BPI αlpha O FEI que investe em Produtos Estruturados.

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "BPI αlpha O FEI que investe em Produtos Estruturados."

Transcrição

1 O FEI que investe em Produtos Estruturados. UMA NOVA FORMA DE INVESTIR O BPI Alpha é o primeiro Fundo Especial de Investimento (FEI) do BPI e tem como objectivo principal dar aos clientes o acesso a uma carteira diversificada de Produtos Estruturados 1 (PE) BPI. Sendo um FEI, o BPI Alpha é um produto financeiro complexo. O BPI Alpha junta num só produto dois conceitos: o de PE e o de Fundo. Através dos PE e de derivados o FEI tem acesso a um universo de investimento mais abrangente do que um fundo harmonizado tradicional, permitindo a exposição a outros mercados e a novas fontes de rentabilidade. Por outro lado, o formato de Fundo permite ao BPI Alpha oferecer diversificação e uma gestão activa a quem investe em Produtos Estruturados. PORQUÊ INVESTIR? ACESSO A DIFERENTES CLASSES DE ACTIVOS Através de PE e derivados, o universo de investimento engloba todas as classes de activos, desde as mais tradicionais, como acções e obrigações até às taxas de câmbio ou mercadorias. O acesso a estas classes torna possível a obtenção de retorno independente do o mercado accionista e obrigacionista. Historicamente, estas classes de activos têm revelado uma rentabilidade distinta em diferentes contextos de mercado. PE GESTÃO NOVAS FONTES DE RETORNO O FEI pode beneficiar em situações de queda ou degradação dos mercados, através de posições curtas 1 que têm uma boa performance com a desvalorização do preço dos activos. A QUEM SE DESTINA? A investidores com tolerância média ao risco e que pretendam obter, a médio prazo, um retorno absoluto 1, superior às aplicações tradicionais (por exemplo: depósitos a prazo) e que seja independente do contexto de mercado. A clientes que compram Produtos Estruturados, mas com necessidade de uma gestão activa e diversificada das suas posições. A quem investe no mercado de acções ou obrigações, directamente ou através de fundos, com o objectivo de diversificar e de potencialmente obter retorno mesmo quando estas classes de activos têm uma performance negativa. Pode ainda ganhar com situações de instabilidade ou turbulência, beneficiando do aumento da volatilidade do mercado. GESTÃO ACTIVA E DIVERSIFICAÇÃO O FEI não investe em Produtos Estruturados de uma forma passiva. Ao investir no FEI está a investir numa carteira diversificada de PE BPI. Por outro lado, a sua gestão procura oportunidades de compra ou venda em Mercado Secundário com o objectivo de maximizar a rentabilidade líquida dos investimentos. 1 Ver glossário e definições na última página deste folheto

2 Oportunidades e Investimento As vantagens da gestão e do acesso a novas fontes de retorno. PORQUÊ UM FEI? Trata-se de um novo tipo de Fundo de Investimento Mobiliário (FIM) não harmonizado, supervisionado pela CMVM 1. Pode investir nos mesmos activos que os fundos harmonizados, contudo, tem menos restrições. Ao contrário dos fundos tradicionais, o FEI BPI Alpha pode investir até 100% do seu património em Produtos Estruturados BPI. COMO INVESTE O FEI IDENTIFICAR OPORTUNIDADES - O BPI Alpha explora oportunidades, com base na monitorização do comportamento dos diversos mercados, incluindo os mercados de derivados (bolsas de futuros e opções). EXEMPLOS DE NOVAS FONTES DE RETORNO POSIÇÕES CURTAS 2 - A possibilidade de assumir posições curtas, permite obter rentabilidades positivas mesmo quando o mercado está em queda. Neste cenário o FEI vende primeiro e compra após a queda do mercado, portanto, mais barato. PRODUTOS ESTRUTURADOS À MEDIDA - Identificada uma oportunidade, o FEI investe em PE e/ou derivados que permitam tirar partido dessa visão de mercado. Pela sua dimensão o FEI pode comprar PE desenhados à medida normalmente apenas acessíveis a investidores institucionais 2. MERCADO ESTRATÉGIA MERCADO SECUNDÁRIO - Para além do investimento em novos PE, o FEI procura oportunidades também em mercado secundário, por exemplo produtos abaixo do par. O controlo permanente dos PE e derivados em carteira tem como objectivo a realização de mais-valias e/ou cobertura de riscos financeiros. GANHAR COM VOLATILIDADE 2 - BPI Alpha, através do investimento em PE e derivados, tem a possibilidade de obter retorno positivo com a instabilidade e volatilidade do mercado. Este retorno é independente da tendência do mercado durante esse período de instabilidade. MERCADO ESTRATÉGIA 1 Comissão do Mercado de Valores Mobiliários ( 2 Ver glossário e definições na última página deste folheto

3 Benchmark e Comissão de Performance No BPI Alpha quando o Cliente ganha, nós ganhamos também. O QUE É O BENCHMARK? O Benchmark é uma referência mínima de rentabilidade líquida para o FEI. É objectivo da gestão do BPI Alpha obter, a médio prazo, uma rentabilidade superior ao seu Benchmark. O Benchmark é compatível com o objectivo de gerar retorno absoluto 1 e independente do contexto de mercado. CONSTRUÇÃO DO BENCHMARK BENCHMARK = 80% x RENTABILIDADE DO EONIA CAPITALIZATION INDEX O que é o Eonia Capitalization Index? (Ticker Bloomberg: EONCAPL7 Index) É um índice que reflecte a rentabilidade de depósitos overnight 1. Baseia-se na EONIA (Euro Overnight Index Average), taxa efectiva para depósitos overnight 1 no mercado interbancário. O que representa a rentabilidade do Benchmark? Corresponde à rentabilidade líquida de imposto 2 que um investidor teria se investisse todos os dias num depósito que vence no dia seguinte. Em cada dia o valor aplicado corresponde ao capital e juros líquidos recebidos da aplicação realizada no dia anterior. O Benchmark pode ter uma rentabilidade negativa? Não, excepto se a taxa de juro EONIA for negativa. Historicamente nunca foi. ESTRUTURA DE COMISSÕES Fixo 0.75% anual Performance 20% da performance acima do Benchmark COMISSÃO VARIÁVEL EM FUNÇÃO DA PERFORMANCE Quais são as vantagens para o Cliente? Uma comissão de gestão fixa mais baixa. Uma gestão mais orientada para a performance e em maior sintonia com o Cliente. No FEI quando a rentabilidade supera significativamente o Benchmark, o cliente ganha e a sociedade gestora também. A comissão de performance só é aplicável se a gestão do FEI gerar o retorno mínimo a que se propõe, que compense a rentabilidade do Benchmark e a comissão de gestão fixa. 1 Ver glossário e definições na última página deste folheto 2 Assumindo uma taxa de imposto sobre os juros de 20%

4 Ficha Técnica Indicativa Designação do Fundo Sociedade Gestora Entidades Colocadoras Nome, Formato e Código ISIN Política de Investimento Características Especiais e Riscos do Investimento BPI Alpha ISIN: PTYPIEHE0016 Ticker Bloomberg: BPIAEIN PL <Equity> BPI Gestão de Activos - Sociedade Gestora de Fundos de Investimento Mobiliário, SA Banco BPI, SA; Banco Português de Investimento, SA e a Sociedade Gestora Fundo Especial de Investimento Aberto não harmonizado O fundo investirá principalmente (mínimo de 50%) do seu património numa carteira diversificada de Produtos Estruturados na forma de obrigações emitidas pelo Banco BPI, SA ou por sociedades do Grupo BPI. As estratégias implementadas têm como objectivo uma rentabilidade não correlacionada com os mercados accionista e obrigacionista, através da exposição a fontes de rendimento alternativas ou através da cobertura dos riscos financeiros. O fundo pode obter exposição a diversos mercados e/ou riscos: Taxas de Juro, Crédito, Inflação, Mercadorias, Câmbios, Acções, entre outros. Para além de Produtos Estruturados, o fundo poderá investir em Exchange Traded Funds, Obrigações Convertíveis e Instrumentos Financeiros Derivados como forma de optimizar a carteira de activos. É característica especial da política de investimento do FEI o facto de investir em obrigações emitidas pelo Banco BPI, SA ou por sociedades do Grupo BPI, verificando-se uma concentração de risco no que respeita ao emitente. Outra característica especial é a utilização de derivados, não apenas como instrumentos de gestão de risco mas com o objectivo de maximizar a rentabilidade. Esta realidade gera um efeito de alavancagem dos investimentos que pode conduzir a uma ampliação dos ganhos ou das perdas, podendo ter um impacto substancial na rentabilidade do FEI. Montantes Mínimos Subscrição: EUR 2 500,00 Reforço: EUR 250,00 Data de Constituição 14 Novembro 2008 Valor inicial Benchmark Comissão de Gestão Comissão de Performance Comissão de Resgate O valor da unidade de participação para efeito da constituição é de 5 EUROS. 80% da Rentabilidade do EONIA Capitalization Index (Ticker Bloomberg: EONCAPL7 Index) Reflecte a rentabilidade líquida de depósitos de um dia para o outro (overnight) e baseia-se na taxa EONIA (Euro Overnight Index Average), taxa efectiva para depósitos no mercado interbancário a este prazo. 0,75% (fixa) 20% a incidir sobre o excesso de retorno líquido do FEI face ao Benchmark 2% até 90 dias decorridos sobre a subscrição 1% entre 91 e 180 dias 0% acima de 180 dias (a comissão de resgate reverte em 50% para o OEI) Este documento não dispensa a consulta do Prospecto Completo e Simplificado do Fundo, datado de 14 de Agosto de 2008 que podem ser obtidos, sem encargos, junto da BPI Gestão de Activos, do Banco Depositário e das Entidades Colocadoras ou ainda através do site ou

5 Glossário e definições Produtos Estruturados/PE Retorno Absoluto Posição Curta Investidores Institucionais e Oferta Institucional Overnight Volatilidade Regime Fiscal dos rendimentos obtidos pelo FEI Activos que assentam na utilização de um ou mais instrumentos derivados, cuja valorização está indexada à valorização de outro(s) activo(s). No FEI, os Produtos Estruturados são formalmente obrigações emitidas pelo Banco BPI, SA ou por entidades do Grupo BPI. Uma estratégia de investimento com o objectivo de gerar retorno absoluto, por oposição ao retorno relativo, procura gerar retorno positivo independentemente dos movimentos do mercado. Consiste na venda de um activo para uma data futura. O vendedor ganha nesta transacção se até à data de entrega do activo conseguir comprá-lo no mercado a um preço inferior, ou seja, ganha com a desvalorização do activo. Em termos financeiros é o contrário de uma posição longa, que se constrói com a compra de um determinado activo. Investidores sofisticados que negoceiam elevados montantes no mercado, por exemplo, sociedades gestoras de fundos, companhias de seguros ou hedge-funds. A Oferta Institucional define a gama de produtos financeiros aos quais estes investidores têm acesso. Este termo surge associado a investimentos de muito curto prazo, normalmente com vencimento ou reembolso no dia seguinte. Mede a variabilidade do preço de um determinado activo. A volatilidade do preço de um activo é habitualmente medida pelo desvio-padrão do seu retorno. Os rendimentos obtidos em território português que não sejam considerados mais-valias, são tributados autonomamente por retenção na fonte. Encontram-se neste caso os juros das obrigações e dos depósitos bancários, sobre os quais incide uma taxa de 20%, e os dividendos, que estão sujeitos a uma taxa de 15%. Os rendimentos sobre os quais não estejam previstas taxas de retenção são tributados autonomamente à taxa de 25%. Os rendimentos, obtidos fora do território português, que não sejam considerados mais-valias, são tributados autonomamente, à taxa de 20%, tratando-se de rendimentos de títulos de dívida e de rendimentos provenientes de fundos de investimentos, e à taxa de 25% nos restantes casos. Sobre a diferença positiva entre mais e menos valias obtidas em cada ano, em território português ou fora dele, incide uma taxa de 10%. Encontram-se neste caso as mais-valias em acções, partes sociais e outros valores mobiliários, incluindo warrants autónomos detidos pelo Fundo. As mais-valias obtidas em obrigações bem como em acções detidas pelo Fundo por um período superior a 12 meses, não estão sujeitas a tributação. NOTA: A BPI Gestão de Activos alerta designadamente para o facto de a interpretação do regime fiscal descrito poder não coincidir com a interpretação realizada por outras entidades (nomeadamente a interpretação da Administração Fiscal).

PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO DOCUMENTO INFORMATIVO EUR BES PSI20 2012-2015 NOTES

PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO DOCUMENTO INFORMATIVO EUR BES PSI20 2012-2015 NOTES PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO DOCUMENTO INFORMATIVO EUR BES PSI20 2012-2015 NOTES Advertências ao investidor: Impossibilidade de solicitação de reembolso antecipado por parte do Investidor Risco de crédito

Leia mais

PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO DOCUMENTO INFORMATIVO EUR BES TECNOLOGIA 2012-2015 NOTES

PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO DOCUMENTO INFORMATIVO EUR BES TECNOLOGIA 2012-2015 NOTES PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO DOCUMENTO INFORMATIVO EUR BES TECNOLOGIA 2012-2015 NOTES Advertências ao investidor: Remuneração não garantida Impossibilidade de solicitação de reembolso antecipado por parte

Leia mais

Produto Financeiro Complexo Documento Informativo BPI PETRÓLEO ISIN: PTBBQ7OM0020

Produto Financeiro Complexo Documento Informativo BPI PETRÓLEO ISIN: PTBBQ7OM0020 Produto Financeiro Complexo Documento Informativo BPI PETRÓLEO 2011-2013 ISIN: PTBBQ7OM0020 Emissão de Obrigações ao abrigo do Euro Medium Term Note Programme de 10,000,000,000 do Banco BPI para a emissão

Leia mais

PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO DOCUMENTO INFORMATIVO EUR BES AUTOCALLABLE BRASIL 2012-2016 NOTES

PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO DOCUMENTO INFORMATIVO EUR BES AUTOCALLABLE BRASIL 2012-2016 NOTES PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO DOCUMENTO INFORMATIVO EUR BES AUTOCALLABLE BRASIL 2012-2016 NOTES Advertências ao investidor: Remuneração não garantida Impossibilidade de solicitação de reembolso antecipado

Leia mais

Aviso de fusão de subfundos

Aviso de fusão de subfundos Aviso de fusão de subfundos Síntese Esta secção contém informações fundamentais sobre a fusão em que está envolvido na qualidade de accionista. Para mais informações consultar a "Comparação detalhada de

Leia mais

Informações Fundamentais ao Investidor PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO

Informações Fundamentais ao Investidor PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO Informações Fundamentais ao Investidor PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO Um investimento responsável exige que conheça as suas implicações e que esteja disposto a aceitá-las. TODOS OS INVESTIMENTOS TÊM RISCO

Leia mais

Documento Informativo. BPI Telecomunicações 15% Produto Financeiro Complexo

Documento Informativo. BPI Telecomunicações 15% Produto Financeiro Complexo Advertências ao Investidor BPI Telecomunicações 15% 21-213 [ISIN: PTBBSWOM24] Produto Financeiro Complexo Note ao abrigo do Euro Medium Term Note Programme de 1,,, do Banco BPI para a emissão de Obrigações

Leia mais

Produto Financeiro Complexo Documento Informativo BPI OURO VALORIZAÇÃO ISIN: PTBBBNOM0016

Produto Financeiro Complexo Documento Informativo BPI OURO VALORIZAÇÃO ISIN: PTBBBNOM0016 Produto Financeiro Complexo Documento Informativo BPI OURO VALORIZAÇÃO 2011-2013 ISIN: PTBBBNOM0016 Emissão de Obrigações ao abrigo do Euro Medium Term Note Programme de 10,000,000,000 do Banco BPI para

Leia mais

FUNDOS DE PENSÕES / INVESTIMENTOS. Activos_FP_####_MMAAAA.xls/Cabeçalho. Actividade em: Activos_FP. Data:

FUNDOS DE PENSÕES / INVESTIMENTOS. Activos_FP_####_MMAAAA.xls/Cabeçalho. Actividade em: Activos_FP. Data: Activos_FP Data: CE: NE: Actividade em: FUNDOS DE PENSÕES / INVESTIMENTOS Activos_FP_####_MMAAAA.xls/Cabeçalho Activos_FP_####_MMAAAA.xls/Grupo económico Activos_FP - Grupo Económico Código Grupo Económico

Leia mais

Informações Fundamentais ao Investidor PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO

Informações Fundamentais ao Investidor PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO MAPFRE Investimento Dinâmico Não Normalizado ISIN: ES0138022001 Instrumento de Captação de Aforro Estruturado Contrato de Seguro ligado a Fundo de Investimento Fundo Autónomo (Fundo de Fundos): FondMapfre

Leia mais

PROSPECTO SIMPLIFICADO Actualizado a 12 de Novembro de 2008

PROSPECTO SIMPLIFICADO Actualizado a 12 de Novembro de 2008 A LEITURA DESTE PROSPECTO NÃO DISPENSA A CONSULTA DO PROSPECTO COMPLETO DO FUNDO E DEVE SER ACOMPANHADA PELA DEFINIÇÃO DOS TERMOS CONSTANTES DO GLOSSÁRIO (identificados com *). TIPO DE FUNDO / DURAÇÃO

Leia mais

Documento Informativo. Obrigações db Double Chance Europe. - Obrigações relativas ao Índice DJ Euro Stoxx 50 - Produto Financeiro Complexo

Documento Informativo. Obrigações db Double Chance Europe. - Obrigações relativas ao Índice DJ Euro Stoxx 50 - Produto Financeiro Complexo Documento Informativo Obrigações db Double Chance Europe - Obrigações relativas ao Índice DJ Euro Stoxx 50 - ISIN: XS0464427177 Produto Financeiro Complexo 1. Produto As Obrigações relativas ao Índice

Leia mais

Os riscos do DUETO, produto financeiro complexo, dependem dos riscos individuais associados a cada um dos produtos que o compõem.

Os riscos do DUETO, produto financeiro complexo, dependem dos riscos individuais associados a cada um dos produtos que o compõem. Advertências ao Investidor Os riscos do, produto financeiro complexo, dependem dos riscos individuais associados a cada um dos produtos que o compõem. Risco de perda total ou parcial do capital investido

Leia mais

DOCUMENTO INFORMATIVO (RECTIFICAÇÃO) BES CRESCIMENTO OUTUBRO 2009 PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO

DOCUMENTO INFORMATIVO (RECTIFICAÇÃO) BES CRESCIMENTO OUTUBRO 2009 PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO DOCUMENTO INFORMATIVO (RECTIFICAÇÃO) BES CRESCIMENTO OUTUBRO 2009 PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO Advertências ao investidor: 100% do capital investido garantido na maturidade Remuneração não garantida Possibilidade

Leia mais

PROSPECTO SIMPLIFICADO (actualizado a 07 de Abril de 2009) Solução MultiFundos Zurich, constituído em 29 de Dezembro de 2003

PROSPECTO SIMPLIFICADO (actualizado a 07 de Abril de 2009) Solução MultiFundos Zurich, constituído em 29 de Dezembro de 2003 Zurich Companhia de Seguros Vida, S.A. PROSPECTO SIMPLIFICADO (actualizado a 07 de Abril de 2009) Solução MultiFundos Zurich, constituído em 29 de Dezembro de 2003 Empresa de Seguros Entidades Comercializadoras

Leia mais

PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO DOCUMENTO INFORMATIVO EUR BES EXPOSIÇÃO PETRÓLEO NOTES

PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO DOCUMENTO INFORMATIVO EUR BES EXPOSIÇÃO PETRÓLEO NOTES PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO DOCUMENTO INFORMATIVO EUR BES EXPOSIÇÃO PETRÓLEO 2012-2015 NOTES Advertências ao investidor: Impossibilidade de solicitação de reembolso antecipado por parte do Investidor Risco

Leia mais

FUNDO DE POUPANÇA EM AÇÕES PPA VALORIS NOTAS À DEMONSTRAÇÃO DA POSIÇÃO FINANCEIRA E À DEMONSTRAÇÃO DE RESULTADOS EM 31 DE DEZEMBRO DE 2012

FUNDO DE POUPANÇA EM AÇÕES PPA VALORIS NOTAS À DEMONSTRAÇÃO DA POSIÇÃO FINANCEIRA E À DEMONSTRAÇÃO DE RESULTADOS EM 31 DE DEZEMBRO DE 2012 FUNDO DE POUPANÇA EM AÇÕES PPA VALORIS NOTAS À DEMONSTRAÇÃO DA POSIÇÃO FINANCEIRA E À DEMONSTRAÇÃO DE RESULTADOS EM 31 DE DEZEMBRO DE 2012 (Valores expressos em euros) INTRODUÇÃO O Fundo de Poupança em

Leia mais

BPI MONETÁRIO CURTO PRAZO FUNDO ESPECIAL DE INVESTIMENTO ABERTO

BPI MONETÁRIO CURTO PRAZO FUNDO ESPECIAL DE INVESTIMENTO ABERTO BPI MONETÁRIO CURTO PRAZO FUNDO ESPECIAL DE INVESTIMENTO ABERTO Demonstrações Financeiras em 31 de Dezembro de 2010 acompanhadas do Relatório de Auditoria BALANÇO EM 31 DE DEZEMBRO DE 2010 Activo Mais-

Leia mais

PROSPECTO SIMPLIFICADO

PROSPECTO SIMPLIFICADO Tipo e Duração Entidade Gestora Consultores de Investimento Banco Depositário Entidades Comercializadores Auditor Entidade de Supervisão do Fundo Objectivos do Fundo Política de Investimento Risco Associado

Leia mais

Documento Informativo BPI Mercadorias Produto Financeiro Complexo

Documento Informativo BPI Mercadorias Produto Financeiro Complexo BPI Mercadorias 21-215 ISIN: PTBB9POM8 Produto Financeiro Complexo Note ao abrigo do Euro Medium Term Note Programme de 1,,, do Banco BPI para a emissão de Obrigações Sénior, Subordinadas e Perpétuas Subordinadas

Leia mais

PARTE A TERMOS CONTRATUAIS

PARTE A TERMOS CONTRATUAIS 20 de Fevereiro de 2012 CONDIÇÕES FINAIS Banco Comercial Português, S.A. (o Banco ou o Emitente ), Emissão de EUR 7.750.000 Valores Mobiliários Millennium Rendimento Especial 180, Agosto 2012 - com vencimento

Leia mais

BPI MATÉRIAS-PRIMAS 09-12

BPI MATÉRIAS-PRIMAS 09-12 BPI MATÉRIAS-PRIMAS 9-12 Produto Financeiro Complexo CONTEXTO: O preço das mercadorias no médio/longo prazo é determinado pela relação entre a oferta (produção, reservas disponíveis, ) e a procura (consumo,

Leia mais

Documento Informativo Reverse Convertible Gás Natural IX 09 EUR Outubro 2009 Produto Financeiro Complexo

Documento Informativo Reverse Convertible Gás Natural IX 09 EUR Outubro 2009 Produto Financeiro Complexo Documento Informativo Reverse Convertible Gás Natural IX 09 EUR Outubro 2009 Produto Financeiro Complexo Designação do Produto O Reverse Convertible Gás Natural IX 09 EUR - Outubro 2009 é um Produto Financeiro

Leia mais

Boletim periódico Solução Multifundos Zurich II

Boletim periódico Solução Multifundos Zurich II Zurich Companhia de Seguros de Vida, S.A. Boletim periódico Solução Multifundos Zurich II Solução Multifundos Zurich II Atualizado a 24-01-2012 A Solução Multifundos Zurich II é um produto financeiro complexo,

Leia mais

CAIXA SEGURO NOSTRUM ICAE NÃO NORMALIZADO / (PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO)

CAIXA SEGURO NOSTRUM ICAE NÃO NORMALIZADO / (PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO) PROSPECTO SIMPLIFICADO (actualizado a 1 de Abril de 2009) CAIXA SEGURO NOSTRUM ICAE NÃO NORMALIZADO / (PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO) Data de início de comercialização a 02 de Maio de 2005 Empresa de Seguros

Leia mais

PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO DOCUMENTO INFORMATIVO

PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO DOCUMENTO INFORMATIVO PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO DOCUMENTO INFORMATIVO Capital Garantido Brasil 2015 Notes ( Brasil 2015 Notes ) a emitir pelo Espirito Santo Investment p.l.c. ao abrigo do seu 2,500,000,000 Euro Medium Term

Leia mais

Preçário BANCO INVEST, SA BANCOS. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS FOLHETO DE TAXAS DE JURO. Data de Entrada em vigor: 01-Jun-17

Preçário BANCO INVEST, SA BANCOS. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS FOLHETO DE TAXAS DE JURO. Data de Entrada em vigor: 01-Jun-17 Preçário BANCO INVEST, SA BANCOS Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS FOLHETO DE TAXAS DE JURO Data de Entrada em vigor: 01-Jun-17 O Preçário completo do Banco Invest, contém o Folheto de Comissões

Leia mais

FUNDO DE PENSÕES ABERTO REFORMA EMPRESA RELATÓRIO DE AUDITORIA REFERENTE AO EXERCÍCIO FINDO EM 31 DE DEZEMBRO DE 2007

FUNDO DE PENSÕES ABERTO REFORMA EMPRESA RELATÓRIO DE AUDITORIA REFERENTE AO EXERCÍCIO FINDO EM 31 DE DEZEMBRO DE 2007 M A Z A R S & A S S O C I A D O S, S R O C FUNDO DE PENSÕES ABERTO REFORMA EMPRESA RELATÓRIO DE AUDITORIA REFERENTE AO EXERCÍCIO FINDO EM 31 DE DEZEMBRO DE 2007 M A Z A R S & A S S O C I A D O S S O C

Leia mais

DOCUMENTO INFORMATIVO

DOCUMENTO INFORMATIVO DOCUMENTO INFORMATIVO Turkish Lira Notes a emitir pelo Espirito Santo Investment p.l.c. ao abrigo do seu 2,500,000,000 Euro Medium Term Note Programme ISIN : XS0649513354 PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO Advertências

Leia mais

Documento Informativo BPI Matérias-Primas Produto Financeiro Complexo

Documento Informativo BPI Matérias-Primas Produto Financeiro Complexo BPI MATÉRIAS-PRIMAS 29-212 [ISIN: PTBB47OM3] Produto Financeiro Complexo Note ao abrigo do Euro Medium Term Note Programme de 1,,, do Banco BPI para a emissão de Obrigações Sénior, Subordinadas e Perpétuas

Leia mais

PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO DOCUMENTO INFORMATIVO BES EXPOSIÇÃO COMMODITIES AGRÍCOLAS NOTES

PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO DOCUMENTO INFORMATIVO BES EXPOSIÇÃO COMMODITIES AGRÍCOLAS NOTES PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO DOCUMENTO INFORMATIVO BES EXPOSIÇÃO COMMODITIES AGRÍCOLAS 2012-2014 NOTES Advertências ao investidor: Remuneração não garantida Impossibilidade de solicitação de reembolso antecipado

Leia mais

Informações Fundamentais ao Investidor PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO

Informações Fundamentais ao Investidor PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO Informações Fundamentais ao Investidor PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO Um investimento responsável exige que conheça as suas implicações e que esteja disposto a aceitá-las PFC Valorização PSI 20 Entidade Emitente:

Leia mais

Documento Informativo BPI Minas de Ouro II Produto Financeiro Complexo

Documento Informativo BPI Minas de Ouro II Produto Financeiro Complexo Advertências ao Investidor BPI Minas de Ouro II 21-213 [ISIN: PTBBS3OM12] Produto Financeiro Complexo Note ao abrigo do Euro Medium Term Note Programme de 1,,, do Banco BPI para a emissão de Obrigações

Leia mais

Informações Fundamentais ao Investidor PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO

Informações Fundamentais ao Investidor PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO BBVA Unit-Linked Empresa de Seguros: Zurich -Companhia de Seguros de Vida S.A. Sede: Rua Barata Salgueiro 41, 1269-058 Lisboa TODOS OS INVESTIMENTOS TÊM RISCO! Risco de perder a totalidade do capital investido

Leia mais

BANCO DE FOMENTO ANGOLA

BANCO DE FOMENTO ANGOLA PREÇÁRIO BANCO DE FOMENTO ANGOLA Instituição Financeira Bancária TABELA DE TAXAS DE JURO Data de entrada em vigor: 19/04/2016 O Preçário pode ser consultado nos balcões do Banco de Fomento Angola e no

Leia mais

CAIXAGEST PRIVATE EQUITY *

CAIXAGEST PRIVATE EQUITY * Referência: PTYME4LE0005_20101221 PROSPECTO SIMPLIFICADO CAIXAGEST PRIVATE EQUITY * Fundo Especial de Investimento Aberto Última actualização: 21 de Dezembro de 2010 Constituído em Portugal em 22 de Dezembro

Leia mais

Informações Fundamentais ao Investidor PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO

Informações Fundamentais ao Investidor PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO Informações Fundamentais ao Investidor PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO Um investimento responsável exige que conheça as suas implicações e que esteja disposto a aceitá-las. Produto: BPI ESPANHA ITÁLIA USD

Leia mais

Investimentos na Duprev

Investimentos na Duprev Investimentos na Duprev Plano de Aposentadoria Duprev CD Contribuições Participantes + = aposentadoria Contribuições da empresa Saldo para Patrimônio Investido Perfis de Investimento Alternativas de aplicação

Leia mais

REGULAMENTO Nº XX /2008. Informação e publicidade sobre produtos financeiros complexos sujeitos à supervisão da CMVM

REGULAMENTO Nº XX /2008. Informação e publicidade sobre produtos financeiros complexos sujeitos à supervisão da CMVM REGULAMENTO Nº XX /2008 Informação e publicidade sobre produtos financeiros complexos sujeitos à supervisão da CMVM 1. O Decreto-Lei nº 211-A/2008, de 3 de Novembro, estabeleceu um regime de informação

Leia mais

Introdução ao mundo dos Warrants. José da Silva Pires / Commerzbank Frankfurt

Introdução ao mundo dos Warrants. José da Silva Pires / Commerzbank Frankfurt 1 2 Ganhos e Perdas de uma carteira Área de lucro Área de perda Preço de compra 3 Ganhos e Perdas de uma carteira Área de lucro Preço de compra 4 Ganhos e Perdas de uma carteira Área de lucro Área de perda

Leia mais

Obrigações de Caixa Euro Dólar Premium Instrumento de Captação de Aforro Estruturado

Obrigações de Caixa Euro Dólar Premium Instrumento de Captação de Aforro Estruturado Obrigações de Caixa Euro Dólar Premium Instrumento de Captação de Aforro Estruturado - Prospecto Informativo - I INFORMAÇÃO DE SÍNTESE INSTRUMENTO As Obrigações de Caixa Euro Dólar Premium constituem um

Leia mais

Documento Informativo Investimento Opção Tripla Junho 2013 Produto Financeiro Complexo

Documento Informativo Investimento Opção Tripla Junho 2013 Produto Financeiro Complexo Documento Informativo Investimento Opção Tripla Junho 2013 Produto Financeiro Complexo Designação do Produto O Investimento Opção Tripla Junho 2013 é um Produto Financeiro Complexo. Advertências ao Investidor

Leia mais

PROSPECTO SIMPLIFICADO

PROSPECTO SIMPLIFICADO Mod. Versão 65.03 Informação actualizada a: 20/04/2011 Designação Comercial: Fidelity Poupança Colaboradores Data de início de Comercialização: 01/11/2007 Empresa de Seguros Entidade Comercializadora Autoridades

Leia mais

CAIXAGEST SELECÇÃO CAPITAL GARANTIDO

CAIXAGEST SELECÇÃO CAPITAL GARANTIDO CAIXAGEST SELECÇÃO 2008 - CAPITAL GARANTIDO Fundo de Investimento Mobiliário Fechado RELATÓRIO & CONTAS Liquidação ÍNDICE 1. RELATÓRIO DE GESTÃO 2 2. DEMONSTRAÇÕES FINANCEIRAS 4 EM ANEXO: RELATÓRIO DO

Leia mais

Documento Informativo

Documento Informativo Obrigações db Euro Zone (2ª Versão) Programa Obrigações Equity Protection Switchable ligadas ao Índice DJ EuroSTOXX50 ISIN: XS0482805875 Produto Financeiro Complexo 1. Produto As Obrigações Equity Protection

Leia mais

Obrigações de Caixa BPI CS Rendimento 2% Mais

Obrigações de Caixa BPI CS Rendimento 2% Mais Obrigações de Caixa BPI CS Rendimento 2% Mais 2005-2010 Instrumento de Captação de Aforro Estruturado (ICAE) Junho de 2005 1. CARACTERIZAÇÃO DO ICAE OBJECTO DE INVESTIMENTO : EMITENTE: RISCO DE PERDA DO

Leia mais

Obrigações de Caixa BPI-CAY CS Euro 4.5% Plus II

Obrigações de Caixa BPI-CAY CS Euro 4.5% Plus II Obrigações de Caixa BPI-CAY CS Euro 4.5% Plus II 2005-2007 Instrumento de Captação de Aforro Estruturado (ICAE) Junho de 2005 1. CARACTERIZAÇÃO DO ICAE OBJECTO DE INVESTIMENTO: EMITENTE: RISCO DE PERDA

Leia mais

Comissão Mercados e Valores Mobiliários. Existe a possibilidade de perda do montante investido.

Comissão Mercados e Valores Mobiliários. Existe a possibilidade de perda do montante investido. Mod. Versão 61-27 Informação actualizada a: 01/04/2011 Designação Comercial: PPR Dinâmico Especial (I.C.A.E) Data início de Comercialização: 01/01/2008 Data fim de Comercialização: 22/12/2008 Empresa de

Leia mais

Fluxo de Recebimentos de Juros e Vencimentos

Fluxo de Recebimentos de Juros e Vencimentos PERFIL SUPER CONSERVADOR - 31/07/2017 2017 375.828,68 0,00 335.766.543,74 336.142.372,42 2018 901.988,83 0,00 49.752.876,09 50.654.864,92 2019 901.988,83 0,00 8.289.486,51 9.191.475,33 2020 901.988,83

Leia mais

Ordem de Constituição de Aplicação Conjunta de DEPÓSITO BOLSA GARANTIDO EUA E JAPÃO e SUPER DEPÓSITO BIG 6%

Ordem de Constituição de Aplicação Conjunta de DEPÓSITO BOLSA GARANTIDO EUA E JAPÃO e SUPER DEPÓSITO BIG 6% Ordem de Constituição de Aplicação Conjunta de DEPÓSITO BOLSA GARANTIDO EUA E JAPÃO e SUPER DEPÓSITO BIG 6% Identificação do Cliente Nº. de Conta D.O. Nome Completo Morada Localidade Nº Contribuinte Telefone

Leia mais

Informações Fundamentais ao Investidor

Informações Fundamentais ao Investidor PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO Um investimento responsável exige que conheça as suas implicações e que esteja disposto a aceitá-las Notes db Recovery Axa, Facebook & Royal Dutch Shell ISIN: XS0475189113 Emitente:

Leia mais

Safra Títulos Públicos DI - Fundo de Investimento Financeiro (Administrado pelo Banco Safra S.A.) Demonstrações financeiras em 31 de dezembro de 2004

Safra Títulos Públicos DI - Fundo de Investimento Financeiro (Administrado pelo Banco Safra S.A.) Demonstrações financeiras em 31 de dezembro de 2004 Safra Títulos Públicos DI - Fundo de Investimento Financeiro Demonstrações financeiras em 31 de dezembro de 2004 e de 2003 e parecer de auditores independentes Demonstração da composição e diversificação

Leia mais

CAIXAGEST RENDIMENTO ORIENTE

CAIXAGEST RENDIMENTO ORIENTE PROSPECTO SIMPLIFICADO CAIXAGEST RENDIMENTO ORIENTE Fundo Especial de Investimento Aberto Referência: PTYMEDLE0018_20110107 Última actualização: 7 de Janeiro de 2011 Constituído em Portugal em 3 de Dezembro

Leia mais

Informações Fundamentais ao Investidor Produto Financeiro Complexo

Informações Fundamentais ao Investidor Produto Financeiro Complexo Informações Fundamentais ao Investidor Produto Financeiro Complexo Um investimento responsável exige que conheça as suas implicações e que esteja disposto a aceitá-las. Designação: Investimento+ Não Normalizado

Leia mais

Prospecto Informativo Invest Triplo A (Ser. 12/1)

Prospecto Informativo Invest Triplo A (Ser. 12/1) Prospecto Informativo Invest Triplo A (Ser. 12/1) Agosto de 2012 Designação: Invest Triplo A (Ser. 12/1) Classificação: Caracterização do Depósito: Garantia de Capital: Garantia de Remuneração: Factores

Leia mais

DOCUMENTO INFORMATIVO EUR NOTES BES 3 ANOS TELECOMS PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO

DOCUMENTO INFORMATIVO EUR NOTES BES 3 ANOS TELECOMS PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO DOCUMENTO INFORMATIVO EUR NOTES BES 3 ANOS TELECOMS PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO Advertências ao investidor: Remuneração não garantida Impossibilidade de reembolso antecipado por parte do Investidor Informação

Leia mais

ANÁLISE ECONÓMICA DA ESTRUTURA FINANCEIRA e BANCOS

ANÁLISE ECONÓMICA DA ESTRUTURA FINANCEIRA e BANCOS Cap.6 ANÁLISE ECONÓMICA DA ANALISE ECONOMICA DA ESTRUTURA FINANCEIRA Evidências sobre a estrutura financeira (M., c.8; C. c.11) 1. Acções não são a principal forma de financiamento das empresas 2. Acções

Leia mais

BANIF - BANCO DE INVESTIMENTO, S.A. VALORES MOBILIÁRIOS. Entrada em vigor: 29-Jul-2011. Clientes Particulares e Empresas

BANIF - BANCO DE INVESTIMENTO, S.A. VALORES MOBILIÁRIOS. Entrada em vigor: 29-Jul-2011. Clientes Particulares e Empresas BANIF BANCO DE INVESTIMENTO, S.A. Entrada em vigor: 29Jul2011 VALORES MOBILIÁRIOS Clientes Particulares e Empresas 21 FUNDOS DE INVESTIMENTO 21.1. Fundos Banif 21.2. Fundos de Terceiros Internacionais

Leia mais

OBRIGAÇÕES DE CAIXA FNB Índices 06/08 Instrumento de Captação de Aforro Estruturado Prospecto Informativo da Emissão

OBRIGAÇÕES DE CAIXA FNB Índices 06/08 Instrumento de Captação de Aforro Estruturado Prospecto Informativo da Emissão 1 / 5 OBRIGAÇÕES DE CAIXA FNB Índices 06/08 Instrumento de Captação de Aforro Estruturado Prospecto Informativo da Emissão As obrigações de caixa FNB Índices 06/08 são um Instrumento de Captação de Aforro

Leia mais

Emitente: CONSELHO DIRECTIVO. Norma Regulamentar N.º 21/2002-R. Data: 28/11/2002. Assunto:

Emitente: CONSELHO DIRECTIVO. Norma Regulamentar N.º 21/2002-R. Data: 28/11/2002. Assunto: Emitente: CONSELHO DIRECTIVO Norma Regulamentar N.º 21/2002-R Data: 28/11/2002 Assunto: POLÍTICA DE INVESTIMENTO DOS FUNDOS DE PENSÕES - REGRAS DE COMPOSIÇÃO DO PATRIMÓNIO E MECANISMOS DE DEFINIÇÃO, IMPLEMENTAÇÃO

Leia mais

Depósito Indexado Depósito EUA TOP 5 Produto Financeiro Complexo

Depósito Indexado Depósito EUA TOP 5 Produto Financeiro Complexo - Prospecto Informativo - Designação Classificação Caracterização do Produto Depósito EUA TOP 5 (doravante referido por o Depósito ). Depósito Indexado Depósito Indexado (o Depósito ), não mobilizável

Leia mais

Fundo de Investimento em Ações - FIA

Fundo de Investimento em Ações - FIA Renda Variável Fundo de Investimento em Ações - FIA Fundo de Investimento em Ações O produto O Fundo de Investimento em Ações (FIA) é um investimento em renda variável que tem como principal fator de risco

Leia mais

Ordem de Constituição do DEPÓSITO BOLSA GARANTIDO EUA E JAPÃO

Ordem de Constituição do DEPÓSITO BOLSA GARANTIDO EUA E JAPÃO Ordem de Constituição do DEPÓSITO BOLSA GARANTIDO EUA E JAPÃO Identificação do Cliente Nº. de Conta D.O. Nome Completo Morada Localidade Nº Contribuinte Telefone E-mail O Cliente abaixo assinado solicita

Leia mais

Turbo Warrants Sumário Executivo. Definição. Turbo Warrants. Inline Warrants 1/281

Turbo Warrants Sumário Executivo. Definição. Turbo Warrants. Inline Warrants 1/281 Sumário Executivo 1. Definição 2. Turbo Warrants 3. Inline Warrants 1/281 Sumário Executivo 1. Definição 2. Turbo Warrants 3. Inline Warrants 2/282 1 - Definição O que são Warrants? Valores mobiliários

Leia mais

FUNDO DE INVESTIMENTO ALTERNATIVO ABERTO DO MERCADO MONETÁRIO DE CURTO PRAZO - BPI MONETÁRIO CURTO PRAZO

FUNDO DE INVESTIMENTO ALTERNATIVO ABERTO DO MERCADO MONETÁRIO DE CURTO PRAZO - BPI MONETÁRIO CURTO PRAZO FUNDO DE INVESTIMENTO ALTERNATIVO ABERTO DO MERCADO MONETÁRIO DE CURTO PRAZO - BPI MONETÁRIO CURTO PRAZO RELATÓRIO E CONTAS REFERENTE AO PERÍODO FINDO EM 30 DE JUNHO DE 2015 ÍNDICE CONTEÚDO PÁGINA I -

Leia mais

Informações Fundamentais ao Investidor PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO

Informações Fundamentais ao Investidor PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO Informações Fundamentais ao Investidor PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO Um investimento responsável exige que conheça as suas implicações e que esteja disposto a aceitá-las EUR 3Y S&P GSCI CRUDE OIL EXCESS

Leia mais

Informações Fundamentais ao Investidor PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO

Informações Fundamentais ao Investidor PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO Informações Fundamentais ao Investidor PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO Um investimento responsável exige que conheça as suas implicações e que esteja disposto a aceitá-las. Produto: BPI CABAZ MUNDIAL 2013-2016

Leia mais

Os riscos do INVESTIMENTO ACTIVO MAIS, produto financeiro complexo, dependem dos riscos individuais associados a cada um dos produtos que o compõem.

Os riscos do INVESTIMENTO ACTIVO MAIS, produto financeiro complexo, dependem dos riscos individuais associados a cada um dos produtos que o compõem. Breve Descrição do produto O é um produto financeiro complexo composto por 50% do investimento num Depósito a Prazo a 180 dias, não renovável, com uma taxa de juro de 4% (TANB Taxa Anual Nominal Bruta),

Leia mais

DOCUMENTO INFORMATIVO

DOCUMENTO INFORMATIVO DOCUMENTO INFORMATIVO Brazilian Real Notes a emitir pelo Espirito Santo Investment p.l.c. ao abrigo do seu 2,500,000,000 Euro Medium Term Note Programme ISIN : XS0629174235 PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO

Leia mais

Depósito Indexado Depósito Valor Energia Produto Financeiro Complexo

Depósito Indexado Depósito Valor Energia Produto Financeiro Complexo - Prospecto Informativo - Designação Classificação Depósito Valor Energia (doravante referido por o Depósito ). Depósito Indexado Caracterização do Produto Garantia de Capital Garantia de Remuneração Factores

Leia mais

PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO DOCUMENTO INFORMATIVO. BES PORTUGAL DEZEMBRO 2011-2014 NOTES Credit Linked Notes

PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO DOCUMENTO INFORMATIVO. BES PORTUGAL DEZEMBRO 2011-2014 NOTES Credit Linked Notes Advertências ao investidor: PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO DOCUMENTO INFORMATIVO BES PORTUGAL DEZEMBRO 2011-2014 NOTES Credit Linked Notes Risco de perda total ou parcial do capital investido em caso de Evento

Leia mais

OBRIGAÇÕES DE CAIXA FNB Remuneração Garantida 2006 Instrumento de Captação de Aforro Estruturado Prospecto Informativo da Emissão

OBRIGAÇÕES DE CAIXA FNB Remuneração Garantida 2006 Instrumento de Captação de Aforro Estruturado Prospecto Informativo da Emissão 1 / 5 OBRIGAÇÕES DE CAIXA FNB Remuneração Garantida 2006 Instrumento de Captação de Aforro Estruturado Prospecto Informativo da Emissão As obrigações de caixa FNB Remuneração Garantida 2006 são um Instrumento

Leia mais

DOCUMENTO INFORMATIVO

DOCUMENTO INFORMATIVO DOCUMENTO INFORMATIVO Brazilian Real Notes III a emitir pelo Espirito Santo Investment p.l.c. ao abrigo do seu 2,500,000,000 Euro Medium Term Note Programme ISIN: XS0828615210 PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO

Leia mais

Comissão Mercados e Valores Mobiliários. Existe a possibilidade de perda do montante investido.

Comissão Mercados e Valores Mobiliários. Existe a possibilidade de perda do montante investido. Mod. Versão 90-15 Informação actualizada a: 01/04/2012 Designação Comercial: Capital Poupança Activa (I.C.A.E.) Data início de Comercialização: 02/01/2006 Data fim de Comercialização: em comercialização

Leia mais

Obrigações de Caixa BPI CS Cabaz Mundial

Obrigações de Caixa BPI CS Cabaz Mundial Obrigações de Caixa BPI CS Cabaz Mundial 2006-2008 Instrumento de Captação de Aforro Estruturado (ICAE) Abril de 2006 1. CARACTERIZAÇÃO DO ICAE EMITENTE: OBJECTO DE INVESTIMENTO: Banco BPI, S.A. O BPI

Leia mais

Produto Financeiro Complexo Documento Informativo BPI CHINA 2012-2015 ISIN: PTBBUFOM0021

Produto Financeiro Complexo Documento Informativo BPI CHINA 2012-2015 ISIN: PTBBUFOM0021 Produto Financeiro Complexo Documento Informativo BPI CHINA 2012-2015 ISIN: PTBBUFOM0021 Emissão de Obrigações ao abrigo do Euro Medium Term Note Programme de 10,000,000,000 do Banco BPI para a emissão

Leia mais

Divulgação de Resultados 1T16

Divulgação de Resultados 1T16 São Paulo - SP, 29 de Abril de 2016. A Tarpon Investimentos S.A. ( Tarpon ou Companhia ), por meio de suas subsidiárias, realiza a gestão de fundos e carteiras de investimentos em bolsa e private equity

Leia mais

Nível Crescente de Alerta

Nível Crescente de Alerta Informações Fundamentais ao Investidor Produto Financeiro Complexo Um investimento responsável exige que conheça as suas implicações e que esteja disposto a aceitá-las. Allianz Híbrido Seguro Ligado a

Leia mais

- Prospecto Informativo -

- Prospecto Informativo - - Prospecto Informativo - Designação Classificação Depósito Valor Crescimento Global USD (doravante referido por o Depósito ). Depósito Indexado Caracterização do Produto Garantia de Capital Garantia de

Leia mais

Instrução da CMVM n.º 1/2004 Carteira de Organismos de Investimento Colectivo

Instrução da CMVM n.º 1/2004 Carteira de Organismos de Investimento Colectivo Instrução da CMVM n.º 1/2004 Carteira de Organismos de Investimento Colectivo Nos termos da legislação em vigor, as entidades gestoras de organismos de investimento colectivo devem enviar mensalmente à

Leia mais

Constituição de Aplicação EURO-AMÉRICA 16%

Constituição de Aplicação EURO-AMÉRICA 16% Constituição de Aplicação EURO-AMÉRICA 16% Identificação do Cliente Nº. de Conta D.O. Nome Completo Morada Localidade Telefone E-mail Montante a aplicar (em Euro) no EURO-AMÉRICA 16%: Extenso O Cliente

Leia mais

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER FIC RENDA FIXA SIMPLES 22.918.245/0001-35 Informações referentes a Maio de 2016

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER FIC RENDA FIXA SIMPLES 22.918.245/0001-35 Informações referentes a Maio de 2016 LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER FIC RENDA FIXA SIMPLES 22.918.245/0001-35 Informações referentes a Maio de 2016 Esta lâmina contém um resumo das informações essenciais sobre o SANTANDER

Leia mais

PROSPETO INFORMATIVO EUR BAC DUAL PORTUGAL 2013-2016 PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO

PROSPETO INFORMATIVO EUR BAC DUAL PORTUGAL 2013-2016 PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO PROSPETO INFORMATIVO EUR BAC DUAL PORTUGAL 201-2016 PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO Designação Depósito Dual EUR BAC DUAL PORTUGAL 201-2016 Classificação Caracterização do produto Produto Financeiro Complexo

Leia mais

INSTRUTIVO N.º xx/20xx de xx de xxxx

INSTRUTIVO N.º xx/20xx de xx de xxxx INSTRUTIVO N.º xx/20xx de xx de xxxx ASSUNTO: TÍTULOS E VALORES MOBILIÁRIOS Havendo a necessidade de estabelecer um conjunto de procedimentos referentes ao reconhecimento e mensuração de títulos e valores

Leia mais

Informações Fundamentais ao Investidor PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO

Informações Fundamentais ao Investidor PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO Informações Fundamentais ao Investidor PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO Um investimento responsável exige que conheça as suas implicações e que esteja disposto a aceitá-las. TODOS OS INVESTIMENTOS TÊM RISCO

Leia mais

Constituição de Aplicação. Aplicação Dual 4%

Constituição de Aplicação. Aplicação Dual 4% Constituição de Aplicação Aplicação Dual 4% Identificação do Cliente Nº. de Conta D.O. Nome Completo Morada Localidade Telefone E-mail Montante a aplicar (em Euro) na Aplicação Dual 4% : Extenso (dos quais

Leia mais

Fundos de investimento

Fundos de investimento Fundos de investimento Maio 2016 Informação Confidencial Política Corporativa de Segurança da Informação Tipos de Fundos: Podem ser classificados de acordo com... Classe de Ativos e/ou Fator de Risco Preponderante:

Leia mais

DOCUMENTO INFORMATIVO

DOCUMENTO INFORMATIVO DOCUMENTO INFORMATIVO Soft Commodities Notes a emitir pelo Espirito Santo Investment p.l.c. ao abrigo do seu 2,500,000,000 Euro Medium Term Note Programme ISIN : XS0484968069 PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO

Leia mais

AVISO DE FUSÃO DE FUNDOS

AVISO DE FUSÃO DE FUNDOS GNB Sociedade Gestora de Fundos de Investimento Mobiliário, SA. Sede: Av. Alvares Cabral n.º 41, Lisboa CRCL / Pessoa Colectiva n.º 501882618 Capital Social: 3.000.000 EUR AVISO DE FUSÃO DE S Nos termos

Leia mais

Informações Fundamentais ao Investidor PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO

Informações Fundamentais ao Investidor PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO Informações Fundamentais ao Investidor PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO Um investimento responsável exige que conheça as suas implicações e que esteja disposto a aceitá-las Turkish Lira Notes 2018 ISIN: XS0887361250

Leia mais

Ordem de Constituição de EUA RETORNO ABSOLUTO 60-120

Ordem de Constituição de EUA RETORNO ABSOLUTO 60-120 Ordem de Constituição de EUA RETORNO ABSOLUTO 60-120 Identificação do Cliente Nº. de Conta D.O. Nome Completo Morada Localidade Telefone E-mail Cód.Postal O Cliente abaixo assinado solicita a constituição

Leia mais

- Prospecto Informativo -

- Prospecto Informativo - - Prospecto Informativo - Designação Classificação Depósito Indexado Depósito Valor Energia USD (doravante referido por o Depósito ).. Caracterização do Produto Garantia de Capital Garantia de Factores

Leia mais

Depósito Indexado Valor China e Zona Euro Produto Financeiro Complexo

Depósito Indexado Valor China e Zona Euro Produto Financeiro Complexo - Prospecto Informativo - Designação Classificação Valor China e Zona Euro (doravante referido por o Depósito ). Depósito Indexado Caracterização do Produto Garantia de Capital Garantia de Remuneração

Leia mais

SEGURO MILLENNIUM TRIMESTRAL 2013 8 ANOS 2ª SÉRIE (NÃO NORMALIZADO)

SEGURO MILLENNIUM TRIMESTRAL 2013 8 ANOS 2ª SÉRIE (NÃO NORMALIZADO) Informações Fundamentais ao Investidor PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO Um investimento responsável exige que conheça as suas implicações e que esteja disposto a aceitá-las. SEGURO MILLENNIUM TRIMESTRAL 2013

Leia mais

Informações Fundamentais ao Investidor PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO

Informações Fundamentais ao Investidor PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO BiG Alocação Fundo Autónomo: BiG Alocação Obrigações Estratégico Todos os Investimentos têm risco Entidade gestora: Real Vida Seguros, S.A. Avenida de França, 316 2º, Edifício Capitólio 4050-276 Porto

Leia mais

IRC opção pelo regime simplificado

IRC opção pelo regime simplificado IRC opção pelo regime simplificado Está em curso durante o presente mês de fevereiro o prazo concedido aos sujeitos passivos de IRC para procederem à opção pelo regime simplificado de determinação da matéria

Leia mais

Obrigações de Caixa Santander Totta USD Taxa de Juro Instrumento de Captação de Aforro Estruturado

Obrigações de Caixa Santander Totta USD Taxa de Juro Instrumento de Captação de Aforro Estruturado Obrigações de Caixa Santander Totta USD Taxa de Juro Instrumento de Captação de Aforro Estruturado - Prospecto Informativo - I INFORMAÇÃO DE SÍNTESE INSTRUMENTO As Obrigações de Caixa Santander Totta USD

Leia mais

[tradução livre dos Final Terms em língua inglesa Em caso de discrepância a versão inglesa deverá prevalecer] TERMOS FINAIS

[tradução livre dos Final Terms em língua inglesa Em caso de discrepância a versão inglesa deverá prevalecer] TERMOS FINAIS [tradução livre dos Final Terms em língua inglesa Em caso de discrepância a versão inglesa deverá prevalecer] TERMOS FINAIS Banco Comercial Português S.A. (o Banco ) Agindo através da sua sede Emissão

Leia mais

. VALORES MOBILIÁRIOS

. VALORES MOBILIÁRIOS . VALORES 2.. V MOBILIÁRIOS 2. Valores Mobiliários O QUE SÃO VALORES MOBILIÁRIOS? Valores mobiliários são documentos emitidos por empresas ou outras entidades, em grande quantidade, que representam direitos

Leia mais