DIA MUNDIAL DA CRIANÇA

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "DIA MUNDIAL DA CRIANÇA"

Transcrição

1 AGRUPAMENTO VERTICAL DE ESCOLAS DE BARROSELAS DIA MUNDIAL DA CRIANÇA 31 maio a 7 junho 2013 Biblioteca

2 MENSAGEM DA DIRETORA DO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE BARROSELAS DRª ROSA CRUZ SER CRIANÇA EM PORTUGAL É SER CIDADÃO EUROPEU Este ano comemoramos o dia da criança tomando como pretexto o ano europeu dos cidadãos. Nada que mais sentido faça, atendendo a todas as iniciativas e projetos em curso, quer nacional, quer internacionalmente, que se pretendem com impacto no quotidiano dos cidadãos europeus. O Núcleo Juvenil de Filatelia da Escola Básica e Secundária de Barroselas, atento a todas os acontecimentos de monta, não podia deixar de vincar esta efeméride no seu calendário de atividades no ano de 2013, elegendo o dia da criança, que anualmente assinala com empenhada solenidade, para inaugurar um carimbo comemorativo alusivo ao tema. Mais que peças de merchandising, o carimbo comemorativo, o selo personalizado e o postal ilustrado assumem-se como símbolos, como metáforas, como divisas de liberdade, de criatividade, de participação numa palavra, de cidadania. E porque ainda não está plenamente alcançado esse desígnio, é bom que se dêem passos seguros no sentido de colocar efetivamente o cidadão no centro do projeto europeu. E quanto mais cedo ganharmos essa consciência, tanto melhor. É um direito da criança ser sensibilizada para tal. Celebremos, pois, a criança suscitando-lhe a curiosidade, punhámo-la a questionar e saibamos esclarecê-la sem derivas nem preconceitos. O Núcleo Juvenil de Filatelia tem feito e continua a fazer história seria um desafio interessante coligir o seu espólio de brochuras que, embora de pequena dimensão, como se presume do termo, são de máxima importância para se conhecer a dinâmica deste grupo e do seu destacado coordenador. O desempenho deste distinto grupo de alunos, pais e

3 professores, no âmbito das suas atividades, tem sido o melhor passaporte de cidadania que a escola podia oferecer aos seus jovens afiliados. É, de resto, felizmente, já reconhecido o seu mérito internacionalmente. Os seus projetos, notáveis e marcadamente de grande autonomia, não deixam, por isso, de levar acoplada a marca da Escola de Barroselas, motivo de inegável orgulho para esta instituição educativa. Veremos esta prerrogativa confirmada de novo no dia 6 de junho, aquando da realização da XVIII edição do Fórum-Festa de Educação Moral e Religiosa, de cuja organização a Escola Básica e Secundária de Barroselas ficou este ano encarregue. Subordinado ao tema Ao teu Encontro, ainda que lhe esteja subjacente o teor algo contemplativo da fé, não deixa de ser curiosa a coincidência do encontro com a noção de integração e respetivos desafios. É já a cidadania europeia na sua estrita expressão. O evento ficará para memória futura autenticado com um carimbo comemorativo, um selo personalizado e um postal ilustrado de que o Núcleo Juvenil de Filatelia, em articulação com os Correios de Portugal, se encarregará, apostado na dignificação do acontecimento. Neste momento, sendo um assunto a que gosto sempre de voltar, o que mais poderemos desejar é que o Núcleo Juvenil de Filatelia da Escola de Barroselas continue a prosperar, integrado no espírito da cidadania plena, quer em direitos, quer em deveres, em absoluta consonância com o lema do próprio projeto educativo da escola. Quando se busca coerência de princípios, de valores e de ações, surgirão inevitavelmente resultados com impacto. A abordagem educativa assenta também nesta missão: a de educar para a cidadania. Ser cidadão europeu é mais que uma boa razão para celebrar o dia da criança.

4 Alunos Expositores: Quadro Joana Maria Garrido Amorim 13 Anos 1-2 " O Mundo do Desporto" Gonçalo Barros Miranda Lima 16 Anos 3-5 "A Pomba Mensageira" André Alexandre Passos 15 Anos 6-7 "Uma caminhada para a Vida " Débora Ramos Pereira 15 Anos 8-10 " A borboleta A Rainha dos Insetos" Ivo dos Santos Oliveira 13 Anos 11 "Dinossauros" João Carlos da Silva Peixoto 13 Anos "Desporto Rei Mariana Dias Pereira 13 Anos 14 " O meu Amigo Gato" Maria Reis Lima Torres 10 Anos " A Vida a partir do Ovo " Sara da Cruz Araújo 10 Anos 17 " Felinos " Duarte Miguel Novo Rodrigues 13 Anos "Máquinas sobre Trilhos" Diogo Reis Lima Torres 15 Anos " A Vida do Campo "

5 Carimbo Comemorativo dos Correios de Portugal Dia Mundial da Criança Ser Criança Cidadania europeia A criança aprende valores essenciais para uma vida digna e solidária na convivência com os seus familiares e entre pares na sua comunidade. Entre os diversos direitos consagrados, a criança tem o direito a ser criança, com possibilidade de brincar, crescer e desenvolver-se. Uma criança que tem os seus direitos respeitados aprende a respeitar os direitos dos outros. Ser criança cidadania europeia, um modelo a adotar por todos, em defesa da Humanidade. Prof. Marcelo Torre

6 Carimbo Comemorativo dos Correios de Portugal XVIII FÓRUM Festa de Educação Moral Religiosa e Católica Organização da Escola Básica e Secundária de Barroselas 6 de junho de 2013 AO TEU ENCONTRO

7 Carimbos dos Correios de Portugal editados pelo Núcleo Juvenil de Filatelia da Escola Básica e Secundária de Barroselas Ano 2002 Ano 2003 Ano 2004 Ano 2005 Ano 2006 Ano 2007

8 Carimbos dos Correios de Portugal Ano 2008 Ano 2009 Ano 2010 Ano 2011 Ano 2012 Ano 2013

9 HISTORIAL O Núcleo Juvenil de Filatelia da Escola Básica e Secundária de Barroselas foi fundado pelos professores Marcial Passos, Marcelo Torre e pelo Sr. Florival Rio no dia 7 de Janeiro de Desde da sua criação que é membro da Federação Portuguesa de Filatelia, com o número 150. Faz parte das atividades não curriculares oferecidas aos alunos da escola, e o seu trabalho consta do Plano Anual de Atividades da Escola definido no princípio de cada ano letivo. Tem um horário de 4 horas semanais repartidas por dois dias semanais, segundas e sextas. Nestas aulas, os alunos adquirem conhecimentos de filatelia, nomeadamente regras de montagem de coleções filatélicas e conhecimento de material filatélico. Com a aquisição destes novos saberes, o entusiasmo destes jovens pela filatelia foi crescendo, o resultado começou a aparecer e a montagem das suas coleções tornou-se realidade. Assim, todos os anos desde a sua existência, este Núcleo tem inaugurado um carimbo comemorativo dos CTT alusivo ao "Dia da Criança" sobre várias temáticas. Esta data serve também para apresentar a toda a comunidade escolar uma mostra filatélica juvenil com todo o trabalho desenvolvido pelos alunos ao longo do ano letivo. A participação destes alunos em exposições regionais e nacionais tem sido uma realidade. A primeira participação internacional decorreu em Fevereiro no ano 2005 integrada na representação de Portugal na Exposição Filatélica Internacional Juvenil "JUVÉNIA 2005" em Barcelona. Este Núcleo filatélico já representou Portugal em grandes exposições mundiais e europeias em 11 países. Esperamos que o entusiasmo não esmoreça e que estes jovens filatelistas continuem a ser uma referência da filatelia juvenil nacional e internacional, vamos trabalhar para isso. O Coordenador do Núcleo Marcial Passos

10 Núcleo Juvenil de Filatelia PARTICIPA E INSCREVE-TE Um espaço de descoberta Horário: Terças-feiras das h às h Sextas-feiras das h às h

Plano de Articulação Curricular

Plano de Articulação Curricular Plano de Articulação Curricular 2014-2015 Agrupamento de Escolas Fernando Pessoa Índice 1.Introdução... 3 2 2.Prioridades... 4 3.Operacionalização do Plano de Articulação Curricular... 5 4.Monitorização

Leia mais

PLANO ANUAL DE ACTIVIDADES 2012/2013 1

PLANO ANUAL DE ACTIVIDADES 2012/2013 1 Setembro PLANO ANUAL DE ACTIVIDADES 2012/2013 1 CALENDARIZAÇÃO COMPETÊNCIAS A DESENVOLVER ACTIVIDADES PASSÍVEIS DE REALIZAR 03 Recepção às Crianças (Adaptação e integração) Estimular as relações Família/Escola

Leia mais

Agrupamento de Escolas Dr. Bissaya Barreto Castanheira de Pera. Plano. Estudos. Desenvolvimento. Currículo

Agrupamento de Escolas Dr. Bissaya Barreto Castanheira de Pera. Plano. Estudos. Desenvolvimento. Currículo Agrupamento de Escolas Dr. Bissaya Barreto Castanheira de Pera Plano de Estudos e Desenvolvimento do Currículo Educação Pré Escolar A Educação Pré-Escolar afigura-se como a primeira etapa da educação básica

Leia mais

Associação de Pais, Encarregados de Educação e Amigos dos Alunos da EB1/JI de Pinhal de Frades. Plano de Actividades 2012/2013

Associação de Pais, Encarregados de Educação e Amigos dos Alunos da EB1/JI de Pinhal de Frades. Plano de Actividades 2012/2013 Setembro Recepção dos alunos (dias 03 a 07) Promover a integração/adaptação das crianças Desenvolver atitudes de auto-estima e auto-confiança Conhecer os colegas e a escola Conhecer as regras da sala Recepção

Leia mais

Plano Anual de Atividades 2014/2015 CENTRO SOCIAL PAROQUIAL DE SÃO PEDRO DE LOUSA

Plano Anual de Atividades 2014/2015 CENTRO SOCIAL PAROQUIAL DE SÃO PEDRO DE LOUSA CENTRO SOCIAL PAROQUIAL DE SÃO PEDRO DE LOUSA Mês Temas/conteúdos Atividades Objetivos gerais Intervenientes Espaço -Início do Ano Escolar; -Recepção dos Alunos. - Atividades de grupo; -Acolhimento e receção

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE VALONGO DO VOUGA PLANO ANUAL DE ATIVIDADES PLANO ANUAL DE ATIVIDADES

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE VALONGO DO VOUGA PLANO ANUAL DE ATIVIDADES PLANO ANUAL DE ATIVIDADES CRONOGRAMA DAS ATIVIDADES CALENDARIZADAS PARA O MÊS DE MARÇO Comemorar o Dia Internacional da Proteção Civil /Simulacro Cristina Rocha/S. Sebastião Zélia Matos/Arrancada Teresa / Mourisca Paulo Albuquerque

Leia mais

Descrição do Perfil de Aprendizagem

Descrição do Perfil de Aprendizagem Critérios de Avaliação das Disciplinas de Tecnologias de Informação e Comunicação e de Oficinas de Multimédia 3º ciclo do Ensino Básico Departamento de Matemática e Informática Grupo 550-Informática Descrição

Leia mais

Projeto Curricular do 1.º Ciclo

Projeto Curricular do 1.º Ciclo Projeto Curricular do 1.º Ciclo Tema Caminha de mãos dadas com o Amor 1 Externato de Santa Joana 2016-2017 Introdução Este ano letivo 2016-2017 foi definido o seguinte tema geral: Com Maria refazer o caminho

Leia mais

Desportos Náuticos - Canoagem

Desportos Náuticos - Canoagem Desportos Náuticos - Canoagem Clube Náutico de Ponte de Lima Ponte de Lima 2 ESCOLAS PARTICIPANTES - EB2,3 de Sande- 5 Alunos - Escola Secundária Marco de Canavezes- 3 Alunos - Agrupamento de Escolas de

Leia mais

Plano de atividades da Apee Da Igreja Velha 2016/2017

Plano de atividades da Apee Da Igreja Velha 2016/2017 Apresentação O Plano de Atividades, da Associação de Pais e Encarregados de Educação da EB da Igreja Velha é um documento orientador, que resume o conjunto de atividades que esta Associação de Pais se

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DR. COSTA MATOS

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DR. COSTA MATOS AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DR. COSTA MATOS ESCOLA BÁSICA DR. COSTA MATOS Ano Letivo 2012/2013 ALUNOS COM MELHOR APROVEITAMENTO ESCOLAR 5º Ano Turma - 5º A 3 Catarina da Costa Carvalho 5 Diana Isabel Valente

Leia mais

PLANO DE ATIVIDADES CÂMARA MUNICIPAL DE VILA NOVA DE FAMALICÃO

PLANO DE ATIVIDADES CÂMARA MUNICIPAL DE VILA NOVA DE FAMALICÃO PLANO DE ATIVIDADES CÂMARA MUNICIPAL DE VILA NOVA DE FAMALICÃO ANO LETIVO 2013/2014 CULTURA Museu Bernardino Machado MUSEU BERNARDINO MACHADO Proposta do Plano de atividades dos Serviços Educativos Setembro

Leia mais

PUBLICITAÇÃO DOS CONTRATOS DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS, EM CUMPRIMENTO DO ART.º 38º DA LEI N.º 12-A/08, DE 27 DE FEVEREIRO

PUBLICITAÇÃO DOS CONTRATOS DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS, EM CUMPRIMENTO DO ART.º 38º DA LEI N.º 12-A/08, DE 27 DE FEVEREIRO PUBLICITAÇÃO DOS CONTRATOS DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS, EM CUMPRIMENTO DO ART.º 38º DA LEI N.º 12-A/08, DE 27 DE FEVEREIRO 2010 Contrato de prestação de serviços, através de contrato de tarefa, para Técnico

Leia mais

REUNIÃO COM OS EDUCADORES DO 2º SEGMENTO

REUNIÃO COM OS EDUCADORES DO 2º SEGMENTO PREFEITURA MUNICIPAL DE IPATINGA ESTADO DE MINAS GERAIS SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DEPARTAMENTO PEDAGÓGICO/SEÇÃO DE ENSINO NÃO FORMAL REUNIÃO COM OS EDUCADORES DO 2º SEGMENTO Não é no silêncio que

Leia mais

MESTRADO DE QUALIFICAÇÃO PARA A DOCÊNCIA EM EDUCAÇÃO PRÉ-ESCOLAR Planificação Curricular Anual

MESTRADO DE QUALIFICAÇÃO PARA A DOCÊNCIA EM EDUCAÇÃO PRÉ-ESCOLAR Planificação Curricular Anual Identificação do Estagiário: Joana Filipa Gonçalves Pereira Ano letivo: 2013/2014 Identificação da Instituição: Colégio Colibri Educador Cooperante: Carla Ferreira Tema do PCT: As nossas e outras histórias

Leia mais

OBJETIVOS DO PLANO ANUAL DE ATIVIDADES

OBJETIVOS DO PLANO ANUAL DE ATIVIDADES OBJETIVOS DO PLANO ANUAL DE ATIVIDADES 2012-2013 Promover o sucesso académico Reforçar a organização, coordenação e articulação curricular Promover a participação dos Encarregados de Educação no processo

Leia mais

Plano Anual de Atividades. Mesmo entre Iguais somos Diferentes

Plano Anual de Atividades. Mesmo entre Iguais somos Diferentes Plano Anual de Atividades Mesmo entre Iguais somos Diferentes OBJETIVO: Adquirir consciência de si próprio Conhecer culturas diferentes, procurando sensibilizar a comunidade educativa para a emergência

Leia mais

1º Período. Escola Básica do 1º Ciclo com Jardim de Infância Eng. Ressano Garcia PLANO ANUAL DE ACTIVIDADES - 1º CEB

1º Período. Escola Básica do 1º Ciclo com Jardim de Infância Eng. Ressano Garcia PLANO ANUAL DE ACTIVIDADES - 1º CEB Básica do 1º Ciclo com Eng. Ressano Garcia 1º Período Sessões de abertura do ano lectivo: - Reuniões com os Pais/ Encarregados de Educação. - Promover estratégias que visem a integração dos diferentes

Leia mais

CONTRATOS DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS EFECTUADOS NO ANO DE 2013

CONTRATOS DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS EFECTUADOS NO ANO DE 2013 CONTRATOS DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS EFECTUADOS NO ANO DE 2013 Contrato de prestação de serviços em regime de tarefa programa escolhas - técnico superior de serviço social adjudicado a ANA RITA DA SILVA

Leia mais

Agrupamento de Escolas de Samora Correia 2012/2013

Agrupamento de Escolas de Samora Correia 2012/2013 Plano Anual de Actividades Jardins de Infância Organização do Ambiente Educativo e espaços comuns. (de 03 a 13 de Setembro) Cada educadora prepara a sua sala Organizar o Ambiente Educativo Todas as educadoras

Leia mais

Plano Anual de Atividades

Plano Anual de Atividades Plano Anual de Atividades Creche João Katz Inválidos do Comércio Ano letivo 2017/2018 Índice 1- Calendário de atividades educativas e de reuniões.... 3 2-Aspetos relativos à avaliação das crianças... 4

Leia mais

DIREÇÃO-GERAL DOS ESTABELECIMENTOS ESCOLARES DIREÇÃO DE SERVIÇOS REGIÃO ALGARVE AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE VILA REAL DE SANTO ANTÓNIO - CÓD.

DIREÇÃO-GERAL DOS ESTABELECIMENTOS ESCOLARES DIREÇÃO DE SERVIÇOS REGIÃO ALGARVE AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE VILA REAL DE SANTO ANTÓNIO - CÓD. 1 DIREÇÃO-GERAL DOS ESTABELECIMENTOS ESCOLARES DIREÇÃO DE SERVIÇOS REGIÃO ALGARVE AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE VILA REAL DE SANTO ANTÓNIO - CÓD. 145348 ESCOLA SECUNDÁRIA C/3.º CICLO DE VILA REAL DE SANTO

Leia mais

Agrupamento de Escolas MONSENHOR ELÍSIO ARAÚJO. Projeto PNL 2011/ 2012

Agrupamento de Escolas MONSENHOR ELÍSIO ARAÚJO. Projeto PNL 2011/ 2012 Agrupamento de Escolas MONSENHOR ELÍSIO ARAÚJO Projeto PNL 2011/ 2012 Objetivos/Estratégias do Projeto Objetivos (definidos a partir das Prioridades (1,2,3,4,5,6) Educativas definidas no Projeto Educativo

Leia mais

Projeto Curricular de Turma Sala de ATL 2013/2014

Projeto Curricular de Turma Sala de ATL 2013/2014 Aux.acão educativa: Raquel Gonçalves Elisabete Marques 1 - Projeto Curricular 1.1- Caraterização e objetivos das Atividades de Tempos Livres As Atividades de Tempos Livres têm como objetivo primordial

Leia mais

Agrupamento de Escolas António Rodrigues Sampaio Planificação Anual das Atividades Letivas

Agrupamento de Escolas António Rodrigues Sampaio Planificação Anual das Atividades Letivas Departamento Curricular: 1º ciclo Agrupamento de Escolas António Rodrigues Sampaio Ano de escolaridade:2º ano Ano letivo: 2015/2016 Oferta Complementar: Educação para a Cidadania Perfil do aluno à saída

Leia mais

Colégio S. Francisco Xavier

Colégio S. Francisco Xavier Ano letivo 2016/ 1º Período Atividade Data prevista Descrição / Objetivos Intervenientes Conselhos de Turma 6 de setembro de 2016 Apresentação dos Conselhos de Turma, distribuição dos horários e preparação

Leia mais

RECOMENDAÇÃO N.º 03/2015

RECOMENDAÇÃO N.º 03/2015 RECOMENDAÇÃO N.º 03/2015 CALENDÁRIO ESCOLAR 2015/2016 O Conselho das Escolas partilha o entendimento de que o calendário escolar se configura como um dos elementos indispensáveis à planificação das atividades

Leia mais

RELATÓRIO DE AVALIAÇÃO DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO PRÉ ESCOLAR. Ano Letivo 2014/2015-1.º Período

RELATÓRIO DE AVALIAÇÃO DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO PRÉ ESCOLAR. Ano Letivo 2014/2015-1.º Período Direção-Geral dos Estabelecimentos Escolares Direção de Serviços da Região Centro RELATÓRIO DE AVALIAÇÃO DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO PRÉ ESCOLAR Ano Letivo 04/05 -.º Período A Coordenadora Francisca Oliveira

Leia mais

PLANO ANUAL DE ATIVIDADES 2016/2017

PLANO ANUAL DE ATIVIDADES 2016/2017 PLANO ANUAL DE ATIVIDADES 2016/2017 CALENDARIZAÇÃO ATIVIDADES PROPOSTAS OBJETIVOS GERAIS ESTRATÉGIAS DINAMIZADOR 1º TRIMESTRE Concerto para bebés - Assinalar o Dia Mundial da Música - Contactar com diferentes

Leia mais

PLANO ANUAL DE ATIVIDADES

PLANO ANUAL DE ATIVIDADES AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE MAFRA PLANO ANUAL DE ATIVIDADES Relatório de Execução 1º Período 2016 / 2017 [Type text] Page 1 SUMÁRIO Introdução... 3 ESCOLA BÁSICA DE MAFRA... 5 ESCOLA BÁSICA DE HÉLIA CORREIA...

Leia mais

CONHECIMENTOS GERAIS. 01) Assinale a alternativa que completa CORRETAMENTE o enunciado abaixo.

CONHECIMENTOS GERAIS. 01) Assinale a alternativa que completa CORRETAMENTE o enunciado abaixo. CONHECIMENTOS GERAIS 01) Assinale a alternativa que completa CORRETAMENTE o enunciado abaixo. Segundo a Lei, a Educação Básica, no Brasil, é formada: A( ) pelas escolas, professores, servidores e administradores.

Leia mais

MODELO PEDAGÓGICO. (Niza, 1989).

MODELO PEDAGÓGICO. (Niza, 1989). MODELO PEDAGÓGICO O modelo pedagógico do MEM afirma que o desenvolvimento da criança vai para além das atividades individuais de compreensão do mundo. A criança também se desenvolve a partir de contatos

Leia mais

Agrupamento de Escolas Poeta Joaquim Serra RELATÓRIO FINAL. Plano de Ação da EB Rosa dos Ventos julho 2014

Agrupamento de Escolas Poeta Joaquim Serra RELATÓRIO FINAL. Plano de Ação da EB Rosa dos Ventos julho 2014 Agrupamento de Escolas Poeta Joaquim Serra RELATÓRIO FINAL Plano de Ação da EB Rosa dos Ventos julho 2014 Relatório Intermédio de Auto-avaliação do Plano de Ação de Estabelecimento da EB Rosa dos Ventos

Leia mais

Plano Anual de Atividades

Plano Anual de Atividades Plano Anual de Atividades Pré-Escolar 2013 / 2014 Outubro Setembro Início do Ano Letivo 02 Integração / adaptação das crianças Festejar a chegada da estação do Semana Decoração alusiva ao Outono; ano:

Leia mais

ORGANIZAÇÃO E GESTÃO CURRICULAR DO AGRUPAMENTO 2013/2014

ORGANIZAÇÃO E GESTÃO CURRICULAR DO AGRUPAMENTO 2013/2014 Escola EB1 João de Deus CÓD. 242 937 Escola Secundária 2-3 de Clara de Resende CÓD. 346 779 AGRUPAMENTO DE CLARA DE RESENDE CÓD. 152 870 ORGANIZAÇÃO E GESTÃO CURRICULAR DO AGRUPAMENTO 2013/2014 (Aprovado

Leia mais

HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO: 1.º / 2.º ANOS

HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO: 1.º / 2.º ANOS HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO: 1.º / 2.º ANOS MANHÃ Entrada: 9:00 H Intervalo: 10:30H às 11:00H Saída almoço: 12:30H TARDE Entrada: 14:00 H Intervalo:16:00 H às 16:30 H Saída: 17:30 H (depende da frequência

Leia mais

Reunião - Encarregados de Educação. 1.º Ciclo. Ano Letivo 2016/ de setembro de 2016

Reunião - Encarregados de Educação. 1.º Ciclo. Ano Letivo 2016/ de setembro de 2016 Reunião - Encarregados de Educação 1.º Ciclo Ano Letivo 2016/2017 09 de setembro de 2016 Ordem de Trabalhos 1 Projeto Educativo 2 Normas de funcionamento 3 Apresentação 4 Plano Anual de Atividades 2 Ordem

Leia mais

PLANO ANUAL DE ATIVIDADES 2014/2015

PLANO ANUAL DE ATIVIDADES 2014/2015 Calendarização Atividade Objetivos Responsáveis Destinatários 1º PERÍODO Setembro Acolhimento das crianças - Integração e adaptação das crianças ao Centro Infantil Setembro Reunião de Pais e Encarregados

Leia mais

PAA BE-EB 2,3 Aradas Ano Letivo 2016 / 2017

PAA BE-EB 2,3 Aradas Ano Letivo 2016 / 2017 PAA BE-EB 2,3 Aradas Ano Letivo 2016 / 2017 - Ao longo do ano - Manutenção do blogue da BE - Divulgar as actividades no blogue - Promover a integração da BE na Escola -Difusão da informação educativa -

Leia mais

ARTES MARCIAIS CHINESAS

ARTES MARCIAIS CHINESAS XV Campeonato Internacional WUSHU Cidade de Ourense (Espanha) Página 1 de 7 Planificação da viagem INTRODUÇÃO: A Federação Portuguesa de Artes Marciais Chinesas, irá deslocar-se a Ourense (Espanha), nos

Leia mais

telefone fax

telefone fax CALENDARIZAÇÃO PASTORAL 2013-2014 Pe. Fausto 968 895 944 Pe. José António 963 548 403 secretaria segunda a sexta-feira: 10h30 às 12h e 14h30 às 19h00 sábado: 09h30 às 12h00 sacristia segunda a sábado:

Leia mais

PLANO ANUAL DE ATIVIDADES (PAA) Adenda n.º 1. Viagens na minha Terra 2014/2015

PLANO ANUAL DE ATIVIDADES (PAA) Adenda n.º 1. Viagens na minha Terra 2014/2015 PLANO ANUAL DE ATIVIDADES (PAA) Adenda n.º 1 Viagens na minha Terra 2014/2015 1 Tabela XXIII- Departamento curricular da Educação Pré-escolar Celebrar o Natal ida ao circo Destinatários: alunos da educação

Leia mais

Educação Pré-Escolar

Educação Pré-Escolar Educação Pré-Escolar Sendo a primeira etapa na educação básica, as competências gerais para a Educação Pré Escolar constituem um conjunto de princípios para apoiar o Educador de Infância na sua prática,

Leia mais

f931b761df3c49db984136ffea35aa3e

f931b761df3c49db984136ffea35aa3e DL 433/2014 2014.10.16 De acordo com as prioridades estabelecidas no programa do XIX Governo Constitucional, o Ministério da Educação e Ciência tem vindo a introduzir alterações graduais no currículo nacional

Leia mais

Plano Anual de Atividades

Plano Anual de Atividades Plano Anual de Atividades Setembro Mês Tema Objetivos Atividades Recursos Envolvidos Avaliação Adaptação/ Cantar a canção Bom Socialização dia ; Promover a adaptação das crianças às regras, rotinas da

Leia mais

7 de julho de 2016 Número 118

7 de julho de 2016 Número 118 7 de julho de 2016 7 SECRETARIA REGIONAL DE EDUCAÇÃO Despacho n.º 282/2016 O calendário de atividades educativas e escolares constitui um elemento indispensável à organização e planificação do ano escolar,

Leia mais

PROTOCOLO DE COLABORAÇÃO. Entre. a Direção-Geral da Educação Ministério da Educação e Ciência

PROTOCOLO DE COLABORAÇÃO. Entre. a Direção-Geral da Educação Ministério da Educação e Ciência PROTOCOLO DE COLABORAÇÃO Entre a Direção-Geral da Educação Ministério da Educação e Ciência e o Camões - Instituto da Cooperação e da Língua, I.P. Ministério dos Negócios Estrangeiros para promover a consolidação

Leia mais

Centro Social e polivalente da Freguesia de Murtede PLANO ANUAL DE ATIVIDADES 2017/2018 CATL

Centro Social e polivalente da Freguesia de Murtede PLANO ANUAL DE ATIVIDADES 2017/2018 CATL PLANO ANUAL DE ATIVIDADES 2017/2018 CATL DATA TEMA OBJETIVOS ATIVIDADES RECURSOS setembro Integração de crianças e jovens -Promover uma integração plena das novas crianças e jovens; -Aquisição das regras

Leia mais

REGULAMENTO DO FUNCIONAMENTO DAS ATIVIDADES DE ENRIQUECIMENTO CURRICULAR NO 1º CICLO (AEC) (Anexo do Regulamento Interno)

REGULAMENTO DO FUNCIONAMENTO DAS ATIVIDADES DE ENRIQUECIMENTO CURRICULAR NO 1º CICLO (AEC) (Anexo do Regulamento Interno) REGULAMENTO DO FUNCIONAMENTO DAS ATIVIDADES DE ENRIQUECIMENTO CURRICULAR NO 1º CICLO (AEC) (Anexo do Regulamento Interno) Novembro/2015 Capítulo I Introdução Considerando a importância do desenvolvimento

Leia mais

Agrupamento De Escolas Bartolomeu Gusmão E.B.1. Rainha Sta. Isabel

Agrupamento De Escolas Bartolomeu Gusmão E.B.1. Rainha Sta. Isabel Agrupamento De s Bartolomeu Gusmão E.B.1. Rainha Sta. Isabel 1 Introdução Planos anual e plurianual de actividades documentos de planeamento, que definem, em função do projecto educativo, os objectivos,

Leia mais

PLANO DE ATIVIDADES DA CRECHE

PLANO DE ATIVIDADES DA CRECHE 01 Início do Ano Letivo Atividades de escolha livre. Atividades de exploração do espaço exterior. - Promover a integração / (re) adaptação das crianças; - Integração da criança no meio envolvente. Materiais

Leia mais

MINIS Posicão Nome Dorsal Nome Equipa

MINIS Posicão Nome Dorsal Nome Equipa MINIS 1 Beatriz Macieira Fernandes 3275 Individual 2 Mariana Teixeira 3495 Clube Desportivo do Marco 3 Francisca Veiga 3303 Escola Mário Silva 4 Bruna Teixeira 3497 Clube Desportivo do Marco 5 Inês Marinho

Leia mais

DEPARTAMENTO PRÉ-ESCOLAR - PLANIFICAÇÃO DAS ATIVIDADES

DEPARTAMENTO PRÉ-ESCOLAR - PLANIFICAÇÃO DAS ATIVIDADES 0 DEPARTAMENTO PRÉ-ESCOLAR - PLANIFICAÇÃO DAS ATIVIDADES Na planificação das atividades daremos continuidade ao projeto Crescer, Brincar e Aprender, do Departamento Pré Escolar que se concretizará também

Leia mais

PROVAS DE AFERIÇÃO DO ENSINO BÁSICO - PAUTA DE CLASSIFICAÇÕES. Aluno Nome do Aluno Portuguesa Matemática

PROVAS DE AFERIÇÃO DO ENSINO BÁSICO - PAUTA DE CLASSIFICAÇÕES. Aluno Nome do Aluno Portuguesa Matemática Estabelecimento de Ensino 205230 Escola Básica do 1º Ciclo de Assento (Panóias) Turma A4 1 ANA CATARINA GOMES FERNANDES B B 2 ANA LUÍSA COSTA MONTEIRO B A 3 ANA RITA LIMA DUARTE C C 4 ANA RITA TEIXEIRA

Leia mais

EXTERNATO DE S.VICENTE DE PAULO

EXTERNATO DE S.VICENTE DE PAULO PERÍODO MÊS DIA ACTIVIDADES OBJETIVOS.º PERÍODO SETEMBRO OUTUBRO Reuniões de Conselho de Docentes 2 Formação 4 4 Reunião de das AEC S,.º e Ed. de Infância Início do Ano Escolar Creche, Pré-Escolar.º Eucaristia

Leia mais

Plano anual de atividades 2016 / 2017

Plano anual de atividades 2016 / 2017 Atividades Valências dinamizadoras Calendarização Objetivos Recursos humanos Recursos materiais Adaptação das crianças happy day setembro 2016 Fomentar o desenvolvimento da autonomia quer em relação ao

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE CUBA PÓLO DE EDUCAÇÃO DE VILA ALVA PLANO ANUAL DE ACTIVIDADES 2007/2008

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE CUBA PÓLO DE EDUCAÇÃO DE VILA ALVA PLANO ANUAL DE ACTIVIDADES 2007/2008 Prof. Adelaide Fialho /Ed. Berta Pomares /Prof. Visitação Anjo 1 Recepção aos alunos Reunião com as crianças e suas famílias. Entrega de um desdobrável com informações sobre o ano lectivo. Oferta de uma

Leia mais

Externato Cantinho Escolar. Plano Anual de Atividades

Externato Cantinho Escolar. Plano Anual de Atividades Externato Cantinho Escolar Plano Anual de Atividades Ano letivo 2016 / 2017 Pré-escolar e 1º Ciclo Receção dos Fomentar a integração da criança no meio escolar. Promover a socialização dos alunos. Receção

Leia mais

Revisão da Estrutura Curricular dos cursos básicos e secundários do Ensino Artístico Especializado nas áreas da Dança e da Música

Revisão da Estrutura Curricular dos cursos básicos e secundários do Ensino Artístico Especializado nas áreas da Dança e da Música Revisão da Estrutura Curricular dos cursos básicos e secundários do Ensino Artístico Especializado nas áreas da Dança e da Música /0/0 O Ministério da Educação e Ciência apresenta a versão final da Revisão

Leia mais

Centro Social Monsenhor Júlio Martins

Centro Social Monsenhor Júlio Martins Centro Social Monsenhor Júlio Martins Plano Anual de Atividades 2014/2015 Tema do Projeto Educativo: Brincar a Aprender Tema do Projeto Curricular de Turma: Descobrir com as emoções Sala dos 3,4 e 5 anos

Leia mais

Centro de Assistência Paroquial de Caria Jardim de Infância Girassol Creche

Centro de Assistência Paroquial de Caria Jardim de Infância Girassol Creche Centro de Assistência Paroquial de Caria Jardim de Infância Girassol Creche Plano Anual de Atividades Cresço e Aprendo com os Contos Ano Letivo 2015/2016 Educadora Sofia Pires Introduçã o O Plano Anual

Leia mais

c) O número de grupos/ turmas a considerar em cada ciclo e anos é o aprovado na rede de oferta formativa para o ano letivo 2016/2017, a saber:

c) O número de grupos/ turmas a considerar em cada ciclo e anos é o aprovado na rede de oferta formativa para o ano letivo 2016/2017, a saber: CRITÉRIOS PARA A CONSTITUIÇÃO DE TURMAS ANO LETIVO 2016/2017 Os professores responsáveis pela constituição de turmas devem ter em atenção as seguintes orientações: a) Na constituição de turmas, aplicam-se

Leia mais

EB1/JI Igreja Beiriz

EB1/JI Igreja Beiriz EB1/JI Igreja Beiriz Lista de crianças que requereram a matrícula pela 1ª vez no Jardim de Infância 1 15340 Mafalda da Silva Domingues 24-04-2014 2 15364 Duarte Neves Ferreira 16-07-2014 3 15390 Margarida

Leia mais

Jardim de Infância Professor António José Ganhão

Jardim de Infância Professor António José Ganhão Jardim de Infância Professor António José Ganhão Jardim de Infância da Lezíria Jardim de Infância do Centro Escolar de Samora Correia Jardim de Infância do Centro Escolar de Porto Alto Jardim de Infância

Leia mais

Seminário Bibliotecas Escolares - NÓS da rede Auditório Municipal de Montalegre 6 de Junho de 2009

Seminário Bibliotecas Escolares - NÓS da rede Auditório Municipal de Montalegre 6 de Junho de 2009 Seminário Bibliotecas Escolares - NÓS da rede Auditório Municipal de Montalegre 6 de Junho de 2009 1 É fácil afirmar que vivemos um mundo global em mudança... Mas que significa exactamente isso? A mudança

Leia mais

Testes comuns Português 10º Ano. Sala

Testes comuns Português 10º Ano. Sala Sala 211 05-02 - 2015 19663 10 CT3 Adriana Raquel Seara Ferreira 15965 10 CT1 Alexandra Sofia Gonçalves dos Santos 19743 10 LH2 Alexandre Vilas Boas Soares 16035 10 CT1 Ana Beatriz Coelho Moreira 16002

Leia mais

Plano Anual de Atividades

Plano Anual de Atividades Calendarização Actividades Objectivos Intervenientes Recursos Dia 2 de setembro Dias 21, 22, 23, 24, 25 e 28 de setembro Recepção das crianças à escola Reunião de pais e Encarregados de Educação Dia 23

Leia mais

Vogal de Formação Cadernos de Serviços

Vogal de Formação Cadernos de Serviços Vogal de Formação Cadernos de Serviços Nome: Conselho Local / Regional / Nacional Centro Local: Para uma vivência cristã plena, o jovem necessita de se formar como tal, num ritmo de formação contínuo adaptado

Leia mais

SELOS o fascinante mundo da filatelia

SELOS o fascinante mundo da filatelia Balaio Quadrado Japinha e Curumim em SELOS o fascinante mundo da filatelia JAPINHA E CURUMIM em SELOS o fascinante mundo da filatelia Roteiro: ALTA VILHENA Desenhos E Revisão Técnica: BETO BASSO Coordenador

Leia mais

Regulamento do Concurso «Ler é uma Festa!»

Regulamento do Concurso «Ler é uma Festa!» Regulamento do Concurso «Ler é uma Festa!» 1. O Concurso «Ler é uma Festa» é uma iniciativa do Plano Nacional de Leitura, em parceria com o Banco Popular, e enquadra-se na 8ª Edição da Semana da Leitura

Leia mais

Agrupamento de Escolas de Mosteiro e Cávado Escola E.B.2,3 do Cávado. Relação de Alunos

Agrupamento de Escolas de Mosteiro e Cávado Escola E.B.2,3 do Cávado. Relação de Alunos 34662 - Escola E.B.2,3 do Cávado Turma : A 2002 1 Ana Catarina Loureiro Silva 1761 2 André Eduardo Dias Santos 11 S S 2007 3 Bruno da Silva Gonçalves S 20 4 Catarina Daniela Boaventura Araújo S 1863 Daniela

Leia mais

AO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO E CIÊNCIA

AO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO E CIÊNCIA AO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO E CIÊNCIA A realidade da escola de 1º ciclo contempla especificidades, quer por razões históricoculturais quer pela tradição de monodocência, quer ainda pela especificidade da

Leia mais

Associação de Pais, Encarregados de Educação e Amigos dos Alunos da EB1/JI de Pinhal de Frades. Plano de Atividades 2016/2017

Associação de Pais, Encarregados de Educação e Amigos dos Alunos da EB1/JI de Pinhal de Frades. Plano de Atividades 2016/2017 Setembro Dias 01 a 04 de Setembro Receção e Integração dos alunos v Integrar/adaptar as crianças no CATL; v Desenvolver laços de relação entre criança/criança; equipa do CATL/crianças; v v Atividades relacionadas

Leia mais

Plano Anual de Actividades Culturais e Recreativas para as Crianças 2015/2016

Plano Anual de Actividades Culturais e Recreativas para as Crianças 2015/2016 Plano Anual de Actividades Culturais e Recreativas para as Crianças 2015/2016 Local Actividades Objectivos Mês de Setembro Uma prenda para ti - Elaboração de uma lembrança para as crianças Promover a integração

Leia mais

APRENDIZAGEM, EDUCAÇÃO e CIDADANIA Um Caminho de Sucesso

APRENDIZAGEM, EDUCAÇÃO e CIDADANIA Um Caminho de Sucesso Plano Plurianual de Melhoria APRENDIZAGEM, EDUCAÇÃO e CIDADANIA Um Caminho de Sucesso 1 18 de setembro de 2015 26 de abril de 2013 Organização do Agrupamento de Escolas da Caparica - AEC Secundária do

Leia mais

Agrupamento de Escolas de Vagos

Agrupamento de Escolas de Vagos Agrupamento de Escolas de Vagos 161070 PLANO ANUAL DE ATIVIDADES Atiiviidades transversaiis 2016-2017 Na onda dos valores é o tema aglutinador sugerido para este ano letivo, com o intuito de enaltecer

Leia mais

Casa-Museu Abel Salazar. Serviços Educativos 2016

Casa-Museu Abel Salazar. Serviços Educativos 2016 Casa-Museu Abel Salazar Serviços Educativos 2016 O Programa Escola na Casa-Museu, inserido na programação de serviços educativos da Casa-Museu Abel Salazar, converge no sentido de promover maior interação

Leia mais

REGULAMENTO DOS QUADROS DE EXCELÊNCIA E DE MÉRITO INTRODUÇÃO

REGULAMENTO DOS QUADROS DE EXCELÊNCIA E DE MÉRITO INTRODUÇÃO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS JOÃO DA SILVA CORREIA REGULAMENTO DOS QUADROS DE EXCELÊNCIA E DE MÉRITO INTRODUÇÃO O presente Regulamento dos Quadros de Mérito e de Excelência do Agrupamento de Escolas João da

Leia mais

Assembleia Legislativa da Região Autónoma dos Açores

Assembleia Legislativa da Região Autónoma dos Açores CAPÍTULO I Introdução A reuniu, no dia 10 de março de 2016, na delegação da Assembleia Legislativa da ilha de São Miguel, com o objetivo de apreciar, relatar e dar parecer, na sequência do solicitado por

Leia mais

PLANO DE ATIVIDADES REGULARES DA BIBLIOTECA MUNICIPAL DE PENICHE COM AS ESCOLAS DO CONCELHO - ANO LETIVO 2013/14 HORA DO CONTO

PLANO DE ATIVIDADES REGULARES DA BIBLIOTECA MUNICIPAL DE PENICHE COM AS ESCOLAS DO CONCELHO - ANO LETIVO 2013/14 HORA DO CONTO As marcações para as atividades a seguir descritas deverão ser feitas para a Biblioteca Municipal de Peniche através do telefone 262 780 122. Apesar de haver um calendário com datas pré-marcadas para as

Leia mais

PLANO DE DESENVOLVIMENTO EUROPEU

PLANO DE DESENVOLVIMENTO EUROPEU PLANO DE DESENVOLVIMENTO EUROPEU 2015-2017 AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE ARRIFANA, SANTA MARIA DA FEIRA PLANO DE DESENVOLVIMENTO EUROPEU AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE ARRIFANA, SANTA MARIA DA FEIRA 2015-2017 Aprovado

Leia mais

Agrupamento de Escolas de Mosteiro e Cávado Escola E.B.2,3 do Cávado. Relação de Alunos

Agrupamento de Escolas de Mosteiro e Cávado Escola E.B.2,3 do Cávado. Relação de Alunos 11713 - Agrupamento de Escolas de Mosteiro e Cávado 34662 - Escola E.B.2,3 do Cávado : A Ano Letivo 2014 / 201 2307 1 Ana Carolina Fernandes Gonçalves S 2308 2 Ana Margarida Dias Cunha S 230 3 Ana Margarida

Leia mais

BIBLIOTECAS ESCOLARES PLANIFICAÇÃO DE ATIVIDADES 2014 / 2015

BIBLIOTECAS ESCOLARES PLANIFICAÇÃO DE ATIVIDADES 2014 / 2015 AGRUPAMENTO DE ESCOLAS VIEIRA DE ARAÚJO ESCOLA EB/S VIEIRA DE ARAÚJO VIEIRA DO MINHO BIBLIOTECAS ESCOLARES PLANIFICAÇÃO DE ATIVIDADES / 2015 PROJETO EDUCATIVO Lacunas ao nível da articulação entre ciclos,

Leia mais

Projeto Educativo/Plano de Atividades

Projeto Educativo/Plano de Atividades COMPONENTE DE APOIO À FAMÍLIA 1º CICLO DO ENSINO BÁSICO Projeto Educativo/Plano de Atividades Ano letivo 2014/2015 Índice Introdução Princípios orientadores da ação educativa Horário de funcionamento Clubes

Leia mais

junta de freguesia do lumiar

junta de freguesia do lumiar 2015 junta de freguesia do lumiar Mensagem do Presidente Caros e caras residentes do Lumiar, O aproximar da quadra natalícia permite-nos, uma vez mais, oferecer e dar a conhecer uma programação integrada

Leia mais

Escola Básica do 1º Ciclo c/ Jardim de Infância do Reguengo

Escola Básica do 1º Ciclo c/ Jardim de Infância do Reguengo Escola Básica do 1º Ciclo c/ Jardim de Infância do Reguengo Actividades Recepção aos novos alunos - Promover a integração dos novos alunos; Início do ano lectivo 15/09/2003 algumas regras de convivência

Leia mais

PLANO DE ARTICULAÇÃO. Agrupamento de Escolas Rio Arade. Ano letivo 2012/2013 [Escolha a data] Plano de Articulação / 2013

PLANO DE ARTICULAÇÃO. Agrupamento de Escolas Rio Arade. Ano letivo 2012/2013 [Escolha a data] Plano de Articulação / 2013 Agrupamento de Escolas Rio Arade PLANO DE ARTICULAÇÃO Ano letivo 2012/2013 [Escolha a data] 1 / 9 Índice Nota introdutória... 3 Objetivos Gerais... 4 Estratégias de intervenção... 5 Organização... 6 Procedimentos

Leia mais

Resumo e Palavra-chave

Resumo e Palavra-chave Agradecimentos 0 Agradecemos a colaboração e o apoio prestado pelos professores: Miguel de Oliveira, João Mouro, Alexandra Santos, Fernando Martins e a direcção da nossa escola. Resumo e Palavra-chave

Leia mais

SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO CRECHE MUNICIPAL JOSÉ LUIZ BORGES GARCIA PROJETO DO 2 SEMESTRE EDUCAÇÃO INFANTIL: CONSTRUINDO O CONHECIMENTO

SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO CRECHE MUNICIPAL JOSÉ LUIZ BORGES GARCIA PROJETO DO 2 SEMESTRE EDUCAÇÃO INFANTIL: CONSTRUINDO O CONHECIMENTO SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO CRECHE MUNICIPAL JOSÉ LUIZ BORGES GARCIA PROJETO DO 2 SEMESTRE EDUCAÇÃO INFANTIL: CONSTRUINDO O CONHECIMENTO CUIABÁ 2015 Ensinar não é transferir conhecimento, mas criar

Leia mais

Sala de Jogos da matemática à interdisciplinaridade

Sala de Jogos da matemática à interdisciplinaridade Sala de Jogos da matemática à interdisciplinaridade Orientadora: Eliane Lopes Werneck de Andrade Matrícula SIAPE: 1697146 Orientada: Vitória Mota Araújo Matrícula UFF: 000105/06 Palavras-chave: Interdisciplinaridade,

Leia mais

A Ciência Divertida é a empresa europeia líder no segmento da educação experimental em ciências.

A Ciência Divertida é a empresa europeia líder no segmento da educação experimental em ciências. A Ciência Divertida é a empresa europeia líder no segmento da educação experimental em ciências. Existimos em Portugal desde 1998 para tornar real o objetivo de fazer chegar o conhecimento científico a

Leia mais

Escola Básica do 1º Ciclo com Pré-Escolar da Nazaré. Atividade de Enriquecimento Curricular TIC. Pré-Escolar Nenúfares

Escola Básica do 1º Ciclo com Pré-Escolar da Nazaré. Atividade de Enriquecimento Curricular TIC. Pré-Escolar Nenúfares Escola Básica do 1º Ciclo com Pré-Escolar da Nazaré Atividade de Enriquecimento Curricular TIC Pré-Escolar Nenúfares Docente: Telma Sá Ano Letivo: 2015/2016 1 O saber é um processo, não é um produto. Jerome

Leia mais

ESTIMADO(A) ASSOCIADO(A) E CLIENTE,

ESTIMADO(A) ASSOCIADO(A) E CLIENTE, edição 39 DEZ 13 O MEU MONTEPIO e-newsletter ESTIMADO(A) ASSOCIADO(A) E CLIENTE, O mês que termina ficou marcado por diversas realizações do Grupo Montepio, entre as quais a operação de subscrição das

Leia mais

1. Introdução AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DA MAIA

1. Introdução AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DA MAIA 1. Introdução A avaliação externa do Agrupamento de Escolas da Maia, da responsabilidade da IGEC, decorreu de 17 a 20 de novembro do ano transato. A classificação de Muito Bom em todos os domínios enche-nos

Leia mais

PROGRAMA ACOMPANHAMENTO. Jardins de Infância da Rede Privada Instituições Particulares de Solidariedade Social RELATÓRIO DO JARDIM DE INFÂNCIA

PROGRAMA ACOMPANHAMENTO. Jardins de Infância da Rede Privada Instituições Particulares de Solidariedade Social RELATÓRIO DO JARDIM DE INFÂNCIA PROGRAMA ACOMPANHAMENTO Jardins de Infância da Rede Privada Instituições Particulares de Solidariedade Social RELATÓRIO DO JARDIM DE INFÂNCIA Designação: Centro Social de Azurva Endereço: Rua Professor

Leia mais

Programas Educacionais

Programas Educacionais Estimados professores, Com o chegar de mais um ano letivo, novos desafios pedagógicos colocam-se diariamente. Com o intuito de promover uma forte e duradoura ligação emotiva ao ambiente em todos os nossos

Leia mais

Centro de Formação de Escolas do Concelho de Cascais Registo de Acreditação: CCPFC/ENT-AE-1201/14 Plano 2016/17

Centro de Formação de Escolas do Concelho de Cascais Registo de Acreditação: CCPFC/ENT-AE-1201/14 Plano 2016/17 Segurança Digital: A Utilização segura da Internet e Dispositivos Móveis CCPFC/ACC: 87428/16 Ana Cecília Antunes serão seleciona agrupamentos) Laboratórios de Aprendizagem: Cenários de Histórias de Aprendizagem

Leia mais

REQUERIMENTO (Do Sr. Dr. UBIALI)

REQUERIMENTO (Do Sr. Dr. UBIALI) REQUERIMENTO (Do Sr. Dr. UBIALI) Requer o envio de Indicação ao Poder Executivo, relativa à inserção do Cooperativismo como Tema Transversal nos currículos escolares do ensino Senhor Presidente: Nos termos

Leia mais

Um Mundo Uma Promessa

Um Mundo Uma Promessa Um Mundo Uma Promessa www.cne-escutismo.pt escutismo.pt 1 PORQUÊ CELEBRAR O CENTENÁRIO DO ESCUTISMO? 2 Milhões de pessoas da maior parte dos países e das culturas do mundo aderiram à Promessa e à Lei do

Leia mais

Recensão bibliográfica Dezembro de 2013

Recensão bibliográfica Dezembro de 2013 Educação, Formação & Tecnologias (julho dezembro, 2013), 6 (2), 100 104 Recensão bibliográfica Dezembro de 2013 Maria Elisabeth Bianconcini de Almeida, Paulo Dias, Bento Duarte Silva (org.). Cenários de

Leia mais