BANIF BANCO DE INVESTIMENTO Apresentação Institucional Fevereiro de 2012

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "BANIF BANCO DE INVESTIMENTO Apresentação Institucional Fevereiro de 2012"

Transcrição

1 BANIF BANCO DE INVESTIMENTO Apresentação Institucional Fevereiro de 2012

2 BANIF - GRUPO FINANCEIRO BANIF BANCO DE INVESTIMENTO PORQUÊ CONTRATAR O BANIF BANCO DE INVESTIMENTO EXPERIÊNCIA E QUALIDADE DA EQUIPA CREDENCIAIS: EXPERIÊNCIA COMPROVADA CONTACTOS

3 BANIF - GRUPO FINANCEIRO

4 BANIF GRUPO FINANCEIRO Da sua origem na Caixa Económica do Funchal Constituição do Banif Banco Internacional do Funchal na Região Autónoma da Madeira (Banif) Admissão à cotação de acções do Banif na Euronext Lisbon Início do processo de internacionalização, com a constituição do Banif Banco Internacional do Funchal (Cayman) Aquisição da maioria do capital do Banco Comercial dos Açores Aquisição da Companhia de Seguros Açoreana Aquisição da maioria do capital do Banco Primus no Brasil, actualmente Banco de Investimento (Brasil) Constituição do Banif Banco de Investimento Aquisição da companhia de seguros O Trabalho Estabelecimento da Banif Financial Services (Miami) Constituição da corretora Banif Securities (Nova Iorque) Reestruturação do Banif Grupo Financeiro. Como resultado, o Banif Banco Internacional do Funchal foi transformado na actual Banif SGPS Lançamento da banca comercial no Brasil e do Banif Banco de Investimento (Brasil) Constituição do Banif International Bank (Bahamas) Constituição do Banif Bank (Malta) Participação no Banco Caboverdiano de Negócios (Cabo Verde) Participação na Banca Pueyo e Bankpime (Espanha) Renovação da imagem corporativa do Grupo Integração de 100% da Tecnicrédito após aumento de capital Aquisição da Companhia de Seguros Global e Global Vida Falecimento do fundador do Banif Grupo Financeiro, Comendador Horácio Roque Venda de 70% da Corretora de Valores e Câmbio no Brasil Nota: fotografia do edifício da sede continental, em Lisboa, à data actual Aumento Capital do Banif Banco de Investimento Aumento Capital do Banif Mais aos serviços e produtos financeiros de um Grupo Financeiro diversificado, sólido e internacional. 4

5 BANIF GRUPO FINANCEIRO A estratégia implementada e a qualidade dos serviços e produtos financeiros disponibilizados impulsionaram o crescimento célere e sustentado da actividade do Grupo Activo líquido ( ; milhões ) Resultado líquido ( ; milhões ) 37,3 20,9 25,4 60,9 78,1 101,1 59,2 54,1 33,4 2, T T Taxa de Crescimento Médio Anual = 12,78%. Taxa de Crescimento Médio Anual = 10,20%. Crédito concedido (bruto) *1 ( ; milhões ) Recursos de clientes *2 ( ; milhões ) T Taxa de Crescimento Médio Anual = 14,39%. *1 - Crédito deduzido de títulos reclassificados como Empréstimos concedidos e Contas a receber. Fonte: Banif Grupo Financeiro T Taxa de Crescimento Médio Anual = 12,69%. *2 - Critérios de classificação de Recursos em Balanço sofreram alterações em 2009 pelo que este valor não é comparável com os anteriores. 5

6 BANIF GRUPO FINANCEIRO até ser, à data actual, um dos mais sólidos grupos financeiros em Portugal, sendo supervisionado por entidades independentes (CMVM, BdP e ISP). Estrutura accionista (Set. 2011; %) Cotação bolsista do Banif, SGPS (Fev. 2011) ( ) RENTIPAR - SGPS, SA AUTO INDUSTRIAL INVEST. E PART. SGPS,SA VESTIBAN - GESTÃO E INVESTIMENTOS SA JOAQUIM FERREIRA AMORIM 54% 13% 5% 2% 26% OUTROS ACCIONISTAS Market Cap 552,9 M Indicadores: Banif Grupo Financeiro (Set. 2011) Clientes Pontos de Venda 579 Colaboradores Presença Internacional (Países) 16 Book Value 1.112M Core Tier 1 (IAS) 8,00% Solvabilidade total (IAS) 10,04% O Banif é classificado pela Moody s e pela Fitch desde Janeiro de 2003 Moody s Revisão 22/06/2011 Ba2 Long Term Obs.: De acordo com informação disponível no Relatório e Contas Pontos de Venda (incluindo Banco Caboverdiano de Negócios e Banif Mais; excluindo. Banca Pueyo e Bankpime). Fitch Revisão 05/04/2011 BB Long Term 6

7 BANIF GRUPO FINANCEIRO Performance Bolsista - Recente 1, Resultados T 1, Assembleia Geral 0, Aumento de capital Resultados S 0, Resultados Resultados T Assembleia Geral Extraordinária 0,30 Set-10 Out-10 Nov-10 Dez-10 Jan-11 Fev-11 Mar-11 Abr-11 Mai-11 Jun-11 Jul-11 Ago-11 Set-11 Out-11 7

8 BANIF GRUPO FINANCEIRO Desempenho Financeiro 2011 T3 Resultado líquido consolidado de 2,2M, contra 22,9 em Setembro de 2010 RESULTADOS Produto da Actividade aumentou 4,5% para 423M: Diminuição de 19% na Margem Financeira para 211,6M Diminuição das Comissões Líquidas em 9%, totalizando 83,0M Aumento de 66% dos Lucros líquidos em Operações Financeiras para 35,9M Aumento de 192% nos Outros proveitos de exploração para 93,0M, nomeadamente devido à mais-valia de 34,0M ( 25,6M líquidos de impostos) decorrente da alienação de 70% da Banif Corretora de Valores e Câmbio Custos de funcionamento totalizaram 236,8M (-2,7% em termos homólogos) Activo Líquido de 16,5B, com crescimento de 7,2% face a Setembro de 2010, reflectindo aumento da exposição a Bilhetes de Tesouro (+ 0,7B) BALANÇO Crédito Bruto a Clientes 1 totalizou 12,1B, uma queda homóloga de 3,8% Aumento de 7% dos Recursos Totais de Clientes 2 para 9,1B Rácio de transformação, considerando totalidade de recursos de clientes em balanço, desceu para 126% face a 144% em Setembro de De acordo com base regulamentar do Banco de Portugal, rácio Crédito líquido/depósitos diminuiu de 161% para 142% Capitais Próprios, excluindo Minoritários, aumentaram 2,4% para 1.0B CAPITAL Activos Ponderados pelo Risco ascendiam a 12.8B, uma queda de 1,5% face a Junho 2011 Em base IAS/IFRS e Basileia, o rácio Core Tier I subiu de 6,71% para 8,00% e o rácio Tier I aumentou de 7,87% para 8,59%. O rácio total situou-se em 10,04%, contra 9,57% em Setembro de Nota: Variações calculadas contra Setembro de Deduzido de títulos classificados em empréstimos concedidos e contas a receber. 2 Inclui Depósitos, Certificados de Depósito e outros Títulos de Dívidas colocados junto de clientes. 8

9 BANIF GRUPO FINANCEIRO O Banif Grupo Financeiro detém uma extensa presença nacional e internacional, assente na rede de escritórios próprios e no estabelecimento de parcerias estratégicas M&A Network Terra Corporate Finance Alliance Participações internacionais: Banca Pueyo (Espanha), Banco Caboverdiano de Negócios (Cabo Verde), Bank Plus (Hungria); Parcerias e acordos: Prisma (Argentina), Fortress (Índia), Rosevrobank (Rússia) 9

10 BANIF GRUPO FINANCEIRO com o objectivo de prestar aos seus clientes uma oferta integrada de produtos e serviços universais. Crédito a particulares e empresas Depósitos e produtos de investimento Serviços bancários Banca Comercial Banca de Investimento Advisory Services & Banking Investment Management Capital Markets Factoring Leasing Renting Crédito ao Consumo Reais (multiriscos, automóvel, acidentes) Vida (risco, financeiro) Crédito Especializado Seguros 10

11 BANIF GRUPO FINANCEIRO Missão, Visão e Valores. 11

12 BANIF BANCO DE INVESTIMENTO

13 BANIF BANCO DE INVESTIMENTO BANIF BANCO DE INVESTIMENTO Representa, a nível Nacional e Internacional, as áreas de Banca de Investimento e Gestão de Activos do Banif Grupo Financeiro, pelo qual é detido a 100%; Uma das instituições financeiras portuguesas com actividade mais firmada internacionalmente. Banca Comercial Banca de Investimento BANIF GRUPO FINANCEIRO Quarta maior Instituição Financeira Privada portuguesa cotada; Presente em 16 países; Gere um activo líquido superior a milhões de euros; A marca Banif assume, em 2009, a 384ª posição Crédito Especializado Seguros das marcas financeiras mais valiosas, a nível mundial. 13

14 BANIF BANCO DE INVESTIMENTO GLOBAL REACH O Banif Banco de Investimento tem uma visão global e um conhecimento específico dos mercados onde actua. A sua estratégia de negócio é suportada pela dimensão internacional do Banif Grupo Financeiro e parcerias com Grupos Internacionais. CANADÁ E.U.A. BAHAMAS ILHAS CAIMÃO VENEZUELA BRASIL ARGENTINA CABO VERDE ÁFRICA DO SUL PORTUGAL ESPANHA REINO UNIDO MALTA HUNGRIA ESLOVÁQUIA POLÓNIA 14

15 BANIF BANCO DE INVESTIMENTO Presença local e equipas especializadas nos mercados Ibérico e Latino-Americano PORTUGAL ESPANHA BRASIL A FORÇA DE ACREDITAR A VANTAGEM DA PROXIMIDADE GEOGRÁFICA O ACESSO DIRECTO ÀS ECONOMIAS EMERGENTES 15

16 BANIF BANCO DE INVESTIMENTO O Banif Banco de Investimento, e suas participadas, detém fortes competências nas áreas CAPITAL MARKETS Debt Capital Markets, Equity Capital Markets, Brokerage, Research e Securitisation INVESTMENT MANAGEMENT Fundos de Investimento Mobiliário, Fundos Imobiliários de Subscrição Particular e Pública, Fundos de Investimento Alternativo, Fundos de Private Equity, Fundos de Pensões e Gestão de Patrimónios ADVISORY SERVICES & BANKING Corporate Finance, Structured Finance (Project Finance e Leveraged Finance) e PME Advisory Instituição Finalista Distinção à Direcção de Legal & Tax Best Investment Management Firm 2011 Melhores Empresas para Trabalhar Melhor Gestor de Fundo/Analista Agility Award Excelência no Excellence in Trabalho Structured Finance

17 BANIF BANCO DE INVESTIMENTO Destaques FINANCIAL PERFORMANCE Os Activos sob Gestão atingiram os M, representando Portugal 95% desse valor. A Banif Gestão de Activos atingiu, em Portugal, uma quota de mercado de 6,3%. O Banif Investment Bank intermediou, até Dezembro, nos mercados financeiros, cerca de 11,2MM. RECENT TRACK RECORD Apesar do ambiente negativo prevalecente, o Banif Banco de Investmento esteve envolvido em diversas operações de consultoria financeira, incluindo transacções internacionais, destacando-se nos seguintes segmentos: Seguros, Saúde, Energias Renováveis, Transportes e Ambiente Quotas de mercado sustentadas: MARKET SHARE Fundos de Investimento Especiais: 11,4% * Fundos Imobiliários: 6,35% * OUTROS O Banif Banco de Investimento foi reconhecido pelo Financial Times como possuindo uma das Direcções de Legal & Tax mais inovadoras do mundo na lista dos In House Teams Most Innovative Lawyers O Banif Banco de Investimento foi também finalista nos Renewable Energy Infrastructure Awards na categoria de Financial Provider of the Year. Estes prémios tem como intuito reconhecer o sucesso de todos os players envolvidos em projectos de infra-estruturas no sector das energias renováveis. * - Valores a Dezembro 17

18 PORQUÊ CONTRATAR O BANIF BANCO DE INVESTIMENTO

19 PORQUÊ CONTRATAR O BANIF BANCO DE INVESTIMENTO ORIENTAÇÃO PARA O NEGÓCIO A actividade desenvolvida está orientada para o negócio e sua concretização, criando, desta forma, valor acrescentado a Clientes, Accionistas e Colaboradores. ENFOQUE NO CLIENTE O principal objectivo é exceder as expectativas do seu Cliente, dado que o seu sucesso é o sucesso do Banif Banco de Investimento. TRANSPARÊNCIA NO SERVIÇO O serviço prestado é transparente, respeitando todas as regras e regulamentação em vigor. ÉTICA NA PROFISSÃO A conquista de confiança dos seus Clientes só é possível pelos elevados padrões de ética praticados em todos os negócios. TRABALHO EM EQUIPA A eficácia das tarefas é o resultado do trabalho em equipa, sendo cada Colaborador responsável pela qualidade e excelência do seu trabalho. CONFIANÇA HUMANISMO EFICÁCIA INOVAÇÃO AMBIÇÃO 19

20 BANIF BANCO DE INVESTIMENTO CM1

21 BANIF BANCO DE INVESTIMENTO Capital Markets Debt Capital Markets A área de Debt Capital Markets é especializada na montagem de soluções de financiamento titulado taylormade, inovadoras, caracterizadas por uma acentuada componente de estruturação, tendo como missão, em cada transacção que desenvolve e implementa, criar o máximo valor para o Cliente. Principais produtos: - Estruturação de emissões de obrigações (clássicas e estruturadas) / acções preferenciais para entidades em Portugal e no Brasil; - Participação em sindicatos de tomada firme de emissão de obrigações e de empréstimos titulados para emitentes Portugueses e Brasileiros. CM2

22 BANIF BANCO DE INVESTIMENTO Capital Markets Equity Capital Markets A área de Equity Capital Markets tem vindo a participar em diversas operações que têm permitido consolidar a posição do Banif Banco de Investimento na intermediação de operações de mercado de capitais na vertente de acções. Competências de actuação: - Estruturação de emissões de acções no mercado primário e respectivo listing (IPO s e OPS s); - Liderança e participação em sindicatos de colocação / distribuição de acções na vertente institucional e na rede de retalho do Banif Grupo Financeiro; - Estruturação de ofertas de acções no mercado secundário e respectivo listing (OPV s); - Redução de capital em sociedades abertas; - Assessoria em Ofertas Públicas de Aquisição (OPA s). CM3

23 BANIF BANCO DE INVESTIMENTO Capital Markets Brokerage Equity Sales : - Disponibilização de informação regular, a institucionais e particulares, por profissionais espalhados por diversos pontos (Portugal, Brasil, Estados Unidos), utilizando o vasto conhecimento e experiência no mercado das equipas de Research e Vendas; Intermediação de títulos nas principais bolsas mundiais: - Europa (Portugal, Espanha, França, Holanda, Alemanha, Finlândia, Itália, Bélgica, Reino Unido), Brasil (Bovespa e BMF), E.U.A. (NYSE, Nasdaq e AMEX), México e Ásia (NIKKEI e Hang Seng). Research : Departamento de Research independente que assegura a cobertura de empresas portuguesas cotadas através de uma abordagem em termos de análise fundamental. O Banif IB rege-se pelos princípios de qualidade, objectividade e rigor e que têm sido reconhecidos pelo mercado através de nomeações e prémios; A equipa de Research do Banif IB é composta por analistas com um elevado nível de experiência nos sectores que acompanham, sobretudo orientados para a análise detalhada dos fundamentais das empresas e no nível de serviço prestado aos clientes;. CM4 Os nossos relatórios incluem Initiating Coverage, Valuation Updates, Earnings Previews, Earnings Comments; Earnings Overview; Outlook; Morning Call (relatórios diários com comentários sobre as notícias mais relevantes).

24 BANIF BANCO DE INVESTIMENTO Capital Markets Securitisation O Banif Banco de Investimento, através da Gamma Sociedade de Titularização de Créditos, SA., presta serviços de securitização a instituições financeiras, corporates e entidades públicas nacionais, os quais compreendem: Assessoria a entidades que pretendam participar em operações de securitização, com o objectivo de validar a exequibilidade de uma transacção e identificar os mecanismos mais eficientes para a respectiva execução (mediante o contacto com investidores e agências de rating); Estruturação de operações de securitização (Due Diligence, Modelo Financeiro, negociação com Agências de Rating, discussão dos contratos, listing das obrigações, colocação dos títulos junto de investidores, liquidação financeira), Emissão de obrigações titularizadas, através da Gamma Sociedade de Titularização de Créditos, S.A. CM5

25 BANIF BANCO DE INVESTIMENTO Capital Markets Fixed Income A Direcção de Fixed Income do Banif Banco de Investimento oferece uma grande variedade de obrigações corporativas, soberanas e produtos estruturados. A sua forte actuação no mercado de obrigações brasileiras, bem como a oferta de obrigações americanas e europeias, permite ir ao encontro das necessidades de Clientes Institucionais e Qualificados. A sua presença no continente americano, através da Banif Securities em Miami (EUA) e do Banif Banco de Investimento em São Paulo (Brasil), detêm ampla cobertura, assegurando a qualidade de seus serviços. Em simultâneo, a Direcção de Fixed Income em Portugal disponibiliza serviços de execução para o segmento de Private Clients. CM6

26 BANIF BANCO DE INVESTIMENTO IM1

27 BANIF BANCO DE INVESTIMENTO Investment Management Crescimento e Inovação Energia e Ambiente Infra Estruturas Arte e Media Fundos de Investimento Imobiliário Luso Carbon Fund * Desde 2006 New Energy Fund * Desde 2007 Infra Invest Desde 2009 Art Invest Desde 2004 FICA Desde 2010 Porto Novo Desde 2007 Fortuny Desde 2009 Fundos Long / Short Dívida Subordinada Gestão Passiva Private Equity Banif Iberia Desde 2009 Banif Euro Financeiras Desde 2009 Fundo de Gestão Passiva Banif Global Private Equity Fund Desde 2010 Desde 2010 Primeira Sociedade Gestora a gerir simultaneamente FIM e FII no mercado nacional; Primeira Sociedade Gestora a constituir um FEI no mercado nacional; Primeira Sociedade Gestora a constituir um Fundo de Arte no mercado nacional; Primeira Sociedade Gestora com Fundo regulado de Energias Renováveis no mercado nacional; IM2 Primeira Sociedade Gestora com um Fundo de Carbono privado no mercado nacional. * em parceria

28 BANIF BANCO DE INVESTIMENTO Investment Management Evolução dos Activos sob Gestão % Valores em Milhões % Portugal Global Dez-11 IM3 Fonte: APFIP, Banif Banco de Investimento (Brasil) e Bankpime Nota até 2010, e quando aplicável, o valor Global considera Bankpime a 100%, em 2011 não está considerado Bankpime

29 BANIF BANCO DE INVESTIMENTO Investment Management Fundos de Investimento Mobiliário Leque diversificado e inovador de produtos, nos mais diversos formatos Fundos de Acções: Direccionais: Portugal, Zona Euro Banif Acções Portugal Banif Euro Acções Long / Short: Iberia Banif Iberia Fundos de Asset Allocation: Fundos Globais Banif Gestão Patrimonial Banif Gestão Activa Banif Investimento Conservador Banif Investimento Moderado Fundos Regionais Banif Brasil Banif Ásia Banif Europa de Leste Fundos de Obrigações Abertos Fechados Temáticos de duração limitada Banif Euro Tesouraria, Banif Euro Corporates Fundo de Gestão Passiva Banif Euro Crédito, Banif Euro Financeiras IM4

30 BANIF BANCO DE INVESTIMENTO Investment Management Fundos de Investimento Imobiliário Na Área de Fundos de Investimento Imobiliário destacam-se as seguintes valências: Track record na constituição e gestão de distintos veículos de investimento imobiliário (subscrição pública ou particular; destinados a investidores particulares ou institucionais; âmbito generalista ou especializado; foco na gestão do binómio Risco/Rendimento imobiliário no médio e longo prazo); Equipa de profissionais experientes no mercado imobiliário, possibilitando a actuação em todas as etapas da cadeia de valor (gestão integrada, projectos de arquitectura e especialidades, licenciamentos, construção, fiscalização, marketing, campanhas de meios/vendas e gestão de imóveis de rendimento); Instituição de parcerias com Grupos de Promotores Imobiliários nacionais de reconhecido prestígio, permitindo a actuação dos fundos geridos nos diversos segmentos da actividade imobiliária: a) loteamentos, promoção, imóveis de rendimento; b) logística, habitação, comércio escritórios; c) Portugal, Fundos de Asset Allocation Espanha e Polónia; d) investimento imobiliário Directo e Indirecto. Fundos de Subscrição Particular Patrimonialistas Fundos de Subscrição Particular Oportunísticos Fundos Investimento Imobiliário de Arrendamento Habitacional Fundos Especiais de Investimento Imobiliário Core Banif Imopredial Value Added Banif Imogest Lusíadas Prime FII Pabyfundo Imóveis Brisa Citation JMR Imogharb Porto Novo Banif Fortuny Banif Renda Habitação Banif Property Banif Gestão Imobiliária IM5

31 BANIF BANCO DE INVESTIMENTO Investment Management Fundos de Investimento Alternativo e Fundos de Private Equity A Direcção de Private Equity desenvolve a sua actividade em Portugal, Espanha e Brasil com uma equipa especializada e capaz de apresentar diferentes soluções de investimento. A actividade de investimento abrange empresas e projectos em diversas fases de desenvolvimento, em vários sectores de actividade, com destaque para as áreas do ambiente, energias e infra-estruturas. A Direcção de Private Equity tem mantido um perfil pioneiro e de liderança no mercado ibérico ao nível dos fundos de investimento alternativos, nomeadamente com os fundos Art Invest (obras de arte) e Lusocarbon Fund (créditos de carbono) A Direcção de Private Equity actua, directamente ou através de parcerias, nas seguintes áreas: Energias Renováveis Infra-estruturas Agricultura e Floresta PMEs Alternativos Em Parceria: Grupo Banif: Em Parceria: Grupo Banif: Grupo Banif: MCO2 New Energy Fund Infrastructure Fund Infra Invest Em Parceria: Fundo Rio Madeira (Barragem no Amazonas) Floresta Atlântica Floresta Atlântica CAPVEN InverPime Em Parceria: GED Sur Art Invest FICA (Cinema) Banif Global Private Equity Fund Em Parceria: MCO2 Luso Carbon Fund IM6

32 BANIF BANCO DE INVESTIMENTO Investment Management Fundos de Pensões Comercialização de Fundos e Planos de Pensões de Reforma: a empresas, ajustados à sua realidade, objectivos estratégicos, política e gestão de recursos humanos e capacidade financeira; a particulares, de acordo com as suas capacidades económicas de poupança, diferentes características, motivação e perfil de investimento; a Associações Sócio-Profissionais, em articulação com os seus objectivos e preocupações sociais. Aconselhamento no desenho e na escolha do plano de benefícios e plano contributivo assim como nos planos de comunicação e apropriação da solução que possa vir a ser adoptada, assegurando a sua percepção e valorização dentro da empresa pelos respectivos colaboradores. Gestão profissional com incorporação de análise de risco, rendibilidade e solvência, dos Fundos sob gestão procurando a melhor performance tendo sempre como princípio de actuação a segurança, solidez e transparência da gestão e critérios adequados a segmentos de clientes com distintos horizontes temporais de reforma e objectivos diferenciados. Estruturação e comercialização de qualquer solução de Fundos de Pensões, inovação e qualidade de serviço com o objectivo de ir ao encontro das necessidades, interesses e conforto dos clientes. IM7

33 BANIF BANCO DE INVESTIMENTO Investment Management Gestão de Patrimónios Vasta experiência em mandatos de gestão com as mais diversas especificidades Mandatos de acções, de obrigações e de asset allocation. Índice de referência Retorno objectivo ALM Acompanhamento regular Reuniões periódicas Conference calls Relatórios mensais com atribuição de desempenho Enfoque na análise de risco IM8

34 BANIF BANCO DE INVESTIMENTO ASB1

35 BANIF BANCO DE INVESTIMENTO Advisory Services & Banking Corporate Finance Prestação de serviços de assessoria financeira para empresas privadas e públicas, capitais de risco, familly offices, fundos de infra-estruturas, high net worth individuals e entidades governamentais, em operações domésticas e em operações de cross-border. Aliando um aconselhamento independente focado na manutenção de relacionamento de longo prazo, à forte competência técnica e especialização sectorial da equipa, destacamos os seguintes serviços de assessoria financeira: Fusões & Aquisições (M&A): Aconselhamento financeiro num leque variado de transacções estratégicas de empresas, nomeadamente em processos de fusão, aquisição, venda, managementbuy-out, management buy-in, leveraged buy-outs, joint-ventures, parcerias estratégicas, estratégias defensivas, spin-off, split-off, desinvestimentos e outras reestruturações estratégicas. Reestruturações Financeiras: prestação de serviços de assessoria a empresas na optimização da sua estrutura de capitais, de acordo com o perfil de risco do negócio e dos cash flows futuros; Privatizações: assessoria ao Governo ou a potenciais investidores em processos de privatização/reprivatização; Avaliações: de empresas ou áreas de negócio com base em métodos internacionalmente aceites e reconhecidos de forma a determinar um intervalo de valores credível para o activo em questão; ASB2

36 BANIF BANCO DE INVESTIMENTO Advisory Services & Banking Structured Finance (Project Finance) Prestação de serviços de assessoria financeira no contexto de projectos de Parcerias Público-Privadas, projectos de infra-estruturas, energias renováveis, entre outros. Originação, estruturação, tomada firme e participação em financiamentos em regime de Project Finance para projectos de infra-estruturas e energia. Os serviços são prestados tanto a entidades do sector público (Governos, Municípios, autoridades locais) como ao sector privado (consórcios, sponsors, SPVs, concessionárias). A equipa engloba especialistas com experiência nacional e internacional em Project Finance e trabalha em conjunto com outras áreas especialistas, no sentido de disponibilizar uma gama de serviços alargada ao cliente. ASB3

37 BANIF BANCO DE INVESTIMENTO Advisory Services & Banking Structured Finance (Leveraged Finance) Originação, estruturação, tomada firme e participação em financiamentos de operações de acquisition finance, no âmbito de operações de aquisição de empresas. Processos normalmente associados a operações de LBO (Leveraged Buy-Out), MBO (Management Buy-Out) ou MBI (Management Buy-In) O envolvimento do Banco na operação de aquisição é directo com investidores, incluindo fundos de capital de risco ou a própria equipa de gestão. São consideradas nestas operações diversas combinações de diferentes tipos de dívida, estando o Banif Banco de Investimento capacitado para disponibilizar neste âmbito dívida sénior, mezzanine ou bridge financing facilities. ASB4

38 BANIF BANCO DE INVESTIMENTO CL1

39 BANIF BANCO DE INVESTIMENTO Clients Os clientes do Banif Banco de Investimento são mid caps com forte reputação no mercado nacional e internacional (estratégia alinhada com o Banif Grupo Financeiro). Large caps Market cap Mid caps Small caps CL2 Número de empresas

40 BANIF BANCO DE INVESTIMENTO Clients Private Clients A Direcção de Private Clientes constitui o interface entre os clientes particulares e as diversas áreas de produto do Banif Banco de Investimento, com a missão de gerir e valorizar o seu património. Assegura um serviço personalizado na assessoria financeira e planeamento patrimonial de âmbito global, adaptados às necessidades específicas de cada cliente, através de uma oferta especializada em diversas áreas, das quais destacamos: Poupança e Rendimento: Contas de Poupança, Produtos estruturados, Produtos de Depósito; Gestão de Investimento: Fundos de Investimento Mobiliário e Imobiliário, Fundos Especiais de Investimento, Fundos de Investimento Flexíveis, Fundos de Pensões, Mercado de Capitais / Dívida, Corretagem; Planeamento Reforma / Seguros: PPR, Simulador de Reforma, Seguros Vida e não Vida; Crédito e Financiamento CL3

41 BANIF BANCO DE INVESTIMENTO Clients Corporate Clients A Direcção de Corporate Clients constitui o interface entre os clientes empresariais e as diversas áreas de produto do Banif Banco de Investimento. Esta Direcção é responsável pela gestão global do relacionamento e acompanhamento com pequenas, médias e grandes empresas, entidades institucionais e organismos públicos, com o fim de estabelecer relações estáveis e duradouras com os mesmos. Os serviços prestados asseguram não só o correcto screening das necessidades financeiras dos seus clientes como também o aconselhamento dos produtos ou serviços com maior fit às suas necessidades, através de uma dinâmica política de cross selling só possível pela dimensão do Banif Grupo Financeiro. CL4

42 BANIF BANCO DE INVESTIMENTO Advisory Services & Banking PME Advisory A Direcção de PMEs do Banif Banco de Investimento tem como missão prestar serviços de assessoria financeira específicos para o segmento de Pequenas e Médias empresas: - Fusões e Aquisições; - Avaliações de empresas; - Operações de management buy-out e management buy-in; - Projectos de investimento; - Processos de reestruturação financeira e accionista; - Estruturação de financiamentos e angariação de capitais próprios. A Direcção de PMEs actua em parceria com os Centros de Empresas do Banif Grupo Financeiro, com uma cobertura geográfica alargada a todo o território nacional, prestando um serviço orientado e realizado à medida das necessidades das PMEs e oferecendo aos seus clientes a vantagem de ter uma equipa dedicada em exclusivo a este segmento de mercado. CL5

43 BANIF BANCO DE INVESTIMENTO Clients Institutional Clients A Direcção de Institutional Clientes tem sobre sua responsabilidade dos clientes Institucionais em termos de gestão do seu financiamento corrente, da posição cambial gerada pela actividade, do risco de taxa de juro gerado pelas operações contratadas. Para além das actividades supra mencionadas, importa referir as seguintes áreas de actuação: Tesouraria: cotação de aplicações financeiras (depósitos a prazo e outro tipo de instrumentos financeiros de curto prazo) ; FX: Operações de compra e venda de moeda spot, forward, em formato swap ou via NDF para os clientes. O leque de moedas cotadas diariamente engloba todas as moedas do G10 além do BRL, CZK, HUF, PLN, ZAR e HKD. Derivados: centralização da negociação de derivados de cobertura (risco taxa de juro, cambial, commodity, acções), assim como a montagem de produtos estruturados para os clientes Institucionais. Colocação de instrumentos de dívida e equity em clientes institucionais bem como o market making das emissões em mercado secundário. Fundos de Investimento e Gestão de Patrimónios CL6

44 BANIF BANCO DE INVESTIMENTO REF1

45 BANIF BANCO DE INVESTIMENTO Real Estate Finance Real Estate Finance A Direcção de Real Estate Finance desenvolve a sua actividade no âmbito da estruturação de financiamentos imobiliários e prestação de assessoria financeira que permita definir a melhor estratégia de optimização e rentabilidade de empreendimentos imobiliários, ou escolher o melhor investimento em Real Estate, nos vários segmentos de mercado - Residencial, Escritórios, Industrial e Logístico, Retalho e Turístico, em operações de Sales & Acquisitions, Core Real Estate, Opportunistic Real Estate, Value Added Real Estate. A equipa é composta por elementos que aliam conhecimentos técnicos e comerciais sobre Real Estate, a largos anos de experiência em Assessoria e Financiamento de projectos imobiliários. REF2 Genericamente, os serviços prestados pela Direcção de Real Estate Finance destinam-se a clientes, investidores imobiliários, e Fundos de Investimento Imobiliários, onde se destaca: - Investments Advisory & Consultancy Services - Análise e estudo de Real Estate Assets considerando a sua viabilidade económica e financeira, bem como coordenação de due diligences de carácter técnico, legal e fiscal, e, apoio na angariação de Investidores e Fundos especializados em imobiliário; - Lease Solutions - Ajudamos a minimizar o risco e a maximizar a eficiência operacional e a rentabilidade de Real Estate Assets através de lease solutions; - Sales & Acquisitions Advisory - Reunimos condições ímpares para apoiar os nossos clientes e investidores nas decisões de investimento e/ou desinvestimento em projectos de Real Estate.

46 EXPERIÊNCIA E QUALIDADE DA EQUIPA

47 A EXPERIÊNCIA E QUALIDADE DA EQUIPA Biografias Artur Silva Fernandes Presidente da Comissão Executiva do Banif Banco de Investimento e do Conselho de Admistração da Banif Gestão de Activos e Banif Açor Pensões Licenciado em Organização e Gestão de Empresas pelo Instituto Superior de Economia da Universidade Técnica de Lisboa (actual ISEG) em No ano em que conclui a licenciatura desempenha funções de Técnico de Contas na Direcção Geral de Contribuições e Impostos, de analista estagiário no Credit Franco-Portugais e de Inspector de Finanças na Inspecção Geral de Finanças. Entre 1985 e 1988 passa pela MDM Sociedade de Investimentos, J.P. Morgan e Deutsche Bank. De 1989 a 1990 assume o cargo de Director de Corporate Finance no Deutsche Bank de Investimento. Em 1990 ingressa no Banco ESSI (actualmente BES Investimentos) onde permanece até 1995 quando entra para o actual Citigroup, Salomon Brothers International Limited na época. Em 1996 assume funções no Finibanco até, em 1997 ingressar no Banif Grupo Financeiro. Actualmente acumula os cargos de Presidente, Vice-Presidente e Vogal de Conselhos de Administração e de Presidente de Comissões Executivas de várias empresas do Grupo Banif: Banco de Investimento, Banif Capital, Banif Gestão de Activos, Banif Açor Pensões, Gamma, Banif MultiFund, Banif International Asset Management, Banif Securities, Banif Securities Holdings, Centro Venture, Banif Banco Internacional do Funchal (Brasil), Banif Banco de Investimento (Brasil), Banif Corretora de Títulos e Valores e Câmbio, Banif SGPS, Banif Investimentos, Banif Financial Services, EconoFinance, Fomentinvest, Banco de la Pequeña y Mediana Empresa, Banif Bank Malta, Banif Private Equity, Inverpyme SCR de Regímen Comum e Beta Securitizadora. CV_ASF

48 A EXPERIÊNCIA E QUALIDADE DA EQUIPA Biografias Raul Simões Marques Vice-Presidente da Comissão Executiva do Banif Banco de Investimento e do Conselho de Admistração da Banif Gestão de Activos e Banif Açor Pensões Global Head of Asset Management CV_RM Licenciado em Economia pelo ISE - Instituto Superior de Economia (actualmente ISEG) em Concluiu diversos cursos de pós-graduação em Portugal e no Estrangeiro sobre Direcção Global de Empresas, Gestão de Investimento, Análise Financeira, Gestão Cambial e Avaliação de Projectos e de Empresas. Iniciou a sua carreira em 1984 na Cimpor - Cimentos de Portugal, como responsável pela gestão de financiamentos. Em 1989 ingressou na Gestifundo - Sociedade Gestora de Fundos de Investimento Mobiliário como Administrador da Gerigeste, assumindo cumulativamente o cargo de Director de Investimento da Gestifundo. Em 1994 assumiu o cargo de Director Geral da BPI Fundos e em 1995 ingressou na MC Gestão de Activos como Administrador Executivo, cargo que desempenhou também na MC Fundos, MC Gest e MC Pensões. Em Março de 1999 ingressa no Banco de Investimento Global como Director Geral e Presidente da BIG Fundos, tendo assumido em Março de 2001 o cargo de Administrador do mesmo Banco. Em Março de 2002 foi eleito para o Conselho de Administração do Banif Banco de Investimento, sendo actualmente Vice-Presidente do Conselho de Administração da Sociedade Banif Gestão de Activos Sociedade Gestora de Fundos de Investimento Mobiliário, S.A., bem como Vogal do Conselho de Administração das Sociedades Banif Banco de Investimento, S.A., Banif Açor Pensões Sociedade Gestora de Fundo de Pensões, S.A., Banif International Asset Management, Ltd, Banif Multifund, Ltd., Banif Capital Sociedade de Capital de Risco, S.A., Banif Banco de Investimento (Brasil), S.A., Banif Corretora de Valores e Câmbio, S.A. e Banif Nitor Asset Management, S.A. Exerce ainda o cargo de Presidente do Conselho de Administração da Sociedade GestArquipark Sociedade Imobiliária, S.A, bem como o de Vice-Presidente, nas sociedades Aplicação Urbana XIII Investimento Imobiliário S.A., GCC Lisboa Gestão de Centros Comerciais, S.A., Aplicação Urbana XIV Investimento Imobiliário, S.A., GCC Funchal Gestão de Centros Comerciais, S.A. É vogal do Conselho de Administração e Comissão Executiva do Banco de la Pequeña y Mediana Empresa, S.A, vogal do Conselho de Administração da Sociedade Inverpyme SCR de Regímen Comum, S.A. e Banieuropa Holding S.L. É ainda Presidente do Conselho de Administração da APAF - Associação Portuguesa de Analistas Financeiros.

49 A EXPERIÊNCIA E QUALIDADE DA EQUIPA Biografias Conceição Leal Membro da Comissão Executiva do Banif Banco de Investimento Global Head of Corporate Banking Licenciada em Gestão de Empresas, desenvolveu a sua carreira profissional entre a Banca e a Gestão de Empresas Publicas e Privadas. De 1982 a 1989 trabalhou no Banco de Portugal. Em 1989, integrou a equipa fundadora do Banco Exterior de Espanha, como Directora de Risco, e mais tarde assumiu a Direcção de Banca Corporativa e foi nomeada Representante da Argentaria em Portugal. Em 1993, integra o Grupo Lusomundo, com a responsabilidade da área financeira dos audiovisuais. Em 1996, regressa à Banca, ao Banif Comercial, como Directora do Mercado de Capitais. Em 2000, integra o Conselho de Administração da RTP, como Vice-Presidente, Presidente da RTC e administradora da Portugal Global, da RDP e Sport TV. Em finais de 2002, é nomeada Administradora do Grupo Portugal Telecom, onde, na qualidade de Administradora exerceu funções na PT Internacional e no Fundo de Pensões Previsão. Em 2006, regressa à Banca, como Administradora do Banif Banco de Investimento, responsável pelas áreas de Corporate Clients e PMEs. CV_CL

50 A EXPERIÊNCIA E QUALIDADE DA EQUIPA Biografias Carlos Pais Jorge Membro da Comissão Executiva do Banif Banco de Investimento e do Conselho de Admistração da Banif Gestão de Activos e Banif Açor Pensões Chief Operating Officer Licenciado em Administração e Gestão de Empresas pela Universidade Católica Portuguesa com MBA (especialização em Finanças) pela mesma instituição. Concluiu diversos cursos de especialização em Value Based Management (Barclays University, Inglaterra), Value at Risk & Interest Rate Models (Lisboa), International Capital Markets (St Catherine s College, Oxford, Inglaterra), Loan Structuring & Documentation (Citibank School of Banking, Long Island, USA). Inicia a sua carreira na indústria (Central de Cervejas, 1984). Em 1986 ingressa no BES e não mais deixará os serviços financeiros tendo, até 1998, desempenhado funções em várias instituições incluindo o Citibank e os Grupos BPI e Santander. A partir de 1998 exerce funções na Direcção Geral e, mais tarde, Comissão Executiva do Barclays Bank PLC em Lisboa. Em 2008 assume o cargo de Administrador do Banif Banco de Investimento e de várias sociedades da fileira de banca investimento do Banif Grupo Financeiro, exercendo as funções de Chief Operating Officer. É ainda, desde Agosto de 2008, Vogal do Conselho de Administração e membro da Comissão Executiva do Banif Banco de Investimento e vogal do Conselho de Administração da Banif Gestão de Activos, Banif Açor Pensões, Banif Capital e Gamma - Sociedade de Titularização de Créditos. CV_CPJ

51 A EXPERIÊNCIA E QUALIDADE DA EQUIPA Biografias Vasco Pinto Ferreira Membro da Comissão Executiva do Banif Banco de Investimento e do Conselho de Admistração da Banif Capital Global Head of Corporate Finance and Structured Finance. Vasco Pinto Ferreira possui mais de 17 anos de experiência na Banca de Investimento, sendo actualmente Administrador Executivo do Banif Banco de Investimento, responsável pelas áreas de Corporate Finance e Structured Finance. Antes de ingressar no Banif Banco de Investimento, Vasco Ferreira trabalhou no Banco Espírito Santo Investimento, como Director Central e Head of Clients Deal Origination, tendo anteriormente gerido diversos projectos de assessoria em M&A e Privatizações na Europa e Brasil. Vasco Ferreira possui uma extensa experiência na promoção e execução de transacções de M&A, Project Finance e Leveraged Finance em entidades estatais e privadas e sponsors, como o Ministério das Obras Públicas & Comunicações, Estradas de Portugal, Portugal Telecom, CTT, EDP, ZON, Mota Engil, Group Lena, OPWAY, Lion Capital, Berteslmann, Novabase, Group CUF, Impresa, Galp Energia e Espírito Santo Saúde. Detém um Mestrado em Banca de Investimento pela Universidade de Reading, ISMA Centre (Reino Unido), uma licenciatura em Economia pela Universidade Católica Portuguesa e um bacharelato em Engenharia Civil pelo Instituto Superior de Engenharia de Lisboa. CV_VPF

52 A EXPERIÊNCIA E QUALIDADE DA EQUIPA Biografias Alexandre Santos Membro da Comissão Executiva do Banif Banco de Investimento e do Conselho de Admistração da Banif Gestão de Activos Chief Financial Officer Licenciado em Gestão Bancária pelo Instituto Superior de Gestão Bancária. Em 1988 iniciou a sua carreira profissional no Banco Espírito Santo como Dealer na Sala de Mercados, tendo ingressado no ABN AMRO BANK, NV, em Dezembro de 1989 com responsabilidades na área da Tesouraria. Entre 1992 e 1995 foi Senior Relationship Banker, responsável pelo relacionamento com algumas das maiores empresas portuguesas e multinacionais presentes em Portugal. Em 1996 criou o Departamento de Mercado de Capitais do ABN AMRO em Portugal, tendo, posteriormente, assumido responsabilidade por toda a área de banca de investimento do ABN AMRO em Portugal como Head of Global Financial Markets. Entre 2001 e 2005, ainda no ABN AMRO mas agora sedeado em Londres, assumiu funções como Director Executivo do Departamento de Portfolio Management. Em 2006 assumiu as funções de Managing Director do Capital Management Group com responsabilidade pela gestão do balanço do ABN AMRO a nível mundial como Global Head Portfolio Strategy and Execution e membro do ALCO e do Comité de Risco do ABN AMRO, alargando à área de Pequenas e Médias Empresas e à área de Retalho os mesmos princípios de gestão de balanço e de risco implementados na Divisão de Grandes Empresas e Banca de Investimento. Em 2007, regressa à banca de investimento assumindo funções como Managing Director Financial Institutions e Head Portfolio Management Solutions, criando um grupo especializado no aconselhamento e execução de operações de optimização contabilística, de capital, liquidez e de risco de crédito para Instituições Financeiras. Em Julho de 2008 regressa a Portugal e deixa o ABN AMRO. Em Outubro de 2008 foi admitido no Banif Banco de Investimento, S.A. como Director Coordenador com responsabilidades pela área Financeira, tendo sido nomeado em Maio de 2009 Vogal do Conselho de Administração e Membro da Comissão Executiva do Banif Banco de Investimento, sendo responsável pelos Pelouros da Direcção Financeira, de Crédito e de Legal & Tax. Dentro do mesmo Grupo Financeiro foi ainda eleito Vogal do Conselho de Administração da Banif Gestão de Activos e da Banif Açor Pensões. CV_AS

53 A EXPERIÊNCIA E QUALIDADE DA EQUIPA Biografias Carlos Firme Membro da Comissão Executiva do Banif Banco de Investimento e do Conselho de Admistração da Banif Gestão de Activos Global Head of Capital Markets Licenciado em Economia ( ) e Mestre em Economia Monetária e Financeira ( ) pelo ISEG - Universidade Técnica de Lisboa, tendo posteriormente realizado a pós-graduação em Gestão do Risco e Derivados promovida pelas U. Nova de Lisboa e U. Católica Portuguesa (1999) e o Advanced Management Programme (AMP) da Harvard Business School (2009). Começou a carreira em 1993 no Gabinete de Estudos Económicos do Ministério das Finanças. Em 1997 foi nomeado Director do Gabinete de Estudos Económicos do Finibanco, SA, desempenhando a função de Chief Economist. Em 1999, foi nomeado Administrador da Título, Sociedade Financeira de Corretagem, SA, que acumulou com as funções anteriores. Em 2006, assumiu as funções de Administrador da Banif Gestão de Activos e da Banif Açor Pensões acumulando com as funções de Director-Coordenador do Banif Banco de Investimento. Em 2007 foi nomeado administrador das sociedades Banif International Asset Management e Banif Multifund. Em 2010 assumiu também as funções de Administrador da Banif Capital e de Administrador das sociedades Floresta Atlântica, SGFII, SA e BankPime, SGIIC. Paralelamente tem desenvolvido intensa actividade docente, leccionando cursos de licenciatura e pós-graduação em diversas universidades, de entre as quais a Universidade Católica Portuguesa, a Universidade Lusíada e a Universidade Lusófona. CV_CF

54 A EXPERIÊNCIA E QUALIDADE DA EQUIPA Biografias Luís Carita Membro do Conselho de Administração da Banif Gestão de Activos Licenciado em Organização e Gestão de Empresas, pelo ISCTE, concluiu a pós-graduação em Gestão Bancária, pelo Instituto de Formação Bancária, em 1998, complementando a sua formação com a frequência de diversos cursos relacionados com o investimento imobiliário. Iniciou a sua carreira profissional na P&I Colliers Consultores em Investimento Imobiliário, Grupo IPG, onde permaneceu até 1997, como Director Coordenador, responsável pelas actividades desenvolvidas nos escritórios de Lisboa e do Porto. Esta experiência foi interrompida durante o ano de 1994, onde desempenhou as funções de Controller Financeiro da Petrogal, interrompidas pelo convite do Grupo IPG para regressar aos seus quadros. Em 1997, integrou os quadros do Finibanco como Director do Banco e como Presidente do Conselho de Administração da Finimus Sociedade Gestora de Fundos de Investimento Imobiliário. No final de 1999, aceitou o convite para integrar o Banif Grupo Financeiro, como Director responsável pelo desenvolvimento de uma sociedade gestora de fundos de investimento imobiliário, no projecto do Banif Banco de Investimento. Em Maio de 2000, criou a Banif Imo Sociedade Gestora de Fundos de Investimento Imobiliário, assumindo o cargo de vogal no conselho de administração. No final do ano de 2003, passou a desempenhar as funções de membro do conselho de administração da Banif - Gestão de Activos sendo esta sociedade o resultado da incorporação da Banif Imo na Banifundos. Neste ano, passou também a integrar os conselhos de administração da Banif Açor Pensões, da Banif Multi Fund, da Banif International Asset Management e, igualmente, o Comité Estratégico do Banif Banco de Investimento com as funções de Head of Real Estate. No decurso destes anos, participou no desenvolvimento da área de fundos imobiliários no Banif Banco de Investimento Brasil (anteriormente Banif Primus), bem como o desenvolvimento do US Real Estate Fund, fundo de créditos sobre investimentos imobiliários realizados em Miami, EUA, e, igualmente, na análise de diversos investimentos imobiliários na Europa Central, tendo posteriormente, concretizado projectos na Polónia. CV_LC

55 A EXPERIÊNCIA E QUALIDADE DA EQUIPA Biografias Pedro Mello e Castro Membro do Conselho de Administração da Banif Gestão de Activos Licenciado em Administração e Gestão de Empresas em 1997 pela Universidade Católica Portuguesa, foi enriquecendo a componente curricular com pequenas formações complementares, entre as quais se destacam as promovidas pela bolsa de derivados e um workshop realizado no Insead, o Global Investors Workshop. Desenvolveu a sua carreira na área de gestão de activos em Portugal. De 1997 até final de 1999 desempenhou funções no Finibanco, inicialmente como analista da corretora (Título) e, mais tarde, como gestor de activos com responsabilidade na gestão de fundos (Finivalor). Ingressou no Banif em Setembro de 1999 para integrar o projecto de criação do banco de investimento, mais concretamente na área de gestão de activos. A partir de Março de 2001, na qualidade de sub director do Banif Banco de Investimento, desempenhou funções de responsável da gestão dos fundos de acções, tendo acumulado, a partir de 2003, a responsabilidade da selecção de fundos de terceiros. Em Abril de 2004 foi promovido a director adjunto, e, mais tarde, em Maio de 2006, a director de investimento. Em Agosto de 2008 passou a exercer funções de administrador da Banif Gestão de Activos, tendo mais tarde, a partir de Março de 2009, sido nomeado para membro do conselho de administração da Banif Açor Pensões. CV_PMC

56 A EXPERIÊNCIA E QUALIDADE DA EQUIPA Biografias Fátima Frazão Directora - Coordenadora Head of Equity Licenciada em Business Administration pelo Manhattan College de Nova Iorque em 1991 com MBA em Finanças da Universidade Católica Portuguesa. Em 1991, ainda em Nova Iorque, desempenha funções de stokebroker na Shearson Lehman Brothers. Em 1993, já de regresso a Lisboa, ingressa na Ascor Dealer, Sociedade Financeira de Corretagem, onde exerce os cargos de Institutional Equity Salesperson e Equity Trader. No ano 2000 entra para o Banif Banco de Investimento onde permanece actualmente e onde já desempenhou as funções de Head of Equity, responsável pela Equity Desk e Institutional Equity Salesperson. CV_FF

57 A EXPERIÊNCIA E QUALIDADE DA EQUIPA Biografias Nuno Correia Director Coordenador do Banif Banco de Investimento Grupo Banif Head of Cross Border Business - Brasil Nuno Correia possui mais de 21 anos de experiência em Banca de Investimento, nomeadamente Mercado de Capitais, Gestão de Activos, Private Banking, Marketing, Comunicação, Business Development e Cross-border Business. Actualmente é responsável, para Portugal e Brasil, dos Departamentos de Cross-border Business; Business Development; Marketing e Comunicação do Banif Banco de Investimento e da Banif Gestão de Activos, onde entrou em Setembro de Durante a sua carreira liderou equipas de vendas responsáveis por colocações de Mercado de Capitais, nomeadamente operações de privatização e IPOs, em vários sectores de actividade. Foi também responsável pela gestão da relação e pela colocação de Produtos de Investimento junto de Private Wealth Management Clients e Institucional Clients. Anteriormente, foi quadro superior da Financim Américo Amorim Family Office, onde foi responsável pela Análise de Projectos de Investimento e pela Gestão de Patrimónios. Em 2004, foi Director de Relações Públicas, Marketing e Comunicação da Euronext NYSE Lisbon. Entre 1998 e 2004, foi Director Geral e Membro do Conselho de Administração do Deutsche Bank Portugal e do Deutsche Securities Spain, residente em Lisboa e Madrid, com a responsabilidade, ao longo dos 6 anos, pelas áreas de Private Banking, Investment Center, Financial Advisors, Brokerage, Pan-European Equity Sales. Entre 1996 e 1998, foi Gestor de Fundos de Investimentos e de Gestão de Patrimónios no Grupo Financeiro Montepio Geral. De 1990 a 1996, foi Equity Sales para Cliente Nacionais e Internacionais no Grupo Banco de Fomento Exterior / SISF / CISF. Nuno da Rocha Correia possui uma Pós Graduação em Sistemas de Informação de Gestão pelo Instituto Nacional de Administração, uma Pós Graduação em International Capital Markets pela Euromoney Academy em Londres e uma Licenciatura em Gestão de Empresas pelo Instituto Superior de Economia e Gestão. Adicionalmente, foi formador no Centro de Estudos de Gestão do Instituto Superior de Economia e Gestão na disciplina de Informação de Gestão, e do Instituto de Formação Bancária nas disciplinas de Gestão Financeira e Mercados de Capitais. CV_NC

58 A EXPERIÊNCIA E QUALIDADE DA EQUIPA Biografias Luís Souto Director de Private Equity Head of Private Equity Luís Fernão Souto é actualmente Director Coordenador da Banif Capital Sociedade de Capital de Risco S.A. e exerce os cargos de Administrador Executivo na MCO2 SGFIM e na Floresta Atlântica SGFII, sociedades participadas pelo Banif Banco de Investimento. Com mais de 15 anos de experiência na área de gestão de activos, antes de ingressar no Banif Banco de Investimento foi responsável pela área de Planeamento Estratégico da ESAF Espírito Santo Activos Financeiros e exerceu as funções de Secretário-Geral da APFIP, Associação Portuguesa de Fundos de Investimento, Pensões e Patrimónios. Licenciado em economia pela Universidade Católica Portuguesa, realizou uma pós-graduação no ISCTE em Mercados e Activos Financeiros. CV_LS

59 A EXPERIÊNCIA E QUALIDADE DA EQUIPA Biografias Marta Rangel Directora Head of Capital Markets Iniciou funções no Banif Banco de Investimento em Junho de 2000, integrando a Direcção de Mercado de Capitais, sendo actualmente responsável pela coordenação de operações de mercado de capitais de dívida e de acções incluindo operações de funding para o Banif Grupo Financeiro. Anteriormente trabalhou no Banco Espírito Santo de Investimento, S.A. na Direcção de Financiamento e Gestão de Riscos, sendo responsável pela montagem de operações de cobertura de risco de taxa de juro para clientes corporate, empréstimos obrigacionistas para colocação junto de clientes institucionais e corporate (europeus e brasileiros) e ainda acompanhamento dos programas de papel comercial do Banco e de clientes corporate. Entre 1997 e 1999 trabalhou no Finibanco, S.A. e foi responsável pela estruturação e concepção de produtos estruturados para clientes de retalho do Grupo. Iniciou a sua carreira profissional no Banco Mello de Investimentos (actualmente Millenium Investment Bank) em 1995 na Direcção de Grandes Empresas, tendo sido responsável pela elaboração de propostas de financiamento para grandes empresas. CV_MR

60 A EXPERIÊNCIA E QUALIDADE DA EQUIPA Biografias Cristina Garcia Directora Head of Fixed Income Licenciada em Economia pela Universidad Complutense de Madrid, com MBA pelo Instituto de Empresa (I.E. Business School). Iniciou o seu percurso profissional no Grupo Ahorro Corporación, em Espanha tendo ainda desempenhado funções no Banco Espírito Santo de Investimento. Em Janeiro de 2001 inicia as suas funções no Banif Banco de Investimento, integrando a Direcção de Mercado de Capitais. No mesmo ano foi nomeada responsável da área de obrigações na Banif Gestão de Activos, onde ficou até Julho de 2005, obtendo, entre outros, o prémio de Melhor Gestor de Obrigações Português 2004 outorgado pela S&P e o Diário Económico. Em 2005 volta a entrar no Banif Banco de Investimento, onde actualmente tem a Direcção de Fixed Income sob sua responsabilidade. CV_CG

61 A EXPERIÊNCIA E QUALIDADE DA EQUIPA Biografias Luís Chaves Director Head of Securitisation Licenciado em Economia em 1999 pela Universidade Católica Portuguesa, iniciou a sua actividade profissional em Março desse ano, no Banco Mello, como Analista Financeiro. Em Março de 2000, juntou-se à Consultora DiamondCluster International, onde participou em diversos projectos desenvolvidos na área de telecomunicações (Portugal, Espanha, França, Alemanha, Suíça e Bélgica). Em Janeiro de 2002 foi admitido no Banif Investimento, passando a integrar a equipa de Corporate Finance, tendo colaborado em diversas transacções, envolvendo avaliação de empresas, financiamentos estruturados, aquisições de empresas. Actualmente é responsável pela actividade de Securitização desenvolvida pelo Banif Investimento, onde desempenha as funções de Director. Ao longo da sua carreira colaborou activamente na estruturação e colocação de 20 operações de Securitização, correspondentes a cerca de milhões, envolvendo diversas classes de activos. CV_LC

62 A EXPERIÊNCIA E QUALIDADE DA EQUIPA Biografias Teresa Martinho Directora Head of Research Teresa Martinho é actualmente Directora de Research do Banif IB. Em Agosto de 2004 juntou-se à equipa do Banif Banco de Investimento como Analista Financeira responsável pelo sector das telecomunicações na Península Ibérica. Entre , trabalhou no Departamento de Equity Research do Banco Finantia. Mudou-se depois para a área de Corporate Finance, onde esteve envolvida em M&A (fusões e aquisições) e funções de avaliação no sector das energias renováveis, e para a Direcção de Structured & Project Finance, onde esteve envolvida em projectos de parcerias público-privadas (PPP) para o sector rodoviário, dos transportes e da saúde. Antes de entrar para o Banco Finantia, exerceu funções de analista no Departamento de Interligação da Portugal Telecom. Teresa é licenciada em Gestão pela Universidade Católica Portuguesa e possui uma Pós-Graduação em Gestão Fiscal pelo ISEG. Em 2010, foi considerada a melhor analista financeira em Portugal pelos IRG Awards. CV_TM

63 A EXPERIÊNCIA E QUALIDADE DA EQUIPA Biografias Paulo Boaventura Director Head of Corporate Finance Paulo Boaventura possui 11 anos de experiência em Banca de Investimento e 2 anos de Auditoria e Consultoria. Desde 2007 é responsável pela Equipa de Corporate Finance do Banif Banco de Investimento. Entre 2001 e 2006, trabalhou em Corporate Finance no Banco Efisa (Grupo BPN), tendo iniciado a sua carreira em 1998 na Arthur Andersen na divisão de Assurance & Business Advisory. Detém uma larga experiência na originação e execução de transacções de Corporate Finance (fusões, aquisições e vendas de empresas, angariações de capital, avaliações, privatizações) envolvendo entidades governamentais, empresas cotadas em bolsa e privadas (nacionais e internacionais), private equities, family offices, fundos de infra-estruturas, entre outros, em diversos sectores tal como energia, ambiente, infra-estruturas, financeiro, alimentar, saúde, retalho e construção. CV_PB

64 A EXPERIÊNCIA E QUALIDADE DA EQUIPA Biografias Tiago Santos Sub-Director Direcção de Structured Finance Tiago Santos tem ao longo da sua carreira participado em inúmeros mandatos de assessoria financeira ao sector público e privado em projectos de PPP em regime de Project Finance no sector rodoviário, aeroportuário, águas e saneamento básico, energia, hospitais, telecomunicações, entre outros. Anteriormente trabalhou no Banco Efisa como Assistente de Direcção na equipa de Project Finance onde se destacam as suas participações nas assessorias financeiras ao consórcio vencedor no PPP do SIRESP e ao sector público no âmbito das concessões rodoviárias da Grande Lisboa, ViaExpresso, ViaLitoral, Litoral Centro e Túnel do Marão. É actualmente Sub-Director na equipa de Structured Finance do Banif BI, participando activamente na assessoria financeira, estruturação e montagem de financiamentos de Project Finance e Acquisition Finance para empresas e projectos em diversos sectores.. Tiago Santos detém uma Licenciatura em Administração e Gestão de Empresas pela Universidade Católica Portuguesa. CV_TS

65 A EXPERIÊNCIA E QUALIDADE DA EQUIPA Biografias Duarte Delgado dos Santos Sub-Director Direcção de Structured Finance Duarte Santos tem ao longo da sua carreira participado em inúmeros mandatos de assessoria financeira e financiamentos ao sector privado em projectos de PPP em regime de Project Finance no sector rodoviário, águas e saneamento básico, energias renováveis, portuário e sistemas multimodais, entre outros. É desde 2008 Sub- Director na equipa de Structured Finance do Banif BI onde tem estado envolvido na assessoria a projectos de concessões e na montagem de financiamentos de Acquisition Finance. Anteriormente trabalhou no Caixa Banco de Investimento como Sub-Director na equipa de Project Finance. Anteriormente esteve 6 anos na área de Venture Capital / Private Equity no Caixa BI onde analisou e participou no apport de equity em diversos projectos de investimento, nomeadamente nos sectores da construção civil e obras públicas, de bens de grande consumo, energias renováveis, turismo, automóvel, telecomunicações e fundos de capital de risco.. Duarte Santos detém uma Pós-Graduação em Finanças pela Universidade Nova de Lisboa, uma Especialização em Corporate Finance pelo INDEG / ISCTE e uma Licenciatura em Gestão pela Instituto Superior de Gestão. CV_DS

66 A EXPERIÊNCIA E QUALIDADE DA EQUIPA Biografias José Gomes Director Head of Private Banking Licenciado em Economia pela Universidade Nova de Lisboa. Entre 1992 e 1994 desempenha funções de análise de projectos comunitários no ramo da consultadoria. Em 1994 ingressa no Banif Grupo Financeiro como Controller da Direcção de Rede de Agências tendo depois assumido o cargo de Assistente dessa mesma direcção. Posteriormente desempenhou funções na Direcção de Produtos de Investimento e na secção de Mercado de Capitais Fixed Income do Banif Banco de Investimento. Durante 4 anos desempenhou funções na Direcção Comercial da Banif Gestão de Activos com destaque para a área de formação e dinamização comercial dos Fundos de Investimento Banif, nas Redes Comerciais do Grupo Banif. Actualmente, e desde 2009, é Director de Private Banking no Banif Banco de Investimento. CV_JG

67 A EXPERIÊNCIA E QUALIDADE DA EQUIPA Biografias David Ribeiro Director Head of Private Banking Licenciado em Administração e Marketing pelo Instituto Português de Administração e Marketing. Iniciou, em 1990, o seu percurso profissional no Grupo Champalimaud onde, ao longo de seis anos, adquiriu uma vasta experiência na área de Gestão de Activos. Participou na reestruturação e implementação da área de Private Banking no grupo, acumulando várias funções entre as quais se destacam a Gestão de Patrimónios e a formação de toda a rede comercial do grupo na área de Fundos de Investimento a Norte do País. Em 1996 entra para o Banco Universo, onde participa no desenvolvimento e lançamento da instituição, desempenhando várias funções, designadamente, formação das equipas comerciais, desenvolvimento e implementação do manual de procedimentos, dos sistemas de informação e de informática. Foi também responsável da principal Loja Financeira do Banco. Em 1997 participa na abertura e lançamento do Banco Privado Português no norte do País, desempenhado entre várias funções a de Private Banker. Em 1999 integra a equipa responsável pela abertura e lançamento do Banco de Investimento Global no norte do País. No cargo de Sub-Director teve como principais responsabilidades a área de Private Banking, o desenvolvimento da primeira corretora online e a organização e comercialização de produtos estruturados. Em 2002 ingressa no Banif Banco de Investimento onde permanece actualmente. Enquanto Director de Private Banking foi responsável pela abertura e desenvolvimento da actividade da filial do Banco de Investimento a Norte do Pais. CV_DR

68 A EXPERIÊNCIA E QUALIDADE DA EQUIPA Biografias Susana Figueiredo Directora Head of Corporate Banking Susana Figueiredo possui mais de 15 anos de experiência em Banca de Investimento, tendo integrado a equipa do Banif Banco de Investimento em 2007 como Directora de Corporate Clients. Susana Figueiredo iniciou a sua carreira em 1997 no Banco Chemical Finance (Grupo Mundial Confiança) como analista de acções tendo participado em diversos IPO s e privatizações de empresas nacionais cotadas, nomeadamente, Cimpor, Brisa e Portucel. Em 1999 integrou a equipa fundadora do Banco de Investimento Global, onde exerceu funções como Subdirectora na área de Corporate Finance e participou em projectos de assessoria financeira a diversas empresas das quais se destacam a Galpenergia, Transgás, Delta, Cofina, Portuvinus, EasySoft, Mediafin e Finantel. Em 2003, passou a ser responsável pelo set-up de uma equipa comercial para o segmento de clientes Corporate e Institucional, tendo desenvolvido uma extensa experiência em derivados financeiros e emissões de obrigações corporate. Em Janeiro de 2007 integrou os quadros do Banif Banco de Investimento como Directora de Corporate Clients. Susana Figueiredo é licenciada em Administração e Gestão de Empresas pela Universidade Católica Portuguesa, e detém um MBA da mesma universidade. CV_SF

69 A EXPERIÊNCIA E QUALIDADE DA EQUIPA Biografias João Menéres Director Senior Manager - Corporate Clients Licenciado pela Faculdade de Economia da Universidade do Porto em 1989, conta com mais de 23 anos de experiência em merchant e investment banking, com enfoque na área de empresas mas também particulares. Em simultâneo leccionou, entre 1989 e 1993, na Faculdade de Economia da Universidade Portucalense e, entre 1993 e 1997, no Instituto de Estudos Superiores Financeiros e Fiscais.. Em 1992 fez uma pós-graduação em Gestão de Sistema Financeiro no IESF, em 1994 frequentou o curso de Derivative Markets no Swiss Bank Corporation e, em 1996, o curso de Corporate Financial Strategy in Global Markets, no Insead. No seu percurso profissional desempenhou funções nas áreas de Research, Block trading de acções, Asset management, Investment advisory, Asset backed finance, estruturação de operações de mercado de capitais, IPO s e privatizações, Corporate e Project Finance e M&A. Trabalhou na Socifa, de 1988 e 1993, Banco Finantia de 1993 a 1999 e no Central Banco de Investimento entre 1999 a Em 2006 ingressou no Banif Banco de Investimento, como Director de Corporate Clients, onde é responsável pelo relacionamento e desenvolvimento da actividade comercial do banco com as médias e grandes empresas no Norte do país. CV_JM

70 A EXPERIÊNCIA E QUALIDADE DA EQUIPA Biografias Cristina Freitas Directora Adjunta Head of Mid Cap Advisory Licenciada em Economia pela Universidade Católica em 1999, em Setembro do mesmo ano, ingressou na McKinsey & Company como Business Analyst. Recebeu o Prémio do Banco de Portugal e Prémio Democracia e Desenvolvimento em Em 2002 termina um MBA pela Universidade Nova de Lisboa e em Setembro ingressou na Direcção de Corporate Finance do Banif Investimento. Iniciou a sua carreira como Assistente do curso de Economia da Universidade Católica. Na Mckinsey participou em projectos de Consultoria Estratégica em diversos sectores - Telecomunicações, Banca, Saúde e Seguros - que envolviam, nomeadamente, a identificação e selecção de Investidores estratégicos nacionais e internacionais, a avaliação de negócios e a definição/redefinição de estratégia. No Banif Investimento é de salientar o seu envolvimento na assessoria ao Governo Regional dos Açores na privatização da EDA Electricidade dos Açores, na assessoria à RTP na alienação da sua participação na Sport TV, na assessoria ao Grupo Amorim na avaliação de participadas e no processo de Management Buy Out da CS Peças. Em 2004, integra a Direcção de Private Equity do Banif Investimento, onde participou na montagem de Fundos e na análise de oportunidades de investimento. Actualmente é responsável pela Direcção de PMEs/ Mid Cap Advisory do Banif Investimento. CV_CF

71 A EXPERIÊNCIA E QUALIDADE DA EQUIPA Biografias Armando Bandeira Director-Geral Banif Açor Pensões Desenvolve as funções de Director Geral da Banif Açor Pensões desde Junho de Iniciou a actividade profissional em 1978 com a gestão técnica progressiva dos seguros de vida, saúde e acidentes pessoais. Em 1991 passou a coordenar os serviços técnicos dos seguros de vida na Companhia de Seguros Mundial-Confiança, tendo assumido a direcção técnica do ramo vida e fundos de pensões em 1994, posteriormente alargada aos ramos saúde e acidentes Pessoais a partir de Em Dezembro de 1996, já na Companhia de Seguros Açoreana, assumiu a Direcção Geral dos Ramos Pessoais e Fundos de Pensões e participou no projecto de relançamento da seguradora no continente. Em Novembro de 1998 assumiu funções comerciais, tendo criado e coordenado a Direcção da Rede Comercial de Banca- Seguros do Grupo Banif. CV_AB

72 A EXPERIÊNCIA E QUALIDADE DA EQUIPA Biografias Helena Ravara Lima Head of Investment Products Development Licenciada em Gestão de Empresas e com Pós-Graduação em Gestão Industrial e Empresarial pelo ISCTE, possui 18 anos de experiência em banca de investimento, nomeadamente na área de Gestão de Activos com ênfase nas vertentes de Estruturação de Produtos, Marketing e Comercial. Iniciou actividade no BES Investimento, SA em Marketing e Relações Públicas. Em 1996 integrou os quadros da Finivalor, SGFIM, SA, constituindo a sociedade gestora e os primeiros fundos mobiliários e imobiliários do Finibanco, SA. Desempenhou funções na estratégia comercial, promoção de acções de marketing, implementação de campanhas de vendas, concepção de material suporte de apoio às vendas, formação e acompanhamento da rede comercial Finibanco na área de Fundos de Investimento. Ingressou no Banif Investimento, SA em 1999 enquanto responsável pelo Gabinete de Marketing e Imagem, tendo estado envolvida na definição da estratégia de Marketing e Política de Comunicação do Banco e das 5 Empresas Associadas e ainda no lançamento do Banco de Investimento em Desde 2002 tem vindo a exercer responsabilidades no relacionamento com a CMVM na gestão dos processos de autorização/alteração de Fundos de Investimento Mobiliário, Imobiliário e Fundos Alternativos assim como no zelo quanto aos conteúdos e cumprimento de normas e procedimentos internos nas ópticas produto/comercial/marketing, referente à área de Fundos de Investimento. Destacam-se de entre os fundos estruturados e lançados: o 1º Fundo Especial de Investimento e simultaneamente o 1º Fundo de Arte do mercado, o 1º Fundo multi-classe de activos, o 1º Fundo de Carbono privado em Portugal e o 1º Fundo regulado de Energias Renováveis do mercado português. CV_HL Desde Dezembro de 2009 é a responsável pela Direcção de Estruturação e Gestão de Produtos da Banif Gestão de Activos, SGFIM, SA.

73 A EXPERIÊNCIA E QUALIDADE DA EQUIPA Biografias Carlos Peixoto Direcção de Redes Comerciais Licenciado em História pela Universidade Autónoma de Lisboa, possui mais de 24 anos de experiencia no sector financeiro, Gestão de Activos, Banca de Investimento e Corretagem, actualmente é responsável pela Direcção de Redes Comerciais do Banif Banco de Investimentos. Entre 2005 e 2011 foi responsável pela Direcção de Clientes Particulares da Banif Gestão de Activos. De 2002 a 2005 foi responsável pelo Gabinete de Auditoria Interna do Banif Banco de Investimento. De 2000 a 2002 foi Administrador da Banif Ascor sendo responsável pelas Operações de Bolsa, relações com CMVM e BVLP. De 1994 a 2000 foi Director da Ascor Dealer. De 1992 a 1994 foi Trader da Totta Dealer. De 1990 a 1992 foi Trader da Ascor Dealer. Iniciou a sua carreira profissional em 1987, no Corretor de Bolsa Abílio Agostinho de Sousa. CV_CP

74 A EXPERIÊNCIA E QUALIDADE DA EQUIPA Biografias Nuno Belchior Director Adjunto Institutional Clients Department Licenciado em Gestão possui mais de 15 anos de experiência no sector financeiro, 13 dos quais ligados à área de gestão de activos com particular ênfase nas áreas de estruturação, marketing e comercial. Em Junho de 2006 inicia as suas funções na Banif Gestão de Activos, integrando a Direcção de Estruturação e Gestão de Produtos tendo mais tarde sido responsável pela Direcção de Clientes Institucionais. Participou na estruturação, promoção e comercialização de Fundos de Investimento Mobiliários, Imobiliários, Alternativos, Mandatos de Gestão e Aconselhamento a Clientes. Desde 2011 exerce funções na Direcção de Clientes Institucionais do Banif Banco de Investimento. Iniciou a sua carreira na Direcção de Marketing da ESAF Espírito Santo Activos Financeiros, tendo posteriormente passado pela BPI Gestão de Activos e pelo Banco BPI. CV_NB

75 A EXPERIÊNCIA E QUALIDADE DA EQUIPA Biografias António Ribeiro Filipe Director Direcção Institutional Clients Possui mais de 20 anos de experiência na Banca dos quais 10 anos na Banca de Investimento, sendo Director da Direcção de Instititional Clientes. Foi ainda no âmbito do Banif Banco de Investimento, responsável pela implementação e desenvolvimento da área de Private e Corporate Banking. Antes de ingressar no Banif Banco de Investimento, trabalhou no Finibanco, com responsável pela área de Grandes Clientes maioritariamente empresas. No BCP, onde esteve 9 anos, desenvolveu valências nas áreas de Estudos e Emissões do BCPI, na colocação de Obrigações de curto Prazo nos clientes Corporate. Passou também pela área de Private Banking na principal sucursal do Banco. Aqui teve contacto com os principais instrumentos financeiros existentes no mercado, assim como também, com as contas de maior relevo. Posteriormente transitou para a área de Corporate, onde possui uma extensa experiência na promoção e execução de transacções com empresas do tipo, Somague, EDIA Empresa de Desenvolvimento e Infra-estruturas do Alqueva, SA, Obriverca, Logoplaste, ACP, ITT, Milupa, Inapa,.. Detém uma licenciatura em Gestão de Empresas. CV_ARF

76 A EXPERIÊNCIA E QUALIDADE DA EQUIPA Biografias António Monteiro Director Head of Real Estate Finance Possui mais de 16 anos de experiência na Banca. Em 1995 ingressou no Banco Nacional Ultramarino, tendo desempenhado funções de Gerente nesta instituição, e posteriormente na Caixa Geral de Depósitos, e no Crédito Predial Português. No inicio de 2003 integrou a equipa de gestão de crédito imobiliário e fomento à construção do Banco SantanderTotta até 2008, data em que ingressou no Banif Banco de Investimento, onde actualmente desempenha a função de Director da Direcção de Real Estate Finance do Banif Banco de Investimento. Licenciado em Organização e Gestão de Empresas, pelo Instituto Superior de Ciências do Trabalho e da Empresa (ISCTE) em 1995, com MBA em Avaliação Imobiliária concluído em 2009 na Escola Superior de Actividades Imobiliárias. CV_AM

77 A EXPERIÊNCIA E QUALIDADE DA EQUIPA Biografias António Henriques Director Head of Operations Possui mais de 17 anos de experiência na Banca de Investimento, sendo actualmente Director de Operações do Banif Banco de Investimento e das suas Participadas. Antes de ingressar no Banif Banco de Investimento, trabalhou no Banco Comercial Português de Investimento como Director de Unidade Operacional das áreas de Securitização, Corretagem, ISDA e Conteúdos Financeiros. Possui uma extensa experiência de operações em Banca de Investimento e em Mercados Financeiros, de análise funcional e desenvolvimento de Sistemas de Informação e de coordenação de projectos. Detém um MBA com especialização em Gestão da Informação pela Universidade Aberta e é licenciado em Organização e Gestão de Empresas pela Universidade Moderna de Lisboa. CV_AH

78 A EXPERIÊNCIA E QUALIDADE DA EQUIPA Biografias Luís Filipe Gouveia Director Direcção Financeira Possui uma experiência bancária diversificada, tendo iniciado a sua carreira no Banco Espírito Santo em 1992, no Departamento Financeiro, onde ficou durante 8 anos, sendo responsável pela gestão de estruturas de desintermediação na área de renda fixa e derivados, tendo liderado projectos de cross-selling entre a área bancária e a de gestão de Fundos de Investimento e Seguradora Vida e Não vida do Grupo Espírito Santo. De 2003 a 2008 exerceu funções na área de Retalho do Banco Espírito Santo, tendo sido responsável comercial / balcões na Madeira e na área de Lisboa, tendo participado nos projectos de expansão da rede de balcões e na incorporação do BIC no BES. Entre 2009 e 2010 integrou o Departamento de Marketing de Empresas no BES, tendo participado na implementação da oferta do segmento PME com especial ênfase para as Linhas de Crédito bonificadas pelo Estado. Detém uma licenciatura em Economia pela Universidade Católica Portuguesa e frequentou o Curso de Mercados Financeiros da Solomon Brothers em CV_LFG

79 A EXPERIÊNCIA E QUALIDADE DA EQUIPA Biografias Luís Leite Director Direcção de Investimentos Imobiliários Possui mais de 24 anos de experiência em instituições do sector financeiro, nacionais e estrangeiras, desempenhando actualmente as funções de Director do Banif Banco de Investimento. Destacado para a Banif Gestão de Activos, é responsável pela gestão de Fundos de Investimento Imobiliário Fechados de Subscrição Particular. Antes de ingressar no Banif Banco de Investimento, integrou os quadros do Banco Comercial Português, do Banco Pinto & Sotto Mayor, da MC-Geste, Sociedade de Gestão de Patrimónios e da Morgan Stanley. Para além da actividade no sector financeiro, também desempenhou as funções de Director na ParaRede, S.A., onde foi responsável pela criação e desenvolvimento da Agência Financeira, e foi Administrador da Climax, S.A., com o pelouro financeiro e administrativo. Foi ainda Administrador de Insolvência, especialmente habilitado a praticar actos de gestão. Luís Correia Leite possui uma vasta experiência nas áreas de Private Banking e da Gestão de Patrimónios, em particular no domínio do private wealth management. Possui uma licenciatura em Direito pela Universidade Católica Portuguesa. CV_LL

80 A EXPERIÊNCIA E QUALIDADE DA EQUIPA Biografias Horácio Cruz Director Direcção de Investimentos Imobiliários Possui mais de 17 anos de experiência no sector imobiliário, tendo passado os últimos oito anos ligado à gestão de Fundos de Investimento Imobiliário. Actualmente é Director da Banif Gestão de Activos com responsabilidade pela coordenação entre as áreas de gestão imobiliária e as áreas financeira e administrativa dos Fundos de Investimento Imobiliário Banif Imopredial e Banif Imogest. Antes de ingressar na Banif Gestão de Activos integrou os quadros da BPN Imofundos, onde foi responsável pela área de investimentos imobiliários dos Fundos por ela geridos, desde a sua conceptualização, implementação e desenvolvimento até à gestão das carteiras dos Fundos. Para além da actividade no sector da gestão de Fundos de Investimento Imobiliário, foi Administrador da Listradema, com o pelouro dos investimentos imobiliários. Detém um MBA pela Faculdade de Economia da Universidade Nova de Lisboa, é licenciado em Engª Civil pelo Instituto Superior Técnico e frequentou o Programa Avançado de Gestão para a Banca (PAGEB) da Universidade Católica Portuguesa. CV_HC

81 A EXPERIÊNCIA E QUALIDADE DA EQUIPA Biografias Francisco Pires Marques Director Direcção de Investimentos Imobiliários Licenciado em Administração e Gestão de Empresas pela Universidade Católica Portuguesa, iniciou a sua carreira na Colliers P&I - Consultores Imobiliários no Departamento de Avaliações Imobiliárias e Estudos de Mercado. A sua actividade centrou-se na avaliação de importantes portfolios imobiliários e no desenvolvimento estratégico de projectos de promoção imobiliária. Em 2000 ingressou no Grupo Banif, integrando a equipa que desenvolveu, desde o inicio, a sociedade gestora de fundos de investimento imobiliário. Actualmente na Banif Gestão de Activos, as suas responsabilidades na direcção de investimentos imobiliários desenvolvem-se na área de gestão de investimentos imobiliários, destacando-se: (i) definição, negociação e execução das actividades de investimento e desinvestimento imobiliário dos Fundos/patrimónios sob gestão; (ii) comercialização de imóveis; (iii) estruturação de parcerias imobiliárias e gestão dos projectos de promoção imobiliária e seu out-put.. CV_FPM

82 A EXPERIÊNCIA E QUALIDADE DA EQUIPA Biografias Rui Vieira Director Adjunto Direcção de Investimentos Imobiliários Possui uma experiência de mais de 17 anos no sector imobiliário, tanto ao nível de avaliações imobiliárias, realização de estudos de mercado e desenvolvimento estratégico de projectos imobiliários, como ao nível da definição e coordenação de estratégias comerciais e promocionais de diversificados produtos imobiliários, e avaliação, montagem e gestão de negócios para Fundos de Investimento Imobiliários. Destaca-se a realização de operações de projectos imobiliários em Portugal, Espanha e Polónia e acompanhamento de actividade imobiliária no Brasil e EUA (2005 e 2006). Actualmente é Director-Adjunto da Banif Gestão de Activos, Direcção de Gestão de Investimentos Imobiliários. Anteriormente foi Director Comercial da Patente Imóvel, tendo iniciado a sua carreira na Colliers P&I, como Consultor e posteriormente Coordenador de Consultores Imobiliários. É licenciado em Organização e Gestão de Empresas pelo ISCTE Instituto Superior de Ciências do Trabalho e da Empresa. CV_RV

83 A EXPERIÊNCIA E QUALIDADE DA EQUIPA Biografias Catarina Pedrosa Directora Adjunta Banif Gestão de Activos (Brasil) S.A. Experiência no mercado de capitais há mais de 15 anos, tendo trabalhado principalmente como analista de investimentos tanto de buy side e de sell side. Iniciou a sua carreira como analista de commodities, tendo tido experiência como analista buy side na Exprinter International, na BMG Asset Management e na mesa de derivativos da Nomura Securities International, mesa especializada na América Latina. Também fez parte da equipe de Investment Banking da Nomura, na estruturação de produtos e analise de crédito. Foi chefe de análise sell side da Corretora do Banco Geral do Comércio (adquirido pelo Santander) e analista especialista do Banco BBVA (adquirido pelo Bradesco). Em 2004 juntou-se ao Banif Banco de Investimento como chefe da área de análise da corretora assumindo a área de gestão de recursos de terceiros em Formada em matemática pela PUC-SP tem especialização em finanças pela FGV-SP. CV_CP

84 A EXPERIÊNCIA E QUALIDADE DA EQUIPA Biografias Nuno Torcato Responsável por Corporate Finance e Structured Finance em Espanha Possui mais de 10 anos de experiência em Banca de Investimento e 1 ano de auditoria. Actualmente é responsável de Originação do Banif Banco de Investimento para as áreas de Corporate Finance e Structured Finance em Espanha. Durante a sua carreira participou em varias transacções de Fusões & Aquisições, Leveraged Finance e Project Finance abrangendo diversos sectores de actividade, tais como infra-estruturas, imobiliário, alimentação, energia e financeiro. Antes de incorporar o Grupo Banif foi Director Departamento de Investimentos da DTZ, Director Adjunto do Departamento de Corporate & Leveraged Finance do Banco Finantia e Manger do departamento de Corporate Finance da KPMG. CV_NT

BANIF - SGPS S.A. ASSEMBLEIA GERAL DE 14 DE OUTUBRO DE 2011 Alínea b) do n.º 1 do Art.º 289.º do CÓDIGO DAS SOCIEDADES COMERCIAIS

BANIF - SGPS S.A. ASSEMBLEIA GERAL DE 14 DE OUTUBRO DE 2011 Alínea b) do n.º 1 do Art.º 289.º do CÓDIGO DAS SOCIEDADES COMERCIAIS BANIF - SGPS S.A. Sociedade Aberta Matriculada na Conservatória do Registo Comercial do Funchal Sede Social: Rua de João Tavira, 30 9004 509 Funchal Capital Social: 570.000.000 Euros * Número único de

Leia mais

Espírito Santo Investment Bank Overview FIT FOR A NEW ERA

Espírito Santo Investment Bank Overview FIT FOR A NEW ERA Espírito Santo Investment Bank Overview FIT FOR A NEW ERA December 2011 Espírito Santo Investment Bank Somos: A unidade de Banca de Investimento do Grupo Banco Espírito Santo O Banco de Investimento de

Leia mais

MESA DA ASSEMBLEIA GERAL

MESA DA ASSEMBLEIA GERAL BANIF - SGPS, S.A. Sociedade Aberta Matriculada na Conservatória do Registo Comercial do Funchal Sede Social: Rua de João Tavira, 30 9004 509 Funchal Capital Social: 350.000.000 Euros * Número único de

Leia mais

1 do Art.º º 289.º º do CÓDIGO DAS SOCIEDADES COMERCIAIS MESA DA ASSEMBLEIA GERAL. Presidente: Prof. Doutor LUÍS MANUEL MOREIRA DE CAMPOS E CUNHA

1 do Art.º º 289.º º do CÓDIGO DAS SOCIEDADES COMERCIAIS MESA DA ASSEMBLEIA GERAL. Presidente: Prof. Doutor LUÍS MANUEL MOREIRA DE CAMPOS E CUNHA BANIF - SGPS S.A. Sociedade Aberta Matriculada na Conservatória do Registo Comercial do Funchal Sede Social: Rua de João Tavira, 30 9004 509 Funchal Capital Social: 570.000.000 Euros * Número único de

Leia mais

Reuters: BANIF.LS Bloomberg: BANIF PL ISIN: PTBAF0AM0002 www.banif.pt/investidores 1S2015 RESULTADOS CONSOLIDADOS. Informação não auditada.

Reuters: BANIF.LS Bloomberg: BANIF PL ISIN: PTBAF0AM0002 www.banif.pt/investidores 1S2015 RESULTADOS CONSOLIDADOS. Informação não auditada. Reuters: BANIF.LS Bloomberg: BANIF PL ISIN: PTBAF0AM0002 www.banif.pt/investidores 2015 1S2015 RESULTADOS CONSOLIDADOS Lisboa, 7 de Agosto de 2015 Informação não auditada. RESULTADOS CONSOLIDADOS: Janeiro

Leia mais

António Luís Guerra Nunes Mexia

António Luís Guerra Nunes Mexia António Luís Guerra Nunes Mexia É licenciado em Economia pela Universidade de Genebra, na Suíça (1980), onde exerceu o cargo de docente convidado no Departamento de Economia. Foi, igualmente, docente no

Leia mais

CURRICULUM VITAE. Licenciado em Economia pelo ISE Instituto Superior de Economia em 1978/79. MBA em Finanças pela Universidade Católica em 1995

CURRICULUM VITAE. Licenciado em Economia pelo ISE Instituto Superior de Economia em 1978/79. MBA em Finanças pela Universidade Católica em 1995 CURRICULUM VITAE Franquelim Fernando Garcia Alves Nascido em 16/11/1954, 2 filhas Licenciado em Economia pelo ISE Instituto Superior de Economia em 1978/79 Revisor Oficial de Contas em 1987 MBA em Finanças

Leia mais

FACTO RELEVANTE INFORMAÇÃO PRÉVIA RELATIVA À ACTIVIDADE E RESULTADOS OBTIDOS PELO GRUPO BANIF NO EXERCÍCIO DE 2005

FACTO RELEVANTE INFORMAÇÃO PRÉVIA RELATIVA À ACTIVIDADE E RESULTADOS OBTIDOS PELO GRUPO BANIF NO EXERCÍCIO DE 2005 BANIF S G P S, S.A. Sociedade com o capital aberto ao investimento do público Sede Social: Rua de João Tavira, 30 - Funchal Capital Social: 200.000.000 Euros Matrícula Nº 3658 Conservatória do Registo

Leia mais

MNF Gestão de Activos

MNF Gestão de Activos MNF Gestão de Activos BREVE RESUMO HISTÓRICO A MNF Gestão de Activos é detida em 80% pela MNF Capital, uma holding de investimentos constituída em 2003 e detida por mais de 70 accionistas. Os restantes

Leia mais

Relatório Estatístico Mensal

Relatório Estatístico Mensal Relatório Estatístico Mensal Fundos de Investimento Mobiliário Julho 2013 Sede: Rua Castilho, 44-2º 1250-071 Lisboa Telefone: 21 799 48 40 Fax: 21 799 48 42 e.mail: info@apfipp.pt home page: www.apfipp.pt

Leia mais

Apresentação da nova Equipa de Gestão. Lisboa, 4 Dezembro 2007

Apresentação da nova Equipa de Gestão. Lisboa, 4 Dezembro 2007 Apresentação da nova Equipa de Gestão Lisboa, 4 Dezembro 2007 Agenda 1. Enquadramento 2. Proposta de nova Equipa de Gestão 3. Outra informação relevante 4. Conclusão 2 Millennium bcp: 1985 2007 Da criação

Leia mais

S.A. e AFA SGPS, S.A. propõem a seguinte lista de membros para a Mesa da Assembleia Geral,

S.A. e AFA SGPS, S.A. propõem a seguinte lista de membros para a Mesa da Assembleia Geral, ASSEMBLEIA GERAL DE ACCIONISTAS BANIF BANCO INTERNACIONAL DO FUNCHAL, SA Reunião de 26 de Agosto de 2015 (Continuação da reunião iniciada em 29 de Maio de 2015) PONTO 6 DA ORDEM DO DIA Proceder à eleição

Leia mais

Proposta / Ponto 4. DOCUMENTOS PREPARATÓRIOS ASSEMBLEIA GERAL Porto 8 maio 2013. Exmo. Senhor. Presidente da Mesa da Assembleia Geral

Proposta / Ponto 4. DOCUMENTOS PREPARATÓRIOS ASSEMBLEIA GERAL Porto 8 maio 2013. Exmo. Senhor. Presidente da Mesa da Assembleia Geral DOCUMENTOS PREPARATÓRIOS ASSEMBLEIA GERAL Porto 8 maio 2013 Proposta / Ponto 4 Exmo. Senhor Presidente da Mesa da Assembleia Geral Grupo Soares da Costa, SGPS,S.A. Exmo. Senhor Presidente, Relativamente

Leia mais

FIT FOR A NEW ERA ECONOMIA DAS LÍNGUAS PORTUGUESA E ESPANHOLA LÍNGUA, COMÉRCIO EXTERNO E INVESTIMENTO ESTRANGEIRO PERSPECTIVAS EMPRESARIAIS

FIT FOR A NEW ERA ECONOMIA DAS LÍNGUAS PORTUGUESA E ESPANHOLA LÍNGUA, COMÉRCIO EXTERNO E INVESTIMENTO ESTRANGEIRO PERSPECTIVAS EMPRESARIAIS LÍNGUA, COMÉRCIO EXTERNO E Paternoster Square Londres ECONOMIA DAS LÍNGUAS PORTUGUESA E ESPANHOLA INVESTIMENTO ESTRANGEIRO PERSPECTIVAS EMPRESARIAIS Francisco Cary 19 de Maio de 2011 O Mercado dos Países

Leia mais

COMUNICADO 9M 2015 COMUNICADO 9M 2015. (Contas não auditadas)

COMUNICADO 9M 2015 COMUNICADO 9M 2015. (Contas não auditadas) COMUNICADO 9M 2015 (Contas não auditadas) 30 novembro 2015 1 1. EVOLUÇÃO DOS NEGÓCIOS 1.1. ÁREA FINANCEIRA A Área Financeira do Grupo concentra as atividades financeiras, incluindo a Orey Financial e as

Leia mais

COMUNICADO RESULTADOS TRIMESTRAIS (Não auditados) 28 de Maio de 2015

COMUNICADO RESULTADOS TRIMESTRAIS (Não auditados) 28 de Maio de 2015 COMUNICADO RESULTADOS TRIMESTRAIS (Não auditados) 28 de Maio de 2015 Sociedade Comercial Orey Antunes, S.A. Sociedade Aberta Rua Carlos Alberto da Mota Pinto, nº 17 6A, 1070-313 Lisboa Portugal Capital

Leia mais

Direcção de Redes Comerciais & Cross Selling Banif Euro Corporates

Direcção de Redes Comerciais & Cross Selling Banif Euro Corporates Direcção de Redes Comerciais & Cross Selling Banif Euro Corporates Fundo de Investimento Mobiliário Aberto de Obrigações Julho de 2014 Banif Euro Corporates porquê? Trata-se de um Fundo de obrigações maioritariamente

Leia mais

Apresentação a Empresas. (Sociedade registada na CMVM com o nº 340)

Apresentação a Empresas. (Sociedade registada na CMVM com o nº 340) Apresentação a Empresas (Sociedade registada na CMVM com o nº 340) AGENDA I. Equipa de Gestão II. Empresas e os desafios actuais III. Serviços especializados IV. Contactos 2 I. Equipa de Gestão Resumo

Leia mais

António Luis Guerra Nunes Mexia

António Luis Guerra Nunes Mexia António Luis Guerra Nunes Mexia É licenciado em Economia pela Universidade de Genebra, na Suíça (1980), onde exerceu o cargo de docente convidado no Departamento de Economia. Foi, igualmente, docente no

Leia mais

Portugal Telecom. Zeinal Bava CFO do Grupo Portugal Telecom. Governo das Sociedades e a Transparência das Empresas Cotadas

Portugal Telecom. Zeinal Bava CFO do Grupo Portugal Telecom. Governo das Sociedades e a Transparência das Empresas Cotadas Portugal Telecom Governo das Sociedades e a Transparência das Empresas Cotadas Zeinal Bava CFO do Grupo Portugal Telecom Lisboa, 12 de Dezembro de 2002 Estrutura do Grupo PT Comunicações PT Móveis PT Prime

Leia mais

FACTO RELEVANTE INFORMAÇÃO PRÉVIA RELATIVA À ACTIVIDADE E RESULTADOS OBTIDOS PELO GRUPO BANIF NO 1º SEMESTRE DE 2005

FACTO RELEVANTE INFORMAÇÃO PRÉVIA RELATIVA À ACTIVIDADE E RESULTADOS OBTIDOS PELO GRUPO BANIF NO 1º SEMESTRE DE 2005 Banif SGPS, SA Sociedade com o capital aberto ao investimento do público Sede Social: Rua de João Tavira, 30-9 000 Funchal Capital Social: 200.000.000 Euros - Pessoa Colectiva n.º 511 029 730 Matrícula

Leia mais

O Papel da Banca no Contexto da Internacionalização. Roadmap para a Internacionalização Castelo Branco 19.fevereiro.2015

O Papel da Banca no Contexto da Internacionalização. Roadmap para a Internacionalização Castelo Branco 19.fevereiro.2015 O Papel da Banca no Contexto da Internacionalização Roadmap para a Internacionalização Castelo Branco 19.fevereiro.2015 2 Desafios da internacionalização Desafios Língua e Cultura Hábitos e crenças diferentes

Leia mais

APRESENTAÇÃO DE RESULTADOS DO EXERCÍCIO DE 2008

APRESENTAÇÃO DE RESULTADOS DO EXERCÍCIO DE 2008 APRESENTAÇÃO DE RESULTADOS DO EXERCÍCIO DE 28 2 Resultados 28 Os resultados reportados reflectem a integração do Grupo Tecnidata a 1 de Outubro de 28, em seguimento da assinatura do contrato de aquisição

Leia mais

RESULTADOS CONSOLIDADOS

RESULTADOS CONSOLIDADOS 2012 RESULTADOS CONSOLIDADOS Lisboa, 8 de Fevereiro de 2013 A presente informação anual não foi sujeita a auditoria. Processo de Recapitalização A 31 de Dezembro de 2012 foi anunciada a aprovação por parte

Leia mais

Medidas de Rendibilidade e Risco

Medidas de Rendibilidade e Risco 30 de Setembro de 2014 Nº 118 Medidas de Rendibilidade e Risco Com a Colaboração da: FUNDOS DE INVESTIMENTO MOBILIÁRIO E FUNDOS DE PENSÕES ABERTOS 31 Agosto 2014 Classificações Número Montantes F.I.M.

Leia mais

ASSEMBLEIA GERAL ANUAL DE 30 DE MARÇO DE 2007. Alínea b) do nº 1 do Artº 289º do CÓDIGO DAS SOCIEDADES COMERCIAIS

ASSEMBLEIA GERAL ANUAL DE 30 DE MARÇO DE 2007. Alínea b) do nº 1 do Artº 289º do CÓDIGO DAS SOCIEDADES COMERCIAIS 1 BANIF - SGPS, SA Sociedade aberta * Sede Social: Rua de João Tavira, 30 9004-509 Funchal Capital Social: 250.000.000 Euros Número único de matrícula e Pessoa Colectiva nº 511 029 730 ASSEMBLEIA GERAL

Leia mais

RESULTADOS CONSOLIDADOS A 30 DE JUNHO DE 2005 1

RESULTADOS CONSOLIDADOS A 30 DE JUNHO DE 2005 1 COMUNICADO Página 1 / 9 RESULTADOS CONSOLIDADOS A 30 DE JUNHO DE 2005 1 09 de Setembro de 2005 (Os valores apresentados neste comunicado reportam-se ao primeiro semestre de 2005, a não ser quando especificado

Leia mais

Banif Investimento Moderado

Banif Investimento Moderado Banif Investimento Moderado Fundo de Investimento Mobiliário Janeiro de 2014 Enquadramento Macroeconómico Variação (%) Dezembro Desde o início do ano EUA (S&P 500) 2,4% 29,6% Japão (Nikkei) 4,0% 56,7%

Leia mais

COMUNICADO. O Santander Totta alcançou 271,1 milhões de euros de Resultado Líquido no final do primeiro semestre de 2007, uma subida de 28,1%.

COMUNICADO. O Santander Totta alcançou 271,1 milhões de euros de Resultado Líquido no final do primeiro semestre de 2007, uma subida de 28,1%. Santander Totta, SGPS, SA Sede: Rua do Ouro, 88 1100-061 Lisboa Capital Social: 1.508.794.421,25 Matriculado na Conservatória do Registo Comercial de Lisboa Sob o n.º 14.901 Pessoa Colectiva n.º 507 096

Leia mais

ESAF ESPÍRITO SANTO FUNDOS DE PENSÕES SOLUÇÕES DE REFORMA

ESAF ESPÍRITO SANTO FUNDOS DE PENSÕES SOLUÇÕES DE REFORMA ESAF ESPÍRITO SANTO FUNDOS DE PENSÕES SOLUÇÕES DE REFORMA F U N D O S M O B I L I Á R I O S G E S T Ã O D E P A T R I M Ó N I O S F U N D O S I M O B I L I Á R I O S F U N D O S D E P E N S Õ E S ESPECIALISTAS

Leia mais

Funções desempenhadas nos últimos cinco anos Vogal do Conselho de Administração e Presidente da Comissão Executiva

Funções desempenhadas nos últimos cinco anos Vogal do Conselho de Administração e Presidente da Comissão Executiva Anexo Informação sobre os membros propostos para o Conselho de Administração, em conformidade com o disposto na alínea d) do n.º 1 do art.º 289.º do Código das Sociedades Comerciais Eng. Diogo António

Leia mais

Mestrado EM bolsa e mercados financeiros

Mestrado EM bolsa e mercados financeiros Mestrado EM bolsa e mercados financeiros FORMEDIA Instituto Europeu de Empresários e Gestores FORMEDIA e INSTITUTO EUROPEO DE POSGRADO FORMEDIA - Instituto Europeu de Empresários e Gestores A FORMEDIA

Leia mais

Vogal do Conselho da Caixa Geral de Depósitos, S.A., desde 1 de Outubro de 2004.

Vogal do Conselho da Caixa Geral de Depósitos, S.A., desde 1 de Outubro de 2004. Norberto Emílio Sequeira da Rosa Currículo Data de Nascimento: 3 de Abril de 1955 Cargos que Exerce: Vogal do Conselho da Caixa Geral de Depósitos, S.A., desde 1 de Outubro de 2004. Membro não executivo

Leia mais

PRÉMIO EMPREENDEDORISMO INOVADOR NA DIÁSPORA PORTUGUESA

PRÉMIO EMPREENDEDORISMO INOVADOR NA DIÁSPORA PORTUGUESA PRÉMIO EMPREENDEDORISMO INOVADOR NA DIÁSPORA PORTUGUESA 2015 CONSTITUIÇÃO DO JÚRI Joaquim Sérvulo Rodrigues Membro da Direcção da COTEC Portugal, Presidente do Júri; Carlos Brazão Director Sénior de Vendas

Leia mais

COMUNICADO 1S 2015. COMUNICADO 1S 2015 (Contas não auditadas)

COMUNICADO 1S 2015. COMUNICADO 1S 2015 (Contas não auditadas) COMUNICADO 1S 2015 (Contas não auditadas) 31 agosto 2015 1. EVOLUÇÃO DOS NEGÓCIOS 1.1. ÁREA FINANCEIRA A Área Financeira do Grupo concentra as atividades financeiras, incluindo a Orey Financial, e as suas

Leia mais

SEMAPA SOCIEDADE DE INVESTIMENTO E GESTÃO, SGPS. S.A. ASSEMBLEIA GERAL DE 22 DE ABRIL DE 2010

SEMAPA SOCIEDADE DE INVESTIMENTO E GESTÃO, SGPS. S.A. ASSEMBLEIA GERAL DE 22 DE ABRIL DE 2010 SEMAPA SOCIEDADE DE INVESTIMENTO E GESTÃO, SGPS. S.A. ASSEMBLEIA GERAL DE 22 DE ABRIL DE 2010 PROPOSTA DO CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO RELATIVA À RATIFICAÇÃO DA ELEIÇÃO POR COOPTAÇÃO DO SENHOR DR. ANTÓNIO

Leia mais

Resultados consolidados do Banco BPI no 1.º semestre de 2011

Resultados consolidados do Banco BPI no 1.º semestre de 2011 www.ir.bpi.pt BANCO BPI, S.A. - Sociedade aberta Capital Social: 990 000 000 euros; Pessoa Colectiva n.º 501 214 534 Matrícula na Conservatória do Registo Comercial do Porto, sob o n.º 501 214 534 Sede:

Leia mais

Alternativas de Financiamento às empresas: O Caso do BNI. Tomás Matola Administrador Executivo

Alternativas de Financiamento às empresas: O Caso do BNI. Tomás Matola Administrador Executivo Alternativas de Financiamento às empresas: O Caso do BNI Tomás Matola Administrador Executivo Perfil da Apresentação O BNI, Visão, Missão, Valores, Objectivos e Capital Fontes de Financiamento do BNI BNI

Leia mais

Organização do Mercado de Capitais Português

Organização do Mercado de Capitais Português Instituto Superior de Economia e Gestão Organização do Mercado de Capitais Português Docente: Discentes : Prof. Dra. Raquel Gaspar Inês Santos João Encarnação Raquel Dias Ricardo Andrade Temas a abordar

Leia mais

Grant Thornton & Associados SROC, Lda. Apresentação da Firma

Grant Thornton & Associados SROC, Lda. Apresentação da Firma Grant Thornton & Associados SROC, Lda. Apresentação da Firma A nossa competência e experiência e a qualidade dos nossos serviços ao seu serviço A Grant Thornton assenta a sua estratégia no desenvolvimento

Leia mais

António Luís Guerra Nunes Mexia 54 anos. Licenciado em economia pela Universidade de Genebra (Suíça). Entre 1979 e 1981, António Mexia exerceu o cargo de professor convidado no Departamento de Economia

Leia mais

António Luís Guerra Nunes Mexia

António Luís Guerra Nunes Mexia António Luís Guerra Nunes Mexia 54 anos. Licenciado em economia pela Universidade de Genebra (Suíça). Entre 1979 e 1981, António Mexia exerceu o cargo de professor convidado no Departamento de Economia

Leia mais

MGI Internacional. Presença em mais de 80 países

MGI Internacional. Presença em mais de 80 países MGI Internacional Presença em mais de 80 países Presente em mais de 80 países e com mais de 280 escritórios em todos os Continentes, a MGI é uma das maiores associações internacionais de empresas independentes

Leia mais

Perspectivas de Financiamento através do Mercado de Capitais e Capital de Risco

Perspectivas de Financiamento através do Mercado de Capitais e Capital de Risco Perspectivas de Financiamento através do Mercado de Capitais e Capital de Risco Outubro 2013 Introdução As fortes restrições existentes em relação ao crédito bancário tradicional constituem um incentivo

Leia mais

Lusoflora 2015. Crédito Agrícola. Santarém, 27 de Fevereiro

Lusoflora 2015. Crédito Agrícola. Santarém, 27 de Fevereiro Lusoflora 2015 Crédito Agrícola Santarém, 27 de Fevereiro Agenda 1. Quem somos 2. Proposta Valor 3. Soluções Crédito Agrícola para EMPRESAS/ ENI 4. CA Seguros 2 Quem somos O Grupo Crédito Agrícola é um

Leia mais

ASSEMBLEIA GERAL DE 30 DE MAIO DE 2014 Alínea b) do n.º 1 do Art.º 289.º do CÓDIGO DAS SOCIEDADES COMERCIAIS MESA DA ASSEMBLEIA GERAL

ASSEMBLEIA GERAL DE 30 DE MAIO DE 2014 Alínea b) do n.º 1 do Art.º 289.º do CÓDIGO DAS SOCIEDADES COMERCIAIS MESA DA ASSEMBLEIA GERAL BANIF BANCO INTERNACIONAL DO FUNCHAL, S.A. Sociedade Aberta Matriculada na Conservatória do Registo Comercial do Funchal Sede social: Rua de João Tavira, n.º 30, 9004-509, Funchal Capital social: 1.582.195.220,43

Leia mais

A EMPRESA. A DRIVE Consultoria e Investimento, S.A. (DRIVE CI) dedica-se à prestação de serviços de gestão, em especial em

A EMPRESA. A DRIVE Consultoria e Investimento, S.A. (DRIVE CI) dedica-se à prestação de serviços de gestão, em especial em A EMPRESA A DRIVE Consultoria e Investimento, S.A. (DRIVE CI) dedica-se à prestação de serviços de gestão, em especial em áreas onde apresenta factores diferenciadores, como a representação em conselhos

Leia mais

Banking. Estudos de Remuneração 2012

Banking. Estudos de Remuneração 2012 Estudos de 2012 Estudos de Banking 2012 2 Nota preliminar pág. 3 Técnico de Tesouraria pág. 4 Banking Técnico de Controlo de Crédito pág. 5 Analista de Crédito Técnico de Back-Office Técnico de Derivados

Leia mais

Apresentação a Institucionais. (Sociedade registada na CMVM com o nº 340)

Apresentação a Institucionais. (Sociedade registada na CMVM com o nº 340) Apresentação a Institucionais (Sociedade registada na CMVM com o nº 340) AGENDA I. Equipa de Gestão II. Institucionais e o desafio da Liquidez III. Serviços especializados IV. Contactos 2 I. Equipa de

Leia mais

RESULTADOS CONSOLIDADOS

RESULTADOS CONSOLIDADOS Reuters: BANIF.LS Bloomberg: BANIF PL ISIN: PTBAF0AM0002 www.banif.pt/investidores 2014 RESULTADOS CONSOLIDADOS Lisboa, 28 de Fevereiro de 2015 Informação não auditada. RESULTADOS CONSOLIDADOS: Janeiro

Leia mais

Actively Investing and Managing Property in Iberia

Actively Investing and Managing Property in Iberia Actively Investing and Managing Property in Iberia 1 PT Management Fund Management Investment Equity Providers & Placement Agents Property Management IMORENDIMENTO Actively Investing and Managing Property

Leia mais

Informações Fundamentais Destinadas aos Investidores (IFI)

Informações Fundamentais Destinadas aos Investidores (IFI) Informações Fundamentais Destinadas aos Investidores (IFI) O presente documento fornece as informações fundamentais destinadas aos investidores sobre este Fundo. Não é material promocional. Estas informações

Leia mais

Banco Privado Português Projecto de Consolidação. Apresentação do Case Study Tiago Ferreira, BPP

Banco Privado Português Projecto de Consolidação. Apresentação do Case Study Tiago Ferreira, BPP Banco Privado Português Projecto de Consolidação Apresentação do Case Study Tiago Ferreira, BPP Agenda O Banco Privado Português O Desafio A selecção da Ferramenta O Projecto O Processo Implementado Benefícios

Leia mais

PME S QREN OPORTUNIDADE E DESAFIO

PME S QREN OPORTUNIDADE E DESAFIO PME S QREN OPORTUNIDADE E DESAFIO 1. Objectivo Estratégico : 1º. Banco das melhores PME Porto, 20 de Outubro de 2008 Luís Rego Direcção de Empresas Norte 1 2 Segmentação de Empresas Clientes e Redes Clientes

Leia mais

Fórum Exportador do CEDRAC O Montepio e a atividade exportadora. Roadmap para a Internacionalização Guimarães 12.junho.2015

Fórum Exportador do CEDRAC O Montepio e a atividade exportadora. Roadmap para a Internacionalização Guimarães 12.junho.2015 Fórum Exportador do CEDRAC O Montepio e a atividade exportadora Roadmap para a Internacionalização Guimarães 12.junho.2015 2 Montepio Parceiro no apoio à expansão do negócio das empresas Grupo Montepio

Leia mais

COMUNICADO Resultados Consolidados do BCP no segundo trimestre de 2003

COMUNICADO Resultados Consolidados do BCP no segundo trimestre de 2003 BANCO COMERCIAL PORTUGUÊS, S.A. Sociedade Aberta Sede: Praça D. João I, 28, Porto Mat. CRC do Porto: 40.043 NIPC: 501.525.882 Capital Social Registado: 3.257.400.827 Euros COMUNICADO Resultados Consolidados

Leia mais

REGULAMENTADO SESSÃO ESPECIAL DE MERCADO. Apuramento dos Resultados da Oferta Pública de Subscrição das OBRIGAÇÕES TAXA FIXA MOTA-ENGIL 2013/2016

REGULAMENTADO SESSÃO ESPECIAL DE MERCADO. Apuramento dos Resultados da Oferta Pública de Subscrição das OBRIGAÇÕES TAXA FIXA MOTA-ENGIL 2013/2016 SESSÃO ESPECIAL DE MERCADO REGULAMENTADO Apuramento dos Resultados da Oferta Pública de Subscrição das OBRIGAÇÕES TAXA FIXA MOTA-ENGIL 2013/2016 14 de Março de 2013 ENTIDADE OFERENTE OFERTA PÚBLICA DE

Leia mais

Sonae Sierra registou Resultado Líquido de 1,3 milhões no primeiro semestre

Sonae Sierra registou Resultado Líquido de 1,3 milhões no primeiro semestre Maia, 31 de Julho de 2008 Desempenho afectado por desvalorização dos activos ditada pelo mercado Sonae Sierra registou Resultado Líquido de 1,3 milhões no primeiro semestre Rendas cresceram 4,5% numa base

Leia mais

Apresentação Corporativa. Agosto 2011

Apresentação Corporativa. Agosto 2011 Apresentação Corporativa Agosto 2011 A CA Consult é a unidade de banca de negócios do Grupo Crédito Agrícola (GCA), um dos principais grupos bancários portugueses Posição financeira do Grupo Crédito Agrícola

Leia mais

VALORES MOBILIÁRIOS. Data de Entrada em vigor: 09-Mar-2015. Clientes Particulares e Empresas

VALORES MOBILIÁRIOS. Data de Entrada em vigor: 09-Mar-2015. Clientes Particulares e Empresas Data de Entrada em vigor: 09-Mar-2015 VALORES MOBILIÁRIOS Clientes Particulares e Empresas 21 FUNDOS DE INVESTIMENTO 21.1. Fundos Banif 21.2. Fundos de Terceiros Internacionais 22 TÍTULOS 22.1. Transacção

Leia mais

BANIF SGPS, SA RELATÓRIO SOBRE O GOVERNO DA SOCIEDADE

BANIF SGPS, SA RELATÓRIO SOBRE O GOVERNO DA SOCIEDADE BANIF SGPS, SA RELATÓRIO SOBRE O GOVERNO DA SOCIEDADE A informação que segue, relativa ao Governo da Sociedade, integra-se no disposto no Regulamento nº7/2001 da Comissão do Mercado de Valores Mobiliários.

Leia mais

apresentação corporativa

apresentação corporativa apresentação corporativa 2 Índice 1. Apresentação da BBS a) A empresa b) Evolução c) Valores d) Missão e Visão 2. Áreas de Negócio a) Estrutura de Serviços b) Accounting/Tax/Reporting c) Management & Consulting

Leia mais

Lucros do Grupo Santander Portugal crescem 27% em 2000

Lucros do Grupo Santander Portugal crescem 27% em 2000 BANCO TOTTA & AÇORES, S.A. Sociedade Aberta Sede: Rua Áurea, 88 1100-060 LISBOA Capital Social: 105.000.000.000$00 Matriculado na Conservatória do Registo Comercial de Lisboa sob o nº 1/881011 Contribuinte

Leia mais

Obrigações, Fundos Públicos e outros Valores Mobiliários de dívida. 0,5% (min. 7) 0,4% (min. 7) 0,035% (min. 7) > 25.000 e 100.000

Obrigações, Fundos Públicos e outros Valores Mobiliários de dívida. 0,5% (min. 7) 0,4% (min. 7) 0,035% (min. 7) > 25.000 e 100.000 VALORES MOBILIÁRIOS Na contratação de serviços de investimento em valores mobiliários, os investidores devem analisar atentamente o preçário para calcular os encargos totais previsíveis do investimento

Leia mais

EMPRESAS BRADESCO SEGUROS, PREVIDÊNCIA E CAPITALIZAÇÃO

EMPRESAS BRADESCO SEGUROS, PREVIDÊNCIA E CAPITALIZAÇÃO L2 0 0 6 R E L AT Ó R I O A N U A EMPRESAS BRADESCO SEGUROS, PREVIDÊNCIA E CAPITALIZAÇÃO Prêmio de Seguros Participação no Mercado (em %) Mercado 74,2% Fonte: Susep e ANS Base: Nov/2006 Bradesco 25,8%

Leia mais

MESTRADO EM ASSESSORIA FINANCEIRA

MESTRADO EM ASSESSORIA FINANCEIRA MESTRADO EM ASSESSORIA FINANCEIRA FORMEDIA Instituto Europeu de Empresários e Gestores FORMEDIA e INSTITUTO EUROPEO DE POSGRADO FORMEDIA - Instituto Europeu de Empresários e Gestores A FORMEDIA Instituto

Leia mais

As nossas acções Sonaecom

As nossas acções Sonaecom 3.0 As nossas acções Em 2009, as acções da Sonaecom registaram o segundo melhor desempenho do PSI-20, valorizando cerca de 92,2 %, o que constitui uma prova clara da nossa resiliência e um voto de confiança

Leia mais

Apresentação de Resultados 2009. 10 Março 2010

Apresentação de Resultados 2009. 10 Março 2010 Apresentação de Resultados 2009 10 Março 2010 Principais acontecimentos de 2009 Conclusão da integração das empresas adquiridas no final de 2008, Tecnidata e Roff Abertura de Centros de Serviços dedicados

Leia mais

INVESTIMENTO ACTIVO MAIS OBRIGAÇÕES

INVESTIMENTO ACTIVO MAIS OBRIGAÇÕES Breve Descrição do Produto O é um produto financeiro complexo composto por 50% do investimento num Depósito a Prazo a 180 dias, não renovável, com uma taxa de juro de 4% (TANB Taxa Anual Nominal Bruta),

Leia mais

O Sector Bancário Angolano. Fernando Costa Lima Luanda, 3 de Julho de 2012

O Sector Bancário Angolano. Fernando Costa Lima Luanda, 3 de Julho de 2012 O Sector Bancário Angolano Fernando Costa Lima Luanda, 3 de Julho de 2012 1 Julho de 2012 The big picture... 23 (2011) 47% (Abril 2012) 7 Bancos (#) Quota depósitos a ordem 21% Bancos Angolanos no Top

Leia mais

A INDÚSTRIA DA GESTÃO DE ACTIVOS 2002

A INDÚSTRIA DA GESTÃO DE ACTIVOS 2002 A INDÚSTRIA DA GESTÃO DE ACTIVOS 2002 ÍNDICE 1. Caracterização da Indústria de Gestão de Activos...pág. 01 2. Evolução da Indústria de Gestão de Activos...pág. 04 2.1 A Gestão Colectiva de Activos...pág.

Leia mais

BES AS APOIO FINANCEIRO BES AS FINANCEIR ÕES ÀS EMPRESAS FINANCEIR ÕES UÇ SOL

BES AS APOIO FINANCEIRO BES AS FINANCEIR ÕES ÀS EMPRESAS FINANCEIR ÕES UÇ SOL 38 PME Líder SOLUÇÕES FINANCEIRAS BES Helen King/CORBIS APOIO FINANCEIRO ÀS EMPRESAS O BES disponibiliza uma vasta oferta de produtos financeiros e serviços, posicionando-se como o verdadeiro parceiro

Leia mais

Nossa atuação. Absoluta Confidencialidade e Descrição

Nossa atuação. Absoluta Confidencialidade e Descrição Apresentação 2015 Nós somos uma empresa de Investimentos, desde 1989, serviços e produtos para a área financeira e um Banco de Negócios. Originalmente, nossas atividades estavam concentradas em produtos

Leia mais

Informações Fundamentais ao Investidor PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO

Informações Fundamentais ao Investidor PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO Informações Fundamentais ao Investidor PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO Um investimento responsável exige que conheça as suas implicações e que esteja disposto a aceitá-las. Designação: VICTORIA PPR Acções

Leia mais

Open Course: Techniques of Financial Engineering

Open Course: Techniques of Financial Engineering Open Course: Techniques of Financial Engineering Objectivos a atingir Delimitar os domínios da Gestão financeira a curto prazo da Gestão financeira a médio m e a longo prazo; Realçar ar a importância da

Leia mais

Comunicado Reuters>bcp.Is Exchange>MCP Bloomberg>bcp pl ISIN PTBCP0AM00007

Comunicado Reuters>bcp.Is Exchange>MCP Bloomberg>bcp pl ISIN PTBCP0AM00007 26 de Outubro de 2010 Actividade do Bank Millennium (Polónia) no 3º Trimestre de 2010 O Banco Comercial Português, S.A. informa que o Bank Millennium S.A. com sede em Varsóvia, Polónia, entidade na qual

Leia mais

Ou seja, na data de maturidade, o valor garantido por unidade de participação será aquele que resulta da aplicação da seguinte fórmula:

Ou seja, na data de maturidade, o valor garantido por unidade de participação será aquele que resulta da aplicação da seguinte fórmula: 1.Tipo e Duração 2.Entidade Gestora 3.Consultores de Fundo de Capital Garantido Aberto, constituído em Portugal. A sua constituição foi autorizada pela Comissão do Mercado de Valores Mobiliários, em 12/

Leia mais

Apresentação dos Resultados Click to edit Master title style

Apresentação dos Resultados Click to edit Master title style Apresentação dos Resultados Click to edit Master title style Seminário de Exportação para o Brasil Serviços Bancários à Exportação CGD Nuno Marques Direção Internacional de Negócio Lisboa, 21 Janeiro 2014

Leia mais

O Brasil Plural é um Grupo Financeiro fundado em 2009 que possui escritórios no Rio de Janeiro, São Paulo e Nova York. Nossos sócios possuem um amplo

O Brasil Plural é um Grupo Financeiro fundado em 2009 que possui escritórios no Rio de Janeiro, São Paulo e Nova York. Nossos sócios possuem um amplo O Brasil Plural é um Grupo Financeiro fundado em 2009 que possui escritórios no Rio de Janeiro, São Paulo e Nova York. Nossos sócios possuem um amplo histórico de sucesso no mercado de capitais brasileiro

Leia mais

SEMINÁRIO Exportar para o México

SEMINÁRIO Exportar para o México SEMINÁRIO Exportar para o México Gonçalo Gaspar Diretor Direção Internacional de Negócio da CGD Porto, 26 de Setembro de 2012 1 Índice México: relacionamento comercial com Portugal Grupo CGD: Presença

Leia mais

Conversa com alunos da disciplina. Engenharia de Software. das licenciaturas. Ciência de Computadores Eng. de Redes e Sistemas Informáticos

Conversa com alunos da disciplina. Engenharia de Software. das licenciaturas. Ciência de Computadores Eng. de Redes e Sistemas Informáticos Conversa com alunos da disciplina Engenharia de Software das licenciaturas Ciência de Computadores Eng. de Redes e Sistemas Informáticos da Fac. de Ciências da Universidade de Porto Porto, 12 de Dezembro

Leia mais

Departamento Fiscal - Portugal

Departamento Fiscal - Portugal Departamento Fiscal - Portugal Introdução A sociedade de advogados Uría Menéndez - Proença de Carvalho tem a sua origem no escritório fundado em Madrid nos anos quarenta pelo Professor Rodrigo Uría Gonzalez

Leia mais

Linha Específica para as Micro e Pequenas Empresas

Linha Específica para as Micro e Pequenas Empresas Linha de Crédito PME Investe III Linha Específica para as Micro e Pequenas Empresas Objectivos Esta Linha de Crédito, criada no âmbito da Linha PME Investe III, visa facilitar o acesso ao crédito por parte

Leia mais

CURRICULUM VITAE CARLOS DE LUCENA E VASCONCELLOS CRUZ

CURRICULUM VITAE CARLOS DE LUCENA E VASCONCELLOS CRUZ CURRICULUM VITAE CARLOS DE LUCENA E VASCONCELLOS CRUZ Abril 2006 DADOS PESSOAIS Carlos de Lucena e Vasconcellos Cruz Data de Nascimento: 12 Setembro 1957 Lisboa, Portugal Nacionalidade: Portuguesa Estado

Leia mais

Tendências na Europa. Melhorias de desempenho a curto-prazo, evidenciam recuperação dos níveis de rendibilidade da indústria.

Tendências na Europa. Melhorias de desempenho a curto-prazo, evidenciam recuperação dos níveis de rendibilidade da indústria. Maio 25 Tendências na Europa O investimento europeu em private equity aumenta 5% em 24. De acordo com os dados preliminares divulgados pela EVCA (os finais serão conhecidos em Junho), o investimento total

Leia mais

Perspectiva de um Emitente Soberano República de Portugal

Perspectiva de um Emitente Soberano República de Portugal Perspectiva de um Emitente Soberano República de Portugal 31 de Janeiro de 2011 Alberto Soares IDENTIDADE FUNDAMENTAL DA MACROECONOMIA ECONOMIA ABERTA Poupança Interna + Poupança Externa Captada = Investimento

Leia mais

2005 Corretora em Nova York. Diversificação do portfólio. 2007 Expansão em Investment Bank, Consignado e Cartões. Estrutura acionária 3

2005 Corretora em Nova York. Diversificação do portfólio. 2007 Expansão em Investment Bank, Consignado e Cartões. Estrutura acionária 3 VISÃO GERAL - 2T5 Histórico 99 Início das operações como banco múltiplo 2002 Agência em Nassau 2005 Corretora em Nova York 2009 Início da parceria estratégica com o Banco do Brasil 205 BV Promotora (Consignado

Leia mais

- PERFIL DO GRUPO - O Portfólio de negócios, obedece a um critério de maturidade e geração de valor, no qual o Grupo, concilia:

- PERFIL DO GRUPO - O Portfólio de negócios, obedece a um critério de maturidade e geração de valor, no qual o Grupo, concilia: GRUPO FERREIRA A GFH, é um Grupo sólido e inovador, detendo um curriculum de projectos de qualidade reconhecida, com um portfólio de negócios diversificado, e que aposta no processo de internacionalização,

Leia mais

Objectivos do Capítulo

Objectivos do Capítulo Objectivos do Capítulo Descrever a função de finanças da Multinacional e mostrar como se enquadra na estrutura organizacional das MNE s Mostrar como as empresas adquirem fundos externos para operações

Leia mais

Finanças Internacionais

Finanças Internacionais Universidade dos Açores Departamento de Economia e Gestão Mestrado em Ciências Empresariais Finanças Internacionais Ponta Delgada, Abril de 2009 Fernando José Rangel da Silva Melo Sumário 1 Gestão Financeira

Leia mais

Breve síntese sobre os mecanismos financeiros de apoio à internacionalização e cooperação

Breve síntese sobre os mecanismos financeiros de apoio à internacionalização e cooperação Breve síntese sobre os mecanismos financeiros de apoio à internacionalização e cooperação 1 Incentivos financeiros à internacionalização Em 2010 os incentivos financeiros à internacionalização, não considerando

Leia mais

SOLUÇÕES IBÉRICAS PARA EMPRESAS MARÇO 2014

SOLUÇÕES IBÉRICAS PARA EMPRESAS MARÇO 2014 MARÇO 2014 EM ESPANHA, COMO EM PORTUGAL BPI e CaixaBank desenvolveram, em parceria, as Soluções Ibéricas para Empresas, uma oferta inovadora de produtos e serviços para apoiar as empresas que operam no

Leia mais

Ciclo de Formações em Prestação de Contas

Ciclo de Formações em Prestação de Contas Ciclo de Formações em Prestação de Contas A prestação de informação financeira, exige uma constante actualização, quer gerada pela experiência prática de diferentes casos, cada vez mais complexos e não

Leia mais

Apoio à Internacionalização das Empresas

Apoio à Internacionalização das Empresas Apoio à Internacionalização das Empresas 26 de Novembro de 2009 Apoio à internacionalização das empresas Moçambique: Dados Gerais O Sector Financeiro em Moçambique O Grupo Caixa Geral de Depósitos Soluções

Leia mais

Soluções de Financiamento para a Internacionalização

Soluções de Financiamento para a Internacionalização Soluções de Financiamento para a Internacionalização por João Real Pereira Internacionalização para Moçambique Oportunidades e Financiamento 15 de Março de 2012 Braga Sumário 1. O que é a SOFID? Estrutura

Leia mais

Linha Específica para o Sector do Turismo

Linha Específica para o Sector do Turismo Linha de Crédito PME Investe III Linha Específica para o Sector do Turismo Objectivos Esta Linha de Crédito, criada no âmbito da Linha PME Investe III, visa facilitar o acesso ao crédito por parte das

Leia mais