Capítulo 6 - Servidor de (Sendmail)

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Capítulo 6 - Servidor de Email (Sendmail)"

Transcrição

1 Capítulo 6 - Servidor de (Sendmail) Introdução Sendmail surgiu como um pacote padrão para transferência de mensagens. Ele foi escrito por Eric Allman na Universidade da Califórnia em Berkeley. O Sendmail é o responsável por mais de 75% dos servidores de mensagens da Internet. Sendmail é a mais popular implementação baseada em UNIX da SMTP (Simple Mail Transfer Protocol) para transmissão de s. Este protocolo é o meio padrão estabelecido para transferência de mensagens através da Internet. Ao receber uma mensagem o Sendmail tenta entregar imediatamente a mensagem para o destinatário indicado e, caso o destinatário não esteja presente na rede naquele momento, ele enfileira as mensagens para posterior entrega. No entanto, como Sendmail não fornece facilidades de caixas de correios, um servidor POP ou IMAP é necessário para a tarefa de armazenar s. A maioria dos provedores de acesso fornecem ambas as opções: um servidor SMTP (utilizando o Sendmail) e um servidor POP ou IMAP. Usando as configurações demonstradas neste livro, pode-se criar um servidor de para escritórios e empresas independentes no número de caixa postais (mailbox), fazendo com que os usuários da rede possam trocar mensagens entre si utilizando qualquer software de (Outlook 98/2000/Express, Eudora, Netscape Messanger ou qualquer outro software de correio eletrônico que utilize o protocolo POP e IMAP). Instalação e Configuração Instalação Os seguintes pacotes relacionados devem estar instalados. - imap-4.4-5cl.i386.rpm ou posterior; - sendmail-cf cl.i386.rpm ou posterior; - m cl.i386.rpm ou posterior; - sendmail cl.i386.rpm ou posterior. Devemos estar logados como root e através dos comandos abaixo verificarmos se estes pacotes já se encontram instalados. rpm qa grep sendmail sendmail-cf cl rpm qa grep sendmail-cf sendmail-cf cl rpm qa grep imap imap-4.4-5cl

2 rpm qa grep m4 m cl Caso não sejam encontrados verifique o procedimento de instalação da sua distribuição Linux. Outra possibilidade de consulta poderá ser utilizando o próprio site do Sendmail, através do seguinte endereço eletrônico. Na instalação do servidor Linux descrito neste livro foi mencionada a instalação de todos os pacotes, devendo não necessitar do procedimento de instalação dos pacotes acima mencionados. Mas se forem necessários estes pacotes, poderão ser encontrados no CD de instalação (CD1) no diretório /conectiva/rpms. Configuração Agora edite o arquivo /etc/inetd.conf e encontre estas linhas: # Pop and imap mail services # #pop-2 stream tcp nowait root /usr/sbin/tcpd ipop2d #pop-3 stream tcp nowait root /usr/sbin/tcpd ipop3d #imap stream tcp nowait root /usr/sbin/tcpd imapd Retire a marca # da linha iniciada com pop-3 e imap, devendo ficar da seguinte forma: # Pop and imap mail services # #pop-2 stream tcp nowait root /usr/sbin/tcpd ipop2d pop-3 stream tcp nowait root /usr/sbin/tcpd ipop3d imap stream tcp nowait root /usr/sbin/tcpd imapd Salve o arquivo e iremos reiniciar o servidor INED através do seguinte comando: killall -HUP inetd Necessitamos criar o arquivo sendmail.cf com as configurações necessárias para o Sendmail funcionar e protegidas contra SPAM. Para isso vá ao diretório /usr/lib/sendmail-cf/cf/ e procure pelo arquivo connectiva.mc, encontrado o arquivo execute os seguintes comandos:

3 m4../m4/cf.m4 connectiva.mc>mail.cf cp /etc/sendmail.cf /etc/sendmail.cf.bak rm /etc/sendmail.cf cp mail.cf /etc/sendmail.cf /etc/rc.d/init.d/sendmail restart Caso o sendmail ninca fora configurado em seu servidor, estes comandos não são necessários. Agora iremos habilitar o sendmail para que inicie automaticamente nos nível 3 (inicialização em modo texto) e 5 (inicialização em modo gráfico) de execução. Utilizaremos a aplicativo ntsysc para isso. Rode o seguinte comando. ntsysv level 35 Selecione o serviço sendmail como mostrado abaixo, vá até o botão OK (através da tecla TAB) e tecle ENTER.

4 O arquivo do sendmail.cf já foi criado, todo usuário cadastrado no Linux tem automaticamente, há a possibilidade de criação de contas especiais somente para conta de . No conectiva Linux poderá ser criado esta conta através do Linuxconf, para outras distribuições verifique no manual específico da distribuição. Iremos configurar alguns arquivos utilizados pelo Sendmail para que o usuário possa usar o servidor de e- mail para enviar as mensagens. Desta forma iremos permitir que somente pessoas, domains ou IPs de nossa rede interna possam enviar , evitando que algum hacker ou usuário não autorizados utilizem este servidor de , para SPAM. SPAM significa enviar uma mensagem qualquer para uma grande quantidade de usuários, sem primeiro verificar a utilidade do conteúdo da mensagem para aqueles destinatários. Necessitamos agora editar o arquivo sendmail.cw. localizado no diretório /etc. Os espaços mostrados no arquivo abaixo são TABs. Inclua as seguintes linhas, conforme mostrado abaixo : # arquivo sendmail.cw inclua todos os apelidos ou dominios da sua empresa neste arquivo # suaempresa.com.br RELAY ---> Coloque o NomeDoSeuDominio advlinux.com.br RELAY Os campos estão configurados # RELAY ---> Coloque o IP da sua rede interna para a instalação demonstrada RELAY neste livro. localhost.localhost RELAY #fim da alteração Necessitamos agora editar/criar o arquivo relay-domains, localizado no diretório /etc/mail (caso o arquivo /etc/mail/relay-domains não exista deverá ser criado). Os espaços mostrados no arquivo abaixo são TABs. Inclua as seguintes linhas, conforme mostrado abaixo : # arquivo relay-domains # IPdasuaRedeInterna RELAY O campo esta configurados para a instalação demonstrada neste livro.

5 RELAY #fim da alteração Depois de criado o arquivo verifique se o arquivo relay-domanis tem a permissão 664, caso esta permissão esteja diferente, altere com o comando abaixo a permissão. chmod 644 relay-domanis Com a configuração acima somente endereço IP que comece com até utilizará o servidor de para RELAY, evitando assim que intrusos utilizem seu servidor para SPAM. Pode-se também usar endereço de qual se deseja bloquear. Para fazer isso, basta incluir o endereço de com o parâmetro DENY na frente dentro do arquivo relay-domains conforme exemplo abaixo : RELAY DENY Após ter configurado reinicie o Sendmail, através do seguinte comando: /etc/rc.d/init.d/sendmail restart Apelido e redirecionamento de caixas de correio É cada vez mais comum a utilização de apelidos (alias) em caixas postais, o apelido poderá ser utilizado de forma a encurta o nome do destinatário da caixa de correio, esconder o real nome do destinatário, utilizar o apelido de forma que a mensagem recebida possa ser reenviada para múltiplos destinatários. O arquivo /etc/mail/aliases é responsável pela configuração dos apelidos para o sistema de mensagem eletrônica ( ). As estruturas dos comandos dentro dos arquivos são: apelido ser direcionado para um único destinatário. apelido: destinatário Exemplo: A usuária Lucybel do departamento administrativo tem o nome de login l.linux, portanto o seu endereço de mail é l.linux, de forma a tornar mais amigável iremos colocar um apelido de Lucybel para o mail l.linux simplesmente incluindo a linha abaixo no arquivo aliases.

6 # insira o seguinte lina lucybel: l.linux # fim da inclusão Muitas vezes queremos que um departamento ou grupo de usuários receba determinada mensagem, sem ter necessidade de colocarmos todos os nomes dos destinatários. A estrutura deste comando no arquivo aliases será: nomedogrupo: usuário1,usuário2,usuário3 Exemplo: # criaremos um apelido chamado de admempresa de forma que todos os usuários da administração # recebam as mensagens. # Utilizarems os usuários cadastrados no nosso servidor advlinux # (vide capitulo 2 para ver a estrutura da empresa). admempresa: l.linux,a.linux,m.linux # fim da inclusão Para que mensagens enviadas para um determindo apelido sejam gravadas em arquivo, utilize a seguinte sintaxe. apelido: /diretório/nomedoarquivo Exemplo: pedidos: /opt/comercial/vendas/pedidos Caso necessite que através de uma mensagem enviada para um determinado apelido, este execute um programa, utilize a sintaxe. apelido: /diretório/arquivoexecutável Exemplo: executa: /usr/bin/dir Após qualquer modificação do arquivo aliases execute o comando abaixo, para que o Sendmail atualize sua base de dados, a fim de assumir a nova configuração.

7 newaliases Após execusão, serão mostrados algumas informações referente ao conteúdo do arquivo aliases. Teste do Anti-SPAM Devemos lembrar que para realização deste teste, o servidor deverá estar permanentemente conectado a Internet e com o domínio registrado. Caso contrário não há necessidade deste teste. Agora iremos verificar se a proteção Anti-SPAM configurada está funcionando corretamente. Se tudo estiver configurado conforme foi mostrado anteriormente, nosso servidor de correio eletrônico deverá recusar o SPAM, para testá-lo vá até o endereço eletrônico abaixo : Coloque o endereço do seu servidor de correio eletrônico conforme mostrado abaixo, para fazer um teste anti-spam, este é o resultado que deverá ser visto em. mail.advlinux.com.br E deverá voltar a seguinte resposta: Mail Relay Testing Mail Relay Testing Connecting to mail.brasillife.co.jp for anonymous test... <<< 220.advlinux.com.br ESMTP Sendmail 8.9.3/8.9.3; Sat, 16 Nov :41: >>> HELO mail-abuse.org <<< 250.advlinux.com.br Hello maps1.pa.vix.com [ ], pleased to meet you Relay test 1 <<< Sender ok >>> RCPT TO: <<< Relaying denied Relay test 2

8 <<< Domain name required Relay test 3 <> <<< 250 <>... Sender ok >>> RCPT TO: <<< Relaying denied Relay test 4 <<< Sender ok >>> RCPT TO: <<< Relaying denied Relay test 5 <<< Invalid host name Relay test 6 <<< Sender ok >>> RCPT TO: <<< Relaying denied Relay test 7 <<< Sender ok >>> RCPT TO: <<< Invalid host name Relay test 8

9 <<< Sender ok >>> RCPT <<< 550 Relaying denied Relay test 9 <<< Sender ok >>> RCPT TO:<"relaytest%mail-abuse.org"> <<< 550 <"relaytest%mail-abuse.org">... Relaying denied Relay test 10 <<< Sender ok >>> RCPT TO: <<< Relaying denied Relay test 11 <<< Sender ok >>> RCPT <<< 550 Relaying denied Relay test 12 <<< Sender ok >>> RCPT TO: <<< Invalid host name Relay test 13

10 <<< Sender ok >>> RCPT TO: <<< Relaying denied Relay test 14 <<< Sender ok >>> RCPT TO: <<< Invalid host name Relay test 15 <<< Sender ok >>> RCPT TO: <<< Relaying denied Relay test 16 <<< Sender ok >>> RCPT TO: <<< Relaying denied Relay test 17 <<< Sender ok >>> RCPT TO: <<< Invalid host name Relay test result All tests performed, no relays accepted. Configuração do nas Estações de Trabalho (Pegasus client)

11 Iremos abordar a instalação de um software de para a comunicação da nossa solução de correio eletrônico (Sendmail). Para esta solução utilizaremos o software Pegasus Mail, este foi desenvolvo por David Harris e apresenta excelentes qualidades, das quais destacamos : - cliente para servidores POP3, SMTP, IMAP,LPAD e PH; - suporta plataformas DOS, Windows9x, Windows NT, Windows 2000 e Windows 16bits (3.1 ou posterior); - suporta múltiplos usuários no mesmo computador; - suporta protocolo MIME; - cria múltiplos livros de endereços (addressbooks); - aceita adição de plugins; - extremamente ágil e configurável; - gratuito; - trabalha em rede. Para mais detalhes acesse o endereço eletrônico: Devido às características mencionas iremos utilizá-lo em nossa instalação, o software poderá ser encontrado no endereço acima para download. Outros softwares como OutLook 98/2000, Eudora, Netscape Messager poderão ser utilizados para esta finalidade, as configurações a serem utilizadas poderão ser extraídas do procedimento mostrado na instalação do software Pegasus. Após ter baixado o arquivo de instalação (para a versão Windows 32 bits o atual arquivo é win32-312c.exe), utilize um usuário do SAMBA com acesso de administrador no diretório /opt (direito 775 no diretório), rode o programa de instalação e será iniciada a instalação como mostra a figura abaixo.

12 Selecione o botão Next> para continuar a instalação. Observe que esta versão é compatível com Windows9x, Windows NT 4.0 e Windows 2000.

13 Após ter lido as informações importantes sobre as condições legais de uso deste software, selecione o botão Next>.

14 Este item é muito importante, deve ser instalo este software no diretório /opt/appl/pmail (na figura acima o driver K: represente o diretório /opt, para mais informações consulte capítulo sobre SAMBA) onde todos os aplicativos utilizados em nosso servidor estão instalados, serão então criado um diretório para uso de todos os usuários com direito ao acesso ao correio eletrônico (serão abordados mais detalhes no transcorrer deste capítulo). Depois de selecionado o diretório de instalação através do botão Browse, clique sobre o botão Next>. Selecione os itens acima mostrados e clique sobre o botão Next>.

15 Será criado um grupo no windows do computador o qual se iniciou a instalação, posteriormente nos outros computadores da rede será mostrado como criar um atalho na área de trabalho destes computadores, selecione o botão Next>.

16 Agora será iniciada cópia dos arquivos necessários à execução do software, clique sobre o botão Next>.

17 Após a conclusão, clique sobre o botão Finish e reinialise o computador. Após o reinicio do computador, selecione o programa Pegasus através do menu Iniciar-> Programas -> Pegasus for Win32. Iremos agora configurar uma conta de administrador do Pegasus, o administrador terá direitos de inclusão, alteração e configuração do software no acesso ao servidor de correio eletrônico (Sendmail). Não há limites no número de admistradores do software, mas deverá sempre ter cautela na escolha e no número de administradores. As contas dos administradores são configuradas da mesma forma que as contas de outros usuários, a única diferença será selecionar a opção de administrador no momento da criação da configuração no Pegasus. Copie o arquivo /etc/hosts do servidor Linux para o diretório /windows, este arquivo contem a relação entre nome do servidor e computadores conectados a rede com os respectivos números IP. # exemplo de um arquivo hosts advlinux.com.br pc1101 # fim do arquivo Administrador no Pegasus não tem direitos de administrador no Sendmail, desta forma poderá haver uma distribuição na administração da solução de correio eletrônico. Não ha restrição caso o usuário seja administrador de ambos os sistemas (Pegasus e Sendmail). Na primeira execução do programa será mostrada a tela abaixo, iniciando o processo de configuração do acesso aos arquivos e diretórios contendo os programas e diretórios do Pegasus.

18 Selecione o último Ícone, conforme mostrado na figura acima. De forma a facilitar a administração do sistema, selecione o mesmo diretório no qual foi instalado o programa Pegasus adicionando o diretório MAIL. No nosso caso deverá ser selecionado o diretório

19 /opt/appl/pmail/mail (não esqueça que o driver K: representa o diretório /opt no servidor Linux). Depois de configurado o path selecione o botão OK. O diretório configurado acima, conterá todas as mensagens das caixas postais dos usuários configurados no Pegasus. Certifique-se que o filesystem que contem este diretório, tem espaço suficiente para o armazenamento das mensagens. Este menu é utilizado para a criação de todos os usuário do Pegasus com diretos de acesso ao servidor de mensagens (Sendmail), iremos somente cadastrar o usuário administrador, para posteriormente cadastrarmos os outros usuários. Clique sobre o botão NEW e a janela abaixo será mostrada. Preencha o campo Username com o login do administrador do Pegasus (não deve ser usado o usuário root), no campo Personal name coloque o nome do usuário, assinale os itens Administrator privileges e Copy default mail messages como mostra a figura e clique sobre o botão OK.

20 Automaticamente a janela fechará e será mostrada a janela anterior com o username do usuário administrador, clique no botão Close e a seguinte tela será mostrada. Insira o username do usuário administrador e selecione o botão OK. Agora é iniciado o assistente de configuração, selecione o botão Next para prosseguir.

21 Complete este campo o endereço de completo (por exemplo Insira o nome do servidor POP3 (no nosso caso complete com advlinux.com.br) e clique no botão Next>.

22 Insira o nome do usuário, senha e clique no botão Next>. Estes campos deverão ser completados com as mesmas informações que o usuário utiliza para acessar o servidor Linux. Complete o campo com o nome do servidor SMTP, em nossa instalação deverá ser utilizado advlinux.com.br (este é o nome do servidor Linux onde esta rodando o Sendmail) e clique sobre o botão Next>.

23 Selecione o item Network (pois os computadores em conectados a uma rede local e não remotamente) e selecione Next>. Selecione Finish para finalizar a configuração. A figura abaixo mostra a tela principal do software Pegasus.

24 Administrando os usuários do Pegasus. A administração de usuários será realizada acessando o item User management, possibilitando a inclusão e remoção dos usuários. Atualiza o envio e recebimento de manualmente

25 Será mostrada ao administrador a tela abaixo. Esta janela dispensa comentários pois o processo já fora mostrado anteriormente.

26 Este é um exemplo de uma mensagem recebido pelo usuário. Para uma atualização automática do recebimento e envio de mensagens selecione no menu principal o item Tools->Internet options. Selecione a aba Receiving (POP3).

27 O item Check for new POP3 mail every deverá ser preenchido com valores ente 60 e 300 segundos, este valor depende do tráfego no rede, número de usuários do servido de e carga de trabalho no servidor Linux. Segurança de acesso as caixas postais De forma a delimitar acesso aos s iremos alterar os direitos dos arquivos do Pegasus. Para entender s as permissões dentro do Pegasus, deveremos entender como é a estrutura de diretórios usada, abaixo é mostrada e comentada essa estrutura.

28 /opt/appl Diretório de instalação de aplicativos /PMAIL Contem os arquivos executáveis e bibliotecas para uso no Pegasus /MAIL Estão localizadas todas as caixas postais. Lucybel Debora Cada diretório representa uma caixa postal e o nome deste diretório é o nome utilizado na configuração do usuário usuário Logado como root, altere as permissões do diretório e arquivos onde está instalado o Pegaus, para rwx para o usuário e grupo responsável pela administração do Pegausus e r_x para os demais grupos ou usuários. Desta forma iremos impedir que qualquer usuário possa alterar ou apagar qualquer arquivo importante para a execução e configuração do software. Exemplo: Em nosso sistema determinamos que o usuário adm01 é pertencente ao grupo root e será responsável pela administração. Para determinar as permissões proceda da seguinte maneira. Vá ao diretório /opt/appl e altere os direitos do diretório PMAIL e os arquivos contidos neste diretório. cd /opt/appl chmod 775 PMAIL chown adm01:root PMAIL cd PMAIL chmod 775 * chown adm01:root * Como cada subdiretório abaixo do diretório MAIL representa uma caixa postal, iremos dar direito de rwx para o usuário a qual pertence este diretório e grupo root, mas nenhum direito para os demais usuários ou grupos.

29 cd /opt/appl/pmail chmod 770 MAIL chown adm01:root MAIL cd MAIL chmod 770 l.linux chown l.linux:root Lucybel cd l.linux chmod 770 * chown l.linux:root * Lucybel representa o nome do usuário no Pegasus. l.linux representa o nome do usuário no Linux. Finalizado esta etapa, somente o usuário da caixa postal ou administradores do sistema terão acesso, impedindo assim que intrusos vasculhem s. Conclusões Escalabilidade: Em termos de envio do mail, pode haver um aumento de escalabilidade horizontal. Basta para isso aumentarmos o número de máquinas que podem enviar mail, teremos apenas que aplicar o load balancing de forma a haver sempre uma máquina diferente a responder a um pedido de envio de mail. Em termos de recepção as coisas já se complicam mais, a escalabilidade só pode ser aumentada a nível vertical, isto é, com o incremento de memória, CPU, discos rígidos, etc. Versatilidade: O Sendmail é utilizado em plataformas Linux e UNIX, assim as configurações aqui mostradas poderão ser migradas para outras plataformas com um índice de aproveitamento desta instalação elevada. Hoje o Sendmail esta presente num grande número de empresas e provedores internet, devido a sua portabilidade, confiabilidade e velocidade de excusão.

30

FERRAMENTAS DE EMAIL Usada para visualizar emails (correio eletrônico).

FERRAMENTAS DE EMAIL Usada para visualizar emails (correio eletrônico). FERRAMENTAS DE EMAIL Usada para visualizar emails (correio eletrônico). CLIENTE DE EMAIL - OUTLOOK (Microsoft Office). - Outlook Express (Windows). - Mozilla Thunderbird (Soft Livre). - Eudora. - IncredMail.

Leia mais

Transferência de arquivos (FTP)

Transferência de arquivos (FTP) Transferência de arquivos (FTP) Protocolo de transferência de arquivos (File Transfer Protocol) Descrito na RFC 959 Usa o TCP, a porta 21 (conexão de controle) e a porta 20 (conexão de dados) Em uma mesma

Leia mais

1 REQUISITOS BÁSICOS PARA INSTALAR O SMS PC REMOTO

1 REQUISITOS BÁSICOS PARA INSTALAR O SMS PC REMOTO 1 ÍNDICE 1 REQUISITOS BÁSICOS PARA INSTALAR O SMS PC REMOTO... 3 1.1 REQUISITOS BASICOS DE SOFTWARE... 3 1.2 REQUISITOS BASICOS DE HARDWARE... 3 2 EXECUTANDO O INSTALADOR... 3 2.1 PASSO 01... 3 2.2 PASSO

Leia mais

INSTALAÇÃO PRINTERTUX Tutorial

INSTALAÇÃO PRINTERTUX Tutorial INSTALAÇÃO PRINTERTUX Tutorial 2 1. O Sistema PrinterTux O Printertux é um sistema para gerenciamento e controle de impressões. O Produto consiste em uma interface web onde o administrador efetua o cadastro

Leia mais

Configuração de Digitalizar para E-mail

Configuração de Digitalizar para E-mail Guia de Configuração de Funções de Digitalização de Rede Rápida XE3024PT0-2 Este guia inclui instruções para: Configuração de Digitalizar para E-mail na página 1 Configuração de Digitalizar para caixa

Leia mais

Para começarmos as configurações, primeiramente vamos habilitar o DVR Veicular para o acesso. Clique em Menu e depois entre em Geral.

Para começarmos as configurações, primeiramente vamos habilitar o DVR Veicular para o acesso. Clique em Menu e depois entre em Geral. DVR Veicular Para começarmos as configurações, primeiramente vamos habilitar o DVR Veicular para o acesso. Clique em Menu e depois entre em Geral. Dentro do menu Geral, clique em rede, como mostra a figura.

Leia mais

Thunderbird 6.x. Preencha os campos da tela e clique em Continuar. Aguarde até o fim do processamento. Será apresentada a tela abaixo:

Thunderbird 6.x. Preencha os campos da tela e clique em Continuar. Aguarde até o fim do processamento. Será apresentada a tela abaixo: Thunderbird 6.x Data: 19/09/2011 Na tela principal, clique em Ferramentas e Configurar Contas Na parte inferior da tela, clique em Ações de contas e depois em Nova conta de email Preencha os campos da

Leia mais

Servidor de email VMware Zimbra

Servidor de email VMware Zimbra Servidor de email VMware Zimbra Instalação, Configuração e Administração Leandro Ferreira Canhada 1 1 Faculdade de Tecnologia SENAC Pelotas Rua Gonçalves Chaves, 602 96.015-560 Pelotas RS Brasil {leandrocanhada@gmail.com}

Leia mais

Índice INSTALAÇÃO DO SOFTWARE EM SISTEMAS WINDOWS...2 INSTALAÇÃO DO SOFTWARE EM SISTEMAS LINUX...3 TESTANDO A CONEXÃO DA REDE LOCAL...

Índice INSTALAÇÃO DO SOFTWARE EM SISTEMAS WINDOWS...2 INSTALAÇÃO DO SOFTWARE EM SISTEMAS LINUX...3 TESTANDO A CONEXÃO DA REDE LOCAL... Índice INSTALAÇÃO DO SOFTWARE EM SISTEMAS WINDOWS...2 INSTALAÇÃO DO SOFTWARE EM SISTEMAS LINUX...3 TESTANDO A CONEXÃO DA REDE LOCAL...4 Configurações iniciais...5 Arquivo sudoers no Sistema Operacional

Leia mais

Correio Eletrônico Outlook Express. Prof. Rafael www.facebook.com/rafampsilva rafampsilva@yahoo.com.br

Correio Eletrônico Outlook Express. Prof. Rafael www.facebook.com/rafampsilva rafampsilva@yahoo.com.br Correio Eletrônico Outlook Express Prof. Rafael www.facebook.com/rafampsilva rafampsilva@yahoo.com.br O Microsoft Outlook é o principal cliente de mensagens e colaboração para ajudá-lo a obter os melhores

Leia mais

Thunderbird 6.x. Aguarde até o fim do processamento. Será apresentada a tela abaixo: Selecione a opção POP3 e clique em Config manual.

Thunderbird 6.x. Aguarde até o fim do processamento. Será apresentada a tela abaixo: Selecione a opção POP3 e clique em Config manual. Thunderbird 6.x Data: 19/09/2011 Na tela principal, clique em Ferramentas e Configurar Contas Na parte inferior da tela, clique em Ações de contas e depois em Nova conta de email Preencha os campos da

Leia mais

Servidor de Correio Eletrônico Postfix

Servidor de Correio Eletrônico Postfix Servidor de Correio Eletrônico Postfix IFSC UNIDADE DE SÃO JOSÉ CURSO TÉCNICO SUBSEQUENTE DE TELECOMUNICAÇÕES! Prof. Tomás Grimm Protocolos de correio Protocolos de correio SMTP (Simple Mail Transfer Protocol)

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO DE SERVIÇOS PARA INTERNET ADMSI ENVIO DE E-MAILS - POSTFIX

ADMINISTRAÇÃO DE SERVIÇOS PARA INTERNET ADMSI ENVIO DE E-MAILS - POSTFIX ADMSI ADMINISTRAÇÃO DE SERVIÇOS PARA INTERNET ADMINISTRAÇÃO DE SERVIÇOS PARA INTERNET ADMSI ENVIO DE E-MAILS - POSTFIX ESCOLA SENAI SUIÇO BRASILEIRA ENVIO DE E-MAILS - POSTFIX OBJETIVOS: Ao final dessa

Leia mais

Utilizando o correio eletrônico da UFJF com Thunderbird e IMAP

Utilizando o correio eletrônico da UFJF com Thunderbird e IMAP Utilizando o correio eletrônico da UFJF com Thunderbird e IMAP O cliente de e-mail web utilizado pela UFJF é um projeto OpenSource que não é desenvolvido pela universidade. Por isso, pode ocorrer que alguns

Leia mais

Satélite. Manual de instalação e configuração. CENPECT Informática www.cenpect.com.br cenpect@cenpect.com.br

Satélite. Manual de instalação e configuração. CENPECT Informática www.cenpect.com.br cenpect@cenpect.com.br Satélite Manual de instalação e configuração CENPECT Informática www.cenpect.com.br cenpect@cenpect.com.br Índice Índice 1.Informações gerais 1.1.Sobre este manual 1.2.Visão geral do sistema 1.3.História

Leia mais

STK (Start Kit DARUMA) Conectando-se diretamente a sua aplicação via TS com o MT1000 Daruma

STK (Start Kit DARUMA) Conectando-se diretamente a sua aplicação via TS com o MT1000 Daruma STK (Start Kit DARUMA) Conectando-se diretamente a sua aplicação via TS com o MT1000 Daruma Neste STK apresentaremos como configurar seu servidor Windows 2008 R2 para abrir diretamente sua aplicação ao

Leia mais

Requisitos Mínimos para instalação do Antivírus McAfee

Requisitos Mínimos para instalação do Antivírus McAfee Requisitos Mínimos para instalação do Antivírus McAfee Requisitos Mínimos do computador: Microsoft Windows 2000 (32 bits) com Service Pack 4 (SP4) ou superior, Windows XP (32 bits) com Service Pack 1 (SP1)

Leia mais

MANUAL DO ADMINISTRADOR

MANUAL DO ADMINISTRADOR WinShare Proxy admin MANUAL DO ADMINISTRADOR Instalação do WinShare Índice 1. Instalação 2. Licenciamento 3. Atribuindo uma senha de acesso ao sistema. 4. Configurações de rede 5. Configurações do SMTP

Leia mais

SAD Gestor Gerenciador de Backup

SAD Gestor Gerenciador de Backup SAD Gestor Gerenciador de Backup treinamento@worksoft.inf.br SAD Gestor Gerenciador de Backup SAD Gerenciador de Backup Esse aplicativo foi desenvolvido para realizar cópias compactadas de bancos de dados

Leia mais

Procedimentos para Reinstalação do Sisloc

Procedimentos para Reinstalação do Sisloc Procedimentos para Reinstalação do Sisloc Sumário: 1. Informações Gerais... 3 2. Criação de backups importantes... 3 3. Reinstalação do Sisloc... 4 Passo a passo... 4 4. Instalação da base de dados Sisloc...

Leia mais

Redes de Computadores LFG TI

Redes de Computadores LFG TI Redes de Computadores LFG TI Prof. Bruno Guilhen Camada de Aplicação Fundamentos Fundamentos Trata os detalhes específicos de cada tipo de aplicação. Mensagens trocadas por cada tipo de aplicação definem

Leia mais

NETALARM GATEWAY Manual Usuário

NETALARM GATEWAY Manual Usuário NETALARM GATEWAY Manual Usuário 1 Índice 1. Introdução... 3 2. Requisitos de Instalação... 3 3. Instalação... 3 4. Iniciando o programa... 5 4.1. Aba Serial... 5 4.2. Aba TCP... 6 4.3. Aba Protocolo...

Leia mais

PARANÁ GOVERNO DO ESTADO

PARANÁ GOVERNO DO ESTADO PROTOCOLOS DA INTERNET FAMÍLIA TCP/IP INTRODUÇÃO É muito comum confundir o TCP/IP como um único protocolo, uma vez que, TCP e IP são dois protocolos distintos, ao mesmo tempo que, também os mais importantes

Leia mais

Procedimentos para Instalação do SISLOC

Procedimentos para Instalação do SISLOC Procedimentos para Instalação do SISLOC Sumário 1. Informações Gerais...3 2. Instalação do SISLOC...3 Passo a passo...3 3. Instalação da Base de Dados SISLOC... 11 Passo a passo... 11 4. Instalação de

Leia mais

NETALARM GATEWAY. Manual do Usuário

NETALARM GATEWAY. Manual do Usuário Índice 1. Introdução...3 2. Requisitos Mínimos de Instalação...3 3. Instalação...3 4. Inicialização do Programa...5 5. Abas de Configuração...6 5.1 Aba Serial...6 5.2 Aba TCP...7 5.2.1 Opções Cliente /

Leia mais

Orientações para o uso do Mozilla Thunderbird

Orientações para o uso do Mozilla Thunderbird Orientações para o uso do Mozilla Thunderbird Mozilla Thunderbird O Mozilla Thunderbird é um software livre feito para facilitar a leitura, o envio e o gerenciamento de e-mails. Índice Configurando o Mozilla

Leia mais

TECNOLOGIA WEB INTERNET PROTOCOLOS

TECNOLOGIA WEB INTERNET PROTOCOLOS INTERNET PROTOCOLOS 1 INTERNET Rede mundial de computadores. Também conhecida por Nuvem ou Teia. Uma rede que permite a comunicação de redes distintas entre os computadores conectados. Rede WAN Sistema

Leia mais

Guia de uso do Correio Eletrônico Versão 1.1

Guia de uso do Correio Eletrônico Versão 1.1 Guia de uso do Correio Eletrônico Versão 1.1 Índice Introdução ao Serviço de E-mail O que é um servidor de E-mail 3 Porque estamos migrando nosso serviço de correio eletrônico? 3 Vantagens de utilização

Leia mais

Configurando o Outlook Express - Passo a Passo

Configurando o Outlook Express - Passo a Passo Configurando o Outlook Express - Passo a Passo PASSO 1 Na "Barra de menus" do Outlook Express clique em "Ferramentas", depois em "Contas..." PASSO 2 Na janela "Contas na Internet", clique em "Adicionar",

Leia mais

Tecnólogo em Análise e Desenvolvimento de Sistemas

Tecnólogo em Análise e Desenvolvimento de Sistemas Tecnólogo em Análise e Desenvolvimento de Sistemas O conteúdo deste documento tem como objetivos geral introduzir conceitos mínimos sobre sistemas operacionais e máquinas virtuais para posteriormente utilizar

Leia mais

Manual Técnico BRMA BALANCE

Manual Técnico BRMA BALANCE B R M A B a l a n c e Manual Técnico BRMA BALANCE EMPRESA Atuando no segmento de comunicação de dados desde 1998, a BRconnection vem se destacando por desenvolver e disponibilizar ao mercado a solução

Leia mais

Manual de Instalação e Configuração do SQL Express

Manual de Instalação e Configuração do SQL Express Manual de Instalação e Configuração do SQL Express Data alteração: 19/07/11 Pré Requisitos: Acesse o seguinte endereço e faça o download gratuito do SQL SRVER EXPRESS, conforme a sua plataforma x32 ou

Leia mais

Como atualizar o arquivo de licença do HSC ISS Free

Como atualizar o arquivo de licença do HSC ISS Free Como atualizar o arquivo de licença do HSC ISS Free Introdução Após instalar a versão gratuita do HSC Internet Secure Suite (HSC ISS Free), o cliente adquiriu uma licença de uso Standard ou Enterprise

Leia mais

Disciplina de Redes de Computadores Estudo Dirigido para a Prova II Professor Dr Windson Viana de Carvalho

Disciplina de Redes de Computadores Estudo Dirigido para a Prova II Professor Dr Windson Viana de Carvalho Disciplina de Redes de Computadores Estudo Dirigido para a Prova II Professor Dr Windson Viana de Carvalho Obs: Não há necessidade de entregar a lista Questões do livro base (Kurose) Questões Problemas

Leia mais

Tutorial de Instalação do Software das Carteiras Informatizadas Oppitz

Tutorial de Instalação do Software das Carteiras Informatizadas Oppitz P á g i n a 1 Estado de Santa Catarina Secretaria de Estado da Educação Diretoria de Organização, Controle e Avaliação Gerência de Recursos Humanos Tecnologia Administrativa Rua Antônio Luz, 111 Centro

Leia mais

S I S T E M A I R I S. Alarmes e Gestão de Serviços. Versão

S I S T E M A I R I S. Alarmes e Gestão de Serviços. Versão S I S T E M A I R I S Alarmes e Gestão de Serviços Versão 5 MANUAL DO USUARIO S I S T E M A I R I S M O N I T O R A M E N T O E L E T R Ô N I C O D E A L A R M E S INSTALANDO O SISTEMA IRIS W. Security

Leia mais

O Protocolo SMTP. Configuração de servidor SMTP

O Protocolo SMTP. Configuração de servidor SMTP O Protocolo SMTP (Simple Mail Transfer Protocol, que se pode traduzir por Protocolo Simples de Transferência de Correio) é o protocolo standard que permite transferir o correio de um servidor a outro em

Leia mais

Manual de Instalação e Configuração para Revendedores e Assinantes Virtual Server.

Manual de Instalação e Configuração para Revendedores e Assinantes Virtual Server. Manual de Instalação e Configuração para Revendedores e Assinantes Virtual Server. Parte I Cadastrando Sites no painel de controle Parte II Criando E-mail Parte III Configurando o Outlook do Cliente Última

Leia mais

O que um Servidor Samba faz?

O que um Servidor Samba faz? O que é o Samba? O Samba é um "software servidor" para Linux (e outros sistemas baseados em Unix) que permite o gerenciamento e compartilhamento de recursos em redes formadas por computadores com o Windows

Leia mais

Tutorial para configurar o e-mail do IFSC usando o OUTLOOK EXPRESS

Tutorial para configurar o e-mail do IFSC usando o OUTLOOK EXPRESS Instituto de Física de São Carlos Seção Técnica de Informática Tutorial para configurar o e-mail do IFSC usando o OUTLOOK EXPRESS OBS: Este tutorial foi elaborado usando o Outlook Express, no entanto,

Leia mais

Configuração de Conta - Passo a Passo Outlook Express

Configuração de Conta - Passo a Passo Outlook Express Configuração de Conta - Passo a Passo Outlook Express Explicação do 1º PASSO Na "Barra de menus" do Outlook Express clique em "Ferramentas", depois em "Contas..." Explicação do 2º PASSO Abrirá a janela

Leia mais

Manual de Instalação ProJuris8

Manual de Instalação ProJuris8 Manual de Instalação ProJuris8 Sumário 1 - Requisitos para a Instalação... 3 2 - Instalação do Firebird.... 4 3 - Instalação do Aplicativo ProJuris 8.... 8 4 - Conexão com o banco de dados.... 12 5 - Ativação

Leia mais

Guia do Usuário do Avigilon Control Center Server

Guia do Usuário do Avigilon Control Center Server Guia do Usuário do Avigilon Control Center Server Versão 4.10 PDF-SERVER-D-Rev1_PT Copyright 2011 Avigilon. Todos os direitos reservados. As informações apresentadas estão sujeitas a modificação sem aviso

Leia mais

e-mails editores de e-mails Como configurar contas de nos principais Como configurar contas de e-mails nos principais editores de e-mails

e-mails editores de e-mails Como configurar contas de nos principais Como configurar contas de e-mails nos principais editores de e-mails Como configurar contas de e-mails nos principais editores de e-mails Podemos acessar nossos e-mails pelo webmail, que é um endereço na internet. Os domínios que hospedam com a W3alpha, acessam os e-mails

Leia mais

Companhia de Tecnologia da Informação do Estado de Minas Gerais - Prodemge. Manual do Usuário. Versão 1.1. ExpressoMG

Companhia de Tecnologia da Informação do Estado de Minas Gerais - Prodemge. Manual do Usuário. Versão 1.1. ExpressoMG Companhia de Tecnologia da Informação do Estado de Minas Gerais - Prodemge Manual do Usuário Versão 1.1 ExpressoMG 14/10/2015 Sumário 1. Apresentação... 4 1.1 Objetivos do Manual... 4 1.2 Público Alvo...

Leia mais

Tópicos Especiais em Redes de Computadores. Servidor de Correio Eletrônico (Sendmail) Professor: Alexssandro Cardoso Antunes

Tópicos Especiais em Redes de Computadores. Servidor de Correio Eletrônico (Sendmail) Professor: Alexssandro Cardoso Antunes Tópicos Especiais em Redes de Computadores Servidor de Correio Eletrônico (Sendmail) Professor: Alexssandro Cardoso Antunes Roteiro Objetivos Instalação (projetos envolvidos) Definições, Características

Leia mais

CONFIGURAÇÃO DO OUTLOOK EXPRESS

CONFIGURAÇÃO DO OUTLOOK EXPRESS CONFIGURAÇÃO DO OUTLOOK EXPRESS Antes de configurar o Outlook, é necessário fazer a instalação do certificado de segurança. Veja a seguir como fazer 1 Faça o download do arquivo: https://www.pae.sc.gov.br/down/caciasc.crt

Leia mais

Procedimentos para Instalação do Sisloc

Procedimentos para Instalação do Sisloc Procedimentos para Instalação do Sisloc Sumário: 1. Informações Gerais... 3 2. Instalação do Sisloc... 3 Passo a passo... 3 3. Instalação da base de dados Sisloc... 16 Passo a passo... 16 4. Instalação

Leia mais

11.2 EVENTOS... 31 11.3 PROCESSOS... 32 11.4 OFFICE... 32 11.5 TESTE DE AUTONOMIA... 33 11.6 HISTÓRICO... 33 12 CONFIGURAÇÕES... 34 12.1 GERAL...

11.2 EVENTOS... 31 11.3 PROCESSOS... 32 11.4 OFFICE... 32 11.5 TESTE DE AUTONOMIA... 33 11.6 HISTÓRICO... 33 12 CONFIGURAÇÕES... 34 12.1 GERAL... ÍNDICE 1 ANTES DE INSTALAR... 1 2 REQUISITOS BÁSICOS PARA INSTALAÇÃO DO SMS POWER VIEW... 1 2.1 REQUISITOS BASICOS DE SOFTWARE... 1 2.2 REQUISITOS BASICOS DE HARDWARE... 1 3 INSTALANDO O CABO DE COMUNICAÇÃO

Leia mais

É o UniNorte facilitando a vida de nossos docentes e discentes.

É o UniNorte facilitando a vida de nossos docentes e discentes. ACESSO REMOTO Através do Acesso Remoto o aluno ou professor poderá utilizar em qualquer computador que tenha acesso a internet todos os programas, recursos de rede e arquivos acadêmicos utilizados nos

Leia mais

Manual de Configuração do Alferes 7

Manual de Configuração do Alferes 7 DIRETORIA DE TECNOLOGIA E SISTEMAS CENTRO DE TECNOLOGIA EM SISTEMAS Manual de Configuração do Alferes 7 1 Sumário 1. Configurando o Alferes 7.0 na Rede...3 2. Senha de Root.... 4 3. Configurando o Alferes

Leia mais

Guia Rápido de Instalação

Guia Rápido de Instalação Guia Rápido de Instalação Conteúdo Passo 1 Download dos Arquivos de Instalação Passo 2 Tela de Boas Vindas Passo 3 Termos de Licença Passo 4 Local de Instalação Passo 5 Informações de Registro Passo 6

Leia mais

CRM MITIS GERAR SMP PELO ASSISTENTE

CRM MITIS GERAR SMP PELO ASSISTENTE CRM MITIS GERAR SMP PELO ASSISTENTE INFORMAÇÕES INICIAIS... 3 PÁGINA INICIAL-CADASTRO DE VISITAS... 3 AGENDA DE VISITAS JANELA PRINCIPAL... 3 CADASTRO DE VISITAS... 3 GERAR SMP PELO ASSISTENTE... 4 PREENCHIMENTO

Leia mais

Manual de Operação e Instalação do Sistema de Gravação Telefônica Rec All E1

Manual de Operação e Instalação do Sistema de Gravação Telefônica Rec All E1 Manual de Operação e Instalação do Sistema de Gravação Telefônica Rec All E1 1.0 Apresentação 2.0 O que é o produto? 3.0 Do que é composto? 4.0 Como funciona? 5.0 Instalando a interface do gravador Rec

Leia mais

Guia de Configuração das Funções de Digitalização

Guia de Configuração das Funções de Digitalização Guia de Configuração das Funções de Digitalização WorkCentre M123/M128 WorkCentre Pro 123/128 701P42171_pt-BR 2004. Todos os direitos reservados. A proteção de copyright aqui reclamada inclui todas as

Leia mais

Guia de configuração para liberar Portas no DSLink 260E para acesso via PPPoE Rev. 3.3

Guia de configuração para liberar Portas no DSLink 260E para acesso via PPPoE Rev. 3.3 Guia de configuração para liberar Portas no DSLink 260E para acesso via PPPoE Rev. 3.3 http://www.dslink.com.br/ Índice Como conectar o modem DSLink 260E ao meu computador?... 3 Configurando o modem como

Leia mais

Instalação e Configuração RPM Remote Print Manager para Windows 2000

Instalação e Configuração RPM Remote Print Manager para Windows 2000 Instalação e Configuração RPM Remote Print Manager para Windows 2000 Antes de iniciar a instalação do RPM Remote Print Manager parar Windows 2000, você necessita ter privilégios de "administrador" devido

Leia mais

Introdução. Caixa postal (mailbox) Componentes do sistema de correio eletrônico. Correio eletrônico (SMTP, POP e IMAP)

Introdução. Caixa postal (mailbox) Componentes do sistema de correio eletrônico. Correio eletrônico (SMTP, POP e IMAP) Introdução Inst tituto de Info ormátic ca - UF FRGS Rd Redes de Computadores td Correio eletrônico (, POP e IMAP) Aula 26 Correio eletrônico é uma das aplicações mais populares da Internet Originalmente

Leia mais

INTERNET -- NAVEGAÇÃO

INTERNET -- NAVEGAÇÃO Página 1 Acessando endereços simultaneamente Parte 2 Um recurso interessante e extremamente útil é o de abrir várias janelas ao mesmo tempo. Em cada janela você poderá acessar um endereço diferente na

Leia mais

Sistema de Instalação e Criação da Estrutura do Banco de Dados MANUAL DO INSTALADOR. Julho/2007. Ministério da saúde

Sistema de Instalação e Criação da Estrutura do Banco de Dados MANUAL DO INSTALADOR. Julho/2007. Ministério da saúde Sistema de Instalação e Criação da Estrutura do Banco de Dados MANUAL DO INSTALADOR Julho/2007 Ministério da saúde SUMÁRIO Módulo 1. Instalação... 4 Introdução... 4 Configurações de equipamentos para instalação

Leia mais

Servidor de E-mails e Protocolo SMTP. Professor: João Paulo de Brito Gonçalves Disciplina: Serviços de Redes

Servidor de E-mails e Protocolo SMTP. Professor: João Paulo de Brito Gonçalves Disciplina: Serviços de Redes Campus Cachoeiro Curso Técnico em Informática Servidor de E-mails e Protocolo SMTP Professor: João Paulo de Brito Gonçalves Disciplina: Serviços de Redes Definições Servidor de Mensagens Um servidor de

Leia mais

Introdução. Caixa postal (mailbox) Componentes do sistema de correio eletrônico. Correio eletrônico (SMTP, POP e IMAP)

Introdução. Caixa postal (mailbox) Componentes do sistema de correio eletrônico. Correio eletrônico (SMTP, POP e IMAP) Introdução Inst tituto de Info ormátic ca - UF FRGS Rd Redes de Computadores td Correio eletrônico (, POP e IMAP) Aula 26 Correio eletrônico é uma das aplicações mais populares da Internet Originalmente

Leia mais

Redes de Computadores I

Redes de Computadores I UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO SEMI-ÁRIDO DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS EXATAS E NATURAIS CURSO DE CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO Redes de Computadores I Nível de Aplicação ( & ) Prof. Helcio Wagner da Silva. p.1/27

Leia mais

WinGate - Passo a passo

WinGate - Passo a passo WinGate - Passo a passo Configurando os Computadores de sua rede Nesta etapa, mostraremos como preparar os computadores de sua rede para a instalação do WinGate. 1ª Parte É necessário que os computadores

Leia mais

Manual do usuário. isic 5 - Windows Phone

Manual do usuário. isic 5 - Windows Phone Manual do usuário isic 5 - Windows Phone 1. Informações para o usuário Este manual irá auxiliá-lo na instalação e utilização do software para visualização das imagens dos DVRs e Câmera Speed Dome IP da

Leia mais

Manual de configurações do Conectividade Social Empregador

Manual de configurações do Conectividade Social Empregador Manual de configurações do Conectividade Social Empregador Índice 1. Condições para acesso 2 2. Requisitos para conexão 2 3. Pré-requisitos para utilização do Applet Java com Internet Explorer versão 5.01

Leia mais

MA001. 01 de 28. Responsável. Revisão Q de 26/06/2015. Cantú & Stange Software. Página

MA001. 01 de 28. Responsável. Revisão Q de 26/06/2015. Cantú & Stange Software. Página Manual de instalação do Zada 5 MA001 Responsável Revisão Q de 26/06/2015 FL Página 01 de 28 Página 1 de 33 Revisão Q de 26/06/2015 MA001 Responsável: FL Manual de instalação do Zada 5 Este manual consiste

Leia mais

Guia de Prática. Windows 7 Ubuntu 12.04

Guia de Prática. Windows 7 Ubuntu 12.04 Guia de Prática Windows 7 Ubuntu 12.04 Virtual Box e suas interfaces de rede Temos 04 interfaces de rede Cada interface pode operar nos modos: NÃO CONECTADO, que representa o cabo de rede desconectado.

Leia mais

Controlando o tráfego de saída no firewall Netdeep

Controlando o tráfego de saída no firewall Netdeep Controlando o tráfego de saída no firewall Netdeep 1. Introdução Firewall é um quesito de segurança com cada vez mais importância no mundo da computação. À medida que o uso de informações e sistemas é

Leia mais

GUIA DE INSTALAÇÃO NETDEEP SECURE COM VMWARE WORKSTATION

GUIA DE INSTALAÇÃO NETDEEP SECURE COM VMWARE WORKSTATION GUIA DE INSTALAÇÃO NETDEEP SECURE COM VMWARE WORKSTATION GUIA DE INSTALAÇÃO NETDEEP SECURE COM VMWARE WORKSTATION 1- Visão Geral Neste manual você aprenderá a instalar e fazer a configuração inicial do

Leia mais

Manual de Instalação e Configuração do Sistema Cali LAB View

Manual de Instalação e Configuração do Sistema Cali LAB View Manual de Instalação e Configuração do Sistema Cali LAB View www.cali.com.br - Manual de Instalação e Configuração do Sistema Cali LAB View - Página 1 de 29 Índice INSTALAÇÃO E CONFIGURAÇÃO (FIREBIRD E

Leia mais

Manual de Instalação da VPN

Manual de Instalação da VPN Manual de Instalação da VPN Windows Vista e Windows 7 Sumário: Manual de instalação da VPN 1. OBJETIVO... 3 2. EFETUANDO O DOWNLOAD DO INSTALADOR DA VPN... 3 3. INSTALANDO A VPN... 6 4. CONFIGURANDO A

Leia mais

O RVSToolKit é uma ferramenta que permite a configuração dos parâmetros do Rastrear Light utilizando uma porta serial do computador.

O RVSToolKit é uma ferramenta que permite a configuração dos parâmetros do Rastrear Light utilizando uma porta serial do computador. 1 ÍNDICE Introdução... 2 Instalação RVSToolKit... 3 Acessando o RVSToolKit... 4 Acesso ao modo de alteração de dados... 6 Opções do RVSToolKit... 7 1 INTRODUÇÃO 1.1 FERRAMENTO RVSTOOLKIT O RVSToolKit é

Leia mais

Universidade Federal do Rio Grande do Norte

Universidade Federal do Rio Grande do Norte Universidade Federal do Rio Grande do Norte Redes de Computadores - Camada de Aplicação Curso de Engenharia de Software Prof. Marcos Cesar Madruga/Thiago P. da Silva Material basedado em [Kurose&Ross 2009]

Leia mais

Procedimento para instalação do OMNE-Smartweb em Raio-X

Procedimento para instalação do OMNE-Smartweb em Raio-X Procedimento para instalação do OMNE-Smartweb em Raio-X A primeira coisa a analisarmos é onde ficará posicionado o servidor de Raio-x na rede do cliente, abaixo será colocado três situações básicas e comuns

Leia mais

Manual. Configuração do. Samba. Compartilhamento e Servidor Samba Linux. Produzido por: Sergio Graças Desenvolvedor do Projeto GNU/Linux VRlivre

Manual. Configuração do. Samba. Compartilhamento e Servidor Samba Linux. Produzido por: Sergio Graças Desenvolvedor do Projeto GNU/Linux VRlivre Manual Configuração do Samba Compartilhamento e Servidor Samba Linux Produzido por: Sergio Graças Desenvolvedor do Projeto GNU/Linux VRlivre Manual Configuração do Samba Compartilhamento e Servidor Samba

Leia mais

Manual de Usuário do UnB Webmail Destinado aos usuários de e-mail da Universidade de Brasília MODO DINÂMICO

Manual de Usuário do UnB Webmail Destinado aos usuários de e-mail da Universidade de Brasília MODO DINÂMICO Destinado aos usuários de e-mail da Universidade de Brasília MODO DINÂMICO Elaboração: Equipe de Suporte Avançado do CPD SA/SRS/CPD/UnB suporte@unb.br Universidade de Brasília Brasília / 2014 Resumo A

Leia mais

Congurar Sendmail. Antonio De Sousa Pedro Ramos

Congurar Sendmail. Antonio De Sousa Pedro Ramos Congurar Sendmail Antonio De Sousa Pedro Ramos 12 de Janeiro de 2003 Conteúdo 1 Introdução 2 2 Requisitos 3 3 Manual do Utilizador 4 3.1 Preparativos............................ 4 3.2 Vericar a instalação

Leia mais

Equipa de Informática. E-mail

Equipa de Informática. E-mail Equipa de Informática E-mail Conteúdo - Serviço de Email Página a. E-mail ESEL (utilizador@esel.pt) i. Outlook. Computadores da ESEL.... Computadores fora da ESEL..6. Enviar um E-mail pesquisando um contacto

Leia mais

Manual do Teclado de Satisfação Local Versão 1.2.2

Manual do Teclado de Satisfação Local Versão 1.2.2 Manual do Teclado de Satisfação Local Versão 1.2.2 18 de fevereiro de 2015 Departamento de Engenharia de Produto (DENP) SEAT Sistemas Eletrônicos de Atendimento 1. Introdução O Teclado de Satisfação é

Leia mais

ManualdeInstalação. Win

ManualdeInstalação. Win ManualdeInstalação 10100101010 101010101010101010101 1100110101100101101010001011 + 55 (61) 3037-5111 suporte@thinnet.com.br www.thinnet.com.br Skype: thinnetworks Skype2: thinnetworks1 SAAN Quadra 2 Número

Leia mais

Portaria Express 3.0

Portaria Express 3.0 Portaria Express 3.0 A portaria do seu condomínio mais segura e eficiente. Com a preocupação cada vez mais necessária de segurança nos condomínio e empresas, investe-se muito em segurança. Câmeras, cercas,

Leia mais

O programa Mysql acompanha o pacote de instalação padrão e será instalado juntamente com a execução do instalador.

O programa Mysql acompanha o pacote de instalação padrão e será instalado juntamente com a execução do instalador. - INTRODUÇÃO O Programa pode ser instalado em qualquer equipamento que utilize o sistema operacional Windows 95 ou superior, e seu banco de dados foi desenvolvido em MySQL, sendo necessário sua pré-instalação

Leia mais

SMTP, POP, IMAP, DHCP e SNMP. Professor Leonardo Larback

SMTP, POP, IMAP, DHCP e SNMP. Professor Leonardo Larback SMTP, POP, IMAP, DHCP e SNMP Professor Leonardo Larback Protocolo SMTP O SMTP (Simple Mail Transfer Protocol) é utilizado no sistema de correio eletrônico da Internet. Utiliza o protocolo TCP na camada

Leia mais

GUIA DE INSTALAÇÃO NETDEEP SECURE COM VIRTUAL BOX

GUIA DE INSTALAÇÃO NETDEEP SECURE COM VIRTUAL BOX GUIA DE INSTALAÇÃO NETDEEP SECURE COM VIRTUAL BOX NETDEEP SECURE COM VIRTUAL BOX 1- Visão Geral Neste manual você aprenderá a instalar e fazer a configuração inicial do seu firewall Netdeep Secure em um

Leia mais

Data: 22 de junho de 2004. E-mail: ana@lzt.com.br

Data: 22 de junho de 2004. E-mail: ana@lzt.com.br Data: 22 de junho de 2004. E-mail: ana@lzt.com.br Manual do Suporte LZT LZT Soluções em Informática Sumário VPN...3 O que é VPN...3 Configurando a VPN...3 Conectando a VPN... 14 Possíveis erros...16 Desconectando

Leia mais

Obs: É necessário utilizar um computador com sistema operacional Windows 7.

Obs: É necessário utilizar um computador com sistema operacional Windows 7. Instalando os Pré-Requisitos Os arquivos dos 'Pré-Requisitos' estão localizados na pasta Pré-Requisitos do CD HyTracks que você recebeu. Os arquivos também podem ser encontrados no servidor. (www.hytracks.com.br/pre-requisitos.zip).

Leia mais

SCPIWeb. SCPIWebDespRec Aplicação Web para Consulta de Despesas e Receitas ( Lei Complementar nº 131 de 27 Maio de 2009 )

SCPIWeb. SCPIWebDespRec Aplicação Web para Consulta de Despesas e Receitas ( Lei Complementar nº 131 de 27 Maio de 2009 ) 2010 SCPIWebDespRec Aplicação Web para Consulta de Despesas e Receitas ( Lei Complementar nº 131 de 27 Maio de 2009 ) SCPIWebCotacao Aplicação Web para Cotação de Preços via Internet Resumo de Instruções

Leia mais

Agente local Aranda GNU/Linux. [Manual Instalación] Todos los derechos reservados Aranda Software www.arandasoft.com [1]

Agente local Aranda GNU/Linux. [Manual Instalación] Todos los derechos reservados Aranda Software www.arandasoft.com [1] Todos los derechos reservados Aranda Software www.arandasoft.com [1] Introdução O Agente Aranda para sistemas Linux se encarrega de coletar as seguintes informações em cada uma das estações de trabalho

Leia mais

MANUAL PARA USO DO SISTEMA GCO Gerenciador Clínico Odontológico

MANUAL PARA USO DO SISTEMA GCO Gerenciador Clínico Odontológico MANUAL PARA USO DO SISTEMA GCO Gerenciador Clínico Odontológico O GCO é um sistema de controle de clínicas odontológicas, onde dentistas terão acesso a agendas, fichas de pacientes, controle de estoque,

Leia mais

Manual de Instalação LOCKSS IBICT Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia

Manual de Instalação LOCKSS IBICT Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia Manual de Instalação LOCKSS IBICT Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia Elaborado por: Alexandre Faria de Oliveira Março de 2013 1 P á g i n a Sumário 1. Introdução... 3 2. Visão Geral...

Leia mais

Tutorial para Configurar o Kitty Emulador de Terminal Linux

Tutorial para Configurar o Kitty Emulador de Terminal Linux Tutorial para Configurar o Kitty Emulador de Terminal Linux dez/2011 Créditos: Sérgio Luiz Solusoft Solução em Informática Ltda Rua Desemb. Alarico Barroso, no. 87 - Ouro Preto - Pampulha - CEP: 31.310-380

Leia mais

Curso de Informática Básica

Curso de Informática Básica Curso de Informática Básica O e-mail Primeiros Cliques 1 Curso de Informática Básica Índice Introdução...3 Receber, enviar e responder mensagens...3 Anexando arquivos...9 Cuidado com vírus...11 2 Outlook

Leia mais

Copyright 2015 Mandic Cloud Solutions - Somos Especialistas em Cloud. www.mandic.com.br

Copyright 2015 Mandic Cloud Solutions - Somos Especialistas em Cloud. www.mandic.com.br Sumário 1. Boas vindas... 4 2. Dashboard... 4 3. Cloud... 5 3.1 Servidores... 5 o Contratar Novo Servidor... 5 o Detalhes do Servidor... 9 3.2 Cloud Backup... 13 o Alteração de quota... 13 o Senha do agente...

Leia mais

Manual B.P.S ATA 5xxx Índice

Manual B.P.S ATA 5xxx Índice Manual B.P.S ATA 5xxx Índice 1. Conectando o Adaptador para Telefone Analógico (ATA)...02 2. Configurações básicas...05 2.1 Configuração dos parâmetros de usuário e senha para acessos de banda larga do

Leia mais

1- Requisitos mínimos. 2- Instalando o Acesso Full. 3- Iniciando o Acesso Full pela primeira vez

1- Requisitos mínimos. 2- Instalando o Acesso Full. 3- Iniciando o Acesso Full pela primeira vez Manual Conteúdo 1- Requisitos mínimos... 2 2- Instalando o Acesso Full... 2 3- Iniciando o Acesso Full pela primeira vez... 2 4- Conhecendo a barra de navegação padrão do Acesso Full... 3 5- Cadastrando

Leia mais