Ambiente Analítico Integrado para Aplicações Mobile

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Ambiente Analítico Integrado para Aplicações Mobile"

Transcrição

1 Ambiente Analítico Integrado para Aplicações Mobile Anita Maria da Rocha Fernandes 1,2, Andre Roberto Reginaldo 1 1 Curso Superior de Tecnologia em Jogos Digitais Campus Florianópolis - Universidade do Vale do Itajai (UNIVALI) Florianópolis SC Brasil 2 Mestrado em Computação Aplicada UNIVALI Itajai, Sc - Brasil Abstract. The use of mobile technology grows exponentially. Within this context, it is necessary for companies that develop mobile solutions can understand the behavior of the users in order to make strategic decisions in their niche markets. However, the tools available for analysis of the Mobile Web scenario, called Mobile Analytics, aren t mostly focused on quality requirements and efficiency for mobile devices, and so were not designed to be integrated. In order to contribute to the field of mobile application development, it was developed an integrated environment analysis taking as a case study focused on an application for mobile games. Resumo. A utilização da tecnologia mobile cresce exponencialmente. Dentro deste contexto, é necessário que as empresas desenvolvedoras de soluções mobile consigam entender o comportamento dos usuários à fim de tomar decisões estratégicas em seus nichos de mercado. Porém, as ferramentas disponíveis para análise do cenário Web Mobile, os chamados Mobile Analytics, não estão em sua maioria focados nos requisitos de qualidade e eficiência para dispositivos móveis, e não foram projetadas de maneira a serem integradas. No intuito de contribuir com a área de desenvolvimento de aplicativos mobile, foi desenvolvido um ambiente integrado de análise tendo como estudo de caso um aplicativo focado em games para celulares. 1. Introdução Conforme Aquino (2007), com o grande avanço da tecnologia, os Dispositivos Móveis (DM) estão se tornando mais poderosos com relação a potencialidade de suas capacidades de armazenamento, de processamento e de comunicação; e mais acessíveis aos consumidores. Atualmente, há 1,5 bilhões de televisores no mundo, enquanto 1 bilhão de pessoas têm acesso à internet, mas quase 3 bilhões de pessoas possuem um dispositivo móvel (handheld, PDAs, telefones celulares) [AQUINO 2007]. A telefonia móvel no Brasil atingiu a marca de 212 milhões de celulares em abril de 2010 para uma população de 190,7 milhões [GABRIEL 2010]. O consumo via mobile cresce tanto no uso do celular quanto de netbooks e tablets. Os DM oferecem conectividade e poder de uso em qualquer lugar a qualquer momento, tornando-se importante ferramenta, tanto para uso pessoal, quanto profissional [AQUINO 2007]. Este aumento do uso de DM, levou à criação de novas maneiras de lidar com a disseminação da informação, com o e- commerce, com a educação e com o entretenimento. Neste contexto, tem-se o Web Mobile.

2 Web Mobile é o termo que define o conceito de acesso à internet, através de um dispositivo móvel, permitindo alcançar qualquer página da web, em qualquer lugar do mundo, a qualquer momento [GABRIEL 2010]. Este conceito ganhou força devido ao crescimento e aceitação vivenciados nos últimos três anos, das tecnologias móveis (aqui chamada pelo termo mobile), tais como celulares, smartphones, tablets, notebook e internet móvel, não apenas em países ricos, mas também em países como o Brasil, configurando tal aceitação como uma tendência mundial [GABRIEL 2010]. Porém, este rápido crescimento das tecnologias mobile ocorreu de uma forma desordenada, sem padronização e planejamento. Isto levou a comunidade de desenvolvedores a fazer uso de conceitos, técnicas e métricas já consolidadas na web, diga-se tradicional. Dentre estes conceitos, técnicas e métricas tem-se o Web Analytics. Web Analytics é o processo de medição, coleta, análise e produção de relatórios de dados de navegação e interação com o objetivo de entender e otimizar o uso de sites e páginas na internet [DAA 2012]. A ferramenta mais popular para Web Analytics, é o Google Analytics [GABRIEL 2010], que possui vários módulos disponíveis para a análise de um site. O que ocorre é que o Google Analytics em sua versão mobile, não preenche os requisitos de qualidade e eficiência de uma ferramenta de análise [DDA 2012], levando os desenvolvedores de aplicativos mobile a buscarem soluções individualizadas para cada tipo de análise, como por exemplo: Ferramentas para acompanhamento de desempenho da aplicação, tais como Flurry [FLURRY 2012], e Mixpanel [MIXPANEL 2012]; Ferramentas para gerenciamento de banners próprios e redes de anúncio, tais como AdMob [ADMOB 2012]; Inner-Active [INNERACTIVE 2012], AdFonic [ADFONIC 2012], BrightRoll [BRIGHTROLL 2012], InMobi [INMOBI 2012], Jump Tap [JUMPTAP 2012]; Ferramentas para edição e envio de notificações para DM, tais como Appoxee [APPOXEE 2012] e Urban Airship [URBAN AIRSHIP 2012]; e Ferrramentas para controle do catálogo de itens virtuais que estão à venda no aplicativo, tais como, Urban Airship [URBAN AIRSHIP 2012] e Ever Badge [EVER BADGE 2012]. Neste cenário, as empresas/desenvolvedores de aplicativos mobile, precisam integrar esta diversidade de ferramentas à aplicação e isto faz com que a atenção que deveria ser dada ao aplicativo em si e ao seu conteúdo, seja compartilhada com as ferramentas de análise. Este esforço extra afeta diretamente o tempo e o custo de desenvolvimento, elevando o valor final do aplicativo, seja ele comercial, educacional ou de entretenimento (Game). No intuito de contribuir com a área de desenvolvimento de aplicativos mobile, foi desenvolvido um ambiente integrado de análise, que permite à equipe de desenvolvimento focar exclusivamente no conteúdo do aplicativo, diminuindo assim, gastos adicionais de desenvolvimento. Para testar e validar o ambiente analítico desenvolvido, teve-se como estudo de caso no mundo real um aplicativo focado em games para celulares desenvolvido pelas empresas Gameloop e Palmsoft. Nas próximas sessões será apresentado o referencial teórico utilizado, bem como a ferramenta e os resultados obtidos. 2. Referencial Teórico A democratização dos meios de comunicação especialmente via Dispositivos Móveis e o ritmo das inovações tecnológicas é um fator a ser considerado, principalmente com os avanços da tecnologia mobile de acesso à web, com gadges que operam com capacidade de transmitir informação em tempo real e de qualquer lugar que o usuário precisar. A

3 velocidade e volatilidade de informações ocasionam rápida obsolescência de produtos e processos, fazendo crescer o grau de incerteza e complexidade na escolha de estratégias mercadológicas compatíveis com a perspectiva dos negócios [OKADA & SOUZA 2011]. Nesse ambiente dinâmico, [...] torna-se necessário a utilização de métricas e indicadores de desempenho para o maior conhecimento, tanto das variações do comportamento do consumidor/cliente, quanto do processo de tomada de decisão de marketing e decisões à respeito do aplicativo em propriamente dito [FARRIS et al 2006]. Métricas são análises fundamentais para melhor se conhecer, controlar e otimizar as ações on-line. Podem ser mensurados o retorno, as conversões, as visitas (pageviews), a interação, as pessoas impactadas e as impressões [TURCHI 2009]. As métricas são medidas de desempenho que devem estar alinhadas à estratégia da organização. O termo Web Analytics, trata da análise do comportamento dos visitantes e do tráfego de um Web site. As organizações tem interesse em analisar o tráfego para saber se o seu Web site, blog ou fanpage está atraindo visitantes e se os investimentos realizados terão o retorno esperado. As informações obtidas deverão detalhar aos analistas de mídia as tendências de navegação, como: a origem das visitas, as páginas e seções mais visitadas, ações de compartilhamento em mídias diferentes, o número de conversões, assim como a análise do caminho percorrido pelo visitante [PETERSON 2005]; [STERN 2002]; [RIBEIRO 2012]. O termo Web mobile Analytics refere-se a aplicação das métricas de Web Analytics para analisar o comportamento dos visitantes e do tráfego de um dado site através de um aplicativo mobile. De acordo com Kaushik (2012), reponsável pelo marketing digital do Google, existem três grandes grupos de métricas: Aquisição, Comportamento e Conversão: Aquisição: este grupo é constituído por três métricas, as quais rastreiam a aquisição do usuário à partir de várias fontes. Elas representam o top end do funil de conversão: Visitas: quantas pessoas visitam seu site; Visitantes únicos: quantas pessoas diferentes visitaram seu site; Pageviews: quantas vezes uma página no seu site foi visualizada.o monitoramento mais importante relativo a este grupo de métricas é observar a mudança das métricas com o tempo. Comportamento: este grupo de métricas monitoram o comportamento do usuário, oferecendo insights que permitam verificar se um site conduz os usuários para o resultado que eles devem atingir: Páginas por visita avalia quantas páginas são visualizadas durante uma única visita; Tempo no site, refere-se a quanto tempo cada visita gasta no site; Bounce Rate, avalia quão rapidamente os usuários saem de suas páginas quando acessam um site. Entender o comportamento do visitante ajuda a compreender o comportamento temporal da métrica de comportamento em si. Por exemplo, um visitante entediado quer ser entretido, logo, mais tempo no site indica satisfação dessa necessidade. Em contrapartida, um visitante repetitivo pode ter uma alta taxa de bounce, pequeno tempo no site e baixo número de páginas por visita, mas ainda é uma interação bem sucedida. Conversão: este grupo de métricas refere-se a taxa de conversão e média por ordem de tamanho. Estas métricas monitoram as conversões do usuário e o valor de cada uma dessas conversões. Esses números mostram como os visitantes contribuem no todo para um site de e-commerce. A taxa de conversão se refere a quantos visitantes dão o próximo passo, seja para comprar, se registrar ou solicitar mais informações. A média por ordem de tamanho avalia, para conversões de e-commerce, qual o valor médio do pedido.

4 A maioria dos sites vê nos visitantes via desktop uma conversão mais alta do que via mobile. Isso é esperado, já que a compra no ambiente mobile é relativamente nova e hábitos levam tempo par se estabelecerem. Porém, os usuários mobile podem executar um grande papel no processo de compra, mesmo que a transação não seja de fato feita no ambiente móvel. Um estudo recente do Google (2012), mostrou que 79% dos compradores usam seus DM para comprar e 70% deles usam mobile in store. Além disso, a velocidade das compras é significativamente mais rápida quando um consumidor é auxiliado por um DM. Segundo pesquisa da Microsoft [STERLING 2010], clientes que pesquisam produtos em seus aparelhos estão prontos para comprar, 70% agem dentro de 1 hora, mas pessoas em desktops fazem o mesmo em uma semana. Segundo o Google (2012), existem três tipos de categoria de interação do usuário com um determinado site: Repetitivo agora: essas pessoas rastreiam informações sensíveis ao tempo de resposta em uma base contínua como cotas de ações (bolsa de valores) ou placares de esportes; Entediado agora: essas pessoas buscam distração ou entretenimento enquanto esperam na fila do banco ou trânsito, por exemplo; Urgente agora: essas pessoas precisam de informações sensíveis à localização sobre uma situação específica como por exemplo a pizzaria mais próxima ou a próxima sessão de cinema. Algunas análises são consideradas como fundamentais para a Análise Geral: Análise do Funil de Conversão e Análise Coorte. Os estudos de Coorte são frequentemente utilizados em medicina, de forma a possibilitar comparações entre uma coorte que esta exposta a uma situação ou que possui uma característica e um grupo de controle. No entanto, o termo tem origem militar e não médica [GRIMES & SCHULZ 2002]. De acordo com a acepção etmológica, cada coorte é representada por cada uma das dez unidades de uma legião do exército romano [HOCHMAN et al 2005]. Conforme sua definição original, uma coorte é uma unidade do exército romano que possuía de 300 a 600 homens. Sendo assim, pode-se compreender que uma coorte refere-se a bandas ou grupos de pessoas que estão expostas a alguma situação (GRIMES & SCHULZ, 2002). Verifica-se que o termo é utilizado em um sentido mais geral como qualquer quantidade de indivíduos que possuem alguma característica em comum. No entanto, é mais frequente encontrar na literatura, referências que utilizam o termo como grupo de indivíduos (pessoas ou não) que vivenciaram um determinado evento durante um período específico de tempo [GLENN 2005]. A popularidade do conceito é crescente, pois o mesmo é extremamente útil para o estudo de questões relativas à idade e à mudança social e cultural [GLENN 2005]. A área de marketing vem fazendo bastante uso deste contexto. No marketing, as coortes são utilizadas tanto para estimação de demanda quanto para definição de grupos ou segmentos com valores e comportamentos de consumo similares. Dessa forma, coortes são grupos de pessoas que compartilham experiências de eventos externos que afetaram profundamente suas atitudes e preferências [KOTLER 2000]. O Funil de Conversão refere-se ao passo a passo do cliente dentro do site, considerando a compra de um dado produto. A análise do funil leva a empresa a saber se as interações do cliente com o site foram convertidas em compras. Pode-se construir um funil selecionando alguns eventos que o usuário pode fazer e, com base neles é feita uma análise dos dados avaliando o comportamento dos usuários em relação aos eventos.

5 A abordagem tradicional do Funil de Conversão foca no passo a passo linear do processo de compra, porém novas abordagens estão sendo estudadas, dentre elas o Funil de Conversão 2.0 [ATCHINSON 2006]. Esta será a abordagem de Funil de Conversão a ser adotada neste projeto. O Funil de Conversão 2.0 é um modelo que trata menos do passo a passo linear do processo de compra que foi adotado até hoje e foca na natureza dinâmica dos clientes. Este modelo cobre os múltiplos pontos de conversão (conversão de compra e conversão de não compra) que existem em vários sites de varejo e marcas on line. Com base nestes fundamentos, as análises disponibilizadas pela ferramenta foram estabelecidas. 3. A Ferramenta Desenvolvida À fim de estabelecer quais as análises seriam mais interessantes para serem disponibilizadas na ferremanta, a equipe de desenvolvimento se baseou nos preceitos de marketing digital apresentados por Gabriel (2010) e por Faletski (2012). Segundo o autor, embora a web mobile tenha se tornado mainstream, nem todos os sites conseguiram acompanhar o ritmo dos àvidos clientes so ambiente móvel. A projeção é de que o tráfego mobile ultrapasse o de desktop em As empresas precisão compreender que disponibilizar seus aplicativos para o ambiente mobile não é necessariamente disponibilizar em outro ambiente a aplicação web, ou seja, as empresas devem entender que, não necessariamente um site tradicional renderiza bem em telas de DM. Uma oportunidade perdida pode fazer com que marcas percam oportunidades e relacionamentos cruciais [FALETSKI 2012]. Sendo assim, é necessário considerar as análises específicas para mobile, considerando três grupos de métricas: Aquisição, Comportamento e Conversão [FALETSKI 2012]. Dentro deste contexto, um ambiente analítico para aplicativos mobile, que contemple as necessidades à seguir, é uma contribuição relevante para a área. Dentro deste contexto, a ferramenta contempla as seguintes funções: Acompanhamento do desempenho da aplicação, considerando criação de funil, coleta de informações dentro da aplicação, armazenamento de informações do usuário, e análise de Coorte; Gerenciamento de banner próprio (House Ads) e redes de anúncio (Ad Networks), considerando o suporte básico em termos de estatísticas: impressões, cliques, CTR (taxa de cliques). Para a criação do funil de conversão, o modelo utilizado o Funil de Conversão 2.0, baseado em hub-and-spokes [KAUSHIK 2012]. Neste modelo, a página do produto é fundamental para o sucesso da visita do cliente. No modelo tradicinal de Funil de Conversão, uma página de um produto tem que ser bem definida, como se fosse uma sequência de sete passos que conduz o processo de conversão da visita em compra, assumindo que os visitantes chegam a primeira vez na home page da empresa, seguem para a página de categorias de produtos, antes de atingir a página de degalhamento do produto. Porém, o movimento dos usuários não é simples e linear, sendo assim, o modelo de Conversão 2.0 considera que existem várias motivações que definem o nível de interesse em um produto, e portanto, os visitantes podem ter vários objetivos de conversão, ou seja, comprar/adquirir não é o único objetivo dos visitantes. O modelo hub and spoke coloca a página de produtos em um hub ou ponto focal, com múltiplas saídas, criando os caminhos de conversão desejados. Quando se usa este modelo, é possível ter uma visão mais completa da interaçao dos clientes com o negócio online.

6 A Figura 1 apresenta a visão geral do sistema, que é composto por quadro módulos distintos. A Figura 2 apresenta a página principal do sistema denominado M Analytics. Figura 1. Visão Geral do sistema Figura 2. Página inicial Conforme apresentado na Figura 2, a página inicial sistema apresenta a ferramena e as opções de logim, cadastro de contas, conhecer as novidades da ferramenta e uma visão geral da ferramenta (overview). Bem como oferece a opção do usuário fazer download do Android. A Figura 3 apresenta a tela de overview. Nesta tela é possível o usuário conhecer os objetivos da ferramenta e o que ele pode ganhar com o uso da mesma. Para criar uma conta, o usuário acessa a tela da Figura 4, e para cadastrar suas aplicações, após ter uma conta, o usuário faz o login e tem acesso a tela 5. Para usar a ferramenta, o usuário deve fazer o login no sistema, importar o arquivo.jar para seu projeto e utilizar a API denominada Reference para ter as funções de análise e publicidade. Depois, à medida que os usuários vão utilizando a aplicação, o usuário pode entrar na Manalytics e ter acesso as estatísticas de acesso da mesma, como por

7 exemplo, a quantidade de visita diária por semana e tipo de plataforma dos usuários que acessam seu aplicativo (Figura 6). Figura 3. Tela de instruções de uso Figura 4. Cadastro de usuários Figura 5. Painel de controle das aplicações de um usuário

8 Figura 6. Tela de gráficos estatísticos A Figura 7 apresenta a tela de um aplicativo que foi cadastrado para usar o Manalytics e como ele é visto nas plataformas onde foi executado. A Figura 8 apresenta a interface do servidor Manalytics, apresentando o menu de controle, o log de eventos, os dispositivos que estão conectados a uma dada aplicação. (a) (b) (c) Figura 7 Uso de um aplicativo em várias plataformas Figura 8. Interface do Servidor

9 6. Conclusões A ferramenta Manalytics foi implementada em Android e tem se apresentado bastante estável. A ferramenta foi colocada em utilização no ambiente de produção da empresa Palmsoft em junho para que a referida empresa pudesse trabalhar com a ferramenta em seu novo game. O desempenho da ferramenta em ambiente de produção obteve um desempenho de 82% no ambiente de produção, apresentando algumas distorções na análise de coorte. O cálculo da análise estava apresentando um viés de 3,45% e isto gerava um erro na análise. O funil de conversão utilizado também teve que ser ajustado pois alguns spokes não estavam respondendo adequadamente. Somente uma única vez em 30 dias o servidor teve problemas de desempenho, porém foi devido a uma falha no nobreak, o que já foi sanado. A ferramenta ainda esta em testes na Palmsoft e começou a ser utilizada no começo de julho pela empresa parceira Gameloop e no segundo semestre espera-se que a ferramenta seja aplicada em ambiente real em um jogo da empresa Palmsoft. Referências Adfonic (2012). Global Mobile Advertising. Disponível em Acessado em 19 de maio de AdMob (2012). AdMob mobile advertising with AdMob. Disponível em Acessado em 19 de maio de Aquino, J.F.S.(2007) Plataformas de Desenvolvimento para Dispositivos Móveis. Monografia (Especialização). Pós Graduação em Informática. Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro. Appoxee (2012). Smart Push Notification Services. Disponível em Acessado em 19 de maio de Atchinson, S. (2006) Funil de Conversão 2.0. Seminário Internacional de Marketing Web. In: Anais do Seminário Internacional de Marketing. São Paulo, junho de Brightrool(2012). The world's largest digital video advertising network makes global local. Disponível em Acessado em 19 de maio de DDA (2012). Digital Analytics Association. Disponível em Acessado em 19 de maio de Eve Badge (2012). Disponível em Acessado em 19 de maio de Faletski, I (2012). Três métricas-chave para avaliar seu site de e-commerce mobile. Disponível em Acessado em 19 de maio de Farris, P.W.; BendlE, N.T. Pfeifer,P.E. Reibstein, D.J. (2006). Marketing Metrics: 50+ Metrics Every Executive Should Master. Philadelphia: Wharton School Publishing. Flurry (2012). Flurry Analytics. Disponível em Acessado em 19 de maio de 2012.

10 Gabriel, M. (2010) Marketing na era digital: conceitos, plataformas e estratégias. São Paulo: Novatec. Glenn, N. D. (2005) Cohort Analysis. 2ª ed. Thousand Oaks: SAGE. Google. (2012). The Mobile Movement: Understanding Smartphone Consumers. Disponível em Acessado em 19 de maio de Grimes, D. A.; Schulz, K. F. (2002) Cohort studies: marching toward outcomes. The Lancet. Epidemiology Series, n. 359, p , 26 de jan. de Hochman, B.; Nahas, F. X.; Oliveira Filho, R. S.; FerreirA, L. M. (2005) Desenhos de pesquisa. Acta Cirúrgica Brasileira, v. 20, n. 2, p Inmobi. (2012). The largest independent mobile ad network. Disponível em Acessado em 19 de maio de Inneractive. (2012) Disponível em Acessado em 19 de maio de Jump Tap. (2012) Disponível em Acessado em 19 de maio de Kaushik, A. (2012) Excellent Analytics Tips #20: Measuring Digital "Brand Strength". Disponível em Acessado em 19 de maio de Kotler, P. (2000). Administração de Marketing. A Edição do Novo Milênio. 10ª ed. São Paulo, Prentice Hall: Mixpanel. (2012) Mixpanel: mobile and web analytics. Disponível em https://mixpanel.com/. Acessado em 19 de maio de Okada, S.I; Souza, E.M.S. (2011). Estratégias de Marketing digital na Era da Busca. Revista Brasileira de Marketing, v.10. p Peterson, E. T. (2005) The Big Book of Key Performance Indicators E-Book in the Web analyticsdemystified Series. First Edition. Acessado em 15 de abril, Disponível em Ribeiro, M. B. (2012) Compartilhamento de conteúdo como estratégia de marketing junto as mídias sociais. Acessado em 18 de maio de Disponível em Stern, J. (2012) Web Metrics Proven methods for measuring web site success, John Wiley & Sons, Inc, Sterling, G. (2010) Microsoft: 53 Percent Of Mobile Searches Have Local Intent. Disponível em Acessado em 19 de maio de Turchi, S. (2009) Estratégias e métricas digitais. Acessado em 19 de maio de Disponível em Urban Airship. (2012) Disponível em Acessado em 19 de maio de 2012.

Vídeo In-Stream É isso que os consumidores querem

Vídeo In-Stream É isso que os consumidores querem 1 Introdução Um vídeo qualquer tela. A MediaMind está trabalhando para transformar essa ideia em realidade. Uma plataforma e um único fluxo de trabalho que gerencia, serve e rastreia os recursos de vídeo

Leia mais

Como interpretar métricas seus contextos e ferramentas

Como interpretar métricas seus contextos e ferramentas WEBINAR Como interpretar métricas seus contextos e ferramentas Sthefan Berwanger Consultor da Wa Consulting Como interpretar métricas seus contextos e ferramentas O que veremos hoje? Audiência Mídia Financeiro

Leia mais

MOBILE MARKETING. Prof. Fabiano Lobo

MOBILE MARKETING. Prof. Fabiano Lobo MOBILE MARKETING Prof. Fabiano Lobo - Conforme estipulado no Termo de Uso, todo o conteúdo ora disponibilizado é de titularidade exclusiva do IAB ou de terceiros parceiros e é protegido pela legislação

Leia mais

Comunicação por meio de dispositivos móveis ainda tem muito para crescer no país

Comunicação por meio de dispositivos móveis ainda tem muito para crescer no país Comunicação por meio de dispositivos móveis ainda tem muito para crescer no país Atualmente, não dá para falar em mídias digitais sem considerar o mobile. Se por um lado os acessos móveis ganham força,

Leia mais

The Director s Report: The State of ecommerce in Brazil. Por Lariza Carrera, Executive Director, etail Brazil

The Director s Report: The State of ecommerce in Brazil. Por Lariza Carrera, Executive Director, etail Brazil The Director s Report: The State of ecommerce in Brazil Por Lariza Carrera, Executive Director, etail Brazil etailbrazil.com 2014 O mercado está se ajustando a uma realidade multi-canal não excludente,

Leia mais

Manual do Painel Administrativo

Manual do Painel Administrativo Manual do Painel Administrativo versão 1.0 Autores César A Miggiolaro Marcos J Lazarin Índice Índice... 2 Figuras... 3 Inicio... 5 Funcionalidades... 7 Analytics... 9 Cidades... 9 Conteúdo... 10 Referência...

Leia mais

think with técnicas infalíveis para ter o melhor 25site mobile

think with técnicas infalíveis para ter o melhor 25site mobile think with técnicas infalíveis para ter o melhor 25site mobile A internet no celular é uma realidade gigantesca no Brasil. Basta dizer que 72% dos usuários de smartphones acessam a web todos os dias em

Leia mais

Facebook Analytics: Como mensurar e otimizar a presença da sua empresa no Facebook

Facebook Analytics: Como mensurar e otimizar a presença da sua empresa no Facebook Marketing Digital de resultado para Médias e Pequenas Empresas Facebook Analytics: Como mensurar e otimizar a presença da sua empresa no Facebook Ferramentas e experimentos para conseguir melhores resultados

Leia mais

Apresentação. E-commerce de Sucesso. da plataforma para o seu. www.brasilnaweb.com.br 4003-3312 atendimento@brasilnaweb.com.br

Apresentação. E-commerce de Sucesso. da plataforma para o seu. www.brasilnaweb.com.br 4003-3312 atendimento@brasilnaweb.com.br Apresentação da plataforma para o seu E-commerce de Sucesso www.brasilnaweb.com.br 4003-3312 atendimento@brasilnaweb.com.br Assuntos nessa apresentação: - A loja virtual (acesso dos seus clientes para

Leia mais

Resultados da Pesquisa

Resultados da Pesquisa Resultados da Pesquisa 1. Estratégia de Mensuração 01 As organizações devem ter uma estratégia de mensuração formal e garantir que a mesma esteja alinhada com os objetivos da empresa. Assim, as iniciativas

Leia mais

5 Dicas para aproveitar mais o Google Analytics

5 Dicas para aproveitar mais o Google Analytics 5 Dicas para aproveitar mais o Google Analytics Autores: Ross Perez e Brett Sheppard Abril de 2013 p2 O Google Analytics tem oferecido vários excelentes recursos novos para rastrear os visitantes, as fontes

Leia mais

Workshop. Planejamento e gestão de indicadores para projetos digitais

Workshop. Planejamento e gestão de indicadores para projetos digitais Workshop Planejamento e gestão de indicadores para projetos digitais 12th CONTECSI USP 22 de maio de 2015 Mini CV - Prof. Sthefan Berwanger Tem pós em Educação no Ensino Superior e Bacharelado em Física

Leia mais

O mercado de e-commerce e como torná-lo mais rentável usando o marketing digital. Julia Lopes - gerente de parcerias de canais

O mercado de e-commerce e como torná-lo mais rentável usando o marketing digital. Julia Lopes - gerente de parcerias de canais O mercado de e-commerce e como torná-lo mais rentável usando o marketing digital Julia Lopes - gerente de parcerias de canais Dados de e-commerce no Brasil dimensionando o mercado Faturamento do e-commerce

Leia mais

Copyright 2013 Academia NED. Todos os Direitos Reservados. AcademiaNED.com.br

Copyright 2013 Academia NED. Todos os Direitos Reservados. AcademiaNED.com.br Copyright 2013 Academia NED Todos os Direitos Reservados AcademiaNED.com.br CONTEÚDO Introdução... 4 1 - Certifique-se de que sua FanPage é atraente... 5 a. Foto de Capa... 5 b. Foto de Perfil... 5 c.

Leia mais

Introdução ao Google Adwords. Tiago Flores Dias

Introdução ao Google Adwords. Tiago Flores Dias Introdução ao Google Adwords Tiago Flores Dias Introdução Neste aula seguiremos os seguintes tópicos O que é Publicidade Online Conheça o Perfil dos E-consumidores O que são Objetivos de Marketing O que

Leia mais

Comércio e Marketing Eletrônico UMC E-Commerce, M-Commerce e Marketing DigitaI - Uni Sant Anna. Elaborado por: Prof. Daniel Chu

Comércio e Marketing Eletrônico UMC E-Commerce, M-Commerce e Marketing DigitaI - Uni Sant Anna. Elaborado por: Prof. Daniel Chu Comércio e Marketing Eletrônico UMC E-Commerce, M-Commerce e Marketing DigitaI - Uni Sant Anna Elaborado por: Prof. Daniel Chu Bibliografia Recomendada para a Aula 2 Torres, Claudio - A Bíblia do Marketing

Leia mais

Seminário GVcev E-COMMERCE, MOBILE E MÍDIAS SOCIAIS NO VAREJO. Está na Hora de Criar um App para sua loja? Wilson Cunha

Seminário GVcev E-COMMERCE, MOBILE E MÍDIAS SOCIAIS NO VAREJO. Está na Hora de Criar um App para sua loja? Wilson Cunha Seminário GVcev E-COMMERCE, MOBILE E MÍDIAS SOCIAIS NO VAREJO Está na Hora de Criar um App para sua loja? Wilson Cunha Mobile Commerce Quem deve ter; Website mobile; Aplicativos mobile; Diferenças Tecnologia;

Leia mais

Rastreamento Mobile. Manual de uso

Rastreamento Mobile. Manual de uso atualizado em 10/06/2014 Rastreamento Mobile Manual de uso Agora você pode utilizar seu aparelho móvel para acessar o seu sistema de rastreamento! O rastreamento Mobile é um website preparado para apresentar

Leia mais

Resumo da solução SAP SAP Technology SAP Afaria. Gestão da mobilidade empresarial como vantagem competitiva

Resumo da solução SAP SAP Technology SAP Afaria. Gestão da mobilidade empresarial como vantagem competitiva da solução SAP SAP Technology SAP Afaria Objetivos Gestão da mobilidade empresarial como vantagem competitiva Simplifique a gestão de dispositivos e aplicativos Simplifique a gestão de dispositivos e aplicativos

Leia mais

LEONARDO KHÉDE YAHOO! BRASIL

LEONARDO KHÉDE YAHOO! BRASIL LEONARDO KHÉDE YAHOO! BRASIL 2014 FOI O ANO DO MOBILE TRILHÕES (DÓLARES) MOBILE : IMPACTO ECONÔMICO GLOBAL 2014 RECEITA DA INDUSTRIA MOBILE COMPARADA AO PIB DOS 10 MAIORES PAÍSES É NÍTIDO O POTENCIAL DA

Leia mais

WebAnalytics. presença digital

WebAnalytics. presença digital WebAnalytics presença digital 1. WebAnalytics O que é WA Monitoramento e reporte sobre o uso das mídias digitais para que se possa ter melhor entendimento entre as interações dos visitantes e as ações

Leia mais

Quem Somos WA Consulting

Quem Somos WA Consulting Quem Somos A WA Consulting é uma consultoria especializada no planejamento, implementação e análise de informações digitais que tem por objetivo construir vantagens competitivas para seus clientes. Métricas

Leia mais

APRESENTAÇÃO COMERCIAL. www.docpix.net

APRESENTAÇÃO COMERCIAL. www.docpix.net APRESENTAÇÃO COMERCIAL www.docpix.net QUEM SOMOS Somos uma agência digital full service, especializada em desenvolvimento web, de softwares e marketing online. A Docpix existe desde 2010 e foi criada com

Leia mais

Planejamento de Comunicação em Meios Digitais. Indicadores e Métricas para Campanhas Digitais

Planejamento de Comunicação em Meios Digitais. Indicadores e Métricas para Campanhas Digitais Planejamento de Comunicação em Meios Digitais Objetivo: Apresentar os principais conceitos de gestão de métricas para campanhas de comunicação, relacionamento e publicidade digital 2 2015 JumpEducation

Leia mais

Quem Somos? www.bsi-brasil.com OBJETIVO: CONVERSÃO. Agência Digital com soluções para proporcionar aos nossos clientes uma presença profissional;

Quem Somos? www.bsi-brasil.com OBJETIVO: CONVERSÃO. Agência Digital com soluções para proporcionar aos nossos clientes uma presença profissional; Quem Somos? Agência Digital com soluções para proporcionar aos nossos clientes uma presença profissional; Estamos no mercado desde 2004; Oferecemos um serviço de 360º; Com uma história construída com pioneirismo

Leia mais

O QUE FAZEMOS MISSÃO VISÃO QUEM SOMOS

O QUE FAZEMOS MISSÃO VISÃO QUEM SOMOS O QUE FAZEMOS Provemos consultoria nas áreas de comunicação online, especializados em sites focados na gestão de conteúdo, sincronização de documentos, planilhas e contatos online, sempre integrados com

Leia mais

MOBILE APPS. Principais características. Permitir que o cliente compre produtos e serviços diretamente via app

MOBILE APPS. Principais características. Permitir que o cliente compre produtos e serviços diretamente via app MOBILE APPS Aplicativo para relacionamento e marketing digital, pronto para todos os dispositivos móveis, nas plataformas ios, Android (aplicativos nativos) e mobile web, para plataformas como BlackBerry

Leia mais

Website para dispositivos Móveis. O futuro na palma de sua mão!

Website para dispositivos Móveis. O futuro na palma de sua mão! Website para dispositivos Móveis O futuro na palma de sua mão! Sites Mobile A Internet está sendo cada vez mais acessada através de telefones móveis e, como resultado, sites estão recebendo uma boa quantidade

Leia mais

Quando se trata do universo on-line, nada é estático. Tudo pode se transformar de uma hora pra outra, basta o vento mudar de direção.

Quando se trata do universo on-line, nada é estático. Tudo pode se transformar de uma hora pra outra, basta o vento mudar de direção. estratégias online Quando se trata do universo on-line, nada é estático. Tudo pode se transformar de uma hora pra outra, basta o vento mudar de direção. serviços consultoria Benchmark Planejamento

Leia mais

INICIANDO UMA OPERAÇÃO DE E-COMMERCE PROFISSIONAL COM MAGENTO

INICIANDO UMA OPERAÇÃO DE E-COMMERCE PROFISSIONAL COM MAGENTO INICIANDO UMA OPERAÇÃO DE E-COMMERCE PROFISSIONAL COM MAGENTO MARCELO LAGROTTA SANCHES Administrador especializado em marketing; 20 anos de experiência como Executivo de Marketing; Professor do Centro

Leia mais

DIFERENCIAIS SERVIÇOS. 1. Desenvolvimento De Sites Personalizados

DIFERENCIAIS SERVIÇOS. 1. Desenvolvimento De Sites Personalizados DIFERENCIAIS Acredito que o desenvolvimento de soluções para Internet não é um trabalho qualquer, deve-se ter certa experiência e conhecimento na área para projetar sistemas que diferenciem você de seu

Leia mais

Dicionário Digital API A API (Applica+on Programming Interface ou interface de programação do aplica+vo) é uma interface usada por um programa de so

Leia mais

MÍDIA DIGITAL PLANEJAMENTO

MÍDIA DIGITAL PLANEJAMENTO MÍDIA DIGITAL MÍDIA DIGITAL PLANEJAMENTO MÍDIA DIGITAL Quais são os Objetivos e Metas do seu cliente? Público Alvo Hábitos de navegação + DADOS DE PESQUISA; Comportamentos; Linguagem; Segmentação demográfica;

Leia mais

António Amaro Marketing Digital Junho 2014 INTRODUÇÃO E OBJECTIVOS

António Amaro Marketing Digital Junho 2014 INTRODUÇÃO E OBJECTIVOS INTRODUÇÃO E OBJECTIVOS FACTOS A Internet mudou profundamente a forma como as pessoas encontram, descobrem, compartilham, compram e se conectam. INTRODUÇÃO Os meios digitais, fazendo hoje parte do quotidiano

Leia mais

Manual do Usuário Cyber Square

Manual do Usuário Cyber Square Manual do Usuário Cyber Square Criado dia 27 de março de 2015 as 12:14 Página 1 de 48 Bem-vindo ao Cyber Square Parabéns! Você está utilizando o Cyber Square, o mais avançado sistema para gerenciamento

Leia mais

Uma nova perspectiva sobre a experiência digital do cliente

Uma nova perspectiva sobre a experiência digital do cliente Uma nova perspectiva sobre a experiência digital do cliente Redesenhando a forma como empresas operam e envolvem seus clientes e colaboradores no mundo digital. Comece > Você pode construir de fato uma

Leia mais

Instituto de Educação Tecnológica Pós-graduação Gestão e Tecnologia da Informação - Turma 25 20/03/2015. Big Data Analytics:

Instituto de Educação Tecnológica Pós-graduação Gestão e Tecnologia da Informação - Turma 25 20/03/2015. Big Data Analytics: Instituto de Educação Tecnológica Pós-graduação Gestão e Tecnologia da Informação - Turma 25 20/03/2015 Big Data Analytics: Como melhorar a experiência do seu cliente Anderson Adriano de Freitas RESUMO

Leia mais

é uma Agência de Internet Marketing e Comunicação Multidisciplinar. Há mais de dez anos no mercado, trabalhamos com foco no planejamento, execução e

é uma Agência de Internet Marketing e Comunicação Multidisciplinar. Há mais de dez anos no mercado, trabalhamos com foco no planejamento, execução e é uma Agência de Internet Marketing e Comunicação Multidisciplinar. Há mais de dez anos no mercado, trabalhamos com foco no planejamento, execução e avaliação de estratégias de marketing e comunicação

Leia mais

Trabalho sobre Social Media Como implementar Social Media na empresa

Trabalho sobre Social Media Como implementar Social Media na empresa Como implementar Social Media na empresa 1 As razões: Empresas ainda desconhecem benefícios do uso de redes sociais Das 2,1 mil empresas ouvidas em estudo do SAS Institute e da Harvard Business Review,

Leia mais

Nosso Planeta Mobile: Brasil

Nosso Planeta Mobile: Brasil Nosso Planeta Mobile: Brasil Como entender o usuário de celular Maio de 2013 1 Resumo executivo Os smartphones se tornaram indispensáveis para nosso cotidiano. A difusão dos smartphones atinge 26 % da

Leia mais

AUTOR(ES): MAITHÊ CORSI DA SILVA, FERNANDO TEIXEIRA CARVALHO, RENAN GUSTAVO MOLINA

AUTOR(ES): MAITHÊ CORSI DA SILVA, FERNANDO TEIXEIRA CARVALHO, RENAN GUSTAVO MOLINA TÍTULO: A IMPORTÂNCIA DO E-COMMERCE NAS PEQUENAS EMPRESAS CATEGORIA: EM ANDAMENTO ÁREA: CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS SUBÁREA: ADMINISTRAÇÃO INSTITUIÇÃO: FACULDADE DE JAGUARIÚNA AUTOR(ES): MAITHÊ CORSI DA

Leia mais

Plataformas de Comércio Eletrônico

Plataformas de Comércio Eletrônico Plataformas de Comércio Eletrônico Plataforma de Ecommerce O sistema responsável pelo gerenciamento e visualização da loja na Web. É o sistema que nos possibilita criar a loja virtual e também gerenciá-la,

Leia mais

Estudo de Viabilidade

Estudo de Viabilidade Universidade Federal de Pernambuco Ciência da Computação Especificação de Requisitos e Validação de Sistemas Professora: Carla Taciana Lima Lourenço Silva Schuenemann Estudo de Viabilidade Clínica médica

Leia mais

Curso Gestão em Marketing Digital. Rua Helena, 170, Cj. 64 Vila Olímpia CEP 04552-050 São Paulo/SP Tel: (11) 3031-1131

Curso Gestão em Marketing Digital. Rua Helena, 170, Cj. 64 Vila Olímpia CEP 04552-050 São Paulo/SP Tel: (11) 3031-1131 Curso Gestão em Marketing Digital 04552050 30311131 Sobre a Escola Somos a primeira escola especializada em cursos para Comércio Eletrônico e Marketing Digital. Estamos há mais de seis anos no mercado

Leia mais

Ingresso Março 2015. Outubro 2014. Informações: (51) 3218-1400 - www.espm.br/mba

Ingresso Março 2015. Outubro 2014. Informações: (51) 3218-1400 - www.espm.br/mba Ingresso Março 2015 Informações: (51) 3218-1400 - www.espm.br/mba MBA em Marketing Digital Desenvolver profissionais para atuarem na era digital, com visão estratégica e conhecimento técnico para planejar

Leia mais

Nosso Planeta Mobile: Brasil

Nosso Planeta Mobile: Brasil Nosso Planeta Mobile: Brasil Como entender o usuário de celular Maio de 2012 1 Resumo executivo Os smartphones se tornaram indispensáveis para nosso cotidiano. A difusão dos smartphones atinge 14% da população,

Leia mais

Bem-vindo à apresentação do SAP Business One.

Bem-vindo à apresentação do SAP Business One. Bem-vindo à apresentação do SAP Business One. Neste tópico, responderemos à pergunta: O que é o Business One? Definiremos o SAP Business One e discutiremos as opções e as plataformas disponíveis para executar

Leia mais

SAP Business One Mobile App Seus negócios em tempo real e a qualquer hora! Alexandre Castro Channel Enabler & Solution Expert

SAP Business One Mobile App Seus negócios em tempo real e a qualquer hora! Alexandre Castro Channel Enabler & Solution Expert SAP Business One Mobile App Seus negócios em tempo real e a qualquer hora! Alexandre Castro Channel Enabler & Solution Expert Vivemos em um mundo em CONSTANTE MUDANÇA 1 bilhão de pessoas nas redes sociais

Leia mais

... NOSSO MARKETING DE AFILIAÇÃO DE ALTO DESEMPENHO VEM DE + + PARCERIA

... NOSSO MARKETING DE AFILIAÇÃO DE ALTO DESEMPENHO VEM DE + + PARCERIA NOSSO MARKETING DE AFILIAÇÃO DE ALTO DESEMPENHO VEM DE... + + PARCERIA Uma plataforma de afiliados que ajuda você a obter resultados superiores com benefícios que só existem aqui. QUEM ANUNCIA? 1 O Anunciante

Leia mais

Melhore sua Estrategia de Marketing

Melhore sua Estrategia de Marketing Melhore sua Estrategia de Marketing Consumidores estão mais capacitados do que nunca. Eles pesquisam informacoes sobre produtos usando rede sociais como Google, Facebook e Twitter. Eles usam diversos aparelhos

Leia mais

Google Analytics Justin Cutroni

Google Analytics Justin Cutroni Google Analytics Justin Cutroni Novatec Authorized translation of the English edition of Google Analytics ISBN 978-0-596-15800-2 2010, Justin Cutroni. This translation is published and sold by permission

Leia mais

Fabiane Auler. www.linkedin.com/in/fabianeauler in

Fabiane Auler. www.linkedin.com/in/fabianeauler in Digital Marketing Segmentar e mensurar, use os dados ao seu favor Fabiane Auler Graduada em Análise de Sistemas, pós graduada em Gestão de Projetos de TI, gerente de planejamento e projetos na agência

Leia mais

Números Black Friday Fonte: Webshopers2014

Números Black Friday Fonte: Webshopers2014 BLACK FRIDAY Números Black Friday Fonte: Webshopers2014 Números Black Friday 2014 Segundo a pesquisa NetView, da Nielsen IBOPE, 10,6 milhões de pessoas navegaram em sites de varejo durante o Black Friday

Leia mais

APRESENTAÇÃO. (63) 3225.6565 103 Norte, Avenida JK, Lote 147 Ed. Plaza Center, 1 Andar, Sala 05 Palmas/TO

APRESENTAÇÃO. (63) 3225.6565 103 Norte, Avenida JK, Lote 147 Ed. Plaza Center, 1 Andar, Sala 05 Palmas/TO APRESENTAÇÃO (63) 3225.6565 103 Norte, Avenida JK, Lote 147 Ed. Plaza Center, 1 Andar, Sala 05 Palmas/TO 1 A ArtemSite A ArtemSite é uma agência digital especializada em serviços para internet, com o foco

Leia mais

COMO O MOBILE COMMERCE VAI MUDAR O COMÉRCIO

COMO O MOBILE COMMERCE VAI MUDAR O COMÉRCIO www.rakuten.com.br/plataformaecommerce COMO O MOBILE COMMERCE VAI MUDAR O COMÉRCIO ELETRÔNICO PARA SEMPRE O MOMENTO ATUAL DO MOBILE COMMERCE O uso de smartphones e tablets para compras online cresce geometricamente

Leia mais

Planejamento e Ações de Marketing Digital. Indicadores e Métricas para Campanhas Digitais

Planejamento e Ações de Marketing Digital. Indicadores e Métricas para Campanhas Digitais Planejamento e Ações de Marketing Digital Objetivo: Apresentar os principais conceitos de gestão de métricas para campanhas de comunicação, relacionamento e publicidade digital. 2 2014 JumpEducation Agenda

Leia mais

GLOSSÁRIO TV TEM INTERNET ATUALIZADO EM 02/2013

GLOSSÁRIO TV TEM INTERNET ATUALIZADO EM 02/2013 GLOSSÁRIO TV TEM INTERNET ATUALIZADO EM 02/2013 Tel: (15) 3224.8770 marketing.internet@tvtem.com 1 CPC Custo por clique É o valor pago para cada vez que um de seus anúncios é clicado. CPM Custo por mil

Leia mais

Facebook Analytics: Como mensurar e otimizar a presença da sua empresa no Facebook

Facebook Analytics: Como mensurar e otimizar a presença da sua empresa no Facebook Marketing Digital de resultado para Médias e Pequenas Empresas Facebook Analytics: Como mensurar e otimizar a presença da sua empresa no Facebook Ferramentas e experimentos para conseguir melhores resultados

Leia mais

RELEASE F-STORE v. 3.0.0.0

RELEASE F-STORE v. 3.0.0.0 Curitiba (2015) ÍNDICE Aumento de performance no carregamento de imagens Assinatura de produtos Barra de busca flutuante Boleto como imagem Cadastro de cliente com Double opt-in Cadastro de SEO Carrinho

Leia mais

COMO CONQUISTAR CLIENTES COM APLICATIVOS PARA CELULAR

COMO CONQUISTAR CLIENTES COM APLICATIVOS PARA CELULAR COMO CONQUISTAR CLIENTES COM APLICATIVOS PARA CELULAR CONTEÚDO 1 2 3 4 5 6 Por que as empresas precisam estar conectadas ao mundo mobile Como os aplicativos mobile podem atrair mais clientes. Como os aplicativos

Leia mais

Google Android para Tablets

Google Android para Tablets Google Android para Tablets Aprenda a desenvolver aplicações para o Android De smartphones a tablets Ricardo R. Lecheta Novatec Copyright 2012 Novatec Editora Ltda. Todos os direitos reservados e protegidos

Leia mais

O papel dominante da mobilidade no mercado de trabalho

O papel dominante da mobilidade no mercado de trabalho Um perfil personalizado de adoção da tecnologia comissionado pela Cisco Systems Fevereiro de 2012 Dinâmica de ganhos com as iniciativas de mobilidade corporativa Os trabalhadores estão cada vez mais remotos,

Leia mais

O conjunto é composto por duas seções: o App Inventor Designer e o App Inventor Blocks Editor, cada uma com uma função específica.

O conjunto é composto por duas seções: o App Inventor Designer e o App Inventor Blocks Editor, cada uma com uma função específica. Google App Inventor: o criador de apps para Android para quem não sabe programar Por Alexandre Guiss Fonte: www.tecmundo.com.br/11458-google-app-inventor-o-criador-de-apps-para-android-para-quem-naosabe-programar.htm

Leia mais

A DOCPIX É UMA AGÊNCIA ESPECIALIZADA EM DESENVOLVIMENTO WEB & MARKETING DIGITAL E SOFTWARES, DESDE 2012.

A DOCPIX É UMA AGÊNCIA ESPECIALIZADA EM DESENVOLVIMENTO WEB & MARKETING DIGITAL E SOFTWARES, DESDE 2012. quem SOMOS A DOCPIX É UMA AGÊNCIA ESPECIALIZADA EM DESENVOLVIMENTO WEB & MARKETING DIGITAL E SOFTWARES, DESDE 2012. Nossa agência surgiu com o conceito de atender as micro, pequenas e médias empresas de

Leia mais

INTEGRE Diversas fontes de informações em uma interface intuitiva que exibe exatamente o que você precisa

INTEGRE Diversas fontes de informações em uma interface intuitiva que exibe exatamente o que você precisa INTEGRE Diversas fontes de informações em uma interface intuitiva que exibe exatamente o que você precisa ACESSE Informações corporativas a partir de qualquer ponto de Internet baseado na configuração

Leia mais

Venda de Publicidade em Meios Digitais. Curso InCompany Estadão

Venda de Publicidade em Meios Digitais. Curso InCompany Estadão em Meios Digitais Curso InCompany Estadão Introdução e KPIs Funcionamento do AdServer Integração com outras ferramentas Funcionamento do AdServer Integração com outras ferramentas Introdução e KPIs BI

Leia mais

Soluções de Marke/ng Digital + Mobilidade

Soluções de Marke/ng Digital + Mobilidade Soluções de Marke/ng Digital + Mobilidade Março 2011 Por que inves/r em Mobile? Telefone celular é a única mídia que está 24 horas por dia com o usuário; Mercado brasileiro de web mobile equivale, em número

Leia mais

ESTRATÉGIA DIGITAL. Prof. Luli Radfahrer

ESTRATÉGIA DIGITAL. Prof. Luli Radfahrer ESTRATÉGIA DIGITAL Prof. Luli Radfahrer - Conforme estipulado no Termo de Uso, todo o conteúdo ora disponibilizado é de titularidade exclusiva do IAB ou de terceiros parceiros e é protegido pela legislação

Leia mais

C O N S U L T O R I A E G E S T Ã O P A R A E S T R A T É G I A D E R E D E S S O C I A I S

C O N S U L T O R I A E G E S T Ã O P A R A E S T R A T É G I A D E R E D E S S O C I A I S C O N S U L T O R I A E G E S T Ã O P A R A E S T R A T É G I A D E R E D E S S O C I A I S A MELHOR OPORTUNIDADE PARA O SEU NEGÓCIO ESTÁ AO SEU ALCANCE NAS REDES SOCIAIS... O MUNDO É FEITO DE REDES SOCIAIS

Leia mais

Felipe Morais @plannerfelipe O CENÁRIO DO E-COMMERCE BRASILEIRO

Felipe Morais @plannerfelipe O CENÁRIO DO E-COMMERCE BRASILEIRO Felipe Morais @plannerfelipe O CENÁRIO DO E-COMMERCE BRASILEIRO ESPECIALISTA EM PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO DIGITAL Autor do livro PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO DIGITAL (Ed. Brasport) Autor do Blog do Planejamento

Leia mais

Um pouco de nossa história Conheça um pouco de nosso crescimento.

Um pouco de nossa história Conheça um pouco de nosso crescimento. MIDIA KIT Um pouco de nossa história Conheça um pouco de nosso crescimento. O site nasceu da expansão do blog Recomendação de Notebook, que já havia atingido a marca de 1,9 milhão de pageviews em pouco

Leia mais

Adapte. Envolva. Capacite.

Adapte. Envolva. Capacite. Adapte. Envolva. Capacite. Ganhe produtividade em um Ambiente de trabalho digital #DigitalMeetsWork Os benefícios de um ambiente de trabalho digital têm impacto na competitividade do negócio. Empresas

Leia mais

Venda de Publicidade em Meios Digitais. Curso InCompany Estadão

Venda de Publicidade em Meios Digitais. Curso InCompany Estadão em Meios Digitais Curso InCompany Estadão Conceitos Iniciais Exemplos de Relatórios O que o gestor de mídia está olhando Fontes de Informação Exemplos de Relatórios O que o gestor de mídia está olhando

Leia mais

7 Passos para um e- Commerce de Sucesso. André Lucena 28.nov.2013

7 Passos para um e- Commerce de Sucesso. André Lucena 28.nov.2013 7 Passos para um e- Commerce de Sucesso André Lucena 28.nov.2013 MERCADO DE E- COMMERCE PORQUE INVESTIR... E- commerce Processo de compra e venda de produtos e serviços online. Além de catálogos, carrinhos

Leia mais

Dynamic Creative Optimization Otimização Criativa Dinâmica

Dynamic Creative Optimization Otimização Criativa Dinâmica Impulsionando seus Resultados com Dynamic Creative Optimization Otimização Criativa Dinâmica Introdução No mundo da publicidade online, alcançar as pessoas é, sem dúvida, o principal desafio que as marcas

Leia mais

O que é o Virto ERP? Onde sua empresa quer chegar? Apresentação. Modelo de funcionamento

O que é o Virto ERP? Onde sua empresa quer chegar? Apresentação. Modelo de funcionamento HOME O QUE É TOUR MÓDULOS POR QUE SOMOS DIFERENTES METODOLOGIA CLIENTES DÚVIDAS PREÇOS FALE CONOSCO Suporte Sou Cliente Onde sua empresa quer chegar? Sistemas de gestão precisam ajudar sua empresa a atingir

Leia mais

RICCA MOBILE IR AUXILIANDO EMPRESAS DE CAPITAL ABERTO A SE COMUNICAREM NO SÉCULO 21: #mobileir

RICCA MOBILE IR AUXILIANDO EMPRESAS DE CAPITAL ABERTO A SE COMUNICAREM NO SÉCULO 21: #mobileir RICCA MOBILE IR AUXILIANDO EMPRESAS DE CAPITAL ABERTO A SE COMUNICAREM NO SÉCULO 21: 1 Quem somos A Ricca é uma empresa que busca trazer à atividade de RI o marketing e seus conceitos, ferramentas e valores,

Leia mais

Projeto Especial Mapas Juninos 2014

Projeto Especial Mapas Juninos 2014 Projeto Especial Mapas Juninos 2014 Hub de Mídia O portal ibahia é o hub de mídia digital da Rede Bahia. Além de conteúdo próprio e desenvolvimento de projetos especiais, através de sua home o internauta

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA JNC MOBILE 2.0. Anderson Buon Berto Gilberto Torrezan Filho. Florianópolis - SC 2005/1

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA JNC MOBILE 2.0. Anderson Buon Berto Gilberto Torrezan Filho. Florianópolis - SC 2005/1 UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA JNC MOBILE 2.0 Anderson Buon Berto Gilberto Torrezan Filho Florianópolis - SC 2005/1 1 Sumário 1 Introdução 3 2 Denição do Problema 3 3 Trabalhos Correlatos 4 4 Solução

Leia mais

7 Utilização do Mobile Social Gateway

7 Utilização do Mobile Social Gateway 7 Utilização do Mobile Social Gateway Existem três atores envolvidos na arquitetura do Mobile Social Gateway: desenvolvedor do framework MoSoGw: é o responsável pelo desenvolvimento de novas features,

Leia mais

RELATÓRIO DO GOMOMETER

RELATÓRIO DO GOMOMETER RELATÓRIO DO GOMOMETER Análise e conselhos personalizados para criar sites mais otimizados para celular Inclui: Como os clientes de celular veem seu site atual Verificação da velocidade de carregamento

Leia mais

FUNDAMENTOS DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO

FUNDAMENTOS DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO FUNDAMENTOS DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO Rafael D. Ribeiro, M.Sc,PMP. rafaeldiasribeiro@gmail.com http://www.rafaeldiasribeiro.com.br @ribeirord Pesquisa e Propagação do conhecimento: Através da Web, é possível

Leia mais

Prezado Futuro Cliente

Prezado Futuro Cliente Prezado Futuro Cliente É com grade satisfação que encaminhamos nossa apresentação institucional e certos de estabelecermos uma parceria de sucesso e duradoura. Ela foi desenvolvida com objetivo de mostrar

Leia mais

A confluência dos vídeos e a Internet

A confluência dos vídeos e a Internet WHITEPAPER A confluência dos vídeos e a Internet Por que sua empresa deveria investir em vídeos em 2013 e como a Construção Civil pode utilizar os vídeos como diferencial competitivo. 1 Saiba como os vídeos

Leia mais

Caderno Digital Anglo Instalação

Caderno Digital Anglo Instalação Caderno Digital Anglo Instalação 1- Entre no Portal do Anglo: www.sistemaanglo.com.br 2- Entre com suas informações de usuário (Login e Senha) 3 Passe o mouse sob o seu segmento e um menu será aberto.

Leia mais

. Indice. 1 Introdução. 2 Quem Somos. 3 O que Fazemos. 4 Planejamento. 5 Serviços. 6 Cases. 9 Conclusão

. Indice. 1 Introdução. 2 Quem Somos. 3 O que Fazemos. 4 Planejamento. 5 Serviços. 6 Cases. 9 Conclusão . Indice 1 Introdução 2 Quem Somos 3 O que Fazemos 4 Planejamento 5 Serviços 6 Cases 9 Conclusão . Introdução 11 Segundo dados de uma pesquisa Ibope de 2013, o Brasil ocupa a terceira posição em quantidade

Leia mais

CELULAR X COMPUTADOR APLICATIVO PARA CELULAR DICAS DO SEBRAE

CELULAR X COMPUTADOR APLICATIVO PARA CELULAR DICAS DO SEBRAE CELULAR X COMPUTADOR Atualmente, o Celular roubou a cena dos computadores caseiros e estão muito mais presentes na vida dos Brasileiros. APLICATIVO PARA CELULAR O nosso aplicativo para celular funciona

Leia mais

PROGRAMAÇÃO PARA DISPOSITIVOS MÓVEIS - COMO MONETIZAR O APP MOBILE. Prof. Angelo Augusto Frozza, M.Sc. http://about.me/tilfrozza

PROGRAMAÇÃO PARA DISPOSITIVOS MÓVEIS - COMO MONETIZAR O APP MOBILE. Prof. Angelo Augusto Frozza, M.Sc. http://about.me/tilfrozza PROGRAMAÇÃO PARA DISPOSITIVOS MÓVEIS - COMO MONETIZAR O APP MOBILE Prof. Angelo Augusto Frozza, M.Sc. http://about.me/tilfrozza ROTEIRO INTRODUÇÃO Você já pensou no modelo de negócios para gerar receita

Leia mais

SEU SITE COMO CANAL DE VENDAS ESTATÍSTICAS SOBRE O COMPORTAMENTO ONLINE DOS TURISTAS -2015-

SEU SITE COMO CANAL DE VENDAS ESTATÍSTICAS SOBRE O COMPORTAMENTO ONLINE DOS TURISTAS -2015- SEU SITE COMO CANAL DE VENDAS ESTATÍSTICAS SOBRE O COMPORTAMENTO ONLINE DOS TURISTAS -2015- Conheça melhor o comportamento online do hóspede e prepare sua estratégia digital para os últimos meses deste

Leia mais

Beijos e sorrisos: thinkinsights. como as campanhas publicitárias da "Art, Copy & Code" ganharam vida O RESUMO

Beijos e sorrisos: thinkinsights. como as campanhas publicitárias da Art, Copy & Code ganharam vida O RESUMO Beijos e sorrisos: como as campanhas publicitárias da "Art, Copy & Code" ganharam vida ESCRITO POR Mike Glaser PUBLICADO Janeiro 2014 O RESUMO A Art, Copy & Code faz parceria com marcas e agências inovadoras

Leia mais

Rede IPTV DX - Clubes Desportivos

Rede IPTV DX - Clubes Desportivos White Paper 24 de Setembro de 2014 Rede IPTV DX - Clubes Desportivos Alcançando e realizando o potencial do torcedor móvel IPTV Móvel para Clubes Desportivos - DX - 1 O negócio de mídia e venda para torcedores

Leia mais

Somos uma agência de soluções online, especializada em marketing digital e inovações.

Somos uma agência de soluções online, especializada em marketing digital e inovações. Somos uma agência de soluções online, especializada em marketing digital e inovações. Nós criamos marcas, desenvolvemos estratégias, produzimos conteúdo, além de cuidar do posicionamento estratégico da

Leia mais

E-books. Guia para Facebook Ads. Sebrae

E-books. Guia para Facebook Ads. Sebrae E-books Sebrae Marketing e Vendas Guia para Facebook Ads Por que investir no facebook Ads? Tipos de anúncios Como funciona o sistema de pagamentos Criando anúncios Métricas Autor Felipe Orsoli 1 SUMÁRIO

Leia mais

10 Evoluções. Impactantes para o seu Video Marketing. em 2015

10 Evoluções. Impactantes para o seu Video Marketing. em 2015 10 Evoluções Impactantes para o seu Video Marketing em 2015 INTRODUÇÃO O vídeo online teve um crescimento explosivo em 2014. Para os empresários e profissionais de marketing, o ano de 2015 oferece oportunidades

Leia mais

Roteiro A/V Quinto Tratamento WEBSITES. Por Best Web Fast. Best Web FAst. vídeo de animação 3D duração 3 minutos

Roteiro A/V Quinto Tratamento WEBSITES. Por Best Web Fast. Best Web FAst. vídeo de animação 3D duração 3 minutos Roteiro A/V Quinto Tratamento WEBSITES Por Best Web Fast Best Web FAst vídeo de animação 3D duração 3 minutos são paulo, 16 de outubro de 2014 1 websites vinheta BEST WEB FAST em seguida letterings:websites

Leia mais

ESTUDO DA MELHOR METODOLOGIA PARA A DIFUSÃO DE VÍDEOS EXPLICATIVOS DE FENÔMENOS METEOROLÓGICOS

ESTUDO DA MELHOR METODOLOGIA PARA A DIFUSÃO DE VÍDEOS EXPLICATIVOS DE FENÔMENOS METEOROLÓGICOS Ana Beatriz Mesquita (CPTEC/INPE) ESTUDO DA MELHOR METODOLOGIA PARA A DIFUSÃO DE VÍDEOS EXPLICATIVOS DE FENÔMENOS METEOROLÓGICOS Metodologia do trabalho realizado referente a gravação e expansão dos vídeos

Leia mais

Preparando--se para o desafio do cliente individual e digital Preparando Mauro Segura Marketing e Comunicação IBM Brasil Estudo Global 2013/2014 + 4.000 entrevistas 70 países +20 segmentos de mercado CEOs,

Leia mais

GfK Audience Measurements & Insights MEDIÇÃO DE AUDIÊNCIA DE TV E VÍDEO

GfK Audience Measurements & Insights MEDIÇÃO DE AUDIÊNCIA DE TV E VÍDEO MEDIÇÃO DE AUDIÊNCIA DE TV E VÍDEO Em nenhum momento de toda a história dos meios de comunicação modernos houve tantas mudanças fundamentais na distribuição e mensuração da mídia. Com o surgimento da transmissão

Leia mais