A SITUAÇÃO DA MANUTENÇÃO NO BRASIL

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "A SITUAÇÃO DA MANUTENÇÃO NO BRASIL"

Transcrição

1 A SITUAÇÃO DA MANUTENÇÃO NO BRASIL Setembro / 2007

2 MANUTENÇÃO DESCENTRALIZADA

3 NÍVEL HIERÁRQUICO RQUICO DA MANUTENÇÃO

4 EMPREGADOS PRÓPRIOS PRIOS DE MANUTENÇÃO No ano de 2007, a atividade de manutenção nestas empresas, emprega pessoas (empregados próprios), o que corresponde 23,24% (valor médio) do total de empregados de cada empresa.

5 RECURSOS HUMANOS DA MANUTENÇÃO Distribuição do Pessoal Próprio de Manutenção, Gerenciamento e Supervisão

6 RECURSOS HUMANOS DA MANUTENÇÃO Níveis Hierárquicos na Manutenção

7 RECURSOS HUMANOS DA MANUTENÇÃO Podemos observar um aumento da presença de pessoal de nível superior e técnico de nível médio nas atividades de manutenção durante os últimos anos. A mão-de-obra qualificada nas atividades de manutenção vem se mantendo constante ao longo dos últimos anos. Podemos observar que as empresas estão mantendo ou melhorando o nível de qualificação do pessoal da área de manutenção.

8 ROTATIVIDADE DE PESSOAL NA ÁREA DE MANUTENÇÃO O valor médio do "Turnover" na área de manutenção, nos últimos 14 anos é de 2,37% com um desvio padrão de 0,24%.

9 REDUÇÃO SENSÍVEL NA CONTRATAÇÃO DE PESSOAL NA ÁREA DE MANUTENÇÃO

10 O CUSTO DA MANUTENÇÃO EM RELAÇÃO AO FATURAMENTO DAS EMPRESAS CONTINUA REPRESENTANDO UMA PARCELA SIGNIFICATIVA DO PIB.

11 CUSTO DA MANUTENÇÃO EM RELAÇÃO AO FATURAMENTO DAS EMPRESAS

12 TENDÊNCIA DOS GASTOS COM PESSOAL NA ÁREA DE MANUTENÇÃO

13 MANUTENÇÃO CONTRATADA Conceito da Qualidade dos Serviços Contratados Nas pesquisas de 2005 e 2007 podemos observar que 74% das empresas pesquisadas consideram os serviços contratados como "bom e muito bom".

14 MANUTENÇÃO CONTRATADA Tendência da Contratação nas Empresas nos Próximos Anos

15 MANUTENÇÃO CONTRATADA Prioridade nas Empresas Quando da Contratação As pesquisas, em 2005 e 2007, mostram que "Qualidade e Preço" são fatores importantes para as empresas quando da contratação de serviços.

16 CONTROLE DA MANUTENÇÃO Homens.hora Apropriados em Serviços de Manutenção em Relação ao Total de Homens.hora Trabalhados "Manutenção Corretiva, Preventiva, Preditiva e Outros"

17 CONTROLE DA MANUTENÇÃO Principais Indicadores de Desempenho da Manutenção

18 CONTROLE DA MANUTENÇÃO Estoque Valor do Estoque / Custo Total da Manutenção e Rotatividade do Estoque Podemos observar uma tendência de redução do Custo do Estoque para o Custo Total de Manutenção na pesquisa de 2007, assim como, o aumento da rotatividade de estoque para 5 meses.

19 CONTROLE DA MANUTENÇÃO Disponibilidade Operacional

20 INFORMÁTICA NA MANUTENÇÃO Tipos de Software Utilizados na Manutenção

21 INFORMÁTICA NA MANUTENÇÃO Tipos de Equipamentos (Hardware) Utilizados na Manutenção

22 INFORMÁTICA NA MANUTENÇÃO Principais Aplicações da Informática na Manutenção

23 IDADE MÉDIA M DOS EQUIPAMENTOS E INSTALAÇÕES

24 O PNQC CONTINUA MANTENDO SUA PRESENÇA A JUNTO ÀS S EMPRESAS BRASILEIRAS

25 QUALIDADE NA MANUTENÇÃO Ferramentas Utilizadas para Promover a Qualidade

26 TREINAMENTO E DESENVOLVIMENTO TECNOLÓGICO Relação Entre o Total de Horas Disponíveis para o Treinamento e o Total de Horas Disponíveis do Pessoal de Manutenção (Anual)

27 TREINAMENTO E DESENVOLVIMENTO TECNOLÓGICO Como é Preservada e Desenvolvida a Tecnologia de Manutenção?

28 TREINAMENTO E DESENVOLVIMENTO TECNOLÓGICO Identificação de Novas Tecnologias de Manutenção nas Empresas

29 TREINAMENTO E DESENVOLVIMENTO TECNOLÓGICO A Manutenção Possui Atividade de Engenharia da Manutenção?

30 TREINAMENTO E DESENVOLVIMENTO TECNOLÓGICO Quantitativo Alocado à Atividade de Engenharia de Manutenção

31 TREINAMENTO E DESENVOLVIMENTO TECNOLÓGICO Efetivo da Engenharia de Manutenção Engenheiros, Técnicos Especializados e Outros"

32 Próximo: Documento Nacional 2009 Contamos com a sua colaboração.

Gerenciamento da Manutenção. Competência: Proporcionar ao aluno conhecimentos para planejar e administrar a manutenção.

Gerenciamento da Manutenção. Competência: Proporcionar ao aluno conhecimentos para planejar e administrar a manutenção. Gerenciamento da Manutenção Competência: Proporcionar ao aluno conhecimentos para planejar e administrar a manutenção. Conhecer, identificar e caracterizar e aplicar as técnicas de detecção e análise de

Leia mais

DOCUMENTO NACIONAL A SITUAÇÃO DA MANUTENÇÃO NO BRASIL

DOCUMENTO NACIONAL A SITUAÇÃO DA MANUTENÇÃO NO BRASIL DOCUMENTO NACIONAL A SITUAÇÃO DA MANUTENÇÃO NO BRASIL QUESTIONÁRIO INTRODUÇÃO O intuito deste questionário é realizar um levantamento de dados para estabelecimento de índices, a nível nacional, objetivando

Leia mais

2.6 Conceito de controle de processo...47 2.6.1 Manutenção de equipamentos e processo gerencial...48 2.7 GQT e atividades de manutenção de

2.6 Conceito de controle de processo...47 2.6.1 Manutenção de equipamentos e processo gerencial...48 2.7 GQT e atividades de manutenção de Sumário Prefácio à 2ª edição...11 Prefácio...13 1 Visão geral da manutenção de equipamentos...17 1.1 Introdução...19 1.2 Conceito de manutenção...19 1.3 Abrangência das atividades de manutenção...21 1.4

Leia mais

Projeto: ENGENHARIA DE MANUTENÇÃO. Benchmarking Segmento: Farmacêutico

Projeto: ENGENHARIA DE MANUTENÇÃO. Benchmarking Segmento: Farmacêutico Projeto: ENGENHARIA DE MANUTENÇÃO Benchmarking Segmento: Farmacêutico Eng. José Wagner Braidotti Junior Forma de atuação: Mista Nível Hierárquico: Diretoria: 70% Gerencial: 30% Almoxarifado: Próprio: 75%

Leia mais

Normas ISO:

Normas ISO: Universidade Católica de Pelotas Tecnólogo em Análise e Desenvolvimento de Sistemas Disciplina de Qualidade de Software Normas ISO: 12207 15504 Prof. Luthiano Venecian 1 ISO 12207 Conceito Processos Fundamentais

Leia mais

MANUTENÇÃO SISTEMAS INFORMATIZADOS PARA O PLANEJAMENTO E CONTROLE DA MANUTENÇÃO. CCMS- Computer Maintenance Management System

MANUTENÇÃO SISTEMAS INFORMATIZADOS PARA O PLANEJAMENTO E CONTROLE DA MANUTENÇÃO. CCMS- Computer Maintenance Management System MANUTENÇÃO SISTEMAS INFORMATIZADOS PARA O PLANEJAMENTO E CONTROLE DA MANUTENÇÃO CCMS- Computer Maintenance Management System Prof. Dissenha professor@dissenha.net SISTEMAS INFORMATIZADOS PARA O PLANEJAMENTO

Leia mais

APRESENTAÇÃO INSTITUCIONAL PROJETO DE SERVIÇOS DE IMPRESSÃO E CÓPIAS EQUIPAMENTOS NOVOS E SUPRIMENTOS ORIGINAIS

APRESENTAÇÃO INSTITUCIONAL PROJETO DE SERVIÇOS DE IMPRESSÃO E CÓPIAS EQUIPAMENTOS NOVOS E SUPRIMENTOS ORIGINAIS APRESENTAÇÃO INSTITUCIONAL PROJETO DE SERVIÇOS DE IMPRESSÃO E CÓPIAS EQUIPAMENTOS NOVOS E SUPRIMENTOS ORIGINAIS SOBRE NÓS A Equipa atua há 39 anos no mercado de distribuição, soluções de impressão, gestão

Leia mais

Eletrificação de Reservas Extrativistas com Sistemas Fotovoltaicos em Xapuri - Acre

Eletrificação de Reservas Extrativistas com Sistemas Fotovoltaicos em Xapuri - Acre ENCONTRO DE TRABALHO LUZ PARA TODOS NA REGIÃO NORTE 27/28 de maio 2007 Eletrificação de Reservas Extrativistas com Sistemas Fotovoltaicos em Xapuri - Acre Ações para Disseminação de Fontes Renováveis de

Leia mais

Reduza seus custos e amplie a sua competitividade

Reduza seus custos e amplie a sua competitividade Reduza seus custos e amplie a sua competitividade Nesse exato momento, na sua empresa, existem recursos sendo gastos ALÉM DA necessidade. Se você pudesse identificá-los, poderia realocar esses valores

Leia mais

Tendências na área de Recursos Humanos

Tendências na área de Recursos Humanos Tendências na área de Recursos Humanos Confira a 6ª edição do maior censo de Recursos Humanos, realizado pelo RH Portal em 2016. Veja o que os profissionais estão falando sobre a realidade do RH no mercado

Leia mais

O QUE É UM SISTEMA DE GESTÃO?

O QUE É UM SISTEMA DE GESTÃO? O QUE É UM SISTEMA DE GESTÃO? É UM SISTEMA DE GERENCIAMENTO DOS FATORES DE PRODUÇÃO, MÁQUINAS, EQUIPAMENTOS, PROCESSOS E RECURSOS HUMANOS, VOLTADOS PARA A SOBREVIVÊNCIA DA EMPRESA, ATRAVÉS DA BUSCA CONSTANTE

Leia mais

SUBGERÊNCIA DE GESTÃO EDUCACIONAL

SUBGERÊNCIA DE GESTÃO EDUCACIONAL PLANO DE CURSO Curso: Engenharia Mecânica Componente curricular: Manutenção Industrial Turma/turno: 9ENG-G1 Professor: Vinicius Erler de Sousa Ramos Período de execução: 21/02/2017 a 04/07/2017 Carga horária

Leia mais

ÓTICA, ONDAS E ELETROMAGNETISMO CIÊNCIAS E TECNOLOGIA DOS MATERIAIS

ÓTICA, ONDAS E ELETROMAGNETISMO CIÊNCIAS E TECNOLOGIA DOS MATERIAIS ÓTICA, ONDAS E ELETROMAGNETISMO CIÊNCIAS E TECNOLOGIA DOS MATERIAIS ESTATISTICA E PROBABILIDADE CALCULO DE DUAS VARIAVEIS CONTEÚDO ANEXO 01 (Conteúdo do EXIN 2016.1 Arquitetura - Campus Mossoró) 3ª série

Leia mais

DE TECNOLOGIA METROFERROVIÁRIA. Implantação do Gerenciamento de Projetos Conforme Padrão Guia PMBOK na. Companhia do Metropolitano de São Paulo Metrô

DE TECNOLOGIA METROFERROVIÁRIA. Implantação do Gerenciamento de Projetos Conforme Padrão Guia PMBOK na. Companhia do Metropolitano de São Paulo Metrô 15ª SEMANA DE TECNOLOGIA METROFERROVIÁRIA Implantação do Gerenciamento de Projetos Conforme Padrão Guia PMBOK na Gerência de Projetos e Concepção de Sistemas - GCS Companhia do Metropolitano de São Paulo

Leia mais

Tópicos Especiais em Engenharia de Produção

Tópicos Especiais em Engenharia de Produção Tópicos Especiais em Engenharia de Produção Tema (desde 2015) Gestão da Cadeia de Suprimentos Supply Chain Management Prof. Valério Salomon www.feg.unesp.br/salomon Os profissionais mais bem pagos do momento

Leia mais

PARCERIA INTELIGENTE PARA SUA FROTA E LOGÍSTICA

PARCERIA INTELIGENTE PARA SUA FROTA E LOGÍSTICA PARCERIA INTELIGENTE PARA SUA FROTA E LOGÍSTICA Frota moderna, equipe especializada, infraestrutura e tecnologia não é fácil implementar uma gestão logística eficiente. Para fazer com que ela seja planejada

Leia mais

Limpeza e Conservação. Manutenção Predial. Brigada de Incêndio. Apoio Administrativo. Gerenciamento e Fiscalização. Multi Serviços.

Limpeza e Conservação. Manutenção Predial. Brigada de Incêndio. Apoio Administrativo. Gerenciamento e Fiscalização. Multi Serviços. Manutenção Predial Limpeza e Conservação Brigada de Incêndio Apoio Administrativo Gerenciamento e Fiscalização Apresentação Multi Serviços Quem Somos 19 anos de atuação 40 clientes ativos 70 milhões de

Leia mais

GERENCIAMENTO DA CONSTRUÇÃO CIVIL

GERENCIAMENTO DA CONSTRUÇÃO CIVIL GERENCIAMENTO DA CONSTRUÇÃO CIVIL FSP - Faculdade Sudoeste Paulista Departamento Engenharia Civil ENGª. M.Sc. Ana Lúcia de Oliveira Daré Cap. 10: O CONTROLE DE OBRAS 10.1 GENERALIDADES Controle de Obras

Leia mais

CONTRATA. Interessados entrar em contato pelo fone: (42) / enviar currículo para com o assunto Evento Pet Cusos

CONTRATA. Interessados entrar em contato pelo fone: (42) / enviar currículo para com o assunto Evento Pet Cusos ANALISTA DE TI: Masculino, possuir superior completo em Tecnologia Sistemas de Informação (UTFPR) ou a fins, experiência na função, diferencial ter atuado no varejo, conhecimento em banco de dados, redes,

Leia mais

ANEXO XI-B ACORDO DE NÍVEL DE SERVIÇO ANS

ANEXO XI-B ACORDO DE NÍVEL DE SERVIÇO ANS ANEXO XI-B ACORDO DE NÍVEL DE SERVIÇO ANS 1. Disponibilidade dos serviços do ambiente de produção Meta aceitável Garantir que os serviços do ambiente de produção do Data Center do estejam disponíveis para

Leia mais

www.maconeglian.com.br Quem Somos A MA CONEGLIAN é uma empresa dedicada ao ramo da engenharia elétrica, com 17 anos de atividade e grande experiência. Temos o intuito de oferecer à sua empresa nossos serviços

Leia mais

Frota própria de mais de 350 (trezentos e cinquenta) veículos.

Frota própria de mais de 350 (trezentos e cinquenta) veículos. Contagem, 31 de Março de 2016 A: Represa Ville A/C Sra. Carla Vieira REF.: SERVIÇOS DE : VIGILÂNCIA O Grupo MACOR conta hoje com mais de 1.400 colaboradores distribuídos nas suas Filiais e Matriz onde

Leia mais

Plano Financeiro. Projeto Empreendedor Redes de Computadores

Plano Financeiro. Projeto Empreendedor Redes de Computadores Plano Operacional e Plano Financeiro Projeto Empreendedor Redes de Computadores Plano Operacional 1.Layout Por meio do layout ou arranjo físico, você irá definir como será a distribuição dos diversos setores

Leia mais

CIPA COMISSÃO INTERNA DE PREVENÇÃO DE ACIDENTES. Jeferson Seidler

CIPA COMISSÃO INTERNA DE PREVENÇÃO DE ACIDENTES. Jeferson Seidler CIPA COMISSÃO INTERNA DE PREVENÇÃO DE ACIDENTES Objetivo A Comissão Interna de Prevenção de Acidentes CIPA tem como objetivo a prevenção de acidentes e doenças decorrentes do trabalho, de modo a tornar

Leia mais

GESTÃO DA MANUTENÇÃO DE FROTAS. "SOFIT 4TRANSPORT O SOFTWARE MAIS LEVE E FÁCIL DE USAR.

GESTÃO DA MANUTENÇÃO DE FROTAS. SOFIT 4TRANSPORT O SOFTWARE MAIS LEVE E FÁCIL DE USAR. GESTÃO DA MANUTENÇÃO DE FROTAS. "SOFIT 4TRANSPORT O SOFTWARE MAIS LEVE E FÁCIL DE USAR. ALGUNS DESAFIOS NÃO MUDAM Aumento no preço dos combustíveis Prazo de entrega reduzido Aumento no preço dos pneus

Leia mais

Resultado de Vendas de Dia dos Namorados 2017

Resultado de Vendas de Dia dos Namorados 2017 Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo de Santa Catarina Resultado de Vendas de Dia dos Namorados 2017 O perfil do empresário e resultado de vendas para o período do Dia dos Namorados em Santa

Leia mais

JOB CONTRATA CADASTRE SEU CURRÍCULO

JOB CONTRATA CADASTRE SEU CURRÍCULO ANALISTA DE TI: Masculino, possuir superior completo em Tecnologia Sistemas de Informação (UTFPR) ou a fins, experiência na função, diferencial ter atuado no varejo, conhecimento em banco de dados, redes,

Leia mais

INDICADORES DE DESEMPENHO

INDICADORES DE DESEMPENHO DE DESEMPENHO Indicadores relacionados com o faturamento Faturamento (valor) Faturamento no Exterior (valor) Faturamento Estimado (valor) Evolução do Faturamento (valor ou %) Evolução do Faturamento estimado

Leia mais

Retorno De Investimento (ROI)

Retorno De Investimento (ROI) 10 12 14 M+ M- MR C + - / + 8 MC 7 8 9-4 5 6-1 2 0 Retorno De Investimento (ROI) 16 3. = INTRODUÇÃO A sua empresa ainda está pensando sobre a implementação de um sistema gerenciamento de ativos empresariais

Leia mais

Nº do processo: 08934/15

Nº do processo: 08934/15 Nº do processo: 08934/15 Licitação: Concorrência 0037/2015 Objeto: Contratação de empresa especializada para fiscalização e gerenciamento de obras no Sesc Minas. RESPOSTA AO PEDIDO DE ESCLARECIMENTO Nº

Leia mais

Implantação da Norma ISO 9001:2015 no Processo Publicações Aeronáuticas

Implantação da Norma ISO 9001:2015 no Processo Publicações Aeronáuticas Décima Reunião Multilateral AIM da Região SAM para a Transição do AIS para o AIM (SAM/AIM/10) Implantação da Norma ISO 9001:2015 no Processo Publicações Aeronáuticas CRISTIANE DE BARROS PEREIRA Brasil

Leia mais

PLANO DE ATUALIZAÇÃO E MANUTENÇÃO DOS EQUIPAMENTOS

PLANO DE ATUALIZAÇÃO E MANUTENÇÃO DOS EQUIPAMENTOS PLANO DE ATUALIZAÇÃO E MANUTENÇÃO DOS EQUIPAMENTOS 1. INTRODUÇÃO A Faculdade Fleming dispõe atualmente de infraestrutura de Tecnologia da Informação com rede de computadores que interliga em torno de 300

Leia mais

Matriz de Especificação de Prova da Habilitação Técnica de Nível Médio. Habilitação Técnica de Nível Médio: Técnico em Mecatrônica

Matriz de Especificação de Prova da Habilitação Técnica de Nível Médio. Habilitação Técnica de Nível Médio: Técnico em Mecatrônica : Técnico em Mecatrônica Descrição do Perfil Profissional: Auxiliam os engenheiros em projetos, programas de controle, instalação e manutenção de sistemas de Analisam especificações para aquisição de componentes

Leia mais

NAGEH Pessoas. Agenda /03/ /06/ /09/ /12/2015. Reuniões. Entrega: planilhas do trimestre. Até 09/01/2015.

NAGEH Pessoas. Agenda /03/ /06/ /09/ /12/2015. Reuniões. Entrega: planilhas do trimestre. Até 09/01/2015. 30/01/2015 Agenda 2015 Entrega: planilhas do trimestre Meses: 10, 11 e 12/2014 Até 09/01/2015 Meses: 01, 02 e 03/2015 Até 10/04/2015 Meses: 04, 05 e 06/2015 Até 10/07/2015 Meses: 07, 08 e 09/2015 Até 09/10/2015

Leia mais

PESQUISA DE REMUNERAÇÃO

PESQUISA DE REMUNERAÇÃO Abrangência: Todo o território brasileiro. A quem se destina: Unidades produtoras de açúcar, etanol e bioeletricidade. Empresas de todo e qualquer segmento econômico. Público Alvo: Gestores de Recursos

Leia mais

Curso Técnico Segurança do Trabalho. Normas Regulamentadoras MÄdulo 3 NR 04

Curso Técnico Segurança do Trabalho. Normas Regulamentadoras MÄdulo 3 NR 04 Curso Técnico Segurança do Trabalho Normas Regulamentadoras MÄdulo 3 NR 04 O dimensionamento dos Serviços Especializados em Engenharia de Segurança e em Medicina do Trabalho vincula-se à gradação do risco

Leia mais

PROPOSTA PARA O PLANEJAMENTO E CONTROLE DE OBRAS EM CONSTRUTORAS

PROPOSTA PARA O PLANEJAMENTO E CONTROLE DE OBRAS EM CONSTRUTORAS Planejamento e Controle de Obras com Microsoft-Project 2016 PROPOSTA PARA O PLANEJAMENTO E CONTROLE DE OBRAS EM CONSTRUTORAS 1.1 INTRODUÇÃO Este capítulo apresenta o cenário geral das construtoras, as

Leia mais

Inserção do Brasil no setor de serviços da economia mundial. Eduardo Bom Angelo Presidente da Brasilprev

Inserção do Brasil no setor de serviços da economia mundial. Eduardo Bom Angelo Presidente da Brasilprev Inserção do Brasil no setor de serviços da economia mundial Eduardo Bom Angelo Presidente da Brasilprev Participação dos Serviços no PIB (% em valor adicionado preços básicos) 70 60 Agropecuária Indústria

Leia mais

ESCLARECIMENTO Nº 1. Seguem abaixo, solicitações formuladas por empresas participantes da Licitação supra e as respectivas respostas de FURNAS:

ESCLARECIMENTO Nº 1. Seguem abaixo, solicitações formuladas por empresas participantes da Licitação supra e as respectivas respostas de FURNAS: PE.DAQ.G.00027.2011 1/7 ESCLARECIMENTO Nº 1 Seguem abaixo, solicitações formuladas por empresas participantes da Licitação supra e as respectivas respostas de FURNAS: 1.Pergunta: Conforme item 2.1.1 do

Leia mais

Metodologia Para Ações de Eficiência Energética, Operacional e Redução de Perdas

Metodologia Para Ações de Eficiência Energética, Operacional e Redução de Perdas Metodologia Para Ações de Eficiência Energética, Operacional e Redução de Perdas Marcos Danella 29/julho/2015 Agenda Quem somos Cenários/Diagnósticos de Campo Metodologia Etapa 1 Engajamento do Corpo Diretivo/Gerencial

Leia mais

Diretoria de Operação e Manutenção Gerência de Gestão do Sistema Subterrâneo Junho / 2015

Diretoria de Operação e Manutenção Gerência de Gestão do Sistema Subterrâneo Junho / 2015 CAPACITAÇÃO DE MÃO-DE-OBRA PARA IMPLANTAÇÃO DE INFRAESTRUTURA SUBTERRÂNEA DE ENERGIA ELÉTRICA EM CENTROS URBANOS: ASPECTOS TÉCNICOS, AMBIENTAIS E ADMINISTRATIVOS 11ª Edição Redes Subterrâneas de Energia

Leia mais

Projeto Novas Fronteiras Gráfico de Gantt

Projeto Novas Fronteiras Gráfico de Gantt Página 1 0 1 1.1 1.2 1.3 1.4 1.5 1.6 1.7 2 2.1 2.1.1 2.1.2 2.1.3 2.1.4 2.2 2.2.1 2.2.2 2.2.3 2.2.4 2.2.5 2.3 2.3.1 PROJETO NOVAS FRONTEIRAS DIAGNÓSTICO Realizar o Kick-off Meeting do projeto Reunir a equipe

Leia mais

Sondagem conjuntural dos Pequenos Negócios BR. junho de 2017

Sondagem conjuntural dos Pequenos Negócios BR. junho de 2017 Sondagem conjuntural dos Pequenos Negócios BR junho de 2017 Sondagem conjuntural dos pequenos negócios Objetivo da Pesquisa Metodologia Tópicos da Pesquisa Informações técnicas Conhecer as expectativas

Leia mais

BINS Indústria de Artefatos de Borracha Ltda. Questionário de Seleção e Homologação de Fornecedores

BINS Indústria de Artefatos de Borracha Ltda. Questionário de Seleção e Homologação de Fornecedores BINS Indústria de Artefatos de Borracha Ltda. Questionário de Seleção e Homologação de Fornecedores ESCOPO Este questionário de auto-avaliação tem como objetivo proporcionar um conhecimento geral do fornecedor,

Leia mais

ISO 9000 e ISO 14.000

ISO 9000 e ISO 14.000 DISCIPLINA: QUALIDADE NA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS PROFESSORA: ALEXSANDRA GOMES PERÍODO: 3º PERÍODO CARGA HORÁRIA: 60 HORAS ISO 9000 e ISO 14.000 ISO 9000 A expressão ISO 9000 designa um grupo de normas técnicas

Leia mais

Curva de Demanda de trabalho de curto prazo. Produção com um insumo variável 28/01/2013. Demanda de Trabalho

Curva de Demanda de trabalho de curto prazo. Produção com um insumo variável 28/01/2013. Demanda de Trabalho Demanda de Trabalho Curva de Demanda de trabalho de curto prazo Produção com um insumo variável A curva de demanda por mão-de-obra da firma é simplesmente uma curva que mostra a quantidade de trabalho

Leia mais

EUS CTIS END USER SUPPORT. case eus ctis

EUS CTIS END USER SUPPORT. case eus ctis 01 EUS CTIS END USER SUPPORT case eus ctis 01 TELESSERVIÇOS/TELEMARKETING Prestação de telesserviços (telemarketing) no atendimento e suporte operacional e tecnológico aos produtos, serviços e sistemas

Leia mais

AVALIAÇÃO DA TECNOLOGIA MÉDICA ENGENHARIA CLÍNICA. Iliane Alencar por Yuri Araújo

AVALIAÇÃO DA TECNOLOGIA MÉDICA ENGENHARIA CLÍNICA. Iliane Alencar por Yuri Araújo AVALIAÇÃO DA TECNOLOGIA MÉDICA ENGENHARIA CLÍNICA Iliane Alencar por Yuri Araújo 1. INCORPORAÇÃO DE TECNOLOGIA Avaliação tecnológica Contrato de compra Processos de Aquisição Especificações Técnicas Recebimento

Leia mais

Modelo de Gestão, Política Ambiental, Missão, Visão e Valores

Modelo de Gestão, Política Ambiental, Missão, Visão e Valores Escola Politécnica da USP Curso de Engenharia Ambiental Modelo de Gestão, Política Ambiental, Missão, Visão e Valores Princípios da Gestão Ambiental 1 Prioridade corporativa 9 - Pesquisa 2 Gestão Integrada

Leia mais

Introdução a Gerencia de Projetos

Introdução a Gerencia de Projetos MBA EM GERENCIA DE PROJETOS Introdução a Gerencia de Projetos Rogério Santos Gonçalves 1 Agenda 1. Introdução ao Curso de Gerencia de Projetos 2. Conceitos Básicos sobre Gerenciamento de Projetos. 1. O

Leia mais

Estoques diminuem, porém continuam acima do planejado e as perspectivas para o emprego são de estabilidade mesmo com alguma redução de demanda.

Estoques diminuem, porém continuam acima do planejado e as perspectivas para o emprego são de estabilidade mesmo com alguma redução de demanda. Setembro de 2012 Estoques diminuem, porém continuam acima do planejado e as perspectivas para o emprego são de estabilidade mesmo com alguma redução de demanda. A Sondagem industrial, realizada entre 1

Leia mais

II.9.4 - Projeto de Educação Ambiental dos Trabalhadores

II.9.4 - Projeto de Educação Ambiental dos Trabalhadores Atividade de Perfuração Marítima no Projeto de Educação Ambiental dos Trabalhadores II.9.4 Pág. 1 / 10 II.9.4 - Projeto de Educação Ambiental dos Trabalhadores II.9.4.1 - Introdução e Justificativa A atividade

Leia mais

SOFTWARES DE GESTÃO SEGMENTO TÊXTIL. CONSISTEM

SOFTWARES DE GESTÃO SEGMENTO TÊXTIL. CONSISTEM SOFTWARES DE SEGMENTO TÊXTIL CSW TÊXTIL (CONFECÇÃO, TECELAGEM E TINTURARIA) O segmento têxtil e suas ramificações movimentam uma fatia considerável da economia brasileira. Gera milhares de empregos diretos

Leia mais

Utilização de Simuladores e Novas Ferramentas nos Treinamentos

Utilização de Simuladores e Novas Ferramentas nos Treinamentos DIVERSIFICAÇÃO DAS FROTAS: Utilização de Simuladores e Novas Ferramentas nos Treinamentos 1. Histórico 2. Ferramentas 3. Simulador 4. Necessidades 5. Ganhos Esperados 6. Conclusões 7. Agradecimentos 1

Leia mais

Como aumentar a disponibilidade das máquinas e reduzir custos de manutenção

Como aumentar a disponibilidade das máquinas e reduzir custos de manutenção Veículo: Revista MÁQUINAS E METAIS Data: Abril de 2003 Páginas: 316 à 329. CONJUNTURA Como aumentar a disponibilidade das máquinas e reduzir custos de manutenção As ações de engenharia de manutenção são

Leia mais

Gerência de Projetos e Qualidade de Software. Prof. Walter Gima

Gerência de Projetos e Qualidade de Software. Prof. Walter Gima Gerência de Projetos e Qualidade de Software Prof. Walter Gima 1 Plano de Ensino e Aprendizagem 2 CONTEÚDO Compreender as diferenças entre o gerenciamento de projetos de software e outros projetos Conhecer

Leia mais

Cooperativa de Trabalho na Área da Saúde e Assistência Social.

Cooperativa de Trabalho na Área da Saúde e Assistência Social. Cooperativa de Trabalho na Área da Saúde e Assistência Social. 01 SOBRE Qualidade com parcerias de sucesso. A Mitra é uma cooperativa de trabalho que oferece serviços e soluções para sua área de Recursos

Leia mais

As Visões. Visões arquiteturais (revisão)

As Visões. Visões arquiteturais (revisão) As 4 + 1 Visões Jair C Leite Visões arquiteturais (revisão) Separar diferentes aspectos em visões separadas com o objetivo de gerenciar complexidade. Cada visão descreve diferentes conceitos da engenharia.

Leia mais

Tendências em Trade Marketing

Tendências em Trade Marketing CONFIDENCIAL INSIGHTS ACIONÁVEIS Tendências em Trade Marketing Proposta Técnica-Comercial Diagnóstico de Execução e Soluções por canal Concorrentes, Disponibilidade, Execução FGV-CEV-MAR/2015 Arno, Comunicação

Leia mais

Capítulo 3 Estratégia e análise de recursos humanos

Capítulo 3 Estratégia e análise de recursos humanos slide 1 Capítulo 3 Estratégia e análise de recursos humanos slide 2 Objetivos de aprendizagem 1. Explicar por que o planejamento estratégico é importante para todos os gestores. 2. Explicar com exemplos

Leia mais

ondagem Industrial Edição Especial Falta Trabalhador FALTA DE TRABALHADOR QUALIFICADO NA INDÚSTRIA

ondagem Industrial Edição Especial Falta Trabalhador FALTA DE TRABALHADOR QUALIFICADO NA INDÚSTRIA Edição Especial Falta Trabalhador ondagem O termômetro da indústria tocantinense Palmas, Tocantins abril de 2014 FALTA DE TRABALHADOR QUALIFICADO NA INDÚSTRIA Análise Econômica A conjuntura econômica recente

Leia mais

Segurança e Auditoria de Sistemas

Segurança e Auditoria de Sistemas Segurança e Auditoria de Sistemas ABNT NBR ISO/IEC 27002 0. Introdução 1 Roteiro Definição Justificativa Fontes de Requisitos Análise/Avaliação de Riscos Seleção de Controles Ponto de Partida Fatores Críticos

Leia mais

Infra-estrutura de Informática e formas de acesso às redes de informação

Infra-estrutura de Informática e formas de acesso às redes de informação Infra-estrutura de Informática e formas de acesso às redes de informação A FACULDADE DE TECNOLOGIA DE SÃO VICENTE entende que deve acompanhar as necessidades de atendimento da área acadêmica e administrativa

Leia mais

Gerência de Projetos e Qualidade de Software. Prof. Walter Gima

Gerência de Projetos e Qualidade de Software. Prof. Walter Gima Gerência de Projetos e Qualidade de Software Prof. Walter Gima 1 Plano de Ensino e Aprendizagem 2 3 Objetivos CONTEÚDO Se preparar para o inicio de um projeto Acompanhamento projeto Controles Métricas

Leia mais

CONHEÇA OS SERVIÇOS DO LABORATÓRIO DE ERGONOMIA E ENGENHARIA DE SEGURANÇA DO TRABALHO - LEEST Campus Aparecida de Goiânia

CONHEÇA OS SERVIÇOS DO LABORATÓRIO DE ERGONOMIA E ENGENHARIA DE SEGURANÇA DO TRABALHO - LEEST Campus Aparecida de Goiânia CONHEÇA OS SERVIÇOS DO LABORATÓRIO DE ERGONOMIA E ENGENHARIA DE SEGURANÇA DO TRABALHO - LEEST Campus Aparecida de Goiânia Temos como compromisso oferecer soluções especialmente voltadas às necessidades

Leia mais

TABELA 1 Evolução do número de empregos, por grupo Brasil a 2013 (em milhões de vínculos) Contratos de trabalho no ano

TABELA 1 Evolução do número de empregos, por grupo Brasil a 2013 (em milhões de vínculos) Contratos de trabalho no ano Introdução O mercado de trabalho formal brasileiro que reúne contratos de trabalho celetista com carteira de trabalho assinada, como define a Consolidação das Leis do Trabalho (CLT) - e estatutário relativo

Leia mais

Prof. Linduarte Vieira da Silva Filho

Prof. Linduarte Vieira da Silva Filho Unidade II SISTEMA DE QUALIDADE Prof. Linduarte Vieira da Silva Filho Sistemas e Ferramentas de Gestão da Qualidade Estudaremos neste módulo técnicas e metodologias trabalhadas na área da administração

Leia mais

TQM Total Quality Management

TQM Total Quality Management TQM Total Quality Management Professor: Leandro Zvirtes UDESC/CCT O que é TQM? Administração da Qualidade Total total quality management (TQM) Pode ser visto como uma extensão lógica da maneira como a

Leia mais

ISO 17025: POSSÍVEL DE SER IMPLANTADA EM UM LABORATÓRIO DE EMPRESA?

ISO 17025: POSSÍVEL DE SER IMPLANTADA EM UM LABORATÓRIO DE EMPRESA? ISO 17025: POSSÍVEL DE SER IMPLANTADA EM UM LABORATÓRIO DE EMPRESA? DORY WORCMAN BARNINKA GARANTIA DA QUALIDADE ALIMENTOS IX Simpósio Internacional ABRAPA de Inocuidade de Alimentos 15 de junho de 2010

Leia mais

SOBRE O TESLA CONCURSOS

SOBRE O TESLA CONCURSOS AGENDA TÉCNICO 2013 SOBRE O TESLA CONCURSOS O Tesla Concursos foi idealizado para atender à demanda crescente de engenheiros, interessados em seguir carreiras públicas que têm como porta de entrada, exclusivamente,

Leia mais

Relatório de Resultado de Vendas de Dia dos Pais 2017

Relatório de Resultado de Vendas de Dia dos Pais 2017 Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo de Santa Catarina Relatório de Resultado de Vendas de Dia dos Pais 2017 O perfil do empresário e resultado de vendas para o período do Dia dos Pais em

Leia mais

Fórum PPPs em Iluminação Pública. São Paulo, 21 de outubro de 2014

Fórum PPPs em Iluminação Pública. São Paulo, 21 de outubro de 2014 Fórum PPPs em Iluminação Pública São Paulo, 21 de outubro de 2014 APRESENTAÇÃO DO PROJETO DE PPP MODERNIZAÇÃO Remodelação* e/ou eficientização** de cerca de 580 mil pontos de iluminação pública de modo

Leia mais

P R O C E SSO D E D E S E N VOLVIMENTO D E S O F T WAR E

P R O C E SSO D E D E S E N VOLVIMENTO D E S O F T WAR E 1 2 3 4 5 6 ASSUNTO DO MATERIAL DIDÁTICO ENGENHARIA DE SOFTWARE 8ª EDIÇÃO/2007 IAN SOMMERVILLE CAPÍTULO ESTIMATIVAS DE CUSTO DE SOFTWARE 7 CONCEITOS DE LUCROS E DESPESAS Lucro = Receita Despesa Procura

Leia mais

CURSO: SUBESTAÇÕES - CONCEITOS, EQUIPAMENTOS, MANUTENÇÃO E OPERAÇÃO.

CURSO: SUBESTAÇÕES - CONCEITOS, EQUIPAMENTOS, MANUTENÇÃO E OPERAÇÃO. CURSO: SUBESTAÇÕES - CONCEITOS, EQUIPAMENTOS, MANUTENÇÃO E OPERAÇÃO. WWW.ENGEPOWER.COM TEL: 11 3579-8777 treinamentos@engepower.com PROGRAMA DO CURSO DE: SUBESTAÇÕES - CONCEITOS, EQUIPAMENTOS, MANUTENÇÃO

Leia mais

SOFTWARES DE GESTÃO SEGMENTO

SOFTWARES DE GESTÃO SEGMENTO SOFTWARES DE SEGMENTO P LÁS TIC O S E DE EMBALAGENS CSW PLÁSTICOS E EMBALAGENS Empresas que atuam neste segmento necessitam de planejamento e gerenciamento com especial atenção na produção para o controle,

Leia mais

ESPECIFICAÇÃO DE PROJETO AUTOR(ES) : João

ESPECIFICAÇÃO DE PROJETO AUTOR(ES) : João AUTOR(ES) : João AUTOR(ES) : João NÚMERO DO DOCUMENTO : VERSÃO : 1.1 ORIGEM STATUS : c:\projetos : Acesso Livre DATA DO DOCUMENTO : 22 novembro 2007 NÚMERO DE PÁGINAS : 13 ALTERADO POR : Manoel INICIAIS:

Leia mais

PRODUTIVIDADE DA INDÚSTRIA TOCANTINENSE. que a produtividade de sua empresa cresceu nos empresas, por meio de 67%

PRODUTIVIDADE DA INDÚSTRIA TOCANTINENSE. que a produtividade de sua empresa cresceu nos empresas, por meio de 67% Edição Especial Produtividade ondagem O termômetro da indústria tocantinense Palmas, Tocantins abril de 2014 PRODUTIVIDADE DA INDÚSTRIA TOCANTINENSE Dos empresários fazem Dos empresários afirmam 63% avaliação

Leia mais

Gestão Estratégica da Qualidade

Gestão Estratégica da Qualidade UNIVERSIDADE DE SOROCABA Curso Gestão da Qualidade Gestão Estratégica da Qualidade Aula Revisão 06/09 Professora: Esp. Débora Ferreira de Oliveira Questões 1 Como pode ser definida a 1ª fase da qualidade?

Leia mais

Informática, ética e sociedade

Informática, ética e sociedade Informática, ética e sociedade Professor: Alex Sandro Forghieri alex.forghieri@ifsc.edu.br Agenda Profissional de Informática 2 Agenda Profissional de Informática 3 Profissional de Informática 1. Profissionais

Leia mais

INSTITUTO PRESBITERIANO MACKENZIE. Ref.: Edital de Recrutamento 10/17 Público-alvo: Todos os colaboradores de todas as unidades e candidatos externos

INSTITUTO PRESBITERIANO MACKENZIE. Ref.: Edital de Recrutamento 10/17 Público-alvo: Todos os colaboradores de todas as unidades e candidatos externos Ref.: Edital de Recrutamento 10/17 Público-alvo: Todos os colaboradores de todas as unidades e candidatos externos Cargo: Gerente de Tecnologia da Informação Horário: Horário comercial, de segunda à sexta-feira

Leia mais

Quem somos. Porque ABCCorp? Referencias

Quem somos. Porque ABCCorp? Referencias 1 Quem somos 2 Porque ABCCorp? 3 Referencias Trabalhamos como você! Experiência não somente acadêmica, sobre o teu segmento; Entendemos suas expectativas Valorizamos e garantimos o teu investimento com

Leia mais

DIAGNÓSTICO E SOLUÇÃO DE PROBLEMAS EM TI - II AULA 02

DIAGNÓSTICO E SOLUÇÃO DE PROBLEMAS EM TI - II AULA 02 ASTI - Análise de Sistemas e Tecnologia da Informação DIAGNÓSTICO E SOLUÇÃO DE PROBLEMAS EM TI - II AULA 02 FATEC AM Faculdade de Tecnologia de Americana AULA Gestão dos processos de manutenção. Objetivo

Leia mais

Ref.: COMO GERENCIAR CONTRATOS COM EMPREITEIROS

Ref.: COMO GERENCIAR CONTRATOS COM EMPREITEIROS FSP Faculdade Sudoeste Paulista Departamento de Engenharia Civil Docente: Eng. Ana Lúcia de Oliveira Daré, Prof. M.Sc. Ref.: COMO GERENCIAR CONTRATOS COM EMPREITEIROS COMO GERENCIAR CONTRATOS COM EMPREITEIROS

Leia mais

ROSALDO DE JESUS NOCÊRA

ROSALDO DE JESUS NOCÊRA ROSALDO DE JESUS NOCÊRA Engenheiro Civil (1978) com pós-graduação em construções industriais; Bacharel em Administração de Empresas (1994); Certificado PMP (Project Management Professional) pelo Project

Leia mais

SOFTWARES DE GESTÃO SEGMENTO

SOFTWARES DE GESTÃO SEGMENTO SOFTWARES DE SEGMENTO ALIMENTÍCIO CSW ALIMENTÍCIO Empresas que atuam neste segmento necessitam de planejamento e gerenciamento com especial atenção na produção para o controle, redução de custo e melhoria

Leia mais

INDICADORES INDUSTRIAIS

INDICADORES INDUSTRIAIS 1. NOTA PRELIMINAR A pesquisa Indicadores Industriais da s do Estado consiste de um processo de coleta e análise sistemática de informações industriais, cujo objetivo básico é promover a geração de índices

Leia mais

Relatório de Resultado de Vendas de Dia dos Namorados 2015

Relatório de Resultado de Vendas de Dia dos Namorados 2015 Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo de Santa Catarina Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas de Santa Catarina Relatório de Resultado de Vendas de Dia dos Namorados 2015 O perfil do

Leia mais

SofitView! Uma nova forma de fazer gestão da sua frota

SofitView! Uma nova forma de fazer gestão da sua frota SofitView! Uma nova forma de fazer gestão da sua frota ALGUNS DESAFIOS NÃO MUDAM... DESAFIOS INTERNOS Aumento da disponibilidade da frota Redução dos custos da frota Controle dos custos por KM rodado Decisões

Leia mais

PSP: Personal Software Process. PSP- Personal Software Process. PSP: Personal Software Process. PSP: Personal Software Process

PSP: Personal Software Process. PSP- Personal Software Process. PSP: Personal Software Process. PSP: Personal Software Process PSP- Personal Software Process Maria Cláudia F. P. Emer PSP: Personal Software Process z Já foram vistas ISO/IEC 9126 foco no produto ISO 9001 e CMM foco no processo de desenvolvimento z Critica a essas

Leia mais

Engenharia de Software II

Engenharia de Software II Engenharia de Software II Aula 19 http://www.ic.uff.br/~bianca/engsoft2/ Aula 19-28/05/2006 1 Ementa Processos de desenvolvimento de software Estratégias e técnicas de teste de software Métricas para software

Leia mais

Utilização de Dados de Histórico na Manutenção Preditiva de Equipamentos Elétricos, Eletrônicos e Programáveis em Aplicações Metroferroviárias

Utilização de Dados de Histórico na Manutenção Preditiva de Equipamentos Elétricos, Eletrônicos e Programáveis em Aplicações Metroferroviárias Utilização de Dados de Histórico na Manutenção Preditiva de Equipamentos Elétricos, Eletrônicos e Programáveis em Aplicações Metroferroviárias Eng. Antonio Vieira da Silva Neto Prof. Dr. Paulo Sérgio Cugnasca

Leia mais

Planejamento das compras governamentais

Planejamento das compras governamentais Planejamento das compras governamentais Pedro Henrique Magalhães Azevedo Advogado. Assessor do Conselheiro Vice-Presidente do TCE/MG. Mestrando em Administração Pública pela Escola de Governo da Fundação

Leia mais

PLANO DE AQUISIÇÃO, MANUTENÇÃO E ATUALIZAÇÃO DOS EQUIPAMENTOS DE LABORATÓRIO

PLANO DE AQUISIÇÃO, MANUTENÇÃO E ATUALIZAÇÃO DOS EQUIPAMENTOS DE LABORATÓRIO PLANO DE AQUISIÇÃO, MANUTENÇÃO E ATUALIZAÇÃO DOS EQUIPAMENTOS DE LABORATÓRIO Novembro/2016 Aprovado pela Resolução CONSEPE nº. 24/2016 em 24/11/2016. 1 SUMÁRIO 1 INTRODUÇÃO 03 2 OBJETIVOS 03 3 AQUISIÇÃO

Leia mais

Sondagem Indústria da Construção CNI. 23/maio/2014

Sondagem Indústria da Construção CNI. 23/maio/2014 Sondagem Indústria da Construção CNI 23/maio/2014 Sondagem Indústria da Construção 86º Encontro Nacional da Indústria da Construção ENIC Confederação Nacional da Indústria Goiânia 23 de maio de 2014 Indicadores

Leia mais

Engenharia de Software. Gerenciamento de Pessoal. Professor Joerllys Sérgio

Engenharia de Software. Gerenciamento de Pessoal. Professor Joerllys Sérgio Engenharia de Software Gerenciamento de Pessoal Professor Joerllys Sérgio Pessoas no Processo Pessoas constituem o bem mais valioso de uma organização. Atividades de um gerente são fortemente orientadas

Leia mais

SOFTWARES DE GESTÃO SEGMENTO

SOFTWARES DE GESTÃO SEGMENTO SOFTWARES DE SEGMENTO MOVELEIRO CSW MOVELEIRO Um segmento que pede boas ferramentas de controle de estoques, demandas, pedidos e processos precisa de soluções seguras e eficientes para otimizar as rotinas

Leia mais

Brochura - Panorama ILOS Operadores Logísticos e Ferrovias Os Melhores na Percepção de seus Usuários

Brochura - Panorama ILOS Operadores Logísticos e Ferrovias Os Melhores na Percepção de seus Usuários Brochura - Panorama ILOS Operadores Logísticos e Ferrovias Os Melhores na Percepção de seus Usuários - 2015 - Apresentação O mercado de operadores logísticos no Brasil vem crescendo junto com a economia

Leia mais

SGCL SISTEMA GERENCIAL DE CONTROLE DE LOCAÇÃO. A Solução Ideal para quem procura: Excelente custo-benefício Facilidade na utilização.

SGCL SISTEMA GERENCIAL DE CONTROLE DE LOCAÇÃO. A Solução Ideal para quem procura: Excelente custo-benefício Facilidade na utilização. SISTEMA GERENCIAL DE CONTROLE DE LOCAÇÃO A Solução Ideal para quem procura: Excelente custo-benefício Facilidade na utilização. Gerencial Informática Ltda R. Itapetininga, 729 - Parque Novo Mundo Americana

Leia mais

SONDAGEM ESPECIAL INDÚSTRIA DA CONSTRUÇÃO

SONDAGEM ESPECIAL INDÚSTRIA DA CONSTRUÇÃO SONDAGEM ESPECIAL INDÚSTRIA DA CONSTRUÇÃO Ano 3 Número 2 ISSN 2317-7330 novembro de 2013 www.cni.org.br FALTA DE TRABALHADOR QUALIFICADO NA INDÚSTRIA da construção Falta de trabalhador qualificado dificulta

Leia mais

NR4 Serviços Especializados em Engenharia de Segurança e em Medicina do Trabalho

NR4 Serviços Especializados em Engenharia de Segurança e em Medicina do Trabalho NR4 Serviços Especializados em Engenharia de Segurança e em Medicina do Trabalho A NR 4 diz respeito aos Serviços Especializados em Engenharia de Segurança e em Medicina do Trabalho (SESMT)e tem como finalidade

Leia mais