Ligações. perigosas. Fusões e aquisições: o jogo da integração

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Ligações. perigosas. Fusões e aquisições: o jogo da integração"

Transcrição

1 Ligações perigosas Fusões e aquisições: o jogo da integração Fusões podem se revelar um jogo perigoso. Como as organizações podem assegurar que suas áreas de fusões e aquisições propiciam de um valor real? >>

2

3 Índice Um jogo perigoso 2 Fatores críticos para o sucesso das fusões e aquisições 3 Parte I Acertando a estratégia para fusões 5 Parte II Descobrindo o equilíbrio 6 Parte III - O impacto da liderança 10 Conclusão A união perfeita 14

4 00 2 Dangerous liaisons: the integration game Um jogo perigoso A característica dominante da agenda global de negócios em 2007 tem sido o nível sem precedentes de fusões e aquisições corporativas. Mas as fusões podem ser um jogo perigoso e, como o acesso ao crédito deverá ser mais difícil em 2008, as companhias vão precisar se assegurar de que qualquer atividade de fusão resulte em valor real aos stakeholders. O Hay Group e a universidade francesa de Sorbonne pediram a líderes de negócios europeus que compartilhassem as histórias reais por trás do complexo mundo de fusões e aquisições. Nossa pesquisa revelou que apenas 9% dos líderes de negócios consideraram que seus acordos atingiram seus objetivos originais. Cerca de 45% dos executivos ouvidos eram contra as fusões que vivenciaram, sendo que 30% deles assumiam posição contrária de uma forma ativa. Todos nós sabemos que as aparências podem enganar. Um atraente balanço financeiro não necessariamente irá indicar um parceiro corporativo perfeito. Como os interessados podem ter certeza de que, por trás de números sedutores, está a sua aquisição ideal antes de avançarem no processo de fusões e aquisições? Nossa pesquisa O relatório Ligações Perigosas, do Hay Group, combina os resultados de um programa de pesquisa de três fases, conduzido em conjunto com a Sorbonne. É considerado o estudo mais detalhado já conduzido sobre fusões e aquisições européias. O Hay Group conduziu 200 entrevistas com líderes de negócio seniores europeus que vivenciaram as maiores fusões ou aquisições dos últimos três anos. E, então, pesquisou as 100 maiores fusões e aquisições realizadas na Europa no mesmo período. Por fim, a Sorbonne conduziu pesquisas qualitativas e quantitativas, em nome do Hay Group, com 300 empregados de organizações em fusão Hay Group. All rights reserved

5 1 Fatores críticos para o sucesso das fusões e aquisições Nós identificamos dois fatores-chave que fornecem uma base sólida para um processo de integração suave e que as companhias deveriam adotar para estarem entre as poucas bem-sucedidas. Descobrindo o equilíbrio Consiga o equilíbrio certo: considere cuidadosamente como alinhar e integrar tanto os ativos tangíveis quanto os intangíveis das companhias que serão fundidas. Aproveite o due diligence: use o período entre o anúncio e o término da fusão para auditar inteiramente os ativos tangíveis e intangíveis. O impacto da liderança Priorize a revisão das habilidades de liderança: saiba que as funções exigidas num contexto de fusão e aquisição são, com freqüência, um ou dois níveis acima da capacidade atual dos gerentes seniores. Não atrase: a seleção do top team deve ser definida rapidamente. Quanto antes as funções-chave forem definidas e alocadas, melhor. O restante virá na seqüência. Viva a visão: o top team deve demonstrar os valores da nova companhia para toda a força de trabalho em tudo o que fizerem. Apenas 9% dos líderes pesquisados consideraram que seus acordos alcançaram os objetivos originais.

6 00 4 Dangerous liaisons: the integration game O que são ativos intangíveis Esta é uma nova classe de ativos que inclui o seguinte: Capital organizacional de cada empresa, que inclui convergência de mercado e de cultura, governança, agilidade, comunicação e trabalho de equipes com características próprias Capital relacional, incluindo marca, fidelidade dos clientes e a rede de relacionamentos internos e externos da empresa Capital humano, o que se refere a fatores tais como capacidade de liderança, habilidades da força de trabalho, engajamento dos funcionários e produtividade É vital identificar tanto os ativos intangíveis quanto os tangíveis para que se possa entender totalmente as diferenças entre as organizações e avaliar os riscos envolvidos em qualquer fusão ou aquisição. Modelo de ativos intangíveis do Hay Group Capital Organizacional Capital Relacional Capital Humano Convergência de mercado Marca Liderança e de cultura Governança Relacionamento próximo Funcionários Agilidade Fidelidade do cliente Desenvolvimento e gestão Comunicação e trabalho Rede de relacionamento Envolvimento em equipe externa Energia e clareza Rede de relacionamento Produtividade interna interna Estrutura organizacional O modelo de ativos intagíveis do Hay Group pode ser dividido em três áreas: Know-how tácito e inovação 2007 Hay Group. All rights reserved

7 3 Parte I Acertando a estratégia para fusões De todos os entrevistados, somente um terço identificou um aumento significativo de valor para o acionista ou um crescimento notável nas vendas e em participação de mercado e/ou conseguiu melhorias significativas no custo. É preciso mais do que apenas adicionar números para conseguir a estratégia correta nas fusões. As companhias freqüentemente focam nisso enquanto lutam para combinar as organizações em fusão e entregar um melhor retorno aos acionistas. Este documento mostra as omissões críticas em due diligence e nas estratégias de integração pós-fusão, que estão entre as causas primárias dos fracassos em fusões e aquisições. Duas áreas que são negligenciadas com freqüência são a gestão dos ativos intangíveis e o papel da liderança. Nós descobrimos que as empresas ainda dão ênfase à integração e à due diligence financeira e de sistemas tradicionais, em detrimento dos vitais e intangíveis ativos que podem não ser visíveis nos balanços financeiros. Estes fatores são igualmente críticos para os processos de fusão e incluem a habilidade para entregar as promessas das marcas, o gerenciamento do relacionamento com o cliente, governança corporativa, estrutura organizacional e capital humano. Valor intangível como um percentual do total da capitalização de mercado por setor. Comparativo entre 1975 e % % 80% 70% 60% 50% 40% 30% 20% 10% A ascensão do valor intangível: os recursos intangíveis compuseram, em média, 23% da capitalização do mercado das empresas em 1975, comparados com os 73% em Fonte: Standard & Poors O Poder dos Ativos Intangíveis, % Energia Materiais Indústrias Consumo Discriocionário Consumo Estável Assistência à Saúde Finanças Serviços de telecomunicações Tecnologia da Informação Serviços Públicos

8 00 6 Dangerous liaisons: the integration game Parte II Descobrindo o equilíbrio O valor que uma fusão de sucesso pode criar é indiscutível, mas há também riscos em um mercado cada vez mais volátil. Lidar com fusões e aquisições não é para temerosos. Apesar do impacto recente na disponibilidade média de crédito em virtude do mercado de crédito imobiliário de menor qualidade, fusões e aquisições ainda são armas confiáveis nas estratégias de crescimento das organizações atualmente. Apenas 9% dos líderes de negócio afirmaram ao Hay Group que suas experiências de fusões e aquisições foram bem-sucedidas o que significa que mais de nove em cada dez fusões acabam falhando no cumprimento dos propósitos que inicialmente as direcionou para o negócio. Nossa pesquisa revelou que a maioria dos executivos concentra-se hoje na integração dos ativos tangíveis, como a contabilidade de perdas e lucros, sistemas de TI e de compras, além de funções como RH, marketing e finanças. Pouquíssimos fazem qualquer tentativa de identificar ou mitigar riscos relacionados aos ativos intangíveis nosso estudo provou que este é um dos dois fatores-chave que determina o sucesso de processos de fusões e aquisições. Prioridades do Due Diligence 100% 93% 90% 80% 70% 60% 55% 50% 41% 40% 30% 27% 22% 20% 10% Hábitos antigos são difíceis de se perder: nossos entrevistados ainda estão focados na auditoria dos ativos tangíveis durante o due diligence. 0% Finanças Sistemas de Tecnologia da Informação Capacidade de Liderar Compatibilidade Cultural Auditoria do Capital Humano 2007 Hay Group. All rights reserved

9 5 70% dos líderes de negócio afirmam ser muito difícil conduzir um processo de due diligence com ativos intangíveis. Negócio arriscado Certamente, os líderes de negócio parecem apenas estar cientes dos riscos inerentes ao não prestar a devida atenção a estes aspectos intangíveis do processo de fusão. Mais do que a metade dos líderes de negócio acredita que este desequilíbrio estratégico intensifica o risco de falhas: 54% afirmam que menosprezar a avaliação de ativos não-financeiros, tais como a cultura do negócio, aumenta o perigo de fazer a aquisição errada. O que é claro para esses executivos é que os hábitos antigos são difíceis de se perder. Apesar de reconhecerem que precisam lidar com os ativos intangíveis, o foco permanece no tradicional processo de due diligence: quase 3/4 dos compradores (70%) falharam ao avaliar os ativos intangíveis da empresa adquirida como um todo. Cuidar da integração, considerando sistemas e finanças é uma abordagem comum mas que, no final das contas, pode fracassar se não houver equilíbrio entre os ativos tangíveis e os elementos mais complexos, tais como cultura de negócios, capital humano e estrutura corporativa: os ativos intangíveis, comenta David Derain, diretor do Hay Group que conduz o trabalho sobre fusões e aquisições no EMEA (Europa, Oriente Médio e Ásia). Uma outra conseqüência de negligenciar os ativos intangíveis é a falta de apoio para fusões em todos os níveis da companhia adquirida mesmo entre as camadas mais seniores. Quase metade da liderança da empresa adquirida se opôs às fusões que viveu. Um preocupante índice de 30% deles declarou que foram ativos na sua oposição. Entre as equipes da linha de frente, cerca de 78% se opõem a tais negócios, sendo que mais da metade delas de forma ativa. A falta de foco estratégico dos líderes de negócio em relação aos ativos intangíveis pode ser, em parte, devido às dificuldades de obtenção das informações necessárias sobre estes aspectos para tomar decisões. É por esta razão que muitos estão solicitando relatórios robustos sobre cultura de negócios, capital humano e estruturas organizacionais como parte do processo de due diligence. A estratégia de pós-fusão deve começar já durante a fase de préfechamento do negócio. O foco deve estar tanto nos ativos intangíveis quanto nos tangíveis, com um plano de análise de riscos relacionado.

10 00 8 Dangerous liaisons: the integration game Quase 2/3 dos executivos entrevistados (63%) acreditam que, após a integração, permanece uma diferença notável na cultura e nos níveis de compromisso entre as duas organizações. Choque Cultural Nosso estudo destacou as conseqüências potencialmente desastrosas de negligenciar ativos intangíveis. Uma delas é o impacto de falhar no processo de integração das culturas de negócio. Quase 2/3 dos executivos pesquisados (63%) acreditam que mesmo após a integração, ainda permanece uma diferença na cultura e nos níveis de comprometimento entre as duas organizações. A cultura de negócios é a regra não escrita de como a organização funciona. Uma cola organizacional única que cada empresa desenvolve e que pode não mostrar compatibilidade quando duas ou mais empresas estão para se fundir. Em uma transação que ultrapasse fronteiras, isto pode ser exacerbado pelas diferenças dos países quanto aos valores, crenças, expectativas e atitudes em relação ao trabalho, estilos gerenciais e diversos outros fatores culturais. Ignorar a cultura quando as empresas se fundem pode garantir que os hábitos antigos persistam. Isto irá, ao final, destruir a integração. Distintos e com freqüência opostos campos de batalha emergem à medida que as pessoas lutam para proteger suas maneiras habituais de trabalhar e seu equilíbrio emocional. Empresas que não tomam medidas para abordar diferenças na cultura corporativa estão planejando o fracasso. Talvez não seja surpresa, portanto, que executivos que passaram por processos de fusões e aquisições tenham expressado insatisfação com a cultura pós-fusão. Mais de 1/5 deles (22%) descreveram os meses iniciais como um choque cultural e outros 16% foram ainda mais longe ao rotular este período como uma guerra de trincheira. Com isto em mente, as estratégias da integração devem envolver e capacitar a força de trabalho para o processo de pós-fusão. Nossa pesquisa revelou que somente uma em cada dez empresas deu prioridade ao engajamento da força de trabalho como parte de sua estratégia da integração. Quando a força de trabalho sente-se excluída do processo da integração, é provável que haja resistência. Dar poder à força de trabalho para que se torne um agente do processo da mudança irá produzir atitudes e ações mais positivas com relação à fusão. Em toda a organização, os funcionários olham os seus gerentes diretos e líderes seniores para buscar indícios de parâmetros aceitáveis de comportamento. Em uma situação de fusão, esta tendência será mais forte quando o negócio for anunciado. O alinhamento da liderança de ambos os lados do negócio é, portanto, crítico para o sucesso. Se os líderes em um ou outro lado não apoiarem a mudança, o resultado será uma problemática oposição ativa de empregados em todos os níveis Hay Group. All rights reserved

11 Como conseguir o equilíbrio correto Os resultados das fusões e das aquisições são difíceis de prever. Os aspectos humanos e culturais específicos fazem cada organização original. Ao começar a combinar o DNA de duas empresas, é impossível saber precisamente como será o resultado final. Com isso em mente, os líderes de negócio podem seguir alguns passos para alcançar o equilíbrio para um processo de integração tranqüilo e bem sucedido. Alcançar um equilíbrio correto entre os ativos intangíveis e tangíveis requer um pensamento estratégico claro desde o início de qualquer negócio. As finanças podem parecer atrativas, mas uma análise séria necessita ser feita para concluir como o capital organizacional, relacional e humano pode ser integrado. A integração dos recursos tangíveis, tais como políticas, processos funcionais e economias de custo, é o que se geralmente aborda em primeiro lugar. É mais claro trabalhar um plano para tratar destes elementos visíveis da fusão. Quando isto for fundamental à redução de custo, concentrar-se somente em sinergias de integração não entregará o valor de crescimento ou de aumento desejado para o acionista. Para chegar à zona de criação de valor mais rapidamente, organizações em fusão devem alinhar os ativos intangíveis. Estes elementos incluiríam as promessas da marca, a governança, o engajamento do empregado e a gestão do relacionamento com o cliente, uma vez que começam a integrar seus processos e sistemas. Os dois aspectos da estratégia de integração devem ser tratados paralelamente. Como nossa pesquisa revelou, é muito tarde pensar sobre estes assuntos seis meses após o fechamento do negócio. 49% dos líderes de negócio exigem estruturas de reporte mandatórias e completas para a cultura do negócio e capital humano.

12 00 10 Dangerous liaisons: the integration game Parte III - O impacto da liderança Os líderes de negócio que deram prioridade a uma revisão da potencialidade da liderança foram quatro vezes mais bem sucedidos em conseguir seus objetivos de fusão Hay Group. All rights reserved Onde a oposição a um negócio ocorreu, ela se tornou mais evidente nos níveis mais baixos da organização. A resistência foi mais marcante na gerência média, onde quase a metade dos gerentes foram contra a fusão - um quinto deles de maneira ativa. As fusões e as aquisições, por sua natureza, tendem à desordem. Toda a transação, não importa o seu tamanho, inicia um período de mudança fundamental para ambas as organizações e para a força de trabalho que vivencia o processo de integração. O Hay Group examinou uma variedade de fatores que afetam o sucesso de uma fusão ou de uma aquisição. Ficou claro que dois fatores fazem realmente a diferença entre os funcionários de desempenho mediano e alto: o equilíbrio entre os ativos intangíveis e tangíveis e a liderança. Nós estudamos especificamente o impacto da liderança no sucesso das fusões e aquisições, a velocidade e a facilidade da integração de empresas em fusão e o nível do rompimento causado pelo processo da integração. Descobrimos, preocupados, que a liderança eficaz é a ligação vital que falta na maioria das atividades de fusão e aquisição. A capacidade de alinhar organizações em processo de fusão especialmente os ativos intangíveis pertence, primeiramente, à equipe superior, afirma David Derain. Os líderes de negócio devem ter uma visão objetiva ao selecionar o top team, a fim de escolher a melhor equipe possível, capaz de enfrentar os desafios da integração pós-fusão. Os executivos que conduziram uma revisão formal da potencialidade da liderança durante a fase de due diligence foram quatro vezes mais bem sucedidos em entregar os objetivos que orientavam a fusão. Um quinto deles relatou que sua fusão foi totalmente bem sucedida - quase duas vezes a média. Isto comparado com um mero 5% daqueles que não revisaram de maneira formal a habilidade da liderança. Os líderes de negócio que realizaram o due diligence da liderança também tinham maior probabilidade de conseguirem apoio para a fusão em todos os níveis da organização adquirida. Quase a metade (47%) destes executivos descreveu os primeiros cem dias após a integração como um admirável mundo novo de oportunidades. E mais 1/5 deles considerava a transição tranqüila, como um negócio normal. Em comparação, quase metade dos líderes de negócio que não conduziram uma revisão da potencialidade da liderança disse que sua organização desenvolveu um clima destrutivo após a fusão. Os líderes de negócio relataram ademais, que a falha em não focar na liderança durante o due diligence teve também um efeito negativo nos níveis de produtividade e de motivação do empregado. 1/4 dos altos executivos que negligenciaram a avaliação da liderança experimentou uma diminuição nos níveis de produtividade e de envolvimento entre os trabalhadores da linha de frente uma vez terminada a integração.

13 Apenas 13% dos líderes de negócios afirmaram que foi dada alta prioridade ao engajamento e integração da alta gerência e da força de trabalho, como parte da estratégia de integração da empresa. Entretanto, aqueles que conduziram uma revisão da potencialidade da liderança relataram uma melhoria de mais de 10% nos níveis de motivação. Durante a fusão e a integração, os líderes eficazes demonstrarão sua crença e compromisso com o negócio. Isso, por sua vez, ajudará a sustentar o engajamento e a produtividade do empregado. Uma compreensão profunda das habilidades e das motivações dos empregados no nível da liderança fornecerá insights valiosos ao passar por etapas vitais para envolver a força de trabalho e para convencê-los de que o negócio faz sentido. Os executivos sempre subestimam o impacto da fusão e aquisição nas redes de relacionamento informais e sociais que fazem uma organização formal funcionar, afirma Claude Dion, que trabalha em negócios de pós-fusão da área de Fusão e Aquisição do Hay Group. Este é o motivo pelo qual os líderes necessitam ter clareza sobre suas forças e fraquezas e ter um plano de ação realista para suportar a estratégia de integração. Apesar do papel fundamental da liderança no sucesso de Fusões e Aquisições, mais da metade das empresas não avalia a potencialidade da liderança como parte do processo de due diligence. A liderança é o ingrediente vital que falta na maioria das fusões e aquisições. O impacto que o time de líderes tem sobre o sucesso da integração e do desempenho de empresas em fusão é evidente. Os líderes de negócios que estão prospectando aquisições devem avaliar a capacidade da liderança assim que considerarem a fusão e agir assertivamente para colocar o time correto em ação se quiserem garantir uma transição sem problemas, ou seja, que mantenha a produtividade do funcionário e posicione a nova empresa para um aumento do lucro. O impacto dos novos líderes no valor A fusão ou aquisição Novo time de líderes Time de líderes antigos realmente acrescentou novo valor? Sim, muito 50% 19% Sim, um pouco 35% 31% Não 8% 4% Ainda não 7% 46%

14 00 12 Dangerous liaisons: the integration game Tudo muda? Um novo time de gerentes tem quase três vezes mais chances de obter sucesso. Dado o impacto crítico da liderança na integração bem sucedida pós-fusão e aquisição e no desempenho futuro da nova empresa, uma decisão crucial que deve ser tomada pelos compradores é substituir ou não o time da alta gerência. Não há nenhuma regra objetiva e rápida na resposta a esta questão. Tomar a decisão certa depende dos motivos estratégicos por trás da fusão e aquisição, dos objetivos da fusão, do tipo da transação, do desempenho relativo das empresas em fusão e das potencialidades da liderança em atuação. Tudo isto enfatiza a importância de realizar o due diligence da liderança. Entretanto, nossa pesquisa sugere que há claras vantagens em trazer uma nova equipe de alta gerência. Os compradores que decidiram substituir a equipe gerencial tiveram melhor resultado do que aqueles que mantiveram a equipe existente no lugar. Ao designar uma nova equipe gerencial, a empresa tem quase três vezes mais chances de obter sucesso. Um novo time de líderes também tem mais probabilidade de produzir um maior valor aos acionistas, uma vez que 29% dos compradores que indicaram novos líderes afirmaram que a fusão aumentou consideravelmente o preço de mercado, contra apenas 5% daqueles que mantiveram a gerência da empresa adquirida. Então porque a substituição da liderança tem um impacto tão crítico no sucesso? A chave encontra-se na atitude da gerência em relação à fusão, e o impacto que esta tem na cultura e nas operações da organização em processo de fusão. A gerência sênior deve ter a visão de uma organização recentemente fundida, e demonstrá-la por meio de comportamento adequado, ajustando o tom desde o início, a fim de tranqüilizar os empregados sobre a validade e o sucesso futuro da nova empresa, explica Gaurav Lahiri, diretor de Fusões e Aquisições do Hay Group. Uma nova gerência deve ser nomeada assim que possível durante a fusão ou a aquisição, não somente para melhorar o processo da integração, mas também para reforçar a probabilidade de sucesso no que se refere à realização dos objetivos do negócio. Substituir a camada superior pode parecer um risco elevado, mas pelo que nossa pesquisa demonstra, o saldo em termos de resultado mais do que justifica esse risco. A mensagem para a fusão de empresas é clara, afirma Deborah Allday, diretora de Fusões e Aquisições do Hay Group. Para as empresas que estiverem adquirindo negócios de destaque ou aumentando o portfólio em territórios desconhecidos, a retenção da mesma equipe gerencial significará obter os mesmos resultados de sempre. Entretanto, para os compradores que buscam um valor novo e significativo ou que desejam obter uma economia de escala por meio da fusão de empresas, uma equipe gerencial nova significa uma probabilidade três vezes maior de alcançar os resultados Hay Group. All rights reserved

15 A demanda por velocidade O tempo médio para indicar uma nova equipe gerencial era de setenta e quatro dias. O impacto disso no desempenho das empresas é desastroso. Fundir organizações envolve a junção de dois ou mais tipos de estratégias, operações, processos, pessoas e culturas, de forma que a nova empresa ainda possa operar eficientemente e aumentar seus lucros. Um empreendimento tão complexo pode ter um efeito que tende à desordem em relação ao cuidado com o cliente, portanto, a necessidade de velocidade é evidente. Quanto mais rápido a liderança estiver a postos e capaz de dedicar seus recursos a assegurar uma transição tranqüila, menor será o efeito de ruptura nas operações e no serviço de atendimento ao cliente. Contudo, as empresas em processo de fusão não estão levando este fato em consideração. O tempo médio para indicar uma equipe gerencial nova para as transações estudadas pelo Hay Group era de setenta e quatro dias, que totaliza dois meses e meio de operações sem liderança. O impacto disso no desempenho das empresas é desastroso. Os líderes de negócio estimaram que o desconcertante tempo médio de ruptura das operações de linha de frente de empresas adquiridas era de dois anos e meio. 1/4 das fusões estudadas alcançou a integração completa em até três anos após o negócio. Para aqueles que já haviam conseguido a integração completa, o tempo médio foi de dezenove meses. De forma significativa, as empresas que indicam uma equipe gerencial nova assim que a etapa do due diligence é iniciada têm duas vezes mais chances de finalizar a integração por completo dentro de um ano, reduzindo consideravelmente o tempo de ruptura. Perto da metade (46 %) das empresas sob nova gerência desde o inicio do due diligence conseguiram isso e menos de 1/4 delas não conseguiram indicar um novo time gerencial durante esse estágio.

16 00 14 Dangerous liaisons: the integration game Conclusão A união perfeita O valor que uma fusão bem sucedida pode gerar é indiscutível. Apesar do impacto recente na disponibilidade média de crédito em virtude do mercado de crédito imobiliário de menor qualidade, fusões e aquisições ainda são armas confiáveis nas estratégias de crescimento das organizações. Empresas de capital fechado continuam ávidas por oportunidades de investimento, ao menos em médio prazo. Mesmo assim, os compradores devem dar a devida atenção ao valor real de uma empresa: aquele encontrado nas salas da diretoria, capital humano e cultura do negócio. Um foco estratégico aguçado nestes ativos intangíveis é vital não apenas durante o namoro, mas também durante todo o processo de fusão, se o comprador e o comprado quiserem apreciar juntos um futuro longo e próspero. Quando o equilíbrio entre ativos tangíveis e intangíveis é alcançado, forma-se a base sólida para o crescimento estratégico e se assegura do retorno de investimento. O equilíbrio permite também que os executivos seniores abracem o desafio da liderança de uma maneira realista. Esta abordagem tranqüiliza parceiros financeiros e acionistas. O nível de prioridade que os responsáveis pela estratégia de fusão dão para organizar os valores intangíveis pode fazer a diferença entre uma mão-de-obra engajada, produtiva e uma oposição ácida; entre um admirável mundo novo de valor e a guerra total. Conseguir uma união de culturas de negócio fará a diferença entre o retorno lucrativo e o fracasso custoso. Afinal, o divórcio é um negócio caro Hay Group. All rights reserved

17 Sobre o Hay Group O Hay Group é a única consultoria gerencial que ajuda as organizações em processo de fusão a gerenciar tanto os ativos intangíveis quanto os tangíveis envolvidos em uma fusão ou em uma aquisição. Nós ajudamos os negócios a assegurarem-se de que o valor da organização recentemente formada seja percebido logo no início. Os profissionais de Fusão e Aquisição do Hay Group em nível mundial têm vasta experiência em trabalhar com líderes seniores para trazer uma perspectiva objetiva ao processo de Fusão e Aquisição, ajudando a manter o foco da organização nova no que importa externamente: clientes. A visão de um especialista em relação aos ativos e aos interesses das empresas envolvidas em uma fusão ou em uma aquisição e aos problemas e desafios enfrentados durante toda a transação pode aumentar significativamente a velocidade da integração e o sucesso sustentável da nova empresa. O Hay Group é uma consultoria global que trabalha com líderes para transformar estratégias em realidade. Com 89 escritórios em 47 países, trabalhamos com mais de clientes em todo o mundo. Desenvolvemos talentos, organizamos as pessoas para que sejam mais eficazes e as motivamos a ter sempre o melhor desempenho. O Hay Group ajuda organizações em processo de fusão a: compreender a estratégia de fusão ou de aquisição e a alinhar os top teams em torno de novos objetivos estratégicos criar novos processos de governança, definindo novos modelos de operação e estruturas gerenciais executivas identificar e gerenciar os riscos dos ativos tangíveis e intangíveis estabelecer equipes de gerenciamento da transição, liderança e sinergia para acelerar a integração desenvolver uma estratégia de comunicação e processos que ajudem a envolver os empregados e construir o comprometimento da força de trabalho Para cópias do relatório Ligações Perigosas, entre em contato com:

18 00 16 Dangerous liaisons: the integration game Sobre os autores Claude Dion entrou para o Hay Group em 1997 e tem vinte e cinco anos de experiência em consultoria, principalmente em efetividade organizacional e gestão de negócios para reestruturar empresas. Atualmente, ele é responsável por desenvolvimento de negócios nos países da Comunidade Econômica Européia e atua intensivamente em processos de pós-fusão. Deborah Allday começou no Hay Group em Ela fica alocada em Londres e lidera o trabalho sobre Fusões e Aquisições do Hay Group no Reino Unido. Deborah trabalha com CEOs e seus Top Teams para aumentar o retorno aos acionistas melhorando a entrega de redução de custo pós-integração e o crescimento dos benefícios, além de gerenciar ativos tangíveis e intangíveis. Caroline Lafforet é analista européia de pesquisa em fusões e aquisições do Hay Group. PhD em psicologia organizacional pela Sorbonne, ela conduziu, por um período de quatro anos, pesquisas independentes sobre os fatores de sucesso em fusões e aquisições, área em que desenvolveu grande perícia. David Derain juntou-se ao Hay Group em Alocado em Paris, ele é atualmente diretor da região EMEA e responsável pelas atividades de fusões e aquisições. David tem ampla experiência em gerenciar projetos globais, especialmente em integração e gerenciamento de risco em fusões e aquisições. Gaurav Lahiri uniu-se ao Hay Group em 2000, inicialmente em Singapura, para em seguida ser transferido para Melbourne e, por fim, implementar as práticas do Hay Group na Índia. Atualmente alocado em Londres, ele possui foco especial em fusões e aquisições, trabalhando com os clientes para alinhar as organizações com as agendas estratégicas. Ligações Perigosas Para cópias adicionais do relatório Ligações Perigosas do Hay Group e saber mais informações sobre o Hay Group, favor contatar: A versão em PDF deste relatório está disponível no site: Hay Group O Hay Group trabalhou em parceria com a Man Bites Dog Relações Públicas para desenvolver o conceito e a pesquisa para este relatório. A pesquisa adicional foi conduzida por Vanson Bourne, em nome do Hay Group. O conteúdo deste relatório tem objetivo puramente informativo. Este relatório não estabelece qualquer relacionamento de cliente, profissional, fiduciário ou de consultoria entre o leitor do mesmo e o Hay Group. Tampouco o Hay Group ou qualquer outra pessoa, com base neste relatório, pode oferecer serviços profissionais ou orientação contábeis, de consultoria, auditoria, legal, impostos ou outros Hay Group. All rights reserved

19

20 África Cidade do Cabo Pretória Sandown Ásia Bangkok Pequim Chennai Hong-Kong Jacarta Kuala Lumpur Bombaim Nova Delhi Seul Xangai Cingapura Tóquio Europa Atenas Barcelona Berlim Bilbao Birmingham Bratislava Bristol Bruxelas Bucareste Budapeste Dublin Frankfurt Glasgow Helsinque Istambul Kiev Lille Lisboa Londres Lyon Madri Manchester Milão Moscou Oslo Paris Praga Roma Estrasburgo Estocolmo Viena Vilnius Varsóvia Windsor Zeist Zurique Oriente Médio Dubai Tel Aviv América do Norte Atlanta Boston Calgary Charlotte Chicago Dallas Edmonton Halifax Cidade do Kansas Los Angeles Cidade do México Montreal Nova Iorque Metro Norwalk Ottawa Filadélfia Regina São Francisco San Jose Toronto Vancouver Washington DC Pacífico Auckland Brisbane Canberra Melbourne Perth Sydney Wellington América do Sul Bogotá Buenos Aires Caracas Lima Santiago São Paulo Hay Group é uma empresa de consultoria mundial que trabalha com líderes para transformar estratégia em realidade. Nós desenvolvemos os talentos, organizamos as pessoas para serem mais eficazes e os motivamos para atingirem o melhor desempenho. Nosso foco está em fazer a mudança acontecer e a ajudar as pessoas e as organizações a perceberem seu potencial. Temos funcionários, distribuídos por 86 escritórios em 47 países. Para informações adicionais, acesse o site

certo? Descubra o valor real de sua remuneração total

certo? Descubra o valor real de sua remuneração total Você tem o equilibrio certo? Descubra o valor real de sua remuneração total O Reward Pinpoint irá ajudá-lo a maximizar a efetividade de seu programa de remuneração, propiciando um quadro global completo

Leia mais

crítico reter profissionais? Por que está tão

crítico reter profissionais? Por que está tão Por que está tão crítico reter profissionais? Retenção é um tema recorrente nas empresas. Como a maioria dos assuntos relacionados à gestão de pessoas, não existe uma fórmula mágica. Estudo conduzido pelo

Leia mais

Próxima. geração de. Conectando estratégia pessoas e trabalho

Próxima. geração de. Conectando estratégia pessoas e trabalho Próxima geração de RH Conectando estratégia pessoas e trabalho Questões críticas sobre gestão de pessoas como a guerra de talentos, desenvolvimento de liderança e gestão de desempenho são os diferenciais

Leia mais

Egon Zehnder International. As TIC para a Empregabilidade e Inovação

Egon Zehnder International. As TIC para a Empregabilidade e Inovação Egon Zehnder International As TIC para a Empregabilidade e Inovação Luísa Campos Lopes Lisboa, 16 de Janeiro de 2013 Egon Zehnder International uma Firma global A Egon Zehnder International tem 65 escritórios

Leia mais

Horton International Brasil Al. dos Maracatins, 992-A 11º andar, conj. 111 e 112 04089-001 São Paulo SP Tel: (+55 11) 5533-0322 www.horton.com.

Horton International Brasil Al. dos Maracatins, 992-A 11º andar, conj. 111 e 112 04089-001 São Paulo SP Tel: (+55 11) 5533-0322 www.horton.com. HORTON INTERNATIONAL EXECUTIVE SEARCH MANAGEMENT CONSULTANTS Horton International Brasil Al. dos Maracatins, 992-A 11º andar, conj. 111 e 112 04089-001 São Paulo SP Tel: (+55 11) 5533-0322 www.horton.com.br

Leia mais

Gêmeas. Montanhas. Como as Melhores Empresas para Liderança se destacam tanto em inovação quanto em excelência operacional

Gêmeas. Montanhas. Como as Melhores Empresas para Liderança se destacam tanto em inovação quanto em excelência operacional Montanhas Gêmeas Como as Melhores Empresas para Liderança se destacam tanto em inovação quanto em excelência operacional A transformação estratégica é uma característica permanente nas empresas mais bem

Leia mais

O Valor estratégico da sustentabilidade: resultados do Relatório Global da McKinsey

O Valor estratégico da sustentabilidade: resultados do Relatório Global da McKinsey O Valor estratégico da sustentabilidade: resultados do Relatório Global da McKinsey Executivos em todos os níveis consideram que a sustentabilidade tem um papel comercial importante. Porém, quando se trata

Leia mais

Aquecimento para o 3º Seminário Internacional de BPM

Aquecimento para o 3º Seminário Internacional de BPM Aquecimento para o 3º Seminário Internacional de BPM É COM GRANDE PRAZER QUE GOSTARÍAMOS DE OFICIALIZAR A PARTICIPAÇÃO DE PAUL HARMON NO 3º SEMINÁRIO INTERNACIONAL DE BPM!! No ano passado discutimos Gestão

Leia mais

Fazendo a mudança dar certo

Fazendo a mudança dar certo Fazendo a mudança dar certo A importância das pessoas 12 de março de 2015 Carlos Siqueira e Daniela Segre Apresentações Carlos Siqueira Hay Group Brasil Diretor Daniela Segre Hay Group Brasil Gerente 2

Leia mais

GERENCIAMENTO DE PORTFÓLIO

GERENCIAMENTO DE PORTFÓLIO PMI PULSO DA PROFISSÃO RELATÓRIO DETALHADO GERENCIAMENTO DE PORTFÓLIO Destaques do Estudo As organizações mais bem-sucedidas serão aquelas que encontrarão formas de se diferenciar. As organizações estão

Leia mais

ORGANIZATI ONAL AGILITY

ORGANIZATI ONAL AGILITY PMI PULSO DA PROFISSÃO RELATÓRIO DETALHADO A VANTAGEM COMPETITIVA DO GERENCIAMENTO EFICAZ DE TALENTOS ORGANIZATI ONAL ORGANIZATI ONAL AGILITY AGILITY MARÇO DE 2013 Estudo Detalhado Pulse of the Profession

Leia mais

4. Tendências em Gestão de Pessoas

4. Tendências em Gestão de Pessoas 4. Tendências em Gestão de Pessoas Em 2012, Gerenciar Talentos continuará sendo uma das prioridades da maioria das empresas. Mudanças nas estratégias, necessidades de novas competências, pressões nos custos

Leia mais

Terceirização de Serviços de TI

Terceirização de Serviços de TI Terceirização de Serviços de TI A visão do Cliente PACS Quality Informática Ltda. 1 Agenda Terceirização: Perspectivas históricas A Terceirização como ferramenta estratégica Terceirização: O caso específico

Leia mais

O Valor da TI. Introduzindo os conceitos do Val IT para mensuração do valor de Tecnologia da Informação. Conhecimento em Tecnologia da Informação

O Valor da TI. Introduzindo os conceitos do Val IT para mensuração do valor de Tecnologia da Informação. Conhecimento em Tecnologia da Informação Conhecimento em Tecnologia da Informação Conhecimento em Tecnologia da Informação O Valor da TI Introduzindo os conceitos do Val IT para mensuração do valor de Tecnologia da Informação 2010 Bridge Consulting

Leia mais

Liderando Projetos com Gestão de Mudanças Organizacionais

Liderando Projetos com Gestão de Mudanças Organizacionais Jorge Bassalo Strategy Consulting Sócio-Diretor Resumo O artigo destaca a atuação da em um Projeto de Implementação de um sistema ERP, e o papel das diversas lideranças envolvidas no processo de transição

Leia mais

Due Diligence para Marcas e Pessoas

Due Diligence para Marcas e Pessoas Due Diligence para Marcas e Pessoas por Maximiliano Tozzini Bavaresco ABOVE BRANDING CONCEPT No mundo corporativo as fusões e aquisições estão cada vez mais corriqueiras. Volta e meia surgem notícias sobre

Leia mais

um RH estratégico para hoje e para o futuro Construindo

um RH estratégico para hoje e para o futuro Construindo Construindo um RH estratégico para hoje e para o futuro ado o crescente foco executivo no capital humano, o RH tem uma oportunidade sem precedentes de se posicionar como um verdadeiro parceiro estratégico

Leia mais

Estruturando o modelo de RH: da criação da estratégia de RH ao diagnóstico de sua efetividade

Estruturando o modelo de RH: da criação da estratégia de RH ao diagnóstico de sua efetividade Estruturando o modelo de RH: da criação da estratégia de RH ao diagnóstico de sua efetividade As empresas têm passado por grandes transformações, com isso, o RH também precisa inovar para suportar os negócios

Leia mais

Private Equity ADVISORY

Private Equity ADVISORY Private Equity ADVISORY Private Equity Excelentes profissionais que trabalham em equipe, transformando conhecimento em valor, em benefício de nossos clientes. Private Equity 1 Qualidade e integridade são

Leia mais

Fusão & Aquisição para uma Vantagem Competitiva Melhores Práticas

Fusão & Aquisição para uma Vantagem Competitiva Melhores Práticas Competitiva Melhores Práticas A consolidação e a convergência estão intensificando a concretização de operações de - FA (tradicionalmente conhecidas como MA mergers and acquisitions) considerada uma das

Leia mais

Implementação rápida do modelo Balanced Scorecard (BSC) nas empresas de seguros

Implementação rápida do modelo Balanced Scorecard (BSC) nas empresas de seguros Implementação rápida do modelo Balanced Scorecard (BSC) nas empresas de seguros Uma evolução nos sistemas de controle gerencial e de planejamento estratégico Francisco Galiza Roteiro Básico 1 SUMÁRIO:

Leia mais

Lean Seis Sigma e Benchmarking

Lean Seis Sigma e Benchmarking Lean Seis Sigma e Benchmarking Por David Vicentin e José Goldfreind O Benchmarking elimina o trabalho de adivinhação observando os processos por trás dos indicadores que conduzem às melhores práticas.

Leia mais

I. A empresa de pesquisa de executivos deve lhe fornecer uma avaliação precisa e cândida das suas capacidades para realizar sua pesquisa.

I. A empresa de pesquisa de executivos deve lhe fornecer uma avaliação precisa e cândida das suas capacidades para realizar sua pesquisa. DIREITO DOS CLIENTES O que esperar de sua empresa de Executive Search Uma pesquisa de executivos envolve um processo complexo que requer um investimento substancial do seu tempo e recursos. Quando você

Leia mais

Liderança Feminina. Que tipo de clima as altas executivas geram em suas equipes? Setembro/2009

Liderança Feminina. Que tipo de clima as altas executivas geram em suas equipes? Setembro/2009 Liderança Feminina Que tipo de clima as altas executivas geram em suas equipes? Setembro/2009 Sobre o Hay Group Hay Group é uma consultoria global em gestão que trabalha com líderes para transformar estratégias

Leia mais

fagury.com.br. PMBoK 2004

fagury.com.br. PMBoK 2004 Este material é distribuído por Thiago Fagury através de uma licença Creative Commons 2.5. É permitido o uso e atribuição para fim nãocomercial. É vedada a criação de obras derivadas sem comunicação prévia

Leia mais

Como engajar da. cabeça ao coração O mundo está em transformação, você está preparado?

Como engajar da. cabeça ao coração O mundo está em transformação, você está preparado? Como engajar da cabeça ao coração O mundo está em transformação, você está preparado? Colaboradores com alto desempenho são essenciais para qualquer empresa. Mas por que é tão difícil atingir esse nível?

Leia mais

ARTIGOS AÇÕES MOTIVACIONAIS

ARTIGOS AÇÕES MOTIVACIONAIS ARTIGOS AÇÕES MOTIVACIONAIS ÍNDICE em ordem alfabética: Artigo 1 - ENDOMARKETING: UMA FERRAMENTA ESTRATÉGICA PARA DESENVOLVER O COMPROMETIMENTO... pág. 2 Artigo 2 - MOTIVANDO-SE... pág. 4 Artigo 3 - RECURSOS

Leia mais

LIDERANÇA & GESTÃO DE PESSOAS 12 DESAFIOS, 3 FERRAMENTAS E UMA DECISÃO

LIDERANÇA & GESTÃO DE PESSOAS 12 DESAFIOS, 3 FERRAMENTAS E UMA DECISÃO LIDERANÇA & GESTÃO DE PESSOAS 12 DESAFIOS, 3 FERRAMENTAS E UMA DECISÃO INTRODUÇÃO O setor de RH deve ser extinto. Ram Charan em artigo na Harvard Business Review Você concorda? OBJETIVOS DESTE WORKSHOP

Leia mais

Auditoria Interna do Futuro: Você está Preparado? Oswaldo Basile, CIA, CCSA. Presidente IIA Brasil

Auditoria Interna do Futuro: Você está Preparado? Oswaldo Basile, CIA, CCSA. Presidente IIA Brasil Auditoria Interna do Futuro: Você está Preparado? Oswaldo Basile, CIA, CCSA. Presidente IIA Brasil O futuro é (deveria ser) o sucesso Como estar preparado? O que você NÃO verá nesta apresentação Voltar

Leia mais

Vantagem da Calmena. Experiência global alavancada pelo know-how local. O alcance de uma multinacional com o serviço de uma empresa local.

Vantagem da Calmena. Experiência global alavancada pelo know-how local. O alcance de uma multinacional com o serviço de uma empresa local. Vantagem da Calmena Experiência global alavancada pelo know-how local. As equipes locais oferecem soluções de padrão internacional adaptadas ao seu mercado, otimizando a operação com técnicas de sucesso

Leia mais

Pós-Graduação em Gerenciamento de Projetos práticas do PMI

Pós-Graduação em Gerenciamento de Projetos práticas do PMI Pós-Graduação em Gerenciamento de Projetos práticas do PMI Planejamento do Gerenciamento das Comunicações (10) e das Partes Interessadas (13) PLANEJAMENTO 2 PLANEJAMENTO Sem 1 Sem 2 Sem 3 Sem 4 Sem 5 ABRIL

Leia mais

ARGENTINA BRASIL CHILE COLÔMBIA MÉXICO PERÚ URUGUAI. Caminhos para o Sucesso na Gestão de RH na América Latina

ARGENTINA BRASIL CHILE COLÔMBIA MÉXICO PERÚ URUGUAI. Caminhos para o Sucesso na Gestão de RH na América Latina ARGENTINA BRASIL CHILE COLÔMBIA MÉXICO PERÚ URUGUAI 5 Caminhos para o Sucesso na Gestão de RH na América Latina 1 INTRODUÇÃO A gestão de Recursos Humanos é extremamente complexa, uma vez que combina várias

Leia mais

Artigo Lean Seis Sigma e Benchmarking

Artigo Lean Seis Sigma e Benchmarking Artigo Lean Seis Sigma e Benchmarking David Vicentin e José Goldfreind Benchmarking pode ser definido como o processo de medição e comparação de nossa empresa com as organizações mundiais best-in-class.

Leia mais

Evento técnico mensal

Evento técnico mensal Evento técnico mensal DESAFIOS E CARREIRA DOS PROFISSIONAIS DE PROJETOS Organização Apoio 1 de xx APRESENTAÇÃO Isabella Bueno Sócia- Fundadora da Martins & Bueno Assessoria em Recursos Humanos. Possui

Leia mais

CONDUZINDO MUDANÇAS TRANSFORMADORAS

CONDUZINDO MUDANÇAS TRANSFORMADORAS CONDUZINDO MUDANÇAS TRANSFORMADORAS por David Miller The European Business Review, março/abril 2012 As mudanças estão se tornando mais frequentes, radicais e complexas. Os índices de falha em projetos

Leia mais

As Novas Competências de RH: Parceria de Negócios de Fora para Dentro

As Novas Competências de RH: Parceria de Negócios de Fora para Dentro As Novas Competências de RH: Parceria de Negócios de Fora para Dentro DAVE ULRICH, JON YOUNGER, WAYNE BROCKBANK E MIKE ULRICH Qualquer bom profissional de RH quer ser melhor. Isto começa com um desejo

Leia mais

líder Construindo o novo

líder Construindo o novo Construindo o novo líder Revelando os desafios de liderança do futuro De acordo com a pesquisa do Hay Group sobre a Liderança em 2030, os líderes do futuro precisarão de uma série de novas habilidades

Leia mais

Risco na medida certa

Risco na medida certa Risco na medida certa O mercado sinaliza a necessidade de estruturas mais robustas de gerenciamento dos fatores que André Coutinho, sócio da KPMG no Brasil na área de Risk & Compliance podem ameaçar a

Leia mais

Saiba Como Convencer os Executivos Sobre o Valor do Gerenciamento de Projetos. White Paper

Saiba Como Convencer os Executivos Sobre o Valor do Gerenciamento de Projetos. White Paper Saiba Como Convencer os Executivos Sobre o Valor do Gerenciamento de Projetos White Paper TenStep 2007 Saiba Como Convencer os Executivos Sobre o Valor do Gerenciamento de Projetos Não há nenhuma duvida

Leia mais

Administração de Pessoas por COMPETÊNCIAS

Administração de Pessoas por COMPETÊNCIAS Administração de Pessoas por COMPETÊNCIAS Adm.Walter Lerner 1.Gestão,Competência e Liderança 1.1.Competências de Gestão Competências Humanas e Empresariais são Essenciais Todas as pessoas estão, indistintamente,

Leia mais

1- Objetivo: Avaliar os conhecimentos adquiridos durante o auto treinamento de Governança de TI com as práticas da ITIL e Cobit.

1- Objetivo: Avaliar os conhecimentos adquiridos durante o auto treinamento de Governança de TI com as práticas da ITIL e Cobit. 1- Objetivo: Avaliar os conhecimentos adquiridos durante o auto treinamento de Governança de TI com as práticas da ITIL e Cobit. 2 Regras e Instruções: Antes de começar a fazer a avaliação leia as instruções

Leia mais

Por dentro do mercado de médio porte: Uma perspectiva para 2011

Por dentro do mercado de médio porte: Uma perspectiva para 2011 Janeiro 2011 Exclusivamente para empresas de médio porte Por dentro do mercado de médio porte: Uma perspectiva para 2011 Relatório para o Brasil Panorama global: Pesquisa com 2.112 líderes do mercado de

Leia mais

Tendências em Gestão de Pessoas

Tendências em Gestão de Pessoas Tendências em Gestão de Pessoas Iniciamos um novo ano, 2011. Dois meses já se passaram, e voltamos aos artigos sobre RH estratégico, Tendências de Recursos Humanos, Novos Rumos para a área de Recursos

Leia mais

OS PRINCÍPIOS DA ESSILOR

OS PRINCÍPIOS DA ESSILOR OS PRINCÍPIOS DA ESSILOR Cada um de nós, na vida profissional, divide com a Essilor a sua responsabilidade e a sua reputação. Portanto, devemos conhecer e respeitar os princípios que se aplicam a todos.

Leia mais

www.dehterakm.com beatriz@dehtearkm.com

www.dehterakm.com beatriz@dehtearkm.com www.dehterakm.com beatriz@dehtearkm.com Quem somos? A BEATRIZ DEHTEAR KM apresenta a seus clientes uma proposta totalmente inovadora para implementar a Gestão do Conhecimento Organizacional. Nosso objetivo

Leia mais

Apresentação por Leonardo Melo melo.leonardo@ieee.org Universidade Federal de Juiz de Fora PET Elétrica IEEE Institute Of Electrical and Electronics

Apresentação por Leonardo Melo melo.leonardo@ieee.org Universidade Federal de Juiz de Fora PET Elétrica IEEE Institute Of Electrical and Electronics Apresentação por Leonardo Melo melo.leonardo@ieee.org Universidade Federal de Juiz de Fora PET Elétrica IEEE Institute Of Electrical and Electronics Engineers Prefácio O Engenheiro 2020 Como será ou deveria

Leia mais

Retenção: desafio estratégico de liderança no Brasil Remuneração, ações de desenvolvimento e de retenção de talentos: os desafios estratégicos de RH

Retenção: desafio estratégico de liderança no Brasil Remuneração, ações de desenvolvimento e de retenção de talentos: os desafios estratégicos de RH Retenção: desafio estratégico de liderança no Brasil Remuneração, ações de desenvolvimento e de retenção de talentos: os desafios estratégicos de RH Maio/2012 Agenda Por que está tão crítico reter profissionais?

Leia mais

Balanced Scorecard BSC. O que não é medido não é gerenciado. Medir é importante? Também não se pode medir o que não se descreve.

Balanced Scorecard BSC. O que não é medido não é gerenciado. Medir é importante? Também não se pode medir o que não se descreve. Balanced Scorecard BSC 1 2 A metodologia (Mapas Estratégicos e Balanced Scorecard BSC) foi criada por professores de Harvard no início da década de 90, e é amplamente difundida e aplicada com sucesso em

Leia mais

Ser sincero em sua crença de que todos devem ir para casa todos os dias com segurança e saúde - demonstre que você se importa.

Ser sincero em sua crença de que todos devem ir para casa todos os dias com segurança e saúde - demonstre que você se importa. A Liderança Faz a Diferença Guia de Gerenciamento de Riscos Fatais Introdução 2 A prevenção de doenças e acidentes ocupacionais ocorre em duas esferas de controle distintas, mas concomitantes: uma que

Leia mais

Gestão do Conhecimento A Chave para o Sucesso Empresarial. José Renato Sátiro Santiago Jr.

Gestão do Conhecimento A Chave para o Sucesso Empresarial. José Renato Sátiro Santiago Jr. A Chave para o Sucesso Empresarial José Renato Sátiro Santiago Jr. Capítulo 1 O Novo Cenário Corporativo O cenário organizacional, sem dúvida alguma, sofreu muitas alterações nos últimos anos. Estas mudanças

Leia mais

Você tem a organização de TI certa para suportar sua estratégia de negócio?

Você tem a organização de TI certa para suportar sua estratégia de negócio? Você tem a organização de TI certa para suportar sua estratégia de negócio? Jean-Claude Ramirez Vice-Presidente Gabriele Zuccarelli Manager A habilidade de uma empresa de alavancar o potencial da tecnologia

Leia mais

Gestão de Portfólio de Projetos

Gestão de Portfólio de Projetos Dez/2010 Gestão de de Projetos Prof. Américo Pinto FGV, IBMEC-RJ, PUC-RJ, COPPEAD Email: contato@americopinto.com.br Twitter: @americopinto Linkedin: Americo Pinto Website: www.americopinto.com.br Por

Leia mais

liderança conceito Sumário Liderança para potenciais e novos gestores

liderança conceito Sumário Liderança para potenciais e novos gestores Sumário Liderança para potenciais e novos gestores conceito Conceito de Liderança Competências do Líder Estilos de Liderança Habilidades Básicas Equipe de alta performance Habilidade com Pessoas Autoestima

Leia mais

Processo de Negociação. Quem somos. Nossos Serviços. Clientes e Parceiros

Processo de Negociação. Quem somos. Nossos Serviços. Clientes e Parceiros Quem somos Nossos Serviços Processo de Negociação Clientes e Parceiros O NOSSO NEGÓCIO É AJUDAR EMPRESAS A RESOLVEREM PROBLEMAS DE GESTÃO Consultoria empresarial a menor custo Aumento da qualidade e da

Leia mais

PMBOK 5. Caros concurseiros! Eis um resumo que fiz sobre as principais mudanças na quinta edição do PMBOK.

PMBOK 5. Caros concurseiros! Eis um resumo que fiz sobre as principais mudanças na quinta edição do PMBOK. PMBOK 5 Caros concurseiros! Eis um resumo que fiz sobre as principais mudanças na quinta edição do PMBOK. Qualquer erro encontrado no material, por favor, me avise! Bons estudos a todos! Deus os abençoe!

Leia mais

Rumo à transformação digital Agosto de 2014

Rumo à transformação digital Agosto de 2014 10Minutos - Tecnologia da Informação 6ª Pesquisa Anual sobre QI Digital Rumo à transformação digital Agosto de 2014 Destaques O QI Digital é uma variável para medir quanto valor você pode gerar em sua

Leia mais

Governança Corporativa. A importância da Governança de TI e Segurança da Informação na estratégia empresarial.

Governança Corporativa. A importância da Governança de TI e Segurança da Informação na estratégia empresarial. Governança Corporativa A importância da Governança de TI e Segurança da Informação na estratégia empresarial. A virtualização dos negócios tem impactado diretamente a condição de fazer negócio, conferindo

Leia mais

Renova Energia Otimiza Gestão de Conhecimento e Projetos com CA Project & Portfolio Management SaaS

Renova Energia Otimiza Gestão de Conhecimento e Projetos com CA Project & Portfolio Management SaaS CUSTOMER SUCCESS STORY Junho 2014 Renova Energia Otimiza Gestão de Conhecimento e Projetos com CA Project & Portfolio Management SaaS PERFIL DO CLIENTE Empresa: Renova Energia Indústria: Energia Funcionários:

Leia mais

O Administrador e a Magnitude de sua Contribuição para a Sociedade. O Administrador na Gestão de Pessoas

O Administrador e a Magnitude de sua Contribuição para a Sociedade. O Administrador na Gestão de Pessoas O Administrador e a Magnitude de sua Contribuição para a Sociedade Eficácia e Liderança de Performance O Administrador na Gestão de Pessoas Grupo de Estudos em Administração de Pessoas - GEAPE 27 de novembro

Leia mais

Jornada de Aprendizado. Confederação Nacional das Empresas de Seguros Gerais, Previdência Privada e Vida, Saúde Suplementar e Capitalização (CNseg)

Jornada de Aprendizado. Confederação Nacional das Empresas de Seguros Gerais, Previdência Privada e Vida, Saúde Suplementar e Capitalização (CNseg) Jornada de Aprendizado Confederação Nacional das Empresas de Seguros Gerais, Previdência Privada e Vida, Saúde Suplementar e Capitalização (CNseg) Promovendo os microsseguros: Educação Financeira Conteúdo

Leia mais

O poder da presença O valor empresarial da colaboração presencial

O poder da presença O valor empresarial da colaboração presencial O poder da presença O valor empresarial da colaboração presencial Sumário executivo À medida que as organizações competem e crescem em uma economia global dinâmica, um novo conjunto de pontos cruciais

Leia mais

METODOLOGIA HSM Centrada nos participantes com professores com experiência executiva, materiais especialmente desenvolvidos e infraestrutura tecnológica privilegiada. O conteúdo exclusivo dos especialistas

Leia mais

Respostas da Lista de Exercícios do Módulo 2: Vantagem Competitiva. Resposta do Exercício 1

Respostas da Lista de Exercícios do Módulo 2: Vantagem Competitiva. Resposta do Exercício 1 Respostas da Lista de Exercícios do Módulo 2: Vantagem Competitiva 1 Resposta do Exercício 1 Uma organização usa algumas ações para fazer frente às forças competitivas existentes no mercado, empregando

Leia mais

Marcos Antonio Lima de Oliveira, MSc Quality Engineer ASQ/USA Diretor da ISOQUALITAS www.qualitas.eng.br qualitas@qualitas.eng.

Marcos Antonio Lima de Oliveira, MSc Quality Engineer ASQ/USA Diretor da ISOQUALITAS www.qualitas.eng.br qualitas@qualitas.eng. 01. O QUE SIGNIFICA A SIGLA ISO? É a federação mundial dos organismos de normalização, fundada em 1947 e contanto atualmente com 156 países membros. A ABNT é representante oficial da ISO no Brasil e participou

Leia mais

ACTION LEARNING. O que é Action Learning? FUN D A MEN T OS D O

ACTION LEARNING. O que é Action Learning? FUN D A MEN T OS D O C L E O W O L F F O que é Action Learning? Um processo que envolve um pequeno grupo/equipe refletindo e trabalhando em problemas reais, agindo e aprendendo enquanto atuam. FUN D A MEN T OS D O ACTION LEARNING

Leia mais

ANALISANDO UM ESTUDO DE CASO

ANALISANDO UM ESTUDO DE CASO ANALISANDO UM ESTUDO DE CASO (Extraído e traduzido do livro de HILL, Charles; JONES, Gareth. Strategic Management: an integrated approach, Apêndice A3. Boston: Houghton Mifflin Company, 1998.) O propósito

Leia mais

O Seguro como estratégia e forma de mitigar Riscos

O Seguro como estratégia e forma de mitigar Riscos O Seguro como estratégia e forma de mitigar Riscos Os seguros de D&O e RCP (Responsabilidade Civil Profissional) raramente são pensados como uma estratégia de captação de recursos, ainda que a maioria

Leia mais

PMONow! Serviço de Implantação de um Escritório de Projetos

PMONow! Serviço de Implantação de um Escritório de Projetos PMONow! Serviço de Implantação de um Escritório de Projetos PMONow! Serviço de Implantação de um Escritório de Projetos As organizações em torno do mundo estão implantando processos e disciplinas formais

Leia mais

Mudança Organizacional

Mudança Organizacional Gestão de Mudança Mudança Organizacional Qualquer alteração, planejada ou não, ocorrida na organização, decorrente de fatores internos e/ou externos que traz algum impacto nos resultados e/ou nas relações

Leia mais

FUNÇÕES MOTORAS (Produtos e Serviços)

FUNÇÕES MOTORAS (Produtos e Serviços) FUNÇÕES MOTORAS (Produtos e Serviços) 1. MÉTODO MENTOR - Modelagem Estratégica Totalmente Orientada para Resultados Figura 1: Método MENTOR da Intellectum. Fonte: autor, 2007 O método MENTOR (vide o texto

Leia mais

inovadoras recrutamento

inovadoras recrutamento Avaliações inovadoras para recrutamento em grande volume Encontre agulhas no palheiro Nos processos de recrutamento em grande volume, você pode perder as pessoas certas por haver tantos candidatos menos

Leia mais

Gerenciamento de Projetos

Gerenciamento de Projetos Gerenciamento de Projetos Em conformidade com a metodologia PMI 1 Apresentações Paulo César Mei, MBA, PMP Especialista em planejamento, gestão e controle de projetos e portfólios, sempre aplicando as melhores

Leia mais

COMO ENTENDER O VALOR EMPRESARIAL DOS SISTEMAS E COMO GERENCIAR A MUDANÇA

COMO ENTENDER O VALOR EMPRESARIAL DOS SISTEMAS E COMO GERENCIAR A MUDANÇA COMO ENTENDER O VALOR EMPRESARIAL DOS SISTEMAS E COMO GERENCIAR A MUDANÇA 1 OBJETIVOS 1. Como nossa empresa pode medir os benefícios de nossos sistemas de informação? Quais modelos deveríamos usar para

Leia mais

Você dispõe da base necessária para desenvolver a confiança dos funcionários? Terceirização de RH e o líder empresarial SUMÁRIO EXECUTIVO

Você dispõe da base necessária para desenvolver a confiança dos funcionários? Terceirização de RH e o líder empresarial SUMÁRIO EXECUTIVO Terceirização de RH e o líder empresarial SUMÁRIO EXECUTIVO Você dispõe da base necessária para desenvolver a confiança dos funcionários? EM ASSOCIAÇÃO COM Empresas com funcionários envolvidos superam

Leia mais

Mesmo em uma construtora de menor porte, o processo de gestão pode ser bastante complexo. Este guia traz dicas de gerenciamento para atingir os

Mesmo em uma construtora de menor porte, o processo de gestão pode ser bastante complexo. Este guia traz dicas de gerenciamento para atingir os Mesmo em uma construtora de menor porte, o processo de gestão pode ser bastante complexo. Este guia traz dicas de gerenciamento para atingir os melhores resultados. 2 ÍNDICE SOBRE O SIENGE INTRODUÇÃO 01

Leia mais

Horizons. O impacto financeiro da consumerização de TI As 10 principais percepções do Cisco IBSG Horizons Study. Introdução

Horizons. O impacto financeiro da consumerização de TI As 10 principais percepções do Cisco IBSG Horizons Study. Introdução O impacto financeiro da consumerização de TI As 10 principais percepções do Study Jeff Loucks/Richard Medcalf Lauren Buckalew/Fabio Faria O número de dispositivos de consumerização de TI nos seis países

Leia mais

ISO 14001:2015 Revisão Perguntas Frequentes

ISO 14001:2015 Revisão Perguntas Frequentes Latest update New and revised ISO 14001:2015 Revisão Perguntas Frequentes Introdução A ISO 14001 Sistemas de Gestão Ambiental, a primeira norma ambiental internacional do mundo tem ajudado milhares de

Leia mais

BAXTER ANUNCIA PLANOS PARA CRIAR DUAS EMPRESAS MUNDIAIS SEPARADAS LÍDERES DE SAÚDE

BAXTER ANUNCIA PLANOS PARA CRIAR DUAS EMPRESAS MUNDIAIS SEPARADAS LÍDERES DE SAÚDE PARA DIVULGAÇÃO IMEDIATA Contatos da mídia Brian Kyhos Deborah Spak (224) 948-5353 media@baxter.com Contatos com investidores Mary Kay Ladone, (224) 948-3371 Clare Trachtman, (224) 948-3085 BAXTER ANUNCIA

Leia mais

Política de Gestão de Riscos

Política de Gestão de Riscos Política de Gestão de Riscos 1 OBJETIVO Fornecer as diretrizes para a Gestão de Riscos da Fibria, assim como conceituar, detalhar e documentar as atividades a ela relacionadas. 2 ABRANGÊNCIA Abrange todas

Leia mais

Valores & Princípios. Grupo Freudenberg

Valores & Princípios. Grupo Freudenberg Valores & Princípios Grupo Freudenberg C o n d u ta e C o m p o r ta m e n t o C o n d u ta e C o m p o r ta m e n t o Nossos Princípios & Conduta e Comportamento 3 Os Nossos Princípios e o documento de

Leia mais

Sistemas Empresariais. Capítulo 3: Sistemas de Negócios. Colaboração SPT SIG

Sistemas Empresariais. Capítulo 3: Sistemas de Negócios. Colaboração SPT SIG Capítulo 3: Sistemas de Negócios Colaboração SPT SIG Objetivos do Capítulo Explicar como os SI empresariais podem apoiar as necessidades de informação de executivos, gerentes e profissionais de empresas.

Leia mais

biblioteca Cultura de Inovação Dr. José Cláudio C. Terra & Caspar Bart Van Rijnbach, M Gestão da Inovação

biblioteca Cultura de Inovação Dr. José Cláudio C. Terra & Caspar Bart Van Rijnbach, M Gestão da Inovação O artigo fala sobre os vários aspectos e desafios que devem ser levados em consideração quando se deseja transformar ou fortalecer uma cultura organizacional, visando a implementação de uma cultura duradoura

Leia mais

Colaboração nas Empresas SPT SIG Aplicações Empresariais

Colaboração nas Empresas SPT SIG Aplicações Empresariais Capítulo 3: Sistemas de Apoio Gerenciais Colaboração nas Empresas SPT SIG Aplicações Empresariais Objetivos do Capítulo Explicar como os SI empresariais podem apoiar as necessidades de informação de executivos,

Leia mais

Planejamento Estratégico PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO. Histórico de elaboração Julho 2014

Planejamento Estratégico PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO. Histórico de elaboração Julho 2014 Planejamento Estratégico PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO Histórico de elaboração Julho 2014 Motivações Boa prática de gestão Orientação para objetivos da Direção Executiva Adaptação à mudança de cenários na sociedade

Leia mais

Liderança, Cultura e Segurança

Liderança, Cultura e Segurança Liderança, Cultura e Segurança Uma Introdução à Abordagem Liderando Com Segurança (LWS ) da BST A obtenção de melhores resultados em segurança está associada à capacidade da organização de conectar as

Leia mais

Uma nova forma de gestão

Uma nova forma de gestão Uma nova forma de gestão por Michael Ballé ARTIGO Desvio da missão, silos e uma força de trabalho desengajada são alguns dos efeitos negativos da gestão tradicional. Michael Ballé oferece uma alternativa

Leia mais

A. Conceito de Trade Marketing, responsabilidades, atividades, amplitude de atuação e limites

A. Conceito de Trade Marketing, responsabilidades, atividades, amplitude de atuação e limites 5 Conclusão Trade Marketing é um termo conhecido por grande parte dos profissionais das áreas comercial e de marketing, principalmente entre as indústrias de bens de consumo. Muitas empresas já incluíram

Leia mais

COMPETÊNCIAS FUNCIONAIS QUALIDADE

COMPETÊNCIAS FUNCIONAIS QUALIDADE COMPETÊNCIAS FUNCIONAIS QUALIDADE DESCRIÇÕES DOS NÍVEIS APRENDIZ SABER Aprende para adquirir conhecimento básico. É capaz de pôr este conhecimento em prática sob circunstâncias normais, buscando assistência

Leia mais

Fulano de Tal. Relatório Combinado Extended DISC : Análise Comportamental x Feedback 360 FINXS 09.12.2014

Fulano de Tal. Relatório Combinado Extended DISC : Análise Comportamental x Feedback 360 FINXS 09.12.2014 Relatório Combinado Extended DISC : Análise Comportamental x Feedback 360 Este relatório baseia-se nas respostas apresentadas no Inventário de Análise Pessoal comportamentos observados através questionário

Leia mais

GERENCIAMENTO DE PROCESSOS DE NEGÓCIO. Professor: Rômulo César romulodandrade@gmail.com www.romulocesar.com.br

GERENCIAMENTO DE PROCESSOS DE NEGÓCIO. Professor: Rômulo César romulodandrade@gmail.com www.romulocesar.com.br GERENCIAMENTO DE PROCESSOS DE NEGÓCIO Professor: Rômulo César romulodandrade@gmail.com www.romulocesar.com.br Guia de Estudo Vamos utilizar para a nossa disciplina de Modelagem de Processos com BPM o guia

Leia mais

GESTÃO DO NÍVEL DE SERVIÇO E SEGMENTAÇÃO DE MERCADO PARA DIFERENCIAÇÃO DOS SERVIÇOS DE RH. PROFa. EVELISE CZEREPUSZKO

GESTÃO DO NÍVEL DE SERVIÇO E SEGMENTAÇÃO DE MERCADO PARA DIFERENCIAÇÃO DOS SERVIÇOS DE RH. PROFa. EVELISE CZEREPUSZKO GESTÃO DO NÍVEL DE SERVIÇO E SEGMENTAÇÃO DE MERCADO PARA DIFERENCIAÇÃO DOS SERVIÇOS DE RH PROFa. EVELISE CZEREPUSZKO O QUE É NÍVEL DE SERVIÇO LOGÍSTICO? É a qualidade com que o fluxo de bens e serviços

Leia mais

PESSOAS RESILIENTES: suas características e seu funcionamento

PESSOAS RESILIENTES: suas características e seu funcionamento CONNER, Daryl. Gerenciando na velocidade da mudança: como gerentes resilientes são bem sucedidos e prosperam onde os outros fracassam. Rio de Janeiro: Infobook, 1995. PESSOAS RESILIENTES: suas características

Leia mais

ANEXO 1: Formato Recomendado de Planos de Negócios - Deve ter entre 30 e 50 páginas

ANEXO 1: Formato Recomendado de Planos de Negócios - Deve ter entre 30 e 50 páginas ANEXO 1: Formato Recomendado de Planos de Negócios - Deve ter entre 30 e 50 páginas 1) Resumo Executivo Descrição dos negócios e da empresa Qual é a ideia de negócio e como a empresa se chamará? Segmento

Leia mais

Gestão de carreiras nas organizações

Gestão de carreiras nas organizações Gestão de carreiras nas organizações A expressão "Plano de carreira", nas organizações, sempre corre o risco de ser interpretada como algo antiquado, retrógrado, que interessa aos funcionários e, principalmente,

Leia mais

INTRODUÇÃO À GESTÃO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO. Adriana Beal, Eng. MBA Maio de 2001

INTRODUÇÃO À GESTÃO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO. Adriana Beal, Eng. MBA Maio de 2001 INTRODUÇÃO À GESTÃO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO, Eng. MBA Maio de 2001 Apresentação Existe um consenso entre especialistas das mais diversas áreas de que as organizações bem-sucedidas no século XXI serão

Leia mais

Estratégia de Desenvolvimento de Pessoas em Ação

Estratégia de Desenvolvimento de Pessoas em Ação Estratégia de Desenvolvimento de Pessoas em Ação Caros colegas, orienta o modo como nossa organização trabalha para selecionar, desenvolver, motivar e valorizar o bem mais importante da Bausch + Lomb nossas

Leia mais

Módulo 5 Interpretação da norma NBR ISO 19011:2002 requisitos: 7, 7.1, 7.2, 7.3, 7.3.1, 7.3.2, 7.3.3, 7.3.4, 7.4, 7.4.1, 7.4.2, 7.4.3, 7.4.4, 7.

Módulo 5 Interpretação da norma NBR ISO 19011:2002 requisitos: 7, 7.1, 7.2, 7.3, 7.3.1, 7.3.2, 7.3.3, 7.3.4, 7.4, 7.4.1, 7.4.2, 7.4.3, 7.4.4, 7. Módulo 5 Interpretação da norma NBR ISO 19011:2002 requisitos: 7, 7.1, 7.2, 7.3, 7.3.1, 7.3.2, 7.3.3, 7.3.4, 7.4, 7.4.1, 7.4.2, 7.4.3, 7.4.4, 7.5, 7.5.1, 7.5.2, 7.6, 7.6.1, 7.6.2 Exercícios 7 Competência

Leia mais

PMO e Agile Team Um link forte e vital nos projetos O impacto da maturidade nos Projetos de TI

PMO e Agile Team Um link forte e vital nos projetos O impacto da maturidade nos Projetos de TI PMO e Agile Team Um link forte e vital nos projetos O impacto da maturidade nos Projetos de TI Introdução Este artigo é o resultado de minha experiência com projetos de software em empresas do setor público,

Leia mais

2.1. COMPETINDO COM TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

2.1. COMPETINDO COM TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO 1 2.1. COMPETINDO COM TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO Fundamentos da Vantagem Estratégica ou competitiva Os sistemas de informação devem ser vistos como algo mais do que um conjunto de tecnologias que apoiam

Leia mais

COMO ENTENDER O VALOR EMPRESARIAL DOS SISTEMAS E COMO GERENCIAR A MUDANÇA

COMO ENTENDER O VALOR EMPRESARIAL DOS SISTEMAS E COMO GERENCIAR A MUDANÇA Capítulo 13 COMO ENTENDER O VALOR EMPRESARIAL DOS SISTEMAS E COMO GERENCIAR A MUDANÇA 13.1 2003 by Prentice Hall OBJETIVOS Como nossa empresa pode medir os benefícios de nossos sistemas de informação?

Leia mais