J B. Ornal. Eira. Reabilitação de edifícios no centro histórico para arrendar

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "J B. Ornal. Eira. Reabilitação de edifícios no centro histórico para arrendar"

Transcrição

1 Informativo da Diocese de Viseu Pub Semanário Quinta-Feira Ano 93 0,60 (IVA 6% incl.) Director: João Martins Marques Pub J B Ornal Da Eira Telef Rua da Capela, nº 16 Póvoa de Abraveses Viseu BOMBEIROS MUNICIPAIS Apresentado novo veículo de combate a incêndios florestais e urbanos Mensagem de Natal Não fechemos a porta do nosso coração! A minha mensagem de Natal dirige-se, directamente, a todas as pessoas da diocese de Viseu. Quero desejar - a todas e sem excepção um Feliz e Santo Natal, vivido em Sínodo, isto é, em caminho fraterno e familiar, olhando-nos como irmãos de uma grande família, procurando todos os que vivem nas periferias da vida. Quero convidar todas as pessoas a que privilegiem aquelas outras que vivem com dificuldades, seja porque não têm emprego, porque não têm saúde, porque não têm alimento, porque não têm casa ou porque não têm amigos. É triste não ter alguma coisa destas porque todas são precisas para sermos felizes. É triste não ter e saber que algumas pessoas têm isto tudo e estragam, sem partilhar com os irmãos. O que estragamos ou escondemos dos outros é o que pertence a tantas outras pessoas que ficam sem poder usufruir o que outros lhes roubam ou lhes escondem. Deus quer que, do que não precisamos, partilhemos com as pessoas a quem falta. E há tantas pessoas a quem tudo isto faz falta; e há tantas pessoas que estragam o que deveria pertencer àquelas que não têm o que precisam. O Natal é, desde há anos, a Festa da Família, a Festa do Amor, a Festa da partilha, a Festa da Solidariedade De que estamos à espera se muitas e tantas pessoas não têm o que lhes faz falta e que é seu direito? Todos estamos a tempo de celebrar o Natal! Não fechemos a porta do nosso coração! Se o fechamos, nada sai e nada entra e morremos sozinhos e tantas e tantos não nos podem agradecer termos partilhado o amor que pensávamos e dizíamos ter no coração! Bispo Ilídio n Viseu - Natal 2013 Pág. 8 fixar turistas ATRAVÉS Da cultura Anunciada a realização do Viseu Spring Festival para a Primavera/2014 Pág. 7 comandante dos Bombeiros Municipais Preocupações são a degradação da zona histórica e os perigos da floresta Pág. 7 O investimento é 1.4 milhões de euros Reabilitação de edifícios no centro histórico para arrendar Núcleo de Viseu da Amnistia Internacional mostra-se contra a indiferença Pág. 6 Santuário de Fátima vai ajudar as Filipinas neste Natal Pág. 5 Papa Francisco alerta para o escândalo da fome no mundo Pág. 9 Pág. 9

2 2 19. Dezembro Liturgia AGENDA LITÚRGICA DEZEMBRO 2013 JANEIRO 2014 Dia 29 (Domingo) Festa da Sagrada Família, Missa própria, cor branca. Dia 30 (Segunda-feira) Oitava do Natal, cor branca. Dia 31 (Terça-feira) Oitava do Natal, cor branca. Dia 01 (Quarta-feira) Santa Maria Mãe de Deus, Missa própria, cor branca. Dia 02 (Quinta-feira) S. Basílio Magno e S. Gregório de Nazianzo, cor branca. Dia 03 (Sexta-feira) Missa da féria, cor branca. Dia 04 (Sábado) Missa da féria, cor branca. MISSAS NA CIDADE DOMINGOS E Dias SANTOS Vespertinas 17h30 - Igreja do Carmo 18h00 - Coração de Jesus 18h30 - Sé, Gumirães e Viso 19h15 - Igreja S. José No próprio dia 08h00 - Terceiros 08h15 - Esculca 09h00 - Sé, S. António e Convento do Viso 09h30 - Igreja S. José 09h45 - Quinta do Galo 10h00 - Igreja dos Terceiros 10h30 - Seminário das Missões 11h00 - Sé e Coração de Jesus 11h30 - Igreja S. José e Viso 12h00 - Carmo e Imac. Conceição 12h30 - Igreja da Misericórdia 16h15 - Hospital de S. Teotónio 17h00 - Casa de Saúde S. Mateus 18h00 - Coração de Jesus e S. Tiago 18h30 - Sé e Viso (Paroquial) 19h15 - Igreja S. José Celebração do Dia do Senhor 29 DE DEZEMBRO LEITURA I festa da sagrada família Sir 3, a Leitura do Livro de Ben-Sirá Deus quis honrar os pais nos filhos e firmou sobre eles a autoridade da mãe. Quem honra seu pai obtém o perdão dos pecados e acumula um tesouro quem honra sua mãe. Quem honra o pai encontrará alegria nos seus filhos e será atendido na sua oração. Quem honra seu pai terá longa vida, e quem lhe obedece será o conforto de sua mãe. Filho, ampara a velhice do teu pai e não o desgostes durante a sua vida. Se a sua mente enfraquece, sê indulgente para com ele e não o desprezes, tu que estás no vigor da vida, porque a tua caridade para com teu pai nunca será esquecida e converter-se-á em desconto dos teus pecados. Palavra do Senhor. SALMO RESPONSORIAL Salmo 127 (128), Refrão: Ditosos os que temem o Senhor, ditosos os que seguem os seus caminhos. Feliz de ti, que temes o Senhor e andas nos seus caminhos. Comerás do trabalho das tuas mãos, serás feliz e tudo te correrá bem. Tua esposa será como videira fecunda no íntimo do teu lar; teus filhos serão como ramos de oliveira ao redor da tua mesa. Assim será abençoado o homem que teme o Senhor. De Sião te abençoe o Senhor: vejas a prosperidade de Jerusalém todos os dias da tua vida. LEITURA II Col 3, Leitura da Epístola do apóstolo São Paulo aos Colossenses Irmãos: Como eleitos de Deus, santos e predilectos, revesti-vos de sentimentos de misericórdia, de bondade, humildade, mansidão e paciência. Suportai-vos uns aos outros e perdoai-vos mutuamente, se algum tiver razão de queixa contra outro. Tal como o Senhor vos perdoou, assim deveis fazer vós também. Acima de tudo, revesti-vos da caridade, que é ANO A o vínculo da perfeição. Reine em vossos corações a paz de Cristo, à qual fostes chamados para formar um só corpo. E vivei em acção de graças. Habite em vós com abundância a palavra de Cristo, para vos instruirdes e aconselhardes uns aos outros com toda a sabedoria; e com salmos, hinos e cânticos inspirados,cantai de todo o coração a Deus a vossa gratidão. E tudo o que fizerdes, por palavras ou por obras, seja tudo em nome do Senhor Jesus, dando graças, por Ele, a Deus Pai. Esposas, sede submissas aos vossos maridos, como convém no Senhor. Maridos, amai as vossas esposas e não as trateis com aspereza. Filhos, obedecei em tudo a vossos pais, porque isto agrada ao Senhor. Pais, não exaspereis os vossos filhos, para que não caiam em desânimo. Palavra do Senhor. ALELUIA Reine em vossos corações a paz de Cristo, habite em vós a sua palavra. EVANGELHO Mt 2, Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo segundo São Mateus Depois de os Magos partirem, o Anjo do Senhor apareceu em sonhos a José e disse-lhe: «Levanta-te, toma o Menino e sua Mãe e foge para o Egipto e fica lá até que eu te diga, pois Herodes vai procurar o Menino para O matar». José levantou-se de noite, tomou o Menino e sua Mãe e partiu para o Egipto e ficou lá até à morte de Herodes, para se cumprir o que o Senhor anunciara pelo profeta: «Do Egipto chamei o meu filho». Quando Herodes morreu, o Anjo apareceu em sonhos a José no Egipto e disse-lhe: «Levanta-te, toma o Menino e sua Mãe e vai para a terra de Israel, pois aqueles que atentavam contra a vida do Menino já morreram». José levantou-se, tomou o Menino e sua Mãe, e voltou para a terra de Israel. Mas, quando ouviu dizer que Arquelau reinava na Judeia, em lugar de seu pai, Herodes, teve receio de ir para lá. E, avisado em sonhos, retirou-se para a região da Galileia e foi morar numa cidade chamada Nazaré, para se cumprir o que fora anunciado pelos Profetas: «Há-de chamar-se Nazareno». Palavra da salvação. Liturgia e Vida FICHA TÉCNICA Propriedade Fundação Jornal da Beira Registo n.º Contribuinte n.º R. Nunes de Carvalho, n.º VISEU Telef.: Fax: Director João Martins Marques Sub-Director Nuno Azevedo Equipa Redactorial João Martins Marques (TE 587) Rodrigues Bispo (CP 707) António Matos (CP 4207) Felisberto Figueiredo (CR 340) Nuno Azevedo Fátima Eusébio José Saraiva Paulo Bruno Alves (TP 1893) Composição Urbano Mendonça Cristina Lopes Tiragem por edição exemplares Impressão FIG - Indústrias Gráficas, S.A. Rua Adriano Lucas Coimbra Condições de Assinatura Assinatura/ano: Continente 25 Europa 40 Outros Países 60 Todos os direitos reservados. Interdita a reprodução, mesmo que parcial, de textos, fotografias ou ilustrações sob quaisquer meios, e para quaisquer fins, mesmo que comerciais. FESTA DA SAGRADA FAMÍLIA Cartaz: Como Jesus, Maria e José, construir o amor e a vida Sugestão de cânticos: Entrada: Os pastores vieram, F. Santos, NCT 63; Ofertório: Ave Regina coelorum, NCT 86; Comunhão: O Verbo fez-se carne, C. Silva, NCT 78; Da plenitude de Cristo, M. Luís, NCT 75. Reflexões Bíblico-Litúrgicas O tema da família ocupa muitas vezes o interesse social e o magistério da Igreja. De facto, a família é a célula social básica, onde se expressam os grandes problemas da sociedade: relação homem-mulher, sexualidade, relação entre gerações, infância, juventude, velhice, doentes Esta festa que hoje se celebra não é só uma comemoração litúrgica, mas também expressa o interesse eclesial pela família e salientar os elementos básicos do pensamento cristão. O centro do tempo do Natal e de toda a fé cristã é a pessoa de Jesus, Filho de Deus, nosso Irmão e Salvador, especialmente no mistério da sua Encarnação. Deus fez-se homem para salvar a humanidade. Hoje destacamos um aspecto importante. Jesus foi uma pessoa singular na história, membro de um povo. Nós pertencemos sempre a um grupo e Deus chama-nos a uma vida plena, não só individual, mas também colectiva. A Encarnação de Jesus realizou-se no seio de uma família, num povo, Nazaré, numa parcela concreta da sociedade humana. A Sagrada Família, com Maria e José, foi o cenário no qual Jesus cresceu e se integrou na humanidade, onde aprendeu a ser pessoa, dentro de um povo, que era o seu, do qual na sua vida teria de experimentar as grandezas e as fraquezas. Hoje, temos diante de todos o grande tema da família e a perspectiva cristã de a entender e de a viver. A primeira leitura e os últimos versículos da segunda falam das relações familiares. São textos escritos há milhares de anos e nota-se a diferença cultural que têm com o nosso mundo. Isto leva-nos a uma conclusão: a família como núcleo humano básico teve diversas formas no decorrer dos tempos. Hoje podemos constatar as grandes diferenças estruturais nas diversas culturas e a mudança vertiginosa na nossa cultura em pouco anos: o lugar do homem e da mulher, a atitude dos filhos nas diversas idades, o papel dos avós, a mobilidade, rupturas, os novos estilos de família A missão cristã é levar a todos o Espírito evangélico. Deve sempre reinar neste anúncio o amor cristão, com toda a sua grandeza, delicadeza e exigência. Isto supõe uma atitude respeitosa e crítica ao mesmo tempo. Quem honra seu pai encontrará alegria ampara-o na velhice e não o desgostes durante a sua vida (1ª leitura). Já há muitos séculos este era um grande problema, que hoje se vai multiplicando. Mas também há outras relações dentro da família que necessitam de muita delicadeza. Hoje é um dia para reflectir nas nossas relações familiares. Há que evitar a sensação de que a Igreja apoia mais a família tradicional e que lamenta as mudanças: também a família tradicional tinha muitas coisas negativas e tinha que ser salva. A nossa família tem as suas formas que têm de ser encaradas sob o critério do Evangelho: a relação entre os esposos, a relação entre os pais e os filhos, o papel das crianças e dos jovens, o lugar dos idosos. A família é convidada a ser uma pequena comunidade cristã. Ou seja, um lugar onde se recebe toda a espécie de influência social, mas que procura viver no Espírito do Evangelho de Jesus. Há que dar muita atenção a cada membro da família, muito discernimento, generosidade, criatividade; ou seja, espírito de amor e de sacrifício para se dar o melhor possível a cada um, especialmente àqueles que mais necessitam. É importante alimentar um clima de abertura generosa ao bem social, à ajuda aos mais pobres, à construção de uma sociedade mais justa e na paz. SDPL n

3 Diocese 3 Convosco Por Cristo Para Todos Caminho Catecumenal Para cumprimentar e desejar Festas Felizes, esteve em Viseu, na Casa Episcopal, a Equipa Nacional do Caminho Neocatecumenal, na manhã da passada Terça-feira, dia 11 de Dezembro. O Bispo agradeceu e deseja a todos os grupos do Caminho, a todos os seus Membros e Catequistas, um Santo Natal e Feliz Zona Pastoral do Dão Nas instalações do Centro Paroquial da paróquia de Sátão e acolhidos pelo Pároco e Vigário Episcopal desta Zona Pastoral, estiveram reunidos os Sacerdotes desta Zona Pastoral que inclui os Arciprestados de Aguiar da Beira, de Penalva do Castelo e de Sátão. Esta reunião - que teve como tema central o próximo Sínodo dos Bispos sobre a Família e a participação desta Zona Pastoral - decorreu na manhã de Quinta-feira, dia 12 de Dezembro. Outros temas foram tratados, de acordo com o interesse e partilha dos Sacerdotes desta Zona Pastoral. Festa da Padroeira do Seminário Na tarde de Sexta-feira, 13 de Dezembro, celebrou-se a Padroeira do Seminário Maior da nossa Diocese - Nossa Senhora da Esperança. Estiveram presentes os Alunos dos Seminários da Diocese, a Equipa de Sacerdotes que neles trabalham, a Comunidade de Religiosas e Auxiliares e os Pais e Familiares dos Seminaristas. O Bispo presidiu à Eucaristia e participou na refeição fraterna e nos momentos de Festa que a seguiram. 10 Milhões de Estrelas Continuando a tradição de há alguns anos, a Cáritas Diocesana organizou uma sessão de Festa na escadaria da Igreja dos Terceiros, iluminada por centenas de velas e que anunciava a venda de cerca de , cujo dinheiro revertia para carenciados dos meios fundamentais para viver. O tema deste ano é: 10 milhões de estrelas para a Solidariedade, Justiça e Paz. O Bispo e a Vereadora da Câmara com o pelouro da área social estiveram e acompanharam a Direcção da Cáritas Diocesana. Visita Pastoral em Couto de Baixo Durante a semana, de 9 a 15 de Dezembro, teve lugar a Visita Pastoral em Couto de Baixo que decorreu, nos mesmos dias, na paróquia de Couto de Cima. Em Couto de Baixo, o Bispo, sempre acompanhado pelo Pároco - Pe. José Cardoso Caldeira, pároco aqui há pouco cerca de 3 meses - iniciou a Visita com os cumprimentos à Junta de Freguesia e com a Eucaristia na Igreja Matriz, que tem como Padroeira Santa Eulália. Nos restantes dias, visitou algumas Empresas, o Lar de Idosos, particular, em Vila Nova - o Lar Quinta da Avozinha - e algumas pessoas doentes em suas casas. Reuniu com os órgãos de Corresponsabilidade, estando presentes alguns responsáveis de Movimentos, mordomias e outros elementos que assumem diversas responsabilidades na paróquia. Presidiu à Eucaristia, também concelebrada pelo Pároco, nas aldeias de Mosteirinho e Dade. Visitou a Capela de S. Simão e a de Nossa Senhora em Salgueiral. Na tarde de Sábado, esteve com as crianças e os adolescentes da catequese e, também, com alguns dos seus Pais e Catequistas. Também no Sábado, esteve com os jovens e crismandos que se reuniram com os de Couto de Cima. No Domingo de manhã, celebrou-se a Eucaristia do 3º Domingo do Advento e, com a Igreja repleta, foram crismados 29 cristãos, quase todos jovens. Foi uma bela Visita Pastoral. O Bispo agradece, a toda a Comunidade e ao seu pároco, o belo acolhimento em todos os dias e em todos os lugares e a excelente colaboração e amizade de todos. Visita Pastoral em Couto de Cima Durante os dias 9 a 15 de Dezembro de 2013 teve lugar a Visita Pastoral em Couto de Cima, quase 22 anos depois da que D. António Monteiro realizou, precisamente no dia 19 de Janeiro de Decorrendo nos mesmos dias da de Couto de Baixo, formando as duas uma só freguesia desde as últimas eleições autárquicas, a semana foi-se repartindo por uma e outra paróquia. Assim, sempre na companhia do Pároco - Pe. José Francisco Caldeira, aqui há cerca de 3 meses - começou por visitar a Junta e a Assembleia de freguesia na sua sede. De seguida, visitou o Lar de Idosos na Associação do Couto de Cima e visitou algumas pessoas doentes, em suas casas, nas aldeias de Lobagueira, Masgalos, S. Cosmado e na sede da freguesia, em Couto de Cima. Finalmente, no 1.º dia, presidiu à Eucaristia na Igreja Paroquial, dedicada a S. Martinho. No 2.º dia, foram visitadas algumas Empresas, algumas com grande actividade e com muito trabalho, apesar das dificuldades actuais. O Bispo e o Pároco celebraram a Eucaristia, durante a semana, em Lobagueira, Masgalos e São Cosmado, tendo as pessoas participado em grande número e, sempre, com grande festa e muita alegria. Houve reunião com os grupos de corresponsabilidade da paróquia e, no Sábado, o Bispo e o Pároco saudaram as crianças e toda a multidão que estiveram numa festa de Natal na associação local. Na mesma associação, houve o encontro de preparação para o Sacramento da Confirmação inserido num encontro de jovens das 2 paróquias, orientado pelo Pe. António Jorge, Reitor dos Seminários da diocese e Presidente do Secretariado da Pastoral da Juventude, das Vocações e do Ensino Superior. No final da manhã de Domingo, dia 15, o Bispo presidiu à Eucaristia, crismando 27 cristãos, quase todos jovens. Foi uma bela Visita Pastoral, preparada com trabalho de pregação por um sacerdote vicentino. Parabéns à paróquia, a todos os seus cristãos mais cooperadores e ao seu Pároco. Natal no Hospital de S. Teotónio No início da tarde de Domingo, dia 15 de Dezembro, o Bispo presidiu à Eucaristia no átrio do Hospital de S. Teotónio, tendo concelebrado os Padres Amadeu Ferreira, João Pedro e José Néry. Presentes algumas pessoas doentes, muitos visitadores e familiares dos doentes, alguns profissionais do hospital e outras pessoas, amigas do hospital, que constituíram um coro. Presentes, também, o Dr. Ermida e o Dr. Rui Melo, respectivamente, Presidente do Conselho de Administração e elemento do mesmo Conselho. De seguida à Eucaristia, o Bispo foi com os Sacerdotes e com o Presidente do Conselho de Administração distribuir prendas a algumas pessoas internadas e outras em consulta na Urgência. D. Ilídio comemora mais um aniversário No passado dia catorze, D. Ilídio Leandro festejou o seu aniversário (63.º), em clima de festa natalícia, convidando para a sua mesa todos os trabalhadores da Casa Episcopal, tanto os do Jornal da Beira, como os da Cúria Diocesana e do Tribunal Eclesiástico. Presentes também, para além dos Vigários Episcopais, os técnicos e dirigentes do Departamento dos Bens Culturais, os elementos do Gabinete de Informação e da Secretaria Episcopal. O clima foi de festa e de convívio, num gesto de alegria pelo dom da vida, que deve ser posta ao serviço dos outros, numa inteira disponibilidade feliz. Todos os presentes felicitaram o Bispo pelo seu aniversário e mostraram a sua disponibilidade para continuarem a servir a Igreja de Viseu, independentemente de exercerem funções remuneradas, ou em regime de voluntariado. Ficou patente a vontade de estarem atentos e disponíveis para corresponderem às necessidades da nova evangelização, numa escuta atenta às preocupações do Bispo, que são preocupações de Pastor, que quer ver o seu rebanho bem nutrido, conduzindo-o a pastos verdes e águas abundantes, para que sintam a alegria do Evangelho. GI n Missionários Combonianos têm novo Superior Provincial Os Missionários Combonianos em Portugal elegeram novo Superior Provincial na pessoa do Pe. José da Silva Vieira, que acaba de ser confirmado pelo Superior Geral, Pe. Henrique Sánchez, para conduzir os destinos dos combonianos no país durante os próximos três anos, a começar a 1 de Janeiro de O Pe. José Vieira sucede ao Pe. Alberto Silva, que guiou os combonianos portugueses durante os últimos seis anos ( ) e que cessa funções a 31 de Dezembro. O Pe. José Vieira é natural de Cinfães, diocese de Lamego e distrito de Viseu, onde nasceu a 4 de Fevereiro de Frequentou os seminários combonianos de Vila Nova de Famalicão, Maia, Coimbra e Santarém. Fez os estudos de Teologia no Missionary Institute London, em Inglaterra, sendo ordenado sacerdote no dia 19 de Junho de Depois de um primeiro período de trabalho apostólico em Portugal, de 1985 a 1992, na redacção das revistas combonianas Além-Mar e Audácia, o Pe José Vieira foi missionário na Etiópia de 1993 a Neste ano, regressou a Portugal, para retomar a direcção das revistas até Em Novembro de 2006, o Pe. José Vieira aceitou o desafio que lhe fez o então Superior Geral, Pe. Teresino Serra, de se dedicar ao projecto da criação da Rede de Rádios Católicas do Sudão. Dedicouse a este projecto, em colaboração com as Missionárias Combonianas, até Dezembro de 2013, em Juba, a capital do Sudão do Sul, de onde regressa agora para coordenar as actividades dos Missionários Combonianos em Portugal. Presentes em Portugal desde 1947, com comunidades em Viseu, Maia, Vila Nova de Famalicão, Coimbra, Calvão, Santarém, Camarate e Lisboa, os Missionários Combonianos são um instituto exclusivamente missionário, que se dedica à evangelização em quatro continentes (Europa, África, Américas e Ásia), com uma particular e longa história de presença em África. O Instituto foi fundado em Verona, Itália, no ano de 1867, por S. Daniel Comboni, primeiro bispo de Cartum, a actual capital do Sudão. Os Missionários Combonianos naturais de Portugal são 93: 70 sacerdotes e 23 Irmãos missionários. Em Portugal trabalham actualmente 33 sacerdotes e 10 irmãos; os restantes 50 são missionários na África, Américas e Ásia. Pe Manuel Ferreira mccj n

4 4 Diocese Pastoral Social SECRETARIADO DIOCESANO COMISSÃO DIOCESANA JUSTIÇA E PAZ Este é o tema que o Papa Francisco escolheu para a sua primeira mensagem para o Dia Mundial da Paz a celebrar no 1.º de Janeiro de Como celebração, o Dia Mundial da Paz é uma criação do Papa Paulo VI: em mensagem de 8/12/1967, dirigiu-se a todos os homens de boa vontade, para os exortar a celebrar o Dia da Paz, em todo o mundo, no primeiro dia do ano civil, 1 de Janeiro de Desejaríamos que depois, cada ano, esta celebração se viesse a repetir... irmão e com a natureza, é o maior dom que Deus concede ao ser humano, pois que, sem paz, ninguém consegue viver feliz. Foi para instaurar esta Paz entre os homens que Jesus veio a este mundo. Quando chega o «Príncipe da Paz», o anúncio do Seu nascimento é feito com uma proposta de Paz na terra aos homens de boa vontade (Lc 2, 13). No Seu testamento no discurso da despedida é a riqueza da Paz que Ele nos lega: Deixo-vos a Paz, a minha Paz vos dou (Jo, 14, 27); A lher, habita o anseio irreprimível de fraternidade, impelindo à comunhão com os outros, em quem não encontramos inimigos concorrentes, mas irmãos que devemos acolher e abraçar. A fraternidade é uma dimensão essencial do homem, sendo ele um ser relacional. A consciência viva desta dimensão leva-nos a ver e tratar cada pessoa como uma verdadeira irmã e um verdadeiro irmão; sem tal consciência, torna-se impossível a construção duma sociedade justa, duma paz firme e duradoura. consumismo materialista, debilitam os laços sociais, alimentando aquela mentalidade do «descartável» que induz ao desprezo e abandono dos mais fracos, daqueles que são considerados «inúteis». Confinando-nos agora à nossa Para pôr fim a estas «guerras», muito há que mudar, desde logo, e no que respeita aos gestores da sociedade políticos, economistas, empresários repensar adequadamente os modelos de desenvolvimento económico e, quanto aos sociedade, com a crise económica e financeira que a afecta, se é certo que não se vive o drama de confrontos armados, nem por isso está ela isenta de outras guerras menos visíveis, mas não menos demolidoras de vidas, de famílias, de empresas, desde logo a «guerra» do desemprego com os dramas pessoais e familiares que gera. indivíduos, mudar os estilos de vida, aproveitando a crise actual como uma oportunidade para a mudança e uma ocasião propícia para recuperar as virtudes da prudência, temperança, justiça e fortaleza. Elas podem ajudar-nos a superar os momentos difíceis e a redescobrir os laços fraternos que nos unem uns aos outros. Fraternidade, Fundamento e Caminho para a Paz Desde então, todos os anos o Papa vem apresentando um tema de reflexão para o Dia Mundial da Paz. Em 1971, no IV Dia Mundial da Paz, o Papa Paulo VI apresentou como tema Todos os homens são meus irmãos, tema cuja ideia central se pode resumir pelo binómio fraternidade e paz. O anseio máximo de todo o ser humano é a felicidade e, no seu íntimo, ele intui que, sem paz, jamais a alcançará. A Paz, enquanto expressão da plena harmonia da criatura com o Criador, consigo própria, com o Paz esteja convosco, é a saudação do Ressuscitado aos Seus discípulos, três vezes repetida (Jo 20, 19-20; 26). Como alcançar a Paz? O Papa Francisco indica-nos a «receita» para alcançar a Paz, na presente mensagem para a celebração do XLVII Dia Mundial da Paz a Fraternidade assim retomando o binómio fraternidade e paz apresentado em 1971 pelo Papa Paulo VI. É que, diz ele na mensagem de que respigamos alguns excertos, no coração de cada homem e mu- Mas esta fraternidade não é possível sem a referência ao Pai comum como seu fundamento último. Uma verdadeira fraternidade entre os homens supõe e exige uma paternidade transcendente. É a perda desta referência o progressivo afastamento do homem de Deus que cria a profunda carência de fraternidade, por si geradora das inúmeras situações de desigualdade, pobreza e injustiça e ausência de uma cultura de solidariedade. As novas ideologias, caracterizadas por generalizado individualismo, egocentrismo e Arciprestado de Tondela Inquérito do Sínodo dos Bispos Na passada Quinta-feira, realizou-se uma segunda sessão de trabalho sobre o Inquérito que está a ser respondido por toda a Igreja, para servir de base à preparação do Sínodo extraordinário dos Bispos. O Arciprestado de Tondela adoptou a metodologia que já vem seguindo para o Sínodo Diocesano. Depois de uma sessão explicativa em sala, para todos os Grupos Sinodais, cada grupo trabalha separadamente, sendo, depois apresentadas as conclusões, em plenário. Neste caso, os elementos da assembleia que se dispôs a fazer a reflexão foram divididos em seis grupos, que reuniram em sala. Já fizeram duas sessões, sempre à Quinta-feira, respondendo, em cada uma, a três das nove questões que compõem o Inquérito. Nesta Quinta-feira, será a última sessão de trabalho e a síntese resultante do trabalho dos seis grupos será remetida ao Bispo da Diocese, servindo-lhe de mais um elemento para a auscultação que está a fazer à Diocese e que será vertida numa síntese global do sentir da Igreja visiense. Este sentir chegará à Conferência Episcopal, que, no início de Janeiro, enviará à Santa Sé o resultado da auscultação feita ao conjunto das dioceses de Portugal. GI n Festa anual da Legião de Maria Como é habitual, no mês de Dezembro, na proximidade da Solenidade da Imaculada Conceição, a Legião de Maria fez a sua Festa anual, em Canas de Santa Maria, na tarde do passado domingo. Depois de um tempo de oração na Igreja paroquial, houve um momento de animação e recreio no salão do Centro Paroquial. Os praesidia presentes, maioritariamente do Arciprestado de Tondela, subiram ao palco para apresentar quadros referentes ao Natal, ou para recitar poemas, também eles alusivos ao nascimento de Jesus. Cada praesidium fez o seu melhor para fazer passar a mensagem, anunciando a alegria da Boa Nova, através da representação cénica, com acompanhamento musical gravado, ou ao vivo. No final o praesidium de Tondela ofereceu também um momento musical de temas populares acompanhados a acordeão, momento que foi muito participado pelos presentes, a darem o seu pé de dança. Rezada a Téssera, seguiu-se a partilha de farnéis, num momento de agradável convívio, que terminou, quando a noite já ia caindo. GI n

5 Viseu 5 A REABILITAÇÃO DO CENTRO HISTÓRICO TROUXE MINISTRO A VISEU O investimento é 1.4 milhões de euros Reabilitação de edifícios no centro histórico para arrendar O presidente do Instituto de Habitação e Reabilitação Urbana (IHRU), Vítor dos Reis, procedeu, no salão nobre da Câmara Municipal, à apresentação do projeto que vai contemplar, na fase inicial, 24 concelhos, um dos quais o de Viseu, onde serão reabilitados 15 fogos de arrendamento, destinados especialmente a jovens famílias, e seis espaços de comércio e serviços. A contratualização entre o Município e o IHRU trepa a um financiamento de 1.4 milhões de euros para investir na requalificação de sete edifícios, especialmente na rua Direita, onde se concentram cinco da totalidade dos imóveis a intervencionar, e dois nas Escadinhas da Sé/Largo de S. Teotónio. Os contratos de financiamento foram rubricados pelo Ministro do Ambiente, Ordenamento do Território e Energia, Jorge Moreira da Silva. As obras arrancarão no primeiro semestre de 2014, devendo estar concluídas dentro de dois anos. Então, a face do centro histórico estará um pouco mais apelativa. O financiamento assegura 90% do montante global do investimento. Fixar mais 50 pessoas Esta intervenção, no centro histórico, permitirá fixar aí mais 50 pessoas. Na cerimónia, o edil viseense adiantou que estão a ser apresentados resultados concretos da governação municipal para a revitalização social e económico do centro histórico, muito para além da obra de fachada. Este é um investimento positivo porque trará investimento, pessoas, emprego e atividade económica ao centro histórico. Por outro lado, informou Almeida Henriques, a Câmara Municipal está neste momento a preparar o plano estratégico para intervenção nesta zona da cidade, que será candidata a financiamento comunitário, no âmbito do novo QREN. Investimento seletivo O presidente pediu ainda ao Governo medidas de simplificação para a intervenção nos centros históricos. A encerrar a cerimónia, o ministro Moreira da Silva defendeu que é absolutamente essencial perspetivar e defender o modelo de desenvolvimento capaz de contribuir para desenhar políticas públicas que possam enfrentar os desafios, potenciando outras vantagens comparativas à escala internacional. Porém, ninguém pode crescer sem colocar as suas contas em dia. O ordenamento do território e a reabilitação urbana, segundo o ministro, entram nas contas atrás referidas, criando condições para o investimento seletivo em áreas onde se possa vencer mais depressa, ou seja, no potencial humano, território e recursos naturais. Resposta a 40 milhões de portugueses Moreira da Silva é de opinião que os Planos Diretores Municipais devem ceder lugar a um plano profundo de reordenamento do território, encarado numa lógica Por troca com a Câmara Municipal Fundação Inatel abre portas na avenida Gulbenkian A Fundação do Inatel inaugurou nova sede em Viseu Avenida Calouste Gulbenkian. As instalações foram cedidas pela Câmara Municipal que, por troca, passou a gerir o pavilhão gimnodesportivo daquela instituição. Começou, assim, a funcionar em pleno o protocolo assinado entre câmara cessante e o Instituto. No acordo, então assinado, estipula-se que tanto a ocupação do espaço do antigo posto de turismo pelo Inatel como o pavilhão por parte da Câmara Municipal são gratuitas por um período de 12 anos. Na inauguração das novas instalações do Inatel, para além de outras entidades, estiveram presentes o presidente de administração, Fernando Ribeiro Mendes, e o vereador municipal, João Paulo Gouveia. De acordo com as necessidades Ribeiro Mendes referiu que os associados do Inatel ficam melhor servidos, na medida em que podem agora tratar dos seus assuntos no coração da cidade. Depois de referir que serão feitas obras de requalificação do pavilhão do Inatel, o presidente debruçou-se sobre as novas instalações no centro da cidade, adiantando que estão de acordo com as necessidades da instituição. O dirigente destacou também a abertura do anterior e atual executivos municipais, tanto para promover como para fortalecer o acordo. Honrar acordos Por sua vez, Paulo Gouveia garantiu que tudo irá ser feito no sentido de que o acordo estabelecido entre as partes, ainda no período de gerência da anterior Câmara, no mês de setembro, último, seja honrado. O autarca referiu ainda que para a Câmara foi a melhor solução encontrada para dar utilidade ao antigo posto de turismo, que eliminou, ali, abrindo na Casa do Adro o Welcome Center. Paulo Gouveia desejou que este novo espaço contribua par dar maior visibilidade ao Inatel, acentuando que a Fundação poderá contar com a colaboração da Câmara Municipal na realização das suas atividades. No primeiro lugar a nível nacional IPV em destaque no Ranking Web of Universities O Instituto Politécnico de Viseu aparece destacado 1.º lugar a nível nacional - na última edição do Ranking Web of Universities (Ranking de Universidades na Web). Trata-se de um estudo levado a efeito por um grupo de investigação que pertence ao Consejo Superior de Investigaciones Cientificas (CSIC), o maior or- ganismo público de investigação em Espanha, adstrito ao respetivo Ministério de Ciência e Tecnologia. O seu trabalho consiste em ordenar em ranking, de acordo com a apresentação da metodologia do estudo, as páginas web de cerca de instituições de ensino superior de todo o mundo. A liderança mundial pertencia à Universidade de Harvard (Estados Unidos da América). Mas o Instituto Politécnico de Viseu surge em 1.º lugar entre os institutos politécnicos nacionais e em 10.º lugar geral entre as 110 instituições de ensino superior portuguesas avaliadas. À escala mundial aparece em 1175.º entre as instituições de ensino superior que integraram o estudo. É objetivo do ranking promover a qualidade geral dos sites de instituições de ensino superior, tendo como indicadores, entre outros, o impacto (aumento da internacionalização), a abertura (apoio aos repositórios institucionais) e a excelência (otimização do impacto da investigação). que ultrapasse fronteiras, não se concebendo que o somatório de todos os PDM deem resposta a um país de quase 40 milhões de portugueses com infraestruturas pagas e mantidas apenas por 10 milhões. A nova Lei de Bases prevê uma maior coordenação entre os municípios, permitindo, aos que assim o entendam, dispor de planos intermunicipais. Não será obrigatória, como acontece hoje, a existência de Planos Diretores Municipais, criando-se condições para economias de escala e para o desenvolvimento do território de forma mais articulada e partilhada das infraestruturas. No fundo, criando condições para a atração do investimento, passando a haver apenas duas categorias de solo: rústico e urbano. NAS INSTALAÇÕES DO MERCADO 21 DE AGOSTO Apresentado o projeto de dinamização do Mercado Municipal de Viseu Foi apresentado, na passada terça-feira, o projeto de dinamização do Mercado Municipal de Viseu. Esta iniciativa constitui uma resposta à tendência de perda do Mercado Municipal, em lojas e clientes, melhorando a sua atratividade e sustentabilidade económica. Esta iniciativa deverá prolongar-se, pelo menos, durante um ano. Os lojistas e vendedores dão também rosto a uma campanha de divulgação, com o objetivo de chamar a atenção da população para as vantagens de comprar no mercado. O presidente da Câmara Municipal de Viseu, Almeida Henriques, e o vereador João Paulo Gouveia participaram na iniciativa.

Português. Sagrada Família de Jesus, Maria e José B. Leitura I Ben-Sirá 3,3-7.14-17a (gr. 2-6.12-14)

Português. Sagrada Família de Jesus, Maria e José B. Leitura I Ben-Sirá 3,3-7.14-17a (gr. 2-6.12-14) Português Sagrada Família de Jesus, Maria e José B Deus apareceu na terra e começou a viver no meio de nós. (cf. Bar 3,38) Leitura I Ben-Sirá 3,3-7.14-17a (gr. 2-6.12-14) Deus quis honrar os pais nos filhos

Leia mais

CRIANÇAS AJUDAM E EVANGELIZAM CRIANÇAS

CRIANÇAS AJUDAM E EVANGELIZAM CRIANÇAS CRIANÇAS AJUDAM E EVANGELIZAM CRIANÇAS Infância/Adolescencia MISSÃO MISSÃO. Palavra muito usada entre nós É encargo, incumbência Missão é todo apostolado da Igreja. Tudo o que a Igreja faz e qualquer campo.

Leia mais

A grande refeição é aquela que fazemos em torno da Mesa da Eucaristia.

A grande refeição é aquela que fazemos em torno da Mesa da Eucaristia. EUCARISTIA GESTO DO AMOR DE DEUS Fazer memória é recordar fatos passados que animam o tempo presente em rumo a um futuro melhor. O povo de Deus sempre procurou recordar os grandes fatos do passado para

Leia mais

Vivendo a Liturgia Ano A

Vivendo a Liturgia Ano A Vivendo a Liturgia Junho/2011 Vivendo a Liturgia Ano A SOLENIDADE DA ASCENSÃO DO SENHOR (05/06/11) A cor litúrgica continua sendo a branca. Pode-se preparar um mural com uma das frases: Ide a anunciai

Leia mais

D. Virgílio Antunes no Centro Social do Senhor da Serra. Bispo de Coimbra na bênção oficial da Residência Cristo Redentor

D. Virgílio Antunes no Centro Social do Senhor da Serra. Bispo de Coimbra na bênção oficial da Residência Cristo Redentor D. Virgílio Antunes no Centro Social do Senhor da Serra Bispo de Coimbra na bênção oficial da Residência Cristo Redentor O bispo da diocese de Coimbra, D. Virgílio Antunes, procedeu à bênção oficial da

Leia mais

PROGRAMA PAROQUIAL DE PASTORAL 2009/2010

PROGRAMA PAROQUIAL DE PASTORAL 2009/2010 PROGRAMA PAROQUIAL DE PASTORAL 2009/2010 Ao iniciar o novo ano de pastoral paroquial, aceitamos o desafio que nos é feito de continuarmos a nossa caminhada de cristãos atentos aos desafios de Deus e do

Leia mais

A transmissão da fé na Família. Reunião de Pais. Família

A transmissão da fé na Família. Reunião de Pais. Família A transmissão da fé na Família Reunião de Pais Família Plano Pastoral Arquidiocesano Um triénio dedicado à Família Passar de uma pastoral sobre a Família para uma pastoral para a Família e com a Família

Leia mais

OBJECTIVO 2015. Cinco anos para construir uma verdadeira Parceria Global para o Desenvolvimento PROPOSTA DE ACÇÃO FEC

OBJECTIVO 2015. Cinco anos para construir uma verdadeira Parceria Global para o Desenvolvimento PROPOSTA DE ACÇÃO FEC OBJECTIVO 2015 Cinco anos para construir uma verdadeira Parceria Global para o Desenvolvimento PROPOSTA DE ACÇÃO INTRODUÇÃO O ano de 2010 revela-se, sem dúvida, um ano marcante para o combate contra a

Leia mais

MISSA DE ABERTURA DA CATEQUESE

MISSA DE ABERTURA DA CATEQUESE MISSA DE ABERTURA DA CATEQUESE XXV domingo do tempo comum 23/09/2012 Igreja de Cedofeita ENTRADA Eu vi meu Deus e Senhor, aleluia, aleluia. Cantai ao amor, cantai, aleluia, aleluia. ADMONIÇÃO DE ENTRADA

Leia mais

DIA DE ORAÇÃO PELA JMJ RIO2013

DIA DE ORAÇÃO PELA JMJ RIO2013 ROTEIRO PARA O DIA DE ORAÇÃO PELA JORNADA MUNDIAL DA JUVENTUDE RIO2013 Comissão Episcopal Pastoral para a Juventude - CNBB CANTO DE ENTRADA (Canto a escolha) (Este momento de oração pode ser associado

Leia mais

CELEBRAÇÃO PARA O DIA DO CATEQUISTA 2014

CELEBRAÇÃO PARA O DIA DO CATEQUISTA 2014 CELEBRAÇÃO PARA O DIA DO CATEQUISTA 2014 NO CAMINHO DO DISCIPULADO MISSIONÁRIO, A EXPERIÊNCIA DO ENCONCONTRO: TU ÉS O MESSIAS, O FILHO DO DEUS VIVO INTRODUÇÃO Queridos/as Catequistas! Com nossos cumprimentos

Leia mais

Glória! Glória! Glória! Glória ao Senhor! Glória pelos séculos sem fim!

Glória! Glória! Glória! Glória ao Senhor! Glória pelos séculos sem fim! Page 1 of 6 GUIÃO DA CELEBRAÇÃO DA 1ª COMUNHÃO 2006 Ambientação Irmãos: Neste Domingo, vamos celebrar e viver a Eucaristia com mais Fé e Amor e também de uma maneira mais festiva, já que é o dia da Primeira

Leia mais

ORAÇÃO EM FAMÍLIA Quaresma e Tempo Pascal

ORAÇÃO EM FAMÍLIA Quaresma e Tempo Pascal 1 PARÓQUIA DE Nª SRª DA CONCEIÇÃO, MATRIZ DE PORTIMÃO ORAÇÃO EM FAMÍLIA Quaresma e Tempo Pascal (O Ícone da Sagrada Família deve ser colocado na sala, num lugar de relevo e devidamente preparado com uma

Leia mais

No Dia do Juízo, quando o Filho do Homem, na Sua glória, vier nos julgar, escreve o evangelista Mateus, Ele nos questionará sobre

No Dia do Juízo, quando o Filho do Homem, na Sua glória, vier nos julgar, escreve o evangelista Mateus, Ele nos questionará sobre Caridade e partilha Vivemos em nossa arquidiocese o Ano da Caridade. Neste tempo, dentro daquilo que programou o Plano de Pastoral, somos chamados a nos organizar melhor em nossos trabalhos de caridade

Leia mais

PASCOM. A PASCOM agradece a todos que colaboraram com esta edição do INFORMATIVO DA PENHA nos mandando fotos,

PASCOM. A PASCOM agradece a todos que colaboraram com esta edição do INFORMATIVO DA PENHA nos mandando fotos, PASCOM A PASCOM agradece a todos que colaboraram com esta edição do INFORMATIVO DA PENHA nos mandando fotos, t e x t o s e i d é i a s p a r a a s matérias! Nossa Senhora da Penha, que sabe o nome de cada

Leia mais

DIRECTÓRIO GERAL DA CATEQUESE - SDCIA/ISCRA -2 Oração inicial Cântico - O Espírito do Senhor está sobre mim; Ele me enviou para anunciar aos pobres o Evangelho do Reino! Textos - Mc.16,15; Mt.28,19-20;

Leia mais

Catequese nº 13 (4º Catecismo) Jesus presente no irmão. Jorge Esteves

Catequese nº 13 (4º Catecismo) Jesus presente no irmão. Jorge Esteves Catequese nº 13 (4º Catecismo) Jesus presente no irmão Jorge Esteves Objectivos 1. Reconhecer que Jesus se identifica com os irmãos, sobretudo com os mais necessitados (interpretação e embora menos no

Leia mais

Plano Pedagógico do Catecismo 6

Plano Pedagógico do Catecismo 6 Plano Pedagógico do Catecismo 6 Cat Objetivos Experiência Humana Palavra Expressão de Fé Compromisso PLANIFICAÇÃO de ATIVIDADES BLOCO I JESUS, O FILHO DE DEUS QUE VEIO AO NOSSO ENCONTRO 1 Ligar a temática

Leia mais

1. Com o Dízimo, aprendemos a AGRADECER a Deus e ao próximo.

1. Com o Dízimo, aprendemos a AGRADECER a Deus e ao próximo. 1. Com o Dízimo, aprendemos a AGRADECER a Deus e ao próximo. Ao contribuir com o dízimo, saímos de nós mesmos e reconhecemos que pertencemos tanto à comunidade divina quanto à humana. Um deles, vendo-se

Leia mais

COLÉGIO INTERNATO DOS CARVALHOS Equipa de Animação Pastoral

COLÉGIO INTERNATO DOS CARVALHOS Equipa de Animação Pastoral COLÉGIO INTERNATO DOS CARVALHOS Equipa de Animação Pastoral Advento 2014 (Campanha de Preparação para o Natal) A ALEGRIA E A BELEZA DE VIVER EM FAMÍLIA. O tempo do Advento, que devido ao calendário escolar

Leia mais

SOLENE CELEBRAÇÃO EUCARÍSTICA

SOLENE CELEBRAÇÃO EUCARÍSTICA SOLENE CELEBRAÇÃO EUCARÍSTICA Antes da Solene celebração, entregar a lembrança do centenário No Final terá um momento de envio onde cada pessoa reassumirá a missão. O sinal deste momento será a colocação

Leia mais

Sagrada Família de Jesus, Maria e José Natal

Sagrada Família de Jesus, Maria e José Natal Sagrada Família de Jesus, Maria e José Natal 1ª Leitura Eclo 3,3-7.14-17a (gr.2-6.12-14) Leitura do Livro do Eclesiástico 3,3-7.14-17a (gr.2-6.12-14) 3Deus honra o pai nos filhos e confirma, sobre eles,

Leia mais

Maria, mãe de Deus, no mistério de Cristo e da Igreja Fundamentos bíblicos na Lumen Gentium VIII

Maria, mãe de Deus, no mistério de Cristo e da Igreja Fundamentos bíblicos na Lumen Gentium VIII Maria, mãe de Deus, no mistério de Cristo e da Igreja Fundamentos bíblicos na Lumen Gentium VIII Quando, porém, chegou a plenitude do tempo, enviou Deus o seu Filho, nascido de mulher, nascido sob a Lei,

Leia mais

Celebrar e viver o Concílio Vaticano II

Celebrar e viver o Concílio Vaticano II Celebrar e viver o Concílio Vaticano II Nota Pastoral da Conferência Episcopal Portuguesa Celebrar os 50 anos da abertura do Concílio no Ano da Fé 1. Na Carta apostólica A Porta da Fé, assim se exprime

Leia mais

IV FÓRMULAS DE BÊNÇÃO PARA LAUDES E VÉSPERAS

IV FÓRMULAS DE BÊNÇÃO PARA LAUDES E VÉSPERAS IV FÓRMULAS DE BÊNÇÃO PARA LAUDES E VÉSPERAS I. Nas celebrações do Tempo Advento Deus omnipotente e misericordioso, que vos dá a graça de comemorar na fé a primeira vinda do seu Filho Unigénito e de esperar

Leia mais

O ENCONTRO DE CATEQUESE E SUA DINÂMICA

O ENCONTRO DE CATEQUESE E SUA DINÂMICA O ENCONTRO DE CATEQUESE E SUA DINÂMICA Nestes últimos anos tem-se falado em Catequese Renovada e muitos pontos positivos contribuíram para que ela assim fosse chamada. Percebemos que algumas propostas

Leia mais

MISSÃO PAÍS. Manual da Missão País

MISSÃO PAÍS. Manual da Missão País MISSÃO PAÍS Manual da Missão País Introdução Nos dias de hoje, quando ouvimos falar de missão, pensamos logo em acções de voluntariado em países subdesenvolvidos onde é preciso todo o tipo de ajuda para

Leia mais

CELEBRAÇÃO DA FESTA DA PALAVRA

CELEBRAÇÃO DA FESTA DA PALAVRA PARÓQUIA DE SANTA MARIA DE BORBA CELEBRAÇÃO DA FESTA DA PALAVRA Feliz o homem que ama a Palavra do Senhor e Nela medita dia e noite (Sl 1, 1-2) 4º ANO da CATEQUESE 17 de Janeiro de 09 ENTRADA PROCESSIONAL

Leia mais

Plano Diocesano da Animação Bíblico-Catequética

Plano Diocesano da Animação Bíblico-Catequética Plano Diocesano da Animação Bíblico-Catequética 2 0 1 2-2 0 1 5 DIOCESE DE FREDERICO WESTPHALEN - RS Queridos irmãos e irmãs, Com imensa alegria, apresento-lhes o PLANO DIOCESANO DE ANIMAÇÃO BÍBLICO -

Leia mais

COM SÃO FRANCISCO, NA CARIDADE, BUSQUEMOS A ÉTICA EM PROL DO BEM COMUM

COM SÃO FRANCISCO, NA CARIDADE, BUSQUEMOS A ÉTICA EM PROL DO BEM COMUM CONVITE: A Paróquia de São Francisco de Assis tem a honra de lhes convidar para a Festa do Nosso Amado Padroeiro com o Tema: COM SÃO FRANCISCO, NA CARIDADE, BUSQUEMOS A ÉTICA EM PROL DO BEM COMUM Que realizar-se-á

Leia mais

Informativo da Congregação Pobres Servos da Divina Providência Delegação Nossa Senhora Aparecida. Permanece conosco

Informativo da Congregação Pobres Servos da Divina Providência Delegação Nossa Senhora Aparecida. Permanece conosco Notícias de Família Informativo da Congregação Pobres Servos da Divina Providência Delegação Nossa Senhora Aparecida 06 JUNHO 2014 Permanece conosco Vivemos dias de graça, verdadeiro Kairós com a Celebração

Leia mais

Vivendo a Liturgia - ano A / outubro 2011

Vivendo a Liturgia - ano A / outubro 2011 Vivendo a Liturgia - ano A / outubro 2011 27ºDOMINGO DO TEMPO COMUM (02/10/11) Parábola dos Vinhateiros Poderia ser feito um mural específico para esta celebração com uma das frases: Construir a Igreja

Leia mais

CATEQUESE 1 Estamos reunidos de novo. CATEQUESE 1 Estamos reunidos de novo

CATEQUESE 1 Estamos reunidos de novo. CATEQUESE 1 Estamos reunidos de novo CATEQUESE 1 Estamos reunidos de novo Tens uma tarefa importante para realizar: 1- Dirige-te a alguém da tua confiança. 2- Faz a pergunta: O que admiras mais em Jesus? 3- Regista a resposta nas linhas.

Leia mais

Ata do Lançamento do Ano Pastoral FAMÍLIA SALESIANA 2015/2016

Ata do Lançamento do Ano Pastoral FAMÍLIA SALESIANA 2015/2016 Ata do Lançamento do Ano Pastoral FAMÍLIA SALESIANA 2015/2016 Aos dezanove dias do mês de Setembro de dois mil e quinze realizou-se em Fátima, na Casa Nossa Senhora do Carmo, o encontro de apresentação

Leia mais

Direitos reservados Domingos Sávio Rodrigues Alves Uso gratuito, permitido sob a licença Creative Commons 1

Direitos reservados Domingos Sávio Rodrigues Alves Uso gratuito, permitido sob a licença Creative Commons 1 1 O caminho da harmonia. Colossenses 3 e 4 Col 3:1-3 Introdução: Portanto, já que vocês ressuscitaram com Cristo, procurem as coisas que são do alto, onde Cristo está assentado à direita de Deus. Mantenham

Leia mais

Servidores da Caridade

Servidores da Caridade Homilia da Missa Crismal 2011 Servidores da Caridade António Marto Catedral de Leiria 21 de Abril de 2011 Cantarei eternamente a bondade do Senhor A liturgia da Missa Crismal encerra uma beleza espiritual

Leia mais

20ª Hora Santa Missionária

20ª Hora Santa Missionária 20ª Hora Santa Missionária Tema: Missão é Servir Lema: Quem quiser ser o primeiro seja servo de todos Preparação do ambiente: cartaz do Mês missionário, Bíblia e fitas nas cores dos continentes, cruz e

Leia mais

Calendário Paroquial 2015 Paróquia Santa Rita de Cássia Carapicuíba-SP

Calendário Paroquial 2015 Paróquia Santa Rita de Cássia Carapicuíba-SP Calendário Paroquial 2015 Paróquia Santa Rita de Cássia Carapicuíba-SP Janeiro 01 Q Solenidade Santa Maria, Mãe de Deus 02 S 03 S 15h00 Reunião de Coordenação da Catequese 04 D Solenidade Epifania do Senhor

Leia mais

Nº 03 - Setembro/2007

Nº 03 - Setembro/2007 Nº 03 - Setembro/2007 Setembro - Mês da Bíblia Deus viu quanto havia feito e era muito bom Gn 1,31. Por que a Igreja coloca o mês de setembro como Mês da Bíblia, se todos os dias do Ano devem ser Bíblicos?

Leia mais

SUGESTÃO PARA A REALIZAÇÃO DA ASSEMBLEIA PAROQUIAL ORAÇÃO INICIAL

SUGESTÃO PARA A REALIZAÇÃO DA ASSEMBLEIA PAROQUIAL ORAÇÃO INICIAL SUGESTÃO PARA A REALIZAÇÃO DA ASSEMBLEIA PAROQUIAL ORAÇÃO INICIAL 1 Ivocação ao Espirito Santo (oração ou canto) 2- Súplica inicial. (Em 2 coros: H- homens; M- mulheres) H - Procuramos para a Igreja/ cristãos

Leia mais

-ASSEMBLEIA PAROQUIAL- ENCONTRO DE CONFIGURAÇÃO E PROGRAMAÇÃO PASTORAL 2013-2014

-ASSEMBLEIA PAROQUIAL- ENCONTRO DE CONFIGURAÇÃO E PROGRAMAÇÃO PASTORAL 2013-2014 JOÃO PAULO II [Catedral de Lisboa, 12 de Maio de 1982], aos LEIGOS COMPROMETIDOS NA IGREJA E NO MUNDO, disse: A vossa missão de leigos, portanto, fundamentalmente é a santificação do mundo, pela vossa

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS ANTÓNIO FEIJÓ DEPARTAMENTO: DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS SOCIAIS E HUMANAS

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS ANTÓNIO FEIJÓ DEPARTAMENTO: DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS SOCIAIS E HUMANAS DISCIPLINA: UNIDADE AGRUPAMENTO DE ESCOLAS ANTÓNIO FEIJÓ DEPARTAMENTO: DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS SOCIAIS E HUMANAS PLANIFICAÇÃO ANUAL - ANO LETIVO: 2015-2016 1 A PESSOA HUMANA EDUCAÇÃO MORAL E RELIGIOSA

Leia mais

QUEM ANUNCIA AS BOAS NOVAS COOPERA COM O CRESCIMENTO DA IGREJA. II Reunião Executiva 01 de Maio de 2015 São Luís - MA

QUEM ANUNCIA AS BOAS NOVAS COOPERA COM O CRESCIMENTO DA IGREJA. II Reunião Executiva 01 de Maio de 2015 São Luís - MA QUEM ANUNCIA AS BOAS NOVAS COOPERA COM O CRESCIMENTO DA IGREJA II Reunião Executiva 01 de Maio de 2015 São Luís - MA At 9.31 A igreja, na verdade, tinha paz por toda Judéia, Galiléia e Samaria, edificando-se

Leia mais

Carta Pastoral 2013-2014

Carta Pastoral 2013-2014 Carta Pastoral 2013-2014 O Sínodo Diocesano. Em Comunhão para a Missão: participar e testemunhar Estamos no momento decisivo do Sínodo da nossa diocese de Viseu. Pela sua importância, para o presente e

Leia mais

Lausperene. Senhor Jesus, Eu creio que estais presente no pão da Eucaristia. Senhor, eu creio em Vós.

Lausperene. Senhor Jesus, Eu creio que estais presente no pão da Eucaristia. Senhor, eu creio em Vós. Lausperene Cântico: Dá-nos um coração Refrão: Dá-nos um coração, grande para amar, Dá-nos um coração, forte para lutar. 1. Homens novos, criadores da história, construtores da nova humanidade; homens novos

Leia mais

Por isso, redescobrir a Eucaristia na plenitude é redescobrir o CRISTO. Hoje queremos agradecer este grande dom, que Cristo nos deu.

Por isso, redescobrir a Eucaristia na plenitude é redescobrir o CRISTO. Hoje queremos agradecer este grande dom, que Cristo nos deu. O Pão da Vida Na solenidade de Corpus Christi, queremos recordar que os atos redentores de Cristo, que culminam na sua morte e ressurreição, atualizam-se na Eucaristia, celebrada pelo Povo de Deus e presidida

Leia mais

A Bíblia seja colocada em lugar de destaque, ao lado de uma vela acesa.

A Bíblia seja colocada em lugar de destaque, ao lado de uma vela acesa. Encontro com a Palavra Agosto/2011 Mês de setembro, mês da Bíblia 1 encontro Nosso Deus se revela Leitura Bíblica: Gn. 12, 1-4 A Bíblia seja colocada em lugar de destaque, ao lado de uma vela acesa. Boas

Leia mais

HOMILIA: A CARIDADE PASTORAL A SERVIÇO DO POVO DE DEUS (1 Pd 5,1-4; Sl 22; Mc 10, 41-45) Amados irmãos e irmãs na graça do Batismo!

HOMILIA: A CARIDADE PASTORAL A SERVIÇO DO POVO DE DEUS (1 Pd 5,1-4; Sl 22; Mc 10, 41-45) Amados irmãos e irmãs na graça do Batismo! HOMILIA: A CARIDADE PASTORAL A SERVIÇO DO POVO DE DEUS (1 Pd 5,1-4; Sl 22; Mc 10, 41-45) Amados irmãos e irmãs na graça do Batismo! A vida e o ministério do padre é um serviço. Configurado a Jesus, que

Leia mais

PARÓQUIA SÃO MATEUS CALENDÁRIO 2014

PARÓQUIA SÃO MATEUS CALENDÁRIO 2014 Dia Dia da JANEIRO COM MARIA CONSTRUIR A PAZ 31 MISSA NA SÃO MATEUS 20H 01 Quarta SOLENIDADE DA SANTA MÃE DE DEUS, MARIA/ MISSA NA CAPELA SANTO ANTONIO 10H 2 MISSA NA SÃO MATEUS 19H30 3 HORARIO NORMAL

Leia mais

DEPARTAMENTO NACIONAL DE ESCOLA DOMINICAL

DEPARTAMENTO NACIONAL DE ESCOLA DOMINICAL SUGESTÃO DE CELEBRAÇÃO DE NATAL 2013 ADORAÇÃO Prelúdio HE 21 Dirigente: Naqueles dias, dispondo-se Maria, foi apressadamente à região montanhosa, a uma cidade de Judá, entrou na casa de Zacarias e saudou

Leia mais

Felizes os puros de coração porque verão a Deus (Mt 5, 8)

Felizes os puros de coração porque verão a Deus (Mt 5, 8) Janeiro e Fevereiro 2015 Editorial Esta é a Síntese dos meses de Janeiro e Fevereiro, assim como a Palavra de Vida, em que o nosso diretor espiritual, Pe. Pedro, fala sobre Felizes os puros de coração

Leia mais

Permanecei em mim e eu permanecerei em vós!

Permanecei em mim e eu permanecerei em vós! CELEBRAÇÃO DO 5º DOMINGO DA PÁSCOA 03 de maio de 2015 Permanecei em mim e eu permanecerei em vós! Leituras: Atos 9, 26-31; Salmo 22; Primeira Carta de João 3, 18-24; João 15, 1-8. COR LITÚRGICA: BRANCA

Leia mais

EVANGELIZAR COM PAPA FRANCISCO

EVANGELIZAR COM PAPA FRANCISCO EVANGELIZAR COM PAPA FRANCISCO DOm Benedito Beni dos Santos EVANGELIZAR COM PAPA FRANCISCO Comentário à EVANGELII GAUDIUM Direção editorial: Claudiano Avelino dos Santos Assistente editorial: Jacqueline

Leia mais

Oração ao finalizar o Ano 2015

Oração ao finalizar o Ano 2015 Oração ao finalizar o Ano 2015 QUE SEU AMOR SE EXTENDA POR TODA A TERRA Reunimos em oração no último dia do Ano para dar graças a Deus por tantos dons recebidos pessoalmente, na família, na comunidade,

Leia mais

Vozes do fogo Mensagem da II Assembleia Internacional da Missão Marista Nairóbi, 16-27 de setembro de 2014

Vozes do fogo Mensagem da II Assembleia Internacional da Missão Marista Nairóbi, 16-27 de setembro de 2014 Vozes do fogo Mensagem da II Assembleia Internacional da Missão Marista Nairóbi, 16-27 de setembro de 2014 Preambulo Há cerca de 150.000 anos, por obra de Deus Pai, surgiu nesta terra africana o primeiro

Leia mais

BOM DIA DIÁRIO. Guia: Em nome do Pai

BOM DIA DIÁRIO. Guia: Em nome do Pai BOM DIA DIÁRIO Segunda-feira (04.05.2015) Maria, mãe de Jesus e nossa mãe Guia: 2.º Ciclo: Padre Luís Almeida 3.º Ciclo: Padre Aníbal Afonso Mi+ Si+ Uma entre todas foi a escolhida, Do#- Sol#+ Foste tu,

Leia mais

Cáritas Diocesana dos. Triénio 2004-7 Pastoral do Domingo

Cáritas Diocesana dos. Triénio 2004-7 Pastoral do Domingo Cáritas Diocesana dos AÇORES Triénio 2004-7 Pastoral do Domingo Diagnóstico: ESTADO DAS PARÓQUIAS -Como funcionam? - Que Pastoral Profética? - Que Pastoral Litúrgica? - Que Pastoral Social? - Virtudes

Leia mais

Documento do MEJ Internacional. O coração do Movimento Eucarístico Juvenil

Documento do MEJ Internacional. O coração do Movimento Eucarístico Juvenil Documento do MEJ Internacional Para que a minha alegria esteja em vós Por ocasião dos 100 anos do MEJ O coração do Movimento Eucarístico Juvenil A O coração do MEJ é a amizade com Jesus (Evangelho) B O

Leia mais

Se fizerem o que eu digo, terão paz

Se fizerem o que eu digo, terão paz Se fizerem o que eu digo, terão paz Vigília pela Paz, 2 de Abril de 2005, 21 Horas Celebrante - Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo Assembleia - Amen C. - Deus, vinde em nosso auxílio A. - Senhor,

Leia mais

TOMADA DE POSSE DO NOVO PÁROCO - CELEBRAÇÃO (cf. Cerimonial dos Bispos, nn. 1185-1198) DIOCESE DE CRUZEIRO DO SUL AC/AM

TOMADA DE POSSE DO NOVO PÁROCO - CELEBRAÇÃO (cf. Cerimonial dos Bispos, nn. 1185-1198) DIOCESE DE CRUZEIRO DO SUL AC/AM Página 1 TOMADA DE POSSE DO NOVO PÁROCO - CELEBRAÇÃO (cf. Cerimonial dos Bispos, nn. 1185-1198) DIOCESE DE CRUZEIRO DO SUL AC/AM 01. Canto de Entrada 02. Saudação inicial do celebrante presidente 03. Leitura

Leia mais

Consagração do Aposento. Hinos de DESPACHO Hinos de CONCENTRAÇÃO Hinário CRUZEIRINHO Mestre Irineu Hinos de ENCERRAMENTO

Consagração do Aposento. Hinos de DESPACHO Hinos de CONCENTRAÇÃO Hinário CRUZEIRINHO Mestre Irineu Hinos de ENCERRAMENTO Oração Pai Nosso Ave Maria Chave Harmonia Hinos da ORAÇÃO Consagração do Aposento Hinos de DESPACHO Hinos de CONCENTRAÇÃO Hinário CRUZEIRINHO Mestre Irineu Hinos de ENCERRAMENTO Pai Nosso - Ave Maria Prece

Leia mais

Vigília Jubilar. Vigília do dia 17 para 18. Abrir às 21 horas do dia 17/10 e encerrar às 6h da manhã do dia 18/10.

Vigília Jubilar. Vigília do dia 17 para 18. Abrir às 21 horas do dia 17/10 e encerrar às 6h da manhã do dia 18/10. Vigília Jubilar Vigília do dia 17 para 18. Abrir às 21 horas do dia 17/10 e encerrar às 6h da manhã do dia 18/10. Material: Uma Bíblia Vela da missão Velas para todas as pessoas ou pedir que cada pessoa

Leia mais

Jesus tomou os Pães, deu graças e distribuiu-os aos que estavam sentados, assim como os peixes

Jesus tomou os Pães, deu graças e distribuiu-os aos que estavam sentados, assim como os peixes 17º DOMINGO DO TEMPO COMUM 26 de julho de 2015 Jesus tomou os Pães, deu graças e distribuiu-os aos que estavam sentados, assim como os peixes Leituras: Segundo Livro dos Reis 4, 42-44; Salmo 144 (145),

Leia mais

CELEBRAÇÃO DO MATRIMÓNIO

CELEBRAÇÃO DO MATRIMÓNIO CELEBRAÇÃO DO MATRIMÓNIO Assinatura do Registo A assinatura do Registo será colocada na Liturgia, conforme prática local ou critério do Oficiante. Celebração da Santa Ceia No caso de ser pedida a Celebração

Leia mais

CRIANÇAS E ADOLESCENTES MISSIONÁRIOS NA CARIDADE

CRIANÇAS E ADOLESCENTES MISSIONÁRIOS NA CARIDADE Vicente de Paulo dizia: "Que coisa boa, sem igual, praticar a Caridade. Praticá-la é o mesmo que praticar todas as virtudes juntas. É como trabalhar junto com Jesus e cooperar com ele na salvação e no

Leia mais

3º EIXO Dízimo TOTAL DIOCESE 943 579 61,3%

3º EIXO Dízimo TOTAL DIOCESE 943 579 61,3% 3º EIXO Dízimo Paróquia/Questionários Distribuídos Devolvidos % Devolv. Miguel Calmon 67 27 40 Piritiba 45 06 13 Tapiramutá 30 19 63 Mundo Novo 20 12 60 Jequitibá 14 10 71 Totais zonal 2 176 74 42% Andaraí

Leia mais

SOLENIDADE DO SAGRADO CORAÇÃO DE JESUS PADROEIRO DA DIOCESE DE UNIÃO DA VITÓRIA (01/07/11)

SOLENIDADE DO SAGRADO CORAÇÃO DE JESUS PADROEIRO DA DIOCESE DE UNIÃO DA VITÓRIA (01/07/11) Vivendo a Liturgia Julho/2011 SOLENIDADE DO SAGRADO CORAÇÃO DE JESUS PADROEIRO DA DIOCESE DE UNIÃO DA VITÓRIA (01/07/11) É Importante lembrar que o Sagrado Coração de Jesus é o Padroeiro de nossa Diocese,

Leia mais

O QUE É O PROJETO NATAL MISSIONÁRIO?

O QUE É O PROJETO NATAL MISSIONÁRIO? INTRODUÇÃO Como continuidade ao Projeto das Semanas Missionárias, Deus suscitou este novo projeto que envolverá não apenas ao movimento da Renovação Carismática Católica, mas a toda a Igreja Católica Apostólica

Leia mais

SAGRADA FAMÍLIA 28 de dezembro de 2014

SAGRADA FAMÍLIA 28 de dezembro de 2014 SAGRADA FAMÍLIA 28 de dezembro de 2014 Maria e José levaram Jesus a Jerusalém a fim de apresentá-lo ao Senhor Leituras: Genesis 15, 1-6; 21,1-3; Salmo 104 (105), 1b-2, 3.4-5.6.8-9 (R/ 7a.8a); Carta aos

Leia mais

CATEDRAL DIOCESANA DE CAMPINA GRANDE PARÓQUIA NOSSA SENHORA DA CONCEIÇÃO

CATEDRAL DIOCESANA DE CAMPINA GRANDE PARÓQUIA NOSSA SENHORA DA CONCEIÇÃO CATEDRAL DIOCESANA DE CAMPINA GRANDE PARÓQUIA NOSSA SENHORA DA CONCEIÇÃO SOBRE NÓS FAZEI BRILHAR O ESPLENDOR DE VOSSA FACE! 3 º DOMINGO DA PÁSCOA- ANO B 22 DE ABRIL DE 2012 ANIM: (Saudações espontâneas)

Leia mais

+ Orani João Tempesta, O. Cist. Arcebispo de São Sebastião do Rio de Janeiro, RJ

+ Orani João Tempesta, O. Cist. Arcebispo de São Sebastião do Rio de Janeiro, RJ AMAI-VOS Domingo passado, ao celebrar o tema da misericórdia, tive a oportunidade de estar com milhares de pessoas tanto na Catedral Metropolitana como no anúncio e instalação do Santuário da Misericórdia,

Leia mais

BREVE HISTÓRICO DA PARÓQUIA SÃO JOÃO BATISTA - TAUAPE

BREVE HISTÓRICO DA PARÓQUIA SÃO JOÃO BATISTA - TAUAPE BREVE HISTÓRICO DA PARÓQUIA SÃO JOÃO BATISTA - TAUAPE A Paróquia de São João Batista do Tauape foi criada por sua Excia. Revma. Dom Antônio, de Almeida Lustosa, na época Arcebispo de Fortaleza, pelo decreto

Leia mais

Cântico: Dá-nos um coração

Cântico: Dá-nos um coração Cântico: Dá-nos um coração Refrão: Dá-nos um coração, grande para amar, Dá-nos um coração, forte para lutar. 1. Homens novos, criadores da história, construtores da nova humanidade; homens novos que vivem

Leia mais

Como utilizar este caderno

Como utilizar este caderno INTRODUÇÃO O objetivo deste livreto é de ajudar os grupos da Pastoral de Jovens do Meio Popular da cidade e do campo a definir a sua identidade. A consciência de classe, ou seja, a consciência de "quem

Leia mais

Catequese da Adolescência 7º Catecismo Documentos de Apoio CATEQUESE 1 - SOMOS UM GRUPO COM JESUS. Documento I

Catequese da Adolescência 7º Catecismo Documentos de Apoio CATEQUESE 1 - SOMOS UM GRUPO COM JESUS. Documento I CATEQUESE 1 - SOMOS UM GRUPO COM JESUS Documento I CATEQUESE 1 - SOMOS UM GRUPO COM JESUS Documento 2 CATEQUESE 1 - SOMOS UM GRUPO COM JESUS Documento 3 CATEQUESE 2 - QUEM SOU EU? Documento 1 CATEQUESE

Leia mais

992 portugueses participam em ações de voluntariado missionário em Portugal.

992 portugueses participam em ações de voluntariado missionário em Portugal. FEC - FUNDAÇÃO FÉ E COOPERAÇÃO COMUNICADO DE IMPRENSA 548 portugueses participam em ações de voluntariado missionário internacional. 992 portugueses participam em ações de voluntariado missionário em Portugal.

Leia mais

Igreja "em saída" missionária

Igreja em saída missionária Mês das Missões O mês de outubro é, para a Igreja, o período no qual são intensificadas as iniciativas de animação e cooperação em prol das Missões em todo o mundo. O objetivo é sensibilizar, despertar

Leia mais

Adoração ao Santíssimo Sacramento. Catequese Paroquial de Nossa Senhora da Lapa. 4 de Março de 2014

Adoração ao Santíssimo Sacramento. Catequese Paroquial de Nossa Senhora da Lapa. 4 de Março de 2014 Adoração ao Santíssimo Sacramento Catequese Paroquial de Nossa Senhora da Lapa 4 de Março de 2014 Leitor: Quando nós, cristãos, confessamos a Trindade de Deus, queremos afirmar que Deus não é um ser solitário,

Leia mais

ESCOLA DE PASTORAL CATEQUÉTICA ESPAC

ESCOLA DE PASTORAL CATEQUÉTICA ESPAC ESCOLA DE PASTORAL CATEQUÉTICA ESPAC 1. ESPAC O QUE É? A ESPAC é uma Instituição da Arquidiocese de Fortaleza, criada em 1970, que oferece uma formação sistemática aos Agentes de Pastoral Catequética e

Leia mais

A Apostolicidade da Fé

A Apostolicidade da Fé EMBARGO ATÉ ÀS 18H30M DO DIA 10 DE MARÇO DE 2013 A Apostolicidade da Fé Catequese do 4º Domingo da Quaresma Sé Patriarcal, 10 de Março de 2013 1. A fé da Igreja recebemo-la dos Apóstolos de Jesus. A eles

Leia mais

Congregação dos Sagrados Estigmas de Nosso Senhor Jesus Cristo A INTEGRAÇÃO DA PASTORAL VOCACIONAL COM A CATEQUESE

Congregação dos Sagrados Estigmas de Nosso Senhor Jesus Cristo A INTEGRAÇÃO DA PASTORAL VOCACIONAL COM A CATEQUESE Congregação dos Sagrados Estigmas de Nosso Senhor Jesus Cristo 1 o Curso por Correspondência às Equipes Vocacionais Paroquiais SEXTO TEMA: A INTEGRAÇÃO DA PASTORAL VOCACIONAL COM A CATEQUESE E A PASTORAL

Leia mais

A arte de confortar //61. Reflexões sobre Pastoral da Saúde nos hospitais. Augusto Gonçalves Vila-Chã S.J.

A arte de confortar //61. Reflexões sobre Pastoral da Saúde nos hospitais. Augusto Gonçalves Vila-Chã S.J. A arte de confortar Reflexões sobre Pastoral da Saúde nos hospitais Para que o nosso mundo seja mais feliz, bom, agradável e satisfatório deve estar mais equitativamente distribuído. É preciso que as pessoas

Leia mais

QUARESMA TEMPO DE REFLEXÃO E AÇÃO

QUARESMA TEMPO DE REFLEXÃO E AÇÃO QUARESMA TEMPO DE REFLEXÃO E AÇÃO Disponível em: www.seminariomaiordebrasilia.com.br Acesso em 13/03/2014 A palavra Quaresma surge no século IV e tem um significado profundo e simbólico para os cristãos

Leia mais

COLÉGIO AGOSTINIANO SÃO JOSÉ PASTORAL EDUCATIVA REUNIÃO DE PAIS E CATEQUISTAS 09 DE FEVEREIRO DE 2010

COLÉGIO AGOSTINIANO SÃO JOSÉ PASTORAL EDUCATIVA REUNIÃO DE PAIS E CATEQUISTAS 09 DE FEVEREIRO DE 2010 COLÉGIO AGOSTINIANO SÃO JOSÉ PASTORAL EDUCATIVA REUNIÃO DE PAIS E CATEQUISTAS 09 DE FEVEREIRO DE 2010 ORAÇÃO DE ABERTURA CANTO (REPOUSAR EM TI) Música de Tânia Pelegrino baseada na obra Confissões, de

Leia mais

Quanto à Maria, guardava todos esses fatos e meditava sobre eles em seu coração

Quanto à Maria, guardava todos esses fatos e meditava sobre eles em seu coração SANTA MARIA MÃE DE DEUS 01 de janeiro de 2015 Quanto à Maria, guardava todos esses fatos e meditava sobre eles em seu coração Leituras: Números 6, 22-27; Salmo 67 (66), 2-3.5-6.8 (R/cf. 2a); Carta de São

Leia mais

Repasse da 76a. Assembléia da CNBB Sul I Aparecida de 10 a 12/06/2013

Repasse da 76a. Assembléia da CNBB Sul I Aparecida de 10 a 12/06/2013 Repasse da 76a. Assembléia da CNBB Sul I Aparecida de 10 a 12/06/2013 1. Finalidade do Ano da Fé; 2. O que é a Fé; 3. A transmissão da Fé enquanto professada, celebrada, vivida e rezada; 4. O conteúdo

Leia mais

Discurso do Secretário de Estado do Emprego. Octávio Oliveira. Dia Nacional do Mutualismo. 26 de outubro 2013 Centro Ismaili, Lisboa

Discurso do Secretário de Estado do Emprego. Octávio Oliveira. Dia Nacional do Mutualismo. 26 de outubro 2013 Centro Ismaili, Lisboa Discurso do Secretário de Estado do Emprego Octávio Oliveira Dia Nacional do Mutualismo 26 de outubro 2013 Centro Ismaili, Lisboa Muito boa tarde a todos! Pretendia começar por cumprimentar o Senhor Presidente

Leia mais

Cântico de entrada: Cristo Jesus, tu me chamaste. Introdução

Cântico de entrada: Cristo Jesus, tu me chamaste. Introdução Festa do Perdão Cântico de entrada: Cristo Jesus, tu me chamaste Cristo Jesus, tu me chamaste Eu te respondo: estou aqui! Tu me chamaste pelo meu nome Eu te respondo: estou aqui! Quero subir à montanha,

Leia mais

A Regra daterceira Ordem da Sociedade de São Francisco iii) Ordem para Admissões e Renovações I. O CONVITE

A Regra daterceira Ordem da Sociedade de São Francisco iii) Ordem para Admissões e Renovações I. O CONVITE A Regra daterceira Ordem da Sociedade de São Francisco iii) Ordem para Admissões e Renovações como ordenado pelo Capítulo Interprovincial da Terceira Ordem na Revisão Constitucional de 1993, e subseqüentemente

Leia mais

Diocese de Aveiro IGREJA DIOCESANA RENOVADA NA CARIDADE É ESPERANÇA NO MUNDO

Diocese de Aveiro IGREJA DIOCESANA RENOVADA NA CARIDADE É ESPERANÇA NO MUNDO Diocese de Aveiro IGREJA DIOCESANA RENOVADA NA CARIDADE É ESPERANÇA NO MUNDO Plano Diocesano de Pastoral para o quinquénio 2008-2013 A PALAVRA DO SR. BISPO PONTO DE PARTIDA 1. INICIAMOS UMA NOVA PERSPECTIVA

Leia mais

XVIII Domingo TC -ANO A. EVANGELHO Mt 14,13-21. Jesus Novo Moisés. «Tomou os cinco pães e os dois peixes e Todos comeram e ficaram saciados...

XVIII Domingo TC -ANO A. EVANGELHO Mt 14,13-21. Jesus Novo Moisés. «Tomou os cinco pães e os dois peixes e Todos comeram e ficaram saciados... EVANGELHO Mt 14,13-21 Jesus Novo Moisés «Tomou os cinco pães e os dois peixes e Todos comeram e ficaram saciados....» Ambiente: «Tomou os cinco pães e os dois peixes e Todos comeram e ficaram saciados....»

Leia mais

Apresentação. 8-11 de Abril 2015: Seminário para Formadores/ as. 23-26 de Setembro 2015: Congresso para jovens consagrados/as

Apresentação. 8-11 de Abril 2015: Seminário para Formadores/ as. 23-26 de Setembro 2015: Congresso para jovens consagrados/as Nota pastoral da Conferência Episcopal sobre o Ano da Vida Consagrada Chamados a levar a todos o abraço de Deus ) Para além da abertura (30 de Novembro de 2014 e do encerramento (2 de Fevereiro de 2016,

Leia mais

Diocese de Amparo - SP

Diocese de Amparo - SP Formação sobre o documento da V Conferência do Episcopado da América Latina e do Caribe Diocese de Amparo - SP INTRODUÇÃO De 13 a 31 de maio de 2007, celebrou-se em Aparecida, Brasil, a V Conferência Geral

Leia mais

A Bíblia é para nós, cristãos, o ponto de referência de nossa fé, uma luz na caminhada de nossa vida.

A Bíblia é para nós, cristãos, o ponto de referência de nossa fé, uma luz na caminhada de nossa vida. LITURGIA DA PALAVRA A Palavra de Deus proclamada e celebrada - na Missa - nas Celebrações dos Sacramentos (Batismo, Crisma, Matrimônio...) A Bíblia é para nós, cristãos, o ponto de referência de nossa

Leia mais

A GEMINAÇÃO 20/10/2013

A GEMINAÇÃO 20/10/2013 A GEMINAÇÃO 20/10/2013 CENTRO DE SANTA BAKHITA BAIRRO KALOSSOMBEKWA BENGUELA ANGOLA REVERENDO E ESTIMADO PE. RÚBENS! Diante dos povos, manifestou Deus a salvação Sl 97 A Providência de Deus, que concorre

Leia mais

LECTIO DIVINA 26 de julho de 2015 Domingo XVII do Tempo Comum Ano B. O mais bonito que o pão tem é poder ser partido e repartido. D.

LECTIO DIVINA 26 de julho de 2015 Domingo XVII do Tempo Comum Ano B. O mais bonito que o pão tem é poder ser partido e repartido. D. Perguntas para a reflexão pessoal Perante as necessidades com que me deparo, predisponho-me a dar da minha pobreza, a pôr generosamente à disposição o que sou e o que tenho? Acredito no potencial dos outros,

Leia mais

ASSEMBLEIA DO RENOVAMENTO CARISMÁTICO DA DIOCESE DO PORTO 21 de Abril de 2012

ASSEMBLEIA DO RENOVAMENTO CARISMÁTICO DA DIOCESE DO PORTO 21 de Abril de 2012 ASSEMBLEIA DO RENOVAMENTO CARISMÁTICO DA DIOCESE DO PORTO 21 de Abril de 2012 Mantendo-vos, portanto, firmes, tendo cingido os vossos rins com a verdade, vestindo a couraça da justiça e calçando os pés

Leia mais

Faz um exercício de relaxamento coloca-te na presença de Deus. Reza um salmo (aquele que o teu coração pedir no momento).

Faz um exercício de relaxamento coloca-te na presença de Deus. Reza um salmo (aquele que o teu coração pedir no momento). O Caminho de Emaús Faz um exercício de relaxamento coloca-te na presença de Deus. Reza um salmo (aquele que o teu coração pedir no momento). Leitura: Lc 24, 13-35 Todos nós percorremos frequentemente o

Leia mais

Igreja sempre missionária

Igreja sempre missionária Igreja sempre missionária O mês de outubro é dedicado às missões. Jesus disse ao enviar os apóstolos para anunciar o ano da graça: Eis que vos envio como cordeiros em meio a lobos vorazes (Mt. 10,16).

Leia mais

(Segundo o novo acordo ortográfico) ORAR, do latim orare, é falar com Deus (De acordo com a etimologia - Enciclopédia, D. M. Falcão).

(Segundo o novo acordo ortográfico) ORAR, do latim orare, é falar com Deus (De acordo com a etimologia - Enciclopédia, D. M. Falcão). (Segundo o novo acordo ortográfico) ORAR, do latim orare, é falar com Deus (De acordo com a etimologia - Enciclopédia, D. M. Falcão). Os Atos dos Apóstolos atestam que, enquanto Pedro estava na prisão,

Leia mais