MANUAL DE PROCEDIMENTOS DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO DO CURSO DE FARMÁCIA

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "MANUAL DE PROCEDIMENTOS DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO DO CURSO DE FARMÁCIA"

Transcrição

1 MANUAL DE PROCEDIMENTOS DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO DO CURSO DE FARMÁCIA Cascavel 2015

2 2 APRESENTAÇÃO Este trabalho foi elaborado a partir da solicitação da Coordenação do Curso de Farmácia da Faculdade Assis Gurgacz, tomando-se por base a resolução N 46/2004-COP, a qual aprova o Regulamento do Trabalho de Conclusão de Curso da FAG. Esperamos contribuir como agente facilitador para a elaboração dos trabalhos de conclusão do curso de Farmácia da FAG. Coordenação do Curso de Farmácia Prof. Patrícia Stadler Rosa Lucca Colaboração Profª. Patricia Stadler Rosa Lucca Profª Ligiane de Lourdes da Silva Profª. Jane de Jesus da Silveira Moreira Profª. Ilná Aparecida Johann Prof. Carlos Eduardo Coral de Oliveira 1ª Revisão: 06 de fevereiro de ª Revisão: 26 de janeiro de ª Revisão: 09 de julho de ª Revisão: 26 de janeiro de ª Revisão: 26 de janeiro de ª Revisão: 02 de fevereiro de 2015.

3 3 1. SOBRE O TCC De acordo com o Regulamento Geral de Trabalhos de Conclusão de Curso, da FAG, o TCC constitui-se em atividade curricular em consonância com os princípios e as diretrizes do Projeto Político Pedagógico do respectivo curso (capítulo I, art. 2 ). O TCC compreende uma série de atividades, em conformidade com os princípios gerais de um trabalho de pesquisa científica, seja em estudo de pesquisa bibliográfica e/ou pesquisa de campo e/ou laboratorial, versado sob tema único, sob orientação de um professor orientador, relatado na forma de estudo monográfico, em qualquer área do conhecimento da Farmácia, desde que presente nos conteúdos curriculares do curso, a juízo dos Orientadores e do Colegiado do Curso de Farmácia. 2. DESENVOLVIMENTO DO TCC NO CURSO DE FARMÁCIA O Trabalho de Conclusão de Curso corresponde ao desenvolvimento e defesa oral de um projeto de pesquisa, elaborado na forma de Artigo científico, seguindo as normas do Manual para Elaboração de Trabalhos Acadêmicos da FAG e as instruções para autores de periódicos da área de Ciências Biológicas e da Saúde, selecionados com anuência do professor orientador. OBS.: A entrega do TCC na forma de artigo científico exige a elaboração de uma Revisão de Literatura, de no mínimo 15 páginas, que deverá constar no trabalho para apreciação e argüição da banca examinadora, no ato da defesa. O TCC será desenvolvido em 2 etapas, realizadas em diferentes momentos do calendário acadêmico, definidos no Cronograma de Atividades de TCC do Curso de Farmácia FAG:

4 4 1. Projeto de Pesquisa, o qual deverá ser cumprido no 7º período do Curso de Farmácia, sendo finalizado com o cumprimento das etapas do Projeto e a aprovação na disciplina de Trabalho de Conclusão de Curso: Projeto, conforme disposto no Cronograma de Atividades de TCC do ano vigente (Anexo 10). 2. TCC, o qual deverá ser cumprido ao longo do 8º período do Curso de Farmácia, sendo finalizado com a entrega e defesa do TCC, e aprovação na disciplina de Trabalho de Conclusão de Curso: artigo, conforme disposto no Cronograma de Atividades de TCC do ano vigente. Portanto, o acadêmico que não estiver aprovado na disciplina de Trabalho de Conclusão de Curso: projeto NÃO poderá matricular-se na disciplina de Trabalho de Conclusão de Curso: artigo. 3. FORMATAÇÃO GRÁFICA DO TCC O Projeto de Pesquisa, enquanto expressão formal escrita, deve ser elaborado segundo o Manual para Elaboração e Apresentação de Trabalhos Acadêmicos da FAG. Entretanto, as figuras e gráficos poderão ser coloridos. O Artigo Científico deve ser redigido, seguindo as normas do Manual para Elaboração de Trabalhos Acadêmicos da FAG e as instruções para autores de periódicos da área de Ciências Biológicas e da Saúde. 4. ORIENTAÇÃO DE TCC O TCC será desenvolvido sob a orientação de um Professor-Orientador que faça parte do corpo docente do Curso de Farmácia da FAG. Todavia, considerar-se-á o 1 da Seção II, do Artigo 13, Capítulo V do Regulamento Geral de Trabalho de Conclusão de Curso FAG que diz: não havendo docente habilitado no tema do Trabalho de Conclusão de Curso, o Coordenador

5 5 poderá indicar um docente de outro curso, de outra instituição ou ainda entre profissionais de nível superior que exerçam atividades afins com o tema proposto pelo acadêmico, sem ônus para a instituição. No início do período letivo, o Professor da disciplina de TCC apresentará aos acadêmicos uma lista de vagas de orientação, onde constarão os nomes dos Professores- Orientadores. Juntamente com esta lista, será divulgada a qual linha de pesquisa e a qual grupo de pesquisa o professor-orientador faz parte. O aluno matriculado na disciplina de TCC: projeto (9 semestre) deve selecionar uma das linhas de pesquisa/grupos de pesquisa publicadas em edital, em seguida, reunindo-se com o professor para discussão de um projeto. O Professor- Orientador deverá assinar o aceite de orientação (Anexo 1) que deverá ser protocolado junto ao Professor responsável pela disciplina de TCC, em prazo estabelecido pelo cronograma. O Professor-Orientador pode se recusar a orientar um aluno se o objeto de desenvolvimento do mesmo for de área distinta de sua formação e experiência, ou se o limite de orientações estabelecido pelo mesmo já foi atingido. A orientação do TCC é individual, entretanto, podem ocorrer encontros coletivos para orientações gerais comuns ou estudos dirigidos, desde que organizados pelo Grupo de Pesquisa e/ou Professor-Orientador. No TCC Projeto ocorrerão orientações com o professor da disciplina de TCC e somente no TCC Artigo ocorrerão as orientações individuais com os orientadores. Durante as orientações, o aluno fará o preenchimento do Formulário de Acompanhamento das Atividades, em uma via (Anexos 2 e 3) que fica sob sua responsabilidade. Esses registros deverão conter o visto do Professor do TCC ou do Professor-Orientador e do acadêmico e a descrição da tarefa solicitada. Cabe ao orientador preencher esta ficha, registrando se a atividade foi desenvolvida ou não.

6 6 O acadêmico que não mantiver contatos regulares com o professor da disciplina ou com o professor orientador, no mínimo uma vez ao mês, sem justificativa por escrito, protocolado e encaminhado à Coordenação de TCC, será advertido por escrito pelo professor-orientador (Anexo 4). Caso haja reincidência, por duas vezes e sem justificativas estabelecidas na legislação vigente, o Professor-Orientador poderá desistir da orientação do acadêmico, via documento protocolado, encaminhado ao Coordenador de TCC (Anexo 5). O acadêmico não poderá dar prosseguimento no trabalho, sem orientador, implicando em sua REPROVAÇÃO. A troca de Professor-Orientador só é permitida quando outro docente assumir formalmente a orientação, mediante apresentação de documento com justificativa pelo professor substituído à Coordenação do Curso (Anexo 6). A substituição só ocorrerá mediante a aprovação em reunião do Colegiado do Curso. 5. CO-ORIENTAÇÃO DO TCC Se houver necessidade, o Professor-Orientador e o orientado, poderão solicitar a colaboração ou a co-orientação de outros especialistas, de outros colegiados de cursos da FAG, para o bom andamento da pesquisa. O nome do co-orientador deverá constar no trabalho final como colaborador. As atribuições formais constantes neste manual de procedimentos serão sempre de responsabilidade do professor-orientador. 6. COMITÊ DE ÉTICA EM PESQUISA Os TCC que envolverem pesquisas com seres humanos e ou animais, deverão, antes da sua apresentação na forma de Projeto de Pesquisa, ser submetidos à análise pelo Comitê de Ética em Pesquisa da FAG, em cumprimento ao que dispõe a resolução nº. 196/96 do Conselho Nacional de Saúde.

7 7 7. ETAPAS DA PRODUÇÃO DO TCC 9º Período: a. Definição de sua área temática, escolhendo seu objeto de estudo; b. Reunião com o possível Professor-Orientador; c. Aceite do Professor-Orientador; d. Construção de um Projeto de Pesquisa, respeitando as normas do Manual de Trabalhos Acadêmicos da FAG em vigência, com orientação do Professor da disciplina de TCC Projeto; e. Redação da Introdução, Objetivos, Fundamentação Teórica e Metodologia; f. Cumprimento do cronograma estipulado pelo Professor-Orientador, mantendo registrado na ficha de atividades do professor-orientador; g. Se o TCC envolver pesquisa com seres humanos e/ou animais, o projeto de pesquisa deverá ser encaminhado, pelo acadêmico, ao Comitê de Ética em Pesquisa com Seres Humanos da FAG; h. Protocolo do Projeto de Pesquisa Junto ao Coopex como Iniciação Científica Voluntária (quando cabível); i. Caso o acadêmico não cumpra com o cronograma de atividades de TCC, o mesmo será sorteado, em reunião do Colegiado do Curso, conforme vagas remanescentes dos professores-orientadores, sem direito de escolha de área temática. O acadêmico deverá escrever o Projeto de Pesquisa de acordo com a proposta temática do professor-orientador escolhido. j. Entrega do Projeto de Pesquisa. A avaliação do projeto será realizada em ficha específica, disponibilizada a uma banca composta pelo professor da disciplina e por docente do colegiado do curso com atuação em área de pesquisa de abrangência do projeto,

8 8 contemplando os seguintes requisitos: i. Texto claro e bem escrito; ii. Objetivos bem estabelecidos; iii. Justificativa baseada em bibliografias atuais e abrangentes; iv. Metodologia permite o alcance dos objetivos propostos; v. Requisitos necessários para um trabalho de Graduação. (Obs.: Será reprovado o projeto de pesquisa que não tenha sido no mínimo protocolado ao Comitê de Ética da FAG, até o momento de sua entrega). 10 Período: k. Cumprimento do cronograma estipulado pelo Professor-Orientador, registrado na ficha de atividades (em duas vias); l. Coleta e Análise de Dados m. Seleção da Revista ou Periódico Científico; n. Redação dos Resultados e Discussão; o. Elaboração do Artigo Científico e da Apresentação Oral; p. Apresentação do TCC; q. Protocolo do Relatório de Pesquisa ao Comitê de Ética e Pesquisa em seres humanos; Obs.: Fichamento Bibliográfico O Professor-Orientador estipulará com seus orientados o número de leituras complementares. Estas leituras devem ser comunicadas ao professor-orientador para que o mesmo possa avaliar a contribuição ou não das mesmas em relação ao TCC do acadêmico. O não cumprimento de qualquer etapa do TCC acarretará em REPROVAÇÃO do acadêmico. 8. PRAZOS

9 9 Anualmente, os prazos serão apresentados como Cronograma de Atividades de TCC do Curso de Farmácia FAG, anexo ao final deste manual o cronograma do ano vigente (Anexo 10). O não cumprimento dos prazos para a entrega de documentos protocolados, para o projeto de pesquisa, a defesa, a reapresentação, ou a versão final, nas datas constantes no Cronograma, sem justificativa prevista na legislação, implica na REPROVAÇÃO do acadêmico e reapresentação com a próxima turma de formandos do curso, salvo casos omissos. Esta justificativa só será aceita quando encaminhada via protocolo a Coordenação do Curso de Farmácia, que juntamente com o Professor-Orientador emitirá parecer aceitando ou não a mesma. 9. APRESENTAÇÃO DO TCC A apresentação do TCC será realizada na forma de: Defesa, perante banca avaliadora, constituída pelo professor-orientador e mais dois outros profissionais convidados, com experiência profissional mínima comprovada de 3 anos ou estudos referentes à temática proposta pelo aluno, publicados em revistas ou periódicos (inciso I, art.11, cap.iv). A banca deverá ser escolhida com anuência do professor-orientador. Para o encaminhamento do trabalho a banca examinadora é necessário preencher o formulário de Encaminhamento para Banca Examinadora (Anexo 7), e juntamente com 3 cópias impressas em papel A4, encadernadas em espiral, e da Ficha de Acompanhamento das Atividades de TCC 8 período, o acadêmico deverá protocolar junto a Coordenação do TCC, até o prazo estipulado pelo Cronograma de Atividades de TCC do ano vigente. O aluno poderá ser dispensado da apresentação do TCC mediante comprovação da publicação do artigo em revista científica indexada da área farmacêutica ou através da

10 10 apresentação do trabalho em congresso da área farmacêutica mediante aprovação do colegiado do curso. A defesa do TCC consta de: a) Apresentação do TCC no máximo em 20 minutos; b) Argüição pela banca avaliadora no máximo em 5 minutos por membro da banca; c) Debate público (facultativo) no máximo em 5 minutos; d) Apreciação do trabalho (restrito a banca) no máximo 5 minutos. Não será permitido ao Professor-Orientador argüir nem auxiliar o acadêmico durante o processo de defesa (apresentação e argüição). Será permitido ao Professor-Orientador fazer suas considerações finais após a defesa. OBS.: O acadêmico poderá utilizar recursos audiovisuais, que deverão ser reservados com antecedência pela Coordenação do Curso. 10. AVALIAÇÃO DO TCC A disciplina de TCC (8 período) terá como avaliações: a) o Projeto de Pesquisa, que deverá ser protocolado ao final do período; b) as atividades a serem desenvolvidas nas aulas de TCC, conforme o plano de ensino da disciplina. A disciplina de TCC (10º período) terá como avaliações: a) Atividades práticas desenvolvidas durante a disciplina; b) o Trabalho de Conclusão de Curso, que deverá ser protocolado em data estabelecida em cronograma; c) defesa do Trabalho de Conclusão de Curso.

11 11 O trabalho será avaliado considerando-se o Capítulo VI do Regulamento Geral de Trabalhos de Conclusão de Curso da FAG, art.20, parágrafos 1º, 2º, 3º, 4º e 5º cujo teor é: 1º - É considerado aprovado o aluno que obtiver nota igual ou superior a 7 (sete). 2º - A nota final é resultante da avaliação do texto monográfico e da comunicação oral. 3º - A atribuição das notas dar-se-á após o encerramento da comunicação oral e da etapa de argüição, manifestação dos membros da banca e/ou comissão avaliadora. 4º - Para a atribuição das notas são utilizadas fichas individuais, em que os professores-avaliadores apõe suas notas. 5º - A nota obtida será comunicada ao acadêmico em edital organizado pelo Coordenador de TCC e registrada pela secretaria acadêmica. Considerar-se-á também o art.21 do documento supracitado que diz: ao aluno que não entregar o TCC, ou que não se apresentar para a sua defesa oral, sem motivo justificado na forma da legislação em vigor, não estará com o curso concluído, cabendo ao mesmo apresentar o TCC com a próxima turma. Para contemplar o parágrafo 2º do art.20 do Regulamento Geral de TCC da FAG, critérios específicos do curso serão considerados. A avaliação do Projeto de Pesquisa, no sétimo período considerará: i. Texto claro e bem escrito ii. Objetivos bem estabelecidos iii. Justificativa baseada em bibliografias atuais e abrangentes iv. Metodologia permite o alcance dos objetivos propostos v. Requisitos necessários para um trabalho de Graduação

12 12 banca examinadora avaliará: Para avaliação do trabalho de conclusão de curso, ao final do 8 semestre, a a. Quanto a estrutura do TCC: i. Clareza na Introdução e especificações do Objetivo. ii. Seqüência lógica da Metodologia. iii. Redação e consonância dos Resultados com o objetivo e metodologia propostos. iv. Coerência do conteúdo discutido. v. Conclusão do Trabalho vi. Cumprimento das normas b. Quanto a apresentação oral vii. Seqüência lógica da apresentação. viii. Postura e didática. ix. Domínio do Conteúdo. x. Argüição. Além da avaliação do trabalho escrito e da comunicação oral, o Professor- Orientador avaliará o desenvolvimento do trabalho acadêmico, nos seguintes itens: i. Elaboração do Projeto de Pesquisa. ii. Elaboração dos Fichamentos Bibliográficos. iii. Comparecimento pontual nos encontros de orientação. iv. Interesse e dedicação na execução do TCC.

13 13 v. Elaboração das correções sugeridas pelo orientador e reapresentação em data estabelecida. vi. Iniciativa. vii. Postura do acadêmico durante as orientações. viii. Cumprimento de todas as etapas do TCC. ix. Comprometimento com o desenvolvimento do TCC. x. Avaliação do crescimento e aprendizado na elaboração do TCC. A atribuição da nota final da defesa dar-se-á com base nos seguintes registros: BANCA EXAMINADORA Nota do TCC MÉDIA FINAL Valor 10,0 PARECER DA BANCA EXAMINADORA Orientador Membro 1 ( ) aprovado com louvor Membro 2 MÉDIA PARCIAL ( ) aprovado, desde que atendidas as recomendações mencionadas ( ) Reapresentar em 30 dias, a partir do protocolo do documento MÉDIA FINAL DEFESA Nota Desempenho Aluno + Média Parcial 2 ( ) não foi aprovado ( ) não compareceu Por se tratarem de disciplinas, o acadêmico estará sujeito à reprovação se não apresentar no mínimo 75% (setenta e cinco por cento) de presença nas mesmas.

14 REAPRESENTAÇÃO Segundo o Regulamento Geral de TCC da FAG, em seu Capítulo V, Seção IV, Parágrafos 1º e 2º, não é atribuída nota quando for sugerida a reformulação do texto escrito, ficando uma nova apresentação marcada para trinta dias após, contados da devolução do trabalho de conclusão de curso do acadêmico, feita mediante protocolo, e se o acadêmico for reprovado na reapresentação, o mesmo deverá refazer o trabalho e apresentá-lo na ocasião da próxima turma de concluintes do curso. 12. VERSÃO FINAL DO TCC De acordo com o prazo estabelecido pelo Cronograma de Atividades de TCC do curso de Farmácia, o acadêmico deverá protocolar 1 cópia da versão final do TCC (em papel A4, encadernado em espiral), depois da defesa e aprovação da banca examinadora, considerando as alterações propostas pelo Professor-Orientador e/ou banca examinadora, mediante entrega do formulário de encaminhamento da versão final assinado pelo Professor-Orientador (Anexo 8), além das folhas de aprovação, devidamente assinadas pelos componentes da banca examinadora, e de uma cópia em CD (identificada). Fica a critério do Professor-Orientador a orientação e encaminhamentos do acadêmico no sentido de publicação do trabalho em revistas científicas da área. 13. PROFESSOR-ORIENTADOR É atribuição do professor-orientador, conforme determinação do Regulamento Geral de TCC da FAG, em seu Capítulo V, Seção II, art.15, Incisos I a VII: I orientar trabalhos de acordo com sua área de formação e/ou de pesquisa; II orientar e acompanhar o processo de construção dos trabalhos acadêmicos que estiverem sob sua responsabilidade;

15 15 III orientar e indicar fontes bibliográficas e outros instrumentos de coleta de dados e informações para seu orientado; IV organizar o cronograma das atividades a serem desenvolvidas pelo aluno; V manter registros de controle de orientação e relatórios sobre o desempenho dos orientados; VI recomendar a comunicação do Trabalho de Conclusão de Curso dos acadêmicos que atingiram o nível científico estabelecido pelo Colegiado do Curso; VII comunicar ao coordenador do TCC o não cumprimento das atividades por parte do orientado, caso houver. Além destas atribuições, o professor-orientador deverá: a. cumprir com as datas definidas junto aos orientados para a realização das atividades; b. definir em que espaço físico da instituição atenderá seu(s) orientado(s), comunicando-os com antecedência, evitando sempre que possível atendimento nos corredores ou nos espaços de convivência; c. advertir o acadêmico por escrito quando este não estiver cumprindo as atividades propostas ou em desacordo com este manual de procedimentos de TCC. O Professor- Orientador deve arquivar uma cópia, e protocolar a advertência para a Coordenação de TCC do curso; d. avaliar e decidir se o acadêmico está apto a ser avaliado pela banca examinadora, após o cumprimento das etapas de elaboração do TCC. Caso contrário, o Professor-Orientador deve encaminhar um documento protocolado (Anexo 7) ao Coordenador do TCC, contendo a justificativa pela qual o acadêmico não será encaminhado à defesa e apresentação do TCC, assinado pelo acadêmico;

16 16 e. sugerir a Coordenação do TCC o nome dos membros que comporão a banca examinadora dos TCC sobre sua responsabilidade; f. encaminhar aos membros da banca examinadora uma cópia da versão final do TCC dos seus orientados, se necessário; g. participar como membro de banca examinadora dos TCC para os quais for convidado e/ou designado pelo coordenador de TCC; h. presidir a(s) banca(s) examinadora(s) dos trabalhos sob sua responsabilidade, responsabilizando-se também pela ata final e encaminhamento imediato ao Coordenador de TCC do(s) resultado(s); i. orientar o(s) acadêmico(s) nas correções e adequações sugeridas pela banca examinadora; Em caso de desistência de orientação, o Professor-Orientador deverá comunicar formalmente à Coordenação de TCC, justificando claramente os motivos da decisão. Após análise, o coordenador de TCC emitirá parecer descritivo deferindo ou não a desistência, considerando o seguinte: 1. o prazo de 60 (sessenta dias) após o início dos trabalhos com o orientador no semestre vigente; 2. desligamento da instituição; 3. motivos de saúde que o impeçam de desenvolver também outras atividades no colegiado e/ou na instituição.

17 ACADÊMICO ORIENTADO O Regulamento Geral de TCC da FAG em seu Capítulo V, Seção III, Incisos I a VII define como atribuições do aluno: I apresentar projeto de pesquisa ao professor-orientador; II cumprir o cronograma proposto pelo professor-orientador; III redigir o trabalho dentro das normas técnicas de trabalhos científicos, adotadas pelas instituições; IV comparecer às reuniões de orientação conforme dias e horários marcados pelo professor-orientador; V entregar três cópias do trabalho monográfico ao professor-orientador para leitura e avaliação, no prazo estabelecido pela Coordenação de TCC de cada curso, para sua comunicação; VI comunicar para a banca e/ou comissão avaliadora o Trabalho de Conclusão de Curso; VII após a apresentação, providenciar as correções necessárias e entregar ao Coordenador de TCC uma cópia do trabalho, com encadernação padronizada, de cada curso, para acervo bibliográfico da Faculdade. Fica expresso que: a. o acadêmico não poderá realizar a apresentação e defesa perante banca examinadora do seu TCC sem a autorização do Professor-Orientador, documentada e aprovada pelo colegiado. Nesse caso, a apresentação e defesa ficará para a próxima turma de concluintes do curso; b. é atividade do acadêmico a elaboração do TCC, com auxílio do Professor- Orientador. Copiar trabalhos já publicados, parcial ou integralmente é plágio

18 18 e implica na reprovação imediata do acadêmico, cabendo ao mesmo apresentar um outro tema, com a próxima turma de concluintes do curso. OBS.: Quando houver a comprovação do plágio por parte do professororientador ou dos membros da banca examinadora, deverá ser redigido um documento dirigido ao aluno, contendo os trabalhos já publicados que foram plagiados, o qual deverá assinar e ser instruído a não apresentar o trabalho. TODOS OS TRABALHOS DE TCC DO CURSO DE FARMÁCIA PASSARÃO POR PROGRAMA DE DETECÇÃO DE PLÁGIO. 16. CASOS OMISSOS Colegiado do Curso de Farmácia. Os casos omissos serão avaliados pelo Coordenador de TCC e deliberados pelo

19 19 ANEXOS

20 20 CURSO DE FARMÁCIA Anexo 1 Consentimento de Orientação Acadêmico(a): RA: Turma: Telefone: celular: Período: Linha de Pesquisa: Orientador(a): do professor: Aceito orientar o Trabalho de Conclusão de Curso acima referenciado. Professor Orientador Cascavel, de de 20.

21 21 CURSO DE FARMÁCIA Anexo 2 Ficha de Acompanhamento das atividades de TCC 9º período TÍTULO DO TRABALHO Acadêmico (a) Professor Orientador (a): RA: Telefone: DATA DA ORIENTAÇÃO DESCRIÇÃO DAS ATIVIDADES ATIVIDADE ATENDIDA SIM/NÃO/PARCIAL Orientador(a) ASSINATURAS Acadêmico(a) / / 20 / / 20 / / 20 / / 20 / / 20 ATENÇÃO! MÍNIMO DE 1 ENCONTRO MENSAL. ANOTAR NO CONTROLE OS ATENDIMENTOS VIA E- MAIL, PORÉM ESTE NÃO CONTA COMO NÚMERO MÍNIMO DE ENCONTROS MENSAIS.

22 22 CURSO DE FARMÁCIA Anexo 3 Ficha de Acompanhamento das atividades de TCC 10º período TÍTULO DO TRABALHO Acadêmico (a) Professor Orientador (a): RA: Telefone: DATA DA ORIENTAÇÃO DESCRIÇÃO DAS ATIVIDADES ATIVIDADE ATENDIDA SIM/NÃO/PARCIAL Orientador(a) ASSINATURAS Acadêmico(a) / / 20 / / 20 / / 20 / / 20 / / 20 ATENÇÃO! PROTOCOLAR AS ATIVIDADES DO 2º SEMESTRE, MÍNIMO DE 1 ENCONTRO MENSAL. ANOTAR NO CONTROLE OS ATENDIMENTOS VIA , PORÉM ESTE NÃO CONTA COMO NÚMERO MÍNIMO DE ENCONTROS MENSAIS.

23 23 CURSO DE FARMÁCIA Anexo 4 Advertência Disciplinar Acadêmico(a): Professor-Orientador(a): Pelo presente fica o(a) acadêmico(a) advertido(a) quanto a falta praticada em / /, ficando, ainda, ciente de que a reincidência em atos iguais, similares, ou que de qualquer forma conflitem com o Manual de Procedimentos de TCC do curso de Farmácia sujeitará o acadêmico a outras penalidades mais graves, podendo, inclusive, no acúmulo de três advertências, ser desligado, não permitindo o desenvolvimento do trabalho de conclusão de curso com o professor-orientador selecionado. Justificativa da Advertência: Cascavel, de de 20. Declaro-me ciente. Acadêmico(a) Testemunhas:

24 24 CURSO DE FARMÁCIA Anexo 5 Solicitação de Desligamento de Orientando(a) Acadêmico(a): RA: Turma: Telefone: celular: Período: Professor-Orientador(a): do professor: Motivo do Desligamento do(a) acadêmico(a): Professor-Orientador(a) Cascavel, de de 20. Parecer do Colegiado:( ) deferido ( ) indeferido, registrado em ata

25 25 CURSO DE FARMÁCIA Anexo 6 Solicitação de Alteração de Professor-Orientador Acadêmico(a): Professor-Orientador(a): Professor-Orientador Sugerido: Motivo de Alteração de Professor-Orientador(a): Acadêmico(a) Cascavel, de de 20. Parecer do Colegiado:( ) deferido ( ) indeferido, registrado em ata

26 26 CURSO DE FARMÁCIA Anexo 7 Encaminhamento para Banca Examinadora Como orientador(a) do trabalho de conclusão de curso intitulado encami nho para a Coordenação de Trabalhos de Conclusão Curso de Farmácia as sugestões dos nomes dos professores que poderão fazer parte da banca examinadora. ACADÊMICO (A) ASSINATURA: NOME ORIENTADOR (A) ASSINATURA: NOME MEMBRO DA BANCA INSTITUIÇÃO /CURSO: NOME MEMBRO DA BANCA INSTITUIÇÃO / CURSO: NOME Cascavel, de de 20. ATENÇÃO! O PROTOCOLO SOMENTE RECEBERÁ A DOCUMENTAÇÃO COMPLETA 1. ANEXAR: (3) EXEMPLARES DO TCC ENCADERNADOS EM ESPIRAL CONFORME AS NORMAS DA FAG. VERIFICAÇÃO ( ) 2. ANEXAR: ACOMPANHAMENTO DAS ATIVIDADES DO 2º SEMESTRE ( )

27 27 CURSO DE FARMÁCIA Anexo 8 Encaminhamento da Versão Final Cascavel, de de 20. Acadêmico(a): RA: Turma: Telefone: celular: Período: Linha de Pesquisa: Professor-Orientador(a): do professor: Encaminho a Coordenação de TCC do curso de Farmácia, 1 cópia da versão final do TCC em CD e 1 cópia da folha de aprovação, devidamente assinada pelos componentes da banca avaliadora. Professor-Orientador(a) Acadêmico(a) ATENÇÃO! O PROTOCOLO SOMENTE RECEBERÁ A DOCUMENTAÇÃO COMPLETA 1. ANEXAR: 1 CÓPIA DA FOLHA DE APROVAÇÃO 2. CÓPIA DO TCC EM CD, IDENTIFICADO VERIFICAÇÃO ( ) ( ) ( )

28 28 Anexo 9 FACULDADE ASSIS GURGACZ FAG CURSO DE FARMÁCIA Justificativa de não encaminhamento para Defesa Acadêmico(a): RA: Turma: Telefone: celular: Período: Professor-Orientador(a): do professor: Motivo do não encaminhamento para Defesa de TCC: Professor-Orientador(a) Cascavel, de de 20. Parecer do Colegiado:( ) deferido ( ) indeferido, registrado em ata

29 29 Anexo 10 CRONOGRAMA DE ATIVIDADES DE TCC DO CURSO DE FARMÁCIA 1º Semestre 2015 TCC PROJETO Data Local e Horário Atividades Até 16/03 Sala de aula Entrega da ficha de aceite do orientador Até 08/06 Protocolo da IES Protocolo no comitê de ética em animais (quando cabível) Até 08/06 Protocolo da IES Protocolo no comitê de ética em humanos (quando cabível) 15/06 Protocolo da IES - Protocolo do projeto de TCC (1 versão encadernada) + ficha de acompanhamento das atividades - Protocolo para o Coopex como Iniciação Científica Voluntária - Solicitação de materiais junto à coordenação de laboratórios Obs: O Coordenador de TCC, caso necessário, poderá alterar as datas dispostas neste calendário, após aprovação pelo Colegiado de Farmácia.

30 30 CRONOGRAMA DE ATIVIDADES DE TCC DO CURSO DE FARMÁCIA 2º Semestre 2015 TCC ARTIGO Data Local e Horário Atividades 09 de novembro 20 e 21 novembro 30 de novembro 30 de novembro Protocolo da IES Definidos em cronograma próprio Protocolo da IES A agendar - Protocolo do TCC (3 versões encadernadas) + ficha de acompanhamento das atividades + ficha de encaminhamento da versão final -Protocolo junto ao Coopex (relatório de pesquisa ICV) DEFESAS DE TCC Protocolo da versão final de TCC 1 versão encadernada + Versão em CD Reapresentações de TCC Obs: O Coordenador de TCC, caso necessário, poderá alterar as datas dispostas neste calendário, após aprovação pelo Colegiado de Farmácia.

REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES GERAIS

REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES GERAIS REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES GERAIS Art. 1º. Este regulamento disciplina o Trabalho de Conclusão de Curso - TCC dos Cursos das Faculdades Integradas Hélio Alonso,

Leia mais

FACULDADE DE ARARAQUARA CURSO DE BACHARELADO EM DIREITO

FACULDADE DE ARARAQUARA CURSO DE BACHARELADO EM DIREITO CURSO DE BACHARELADO EM DIREITO REGULAMENTO DE TRABALHO DE CURSO ARARAQUARA 2015 REGULAMENTO DO TRABALHO DE CURSO DE DIREITO Dispõe sobre a forma de operacionalização do Trabalho de Curso. CAPÍTULO I DAS

Leia mais

FUNDAÇÃO PRESIDENTE ANTÔNIO CARLOS FACULDADE PRESIDENTE ANTÔNIO CARLOS DE AIMORÉS SUMÁRIO

FUNDAÇÃO PRESIDENTE ANTÔNIO CARLOS FACULDADE PRESIDENTE ANTÔNIO CARLOS DE AIMORÉS SUMÁRIO REGULAMENTO DO PROJETO EMPRESARIAL CURSO DE ADMINISTRAÇÃO AIMORÉS/MG SUMÁRIO REGULAMENTO DO PROJETO EMPRESARIAL... 1 Objetivos... 4 Objetivos Específicos... 4 Duração do Projeto Empresarial... 5 Disciplina

Leia mais

REGULAMENTO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO - TCC

REGULAMENTO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO - TCC ASSOCIAÇÃO UNIFICADA PAULISTA DE ENSINO RENOVADO OBJETIVO - ASSUPERO - INSTITUTO DE ENSINO SUPERIOR DO RIO GRANDE DO NORTE - IESRN REGULAMENTO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO - TCC Natal/RN REGULAMENTO

Leia mais

CAMPUS DO PANTANAL REGULAMENTO DISCIPLINA DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO. Capítulo II. Da Natureza e objetivos do Trabalho de Conclusão de Curso

CAMPUS DO PANTANAL REGULAMENTO DISCIPLINA DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO. Capítulo II. Da Natureza e objetivos do Trabalho de Conclusão de Curso CAMPUS DO PANTANAL REGULAMENTO DISCIPLINA DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO Capítulo I Da Natureza e objetivos do Trabalho de Conclusão de Curso Art.1º O Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) do curso de

Leia mais

REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO DE GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS BIOLÓGICAS DA FACULDADE ANGLO- AMERICANO

REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO DE GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS BIOLÓGICAS DA FACULDADE ANGLO- AMERICANO REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO DE GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS BIOLÓGICAS DA FACULDADE ANGLO- AMERICANO Capítulo I Das disposições preliminares Art. 1º Este Regulamento tem por finalidade regulamentar

Leia mais

REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO DA FACULDADE BATISTA DE MINAS GERAIS

REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO DA FACULDADE BATISTA DE MINAS GERAIS REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO DA I - DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES FACULDADE BATISTA DE MINAS GERAIS Art. 1 O presente Regulamento tem por finalidade normatizar as atividades do Trabalho

Leia mais

MANUAL DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO ARTIGO CIENTÍFICO DO CURSO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL JORNALISMO CAPÍTULO I MODALIDADE DE TRABALHO

MANUAL DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO ARTIGO CIENTÍFICO DO CURSO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL JORNALISMO CAPÍTULO I MODALIDADE DE TRABALHO MANUAL DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO ARTIGO CIENTÍFICO DO CURSO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL JORNALISMO CAPÍTULO I MODALIDADE DE TRABALHO Art. 1º O presente Manual estabelece os princípios teórico-metodológicos

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO RIO DE JANEIRO CURSO DE FARMÁCIA

UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO RIO DE JANEIRO CURSO DE FARMÁCIA UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO RIO DE JANEIRO CURSO DE FARMÁCIA Junho 2014 O presente instrumento regulamenta as normas para elaboração de Trabalho de Conclusão de Curso para a graduação em Farmácia pela

Leia mais

REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO CAPÍTULO I CONSIDERAÇÕES PRELIMINARES

REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO CAPÍTULO I CONSIDERAÇÕES PRELIMINARES REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO CAPÍTULO I CONSIDERAÇÕES PRELIMINARES Art. 1º - Este regulamento visa orientar os alunos referente aos objetivos, critérios, procedimentos e mecanismos de

Leia mais

FACULDADE DE CIÊNCIAS DA SAÚDE CURSO DE FARMÁCIA REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO

FACULDADE DE CIÊNCIAS DA SAÚDE CURSO DE FARMÁCIA REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO FACULDADE DE CIÊNCIAS DA SAÚDE CURSO DE FARMÁCIA REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO Port.R-076/12, de 26/04/2012 CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES GERAIS Art. 1º O presente regulamento estabelece as

Leia mais

ANEXO 3 - Regulamento de TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO - TCC

ANEXO 3 - Regulamento de TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO - TCC ANEXO 3 - Regulamento de TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO - TCC REGULAMENTO DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO (TCC) Capítulo I Dos Objetivos Art. 1º - O presente Regulamento tem por objetivo estabelecer

Leia mais

REGULAMENTO DO PROJETO INTEGRADOR DOS CURSOS SUPERIORES DE TECNOLOGIA DA FACULDADE ARTHUR THOMAS

REGULAMENTO DO PROJETO INTEGRADOR DOS CURSOS SUPERIORES DE TECNOLOGIA DA FACULDADE ARTHUR THOMAS REGULAMENTO DO PROJETO INTEGRADOR DOS CURSOS SUPERIORES DE TECNOLOGIA DA FACULDADE ARTHUR THOMAS Rua Prefeito Faria Lima, 400, Jardim Maringá, Londrina PR Fone: (43) 3031-5050 CEP: 86.061-450 1 REGULAMENTO

Leia mais

CURSO DE ADMINISTRAÇÃO DE EMPRESAS NÚCLEO DOCENTE ESTRUTURANTE -NDE. Procedimentos para o Trabalho de Conclusão de Curso

CURSO DE ADMINISTRAÇÃO DE EMPRESAS NÚCLEO DOCENTE ESTRUTURANTE -NDE. Procedimentos para o Trabalho de Conclusão de Curso UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS Campus Arapiraca CURSO DE ADMINISTRAÇÃO DE EMPRESAS NÚCLEO DOCENTE ESTRUTURANTE -NDE Arapiraca-AL, 15 de Dezembro de 2011 Procedimentos para o Trabalho de Conclusão de Curso

Leia mais

FACULDADE DOM BOSCO DE PORTO ALEGRE

FACULDADE DOM BOSCO DE PORTO ALEGRE FACULDADE DOM BOSCO DE PORTO ALEGRE CURSO DE ADMINISTRAÇAO REGULAMENTO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO EM ADMINISTRAÇAO (ESA) CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Artigo 1º - O Estágio Supervisionado do Curso

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CENTRO-OESTE UNICENTRO SETOR DE CIÊNCIAS DA SAÚDE SES/G DEPARTAMENTO DE NUTRIÇÃO DENUT

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CENTRO-OESTE UNICENTRO SETOR DE CIÊNCIAS DA SAÚDE SES/G DEPARTAMENTO DE NUTRIÇÃO DENUT UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CENTRO-OESTE UNICENTRO SETOR DE CIÊNCIAS DA SAÚDE SES/G DEPARTAMENTO DE NUTRIÇÃO DENUT REGULAMENTO DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO DE NUTRIÇÃO GUARAPUAVA 2010 SÚMULA TÍTULO

Leia mais

FACULDADES INTEGRADAS BARROS MELO REGULAMENTO DA MONOGRAFIA OU TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO (TCC) CURSO DE DIREITO

FACULDADES INTEGRADAS BARROS MELO REGULAMENTO DA MONOGRAFIA OU TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO (TCC) CURSO DE DIREITO FACULDADES INTEGRADAS BARROS MELO REGULAMENTO DA MONOGRAFIA OU TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO (TCC) CURSO DE DIREITO Olinda/2008 1 FACULDADES INTEGRADAS BARROS MELO REGULAMENTO DA MONOGRAFIA OU TRABALHO

Leia mais

REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO

REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO 1 UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE INSTITUTO DE CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS - ICHS DEPARTAMENTO DE ADMINISTRAÇÃO E ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA VAD CURSO DE ADMINISTRAÇÃO REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE

Leia mais

Edital para seleção de orientadores e bolsistas de iniciação tecnológica e inovação para o período de 2016-2017

Edital para seleção de orientadores e bolsistas de iniciação tecnológica e inovação para o período de 2016-2017 Edital para seleção de orientadores e bolsistas de iniciação tecnológica e inovação para o período de 2016-2017 O Comitê Institucional dos Programas de Iniciação Científica (CIPIC) da Universidade Federal

Leia mais

EDITAL PARA SELEÇÃO DE ESTUDANTES MONITORES PARA O CURSO DE BACHARELADO EM DIREITO

EDITAL PARA SELEÇÃO DE ESTUDANTES MONITORES PARA O CURSO DE BACHARELADO EM DIREITO EDITAL PARA SELEÇÃO DE ESTUDANTES MONITORES PARA O CURSO DE BACHARELADO EM DIREITO A Diretoria da FCHPE e a Coordenação do Curso de Direito da Faculdade de Ciências Humanas de Pernambuco, com base no ANEXO

Leia mais

NORMAS PARA ELABORAÇÃO DO TCC CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM DESIGN DE INTERIORES

NORMAS PARA ELABORAÇÃO DO TCC CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM DESIGN DE INTERIORES NORMAS PARA ELABORAÇÃO DO TCC CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM DESIGN DE INTERIORES Capítulo I - Das Disposições Gerais Art. 1º. Este Regulamento dispõe sobre o Trabalho de Conclusão de Curso - TCC do Curso

Leia mais

REGULAMENTO DE MONOGRAFIA PARA CONCLUSÃO DO CURSO DE BACHARELADO EM DIREITO

REGULAMENTO DE MONOGRAFIA PARA CONCLUSÃO DO CURSO DE BACHARELADO EM DIREITO REGULAMENTO DE MONOGRAFIA PARA CONCLUSÃO DO CURSO DE BACHARELADO EM DIREITO A coordenação do curso de Direito, no uso de suas atribuições regimentais, institui o presente Regulamento de Trabalho de Conclusão

Leia mais

PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA VOLUNTÁRIO PIC DIREITO/UniCEUB EDITAL DE 2016

PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA VOLUNTÁRIO PIC DIREITO/UniCEUB EDITAL DE 2016 PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA VOLUNTÁRIO PIC DIREITO/UniCEUB EDITAL DE 2016 O reitor do Centro Universitário de Brasília UniCEUB, no uso de suas atribuições legais e estatutárias, torna público que

Leia mais

MANUAL DE PROCEDIMENTOS DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO (TCC) NUTRIÇÃO

MANUAL DE PROCEDIMENTOS DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO (TCC) NUTRIÇÃO UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CENTRO-OESTE, UNICENTRO DEPARTAMENTO DE NUTRIÇÃO DENUT/G MANUAL DE PROCEDIMENTOS DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO (TCC) NUTRIÇÃO GUARAPUAVA 2010 UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CENTRO-OESTE,

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO CARIRI PRÓ-REITORIA DE ENSINO PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO

UNIVERSIDADE FEDERAL DO CARIRI PRÓ-REITORIA DE ENSINO PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO CARIRI PRÓ-REITORIA DE ENSINO PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO EDITAL N 01/2015/PROEN-PROEX/UFCA PROGRAMA DE INTEGRAÇÃO DE ENSINO E EXTENSÃO PEEX As Pró Reitorias de Ensino e Extensão da

Leia mais

RESOLUÇÃO/CONSUNI Nº05/2012. Regulamenta os Cursos de Pós- Graduação Lato Sensu. RESOLVE

RESOLUÇÃO/CONSUNI Nº05/2012. Regulamenta os Cursos de Pós- Graduação Lato Sensu. RESOLVE RESOLUÇÃO/CONSUNI Nº05/2012 Regulamenta os Cursos de Pós- Graduação Lato Sensu. O Presidente do Conselho Universitário do Centro Universitário para o Desenvolvimento do Alto Vale do Itajaí - UNIDAVI, no

Leia mais

REGIMENTO DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU: ESPECIALIZAÇÃO EM ENSINO DE CIÊNCIAS Educar pela Pesquisa CAPÍTULO 1 DA ORGANIZAÇÃO GERAL

REGIMENTO DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU: ESPECIALIZAÇÃO EM ENSINO DE CIÊNCIAS Educar pela Pesquisa CAPÍTULO 1 DA ORGANIZAÇÃO GERAL REGIMENTO DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU: ESPECIALIZAÇÃO EM ENSINO DE CIÊNCIAS Educar pela Pesquisa CAPÍTULO 1 DA ORGANIZAÇÃO GERAL Art. 1 - O curso de Pós-Graduação Lato Sensu Especialização em

Leia mais

REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO LICENCIATURA EM MATEMÁTICA IFSP/CJO

REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO LICENCIATURA EM MATEMÁTICA IFSP/CJO REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO LICENCIATURA EM MATEMÁTICA IFSP/CJO Art. 1 o - Visando possibilitar a melhor adequação dos Trabalhos de Conclusão de Curso (TCC), obrigatório e que corresponde

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO OESTE DO PARÁ - UFOPA INSTITUTO DE ENGENHARIAS E GEOCIÊNCIAS CURSO DE BACHARELADO EM CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO

UNIVERSIDADE FEDERAL DO OESTE DO PARÁ - UFOPA INSTITUTO DE ENGENHARIAS E GEOCIÊNCIAS CURSO DE BACHARELADO EM CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO OESTE DO PARÁ - UFOPA INSTITUTO DE ENGENHARIAS E GEOCIÊNCIAS CURSO DE BACHARELADO EM CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO RESOLUÇÃO COLEGIADO DO CURSO DE CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO 01 / 2014 - DE 10

Leia mais

REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO ENFERMAGEM

REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO ENFERMAGEM REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO ENFERMAGEM CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Art. 1º O presente regulamento disciplina o processo de elaboração, apresentação e avaliação do Trabalho

Leia mais

REGIMENTO DO COMITÊ DE ÉTICA NA EXPERIMENTAÇÃO ANIMAL DA UNIVERSIDADE DE UBERABA (Aprovado pelo CEEA / UNIUBE em 28/03/2012) Capítulo I Do Comitê

REGIMENTO DO COMITÊ DE ÉTICA NA EXPERIMENTAÇÃO ANIMAL DA UNIVERSIDADE DE UBERABA (Aprovado pelo CEEA / UNIUBE em 28/03/2012) Capítulo I Do Comitê REGIMENTO DO COMITÊ DE ÉTICA NA EXPERIMENTAÇÃO ANIMAL DA UNIVERSIDADE DE UBERABA (Aprovado pelo CEEA / UNIUBE em 28/03/2012) Capítulo I Do Comitê Art. 1º - O Comitê de Ética na Experimentação Animal (CEEA)

Leia mais

REGULAMENTO DE ESTÁGIO OBRIGATÓRIO DO CURSO DE PSICOLOGIA ESTÁGIO PROFISSIONAL EM PSICOLOGIA (CURRÍCULO 3) I INTRODUÇÃO

REGULAMENTO DE ESTÁGIO OBRIGATÓRIO DO CURSO DE PSICOLOGIA ESTÁGIO PROFISSIONAL EM PSICOLOGIA (CURRÍCULO 3) I INTRODUÇÃO REGULAMENTO DE ESTÁGIO OBRIGATÓRIO DO CURSO DE PSICOLOGIA ESTÁGIO PROFISSIONAL EM PSICOLOGIA (CURRÍCULO 3) I INTRODUÇÃO O estágio curricular do curso de Psicologia é uma atividade obrigatória, em consonância

Leia mais

Regulamento Institucional

Regulamento Institucional FACULDADES INTEGRADAS DE CACOAL Regulamento Institucional COMITÊ EDITORIAL O Comitê Editorial da UNESC te como finalidade coordenar, orientar e avaliar a produção de artigos e similares para a publicação

Leia mais

REGULAMENTO DO RELATÓRIO FINAL DE ESTÁGIO/TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO

REGULAMENTO DO RELATÓRIO FINAL DE ESTÁGIO/TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO REGULAMENTO DO RELATÓRIO FINAL DE ESTÁGIO/TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO Normatiza a elaboração e apresentação do Relatório Final de Estágio do Curso de Tecnologia em Processos Gerenciais, que compreende

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº. 206 DE 14 DE DEZEMBRO DE 2011.

RESOLUÇÃO Nº. 206 DE 14 DE DEZEMBRO DE 2011. RESOLUÇÃO Nº. 206 DE 14 DE DEZEMBRO DE 2011. O CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA, EXTENSÃO E CULTURA DA UNIVERSIDADE FEDERAL DA GRANDE DOURADOS, no uso de suas atribuições legais e considerando o Parecer nº.

Leia mais

REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO LICENCIATURA EM FÍSICA

REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO LICENCIATURA EM FÍSICA REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO LICENCIATURA EM FÍSICA CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Art. 1º O presente Regulamento disciplina o processo de elaboração, apresentação e avaliação do

Leia mais

Capítulo IV Da Entrega da Versão Final

Capítulo IV Da Entrega da Versão Final UNIVERSIDADEFEDERAL DO AMAPÁ UNIFAP DEPARTAMENTO DE ARTES, LETRAS E COMUNICAÇÃO ESPECIALIZAÇÃO EM GÊNERO E DIVERSIDADE NA ESCOLA REGIMENTO DE TCC DO CURSO CAPÍTULO I Do Trabalho Art. 1. O Trabalho de conclusão

Leia mais

REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO DE GRADUAÇÃO EM MEDICINA DA FACULDADE ASSIS GURGACZ CAPÍTULO I DOS PRINCÍPIOS E FINS

REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO DE GRADUAÇÃO EM MEDICINA DA FACULDADE ASSIS GURGACZ CAPÍTULO I DOS PRINCÍPIOS E FINS REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO DE GRADUAÇÃO EM MEDICINA DA FACULDADE ASSIS GURGACZ CAPÍTULO I DOS PRINCÍPIOS E FINS Art. 1º. O Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) consiste em um trabalho

Leia mais

MANUAL DE PROCEDIMENTOS DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO - TCC DO CURSO DE DESIGN

MANUAL DE PROCEDIMENTOS DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO - TCC DO CURSO DE DESIGN UNIVERSIDADE DO OESTE DE SANTA CATARINA UNOESC ÁREA DAS CIÊNCIAS EXATAS E DA TERRA CURSO DE DESIGN MANUAL DE PROCEDIMENTOS DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO - TCC DO CURSO DE DESIGN São Miguel do Oeste,

Leia mais

RESOLUÇÃO TGT Nº 06/2015

RESOLUÇÃO TGT Nº 06/2015 ANO XLV N. 098 14/07/2015 SEÇÃO IV PÁG. 076 RESOLUÇÃO TGT Nº 06/2015 Niterói, 24 de junho de 2015 O Colegiado do Curso de Graduação em Engenharia de Telecomunicações, em reunião ordinária de 24/06/2015,

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 12/2005, DE 26/09/2005.

RESOLUÇÃO Nº 12/2005, DE 26/09/2005. SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MEC - CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DE UBERABA-MG CONSELHO DIRETOR RESOLUÇÃO Nº 12/2005, DE 26/09/2005. Aprova o Regulamento de Estágio dos Cursos do Centro Federal de

Leia mais

RESOLUÇÃO N 02/2016, DE 06 DE SETEMBRO DE 2016 CAPÍTULO I DA EXIGÊNCIA LEGAL

RESOLUÇÃO N 02/2016, DE 06 DE SETEMBRO DE 2016 CAPÍTULO I DA EXIGÊNCIA LEGAL RESOLUÇÃO N 02/2016, DE 06 DE SETEMBRO DE 2016 Estabelece as normas para o Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) da graduação em Nutrição. CAPÍTULO I DA EXIGÊNCIA LEGAL Art. 1º. A execução e aprovação no

Leia mais

MANUAL DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO (TCC) DO CURSO DE NUTRIÇÃO DA UNESC

MANUAL DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO (TCC) DO CURSO DE NUTRIÇÃO DA UNESC UNIVERSIDADE DO EXTREMO SUL CATARINENSE CURSO DE NUTRIÇÃO MANUAL DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO (TCC) DO CURSO DE NUTRIÇÃO DA UNESC CRICIÚMA, 2006. 1 INTRODUÇÃO A disciplina de Monografia de Conclusão

Leia mais

FACULDADE DE HORTOLÂNDIA Ato de Recredenciamento: Port. 673, 25/05/2011, D.O.U, de 26/05/2011, Seção 1, págs. 18/19

FACULDADE DE HORTOLÂNDIA Ato de Recredenciamento: Port. 673, 25/05/2011, D.O.U, de 26/05/2011, Seção 1, págs. 18/19 INSTITUTO EDUCACIONAL DO ESTADO DE SÃO PAULO Faculdade de Hortolândia REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO CURSO SUPERIOR DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO Hortolândia 2015 1 TRABALHO DE CONCLUSÃO DO

Leia mais

RESOLUÇÃO CONSEPE Nº 30/2016

RESOLUÇÃO CONSEPE Nº 30/2016 RESOLUÇÃO CONSEPE Nº 30/2016 A Presidente do Conselho Superior de Ensino, Pesquisa e Extensão CONSEPE da Universidade Estadual de Santa Cruz UESC, no uso de suas atribuições, considerando o deliberado

Leia mais

UNIVERSIDADE DE SANTA CRUZ DO SUL UNISC CURSO DE SERVIÇO SOCIAL REGULAMENTO DE ESTÁGIO CAPÍTULO I DA NATUREZA

UNIVERSIDADE DE SANTA CRUZ DO SUL UNISC CURSO DE SERVIÇO SOCIAL REGULAMENTO DE ESTÁGIO CAPÍTULO I DA NATUREZA UNIVERSIDADE DE SANTA CRUZ DO SUL UNISC CURSO DE SERVIÇO SOCIAL REGULAMENTO DE ESTÁGIO CAPÍTULO I DA NATUREZA Art. 1º O presente regulamento fixa diretrizes e normas básicas para o funcionamento dos estágios

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA INSTITUTO MULTIDISCIPLINAR EM SAUDE COLEGIADO DE FARMACIA. INSTRUÇÃO NORMATIVA N o 01/2011

UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA INSTITUTO MULTIDISCIPLINAR EM SAUDE COLEGIADO DE FARMACIA. INSTRUÇÃO NORMATIVA N o 01/2011 UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA INSTITUTO MULTIDISCIPLINAR EM SAUDE COLEGIADO DE FARMACIA INSTRUÇÃO NORMATIVA N o 01/2011 Revoga a resolução 03/2007 e estabelece as normas referentes ao Trabalho de Conclusão

Leia mais

NORMAS DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO

NORMAS DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO NORMAS DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO Regulamento das disciplinas "Projeto Experimental em Jornalismo", "Projeto Experimental em Radialismo" Projeto Experimental em Publicidade e Propaganda e Projeto

Leia mais

NORMAS DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DO CURSO DE AGRONOMIA

NORMAS DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DO CURSO DE AGRONOMIA MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIAS E TECNOLOGIA SERTÃO PERNAMBUCANO CAMPUS PETROLINA ZONA RURAL CURSO DE BACHARELADO EM AGRONOMIA

Leia mais

REGULAMENTO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO TCC INSTITUTO MASTER DE ENSINO PRESIDENTE ANTÔNIO CARLOS

REGULAMENTO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO TCC INSTITUTO MASTER DE ENSINO PRESIDENTE ANTÔNIO CARLOS REGULAMENTO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO TCC INSTITUTO MASTER DE ENSINO PRESIDENTE ANTÔNIO CARLOS Art. 1º O presente Regulamento tem por finalidade normatizar as atividades relacionadas com a elaboração,

Leia mais

Proposta de Regulamento do Trabalho de Conclusão de Curso

Proposta de Regulamento do Trabalho de Conclusão de Curso Proposta de Regulamento do Trabalho de Conclusão de Curso Art. 1º. Sujeitam-se à realização do Trabalho de Conclusão de Curso todos os alunos regularmente matriculados nos Cursos de Graduação da Faculdade

Leia mais

Regulamento de Trabalho de Conclusão de Curso. Curso de Secretariado Executivo Trilingue. Faculdade de Presidente Prudente

Regulamento de Trabalho de Conclusão de Curso. Curso de Secretariado Executivo Trilingue. Faculdade de Presidente Prudente Regulamento de Trabalho de Conclusão de Curso Curso de Secretariado Executivo Trilingue Faculdade de Presidente Prudente Regulamento de Trabalho de Conclusão de Curso Curso de Secretariado Executivo Trilingue

Leia mais

REGULAMENTO DOS TRABALHOS DE CONCLUSÃO DE CURSO DO CURSO DE ENGENHARIA DE MINAS DO CEFET/MG/CAMPUS ARAXÁ

REGULAMENTO DOS TRABALHOS DE CONCLUSÃO DE CURSO DO CURSO DE ENGENHARIA DE MINAS DO CEFET/MG/CAMPUS ARAXÁ SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DE MINAS GERAIS UNIDADE ARAXÁ COLEGIADO DO CURSO DE ENGENHARIA DE MINA REGULAMENTO DOS TRABALHOS DE CONCLUSÃO DE CURSO

Leia mais

REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO

REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO BACHARELADO EM ADMINISTRAÇÃO BACHARELADO EM CIÊNCIAS CONTÁBEIS LICENCIATURA EM LETRAS LICENCIATURA EM PEDAGOGIA Auriflama, agosto de 2013 1 REGULAMENTO DO

Leia mais

EDITAL DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA E TECNOLÓGICA DA FACULDADE MULTIVIX- VITÓRIA 003/2016 ALTERADO EM 14/06/2016

EDITAL DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA E TECNOLÓGICA DA FACULDADE MULTIVIX- VITÓRIA 003/2016 ALTERADO EM 14/06/2016 EDITAL DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA E TECNOLÓGICA DA FACULDADE MULTIVIX- VITÓRIA 003/2016 ALTERADO EM 14/06/2016 Chamada para submissão de Projetos de Iniciação Científica e Tecnológica A Direção Geral da FACULDADE

Leia mais

REGULAMENTO GERAL DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO TCC ENGENHARIA ELÉTRICA

REGULAMENTO GERAL DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO TCC ENGENHARIA ELÉTRICA REGULAMENTO GERAL DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO TCC ENGENHARIA ELÉTRICA TÍTULO I DOS OBJETIVOS Art. 1º. A Faculdade Guarapuava FG, tendo em vista o disposto no Artigo 101 do Regimento, e em atendimento

Leia mais

REGULAMENTO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO. Capítulo I Definições e Finalidades

REGULAMENTO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO. Capítulo I Definições e Finalidades REGULAMENTO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO Capítulo I Definições e Finalidades Art. 1º O presente Regulamento tem por finalidade normatizar as atividades relacionadas com a elaboração, apresentação e avaliação

Leia mais

NORMAS DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO

NORMAS DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO NORMAS DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO CAPÍTULO I - Das Disposições Preliminares Art. 1 - A presente norma tem como objetivo regulamentar a realização do

Leia mais

TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO

TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO O Projeto Pedagógico do Curso de Enfermagem do Centro Universitário do Cerrado - Patrocínio (UNICERP) fundamenta a ação pedagógica, a ser desenvolvida junto aos alunos, na

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECOLÓGICA DA BAHIA COORDENAÇÃO TÉCNICA DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECOLÓGICA DA BAHIA COORDENAÇÃO TÉCNICA DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECOLÓGICA DA BAHIA COORDENAÇÃO TÉCNICA DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA NORMAS COMPLEMENTARES PARA CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU DO CEFET-BA Normas adicionais

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO DINÂMICA DAS CATARATAS NORMAS PARA TCC TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO

CENTRO UNIVERSITÁRIO DINÂMICA DAS CATARATAS NORMAS PARA TCC TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO Regulamento da Disciplina de Trabalho de Conclusão do Curso de Sistemas de Informação da Faculdade Dinâmica das Cataratas Capítulo I Da Definição e Disposições Gerais Artigo 1o A Disciplina de Trabalho

Leia mais

NORMAS DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA DE TRANSPORTES

NORMAS DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA DE TRANSPORTES NORMAS DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA DE TRANSPORTES I COMPOSIÇÃO DA COMISSÃO COORDENADORA DO PROGRAMA A Comissão Coordenadora do Programa (CCP) Engenharia de Transportes da Escola Politécnica

Leia mais

REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO CURSO DE FISIOTERAPIA

REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO CURSO DE FISIOTERAPIA REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO CURSO DE FISIOTERAPIA Art.1 o Trabalho de Conclusão de Curso é elemento obrigatório à formação dos alunos regularmente matriculados no Curso de Fisioterapia,

Leia mais

FACULDADE FAUC/AUM CURSO EDUCAÇÃO FÍSICA - LICENCIATURA MANUAL DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO (TCC)

FACULDADE FAUC/AUM CURSO EDUCAÇÃO FÍSICA - LICENCIATURA MANUAL DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO (TCC) 1 FACULDADE FAUC/AUM CURSO EDUCAÇÃO FÍSICA - LICENCIATURA MANUAL DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO (TCC) 1 DEFINIÇÕES GERAIS 1.1 De acordo com o regulamento do Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) do Projeto

Leia mais

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DO CURSO DE MATEMÁTICA COM ÊNFASE EM INFORMÁTICA DA FACULDADE DE EDUCAÇÃO SÃO LUÍS DE JABOTICABAL SP

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DO CURSO DE MATEMÁTICA COM ÊNFASE EM INFORMÁTICA DA FACULDADE DE EDUCAÇÃO SÃO LUÍS DE JABOTICABAL SP ANEXO II REGULAMENTO DO PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DO CURSO DE MATEMÁTICA COM ÊNFASE EM INFORMÁTICA DA FACULDADE DE EDUCAÇÃO SÃO LUÍS DE JABOTICABAL SP CAPÍTULO I DA FINALIDADE E OBJETIVOS Art. 1º

Leia mais

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM PNEUMOLOGIA DA ESCOLA PAULISTA DE MEDICINA - UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO PAULO

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM PNEUMOLOGIA DA ESCOLA PAULISTA DE MEDICINA - UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO PAULO REGULAMENTO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM PNEUMOLOGIA DA ESCOLA PAULISTA DE MEDICINA - UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO PAULO Aprovado em Reunião ordinária da CEPG em 03 de setembro de 2013 Capítulo I Disposição

Leia mais

REGULAMENTO GERAL DA PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU IFCE

REGULAMENTO GERAL DA PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU IFCE REGULAMENTO GERAL DA PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU IFCE TÍTULO I - DA NATUREZA E DAS FINALIDADES CAPÍTULO I - DA CONSTITUIÇÃO E DOS OBJETIVOS CAPÍTULO II - DA IMPLANTAÇÃO E DO OFERECIMENTO TITULO II - DA

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO CAMPUS UNIVERSITÁRIO DO ARAGUAIA INSTITUTO DE CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS CURSO DE LETRAS

UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO CAMPUS UNIVERSITÁRIO DO ARAGUAIA INSTITUTO DE CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS CURSO DE LETRAS UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO CAMPUS UNIVERSITÁRIO DO ARAGUAIA INSTITUTO DE CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS CURSO DE LETRAS EDITAL Nº 01 LETRAS/ICHS/CUA/UFMT/2014 PROCESSO DE SELEÇÃO PARA CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO

Leia mais

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU REGULAMENTO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Praia Grande São Paulo Outubro de 2009 CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Artigo 1º - O presente Regulamento disciplina a organização e as atividades

Leia mais

REGIMENTO INTERNO DO COMITÊ DE ÉTICA EM PESQUISA EM SERES HUMANOS DA FACULDADE CATÓLICA DO TOCANTINS CEPh/FACTO

REGIMENTO INTERNO DO COMITÊ DE ÉTICA EM PESQUISA EM SERES HUMANOS DA FACULDADE CATÓLICA DO TOCANTINS CEPh/FACTO REGIMENTO INTERNO DO COMITÊ DE ÉTICA EM PESQUISA EM SERES HUMANOS DA FACULDADE CATÓLICA DO TOCANTINS CEPh/FACTO A FACTO, em cumprimento a Resolução nº. 196, do Conselho Nacional de Saúde (CNS/MS), expedida

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO IFRJ - CAMPUS SÃO GONÇALO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU ENSINO DE HISTÓRIAS E CULTURAS AFRICANAS E AFRO-BRASILEIRAS

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO IFRJ - CAMPUS SÃO GONÇALO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU ENSINO DE HISTÓRIAS E CULTURAS AFRICANAS E AFRO-BRASILEIRAS MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO IFRJ - CAMPUS SÃO GONÇALO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU ENSINO DE HISTÓRIAS E CULTURAS AFRICANAS E AFRO-BRASILEIRAS NORMAS PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHOS DE CONCLUSÃO DE CURSO

Leia mais

APÊNDICE III. REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO [TCC] BACHARELADO EM DESIGN IFSul Campus Pelotas

APÊNDICE III. REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO [TCC] BACHARELADO EM DESIGN IFSul Campus Pelotas APÊNDICE III REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO [TCC] BACHARELADO EM DESIGN IFSul Campus Pelotas TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO [TCC] BACHARELADO EM DESIGN IFSul Campus Pelotas CAPÍTULO I DA

Leia mais

Instrução Normativa do Programa de Pós-Graduação em Administração: Mestrado Profissional

Instrução Normativa do Programa de Pós-Graduação em Administração: Mestrado Profissional Instrução Normativa do Programa de Pós-Graduação em Administração: Mestrado Profissional Instrução Normativa PPGA nº 05 de 05/04/2016 Aprova as Normas para Apresentação da Dissertação do Programa de Pós-graduação

Leia mais

TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO DO CURSO DE EDUCAÇÃO FÍSICA - LICENCIATURA CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO DO CURSO DE EDUCAÇÃO FÍSICA - LICENCIATURA CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO DO CURSO DE EDUCAÇÃO FÍSICA - LICENCIATURA CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Art. 1º O Trabalho de Conclusão de Curso TCC é uma atividade curricular obrigatória para

Leia mais

RESOLUÇÃO. Santa Rosa, RS, 24 de abril de 2014.

RESOLUÇÃO. Santa Rosa, RS, 24 de abril de 2014. RESOLUÇÃO CAS Nº 04/2014 DISPÕE A CRIAÇÃO E REGULAMENTAÇÃO DO NÚCLEO DE PRÁTICAS CONTÁBEIS VINCULADO AO CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS DAS FACULDADES INTEGRADAS MACHADO DE ASSIS FEMA. O CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO

Leia mais

REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO CURSO DE EDUCAÇÃO FÍSICA - BACHARELADO CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO CURSO DE EDUCAÇÃO FÍSICA - BACHARELADO CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO CURSO DE EDUCAÇÃO FÍSICA - BACHARELADO CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Art. 1º O Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) é uma atividade curricular obrigatória

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS FACULDADE DE NUTRIÇÃO COORDENAÇÃO DO CURSO DE NUTRIÇÃO REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DO CURSO - TCC

UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS FACULDADE DE NUTRIÇÃO COORDENAÇÃO DO CURSO DE NUTRIÇÃO REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DO CURSO - TCC REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DO CURSO - TCC Goiânia 2015 Das Finalidades: REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DO CURSO - TCC Art. 1º - A elaboração do TCC, conforme estabelecido pelas Diretrizes

Leia mais

NORMAS PARA A CONFECÇÃO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO - TCC

NORMAS PARA A CONFECÇÃO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO - TCC UNIVERSIDADE SEVERINO SOMBRA PRÓ-REITORIA DE CIÊNCIAS MÉDICAS CURSO DE MEDICINA COORDENAÇÃO DO INTERNATO NORMAS PARA A CONFECÇÃO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO - TCC INTRODUÇÃO Este documento estabelece

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ INSTITUTO DE CULTURA E ARTE PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM FILOSOFIA

UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ INSTITUTO DE CULTURA E ARTE PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM FILOSOFIA UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ INSTITUTO DE CULTURA E ARTE PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM FILOSOFIA REGIMENTO INTERNO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM FILOSOFIA DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ Maio/2011 1

Leia mais

CAPÍTULO I DA NATUREZA E DOS OBJETIVOS

CAPÍTULO I DA NATUREZA E DOS OBJETIVOS REGULAMENTO DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO OBRIGATÓRIO DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO DA FACULDADE ARTHUR THOMAS CAPÍTULO I DA NATUREZA E DOS OBJETIVOS Art. 1º. Este Regulamento estabelece as políticas básicas das

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 16, DE 17 DE FEVEREIRO DE 2014.

RESOLUÇÃO Nº 16, DE 17 DE FEVEREIRO DE 2014. RESOLUÇÃO Nº 16, DE 17 DE FEVEREIRO DE 2014. O COLEGIADO DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA CIVIL DA FACULDADE DE ENGENHARIAS, ARQUITETURA E URBANISMO E GEOGRAFIA da Fundação Universidade Federal de Mato

Leia mais

EDITAL Nº 117/2015 Referente ao Aviso Nº 091/2015, publicado no D.O.E. de 30.10.2015

EDITAL Nº 117/2015 Referente ao Aviso Nº 091/2015, publicado no D.O.E. de 30.10.2015 EDITAL Nº 117/2015 Referente ao Aviso Nº 091/2015, publicado no D.O.E. de 30.10.2015 O REITOR DA UNIVERSIDADE DO ESTADO DA BAHIA (UNEB), no uso de suas atribuições legais e regimentais, torna público a

Leia mais

NORMAS PARA REALIZAÇÃO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO DO CURSO DE LICENCIATURA EM QUÍMICA

NORMAS PARA REALIZAÇÃO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO DO CURSO DE LICENCIATURA EM QUÍMICA MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA BAIANO CAMPUS GUANAMBI Distrito de Ceraíma, s/n Zona Rural - CP 09 - CEP: 46430000

Leia mais

PORTARIA D.FCF/CAr. 12/2015

PORTARIA D.FCF/CAr. 12/2015 TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO - TCC PORTARIA D.FCF/CAr. 12/2015 Dispõe sobre o Regulamento do Trabalho de Conclusão de Curso - TCC do Curso de Engenharia de Bioprocessos e Biotecnologia da Faculdade de

Leia mais

REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO DO CURSO DE LICENCIATURA EM EDUCAÇÃO FÍSICA

REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO DO CURSO DE LICENCIATURA EM EDUCAÇÃO FÍSICA 1 REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO DO CURSO DE LICENCIATURA EM EDUCAÇÃO FÍSICA 2 REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DO CURSO DE LICENCIATURA EM EDUCAÇÃO FÍSICA O Trabalho de Conclusão de

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE OURO PRETO

UNIVERSIDADE FEDERAL DE OURO PRETO NORMAS GERAIS DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO I. Do conteúdo do Trabalho de Conclusão de Curso. Art. 1º O Trabalho de Conclusão de Curso (TCC), consiste na elaboração de um trabalho final, individual,

Leia mais

RESOLUÇÃO. Bragança Paulista, 19 de março de José Antonio Cruz Duarte, OFM Vice-Reitor no exercício da presidência

RESOLUÇÃO. Bragança Paulista, 19 de março de José Antonio Cruz Duarte, OFM Vice-Reitor no exercício da presidência RESOLUÇÃO CONSEPE 14/2009 APROVA O REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO DO CURSO DE CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO, CURRÍCULO 0001-B, DO CAMPUS DE ITATIBA, DA UNIVERSIDADE SÃO FRANCISCO. O Vice-Reitor

Leia mais

REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO CURSO DE HISTÓRIA

REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO CURSO DE HISTÓRIA 1 REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO CURSO DE HISTÓRIA CAPÍTULO I NOMENCLATURA E NATUREZA Art.1º O trabalho de Conclusão do Curso de História TCC constitui-se na elaboração de uma Monografia

Leia mais

REGULAMENTAÇÃO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO (TCC I E II) DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO

REGULAMENTAÇÃO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO (TCC I E II) DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO REGULAMENTAÇÃO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO (TCC I E II) DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO I APRESENTAÇÃO E CARACTERIZAÇÃO ART 1º. Considera-se Trabalho de Conclusão de Curso as atividades

Leia mais

Centro de Ciências da Saúde

Centro de Ciências da Saúde Regulamento do estágio supervisionado curricular obrigatório e nãoobrigatório do curso de graduação em Terapia Ocupacional Título I - Dos Estágios Supervisionados Art. 1º. Os estágios supervisionados são

Leia mais

COORDENAÇÃO DO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS PORTARIA NORMATIVA Nº. 01, 23 DE AGOSTO DE 2013.

COORDENAÇÃO DO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS PORTARIA NORMATIVA Nº. 01, 23 DE AGOSTO DE 2013. COORDENAÇÃO DO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS PORTARIA NORMATIVA Nº. 01, 23 DE AGOSTO DE 2013. Institui as normas e as atividades de visitas técnicas aprovadas para o aproveitamento

Leia mais

NORMAS PARA O DESENVOLVIMENTO DE MONOGRAFIAS DO DCIEN/FFP. I. Considerações Iniciais

NORMAS PARA O DESENVOLVIMENTO DE MONOGRAFIAS DO DCIEN/FFP. I. Considerações Iniciais NORMAS PARA O DESENVOLVIMENTO DE MONOGRAFIAS DO DCIEN/FFP I. Considerações Iniciais I.1) O aluno do Curso de Licenciatura em Ciências Biológicas da Faculdade de Formação de Professores da UERJ, deverá

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PAMPA - UNIPAMPA CAMPUS DE URUGUAIANA

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PAMPA - UNIPAMPA CAMPUS DE URUGUAIANA UNIVERSIDADE FEDERAL DO PAMPA - UNIPAMPA CAMPUS DE URUGUAIANA REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO FARMÁCIA - UNIPAMPA Uruguaiana, 13 de setembro de 2010. 1 REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO

Leia mais

Regulamentação : Trabalho de Conclusão de Curso de Design

Regulamentação : Trabalho de Conclusão de Curso de Design Regulamentação : Trabalho de Conclusão de Curso de Design O projeto pedagógico do curso de design da UFC prevê a realização de Trabalho de Conclusão de Curso, opção prevista no artigo 9 da Resolução no

Leia mais

FACULDADE PADRE JOÃO BAGOZZI PÓS-GRADUAÇÃO BAGOZZI - NÚCLEO DE CIENCIAS DA ADMINISTRAÇÃO E DESENVOLVIMENTO

FACULDADE PADRE JOÃO BAGOZZI PÓS-GRADUAÇÃO BAGOZZI - NÚCLEO DE CIENCIAS DA ADMINISTRAÇÃO E DESENVOLVIMENTO FACULDADE PADRE JOÃO BAGOZZI PÓS-GRADUAÇÃO BAGOZZI - NÚCLEO DE CIENCIAS DA ADMINISTRAÇÃO E DESENVOLVIMENTO ORIENTAÇÕES PARA REALIZAÇÃO, CORREÇÃO DO TCC TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO PÓS-GRADUANDOS MATRICULADOS

Leia mais

Rua Visconde de Inhaúma, 730 - Bairro Nova Gerty - São Caetano do Sul - SP - CEP: 09571-380 Fone/Fax: (11) 4239-2020

Rua Visconde de Inhaúma, 730 - Bairro Nova Gerty - São Caetano do Sul - SP - CEP: 09571-380 Fone/Fax: (11) 4239-2020 EDITAL PRONATEC CULTURA/FASCS 001/2015 A Fundação das Artes de São Caetano do Sul e o Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego, no uso da competência que lhe confere o artigo 11 da Resolução

Leia mais

Regulamento do Núcleo de Apoio à Pesquisa do Curso de Medicina da UNIFENAS-BH

Regulamento do Núcleo de Apoio à Pesquisa do Curso de Medicina da UNIFENAS-BH Regulamento do Núcleo de Apoio à Pesquisa do Curso de Medicina da UNIFENAS-BH CAPÍTULO I DA CONSTITUIÇÃO Art. 1º O Núcleo de Apoio à Pesquisa do Curso de Medicina da UNIFENAS-BH (NAPMED-BH) foi criado

Leia mais

REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO - TCC DOS CURSOS DE GEOGRAFIA LICENCIATURA E BACHARELADO

REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO - TCC DOS CURSOS DE GEOGRAFIA LICENCIATURA E BACHARELADO REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO - TCC DOS CURSOS DE GEOGRAFIA LICENCIATURA E BACHARELADO Resolução nº 003/2006 da Pró-Reitoria de Graduação Em atendimento ao Regulamento Geral dos Trabalhos

Leia mais

ANEXO À RESOLUÇÃO Nº 001/2016 DO CONSELHO ACADÊMICO DE 17 DE FEVEREIRO DE 2016.

ANEXO À RESOLUÇÃO Nº 001/2016 DO CONSELHO ACADÊMICO DE 17 DE FEVEREIRO DE 2016. ANEXO À RESOLUÇÃO Nº 001/2016 DO CONSELHO ACADÊMICO DE 17 DE FEVEREIRO DE 2016. REGULAMENTO PARA O TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO (TCC) DO CURSO DE TECNOLOGIA EM DESIGN DE INTERIORES DO IFMG CAMPUS SANTA

Leia mais