Utilização das ferramentas disponibilizadas pelo CREA-PR aos Coordenadores de Curso

Save this PDF as:
Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Utilização das ferramentas disponibilizadas pelo CREA-PR aos Coordenadores de Curso"

Transcrição

1 Utilização das ferramentas disponibilizadas pelo CREA-PR aos Coordenadores de Curso 22º Fórum de Docentes Ponta Grossa-PR, 20 de agosto de 2015

2 Coordenador: Eng. Civ. Hélio Xavier da Silva Filho Gerente da Regional Maringá Facilitador: Eng. Agr. Eduardo Ramires Assessor de Apoio às Relações com Instituições de Ensino / Assessor da Comissão de Educação e Atribuição Profissional - CEAP

3 Programação 15h10 - Consultas - Criação de Cursos, Cadastramento de Instituições e Cursos, 15h40 - Solicitações de Auxílio Financeiro e Prestação de contas 16h10 - Programa CREAjr-PR 16h40 - Solicitação de Representação/Palestras; Fale Direto; Cadastro de Egressos; Boletim para Egressos; Divulgação Pós-Graduação 17h10 - Debate e apresentação de propostas

4 Objetivos do Minicurso Esclarecer aos coordenadores de curso (e/ou seus representantes) das possibilidades de realizações em parceria com o CREA-PR, através de produtos e serviços desenvolvidos exclusivamente a este público.

5 Consultas Criação de Cursos

6

7

8 Consultas Criação de Cursos Serviço voltado às Instituições de Ensino sediadas no Estado do Paraná e que ofertam cursos afetos ao Sistema CONFEA/CREAs. Objetivo: - Estabelecer um procedimento de consulta às possíveis atribuições e ao título profissional a serem concedidos aos futuros egressos, diante do envio do Projeto Pedagógico/Plano de Curso.

9 Obs.: - Conforme a Lei Federal nº 5.194, de 24 de dezembro de 1966: (...) "Art São atribuições das Câmaras Especializadas: (...) d) apreciar e julgar os pedidos de registro de profissionais, das firmas, das entidades de direito público, das entidades de classe e das escolas ou faculdades na Região; (...)

10 Obs.: - O título profissional e as atribuições serão concedidas pelas Câmaras Especializadas somente no ato do deferimento do cadastramento ou da atualização de cadastro do curso. - A resposta fornecida para essa consulta poderá ser considerada para os devidos fins, enquanto a legislação vigente e os documentos apresentados ao CREA-PR permanecerem inalterados.

11 Documentação necessária: - Projeto pedagógico/plano do curso (nível, concepção, objetivos e finalidades gerais e específicas, estrutura acadêmica com duração indicada em períodos letivos, turnos, ementário das disciplinas e atividades acadêmicas obrigatórias, complementares e optativas com as respectivas cargas horárias, bibliografia recomendada e título acadêmico concedido); - caracterização do perfil de formação padrão dos egressos do curso, com indicação das competências, habilidades e atitudes pretendidas. - relação de todos os profissionais docentes (Nome Completo e CPF).

12 Acesso ao ambiente de extranet do CREA-PR

13

14

15 Login e senha para a extranet Instituições de Ensino: Como solicitar: - As solicitações devem ser feitas através do Fale Conosco Dados necessários: - Nome completo da Instituição de Ensino; - Nome completo do curso; - Modalidade; - Cidade onde o curso é ofertado (Campus).

16

17 Solicitação de Cadastramento Institucional

18 Cadastramento Institucional O cadastramento institucional é a inscrição da instituição de ensino que oferece cursos regulares no âmbito das profissões inseridas no Sistema Confea/Crea nos assentamentos do Crea em cuja circunscrição encontrar-se sua sede, em atendimento ao disposto nos arts. 10, 11 e 56 da Lei nº 5.194, de 1966; Referência: - Regulamento para o cadastramento das instituições de ensino e de seus cursos e para a atribuição de títulos, atividades e competências profissionais (Anexo III da Resolução Nº 1.010/05).

19 Finalidade: - Proporcionar ao Crea informações indispensáveis ao processo de registro profissional dos egressos dos cursos regulares oferecidos pela instituição de ensino. Forma: - O cadastramento institucional é constituído pelo cadastramento da instituição de ensino e pelo cadastramento individual de cada curso regular por ela oferecido. Obs.: Cursos de extensão e de atualização não são considerados cursos regulares.

20 Documentação necessária: Sendo Cadastro ou Atualização de Cadastro de Instituição de Ensino Formulário A; Estatuto ou Regimento Interno da Instituição; Ato de Aprovação do Estatuto ou Regimento Interno da Instituição devidamente aprovados pelo órgão competente; Ato de Credenciamento ou Recredenciamento da Instituição junto ao órgão competente (publicado na imprensa oficial);

21 Obs.: I - A solicitação de Cadastro da IE é possível a partir do momento que ao menos um dos cursos regulares (afeto ao Sistema Confea/Crea) possua reconhecimento pelo órgão competente; II Para o requerimento de Cadastro Inicial de IE é obrigatória a solicitação de Cadastramento de ao menos um curso regular, para análise em conjunto. III - A Instituição de Ensino deverá atualizar o seu cadastro sempre que ocorram alterações em suas informações.

22 Documentação necessária: Sendo Cadastramento ou Atualização de Cadastro de Curso Formulário B; Projeto pedagógico/plano de curso completo (matriz curricular, ementário das disciplinas e atividades acadêmicas obrigatórias, complementares e optativas com as respectivas cargas horárias, bibliografia recomendada e título acadêmico concedido; caracterização do perfil de formação padrão dos egressos); Ato de Reconhecimento ou Renovação do Reconhecimento do curso junto ao órgão competente (publicado na imprensa oficial);

23 Obs.: I - A solicitação de Cadastro do Curso é possível a partir do momento que o curso regular (afeto ao Sistema Confea/Crea) possua reconhecimento pelo órgão competente; II O Cadastramento Provisório (nível Superior) também é possível (PL Nº 153/2009 Confea) requerimento específico III - A IE deverá atualizar o seu cadastro sempre que ocorram alterações em suas informações. IV Cursos de especialização: não possuem ato de reconhecimento/renovação do reconhecimento.

24 Inserção da IE/curso no Sistema Corporativo Repasse de login e senha para acesso à extranet Geração de protocolo virtual na extranet Tratamento do protocolo nas Inspetorias Recebimento do processo administrativo no DRI Análise técnica e Decisão CEAP Análise técnica e Decisão Câmara Especializada Homologação no Plenário do CREA-PR (em caso de cadastro) Envio para conhecimento do CONFEA

25 Solicitação de Cadastramento Institucional exercício prático

26 Solicitação de Auxílio Financeiro

27 Auxílio Financeiro Destinado pelo CREA-PR às Entidades de Classe e Instituições de Ensino (parcela da arrecadação de multas) para projetos que objetivem o aperfeiçoamento técnico, científico, de inovação ou cultural das profissões regulamentadas pelo Sistema Confea/Crea, com base no disposto no parágrafo único do artigo 36 da Lei Federal nº 5.194/66. Quem pode solicitar: - Entidades de Classe e Instituições de Ensino devidamente REGISTRADAS e que estejam regulares junto ao CREA-PR, bem como estejam com o registro atualizado.

28 Prazo da solicitação: - O prazo mínimo é de 60 (sessenta) dias de antecedência ao início do projeto. Condições: - Atendimento da Resolução 1052/2014 e manual de prestação de contas vigente, que estabelecem os critérios a serem atendidos, bem como as limitações de valor anual (R$ 4.000,00 por Entidade de Classe ou Instituição de Ensino).

29 Despesas cobertas: - composição, arte final e impressão de informativos, cartazes, folders, formulários, impressos e outros materiais necessários à divulgação e realização de cursos, palestras, seminários, eventos, conferências promovidos pela entidade. - pagamentos a palestrantes, pessoa física e/ou empresas que promovam palestras, eventos, cursos, simpósios e outros, objetivando aprimoramento e valorização da classe; - despesas de postagens de correspondências relativas à promoção do evento; - despesas com publicidade relativas ao evento;

30 Despesas cobertas: - despesas com locação de espaço físico e equipamentos como: telão, retroprojetor, máquinas de xerox, sistema de sonorização e outros, destinados ao evento promovidos pela Entidade; - passagens, e hospedagem de palestrantes; - material de expediente, pastas e demais despesas relacionadas ao evento.

31 Despesas não cobertas: - jantares, almoços e alimentação em geral, inclusive coffee-break; - bebidas alcoólicas em geral; - brindes em geral, como: bonés, livros, bolsas, camisetas, adesivos, pen drive, chaveiros e outros, para distribuição no evento; - despesas com fotógrafos e fotografias; - ornamentação em geral evento (flores, vasos, entre outras); - outras que não atendam o objetivo do convênio.

32 Documentação necessária: Atenção: Modelos e preenchimento disponível no Acesso Restrito da Entidade de Classe e Instituição de Ensino. - Ofício de solicitação de auxílio financeiro - Anexo I Resumo de Dados do Evento - Anexo II Plano de Trabalho - Anexo III Prova de regularidade fiscal - Certidões diversas

33 Prestação de Contas É obrigatória a apresentação da Prestação de Contas no prazo máximo de 60 (sessenta) dias, contados a partir da data de encerramento do evento. Como: - A prestação deverá ser protocolada, em qualquer inspetoria do CREA-PR, anexando os documentos solicitados.

34 Documentação necessária: - ofício de encaminhamento, endereçado ao CREA-PR, em papel timbrado da Entidade e/ou Instituição remetente; - relatório de avaliação e resultados atingidos; - termo de compromisso, se comprometendo a guardar os documentos por 10 anos, após aprovação da prestação de contas;

35 Documentação necessária: - material utilizado na divulgação e propaganda do evento (folders, cartazes, convites, fotos do evento) que comprovem a participação do CREA-PR como patrocinador do evento; - identificação do convênio nas despesas pagas pelo convênio, através do carimbo citando o nº convênio; - material produzido no evento como: anais, atas, lista de presença e outras.

36 Solicitação de Auxílio Financeiro visualização do formulário

37 Programa CREAjr-PR

38 Visualização do blog CREAjr-PR

39 Solicitação de Representação/Palestras

40 Representação/Palestras do CREA-PR em evento Destinado pelo CREA-PR às Instituições de Ensino que desejam contar com algum tipo de representação (palestra/debate/mesaredonda) em eventos. Prazo da solicitação: - O prazo mínimo é de 30 (trinta) dias de antecedência ao início do evento.

41 Solicitação de Representação/Palestras visualização do formulário

42 Fale Direto

43 Fale Direto Representa um canal de comunicação direta com o Departamento de Relações Institucionais DRI do CREA-PR. Objetivo: - Meio alternativo de contato, para o envio de sugestões/reclamações/dúvidas/etc.

44 Fale Direto visualização do formulário

45 Cadastro de Egressos

46 Cadastro de Egressos Destinado pelo CREA-PR às Instituições de Ensino que desejam enviar a listagem completa dos egressos, com nome completo e data de colação de grau. Objetivo: - Proporcionar maior agilidade ao tratamento dos protocolos (exemplo: solicitação de registro profissional) dos egressos.

47 Documentação necessária: - Relação completa dos egressos, com nome completo e data de colação de grau. Obs.: - A respectiva Regional solicita a publicação da listagem na intranet do CREA-PR, de forma a possibilitar a consulta por todos os funcionários envolvidos com o tratamento dos protocolos.

48 Cadastro de Egressos visualização do formulário

49 Boletim para Egressos

50 Boletim para Egressos Destinado pelo CREA-PR às Instituições de Ensino que desejam enviar informativos aos egressos do curso (registrados). Objetivo: - Meio alternativo de contato para uso da Instituição de Ensino, para o envio de informativos.

51 Boletim para Egressos visualização do formulário

52 Solicitação de divulgação de Pós Graduação

53 Divulgação de Pós Graduação Destinado pelo CREA-PR às Instituições de Ensino que desejam solicitar a divulgação de cursos de Pós-Graduação, Extensão, ou MBA, bem como eventos, etc., através do site e boletins encaminhados aos profissionais. Quem pode solicitar: - Instituições de Ensino devidamente CADASTRADAS junto ao CREA-PR.

54 Solicitação de divulgação de Pós Graduação visualização do formulário

55 Debate e apresentação de propostas

56 I - situação existente: II proposição: III justificativa: IV - fundamentação legal: V - sugestão de mecanismos para implementação:

57 Muito obrigado! Eng. Civ. Hélio Xavier da Silva Filho (44) / (44) Eng. Agr. Eduardo Ramires (44) /

EDITAL. PARA INVESTIMENTO NAS ASSOCIAÇÕES METODISTAS DE AÇÃO SOCIAL AMAS e MINISTÉRIOS DE AÇÃO SOCIAL (MAS)

EDITAL. PARA INVESTIMENTO NAS ASSOCIAÇÕES METODISTAS DE AÇÃO SOCIAL AMAS e MINISTÉRIOS DE AÇÃO SOCIAL (MAS) EDITAL PARA INVESTIMENTO NAS ASSOCIAÇÕES METODISTAS DE AÇÃO SOCIAL AMAS e MINISTÉRIOS DE AÇÃO SOCIAL (MAS) A Câmara de Ação Social da 3ª Região Eclesiástica, visando a aplicação de recursos destinados

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL CONSELHO REGIONAL DE ENGENHARIA, ARQUITETURA E AGRONOMIA DE SÃO PAULO CREA-SP ATO NORMATIVO Nº, DE DE DE.

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL CONSELHO REGIONAL DE ENGENHARIA, ARQUITETURA E AGRONOMIA DE SÃO PAULO CREA-SP ATO NORMATIVO Nº, DE DE DE. ATO NORMATIVO Nº, DE DE DE. Dispõe sobre celebração de convênios com entidades de classe para maior eficiência da fiscalização profissional, através da expansão das Anotações de Responsabilidade Técnica

Leia mais

Programa de Bolsas de Mestrado e Doutorado

Programa de Bolsas de Mestrado e Doutorado Chamada Pública 07/2012 Programa de Bolsas de Mestrado e Doutorado A Fundação Araucária de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico do Paraná (Fundação Araucária) em parceria com a Coordenação

Leia mais

Decanato de Pesquisa e Pós-Graduação. Processo Seletivo para o 1º semestre de 2013

Decanato de Pesquisa e Pós-Graduação. Processo Seletivo para o 1º semestre de 2013 Decanato de Pesquisa e Pós-Graduação Processo Seletivo para o 1º semestre de 2013 PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU EDITAL INTRODUÇÃO A Reitoria da Universidade Presbiteriana Mackenzie, por seu Decanato de Pesquisa

Leia mais

REGULAMENTO GERAL PARA CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

REGULAMENTO GERAL PARA CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES PRELIMINARES REGULAMENTO GERAL PARA CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Art. 1º Os cursos de pós-graduação lato sensu do Centro Universitário Ritter dos Reis/UniRitter orientam-se

Leia mais

ANEXO III DA RESOLUÇÃO Nº 1.010, DE 22 DE AGOSTO DE 2005.

ANEXO III DA RESOLUÇÃO Nº 1.010, DE 22 DE AGOSTO DE 2005. ANEXO III DA RESOLUÇÃO Nº 1.010, DE 22 DE AGOSTO DE 2005. REGULAMENTO PARA O CADASTRAMENTO DAS INSTITUIÇÕES DE ENSINO E DE SEUS CURSOS E PARA A ATRIBUIÇÃO DE TÍTULOS, ATIVIDADES E COMPETÊNCIAS PROFISSIONAIS

Leia mais

Unidade: Centro de Educação a Distância MANUAL DE PROCEDIMENTOS Nº: Manual de Instruçao - Autorizar Liberação de ValoresAutorizar Liberação de Valores

Unidade: Centro de Educação a Distância MANUAL DE PROCEDIMENTOS Nº: Manual de Instruçao - Autorizar Liberação de ValoresAutorizar Liberação de Valores 1/15 ESTA FOLHA ÍNDICE INDICA EM QUE REVISÃO ESTÁ CADA FOLHA NA EMISSÃO CITADA FL/R. 0 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 FL/R. 0 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 01 26 02 27 03 28 04 29 05 30 06 31 07 32 08 33

Leia mais

Proposta de Patrocínio, Parceria e Apoio

Proposta de Patrocínio, Parceria e Apoio Proposta de Patrocínio, Parceria e Apoio XVII SEPATUR SEMANA PARANAENSE DE TURISMO 1. O EVENTO A SEPATUR - Semana Paranaense de Turismo é um evento de extensão universitária de caráter técnico-científico,

Leia mais

FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO ABC EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO PARA PROGRAMA DE PARCERIAS Nº 01/2017

FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO ABC EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO PARA PROGRAMA DE PARCERIAS Nº 01/2017 FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO ABC EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO PARA PROGRAMA DE PARCERIAS Nº 01/2017 A Fundação Universidade Federal do ABC torna pública a abertura do Edital de Chamamento Público para

Leia mais

PROGRAMA TREINAMENTO E CAPACITAÇÃO TÉCNICA TCT

PROGRAMA TREINAMENTO E CAPACITAÇÃO TÉCNICA TCT EDITAL FAPERJ N.º 08/2007 PROGRAMA TREINAMENTO E CAPACITAÇÃO TÉCNICA TCT O Governo do Estado do Rio de Janeiro, por intermédio da Secretaria de Estado de Ciência e Tecnologia, através da Fundação Carlos

Leia mais

EDITAL Nº 16/2015 INGRESSO DE PORTADOR DE DIPLOMA DE CURSO SUPERIOR (MATRÍCULA ESPECIAL)

EDITAL Nº 16/2015 INGRESSO DE PORTADOR DE DIPLOMA DE CURSO SUPERIOR (MATRÍCULA ESPECIAL) EDITAL Nº 16/2015 INGRESSO DE PORTADOR DE DIPLOMA DE CURSO SUPERIOR (MATRÍCULA ESPECIAL) A Direção Acadêmica e Administrativada Faculdade Guanambi, no uso de suas atribuições legais, em atendimento ao

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 1.018, DE 8 DE DEZEMBRO DE 2006.

RESOLUÇÃO Nº 1.018, DE 8 DE DEZEMBRO DE 2006. RESOLUÇÃO Nº 1.018, DE 8 DE DEZEMBRO DE 2006. Dispõe sobre os procedimentos para registro das instituições de ensino superior e das entidades de classe de profissionais de nível superior ou de profissionais

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL CONSELHO REGIONAL DE ENGENHARIA, ARQUITETURA E AGRONOMIA-CREA-PA. CADASTRO DE CURSO

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL CONSELHO REGIONAL DE ENGENHARIA, ARQUITETURA E AGRONOMIA-CREA-PA. CADASTRO DE CURSO CADASTRO DE CURSO As instituições de ensino que ministram cursos regulares das áreas de agronomia, engenharia, geografia, geologia e meteorologia devem efetuar o seu cadastramento e de seus cursos regulares,

Leia mais

NORMAS E PROCEDIMENTOS

NORMAS E PROCEDIMENTOS NORMAS E PROCEDIMENTOS Compensação dos atos gratuitos Com o objetivo de informar nossos colegas responsáveis pelos Cartórios de Registro Civil das Pessoas Naturais, a Comissão Gestora do Fundo de Custeio

Leia mais

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO MBA EM COMUNICAÇÃO CORPORATIVA INTEGRADA 2º Semestre de 2016

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO MBA EM COMUNICAÇÃO CORPORATIVA INTEGRADA 2º Semestre de 2016 EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO MBA EM COMUNICAÇÃO CORPORATIVA INTEGRADA 2º Semestre de 2016 As FACULDADES INTEGRADAS RIO BRANCO, na forma regimental torna público o presente Edital, estabelecendo as

Leia mais

Universidade Estadual de Santa Cruz - UESC. Programa de Pós-Graduação em Ciência Animal RESOLUÇÃO PPGCA Nº 10/2014

Universidade Estadual de Santa Cruz - UESC. Programa de Pós-Graduação em Ciência Animal RESOLUÇÃO PPGCA Nº 10/2014 Universidade Estadual de Santa Cruz - UESC Programa de Pós-Graduação em Ciência Animal RESOLUÇÃO PPGCA Nº 10/2014 A coordenadora do Programa de Pós-Graduação em Ciência Animal (PPGCA) da Universidade Estadual

Leia mais

FACULDADE DE ARARAQUARA IESP Instituto Educacional do Estado de São Paulo Rua Miguel Cortez, 50, Vila Suconasa, Araraquara/SP Tel: 3332-4093

FACULDADE DE ARARAQUARA IESP Instituto Educacional do Estado de São Paulo Rua Miguel Cortez, 50, Vila Suconasa, Araraquara/SP Tel: 3332-4093 REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES Dispõe sobre as Atividades Complementares do Curso de Direito da Faculdade de Araraquara CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES GERAIS Art. 1º. Este Regulamento dispõe sobre

Leia mais

Este tutorial tem por finalidade facilitar o cadastramento das propostas que serão submetidas ao Finep.

Este tutorial tem por finalidade facilitar o cadastramento das propostas que serão submetidas ao Finep. Este tutorial tem por finalidade facilitar o cadastramento das propostas que serão submetidas ao Finep. Publicação: 18 de novembro de 2014. Objetivo: Selecionar propostas para apoio financeiro à aquisição

Leia mais

1. DO OBJETIVO 2. DOS REQUISITOS

1. DO OBJETIVO 2. DOS REQUISITOS UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA PRÓ-REITORIA DE ASSUNTOS ESTUDANTIS SETOR DE BOLSAS ESTUDANTIS AUXÍLIO TRANSPORTE 1º SEMESTRE EDITAL Nº. 011/2016, 20 DE ABRIL DE 2016 A Pró-Reitora de Assuntos Estudantis,

Leia mais

Abertura de PROCESSO SELETIVO para aceitação de estagiários

Abertura de PROCESSO SELETIVO para aceitação de estagiários Abertura de PROCESSO SELETIVO para aceitação de estagiários O, Agente de Integração de estágio sem fins lucrativos, no uso de suas atribuições e considerando a da Lei de Estágio nº 11.788, que permite

Leia mais

Universidade Estadual de Goiás Biblioteca UnUCET. Regulamento

Universidade Estadual de Goiás Biblioteca UnUCET. Regulamento Universidade Estadual de Goiás Biblioteca UnUCET Regulamento Janeiro/2007 UNIVERSIDADE ESTADUAL DE GOIÁS Unidade Universitária de Ciências Exatas e Tecnológicas - UnUCET Regulamento Da Constituição Art.

Leia mais

SUBMISSÃO DE CURSOS DE EXTENSÃO

SUBMISSÃO DE CURSOS DE EXTENSÃO SUBMISSÃO DE CURSOS DE EXTENSÃO EDITAL Nº 753, DE 06 DE OUTUBRO DE 2017 O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo (IFSP), por meio de sua Pró-reitoria de Extensão (PRX), tendo

Leia mais

TERMO DE CONVÊNIO INSTITUCIONAL

TERMO DE CONVÊNIO INSTITUCIONAL TERMO DE CONVÊNIO INSTITUCIONAL Tendo em vista desenvolver esforços conjuntos nos domínios da cooperação e intercâmbio técnico e cultural, o CENTRO DE ENSINO SUPERIOR DOS CAMPOS GERAIS CESCAGE, pessoa

Leia mais

UNIVERSIDADE DO SAGRADO CORAÇÃO REGULAMENTO DOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU

UNIVERSIDADE DO SAGRADO CORAÇÃO REGULAMENTO DOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU UNIVERSIDADE DO SAGRADO CORAÇÃO REGULAMENTO DOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Em conformidade com a Resolução CNE/CES n 1, de 08 de Junho de 2007 e o Regimento da Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação.

Leia mais

DELIBERAÇÃ0 CONSEP Nº 116/2007

DELIBERAÇÃ0 CONSEP Nº 116/2007 DELIBERAÇÃ0 CONSEP Nº 116/2007 (Republicação aprovada pela Del. CONSEP Nº 098/2008, de 14/8/2008) Regulamenta os Cursos de Pósgraduação lato sensu na Universidade de Taubaté. O CONSELHO DE ENSINO E PESQUISA,

Leia mais

PROCESSO SELETIVO PARA INGRESSANTES NO CURSO DE PÓS- GRADUAÇÃO MODALIDADE LATO SENSU

PROCESSO SELETIVO PARA INGRESSANTES NO CURSO DE PÓS- GRADUAÇÃO MODALIDADE LATO SENSU PROCESSO SELETIVO PARA INGRESSANTES NO CURSO DE PÓS- GRADUAÇÃO MODALIDADE LATO SENSU ESPECIALIZAÇÃO EM EDUCAÇÃO E DIVERSIDADE CULTURAL O REITOR DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO PAMPA, no uso de suas atribuições

Leia mais

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO DIREITO PENAL 2º Semestre de 2016

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO DIREITO PENAL 2º Semestre de 2016 EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO DIREITO PENAL 2º Semestre de 2016 As FACULDADES INTEGRADAS RIO BRANCO, na forma regimental torna público o presente Edital, estabelecendo as normas para inscrição e matrícula

Leia mais

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE RELACIONAMENTO REDE SCB REDE DOS SERVIÇOS DE CRÉDITO DO BRASIL LTDA. PROGRAMA "De Olho no Ponto"

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE RELACIONAMENTO REDE SCB REDE DOS SERVIÇOS DE CRÉDITO DO BRASIL LTDA. PROGRAMA De Olho no Ponto REGULAMENTO DO PROGRAMA DE RELACIONAMENTO REDE SCB REDE DOS SERVIÇOS DE CRÉDITO DO BRASIL LTDA. PROGRAMA "De Olho no Ponto" 1º. Registro nº. 1.372.079, de 21 de setembro de 2012 5º Oficial de Registro

Leia mais

FUNDO DE RESERVA UNIMED/ADUFG SINDICATO

FUNDO DE RESERVA UNIMED/ADUFG SINDICATO FUNDO DE RESERVA UNIMED/ADUFG SINDICATO Regulamento do Fundo de Reserva Unimed/ADUFG Sindicato Aprovado em Assembleia Geral dos usuários do Convênio ADUFG SINDICATO/UNIMED realizada em 16 de novembro de

Leia mais

SÃO JOÃO 2015 CONVOCATÓRIA ESTADUAL CONJUNTA SECULT/FUNDARPE SETUR/EMPETUR

SÃO JOÃO 2015 CONVOCATÓRIA ESTADUAL CONJUNTA SECULT/FUNDARPE SETUR/EMPETUR SÃO JOÃO 2015 CONVOCATÓRIA ESTADUAL CONJUNTA SECULT/FUNDARPE SETUR/EMPETUR 1. DO OBJETO 1.1. Constitui objeto desta Convocatória Estadual, a habilitação e seleção de propostas para compor a programação

Leia mais

RESOLUÇÃO CA N o 131 DE 18 DE ABRIL DE 2011.

RESOLUÇÃO CA N o 131 DE 18 DE ABRIL DE 2011. RESOLUÇÃO CA N o 131 DE 18 DE ABRIL DE 2011. Aprova a assinatura do Convênio que entre si celebram o Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia CREA-PR e a Universidade Estadual de Ponta

Leia mais

EDITAL Nº 90, DE 22 DE FEVEREIRO DE 2016

EDITAL Nº 90, DE 22 DE FEVEREIRO DE 2016 EDITAL Nº 90, DE 22 DE FEVEREIRO DE 2016 O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo (IFSP), por meio de sua Pró-reitoria de Extensão (PRX), tendo em vista o estabelecido na Portaria

Leia mais

EDITAL Nº 475, DE 03 DE AGOSTO DE 2016

EDITAL Nº 475, DE 03 DE AGOSTO DE 2016 EDITAL Nº 475, DE 03 DE AGOSTO DE 2016 O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo (IFSP), por meio de sua Pró-reitoria de Extensão (PRX), tendo em vista o estabelecido na Portaria

Leia mais

RDC ANVISA Nº17, DE 28/03/2013

RDC ANVISA Nº17, DE 28/03/2013 RDC ANVISA Nº17, DE 28/03/2013 Estabelece os critérios relativos à Autorização de Funcionamento (AFE) e de Autorização Especial (AE) de farmácias e drogarias. A Diretoria Colegiada da Agência Nacional

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL Universidade Federal da Fronteira Sul Secretaria Especial de Gestão de Pessoas -SEGEP

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL Universidade Federal da Fronteira Sul Secretaria Especial de Gestão de Pessoas -SEGEP ATENÇÃO: PARA ENVIO À SEGEP, IMPRIMA APENAS O(S) FORMULÁRIO(S) DO FINAL DO ARQUIVO. RESSARCIMENTO À SAÚDE SUPLEMENTAR 1.O que é? É o auxílio de caráter indenizatório, prestado ao servidor na forma de ressarcimento

Leia mais

RESOLUÇÂO Nº001/2013.

RESOLUÇÂO Nº001/2013. RESOLUÇÂO Nº001/2013. EMENTA: Estabelece normas para obtenção de apoio financeiro ou institucional pelo CRMV-ES na realização de s técnicos-científicos. O PRESIDENTE DO CONSELHO REGIONAL DE MEDICINA VETERINÁRIA

Leia mais

SISTEMA DE RECURSOS HUMANOS. RH Online

SISTEMA DE RECURSOS HUMANOS. RH Online Campus de Botucatu Sistema de Recursos Humanos SISTEMA DE RECURSOS HUMANOS RH Online Mônica Cristina Fumis do Carmo Faculdade de Medicina de Botucatu Seção Técnica de Desenv. Adm de RH / Serviço Técnico

Leia mais

REGULAMENTO PRÊMIO DESTAQUE PROFISSIONAL

REGULAMENTO PRÊMIO DESTAQUE PROFISSIONAL REGULAMENTO PRÊMIO DESTAQUE PROFISSIONAL CAPÍTULO 1 - DO OBJETIVO Art. 1º O PRÊMIO DESTAQUE PROFISSIONAL, promovido pelos colegiados de entidades de classe, inspetores e instituições de ensino, com o apoio

Leia mais

CONVITE Nº 049A/2015

CONVITE Nº 049A/2015 Processo nº 0263.1511/15-2 DEVOLVER ESTE PROTOCOLO ASSINADO PROTOCOLO DE ENTREGA PROCESSO DE LICITAÇÃO CONVITE Nº 049A/2015 DATA DA ABERTURA: 14/08/2015 HORA DA ABERTURA: 10:00 Horas NOME DA EMPRESA: ORIGINAL

Leia mais

PROCESSO IDENTIFICAÇÃO VERSÃO FOLHA Nº

PROCESSO IDENTIFICAÇÃO VERSÃO FOLHA Nº CADASTRAMENTO DE INSTITUIÇÃO DE ENSINO E CURSOS IT. 41 09 1 / 8 1. OBJETIVO Estabelecer diretrizes para o cadastramento e recadastramento de Instituições de Ensino e Cursos, de nível Médio, Superior e

Leia mais

1. DOS PRÉ-REQUISITOS 2. FUNCIONAMENTO DO CURSO

1. DOS PRÉ-REQUISITOS 2. FUNCIONAMENTO DO CURSO 1 Edital de oferta de vagas para o Curso de Pós- GraduaçãoLato Sensu MBA em Gestão Estratégica de Negócios, na modalidade a distância. A Reitora da Universidade Anhanguera-Uniderp, credenciada pelo MEC

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE SOLEDADE SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO, CULTURA E DESPORTO. Especialização em Políticas e Gestão da Educação

PREFEITURA MUNICIPAL DE SOLEDADE SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO, CULTURA E DESPORTO. Especialização em Políticas e Gestão da Educação PREFEITURA MUNICIPAL DE SOLEDADE SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO, CULTURA E DESPORTO Especialização em Políticas e Gestão da Educação Curso de Pós Graduação lato sensu UNIVERSIDADE DE PASSO FUNDO EDITAL

Leia mais

SUPERINTENDÊNCIA DE SEGUROS PRIVADOS CIRCULAR SUSEP N.º 528, DE 25 DE FEVEREIRO DE 2016.

SUPERINTENDÊNCIA DE SEGUROS PRIVADOS CIRCULAR SUSEP N.º 528, DE 25 DE FEVEREIRO DE 2016. SUPERINTENDÊNCIA DE SEGUROS PRIVADOS CIRCULAR SUSEP N.º 528, DE 25 DE FEVEREIRO DE 2016. Estabelece procedimentos relacionados com a instrução de processos de autorização para funcionamento, alterações

Leia mais

IT - 34 CREDENCIAMENTO DE EMPRESAS E RESPONSÁVEIS TÉCNICOS

IT - 34 CREDENCIAMENTO DE EMPRESAS E RESPONSÁVEIS TÉCNICOS IT - 34 CREDENCIAMENTO DE EMPRESAS E RESPONSÁVEIS TÉCNICOS SUMÁRIO APÊNDICES 1 - Objetivo A - Solicitação de Cadastro de Pessoa Jurídica 2 - Referências normativas B - Solicitação de Cadastro de Pessoa

Leia mais

ORIENTAÇÕES PARA SOLICITAÇÃO DE DIÁRIAS E PASSAGENS NO SCDP VIAGENS INTERNACIONAIS

ORIENTAÇÕES PARA SOLICITAÇÃO DE DIÁRIAS E PASSAGENS NO SCDP VIAGENS INTERNACIONAIS ORIENTAÇÕES PARA SOLICITAÇÃO DE DIÁRIAS E PASSAGENS NO SCDP VIAGENS INTERNACIONAIS OBJETIVO Estas instruções foram elaboradas com o objetivo de orientar os servidores, docentes e técnico-administrativos,

Leia mais

CONSELHO REGIONAL DE ENGENHARIA E AGRONOMIA DO RIO GRANDE DO SUL - CREA-RS

CONSELHO REGIONAL DE ENGENHARIA E AGRONOMIA DO RIO GRANDE DO SUL - CREA-RS APÊNDICE 03 TIPO DE PROCESSO: CADASTRO DE CURSO TÉCNICO Versão março/2017 DESCRIÇÃO DO TIPO DE PROCESSO NOME DO TIPO DE PROCESSO: CADASTRO DE CURSO TÉCNICO Modalidade: N/A Descrição: Cadastro de Cursos

Leia mais

RESOLUÇÃO/CONSUNI Nº05/2012. Regulamenta os Cursos de Pós- Graduação Lato Sensu. RESOLVE

RESOLUÇÃO/CONSUNI Nº05/2012. Regulamenta os Cursos de Pós- Graduação Lato Sensu. RESOLVE RESOLUÇÃO/CONSUNI Nº05/2012 Regulamenta os Cursos de Pós- Graduação Lato Sensu. O Presidente do Conselho Universitário do Centro Universitário para o Desenvolvimento do Alto Vale do Itajaí - UNIDAVI, no

Leia mais

RESOLUÇÃO N 1.016, DE 25 DE AGOSTO DE 2006

RESOLUÇÃO N 1.016, DE 25 DE AGOSTO DE 2006 RESOLUÇÃO N 1.016, DE 25 DE AGOSTO DE 2006 Altera a redação dos arts. 11, 15 e 19 da Resolução nº 1.007, de 5 de dezembro de 2003, do art. 16 da Resolução nº 1.010, de 22 de agosto de 2005, inclui o anexo

Leia mais

CAMPUS ABAETETUBA PROGRAMA DE ASSISTÊNCIA ESTUDANTIL (PAE) EDITAL Nº 003/2015 APOIO À PARTICIPAÇÃO EM EVENTOS DIDÁTICO-CIENTÍFICOS

CAMPUS ABAETETUBA PROGRAMA DE ASSISTÊNCIA ESTUDANTIL (PAE) EDITAL Nº 003/2015 APOIO À PARTICIPAÇÃO EM EVENTOS DIDÁTICO-CIENTÍFICOS PROGRAMA DE ASSISTÊNCIA ESTUDANTIL (PAE) EDITAL Nº 003/2015 APOIO À PARTICIPAÇÃO EM EVENTOS DIDÁTICO-CIENTÍFICOS Parecer favorável da Procuradoria Federal/IFPA Proc. 23051.005120/2015-98 O Diretor Geral

Leia mais

EDITAL N. 06/PROPP, DE 06 DE MAIO DE 2015.

EDITAL N. 06/PROPP, DE 06 DE MAIO DE 2015. EDITAL N. 06/PROPP, DE 06 DE MAIO DE 2015. O Pró-Reitor de Ensino de Pós-Graduação e Pesquisa da Fundação Universidade Federal da Grande Dourados, Prof. Dr. Cláudio Alves de Vasconcelos, no uso de suas

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL CONSELHO FEDERAL DE ENGENHARIA E AGRONOMIA CONFEA RESOLUÇÃO Nº 1.070, DE 15 DE DEZEMBRO DE 2015

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL CONSELHO FEDERAL DE ENGENHARIA E AGRONOMIA CONFEA RESOLUÇÃO Nº 1.070, DE 15 DE DEZEMBRO DE 2015 RESOLUÇÃO Nº 1.070, DE 15 DE DEZEMBRO DE 2015 Dispõe sobre os procedimentos para registro e revisão de registro das instituições de ensino e das entidades de classe de profissionais nos Creas e dá outras

Leia mais

REGULAMENTO INTERNO DO NEMP PROGRAMA DE MILHAGEM

REGULAMENTO INTERNO DO NEMP PROGRAMA DE MILHAGEM REGULAMENTO INTERNO DO NEMP PROGRAMA DE MILHAGEM Seção I Do Objetivo Artigo 1 - Aumentar a participação dos alunos nas atividades ligadas ao tema empreendedorismo, promovidas ou credenciadas pelo Núcleo

Leia mais

EDITAL N.º 09/2014 DISPÕE SOBRE O PROCESSO DE MATRÍCULA PARA OS CURSOS TÉCNICOS, CONCOMITANTES E SUBSEQUENTES AO ENSINO MÉDIO

EDITAL N.º 09/2014 DISPÕE SOBRE O PROCESSO DE MATRÍCULA PARA OS CURSOS TÉCNICOS, CONCOMITANTES E SUBSEQUENTES AO ENSINO MÉDIO EDITAL N.º 09/2014 DISPÕE SOBRE O PROCESSO DE MATRÍCULA PARA OS CURSOS TÉCNICOS, CONCOMITANTES E SUBSEQUENTES AO ENSINO MÉDIO O, mantido pela Associação Paranaense de Cultura, torna pública a abertura

Leia mais

EDITAL FAPERGS n. 013/2011 PESQUISADOR NA EMPRESA

EDITAL FAPERGS n. 013/2011 PESQUISADOR NA EMPRESA EDITAL FAPERGS n. 013/2011 PESQUISADOR NA EMPRESA A FUNDAÇÃO DE AMPARO À PESQUISA DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL - FAPERGS torna público o presente Edital, aos interessados em participar do PROGRAMA PESQUISADOR

Leia mais

DE PÓS-GRADUAÇÃO E/OU SEQUENCIAL, CONFORME A RESOLUÇÃO N. 1073/16

DE PÓS-GRADUAÇÃO E/OU SEQUENCIAL, CONFORME A RESOLUÇÃO N. 1073/16 APÊNDICE 04 TIPO DE PROCESSO: CADASTRO DE CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO E/OU SEQUENCIAL, CONFORME A RESOLUÇÃO N. 1073/16 Versão março/2017 DESCRIÇÃO DO TIPO DE PROCESSO NOME DO TIPO DE PROCESSO: CADASTRO DE CURSO

Leia mais

PORTARIA Nº079/2010. A PRÓ-REITORA DE ENSINO DE GRADUAÇÃO DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAZONAS, usando de suas atribuições estatutárias, e

PORTARIA Nº079/2010. A PRÓ-REITORA DE ENSINO DE GRADUAÇÃO DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAZONAS, usando de suas atribuições estatutárias, e PORTARIA Nº079/2010 Regulamenta a operacionalização da matrícula em disciplina a cada semestre. A PRÓ-REITORA DE ENSINO DE GRADUAÇÃO DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAZONAS, usando de suas atribuições estatutárias,

Leia mais

INSCRIÇÃO PARA PORTADOR DE DIPLOMA DE CURSO SUPERIOR - PDCS (Isento de Taxa) 1º SEMESTRE DE 2015. SOLICITAÇÕES DE 12/12/14 a 13/03/15

INSCRIÇÃO PARA PORTADOR DE DIPLOMA DE CURSO SUPERIOR - PDCS (Isento de Taxa) 1º SEMESTRE DE 2015. SOLICITAÇÕES DE 12/12/14 a 13/03/15 Informativo GR nº 002/2014. INSCRIÇÃO PARA PORTADOR DE DIPLOMA DE CURSO SUPERIOR - PDCS (Isento de Taxa) 1º SEMESTRE DE 2015 SOLICITAÇÕES DE 12/12/14 a 13/03/15 ESTE INFORMATIVO CONTÉM TODAS AS ORIENTAÇÕES

Leia mais

Edital de Licitação de Autorização de Uso de RF nas faixas de 1.800 MHz, 1.900 MHz, 2.500 MHz

Edital de Licitação de Autorização de Uso de RF nas faixas de 1.800 MHz, 1.900 MHz, 2.500 MHz Edital de Licitação de Autorização de Uso de RF nas faixas de 1.800 MHz, 1.900 MHz, 2.500 MHz Novembro/2015 Política Pública e Diretrizes Gerais Portaria nº 275, de 17 de setembro de 2013, do Ministério

Leia mais

FÁBIO SCHROETER, Prefeito Municipal de Campo Verde, Estado de Mato Grosso, no uso de suas atribuições legais,

FÁBIO SCHROETER, Prefeito Municipal de Campo Verde, Estado de Mato Grosso, no uso de suas atribuições legais, LEI COMPLEMENTAR N 060, DE 09 DE SETEMBRO DE 2015 DISPÕE SOBRE EMISSÃO DO ALVARÁ DE LOCALIZAÇÃO E FUNCIONAMENTO, INSTITUI O ALVARÁ PROVISÓRIO, ESTABELECE A VALIDADE DO DOCUMENTO DE ALVARÁ NO MUNICÍPIO

Leia mais

Edital FAPEAL N o 001/2009 PROGRAMA ESPECIAL DE BOLSAS

Edital FAPEAL N o 001/2009 PROGRAMA ESPECIAL DE BOLSAS Edital FAPEAL N o 001/2009 PROGRAMA ESPECIAL DE BOLSAS A Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Alagoas FAPEAL, em parceria com a Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior CAPES,

Leia mais

PROGRAMA TREINAMENTO ACADÊMICO E INDUSTRIAL PARA CIENTISTAS BRASILEIROS, SUÍÇOS E INDIANOS (ACADEMIA INDUSTRY TRAINING - AIT) EDITAL 07/2016

PROGRAMA TREINAMENTO ACADÊMICO E INDUSTRIAL PARA CIENTISTAS BRASILEIROS, SUÍÇOS E INDIANOS (ACADEMIA INDUSTRY TRAINING - AIT) EDITAL 07/2016 1 PROGRAMA TREINAMENTO ACADÊMICO E INDUSTRIAL PARA CIENTISTAS BRASILEIROS, SUÍÇOS E INDIANOS (ACADEMIA INDUSTRY TRAINING - AIT) EDITAL 07/2016 Vitória, 2 de maio de 2016. A Secretaria de Relações Internacionais

Leia mais

EDITAL FOPESQ 2012 PROGRAMA DE FOMENTO À PESQUISA NA UFF

EDITAL FOPESQ 2012 PROGRAMA DE FOMENTO À PESQUISA NA UFF EDITAL FOPESQ 2012 PROGRAMA DE FOMENTO À PESQUISA NA UFF O Edital do Programa de Fomento à Pesquisa, FOPESQ, tem como principal meta auxiliar as atividades de pesquisa desenvolvidas na UFF por seus pesquisadores

Leia mais

EDITAL Nº 296, DE 31 DE MAIO DE 2016

EDITAL Nº 296, DE 31 DE MAIO DE 2016 EDITAL Nº 296, DE 31 DE MAIO DE 2016 O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo (IFSP), por meio de sua Pró-reitoria de Extensão (PRX), tendo em vista o estabelecido na Portaria

Leia mais

TERMOS DA CHAMADA PÚBLICA N

TERMOS DA CHAMADA PÚBLICA N CHAMADA PÚBLICA N 007/2008 Fortalecimento da Ciência: Pesquisa em Gênero, Relação Étnico-racial e Grupos Sociais TERMOS DA CHAMADA PÚBLICA N 007/2008 A Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Goiás

Leia mais

EDITAL Nº. 43/2014 Processo Seletivo Discente Concessão de Benefícios do Prosup, Bolsas e Taxas Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu

EDITAL Nº. 43/2014 Processo Seletivo Discente Concessão de Benefícios do Prosup, Bolsas e Taxas Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu EDITAL Nº. 43/2014 Processo Seletivo Discente Concessão de Benefícios do Prosup, Bolsas e Taxas No período de 6 a 13 de maio de 2014, estarão abertas as inscrições para o processo seletivo entre os discentes

Leia mais

NORMATIZAÇÃO DE ESTÁGIO DOS CURSOS DE LICENCIATURA

NORMATIZAÇÃO DE ESTÁGIO DOS CURSOS DE LICENCIATURA MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO SUL DE MINAS GERAIS NORMATIZAÇÃO DE ESTÁGIO DOS CURSOS DE LICENCIATURA outubro/2010

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE MINAS GERAIS

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE MINAS GERAIS MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE MINAS GERAIS. CONSELHO SUPERIOR Avenida Professor Mário Werneck, nº. 2590,

Leia mais

REGULAMENTO DE ASSOCIAÇÃO A ABF CATEGORIA FRANQUEADO

REGULAMENTO DE ASSOCIAÇÃO A ABF CATEGORIA FRANQUEADO REGULAMENTO DE ASSOCIAÇÃO A ABF CATEGORIA FRANQUEADO A SUA EMPRESA NA ABF Obrigado pelo seu interesse em associar a ABF. Este documento contém o Regulamento do Processo de Associação e a descrição detalhada

Leia mais

OPERACIONALIZAÇÃO DA RESOLUÇÃO nº /2016 NO CREA-PR. Geol. Paulo Cesar Sartor de Oliveira Facilitador DAT Departamento de Assessorias Técnicas

OPERACIONALIZAÇÃO DA RESOLUÇÃO nº /2016 NO CREA-PR. Geol. Paulo Cesar Sartor de Oliveira Facilitador DAT Departamento de Assessorias Técnicas OPERACIONALIZAÇÃO DA RESOLUÇÃO nº. 1.073/2016 NO CREA-PR Geol. Paulo Cesar Sartor de Oliveira Facilitador DAT Departamento de Assessorias Técnicas ESCLARECIMENTOS INICIAIS FORMAS DE ANÁLISE DE PROTOCOLOS

Leia mais

DE GRADUAÇÃO OU TECNOLÓGICO

DE GRADUAÇÃO OU TECNOLÓGICO APÊNDICE 02 TIPO DE PROCESSO: CADASTRO DE CURSO DE GRADUAÇÃO OU TECNOLÓGICO Versão março/2017 DESCRIÇÃO DO TIPO DE PROCESSO NOME DO TIPO DE PROCESSO: CADASTRO DE CURSO DE GRADUAÇÃO OU TECNOLÓGICO Modalidade:

Leia mais

Memorando Circ. N. 004/2016 CAL/UFSM. Santa Maria, 31/03/2016. Da: Direção do Centro de Artes e Letras Para: Subunidades do CAL

Memorando Circ. N. 004/2016 CAL/UFSM. Santa Maria, 31/03/2016. Da: Direção do Centro de Artes e Letras Para: Subunidades do CAL Memorando Circ. N. 004/2016 CAL/UFSM Santa Maria, 31/03/2016. Da: de Artes e Letras Para: Subunidades do CAL A e Artes e Letras, no exercício de suas funções, promoverá, no ano de 2016, a continuidade

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA FEDERAL SEÇÃO JUDICIÁRIA DO ESPÍRITO SANTO ANEXO I (Anexo ao Regulamento Portaria JFES-POR-2014/00073) LISTA DE VERIFICAÇÃO PARA BAIXA DEFINITIVA DE AUTOS Órgão Julgador/Vara Processo

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DE PERNAMBUCO SECRETARIA GERAL DOS CONSELHOS DA ADMINISTRAÇÃO SUPERIOR CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO

UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DE PERNAMBUCO SECRETARIA GERAL DOS CONSELHOS DA ADMINISTRAÇÃO SUPERIOR CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO Nº 15/98 EMENTA: Revoga a Resolução Nº 71/89 deste Conselho e estabelece normas sobre afastamento para Pós-Graduação no Brasil e no Exterior dos servidores da UFRPE. O Presidente do Conselho

Leia mais

Aquisição de equipamentos de TI (computadores, projetores, notebook) para atendimento de atividades acadêmicas e administrativas.

Aquisição de equipamentos de TI (computadores, projetores, notebook) para atendimento de atividades acadêmicas e administrativas. NOR001 Aquisição de equipamentos de TI (computadores, projetores, notebook) para atendimento de atividades acadêmicas e administrativas. NOR002 Capacitação de servidores para utilização de softwares educacionais

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ACRE CENTRO DE EDUCAÇÃO, LETRAS E ARTES CURSO DE LETRAS PORTUGUÊS E RESPECTIVAS LITERATURAS

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ACRE CENTRO DE EDUCAÇÃO, LETRAS E ARTES CURSO DE LETRAS PORTUGUÊS E RESPECTIVAS LITERATURAS UNIVERSIDADE FEDERAL DO ACRE CENTRO DE EDUCAÇÃO, LETRAS E ARTES CURSO DE LETRAS PORTUGUÊS E RESPECTIVAS LITERATURAS EDITAL N 001/2014 EDITAL DE ELEIÇÃO DE COORDENADOR E VICE-COORDENADOR DO CURSO DE LETRAS:

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online GOVERNANÇA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO Regulamentação de Pós-Graduação Lato Sensu e Ato de Credenciamento Institucional para Oferta de Curso

Leia mais

Serviço Público Federal Ministério da Educação Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão IFMA Diretoria de Educação a Distância

Serviço Público Federal Ministério da Educação Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão IFMA Diretoria de Educação a Distância Serviço Público Federal Ministério da Educação Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão IFMA Diretoria de Educação a Distância Edital n 014/2010 DEAD / IFMA Seleção Simplificada

Leia mais

ESTADO DE SANTA CATARINA PREFEITURA MUNICIPAL DE RIO NEGRINHO

ESTADO DE SANTA CATARINA PREFEITURA MUNICIPAL DE RIO NEGRINHO EDITAL Nº 005/2016 EDITAL DE CONVOCAÇÃO DE PESSOAS FÍSICAS E JURÍDICAS PARA INSCRIÇÃO OU RENOVAÇÃO NO CADASTRO DE FORNECEDORES DA. De conformidade com o disposto no artigo 34 da Lei Federal nº 8666, de

Leia mais

Secretaria Geral de Relações Internacionais

Secretaria Geral de Relações Internacionais Secretaria Geral de Relações Internacionais EDITAL SRInter nº 05/16 Mobilidade acadêmica 2016/2017 Graduação para a Universidade de Picardie Jules Verne - França A Secretaria Geral de Relações Internacionais

Leia mais

EDITAL Nº 16, DE 22 DE FEVEREIRO DE 2013

EDITAL Nº 16, DE 22 DE FEVEREIRO DE 2013 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL REI PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DE MINAS GERAIS DIRETORIA DE PESQUISA

Leia mais

TERMO DE FOMENTO N 2017/ PLANO DE TRABALHO

TERMO DE FOMENTO N 2017/ PLANO DE TRABALHO TERMO DE FOMENTO N 2017/60001965 PLANO DE TRABALHO DADOS CADASTRAIS ÓRGÃO: CNPJ: Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Paraná 76.639.384/000159 NATUREZA JURÍDICA: Autarquia Federal de Personalidade

Leia mais

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES GERAIS CAPÍTULO II DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES GERAIS CAPÍTULO II DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES GERAIS Art. 1º. Este Regulamento dispõe sobre as Atividades Complementares na Faculdade do Futuro. CAPÍTULO II DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES

Leia mais

Fiscalização de Empreendimentos em Funcionamento

Fiscalização de Empreendimentos em Funcionamento Fiscalização de Empreendimentos em Funcionamento 4 Fiscalização de Empreendimentos em Funcionamento - CREA-PR Índice Apresentação................................................. 7 1. Histórico do CREA-PR......................................

Leia mais

Lei n 8.666/93, art. 7º 1.7 Documento assinado pela COMAP com a indicação das empresas a serem convidadas

Lei n 8.666/93, art. 7º 1.7 Documento assinado pela COMAP com a indicação das empresas a serem convidadas CHECK LIST DOS PROCESSOS LICITATÓRIOS DE OBRAS E SERVIÇOS DE ENGENHARIA REITORIA Este documento visa orientar a formalização dos processos licitatórios para contratação de obras e serviços de engenharia,

Leia mais

COMPRE E GANHE MÃES 2015

COMPRE E GANHE MÃES 2015 COMPRE E GANHE MÃES 2015 Shopping Centers Reunidos do Brasil Ltda. (o Shopping Reunidos ) Avenida Angelina Maffei Vita, 200-9º andar, Jardim Europa CEP 01455-070 - São Paulo - SP CNPJ/MF nº 51.693.299/0001-48

Leia mais

1.3 - A taxa de inscrição, que não será devolvida em hipótese nenhuma, terá o valor de R$ 25,00.

1.3 - A taxa de inscrição, que não será devolvida em hipótese nenhuma, terá o valor de R$ 25,00. EDITAL DO PROCESSO SELETIVO DE OUTRAS CAPTAÇÕES UNA 2016/2º - PARA OS DE GRADUAÇÃO DO CENTRO UNIVERSITÁRIO UNA, FACULDADE UNA DE BETIM E A FACULDADE UNA DE CONTAGEM A Vice-Reitoria do Centro Universitário

Leia mais

PROGRAMA INTERNACIONAL DE PÓS-GRADUAÇÃO ASSUNÇÃO PARAGUAI MESTRADO EM SAÚDE PÚBLICA INFORMAÇÕES GERAIS PARA INGRESSO EM JULHO DE 2013.

PROGRAMA INTERNACIONAL DE PÓS-GRADUAÇÃO ASSUNÇÃO PARAGUAI MESTRADO EM SAÚDE PÚBLICA INFORMAÇÕES GERAIS PARA INGRESSO EM JULHO DE 2013. PROGRAMA INTERNACIONAL DE PÓS-GRADUAÇÃO ASSUNÇÃO PARAGUAI MESTRADO EM SAÚDE PÚBLICA INFORMAÇÕES GERAIS PARA INGRESSO EM JULHO DE 2013. As informações abaixo visam facilitar seu entendimento e esclarecer

Leia mais

Resolução nº 1073, de 19 de abril de 2016

Resolução nº 1073, de 19 de abril de 2016 Resolução nº 1073, de 19 de abril de 2016 (Publicada no D.O.U. de 22 de abril de 2016 Seção 1, págs. 245 a 249) Regulamenta a atribuição de títulos, atividades, competências e campos de atuação profissionais

Leia mais

EDITAL Nº 01/2016, DE 07 DE JUNHO DE 2016

EDITAL Nº 01/2016, DE 07 DE JUNHO DE 2016 EDITAL Nº 01/2016, DE 07 DE JUNHO DE 2016 SELEÇÃO DE SERVIDORES TÉCNICOS-ADMINISTRATIVOS EM EDUCAÇÃO DO INSTITUTO FEDERAL DO ACRE PARA AFASTAMENTO INTEGRAL PARA QUALIFICAÇÃO NO ANO DE 2016 A Reitora do

Leia mais

CHAMAMENTO PÚBLICO 2018

CHAMAMENTO PÚBLICO 2018 CHAMAMENTO PÚBLICO 2018 TERMO DE FOMENTO TERMO DE FOMENTO Instrumento por meio do qual são formalizadas as parcerias estabelecidas pelo CREA-SP com as Entidades e Instituições de Ensino para consecução

Leia mais

RESOLUÇÃO DO CONSELHO SUPERIOR Nº 48/2015, DE 9 DE NOVEMBRO DE 2015. TÍTULO I Projeto de Pesquisa - Caracterização

RESOLUÇÃO DO CONSELHO SUPERIOR Nº 48/2015, DE 9 DE NOVEMBRO DE 2015. TÍTULO I Projeto de Pesquisa - Caracterização MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO CONSELHO SUPERIOR Avenida Rio Branco, 50 Santa Lúcia 29056-255 Vitória ES 27 3227-5564 3235-1741 ramal 2003 RESOLUÇÃO DO CONSELHO SUPERIOR Nº

Leia mais

ADMISSÃO PARA OS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO 2015. 2B EDITAL Nº 03

ADMISSÃO PARA OS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO 2015. 2B EDITAL Nº 03 ADMISSÃO PARA OS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO 2015. 2B EDITAL Nº 03 Recife,2015 Sumário Edital nº 03 - Admissão de alunos para os cursos de Pós-Graduação A Devry João Pessoa, estabelecimento de ensino superior,

Leia mais

PROGRAMA DE BOLSAS DE FORMAÇÃO ACADÊMICA MODALIDADE: MESTRADO E DOUTORADO EDITAL Nº. 11/2015

PROGRAMA DE BOLSAS DE FORMAÇÃO ACADÊMICA MODALIDADE: MESTRADO E DOUTORADO EDITAL Nº. 11/2015 PROGRAMA DE BOLSAS DE FORMAÇÃO ACADÊMICA MODALIDADE: MESTRADO E DOUTORADO EDITAL Nº. 11/2015 O Presidente da Funcap, Prof. Francisco César de Sá Barreto, no uso de suas atribuições estatutárias e regimentais,

Leia mais

LOGOMARCA DA ENTIDADE DE CLASSE ANEXO VII FORMULÁRIO DE PROJETO

LOGOMARCA DA ENTIDADE DE CLASSE ANEXO VII FORMULÁRIO DE PROJETO ANEXO VII FORMULÁRIO DE PROJETO TÍTULO DO PROJETO PERÍODO DO PROJETO PROGRAMAS E VALOR A LIBERAR I) Valorização Profissional % II) Aperfeiçoamento Profissional % III) Valorização Profissional % Aperfeiçoamento

Leia mais

RESOLUÇÃO N o 143 de 31/08/ CAS

RESOLUÇÃO N o 143 de 31/08/ CAS RESOLUÇÃO N o 143 de 31/08/2015 - CAS Dispõe sobre as normas acadêmicas dos cursos de Pós- Graduação Lato Sensu da Universidade Positivo (UP). O CONSELHO ACADÊMICO SUPERIOR (CAS), órgão da administração

Leia mais

Procedimentos Internos do Departamento de Apoio ao Conama

Procedimentos Internos do Departamento de Apoio ao Conama MINISTÉRIO DO MEIO AMBIENTE Secretaria Executiva Departamento de Apoio ao Conselho Nacional do Meio Ambiente DCONAMA Esplanada dos Ministérios, Bloco B, 9º andar, sala 950 CEP: 70.068-901 Tel. (061) 2028.2207/2102

Leia mais

ADMISSÃO PARA OS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO 2016. 1B EDITAL Nº 05

ADMISSÃO PARA OS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO 2016. 1B EDITAL Nº 05 ADMISSÃO PARA OS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO 2016. 1B EDITAL Nº 05 João Pessoa, 2016 Sumário Edital nº 04 - Admissão de alunos para os cursos de Pós-Graduação A Devry João Pessoa, estabelecimento de ensino

Leia mais

1º EDITAL PARA SELEÇÃO DE PROJETOS SOCIAIS PARA A INCUBADORA DE NEGÓCIOS ESPM 1/2015

1º EDITAL PARA SELEÇÃO DE PROJETOS SOCIAIS PARA A INCUBADORA DE NEGÓCIOS ESPM 1/2015 1º EDITAL PARA SELEÇÃO DE PROJETOS SOCIAIS PARA A INCUBADORA DE NEGÓCIOS ESPM 1/2015 A Coordenação da INCUBADORA da ESPM no uso de suas atribuições, faz saber que estão abertas as inscrições para o 1º

Leia mais