham com a logomarca Nosso Shopping percebam

Leia mais

POCH MANUAL DE NORMAS

POCH MANUAL DE NORMAS POCH MANUAL DE NORMAS 2015 A MARCA A marca é o elemento mais identificativo da identidade corporativa. A normalização da mesma é essencial para preservar a sua legibilidade e percepção. Por esse motivo,

Leia mais

12 Set SEGUNDA-FEIRA ÀS 19:30PM

12 Set SEGUNDA-FEIRA ÀS 19:30PM SUPER BANNER PERSONALIZADO (960X200px) Pec do Teto Após Renato acelerar tramitação, Senado vota hoje PEC do teto Fábio Assunção comenta cena do primeiro encontro entre Arthur e Eliza: Bem bonito Ator fala

Leia mais

AMAZÔNIA PARA SEMPRE. Inclusão Digital. Acessibilidade. País do Futebol. Sustentabilidade & Gestão Social

AMAZÔNIA PARA SEMPRE. Inclusão Digital. Acessibilidade. País do Futebol. Sustentabilidade & Gestão Social www.revistaresponsa.com.br Sustentabilidade & Gestão Social Inclusão Digital A internet sobe a favela Pág. 09 Acessibilidade Adaptação por todos os lados Pág. 15 País do Futebol Como a Copa do Mundo no

Leia mais

IFDR, IP MANUAL DE NORMAS

IFDR, IP MANUAL DE NORMAS IFDR, IP MANUAL DE NORMAS Este guia de normas representa, no seu conteúdo, o conjunto das regras básicas de utilização da marca, bem como das suas declinações e complementos visuais. A utilização dos elementos

Leia mais

UNIVERSIDADE DO VALE DO RIO DOS SINOS - UNISINOS UNIDADE ACADÊMICA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA ELÉTRICA

UNIVERSIDADE DO VALE DO RIO DOS SINOS - UNISINOS UNIDADE ACADÊMICA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA ELÉTRICA Todo list o exemplo de comentário para auxiliar na lista de tarefas e correções.......... 13 o Alguns manuais de pacotes latex foram adicionados na pasta manuals......... 13 o Procure se informar a respeito

Leia mais

SUPER LOGO EXEPLO DE APRESENTAÇÂO

SUPER LOGO EXEPLO DE APRESENTAÇÂO SUPER LOGO EXEPLO DE APRESENTAÇÂO Capa com titulo da apresentação com sub-titulo ou texto de apoio, ou outras informações muito sumárias, caso necessário Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing

Leia mais

Para mais informação consulte o nosso site ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DO ANUÁRIO 2010

Para mais informação consulte o nosso site ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DO ANUÁRIO 2010 www.in-lex.pt Para mais informação consulte o nosso site ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DO ANUÁRIO 2010 Data da Publicação Dimensões Papel Capa Papel Miolo Início de 2010 230 (largura) x 297 (altura) mm Mate

Leia mais

Manual de Normas Gráficas

Manual de Normas Gráficas Manual de Normas Gráficas A criação da identidade visual da Proxira, tem por base um sistema de aplicações coerente, organizado e bem definido. O manual de identidade visual apresentado reúne os elementos

Leia mais

SUPER BANNER PERSONALIZADO 01 (960X200px) Fábio Assunção comenta cena do primeiro encontro entre Arthur e Eliza: Bem bonito

SUPER BANNER PERSONALIZADO 01 (960X200px) Fábio Assunção comenta cena do primeiro encontro entre Arthur e Eliza: Bem bonito SUPER PERSONALIZADO 01 Pec do Teto Após Renato acelerar tramitação, Senado vota hoje PEC do teto CAPA 1 EUGÊNIO FALCÃO RINGSON TOLEDO MATEUS RODRIGUES CAPA 2 INTEGER amet, consectetur adipiscing elit.

Leia mais

MANUAL NORMAS GRÁFICAS

MANUAL NORMAS GRÁFICAS MANUAL DE NORMAS GRÁFICAS NOVEMBRO 2016 MIGUEL GATA INTRODUÇÃO 2 MANUAL DE NORMAS GRÁFICAS BEM-VINDO ao Manual de Normas Gráficas da ESCOLA PROFISSIONAL PRÁTICA UNIVERSAL BRAGANÇA Dada a importância que

Leia mais

manual de marca FAF Essência da marca

manual de marca FAF Essência da marca MANUAL DA MARCA Essência da marca A FAF é uma Escola que estimula seus alunos a explorar suas potencialidades e encontrar seu próprio rumo, ao invés de enquadrá-los em uma formação fechada, em um perfil

Leia mais

KIT DE NORMAS GRAFICAS

KIT DE NORMAS GRAFICAS KIT DE NORMAS GRAFICAS ÍNDICE 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 INTRODUÇÃO CONCEÇÃO DO SELO CORES DO SELO SELO MONOCROMÁTICO REFERÊNCIAS DE COR OUTRAS CORES FUNDOS FOTOGRÁFICOS ÁREA DE PROTEÇÃO REDUÇÃO TIPOGRAFIA

Leia mais

Após Renato acelerar tramitação, Senado vota hoje PEC do teto

Após Renato acelerar tramitação, Senado vota hoje PEC do teto Dourados-MS, 12 de Janeiro de 2020. Digite e pressione enter... MS BRASIL MUNDO POLÍTICA ESPORTES FESTAS&EVENTOS ENTREVISTAS ARTIGOS COLUNAS + EDITORIAS Full banner capa 1 (728x90px) FULL BANNER DESKTOP

Leia mais

12EDIÇÃO In-Lex ANUÁRIO das Sociedades de Advogados IN-LEX

12EDIÇÃO In-Lex ANUÁRIO das Sociedades de Advogados IN-LEX www.in-lex.pt ª 12EDIÇÃO In-Lex 2017 ANUÁRIO das Sociedades de Advogados IN-LEX Lorem ipsum dolor sit amet, Suspendisse at tellus. Nullam in nisl. Curabitur dolor metus, consectetuer adipiscing elit. nisl.

Leia mais

Manual de Normas Gráficas Março 2017

Manual de Normas Gráficas Março 2017 Manual de Normas Gráficas Março 2017 1 Introdução A Frusantos é uma empresa familiar, com aspiração comum, visão de crescimento e compromisso com o senso de legado, de geração em geração. Visão Ser empresa

Leia mais

Brand Identity Guidelines

Brand Identity Guidelines Brand Identity Guidelines manual PARA QUÊ? Índice 1.0 Logotipo 00 1.1 Apresentação 00 1.2 Cores Institucionais 00 1.3 Símbolo 00 1.4 Família Tipográfica 00 1.5 Redução 00 1.6 Versões 00 Este manual explica

Leia mais

DE PRODUTOS. VISITE NOSSO SITE: FORMA DE BAURU C/ ROLO PARA PINTURA 15CM C/ ESPREMEDOR DE LARANJA C/

DE PRODUTOS. VISITE NOSSO SITE:  FORMA DE BAURU C/ ROLO PARA PINTURA 15CM C/ ESPREMEDOR DE LARANJA C/ CATÁLOGO 2015 DE PRODUTOS FORMA DE BAURU C/1 009118 ROLO PARA PINTURA 15CM C/1 009197 ESPREMEDOR DE LARANJA C/1 009149 FURA COCO C/1 009301 Página 12 Página 12 VISITE NOSSO SITE: www.grupoufs.com.br HISTÓRIA

Leia mais

Universidade Estadual de Campinas Faculdade de Tecnologia. Nome do Autor. Título da Dissertação ou Tese em Português

Universidade Estadual de Campinas Faculdade de Tecnologia. Nome do Autor. Título da Dissertação ou Tese em Português Universidade Estadual de Campinas Faculdade de Tecnologia Nome do Autor Título da Dissertação ou Tese em Português Limeira, 2017 Nome do Autor Título da Dissertação ou Tese em Português Dissertação apresentada

Leia mais

NORMAS PARA PUBLICAÇÃO - TECCOGS ISSN:

NORMAS PARA PUBLICAÇÃO - TECCOGS ISSN: Normas para publicação Formatação da página (margens): Topo: 3,3 cm Inferior: 3 cm Esquerda: 2,3 cm Direita: 2 cm Título: Fonte: Arial, 14 Alinhamento do texto: à esquerda Norma para publicação Autoria:

Leia mais

Monografia Índice Completo

Monografia Índice Completo Monografia Definição: dissertação a respeito de um assunto único; estudo minucioso a fim de esgotar determinado tema relativamente restrito. Monografia é uma dissertação sobre um ponto particular de uma

Leia mais

MANUAL DE NORMAS GRÁFICAS MOD02_PR02_V03 1

MANUAL DE NORMAS GRÁFICAS MOD02_PR02_V03 1 MANUAL DE NORMAS GRÁFICAS MOD02_PR02_V03 1 DATA: Outubro 2016 ELABORADO: Laura Santos EDITADO: Bruno Filipe APROVADO: Manuel Serejo ASSUNTO: Normas para apresentação de documentos Normas e apresentação

Leia mais

MANUAL DE NORMAS GRÁFICAS MOD02_PR02_V05 1

MANUAL DE NORMAS GRÁFICAS MOD02_PR02_V05 1 MANUAL DE NORMAS GRÁFICAS MOD02_PR02_V05 1 DATA: Outubro 2018 ELABORADO: Laura Santos EDITADO: Bruno Filipe APROVADO: Manuel Serejo ASSUNTO: Normas para apresentação de documentos Normas e apresentação

Leia mais

Manual de identidade visual

Manual de identidade visual Manual de identidade visual Indrodução Neste manual de uso de marca, é possível encontrar todas as informações, denominações, padrões, variações, elementos e aplicações do novo sistema de identidade visual

Leia mais

Edital de Chamada para Trabalhos Acadêmicos

Edital de Chamada para Trabalhos Acadêmicos Edital de Chamada para Trabalhos Acadêmicos A Comissão Organizadora do VI Encontro Estudantil Regional de Relações Internacionais EERRI convida a comunidade acadêmica de relações internacionais para o

Leia mais

MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL

MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL CCDRC comissão de coordenação e desenvolvimento regional do centro Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Centro Rua Bernardim Ribeiro, 80. 3000-069 Coimbra,

Leia mais

REGULAMENTO GERAL I JORNADA CIENTÍFICA DA EMBRAPA PESCA E AQUICULTURA

REGULAMENTO GERAL I JORNADA CIENTÍFICA DA EMBRAPA PESCA E AQUICULTURA REGULAMENTO GERAL I JORNADA CIENTÍFICA DA EMBRAPA PESCA E AQUICULTURA A I Jornada Científica da Embrapa Pesca e Aquicultura acontecerá no dia 21 de outubro de 2016, na sede da Embrapa Pesca e Aquicultura,

Leia mais

PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA UEPB/CNPq COTA NORMAS PARA O RELATÓRIO FINAL E PRESTAÇÃO DE CONTAS

PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA UEPB/CNPq COTA NORMAS PARA O RELATÓRIO FINAL E PRESTAÇÃO DE CONTAS PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA UEPB/CNPq COTA 2018-2019 NORMAS PARA O RELATÓRIO FINAL E PRESTAÇÃO DE CONTAS A Pró-Reitoria de Pós-Graduação e Pesquisa da Universidade

Leia mais

ANEXO DO CONCURSO LITERÁRIO INTERNACIONAL. A Primeira Conferência

ANEXO DO CONCURSO LITERÁRIO INTERNACIONAL. A Primeira Conferência ANEXO DO CONCURSO LITERÁRIO INTERNACIONAL A Primeira Conferência (Capa título do trabalho) Emmanuel Bailly x 1 2 1.- Curriculum Vitae do Autor 2.- Ficha de Inscrição do Autor 2.1.- Dados pessoais: Nome:

Leia mais

Modelo Canônico de Trabalho Acadêmico com abntex2

Modelo Canônico de Trabalho Acadêmico com abntex2 Equipe abntex2 Modelo Canônico de Trabalho Acadêmico com abntex2 Brasil 2013, v-1.7.1 Equipe abntex2 Modelo Canônico de Trabalho Acadêmico com abntex2 Modelo canônico de trabalho monográfico acadêmico

Leia mais

Câmara Municipal de Vagos Normas Gráficas

Câmara Municipal de Vagos Normas Gráficas 01 Índice Introdução # 3 Marca # 4 Logótipo # 5 Símbolo # 6 Construção Identidade # 7 Versões # 8-9 - 10 Arquitetura Marca # 11 Identidade Inglês # 12 Identidade Espanhol # 13 Área de proteção # 14 Dimensões

Leia mais

D I G I TA L ATENÇÃO NAS MÍDIAS DIGITAIS, OS DESCONTOS DIFEREM DOS PRATICADOS NA MÍDIA IMPRESSA. CONSULTE-NOS.

D I G I TA L ATENÇÃO NAS MÍDIAS DIGITAIS, OS DESCONTOS DIFEREM DOS PRATICADOS NA MÍDIA IMPRESSA. CONSULTE-NOS. D I G I TA L ATENÇÃO NAS MÍDIAS DIGITAIS, OS DESCONTOS DIFEREM DOS PRATICADOS NA MÍDIA IMPRESSA. CONSULTE-NOS. Plásticos em Revista Digital Plásticos em Revista é a mais antiga publicação de seu segmento,

Leia mais

Brandbook OUTUBRO 2017

Brandbook OUTUBRO 2017 Brandbook OUTUBRO 2017 Brandbook É um guia que faz parte da vida da Saque y Pague. Traduz verbalmente e visualmente a sua identidade e ajuda a gerenciar a comunicação entre seus diferentes públicos. Ele

Leia mais

Fulano de Tal. Exemplo de livro produzido com. abntex2 v-1.9.7

Fulano de Tal. Exemplo de livro produzido com. abntex2 v-1.9.7 Fulano de Tal Exemplo de livro produzido com abntex2 Publicações Acadêmicas Ltda. abntex2 v-1.9.7 Fulano de Tal Exemplo de livro produzido com abntex2 Publicações Acadêmicas Ltda. abntex2 v-1.9.7 2017

Leia mais

d ce D I G I TA L ATENÇÃO NAS MÍDIAS DIGITAIS, OS DESCONTOS DIFEREM DOS PRATICADOS NA MÍDIA IMPRESSA. CONSULTE-NOS. R E V I S T A

d ce D I G I TA L ATENÇÃO NAS MÍDIAS DIGITAIS, OS DESCONTOS DIFEREM DOS PRATICADOS NA MÍDIA IMPRESSA. CONSULTE-NOS. R E V I S T A d ce R E V I S T A D I G I TA L ATENÇÃO NAS MÍDIAS DIGITAIS, OS DESCONTOS DIFEREM DOS PRATICADOS NA MÍDIA IMPRESSA. CONSULTE-NOS. Doce Revista Digital Há 31 anos no mercado, a imagem da Doce Revista é

Leia mais

Cartão Loja. Cartão Pessoal. José Maria Diretor Administrativo. Buscamos e aviamos sua receita TELEVENDAS.

Cartão Loja. Cartão Pessoal. José Maria Diretor Administrativo. Buscamos e aviamos sua receita TELEVENDAS. Aplicações Cartão Loja Buscamos e aviamos sua receita www.pharmasu.com.br Matriz: Av. C-159 nº 670 Filial T-9: Av. T- 9 nº 2.811 (62) 3526-4910 Farmacia Ipasgo: Av. Anhanguera nº 8517 Campinas (62) 3526-5900

Leia mais

O PROJETO PROMOVER A IMPORTÂNCIA DE UMA EDUCAÇÃO ACOMPANHADA E INTERVENTORA PROMOVER RELAÇÕES DE INTERAÇÃO COM A NATUREZA E OS ANIMAIS

O PROJETO PROMOVER A IMPORTÂNCIA DE UMA EDUCAÇÃO ACOMPANHADA E INTERVENTORA PROMOVER RELAÇÕES DE INTERAÇÃO COM A NATUREZA E OS ANIMAIS FONTE BOA O PROJETO PROMOVER A IMPORTÂNCIA DE UMA EDUCAÇÃO ACOMPANHADA E INTERVENTORA PROMOVER RELAÇÕES DE INTERAÇÃO COM A NATUREZA E OS ANIMAIS missão A MISSÃO DA FONTE BOA JUNTA DOIS UNIVERSOS DIFERENTES.

Leia mais

[Título Ch19] Título do trabalho: Um título que reflete o conteúdo

[Título Ch19] Título do trabalho: Um título que reflete o conteúdo [Título Ch19] Título do trabalho: Um título que reflete o conteúdo do texto [Autor Ch19] Luis Valente, Universidade do Minho, valente@ie.uminho.pt [Resumo Ch19] Resumo: Um texto curto que apresenta o trabalho

Leia mais

Título UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO INSTITUTO DE MATEMÁTICA NOME COMPLETO ALUNO 1. Prof. Nome do orientador, M.Sc.

Título UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO INSTITUTO DE MATEMÁTICA NOME COMPLETO ALUNO 1. Prof. Nome do orientador, M.Sc. UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO INSTITUTO DE MATEMÁTICA NOME COMPLETO ALUNO 1 Título Prof. Nome do orientador, M.Sc. Orientador Prof. Nome do co-orientador, M.Sc. Co-orientador Rio de Janeiro, Janeiro

Leia mais

PROPOSTA DE ISOLOGÓTIPO PARA O CONCELLO DE TEO

PROPOSTA DE ISOLOGÓTIPO PARA O CONCELLO DE TEO PROPOSTA DE ISOLOGÓTIPO PARA O CONCELLO DE TEO PROCESSO Captura de requirimentos Simbólicos - simplicidade - modernidade - proximidade - história - património - herdança Técnicos - reproducível a 1 tinta

Leia mais

Normas de estilo para teses de doutoramento 2013

Normas de estilo para teses de doutoramento 2013 1 Normas de estilo para teses de doutoramento 2013 Índice Introdução... 3 I. Conteúdo geral e organização... 3 1.1. Ordem... 3 1.º A página de rosto da tese... 3 2.º Página em branco... 3 3.º Repete a

Leia mais

MANUAL DE USO DA MARCA E IDENTIDADE VISUAL

MANUAL DE USO DA MARCA E IDENTIDADE VISUAL MANUAL DE USO DA MARCA E IDENTIDADE VISUAL manual PARA QUÊ? Este manual explica como utilizar a marca Marchesoni. Por marca não entendemos apenas o logotipo, mas todo o material e as ideias que se relacionam

Leia mais

Revista Universitária de Comunicação e Multimédia Número 1/bimestral/Abril/2010/UTAD/gratuita

Revista Universitária de Comunicação e Multimédia Número 1/bimestral/Abril/2010/UTAD/gratuita Revista Universitária de Comunicação e Multimédia Número 1/bimestral/Abril/2010/UTAD/gratuita Concursos Empregos Proxima edição/fi cha técnica 19 Prêmio Design MCB http://www.mcb.sp.gov.br web designer

Leia mais

A A. Caixas. Prof.: Ivan R. Pagnossin. Tutora: Juliana Giordano. Largura. Altura. Altura total. Linha-base. Profundidade. Ponto-de-referência

A A. Caixas. Prof.: Ivan R. Pagnossin. Tutora: Juliana Giordano. Largura. Altura. Altura total. Linha-base. Profundidade. Ponto-de-referência Prof.: Ivan R. Pagnossin Tutora: Juliana Giordano Coordenadoria de Tecnologia da Informação Centro de Ensino e Pesquisa Aplicada Definição e dimensões Largura Altura Profundidade g Altura total Linha-base

Leia mais

Título do artigo. 1,5cm. Nome completo do AUTOR 1. 2,5cm. 1,2cm

Título do artigo. 1,5cm. Nome completo do AUTOR 1. 2,5cm. 1,2cm Título do artigo Formatação Título 1: fonte tamanho 16, negrito, Inicial maiúscula, espaçamento de 1,5 linhas, alinhado à esquerda. Nome completo do AUTOR 1 Resumo: Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur

Leia mais

Apresentação Manual de Identidade Visual

Apresentação Manual de Identidade Visual Apresentação... 3 Elementos Estruturais... 5 Sistema modular... 7 Construção do Símbolo... 8 Tipograma... 9 Comportamento Símbolo/Tipograma... 10 Assinaturas... 11 Área de Não-Interferência... 12 Tipografia...

Leia mais

Introdução. Este manual de identidade define um conjunto de regras e recomendações que visam garantir a utilização e aplicação correcta da marca Keep.

Introdução. Este manual de identidade define um conjunto de regras e recomendações que visam garantir a utilização e aplicação correcta da marca Keep. BRAND GUIDELINES Introdução Este manual de identidade define um conjunto de regras e recomendações que visam garantir a utilização e aplicação correcta da marca Keep. A identidade visual Keep deverá ser

Leia mais

MUSEU do FUTEBOL manual da marca

MUSEU do FUTEBOL manual da marca manual da marca MUSEU do FUTEBOL manual da marca 03 06 07 11 13 14 15 19 23 24 25 conceito ASSINATURAS PREFERENCIAIS ASSINATURAS secundárias dimensões da marca uso da tipologia Auxiliar opções de uso da

Leia mais

UNIVERSIDADE DO OESTE DE SANTA CATARINA NOME DO AUTOR DO TRABALHO. TÍTULO:Subtítulo(se houver)

UNIVERSIDADE DO OESTE DE SANTA CATARINA NOME DO AUTOR DO TRABALHO. TÍTULO:Subtítulo(se houver) UNIVERSIDADE DO OESTE DE SANTA CATARINA NOME DO AUTOR DO TRABALHO TÍTULO:Subtítulo(se houver) Joaçaba 2013 NOME DO AUTOR DO TRABALHO TÍTULO:Subtítulo(se houver) Trabalho de Conclusão de Curso apresentado

Leia mais

APLICANDO FERRAMENTAS NA ADMINISTRAÇÃO

APLICANDO FERRAMENTAS NA ADMINISTRAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO SUL CÂMPUS RESTINGA APLICANDO FERRAMENTAS NA ADMINISTRAÇÃO MARIA DA SILVA Porto Alegre, Abril de 2013 MARIA DA SILVA APLICANDO FERRAMENTAS

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE ITAJUBÁ - UNIFEI PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA ELÉTRICA. Título do Trabalho. Nome do Autor

UNIVERSIDADE FEDERAL DE ITAJUBÁ - UNIFEI PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA ELÉTRICA. Título do Trabalho. Nome do Autor UNIVERSIDADE FEDERAL DE ITAJUBÁ - UNIFEI PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA ELÉTRICA Título do Trabalho. Nome do Autor Itajubá, 1 de maio de 2017 UNIVERSIDADE FEDERAL DE ITAJUBÁ - UNIFEI PROGRAMA

Leia mais

SERVIÇOS & BUILD DESIGN

SERVIÇOS & BUILD DESIGN DO. DONE Conceção e construção de projectos de arquitectura de interiores criativos, inovadores e eficientes, rigorosamente executados. A inovação, através do branding da organização recriado no espaço,

Leia mais

Brasil de A a Agá. Marcia Zoet Fotografia. José Santos Texto

Brasil de A a Agá. Marcia Zoet Fotografia. José Santos Texto Brasil de A a Agá Marcia Zoet Fotografia José Santos Texto Brasil de A a Agá Brasil de A a Agá Marcia Zoet Fotografia José Santos Texto O Projeto Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit.

Leia mais

Manual de Identidade do Projeto v.1.5. Implementação: Apoio Técnico: Realização:

Manual de Identidade do Projeto v.1.5. Implementação: Apoio Técnico: Realização: Manual de Identidade do Projeto v.1.5 Implementação: Apoio Técnico: Realização: Introdução Este Manual de Identidade Visual do Projeto contém as regras de visibilidade para quaisquer comunicações, produtos

Leia mais

XI MOSTRA ACADÊMICA DE ENFERMAGEM DA UFC A Integralidade no cuidado em saúde EDITAL 001/2019

XI MOSTRA ACADÊMICA DE ENFERMAGEM DA UFC A Integralidade no cuidado em saúde EDITAL 001/2019 UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ FACULDADE DE FARMÁCIA, ODONTOLOGIA E ENFERMAGEM - FFOE DEPARTAMENTO DE ENFERMAGEM PROGRAMA DE EDUCAÇÃO TUTORIAL - PET ENFERMAGEM UFC XI MOSTRA ACADÊMICA DE ENFERMAGEM DA UFC

Leia mais

Nome do Autor Sobrenome

Nome do Autor Sobrenome Programa de Pós Graduação em Instrumentação, Controle e Automação de Processos de Mineração - PROFICAM Universidade Federal de Ouro Preto - Escola de Minas Associação Instituto Tecnológico Vale - ITV Projeto

Leia mais

[ PROPOSTA DE IDENTIDADE VISUAL UNIÃO DE FREGUESIAS DE COIMBRA - SÉ NOVA, SANTA CRUZ, ALMEDINA, S. BARTOLOMEU ] [ ]

[ PROPOSTA DE IDENTIDADE VISUAL UNIÃO DE FREGUESIAS DE COIMBRA - SÉ NOVA, SANTA CRUZ, ALMEDINA, S. BARTOLOMEU ] [ ] [ PROPOSTA DE IDENTIDADE VISUAL UNIÃO DE FREGUESIAS DE COIMBRA - SÉ NOVA, SANTA CRUZ, ALMEDINA, S. BARTOLOMEU ] [ 10.07.14 ] INTRODUÇÃO A proposta de identidade institucional da união das freguesias de

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA CENTRO DE CIÊNCIAS NATURAIS E EXATAS PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ALGUM CURSO. Fulano de Tal

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA CENTRO DE CIÊNCIAS NATURAIS E EXATAS PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ALGUM CURSO. Fulano de Tal UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA CENTRO DE CIÊNCIAS NATURAIS E EXATAS PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ALGUM CURSO Fulano de Tal TÍTULO DO TRABALHO EM PORTUGUÊS COM NO MÁXIMO TRÊS LINHAS Santa Maria, RS

Leia mais

manual básico de aplicação do logo

manual básico de aplicação do logo manual básico de aplicação do logo Olá, Este é o manual prático de aplicação do logo Bradesco. Ao seguir as regras e dicas deste guia, você ajudará a construir e fortalecer a marca. Contamos com você!

Leia mais

Título da Dissertação

Título da Dissertação FACULDADE DE ENGENHARIA DA UNIVERSIDADE DO PORTO Título da Dissertação Nome do Autor VERSÃO DE TRABALHO Mestrado Integrado em Engenharia Eletrotécnica e de Computadores Orientador: Nome do Orientador 30

Leia mais

Fique por dentro das nossas novidades

Fique por dentro das nossas novidades Index Área de acesso INSTITUCIONAL PRODUTOS DOWNLOAD CONTATO RH IMPRENSA 1 2 3 4 5 6 Fique por dentro das nossas novidades Política de Venda Onde comprar nosso produto Nova Medalha Conheça a nova medalha

Leia mais

Entidade civil de âmbito nacional, sem fins econômicos e/ou lucrativos, de direito privado, fundada pela ABINEE em 2016, com os seguintes objetivos:

Entidade civil de âmbito nacional, sem fins econômicos e/ou lucrativos, de direito privado, fundada pela ABINEE em 2016, com os seguintes objetivos: Entidade civil de âmbito nacional, sem fins econômicos e/ou lucrativos, de direito privado, fundada pela ABINEE em 2016, com os seguintes objetivos: Auxiliar as empresas no atendimento a lei 12.305/10

Leia mais

Manual de Identidade

Manual de Identidade Manual de Identidade Sumário 1. Conceitos 2. Redesign 2.1. Análise Marca Atual 2.2. Processo Criativo 2.3. Justificativa 3. Logotipo 3.1. Área de Proteção 3.2. Redução Máxima 4. Cores 4.1. Aplicação Principal

Leia mais

FULL BANNER CAPA 1 (728X90px)

FULL BANNER CAPA 1 (728X90px) abertura do abertura do abertura do abertura do FULL BANNER CAPA 1 SUPER BANNER CAPA 1 (960X240px) SOCIAL VÍDEOS Michel Teló fala de eliminação do The Voice Brasil que gerou burburinho nas redes Michel

Leia mais

MARCA BRAGANÇA MANUAL DE NORMAS GRÁFICAS NOVEMBRO 2014

MARCA BRAGANÇA MANUAL DE NORMAS GRÁFICAS NOVEMBRO 2014 MARCA BRAGANÇA MANUAL DE NORMAS GRÁFICAS NOVEMBRO 2014 INTRODUÇÃO 2 MANUAL DE NORMAS GRÁFICAS BEM-VINDO ao Manual de Normas Gráficas da Marca de Bragança. Dada a importância que tem a imagem gráfica na

Leia mais

UNIVERSIDADE DE FORTALEZA CENTRO DE CIÊNCIAS TECNOLÓGICAS CURSO DE GRADUAÇÃO EM CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO ALLAN TURING

UNIVERSIDADE DE FORTALEZA CENTRO DE CIÊNCIAS TECNOLÓGICAS CURSO DE GRADUAÇÃO EM CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO ALLAN TURING UNIVERSIDADE DE FORTALEZA CENTRO DE CIÊNCIAS TECNOLÓGICAS CURSO DE GRADUAÇÃO EM CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO ALLAN TURING ON COMPUTABLE NUMBERS, WITH AN APPLICATION TO THE ENTSCHEIDUNGSPROBLEM FORTALEZA CEARÁ

Leia mais

XXII Jornada Acadêmica do Curso de Ciências Biológicas. 30/05 a 04/06/2016

XXII Jornada Acadêmica do Curso de Ciências Biológicas. 30/05 a 04/06/2016 XXII Jornada Acadêmica do Curso de Ciências Biológicas 30/05 a 04/06/2016 Apresentação Oral Apenas trabalhos experimentais concluídos Instruções para Resumos Expandidos Formatação Os resumos devem ser

Leia mais

ap e em Em busca dos melhores São Paulo, 16 de outubro de 2015

ap e em Em busca dos melhores São Paulo, 16 de outubro de 2015 São Paulo, 16 de outubro de 2015 Secretaria Executiva Comunicação Visual: Patrocínio Conceito Criar um evento independente da marca Captativa porém com relações subliminares. O objetivo de criar um evento

Leia mais

Drag&Shop: Análise e concepção de produto no setor e-business

Drag&Shop: Análise e concepção de produto no setor e-business FACULDADE DE ENGENHARIA DA UNIVERSIDADE DO PORTO Drag&Shop: Análise e concepção de produto no setor e-business João Pedro de Sousa Barbosa VERSÃO DE TRABALHO Mestrado Integrado em Engenharia Eletrotécnica

Leia mais

TÍTULO DA MONOGRAFIA

TÍTULO DA MONOGRAFIA UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ INSTITUTO DE CIÊNCIAS EXATAS E NATURAIS FACULDADE DE COMPUTAÇÃO CURSO DE BACHARELADO EM CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO NOME SOBRENOME TÍTULO DA MONOGRAFIA Belém 2017 UNIVERSIDADE FEDERAL

Leia mais

Processamento da Informação Vetores Parte 1 (Arrays / Arranjos )

Processamento da Informação Vetores Parte 1 (Arrays / Arranjos ) Processamento da Informação Vetores Parte 1 (Arrays / Arranjos ) Prof. Jesús P. Mena-Chalco CMCC/UFABC Q2/2018 1 Armazenar 10 inteiros em um programa... Usando variáveis: Usando um vetor: Para acessar

Leia mais

COMO FAZER TRABALHOS

COMO FAZER TRABALHOS Índice Como fazer trabalhos... 3 Trabalho escrito... 6 Estrutura... 6 Capa... 6 Página de Rosto... 7 Índice... 7 Introdução... 9 Corpo do trabalho... 9 Conclusão... 10 Anexos... 10 Bibliografia... 10 Apresentação

Leia mais

Universidade Federal da Integração Latino-Americana. Manual de Identidade Visual

Universidade Federal da Integração Latino-Americana. Manual de Identidade Visual Universidade Federal da Integração Latino-Americana Manual de Identidade Visual Índice 1. Sistema Básico 2. Sistema Aplicativo 1.1 Assinatura Institucional 1.1.1 Preferencial / Versão Horizontal 1.1.2

Leia mais

Processamento da Informação Vetores Parte 1 (Arrays / Arranjos )

Processamento da Informação Vetores Parte 1 (Arrays / Arranjos ) Processamento da Informação Vetores Parte 1 (Arrays / Arranjos ) Prof. Jesús P. Mena-Chalco CMCC/UFABC Q1/2017 1 Armazenar 10 inteiros em um programa... Usando variáveis: Usando um vetor: Para acessar

Leia mais

Título da Dissertação

Título da Dissertação FACULDADE DE ENGENHARIA DA UNIVERSIDADE DO PORTO Título da Dissertação Nome do Autor VERSÃO DE TRABALHO Mestrado Integrado em Engenharia Informática e Computação Orientador: Nome do Orientador 24 de Janeiro

Leia mais

Normas para apresentação e elaboração de Trabalhos Finais de Licenciatura e Mestrado

Normas para apresentação e elaboração de Trabalhos Finais de Licenciatura e Mestrado Normas para apresentação e elaboração de Trabalhos Finais de Licenciatura e Mestrado Normas para apresentação e elaboração dos Trabalhos Finais Nota prévia: As normas agora aprovadas devem ser entendidas

Leia mais