ATOS LEGAIS DO CURSO:

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "ATOS LEGAIS DO CURSO:"

Transcrição

1 CATÁLOGO DO CURSO SUPERIOR EM TECNOLOGIA EM ESTÉTICA E COSMÉTICA ATOS LEGAIS DO CURSO: Nome do Curso: Superior de Tecnologia em Estética e Cosmética Nome da Mantida: Centro Universitário de Rio Preto Endereço de Funcionamento do Curso: Rua Yvette Gabriel Atique, 45 - Boa Vista Ato Legal de Criação: Resolução CONSEPE UNIRP 06/2009, de 14 de dezembro de 2009 Ato Legal de Reconhecimento: Portaria MEC nº. 432, de 29 de julho de 2014 Número de Vagas Ofertadas: Noturno (cento e cinquenta) Tempo de Integralização: Mínimo: 3 anos Máximo: 5 anos Modalidade: Presencial, com 18,82% da carga à distância, conforme Portaria nº , de 10 de dezembro de Periodicidade: Seriado Semestral Turno de Funcionamento: noturno Disciplinas: horas Trabalho de Conclusão de Curso: 0 horas Distribuição da Carga Horária do Curso: Estágios Supervisionados: 0 horas Práticas Educativas: 0 horas Atividades Complementares: 150 horas Carga Horária Total do Curso: horas PERFIL DO EGRESSO E DO CURSO: O Curso Superior de Tecnologia em Estética e Cosmética do Centro Universitário Rio Preto - UNIRP empenha-se em atuar como facilitador do processo de capacitação profissional e de autoinstrução, focado no profissional das Áreas da Saúde e Estética exigidas pelo mercado de trabalho regional. Mercado esse, na sua maioria, formado por empresas de pequeno porte, com vertentes variadas, que exige dos profissionais, visão integrada e sistêmica dos fenômenos relacionados com a produção e gestão dos serviços de beleza e qualidade de vida. Portanto, a formação do aluno deve ser generalista sem perder o foco das particularidades da Estética Corporal, Facial, Capilar e Ungueal, com a utilização adequada de cosméticos, equipamentos e técnicas estéticas próprias; capacidade de análise e diagnóstico de pele e seus anexos, interpretação e crítica dos protocolos estéticos, considerando as variáveis intervenientes da interdisciplinaridade nos tratamentos e cuidados estéticos. 1

2 A qualidade, que hoje não é mais o diferencial exigido, e sim cumprimento legal das legislações atuais, mostra que a informação, bom atendimento, produtos corretos e dinamismo fazem do Tecnólogo em Estética e Cosmética um profissional que implica diferenças na sociedade, já que este está em busca contínua de qualidade e para acompanharem os mercados interno e externo necessitam de formação específica nos diversos setores de atuação (tratamentos e cuidados facial, corporal e capilar). Com a globalização e a busca milenar de manutenção da boa aparência, rejuvenescimento e cuidados com a pele e seus anexos (cabelos e unhas), a cosmetologia e estética evoluem com alta velocidade, fazendo com que os profissionais destas áreas tenham, cada vez mais, agilidade e informação suficientes para o desempenho adequado de suas atribuições, bem como, o uso corretos dos produtos e equipamentos lançados no mercado, com responsabilidade perante a sociedade, tendo a justiça e a ética profissional como padrão de comportamento esperado do concluinte. Listando as principais características desejadas do formando, podemos incluir: Desenvolver a capacidade empreendedora e da compreensão do processo tecnológico da área da estética e cosmética; Reconhecer e atuar em diferentes áreas do setor profissional; Atuar na produção e inovação científico-tecnológica, e suas respectivas aplicações nos diversos setores do embelezamento; Entender, planejar e executar protocolos de tratamento estético em âmbito geral; Selecionar e compreender a aplicabilidade dos equipamentos para uso estético na prática; Realizar as atividades profissionais dentro de suas competências de forma adequada e personalizada; Entender o comportamento humano nas relações interpessoais, com capacidade de observação, autocrítica, criatividade, liderança e raciocínio lógico para um bom desenvolvimento nos tratamentos estéticos e cosmetológicos; Desenvolver competências profissionais tecnológicas, gerais e específicas, para gestão de processos e a produção de bens e serviços; Inserir a educação ambiental e promover a saúde; 2

3 Demonstrar liderança e dinamismo, podendo integrar equipes multidisciplinares e desenvolver ações interdisciplinares. DIFERENCIAIS DO CURSO: Conteúdos profissionais bem definidos, atualizados e voltados para formação de seus estudantes com qualidade. Conteúdos básicos indispensáveis a formação profissional e alocados de forma a permitir a efetiva integralização do processo de ensinoaprendizagem. Corpo docente formado por profissionais experientes, academicamente formados e, comprometido em auxiliar os estudantes a alcançar sua promoção social partindo do estudo das mais simples atividades e protocolos, que agregados a conhecimentos técnicos, chegarão às mais complexas intervenções estéticas. Curso bem avaliado pelo MEC Curso participante de atividades sociais junto às entidades filantrópicas. RESPONSABILIDADE SOCIAL DO CURSO (Justificativa da necessidade do Curso): A responsabilidade social do Curso Superior de Tecnologia em Estética e Cosmética é uma de suas principais características, uma vez que a profissão de Tecnólogo em Estética e Cosmética está em ascensão. O município de São José do Rio Preto é reconhecidamente um grande pólo de desenvolvimento regional em todos os sentidos, entre eles: econômico, social, cultural e político. O mercado da beleza está crescente desenvolvimento, inúmeras marcas de cosméticos estão sendo lançados diariamente, novos protocolos de tratamentos e equipamentos com alta tecnologia também acompanham o ritmo de crescimento econômico do setor. Para acompanhar essa agilidade o profissional deve estar pautado por conhecimentos técnico-científicos e práticos adquiridos nas aulas e atividades extensionistas. O Curso vem suprir essas necessidades com a formação de profissionais capacitados na orientação e condução dessas atividades. 3

4 Portanto, consideramos de extrema importância o Curso Superior de Tecnologia em Estética e Cosmética da UNIRP, empenhado em atuar como facilitador do processo de capacitação profissional e de autoaprendizagem de seus alunos, focado no profissional das Áreas da Estética, Cosmética e Saúde exigido pelo mercado de trabalho regional. CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO: O Regimento Geral do UNIRP privilegia a avaliação continuada da aprendizagem como parte integrante do processo de formação, uma vez que possibilita diagnosticar lacunas a serem superadas, aferir os resultados alcançados em atividades de classe e extraclasse, mediante a verificação de competência e de aprendizagem teórica e prática de conhecimentos, e identificar mudanças de percurso eventualmente necessárias. O sistema de avaliação do processo de ensino-aprendizagem no Curso Superior de Tecnologia em Estética e Cosmética configura-se de acordo com o Regimento Geral do UNIRP (artigos 46 a 56). Na perspectiva de garantir competências e habilidades características do Curso, a avaliação destina-se, portanto, à análise da aprendizagem dos alunos para favorecer seu percurso, regular as ações de sua integralização e, ainda, certificar sua formação profissional. Para tanto, a avaliação é realizada mediante critérios explícitos e compartilhados com os alunos, uma vez que o que é objeto da avaliação representa uma referência importante para quem é avaliado, tanto para a orientação dos estudos como para a identificação dos aspectos considerados mais relevantes para a formação em cada momento do Curso. De acordo com normas regimentais, a avaliação do rendimento escolar é feita por disciplina, abrangendo os aspectos de frequência e aproveitamento. Em relação ao aproveitamento, visando à avaliação progressiva da aprendizagem do acadêmico, o professor ao longo do semestre letivo deve aplicar diferentes instrumentos compatíveis com o processo de ensino-aprendizagem, tais como: provas escritas, trabalhos individuais ou em grupo ou outras formas de avaliação continuada, previstas no plano de ensino da disciplina. Em relação às 4

5 provas escritas (mínimo duas por período), uma delas, denominada prova escrita semestral, tem data especificada no Calendário Escolar abrangendo todo o conteúdo programático da disciplina e as demais com datas e horários estabelecidos pelos próprios docentes. Cabe aos docentes, após a realização de cada avaliação, apresentar o resultado ao acadêmico e com ele discutir seus avanços e dificuldades buscando-se, assim, aperfeiçoar o processo de ensinoaprendizagem. MERCADO DE TRABALHO: O Brasil tem lugar de destaque no cenário econômico internacional no setor da indústria da beleza e para suprir a demanda, as contrações são crescentes e não há dúvida que este clima favorável tende a se estender por muitos anos. A procura constante pela manutenção da beleza e o rejuvenescimento mantém o mercado aquecido. Sendo assim, a estrutura curricular do Curso Superior de Tecnologia em Estética e Cosmética permite aos alunos a aquisição de conhecimentos teóricos e práticos necessários para atuarem nos mais diversos campos da Estética e Cosmética. Com uma formação abrangente, as diversas disciplinas que compõem a estrutura curricular do Curso, contemplam as diversas atividades relacionadas com a área, principalmente as de conhecimentos específicos, como também os aspectos técnicos, econômicos, sociais, culturais, políticos, tecnológicos, legais, etc. Os egressos do deste Curso poderão atuar: em Empresas da área de beleza, estética e saúde; em Hotéis que ofereçam serviços de estética e cosmética; em SPA s; em Casas de repouso; em Consultórios dermatológicos e Clínicas de cirurgia plástica; em Academias e Consultórios fisioterapêuticos; em Clínicas de nutrição e estética; como Empreendedores na área de estética e cosmética; em Indústrias do setor de equipamentos e cosméticos; em Atividades de pesquisa em centros de tratamentos estéticos. 5

6 COORDENAÇÃO DO CURSO: A Coordenadoria do Curso Superior de Tecnologia em Estética e Cosmética da UNIRP é exercida pela Professora M.Sc. Ursulandréa Sanches Abelan docente com dedicação em tempo integral. Minicurriculo do Coordenador: Professora M.Sc. Ursulandréa Sanches Abelan, farmacêutica, tecnóloga em estética e cosmética, professor, Especialista em Gestão de Negócios e Produção de Maquiagem, Mestre em Bioengenharia. Currículo Lattes: Horário e Locais de Atendimento da Coordenação: De segunda à sexta-feira, nos horários assinalados: Horários Manhã das 8h às 12h Noite das 19h às 22:30h Segundafeira Terçafeira Quartafeira Quintafeira Sextafeira Na UU I Na UU I Na UU I Na UU I Na UU I Na UU I Na UU I Na UU I Na UU I - MATRIZ CURRICULAR DO CURSO: Considerando o objetivo traçado para o curso e as Institui as Diretrizes Curriculares Nacionais Gerais para a organização e o funcionamento dos cursos superiores de tecnologia instituídas pela Resolução CNE/CP nº 3, de 18 de dezembro de 2002, o currículo pleno do curso Superior de Tecnologia em Estética e Cosmética do Centro Universitário de Rio Preto UNIRP estrutura-se da seguinte forma: 25 disciplinas com conteúdos de formação profissional correspondendo a 44,85% da carga horária total. 5 disciplinas com conteúdos de formação pré-profissional, correspondendo a 5,20% da carga horária total. 6

7 21 disciplinas com conteúdos de formação básica correspondendo a 49,95% da carga horária total. Atividades Complementares, correspondendo a 5,85% da carga horária total e 1 disciplina optativa com 20 horas aulas de carga horária correspondendo a 0,66% da carga horária total. Resumo Matriz Curricular Hora aula Hora relógio Disciplinas Presenciais Disciplinas Optativas (carga horária presencial) Disciplinas EaD Atividades complementares Duração Total do Curso º Período Anatomia Humana Biologia Celular e Histologia Biossegurança e Microbiologia Cosmetologia I Educação Ambiental e Cidadania Introdução à Tecnologia de Estética e Cosmética Massoterapia Projeto Integrado Multidisciplinar I Química Cosmética I 2º Período Biofísica Cosmetologia II Fisiologia Humana Português Instrumental Projeto Integrado Multidisciplinar II Química Cosmética II Toxicologia Cosmética Tratamentos Corporais I: Drenagem Linfática Tratamentos Faciais I 3º Período Bioquímica Colorimetria Cosmetologia III Direitos Humanos Nutrição e Estética Projeto Integrado Multidisciplinar III Tratamentos Faciais II: Limpeza de Pele Tricologia 7

8 4º Período Alisamento e Relaxamento Capilar I Colorimetria Capilar I Cultura e Literatura Africana e Indígena Dermatologia Cosmética Estética Capilar Projeto Integrado Multidisciplinar IV Terapia Capilar Tratamentos Corporais II Tratamentos Faciais III 5º Período Alisamento e Relaxamento Capilar II Colorimetria Capilar II Cosméticos Coloridos Design em Cortes de Cabelos I Ética e Responsabilidade Profissional Projeto Integrado Multidisciplinar V Tratamentos Corporais III: Pés e Mãos Visagismo I 6º Período Design em Cortes de Cabelos II Disciplina Optativa Empreendedorismo Gestão de Custos e Formação de Preços 40 Maquiagem Artística 80 Projeto Integrado Multidisciplinar VI Tratamentos Corporais V: Epilação Visagismo II INFRAESTRUTURA: A Unidade Universitária I do Centro Universitário de Rio Preto - UNIRP, onde o curso Superior de Tecnologia em Estética e Cosmética está implantado, atende as necessidades do curso. Salas de aulas com ar-condicionado e recursos multimídia; Salas de estudos individuais e em grupo; Laboratório de informática; Laboratórios específicos: Laboratórios de Cuidados Faciais e Laboratórios de Cuidados Corporais Biblioteca. 8

9 PROGRAMAS DE EXTENSÃO DO CURSO: Atividades desenvolvidas: Jornada Científica Acadêmica; Programas de Extensão Variados Programação dos eventos do curso: A Jornada Científica de Tecnologia em Estética e Cosmética e Encontro de Egressos, sempre é realizada na última semana do mês de outubro. LINKS INTERESSANTES RELACIONADOS AO CURSO: Agência de Vigilância Sanitária: Associação Brasileira de Cosmetologia: Associação Brasileira da Indústria de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos: 9

CATÁLOGO DO CURSO DE EDUCAÇÃO FÍSICA

CATÁLOGO DO CURSO DE EDUCAÇÃO FÍSICA CATÁLOGO DO CURSO DE EDUCAÇÃO FÍSICA ATOS LEGAIS DO CURSO: Nome do Curso: Educação Física - Área de Aprofundamento em Escola Licenciatura Nome da Mantida: Centro Universitário de Rio Preto Endereço de

Leia mais

CATÁLOGO DO CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS

CATÁLOGO DO CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS CATÁLOGO DO CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS ATOS LEGAIS DO CURSO: Nome do Curso: Ciências Contábeis Nome da Mantida: Centro Universitário de Rio Preto Endereço de Funcionamento do Curso: Rua Yvette Gabriel

Leia mais

CATÁLOGO DO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS Modalidade a Distância

CATÁLOGO DO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS Modalidade a Distância CATÁLOGO DO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS Modalidade a Distância ATOS LEGAIS DO CURSO: Nome do Curso: Curso Superior de Tecnologia em Gestão de Recursos Humanos Modalidade

Leia mais

CATÁLOGO DO CURSO DE ODONTOLOGIA

CATÁLOGO DO CURSO DE ODONTOLOGIA CATÁLOGO DO CURSO DE ODONTOLOGIA ATOS LEGAIS DO CURSO: Nome do Curso: Odontologia Nome da Mantida: Centro Universitário de Rio Preto Endereço de Funcionamento do Curso: Rua Yvette Gabriel Atique, 45 Bairro

Leia mais

CATÁLOGO DO CURSO DE PUBLICIDADE E PROPAGANDA

CATÁLOGO DO CURSO DE PUBLICIDADE E PROPAGANDA CATÁLOGO DO CURSO DE PUBLICIDADE E PROPAGANDA ATOS LEGAIS DO CURSO: Nome do Curso: Comunicação Social Publicidade e Propaganda Nome da Mantida: Centro Universitário de Rio Preto Endereço de Funcionamento

Leia mais

CATÁLOGO DO CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS Modalidade a Distância

CATÁLOGO DO CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS Modalidade a Distância CATÁLOGO DO CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS Modalidade a Distância ATOS LEGAIS DO CURSO: Nome do Curso: Ciências Contábeis Nome da Mantida: Centro Universitário de Rio Preto Endereço de Funcionamento do Curso:

Leia mais

CATÁLOGO DO CURSO DE FARMÁCIA

CATÁLOGO DO CURSO DE FARMÁCIA CATÁLOGO DO CURSO DE FARMÁCIA ATOS LEGAIS DO CURSO: Nome do Curso: Farmácia Nome da Mantida: Centro Universitário de Rio Preto Endereço de Funcionamento do Curso: Rua Yvette Gabriel Atique, 45 Boa Vista

Leia mais

CATÁLOGO DO CURSO DE ENGENHARIA ELETRÔNICA

CATÁLOGO DO CURSO DE ENGENHARIA ELETRÔNICA CATÁLOGO DO CURSO DE ENGENHARIA ELETRÔNICA ATOS LEGAIS DO CURSO: Nome do Curso: Engenharia Eletrônica Nome da Mantida: Centro Universitário de Rio Preto Endereço de Funcionamento do Curso: Avenida Jornalista

Leia mais

CATÁLOGO DO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO DA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

CATÁLOGO DO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO DA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO CATÁLOGO DO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO DA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO ATOS LEGAIS DO CURSO: Nome do Curso: Curso Superior de Tecnologia em Gestão da Tecnologia da Informação Nome da Mantida: Centro

Leia mais

CATÁLOGO DO CURSO DE AGRONOMIA

CATÁLOGO DO CURSO DE AGRONOMIA CATÁLOGO DO CURSO DE AGRONOMIA ATOS LEGAIS DO CURSO: Nome do Curso: Agronomia Nome da Mantida: Centro Universitário de Rio Preto Endereço de Funcionamento do Curso: Rua Yvette Gabriel Atique, 45 Bairro

Leia mais

CATÁLOGO DO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM MARKETING

CATÁLOGO DO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM MARKETING CATÁLOGO DO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM MARKETING ATOS LEGAIS DO CURSO: Nome do Curso: Curso Superior de Tecnologia em Marketing Nome da Mantida: Centro Universitário de Rio Preto Endereço de Funcionamento

Leia mais

CATÁLOGO DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO Modalidade a Distância

CATÁLOGO DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO Modalidade a Distância CATÁLOGO DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO Modalidade a Distância ATOS LEGAIS DO CURSO: Nome do Curso: Administração Nome da Mantida: Centro Universitário de Rio Preto Endereço de Funcionamento do Curso: Rua Yvette

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO CATÓLICO SALESIANO AUXILIUM Curso de Estética

CENTRO UNIVERSITÁRIO CATÓLICO SALESIANO AUXILIUM Curso de Estética MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE ESTÉTICA GRADE 1 Currículo Pleno aprovado pelo Conselho de Curso para o ano de 2012 1º SEMESTRE Cód. Disc. DISCIPLINAS CRÉD. CH TOTAL TEÓRICA PRÁTICA 7580-4 Biologia Celular

Leia mais

CATÁLOGO DO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS

CATÁLOGO DO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS CATÁLOGO DO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS ATOS LEGAIS DO CURSO: Nome do Curso: Curso Superior de Tecnologia em Gestão de Recursos Humanos Nome da Mantida: Centro Universitário

Leia mais

CATÁLOGO DO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO FINANCEIRA

CATÁLOGO DO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO FINANCEIRA CATÁLOGO DO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO FINANCEIRA ATOS LEGAIS DO CURSO: Nome do Curso: Curso Superior de Tecnologia em Gestão Financeira Nome da Mantida: Centro Universitário de Rio Preto Endereço

Leia mais

CATÁLOGO DO CURSO DE CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO

CATÁLOGO DO CURSO DE CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO CATÁLOGO DO CURSO DE CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO ATOS LEGAIS DO CURSO: Nome do Curso: Ciência da Computação Nome da Mantida: Centro Universitário de Rio Preto Endereço de Funcionamento do Curso: Avenida Jornalista

Leia mais

CATÁLOGO DO CURSO DE MEDICINA VETERINÁRIA

CATÁLOGO DO CURSO DE MEDICINA VETERINÁRIA CATÁLOGO DO CURSO DE MEDICINA VETERINÁRIA ATOS LEGAIS DO CURSO: Nome do Curso: Medicina Veterinária Nome da Mantida: Centro Universitário de Rio Preto Endereço de Funcionamento do Curso: Rua Yvette Gabriel

Leia mais

CATÁLOGO DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO

CATÁLOGO DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO CATÁLOGO DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO ATOS LEGAIS DO CURSO: Nome do Curso: Administração Nome da Mantida: Centro Universitário de Rio Preto Endereço de Funcionamento do Curso: Rua Yvette Gabriel Atique, 45

Leia mais

CATÁLOGO DO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM PROCESSOS GERENCIAIS

CATÁLOGO DO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM PROCESSOS GERENCIAIS CATÁLOGO DO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM PROCESSOS GERENCIAIS ATOS LEGAIS DO CURSO: Nome do Curso: Curso Superior de Tecnologia em Processos Gerenciais Nome da Mantida: Centro Universitário de Rio Preto

Leia mais

CATÁLOGO DO CURSO DE NUTRIÇÃO

CATÁLOGO DO CURSO DE NUTRIÇÃO CATÁLOGO DO CURSO DE NUTRIÇÃO ATOS LEGAIS DO CURSO Nome do Curso: Nutrição Nome da Mantida: Centro Universitário de Rio Preto Endereço de Funcionamento do Curso: Rua Yvette Gabriel Atique, 45 Boa Vista

Leia mais

CATÁLOGO DO CURSO DE PEDAGOGIA

CATÁLOGO DO CURSO DE PEDAGOGIA CATÁLOGO DO CURSO DE PEDAGOGIA ATOS LEGAIS DO CURSO: Nome do Curso: Pedagogia Nome da Mantida: Centro Universitário de Rio Preto Endereço de Funcionamento do Curso: Rua Bernardino de Campos, 4516 Bairro

Leia mais

CATÁLOGO DO CURSO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS

CATÁLOGO DO CURSO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS CATÁLOGO DO CURSO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS ATOS LEGAIS DO CURSO: Nome do Curso: Ciências Biológicas Nome da Mantida: Centro Universitário de Rio Preto Endereço de Funcionamento do Curso: Rua Yvette Gabriel

Leia mais

CATÁLOGO DO CURSO DE MODA

CATÁLOGO DO CURSO DE MODA CATÁLOGO DO CURSO DE MODA ATOS LEGAIS DO CURSO: Nome do Curso: Moda Nome da Mantida: Centro Universitário de Rio Preto Endereço de Funcionamento do Curso: Av. Jornalista Roberto Marinho s/n Jd. Primavera

Leia mais

CATÁLOGO DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO Modalidade a Distância

CATÁLOGO DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO Modalidade a Distância CATÁLOGO DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO Modalidade a Distância ATOS LEGAIS DO CURSO: Nome do Curso: Administração Nome da Mantida: Centro Universitário de Rio Preto Endereço de Funcionamento do Curso: Rua Yvette

Leia mais

PROCESSO N.º 679/04 PROTOCOLO N.º 5.657.507-3/04 PARECER N.º 674/04 APROVADO EM 08/12/2004 INTERESSADA: FACULDADE DA CIDADE DE UNIÃO DA VITÓRIA FACE

PROCESSO N.º 679/04 PROTOCOLO N.º 5.657.507-3/04 PARECER N.º 674/04 APROVADO EM 08/12/2004 INTERESSADA: FACULDADE DA CIDADE DE UNIÃO DA VITÓRIA FACE PROTOCOLO N.º 5.657.507-3/04 PARECER N.º 674/04 APROVADO EM 08/12/2004 CÂMARA DE EDUCAÇÃO SUPERIOR INTERESSADA: FACULDADE DA CIDADE DE UNIÃO DA VITÓRIA FACE MUNICÍPIO: UNIÃO DA VITÓRIA ASSUNTO: Adequação

Leia mais

CATÁLOGO DO CURSO DE PEDAGOGIA Modalidade a Distância

CATÁLOGO DO CURSO DE PEDAGOGIA Modalidade a Distância CATÁLOGO DO CURSO DE PEDAGOGIA Modalidade a Distância ATOS LEGAIS DO CURSO: Nome do Curso: Pedagogia Tempo de Integralização: Mínimo: 8 semestres Máximo: 14 semestres Nome da Mantida: Centro Universitário

Leia mais

CURSO DE GRADUAÇÃO EM FISIOTERAPIA PROPOSTA DE DIRETRIZES CURRICULARES

CURSO DE GRADUAÇÃO EM FISIOTERAPIA PROPOSTA DE DIRETRIZES CURRICULARES CURSO DE GRADUAÇÃO EM FISIOTERAPIA PROPOSTA DE DIRETRIZES CURRICULARES 1 1. PERFIL DO FORMANDO EGRESSO/PROFISSIONAL Fisioterapeuta, com formação generalista, humanista, crítica e reflexiva, capacitado

Leia mais

CATÁLOGO DO CURSO DE BIOMEDICINA

CATÁLOGO DO CURSO DE BIOMEDICINA CATÁLOGO DO CURSO DE BIOMEDICINA ATOS LEGAIS DO CURSO: Nome do Curso: Biomedicina Nome da Mantida: Centro Universitário de Rio Preto Endereço de Funcionamento do Curso: Rua Yvette Gabriel Atique, 45 Bairro

Leia mais

CURSO DE GRADUAÇÃO EM FONOAUDIOLOGIA PROPOSTA DE DIRETRIZES CURRICULARES

CURSO DE GRADUAÇÃO EM FONOAUDIOLOGIA PROPOSTA DE DIRETRIZES CURRICULARES CURSO DE GRADUAÇÃO EM FONOAUDIOLOGIA PROPOSTA DE DIRETRIZES CURRICULARES 1 1. PERFIL DO FORMANDO EGRESSO/PROFISSIONAL Fonoaudiólogo, com formação generalista, humanista, crítica e reflexiva. Capacitado

Leia mais

CATÁLOGO DO CURSO DE PEDAGOGIA Modalidade a Distância

CATÁLOGO DO CURSO DE PEDAGOGIA Modalidade a Distância CATÁLOGO DO CURSO DE PEDAGOGIA Modalidade a Distância ATOS LEGAIS DO CURSO: Nome do Curso: Pedagogia Tempo de Integralização: Mínimo: 8 semestres Máximo: 14 semestres Nome da Mantida: Centro Universitário

Leia mais

CATÁLOGO DO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO DA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

CATÁLOGO DO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO DA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO CATÁLOGO DO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO DA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO ATOS LEGAIS DO CURSO: Nome do Curso: Curso Superior de Tecnologia em Gestão da Tecnologia da Informação Nome da Mantida: Centro

Leia mais

RESOLUÇÃO CONSEPE/UFERSA Nº 007/2010, de 19 de agosto de 2010.

RESOLUÇÃO CONSEPE/UFERSA Nº 007/2010, de 19 de agosto de 2010. CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO CONSEPE/UFERSA Nº 007/2010, de 19 de agosto de 2010. Cria o Núcleo de Educação à Distância na estrutura organizacional da Pró- Reitoria de Graduação da

Leia mais

CATÁLOGO DO CURSO DE EDUCAÇÃO FÍSICA - Bacharelado

CATÁLOGO DO CURSO DE EDUCAÇÃO FÍSICA - Bacharelado CATÁLOGO DO CURSO DE EDUCAÇÃO FÍSICA - Bacharelado ATOS LEGAIS DO CURSO: Nome do Curso: Educação Física - Área de Saúde e Qualidade de Vida - Bacharelado Nome da Mantida: Centro Universitário de Rio Preto

Leia mais

CATÁLOGO DO CURSO DE FISIOTERAPIA

CATÁLOGO DO CURSO DE FISIOTERAPIA CATÁLOGO DO CURSO DE FISIOTERAPIA ATOS LEGAIS DO CURSO: Nome do Curso: Fisioterapia Nome da Mantida: Centro Universitário de Rio Preto Endereço de Funcionamento do Curso: Rua Yvette Gabriel Atique, 45

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 142-CONSELHO SUPERIOR, de 26 de setembro de 2013.

RESOLUÇÃO Nº 142-CONSELHO SUPERIOR, de 26 de setembro de 2013. RESOLUÇÃO Nº 142-CONSELHO SUPERIOR, de 26 de setembro de 2013. ALTERA A RESOLUÇÃO Nº 040- CONSELHO SUPERIOR QUE ESTABELECE OS PROCEDIMENTOS PARA ELABORAÇÃO E ADEQUAÇÃO CURRICULAR DOS PLANOS DOS CURSOS

Leia mais

PROJETO DO CURSO TÉCNICO DE NÍVEL MÉDIO INTEGRADO EM INFORMÁTICA

PROJETO DO CURSO TÉCNICO DE NÍVEL MÉDIO INTEGRADO EM INFORMÁTICA MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA GOIANO. CAMPUS CERES DEPARTAMENTO DE DESENVOLVIMENTO EDUCACIONAL PROJETO DO

Leia mais

Pós-Graduação Lato Sensu a Distância. 1º semestre 2012

Pós-Graduação Lato Sensu a Distância. 1º semestre 2012 Pós-Graduação Lato Sensu a Distância 1º semestre 2012 FEVEREIRO/2012 Índice dos Cursos de Pós-Graduação a distância Oferta: primeiro semestre 2012 Curso Mensalidade Total Pagina ÁREA: ADMINISTRAÇÃO MBA

Leia mais

EMENTAS DAS DISCIPLINAS CURSO CST DE ESTÉTICA E COSMÉTICA

EMENTAS DAS DISCIPLINAS CURSO CST DE ESTÉTICA E COSMÉTICA EMENTAS DAS DISCIPLINAS CURSO CST DE ESTÉTICA E COSMÉTICA Semestre 1º Nº 1 Componente Curricular: Anatomofisiologia aplicada à Estética 136 Ementário: Estudo dos diversos sistemas orgânicos, correlacionando

Leia mais

Ementas das Disciplinas do Curso Superior de Tecnologia em Estética e Cosmética

Ementas das Disciplinas do Curso Superior de Tecnologia em Estética e Cosmética Ementas das Disciplinas do Curso Superior de Tecnologia em Estética e Cosmética 1º SEMESTRE 802310 - ANATOMOFISIOLOGIA APLICADA À ESTÉTICA Ementa: Estudo de conhecimentos de anatomia integrados à fisiologia

Leia mais

Eliana Lúcia Ferreira Coordenadora do Curso.

Eliana Lúcia Ferreira Coordenadora do Curso. BOAS VINDAS Prezado aluno, Seja bem vindo ao Curso de Licenciatura Plena em Educação Física, modalidade à Distância da Faculdade de Educação Física e Desportos da Universidade Federal de Juiz de Fora (FAEFID/UFJF).

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N DE 16 DE SETEMBRO DE 2008

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N DE 16 DE SETEMBRO DE 2008 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N. 3.751 DE 16 DE SETEMBRO DE 2008 Aprova o Projeto Político Pedagógico dos Cursos de Bacharelado

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS UFAL Coordenadoria Institucional de Educação a Distância - CIED

UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS UFAL Coordenadoria Institucional de Educação a Distância - CIED Recomendação da Coordenadoria Institucional de Educação a Distância (CIED) sobre a inclusão de disciplinas nos cursos de licenciatura presencial e a distância da UFAL A Lei de Diretrizes e Bases da Educação

Leia mais

CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU EM GESTÃO DA ESCOLA INCLUSIVA. Marcos Legais Resolução CNE-CES 1-2001 Resolução CNE-CES 1-2007 PROJETO PEDAGÓGICO

CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU EM GESTÃO DA ESCOLA INCLUSIVA. Marcos Legais Resolução CNE-CES 1-2001 Resolução CNE-CES 1-2007 PROJETO PEDAGÓGICO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU EM GESTÃO DA ESCOLA INCLUSIVA Marcos Legais Resolução CNE-CES 1-2001 Resolução CNE-CES 1-2007 PROJETO PEDAGÓGICO Campo Limpo Paulista 2016 1 CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO

Leia mais

NOME DO CURSO. . tipo de curso... (bacharelado, licenciatura ou CST)

NOME DO CURSO. . tipo de curso... (bacharelado, licenciatura ou CST) MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE SANTA CATARINA. PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO PPC CAMPUS XXXXXXXXXXXXXXXXXXX.

Leia mais

1. Perfil A Faculdade de Medicina de Campos foi criada pela Sociedade Fluminense de Medicina e Cirurgia (SFMC), na sessão de 02 de agosto de 1965,

1. Perfil A Faculdade de Medicina de Campos foi criada pela Sociedade Fluminense de Medicina e Cirurgia (SFMC), na sessão de 02 de agosto de 1965, 1. Perfil A Faculdade de Medicina de Campos foi criada pela Sociedade Fluminense de Medicina e Cirurgia (SFMC), na sessão de 02 de agosto de 1965, para se constituir em uma Instituição de Ensino Superior

Leia mais

INTERESSADA: Universidade Estadual Vale do Acaraú UVA

INTERESSADA: Universidade Estadual Vale do Acaraú UVA INTERESSADA: Universidade Estadual Vale do Acaraú UVA EMENTA: Renova o reconhecimento do Curso Sequencial de Formação Específica em Gestão de Recursos Humanos da Universidade Estadual Vale do Acaraú UVA,

Leia mais

CONTRIBUIÇÕES DAS SALAS DE COORDENAÇÃO DO AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM MOODLE PARA O PROCESSO DE RECONHECIMENTO DE CURSOS À DISTÂNCIA PELO INEP

CONTRIBUIÇÕES DAS SALAS DE COORDENAÇÃO DO AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM MOODLE PARA O PROCESSO DE RECONHECIMENTO DE CURSOS À DISTÂNCIA PELO INEP 1 CONTRIBUIÇÕES DAS SALAS DE COORDENAÇÃO DO AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM MOODLE PARA O PROCESSO DE RECONHECIMENTO DE CURSOS À DISTÂNCIA PELO INEP Ouro Preto MG Abril de 2014 Luciano Miguel Moreira

Leia mais

REGULAMENTO DO PROJETO INTEGRADOR DOS CURSOS SUPERIORES DE TECNOLOGIA DA FACULDADE ARTHUR THOMAS

REGULAMENTO DO PROJETO INTEGRADOR DOS CURSOS SUPERIORES DE TECNOLOGIA DA FACULDADE ARTHUR THOMAS REGULAMENTO DO PROJETO INTEGRADOR DOS CURSOS SUPERIORES DE TECNOLOGIA DA FACULDADE ARTHUR THOMAS Rua Prefeito Faria Lima, 400, Jardim Maringá, Londrina PR Fone: (43) 3031-5050 CEP: 86.061-450 1 REGULAMENTO

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N. 4.661, DE 28 DE ABRIL DE 2015

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N. 4.661, DE 28 DE ABRIL DE 2015 1 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N. 4.661, DE 28 DE ABRIL DE 2015 Aprova o Projeto Pedagógico do Curso de Licenciatura em

Leia mais

I RELATÓRIO: 3865/2015, de 02/10/2015 PARECER CEE/PE Nº 103/2015-CEB APROVADO PELO PLENÁRIO EM 14/09/2015

I RELATÓRIO: 3865/2015, de 02/10/2015 PARECER CEE/PE Nº 103/2015-CEB APROVADO PELO PLENÁRIO EM 14/09/2015 INTERESSADO: CEPEM-CENTRO DE ENSINO E PESQUISA EM EMERGÊNCIAS MÉDICAS-SERRA TALHADA/PE ASSUNTO: CREDENCIAMENTO DA INSTITUIÇÃO PARA A OFERTA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL TÉCNICA DE NÍVEL MÉDIO E AUTORIZAÇÃO

Leia mais

FORMAÇÃO EM PERSPECTIVA INCLUSIVA: CONCEPÇÕES DE PROFESSORES DE CURSOS DE PEDAGOGIA

FORMAÇÃO EM PERSPECTIVA INCLUSIVA: CONCEPÇÕES DE PROFESSORES DE CURSOS DE PEDAGOGIA FORMAÇÃO EM PERSPECTIVA INCLUSIVA: CONCEPÇÕES DE PROFESSORES DE CURSOS DE PEDAGOGIA Érica Aparecida Garrutti-Lourenço Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) Eixo Temático: Formação de professores

Leia mais

UFV Catálogo de Graduação 2013 201 PEDAGOGIA. COORDENADORA Cristiane Aparecida Baquim cbaquim@hotmail.com

UFV Catálogo de Graduação 2013 201 PEDAGOGIA. COORDENADORA Cristiane Aparecida Baquim cbaquim@hotmail.com UFV Catálogo de Graduação 2013 201 PEDAGOGIA COORDENADORA Cristiane Aparecida Baquim cbaquim@hotmail.com 202 Currículos dos Cursos UFV Licenciatura ATUAÇÃO Em atendimento às Diretrizes Curriculares Nacionais

Leia mais

CATÁLOGO DO CURSO DE PSICOLOGIA

CATÁLOGO DO CURSO DE PSICOLOGIA CATÁLOGO DO CURSO DE PSICOLOGIA ATOS LEGAIS DO CURSO: Nome do Curso: Psicologia Nome da Mantida: Centro Universitário de Rio Preto. Endereço de Funcionamento do Curso: Rua Gabriel Yvette Atique, 45 Boa

Leia mais

PPC. Aprovação do curso e Autorização da oferta PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO FIC - DIFICULDADES DE APRENDIZAGEM

PPC. Aprovação do curso e Autorização da oferta PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO FIC - DIFICULDADES DE APRENDIZAGEM MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE SANTA CATARINA PRÓ-REITORIA DE ENSINO CENTRO DE REFERÊNCIA EM FORMAÇÃO E

Leia mais

CURSO DE GRADUAÇÃO EM BIOMEDICINA PROPOSTA DE DIRETRIZES CURRICULARES

CURSO DE GRADUAÇÃO EM BIOMEDICINA PROPOSTA DE DIRETRIZES CURRICULARES CURSO DE GRADUAÇÃO EM BIOMEDICINA PROPOSTA DE DIRETRIZES CURRICULARES 1 1. PERFIL DO FORMANDO EGRESSO/PROFISSIONAL Biomédico, com formação generalista, humanista, crítica e reflexiva. Profissional da área

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO E PESQUISA RESOLUÇÃO N.º 3.209, DE 7 DE OUTUBRO DE 2004

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO E PESQUISA RESOLUÇÃO N.º 3.209, DE 7 DE OUTUBRO DE 2004 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO E PESQUISA RESOLUÇÃO N.º 3.209, DE 7 DE OUTUBRO DE 2004 Homologa o Parecer n.º 036/04-CEG, que aprova a revogação da Resolução

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM ESTÉTICA E COSMETOLOGIA SERIADO ANUAL - NOTURNO

MATRIZ CURRICULAR CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM ESTÉTICA E COSMETOLOGIA SERIADO ANUAL - NOTURNO MATRIZ CURRICULAR Curso: Graduação: Regime: Duração: CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM ESTÉTICA E COSMETOLOGIA TECNÓLOGO SERIADO ANUAL - NOTURNO 3 (TRÊS) ANOS LETIVOS Integralização: A) TEMPO TOTAL - MÍNIMO

Leia mais

Diagnóstico das Matrizes Curriculares das Faculdades de Farmácia do Estado de São Paulo Realizado em 31/05/2007

Diagnóstico das Matrizes Curriculares das Faculdades de Farmácia do Estado de São Paulo Realizado em 31/05/2007 1 Diagnóstico das Matrizes Curriculares das Faculdades de Farmácia do Estado de São Paulo Realizado em 31/5/27 A formação acadêmica do farmacêutico mudou, desde fevereiro de 22, quando foram aprovadas

Leia mais

Biotecnologia Ambiental

Biotecnologia Ambiental Ambiental 1º MÓDULO 27 28 29 (AGOSTO) Segunda-feira Terça-feira Quarta-feira Quinta-feira (27/08) Sexta-feira (28/08) Sábado (29/08) //Marco //Marco Ambiental 2º MÓDULO 17 18 19 (SETEMBRO) Segunda-feira

Leia mais

Faculdade Processus REGULAMENTO DO PROJETO DAS ATIVIDADES DE MONITORIA DO CURSO DE DIREITO DA FACULDADE PROCESSUS

Faculdade Processus REGULAMENTO DO PROJETO DAS ATIVIDADES DE MONITORIA DO CURSO DE DIREITO DA FACULDADE PROCESSUS REGULAMENTO DO PROJETO DAS ATIVIDADES DE MONITORIA DO CURSO DE DIREITO DA FACULDADE PROCESSUS Dispõe sobre a oferta de atividades de Monitoria no curso de graduação da Faculdade Processus e dá outras providências.

Leia mais

FACULDADE PITAGORAS EDITAL 01/16 PROGRAMA DE MONITORIA DA FACULDADE PITAGORAS - SÃO LUIS

FACULDADE PITAGORAS EDITAL 01/16 PROGRAMA DE MONITORIA DA FACULDADE PITAGORAS - SÃO LUIS EDITAL 01/16 PROGRAMA DE MONITORIA DA - SÃO LUIS O Diretor Geral da Faculdade Pitágoras, através da Núcleo de Atendimento Institucional - NAI, no uso de suas atribuições regimentais e de acordo com o que

Leia mais

CATÁLOGO DO CURSO DE ARQUITETURA E URBANISMO

CATÁLOGO DO CURSO DE ARQUITETURA E URBANISMO CATÁLOGO DO CURSO DE ARQUITETURA E URBANISMO ATOS LEGAIS DO CURSO: Nome do Curso: Arquitetura e Urbanismo Nome da Mantida: Centro Universitário de Rio Preto Endereço de Funcionamento do Curso: Av. Jornalista

Leia mais

INFORMAÇÕES GERAIS DO PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO

INFORMAÇÕES GERAIS DO PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO INFORMAÇÕES GERAIS DO PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO Denominação do Curso: Administração Habilitação: Bacharel em Administração Modalidade de ensino: Presencial Regime de Matrícula: Seriado Semestral : 3.280

Leia mais

CURSO DE FONOAUDIOLOGIA

CURSO DE FONOAUDIOLOGIA CURSO DE FONOAUDIOLOGIA REGULAMENTO DO ESTÁGIO Capítulo I Princípios gerais: Art. 1º De acordo com o Projeto Pedagógico do curso de Fonoaudiologia da Faculdade Redentor, os estágios supervisionados fazem

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N , DE 13 DE JUNHO DE 2012

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N , DE 13 DE JUNHO DE 2012 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N. 4.295, DE 13 DE JUNHO DE 2012 Aprova o Projeto Pedagógico do Curso de Licenciatura em,

Leia mais

publicado no DOE de 09/05/2013 PARECER CEE/PE Nº 06/2013 -CES APROVADO PELO PLENÁRIO EM 18/02/2013

publicado no DOE de 09/05/2013 PARECER CEE/PE Nº 06/2013 -CES APROVADO PELO PLENÁRIO EM 18/02/2013 INTERESSADA: UNIVERSIDADE DE PERNAMBUCO UPE/FACULDADE DE FORMAÇÃO DE PROFESSORES DE NAZARÉ DA MATA ASSUNTO: RENOVAÇÃO DE RECONHECIMENTO DO CURSO DE LICENCIATURA EM LETRAS- PORTUGUÊS/ INGLÊS RELATORA: CONSELHEIRA

Leia mais

CATÁLOGO DO CURSO DE JORNALISMO

CATÁLOGO DO CURSO DE JORNALISMO CATÁLOGO DO CURSO DE JORNALISMO ATOS LEGAIS DO CURSO: Nome do Curso: Comunicação Social Jornalismo Nome da Mantida: Centro Universitário de Rio Preto Endereço de Funcionamento do Curso: Av. Jornalista

Leia mais

249-Instrumento de Avaliação de Cursos de Graduação presencial e a distância - Reconhecimento e Renovação de Reconhecimento de Curso

249-Instrumento de Avaliação de Cursos de Graduação presencial e a distância - Reconhecimento e Renovação de Reconhecimento de Curso RELATÓRIO DE AVALIAÇÃO Informações gerais da avaliação: Protocolo: 201202202 Código MEC: 642013 Código da Avaliação: 95704 Ato Regulatório: Reconhecimento de Curso Categoria Módulo: Curso Status: Finalizada

Leia mais

A Reforma do Ensino Médio e a Educação Profissional

A Reforma do Ensino Médio e a Educação Profissional Fórum da Educação Profissional do Estado de São Paulo A Reforma do Ensino Médio e a Educação Profissional Francisco Aparecido Cordão facordao@uol.com.br Diretrizes e orientações curriculares do Ensino

Leia mais

Diretrizes curriculares nacionais e os projetos pedagógicos dos cursos de graduação

Diretrizes curriculares nacionais e os projetos pedagógicos dos cursos de graduação Diretrizes curriculares nacionais e os projetos pedagógicos dos cursos de graduação Curso de Atualização Pedagógica Julho de 2010 Mediador: Adelardo Adelino Dantas de Medeiros (DCA/UFRN) Diretrizes Curriculares

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE CONSELHO DO ENSINO, DA PESQUISA E DA EXTENSÃO

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE CONSELHO DO ENSINO, DA PESQUISA E DA EXTENSÃO SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE CONSELHO DO ENSINO, DA PESQUISA E DA EXTENSÃO RESOLUÇÃO Nº 139/2009/CONEPE Aprova alteração nas Normas Específicas do Estágio

Leia mais

CENTRO DE ENSINO SUPERIOR DOS CAMPOS GERAIS

CENTRO DE ENSINO SUPERIOR DOS CAMPOS GERAIS CENTRO DE ENSINO SUPERIOR DOS CAMPOS GERAIS FACULDADES INTEGRADAS DOS CAMPOS GERAIS RESOLUÇÃO CSA N o 020/2016 O Diretor Acadêmico e o Diretor Administrativo das Faculdades Integradas dos Campos Gerais,

Leia mais

Índice: Cursos Oferecidos na Área de Imagem Pessoal

Índice: Cursos Oferecidos na Área de Imagem Pessoal Índice: Administração em Negócios e Beleza...01 Banhos de beleza...02 Cabeleireiro...03 a 20 Comercialização e Administração em Negócios e Beleza...20 a 27 Corte de Cabelo...27 a 38 Cosmetologia Capilar...39

Leia mais

FACULDADE DE ARARAQUARA IESP Instituto Educacional do Estado de São Paulo Rua Miguel Cortez, 50, Vila Suconasa, Araraquara/SP Tel: 3332-4093

FACULDADE DE ARARAQUARA IESP Instituto Educacional do Estado de São Paulo Rua Miguel Cortez, 50, Vila Suconasa, Araraquara/SP Tel: 3332-4093 REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES Dispõe sobre as Atividades Complementares do Curso de Direito da Faculdade de Araraquara CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES GERAIS Art. 1º. Este Regulamento dispõe sobre

Leia mais

A Câmara Superior de Ensino da Universidade Federal de Campina Grande, no uso de suas atribuições,

A Câmara Superior de Ensino da Universidade Federal de Campina Grande, no uso de suas atribuições, RESOLUÇÃO Nº 08/2015 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE CONSELHO UNIVERSITÁRIO CÃMARA SUPERIOR DE ENSINO Altera a estrutura curricular contida no Projeto Pedagógico do Curso

Leia mais

Ministério da Educação UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ Câmpus Curitiba COORDENAÇÃO DE TECNOLOGIA NA EDUCAÇÃO REGULAMENTO INTERNO -

Ministério da Educação UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ Câmpus Curitiba COORDENAÇÃO DE TECNOLOGIA NA EDUCAÇÃO REGULAMENTO INTERNO - Ministério da Educação UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ Câmpus Curitiba COORDENAÇÃO DE TECNOLOGIA NA EDUCAÇÃO REGULAMENTO INTERNO - CAPÍTULO I Da Natureza, das Finalidades e dos Objetivos Art.

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO CATÓLICO SALESIANO AUXILIUM Curso de Educação Física

CENTRO UNIVERSITÁRIO CATÓLICO SALESIANO AUXILIUM Curso de Educação Física MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE EDUCAÇÃO FÍSCA GRADE 1 Currículo Pleno aprovado pelo Conselho de Curso para o ano de 2010 1º SEMESTRE 1425-1 ANATOMIA HUMANA I 3 60 30 30 10555-2 CULTURA TEOLOGICA 2 40 40-10713-9

Leia mais

ANEXO II PROJETO DE MELHORIA DO ENSINO MÉDIO NOTURNO REGULAMENTO CAPÍTULO I DOS OBJETIVOS

ANEXO II PROJETO DE MELHORIA DO ENSINO MÉDIO NOTURNO REGULAMENTO CAPÍTULO I DOS OBJETIVOS MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO BÁSICA Esplanada dos Ministérios, Bloco L 70047-902 Brasília DF ANEXO II PROJETO DE MELHORIA DO ENSINO MÉDIO NOTURNO REGULAMENTO CAPÍTULO I DOS OBJETIVOS Art.

Leia mais

FACULDADE IBGEN INSTITUTO BRASILEIRO DE GESTÃO DE NEGÓCIOS. Processo Seletivo 2016/2

FACULDADE IBGEN INSTITUTO BRASILEIRO DE GESTÃO DE NEGÓCIOS. Processo Seletivo 2016/2 FACULDADE IBGEN INSTITUTO BRASILEIRO DE GESTÃO DE NEGÓCIOS Processo Seletivo 2016/2 O Diretor Geral da Faculdade IBGEN Instituto Brasileiro de Gestão de Negócios, e da Faculdade FACCENTRO torna público

Leia mais

CURSO: ENFERMAGEM Missão Objetivo Geral Objetivos Específicos

CURSO: ENFERMAGEM Missão Objetivo Geral Objetivos Específicos CURSO: ENFERMAGEM Missão Formar para atuar em Enfermeiros qualificados todos os níveis de complexidade da assistência ao ser humano em sua integralidade, no contexto do Sistema Único de Saúde e do sistema

Leia mais

PLANO DE TRABALHO DO PROFESSOR

PLANO DE TRABALHO DO PROFESSOR EIXO TECNOLÓGICO: AMBIENTE, SAÚDE E SEGURANÇA CURSO/MODALIDADE: Curso Técnico em Meio Ambiente Subsequente COMPONENTE CURRICULAR: METODOLOGIA DE PESQUISA E CÓDIGO: APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS TÉCNICOS Currículo:

Leia mais

Curso do Superior de Tecnologia em Marketing

Curso do Superior de Tecnologia em Marketing Curso do Superior de Tecnologia em Objetivos do curso 1.5.1 Objetivo Geral O Curso Superior de Tecnologia em na modalidade EaD da universidade Unigranrio, tem por objetivos gerais capacitar o profissional

Leia mais

RESOLUÇÃO. Santo Ângelo, RS, Sala de Sessões do Conselho, 15 de janeiro de Dr. GILBERTO KERBER

RESOLUÇÃO. Santo Ângelo, RS, Sala de Sessões do Conselho, 15 de janeiro de Dr. GILBERTO KERBER RESOLUÇÃO DO CONSELHO SUPERIOR Nº 003/2016 DISPÕE SOBRE A APROVAÇÃO DO REGULAMENTO DOS PROJETOS INTEGRADORES PI s, INTEGRANTES DOS PPC s 2016/1 DOS CURSOS DA INSTITUIÇÃO O CONSELHO SUPERIOR, face ao disposto

Leia mais

OBJETIVOS DO CURSO DE ENFERMAGEM

OBJETIVOS DO CURSO DE ENFERMAGEM FACULDADE DO NORTE GOIANO OBJETIVOS DO CURSO DE ENFERMAGEM Objetivos do curso O Curso de Graduação em Enfermagem tem por objetivo formar bacharel em enfermagem (enfermeiro) capaz de influenciar na construção

Leia mais

MANUAL DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES

MANUAL DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES MANUAL DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES Belo Horizonte 2017 1 Prezado(a) aluno(a): Este é o Manual de Atividades Complementares do Curso Superior de Tecnologia em Estética e Cosmética do Centro Universitário

Leia mais

NORMATIZAÇÃO DE ESTÁGIO DOS CURSOS DE LICENCIATURA

NORMATIZAÇÃO DE ESTÁGIO DOS CURSOS DE LICENCIATURA MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO SUL DE MINAS GERAIS NORMATIZAÇÃO DE ESTÁGIO DOS CURSOS DE LICENCIATURA outubro/2010

Leia mais

CATÁLOGO DO CURSO DE DIREITO

CATÁLOGO DO CURSO DE DIREITO CATÁLOGO DO CURSO DE DIREITO ATOS LEGAIS DO CURSO: Nome do Curso: Direito Nome da Mantida: Centro Universitário de Rio Preto Endereço de Funcionamento do Curso: Rua Yvete Gabriel Atique nº. 45 - Boa Vista

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE REAL REGULAMENTO OFERTAS EDUCATIVAS ALTERNATIVAS AO ENSINO REGULAR ANEXO II

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE REAL REGULAMENTO OFERTAS EDUCATIVAS ALTERNATIVAS AO ENSINO REGULAR ANEXO II Ofertas Educativas Artigo 1.º Âmbito O presente regulamento estabelece as diretrizes essenciais ao funcionamento do curso vocacional, adequando, esclarecendo e integrando as normas legais presentes na

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE CAPETINGA PLANO DE CARGOS,CARREIRAS E REMUNERAÇÃO TRABALHADORES EM EDUCAÇÃO ANEXO IV ART.

PREFEITURA MUNICIPAL DE CAPETINGA PLANO DE CARGOS,CARREIRAS E REMUNERAÇÃO TRABALHADORES EM EDUCAÇÃO ANEXO IV ART. 1 Carreira de Professor de Educação Básica 1.1 Exercer a docência na educação básica, em unidade escolar, responsabilizando-se pela regência de turmas, pela orientação de aprendizagem na educação de jovens

Leia mais

NORMATIVA PARA OFERTA DE CARGA HORÁRIA SEMIPRESENCIAL EM CURSOS DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL TÉCNICA E TECNOLÓGICA PRESENCIAIS DO IFNMG

NORMATIVA PARA OFERTA DE CARGA HORÁRIA SEMIPRESENCIAL EM CURSOS DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL TÉCNICA E TECNOLÓGICA PRESENCIAIS DO IFNMG Ministério da Educação Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica Instituto Federal do Norte de Minas Gerais Pró-Reitoria de Ensino NORMATIVA PARA OFERTA DE CARGA HORÁRIA SEMIPRESENCIAL EM CURSOS

Leia mais

Administração Central Unidade de Ensino Médio e Técnico CETEC. Ensino Técnico. Habilitação Profissional: Nível Médio de Técnico em Administração

Administração Central Unidade de Ensino Médio e Técnico CETEC. Ensino Técnico. Habilitação Profissional: Nível Médio de Técnico em Administração Plano de Trabalho Docente 2013 Ensino Técnico ETEC PAULINO BOTELHO Código: 091 Município: São Carlos Eixo Tecnológico: Gestão e Negócios Habilitação Profissional: Nível Médio de Técnico em Administração

Leia mais

INSTITUTO NACIONAL DE ESTUDOS E PESQUISAS EDUCACIONAIS ANÍSIO TEIXEIRA DIRETORIA DE AVALIAÇÃO DA EDUCAÇÃO SUPERIOR

INSTITUTO NACIONAL DE ESTUDOS E PESQUISAS EDUCACIONAIS ANÍSIO TEIXEIRA DIRETORIA DE AVALIAÇÃO DA EDUCAÇÃO SUPERIOR INSTITUTO NACIONAL DE ESTUDOS E PESQUISAS EDUCACIONAIS ANÍSIO TEIXEIRA DIRETORIA DE AVALIAÇÃO DA EDUCAÇÃO SUPERIOR Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes ENADE LEGISLAÇÃO Constituição da República

Leia mais

11) Incrementar programas de mobilidade e intercâmbio acadêmicos. Propiciar a um número maior de discentes a experiência de interação

11) Incrementar programas de mobilidade e intercâmbio acadêmicos. Propiciar a um número maior de discentes a experiência de interação Apresentação A vocação natural da instituição universitária é fazer-se um centro de convergência e articulação de esforços intelectuais, científicos, artísticos e culturais, estimulando o pensamento crítico,

Leia mais

POLÍTICA NACIONAL DE FORMAÇÃO DE PROFESSORES E O PAPEL DO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO AMAPÁ. Prof. Klenilmar Lopes Dias

POLÍTICA NACIONAL DE FORMAÇÃO DE PROFESSORES E O PAPEL DO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO AMAPÁ. Prof. Klenilmar Lopes Dias FÓRUM DAS LICENCIATURAS SABERES É PRÁTICAS DOCENTES NA FORMAÇÃO DE PROFESSORES POLÍTICA NACIONAL DE FORMAÇÃO DE PROFESSORES E O PAPEL DO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO AMAPÁ Prof.

Leia mais

PROGRAMAS E PROJETOS DE EXTENSÃO GERÊNCIA DE ENSINO, PÓS-GRADUAÇÃO, PESQUISA, EXTENSÃO E INOVAÇÃO CAMPUS UNIVERSITÁRIO GRANDE FLORIANÓPOLIS

PROGRAMAS E PROJETOS DE EXTENSÃO GERÊNCIA DE ENSINO, PÓS-GRADUAÇÃO, PESQUISA, EXTENSÃO E INOVAÇÃO CAMPUS UNIVERSITÁRIO GRANDE FLORIANÓPOLIS PROGRAMAS E PROJETOS DE EXTENSÃO GERÊNCIA DE ENSINO, PÓS-GRADUAÇÃO, PESQUISA, EXTENSÃO E INOVAÇÃO CAMPUS UNIVERSITÁRIO GRANDE FLORIANÓPOLIS PROJETO DE EXTENSÃO Saúde na Escola Unisul: gamificação e novas

Leia mais

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES 1.2.4.3.1 REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES Art. 1º - As Atividades Complementares são componentes curriculares que possibilitam o reconhecimento, por avaliação, de habilidades, conhecimentos e

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N , DE 22 DE ABRIL DE 2014

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N , DE 22 DE ABRIL DE 2014 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N. 4.550, DE 22 DE ABRIL DE 2014 Aprova o Projeto Pedagógico do Curso de Licenciatura em

Leia mais

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES CURSO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO (ANO LETIVO 2014)

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES CURSO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO (ANO LETIVO 2014) (35) 3690-8900 / 3690-8958 (fax) REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES CURSO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO (ANO LETIVO 2014) 1 Caracterização Os cursos de Engenharia de Produção do Brasil são regidos pelas

Leia mais

SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO. Missão

SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO. Missão SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO Curso de Farmácia Campus: Campos dos Goytacazes Missão O curso tem como missão formar profissionais farmacêuticos com visão generalista e humanista capazes de exercer atividades

Leia mais