Como vender MAIS com base nos RECURSOS DA REGIÃO. 25 de maio de 2012 Castelo Branco Alberto Ribeiro de Almeida

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Como vender MAIS com base nos RECURSOS DA REGIÃO. 25 de maio de 2012 Castelo Branco Alberto Ribeiro de Almeida"

Transcrição

1 Como vender MAIS com base nos RECURSOS DA REGIÃO 25 de maio de 2012 Castelo Branco Alberto Ribeiro de Almeida

2 Regulamento (CE) 510/2006 (DOP/IGP) Regulamento (CE) 509/2006 (ETG) Regulamento (CE) 1924/2006 (alegações nutricionais e de saúde) Regulamento (CE) 1925/2006 (adição de vitaminas, minerais e outras substâncias) Regulamento (CE) 178/2002 (segurança dos géneros alimentícios) Regulamento (CE) 852/2004 (higiene dos géneros alimentícios)

3 Regulamento (CE) 1332/2008 (enzimas) Regulamento (CE) 1333/2008 (aditivos) Regulamento (CE) 1334/2008 (aromas) Regulamento (CE) 853/2004 (géneros alimentícios de origem animal) Regulamento (CEE) 2913/92 (código aduaneiro comunitário) Diretiva 2006/114/CE (publicidade comparativa) Diretiva 2005/29/CE (práticas comerciais desleais que lesam os consumidores)

4 Harmonização legislativa Liberdade de circulação das mercadorias Realização do mercado interno Lealdade da concorrência entre empresas Proteção do mercado da União Europeia (obstáculo ao comércio justificado) Proteção dos consumidores, defesa da saúde pública e segurança alimentar Defesa do bem-estar animal Proteção do ambiente, etc. Harmonização legislativa versus princípio do reconhecimento mútuo

5 Regulamento (UE) 1169/2011, de 25 de Outubro, relativo à informação aos consumidores sobre os géneros alimentícios (JOUE, L304, de 22 de Novembro) Objetivo do Regulamento: Elevado nível de defesa dos consumidores Elevado nível de informação do consumidor sobre os géneros alimentícios Disciplinar a rotulagem dos géneros alimentícios Sem prejuízo de disposições específicas

6 Âmbito de aplicação: Todos os géneros alimentícios destinados ao consumidor final, incluindo: Os géneros alimentícios preparados e fornecidos por estabelecimentos de restauração coletiva (restaurantes, cantinas, escolas, hospitais, veículos, etc.) e os que são fornecidos a estes estabelecimentos Bem como os que são vendidos através de técnicas de comunicação à distância (artigo 14.º) Todos os meios de disponibilização de informação sobre os géneros alimentícios: Rótulo (noção ampla de rótulo e de rotulagem), qualquer material que acompanhe o género alimentício, ferramentas tecnológicas, comunicação verbal, etc.

7 Linhas orientadoras: Simplificação legislativa (diversos diplomas revogados) Informação detalhada e técnica constante de anexos que podem ser alterados por um procedimento legislativo simples Admissibilidade (futura) de modos alternativos de expressão ou de apresentação da informação (formas gráficas, símbolos ou pictogramas) A informação deve ser leal e não induzir em erro Responsabilização dos operadores económicos

8 Informação obrigatória: Lista de menções obrigatórias (artigo 9.º) Regras sobre a localização desta informação (artigo 12.º) Local em evidência, facilmente visível, claramente legível e indelével (artigo 13.º, n.º 1) Estabelece-se o tamanho dos caracteres (artigo 13.º, n.º 2) Algumas menções devem figurar no mesmo campo visual (artigo 13.º, n.º 5) Língua facilmente compreensível (artigo 15.º) Informação voluntária ou facultativa não pode ser apresentada em prejuízo do espaço disponível para as informações obrigatórias (artigo 37.º)

9 Informação obrigatória: Denominação do género alimentício (artigo 17.º) Lista de ingredientes e sua omissão (artigos 18.º e 19.º) Alergénios, lista anexo II (artigo 21.º) Indicação quantitativa dos ingredientes (artigo 22.º) Quantidade líquida do género alimentício (artigo 23.º) Data de durabilidade mínima, data-limite de consumo e data de congelação (artigo 24.º e anexo X) Condições de conservação ou de utilização (artigo 25.º) Nome ou firma e o endereço do operador Instruções de utilização (artigo 27.º)

10 Informação obrigatória: País de origem ou local de proveniência Existem disposições específicas, desde logo para produtos com DOP ou IGP O princípio é o de que a indicação da origem é facultativa salvo se a sua omissão induzir o consumir em erro (artigo 26.º, n.º 2) Novas regras para a indicação da origem do ingrediente primário quando este é diferente do local onde ocorreu a transformação substancial do género alimentício (artigo 26.º, n.º 3)

11 Tendência para a extensão da obrigatoriedade de indicação da origem: Casos especiais já regulamentados Obrigatoriedade de indicação da origem: Carnes (suíno, ovino, caprino, aves) anexo XI Obrigatoriedade subordinada à adoção de atos de execução (até 13 de dezembro de 2013) Até 13 de dezembro de 2014: elaboração de relatório sobre a menção obrigatória da origem: outros tipos de carne; leite (um caso importante); leite utilizado como ingrediente; géneros alimentícios não transformados; produtos constituídos por um único ingrediente; ingredientes de um género alimentício que representem mais de 50% do mesmo (artigo 26.º, n.º 5)

12 Informação obrigatória: Declaração nutricional A declaração nutricional é obrigatória para quase todos os géneros alimentícios transformados Consumidores estão interessados e querem esta informação Incentivar escolhas saudáveis Incentivo para a indústria alimentar reformular os seus produtos

13 Informação nutricional obrigatória (artigo 30.º): Valor energético Lípidos Ácidos gordos saturados Hidratos de carbono Açúcares Proteínas Sal Regras sobre o modo de expressão Indicação por 100 g, por 100 ml ou por porção Regras sobre apresentação (artigo 34.º) mesmo campo visual Isenções Exemplo: bebidas alcoólicas e anexo V vide artigo 16.º

14 Informação nutricional Formas (voluntárias) de expressão e de apresentação complementares: Utilização de formas gráficas ou símbolos É permitido, mas obedece a regras (artigo 35.º) Os Estados-Membros devem controlar o seu uso A Comissão deve apresentar até 13 de dezembro de 2017 ao Parlamento Europeu e ao Conselho um relatório sobre a utilização destas formas de expressão e apresentação complementares

15 Outras exigências informativas que constituem novidade: Ingredientes contidos sob a forma de nano materiais artificiais Data de congelação ou data da primeira congelação Género alimentício «descongelado» Proteínas adicionadas de diferente origem animal Adição de água «Carne reconstituída» ou «peixe reconstituído» Óleos e matérias gordas refinadas de origem vegetal

16 Data de aplicação das novas regras: A partir de 13 de dezembro de 2014 A partir de 13 de dezembro de 2016 No caso da menção obrigatória relativa à declaração nutricional artigo 9.º, n.º 1, alínea l) Temáticas mais discutidas: Lista de ingredientes Informação nutricional Posições divergentes do Parlamento Europeu e da Comissão (Direção Geral da Saúde e dos Consumidores DG SANCO)

17

18 Produtos competitivos (características intrínsecas) Instrumentos de concorrência e de promoção Mecanismos de diferenciação e de estandardização Política de qualidade é também sinónimo de unicidade e tipicidade Inovação (intrínseca e extrínseca) A rotulagem é instrumento competitivo (atrativo) e não apenas informativo

19 Profunda regulação: Um obstáculo ao comércio justificado (política protecionista face a países terceiros) ou Um obstáculo ao desenvolvimento (inibidor da iniciativa económica privada)? Excesso de informação Custo para as empresas Os rótulos negros Ou brancos E os direitos das empresas

CONSELHO DA UNIÃO EUROPEIA. Bruxelas, 16 de abril de 2013 (17.04) (OR. en) 8481/13 DENLEG 34 AGRI 240

CONSELHO DA UNIÃO EUROPEIA. Bruxelas, 16 de abril de 2013 (17.04) (OR. en) 8481/13 DENLEG 34 AGRI 240 CONSELHO DA UNIÃO EUROPEIA Bruxelas, 16 de abril de 2013 (17.04) (OR. en) 8481/13 DENLEG 34 AGRI 240 NOTA DE ENVIO de: Comissão Europeia data de receção: 11 de abril de 2013 para: Secretariado-Geral do

Leia mais

Seminário. Diretiva 98/34/CE, Diretiva 98/48/CE e Regulamento (CE) nº 764/2008: objetivos e suas implicações no Mercado Interno

Seminário. Diretiva 98/34/CE, Diretiva 98/48/CE e Regulamento (CE) nº 764/2008: objetivos e suas implicações no Mercado Interno Seminário Diretiva 98/34/CE, Diretiva 98/48/CE e Regulamento (CE) nº 764/008: objetivos e suas implicações no Mercado Interno IPQ, 30 de outubro de 013 EUROPEAN COMMISSION ENTERPRISE AND INDUSTRY DIRECTORATE-GENERAL

Leia mais

Direção Geral de Alimentação e Veterinária ROTULAGEM DE ORIGEM. Novas regras. Maria Teresa Carrilho DSNA-DAH

Direção Geral de Alimentação e Veterinária ROTULAGEM DE ORIGEM. Novas regras. Maria Teresa Carrilho DSNA-DAH ROTULAGEM DE ORIGEM Novas regras Maria Teresa Carrilho DSNA-DAH Congresso Nacional da Indústria Portuguesa de Carnes. Lisboa, 6 de maio de 2014 REGULAMENTO (UE) N.º 1169/2011 06-05-2014 2 Principais alterações

Leia mais

Envia-se em anexo, à atenção das delegações, o documento da Comissão D019491/12.

Envia-se em anexo, à atenção das delegações, o documento da Comissão D019491/12. CONSELHO DA UNIÃO EUROPEIA Bruxelas, 21 de março de 2012 (22.03) (OR. en) 7966/12 DENLEG 29 AGRI 168 NOTA DE ENVIO de: Comissão Europeia data de receção: 19 de março de 2012 para: Secretariado-Geral do

Leia mais

***I RELATÓRIO. PT Unida na diversidade PT A7-0059/2012 26.4.2012

***I RELATÓRIO. PT Unida na diversidade PT A7-0059/2012 26.4.2012 PARLAMENTO EUROPEU 2009-2014 Documento de sessão 26.4.2012 A7-0059/2012 ***I RELATÓRIO sobre a proposta de regulamento do Parlamento Europeu e do Conselho relativo aos alimentos para lactentes e crianças

Leia mais

Este documento constitui um instrumento de documentação e não vincula as instituições

Este documento constitui um instrumento de documentação e não vincula as instituições 2011R1169 PT 19.02.2014 002.001 1 Este documento constitui um instrumento de documentação e não vincula as instituições B REGULAMENTO (UE) N. o 1169/2011 DO PARLAMENTO EUROPEU E DO CONSELHO de 25 de Outubro

Leia mais

(Actos legislativos) DIRECTIVAS

(Actos legislativos) DIRECTIVAS 16.12.2011 Jornal Oficial da União Europeia L 334/1 I (Actos legislativos) DIRECTIVAS DIRECTIVA 2011/91/UE DO PARLAMENTO EUROPEU E DO CONSELHO de 13 de Dezembro de 2011 relativa às menções ou marcas que

Leia mais

REGULAMENTOS Jornal Oficial da União Europeia L 13/1. (Atos não legislativos)

REGULAMENTOS Jornal Oficial da União Europeia L 13/1. (Atos não legislativos) 17.1.2013 Jornal Oficial da União Europeia L 13/1 II (Atos não legislativos) REGULAMENTOS REGULAMENTO (UE) N. o 25/2013 DA COMISSÃO de 16 de janeiro de 2013 que altera os anexos II e III do Regulamento

Leia mais

Em suma, todas as empresas do canal HORECA devem assegurar o seguinte:

Em suma, todas as empresas do canal HORECA devem assegurar o seguinte: Alergénios (Com aplicação nas Regiões Autónomas: Madeira e Açores) Regulamento n.º 1169/2011define novas regras sobre a informação ao consumidor. Esta nova legislação, que entrou em vigor a 13 de dezembro,

Leia mais

Guia de bolso sobre os novos rótulos da UE para os produtos da pesca e da aquicultura. Pescas

Guia de bolso sobre os novos rótulos da UE para os produtos da pesca e da aquicultura. Pescas Guia de bolso sobre os novos rótulos da UE para os produtos da pesca e da aquicultura Pescas 2 Guia de bolso sobre os novos rótulos da UE para os produtos da pesca e da aquicultura Sabia que as regras

Leia mais

Conselho da União Europeia Bruxelas, 11 de julho de 2014 (OR. en) Uwe CORSEPIUS, Secretário-Geral do Conselho da União Europeia

Conselho da União Europeia Bruxelas, 11 de julho de 2014 (OR. en) Uwe CORSEPIUS, Secretário-Geral do Conselho da União Europeia Conselho da União Europeia Bruxelas, 11 de julho de 2014 (OR. en) 11839/14 AGRILEG 152 NOTA DE ENVIO de: Comissão Europeia data de receção: 9 de julho de 2014 para: n. doc. Com.: D032598/06 Assunto: Uwe

Leia mais

Jornal Oficial da União Europeia L 2/3

Jornal Oficial da União Europeia L 2/3 PT 7.1.2014 Jornal Oficial da União Europeia L 2/3 REGULAMENTO (UE) N. o 5/2014 DA COMISSÃO de 6 de janeiro de 2014 que altera a Diretiva 2008/38/CE da Comissão que estabelece uma lista das utilizações

Leia mais

REGULAMENTO (UE) N.º /.. DA COMISSÃO. de XXX

REGULAMENTO (UE) N.º /.. DA COMISSÃO. de XXX COMISSÃO EUROPEIA Bruxelas, XXX SANCO/10387/2013 Rev.1 (POOL/E3/2013/10387/10387R1- EN.doc) D030733/02 [ ](2013) XXX draft REGULAMENTO (UE) N.º /.. DA COMISSÃO de XXX que concede uma derrogação a certas

Leia mais

A Linguagem Global dos Negócios. Setor dos Cárnicos. Rastreabilidade das carnes de suíno, caprino, ovino e aves de capoeira

A Linguagem Global dos Negócios. Setor dos Cárnicos. Rastreabilidade das carnes de suíno, caprino, ovino e aves de capoeira A Linguagem Global dos Negócios Setor dos Cárnicos Rastreabilidade das carnes de suíno, caprino, ovino e aves de capoeira Guia de Implementação Regulamento de Execução (UE) nº 1337/2013 Setor dos Cárnicos

Leia mais

ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DA REGIÃO AUTÓNOMA DOS AÇORES TRABALHOS DA COMISSÃO

ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DA REGIÃO AUTÓNOMA DOS AÇORES TRABALHOS DA COMISSÃO TRABALHOS DA COMISSÃO A Subcomissão da Comissão Permanente de Economia reuniu no dia 16 de junho de 2016, na Sede da Assembleia Legislativa da Região Autónoma dos Açores, na cidade da Horta, a fim de analisar

Leia mais

A LEITURA DO RÓTULO. O que é obrigatório constar no rótulo?

A LEITURA DO RÓTULO. O que é obrigatório constar no rótulo? A LEITURA DO RÓTULO A rotulagem dos alimentos tem como objectivo informar os consumidores sobre as características dos produtos alimentares embalados, pelo que a escolha dos alimentos, nos pontos de venda

Leia mais

TABELAS NUTRICIONAIS E RÓTULOS DOS ALIMENTOS TABELA NUTRICIONAL

TABELAS NUTRICIONAIS E RÓTULOS DOS ALIMENTOS TABELA NUTRICIONAL TABELAS NUTRICIONAIS E RÓTULOS DOS ALIMENTOS TABELA NUTRICIONAL A rotulagem dos alimentos é obrigatória e essencial para que o consumidor possa fazer as melhores escolhas. Dada a entrada de novas marcas

Leia mais

REGULAMENTO DAS SOCIEDADES PROFISSIONAIS DE CONTABILISTAS CERTIFICADOS E SOCIEDADES DE CONTABILIDADE

REGULAMENTO DAS SOCIEDADES PROFISSIONAIS DE CONTABILISTAS CERTIFICADOS E SOCIEDADES DE CONTABILIDADE REGULAMENTO DAS SOCIEDADES PROFISSIONAIS DE CONTABILISTAS CERTIFICADOS E SOCIEDADES DE CONTABILIDADE CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES GERAIS Artigo 1.º Âmbito O presente regulamento estabelece as regras de constituição

Leia mais

Questionário para o Painel das PME da Rede Europeia de Empresas Perfis nutricionais dos alimentos que ostentam alegações

Questionário para o Painel das PME da Rede Europeia de Empresas Perfis nutricionais dos alimentos que ostentam alegações Comissão Europeia Direção-Geral da Saúde e da Segurança dos Alimentos Questionário para o Painel das PME da Rede Europeia de Empresas Perfis nutricionais dos alimentos que ostentam alegações Contexto O

Leia mais

MINISTÉRIO DOS NEGÓCIOS ESTRANGEIROS Direcção-Geral dos Assuntos Comunitários SERVIÇO JURÍDICO D - PROTECÇÃO ANIMAL

MINISTÉRIO DOS NEGÓCIOS ESTRANGEIROS Direcção-Geral dos Assuntos Comunitários SERVIÇO JURÍDICO D - PROTECÇÃO ANIMAL D - PROTECÇÃO ANIMAL III.D.1.374 L 0577 Directiva 74/577/CEE do Conselho, de 18 de Novembro de 1974, relativa ao atordoamento dos animais antes do seu abate. (JO L 316/10 de 26.11.1974) Decreto-Lei nº

Leia mais

Legislação Nacional e Europeia sobre Rotulagem Alimentar. Aspetos Gerais

Legislação Nacional e Europeia sobre Rotulagem Alimentar. Aspetos Gerais Legislação Nacional e Europeia sobre Rotulagem Alimentar Aspetos Gerais Ana Paula Bico Técnica Especialista da SEAIA 27 fevereiro 2015 REGULAMENTO (UE) N.º 1169/2011 Alteração do quadro regulamentar Quadro

Leia mais

Valor Calórico, Carboidratos, Proteínas, Gorduras Totais, Gorduras Saturadas, Colesterol, Fibra Alimentar, Cálcio, Ferro e Sódio.

Valor Calórico, Carboidratos, Proteínas, Gorduras Totais, Gorduras Saturadas, Colesterol, Fibra Alimentar, Cálcio, Ferro e Sódio. No Brasil, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) é o órgão responsável pela regulação da Rotulagem de Alimentos Industrializados. Muitas portarias regulam o que um rótulo deve ou não conter.

Leia mais

Conselho da União Europeia Bruxelas, 12 de abril de 2017 (OR. en) Secretário-Geral da Comissão Europeia, assinado por Jordi AYET PUIGARNAU, Diretor

Conselho da União Europeia Bruxelas, 12 de abril de 2017 (OR. en) Secretário-Geral da Comissão Europeia, assinado por Jordi AYET PUIGARNAU, Diretor Conselho da União Europeia Bruxelas, 12 de abril de 2017 (OR. en) 8199/17 NOTA DE ENVIO de: data de receção: 10 de abril de 2017 para: n. doc. Com.: DENLEG 31 AGRI 197 SAN 150 DELACT 71 Secretário-Geral

Leia mais

Jornal Oficial da União Europeia L 230/7. da goma-arábica modificada por ácido octenilsuccínico

Jornal Oficial da União Europeia L 230/7. da goma-arábica modificada por ácido octenilsuccínico 29.8.2013 Jornal Oficial da União Europeia L 230/7 REGULAMENTO (UE) N. o 817/2013 DA COMISSÃO de 28 de agosto de 2013 que altera os anexos II e III do Regulamento (CE) n. o 1333/2008 do Parlamento Europeu

Leia mais

FICHA TÉCNICA DE PRODUTO FT-007 COCA-COLA (POST-MIX)

FICHA TÉCNICA DE PRODUTO FT-007 COCA-COLA (POST-MIX) Pag 1/6 FICHA TÉCNICA DE PRODUTO COCA-COLA (POST-MIX) Pag 2/6 A- INFORMAÇÃO GERAL A-1 Produto: Nome produto: COCA-COLA A-2 Dados do Fornecedor: Engarrafador nome COCA-COLA EUROPEAN PARTNERS IBERIA, S.L

Leia mais

VALORIZAÇÃO DA PRODUÇÃO NACIONAL

VALORIZAÇÃO DA PRODUÇÃO NACIONAL VALORIZAÇÃO DA PRODUÇÃO NACIONAL 04 julho 2012 Agenda Valorização da Produção Nacional Enquadramento Síntese das respostas ao questionário Outros países Iniciativas nacionais Propostas de atuação Enquadramento

Leia mais

UNIÃO EUROPEIA. Estrasburgo, 12 de junho de 2013 (OR. en) 2013/0104 (COD) LEX 1356 PE-CONS 23/1/13 REV 1

UNIÃO EUROPEIA. Estrasburgo, 12 de junho de 2013 (OR. en) 2013/0104 (COD) LEX 1356 PE-CONS 23/1/13 REV 1 UNIÃO EUROPEIA PARLAMENTO EUROPEU CONSELHO Estrasburgo, 12 de junho de 2013 (OR. en) 2013/0104 (COD) LEX 1356 PE-CONS 23/1/13 REV 1 UD 94 ENFOCUSTOM 77 MI 334 COMER 102 TRANS 185 CODEC 923 REGULAMENTO

Leia mais

(Atos não legislativos) REGULAMENTOS

(Atos não legislativos) REGULAMENTOS 16.3.2012 Jornal Oficial da União Europeia L 77/1 II (Atos não legislativos) REGULAMENTOS REGULAMENTO (UE) N. o 225/2012 DA COMISSÃO de 15 de março de 2012 que altera o anexo II do Regulamento (CE) n.

Leia mais

Implementação do Regulamento de Informação ao consumidor na Unilever Jerónimo Martins INSA

Implementação do Regulamento de Informação ao consumidor na Unilever Jerónimo Martins INSA Implementação do Regulamento de Informação ao consumidor na Unilever Jerónimo Martins INSA 02-04-2014 REGULAMENTO (UE) N.º 1169/2011 O que é o FIC? A nova legislação de rotulagem para a UE que refere as

Leia mais

Um futuro mais Bio: Bom para si, Bom para a natureza!

Um futuro mais Bio: Bom para si, Bom para a natureza! 1 a 3 de junho de 2017, Auditório do INIAV, I.P., Oeiras, Portugal I Fórum Ibérico sobre Produção Animal Biológica I Foro Ibérico sobre Ganaderia Ecológica I Iberian Forum on Organic Animal Production

Leia mais

[notificada com o número C(2016) 1423] (Apenas faz fé o texto em língua dinamarquesa)

[notificada com o número C(2016) 1423] (Apenas faz fé o texto em língua dinamarquesa) 16.3.2016 L 70/27 DECISÃO DE EXECUÇÃO (UE) 2016/376 DA COMISSÃO de 11 de março de 2016 que autoriza a colocação no mercado de 2 -O-fucosil-lactose como novo ingrediente alimentar, nos termos do Regulamento

Leia mais

CÓDIGO DA PUBLICIDADE. Actualização N.º 3

CÓDIGO DA PUBLICIDADE. Actualização N.º 3 CÓDIGO DA PUBLICIDADE Actualização N.º 3 Código da Publicidade 2 TÍTULO: AUTORES: CÓDIGO DA PUBLICIDADE Actualização N.º 3 BDJUR EDITOR: EDIÇÕES ALMEDINA, SA Avenida Fernão de Magalhães, n.º 584, 5º Andar

Leia mais

MINISTÉRIO DA AGRICULTURA E DO ABASTECIMENTO SECRETARIA DE DEFESA AGROPECUÁRIA INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 30, DE 27 DE SETEMBRO DE 1999

MINISTÉRIO DA AGRICULTURA E DO ABASTECIMENTO SECRETARIA DE DEFESA AGROPECUÁRIA INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 30, DE 27 DE SETEMBRO DE 1999 MINISTÉRIO DA AGRICULTURA E DO ABASTECIMENTO SECRETARIA DE DEFESA AGROPECUÁRIA INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 30, DE 27 DE SETEMBRO DE 1999 O SECRETÁRIO DE DEFESA AGROPECUÁRIA DO MINISTÉRIO DA AGRICULTURA E DO

Leia mais

Mais informações e atualizações desta obra em www.homepagejuridica.net

Mais informações e atualizações desta obra em www.homepagejuridica.net Título: Regime jurídico aplicável aos mercados locais de produtores Autor: Eurico Santos, Advogado Correio eletrónico do Autor: euricosantos@sapo.pt N.º de Páginas: 13 páginas Formato: PDF (Portable Document

Leia mais

Bélgica-Bruxelas: Auditoria financeira e de conformidade de partidos políticos e fundações políticas ao nível europeu 2016/S 114-202107

Bélgica-Bruxelas: Auditoria financeira e de conformidade de partidos políticos e fundações políticas ao nível europeu 2016/S 114-202107 1 / 7 O presente anúncio no sítio web do TED: http://ted.europa.eu/udl?uri=ted:notice:202107-2016:text:pt:html Bélgica-Bruxelas: Auditoria financeira e de conformidade de partidos políticos e fundações

Leia mais

PERSPECTIVAS DO GOVERNO

PERSPECTIVAS DO GOVERNO I Seminário Nacional sobre a Redução do Consumo de Açúcar - PERSPECTIVAS DO GOVERNO Antonia Maria de Aquino Gerência Geral de Alimentos Brasília, 04 de junho de 2013 O perfil de saúde da população brasileira

Leia mais

Envia-se em anexo, à atenção das delegações, o documento D034098/02.

Envia-se em anexo, à atenção das delegações, o documento D034098/02. Conselho da União Europeia Bruxelas, 23 de julho de 2014 (OR. en) 12140/14 DENLEG 135 AGRI 512 SAN 296 NOTA DE ENVIO de: Comissão Europeia data de receção: 22 de julho de 2014 para: n. doc. Com.: D034098/02

Leia mais

1 Introdução. 31 de janeiro de 2013

1 Introdução. 31 de janeiro de 2013 31 de janeiro de 2013 Perguntas e respostas sobre a aplicação do Regulamento (UE) n.º 1169/2011 relativo à prestação de informação aos consumidores sobre os géneros alimentícios 1 Introdução Em 25 de outubro

Leia mais

PECUÁRIA BIOLÓGICA. (Reg. 2082/91, modificado)

PECUÁRIA BIOLÓGICA. (Reg. 2082/91, modificado) PECUÁRIA BIOLÓGICA (Reg. 2082/91, modificado) SATIVA Controlo e Certificação de Produtos Av. Visconde de Valmor, 11, 3º. 1000-289 Lisboa sativa@sativa.pt www.sativa.pt Introdução consumidores - preocupações

Leia mais

Boletim informativo da Associação Portuguesa de Alimentação Racional e Dietética Nº1 Setembro de 2004

Boletim informativo da Associação Portuguesa de Alimentação Racional e Dietética Nº1 Setembro de 2004 Boletim informativo da Associação Portuguesa de Alimentação Racional e Dietética Nº1 Setembro de 2004 1. PRODUTOS------------------------------------------------------- 2 2. ALERTAS / SEGURANÇA ----------------------------------------

Leia mais

Proposta de DECISÃO DO CONSELHO

Proposta de DECISÃO DO CONSELHO COMISSÃO EUROPEIA Bruxelas, 26.2.2016 COM(2016) 89 final 2016/0053 (NLE) Proposta de DECISÃO DO CONSELHO que estabelece a posição a adotar pela União na 54.ª sessão do comité de peritos da OTIF para o

Leia mais

11261/09 ADD 1 AB/SR/cdc 1 DG I - 2A

11261/09 ADD 1 AB/SR/cdc 1 DG I - 2A CONSELHO DA UNIÃO EUROPEIA Bruxelas, 10 de Setembro de 2009 (15.09) (Or. en) Dossier interinstitucional: 2008/0002 (COD) 11261/09 ADD 1 DENLEG 51 CODEC 893 PROJECTO DE NOTA JUSTIFICATIVA DO CONSELHO Assunto:

Leia mais

CERTIFICAÇÃO DA RESTAURAÇÃO

CERTIFICAÇÃO DA RESTAURAÇÃO CERTIFICAÇÃO DA RESTAURAÇÃO BIOLÓGICA Fernando Serrador CERTIPLANET 2 de Junho de 2017 I Fórum Ibérico Produção Animal Biológica Oeiras PRODUTOS ABRANGIDOS (REG. EUROPEU) - Produtos Agrícolas Vegetais

Leia mais

FICHA TÉCNICA DE PRODUTO FT-127 SPRITE

FICHA TÉCNICA DE PRODUTO FT-127 SPRITE Pag 1/6 FICHA TÉCNICA DE PRODUTO SPRITE Pag 2/6 A- INFORMAÇÃO GERAL A-1 Produto: Nome produto: SPRITE A-2 Dados do Fornecedor: Engarrafador nome COCA-COLA EUROPEAN PARTNERS IBERIA, S.L Endereço: C/ Ribera

Leia mais

ANEXO. Plano de Ação para reforçar a luta contra o financiamento do terrorismo. Comunicação da Comissão ao Parlamento Europeu e ao Conselho

ANEXO. Plano de Ação para reforçar a luta contra o financiamento do terrorismo. Comunicação da Comissão ao Parlamento Europeu e ao Conselho COMISSÃO EUROPEIA Estrasburgo, 2.2. COM() 50 final ANNEX 1 ANEXO Plano de Ação para reforçar a luta contra o financiamento do terrorismo da Comunicação da ao Parlamento Europeu e ao Conselho PT PT ANEXO

Leia mais

Mercados. informação regulamentar. Hong Kong Condições Legais de Acesso ao Mercado

Mercados. informação regulamentar. Hong Kong Condições Legais de Acesso ao Mercado Mercados informação regulamentar Hong Kong Condições Legais de Acesso ao Mercado Abril 2010 Índice 1. Regime Geral de Importação 3 2. Regime de Investimento Estrangeiro 4 3. Quadro Legal 5 2 1. Regime

Leia mais

Evento Apícola. A abelha e a Laurissilva. São Vicente, 25 a 27 de Junho de 2010

Evento Apícola. A abelha e a Laurissilva. São Vicente, 25 a 27 de Junho de 2010 Evento Apícola A abelha e a Laurissilva São Vicente, 25 a 27 de Junho de 2010 Registo Aprovação Segurança alimentar no mel Maria Médica Veterinária Direcção Regional de Agricultura e Desenvolvimento Rural

Leia mais

Balanço das atividades desenvolvidas

Balanço das atividades desenvolvidas Plataforma para o Acompanhamento das Relações na Cadeia Alimentar 13ª Reunião Plenária Balanço das atividades desenvolvidas 19 de dezembro 2014 Lisboa - Ministério da Agricultura e do Mar Enquadramento

Leia mais

Direção Geral de Alimentação e Veterinária

Direção Geral de Alimentação e Veterinária Direção Geral de Alimentação e Veterinária Produtos-fronteira entre Suplementos Alimentares e Medicamentos A proteção da saúde e a defesa dos interesses dos consumidores têm de ser asseguradas através

Leia mais

UNIÃO EUROPEIA. Bruxelas, 25 de abril de 2014 (OR. en) 2012/0260 (COD) PE-CONS 65/14 DENLEG 63 AGRI 190 SAN 126 ENV 251 CODEC 735

UNIÃO EUROPEIA. Bruxelas, 25 de abril de 2014 (OR. en) 2012/0260 (COD) PE-CONS 65/14 DENLEG 63 AGRI 190 SAN 126 ENV 251 CODEC 735 UNIÃO EUROPEIA PARLAMENTO EUROPEU CONSELHO Bruxelas, 25 de abril de 2014 (OR. en) 2012/0260 (COD) PE-CONS 65/14 DENLEG 63 AGRI 190 SAN 126 ENV 251 CODEC 735 ATOS LEGISLATIVOS E OUTROS INSTRUMENTOS Assunto:

Leia mais

COMISSÃO DAS COMUNIDADES EUROPEIAS. Proposta de REGULAMENTO DO PARLAMENTO EUROPEU E DO CONSELHO

COMISSÃO DAS COMUNIDADES EUROPEIAS. Proposta de REGULAMENTO DO PARLAMENTO EUROPEU E DO CONSELHO COMISSÃO DAS COMUNIDADES EUROPEIAS Bruxelas, 14.1.2008 COM(2007) 872 final 2008/0002 (COD) C6-0027/08 Proposta de REGULAMENTO DO PARLAMENTO EUROPEU E DO CONSELHO relativo a novos alimentos que altera o

Leia mais

Informação sobre ingredientes. que provoquem alergias ou intolerâncias

Informação sobre ingredientes. que provoquem alergias ou intolerâncias Informação sobre ingredientes que provoquem alergias ou intolerâncias O Regulamento (UE) N.º 1169/2011, relativo à prestação de informação aos consumidores sobre os géneros alimentícios, entrou em vigor

Leia mais

Testes de Diagnóstico

Testes de Diagnóstico INOVAÇÃO E TECNOLOGIA NA FORMAÇÃO AGRÍCOLA agrinov.ajap.pt Coordenação Técnica: Associação dos Jovens Agricultores de Portugal Coordenação Científica: Miguel de Castro Neto Instituto Superior de Estatística

Leia mais

Diploma DRE. Artigo 1.º. Objeto

Diploma DRE. Artigo 1.º. Objeto Diploma Estabelece os formatos comuns para a comunicação e disponibilização de informações sobre produtos do tabaco e cigarros eletrónicos e recargas, bem como o valor das taxas a pagar pelos fabricantes

Leia mais

(Texto relevante para efeitos do EEE)

(Texto relevante para efeitos do EEE) L 67/22 REGULAMENTO (UE) 2016/355 DA COMISSÃO de 11 de março de 2016 que altera o anexo III do Regulamento (CE) n. o 853/2004 do Parlamento Europeu e do Conselho no que se refere aos requisitos específicos

Leia mais

Conselho da União Europeia Bruxelas, 18 de março de 2015 (OR. en)

Conselho da União Europeia Bruxelas, 18 de março de 2015 (OR. en) Conselho da União Europeia Bruxelas, 18 de março de 2015 (OR. en) 7326/15 DENLEG 40 AGRI 140 SAN 76 NOTA DE ENVIO de: Comissão Europeia data de receção: 17 de março de 2015 para: n. doc. Com.: D036607/01

Leia mais

Circuitos Curtos de Comercialização. Maria Raquel Lucas CEFAGE-UE e Departamento de Gestão

Circuitos Curtos de Comercialização. Maria Raquel Lucas CEFAGE-UE e Departamento de Gestão Circuitos Curtos de Comercialização Maria Raquel Lucas (mrlucas@uevora.pt) CEFAGE-UE e Departamento de Gestão Antecedentes Conceito de Circuito Curto Formas de Comercialização Estrutura da Apresentação

Leia mais

ASSEMBLEIA DA REPÚBLICA COMISSÃO DE ASSUNTOS EUROPEUS

ASSEMBLEIA DA REPÚBLICA COMISSÃO DE ASSUNTOS EUROPEUS PARECER COM(2013)161 COM(2013)162 Proposta de REGULAMENTO DO PARLAMENTO EUROPEU E DO CONSELHO que altera o Regulamento (CE) n.º 207/2009 do Conselho sobre a marca comunitária Proposta de DIRETIVA DO PARLAMENTO

Leia mais

Conselho da União Europeia Bruxelas, 29 de julho de 2014 (OR. en)

Conselho da União Europeia Bruxelas, 29 de julho de 2014 (OR. en) Conselho da União Europeia Bruxelas, 29 de julho de 2014 (OR. en) 12284/14 DENLEG 138 AGRI 520 SAN 304 NOTA DE ENVIO de: Comissão Europeia data de receção: 24 de julho de 2014 para: n. doc. Com.: D034099/02

Leia mais

ORIENTAÇÃO DE GESTÃO N.º 3/2013

ORIENTAÇÃO DE GESTÃO N.º 3/2013 ORIENTAÇÃO DE GESTÃO N.º 3/2013 Por alteração da Orientação de Gestão da Orientação de Gestão n. º 1/2012 (06-01-2012), n.º 1/2010 (29-03-2010) e da Orientação de Gestão n.º 7/2008 (21-01-2009) REGRAS

Leia mais

Software Movelife Contextualização Legal. Canal Horeca & Indústria.

Software Movelife Contextualização Legal. Canal Horeca & Indústria. Software Movelife Contextualização Legal Canal Horeca & Indústria www.movelife.net O seu cliente pode fazer uma refeição descansado? Ver vídeo de apresentação Menu A segurança alimentar e a nutrição têm

Leia mais

Conselho da União Europeia Bruxelas, 11 de outubro de 2016 (OR. en)

Conselho da União Europeia Bruxelas, 11 de outubro de 2016 (OR. en) Conselho da União Europeia Bruxelas, 11 de outubro de 2016 (OR. en) 13182/16 AGRILEG 147 VETER 97 NOTA DE ENVIO de: Comissão Europeia data de receção: 11 de outubro de 2016 para: n. doc. Com.: D045867/03

Leia mais

RESOLUÇÃO N 26, DE 02 DE JULHO DE 2015

RESOLUÇÃO N 26, DE 02 DE JULHO DE 2015 RESOLUÇÃO N 26, DE 02 DE JULHO DE 2015 Dispõe sobre os requisitos para rotulagem obrigatória dos principais alimentos que causam alergias alimentares. A Diretoria Colegiada da Agência Nacional de Vigilância

Leia mais

(Texto relevante para efeitos do EEE)

(Texto relevante para efeitos do EEE) 18.10.2016 L 280/13 REGULAMENTO DE EXECUÇÃO (UE) 2016/1832 DA COMISSÃO de 17 de outubro de 2016 que altera os modelos de certificados para as importações na União de preparados de carne, produtos à base

Leia mais

L 293/62 Jornal Oficial da União Europeia

L 293/62 Jornal Oficial da União Europeia L 293/62 Jornal Oficial da União Europeia 11.11.2010 DECISÃO DA COMISSÃO de 10 de Novembro de 2010 que altera a parte 1 do anexo E da Directiva 92/65/CEE do Conselho no que diz respeito ao modelo de certificado

Leia mais

LEGISLAÇÃO COMUNITÁRIA NO DOMÍNIO DO AMBIENTE. Principais diplomas legais em 2011

LEGISLAÇÃO COMUNITÁRIA NO DOMÍNIO DO AMBIENTE. Principais diplomas legais em 2011 LEGISLAÇÃO COMUNITÁRIA NO DOMÍNIO DO AMBIENTE Principais diplomas legais em 2011 QUALIDADE DO AR - Regulamento (UE) n 63/2011 da Comissão, que estabelece as modalidades do pedido de uma derrogação aos

Leia mais

Envia-se em anexo, à atenção das delegações, o documento D (2015) /08 Anexo.

Envia-se em anexo, à atenção das delegações, o documento D (2015) /08 Anexo. Conselho da União Europeia Bruxelas, 12 de novembro de 2015 (OR. en) 13998/15 ADD 1 CONSOM 190 MI 714 NOTA DE ENVIO de: Comissão Europeia data de receção: 29 de outubro de 2015 para: n. doc. Com.: Assunto:

Leia mais

MINISTÉRIO DA AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO SECRETARIA DE DEFESA AGROPECUÁRIA PORTARIA Nº 567, DE 8 DE DEZEMBRO DE 2010

MINISTÉRIO DA AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO SECRETARIA DE DEFESA AGROPECUÁRIA PORTARIA Nº 567, DE 8 DE DEZEMBRO DE 2010 MINISTÉRIO DA AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO SECRETARIA DE DEFESA AGROPECUÁRIA PORTARIA Nº 567, DE 8 DE DEZEMBRO DE 2010 Nota: Portaria em Consulta Pública O SECRETÁRIO SUBSTITUTO DE DEFESA AGROPECUÁRIA,

Leia mais

S.R. DA AGRICULTURA E FLORESTAS Despacho Normativo n.º 11/2012 de 3 de Fevereiro de 2012

S.R. DA AGRICULTURA E FLORESTAS Despacho Normativo n.º 11/2012 de 3 de Fevereiro de 2012 S.R. DA AGRICULTURA E FLORESTAS Despacho Normativo n.º 11/2012 de 3 de Fevereiro de 2012 Considerando o Regulamento (CE) n.º 247/2006, do Conselho, de 30 de janeiro, que estabelece medidas específicas

Leia mais

DOCUMENTO DE TRABALHO

DOCUMENTO DE TRABALHO PARLAMENTO EUROPEU Bruxelas, 14 de Agosto de 2003 Proposta de directiva do Parlamento Europeu e do Conselho que altera a Directiva 96/82/CE do Conselho relativa ao controlo dos perigos associados a acidentes

Leia mais

PARECER N.º 2/CITE/2010

PARECER N.º 2/CITE/2010 PARECER N.º 2/CITE/2010 Assunto: Parecer prévio ao despedimento de trabalhadora grávida, nos termos do n.º 1 e da alínea a) do n.º 3 do artigo 63.º do Código do Trabalho, aprovado pela Lei n.º 7/2009,

Leia mais

Jornal Oficial da União Europeia L 40/7

Jornal Oficial da União Europeia L 40/7 11.2.2009 Jornal Oficial da União Europeia L 40/7 REGULAMENTO (CE) N. o 124/2009 DA COMISSÃO de 10 de Fevereiro de 2009 que define limites máximos para a presença de coccidiostáticos ou histomonostáticos

Leia mais

Jornal Oficial da União Europeia L 109/47

Jornal Oficial da União Europeia L 109/47 30.4.2009 Jornal Oficial da União Europeia L 109/47 DECISÃO DA COMISSÃO de 28 de Abril de 2009 que autoriza a colocação no mercado de oleorresina de licopeno de tomate como novo ingrediente alimentar,

Leia mais

Autor: Senado Federal Relatora: Deputada IRACEMA PORTELLA

Autor: Senado Federal Relatora: Deputada IRACEMA PORTELLA COMISSÃO de Defesa do Consumidor PROJETO DE LEI N o 8.135, DE 2014 (Apensos PL nº 5.469, de 2013, e PL nº 5.674, de 2013) Acrescenta art. 47-A ao Decreto-Lei nº 986, de 21 de outubro de 1969, para instituir

Leia mais

Projecto-Lei 451/XIII/2ª. Reforça os direitos dos consumidores no que diz respeito ao consumo de bens alimentares. Exposição de motivos

Projecto-Lei 451/XIII/2ª. Reforça os direitos dos consumidores no que diz respeito ao consumo de bens alimentares. Exposição de motivos Projecto-Lei 451/XIII/2ª Reforça os direitos dos consumidores no que diz respeito ao consumo de bens alimentares Exposição de motivos Já desde 1982 que os direitos dos consumidores têm expressão constitucional,

Leia mais

Jornal Oficial da União Europeia L 336/17

Jornal Oficial da União Europeia L 336/17 8.12.2012 Jornal Oficial da União Europeia L 336/17 REGULAMENTO DE EXECUÇÃO (UE) N. o 1162/2012 DA COMISSÃO de 7 de dezembro de 2012 que altera a Decisão 2007/777/CE e o Regulamento (CE) n. o 798/2008

Leia mais

Envia-se em anexo, à atenção das delegações, o documento D (2015) /08.

Envia-se em anexo, à atenção das delegações, o documento D (2015) /08. Conselho da União Europeia Bruxelas, 12 de novembro de 2015 (OR. en) 13998/15 CONSOM 190 MI 714 NOTA DE ENVIO de: Comissão Europeia data de receção: 29 de outubro de 2015 para: Secretariado-Geral do Conselho

Leia mais

Informe Técnico n. 65, de 23 de fevereiro de Assunto: Esclarecimentos sobre o uso de enzimas em alimentos e bebidas.

Informe Técnico n. 65, de 23 de fevereiro de Assunto: Esclarecimentos sobre o uso de enzimas em alimentos e bebidas. Informe Técnico n. 65, de 23 de fevereiro de 2015. Assunto: Esclarecimentos sobre o uso de enzimas em alimentos e bebidas. I. Introdução. Recentemente, a ANVISA publicou a Resolução de Diretoria Colegiada

Leia mais

RECOMENDAÇÃO DA COMISSÃO

RECOMENDAÇÃO DA COMISSÃO 15.1.2011 Jornal Oficial da União Europeia L 11/75 RECOMENDAÇÃO DA COMISSÃO de 14 de Janeiro de 2011 que estabelece directrizes para a distinção entre matérias-primas para alimentação animal, aditivos

Leia mais

Vários tipos / níveis de controlo

Vários tipos / níveis de controlo António Mantas, Filipa Teixeira A CERTIFICAÇÃO DA AGRICULTURA BIOLÓGICA Madeira * Setembro de 2010 sativa@sativa.pt A CERTIFICAÇÃO de um produto (ou de um processo ou de um serviço) é um meio de garantir

Leia mais

Comissão do Mercado Interno e da Protecção dos Consumidores PROJECTO DE PARECER. da Comissão do Mercado Interno e da Protecção dos Consumidores

Comissão do Mercado Interno e da Protecção dos Consumidores PROJECTO DE PARECER. da Comissão do Mercado Interno e da Protecção dos Consumidores PARLAMENTO EUROPEU 2009-2014 Comissão do Mercado Interno e da Protecção dos Consumidores 14.12.2011 2011/0156(COD) PROJECTO DE PARECER da Comissão do Mercado Interno e da Protecção dos Consumidores dirigido

Leia mais

L 118/56 Jornal Oficial da União Europeia

L 118/56 Jornal Oficial da União Europeia L 118/56 Jornal Oficial da União Europeia 12.5.2010 DECISÃO DA COMISSÃO de 6 de Maio de 2010 que altera as partes 1 e 2 do anexo E da Directiva 92/65/CEE do Conselho no que diz respeito aos modelos de

Leia mais

29.6.2016 A8-0215/1 ALTERAÇÕES DO PARLAMENTO EUROPEU * à proposta da Comissão ---------------------------------------------------------

29.6.2016 A8-0215/1 ALTERAÇÕES DO PARLAMENTO EUROPEU * à proposta da Comissão --------------------------------------------------------- 29.6.2016 A8-0215/1 Alteração 1 Ismail Ertug, Knut Fleckenstein em nome do Grupo S&D Wim van de Camp em nome do Grupo PPE Roberts Zīle em nome do Grupo ECR Izaskun Bilbao Barandica em nome do Grupo ALDE

Leia mais

COMISSÃO DAS COMUNIDADES EUROPEIAS. Proposta de REGULAMENTO DO CONSELHO

COMISSÃO DAS COMUNIDADES EUROPEIAS. Proposta de REGULAMENTO DO CONSELHO COMISSÃO DAS COMUNIDADES EUROPEIAS Bruxelas, 28.5.2008 COM(2008) 336 final 2008/0108 (CNS) Proposta de REGULAMENTO DO CONSELHO que altera o Regulamento (CE) n. 1234/2007 que estabelece uma organização

Leia mais

adota a seguinte Consulta Pública e eu, Diretor-Presidente, determino a sua publicação:

adota a seguinte Consulta Pública e eu, Diretor-Presidente, determino a sua publicação: Agência Nacional de Vigilância Sanitária www.anvisa.gov.br Consulta Pública nº 89, de 13 de dezembro de 2004. D.O.U de 17/12/2004 A Diretoria Colegiada da Agência Nacional de Vigilância Sanitária, no uso

Leia mais

Portaria n.º 1098/2008

Portaria n.º 1098/2008 Portaria n.º 1098/2008 (Com as alterações introduzidas pela Portaria n.º 1254/2009 e pela Portaria n.º 479/2010) SUMÁRIO Aprova as taxas relativas a actos e serviços prestados no âmbito da propriedade

Leia mais

RELATÓRIO DA COMISSÃO AO PARLAMENTO EUROPEU E AO CONSELHO

RELATÓRIO DA COMISSÃO AO PARLAMENTO EUROPEU E AO CONSELHO COMISSÃO EUROPEIA Bruxelas, 20.5.2015 COM(2015) 205 final RELATÓRIO DA COMISSÃO AO PARLAMENTO EUROPEU E AO CONSELHO sobre a indicação obrigatória do país de origem ou do local de proveniência do leite,

Leia mais

EXTENSÃO DE USOS MENORES. - Estado da arte - Miriam Cavaco (Direcção-Geral de Agricultura e Desenvolvimento Rural)

EXTENSÃO DE USOS MENORES. - Estado da arte - Miriam Cavaco (Direcção-Geral de Agricultura e Desenvolvimento Rural) EXTENSÃO DE USOS MENORES - Estado da arte - Miriam Cavaco (Direcção-Geral de Agricultura e Desenvolvimento Rural) INTERPERA Meeting, 12 de junho de 2014 Sumário: Definição de: Uso menor em cultura menor

Leia mais

ROTULAGEM DA ORIGEM DO LEITE

ROTULAGEM DA ORIGEM DO LEITE ROTULAGEM DA ORIGEM DO LEITE Decreto-Lei n.º 62/2017 Esclarecimento Técnico nº 8 / DGAV / 2017 Este esclarecimento técnico foi elaborado em articulação com a ANIL RESUMO : O Decreto-Lei n.º 62/2017 estabelece

Leia mais

Condições Zootécnicas e Genealógicas

Condições Zootécnicas e Genealógicas Condições Zootécnicas e Genealógicas Legislação Consolidada Data de actualização: 24/01/2011 Texto consolidado produzido pelo sistema CONSLEG do serviço das publicações oficiais das comunidades Europeias.

Leia mais

QUARTA-FEIRA, 8 DE JUNHO DE 2016 (10:00)

QUARTA-FEIRA, 8 DE JUNHO DE 2016 (10:00) Conselho da União Europeia Bruxelas, 6 de junho de 2016 (OR. en) 9899/16 OJ CRP1 21 ORDEM DO DIA PROVISÓRIA Assunto: 2589.ª reunião do COMITÉ DE REPRESENTANTES PERMANENTES (1.ª Parte) Data: 8 e 10 de junho

Leia mais

Jornal Oficial da União Europeia

Jornal Oficial da União Europeia 7.3.2017 L 59/3 REGULAMENTO DE EXECUÇÃO (UE) 2017/384 DA COMISSÃO de 2 de março de 2017 que altera os anexos I e II do Regulamento (UE) n. o 206/2010 no que diz respeito aos modelos de certificados veterinários

Leia mais

Legislação temática Resíduos

Legislação temática Resíduos Diploma Resumo Data Alterações, revogações e normas complementares Portaria nº 1028/92 Estabelece normas de segurança e identificação para o transporte dos óleos usados 05-11-1992 Decreto-Lei nº 138/96

Leia mais

CHECK LIST PARA AVALIAÇÃO DE ROTULAGEM DE ALIMENTOS EMBALADOS Identificação da empresa: Designação do produto: Marca: Nome fantasia ou complemento de marca: INFORMAÇÕES GERAIS OBRIGATÓRIAS Conforme 1.1

Leia mais

SPC NO SETOR DOS ALIMENTOS PARA ANIMAIS: INTERAÇÃO COM OS PLANOS DE CONTROLO OFICIAL

SPC NO SETOR DOS ALIMENTOS PARA ANIMAIS: INTERAÇÃO COM OS PLANOS DE CONTROLO OFICIAL PC NO SETOR DOS ALIMENTOS PARA ANIMAIS: INTERAÇÃO COM OS PLANOS DE CONTROLO OFICIAL José Manuel Nunes da Costa DGAV / DSNA DAA A IMPORTÂNCIA DA NORMALIZAÇÃO NA ALIMENTAÇÃO ANIMAL IACA, SANTARÉM, 27 JUNHO

Leia mais

A COMISSÃO DAS COMUNIDADES EUROPEIAS,

A COMISSÃO DAS COMUNIDADES EUROPEIAS, L 126/34 22.5.2003 DIRECTIVA 2003/40/CE DA COMISSÃO de 16 de Maio de 2003 que estabelece a lista, os limites de concentração e as menções constantes do rótulo para os constituintes das águas minerais naturais,

Leia mais

Classificação, embalagem e rotulagem de produtos fitofarmacêuticos novo quadro legal

Classificação, embalagem e rotulagem de produtos fitofarmacêuticos novo quadro legal Classificação, embalagem e rotulagem de produtos fitofarmacêuticos novo quadro legal Francisca Almeida Lei 26/2013, de 11 Abril Regula as atividades de distribuição, venda e aplicação de produtos fitofarmacêuticos

Leia mais

PRODUTO LIGHT E DIET: Como reconhecer a diferença?

PRODUTO LIGHT E DIET: Como reconhecer a diferença? PRODUTO LIGHT E DIET: Como reconhecer a diferença? Centro de Ciências da Saúde - UFRJ Rio de Janeiro, 8 de abril de 2002 LEGISLAÇÕES DE 1968-1988 Decreto - Lei 986/69 - Normas Básicas de Alimentos Alimento

Leia mais

ESPECIALIZAÇÃO EM AZEITE

ESPECIALIZAÇÃO EM AZEITE ESPECIALIZAÇÃO EM AZEITE Outubro 2010 ESPECIALIZAÇÃO EM AZEITE O consumo de azeite tem verificado um aumento significativo com o surgimento de novos mercados (EUA, Brasil, Austrália) a par do aumento do

Leia mais

***I PROJECTO DE RELATÓRIO

***I PROJECTO DE RELATÓRIO PARLAMENTO EUROPEU 2009-2014 Comissão do Comércio Internacional 10.2.2011 2010/0272(COD) ***I PROJECTO DE RELATÓRIO sobre a proposta de regulamento do Parlamento Europeu e do Conselho que revoga o Regulamento

Leia mais