Telecomunicações, Competitividade e Inovação no Brasil

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Telecomunicações, Competitividade e Inovação no Brasil"

Transcrição

1 WS 7 Sustentabilidade em TIC O diferencial competitivo na sustentabilidade do negócio operadora não está na tecnologia fim Telecomunicações, Competitividade e Inovação no Brasil

2 Alberto Lanari Ozolins, MsC Executivo (Ericsson, Alcatel, Nec, Oi/Telemar, Draka, Openwave... Teles Lanari) Consultor (GM&CLOG, Dascal Consultoria, INATEL/Nemp, Atlantic Solutions...) Negócios Sustentabilidade - Inovação Temas discutidos em outros Fóruns Sustentabilidade (ambiental) em Telecom: uma oportunidade para novos negócios Telecom Sustentabilidade em Telecom: um novo horizonte para os negócios Telecom Sustentabilidade em Telecom: rentabilidade maior e novos negócios Sustentabilidade: agenda positiva para o Setor de Telecomunicações

3 Hoje: ciclo de transformação linear EMISSÕES MATERIAIS ENERGIA ÁGUA PRODUTOS RESÍDUOS SÓLIDOS EFLUENTES ETE LIXO FLUXO NÃO SUSTENTÁVEL desperdícios

4 Riscos: impactos sociais de contaminação e ambiente Fonte: G1 Globo Fonte: Greenpeace Fonte: Ecoworldly Ao próprio homem manuseio, inalação, contato Contaminação do solo e lençol freático alimentação e água Na irrigação, ao dar de beber aos animais e ao plantio Emissão de gases levando ao aquecimento global/mudanças climáticas PROCESSO NÃO SUSTENTÁVEL

5 Riscos: Estoques de Recursos Não Renováveis Ouro (chips): 410kg/hab Urânio (usinas): 1,6kg/hab 36 anos 20 anos Prata (placas): 6kg/hab Chumbo (pilhas): 0,05kg/hab 9 anos 8 anos Fonte: United States Geological Survey, Yale University, World Lithium Supply and Markets, 2009 CICLO FINITO

6 Riscos: A mudança climática e as consequências para a produção de café (5,8 C a mais no mundo) Redução de 95% da área apta para plantio AMBIENTE NÃO SUSTENTÁVEL

7 Riscos: Crescimento população, o modelo econômico e o consumismo Atender as necessidades das atuais gerações sem colocar em risco a possibilidade das futuras gerações atenderem às suas.

8 Solução: DfE,LCA,Reciclagem/Logística Reversa; Desmaterialização em TIC DfE: produtos com menor massa e energia; de fácil descarte, de simples manufatura reversa e 100% reciclável Mineração Recursos Naturais Recurso Material Produto Manufaturado DfE e LCA Energia Produto Reciclado Logística Reversa Take Back (REEE) Produto no mercado (EEE) PRS Política de Resíduos Sólidos FLUXO SUSTENTÁVEL

9 Solução: Desmaterialização em TIC Produtos: TER => tecnologia fim (Produto e tecnologia medida no consumo) Serviços: USAR => tecnologia meio (Qualidade de vida - medida no serviço) SERVIÇO: é a presença do cliente no processo que cria o próprio produto e gera a experiência da utilização do mesmo.

10 Mudança no paradigma Telecom: serviços centrados no cliente Serviço é uma mercadoria perecível Uma poltrona vazia num vôo Um quarto vazio de um hotel ou hospital Não podem ser estocados : se não forem utilizados estarão, portanto, perdidos

11 Mudança no paradigma Telecom: serviços centrados no cliente Serviço é uma mercadoria perecível Uma poltrona vazia num vôo Um quarto vazio de um hotel ou hospital Não podem ser estocados : se não forem utilizados estarão, portanto, perdidos Serviço tem sua qualidade avaliada durante o processo da prestação do serviço É a presença do cliente no processo que cria o próprio produto e gera a experiência da utilização do mesmo; O resultado final é sempre um sentimento (individual) de satisfação, ou não.

12 Mudança no paradigma Telecom: serviços centrados no cliente Serviço é uma mercadoria perecível Uma poltrona vazia num vôo Um quarto vazio de um hotel ou hospital Não podem ser estocados: se não forem utilizados estarão, portanto, perdidos Serviço tem sua qualidade avaliada durante o processo da prestação do serviço É a presença do cliente no processo que cria o próprio produto e gera a experiência da utilização do mesmo; O resultado final é sempre um sentiment o(individual)de satisfação ou não. Serviço sendo perecível tem que ser DESMATERIALIZADO : oportunidade Uma venda não pode depender de uma (nova) impressão em papel; Uma negociação não pode esperar pelo (próximo) pacote de treinamento de colaboradores Sua empresa ganha (ou perde) clientes durante o contato com os seus colaboradores O CLIENTE PERCEBE A HABILIDADE PARA OPERAR DA PRESTADORA DE SERVIÇOS

13 O Colaborador Atualizado To Everybody

14 TIC Infraestrutura de compartilhamento na qual o contato é de muitos para muitos

15 A tecnologia não é apenas parte da infraestrutura necessária para executar a estratégia de negócio. É o que torna possível as novas estratégias. 100% sob controle

16 Concluindo, diversas forças digitais estão desafiando as empresas a mudar fundamentalmente a maneira de fazer negócios.

17 NEURITOS A TIC aplicada - como estratégia empresarial à sustentabilidade e o diferencial do Serviço/Negócio. Quem precisa aprender? Aprender o quê? Quando reaprender? Anytime Anywhere To everybody 17

18 Alberto Lanari Ozolins & Marcelo Sant Anna & Projetos e Programas de Sustentabilidade Workshops e Educação Corporativa Desenvolvimento de Negócios Neuritização 18

WS 12 Sustentabilidade ambiental em Telecomunicações.

WS 12 Sustentabilidade ambiental em Telecomunicações. WS 12 ambiental em Telecomunicações : um novo horizonte para os negócios Telecom Alberto Lanari Ozolins 2 AGENDA 1. Teoria Dominante Princípio Resultados Exemplos 2. Princípio Desafios 3. Um novo Horizonte

Leia mais

FISPQ (Ficha de Informações de Segurança de Produtos Químicos) DETERGENTE LIMPOL (Neutro, Cristal, Limão, Coco, Maçã, Chá Verde, Laranja e Caribe)

FISPQ (Ficha de Informações de Segurança de Produtos Químicos) DETERGENTE LIMPOL (Neutro, Cristal, Limão, Coco, Maçã, Chá Verde, Laranja e Caribe) Página 1 de 7 1. IDENTIFICAÇÃO DO PRODUTO E DA EMPRESA Nome: Detergente Limpol Códigos internos: Neutro: 5004 (500ml) / 19008 (5L) Cristal: 5002 (500ml) Limão: 5003 (500ml) Coco: 5006 (500ml) Maçã: 5005

Leia mais

www.cartesys.com.br Porto Alegre Rua dos Andradas 1121/802 +55 51 3254-3200 São Paulo Avenida Paulista 1765/72 +55 11 3170-3041

www.cartesys.com.br Porto Alegre Rua dos Andradas 1121/802 +55 51 3254-3200 São Paulo Avenida Paulista 1765/72 +55 11 3170-3041 Porto Alegre Rua dos Andradas 1121/802 +55 51 3254-3200 São Paulo Avenida Paulista 1765/72 +55 11 3170-3041 Portugal Rua Luís de Camões, 1-J - 2430-292 +351 244542659 www.cartesys.com.br Integrar soluções

Leia mais

Agenda. 03 de Dezembro de 2015. Hotel Green Place Flat São Paulo, SP. Realização: www.corpbusiness.com.br 2ª EDIÇÃO

Agenda. 03 de Dezembro de 2015. Hotel Green Place Flat São Paulo, SP. Realização: www.corpbusiness.com.br 2ª EDIÇÃO Agenda 2ª EDIÇÃO 03 de Dezembro de 2015 Hotel Green Place Flat São Paulo, SP Realização: www.corpbusiness.com.br Patrocínio Gold Patrocínio Bronze Expo Brand Apoio Realização: APRESENTAÇÃO PORTAIS CORPORATIVOS:

Leia mais

Por que investir em Conhecimento? algumas vezes ainda me deparo com céticos ou, em suas próprias palavras, pragmáticos. Estes

Por que investir em Conhecimento? algumas vezes ainda me deparo com céticos ou, em suas próprias palavras, pragmáticos. Estes Por que investir em Conhecimento? As razões para investir em conhecimento ultrapassam os cálculos númericos entre investimento e retorno. Conhecimento gera benefícios e um exponencial retorno que vai além

Leia mais

Cemig 60 anos e o Novo Planejamento Estratégico

Cemig 60 anos e o Novo Planejamento Estratégico Cemig 60 anos e o Novo Planejamento Estratégico Belo Horizonte, 28 de Maio de 2012. Frederico Pacheco de Medeiros Principais atribuições da DGE Definir, orientar e promover a aplicação de políticas corporativas

Leia mais

Inovação Estratégica Colaboração, Gestão do Conhecimento e Inteligência Coletiva como Fonte de Inovação e Vantagem Competitiva

Inovação Estratégica Colaboração, Gestão do Conhecimento e Inteligência Coletiva como Fonte de Inovação e Vantagem Competitiva Conferência informa Group Inovação Estratégica Colaboração, Gestão do Conhecimento e Inteligência Coletiva como Fonte de Inovação e Vantagem Competitiva Comunidades de prática Redes Sociais, Crowdsourcing

Leia mais

REQUISITOS PARA PRODUTOS ELETROELETRÔNICOS AMBIENTALMENTE CORRETOS

REQUISITOS PARA PRODUTOS ELETROELETRÔNICOS AMBIENTALMENTE CORRETOS REQUISITOS PARA PRODUTOS ELETROELETRÔNICOS AMBIENTALMENTE CORRETOS Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação MCTI Centro de Tecnologia da Informação Renato Archer CTI Campinas SP - Brasil Modelo industrial

Leia mais

FICHA TÉCNICA EQUIPE DO MINISTÉRIO DO TURISMO

FICHA TÉCNICA EQUIPE DO MINISTÉRIO DO TURISMO MINISTÉRIO DO TURISMO Ministro do Turismo Pedro Novais Lima Secretário Executivo Frederico Silva da Costa Secretário Nacional de Programas de Desenvolvimento do Turismo Colbert Martins da Silva Filho Secretária

Leia mais

TRANSFORMANDO SONHOS E IDEIAS EM REALIDADE. Ative-se!

TRANSFORMANDO SONHOS E IDEIAS EM REALIDADE. Ative-se! TRANSFORMANDO SONHOS E IDEIAS EM REALIDADE Ative-se! Desenvolvimento Humano e Consultoria Empresarial Personalizada Atendimento com Técnicas de Coaching e Neurolinguística # COACHING PERSONAL & EXECUTIVE

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA PREFEITURA UNIVERSITÁRIA

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA PREFEITURA UNIVERSITÁRIA LÍNGUA PORTUGUESA Texto: A diferença no escritório Homens e mulheres se comportam de forma desigual no trabalho, dizem os números. - As mulheres representam 42% da população economicamente ativa no Brasil.

Leia mais

Quem somos. Porque ABCCorp? Referencias

Quem somos. Porque ABCCorp? Referencias 1 Quem somos 2 Porque ABCCorp? 3 Referencias Trabalhamos como você! Experiência não somente acadêmica, sobre o teu segmento; Entendemos suas expectativas Valorizamos e garantimos o teu investimento com

Leia mais

Perspectivas da Mineração no Mundo e no Brasil. Rio de Janeiro, 25 de novembro de 2014 Hotel Pestana

Perspectivas da Mineração no Mundo e no Brasil. Rio de Janeiro, 25 de novembro de 2014 Hotel Pestana Perspectivas da Mineração no Mundo e no Brasil Rio de Janeiro, 25 de novembro de 2014 Hotel Pestana O FUTURO QUE QUEREMOS Documento Final da RIO+20 227. Nós assinalamos que os minerais e os metais constituem

Leia mais

PRODUÇÃO DE SABÃO ARTESANAL A PARTIR DE ÓLEO COMESTÍVEL RESIDUAL COMO INSTRUMENTO DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL: Resultados preliminares 1

PRODUÇÃO DE SABÃO ARTESANAL A PARTIR DE ÓLEO COMESTÍVEL RESIDUAL COMO INSTRUMENTO DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL: Resultados preliminares 1 PRODUÇÃO DE SABÃO ARTESANAL A PARTIR DE ÓLEO COMESTÍVEL RESIDUAL COMO INSTRUMENTO DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL: Resultados preliminares 1 Jailson de O. Rodrigues Júnior 2 ; Alberto José O. de Mello 3 ; Thais

Leia mais

Unidade IV FUNDAMENTOS E IMPORTÂNCIA. Profa. Marinalva Barboza

Unidade IV FUNDAMENTOS E IMPORTÂNCIA. Profa. Marinalva Barboza Unidade IV FUNDAMENTOS E IMPORTÂNCIA DA LOGÍSTICA Profa. Marinalva Barboza Objetivo da unidade Objetivos desta unidade: Facilidades logística. Logística reversa. Custos logísticos. Oportunidades de melhoria.

Leia mais

AMBIENTAL RESPONSABILIDADE

AMBIENTAL RESPONSABILIDADE A gestão responsável da Patrus Transportes inclui medidas e ações sustentáveis. São programas que garantem o uso inteligente dos recursos naturais, o descarte correto dos materiais e o monitoramento constante

Leia mais

FISPQ (Ficha de Informações de Segurança de Produtos Químicos) VANTAGE LIMPA CARPETES E TAPETES

FISPQ (Ficha de Informações de Segurança de Produtos Químicos) VANTAGE LIMPA CARPETES E TAPETES Página 1 de 5 1. IDENTIFICAÇÃO DO PRODUTO E DA EMPRESA Nome do Produto: Código interno: 7519 (12/500 ml) Aplicação: Limpar Carpetes e Tapetes. Empresa: BOMBRIL S/A TELEFONE DE EMERGÊNCIA: 0800 014 8110

Leia mais

FISPQ (Ficha de Informações de Segurança de Produtos Químicos)

FISPQ (Ficha de Informações de Segurança de Produtos Químicos) Página 1 de 7 1 - IDENTIFICAÇÃO DO PRODUTO E DA EMPRESA: Nome do produto: PRATICE LIMPADOR Códigos internos: Pratice Limpador Cerâmica e Porcelanato - 07175 Pratice Limpador Laminados - 07176 Pratice Limpador

Leia mais

Projeto de Trabalho de Conclusão de Curso Reciclagem de Materiais Plásticos

Projeto de Trabalho de Conclusão de Curso Reciclagem de Materiais Plásticos Projeto de Trabalho de Conclusão de Curso Reciclagem de Materiais Plásticos Raquel Vieira dos Santos Curso de Ciências Biológicas Belo Horizonte MG 2010 Raquel Vieira dos Santos Projeto de Trabalho de

Leia mais

Título do Slide Máximo de 2 linhas

Título do Slide Máximo de 2 linhas Título do Slide 13ª Seminário Internacional de Gerenciamento de Projetos Visibilidade ponta a ponta dos Projetos de Software da DATAPREV Denise Cascardo Luz Silva 17/09/13 AGENDA Título do Slide A DATAPREV

Leia mais

Novas tendências no relato de sustentabilidade: GRI G4 e Relatório Integrado

Novas tendências no relato de sustentabilidade: GRI G4 e Relatório Integrado www.pwc.pt/academy Novas tendências no relato de sustentabilidade: GRI G4 e Relatório Integrado PwC s Academy Formação de profissionais para profissionais, com qualidade e distintiva. Novas tendências

Leia mais

CONGRESSO ECOGERMA2017

CONGRESSO ECOGERMA2017 CONGRESSO ECOGERMA2017 Logística Reversa Da teoria aos acordos setoriais PROF. PAULO ROBERTO LEITE www.clrb.com.br clrb@clrb.com.br pauloroberto.leite@mackenzie.br http://meusite.mackenzie.br/leitepr MISSÃO

Leia mais

QUEM SOMOS. Nosso objetivo é desenvolver empresas e levar os consumidores até elas, garantindo a estes condições excelentes de:

QUEM SOMOS. Nosso objetivo é desenvolver empresas e levar os consumidores até elas, garantindo a estes condições excelentes de: QUEM SOMOS Somos a reunião de agências de consultoria empresarial que atuam no Sudeste do Brasil há mais de uma década. Atualmente, estamos organizados em Unidades instaladas no Sudeste e Centro-Oeste

Leia mais

www.s cbf.com.br NOVA ÁREA DE ATUAÇÃO DO ESCRITÓRIO: EMPRESAS EMERGENTES GUIA DE ENERGIA IFLR SEMINÁRIO MP 595 WORKSHOP AMCHAM

www.s cbf.com.br NOVA ÁREA DE ATUAÇÃO DO ESCRITÓRIO: EMPRESAS EMERGENTES GUIA DE ENERGIA IFLR SEMINÁRIO MP 595 WORKSHOP AMCHAM Caso ocorra erro de visualização, acesse nossa Versão Web ou Versão PDF São Paulo, 20 de agosto de 2013 N EW S O escritório Souza, Cescon, Barrieu & Flesch Advogados abre uma área especializada em apoiar

Leia mais

FISPQ Ficha de Informação de Segurança de Produtos Químicos

FISPQ Ficha de Informação de Segurança de Produtos Químicos revisão: 01 Identificação do produto e da Empresa Nome do Natureza Química: Desinfetante de uso geral Autorização de Funcionamento / MS Nº: 3.04500.8 Produto Registrado na ANVISA/MS Nº: 3.0453434.6 Publicação

Leia mais

Matriz de Especificação de Prova da Habilitação Técnica de Nível Médio. Habilitação Técnica de Nível Médio: Técnico em Logística

Matriz de Especificação de Prova da Habilitação Técnica de Nível Médio. Habilitação Técnica de Nível Médio: Técnico em Logística : Técnico em Logística Descrição do Perfil Profissional: Planejar, programar e controlar o fluxo de materiais e informações correlatas desde a origem dos insumos até o cliente final, abrangendo as atividades

Leia mais

NOVO MARCO LEGAL DAS TELECOMUNICAÇÕES

NOVO MARCO LEGAL DAS TELECOMUNICAÇÕES NOVO MARCO LEGAL DAS TELECOMUNICAÇÕES SÃO PAULO, 21 DE JULHO DE 2017 FIESP LGT 20 ANOS EDUARDO LEVY A Federação Brasileira de Telecomunicações é composta por 8 sindicatos, representando toda a cadeia dos

Leia mais

EMPREENDEDORISMO CONCEITOS... 21/03/2014 EMPREENDEDOR? EMPREENDEDOR? EMPREENDEDOR? IMPORTANTE!!!!!

EMPREENDEDORISMO CONCEITOS... 21/03/2014 EMPREENDEDOR? EMPREENDEDOR? EMPREENDEDOR? IMPORTANTE!!!!! EMPREENDEDORISMO CONCEITOS... Profa. MsC. Célia Regina Beiro da Silveira celiabeiro@expresso.com.br EMPREENDEDOR? EMPREENDEDOR? É aquele que destrói a ordem econômica existente pela introdução de novos

Leia mais

Trilhas de Desenvolvimento. Eliana Arruda

Trilhas de Desenvolvimento. Eliana Arruda Trilhas de Desenvolvimento Eliana Arruda Curriculum Autora: Eliana Arruda Gerente de Recursos Humanos do Grupo Águas do Brasil, responsável pelas áreas de Administração de Pessoal, Treinamento e Desenvolvimento

Leia mais

Encontro Open Source. Associação de Empresas de Software Open Source Portuguesas. 30 de Maio de 2016

Encontro Open Source. Associação de Empresas de Software Open Source Portuguesas. 30 de Maio de 2016 A ESOP Apresentação A ESOP A ESOP é uma associação empresarial que representa as empresas portuguesas que se dedicam ao desenvolvimento de software e à prestação de serviços baseados em tecnologias open

Leia mais

Inovação requer criatividade e informação:

Inovação requer criatividade e informação: Inovação requer criatividade e informação: Antonio Mendes da Silva Filho * The best way to predict your future is to create it. Peter Drucker O crescimento da economia mundial e, em particular, do Brasil

Leia mais

Gestão de Pessoas e Avaliação por competências

Gestão de Pessoas e Avaliação por competências Gestão de Pessoas e Avaliação por competências quer a empresa que não existe! Funcionário quer o profissional que não existe! Empresa A visão evolutiva da área de Gestão de Pessoas... 1930 Surgem departamentos

Leia mais

Projeto AMBIENTRONIC/ABIMO. Estratégia, Inovação e Sustentabilidade em Empresas de Equip. Eletromédicos. 12/Julho/2011

Projeto AMBIENTRONIC/ABIMO. Estratégia, Inovação e Sustentabilidade em Empresas de Equip. Eletromédicos. 12/Julho/2011 Projeto AMBIENTRONIC/ABIMO Estratégia, Inovação e Sustentabilidade em Empresas de Equip. Eletromédicos 12/Julho/2011 Projeto AMBIENTRONIC/ABIMO O Quebra-Cabeça Empresarial Lucratividade Projeto AMBIENTRONIC/ABIMO

Leia mais

Desafio das organizações a busca da excelência na gestão

Desafio das organizações a busca da excelência na gestão LUCIANA MATOS SANTOS LIMA llima@excelenciasc.org.br GESTÃO Desafio das organizações a busca da excelência na gestão LUCIANA M. S. LIMA A O mundo vive em constante mudança. Enquanto você lê este texto,

Leia mais

GESTÃO DE TRIBUTOS UMA BOA GESTÃO DE TRIBUTOS PODE DAR UM NOVO RUMO AO SEU NEGÓCIO HANDS ON SOLUTIONS TM

GESTÃO DE TRIBUTOS UMA BOA GESTÃO DE TRIBUTOS PODE DAR UM NOVO RUMO AO SEU NEGÓCIO HANDS ON SOLUTIONS TM UMA BOA PODE DAR UM NOVO RUMO AO SEU NEGÓCIO HANDS ON SOLUTIONS TM CONTEÚDO 1 APRESENTAÇÃO 2 3 4 PÁGINA 4 PÁGINA 09 PÁGINA 3 PÁGINA 5 APRESENTAÇÃO 1 O cenário de inovação e incertezas do século 21 posiciona

Leia mais

Auxiliar empresários dos mais variados segmentos a encontrar soluções para gerir seus negócios nas áreas administrativa, financeira e de custos.

Auxiliar empresários dos mais variados segmentos a encontrar soluções para gerir seus negócios nas áreas administrativa, financeira e de custos. NOSSO OBJETIVO Auxiliar empresários dos mais variados segmentos a encontrar soluções para gerir seus negócios nas áreas administrativa, financeira e de custos. CONSULTORIA EMPRESARIAL Assessoria Quando

Leia mais

Governança Social e Gestão de Redes Organizacionais

Governança Social e Gestão de Redes Organizacionais Governança Social e Gestão de Redes Organizacionais Profa. Marcia Paterno Joppert Prof. Humberto Falcão Martins 2013 ROTEIRO Governança colaborativa Redes Gestão de/em redes Um roteiro e um exemplo de

Leia mais

EDUCAÇÃO PROFISSIONAL

EDUCAÇÃO PROFISSIONAL CONFERÊNCIA INTERNACIONAL DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL O conhecimento como estratégia para o desenvolvimento Realização: INTRODUÇÃO A realidade socioeconômica, que aponta a valorização do capital humano nas

Leia mais

INTRODUÇÃO À LOGISTICA

INTRODUÇÃO À LOGISTICA INTRODUÇÃO À LOGISTICA Danillo Tourinho Sancho da Silva, MSc VAMOS NOS CONHECER Danillo Tourinho Sancho da Silva, M.Sc Bacharel em Administração, UNEB Especialista em Gestão da Produção e Logística, SENAI

Leia mais

DESENVOLVIMENTO & TREINAMENTO: PASSO A PASSO PARA TORNÁ-LO EFICIENTE

DESENVOLVIMENTO & TREINAMENTO: PASSO A PASSO PARA TORNÁ-LO EFICIENTE DESENVOLVIMENTO & TREINAMENTO: PASSO A PASSO PARA TORNÁ-LO EFICIENTE 1 Introdução 03 Por que sua empresa precisa investir em treinamentos 06 Capítulo 1 Quais devem ser as etapas de um treinamento 10 Capítulo

Leia mais

Mercado de Venture Capital aposta no crescimento do País

Mercado de Venture Capital aposta no crescimento do País Mercado de Venture Capital aposta no crescimento do País Edição 2011 da pesquisa Tendências Globais em Venture Capital, da Deloitte, mostra que o foco dos investimentos se concentra em duas áreas: infraestrutura

Leia mais

Gestão de negócios na área de saúde

Gestão de negócios na área de saúde Gestão de negócios na área de saúde Alberto Alvarães Administrador, pesquisador, docente e coordenador de pós-graduação na área de gestão de Laboratórios Clínicos da SBAC Orientador de Metodologia Científica

Leia mais

PACOTE DE PARTICIPAÇÃO

PACOTE DE PARTICIPAÇÃO REALIZADO POR: PACOTE DE PARTICIPAÇÃO 7, 8 e 9 de maio de 2015 Centro de Convenções Rebouças São Paulo/SP www.cnremax.com.br Convenção Nacional RE/MAX 2012 Convenção Nacional RE/MAX 2013 Convenção Nacional

Leia mais

Perspectivas da Mineração no Mundo e no Brasil

Perspectivas da Mineração no Mundo e no Brasil Perspectivas da Mineração no Mundo e no Brasil 2ª edição ISEE Brazil Porto Alegre, 24 de outubro de 2014 UFRGS Universidade Federal do Rio Grande do Sul PERSPECTIVAS DA MINERAÇÃO NO MUNDO E NO BRASIL SUMÁRIO

Leia mais

Gestão de Saneamento e Resíduos Sólidos Urbanos 21 e 22 de maio, Hotel Mercure São Paulo - SP

Gestão de Saneamento e Resíduos Sólidos Urbanos 21 e 22 de maio, Hotel Mercure São Paulo - SP Gestão de Saneamento e Resíduos Sólidos Urbanos 21 e 22 de maio, Hotel Mercure São Paulo - SP Apresentação: Na sua caminhada para o desenvolvimento, o Brasil tem ainda um déficit muito grande com relação

Leia mais

COLABORAÇÃO. Cláudio Terra. 27 de junho de Slide 1

COLABORAÇÃO. Cláudio Terra. 27 de junho de Slide 1 COLABORAÇÃO Cláudio Terra 27 de junho de 2017 Slide 1 Livros de 2000 a 2012 ALGUMAS PUBLICAÇÕES Artigos HBR de 2008 a 2016 Agenda Habilidades do Trabalhador do Conhecimento Objetivos da Colaboração Facilitadores

Leia mais

PLANO DE AÇÃO PARA DIRETORAS

PLANO DE AÇÃO PARA DIRETORAS PLANO DE AÇÃO PARA DIRETORAS Tudo o que gostaria de saber sobre dinheiro Novos gastos deve esperar Tenha o controle de seus gastos mensais Aproveite ao máximo suas vias de ganhos A Fórmula do Sucesso de

Leia mais

Internet das Coisas com foco na Agricultura Guilherme Corrêa Analista de Infraestrutura Ministério das Comunicações

Internet das Coisas com foco na Agricultura Guilherme Corrêa Analista de Infraestrutura Ministério das Comunicações Internet das Coisas com foco na Agricultura Guilherme Corrêa Analista de Infraestrutura Ministério das Comunicações X REUNIÃO DA COMISSÃO BRASILEIRA DE AGRICULTURA DE PRECISÃO - CBAP O que é Internet das

Leia mais

Lato Sensu da FGV Management Rio compreende uma análise curricular. Desta forma, solicitamos o

Lato Sensu da FGV Management Rio compreende uma análise curricular. Desta forma, solicitamos o Prezado (a) Sr.(a.), Agradecemos seu interesse em nossos programas de ensino e lhe cumprimentamos pela iniciativa de buscar o seu aperfeiçoamento profissional. Você está recebendo o programa do curso de

Leia mais

GESTÃO GESTRATÉGICA DE SUPRIMENTOS

GESTÃO GESTRATÉGICA DE SUPRIMENTOS GESTÃO GESTRATÉGICA DE SUPRIMENTOS INTRODUÇÃO O setor de suprimentos é, dentre os diversos outros setores da empresa, um dos que tem maior potencial de impacto nos resultados financeiros de uma organização,

Leia mais

Proposta Wizard Nova Veneza

Proposta Wizard Nova Veneza Proposta Wizard Nova Veneza Sobre a Wizard Com uma metodologia totalmente diferenciada, a Wizard aposta em cursos que acompanham as características particulares de cada aluno, preparando-o para aproveitar

Leia mais

Sumário. Nestes próximos anos a única constante nas empresas será o fator mudança. Robert Waterman

Sumário. Nestes próximos anos a única constante nas empresas será o fator mudança. Robert Waterman Sumário Nestes próximos anos a única constante nas empresas será o fator mudança. Robert Waterman Importância, estrutura e diferencial do livro, xiii 1 Conceitos básicos, 1 1.1 Conceito de consultoria

Leia mais

( ) Conjunto de atividades que abrangem a agricultura e a pecuária. ( ) Utilização da terra para criação de animais, com finalidade econômica.

( ) Conjunto de atividades que abrangem a agricultura e a pecuária. ( ) Utilização da terra para criação de animais, com finalidade econômica. Geografia 2 o período 1. Relacione as colunas: (A) Agricultura (B) Pecuária (C) Agropecuária ( ) Conjunto de atividades que abrangem a agricultura e a pecuária. ( ) Utilização do solo para plantio e o

Leia mais

PORTFÓLIO DE SERVIÇOS

PORTFÓLIO DE SERVIÇOS PORTFÓLIO DE SERVIÇOS PORTFÓLIO DE SERVIÇOS Ana Paula Lima Coaching, Consultoria e Palestras é uma empresa especializada em Gestão de Pessoas, que visa identificar o potencial humano e desenvolvê-lo através

Leia mais

Serviços a Preço Justo?

Serviços a Preço Justo? PGMC - Plano Gral de Metas de Competição PNBL - Programa Nacional de Banda Larga Serviços a Preço Justo? Apresentação para o 5º Encontro de Telecomunicações da FIESP 7 de Agosto de 2013 pg 1 Agenda Introdução

Leia mais

PÓS-GRADUAÇÃO ESPECIALIZAÇÃO EM ADMNISTRAÇÃO DAS OPERAÇÕES DE NEGÓCIOS

PÓS-GRADUAÇÃO ESPECIALIZAÇÃO EM ADMNISTRAÇÃO DAS OPERAÇÕES DE NEGÓCIOS PÓS-GRADUAÇÃO ESPECIALIZAÇÃO EM ADMNISTRAÇÃO DAS OPERAÇÕES DE NEGÓCIOS INSCRIÇÕES ABERTAS: Dias e horários das aulas: Terças e Sextas Feiras das 18:40h às 22:40h Carga horária: 460 Horas *As informações

Leia mais

Documento Auxiliar do Conhecimento de Transporte Eletrônico

Documento Auxiliar do Conhecimento de Transporte Eletrônico Documento Auxiliar do Conhecimento de Transporte Eletrônico 8338 Documento Auxiliar do Conhecimento de Transporte Eletrônico 8339 Documento Auxiliar do Conhecimento de Transporte Eletrônico 8340 Documento

Leia mais

Redes Subterrâneas de Energia Elétrica: Regulação e Projetos de P&D/ANEEL

Redes Subterrâneas de Energia Elétrica: Regulação e Projetos de P&D/ANEEL Redes Subterrâneas de Energia Elétrica: Regulação e Projetos de P&D/ANEEL Superintendência de Regulação dos Serviços de Distribuição SRD Superintendência de Pesquisa e Desenvolvimento e Eficiência Energética

Leia mais

Detecção de incêndio e iluminação de emergência

Detecção de incêndio e iluminação de emergência Detecção de incêndio e iluminação de emergência Portfólio ª edição 206 Engesul, uma marca do Grupo Intelbras Os produtos da Engesul complementam o portfólio de segurança da Intelbras, oferecendo soluções

Leia mais

Investimento Social no Entorno do Cenpes. Edson Cunha - Geólogo (UERJ) Msc. em Sensoriamento Remoto (INPE)

Investimento Social no Entorno do Cenpes. Edson Cunha - Geólogo (UERJ) Msc. em Sensoriamento Remoto (INPE) Investimento Social no Entorno do Cenpes Edson Cunha - Geólogo (UERJ) Msc. em Sensoriamento Remoto (INPE) MBA em Desenvolvimento Sustentável (Universidade Petrobras) Abril / 2010 PETR ROBRAS RESPONSABILIDADE

Leia mais

DPS1035 Gestão Ambiental e Sustentabilidade. CGEP Eng a. Morgana Pizzolato, Dr a.

DPS1035 Gestão Ambiental e Sustentabilidade. CGEP Eng a. Morgana Pizzolato, Dr a. DPS1035 Gestão Ambiental e Sustentabilidade CGEP Eng a. Morgana Pizzolato, Dr a. Modelo de desenvolvimento atual produção agrícola e pecuária derrubando as matas, destruindo os solos e contaminando as

Leia mais

Cidades Analíticas. das Cidades Inteligentes em Portugal

Cidades Analíticas. das Cidades Inteligentes em Portugal Cidades Analíticas Acelerar o desenvolvimento das Cidades Inteligentes em Portugal Programa Operacional Regional Programa Operacional Regional do Centro 2014-2020 PROGRAMA OPERACIONAL REGIONAL DO CENTRO

Leia mais

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento.

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento. SUMÁRIO Sobre o curso Pág. 3 Coordenação Programa e metodologia; Investimento Etapas do Processo Seletivo Pág. Matrícula Cronograma de Aulas Pág. PÓS-GRADUAÇÃO EM HOTELARIA HOSPITALAR BH Unidade Dias e

Leia mais

A Importância da Responsabilidade Social Empresarial

A Importância da Responsabilidade Social Empresarial III SEMINÁRIO REGIONAL DO FÓRUM DE AÇÃO SOCIAL E CIDADANIA FASC/CBIC A Importância da Responsabilidade Social Empresarial Maria Raquel Grassi Ferreira Marques Núcleo Petrobras de Sustentabilidade - FDC

Leia mais

Programa Operações Logísticas e Supply Chain MANUAL DO CURSO

Programa Operações Logísticas e Supply Chain MANUAL DO CURSO Programa Operações Logísticas e Supply Chain MANUAL DO CURSO ESPM/Senai-MS - 2017 Apresentação Oferece aos profissionais, que atuam nas indústrias e serviços, visão ampla de questões e desafios à gestão

Leia mais

Apoio à Economia Circular no Portugal 2020. O caso do PO SEUR. Helena Pinheiro de Azevedo

Apoio à Economia Circular no Portugal 2020. O caso do PO SEUR. Helena Pinheiro de Azevedo Apoio à Economia Circular no Portugal 2020 O caso do PO SEUR Helena Pinheiro de Azevedo ECONOMIA CIRCULAR o que é É uma sociedade que privilegia a Eficiência no Uso de Recursos Naturais Evita o uso e desperdício

Leia mais

GST0045 GESTÃO DA CADEIA DE SUPRIMENTO Aula 03: Logística Empresarial e Competitividade - Evolução da Supply Chain

GST0045 GESTÃO DA CADEIA DE SUPRIMENTO Aula 03: Logística Empresarial e Competitividade - Evolução da Supply Chain GST0045 GESTÃO DA CADEIA DE SUPRIMENTO Aula 03: Logística Empresarial e Competitividade - Evolução da Supply Chain Conflito Marketing X Logística O aluno deverá ser capaz de: Conhecer os níveis de serviço

Leia mais

PROGRAMA DE COACHING & GERAÇÃO Z GESTÃO DE CARREIRA

PROGRAMA DE COACHING & GERAÇÃO Z GESTÃO DE CARREIRA Cer ficada LAIS SILVA Profissional coach &Leader Coach Analista comportamental & 360 graus Coach, Consultora, Palestrante. Especialista em Recursos Humanos e Gestão Auditoria em Serviços de Saúde. Atua

Leia mais

Desenvolvimento, Inovação e Empreendedorismo ANA CURIA

Desenvolvimento, Inovação e Empreendedorismo ANA CURIA Economia Circular Desenvolvimento, Inovação e Empreendedorismo ANA CURIA Porto Alegre, 20 de outubro de 2016 Avaliação e Qualificação de PSAs http://www.amcham.com.br/ Missão do Comitê de Sustentabilidade

Leia mais

Como transformar o seu Negócio e sua Gestão numa história de sucesso? Planejamento e Gestão

Como transformar o seu Negócio e sua Gestão numa história de sucesso? Planejamento e Gestão Como transformar o seu Negócio e sua Início: 23 de outubro de 2017 Valor do curso: R$ 1.440,00 Consulte as condições de pagamento A definição do sucesso numa estratégia acontece a partir de uma série de

Leia mais

Governança a de TI e Arquitetura Corporativa Investindo nos Projetos Certos

Governança a de TI e Arquitetura Corporativa Investindo nos Projetos Certos Governança a de TI e Arquitetura Corporativa Investindo nos Projetos Certos Átila Belloquim Gnosis IT Knowledge Solutions atila@gnosisbr.com.br - Fone: (11) 3266-8556 TI E NEGÓCIO 10 entre 10 CIOs hoje

Leia mais

Apresentação Executiva. Soluções em Tecnologia,Negócios... E Educação.

Apresentação Executiva. Soluções em Tecnologia,Negócios... E Educação. Apresentação Executiva Soluções em Tecnologia,Negócios...... E Educação. Agenda Quem somos Missão Área de Atuação Alguns Clientes Linhas de Negócio Estrutura Organizacional Competências Metas de Curto

Leia mais

Sustentabilidade. Quanto vale? Chris Laszlo, PhD

Sustentabilidade. Quanto vale? Chris Laszlo, PhD Sustentabilidade Quanto vale? Chris Laszlo, PhD Co fundador da Sustainable Value Partners. Autor do livro Sustainable Value (Stanford University Press, 2008) Segurança? Tem uma árvore no meu escritório

Leia mais

GESTÃO DE PESSOAS Prof. Saravalli

GESTÃO DE PESSOAS Prof. Saravalli GESTÃO DE PESSOAS Prof. Saravalli www.profsaravalli.com ademir_saravalli@yahoo.com.br Treinamento e desenvolvimento de pessoas Loanda/PR 2016 Treinamento e desenvolvimento de pessoas Objetivos Conhecer

Leia mais

Treinamento Presencial: Spend Analysis para Compras. Data: 22 de Junho de 2016 Carga horária: 8 horas Local: São Paulo/ SP

Treinamento Presencial: Spend Analysis para Compras. Data: 22 de Junho de 2016 Carga horária: 8 horas Local: São Paulo/ SP Treinamento Presencial: Spend Analysis para Compras Data: 22 de Junho de 2016 Carga horária: 8 horas Local: São Paulo/ SP Procurement Business School Quem somos: Procurement Business School é a mais completa

Leia mais

Estratégias Empresariais na Saúde Uma nova agenda para o futuro

Estratégias Empresariais na Saúde Uma nova agenda para o futuro Estratégias Empresariais na Saúde Uma nova agenda para o futuro Bruno Sobral de Carvalho, MsC, MBA Setembro de 2016 Princípios Econômicos do Mercado de Saúde e Hospitalar Princípios Econômicos Assimetria

Leia mais

PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO. Definição de Objetivos; Metas para 2018, 2019 e 2020;

PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO. Definição de Objetivos; Metas para 2018, 2019 e 2020; PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO Definição de Objetivos; Metas para 2018, 2019 e 2020; Planos de Ações. Objetivos: I. Área de negócio; II. Gestão de Pessoas; III. Governança; IV. Infraestrutura; V. Sustentabilidade

Leia mais

O MAIOR PORTAL DE INFORMAÇÃO DE ANGOLA. www.linkangola.co.ao

O MAIOR PORTAL DE INFORMAÇÃO DE ANGOLA. www.linkangola.co.ao O MAIOR PORTAL DE INFORMAÇÃO DE ANGOLA www.linkangola.co.ao CONTEÚDO 01 QUEM SOMOS 02 CURSOS DE FORMAÇÃO 03 MEUS TREINAMENTOS 04 CONTACTOS 01. QUEMSOMOS LIGAMOS O SEU NEGÓCIO AO MUNDO LinkAngola é a designação

Leia mais

Estratégias Empresariais na caminhada Rumo à Indústria 4.0

Estratégias Empresariais na caminhada Rumo à Indústria 4.0 Estratégias Empresariais na caminhada Rumo à Indústria 4.0 Carlos Alberto Schneider, Prof. Dr.-Ing. Presidente do Conselho de Curadores da Fundação CERTI Porto Alegre, 27 de outubro de 2017 Designação

Leia mais

ANEXO E: Análise de Risco e Providências Pertinentes - Conferência inicial

ANEXO E: Análise de Risco e Providências Pertinentes - Conferência inicial ANEXO E: Análise de Risco e Providências Pertinentes - Conferência inicial Credenciais dos patrocinadores Análise de risco do país Credibilidade do estudo de viabilidade e plano de negócios (incluindo

Leia mais

O QUE É TERESINA AGENDA

O QUE É TERESINA AGENDA O QUE É TERESINA AGENDA 2015 (Observação: neste capítulo colocar fotos de reuniões de especialistas e do Conselho estratégico) A Agenda 21 O Desenvolvimento Sustentável do planeta é um compromisso assumido

Leia mais

Seminário de Transporte Ferroviário. Alargar Horizontes. 10º Ciclo de Seminários Transportes e Negócios

Seminário de Transporte Ferroviário. Alargar Horizontes. 10º Ciclo de Seminários Transportes e Negócios Seminário de Transporte Ferroviário Alargar Horizontes 10º Ciclo de Seminários Transportes e Negócios 1.Funcionamento do Sector 2.Portugal na Península Ibérica 3.Novo Paradigma 4.Objectivos CP Carga 5.Materialização

Leia mais

Investor Day Via Varejo. 09 de Dezembro de 2014

Investor Day Via Varejo. 09 de Dezembro de 2014 Investor Day Via Varejo 09 de Dezembro de 2014 Investor Day Via Varejo Agenda 14:30 A Via Varejo Líbano Barroso, CEO 14:50 Apresentação dos Executivos Infraestrutura Marcelo Lopes Operações Jorge Herzog

Leia mais

PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E INOVAÇÃO DO IFRN INCUBADORA TECNOLÓGICA NATAL CENTRAL

PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E INOVAÇÃO DO IFRN INCUBADORA TECNOLÓGICA NATAL CENTRAL PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E INOVAÇÃO DO IFRN INCUBADORA TECNOLÓGICA NATAL CENTRAL EDITAL Nº 01/2016 - SELEÇÃO DE IDEIAS EMPREENDEDORAS PARA PRÉ-INCUBAÇÃO EM HOTEL DE PROJETOS A direção-geral do Campus Natal

Leia mais

O SIMPLES QUE FUNCIONA

O SIMPLES QUE FUNCIONA APRESENTAÇÃO COMERCIAL PALESTRAS CONSULTORIAS TREINAMENTOS O SIMPLES QUE FUNCIONA QUEM É MARIO NAZAR Especialista em Vendas desde 1978. Com vasta experiência em setores comerciais e empresariais. Possui

Leia mais

Agenda MEI de Inovação e Manufatura Avançada

Agenda MEI de Inovação e Manufatura Avançada 10 Diálogos da MEI Agenda MEI de Inovação e Gilberto Peralta - GE Salvador, 04 de abril de 2016 A Economia Digital revolucionará o cotidiano das pessoas e das empresas, transformando nosso dia-a-dia Internet

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE MINAS GERAIS

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE MINAS GERAIS LEI Nº., DE //, PUBLICADA NO DOU DE //, SEÇÃO I, PAGS. I - Rua Afonso Sardinha, - Pioneiros - Ouro Branco - MG - CEP: - Tel: - - Site: www.ifmg.edu.br Matriz Curricular OBBGADM - Bacharelado em Administração.

Leia mais

Perspectivas de Desenvolvimento das Comunicações

Perspectivas de Desenvolvimento das Comunicações Perspectivas de Desenvolvimento das Comunicações Tiago Rocha da Silva Director de Marketing Movicel Luanda, 1 de Julho de 2014 EM DESENVOLVIMENTO 2005 2014 DESENVOLVIDOS 2005 2014 AS TELECOMUNICAÇÕES NO

Leia mais

Master Executive Coach

Master Executive Coach Master Executive Coach S O B R E O I N S T I T U T O M E N T O R C O A C H Instituição de Coaching, Treinamento & Desenvolvimento Humano, com atuação em todo Brasil com a Missão de disseminar a cultura

Leia mais

Administração de Serviços. Prof. Marcos Cesar

Administração de Serviços. Prof. Marcos Cesar Administração de Serviços Prof. Marcos Cesar A importância dos Serviços na Economia: Grécia Clássica - Importância a educação dos jovens. Serviços deixado de lado, sociedade agrícola e escravocrata. Idade

Leia mais

ECOLOGIA E ECONOMIA 1. CARACTERÍSTICAS DA SOCIEDADE MODERNA

ECOLOGIA E ECONOMIA 1. CARACTERÍSTICAS DA SOCIEDADE MODERNA ECOLOGIA E ECONOMIA 1. CARACTERÍSTICAS DA SOCIEDADE MODERNA Altas taxas de mudanças Incremento das inovações tecnológicas Incremento nas inovações sociais Ambiente de incertezas Globalização: mercados

Leia mais

Faculdade de Tecnologia SENAI Belo Horizonte

Faculdade de Tecnologia SENAI Belo Horizonte PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU FATEC SENAI BH A Faculdade de Tecnologia SENAI Belo Horizonte, credenciada pelo MEC pela Portaria n 1788 de 27 de maio de 2005 e despacho SEMTEC nº 311/2005, apresenta

Leia mais

A era da informação - Naldo -

A era da informação - Naldo - A era da informação - Naldo - A Era tecnológica " Á medida que os seres humanos se confundem cada vez mais com a tecnologia e uns com os outros através da tecnologia, as velhas distinções entre o que é

Leia mais

INOVAÇÃO E MANUFATURA AVANÇADA

INOVAÇÃO E MANUFATURA AVANÇADA INOVAÇÃO E MANUFATURA AVANÇADA Aqui estão alguns dos benefícios gerados pelo desenvolvimento e adoção de tecnologias digitais e entrada na era da manufatura avançada: CONTROLAR PROCESSOS E AUMENTAR EFICIÊNCIA

Leia mais

A ARTE DA EAD NA BAHIA

A ARTE DA EAD NA BAHIA 1 A ARTE DA EAD NA BAHIA (11/2006) Jaqueline Souza de Oliveira Valladares Faculdade Dois de Julho Salvador Bahia Brasil jaquelinevalladares@yahoo.com.br GT2 EAD e mediação pedagógica Resumo: O presente

Leia mais

RESÍDUOS TECNOLÓGICOS ELETROELETRÔNICOS: IMPORTÂNCIA DO CORRETO DESCARTE

RESÍDUOS TECNOLÓGICOS ELETROELETRÔNICOS: IMPORTÂNCIA DO CORRETO DESCARTE 283 RESÍDUOS TECNOLÓGICOS ELETROELETRÔNICOS: IMPORTÂNCIA DO CORRETO DESCARTE Sandro Patrício S. Pereira¹, Fernando Filho¹, André Bitencourt¹, Marcelo Libaneo² Resumo: Este trabalho teve como objetivo avaliar

Leia mais

VIII Oficinas de Formação A Escola na Sociedade da Informação e do Conhecimento praticar ao Sábado. E-learning. 3 de Março de 2007

VIII Oficinas de Formação A Escola na Sociedade da Informação e do Conhecimento praticar ao Sábado. E-learning. 3 de Março de 2007 VIII Oficinas de Formação A Escola na Sociedade da Informação e do Conhecimento praticar ao Sábado E-learning 3 de Março de 2007 Plataformas de E-learning em contexto educativo Intervenção de José Luís

Leia mais

Programa Carbono Zero da Acumuladores e Baterias Moura

Programa Carbono Zero da Acumuladores e Baterias Moura Programa Carbono Zero da Acumuladores e Baterias Moura A Ecofinance Fundado em novembro de 2007 na cidade de Porto Alegre RS Mais de 2,5 milhões de créditos de carbono emitidos; Registro do maior projeto

Leia mais

Os desafios da Escalabilidade

Os desafios da Escalabilidade Os desafios da Escalabilidade Agenda 1. Negócios 2. Oportunidades 3. Soluções Nicola Sanchez 1. ENGENHEIRO DE TELECOM 2. ADMINISTRADOR DE EMPRESAS 3. PROFESSOR 4. EMPRESARIO Projetos Atuais... Projetos

Leia mais