GOVERNADOR DO ESTADO DO AMAZONAS JOSÉ MELO DE OLIVEIRA SECRETÁRIO DE ESTADO DE PLANEJAMENTO E DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO AIRTON ÂNGELO CLAUDINO

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "GOVERNADOR DO ESTADO DO AMAZONAS JOSÉ MELO DE OLIVEIRA SECRETÁRIO DE ESTADO DE PLANEJAMENTO E DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO AIRTON ÂNGELO CLAUDINO"

Transcrição

1 GOVERNO DO ESTADO DO AMAZONAS Secretaria de Estado de Planejamento e Desenvolvimento Econômico SEPLAN Produto Interno Bruto Trimestral do Estado do Amazonas 4º Trimestre de 2014 Março de 2015

2 GOVERNADOR DO ESTADO DO AMAZONAS JOSÉ MELO DE OLIVEIRA SECRETÁRIO DE ESTADO DE PLANEJAMENTO E DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO AIRTON ÂNGELO CLAUDINO SECRETÁRIO EXECUTIVO DE PLANEJAMENTO E DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO RONNEY CÉSAR CAMPOS PEIXOTO SECRETÁRIA EXECUTIVA ADJUNTO DE RELAÇÕES INTERNACIONAIS FARID MENDONÇA JUNIOR SECRETÁRIO EXECUTIVO ADJUNTO DE POLÍTICAS SETORIAIS APPIO DA SILVA TOLENTINO Diretor do Departamento de Estudos, Pesquisas e Informações Ézio Lacerda Lopes Gerente de Informações do Departamento de Estudos, Pesquisas e Informações Júlio Afonso Filho Equipe Técnica Francisco Alves de Freitas Casemiro Rodrigues de Souza Editor: Secretaria de Estado de Planejamento e Desenvolvimento Econômico Departamento de Estudos, Pesquisas e Informações DEPI Endereço: Rua Major Gabriel n.º1.870 Praça 14 CEP Manaus Amazonas Fone: (0xx92) / / Pabx: (0xx92)

3 SUMARIO 1. Produto Interno Bruto por Ano 2. Valor Adicionado da Agropecuária 3. Valor Adicionado da Industria 4. Valor Adicionado dos Serviços 5. Valor Adicionado Total 6. Impostos sobre a Produção 7. PIB Série Historica PIB per capita

4 INTRODUÇÃO A Secretaria de Estado de Planejamento e Desenvolvimento Econômico do Estado do Amazonas SEPLAN/AM apresenta o resultado da economia da Região Metropolitana de Manaus para o ano de Tal trabalho se reverte de fundamental importância para técnicos, professores e estudiosos, preocupados em encontrar alternativas economicamente viável e ecologicamente corretas para o desenvolvimento sustentável do Estado do Amazonas. Estes números mostram a distribuição espacial das riquezas geradas durante os respectivos anos. A nova metodologia que está sendo utilizada para a elaboração do PIB municipal, leva em consideração os dados do Produto Interno Bruto Regional que por sua vez usa as pesquisas mensais do IBGE, conjugada com dados dos censos econômicos, e num esforço conjunto de diversas equipes de trabalho distribuídas por todos os estados da federação brasileira visando unificar os procedimentos metodológicos que permitir uma comparabilidade dos números entre os diversos municípios que compõem o mosaico do território brasileiro. A composição da economia está distribuida por setores economicos, assim distribuidos. O Setor Primário é formado pelas seguintes atividades: Agricultura: Cultivo de Cereais, Cultivo de Cana-de-açúcar, Cultivo de Soja, Cultivo de Outros Produtos da Lavoura Temporária, Cultivo de Cítricos, Cultivo de Café e Cultivo de Outros Produtos da Lavoura Permanente; Pecuária: Criação de Bovinos, Outros Animas Vivos e Produtos de Origem Animal, Criação de Suínos, Criação de Aves; Silvicultura e Exploração Florestal; Pesca. O Setor Secundário é composto pelas seguintes atividades: Indústria Extrativa Mineral; Indústria de Transformação; Indústria da Construção Civil; Serviços Industriais De Utilidade Pública (SIUP). O Setor Terciário é composto: Comércio e serviços de manutenção e reparação; Transportes e armazenagem e correio;

5 Serviços de alojamento e alimentação; Atividades imobiliárias e aluguel; Serviços prestados às empresas; Serviços prestados às famílias e associativos; Serviços de informação; Intermediação financeira, seguros e previdência complementar; Administração, saúde e educação públicas; Saúde e educação mercantis; Serviços domésticos Impostos sobre a produção menos os subsidios envolvidos nas três atividades

6 SUMÁRIO 1. Introdução 4 2. Produto Interno Bruto Trimestral do estado do Amazonas Metodologia Utilizada para Elaboração do PIB Trimestral do Estado do Amazonas PIB 4º Trimestre de 2014 por Atividade Econômica 6 3 Referência bibliografia 7

7 INTRODUÇÃO A Secretaria de Estado de Planejamento e Desenvolvimento Econômico SEPLAN apresenta o resultado da economia Estadual do Amazonas para o Quarto Trimestre de 2014 e o PIB anualizado e preliminar do PIB do Estado para o referido ano. Através das Contas Trimestrais é possível ter uma visão mais atualizada do comportamento dos três setores da Economia local: Primário, Secundário e Terciário. O Setor Primário é composto: Agricultura: Cultivo de Cereais, Cultivo de Cana-de-açúcar, Cultivo de Soja, Cultivo de Outros Produtos da Lavoura Temporária, Cultivo de Cítricos, Cultivo de Café e Cultivo de Outros Produtos da Lavoura Permanente; Pecuária: Criação de Bovinos, Outros Animas Vivos e Produtos de Origem Animal, Criação de Suínos, Criação de Aves; Silvicultura e Exploração Florestal; Pesca. O Setor Secundário é composto: Indústria Extrativa Mineral; Indústria de Transformação; Indústria da Construção Civil; Serviços Industriais De Utilidade Pública (SIUP). O Setor Terciário é composto: Comércio e serviços de manutenção e reparação; Transportes e armazenagem e correio; Serviços de alojamento e alimentação; Atividades imobiliárias e aluguel; Serviços prestados às empresas; Serviços prestados às famílias e associativos; Serviços de informação; Intermediação financeira, seguros e previdência complementar; Administração, saúde e educação públicas; Saúde e educação mercantis; Serviços domésticos.

8 2.2 - EVOLUÇÃO TRIMESTRAL DO PIB POR ATIVIDADE ECONÔMICA PARA º TRIMESTRE 2014 ATIVIDADE ECONÔMICA 2014 TOTAL R$ 1º TRI 2º TRI 3º TRI 4º TRI AGROPECUARIA Agricultura Pecuária Pesca INDUSTRIA Extrativa Mineral Transformação SIUP Construção Civil SERVIÇOS Comércio e Serviços de Manutenção e Alojamento e Alimentação Transportes Serviços de Informação Intermediação Financeira Atividades Imobiliárias e Aluguéis Serviços Prestados às Empresas Administração Pública Educação Mercantil Saúde e Serv. Sociais Demais serviços (serv. prest às famílias) VALOR ADICIONADO - VA IMPOSTO SOBRE PRODUTO LIQUIDO DE SUBSIDIOS PRODUTO INTERNO BRUTO A PREÇO DE MERCADO CÁLCULO :DEPI/SEPLAN/AM

9 2 - PRODUTO INTERNO BRUTO TRIMESTRAL DO ESTADO DO AMAZONAS PERIODO SETOR 1º TRIMESTRE º TRIMESTRE º TRIMESTRE º TRIMESTRE º TRIMESTRE 2014 ANUAL AGROPECUARIA INDUSTRIA SERVIÇOS IMPOSTOS TOTAL NOTAS EXPLICATIVAS R$ O quarto trimestre de 2014 em relação ao quarto trimestre de 2013, o PIB teve um crecimento nominal de 8,0 % e em termos reais teve um pequeno crescimento de 0,03 % descontado a inflação(ipca) do periodo, sem ajuste sazonal. 2 - O quarto trimestre de 2014 em relação ao terceiro trimestre do mesmo ano, o PIB cresceu 8,3 % nominalmente e crescimento real 6,5 % sem ajuste sazonal. 3 - O PIB do quarto trimestre de 2014 foi de R$ milhões. Anualizando os últimos quatro trimestres, o PIB do Estado do Amazonas ficou em R$ milhões; em 2013 o PIB do Estado do Amazonas foi de R$ milhões, tendo um crescimento nominal de 7,4% e crescimento real de 1,33%. 4 - Todos os dados foram calculados a partir do PIB trimestral do Brasil utilizando-se a metodologia abaixo. 5 - Utilisou-se o IPCA para deflacionar os indices METODOLOGIA UTILIZADA PARA ELABORAÇÃO DO PIB TRIMESTRAL 1 - Utilizou-se a média aritmetica móvel dos últimos 5 anos para calcular a participação relativo do PIB do Amazonas em relação ao PIB do Brasil. 2 - Diante desta constatação e da impossibilidade de dispor de outros dados que dê respaldo para um cálculo mais preciso com relação a distribuição trimestral do PIB amazonense, optouse por utilizar a proporção do item 1 para calcular-se o PIB trimestral do Amazonas a partir da divulgação do PIB do Brasil. 3 - Para distribuição do PIB estadual por setor da economia e impostos, considerou-se a média dos respectivos setores durante os últimos cinco anos para fazer o rateio do valor do PIB trimestral. Os índices utilizados para o cálculo foram: Agropecuaria 4,1%, Industria 37,3%, Serviços 41,9 e Impostos 16,7 % 4 - A partir da publicação dos dados definitivos serão realizados ajustes visando coadunar os dados preliminares com os dados reais dos respectivos anos. CÁLCULO :DEPI/SEPLAN/AM

10 3 - REFERÊNCIA

GOVERNADOR DO ESTADO DO AMAZONAS JOSÉ MELO SECRETÁRIO DE ESTADO DE PLANEJAMENTO E DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO AIRTON ÂNGELO CLAUDINO

GOVERNADOR DO ESTADO DO AMAZONAS JOSÉ MELO SECRETÁRIO DE ESTADO DE PLANEJAMENTO E DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO AIRTON ÂNGELO CLAUDINO GOVERNO DO ESTADO DO AMAZONAS Secretaria de Estado de Planejamento e Desenvolvimento Econômico SEPLAN Produto Interno Bruto Trimestral do Estado do Amazonas 1º Trimestre de 2014 JUNHO de 2014 GOVERNADOR

Leia mais

PIB 2012 Estado do Tocantins

PIB 2012 Estado do Tocantins PIB 2012 Estado do Tocantins Parceiros: GOVERNO DO ESTADO DO TOCANTINS SANDOVAL LÔBO CARDOSO Governador do Estado TOM LYRA Vice-governador do Estado JOAQUIM CARLOS PARENTE JUNIOR Secretário JOAQUÍN EDUARDO

Leia mais

Ceará: Resultados do PIB Trimestral 3 0 Trimestre/2007

Ceará: Resultados do PIB Trimestral 3 0 Trimestre/2007 Ceará: Resultados do PIB Trimestral 2003-2007 eloisa@ipece.ce.gov.br rogerio.soares@ipece.ce.gov.br Fortaleza 2009 CEARÁ: COMPOSIÇÃO Ceará: DO Resultados PRODUTO INTERNO do PIB BRUTO Trimestral A PREÇOS

Leia mais

Panorama Econômico do Rio Grande do Sul Unidade de Estudos Econômicos UNIDADE DE ESTUDOS ECONÔMICOS

Panorama Econômico do Rio Grande do Sul Unidade de Estudos Econômicos UNIDADE DE ESTUDOS ECONÔMICOS Panorama Econômico do Rio Grande do Sul 2008 Unidade de Estudos Econômicos COMPOSIÇÃO DO PIB PIB DO RIO GRANDE DO SUL 62% 9% 29% Estamos mais sujeitos a refletir crises agrícolas que a média da economia

Leia mais

Econômico Contabilidade Nacional

Econômico Contabilidade Nacional Tabela 3.7.1 - Produto Interno Bruto a preço de mercado corrente (milhões de R$), do e Estados da região Norte - 2008-2011 Acre Roraima 3.032.205 3.239.404 3.770.085 4.143.013 154.251 163.207 201.511 230.011

Leia mais

PIB BAIANO TOTALIZOU R$ 159,9 BILHÕES EM 2011

PIB BAIANO TOTALIZOU R$ 159,9 BILHÕES EM 2011 PIB BAIANO TOTALIZOU R$ 159,9 BILHÕES EM 2011 INTRODUÇÃO A SEI divulga, em parceria com o IBGE e demais institutos de pesquisas e estatísticas do país, os dados relativos ao PIB do ano de 2011. Mais uma

Leia mais

PRODUTO INTERNO BRUTO DO PIAUÍ

PRODUTO INTERNO BRUTO DO PIAUÍ PRODUTO INTERNO BRUTO DO PIAUÍ 2012 2 O PROJETO DE CONTAS REGIONAIS Considerações Metodológicas O projeto de Contas Regionais do Brasil (CR) estima o PIB dos estados brasileiros pela ótica da produção,

Leia mais

PIB TRIMESTRAL DO ESTADO DE SÃO PAULO

PIB TRIMESTRAL DO ESTADO DE SÃO PAULO PIB TRIMESTRAL DO ESTADO DE SÃO PAULO 2 o trimestre de 2016 Entre o 1 o e o 2 o trimestres de 2016, o PIB paulista cresceu 0,2% na série ajustada sazonalmente primeiro dado positivo depois de cinco trimestres

Leia mais

DIRETORIA DE PESQUISAS DPE COORDENAÇÃO DE CONTAS NACIONAIS CONAC

DIRETORIA DE PESQUISAS DPE COORDENAÇÃO DE CONTAS NACIONAIS CONAC DIRETORIA DE PESQUISAS DPE COORDENAÇÃO DE CONTAS NACIONAIS CONAC Nota metodológica da série retropolada 2002-2009 PIB dos Municípios - Referência 2010 (versão para informação e comentários) Versão 1 outubro

Leia mais

As estimativas preliminares da FEE para o ano de 2001 no Estado indicam

As estimativas preliminares da FEE para o ano de 2001 no Estado indicam . AS COI^ÍTAS REGIOXAIS A economia gaúcha em 2001: terceiro ano consecutivo de crescimento* Adalberto A. Mala Neto** As estimativas preliminares da FEE para o ano de 2001 no Estado indicam um crescimento

Leia mais

PIB do terceiro trimestre de 2015 apresentou queda de 1,7% contra o trimestre anterior

PIB do terceiro trimestre de 2015 apresentou queda de 1,7% contra o trimestre anterior ECONÔMICA Conjuntura PIB do terceiro trimestre de 2015 apresentou queda de 1,7% contra o trimestre anterior Dados publicados pelo IBGE informam que o Produto Interno Bruto (PIB) do Brasil caiu 1,7% no

Leia mais

CARACTERÍSTICAS GERAIS DO ESTADO DE MINAS GERAIS

CARACTERÍSTICAS GERAIS DO ESTADO DE MINAS GERAIS SEMINÁRIO ESTRUTURA E PROCESSO DA NEGOCIAÇÃO COLETIVA CONJUNTURA DO SETOR RURAL E MERCADODETRABALHONOESTADO DE ESTADO CONTAG CARACTERÍSTICAS C C S GERAIS TABELA 1 CARACTERÍSTICAS GERAIS DO ESTADO DE MINAS

Leia mais

CONTAS REGIONAIS. Governo do Estado do Amapá. Secretaria de Estado do Planejamento Coordenadoria de Pesquisas, Estratégias Socioeconômicas e Fiscais

CONTAS REGIONAIS. Governo do Estado do Amapá. Secretaria de Estado do Planejamento Coordenadoria de Pesquisas, Estratégias Socioeconômicas e Fiscais Governo do Estado do Amapá Diretoria de Pesquisas Coordenação de Contas Nacionais - CONAC Secretaria de Estado do Planejamento Coordenadoria de Pesquisas, Estratégias Socioeconômicas e Fiscais CONTAS REGIONAIS

Leia mais

PIB DO ESTADO DE RONDÔNIA 2007

PIB DO ESTADO DE RONDÔNIA 2007 PIB DO ESTADO DE RONDÔNIA 2007 Para o ano de 2007, o Produto Interno Bruto PIB do Estado de Rondônia apresentou um crescimento de 5,2% em relação ao ano anterior, ficando assim com 16ª a colocação no ranking

Leia mais

Sistema de Contas Nacionais Brasil

Sistema de Contas Nacionais Brasil Diretoria de Pesquisas Sistema de Contas Nacionais Brasil 2004-2008 Coordenação de Contas Nacionais Rio, 05/11/2010 Divulgações do SCN Já divulgados os dois primeiros trimestres de 2010, HOJE - ano 2008

Leia mais

Produto Interno Bruto 2º trimestre de de agosto de 2015

Produto Interno Bruto 2º trimestre de de agosto de 2015 Produto Interno Bruto 2º trimestre de 2015 28 de agosto de 2015 Crescimento do PIB no 2º Trimestre de 2015 2 Var. % pela ótica da produção 2º tri 2015 contra 1º tri 2015 2º tri 2015 contra 2º tri 2014

Leia mais

CONTAS REGIONAIS DO AMAZONAS 2009 PRODUTO INTERNO BRUTO DO ESTADO DO AMAZONAS

CONTAS REGIONAIS DO AMAZONAS 2009 PRODUTO INTERNO BRUTO DO ESTADO DO AMAZONAS CONTAS REGIONAIS DO AMAZONAS 2009 PRODUTO INTERNO BRUTO DO ESTADO DO AMAZONAS APRESENTAÇÃO A Secretaria de Estado de Planejamento e Desenvolvimento Econômico SEPLAN em parceria com a SUFRAMA e sob a coordenação

Leia mais

Federação das Indústrias do Estado de Sergipe

Federação das Indústrias do Estado de Sergipe Metodologia 1 Federação das Indústrias do Estado de Sergipe Gabinete de Defesa de Interesses Núcleo de Informações Econômicas Elaboração Técnica Fábio Rodrigues Moura Luís Paulo Dias Miranda Rodrigo Rocha

Leia mais

ESTIMATIVA TRIMESTRAL DO PRODUTO INTERNO BRUTO DO ESTADO DE ALAGOAS. Maceió, AL 20 de Julho de 2012

ESTIMATIVA TRIMESTRAL DO PRODUTO INTERNO BRUTO DO ESTADO DE ALAGOAS. Maceió, AL 20 de Julho de 2012 ESTIMATIVA TRIMESTRAL DO PRODUTO INTERNO BRUTO DO ESTADO DE ALAGOAS Maceió, AL 20 de Julho de 2012 Breve Histórico PIB dos Estados da Região Nordeste calculado pela SUDENE Década de 90: Necessidade crescente

Leia mais

Contas Nacionais Trimestrais

Contas Nacionais Trimestrais Contas Nacionais Trimestrais Indicadores de Volume e Valores Correntes 4º Trimestre de 2010 Coordenação de Contas Nacionais 03 de março de 2010 Tabela Resumo Principais resultados do PIB a preços de mercado

Leia mais

Contas Nacionais Trimestrais

Contas Nacionais Trimestrais Contas Nacionais Trimestrais Indicadores de Volume e Valores Correntes 2º Trimestre de 2013 Coordenação de Contas Nacionais 30 de agosto de 2013 Tabela Resumo Principais resultados do PIB a preços de mercado

Leia mais

Projeto Contas Regionais do Brasil PRODUTO INTERNO BRUTO PIB DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO 2010

Projeto Contas Regionais do Brasil PRODUTO INTERNO BRUTO PIB DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO 2010 GOVERNO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão SEPLAG Fundação Centro Estadual de Estatísticas, Pesquisas e Formação de Servidores Públicos do Rio de Janeiro - CEPERJ.

Leia mais

Indicador Trimestral de PIB do Espírito Santo

Indicador Trimestral de PIB do Espírito Santo SUMÁRIO EXECUTIVO O Produto Interno Bruto (PIB) do estado do Espírito Santo é calculado anualmente pelo Instituto Jones dos Santos Neves (IJSN) em parceria com o Instituto eiro de Geografia e Estatística

Leia mais

Emprego Formal do Estado do Amazonas Novembro 2015

Emprego Formal do Estado do Amazonas Novembro 2015 GOVERNO DO ESTADO DO AMAZONAS Secretaria de Estado de Planejamento, Desenvolvimento, Ciência, Tecnologia e Inovação - SEPLANCTI Emprego Formal do Estado do Amazonas Novembro 2015 MANAUS AMAZONAS 2015 GOVERNADOR

Leia mais

PIB apresentou estabilidade em relação a 2013 (+0,1%).

PIB apresentou estabilidade em relação a 2013 (+0,1%). PIB apresentou estabilidade em relação a 2013 (+0,1%). O PIB encerrou o ano de 2014 com variação de 0,1%. Nessa comparação, a Agropecuária (0,4%) e os Serviços (0,7%) cresceram e a Indústria caiu (- 1,2%).

Leia mais

PIB PRODUTO INTERNO BRUTO DO ESTADO DE RONDÔNIA 2014

PIB PRODUTO INTERNO BRUTO DO ESTADO DE RONDÔNIA 2014 PIB PRODUTO INTERNO BRUTO DO ESTADO DE RONDÔNIA 2014 A Secretaria de Estado do Planejamento, Orçamento e Gestão SEPOG/RO, através da Gerência do Observatório em parceria com o Instituto Brasileiro de Geografia

Leia mais

Índice de Atividade Econômica do Banco Central (IBC-Br)

Índice de Atividade Econômica do Banco Central (IBC-Br) Índice de Atividade Econômica do Banco Central (IBC-Br) O Banco Central passou a divulgar, no Boletim Regional de janeiro de, o Índice de Atividade Econômica Regional (IBCR-RS), que se constitui em uma

Leia mais

Avaliação das Contas Regionais do Piauí 2008

Avaliação das Contas Regionais do Piauí 2008 Avaliação das Contas Regionais do Piauí 2008 A economia piauiense, em 2008, apresentou expansão em volume do Produto Interno Bruto (PIB) de 8,8% em relação ao ano anterior. Foi a maior taxa de crescimento

Leia mais

Agosto Município de Anápolis - Goiás

Agosto Município de Anápolis - Goiás Agosto 2012 Município de Anápolis - Goiás Prezados, A ASBAN está sistematizando dados sobre a atividade econômica e financeira na sua região de abrangência com o objetivo de subsidiar as demandas de informações

Leia mais

Em 2012 a ASBAN iniciou a sintetização de dados estatísticos e demográficos e sobre a atividade econômica e

Em 2012 a ASBAN iniciou a sintetização de dados estatísticos e demográficos e sobre a atividade econômica e Prezados, Em 2012 a ASBAN iniciou a sintetização de dados estatísticos e demográficos e sobre a atividade econômica e financeira em sua região de abrangência. Com intuito de agilizar o acompanhamento,

Leia mais

Agosto Município de Rio Verde - Goiás

Agosto Município de Rio Verde - Goiás Agosto 2012 Município de Rio Verde - Goiás Prezados, A ASBAN está sistematizando dados sobre a atividade econômica e financeira na sua região de abrangência com o objetivo de subsidiar as demandas de informações

Leia mais

3º Trimestre de 2011

3º Trimestre de 2011 Contas Nacionais Trimestrais Indicadores de Volume e Valores Correntes 3º Trimestre de 2011 Coordenação de Contas Nacionais 06 de dezembro de 2011 Revisões nas Contas Nacionais Trimestrais No 3º trimestre

Leia mais

Diretoria de Pesquisas Coordenação de Serviços e Comércio - COSEC PESQUISA MENSAL DE SERVIÇOS PMS

Diretoria de Pesquisas Coordenação de Serviços e Comércio - COSEC PESQUISA MENSAL DE SERVIÇOS PMS Diretoria de Pesquisas Coordenação de Serviços e Comércio - COSEC PESQUISA MENSAL DE SERVIÇOS PMS OBJETIVO Acompanhar o desempenho conjuntural do setor de serviços, através de indicadores mensais, a partir

Leia mais

PERÍODO DE COMPARAÇÃO PIB AGROPEC INDUS SERV FBCF CONS. FAM CONS. GOV

PERÍODO DE COMPARAÇÃO PIB AGROPEC INDUS SERV FBCF CONS. FAM CONS. GOV ECONÔMICA Conjuntura Economia brasileira encolhe 5,4 % e 0,3% no primeiro trimestre de 2016 no comparativo com o mesmo período do ano anterior e no confronto com o semestre anterior respectivamente PRIMEIRO

Leia mais

Monitor do PIB-FGV Indicador mensal de março de Número maio.2017

Monitor do PIB-FGV Indicador mensal de março de Número maio.2017 Número 17 17.maio.2017 O Monitor do PIB-FGV, com informações até março do corrente ano, mostra que, na série dessazonalizada, o PIB do primeiro trimestre cresceu 1,19% quando comparado com o quarto trimestre

Leia mais

PIB DO ESTADO DE SÃO PAULO 2005

PIB DO ESTADO DE SÃO PAULO 2005 PIB DO ESTADO DE SÃO PAULO 2005 A Fundação Seade, em parceria com o IBGE, divulga os resultados do PIB do Estado de São Paulo, em 2005. Simultaneamente, os órgãos de estatística das demais Unidades da

Leia mais

2) A taxa trimestral móvel do PIB no trimestre findo em fevereiro, comparada com o mesmo período do ano anterior,

2) A taxa trimestral móvel do PIB no trimestre findo em fevereiro, comparada com o mesmo período do ano anterior, Número 16 20.abril.2017 O Monitor do PIB-FGV, com informações até fevereiro do corrente ano, mostra que o PIB cresceu 0,78% em fevereiro comparativamente a janeiro. Na comparação com o trimestre terminado

Leia mais

ESTIMATIVA DO PIB INDUSTRIAL DO ESTADO DO TOCANTINS 2002 A 2011

ESTIMATIVA DO PIB INDUSTRIAL DO ESTADO DO TOCANTINS 2002 A 2011 ESTIMATIVA DO PIB INDUSTRIAL DO ESTADO DO TOCANTINS 2002 A 2011 PALMAS - TO, Setembro de 2012 Estimativa do PIB Industrial do Estado do Tocantins 2002 A 2011 Relatório realizado pelo Prof. Dr. Waldecy

Leia mais

Monitor do PIB-FGV Indicador mensal de setembro de Número novembro.2016

Monitor do PIB-FGV Indicador mensal de setembro de Número novembro.2016 Número 11 18.novembro.2016 O Monitor do PIB-FGV de novembro, com informações até setembro do corrente ano, mostra retração de 0,99%, no terceiro trimestre em comparação ao segundo; trata-se da sétima retração

Leia mais

PRODUTO INTERNO BRUTO DO DISTRITO FEDERAL

PRODUTO INTERNO BRUTO DO DISTRITO FEDERAL PRODUTO INTERNO BRUTO DO DISTRITO FEDERAL 2010 Produto Interno Bruto - PIB Corresponde ao valor a preços de mercado, de todos os bens e serviços finais produzidos em um território, num determinado período

Leia mais

Contas Nacionais Trimestrais

Contas Nacionais Trimestrais Contas Nacionais Trimestrais Indicadores de Volume e Valores Correntes 1º Trimestre de 2015 Coordenação de Contas Nacionais 29 de maio de 2015 Tabela Resumo Principais resultados do PIB a preços de mercado

Leia mais

COMPORTAMENTO HISTÓRICO DA PARTICIPAÇÃO DO SETOR RURAL NA COMPOSIÇÃO DO PIB DA PARAÍBA

COMPORTAMENTO HISTÓRICO DA PARTICIPAÇÃO DO SETOR RURAL NA COMPOSIÇÃO DO PIB DA PARAÍBA 1 COMPORTAMENTO HISTÓRICO DA PARTICIPAÇÃO DO SETOR RURAL NA COMPOSIÇÃO DO PIB DA PARAÍBA Sérgio Furtado - Consultor do Projeto Cooperar 1 DESEMPENHO DAS ATIVIDADES ECONÔMICAS NO ESTADO DA PARAÍBA EM 2012

Leia mais

CARACTERÍSTICAS GERAIS DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL

CARACTERÍSTICAS GERAIS DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL SEMINÁRIO ESTRUTURA E PROCESSO DA NEGOCIAÇÃO COLETIVA CONJUNTURA DO SETOR RURAL E MERCADODETRABALHONOESTADO DE ESTADO CONTAG CARACTERÍSTICAS GERAIS Rio Grande do Sul TABELA 1 CARACTERÍSTICAS GERAIS DO

Leia mais

CONJUNTURA ECONÔMICA Nível de Atividade - PIB 2T/12

CONJUNTURA ECONÔMICA Nível de Atividade - PIB 2T/12 CONJUNTURA ECONÔMICA Nível de Atividade - PIB 2T/12 CONDIÇÕES Este relatório foi preparado pela Linus Galena Consultoria Econômica exclusivamente para uso de seus clientes e não poderá ser circulado, reproduzido,

Leia mais

PIB trimestral tem crescimento em relação ao mesmo período do ano anterior após 3 anos

PIB trimestral tem crescimento em relação ao mesmo período do ano anterior após 3 anos PIB trimestral tem crescimento em relação ao mesmo período do ano anterior após 3 anos No 2º tri./2017, o PIB brasileiro a preços de mercado apresentou crescimento de 0,23% quando comparado ao 2º tri./2016,

Leia mais

Contas Regionais do Brasil 2012

Contas Regionais do Brasil 2012 Diretoria de Pesquisas Contas Regionais do Brasil 2012 Coordenação de Contas Nacionais frederico.cunha@ibge.gov.br alessandra.poca@ibge.gov.br Rio de Janeiro, 14/11/2014 Contas Regionais do Brasil Projeto

Leia mais

Produto Interno Bruto

Produto Interno Bruto DESIGNAÇÃO Valores em 10^6 STD, a Preços Correntes TOTAL PRODUTO INTERNO BRUTO 638668 731901 900583 1043317 1332354 1673609 1974030 2786141 3121072 3610485 4229269 5064433 5638912 6230813 VALOR ACRESCENTADO

Leia mais

outro, o aperto monetário e a redução da confiança dos empresários impediram avanços mais significativos da economia.

outro, o aperto monetário e a redução da confiança dos empresários impediram avanços mais significativos da economia. O Produto Interno Bruto goianoo alcançou em 2013 a cifra de R$ 151,010 bilhões. Este é o número oficial consolidado, calculado através de nova metodologia que o IBGE, em parceria com as instituições estaduais

Leia mais

Síntese Informativa de Indicadores Socioeconômicos e Educacionais da Região de Guajará-Mirim e Nova Mamoré SIM

Síntese Informativa de Indicadores Socioeconômicos e Educacionais da Região de Guajará-Mirim e Nova Mamoré SIM Síntese Informativa de Indicadores Socioeconômicos e Educacionais da Região de Guajará-Mirim e Nova Mamoré SIM Porto Velho, Fevereiro de 2016 1 PRESIDENTE DA REPÚBLICA Dilma Vana Rousseff MINISTRO DA EDUCAÇÃO

Leia mais

ÍNDICE DESEMPREGO ATINGE 14 MILHÕES NO BRASIL EMPREGO FORMAL... 03

ÍNDICE DESEMPREGO ATINGE 14 MILHÕES NO BRASIL EMPREGO FORMAL... 03 CONSTRUÇÃO CIVIL EM ANÁLISE Nº 04 ABRIL 2017 1 ÍNDICE DESEMPREGO ATINGE 14 MILHÕES NO BRASIL... 02 1 EMPREGO FORMAL... 03 1.1 SALDO MENSAL DE EMPREGO NA CONSTRUÇÃO CIVIL DO ESTADO DO PARÁ... 03 1.2 DEMISSÕES

Leia mais

Qual desenvolvimento queremos?

Qual desenvolvimento queremos? Qual desenvolvimento queremos? Apresentação preparada para o Forum do Desenvolvimento da ABDE Nelson Marconi Escola de Economia de São Paulo FGV e Presidente da Associação Keynesiana Brasileira 02 de dezembro

Leia mais

Sondagem do Setor de Serviços

Sondagem do Setor de Serviços Sondagem do Setor de Serviços % Setor 2004 2005 2006 2007 2008 2009 Agropecuária 5,9 4,9 4,7 4,8 5,0 5,2 Indústria 25,8 25,1 24,7 23,9 23,3 21,8 Serviços 54,1 55,8 56,5 57,3 56,8 58,9 Impostos líquidos

Leia mais

Monitor do PIB-FGV Indicador mensal de julho de Número setembro.2017

Monitor do PIB-FGV Indicador mensal de julho de Número setembro.2017 Indicador mensal de julho de 2017 Número 22 18.setembro.2017 O Monitor do PIB-FGV, aponta que, na série dessazonalizada, o PIB apresenta em julho crescimento de 0,1% quando comparado a junho; e, no trimestre

Leia mais

Contas Nacionais Trimestrais

Contas Nacionais Trimestrais Contas Nacionais Trimestrais 30 de Dezembro de 206 3º Trimestre 206 Contacto (s): Próxima edição: 3 Março de 207 José Fernandes Joses.Fernandes@ine.gov.cv Produto Interno Bruto aumentou 4,0% em volume

Leia mais

Agosto/2014. Cenário Econômico: Mais um Ano de Baixo Crescimento. Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos

Agosto/2014. Cenário Econômico: Mais um Ano de Baixo Crescimento. Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos Agosto/2014 Cenário Econômico: Mais um Ano de Baixo Crescimento Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos 1 Diversos Indicadores mostram uma Piora da Atividade Econômica no 2º Trimestre 2 A produção

Leia mais

Região Metropolitana de São Paulo Panorama socioeconômico

Região Metropolitana de São Paulo Panorama socioeconômico Instituto Teotônio Vilela Região Metropolitana de São Paulo Panorama socioeconômico Junho, 2017 Região Metropolitana de São Paulo População dos Municípios - 2016 2 municípios com mais de 1 milhão de habitantes

Leia mais

Rondônia. Agosto de 2017 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos

Rondônia. Agosto de 2017 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos Rondônia Agosto de 2017 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos PERFIL DA POPULAÇÃO RONDÔNIA Rondônia 1,81 milhão* 601,9 mil* População Domicílios Classe B 4% Classe A 3% Classe E 26% RO R$

Leia mais

CADERNO ESTATÍSTICO MUNICÍPIO DE COLOMBO

CADERNO ESTATÍSTICO MUNICÍPIO DE COLOMBO CADERNO ESTATÍSTICO MUNICÍPIO DE COLOMBO Abril 2008 SUMÁRIO CARACTERIZAÇÃO DO TERRITÓRIO 01 LOCALIZAÇÃO 01 IMAGEM DO MUNICÍPIO 01 INFORMAÇÕES ADMINISTRATIVAS - 2007 01 AUTORIDADE ELEITA - 2007 02 ÁREA

Leia mais

PRODUTO INTERNO BRUTO DOS MUNICI PIOS DO AMAZONAS

PRODUTO INTERNO BRUTO DOS MUNICI PIOS DO AMAZONAS GOVERNO DO ESTADO DO AMAZONAS Secretaria de Estado de Planejamento, Desenvolvimento, Ciência, Tecnologia e Inovação SEPLANCTI PRODUTO INTERNO BRUTO DOS MUNICI PIOS DO AMAZONAS 2010-2013 GOVERNADOR DO ESTADO

Leia mais

PRODUTO INTERNO BRUTO

PRODUTO INTERNO BRUTO Ano I Edição I Novembro/2015 PRODUTO INTERNO BRUTO 2013 Contas Regionais Cuiabá-MT 2015 SI - Secretaria Adj. de Informações Socioeconômicas, Geog. e de Indicadores SEGE Superintendência de Estudos Socioeconômicos

Leia mais

taxa Indicadores IBGE Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua Fevereiro de 2016 Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística - IBGE

taxa Indicadores IBGE Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua Fevereiro de 2016 Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística - IBGE taxa Indicadores IBGE Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua Fevereiro de 2016 Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística - IBGE Presidente da República Dilma Rousseff Ministro do Planejamento,

Leia mais

Monitor do PIB-FGV Indicador mensal de maio de Número julho.2017

Monitor do PIB-FGV Indicador mensal de maio de Número julho.2017 Indicador mensal de maio de 2017 Número 19 18.julho.2017 O Monitor do PIB-FGV, com informações até maio do corrente ano mostra que, na série dessazonalizada, o PIB apresentou retração de 0,90% no mês de

Leia mais

Agricultura & Inovação:

Agricultura & Inovação: Agricultura & Inovação: Rota para o Desenvolvimento Sustentável Rio de Janeiro, 16 de junho de 2012 TRANSFORMAÇÃO Macro-objetivos Macro - objetivos REDUÇÃO DA POBREZA E DAS DESIGUALDADES REGIONAIS PRODUÇÃO

Leia mais

Alagoas. Agosto de 2017 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos

Alagoas. Agosto de 2017 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos Alagoas Agosto de 2017 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos PERFIL DA POPULAÇÃO ALAGOAS ALAGOAS 3,38 1,06 milhões* milhão* População Domicílios 47,8% 52,2% Gênero 30,7 35,7 2017 2030 Idade

Leia mais

Piauí. Agosto de 2017 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos

Piauí. Agosto de 2017 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos Piauí Agosto de 2017 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos PERFIL DA POPULAÇÃO PIAUÍ 3,22 milhão* População Piauí 961,43 mil* Domicílios Classe B 4% Classe C 41% Classe A 2% Classe D 21%

Leia mais

Araraquaradr_araraquara 4 DIRETORIA REGIONAL DO CIESP DE ARARAQUARA. Informações Econômicas e da Indústria de Transformação

Araraquaradr_araraquara 4 DIRETORIA REGIONAL DO CIESP DE ARARAQUARA. Informações Econômicas e da Indústria de Transformação Araraquaradr_araraquara 4 DIRETORIA REGIONAL DO CIESP DE ARARAQUARA Informações Econômicas e da Indústria de Última atualização em 01 de novembro de 2017 A Diretoria Regional do CIESP de Araraquara representa

Leia mais

DEPEC - Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos DISTRITO FEDERAL JULHO DE 2017

DEPEC - Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos DISTRITO FEDERAL JULHO DE 2017 DEPEC - Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos DISTRITO FEDERAL JULHO DE 2017 O DEPEC BRADESCO não se responsabiliza por quaisquer atos/decisões tomadas com base nas informações disponibilizadas

Leia mais

Distrito Federal. Agosto de 2017 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos

Distrito Federal. Agosto de 2017 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos Distrito Federal Agosto de 2017 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos PERFIL DA POPULAÇÃO DISTRITO FEDERAL Distrito Federal 3,04 1,03 milhões* milhão* População Domicílios Classe B 7% Classes

Leia mais

Indicador Trimestral de PIB do Espírito Santo

Indicador Trimestral de PIB do Espírito Santo SUMÁRIO EXECUTIVO O Produto Interno Bruto do estado do Espírito Santo é calculado anualmente pelo Instituto Jones dos Santos Neves (IJSN) em parceria com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística

Leia mais

Perfil Turístico Minas Gerais

Perfil Turístico Minas Gerais 2014 Número de Municípios: População estimada 2013: Eleitorado 2013: 853 20.595.369 15.043.866 População Residente/ Censo 2010 19.597.330 Rural 14,7% 50,8% 49, Economia Urbana 85, Produto Interno Bruto

Leia mais

Nº 07 Junho de Resultados do Produto Interno Bruto (PIB) 1º Trimestre de Ceará

Nº 07 Junho de Resultados do Produto Interno Bruto (PIB) 1º Trimestre de Ceará Nº 07 Junho de 2011 Resultados do Produto Interno Bruto (PIB) 1º Trimestre de 2011 - Ceará GOVERNO DO ESTADO DO CEARÁ Cid Ferreira Gomes Governador Domingos Gomes de Aguiar Filho Vice Governador SECRETARIO

Leia mais

Monitor do PIB-FGV. Metodologia do indicador. (Versão preliminar)

Monitor do PIB-FGV. Metodologia do indicador. (Versão preliminar) Monitor do PIB-FGV Metodologia do indicador (Versão preliminar) Novembro de 2015 Sumário Introdução... 3 Cálculos para a construção dos indicadores... 4 Base Móvel... 4 Série Encadeada... 6 Série Encadeada

Leia mais

Nível de Emprego Formal Celetista

Nível de Emprego Formal Celetista Nível de Emprego Formal Celetista Cadastro Geral de Empregados e Desempregados CAGED Abril de 2014 1 Geração de Empregos Formais Celetistas Total de Admissões em abril de 2014... 1.862.515 Total de Desligamentos

Leia mais

REFLEXOS DO CENÁRIO ECONÔMICO MUNDIAL SOBRE O AGRONEGÓCIO BRASILEIRO

REFLEXOS DO CENÁRIO ECONÔMICO MUNDIAL SOBRE O AGRONEGÓCIO BRASILEIRO REFLEXOS DO CENÁRIO ECONÔMICO MUNDIAL SOBRE O AGRONEGÓCIO BRASILEIRO JOÃO CRUZ REIS FILHO SECRETÁRIO DE ESTADO DE AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO Brasília/DF JULHO DE 2015 22 CENÁRIO POPULACIONAL

Leia mais

PRODUTO INTERNO BRUTO DE ALAGOAS (PIB) PARA O ANO DE 2014

PRODUTO INTERNO BRUTO DE ALAGOAS (PIB) PARA O ANO DE 2014 PRODUTO INTERNO BRUTO DE ALAGOAS (PIB) PARA O ANO DE 2014 Superintendência de Produção da Informação e do Conhecimento (SINC) Gerência de Estatística e Indicadores Em 2014, a economia mundial cresceu apenas

Leia mais

O PIB de 2014 encerra o ano apresentando recessão de -0,1%

O PIB de 2014 encerra o ano apresentando recessão de -0,1% Número 12 06.Fevereiro.2015 Indicadores de dezembro de O PIB de encerra o ano apresentando recessão de -0,1% A taxa anual do PIB de foi de -0,1% quando comparado com o ano de, puxada pelo resultado negativo

Leia mais

M - DOS ALVARENGA (JD. LAURA)

M - DOS ALVARENGA (JD. LAURA) A B MUNICÍPIO DE SÃO BERNARDO DO CAMPO SECRETARIA DE ORÇAMENTO E PLANEJAMENTO PARTICIPATIVO DEPARTAMENTO DE INDICADORES SOCIAIS E ECONÔMICOS C D E F MUNICÍPIO DE SÃO BERNARDO DO CAMPO REGIÕES DE PLANEJAMENTO

Leia mais

N - DOS ALVARENGA (JD. DAS ORQUÍDEAS)

N - DOS ALVARENGA (JD. DAS ORQUÍDEAS) A B MUNICÍPIO DE SÃO BERNARDO DO CAMPO SECRETARIA DE ORÇAMENTO E PLANEJAMENTO PARTICIPATIVO DEPARTAMENTO DE INDICADORES SOCIAIS E ECONÔMICOS C D E F MUNICÍPIO DE SÃO BERNARDO DO CAMPO REGIÕES DE PLANEJAMENTO

Leia mais

VARIAÇÃO ANUAL DO PIB BRASILEIRO (%)

VARIAÇÃO ANUAL DO PIB BRASILEIRO (%) PIB 2000 2001 2002 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 2014 2015 2016 2017 2018 VARIAÇÃO ANUAL DO PIB BRASILEIRO (%) 7.5 7.0 5.0 3.0 1.0 4.4 1.4 3.1 1.1 5.8 3.2 4.0 6.1 5.1 3.9 1.9 3.0

Leia mais

PIB BRASILEIRO (variação anual, %)

PIB BRASILEIRO (variação anual, %) PIB PIB BRASILEIRO (variação anual, %) 2000 2001 2002 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 2014 2015 2016 2017 2018 7.5 7.0 5.0 3.0 1.0 4.4 1.4 3.1 1.1 5.8 3.2 4.0 6.1 5.1 4.0 1.9 3.0

Leia mais

A INDÚSTRIA EM NÚMEROS

A INDÚSTRIA EM NÚMEROS A INDÚSTRIA EM NÚMEROS Dezembro/2017 1. Desempenho conjuntural da indústria Principais indicadores da indústria Variável Out17/Set17 (%) dessaz. Out17/Out16 (%) Taxa acumulada nos últimos 12 meses; até

Leia mais

Produto Interno Bruto por setor de atividade

Produto Interno Bruto por setor de atividade Dezembro de 2011 Um ano de crescimento em meio a uma nova crise internacional A economia brasileira fechou o terceiro trimestre com crescimento acumulado no ano de 10,6%. Isso equivale a uma taxa de expansão

Leia mais

A INDÚSTRIA EM NÚMEROS

A INDÚSTRIA EM NÚMEROS A INDÚSTRIA EM NÚMEROS Fevereiro/2017 1. Desempenho conjuntural da indústria Principais indicadores da indústria Variável Dez16/Nov16 (%) dessaz. Dez16/Dez15 (%) Taxa acumulada nos últimos 12 meses; até

Leia mais

A INDÚSTRIA EM NÚMEROS

A INDÚSTRIA EM NÚMEROS A INDÚSTRIA EM NÚMEROS Dezembro/2016 1. Desempenho conjuntural da indústria Principais indicadores da indústria Variável Out16/Set16 (%) dessaz. Out16/Out15 (%) Taxa acumulada nos últimos 12 meses; até

Leia mais

PESQUISA MENSAL DE SERVIÇOS PMS SETEMBRO/2013

PESQUISA MENSAL DE SERVIÇOS PMS SETEMBRO/2013 PESQUISA MENSAL DE SERVIÇOS PMS SETEMBRO/2013 PRINCIPAIS RESULTADOS Setor de serviços Crescimento nominal de 9,6% em Setembro de 2013, na comparação com igual mês do ano anterior Crescimento de 6,6 % em

Leia mais

PRODUTO INTERNO BRUTO DOS MUNICÍPIOS NOVA BASE Bahia: 2010-2013

PRODUTO INTERNO BRUTO DOS MUNICÍPIOS NOVA BASE Bahia: 2010-2013 PRODUTO INTERNO BRUTO DOS MUNICÍPIOS NOVA BASE Bahia: 2010-2013 A Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais da Bahia (SEI) divulga o Produto Interno Bruto (PIB) dos municípios baianos, na nova base,

Leia mais

Impacto do IMF e do sistema atual sobre os preços

Impacto do IMF e do sistema atual sobre os preços Arroz em casca 15,72 30,25 Milho em grão 15,21 32,16 Trigo em grão e outros cereais 15,70 32,66 Cana-de-açúcar 15,47 32,68 Soja em grão 15,83 33,01 Outros produtos e serviços da lavoura 14,10 31,31 Mandioca

Leia mais

Carga tributária brasileira por setores

Carga tributária brasileira por setores Esta publicação contempla os seguintes temas: Novembro/2016 Carga tributária brasileira por setores A carga tributária brasileira é equivalente à de países desenvolvidos e muito superior à de outros países

Leia mais

A INDÚSTRIA EM NÚMEROS

A INDÚSTRIA EM NÚMEROS A INDÚSTRIA EM NÚMEROS Junho/2017 1. Desempenho conjuntural da indústria Principais indicadores da indústria Variável Abr17/Mar17 (%) dessaz. Abr17/Abr16 (%) Taxa acumulada nos últimos 12 meses; até abril

Leia mais

Comentário. A Economia Brasileira no 4º Trimestre de 2015: Visão Geral

Comentário. A Economia Brasileira no 4º Trimestre de 2015: Visão Geral Comentário A Economia Brasileira no 4º Trimestre de 2015: Visão Geral O Produto Interno Bruto (PIB) apresentou queda de 1,4% na comparação do quarto trimestre de 2015 contra o terceiro trimestre do ano,

Leia mais

Uma análise dos principais indicadores da economia brasileira

Uma análise dos principais indicadores da economia brasileira NÍVEL DE ATIVIDADE, INFLAÇÃO E POLÍTICA MONETÁRIA Uma análise dos principais indicadores da economia brasileira Guilherme R. S. Souza e Silva * RESUMO - O presente artigo tem o objetivo de apresentar e

Leia mais

ECONOMIA PARANAENSE Perfil Sócio-Econômico de Ponta Grossa

ECONOMIA PARANAENSE Perfil Sócio-Econômico de Ponta Grossa ECONOMIA PARANAENSE Perfil Sócio-Econômico de Ponta Grossa Emerson Martins Hilgemberg * Cleise Tupich Hilgemberg ** Alysson Stege *** André Toledo **** Thaís Silva ***** 1. Introdução O conhecimento e

Leia mais

Contas Nacionais Anuais: Resultados Finais Para 2014

Contas Nacionais Anuais: Resultados Finais Para 2014 Contas Nacionais Anuais (Base 2011) 2014 23 de setembro de 2016 Contas Nacionais Anuais: Resultados Finais Para 2014 Em 2014, o Produto Interno Bruto (PIB) ascendeu a cerca de 173,1 mil milhões de euros.

Leia mais

Avaliação dos Impactos econômicos. do Turismo de Eventos em Porto Alegre

Avaliação dos Impactos econômicos. do Turismo de Eventos em Porto Alegre Avaliação dos Impactos econômicos do Turismo de Eventos em Porto Alegre ESTRUTURA 1. O setor de turismo em Porto Alegre 2. Impactos do turismo de eventos na economia de Porto Alegre METODOLOGIAS 1. IPEA

Leia mais

METODOLOGIA DE ANÁLISE ECONÔMICA REGIONAL DA EXPLORAÇÃO E PRODUÇÃO DE PETRÓLEO E GÁS NATURAL NO ESTADO DE SÃO PAULO

METODOLOGIA DE ANÁLISE ECONÔMICA REGIONAL DA EXPLORAÇÃO E PRODUÇÃO DE PETRÓLEO E GÁS NATURAL NO ESTADO DE SÃO PAULO 11 CAPÍTULO METODOLOGIA DE ANÁLISE ECONÔMICA REGIONAL DA EXPLORAÇÃO E PRODUÇÃO DE PETRÓLEO E GÁS NATURAL NO ESTADO DE SÃO PAULO Cimar Alejandro Prieto Aparicio (SEADE) RESUMO O rápido crescimento da indústria

Leia mais

4º Trimestre 2012 4º Trimestre 2013 Recuo na Agropecuária Pequeno recuo na agropecuária

4º Trimestre 2012 4º Trimestre 2013 Recuo na Agropecuária Pequeno recuo na agropecuária Estimativa Trimestral do PIB 4º Trimestre e ano de 2013 26.06.2014 1 Roteiro 1º Panorama de Alagoas 2º Apresentação gráfica dos dados da Estimativa Trimestral do PIB 3º Apresentação gráfica dos dados por

Leia mais

OBSERVATÓRIO DO TRABALHO DA BAHIA. RELEASE Agosto de 2013 DADOS CAGED Contrato nº. 165/2012 SETRE-BA e DIEESE

OBSERVATÓRIO DO TRABALHO DA BAHIA. RELEASE Agosto de 2013 DADOS CAGED Contrato nº. 165/2012 SETRE-BA e DIEESE OBSERVATÓRIO DO TRABALHO DA BAHIA RELEASE Agosto de 2013 DADOS CAGED Contrato nº. 165/2012 SETRE-BA e DIEESE Setembro de 2013 EXPEDIENTE DA SECRETARIA DO TRABALHO, EMPREGO, RENDA E ESPORTE DO GOVERNO DO

Leia mais

Federação Nacional dos Engenheiros (FNE) Colocar a economia no rumo do crescimento

Federação Nacional dos Engenheiros (FNE) Colocar a economia no rumo do crescimento Federação Nacional dos Engenheiros (FNE) Colocar a economia no rumo do crescimento Prof. Dr. Antonio Corrêa de Lacerda Barra Bonita, 25 de Novembro de 2016 BRASIL: EVOLUÇÃO DO CRESCIMENTO DO PIB (VAR.

Leia mais

Variação em volume. Maior resultado: Mato Grosso do Sul -0,3% -2,5. % correspondendo a. 40% do PIB. per capita. Brasil ,33 Distrito Federal

Variação em volume. Maior resultado: Mato Grosso do Sul -0,3% -2,5. % correspondendo a. 40% do PIB. per capita. Brasil ,33 Distrito Federal Contas Nacionais n. 57 ISSN 1415-9813 SCR Sistema de Contas Regionais: Brasil IBGE, 2017 O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística - IBGE, em parceria com os Órgãos Estaduais de Estatística, as

Leia mais