Corporate Finance. Executive Training. Fusões e aquisições de empresas p. 55. Executive training em corporate finance p. 54

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Corporate Finance. Executive Training. Fusões e aquisições de empresas p. 55. Executive training em corporate finance p. 54"

Transcrição

1 índice Executive Training Executive training em corporate finance p. 54 Fusões e aquisições de empresas p. 55 Plano de 100 dias de uma operação de M&A p. 55 Corporate restructuring p. 56 Due diligence legal e fiscal p. 56 Due diligence financeira p. 57 Avaliação de empresas p. 57 Negociar e redigir os contratos de uma operação de M&A p. 58 Aquisição de empresas em dificuldade p. 58

2 Executive training em corporate finance 28 horas 6 módulos 2ª edição MÓDULO 1 - Operações corporativas, avaliação e análise de empresas Analisar o sector das operações corporativas, das fusões e aquisições e qual a importância de aprofundar os conhecimentos relativos à avaliação de empresas Reflectir sobre os aspectos essenciais para desenvolver uma due diligence e entender quais as questões legais que a conduzem Compreender as características chave para o financiamento de operações corporate Entender como funciona o mercado do capital de risco, aspectos legais, estratégia de investimento, criação de valor e gestão do desinvestimento Profissionais que desempenham a sua actividade no âmbito do corporate finance com o objectivo de ampliar os seus conhecimentos nesta matéria Empresas: Sociedades, gestoras ou fundos de capital de risco Industriais Bancos de negócio Consultoras Empresas M&A Sociedades de advogados Cargos e departamentos: Departamento de desenvolvimento corporativo Departamento financeiro Departamento de operações Analistas de investimento Departamento de financiamento de aquisições Departamento de reestruturação Consultores e auditores Advogados Um enfoque técnico e prático de alto nível. Uma equipa pedagógica com experiência comprovada e de elevado reconhecimento na área do corporate finance 4 dias De 13 a 16 de Mai horas código Mai. y Formas de expansão e operações de investimento y Introdução à análise financeira y Avaliação de empresas privadas e projectos de investimento MÓDULO 2 - Desenvolver uma due diligence 1/2 dia 14 Mai. y Estrutura e desenvolvimento de um processo de due diligence y Due diligence financeira y Due diligence estratégica: comercial e operativa MÓDULO 3 - Aspectos legais da due diligence 1/2 dia 14 Mai. y Due diligence fiscal y Due diligence legal MÓDULO 4 - Financiamento 1/2 dia 15 Mai. y Financiamento de operações corporate y Modelos de financiamento MÓDULO 5 - Capital de risco aspectos leg ais e fiscais 1/2 dia 15 Mai. y Enquadramento legal do capital de risco y Características do investimento em equity e consequências no quadro contratual y Aspectos fiscais do capital de risco y Obstáculos fiscais ao investimento de capital de risco MÓDULO 6 - Capital de risco Estratégia de investimento e criação de valor 16 Mai. y Estratégia de investimento y Criação de valor e gestão do desinvestimento Preço: IVA inclui almoço e coffee-breaks Consulte Preços de grupo Se inscrever vários profissionais na formação pode beneficiar de descontos de grupo 54

3 Fusões e aquisições de empresas Saber avaliar e formalizar uma operação Analisar todas as etapas de um processo de aquisição e transmissão de empresa Realizar uma análise estratégica Assegurar a negociação e limitar os riscos Conhecer os aspectos jurídicos resultantes das obrigações e necessidades tanto financeiras como técnicas da operação Directores gerais Directores financeiros Directores de expansão Directores de desenvolvimento de negócio Directores jurídicos Advogados e assessores Formação prática para que o participante possa conhecer e optimizar todas as etapas do processo de uma fusão / aquisição desde a identificação de uma empresa até ao financiamento código Mar Jun Out Dez Mar Out Identificar os desafios de uma operação de fusão e aquisição y Os diferentes tipos de crescimento externo y Os motivos orgânicos e financeiros que justificam uma operação y Consequências internas e externas Desde a identificação do alvo até à avaliação y Identificar a empresa a comprar y Procurar e contactar uma empresa: que técnicas existem? y A primeira análise: os pontos principais. O que é mais importante? Realizar uma check list y Técnicas de avaliação da empresa: múltipla, transacções comparáveis, DCF, etc Desde a avaliação até à fixação do preço y Formalizar conversações: a fase précontratual, a carta de intenções y Análise detalhada da empresa y Decifrar a rentabilidade real e a situação financeira da empresa y Quantificar as sinergias resultantes da aquisição y Organização da due diligence Negociação e aspectos preparatórios da venda y Definir a oferta: que resultados procuramos nós e que resultados procuram eles? y As consequências em matéria de gestão, administração ou financiamento y Redacção dos documentos que formalizam a operação y Garantias e responsabilidades de ambas as partes Estruturar e fechar uma operação y Identificar os riscos y Proteger-se através de garantias do activo e passivo y Eleger o veículo para canalizar a transacção Financiar e pagar a aquisição y Níveis de alavancagem e retorno para o investidor y Club deals y O pagamento: em que prazos efectuar Plano de 100 dias de uma operação de M&A Aspectos chave para a implementação de um plano de controlo de uma empresa Identificar as best practices e os erros a evitar nos processos de tomada de controlo de uma empresa Definir as fases do plano de 100 dias e estabelecer as acções em cada uma delas Identificar os principais objectivos e as áreas de trabalho Realizar uma avaliação dos objectivos estabelecidos no plano Directores gerais Directores financeiros Directores de investimento Directores de M&A Assessores Formação prática em que o participante pode realizar um plano para uma operação de M&A, saber em que áreas deve ter especial atenção e quais os erros que deve evitar código Mar Jun Out Dez Mar Out Aspectos chave para a elaboração e seguimento de um plano de 100 dias y Definir as informações que têm de ser incluídas na due diligence operativa y Definir as acções a considerar no plano de 100 dias Os 3 pilares básicos do plano de 100 dias y Reporting e controlo financeiro y Gestão de pessoas y Procurar sinergias e criação de valor Fases do plano de 100 dias y Definir a área de trabalho para proteger e assegurar a criação de valor da empresa y Identificar as actividades críticas y Decidir as acções para o controlo operativo, contabilístico, administrativo e financeiro y Desenhar o modelo de reporting de indicadores chave para o negócio y Estabelecer os níveis de controlo e de decisão sobre as acções que afectam o património da empresa y Definir o plano de comunicação com os colaboradores e definir as pessoas chave para a empresa y Definir as acções para proteger o negócio existente y Identificar as acções a preparar na mudança y Identificar as oportunidades de criação de valor y Definir o plano de integração y Responsabilizar as funções de negócio nos objectivos de integração y Realizar o seguimento do plano de 100 dias y Consultar os dados e fazer um seguimento dos objectivos para rectificar medidas e adaptar acções Aspectos legais e elementos essenciais do acordo de aquisição y Due diligence legal y O fecho e pós fecho da operação y Obrigações de permanência e não concorrência do vendedor 55

4 Corporate restructuring Desenho da estratégia de reestruturação operativa e financeira da empresa Detectar as causas e circunstâncias de uma crise operativa e financeira do negócio Elaborar um business plan de reestruturação com medidas de contingência a curto e médio prazo Facilitar uma rápida tomada de decisões no âmbito estratégico, operativo e financeiro da empresa Directores financeiros, directores de desenvolvimento, directores de planificação estratégica, directores de investimento, directores de M&A, directores gerais, assessores jurídicos e financeiros, advogados Os participantes nesta formação vão ter uma visão completa de um processo de reestruturação tanto a nível operativo como financeiro, desde a identificação de causas e diagnóstico da situação, até à tomada de decisões e implementação das medidas adequadas código Mar Jun Out Dez Mar Out Reestruturação operativa: causas de crise estrutural e operativa dentro da empresa y Falta de competitividade no mercado y Deterioração do mercado y Problemas entre accionistas ou sucessão da empresa Desenvolvimento do modelo conceptual y Diagnóstico realista da situação y Modelo conceptual da reestruturação operativa y Proteger o financiamento y Melhorar a eficiência operativa y Reavaliar o modelo de negócio actual y Definição do plano de acção, medidas e organização Gestão da implementação das medidas e monitorização y Redefinição das actividades comerciais y Gestão dos custos directos Reestruturação financeira y Situações que originam os problemas financeiros y Períodos de crise prolongada y Problemas de liquidez y Incumprimento de contratos y Excesso de endividamento Diagnóstico da situação y Análise da situação actual da empresa e estudo das necessidades actuais e futuras y Reuniões com a equipa directiva y Identificação de garantias adicionais y Aumento de capital y Penhora de activos y Compromissos para reduzir custos y Venda de activos y Elaboração de um memorando da situação da empresa, com a estratégia a seguir y Negociação com os credores Due diligence legal e fiscal Garantir a viabilidade da transacção e minimizar ao máximo os riscos Diagnosticar desde o ponto de vista legal e fiscal a idoneidade de uma operação, facilitando as ferramentas necessárias para tomar decisões mais convenientes Avaliar os riscos inerentes à operação e estabelecer as medidas de contingência devidas Planificar adequadamente a venda tendo por base os resultados obtidos na due diligence Directores de fusões e aquisições Directores de investimento Directores de desenvolvimento de negócio Assessores jurídicos Assessores fiscais Advogados Check list dos factores críticos e estudo das diferentes etapas, processos e procedimentos da due diligence legal e fiscal, para obter o máximo valor das suas operações código Mar Jun Out Dez Mar Out Necessidade de uma due diligence legal e fiscal y Objectivos e justificação da due diligence nas operações de aquisição de empresas y Importância da análise fiscal e legal dentro do processo de due diligence y Principais factores e aspectos a analisar para realizar uma completa e exaustiva due diligence legal e fiscal Due diligence legal y Fase preliminar y Informação básica da transacção y Acordo de confidencialidade y Negociações prévias y Acordo de intenções y Fase de revisão y Finalidade: venda de acções vs venda de activos y Identificação das principais áreas de análise: corporativa, contratual, activos, administrativa, propriedade industrial e intelectual, litígios e procedimentos y Fontes de informação: verificação e comparação da informação recebida y O relatório da due diligence: resumo executivo y Qualificação e quantificação das contingências y Fase de execução y O contrato de venda y O fecho da operação Due diligence fiscal y Avaliação de oportunidades e riscos financeiros y Identificação e quantificação das deficiências fiscais detectadas y Garantias sobre riscos fiscais y Verificação da contabilidade dos passivos fiscais y Créditos e prejuízos fiscais da empresa y Impostos diferidos y Principais riscos no IVA, IRS, IRC y Conclusão do relatório e planificação fiscal 56

5 Due diligence financeira Avaliação das oportunidades e riscos financeiros da empresa Analisar ao máximo detalhe como se realiza um processo de due diligence financeira e entender a sua importância dentro de uma due diligence global Identificar o tipo de due diligence financeira necessária em função dos interesses do comprador Conhecer as distintas fases do processo de due diligence financeira e definir as áreas e as actividades que se têm de analisar Saber redigir um relatório de due diligence financeira Directores financeiros, directores de investimento, directores de desenvolvimento de negócio, directores de fusões e aquisições, assessores financeiros, auditores, consultores Durante a formação será elaborada uma check list financeira e o estudo das diferentes etapas, processos e procedimentos da due diligence financeira, para obter o máximo valor nas suas operações código Abr Jun Out Nov Abr Out Porque se realiza uma análise às demonstrações financeiras y Qual é a justificação e finalidade da due diligence financeira y Principais aspectos a analisar segundo o tipo de riscos ou oportunidades que interessem ao comprador y Conhecimento do target Avaliação das oportunidades e riscos financeiros y Preço de aquisição. Critérios de avaliação y Liquidez do investimento y Avaliação da viabilidade económica e financeira do plano Desenho de um processo de uma due diligence financeira y Sem acesso ao target e só com informação pública y Unicamente com acesso ao top mangement e num prazo muito limitado y Processo leilão y Acesso pleno em situação de exclusividade y Due diligence vs relatório de auditoria Fases de uma due diligence financeira y Fase preliminar: delimitação do objectivo e alcance do trabalho y Análise de resultados y Análise do balanço y Análise do cash flow y Análise do plano de negócio Avaliação de empresas Factores práticos e estratégicos que garantam o êxito de um processo de M&A Analisar os diferentes métodos de avaliação e identificar qual se adapta melhor à empresa Determinar a importância da avaliação num processo de fusão e/ou aquisição Calcular o valor da empresa através dos diferentes métodos aplicáveis Eleger o método mais adequado à situação da empresa Interpretar os resultados obtidos na avaliação e considerá-los na tomada de decisão Directores financeiros Analistas financeiros e de riscos Directores / Responsáveis de investimento Responsáveis de planeamento estratégico Directores de desenvolvimento de negócio Responsáveis de fusões e aquisições Consultores Resolver problemas reais e práticos para compreender a profundidade do processo de avaliação de uma empresa código Abr Jun Out Nov Abr Out Fundamentos para a avaliação de empresas y Possível utilização da avaliação de empresas y Análise dos mitos e verdades sobre a avaliação de empresas y Como planear e realizar o processo de avaliação y Quais os principais métodos de avaliação de empresas Processo de avaliação de empresas y Análise da empresa e da sua envolvente y Selecção de métodos de avaliação y Aplicação dos métodos Avaliação dos fluxos de caixa y Em que consiste y Elaboração e/ou análise de projecções y Taxa de desconto y Estimativa do valor residual y Obter e avaliar resultados Método de empresas comparáveis y Em que consiste y Qual é a metodologia utilizada y Como seleccionar as empresas comparáveis y Obter informação sobre as empresas comparáveis y Analisar a informação obtida y Interpretar os resultados Método de transacções comparáveis y Metodologia y Recolha de informação y Selecção de transacções y Interpretação de resultados 57

6 Negociar e redigir os contratos de uma operação de M&A Conheça os aspectos essenciais para limitar os riscos desde a fase pré-contratual até ao fecho Alcançar o sucesso de uma operação de M&A com as condições e cláusulas mais acertadas para ambas as partes, dando um rigor e conteúdos apropriados à relação contratual Identificar os factores críticos desde a negociação de condições até ao desenho e execução Adquirir as ferramentas de negociação necessárias para conseguir os acordos mais benéficos Conhecer os riscos inerentes à operação e estabelecer as garantias de contingência devidas Directores jurídicos Assessores legais Advogados Consultores Ao finalizar a formação, os participantes podem determinar e negociar os principais aspectos que devem estar num contrato de venda de empresas adaptando-se à problemática da sua empresa código Abr Jun Out Nov Abr Out Introdução à compra de um negócio y Aspectos legais a considerar y Análise do processo de aquisição de uma empresa y A aquisição em processo de leilão e as negociações bilaterais y Quem são os intervenientes numa operação de M&A Negociações prévias y Acordo de intenções y Acordo de confidencialidade y Pacto de exclusividade Due diligence y Planificação do trabalho e fixação de objectivos y Organização de equipas y O relatório de due diligence Acordos de investimento. Pactos de sócios y Conceito e finalidades y Eficácia e validade y Cláusulas de reforço de direitos políticos e económicos dos sócios y Cláusulas de desbloqueio e de saída O contrato de venda y Cláusulas significativas y Forma de pagamento, determinação do preço inicial e posteriores ajustes y Declarações e garantias y Regime de responsabilidade do vendedor y Garantias efectivas y Procedimento de reclamação ao vendedor e direito de defesa y Formalização y Venda submetida a condições suspensivas y Período interino e fecho da transacção O contrato de compra e venda de activos e passivos y Descrição detalhada do objecto y Regime de transmissão aplicável y Responsabilidade do adquirente (sucessão da empresa) e do vendedor Aquisição de empresas em dificuldade Conceitos e métodos essenciais à execução eficaz de um processo de aquisição de empresas Analisar as fases chave do planeamento de uma operação de aquisição e transmissão de empresa Conhecer os aspectos fiscais inerentes a este tipo de operações Avaliar as diferentes fases de um processo de aquisição Conhecer e interpretar o regime jurídico aplicável Directores jurídicos Assessores legais Advogados Consultores Directores de novos negócios Directores de planificação e desenvolvimento Directores financeiros Administradores Conhecer as particularidades de aquisição de uma empresa em dificuldade e analisar as diferentes fases do processo código Abr Jun Out Nov Abr Out Fases chave do planeamento de uma operação de aquisição e transmissão de empresa y Identificação dos potenciais targets y Alternativas de investimento vs retorno y Métodos de avaliação de empresas y Valor de mercado e valor contabilístico y Condução do processo de tomada de decisão Riscos da operação a considerar: o processo de due diligence y Diferentes metodologias e planeamento da due diligence Aspectos fiscais associados a este tipo de operações y Modelo de aquisição y Implicações fiscais em função do tipo de aquisição Fases do processo de aquisição y Crescer através de aquisições vs crescimento orgânico y Due diligence preliminar y Determinação do valor indicativo da operação y Definição da estrutura de financiamento da aquisição y Como negociar o acordo preliminar e chegar ao acordo final y Closing Aspectos contratuais a ter em conta y Estrutura básica do contrato e cláusulas fundamentais y Que outros contratos acompanham o contrato de aquisição y Regulamentação do regime de responsabilidade do vendedor y Relevância das declarações e garantias do vendedor num contrato de compra e venda de empresas y Cláusulas complementares: definição das obrigações e direitos das partes em situação de desconformidade 58

7 boletim de inscrição Envie este boletim para o departamento de inscrições Também se pode inscrever em IFE Rua Basílio Teles, 35-1º Dto Tel.: Fax: Empresa acreditada por: Empresa Responsável de formação Apelido Tel. Fax _ Pessoa encarregada da inscrição (se for diferente) Apelido Tel. Fax EMPRESA Actividade da Empresa Morada Participante 1 _ Cargo Tel. Tlm. _ p/envio convocatória Cursos que quer assistir Código Data Título Cidade Código Data Título Cidade CP NIF Localização Participante 2 Facturação Preencher dados de facturação se for diferente _ Cargo Tel. Tlm. _ p/envio convocatória Observações Modalidades de Pagamento o Transferência Bancária MILLENNIUM BCP Conta: o Por Cheque Nominal à ordem de I.F.Executives, S.A. Rua Basílio Teles, 35-1.º Dto Pagamentos Internacionais Todos os pagamentos provenientes do estrangeiro devem ser efectuados obrigatoriamente por transferência bancária. Todas as despesas decorrentes deste procedimento são da responsabilidade da empresa cliente. IBAN: PT Cod SWIFT - BCOMPTPL Factura Após a recepção da sua inscrição, ser-lhe-á enviada uma factura cujo pagamento, antes da realização da acção, lhe permitirá o acesso à formação Cursos que quer assistir Código Data Título Cidade Código Data Título Cidade A IFExecutives Edições e Formação, SA, informa-o(a) de que os seus dados foram recolhidos através de informação apresentada em brochuras e/ ou imprensa escrita ou on-line e serão tratados informaticamente por aquela. A IFE reserva-se o direito de proceder a alteração de parte do programa sempre por razões de força maior.

8 Modalidades de inscrição Como se pode inscrever Importante: Indicar o código, data, título da formação e cidade Por telefone: Por enviando os dados de inscrição para: Por fax enviando o boletim de inscrição para Por internet, através da nossa página web Como se formaliza a inscrição Após a recepção da sua inscrição, ser-lhe-á enviada uma factura cujo pagamento efectuado, antes da realização da formação, lhe permitirá o acesso à mesma 10 dias antes da realização do curso, a IFE enviará uma convocatória, informando dos horários, local de realização, forma de acesso e qualquer informação adicional que necessite Por motivos logísticos a IFE recomenda que efectue a sua inscrição no mínimo com 20 dias de antecedência em relação à data de realização da acção de formação. O que inclui a inscrição Certificado de Formação Documentação Coffee-breaks e almoços Como se desenvolve a formação Os assistentes devem chegar ao local de realização do curso cerca das 9h15 A formação começa às 9h30 Haverá pausas, às 11h00 e 16h00 para coffee-break e 13h00 para almoço A formação terminará cerca das 18h00 Preços de grupo e descontos Se inscrever de forma simultânea mais do que uma pessoa no mesmo curso (mesma cidade e mesma data), o segundo inscrito e seguintes beneficia de 10% de desconto (acumulável a outros descontos). DESCONTOS ESPECIAIS PARA GRUPOS Se a sua empresa desejar inscrever colaboradores em vários seminários por favor contacte Ana Gonçalves pelo telefone: ou por Condições gerais Pagamentos O pagamento do curso deve ser efectuado na sua totalidade antes de se iniciar o mesmo O pagamento da formação tem de ser feito por cheque nominal, ou por transferência bancária Cancelamentos Os cancelamentos devem ser comunicados à IFE por escrito. A qualquer cancelamento efectuado com menos de 15 dias de antecedência da data de realização do evento, será cobrada uma taxa respeitante a despesas administrativas no valor de 20% do montante da inscrição. Se o cancelamento for comunicado a menos de três dias úteis da data do evento, não será efectuado qualquer reembolso, sendo cobrado 100% do valor da inscrição. A IFE admite uma substituição à presença do inscrito, tal facto deverá ser comunicado por escrito ou por fax, até 48 horas antes do inicío do evento. Relembramos que a presença no evento apenas é garantida quando a liquidação da inscrição se encontre regularizadas antes da data do evento. Protecção de Dados Os dados serão tratados para efeitos de marketing relativo às suas actividades, serviços e ofertas/ promoções especiais, tendo em conta critérios de segmentação e perfis. Mediante a presente comunicação, fica informado/a e consente que os seus dados possam ser cedidos a patrocinadores e expositores em congressos e/ou feiras ou outras entidades com que a IFExecutives mantenha relações comerciais. Para o exercício dos direitos de informação, acesso, rectificação, eliminação ou oposição dos seus dados, deverá enviar uma comunicação escrita para IFExecutives, Rua Basílio Teles, 35 1º Dto, No caso de V.Exa. permitir a divulgação dos seus dados por parte do Sistema de Acreditação da DGERT Direcção Geral do Emprego e das Relações de Trabalho, assinale aqui. Este boletim pode ser fotocopiado ou remetido a outras pessoas interessadas. Informações INSCRIÇÕES Tel: Fax: Site: Contacto: Ana Gonçalves PARA MAIS INFORMAÇÕES SOBRE AS FORMAÇÕES Ana Lourenço l tel.: l Telma Lopes l tel.: l Rua Basílio Teles, 35-1º Dto Tel.: Fax:

SISTEMAS DE GESTÃO DA QUALIDADE

SISTEMAS DE GESTÃO DA QUALIDADE 1ª EDIÇÃO Requisitos para Implementar, Elaborar e Gerir SISTEMAS DE GESTÃO DA QUALIDADE LUANDA 21 e 22 de OUTUBRO de 2013 Razões pelas quais a sua presença é obrigatória Compreenda as finalidades dos SGQ

Leia mais

Foco na Eficácia e no Retorno

Foco na Eficácia e no Retorno 3.º EDIÇÃO Foco na Eficácia e no Retorno 15 Outubro 2014 SANA Malhoa Hotel - Lisboa NOVIDADE 2014 www.totaltraining.ife.pt PATROCINADORES PLATINIUM PATROCINADOR GOLD PATROCINADOR SILVER SPECIAL PARTNER

Leia mais

LEGISLAÇÃO LABORAL PARA RECURSOS HUMANOS

LEGISLAÇÃO LABORAL PARA RECURSOS HUMANOS WWW.IFE.PT CURSO PRÁTICO LEGISLAÇÃO LABORAL PARA RECURSOS HUMANOS Analisar o Código do Trabalho, as consequências e suas implicações para as empresas 28 horas / 4 Dias 1ª Edição Lisboa, 24, 25 e 31 de

Leia mais

AUDITORIA INTERNA QUALIDADE

AUDITORIA INTERNA QUALIDADE 2ª EDIÇÃO Analisar, Monitorizar e Melhorar o Desempenho do Sistema de Gestão da Qualidade AUDITORIA INTERNA QUALIDADE DA LUANDA 22 e 23 de OUTUBRO de 2014 Analise o processo de integração da função Qualidade

Leia mais

Moçambique. Agenda EVENTOS 2013 NEW!! INSCREVA-SE EM. Também in Company. inscrip@iirportugal.com. VISITE www.iirportugal.com

Moçambique. Agenda EVENTOS 2013 NEW!! INSCREVA-SE EM. Também in Company. inscrip@iirportugal.com. VISITE www.iirportugal.com Moçambique Agenda EVENTOS 2013 NEW!! Também in Company INSCREVA-SE EM inscrip@iirportugal.com VISITE www.iirportugal.com INOVAÇÃO Estimado cliente, Temos o prazer de lhe apresentar em exclusiva o novo

Leia mais

15%* Desconto nas inscrições até 3 de Outubro *desconto não acumulável com outras ofertas em vigor. 1ª EDIÇÃO 23 de Outubro de 2012 SANA MALHOA HOTEL

15%* Desconto nas inscrições até 3 de Outubro *desconto não acumulável com outras ofertas em vigor. 1ª EDIÇÃO 23 de Outubro de 2012 SANA MALHOA HOTEL 1ª EDIÇÃO 23 de Outubro de 2012 SANA MALHOA HOTEL www.totaltraining.ife.pt 15%* Desconto nas inscrições até 3 de Outubro *desconto não acumulável com outras ofertas em vigor 4 Painéis de Debate 1 Atelier

Leia mais

Tributação no comércio exterior e regimes aduaneiros especiais. Procedimentos e Despachos Aduaneiros. Regime legal aplicável nas reclamações

Tributação no comércio exterior e regimes aduaneiros especiais. Procedimentos e Despachos Aduaneiros. Regime legal aplicável nas reclamações SEMINÁRIO 1ª EDIÇÃO LUANDA 26 e 27 de JUNHO de 2012 HCTA - Hotel de Convenções de Talatona PLANEAMENTO e GESTÃO de OPERAÇÕES ADUANEIRAS Gestão Aduaneira e Tributária no Comércio Exterior Conheça o Funcionamento

Leia mais

CURSO ESPECIALIZAÇÃO COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL

CURSO ESPECIALIZAÇÃO COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL WWW.IFE.PT CURSO ESPECIALIZAÇÃO COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL 6 dias / 42 horas 1ª Edição Lisboa, 24, 25, 31 de Março e 1, 7, 8 de Abril de 2014 2ª Edição Lisboa, 15 e 16 Dez 2014 e 5, 6, 12 e 13 de Janeiro

Leia mais

SISTEMAS DE GESTÃO DA QUALIDADE

SISTEMAS DE GESTÃO DA QUALIDADE 2ª EDIÇÃO Requisitos para Implementar, Elaborar e Gerir SISTEMAS DE GESTÃO DA QUALIDADE LUANDA 20 e 21 de OUTUBRO de 2014 Razões pelas quais a sua presença é obrigatória Compreenda as finalidades dos SGQ

Leia mais

CURSO DE GESTÃO DE VENDAS (15 horas)

CURSO DE GESTÃO DE VENDAS (15 horas) CURSO DE GESTÃO DE VENDAS Inedem- Apotec Outono 2007 25 e 26 de Setembro 9h00 às 18h30 Dirigido a gestores da área financeira com necessidade de ferramentas informáticas de elevada eficácia na avaliação

Leia mais

DIRECTIVA RELATIVA À SUBCONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS

DIRECTIVA RELATIVA À SUBCONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS N. o 032/B/2009-DBS/AMCM Data: 14/8/2009 DIRECTIVA RELATIVA À SUBCONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS A Autoridade Monetária de Macau (AMCM), no exercício das competências que lhe foram atribuídas pelo Artigo 9. o

Leia mais

A Tesouraria como centro de valor económico. Pontos críticos na segurança das transacções electrónicas

A Tesouraria como centro de valor económico. Pontos críticos na segurança das transacções electrónicas www.iirangola.com MASTERCLASS Gestão de Tesouraria Como estabelecer e controlar os objectivos de liquidez, rentabilidade e gestão de risco A Tesouraria como centro de valor económico Pontos críticos na

Leia mais

Compradores CURSO ESPECIALIZAÇÃO PARA. 12 dias / 84 horas LISBOA, 29 DE SETEMBRO 2015 A 12 DE JANEIRO 2016 OBJETIVOS

Compradores CURSO ESPECIALIZAÇÃO PARA. 12 dias / 84 horas LISBOA, 29 DE SETEMBRO 2015 A 12 DE JANEIRO 2016 OBJETIVOS CURSO ESPECIALIZAÇÃO Compradores PARA 12 dias / 84 horas LISBOA, 29 DE SETEMBRO 2015 A 12 DE JANEIRO 2016 OBJETIVOS Analisar todo o processo de compras: desde a definição da estratégia, passando pela negociação

Leia mais

Private Equity ADVISORY

Private Equity ADVISORY Private Equity ADVISORY Private Equity Excelentes profissionais que trabalham em equipe, transformando conhecimento em valor, em benefício de nossos clientes. Private Equity 1 Qualidade e integridade são

Leia mais

CONTROLO DE GESTÃO FUNDAMENTAL NO APOIO À TOMADA DE DECISÕES DIÁRIAS

CONTROLO DE GESTÃO FUNDAMENTAL NO APOIO À TOMADA DE DECISÕES DIÁRIAS -15% * até 12/09/2012 SAIBA COMO DESENVOLVER, ESTABELECER E IMPLEMENTAR UM MODELO BASEADO NO CONTROLO DE GESTÃO FUNDAMENTAL NO APOIO À TOMADA DE DECISÕES DIÁRIAS 12, 13, 19, 20, 26 e 27 Novembro de 2012

Leia mais

A Concepção da Ideia

A Concepção da Ideia A Concepção da Ideia Inov@emprego - Fórum do emprego, formação e empreendedorismo do litoral alentejano Tiago Santos Sines, 7 de Novembro de 2008 Sines Tecnopolo O Sines Tecnopolo é uma associação de direito

Leia mais

O seu parceiro de negócios. APRESENTAÇÃO AGEMPER LISBOA XX de junho de 2013 1

O seu parceiro de negócios. APRESENTAÇÃO AGEMPER LISBOA XX de junho de 2013 1 O seu parceiro de negócios APRESENTAÇÃO AGEMPER LISBOA XX de junho de 2013 1 Serviços prestados A AGEMPER iniciou a sua actividade há mais de 50 anos e actualmente presta serviços em diversas áreas Contabilidade

Leia mais

apresentação corporativa

apresentação corporativa apresentação corporativa 2 Índice 1. Apresentação da BBS a) A empresa b) Evolução c) Valores d) Missão e Visão 2. Áreas de Negócio a) Estrutura de Serviços b) Accounting/Tax/Reporting c) Management & Consulting

Leia mais

em colaboração com 2º Seminário em Angola Analisar, definir e desenhar os procedimentos Estabelecer um modelo de Report

em colaboração com 2º Seminário em Angola Analisar, definir e desenhar os procedimentos Estabelecer um modelo de Report em colaboração com Institute of Finance High Level Training for Finance Professionals 2º Seminário em Angola Como Elaborar e Criar o Manual de Políticas e Procedimentos Organize e Obtenha Informação Completa,

Leia mais

Como elaborar um Plano de Negócios de Sucesso

Como elaborar um Plano de Negócios de Sucesso Como elaborar um Plano de Negócios de Sucesso Pedro João 28 de Abril 2011 Fundação António Cupertino de Miranda Introdução ao Plano de Negócios Modelo de Negócio Análise Financeira Estrutura do Plano de

Leia mais

candidatura regras e regulamento artigo 1 objectivos

candidatura regras e regulamento artigo 1 objectivos candidatura regras e regulamento artigo 1 objectivos A candidatura é um processo de prospecção e avaliação de projectos inovadores e tem como objectivo promover a realização de investimentos através do

Leia mais

Finance. Estudos de Remuneração 2012

Finance. Estudos de Remuneração 2012 Estudos de 2012 Estudos de Finance 2012 2 Nota preliminar pág. 3 Finance Auditor Interno Controller Financeiro Contabilista Accounts Payable Accounts Receivable Técnico de Controlo de Crédito e Cobranças

Leia mais

AVISO N.º 04/2013 de 22 de Abril

AVISO N.º 04/2013 de 22 de Abril Publicado no Diário da República, I série, nº 74, de 22 de Abril AVISO N.º 04/2013 de 22 de Abril ASSUNTO: AUDITORIA EXTERNA Considerando a importância da auditoria externa para o reforço da confiança

Leia mais

MEDI T FINANCE CONTABILIDADE CONSULTORIA

MEDI T FINANCE CONTABILIDADE CONSULTORIA AMedi T Finance é a mais recente aposta do Grupo Medi T. É uma organização multidisciplinar que presta serviços profissionais nasáreas da Assessoria Financeira, Contabilidade, Auditoria e Consultoria.

Leia mais

COMO ELABORAR UM PLANO DE NEGÓCIOS DE SUCESSO

COMO ELABORAR UM PLANO DE NEGÓCIOS DE SUCESSO COMO ELABORAR UM PLANO DE NEGÓCIOS DE SUCESSO 1 Sumário: Conceito e Objectivos Estrutura do PN o Apresentação da Empresa o Análise do Produto / Serviço o Análise de Mercado o Estratégia de Marketing o

Leia mais

CONGRESSO DE SEGURANÇA NOS SISTEMAS DE INFORMAÇÃO

CONGRESSO DE SEGURANÇA NOS SISTEMAS DE INFORMAÇÃO 9ª Edição CONGRESSO DE SEGURANÇA NOS SISTEMAS DE INFORMAÇÃO 11 e 12 de Novembro de 2008 Hotel Marriott Lisboa Temas em debate: Análise das estratégias a seguir para prevenir e controlar riscos de perda

Leia mais

Estudo de Remuneração 2015

Estudo de Remuneração 2015 2015 FINANCE Temporary & permanent recruitment www.pagepersonnel.pt Editorial Page Personnel ir ao encontro do talento A Page Personnel recruta para os seus clientes os melhores perfis qualificados, sendo

Leia mais

CONCURSOS INTERNACIONAIS COMO OPORTUNIDADE DE NEGÓCIO Skyna Hotel 22 de Junho de 2015

CONCURSOS INTERNACIONAIS COMO OPORTUNIDADE DE NEGÓCIO Skyna Hotel 22 de Junho de 2015 LUANDA PROGRAMA AVANÇADO PARA DECISORES CONCURSOS INTERNACIONAIS COMO OPORTUNIDADE DE NEGÓCIO Skyna Hotel 22 de Junho de 2015 2.ª EDIÇÃO Inscrições e mais informações em: www.ambienteonline.pt/luanda-concursos-internacionais-2015

Leia mais

Conselho Geral e de Supervisão REGULAMENTO SOBRE A PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS PELO REVISOR OFICIAL DE CONTAS E PELO AUDITOR EXTERNO DA EDP

Conselho Geral e de Supervisão REGULAMENTO SOBRE A PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS PELO REVISOR OFICIAL DE CONTAS E PELO AUDITOR EXTERNO DA EDP Conselho Geral e de Supervisão REGULAMENTO SOBRE A PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS PELO REVISOR OFICIAL DE CONTAS E PELO AUDITOR EXTERNO DA EDP 16.12.2010 REGULAMENTO SOBRE A PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS PELO REVISOR OFICIAL

Leia mais

COMISSÃO EUROPEIA Gabinete de Cooperação EuropeAid. América Latina Gestão financeira e contratual

COMISSÃO EUROPEIA Gabinete de Cooperação EuropeAid. América Latina Gestão financeira e contratual 1 Introdução ao sistema financeiro (custos elegíveis ) Custos directos elegíveis por natureza Custos não elegíveis Período de elegibilidade Repartição das despesas financeiras em conformidade com oanexo

Leia mais

Novo Sistema de Normalização Contabilística

Novo Sistema de Normalização Contabilística Acção de Formação Novo Sistema de Normalização Contabilística Novo Sistema de Normalização Contabilística Programa: 16 horas Formador: Dr. Vitor de Almeida Apresentação das demonstrações financeiras Estrutura

Leia mais

Como Vender em Alemanha Uma acção à medida dos seus interesses

Como Vender em Alemanha Uma acção à medida dos seus interesses Como Vender em Alemanha Uma acção à medida dos seus interesses Ficha de Inscrição Encontre a resposta às suas dúvidas! Identifique a sessão pretendida: Porto AICEP (Rua António Bessa Leite, 1430-2.º andar)

Leia mais

RISCO DE TESOURARIA. Gestão de Operações de SAIBA COMO REALIZAR UMA GESTÃO EFICIENTE, REDUZIR OS RISCOS E CONTROLAR O CASH FLOW O SEU FORMADOR

RISCO DE TESOURARIA. Gestão de Operações de SAIBA COMO REALIZAR UMA GESTÃO EFICIENTE, REDUZIR OS RISCOS E CONTROLAR O CASH FLOW O SEU FORMADOR INSCREVA-SE EM 912 570 003 www.formiventos.com Curso Prático Gestão de Operações de RISCO DE TESOURARIA SAIBA COMO REALIZAR UMA GESTÃO EFICIENTE, REDUZIR OS RISCOS E CONTROLAR O CASH FLOW Lisboa, 18,19

Leia mais

Contratação Pública. -30% inscrições efectuadas até 30.06.11. 2.ª Edição. Programa para Profissionais. Curso de Especialização em

Contratação Pública. -30% inscrições efectuadas até 30.06.11. 2.ª Edição. Programa para Profissionais. Curso de Especialização em * -30% inscrições efectuadas até 30.06.11 2.ª Edição Curso de Especialização em Contratação Pública Programa para Profissionais Dirigido por uma equipa de especialistas de alto nível nas áreas em análise

Leia mais

GESTÃO PATRIMONIAL. Conheça as Alterações Legislativas da. Adopte Medidas que lhe permitirão controlar e optimizar os Activos 3ª EDIÇÃO CURSO

GESTÃO PATRIMONIAL. Conheça as Alterações Legislativas da. Adopte Medidas que lhe permitirão controlar e optimizar os Activos 3ª EDIÇÃO CURSO 3ª EDIÇÃO CURSO Conheça as Alterações Legislativas da GESTÃO PATRIMONIAL Adopte Medidas que lhe permitirão controlar e optimizar os Activos LUANDA 9 e 10 de JUNHO de 2014 Conheça e analise o regime jurídico

Leia mais

Diagnóstico de Competências para a Exportação

Diagnóstico de Competências para a Exportação Diagnóstico de Competências para a Exportação em Pequenas e Médias Empresas (PME) Guia de Utilização DIRECÇÃO DE ASSISTÊNCIA EMPRESARIAL Departamento de Promoção de Competências Empresariais Índice ENQUADRAMENTO...

Leia mais

5 DE NOVEMBRO - LAGOAS PARK HOTEL

5 DE NOVEMBRO - LAGOAS PARK HOTEL WWW.DISTRIBUICAOHOJE.COM/INRETAIL Desconto 25% * até 25 set. 5.ª Edição DIGITAL REVOLUTION 5 DE NOVEMBRO - LAGOAS PARK HOTEL Organização Patrocínio Platinium PROGRAMA 09:30 KEYNOTE SPEAKER DIGITAL REVOLUTION:

Leia mais

Executive Revolution Programs Competitive intelligence e inovação

Executive Revolution Programs Competitive intelligence e inovação Executive Revolution Programs Competitive intelligence e inovação Neste curso serão abordadas as melhores práticas que permitem gerir estrategicamente a informação, tendo em vista a criação de valor para

Leia mais

Imprimir Fechar. www.pwc.com/pt/tax/ma. amanhã. negócios de. Tax M&A Services

Imprimir Fechar. www.pwc.com/pt/tax/ma. amanhã. negócios de. Tax M&A Services www.pwc.com/pt/tax/ma Imprimir Fechar Perspectivar r os negócios de amanhã Tax M&A Services Introdução Os nossos serviços Como é que podemos apoiar? Maria Antónia Torres M&A Tax Lead Partner maria.torres@pt.pwc.com

Leia mais

Como Vender em Alemanha Uma acção à medida dos seus interesses

Como Vender em Alemanha Uma acção à medida dos seus interesses Como Vender em Alemanha Uma acção à medida dos seus interesses Ficha de Inscrição Encontre a resposta às suas dúvidas! Identifique a sessão pretendida: Porto AICEP (Rua António Bessa Leite, 1430-2.º andar)

Leia mais

FORMAÇÃO REGULAMENTO

FORMAÇÃO REGULAMENTO FORMAÇÃO REGULAMENTO Data: Julho de 2010 1. Politica e Estratégia A Formação desempenha um papel preponderante no desenvolvimento do indivíduo. É através dela que as pessoas adquirem os conhecimentos necessários

Leia mais

1ª Edição. 17 de Novembro de 2009

1ª Edição. 17 de Novembro de 2009 1ª Edição 17 de Novembro de 2009 Hotel Tiara Park Atlantic LISBOA PRINCIPAIS PLAYERS MESAS REDONDAS 29 ESPECIALISTAS TENDÊNCIAS CASOS PRÁTICOS NOVOS DESAFIOS Esquemas e alternativas de Financiamento Expansão

Leia mais

Serviços Financeiros. Créditos Incobráveis. Recuperação do Imposto sobre o Valor Acrescentado (IVA) Outubro de 2009

Serviços Financeiros. Créditos Incobráveis. Recuperação do Imposto sobre o Valor Acrescentado (IVA) Outubro de 2009 Serviços Financeiros Créditos Incobráveis Recuperação do Imposto sobre o Valor Acrescentado (IVA) Outubro de 2009 Sabia que 25% das falências são resultado de créditos incobráveis? Intrum Justitia Os créditos

Leia mais

Advocacia e TI estão entre as mais procuradas e melhor pagas

Advocacia e TI estão entre as mais procuradas e melhor pagas Guia das Funções Mais Procuradas Page Personnel 2015 Advocacia e TI estão entre as mais procuradas e melhor pagas Lisboa, 16 de Junho de 2015 - A Page Personnel, empresa de recrutamento de quadros intermédios

Leia mais

ORIENTAÇÃO DE GESTÃO N.º 05.REV1/POFC/2009

ORIENTAÇÃO DE GESTÃO N.º 05.REV1/POFC/2009 ORIENTAÇÃO DE GESTÃO N.º 05.REV1/POFC/2009 PROCEDIMENTOS DE ENCERRAMENTO DE PROJECTOS 1. ENQUADRAMENTO No âmbito do acompanhamento dos projectos apoiados pelo POFC, importa estabelecer o conjunto de procedimentos

Leia mais

Controlo de custos, orçamentos e auditoria de

Controlo de custos, orçamentos e auditoria de MASTERCLASS www.iirangola.com Óptima experiência baseada na partilha de conhecimentos entre o Formador e os Formandos. De facto o saber não ocupa lugar Nuno Monteiro Coordenador de. BANCO DE NEGÓCIOS INTERNACIONAL

Leia mais

CONGRESSO ANUAL DA RELAÇÃO COM O CLIENTE REINVENTAR O SERVIÇO AO CLIENTE: 21 E 22 NOVEMBRO DE 2012 SANA MALHOA HOTEL LISBOA. 14.

CONGRESSO ANUAL DA RELAÇÃO COM O CLIENTE REINVENTAR O SERVIÇO AO CLIENTE: 21 E 22 NOVEMBRO DE 2012 SANA MALHOA HOTEL LISBOA. 14. A edição de 2012 vai consolidar o modelo apresentado no ano anterior, com um processo de candidaturas muito simplificado. As categorias a premiar em 2012 são: 22 de Novembro 14h30 12 anos a premiar os

Leia mais

Contratação Pública. 2.ª Edição. Programa para Profissionais. Curso de Especialização em

Contratação Pública. 2.ª Edição. Programa para Profissionais. Curso de Especialização em 2.ª Edição Curso de Especialização em Contratação Pública Programa para Profissionais Dirigido por uma equipa de especialistas de alto nível nas áreas em análise Actualidade e profundidade na abordagem

Leia mais

ORIENTAÇÃO SOBRE PRINCÍPIOS DE AUDITORIA NP EN ISO 19011:2003. Celeste Bento João Carlos Dória Novembro de 2008

ORIENTAÇÃO SOBRE PRINCÍPIOS DE AUDITORIA NP EN ISO 19011:2003. Celeste Bento João Carlos Dória Novembro de 2008 ORIENTAÇÃO SOBRE PRINCÍPIOS DE AUDITORIA NP EN ISO 19011:2003 Celeste Bento João Carlos Dória Novembro de 2008 1 SISTEMÁTICA DE AUDITORIA - 1 1 - Início da 4 - Execução da 2 - Condução da revisão dos documentos

Leia mais

Empresas que se mexem, são empresas que crescem!

Empresas que se mexem, são empresas que crescem! Empresas que se mexem, são empresas que crescem! Apresentação do Projecto/ Abertura de inscrições Introdução A Adere-Minho - Associação para o Desenvolvimento Regional do Minho, entidade de natureza associativa

Leia mais

Workshop Certificação de Entidades pela DGERT

Workshop Certificação de Entidades pela DGERT www.b-training.pt Workshop Certificação de Entidades pela DGERT 27 de Maio de 2011 ORDEM DE TRABALHOS 10h00 11h15 11h30 12h30 13h Início dos Trabalhos Coffee-Break Reinício dos Trabalhos Perguntas & Respotas

Leia mais

A ÁREA DE PRÁTICA DE COMERCIAL E SOCIETÁRIO

A ÁREA DE PRÁTICA DE COMERCIAL E SOCIETÁRIO A ÁREA DE PRÁTICA DE COMERCIAL E SOCIETÁRIO ABBC A ABBC é uma sociedade de advogados full service com origem em Lisboa, em 1982. Actualmente, conta com uma equipa de 56 advogados. Os advogados da Sociedade

Leia mais

Associação Centro de Incubação de Empresas de Base Tecnológica. Sines Tecnopolo. Pós-Graduação. MBA em Negócios Internacionais

Associação Centro de Incubação de Empresas de Base Tecnológica. Sines Tecnopolo. Pós-Graduação. MBA em Negócios Internacionais Associação Centro de Incubação de Empresas de Base Tecnológica Sines Tecnopolo Pós-Graduação MBA em Negócios Internacionais Edital 1ª Edição 2012-2013 1 Enquadramento O MBA em Negócios Internacionais é

Leia mais

Banking. Estudos de Remuneração 2012

Banking. Estudos de Remuneração 2012 Estudos de 2012 Estudos de Banking 2012 2 Nota preliminar pág. 3 Técnico de Tesouraria pág. 4 Banking Técnico de Controlo de Crédito pág. 5 Analista de Crédito Técnico de Back-Office Técnico de Derivados

Leia mais

Mini MBA de Especialização em Análise e Gestão de Seguros de Vida Pedro Milheiro Galha

Mini MBA de Especialização em Análise e Gestão de Seguros de Vida Pedro Milheiro Galha Mini MBA de Especialização em Análise e Gestão de Seguros de Vida Pedro Milheiro Galha www.highskills.pt geral@highskills.pt Índice Designação do Curso... 2 Duração Total... 2 Destinatários... 2 Perfil

Leia mais

www.pwcacademy.pt Academia da PwC A formação profissional assume particular relevância no sucesso das empresas, a todos os

www.pwcacademy.pt Academia da PwC A formação profissional assume particular relevância no sucesso das empresas, a todos os www.pwcacademy.pt Das obrigações legais, às melhores p ráticas de gestão e oportunidades no seu financiamento Seminári o prático Lisboa, 29 de Junho Academia da PwC A formação profissional assume particular

Leia mais

Vale Projecto - Simplificado

Vale Projecto - Simplificado IDIT Instituto de Desenvolvimento e Inovação Tecnológica Vale Projecto - Simplificado VALES Empreendedorismo e Inovação Associados Parceiros / Protocolos IDIT Enquadramento Vale Projecto - Simplificado

Leia mais

CONFERÊNCIA VENCENDO EM TEMPO DE CRISE. 24 de Março de 2010

CONFERÊNCIA VENCENDO EM TEMPO DE CRISE. 24 de Março de 2010 CONFERÊNCIA VENCENDO EM TEMPO DE CRISE ALGUMAS ESTRATÉGIAS PARA O SUCESSO DAS EMPRESAS 24 de Março de 2010 Caro Industrial, No seguimento das diversas reuniões sectoriais do passado ano, que permitiram

Leia mais

CURSO GESTÃO DO CRÉDITO A CLIENTES E COBRANÇAS

CURSO GESTÃO DO CRÉDITO A CLIENTES E COBRANÇAS CURSO GESTÃO DO CRÉDITO A CLIENTES E COBRANÇAS ÍNDICE 1. INTRODUÇÃO 03 2. DESENVOLVIMENTO A. Proposta pedagógica B. Investimento C. Condições de participação 03 03 04 04 3. FICHA DE INSCRIÇÃO 05 02 Moneris

Leia mais

Balanced Scorecard e a

Balanced Scorecard e a Sessões de Trabalho Balanced Scorecard e a Execução Estratégica Programa de 3 dias de Treino Inscrições até 31/Março = 375 + IVA Inscrições até 11/Abril = 750 + IVA Local: Armazém SYV (em Lisboa, na Junqueira)

Leia mais

SEMINÁRIO ESTRATÉGICO CONCURSOS INTERNACIONAIS COMO OPORTUNIDADE DE NEGÓCIO. LISBOA, 29 de MARÇO 2012. ORGANIZAÇÃO Uma publicação:

SEMINÁRIO ESTRATÉGICO CONCURSOS INTERNACIONAIS COMO OPORTUNIDADE DE NEGÓCIO. LISBOA, 29 de MARÇO 2012. ORGANIZAÇÃO Uma publicação: SEMINÁRIO ESTRATÉGICO CONCURSOS INTERNACIONAIS COMO OPORTUNIDADE DE NEGÓCIO LISBOA, 29 de MARÇO 2012 FORMADORA ENG.ª ÂNGELA VELOSO Ângela Veloso é licenciada em Engenharia Química e tem o Mestrado em Refinação

Leia mais

Business Intensive Program. Para uma Performance Empresarial mais Competitiva

Business Intensive Program. Para uma Performance Empresarial mais Competitiva Business Intensive Program Para uma Performance Empresarial mais Competitiva 02 BIP BUSINESS INTENSIVE PROGRAM Business Intensive Program Para uma Performance Empresarial mais Competitiva Em tempos de

Leia mais

PROTOCOLO DE COLABORAÇÃO

PROTOCOLO DE COLABORAÇÃO PROTOCOLO DE COLABORAÇÃO ENTRE, ORDEM DOS ADVOGADOS, pessoa colectiva n.º 500 965 099, com sede em Lisboa, no Largo de S. Domingos, n.º 14-1.º, neste acto representada pelo senhor Dr. António Marinho e

Leia mais

Gestão da Rede de Contactos. - Vilamoura, 26 de Junho de 2009 -

Gestão da Rede de Contactos. - Vilamoura, 26 de Junho de 2009 - PROGRAMA BUSINESS NETWORKING Gestão da Rede de Contactos - Vilamoura, 26 de Junho de 2009 - APRESENTAÇÃO O sucesso de uma organização, depende, em grande parte, da sua capacidade de fazer contactos (network)

Leia mais

EDP Renováveis, S.A. Regulamento do Código de Ética

EDP Renováveis, S.A. Regulamento do Código de Ética EDP Renováveis, S.A. Regulamento do Código de Ética 1. Objecto e Âmbito do Regulamento O presente regulamento foi adoptado pelo Conselho Geral e de Supervisão (CGS) e pelo Conselho de Administração Executivo

Leia mais

CURSO PREVISÃO, GESTÃO E CONTROLO DE TESOURARIA

CURSO PREVISÃO, GESTÃO E CONTROLO DE TESOURARIA CURSO PREVISÃO, GESTÃO E CONTROLO DE TESOURARIA ÍNDICE 1. INTRODUÇÃO 03 2. DESENVOLVIMENTO A. Proposta pedagógica B. Investimento C. Condições de participação 03 03 04 04 3. FICHA DE INSCRIÇÃO 05 02 Moneris

Leia mais

SISTEMAS DE GESTÃO DA QUALIDADE

SISTEMAS DE GESTÃO DA QUALIDADE SISTEMAS DE GESTÃO DA QUALIDADE Objectivos do Curso. No final deste os alunos deverão: Identificar os principais objectivos associados à implementação de Sistemas de Gestão da Qualidade (SGQ) Compreender

Leia mais

SEMINÁRIO ESTRATÉGICO CONCURSOS INTERNACIONAIS COMO OPORTUNIDADE DE NEGÓCIO. LISBOA, 29 de MARÇO 2012. ORGANIZAÇÃO Uma publicação:

SEMINÁRIO ESTRATÉGICO CONCURSOS INTERNACIONAIS COMO OPORTUNIDADE DE NEGÓCIO. LISBOA, 29 de MARÇO 2012. ORGANIZAÇÃO Uma publicação: SEMINÁRIO ESTRATÉGICO CONCURSOS INTERNACIONAIS COMO OPORTUNIDADE DE NEGÓCIO LISBOA, 29 de MARÇO 2012 FORMADORA ENG.ª ÂNGELA VELOSO Ângela Veloso é licenciada em Engenharia Química e tem o Mestrado em Refinação

Leia mais

RELATÓRIO E CONTAS GAN PORTUGAL SEGUROS 2004

RELATÓRIO E CONTAS GAN PORTUGAL SEGUROS 2004 Relatório sobre a Fiscalização Exmos. Senhores, Introdução 1 O presente Relatório é emitido nos termos do nº 2 do artº 451º do Código das Sociedades Comerciais e da alínea a) do nº 1 do artº 52º do Decreto-Lei

Leia mais

CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO

CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO F O R M A Ç Ã O A V A N Ç A D A CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO FORMAÇÃO ESPECÍFICA PARA MEMBROS DA ORDEM DOS ENGENHEIROS ENQUADRAMENTO O CEGE/ISEG é um centro de investigação e projectos do ISEG Instituto

Leia mais

Finanças para Não Financeiros

Finanças para Não Financeiros www.pwc.pt/academy Finanças para Não Financeiros Academia da PwC Este curso permite-lhe compreender melhor as demonstrações financeiras, os termos utilizados e interpretar os principais indicadores sobre

Leia mais

REPÚBLICA DEMOCRÁTICA DE SÃO TOMÉ E PRÍNCIPE. (Unidade-Disciplina-Trabalho) MINISTÉRIO DO PLANO E FINANÇAS

REPÚBLICA DEMOCRÁTICA DE SÃO TOMÉ E PRÍNCIPE. (Unidade-Disciplina-Trabalho) MINISTÉRIO DO PLANO E FINANÇAS REPÚBLICA DEMOCRÁTICA DE SÃO TOMÉ E PRÍNCIPE (Unidade-Disciplina-Trabalho) MINISTÉRIO DO PLANO E FINANÇAS PROJECTO DE APOIO À GESTÃO ECONÓMICA E FINANCEIRA (PAGEF) TERMOS DE REFERÊNCIA RESPONSÁVEL ADMINISTRATIVO

Leia mais

Customer Service a 360. 13 e 14 Novembro 2013

Customer Service a 360. 13 e 14 Novembro 2013 www.globalcontactcenter.ife.pt 25% * Desconto até 26.09.2013 15ª Edição Congresso Anual da Relação com o Cliente Customer Service a 360 13 e 14 Novembro 2013 SANA MALHOA HOTEL - LISBOA Cada cliente é único.

Leia mais

Norma ISO 9000. Norma ISO 9001. Norma ISO 9004 SISTEMA DE GESTÃO DA QUALIDADE REQUISITOS FUNDAMENTOS E VOCABULÁRIO

Norma ISO 9000. Norma ISO 9001. Norma ISO 9004 SISTEMA DE GESTÃO DA QUALIDADE REQUISITOS FUNDAMENTOS E VOCABULÁRIO SISTEMA DE GESTÃO DA QUALDADE SISTEMA DE GESTÃO DA QUALIDADE Norma ISO 9000 Norma ISO 9001 Norma ISO 9004 FUNDAMENTOS E VOCABULÁRIO REQUISITOS LINHAS DE ORIENTAÇÃO PARA MELHORIA DE DESEMPENHO 1. CAMPO

Leia mais

Estabelecer objetivos de liquidez, rentabilidade e riscos

Estabelecer objetivos de liquidez, rentabilidade e riscos 7 ª Edição Como Controlar e Estabelecer os Objetivos de Rentabilidade e Gestão de Riscos Financeiros Gestão de Tesouraria dias 3MBA O seu ESPECIALISTA Dr. João Luís F. Afonso Treasury Manager VODAFONE

Leia mais

Conselho Geral e de Supervisão REGULAMENTO INTERNO COMISSÃO DE ESTRATÉGIA E PERFORMANCE

Conselho Geral e de Supervisão REGULAMENTO INTERNO COMISSÃO DE ESTRATÉGIA E PERFORMANCE Conselho Geral e de Supervisão REGULAMENTO INTERNO COMISSÃO DE ESTRATÉGIA E PERFORMANCE Aprovado em 18 de Junho de 2015 REGULAMENTO INTERNO DA COMISSÃO DE ESTRATÉGIA E PERFORMANCE ÍNDICE Artigo 1.º Instituição

Leia mais

SERVIÇOS FINANCEIROS PROFISSIONAIS. www.svc.pt www.areaeconomica.net

SERVIÇOS FINANCEIROS PROFISSIONAIS. www.svc.pt www.areaeconomica.net SERVIÇOS FINANCEIROS PROFISSIONAIS www.svc.pt www.areaeconomica.net DEPARTAMENTOS E DIVISÕES Contabilidade e Fiscalidade [Accounting/Tax/Reporting] Oferecemos um serviço diferenciado no âmbito da execução

Leia mais

DIRECTIVA RELATIVA À CONCESSÃO DE EMPRÉSTIMOS HIPOTECÁRIOS PARA AQUISIÇÃO DE HABITAÇÃO

DIRECTIVA RELATIVA À CONCESSÃO DE EMPRÉSTIMOS HIPOTECÁRIOS PARA AQUISIÇÃO DE HABITAÇÃO N. o 035/B/2010-DBS/AMCM Data: 05/10/2010 DIRECTIVA RELATIVA À CONCESSÃO DE EMPRÉSTIMOS HIPOTECÁRIOS PARA AQUISIÇÃO DE HABITAÇÃO A Autoridade Monetária de Macau (AMCM), no exercício das competências que

Leia mais

AVISO N.º 10/2013 de 9 de Julho

AVISO N.º 10/2013 de 9 de Julho Publicado em DR I.ª Série n.º 129 de 9 de Julho AVISO N.º 10/2013 de 9 de Julho ASSUNTO: AQUISIÇÃO OU AUMENTO DE PARTICIPAÇÕES QUALIFICADAS DAS INSTITUIÇÕES FINANCEIRAS Havendo a necessidade de se adequar

Leia mais

EXCEL AVANÇADO PARA FINANCEIROS

EXCEL AVANÇADO PARA FINANCEIROS 7ª EDIÇÃO SEMINÁRIO Saiba como Optimizar e Automatizar a Informação Financeira EXCEL AVANÇADO PARA FINANCEIROS para Analisar os Desvios, Previsões e Apresentar Relatórios Muito bom e interessante. Satisfeita!

Leia mais

CURSO RH SELECIONAR COM SUCESSO

CURSO RH SELECIONAR COM SUCESSO CURSO RH SELECIONAR COM SUCESSO ÍNDICE 1. INTRODUÇÃO 03 2. DESENVOLVIMENTO A. Proposta pedagógica B. Investimento C. Condições de participação 03 03 04 04 3. FICHA DE INSCRIÇÃO 05 02 Moneris Academy RH

Leia mais

Tax News Flash n.º 7/2015 Construir o futuro

Tax News Flash n.º 7/2015 Construir o futuro 8 de Outubro de 2015 Tax News Flash n.º 7/2015 Construir o futuro Aprovação do Regulamento do Procedimento para a Realização do Investimento Privado realizado ao abrigo da Lei do Investimento Privado em

Leia mais

A QUEM PODE DAR ORDENS PARA INVESTIMENTO COMO E ONDE SÃO EXECUTADAS

A QUEM PODE DAR ORDENS PARA INVESTIMENTO COMO E ONDE SÃO EXECUTADAS COMISSÃO DO MERCADO DE VALORES MOBILIÁRIOS COMISSÃO DO MERCADO DE VALORES MOBILIÁRIOS A QUEM PODE DAR ORDENS PARA INVESTIMENTO COMO E ONDE SÃO EXECUTADAS NOVEMBRO DE 2007 CMVM A 1 de Novembro de 2007 o

Leia mais

CURSO SECTOR NÃO LUCRATIVO REGIME FISCAL E CONTABILÍSTICO (ESFL)

CURSO SECTOR NÃO LUCRATIVO REGIME FISCAL E CONTABILÍSTICO (ESFL) CURSO SECTOR NÃO LUCRATIVO REGIME FISCAL E CONTABILÍSTICO (ESFL) ÍNDICE 1. INTRODUÇÃO 03 2. DESENVOLVIMENTO A. Proposta pedagógica B. Investimento C. Condições de participação 03 03 04 04 3. FICHA DE INSCRIÇÃO

Leia mais

Mini-MBA de Marketing

Mini-MBA de Marketing Mini-MBA de Marketing Coordenador/Formador: José Guimarães Índice Designação do curso... 2 Duração Total... 2 Destinatários... 2 Perfil de saída... 2 Pré-Requisitos... 3 Objectivo Geral... 3 Objetivos

Leia mais

Marketing Estratégico

Marketing Estratégico Marketing Estratégico Neste curso serão abordadas as melhores práticas para a elaboração de uma estratégia de Marketing. Porquê fazer este curso? Numa abordagem centrada no cliente, propõe-se um curso

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS DE VENDA ONLINE WWW.ZILIANCHOOSE.COM. Artigo 1.º. (Âmbito e Definições)

CONDIÇÕES GERAIS DE VENDA ONLINE WWW.ZILIANCHOOSE.COM. Artigo 1.º. (Âmbito e Definições) CONDIÇÕES GERAIS DE VENDA ONLINE WWW.ZILIANCHOOSE.COM Artigo 1.º (Âmbito e Definições) 1 As presentes condições gerais regulam a venda, incluindo o registo e a encomenda, de produtos através da página/sítio

Leia mais

Prémios APCC BEST AWARDS 2014 Ficha de Inscrição

Prémios APCC BEST AWARDS 2014 Ficha de Inscrição Prémios APCC BEST AWARDS 2014 Ficha de Inscrição Para participar nos Prémios APCC Best Awards 2014, agradecemos o preenchimento de todos os campos da ficha de inscrição e envio para geral@apcontactcenters.org

Leia mais

Contribuir para o desenvolvimento da região em que se inserem;

Contribuir para o desenvolvimento da região em que se inserem; SIPIE SISTEMA DE INCENTIVOS A PEQUENAS INICIATIVAS EMPRESARIAIS FICHA DE MEDIDA Apoia projectos com investimento mínimo elegível de 15.000 e a um máximo elegível de 150.000, que visem a criação ou desenvolvimento

Leia mais

luanda 4ª EDIÇÃO MASTER COURSE - GESTÃO DA FORMAÇÃO LOCAL EPIC SANA LUANDA HOTEL DATAS 14 A 23 JULHO 2014 Mastering People Development

luanda 4ª EDIÇÃO MASTER COURSE - GESTÃO DA FORMAÇÃO LOCAL EPIC SANA LUANDA HOTEL DATAS 14 A 23 JULHO 2014 Mastering People Development luanda www.letstalkgroup.com 4ª EDIÇÃO MASTER COURSE - GESTÃO DA FORMAÇÃO LOCAL EPIC SANA LUANDA HOTEL DATAS 14 A 23 JULHO 2014 Mastering People Development 4ª EDIÇÃO MASTER COURSE Gestão da Formação 14

Leia mais

Encontre connosco as respostas que procura. Venha conhecer a nossa equipa e o nosso trabalho. P O R T O P O R T U G A L

Encontre connosco as respostas que procura. Venha conhecer a nossa equipa e o nosso trabalho. P O R T O P O R T U G A L Encontre connosco as respostas que procura. Venha conhecer a nossa equipa e o nosso trabalho. P O R T O P O R T U G A L Bem-vindo ao escritório de advogados global, vocacionado para o apoio jurídico a

Leia mais

50 the International Paris Air Show

50 the International Paris Air Show Cluster Aeroespacial Nacional Pavilhão de Portugal 50 the International Paris Air Show Paris - Le Bourget 17 a 23 de Junho de 2013 www.salon-du-bourget.fr ENQUADRAMENTO e OBJECTIVO Na continuidade das

Leia mais

Política Global de Conflitos de Interesses

Política Global de Conflitos de Interesses Política Global de Conflitos de Interesses Índice 1. DECLARAÇÃO DE PRINCÍPIOS... 3 2. INTRODUÇÃO... 3 3. OBJECTIVO... 3 4. ALCANCE... 4 5. REGRAS E REGULAMENTAÇÕES... 5 6. ORIENTAÇÃO GERAL... 6 7. EXEMPLOS

Leia mais

Manual do Revisor Oficial de Contas. Directriz de Revisão/Auditoria 580 ÍNDICE

Manual do Revisor Oficial de Contas. Directriz de Revisão/Auditoria 580 ÍNDICE Directriz de Revisão/Auditoria 580 DECLARAÇÃO DO ORGÃO DE GESTÃO Dezembro de 1998 ÍNDICE Parágrafos Introdução 1-5 Objectivos 6 Requisitos da declaração 7-11 Conteúdo da declaração 12-15 Posição do revisor/auditor

Leia mais

Nas condições a seguir mencionadas, os cursos só poderão, porém, ser realizados com um mínimo de 15 inscrições.

Nas condições a seguir mencionadas, os cursos só poderão, porém, ser realizados com um mínimo de 15 inscrições. Sob a direcção do Doutor José Nunes Maia, Professor Aposentado do ISCTE Lisboa, a MoreData pretende dar início à 1ª edição do Curso Básico de Gestão (CBG) destinado a chefias intermédias e do Curso de

Leia mais

Perto de si, mudamos consigo! www.wechange.pt

Perto de si, mudamos consigo! www.wechange.pt Hotel Alvalade LUANDA 16 a 27 de RH Os Ciclos de RH, consistem em planos de desenvolvimento de competências no domínio da gestão de Recursos Humanos, nomeadamente ao nível das áreas de Selecção, Formação

Leia mais

AEP/APCER FORMAÇÃO 2º SEMESTRE 2004

AEP/APCER FORMAÇÃO 2º SEMESTRE 2004 Ed. de Serviços da Exponor, 2º Av. Dr. António Macedo 4450 617 Leça da Palmeira t: 22 999 36 00 f: 22 999 36 01 e-mail: info@apcer.pt www.apcer.pt Formação Empresa 4450-617 Leça da Palmeira t: 22 998 1753

Leia mais

CURSO COMO FAZER UM BUSINESS PLAN?

CURSO COMO FAZER UM BUSINESS PLAN? CURSO COMO FAZER UM BUSINESS PLAN? ÍNDICE 1. INTRODUÇÃO 03 2. DESENVOLVIMENTO A. Proposta pedagógica B. Investimento C. Condições de participação 03 03 04 04 3. FICHA DE INSCRIÇÃO 05 02 Moneris Academy

Leia mais

CURSO PLANEAMENTO FISCAL

CURSO PLANEAMENTO FISCAL CURSO PLANEAMENTO FISCAL ÍNDICE 1. INTRODUÇÃO 03 2. DESENVOLVIMENTO A. Proposta pedagógica B. Investimento C. Condições de participação 03 03 04 04 3. FICHA DE INSCRIÇÃO 05 02 Moneris Academy Planeamento

Leia mais